Page 1

CONHEÇA O CASE HEMB p. 6

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM MARIO SERGIO CORTELLA p. 8

INICIATIVA ECOLÓGICA NOS CORREIOS p. 18

Revista do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre/RS

Nº 60 • ANO VII JUNHO 2013

Inovar é preciso Para crescer e prosperar, lojas precisam passar por mudanças que nem sempre são fáceis. Conheça tendências do varejo e prepare-se para recomeçar.


1Âş CONGRESSO PARA O DESENVOLVIMENTO DO VAREJO. Apro oveite uma verdadeira vitrine de nov vidade es para a sua empresa. DIA 10/07 - Tema: “TendĂŞncias do Varejoâ€? HorĂĄrio

Evento

14h

Abertura OďŹ cial

16h

Mesa-redonda “O Varejo do Futuro�

17h30min

Palestrante a conďŹ rmar

19h

Palestra com George Homer “TendĂŞncias para o Varejoâ€?

George Homer Presidente do GH & Associates e do Retail Design Institute no Brasil.

DIA 11/07 - Tema: “Pessoasâ€? HorĂĄrio

Evento

14h

Palestra com Dado Schneider

16h

Mesa-redonda “Motivação de Equipeâ€?

17h30min

Palestra com o Prof. JosĂŠ Cavalheiro Penelas

19h

Palestra com Martha Gabriel “Inovação e Criatividade no Varejoâ€?

Martha Gabriel PhD em Artes pela USP, com Graduação em Engenharia e Pós-graduação em Marketing e Design | Coordenadora e Professora do MBA em Marketing da HSM Educação.

DIA 12/07 - Tema: “EstratĂŠgias para o Varejoâ€? HorĂĄrio

Evento

Mario Sergio Cortella

14h

Palestrante a conďŹ rmar

16h

Mesa-redonda “EstratĂŠgia de Sucessoâ€?

Filósofo, Mestre e Doutor em Educação, Escritor e Conferencista.

17h30min

Palestrante a conďŹ rmar

19h

Palestra com Mario Sergio Cortella “Da Oportunidade ao ĂŠxito: Mudar ĂŠ Complicado? Acomodar ĂŠ Perecer!â€?

De 10 a 12 de julho, das 14h às 20h. Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael. Centro Histórico - Porto Alegre/RS. Inscriçþes e informaçþes: www.febravar.com.br.

PatrocĂ­nio:

Apoio: Sistema CNDL

Realização:

4XHPWHPORMD WHPDJHQWH

2 JUNHO 2013

CONEXĂƒO VAREJO

Sindicato das Empresas de Serviços Contåbeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informaçþes e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Sul

Credibilidade e Compromisso com o Desenvolvimento

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL ÓPTICO FOTOGRà FICO E CINEMATOGRà FICO DO ESTADO DO RS


junho 2013

10

6

PERSONALIDADE Uma entrevista exclusiva com Mario Sergio Cortella

GESTÃO DA INOVAÇÃO Loja Hemb criou projeto interessante de ambiente

8

PERFIL DE CONSUMO Casados x Solteiros

12 ESPECIAL O desafio de inovar

4

18

22

EDITORIAL Momento dedicado ao lojista

FOCO NO FUTURO Correios mais sustentáveis

ESPAÇO SINDILOJAS

5

19

VOCÊ PRECISA SABER Novidades no Estatuto do Sindilojas

15 FEBRAVAR

16 CASE EXTERNO Romera: tudo em família

24

MERCADO

CONECS 13º aluguel é pauta no Congresso

20

25

LOJISTA EM DESTAQUE

GALERIA SINDILOJAS

21

26

ESPECIAL 75 ANOS Comércio concentrado na Assis Brasil

CLIQUE Mês dos Namorados


EDITORIAL EXPEDIENTE

Ronaldo Sielichow Presidente do Sindilojas Porto Alegre

Momento dedicado ao lojista M DOS MAIORES EVENTOS que já promovemos como entidade se iniciará em breve. Será um momento muito especial, pois foi preparado com dedicação, inspiração e carinho para todos os lojistas e pessoas interessadas no bem do varejo. Fomos a várias edições da NRF, nos EUA, e por lá nos inspiramos em tudo o que há de mais moderno para o grande, o pequeno e também o médio lojista. Ficamos mais de dois anos preparando a Febravar para apresentar tecnologia, inovação, criatividade, facilidades e qualidade ao público presente. O Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, que provavelmente estará presente, dialogou conosco a respeito de linhas de crédito destinadas a empreendedores e demais benefícios que podem e devem ser concedidos aos lojistas. O evento pretende assim motivar o empreendedor e encorajá-lo. Temos que dar, afinal, condições para que ele se desenvolva. Na ocasião, receberemos um público amplo, inclusive de pessoas que ainda não têm conhecimento sobre a área, mas que desejam abrir seu próprio negócio. Teremos contato com assuntos sobre contabilidade, investimentos, bem como dicas sobre PDV voltado para o cliente, vitrines virtuais e automatização de estoques. Juntamente estará ocorrendo o Congresso para o Desenvolvimento do Varejo com palestras de diversas personalidades brasileiras, o que torna o evento imperdível e uma oportunidade de encontro, conhecimento, motivação e visibilidade. A visitação é gratuita. Boa leitura e nos vemos lá!

U

“O evento foi preparado com dedicação, inspiração e carinho para todos os lojistas e pessoas interessadas no bem do varejo”

PRINCÍPIOS ORGANIZACIONAIS MISSÃO: “Representar, defender e promover o desenvolvimento da classe lojista, com excelência em serviços, gerando benefícios e vantagens para a categoria, associados e sociedade”. VISÃO: “Ser referência nacional em Entidade patronal sendo decisivo no desenvolvimento do comércio varejista de Porto Alegre.” VALORES: Ética: Respeitar normas e diretrizes da Entidade com honestidade e integridade. Comprometimento: Ter compromisso e responsabilidade

4 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

com os objetivos da Entidade demonstrando iniciativa e proatividade junto aos associados. Foco no resultado: Ser eficaz na defesa de suas bandeiras. Trabalho em equipe: Trabalhar como um time, somando competências para alcançar os objetivos. Transparência na gestão: Dar visibilidade aos processos, ações e resultados da Entidade. Inovação: Buscar soluções criativas e ideias inovadoras frente aos desafios. Responsabilidade Socioambiental: Em suas ações, considerar a sustentabilidade em benefício da sociedade e do meio ambiente.

Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre/RS Rua dos Andradas, nº 1.234. Edifício Santa Cruz, 22º andar – Centro Histórico Porto Alegre/RS Fone: (51) 3025.8300 Fax: (51) 3228.1123 sindilojaspoa.com.br Unidade Shopping Total Avenida Cristóvão Colombo, 545, loja 1122 Fone: (51) 3018.8122 Diretoria Sindilojas Porto Alegre Presidente: Ronaldo Sielichow Vice-presidente: Paulo Kruse Vice-presidente Administrativo: Daniel Casais Vice-presidente Financeiro: Marco A. Belotto Pereira Vice-presidente de Relações de Trabalho: Sergio Axelrud Galbinski Vice-presidente Comercial: João Rodrigues Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Vice-presidente de Relações Políticas e Institucionais: Arcione Piva Diretor Administrativo: Roni Zenevich Diretor Financeiro: Augusto Hecktheuer Diretor de Relações de Trabalho: Vladimir Machado Diretor Comercial: Tarcísio Pires Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Diretor de Relações Políticas e Institucionais: Antonio Sanzi Suplentes: Alécio Ughini, Eduardo Suslik Igor, Gustavo Orlandini Schifino, Irio Piva, José Galló, Manoel Motyl, Marivaldo Tumelero, Mauro Suslik Tornain, Moacir Sibemberg, Nádia Regina Almeida, Nelson Jawetz, Ricardo De Conto, Silvio Sibemberg e Vilson Noer. Diretores Adjuntos: Eduardo Spunberg, Eduardo Lasevitch, Luiz Caldas Milano e Roberto Zimmer Conselho Fiscal: Lídio Ughini, Wilson Scortegagna e Alcides Debus Suplentes: Carlos Schmaedecke, Hermes Queiroz e Orisvaldino Magnus Scheffer Conexão Varejo - Publicação do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas Porto Alegre), produzida pela Giornale Comunicação Empresarial. As colaborações e sugestões de pauta para a publicação devem ser enviadas para conexao@giornale.com.br Atendimento ao leitor e Assessoria de Imprensa: imprensa@sindilojaspoa.com.br Fone: (51) 3025-8323 Conselho Editorial – Sindilojas Porto Alegre Presidente: Ronaldo Sielichow Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Superintendente: Márcio Allegretti Gerente de Comunicação e Marketing: Karin Souza Produção Assessora de Imprensa: Jacqueline Oliveira Assistente de Comunicação: Fernanda Assenato

Giornale Comunicação Empresarial Fone (51) 3378.7100 * www.giornale.com.br Direção Geral: Denise Polidori Direção Executiva e Estratégica: Fernanda Carvalho Garcia Direção de Conteúdo e Jornalista Responsável: Roberta Muradás (Reg. Prof. 9351) Coordenação da Publicação: Ivana Gehlen Redação: Rafaela Johann e Ivana Gehlen Projeto Gráfico: Samir Machado de Machado Editoração: Samir Machado, Bruna Perini e Maíra Woloszyn Fotos: Arquivo Sindilojas Porto Alegre, Museu José Joaquim Felizardo, Tânia Meinerz, Ramon Fernandes e Divulgação. Comercialização: Sindilojas Porto Alegre Contato: comercial@sindilojaspoa.com.br ou pelo telefone: 3025-8300 Impressão: Pallotti Tiragem: 6 mil exemplares

Edições Anteriores Acesse o site do Sindilojas Porto Alegre e baixe a Conexão Varejo em formato PDF.


VOCÊ PRECISA SABER

Rigor nos direitos do consumidor

Novidades no Estatuto O Estatuto Social do Sindilojas Porto Alegre passou por alterações. Com a criação de novos cargos, a diretoria passou de 14 para 16 membros. Assim, até a eleição de 2014, João Rodrigues, vice-presidente Comercial do Sindicato, e Tarcísio Pires, diretor Comercial, assumem as funções de vice-presidente de Responsabilidade Socioambiental e diretor, respectivamente. “Por iniciativa do presidente Ronaldo Sielichow foram criados esses dois novos cargos devido à importância do assunto. Assim, o Sindilojas vai contribuir mais objetivamente com as soluções para o tema da sustentabilidade”, afirma João Rodrigues. Outra mudança é em relação ao voto em assembleia que poderá ser exercido por um procurador do associado, quando ele tiver vínculo empregatício com a empresa. Mas, ele somente poderá exercer a representação de voto ao apresentar procuração registrada em cartório.

“Sindilojas vai contribuir mais objetivamente com as soluções para o tema da sustentabilidade”

O Governo Federal anunciou, no Dia Mundial do Consumidor, um pacote de medidas que aumenta o rigor no cumprimento dos direitos do consumidor em todo o País. Os principais setores afetados com as medidas, que passaram a valer em maio, são o comércio eletrônico (e-commerce), as instituições financeiras e as operadoras de serviços de telecomunicações. O pacote anunciado pela presidente Dilma Rousseff deve cobrir lacunas na legislação. “Essas medidas não são contra um ou outro, mas sim a favor de todos”, disse ela. A primeira medida será a definição de uma lista com 30 produtos classificados como “essenciais”, cuja troca e manutenção devido a defeitos deverá ser feita imediatamente pelas empresas responsáveis. A missão de criar a lista ficou a cargo da Câmara Nacional de Relações de Consumo, criada na ocasião e integrada pelos ministros da Justiça, da Fazenda, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, do Planejamento e da Casa Civil da Presidência da República.

“Pacote de medidas aumenta o rigor no cumprimento dos direitos do consumidor”

NOTA FISCAL GAÚCHA (TXLSDPHQWRV†7UHLQDPHQWRV†$VVLVWrQFLD7pFQLFD†6RIWZDUHV

ZZZORJLFER[FRPEU IDFHERRNFRPORJLFER[DXWRPDFDR #ORJLFER[E

Financiamento via Cartão BNDES

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

Av. Iguaçú, 41 - Loja 01 - Petrópolis - Porto Alegre / RS - Fone: 51.3076.3321 - 3076.3310

5


GESTÃO DA INOVAÇÃO

Loja Hemb se inspirou nos homens e em seu universo de interesses

O ambiente perfeito Atrair clientes para dentro dos estabelecimentos tornou-se o maior desafio dos lojistas. A comunicação visual é uma estratégia que está fidelizando a relação entre o público e a marca.

6 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

M QUALQUER LOJA, os olhos do consumidor são atraídos não somente pela qualidade dos produtos à venda, mas também pela forma como eles estão expostos nas prateleiras e pelo visual externo da loja. Para que um negócio se diferencie no mercado varejista, ele tem de se destacar diante da concorrência. A vitrine é o primeiro contato do cliente com a loja, mas é fundamental utilizar recursos que não se limitam ao vitrinismo. Um profundo domínio sobre os aspectos estruturantes de uma marca possibilita a criação de uma identidade visual. Dessa forma, cria-se uma aproximação mais intensa entre o cliente e o estabelecimento, gerando comunicação. A chamada comunicação visual tem sido uma estratégia para gerar o aumento das vendas. O diretor Executivo da GAD’RETAIL e graduado em Arquitetura e Urbanismo, Leonardo Koboldt de Araujo, explica que uma visão moderna de loja engloba tanto aspectos relacionados à

E

forma quanto vinculados à comunicação. “É necessário organizar o ambiente como uma grande ‘mídia’. A harmonia e a consistência de um ponto de venda passam pela coordenação de todos os elementos e a racionalidade das suas aplicações. Os aspectos a serem priorizados variam conforme o modelo do negócio e seus produtos, a autenticidade da proposta da marca e como se apresenta o ambiente de vendas.” Araujo acredita que essa interação entre o público e o espaço permite uma relação de confiança com o ambiente por parte do consumidor, o que o incentiva à compra. “O objetivo do processo é potencializar o relacionamento. A partir disso, o desejo de compra surge pelo lifestyle atrelado à marca, e, como consequência, o aumento das vendas.” Para o lojista que deseja introduzir a estratégia em seu negócio, Leonardo aconselha que o primeiro passo a ser dado é o estudo das premissas da marca ou da loja: público-alvo, linguagem a ser utilizada, tom de


comunicação, atributos e posicionamento. “Trata-se de um canal onde tudo tem de se comunicar. O espaço deve oferecer características autênticas alinhadas à marca e a seus valores, culturas e estética. No momento de compra, as pessoas realizam um exercício de identificação que requer tempo, experimentação, informação e conforto. Conectar bem essas variáveis é o segredo para criar a atmosfera ideal no ponto de venda”, finaliza. HEMB: um espaço de permanência Como resultado de um desejo do empresário Felipe Hemb em iniciar seu próprio negócio, foi fundada a loja HEMB, em maio de 2011, hoje localizada na rua Anita Garibaldi, no bairro Bela Vista. Em 14 meses de trabalho, na construção do projeto, Felipe se assessorou de uma empresa de design estratégico e juntos atuaram no mapeamento de interesses, identificação de oportunidade e potencial de mercado. O proprietário destaca que a HEMB é o primeiro estabelecimento do Brasil a ter um olhar diferenciado, unindo moda e objetos. “A loja, voltada à moda e design masculino, pensou no homem e em seu universo de interesses. O espaço foi projetado para ser acolhedor sem deixar de ser funcional, uma característica masculina”, diz. Há, por exemplo, um espaço chamado “Barba HEMB e Bigode”, em que três vezes por semana funciona uma barbearia com serviço de barba e visagismo (estética do rosto) gratuito aos clientes. Além disso, todos os sábados acontece o “Happy HEMB”, um pipoqueiro distribui pipoca para consumidores e quem quer que esteja passando nos arredores da loja. “O mais importante durante o projeto era chegar ao que chamamos de ‘espaço de permanência’, ou seja, um espaço acolhedor. Nosso objetivo é oferecer beleza, sim, porém uma beleza envolvente, que crie laços com o cliente. O resultado desse processo é de total aprovação por parte do público”, conclui.

O espaço deve harmonizar características próprias e valores, além da cultura e da estética

Pontos importantes para direcionar a comunicação visual: * Mostrar os produtos à venda de forma adequada. * Organizar seu estoque e diferenciar seus produtos nas prateleiras e araras. * Cuidar com exageros. A comunicação visual pode gerar confusão. * Explicar para o que serve e quais são os benefícios dos produtos. * Destacar as novidades. Seja envolvendo produtos, serviços, preços ou

condições de venda. *A experiência de compra deve ser tanto conveniente quanto agradável. O consumidor precisa sair da loja se sentindo satisfeito. * Dar atenção aos provadores. Afinal, eles são locais de decisão de compras, no caso das lojas de roupas. * O que não está bem exposto não atrai para compra.

Loja Hemb fez o mapeamento de interesses, identificação de oportunidade e potencial de mercado CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

7


PERFIL DE CONSUMO

21%

dos solteiros frequentam clubes de lazer, contra

17% dos casados

Consumidor solteiro

X Consumidor casado OVENS COM IDADE ATÉ 34 ANOS têm hábitos e estilos diferentes de vida. E no quesito estado civil essas diferenças de comportamento se acentuam, assim como suas formas de consumo. No quesito entretenimento, por exemplo, a vida de solteiro e a vida de casado mudam consideravelmente. Uma pesquisa do Ibope Inteligência aponta que solteiros (45%) reúnem-se mais com amigos do que quem é casado (38%). Eles também vão mais a bares e restaurantes, mas com uma diferença pequena, de 2%. Quem não está compromissado com alguém vai com frequência a eventos culturais, shows e danceterias. No entanto, quando se trata de sair para passear fora da cidade o índice se iguala: 22%.

J

8 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

60%

dos solteiros

ouvem música frequentemente. Dos casados, são

54%


ENQUETE

Solteiros leem mais que casados. São

39% 32% contra

Casados investem mais em decoração da casa,

17%

dos entrevistados, contra

13% dos solteiros

DE QUE HÁBITOS VOCÊ ABRIU OU NÃO ABRIU MÃO DEPOIS DO CASAMENTO? VEJA O QUE ALGUNS CONSUMIDORES DISSERAM:

“Meu casamento não influenciou em meus hábitos de consumo. Uma coisa de que eu não abri mão foram meus passeios aos shoppings duas vezes por mês. Sempre compro alguma coisa para mim, e meu marido respeita isso.” Rosemeri Dutra Sarmento Fracasso, professora

“Não houve grandes mudanças. Compro menos produtos para consumo pessoal, pois meus interesses também estão relacionados com produtos para casa. Também penso em meu marido, fazendo compras para ele.” Rafaela Dorneles, advogada

“Não abri mão das minhas compras após o casamento. Mas quando me separei, percebo que comecei a gastar mais com lazer e consumo pessoal, antes sempre pensávamos em conjunto quando o assunto era compras.” Isabel Cristina Rockenbach, empresária

“As prioridades de investimentos e compras mudaram completamente. Hoje me chamam muito mais atenção lojas de decoração e móveis, pensando em minha casa, do que roupas para mim, por exemplo.” Fernanda Beuren, tecnóloga em Estética e Cosmética

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

9


PERSONALIDADE

Mario Sergio Cortella Filósofo brasileiro

Um saber diferenciado ILÓSOFO, PROFESSOR TITULAR do Departamento de Teologia e Ciências da Religião e da Pós-Graduação em Educação PUC-SP e autor de mais de dez livros, Mario Sergio Cortella é um dos palestrantes confirmados no Congresso para o Desenvolvimento do Varejo durante a Febravar, em julho. Ele conta sobre sua paixão pela docência e apresenta sua visão sobre o mundo do varejo.

F

Como foi a trajetória em busca de sua vocação e como surgiu a paixão pela docência? Gosto muito da atividade de docência, pois é uma forma de comunicação que pode ser dada em uma sala de aula, na mídia ou em uma empresa. Por esse motivo, construí a minha trajetória nas últimas quatro décadas dentro desse cenário. Fui professor por 30 anos no Departamento de Teologia da PUC-SP. Comecei a dar aula cedo, com 22 anos, então fiz uma carreira mais extensa incorporando um conjunto de temas – ética teologia e filosofia. Sempre gostei de trabalhá-los por achar que são assuntos que a gente não pode deixar de fora do nosso dia a dia em qualquer estância. Quando fui secretário de Educação da cidade de São Paulo, em 1991, mergulhei numa atividade de gestão pública também relacionada com o ensino. Esse conjunto de situações está ligado a uma presença comunicacional nas comunidades. Você foi monge durante três anos. Que ensinamento você tirou dessa 10 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

experiência diferenciada? Resolvi viver uma experiência intensa de natureza religiosa, e a melhor condição para mim, até em função de familiaridade, foi entrar num convento da ordem dos Carmelitas Descalços. Lá vivi por três anos, o que foi magnífico, na medida em que ali aprendi a meditação, o estudo sistemático, a capacidade de ter uma vida que não tivesse nenhum tipo de ostentação, que fosse simples sem ser miserável, que tivesse simplicidade simplória, ou seja, evita a complexidade. Embora o convento fosse no Brasil, nós éramos apenas em dois brasileiros, todos os outros eram estrangeiros, posso dizer que foi uma experiência cosmopolita agregada à prática da meditação, do autoconhecimento e do trabalho comunitário. Havia também pessoas com idades variadas: desde um monge que na época tinha 70 anos e já passara pela 1ª e 2ª Guerra Mundial na Europa, até uma pessoa que acabara de chegar, por exemplo, da Itália com pouca idade. Esse período foi um aprendizado fortíssimo e agregou muito em minha formação.


O que é felicidade para você? Como ela aparece na vida profissional? Felicidade é uma vibração intensa que é ocasional. Não existe felicidade contínua, na medida em que a felicidade contínua seria ilusória. A vida tem problemas, dificuldades e embaraços. Isso impede que a gente viva a felicidade como estado contínuo, mas não impede que vivamos momentos de felicidade. Esses momentos, por exemplo, podem aparecer na vida profissional, na alegria com o sucesso, na capacidade de enxergar o crescimento da organização ou numa carreira na qual a gente sinta alegria e decência naquilo que faz. Portanto, sentir-se feliz no trabalho, repito, não é um estado contínuo, mas é algo que, podendo vir à tona, temos que acolher, aproveitar e comemorar.

“É preciso lembrar do que disse um dia São Beda: há três caminhos para o sucesso: ensinar o que se sabe, praticar o que se ensina e perguntar o que se ignora.”

Na sua visão, qual é o maior problema dos empreendedores atuais? O maior problema de alguns empreendedores é imaginarem que aquilo que sabem neste momento é o suficiente para seguirem adiante. É preciso ter humildade pedagógica para compreender que num mundo de mudança veloz é necessário, acima de tudo, ter flexibilidade de pensamento e de prática. Como dizia o grande Albert Einstein, “tolice é fazer as coisas sempre do mesmo jeito e esperar resultados diferentes”. Em vista disso, alguns profissionais da área do varejo ainda não abriram os olhos para uma mudança que é contínua em relação aos sistemas, aos processos, ao modo do consumidor se relacionar e da oferta da disponibilização internacional. Eles continuam tendo âncoras em relação ao passado. Destaco que a âncora é diferente da raiz, sendo que a raiz alimenta e a âncora imobiliza. Por isso, alguns lojistas imaginam que aquilo que funcionou antes funcionaria agora da mesma maneira, e não é verdade, é preciso ser flexível. Lembro que flexível não é volúvel, volúvel é quem muda por qualquer coisa, flexível é aquele que é capaz de alterar a forma de pensar e agir quando for necessário. CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

11


ESPECIAL

O DESAFIO DE INOVAR Já virou questão de sobrevivência. As lojas que desejam crescer e permanecer no mercado têm a necessidade de passar por mudanças, caso não queiram perder seu público para a era tecnológica.

EM TODA INOVAÇÃO é a criação do inédito. Muitas vezes, a inovação é a revitalização do antigo, e uma coisa antiga não é velha”, disse Mario Sergio Cortella. Um dos gênios de destaque na história da tecnologia, Thomas Alva Edison, comprova essa ideia. Ele revitalizou invenções inéditas como o telefone, o fonógrafo e a lâmpada elétrica. Edison se tornou a principal fonte de inspiração para aqueles que desejam empreender e inovar em seu negócio. No varejo, o principal desafio tem sido buscar algo a mais para o consumidor. A palavra inovar se tornou emblemática, fugir do trivial é o segredo para o sucesso, mas a pergunta é: como mudar sem errar?

“N

O novo sem abandonar o antigo Procurar fazer melhor aquilo que já foi feito é o caminho para chegar à excelência. Cortella reflete sobre a necessidade de renovação do mercado varejista. “Desde o tempo em que o varejo se dava à beira do balcão, o relacionamento de fidelização com o cliente já acontecia. Isso é algo extremamente antigo que não envelheceu, apenas se revitalizou com a personalização do atendimento ao consumidor”, analisa. Para ele, somente a utilização de plataformas digitais no varejo é uma mudança inédita na medida em que elas organizam a maneira de fazer negócios, fazer compras, de consumir e distribuir os produtos. “Essa atualização tecnológica não significa 12 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

submeter-se à tecnologia. Não vamos a um restaurante porque ele tem forno micro-ondas, mas o fato de ele ter forno a lenha influencia em nossa escolha. No entanto, o mesmo consumidor que frequenta um ambiente com o forno a lenha (antigo) exige o acesso a ele através de uma página na internet (novidade) para fazer reservas ou até mesmo ver o cardápio.” O filósofo ressalta que os estabelecimentos devem fazer com que o consumidor se sinta conectado de uma maneira que o antigo ainda venha à tona. O poder nas mãos do cliente Para George Homer, com mais de 30 anos de experiência no varejo e pre-


George Homer

TENDÊNCIAS AS CINCO PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DO VAREJO BRASILEIRO NA VISÃO DE GEORGE HOMER

1. Utilização da tecnologia a serviço do cliente, gerando um enfoque no consumidor. 2. Consolidação, diversificação e expansão de estratégias de operação para competir no mercado local e global.

3. Maior atuação na internet que interferirá no resultado global das marcas.

4. Capitalismo consciente para a responsabilidade social. 5. Capacitação da força de trabalho contribuindo para o diferencial das marcas.

sidente do Retail Design Institute no Brasil, o maior erro do lojista hoje em dia é não colocar o cliente na frente de todos os processos da empresa. “Temos um novo consumidor nas ruas, um consumidor que está conectado 24 horas por dia e que tem a possibilidade de fazer compras a qualquer hora, em qualquer lugar, da maneira que preferir e com a melhor forma de pagamento que tem à disposição. Eles estão com o poder nas mãos, fazendo com que as empresas os coloquem na primeira ordem estratégica dos processos”, diz. Ele acrescenta que a tecnologia está promovendo o autosserviço, e em razão disso as lojas devem considerar a participação do cliente no processo de compra, como, por exemplo, adequar o ambiente ao seu perfil. “Quando entra num estabelecimento, o consumidor passa por um processo chamado de ‘escaneamento do espaço’, no qual observa a comunicação visual, ambientação, produtos expostos e atendimento da loja, a partir disso decide sobre sua fidelização ou desistência da experiência. Dessa forma as lojas mantêm um diálogo constante com o cliente, porém há muitos estabelecimentos engessados na maneira tradicional de se comunicar, ou seja, não se inseriram no mundo tecnológico que o mercado fomenta”, explica. Homer acrescenta que Design Thinking (conjunto de métodos e processo para abordar problemas), Marketing e Tecnologia são, ou deveriam ser, parte da equipe de uma empresa do varejo, e que para se destacar, os comerciantes devem investir nos pontos reconhecidamente fortes do negócio e nos clientes que elegem a marca como de sua preferência.

PALESTRAS IMPERDÍVEIS Mario Sergio Cortella e George Homer estarão presentes na 1ª Feira Brasileira do Varejo (Febravar). Cortella vai palestrar no dia 12 de julho, às 19h, no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, com o tema “Da oportunidade ao êxito: Mudar é complicado? Acomodar é perecer!”. Já Homer falará sobre as Tendências para o Varejo, com destaques nos aspectos de estímulos, reações e o comportamento do consumidor; fachadas e vitrines; personalidade e diálogo e tecnologia na experiência de compra. Sua palestra acontece no dia 10, às 19h. O evento conta também com demais palestras e mesas-redondas para debates. Saiba mais no site www.febravar.com.br.

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

13


ESPECIAL

TENDÊNCIAS ECONÔMICAS Entre tantas mudanças pelas quais o varejo vai passar, as tendências econômicas também serão destaque no setor. A revista Conexão Varejo conversou com a economista-chefe do Sistema Fecomércio-RS, Patrícia Palermo, sobre os desafios do comércio para essa nova era. Ela revela que as famílias tendem a aumentar o consumo devido à expansão da renda real, ou seja, os salários continuarão crescendo acima da inflação. Isso se deve também à baixa taxa de desemprego no estado. “Atualmente, há muitas vagas abertas, mas não há trabalhadores aptos e dispostos a preenchê-las. A mão de obra qualificada está escassa, o que gera uma pressão altista nos salários dos colaboradores que são qualificados, gerando um maior poder de compra. Isso influencia o varejo de maneira direta e indireta”, afirma, aconselhando aos lojistas que valorizem os funcionários experientes antes de buscarem um novo. Patrícia afirma ainda que a expectativa de resultados positivos na economia também se justifica pelo fato de as famílias estarem aprendendo a organizar comprometimentos financeiros com dívidas, o que implica mais renda livre para o consumo. “Quanto mais os consumidores souberem utilizar o crédito, evitando pagar juros desnecessários, maiores serão os recursos destinados às compras e menor a inadimplência.” Ainda em relação à inadimplência, a economista comenta que “espera-se que haja uma queda nos próximos meses em resposta às baixas taxas de juros que vigoram no País”. Patrícia, porém, aponta para um novo aumento da inadimplência no fim do ano de 2013, motivado pelo crescimento dos juros ao longo do ano. Por esses e outros motivos é importante que o empreendedor que deseja passar por mudanças benéficas na sua loja esteja atento às oscilações da economia. Ficar a par do que ocorre nesse setor, tão significativo para o comércio, pode ser uma forma de colocar em prática a criatividade e a inovação de um jeito mais pleno e mais seguro. Afinal, mesmo em meio a problemas de cunho financeiro, é possível usar a criatividade para contorná-los e até mesmo dar a volta por cima e recomeçar. 14 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

Patrícia Palermo


FEBRAVAR

Contagem regressiva A quase um mês de um dos maiores eventos do varejo no Brasil, o Sindilojas Porto Alegre divulga nomes de especialistas que vão aquecer o evento.

CONFIRA!

PRIMEIRA FEIRA BRASILEIRA DO VAREJO, que ocorre no próximo mês, terá como uma de suas atrações paralelas o Congresso para o Desenvolvimento do Varejo. Nomes ilustres já estão confirmados para palestras. George Homer, que tem mais de 30 anos de experiência no varejo e opera em São Paulo e Nova York com Visual Marketing e Store Branding, será o principal palestrante do 1º dia do evento. Dado Schneider, Doutor em Comunicação e Consultor de empresas, estará presente no segundo dia, às nho, do Sescon-RS, e a palestra principal, 14h, assim como com Mario Sergio Cortella, filósofo e Martha Gabriel, professor-titular do Departamento de especialista em Teologia e Ciências da Religião e da Pósmídias e tecnologia, que proferirá a -Graduação em Educação PUC-SP. Mesas-redondas ocorrerão durante os palestra principal, três dias de evento com as presenças de às 19h. Luciano Deos (Gad), Tobias Chanan No terceiro dia (Empório Body Store), Gildo Sibemberg haverá ainda explanações de Jaime (Gang), Gustavo Schifino (Trópico) e Fabiana Estrela (Estrela Franquias). Gründler Sobri-

A

A feira ocorre em Porto Alegre, de 10 a 12 de julho, no Centro de Eventos do Plaza São Rafael. Para obter mais informações e inscrever-se para visitação à Feira e para o Congresso acesse o site www. febravar.com.br ou ligue para (51) 3025.8300. A expectativa é de receber mais de seis mil visitantes.

Martha Gabriel, palestrante no 2º dia do evento.

CONEXÃO CON O XÃO ONEXÃO ONE OV VARE VAREJO AREJO JUNHO JU UNH NHO HO 2013 2

15 5


CASE EXTERNO

Tudo em família “N Nesta editoria você fica conhecendo cases de marcas de sucesso que podem inspirar o seu negócio.

16 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

OSSA FAMÍLIA ATENDE A SUA.” Com esse mote foi originada a empresa Móveis Romera, que hoje é uma das maiores do setor varejista. Além de móveis, a Romera trabalha na venda de eletrodomésticos, informática, celulares, brinquedos e oferece serviços aos consumidores, como seguro residencial, seguro-prestação, garantias, empréstimo pessoal, recarga de celular, dentre outros. A presidência da rede está nas mãos de Anunciata Romera. Seus filhos, Ricardo e Fabiane, compõem a vice-presidência. A primeira loja foi inaugurada em Rolândia, no Paraná. Hoje a marca já atua em sete estados brasileiros – Acre, Amazonas,

Uma das maiores empresas do setor varejista do Brasil, a rede de móveis Romera completa

32 anos com a marca de

1 milhão de clientes ativos.


A loja segue o mesmo padrão em todos os seus estabelecimentos, porém com produtos adequados às tendências, necessidades e aos costumes regionais de cada local

A relação entre a empresa e o cliente é denominada de relação ‘ganha-ganha’

Atualmente são Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rondônia e São Paulo – com sede administrativa em Arapongas-PR. Para a proprietária, “a família é o centro gerador de todas as nossas motivações. A Romera é uma família que trabalha para que outras famílias realizem seus sonhos, desejos e projetos de forma acessível e sustentável. Para nós, a palavra ‘atender’ é o ato de servir, é ajudar pessoas a escolherem e adquirirem produtos que possibilitam uma vida melhor”, destaca, revelando um conceito da loja. Uma clientela segmentada Com a ascensão da classe C, a Romera viu a necessidade de intensificar seus diferenciais para não entrar numa guerra de preços. Anunciata explicou que é necessário atender às expectativas de consumo dessa nova classe emergente e oferecer a ela produtos que sejam de seu interesse. “A estratégia deu certo.

190 lojas da rede, com

4 mil funcionários. A empresa está entre as

10

maiores varejistas do Brasil.

Nossa empresa apresenta índices de crescimento muito interessantes para o setor, chegando à marca de um milhão de clientes ativos. Sem contar que o número de estabelecimentos da marca está aumentando cada vez mais”, ressaltou. Para ela, essa expansão se iniciou por meio de oportunidades pontuais e se mantém com investimentos que não comprometem a rentabilidade de cada unidade. Competitividade varejista A equipe de planejamento da Romera, liderada pelo diretor-executivo Júlio Lara, opta por definir uma estratégia própria que seja competitiva, mas que fuja da briga de preços determinados pelas gigantes do setor. Anunciata aponta que focar na qualidade do atendimento e humanizar a relação com o cliente é fundamental para a conquista de novos consumidores. CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

17


FOCO NO FUTURO

Os carros elétricos são movidos a baterias recarregáveis, com capacidade de carga de 800 kg, utilizados para entrega e coleta de encomendas nos calçadões do estado

Compromisso com a sustentabilidade A preocupação dos Correios com o desenvolvimento sustentável tem o objetivo de atingir um desempenho vantajoso tanto para a empresa quanto para o planeta.

18 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

S CORREIOS DO RIO GRANDE DO SUL têm um compromisso com a sustentabilidade, unindo eficiência econômica com eficiência ecológica. O gerenciamento de resíduos sólidos, a doação de materiais usados para reciclagem e a utilização de veículos elétricos estão entre as ações sustentáveis praticadas pela organização. Com o objetivo de reduzir a emissão de CO2 no ambiente, causando menor impacto ao efeito estufa, os Correios utilizam veículos elétricos de calçadões há oito anos. O carro, que tem capacidade para cerca de 800 quilos de carga, não é tripulado. Dois deles estão em funcionamento, um utilizado pelo Centro de Entrega de Encomendas Centro, em Porto Alegre, e o outro usado pelo Centro de Entrega de Encomendas Santa Maria, na região central do Estado.

O

Outra preocupação da empresa é com o destino do lixo gerado internamente. Um projeto chamado Coleta Seletiva Solidária doa boa parte dos resíduos a entidades conveniadas que praticam reciclagem. Só no ano passado, a regional gaúcha doou para reciclagem mais de 31 toneladas de papel e papelão, 557 quilos de plástico, 13 quilos de vidro, 300 quilos de sucatas de metal e 74 toneladas de madeira. Materiais mais específicos, como uniformes e malotes que não são mais usados, são entregues para artesãos por meio do projeto EcoPostal. O material, que serve de matéria-prima para o artesanato, é encaminhado para a Associação do Voluntariado e da Solidariedade (Avesol), que, por sua vez, repassa o material a diversos grupos. A partir daí, os uniformes e malotes transformam-se em bolsas, calçados, mochilas, gerando renda econômica para os artesãos.


MERCADO

Mais de um celular para cada brasileiro O Brasil fechou o mês de janeiro de 2013 com mais de 262 milhões de linhas ativas na telefonia móvel. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), só no primeiro mês do ano foram registradas mais de 482 mil novas habilitações, o que representa um crescimento de 0,18% na base de assinantes de celulares em relação a dezembro de 2012. A pesquisa revela que o país atingiu a marca de 132,93 acessos por cem habitantes. Isso significa que há mais de um celular para cada brasileiro. A Anatel divulgou também que a operadora de celulares Claro aumentou sua participação nacionalmente em 0,12 pontos percentuais, atingindo uma fatia

de mercado de 25,12%. A empresa atribui o crescimento ao segmento pré-pago, na qual a participação de mercado da operadora aumentou 0,15 pontos percentuais no mês. Outros produtos também têm sido importantes para o progresso da Claro, como a banda larga móvel, na qual é vice-líder, com 29,6% de participação, e Telemetria (transmitir e receber dados através de tecnologias de comunicação sem fio), em que é a principal operadora do país, com 47% de participação. A companhia destaca que o crescimento nacional reflete a estratégia da operadora em estar cada vez mais próxima dos seus clientes e sempre oferecer boas opções em produtos e serviços.

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

19


LOJISTA EM DESTAQUE Mundo Marinho renovada

Bate-Bola Somos de: Ijuí e Teutônia, adotados e apaixonados por Porto Alegre há duas décadas. Trabalhamos no ramo há: há mais de 16 anos. Ser lojista para nós é: satisfazer os desejos de nossos consumidores com produtos de qualidade, por meio de pessoas comprometidas: nossos colaboradores. O setor de vestuário vai exigir cada vez mais: diferenciação em produtos e atendimento Comerciante feliz é comerciante: que consegue atender às expectativas internas (colaboradores e fornecedores) e as externas (clientes), tendo como consequência a fidelidade de ambos e o retorno do seu investimento.

Hoje com seis lojas no estado, quatro em Porto Alegre e duas na Serra gaúcha (Gramado e Nova Petrópolis), a Mundo Marinho inaugura mais um estabelecimento. A nova loja fica na Rua dos Andradas, Centro da capital. Quando foi fundada, em 1997, a empresa era franqueada de outro empreendimento. A marca própria e a migração das lojas ocorreram no ano 2000. Marilaine Lagemann, proprietária, explica que na indústria da Mundo Marinho são produzidas 60% das peças oferecidas na loja. “Além desses itens, há também parcerias com fornecedores cujos conceitos de qualidade estejam de acordo com os nossos valores. Nossas coleções têm enfoque na moda esportiva e casual, destacando o conceito navy”, diz. O sócio Claus Lagemann comenta que o novo empreendimento está localizado num endereço que comercializa confecções há seis décadas. Em vista disso foi necessária uma renovação do espaço. “Modernizamos a loja, entramos com o nosso mix de produtos, além de intensificar a importância do atendimento diferenciado ao cliente”, destaca. A operação está trazendo resultados positivos e com isso pode haver uma prospecção de outros pontos com características semelhantes.

Digimer

Loja Empório Bijux

A Digimer do Shopping Iguatemi, loja que marcou o início das atividades da rede em shopping em 1997, passou por uma reestruturação. O novo espaço apresenta 100m2. “Nossa expectativa para a loja é de um crescimento superior a 20% nas vendas, em relação ao ano passado”, diz José Spadotto, diretor da rede.

A Empório Bijux do Shopping Bourbon Wallig completa seu primeiro ano de atividades no mês de junho. Focada em atender o público feminino, é a 1ª franquia do Rio Grande do Sul de uma rede que possui mais de 60 lojas no Brasil.

Participe desta editoria enviando novidades sobre sua loja para o e-mail imprensa@sindilojaspoa.com.br 20 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO


ESPECIAL 75 ANOS

Atualmente a via concentra mais da metade do consumo varejista da Capital

Consumo concentrado

na Assis Brasil

NTES CHAMADA DE Caminho do Passo da Areia, a Avenida Assis Brasil era um dos segmentos que ligavam a vila de Porto Alegre à freguesia de Gravataí. Os habitantes locais da época batizaram de Passo de Areia o vão do Arroio de Areia, um pequeno curso de água que passava à margem do Esporte Clube São José e que há muitos anos foi canalizado. Desde 1855, a Câmara Municipal mostrou preocupação com a melhoria dessa estrada e mandou efetuar nela diversos consertos. Somente em 1948, ela ganhou status de avenida e passou ter o nome que carrega até hoje: Assis Brasil. Foi nessa época que o barulho da corrente de água perdeu espaço para o som de motores e buzinas vindos do tráfego intenso por exemplo, tiveram origem no local e no local. Os comerciantes permanecem ali até hoje. Nela também estão começaram a perceber concentrados quatro shoppings da cidade – que nos seus grandes terLindoia Shopping, Boulevard Strip Center e renos surgiriam lojas de dois Bourbon Shopping. artigos que não caberiam A área concentra 53% do potencial de consuem simples prateleiras, mo de Porto Alegre e apresenta cerca de 670 mas que necessitavam de mil habitantes. Números significativos que espaço, como móveis e movimentam essa avenida de forte apelo materiais de construção. comercial formada por mais da metade do A Manlec e a Tumelero, consumo varejista da capital.

A

Os casarões da Avenida Assis Brasil foram substituídos por grandes shopping centers e lojas de varejo.

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

21


ESPAÇO SINDILOJAS

O workshop está na sua 9ª edição, mas sempre apresenta ideias atualizadas

EVENTO

Imersão em Gerência de Loja A próxima edição da capacitação será em agosto. Fique atento e participe!

Em sua 9ª edição, o workshop Imersão em Gerência de Loja apresentou ideias de como melhorar o rendimento das lojas e liderar equipes. Ministrado por Eduardo Tevah, o curso motivou os profissionais a continuarem em busca de conhecimento e especialização na área. Por meio de exemplos dos próprios alunos, o palestrante conheceu um pouco de cada um estimulando a participação dos profissionais durante a aula. Noeli Maria Stoll, proprietária da loja Desejos, comentou que Eduardo utiliza uma linguagem voltada ao varejo de fácil compreensão. “Ele conhece o dia a dia do comércio e apresenta inovações que facilmente podem ser aplicadas. É a minha quarta participação no curso, e, dessa vez, trouxe mais profissionais da minha equipe para se atualizarem”, destaca. Sua

SOCIEDADE

Formação facilitada Convênio com a PUCRS trará benefícios a associados.

22 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO

O Sindilojas Porto Alegre firmou um convênio com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS para promover a formação profissional dos associados por meio de alguns cursos de Extensão e Pós-Graduação da Universidade. Nos cursos de Pós-Graduação, o associado tem um desconto de 10% a partir da segunda parcela de pagamento. Já nos cursos de Extensão, o desconto de 10% vale para o valor integral do curso. Para informações ou dúvidas, ligue para (51) 3025-8300. Acesse o site www.pucrs.br para saber sobre os cursos.

funcionária, Lisandra Alves, está se qualificando para a função de gerente. “Já estou pegando dicas e tendo ideias para quando eu exercer o cargo”, disse.

Confira algumas dicas: • Somente gestor que elogia tem o direito de criticar. • Não acredite em líder que trabalhe sem agenda, sem planejamento. Organize seu dia de amanhã. • Saia da zona de conforto. Leia, estude, inove, faça cursos. Não pare no tempo. • Comemore as vitórias. Caso isso não aconteça, as derrotas terão o mesmo efeito na equipe, que ficará acostumada a perder. • Fique firme à pressão. Ela faz parte do jogo. • Não se afaste das vendas e da equipe. O líder deve estar onde a ação está.


REDES SOCIAIS

Sindilojas no LinkedIn O Sindilojas Porto Alegre agora está presente no LinkedIn. A ferramenta é uma rede de negócios fundada em 2002, utilizada principalmente por profissionais. O atual diretor da LinkedIn é Dan Nye e a sede central fica em Mountain View, no Estado da Califórnia (EUA). O Sindilojas considera muito importante participar das redes sociais na web, a fim de uma maior aproximação com os lojistas e demais públicos. Siga a página do Sindilojas por meio do endereço www. linkedin.com/company/sindilojas-porto-alegre ou pesquise por “Sindilojas Porto Alegre” no sistema de buscas do site.

CONFIRA A AGENDA DE CURSOS E EVENTOS IMPORTANTES PARA O VAREJO EM JUNHO:

3 WORKSHOP COMUNICAÇÃO VISUAL Das 8h30 às 22h30

CAFÉ COM LOJISTAS ESPECIAL

O ponto de venda ideal

11

Atualmente, para uma loja ter identidade própria e impactar seus clientes ela deve fazer com que seu ambiente seja um canal onde tudo se comunique, inclusive, que haja comunicação com o próprio consumidor. Quer saber mais sobre o ponto de venda ideal? No dia 19 de junho ocorrerá o Café com Lojistas, no auditório Henrique Gerchmann, com a presença do diretor Executivo do GAD’RETAIL Leonardo Koboldt Araujo, que vai falar sobre ponto de venda como um lugar de experiências e propulsor de vendas. A palestra chama-se “Retail Experience Design - Potencializando marcas, experiências e conexões no ponto de venda”, das 9h às 10h30. Os lojistas serão recebidos para o café da manhã às 8h30. Não perca!

WORKSHOP LIDERANÇA, COACHING E FEEDBACK Das 18h30 às 22h30

O Sindilojas Porto Alegre esteve presente no 29º Encontro Nacional dos Sindicatos Patronais (ENSP), ocorrido de 15 a 17 de maio, na Expo Unimed, em Curitiba (PR). Na ocasião foi apresentado o case de comunicação e marketing da Entidade, com resultados do trabalho realizado em relacionamento com a imprensa, mídias sociais e publicações. Também houve apresentação do processo de produção e divulgação do livro “Porto Alegre na Vitrine”, que conta a história do comércio da Capital. No local de exposições do evento, um estande do Sindilojas disponibilizou informações sobre a 1ª Feira Brasileira do Varejo - Febravar, que ocorre em julho.

DIA DOS NAMORADOS

17 a 20 CURSO GESTÃO E PLANEJAMENTO FINANCEIRO II Das 19h às 22h

19

PRESENÇA DO SINDILOJAS

Encontro Nacional de Sindicatos Patronais

12

CAFÉ COM LOJISTAS

Prevenção de Incêndios No Café com Lojistas do dia 8 de maio, o palestrante foi o Tenente-Coronel, Adriano Krukoski Ferreira, comandante do 1º Comando Regional de Bombeiros. Ele alertou os lojistas sobre a importância da prevenção de incêndio em seus estabelecimentos. Falou ainda da importância de se contratar um profissional habilitado para fazer um plano de prevenção, que depois de pronto, recebe do Corpo de Bombeiros um Certificado de Conformidade, explicitando que o plano está de acordo com o que a lei solicita. Depois de aprovado ocorre a emissão do Alvará. Este tem validade de um ano para estabelecimentos de risco médio ou grande e dois anos para locais de risco pequeno. Para saber mais, o Corpo de Bombeiros está a disposição nos telefones 51 3288-3176 e 3288-3179.

CAFÉ COM LOJISTAS com Leonardo Koboldt Araujo, que falará sobre o Ponto de Venda Ideal de um estabelecimento. Das 8h30 às 10h30

24 a 27 CURSO TÉCNICAS DE ATENDIMENTO E VENDAS II Das 19h às 22h

Os cursos e demais atividades do Sindilojas Porto Alegre ocorrem no auditório do Sindicato, localizado no endereço: Rua dos Andradas, 1234 - 9º andar, bairro Centro Histórico.

SINDILOJAS NAS REDES SOCIAIS w www.facebook.com/SindilojasPOA

@SindilojasPOA

y youtube.com/sindilojaspoars

linkedin.com/company/sindilojas-porto-alegre

@SindilojasPOA

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

23


CONECS

13º aluguel é pauta no Congresso No dia 24 de abril, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC) da Câmara dos Deputados recebeu representantes dos proprietários e dos lojistas de shopping centers. O objetivo do evento era discutir a cobrança de mais de 12 aluguéis por ano nos shoppings.

CDEIC reuniu-se em 24 de abril, na Câmara.

SR. MARCO ANTONIO BELOTTO, DIRETOR FINANCEIRO do Sindilojas Porto Alegre, representou o Conecs durante o evento. Os donos de Shopping foram representados por Luiz Fernando Pinto Veiga, Presidente da Associação Brasileira de Shopping Centers, que defendeu a cobrança do 13º aluguel nos shopping centers. Segundo ele, a prática está contratualmente prevista e é pactuada com os lojistas no momento da negociação da locação. Tal cobrança serviria para compensar o excedente de vendas dos lojistas. Marco Antônio Belotto explicou que os lojistas já arcam com a sazonalidade ao pagarem aluguel proporcional às suas vendas. O Conecs acredita que a cobrança é injusta e só ocorre porque o Art. 54 da Lei do Inquilinato excluiu os Shoppings da aplicação da lei. Para Belotto, a locação de imóveis base nos contratos. situados em shopping é uma das poucas O debate é reflexo da mobilização de amatividades econômicas desregulamentabas as partes, e é necessário contar com das no País e necessita ser tratada com a pressão dos lojistas para influenciar as atenção. Os parlamentares levantaram decisões do Congresso Nacional. vários questionamentos e colocações A importância e a complexidade desse sobre o debate. Foi possível notar ampla debate certamente farão parte dos futuheterogeneidade entre eles, uma vez que ros embates políticos. A continuidade existiram discursos favoráveis e conda tramitação legislativa dos projetos trários à demanda do Conecs. Alguns deputados defenderam que o debate dizia que tratam sobre o tema garantirá que respeito à questão pública, tendo impacto a problemática siga na agenda política nacional. O Conecs estará acompanhanna economia, enquanto outros sustentado de perto a tramitação dessas matérias ram que o tema era de foro particular e durante o ano de 2013. deveria ser mediado judicialmente com *Texto enviado pelo Conselho Nacional de Entidades do Comércio em Shopping Center – Conecs.

24 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO


GALERIA SINDILOJAS

Encontros no Sindilojas

Fórum da Liberdade

Presidente do Sindilojas Porto Alegre, Ronaldo Sielichow, com o diretor de Operações da Corsan, Ricardo Röver Machado, e o vicepresidente financeiro do Sindicato, Marco Antonio Belotto, em abril.

Ronaldo Sielichow e Dr. Thiago Duarte, vereador e presidente da Câmara Ex-ministro Carlos Ayres Britto juntamente com o presidente Municipal de Porto Ronaldo Sielichow no Fórum da Liberdade, evento que ocorreu Alegre, que também no mês de abril, na PUCRS esteve no Sindicato

Café com Lojistas de abril abordou Planejamento Estratégico

Maria Alice Barreto Viana, Edenilce Ortiz Fae, Thalma Gomes da Silva, Paulo Cézar de Oliveira (Lojas Linna)

Claus Lagemann (Mundo Marinho), Eduardo Garcia (Empo), Paulo Kruse (Vicepresidente Sindilojas)

Flávio Martins e Paulo Penna Rey (Vice-presidente de Comunicação e Marketing do Sindilojas)

José Gitz, Danilo Machado, Luiz Gitz, Hugo Gitz (Pé de Meia)

Cláudia Mallmann e Adriano Moritz (FTEC)

Flávio Martins falou sobre formas de se planejar na empresa

CONEXÃO VAREJO JUNHO 2013

25


CLIQUE

ROMANTISMO NO AR Junho é um mês especial para o comércio, e para os apaixonados. O clima de romance abre espaço para carinhos materializados em flores, cartões, pelúcias, joias, amores e sorrisos. O varejo se enfeita com corações, e os namorados aproveitam as milhares de opções para demonstrar todo o seu amor.

26 JUNHO 2013

CONEXÃO VAREJO


Prepare a sua loja para a promoção que jå Ê sucesso na cidade. A partir de junho, receba nossos promotores na sua loja e saiba tudo sobre a 5ª edição da Vale Mais. Uma promoção que vai movimentar o comÊrcio durante todo o mês de setembro com muito mais vantagens para você e seus clientes. Participe: a campanha vai estar por toda a cidade.

4XHPWHPORMD WHPDJHQWH


Quem tem Sindilojas, tem novidades sempre ao seu alcance. Com o Sindilojas Porto Alegre, vocĂŞ ďŹ ca conectado nas novidades do varejo.

Acesse, siga, curta, compartilhe e tenha muito mais informação.

4XHPWHPORMD WHPDJHQWH

28 JUNHO 2013

CONEXĂƒO VAREJO

facebook.com/SindilojasPOA

twitter.com/SindilojasPOA

youtube.com/sindilojaspoars

linkedin.com/company/sindilojas-porto-alegre

instagram.com/sindilojaspoa


Conexão Varejo - Junho/2013  

Revista do Sindilojas Porto Alegre

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you