Page 1

S i n d i l o j a s c o n q u i s t a M e d a l h a d e B r o n z e n o P G Q P.

Ano 7 | nº 33 | Julho 2011

Parceiros Voluntários premia projetos.

A Jackwal do seu Francisco é feita de pessoas


02

O Empreendedor da Aldeia


Índice

Nesta Edição 23 06 09 10 12 15 18 23 25 26

GESTÃO Sindilojas é medalha de prata no PGQP CARTÃO ACIGRA Case da entidade no Congresso da Federasul CURSO Coaching: arte de valorizar e motivar colaboradores

15

MATÉRIA DA CAPA Seu Francisco, as pessoas e a Jackwal ARQUITETURA Projeto da nova sede do Sindilojas é premiado RESPONSABILIDADE AMBIENTAL Amigos do Planeta recebe prêmio nacional

09

FRANCHISING Rainha das Noivas duplamente premiada PARCEIROS VOLUNTÁRIOS Homenagem para onze projetos no Estado

06

AGENDA Curso, palestras e eventos do Sindilojas e da Acigra

EXPEDIENTE

A Revista O Empreendedor da Aldeia é uma publicação da Acigra e do Sindilojas Edição nº 32 - Abril de 2011 - Distribuição direta e dirigida Edição e Arte: Luís Antônio Cardoso e Micael Rodrigues Reportagens: Equipes de comunicação da Acigra e do Sindilojas Fotos: Arquivos da Acigra e do Sindilojas, Prefeitura de Gravataí, LM Produções Impressão: Gráfica Datacerta Tiragem: 5 mil exemplares Jornalista responsável: Claudio Oliveira - MTb/RS 13197

PARA ANUNCIAR Entre em contato com o Departamento Comercial das entidades Acigra: 3488.5566 Jader Maciel - jader@acigra.com.br

Sindilojas de Gravataí: Fone 3488.4586 Elísia Lucca - elisia@sindilojasgravatai.com.br

A simplicidade é o máximo da sofisticação John Sculley

O Empreendedor da Aldeia

03


Fala, presidente

CARTA DE BENTO

AS DIFERENÇAS

A Federasul, em seu 9º Congresso das Entidades Filiadas, vem a público manifestar posição sobre o momento que vive o País e o Rio Grande do Sul. Vivemos num cenário preocupante com o risco da volta da inflação. Nesse contexto, o crescimento do PIB no primeiro trimestre a uma taxa de 4,2% foi uma ótima notícia. Para não desperdiçar esse momento, é preciso avançar e dar o salto necessário para um ciclo de desenvolvimento sólido, implementando a agenda de mudanças que o País ainda precisa fazer: - Reduzir os gastos públicos, limitando-os a um percentual do crescimento da receita corrente; - Diminuir a carga tributária, que atualmente atinge 35% do PIB, a mais alta entre os países emergentes, levando a arrecadação do governo a aumentar nesse primeiro quadrimestre impressionantes 17%. - Atingindo o equilíbrio fiscal, será possível reduzir a taxa de juros, que atualmente é a maior entre as principais economias desenvolvidas e emergentes, e que se constitui em um dos maiores entraves ao crescimento econômico do País. - Juros mais baixos, por sua vez, levarão a uma menor pressão sobre o câmbio, permitindo uma desvalorização cambial. Essa atuação sugerida sobre o trinômio gastos públicos-juros-câmbio permitirá uma maior competitividade para as empresas brasileiras. - Direcionar os investimentos públicos com prioridade absoluta para a recuperação da infraestrutura do País, que hoje é um dos grandes gargalos para o nosso crescimento econômico, com a adoção de parcerias público-privadas. No âmbito estadual, o novo governo que se inicia conta com ampla maioria na Assembléia e boas relações com o governo federal. O que a sociedade espera é que ele use essas condições políticas excepcionais para realizar as mudanças estruturais que o Rio Grande precisa para se desenvolver, como: - A retomada de investimentos em infraestrutura, seja com recursos próprios, seja em parceria com a União e com a iniciativa privada. Hoje o Rio Grande tem um dos maiores custos logísticos do país, e esse é um grande entrave para o nosso desenvolvimento. - Não ceder às pressões corporativas, e efetivamente realizar a reforma da previdência pública no Estado. - Dar mais apoio aos setores intensivos em tecnologia e mão de obra, visando a atração de novos investimentos que permitirão a diversificação de nossa economia, o desenvolvimento e a geração de empregos. - Implementar medidas que melhorem a qualidade do ensino publico, medida fundamental para preparar nossas gerações para o mercado de trabalho no futuro. O que todos nós queremos é um Brasil e um Rio Grande cada vez mais desenvolvidos, e um setor público eficiente, que sirva a sociedade ao invés de servir-se dela. Bento Gonçalves, 04 de junho de 2011.

Vivemos divididos, esta é a realidade. Preto e branco, gremistas e colorados, direita e esquerda, e aí por diante. Na economia, de uma lado temos o setor privado, que através do empreendedorismo gera emprego e renda , progresso social e desenvolvimento. Do outro, temos a administração pública, que através de sua estrutura, consome vorazmente a receita tributária gerada pelo setor produtivo, tendo insistentes gargalos de ineficiência qualitativa nos investimentos sociais. Recebe muito para fazer pouco, ou será que ganhar perto de 40% do PIB não é suficiente para sequer ser considerado um padrão de administração modelar? Sem generalizar, deve ser destacado que existem funcionários públicos competentes e órgãos dignos, que honram com brio a atividade que exercem. Da mesma forma, não podemos esquecer que, no setor privado, também existe gente transgredindo normas e leis. Para a noção de responsabilidade, não importa se a seara é pública ou privada. O fundamental é não ser tolerante com a incompetência e a desonestidade. O sistema precisa punir com celeridade e rigor as transgressões de conduta. Mas o que significa tudo isso? Ora, fica a certeza de que uma sociedade triunfa quando há equilíbrio entre forças do mercado e as estruturas públicas. E quando há desequilíbrio, seja para um lado ou para o outro, quem sofre é a sociedade. Os homens públicos devem ser os primeiros a zelar para que as verbas governamentais, sempre escassas, não sejam desperdiçadas nas rotinas da própria máquina administrativa. Em favor desses "pobres", tão defendidos por todos, será pedir muito, ou teremos ainda mais diferenças? José Rosa presidente do Sindilojas de Gravataí

José Luis Silveira presidente da Acigra

O fundamental é não ser tolerante com a incompetência e a desonestidade. O sistema precisa punir com rigor as transgressões

ACIGRA - Rua Dr. Luiz Bastos do Prado, 1299 - Centro - Gravataí/RS - Fone 3488.5566 acigra@acigra.com.br - comunicacao@acigra.com.br - www.acigra.com.br Diretoria da Acigra - Gestão 2011/2012 Presidente: José Luis Silveira; Vice-presidente da Indústria: Régis Albino Marques Gomes; Vice-presidente do Comércio: José Gattiboni Pacheco; Vice-presidente de Serviços: Edson Cunha; Vice-presidente de Finanças e Patrimônio: Roberto Bastiani; Vice-presidentes: Ana Cristina Pereira, Candido Assis, Lairton Zagonel. SINDILOJAS DE GRAVATAÍ - Av. Dorival de Oliveira, 343, sala 302 - Centro - Gravataí/RS - Fone 3488.4586 sindilojas@sindilojasgravatai.com.br - www.sindilojasgravatai.com.br Diretoria do Sindilojas de Gravataí - Gestão 2010/2013 Presidente: José Nilvaldo da Rosa Vice-Presidente: Cláudio Fernandes; Vice-Presidente de Finanças e Patrimônio: Albrecht Schott Vice-Presidentes: Airton Duarte - Cerli Dulce Dal Santo - Ivete Maria Medeiros de Amorim - Sílvio Valmor Moller 04

O Empreendedor da Aldeia


Entidade EVENTO

DEPOIMENTO

Paladino comemora 84 anos com “Noite nas Nuvens” Festa foi marcada pelo bom gosto da decoração e pela inauguração do ginásio de esportes Jantar-baile realizado pelo Paladino Tênis Clube para o seu aniversário de 84 anos surpreendeu os convidados com um cenário de uma grande nuvem. Além do delicioso jantar e do emocionante momento do parabéns, com a reunião da atual diretoria Diretoria e associados cantam o parabéns diante do bolo dos 84 anos do Clube, ex-presidentes e associados, a recepção ração dos 84 anos do Paladino Paladino, cada um agregando contou com a animação do Grupo Latino. A festivi- é necessário lembrar o grupo seu conhecimento, seu esfordade, realizada no dia 30 de de jovens amigos que, no dis- ço e dedicação, hoje desfrutaabril também inaugurou mais tante abril de 1927, sonhou mos de um Clube moderno um espaço para realização de com um Clube, e organizou- e estruturado para oferecer eventos e festas na cidade, o se para fundar uma sociedade aos associados condições de Ginásio do Paladino, com ca- que pudesse agregar a comu- lazer, convívio social e prátipacidade para recepções de nidade gravataiense. Graças ca de esportes”, disse o atual a estas pessoas e à sequência presidente do Clube, Claudio 300 até 3 mil pessoas. “Ao saudar esta comemo- de presidentes e diretores do Fonseca.

O Empreendedor da Aldeia

Hércules Perrone Ramão: “MBA supera todas as expectativas” “A chegada histórica do primeiro MBA em Gestão Empresarial da Unisinos, em Gravataí, vem superando todas as expectativas”. A avaliação é do advogado Hércules Perrone Ramão. Ele explica os motivos: “O conhecimento adquirido nas aulas ministradas por professores doutores em Gestão Empresarial, de excepcional qualificação, pode ser aplicado imediatamente no trabalho do dia-a-dia, com práticas e possibilidades inovadoras e extremamente eficientes. As amizades e o network no ambiente das aulas, também contribuem e auxiliam na prática do conhecimento obtido no desenvolvimento das práticas de gestão, na empresa e na comunidade. Certamente esse MBA Unisinos/Acigra produzirá muitos frutos e boas sementes para a cidade. Por isso, sugiro a todos que se mantenham informados sobre os que virão, sob a batuta da Acigra, e se preparem para se transformar em agentes da transformação que a cidade precisa. Parabéns a toda Equipe Acigra”.

05


Por Dentro da Lei

Empreendendo

O que pode ser penhorado para pagar dívidas Os credores costumam utilizar técnicas de ameaça para “apavorar” os devedores. É comum o devedor receber ligações telefônicas grosseiras com ameaças de que acaso não seja paga a dívida “um oficial de justiça irá até sua casa e vai penhorar seus bens e até sua casa que serão vendidos em leilão para pagamento da dívida”. Muitas pessoas ficam realmente apavoradas, porque não conhecem os seus direitos, muito menos quais os bens não podem ser penhorados para pagamento de dívidas, e pensam que na manhã seguinte haverá um oficial de justiça com dois policiais para levar todos os seus bens e lhe retirar da casa que será vendida na parte da tarde. Fique calmo, não é bem assim que funciona! Não é crime “Art. 1º O imóvel residencial passar por difipróprio do casal, ou da culdades e não ter como honrar uma entidade familiar, é dívida dentro dos impenhorável e não prazos estabelecidos. É importante responderá por qualquer tipo para quem está de dívida civil, comercial, devendo saber fiscal, previdenciária ou de quais os bens podem ser penhooutra natureza, contraída rados em caso de pelos cônjuges ou pelos pais ação judicial. ou filhos que sejam seus Primeiro, vale ressaltar que sen- proprietários e nele residam, do os credores instituições finan- salvo nas hipóteses previstas ceiras (bancos, nesta lei. Lei nº 8.009/1990 cartões de crédito, financeiras, etc) eles não costumam entrar com ações de cobrança na justiça, somente em casos de dívidas de financiamentos de imóveis, veículos e outros bens – que podem ser penhorados pois estão em garantia da dívida. Assim eles podem entrar com ações de busca e apreensão destes bens. Se não for este caso, somente se as dívidas forem altas e quando os credores têm certeza que o devedor tem dinheiro ou bens suficientes para saldar a dívida, a cobrança costuma ser judicial. Se você não se enquadra em nenhuma destas situações, as chances de receber a visita de um oficial de justiça em sua porta é muito pequena. Assim, é muito mais eficiente e econômico para estes credores contratar empresas de cobrança que ficam ligando dia e noite para o devedor, fazendo ameaças de penhora e venda de bens, apavorando-os e fazendo com que muitos, que desconhecem seus direitos, corram para vender bens, pegar outros empréstimos e fazer todo o tipo de negócio para quitar a dívida, com medo do que pode acontecer. No caso do credor realmente mover uma ação judicial de cobrança ou execução da dívida, vamos deixar bem claro o que não pode ser penhorado para pagar dívidas. Primeiro de tudo é o salário – toda renda que venha do trabalho. O salário não pode ser penhorado para o pagamento de dívidas, salvo em caso de pensão alimentícia. Também não pode ser penhorado o imóvel único de família, conforme determina a Lei nº 8.009, de 29 de março de 1990. Site www.SOSConsumidor.com.br 06

PREMIAÇÃO

A qualidade que era conhecida agora é reconhecida Sindilojas Gravataí conquista a Medalha de Bronze do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade O que era conhecido agora é reconhecido. Muito além da performance da gestão, o slogan engloba um conceito de melhorias focadas no associado. O Sindilojas Gravataí conquistou a Medalha Bronze no Prêmio Qualidade RS 2011, promovido durante o 12º Congresso Internacional da Gestão, em Porto Alegre, considerado o maior evento na área da qualidade do mundo. A 16ª edição de entrega da premiação, promovida

pelo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) aconteceu dia 5 de julho na Fiergs, e contemplou 147 organizações. O Prêmio Qualidade RS foi criado em 1996 pelo PGQP e abrange a avaliação da gestão das organizações em oito critérios – Liderança, Estratégias e Planos, Clientes, Sociedade, Informações e Conhecimento, Pessoas, Processos e Resultados. Esses critérios são desenvolvidos dentro da entidade por grupos de trabalho, com a participação de todos os colaboradores, diretoria e o presidente. Viabiliza às vencedoras um reconhecimento e visibilidade nacional quanto a seu sistema de gestão alinhado aos princípios da qualidade,

A bandeira do Sindilojas é erguida no momento da premiação

O Empreendedor da Aldeia


Entre em contato conosco e sugira assuntos para a Seção Empreendendo comunicacao@acigra.com.br ou imprensa@sindilojasgravatai.com.br

CONSUMIDOR

SPC informa

O presidente José Rosa comemora a conquista da Medalha de Bronze

reconhecimento da força de trabalho e maior autoestima dos colaboradores. Além disso, foca o reconhecimento da comunidade com informações sobre práticas bem-sucedidas de gestão, preconizadas no Modelo de Excelência da Gestão do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ). O Sindilojas Gravataí está inserido neste modelo de gestão desde 2010 – em 2006 pelo Sistema de Excelência em Gestão Sindical Fecomércio RS (Segs). – A conquista da Medalha Bronze reforça nossa convicção de que estamos no caminho certo para a excelência em gestão. Com esta conquista também nos aproximamos mais da meta definida na visão do Sindilojas Gravataí, de ser referência nacional no

O diretor de Qualidade do Sindilojas, Itamar Oliveira (à esquerda) também festejou

meio sindical até 2013, sendo decisivo no desenvolvimento do comércio varejista de Gravataí e Glorinha – avaliou o presidente do Sindicato, José Rosa. A conquista da Meda-

lha de Bronze no PGQP não é o fim do trabalho do Sindilojas na busca da excelência na gestão de seus processos, produtos e serviços. É apenas o começo.

O Empreendedor da Aldeia

O Serviço de Proteção ao Crédito de Gravataí vem informar que a comunicação aos consumidores inadimplentes se dá única e exclusivamente através de Cartas de Notificação emitidas automaticamente no momento do registro do débito ao endereço cadastrado na hora da compra. Torpedos, emails ou boletos enviados aos endereços do consumidores não caracterizam o registro no Sistema SPC. Esta medida contempla o Código de Defesa do Consumidor e respeita o prazo de 10 dias, a contar da data de emissão da carta, para que o mesmo possa regularizar suas dívidas juntamente as empresas credoras antes que seus nomes sejam inclusos no cadastro nacional. As consultas ao SPC para pessoa física são gratuitas e podem ser realizadas na sede da Acigra, em horário comercial, com a apresentação de CPF e documento com foto. Consultas para terceiros somente com apresentação de procuração reconhecida em cartório.

07


Entidade CONTAS PÚBLICAS

Acigra promove encontro entre Prefeitura e Banrisul Entidade promove evento para que banco e administração municipal expliquem à sociedade a dívida histórica que está sendo renegociada Exercendo sua missão, de agente facilitador dos interesses de seus associados, a Acigra promoveu no dia 20 de maio, em seu auditório, um encontro entre a Prefeitura Gravataí, a Câmara de Vereadores, o Banrisul, o Sindilojas e as diretorias das entidades. O objetivo foi possibilitar às partes uma oportunidade de entender o histórico da dívida que o município possui com o banco e as

08

O presidente José Luis com representantes da Prefeitura, Banrisul e Sindilojas

possibilidades de negociação. Segundo o presidente José Luis, este encontro foi a melhor maneira encontrada pela entidade para colaborar com a resolução deste assunto, oportunizando acesso às informações importantes para o enten-

dimento da questão. Durante o encontro, a superintendente executiva do Banrisul, Marinês Bilhar, apresentou o histórico da dívida e relatou como ocorreu a negociação com a Prefeitura, originando a proposta de parcelamento

O Empreendedor da Aldeia

encaminhada a Câmara de Vereadores. O secretário municipal da Fazenda, Alex Borba, destacou o estudo feito pela Prefeitura e afirma que tem liquidez para saldar as parcelas do financiamento proposto ao banco. Também se manifestaram o presidente do Sindilojas, José Rosa e o presidente da Câmara de Vereadores, Nadir Rocha, destacando a iniciativa da promoção desta reunião. Vereadores, assessores, representantes da Prefeitura e membros das diretorias da Acigra e do Sindilojas, e outras entidades puderam fazer seus questionamentos para ter um melhor entendimento. Segundo o presidente da Câmara de Vereadores, Nadir Rocha, novos debates serão promovidos a fim de elucidar o assunto para que a melhor decisão para a população seja tomada. A Acigra continuará acompanhando este assunto.


Entidade EVENTO

Acigra presente no 9º Congresso da Federasul Ocorreu nos dias 3 e 4 de junho, em Bento Gonçalves, o 9º Congresso das Entidades Filiadas a Federasul. O evento reuniu associações comerciais de todo o Estado. No primeiro dia do congresso seis entidades apresentaram cases de sucesso, entre elas a Acigra, com o Cartão Desconto. O presidente da Acigra, José Luis Silveira, entregou um exemplar do Cartão Desconto ao presidente da Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli, e respondeu às perguntas dos participantes. José Luis ainda foi questionado por Cairoli, sobre a possibilidade

Presidente da Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli, recebeu exemplar do Cartão Desconto Acigra

Case sobre o Cartão Desconto Acigra foi apresentado pelo presidente José Luis

de replicação do programa do Cartão Desconto Acigra, via Federasul, em todo o Estado. José Luis, que também é vi-

ce-presidente da Federasul, para a Região Metropolitana Delta do Jacuí, mobilizou a participação de cinco outras entida-

des da região, sendo a segunda maior região representada. No final do evento foi elaborada a Carta de Bento Gonçalves com os posicionamentos da Federasul e de suas entidades filiadas. A Acigra recebeu uma placa em homenagem e uma impressora multifuncional pela apresentação do case.

3431.1165

Rua Alberto Pasqualine, 764 - V. Marcos - CEP: 94040-550 - Gravataí - RS

O Empreendedor da Aldeia

09


Entidade CAPACITAÇÃO

Coaching: aprendendo a valorizar, motivar e potencializar pessoas Parceria do Sindilojas com a Sociedade Gaúcha de Coaching traz palestras, treinamentos e cursos sobre o tema para a comunidade A palavra inglesa coach em tradução literal significa treinador. É dela que deriva o termo coaching, definido atualmente como a ferramenta de gestão capaz de transformar pessoas em líderes capazes de inspirar equipes e levá-las a desempenhos cada vez melhores no mundo corporativo. Para melhorar a qualificação de seus associados e colaboradores, o Sindilojas Gravataí firmou parceria com a Sociedade Gaúcha de Coaching (SCG). A iniciativa da entidade trouxe para a cidade palestras, treinamentos e cursos nesta área, valorizando o maior patrimônio das empresas, que é o capital humano. O último curso foi realizado nos dias 16 e 17 de julho, no Sindilojas. Com uma equipe formada pelos especialistas Ronald Dennis Pantin Filho, Bruno Juliani e João Alexandre C.

BENEFÍCIOS DO TREINAMENTO

Ronald Pantin Filho, durante um dos eventos no Sindilojas

OPINIÕES DE ALGUNS PARTICIPANTES DO CURSO “Obtive grandes aprendizados, os quais pude enquadrar tanto em minha vida pessoal quanto profissional. O curso me mostrou áreas e habilidades que não havia percebido em mim mesmo. Recomendo a todos”. Ezequiel Montevani Ferreira – Medicone “Um curso ótimo com ampla capacidade de desenvolver idéias e capaz de trazer compreensão plena sobre nossa vida”. Anderson Lima – IPA/GM

Borba, a SCG trabalha para difundir uma visão estratégica e aprofundada sobre as práticas de coaching no cenário empresarial. Neste sentido, o curso Líder Coach oferece uma base completa para desenvolver a competência de lidar com pessoas, tratar questões de performance, otimizar e aperfeiçoar o diálogo aberto, bem como o feedback, se fazendo de forma mais produtiva e positiva para ambas as partes, compreendendo e exaltando sempre a posição do próximo, com o objetivo de apoiá-lo em seu desenvolvimento profissional. O curso se destina a RHs que

tUso pleno de potencialidades e habilidades. tAceleração do desenvolvimento pessoal e profissional. t Aumento de performance. t Realização, sucesso e equilíbrio. t Clareza nos objetivos de vida. t Acesso a poderosos recursos emocionais. t Transformação de sonhos em planos realizáveis. t Melhoria na capacidade em produzir resultados. queiram aprender e repassar novas formas de gestão de pessoas para sua organização; líderes que desejam potencializar, preparar, encorajar e dar suporte a outras pessoas; indivíduos que assumirão o papel de líder em suas organizações; líderes de times; diretores, gestores, gerentes, supervisores e coordenadores. Além disso tem o papel de enriquecer a bagagem e qualificação de profissionais de todas as áreas.

ATITUDE

10

O Empreendedor da Aldeia


De 10/08 a 22/09, 16 aulas, das 19h às 23h, na Acigra. Parceria Banco do Brasil Público Alvo: Empresas exportadoras ou importadoras de Gravataí (ou interessados), Estudantes de COMEX. Módulos de 8h cada: 1-Práticas Cambiais - Dias 10 e 11/08, 2-Importação - Dias 17 e 18/08, 3-Drawback Dias 24 e 25/08, 4-Carta de Crédito - UCP 600 - Dias 31/08 e 01/09, 5-Fundamentos de Câmbio financeiro Dias 17 e 18/08, 6-Exportação I e Exportação de Serviços - Dias 08 e 09/09, 7-Exportação II e Financiamentos a Exportação - Dias 21 e 22/09. Investimento: R$ 2.100,00 Associados da Acigra. R$ 2.300,00 Demais participantes.

ANÚNCIO ACIGRA

De 26/09 a 01/10, das 8h às 18h, na Acigra. Parceria Sebrae

O EMPRETEC é um seminário desenvolvido pelas Nações Unidas e realizado no Brasil em parceria com o SEBRAE. Ao longo de uma década, o EMPRETEC possibilitou a milhares de pessoas uma visão mais clara de suas atividades, gerando mudanças de comportamento e sobretudo autoconfiança. Público-alvo: empreendedores (com ou sem empresa constituída), de qualquer segmento/setor empresarial. Objetivos: estimular e desenvolver as características individuais do empreendedor, de forma a propiciar sua competitividade e permanência no mercado, por meio de metodologia vivencial especialmente desenvolvida para este fim, cuja abordagem se dá pelas 10 características empreendedoras. Etapas: Palestra de Sensibilização / Entrevista de Seleção / Seminário. Palestra Gratuita: 25/08, às 19h 30 min Entrevistas Gratuitas: sob agendamento Investimento Seminário: R$ 400,00

Curso de Prevenção e Combate a Incêndio Atendendo a RT nº 14 CCB/ BM 2009

Curso de capacitação de colaboradores de empresas classificadas com risco pequeno e médio nos segmentos da indústria, comércio e serviços. R$ 70,00

associados da Acigra - R$ 80,00 demais participantes

O Empreendedor da Aldeia

Cursos todas as QUARTAS-FEIRAS, às 8h, na ACIGRA

11


Especial PERSONALIDADE

A Jackwal do “seu”

Francisco A história de Francisco Oderich na Jackwal começou em 1962. Casado com Renate Lory, ingressou na empresa, vindo a somar esforços na área fabril, comercial e administrativa. Na ocasião a empresa contava com 35 funcionários.

Francisco Oderich adota uma filosofia peculiar: o ambiente de trabalho precisa ser agradável, para que o funcionário se sinta tratado como pessoa, sejam quais forem suas atribuições

Francisco Oderich assumiu a direção da Jackwal, uma empresa metalúrgica familiar, que nasceu em 1949 com a fabricação de aquecedores de água a lenha e fogareiros e maçaricos de pressão a querosene. Hoje, em Gravataí, a Jackwal é sinônimo de responsabilidade social e ambiental. O que era para ser apenas uma entrevista sobre a empresa e suas atividades, logo se transformou em muito mais do que isso. Revelada em cada detalhe, a Jackwal emociona. Comprometida com a responsabilidade social e ambiental, a empresa faz de cada espaço dos jardins aos pavilhões de trabalho um tributo à beleza, à limpeza e à importância da valorização humana. 12

O Empreendedor da Aldeia


Especial – Das minhas viagens, especialmente pelo Brasil, colecionei trabalhos de artesanato regional para trazer ao ambiente da empresa. Essas características da identidade nacional , meu gosto pela jardinagem, e contribuições de terceiros, formaram o ambiente agradável que temos na fábrica. A empresa foi fundada em 1949, em Porto Alegre pelo casal J.Aloys Griebeler e Ilka Marquardt Griebeler. Fabricavam aquecedores a lenha para água quente de uso doméstico e também fogareiros e maçaricos de pressão a querosene. Em 1956, por falecimento do titular, a viúva e a filha Renate Lory deram continuidade ao negócio. Foram tempos difíceis. A história de Francisco Oderich na Jackwal começou em 1962. Casado com Renate Lory, ingressou na empresa, vindo a somar esforços na área fabril, comercial e administrativa. Na ocasião a empresa contava com 35 funcionários. Na condução dos negócios, sempre teve ao lado a esposa, cuja Inteligência, vida dupla de trabalho e fa-

No ambiente de trabalho frases buscam criar um ambiente favorável a todos os colaboradores

mília, sensibilidade feminina, temperou as decisões, para um maior acerto. Houve outras situações, onde, de sua equipe administrativa e fabril, soube ouvir e respeitar idéias e sugestões. Em 1971, Francisco teve conhecimento de que diversas indústrias de prestígio compravam áreas vizinhas umas às outras, em Gravataí, onde posteriormente surgiu o

Distrito Industrial. Resolveu então apostar nessa “coincidência” e adquiriu o “pedaço de campo”, onde a empresa hoje está instalada. A Panatlântica foi pioneira no Distrito Industrial, honra ao mérito. Ela lutou pela conclusão do sistema viário, transporte, água, luz e telefone. Francisco apelidou-a de “Quero-Quero”, por ser a sentinela avançada dos in-

DOS FOGAREIROS A QUEROSENE AOS ACESSÓRIOS PARA BANHEIRO Francisco, ao ingressar na empresa, percebeu que os produtos de querosene vinham caindo rapidamente de uso no mercado. Numa viagem à Argentina, conheceu produtos similares para o uso de GLP (gás liquefeito de petróleo), fornecido em botijas de 2 kg de gás. Dali surgiram fogareiros, maçaricos, lampiões e queimadores de infra-vermelho a gás. – A Jackwal crescia, conquistávamos o mercado nacional e efetuáva-

mos as primeiras exportações para a América do Sul . Sempre buscando novas oportunidades comerciais, percebemos que, para a fabricação de acessórios para banheiro, havia coincidência de matérias-primas, equipamento industrial e comercialização com os produtos que então produzíamos. Primeiros modelos de portatoalhas, cabides, saboneteiras e outros acessórios passaram a ser fabricados – relembra Francisco. O Empreendedor da Aldeia

teresses maiores que foram disponibilizados para as outras indústrias que aqui se estabeleceram. A Jackwal, instalada numa área de 100 mil metros quadrados e com 16 mil metros quadrados de área construída, é referência em empregabilidade e responsabilidade ambiental para Gravataí e todo o Rio Grande do Sul.

O empresário conta que a empresa veio para Gravataí em 1979, mediante um empréstimo contraído no BNDES para a construção da fá-

brica. – Dos cuidados para a ousadia do empreendimento, oferecemos facilidade para transferências de moradia a funcionários-chave, transporte geral para a fábrica, projetamos layouts de linhas de produção e montagem, esmaltaria, etc. Plantávamos os primeiros pés de capim e vegetação, já que a área fabril era resultado do aterro de um banhado. Gravataí nos recebeu de 13


Especial braços abertos. Que gente amiga! – destaca Francisco. – O tempo passou e , em março de 1993, uma nova decisão importantíssima: a importação, a globalização. Damos os primeiros passos. Fomos para o outro lado do mundo. Que sensação estranha! Acertamos fornecedores, fizemos novas parcerias. A linha de Acessórios de banheiro ficou mais completa – segue o relato. Francisco revela ainda que hoje o quadro funcional é de aproximadamente 230 pessoas, às quais é proporcionada participação dos resultados. – Os colaboradores da Jackwal nos orgulham pela competência e pela contribuição além de suas obrigações - resume.

14

– Contamos com uma dedicada e competente equipe de representantes comerciais, espalhados por todo o território nacional. Possuímos aproximadamente 6 mil clientes, muitos dos quais de antigo relacionamento e amizade, sendo gratos a todos por sua preferência. Para com nossos fornecedores procuramos fortalecer laços de leal cooperação – cita Francisco sobre os resultados de tanto empenho. – Nos últimos anos alcançamos extraordinária melhoria de produtividade pela modernização do equipamento industrial e sua fantástica tecnologia. Amparamos nosso funcionamento na Informática e linguagem de código de barras. Respeitamos o meio ambiente, independentemente de obrigação

O Empreendedor da Aldeia

legal, por entender que é necessário preservar o planeta para as futuras gerações. Trabalhamos em ações do interesse da comunidade, na convicção cristã de solidariedade – segue explicando o empresário. – Nossa filha Cynthia e o marido Miguel Fayet Trein estão no comando da empresa, com nossa confiança e por merecimento. Nossas outras filhas Claudia e marido Evandro Rech Pereira da Costa e Heloisa e marido Bo Johanson, também trabalharam na Jackwal deixando grandes contribuições à tecnologia e administração – conta. Francisco reforça que a Jackwal é resultado do trabalho e empenho de todos os citados, sem mérito individual de alguém em particular.


Entidade OBRAS

Projeto da nova sede do Sindilojas é premiado em São Paulo Presidente da entidade recebeu em São Paulo o Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa, o maior do gênero na América Latina As obras da nova sede do Sindilojas Gravataí estão apenas nas fundações, mas o projeto já mereceu distinção em nível nacional. No último dia 6, em São Paulo, o Sindicato recebeu o Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa, justamente pelo projeto de sua nova sede. Promovido pela Flex Eventos, este é o maior prêmio do gênero na América Latina, entregue aos profissionais da arquitetura e a seus clientes, depois de um processo de seleção dos melhores projetos. O Sindilojas foi vencedor como o Melhor Projeto Corporativo do Ano, na categoria Criatividade e Inovação. Nesta oitava edição, o Sindilojas foi um dos 1.523 projetos inscritos e concorreu com o projeto da nova sede, assinado pelos arquitetos Alberto Torres e Audrey Bello, da Torres & Bello. Para se ter uma ideia da dimensão do prêmio, o projeto do Sindilojas e da Torres & Bello ganhou o mesmo destaque de projetos como o Estádio

O presidente José Rosa recebeu o troféu junto com os arquitetos Alberto Torres e Audrey Bello

do Corinthians. Pela abrangência, o Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa é uma radiografia da arquitetura contemporânea e retrato do mercado atual. Entre os inscritos foram 300 projetos selecionados pelo júri, que analisou principalmente os aspectos de relevância do projeto, o impacto, o desafio e a qualidade arquitetônica. Destes, 35 foram premiados. – Esperamos que a satisfação de nossos associados

UM PASSEIO PELAS OBRAS DA NOVA SEDE O Sindilojas Gravataí selecionou uma série de fotos para o leitor acompanhar como está ficando a nova sede, localizada na esquina da rua Adolfo Inácio Barcelos com a Antônio Donga, no Centro. O prédio terá mais de 1,8 mil metros quadrados distribuídos em cinco pavimentos, com ampla área de atendimento, salas para cursos e reuniões, espaço social e garagem integrada. As obras estão a cargo da Finger Engenharia & Construções. A inauguração está prevista para 16 de setembro de 2012. cresça tanto quanto nossa galeria de troféus. Esta última distinção revela que estamos cada vez mais perto de nos

O Empreendedor da Aldeia

tornarmos uma referência nacional no meio sindical, uma de nossas metas até 2013 – avalia o presidente José Rosa. 15


Entidade

Obra está licenciada pela Fundação Municipal do Meio Ambiente

Antes do início das obras a área era assim

Assinatura do contrato com a Finger Engenharia & Construções

Começa a limpeza do terreno

As máquinas começaram a trabalhar

Uma visita da diretoria para conhecer a propriedade recém-adquirida

Fundações estão em estágio adiantado

O presidente e parte da equipe visitam o canteiro de obras

No tapume uma imagem de como ficará o prédio

16

O Empreendedor da Aldeia


O Empreendedor da Aldeia

17


Entidade EVENTO

Amigos do Planeta do prêmio nacional e do “Dia da Coleta” Iniciativa do Sindilojas Gravataí recebe o prêmio Dra. Lair Montenegro e segue agregando ações como a coleta de telefones celulares Crescer promovendo a sustentabilidade e a consciência da preservação já é algo integrado à cultura do Sindilojas Gravataí, dono do Projeto Amigos do Planeta. O projeto de responsabilidade ambiental gestado na Aldeia é referência em sustentabilidade para o resto do País. A iniciativa conquistou o primeiro lugar como o melhor dos cases apresentados durante o 27º Encontro Nacional dos Sindicatos Patronais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. O evento, que teve a participação de uma equipe do Sindilojas, liderada pelo presidente José Rosa e o vice Albrecht Schott, aconteceu entre os dias 25 e 27 de maio em Cuiabá – MT. O reconhecimento não diminuiu a intensidade e a paixão com que os colaboradores cuidam do projeto, que segue agregando novas ações. A mais nova é o “Dia da Coleta”, que tem sua primeira edição agendada para 28 de julho. A iniciativa, que se repetirá a cada dois meses, terá início com a coleta de celulares em desuso, sob o slogan “Chega de blá-blá-blá, recicle seu celular”. O presidente do Sindilojas, José Rosa destaca o papel da nova ação e esclarece que o

Iniciativa do Sindilojas recebeu Prêmio Dra. Lair Montenegro

consumo consciente e destinação correta de resíduos são questões que devem fazer parte da rotina diária de qualquer cidadão. – Com o objetivo de incentivar ações nestes dois campos em toda a comunidade, o Projeto Amigos do Planeta está instituindo o Dia da Coleta. Ao mesmo tempo estaremos orientando as pessoas a viverem com uma consciência ambiental todos os dias – destaca José Rosa. A gestora do Amigos do Planeta, Rose Mariah Ferreira, explica que o Dia da Coleta é aberto à participação de toda a comunidade, inclusive escolas, empresas, associações, etc. O material coletado será encaminhado para reciclagem pela

Reverse Gerenciamento de Resíduos Tecnológicos. Esta parceria nasceu em 2008, com a implantação da primeira urna coletora de celulares do projeto. “Os participantes concorrerão ao sorteio de celulares novos, aparelhos mp3, pen drives, um curso gratuito de Gestão Ambiental e sacolas retornáveis do Amigos do Planeta, entre outros. O Dia da Coleta tem como patrocinadores a Acessotécnica Informática, Cened Cursos, Ivone Fest, Playcel Celulares, PontoCel Informática e Recal Reciclagem de Cartuchos. PRÊMIO Pelo Projeto Amigos do Planeta o Sindilojas Gravataí

recebeu o Prêmio Dra. Lair Montenegro, concedido ao melhor case, considerando criatividade, correspondência com a realidade do seu respectivo sindicato e apresentação de resultados. Ao final foram distribuídos aos participantes do encontro o Programa de Gestão Ambiental Amigos do Planeta e Rose Mariah, gestora do projeto, recebeu convites dos Sindilojas São Paulo, Fortaleza e Goiania para apresentação e auxílio na implantação da gestão ambiental. Outro convite que será atendido é o do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de São Paulo (Sincofarma-SP), no segundo semestre deste ano.

“TODAS AS EMPRESAS QUE FORMALIZAM CONVÊNIO COM O PROJETO AMIGOS DO PLANETA, POSSUEM LICENÇA OPERACIONAL, EMITIDA PELA FEPAM E CERTIFICAÇÃO ISO. ISTO COMPROVA A CREDIBILIDADE NOS PROCESSOS DE DESCARTE DOS RESÍDUOS COLETADOS. ISTO É SUSTENTABILIDADE”. Rose Mariah 18

O Empreendedor da Aldeia


Entidade

O PROJETO O Projeto Amigos do Planeta tem a função de promover conscientização e práticas de sustentabilidade ambiental para a entidade, associados e comunidade. A iniciativa tomou forma em 2007, a partir da necessidade de destinar corretamente resíduos não coletados pelo sistema público de coleta. Desde de sua primeira ação, a coleta e reciclagem de óleo de cozinha usado, já são 11 práticas estabelecidas com o público interno e externo. Além da citada coleta de

PONTOS DE COLETA

Primeira edição do Dia da Coleta tem a parceria da Reverse

óleo, atualmente o projeto dispõe à comunidade, a reciclagem de pilhas e baterias, celulares em desuso, computadores e periféricos, sacolas retornáveis, educação ambiental, reciclagem de banners, lâmpadas fluo-

rescentes e auxílio no desenvolvimento de programa de gestão ambiental. Consulte mais pontos de coleta no blog - sindiamigosdoplaneta.blogspot.com - e no site www.sindilojasgravatai.com. br.

AS AÇÕES DO PROJETO 1) Coleta de óleo 2) Coleta de pilhas 3) Coleta de celulares 4) Coleta de eletroeletrônicos 5) Coleta de lâmpadas fluorescentes 6) Consultoria ambiental 7) Educação Ambiental 8) Uso de papel ecológico nas atividades do Sindicato 9) Substituição do copo descartável por canecas 10) Coleta Seletiva 11) Palestras em empresas e organizações

Coletor de Pilhas: Alerta Alarmes Bazar da Eletrônica Centro de Pinturas Colégio Gensa Creche Mamãe Coruja Curso Universitário Fundarc Hangar Car Center Mega Office Contabilidade M M Castro Pharma Presser The Surf Shop Coleta de óleo: Acigra Cerâmica Atlético Clube Gensa Coop. Morungavense de Educação Creche Mamãe Coruja Escola Dora Dimer Escola Josefina Becker Fundação Bradesco Fundarc Mastertec Equipamentos Natureba Padaria Miolo do Pão Secretaria da Fazenda Senac Gravataí Sindilojas Centro e MVI Coleta de celulares: Cooperativa do Corpo; Acessotécnica Informática Acigra; CFC Rumo Certo Gensa; Dani Bijux; Escola Dora Dimer; Esquina das Novidades; Cesuca; Ulbra Gravataí; Gravel Veículos; Ivone Fest; MM Castro; Playcel Celulares Pontocel Informática Recal Secretaria da Fazenda Sindilojas Centro e MVI Eletroeletrônico: Recal

O Empreendedor da Aldeia

19


20

O Empreendedor da Aldeia


22

O Empreendedor da Aldeia


Notícias NEGÓCIOS

Rainha das Noivas duplamente premiada Rede da empresa recebeu o Selo de Excelência em Franchising e o prêmio Consumidor Moderno Neste ano, a Rainha das Noivas está colocando mais duas conquistas na sua coleção de troféus. A empresa recebeu o Selo de Excelência em Franchising entregue pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) e o Prêmio Consumidor Moderno na categoria Varejo e Serviços. O troféu do Selo de Excelência em Franchising foi entregue na cerimônia da ABF Destaque Franchising 2011, em São Paulo, ao vice-presidente da Rainha das Noivas, Rafael Wainberg. Considerada uma das noites mais esperadas do franchising brasileiro, o prêmio reflete marcas que são destaques no segmento. Atualmente a rede conta com 36 unidades no estado do Rio Grande do Sul e mantém seu plano de expansão prevendo a inauguração de seis unidades nos próximos seis meses na região Metropolitana de Porto Alegre e norte do Estado. A Rainha das Noivas também é vencedora da XII Edição do Prêmio Consumidor Moderno na categoria Varejo e Serviços. O prêmio promovido pelo Grupo Padrão, entregue ao diretor de Marketing da empresa, Fabiano Wainberg, identifica e difunde as melhores práticas em serviços ao cliente no Brasil. Igualmente reconhece aque-

O vice-presidente da Rainha, Rafael Wainberg, recebeu o troféu do Selo de Excelência em Franchising las empresas que privilegiam a excelência no atendimento, não só conquistando novos clientes, mas, principalmente, mantendo alto índice de satisfação e fidelidade. Esse é o prêmio que mais valoriza a transparência das ações das empresas com o cliente e o esforço delas pela satisfação do consumidor. Já está presente nas mais importantes e vencedoras empresas brasileiras de diversos setores. Não por acaso, os resultados financeiros das empresas premiadas são um retrato fiel da qualidade de suas estratégias de relacionamento.

Fabiano Wainberg, diretor de Marketing da empresa, recebeu o prêmio Consumidor Moderno

O Empreendedor da Aldeia

ENTIDADE

Acigra apóia Movimento Brasil Eficiente O Movimento Brasil Eficiente reúne o setor produtivo nacional, federações empresariais, empresas de segmentos variados e a sociedade civil em torno de uma proposta de reformulação fiscal e tributária que garanta ao país um crescimento econômico sustentável, consistente, constante e acelerado. Também apoiado pela Acigra, o Movimento Brasil Eficiente tem por objetivo, neste momento, sensibilizar a população, a classe política e, principalmente os governantes eleitos, sobre a importância de diminuir o peso da carga tributária sobre o setor produtivo, simplificar e racionalizar a complicada estrutura tributária, melhorando a gestão dos recursos públicos. Sem qualquer vinculação político-partidária, o movimento traça para os brasileiros um roteiro de ação capaz de conduzir o crescimento econômico e a geração de empregos à média decenal de 6% ao ano, praticamente dobrando a renda per capita da população em 2020. Isso será possível, desde que a carga tributária caia para patamares de 30% do PIB ao fim da década. Veja mais em http://www.brasileficiente.org.br. 23


Baile de Debutantes do Paladino INSCRIÇÕES ABERTAS

Noite de Gala 22 de outubro de 2011

O tradicional Baile de Debutantes do Paladino está de volta! Uma grande Noite de Gala em ambiente especialmente preparado será o palco da esperada apresentação social das jovens debutantes. A programação conta com eventos de integração: palestras, jogos, passeios, coquetel e balada.

com o

CALENDÁRIO Inscrições: até 30/julho (para sócios e não sócios) Início da programação: em 15/agosto Noite de Gala: 22/outubro

de um Clube comprometido e o lazer. e rt o p s e o l, ia c o s

DE TÍTULOS A DE VENDA H N A P M A C A APROVEITE Rua João Maria da Fonseca, 1000 - Gravataí/RS 24

www.paladinotenisclube.com.br O Empreendedor da Aldeia

51| 3488-1522 / 3488-3823 9992-3699


Notícias RECONHECIMENTO

Parceiros Voluntários premia 11 projetos Unidade de Gravataí, que funciona junto à Acigra, foi homenageada por seus dez anos de atuação na cidade O Prêmio Parceiros Voluntários prestou reconhecimento a 11 projetos gaúchos na área do voluntariado, na noite de 23 de maio. O evento, no Teatro do Bourbon Country, celebrou a presença dos 450 mil voluntários da ONG em 82 municípios gaúchos. Foi uma noite concorrida. Pelo menos 13 caravanas partiram do interior do Estado para prestigiar as homenagens desta sexta edição do evento.

Os 11 premiados com a presidente da ONG, Maria Elena Johannpeter As entidades passaram por etapas locais e regionais de avaliação, e foram escolhidas por uma comissão final de avaliadores. Os critérios para escolha foram o impacto nas comunidades, o potencial de disseminação e

a influência nas políticas públicas. A presidente da ONG, Maria Elena Johannpeter, fez a abertura oficial da noite. Ela destacou os trabalhos escolhidos: – São projetos que podem

O Empreendedor da Aldeia

ser replicados facilmente por outras pessoas e cidades – avaliou. Durante a noite, apresentaram-se Hique Gomez, Neto Fagundes e Isabela Fogaça. O representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil, Fernando Carrillo, anunciou o aporte de US$ 1 milhão na Parceiros Voluntários. Durante o encontro de lideranças, que ocorreu antes do Prêmio Parceiros Voluntários, a Unidade de Gravataí, representada pelo presidente da Acigra, José Luis Silveira e pela coordenadora Shirlei Crispim, foi homenageada pelos 10 anos de atuação na cidade.

25


Entidades

Agende-se Confira a agenda de cursos, eventos e atividades que a Acigra e o Sindilojas promovem para seus associados e compareça!

09/08

10 e 11/08

Palestra de Sensibilização Seminário Empretec, 19h 30min, Acigra

Treinamento em Negócios Internacionais BB, 19h, Acigra

Cálculo dos Custos com a Folha de Pagamento, das 19h30 às 22h. No Sindilojas

Reunião de Vice-Presidentes da Acigra, 12h, Acigra

15 a 19/08

15 a 23 /08

17 e 18/08

18/08

Treinamento em Negócios Internacionais BB, 19h, Acigra

Almoçando com a Acigra - Marcelo Aquino - Unisinos, 12h, Adriane Kronhardt

11 e 12/08

15/08

Curso de CIPA - Para Indústria, Comércio e Prest. Serviços, 13h às 18h, Acigra

Atendimento, Vendas e Relações Interpessoais das, 19h30 às 22h. Carga horária 15 horas. Informações no Sindilojas

22 a 27/08

24 e 25/08

29/08

31/08

Seminário Empretec, 8h às 18h, Acigra

Treinamento em Negócios Internacionais BB, 19h, Acigra

Reunião Geral de Diretoria Acigra e CDL Gravataí, 12h, Acigra

Treinamento em Negócios Internacionais BB, 19h, Acigra

Para saber mais sobre os cursos, eventos e atividades da Acigra, ligue 3488.5566, visite o site www.acigra.com.br ou vá até a sede da entidade, na rua Dr. Luiz Bastos do Prado, 1299 ___ Centro.

Para saber mais sobre os cursos, eventos e atividades do Sindilojas, ligue 3488.4586, visite o site www.sindilojas gravatai.com.br ou vá até a sede da entidade, na avenida Dorival de Oliveira, 343/203 ___ Centro.

Para colaborar com a agenda de cursos, eventos e atividades da Acigra e do Sindilojas, entre em contato com as entidades através dos e-mails comunicacao@acigra.com.br ou imprensa@sindilojasgravatai.com.br 26

O Empreendedor da Aldeia


2011

O Empreendedor da Aldeia

27


O Empreendedor da Aldeia - 33ª Edição  

A revista do empreendedor do Vale do Rio Gravataí.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you