Page 1

Filiado à:

Revista do

Eletricitário Sindicato dos Eletricitários de São Paulo

ANO 07 - Nº 014 - Julho / 2017

SINDICATO,

A LUZ DO

ELETRICITÁRIO


Editorial

NA CASA DO TRABALHADOR NÃO FALTA LUZ! Companheiros e companheiras, Em meio à escuridão destas noites sem luar para os trabalhadores que sofrem com a crise e com as reformas perversas, o Sindicato se firma como a luz do Eletricitário. Por toda a nossa história, por toda a nossa tradição, temos nas mãos um enorme patrimônio de conquistas para os associados. Entre a crise econômica, política e moral em nosso país, entre ataques e ameaças, podemos garantir que continuaremos sendo a casa da Família Eletricitária, cada vez mais estruturados para atender aos anseios da categoria. E então, a noite fica menos escura quando em casa não falta luz. Ao longo desta gestão, dividimos a nossa atuação em prol dos trabalhadores em seis secretarias, que agilizam as ações, otimizam nossos recursos, e, principalmente, facilitam a vida dos associados. Hoje, além da luta permanente, um Eletricitário pode também marcar uma consulta médica e contratar um serviço jurídico do Sindicato, mas também aprender a lutar artes marciais e até levantar a taça em um dos nossos campeonatos de futebol. Seu filho, por exemplo, pode participar ativamente de manifestações nas ruas, aprender a lutar capoeira e passar o fim de semana na Colônia de Férias. Sua mulher pode conseguir bolsas de estudo, desfrutar do serviço de cabeleireiro e de massagens do Sindicato e até mesmo concorrer ao posto de musa do Bloco do Faísca, bloco feito por nós mesmos e que abre os festejos de carnaval em São Paulo. Com o espírito de união da Família Eletricitária, não faltam motivos para bater à porta da Casa do Trabalhador e se sentir à vontade em nosso espaço. Nesta publicação, listamos algumas das atividades desenvolvidas em prol dos sócios: leia e perceba o quanto é vantajoso se associar ao Sindicato. Enquanto os que governam o País dão facadas pelas costas, nós somos o ombro amigo do trabalhador para atende-lo e defende-lo. JUNTOS NA LUTA!

Juntos somos mais fortes!

Eduardo Annunciato, Chicão Presidente

Expediente A “Revista do ELETRICITÁRIO” é uma publicação do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo. Circulação dirigida e distribuição gratuita à categoria. Diretor Responsável: Eduardo Annunciato, Chicão. Produção/Arte/Revisão: Departamento de Comunicação. Ilustração: Marcio Rualonga Impressão: FRAN-LASER Gráfica Tiragem: 5.000. Sindicato dos Eletricitários de São Paulo: Rua Thomaz Gonzaga 50, Liberdade, São Paulo, SP. Cep: 01.506-020. Fone: (11) 3346-2766.

2


Diretoria 2015-2019

CONHEÇA A DIRETORIA Diretoria Executiva Eduardo de Vasconcellos C. Annunciato Sérgio Canuto da Silva José Roberto Lara de Moraes Alexandre Meduneckas Celso Luis de Souza José Roberto Blota Benedito Tolentino Câmara Patrícia Rosa de Oliveira Leandro da Silva Neto

Presidente Vice-Presidente Secretário Geral Diretor Secretário Geral Adjunto Diretor Financeiro Diretor Financeiro Adjunto Diretor de Benefício Diretora do Jurídico Diretor de Comunicação

Diretoria de Base Robson Durante Márcio de Oliveira Bernardino Jesus de Brito Renata Aparecida Piovezan Washington Aparecido dos Santos Geraldo Marzano Filho José Bitelli Neto José Mauro dos Santos Castanheiro Pompeu Freire de Mesquita Antônio José Alves Miranda Márcio Roberto de Carvalho Airton de Lima Márcio Antônio da Silva Ronaldo Rodrigues Pereira Dionisio Marcolino da Silva Junior

Jutelmo Rodrigues da Silva Willians Barbosa Cláudio Eliana Fernandes da Cruz Malfarage Fátima Cristina Faria Palmieri Cristiane Aparecida Fiorini Antônio Luiz Cruz Fábio Alves Carvalho Ivan Gomes Cortez Gabriel Cesar Anselmo Soares Marisa de Oliveira André Donizete Mourão da Conceição Ricardo Vassão dos Santos Genivaldo Saulo da Silva Adalberto Dutra da Silva Trindade Wilson Roberto Pereira

Diretoria Fiscal José Luiz Borges Andreolli Marco Antônio Caires Zamparo Regina Lúcia Strepeckes

Jorival Dias de Oliveira Sérgio dos Reis João Marcos Pereira Vidal

Diretoria Representante Junto à Federação José Jurandir Alves Lopes Romilson José Rabello

Marcos Martins de Lima Maurício Takami 3


O início

1945

1945

História do Sindicato 1903

1910 - 1920

É fundada a SBEL, Sociedade Beneficente dos Empregados da Light que atendeu ao longo do tempo aos eletricitários da Eletropaulo e CESP

Em 1939, por pressão dos eletricitários, por ser uma categoria de alto risco, é criada a CEPA, a primeira Comissão Especial de Prevenção de Acidente. Em 1953, o governo regulamentou as CIPAs

1952 , é publicada

1945

Em 4 de setembro, é fundado o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Energia Elétrica de São Paulo. Dezembro, a primeira conquista: Abono de Natal para os trabalhadores da Light. Somente em 1963 essa conquista tornou-se lei para todos os trabalhadores e passou a ser conhecida como 13° salário

Em fevereiro nal a primeira edição do Jor ente passa am ur Hidroelétrico – fut citário. a chamar Jornal do Eletri primeiro O Sindicato adquire seu vier imóvel próprio, na rua Xa antigo do de Toledo, 99, ao lado prédio da Light

4

1957

Inaugurada a Colônia de Férias de

Caraguatatuba, no litoral norte de São

Paulo. Trabalhadores de Furnas Centrais Elétricas, estata l federal, passam a fazer parte da base dos Eletricit ários de São Paulo, ampli ando e fortalecendo a categoria. Nesse mesmo ano, o Sin dicato muda-se para o ba irro da Liberdade, na ru Thomaz Gonzaga, 50. a A casa era pequena pela importância que o Sindicato vinha tomando .O número de sindicalizados aumentava, a categoria estava ampliando, e a entidade também estava em um momento que ganhava importância política. Então, a diretoria decide construir um préd io no local – onde estão tod as as instalações, até os dia s de hoje

Foto: Divulgação

1939

A partir de 1910, surgem os movimentos de caráter reivindicatório, que só se consolidariam no final da década, com uma pesada luta por direitos que envolveu greves, redução de jornada de trabalho, folgas semanais e liberdade de organização sindical


19 6 6

1964

Foto: Divulgação

Começa a construção da atual sede do Sindicato, em pleno Golpe Militar. Junto com o concreto que ergueu o prédio, vieram os anos de chumbo, que trouxeram grande truculência ao movimento sindical. Tentaram cassar nossa liberdade de expressão, perseguiram-nos nas ruas, amordaçaram nossa voz - tudo em vão, já que, mesmo contra o Governo, nos fortalecíamos cada vez mais

1966

É fundada a CESP (Cia. Energética de São Paulo), uma das maiores geradoras de Energia Elétrica do Brasil. O Sindicato passa a contar com o forte apoio dos nossos companheiros CESPeanos

1968

A construção do prédio é finalizada. Oficialmente inaugurado em 4 de setembro de 1968, quando o Sindicato comemorava 23 anos de existência, o prédio da entidade se tornava a maior sede Sindical de toda a América Latina

1976 ço da influência

Com o avan e militar, o Sindicato invest s do pesado na saúde um trabalhadores, firmando ógico convênio médico-odontol lâncias. e comprando duas ambu os o Nesse ano, foram instalad dica Serviço de Assistência Mé es e o Laboratório de Anális IEESP ST do io Clínicas, no préd

1979 - 1980

1977

1971

É inaugurada a Colônia de Férias de Praia Grande, e termina a Gestão Cabral. As obras da colônia começaram dois anos antes, em 1969, quando o Sindicato comprou dois edifícios no Balneário Flórida

O país parece cam inhar para a abertura política , embora que com passos fra cos. Esse contexto abriu um a brecha para que a nossa lu ta fosse mais forte do que nunc a. De um lado, houve march as, passeatas, atos públicos e mob ilizações. De outro, o Gover no seguia reprimindo, amea çando e perseguindo os líd eres sindicais. Com isso, passam os a investir pesado na assistênc ia dos nossos companhei ros

1978to abandona a imagem

O Sindica assistencialista obrigatoriamente bativamente, e já pode lutar com as armas contando com algum o a Imprensa. fundamentais, com itário ganha O Jornal do Eletric cenário grande destaque no o, já que, político de São Paul alhador se através dele, o trab otestos, informava sobre pr nquistas da manifestações e co classe

No final da década de 70 e no início dos anos 80, a conturbação no cenário político volta a atenção de muita gente para o sindicalismo. O STI EESP, da gestão Magri, marca presen ça no Movimento pela Anistia, junto a outras organizações proletárias – com o o Sindicato dos Metalúrgicos, do ex-p residente Lula

5


1981no de SP compra a Light e Foto: Divulgação

O Gover a a Eletropaulo. no mesmo ano fund o 1º Congresso O Sindicato realiza itários, em Praia Nacional dos Eletric a çada uma campanh Grande, onde é lan e. ad id al de periculos intensa pelo adicion na mesma cidade No mesmo ano e ia CLAT – Conferênc acontece a 1ª CON s O Trabalhadora. Nacional da Classe nham a direção eletricitários compu CLAT executiva da CON

Na mesa, Luís Inácio

rez e Joaquinzão

Lula da Silva, Hugo Pe

1983

Ainda no clima pesado da Ditadura Militar, o Sindicato organiza um dos maiores encontros de trabalhadores estatais do Brasil. Em julho, tivemos uma participação de suma importância, no Dia Nacional de Protesto, participando da greve geral que condenava o repressor Governo de Figueiredo e lutava a paus e pedras pelo fim do arrocho salarial. Assim, passamos a liderar o comitê sindical nas Campanha das Diretas

1986o 1º Encontro

Acontece r Nacional da Mulhe ovido pelo om pr a, Trabalhador pre acreditou Sindicato, que sem gêneros na igualdade entre bém o ano no trabalho. É tam etricitárias em que as mãos el ndação da protagonizam a fu ção Geral dos CGT – Confedera

6

1985

No dia em que o Sindicato completava 40 anos, a nossa categoria eletricitária conquista uma vitória em uma luta que perdurou por quase 20 anos: o projeto do adicional de periculosidade, finalmente, foi aprovado de forma unânime no Senado, no dia 4 de setembro

1990 - 1991

Com o final da Ditadura Militar, sob uma nova Co nstituição e com o país passando por um pe ríodo socioeconômico be m fragilizado, a classe eletricitária sente o deve r de cuidar de seus apos en tados. É por este motivo que, em julho de 1990, é realizado o Cong resso dos Eletricitários Aposentados. A partir daí, nasce o Núcleo dos Aposentados, e em 1991 é publicado o primeiro Jornal do Eletricitário Aposentado. Nessa época, também demos atenção especial às nossas companheiras, convidando-as à vida sindical, por meio do Departamento da Mulher Eletricitária, qu e organizava as publicaçõ es do Jornal da Mulher Eletricitária. E não paro u por aí, tivemos papel fundamental na criação da FEDERALUZ – Federaç ão dos Eletricitários de Sã o Paulo


1992ximamos cada

Nos apro lismo vez mais do sindica batendo participativo, com inistrativas e m irregularidades ad rceirização. lutando contra a te é inaugurada Em julho de 1992, itário e a a Gráfica do Eletric itário. Na Farmácia do Eletric essas várias gráfica, foram impr jornais. edições dos nossos ciado ao Na farmácia, o asso scontos na Sindicato obtinha de mentos compra de medica

1995-2000

Lutas e Conquistas 1993

Criamos o Centro de Ap erfeiçoamento e Desenvo lvimento Profissional, firmando co nvênios e oferecendo cu rsos de inglês e informática para os associados e suas fam ílias, além de promover palestras e cursos de formação em várias áreas. Em 1993 acontec e a “Semana do Eletricit ário”, um evento com seminários e encontros internacion ais para discutir e aprimorar as ex periências sindicais

1994to participa da fundação do IEPE – InstitutooudenaEséptudoocas coe Pemsqdiuivesarssos O Sindica o, que colabor no Setor Energétic es or ad alh ab Tr s do nossa categoria importantes para a es çõ ica bl pu e s estudo

A segunda metade da década de 90 foi marcada por dificuldades para o trabalhador do setor elétrico. Diante da privatização de grandes distribuidoras de energia, como a Eletropaulo, a Bandeirante e a Elektro, lutamos com todas as armas para mostrar aos burgueses que lugar de proletário não é na sarjeta do desemprego. É lançada a revista “São Paulo não pode apagar”, o Estatuto Sindical é reformado, e, em 2000, há uma difícil campanha salarial

2001-2007

Esse período foi marcado por dive rsos ataques a conquistas históricas dos Eletrictários. Nas cam panhas salariais, as empresas recém privatizadas tinham no eixo principal a redução de custo de pessoal que refl etia em demissões, retirada de cláusulas de benefícios, indenizações com retirada de adicionais e forte resistência a atu ação do Sindicato. Foi também nesse período (2003), na presidência de Antonio Carlos dos Reis "Salim", que ocorreu uma renovação no quadro de diretores na ordem de 40%

200820-208,0na1sce1a FENATEMA - Federação Nacional dos

No ano de nte, unindo os gia, Água e Meio Ambie er En em s re do lha ba Tra s. orias nas lutas trabalhista interesses de mais categ io e de alguns ór dit mas do au for re as m ça me co , 10 No final de 20 ncluídas em ato - as obras foram co dic Sin do s nto me rta pa de 2011 entregues no início de tempo recorde, sendo

2012, os -Elet2ric0itário13s aprovaram a filiação Em 2012 ndo a a Sindical, aumenta rç Fo à to ica nd Si do te, os ade. No ano seguin influência da entid foram co ico e odontológi departamentos méd nizados. formados e moder re te en am et pl m co

contam com uma anos de luta. construída em mais de 70 m a ação do Seis secretarias segmenta eito, saúde e Sindicato, nas áreas de dir ra e eventos, segurança, esportes, cultu política. mobilizações e formação atuação, o de Por meio destes campos entos médicos Sindicato realiza atendim assistência e odontológicos, presta natos e eo jurídica, organiza camp eventos aulas de esportes e realiza engajar a e manifestações, além de de ensino, categoria em programas luta. e conscientização política

Foto: Divulgaçã

Os convênios com instituições de ensino para os sócios foram atualizados e a nova diretoria deu início a um ciclo de eventos e competições esportivas entre os sócios. Estas iniciativas abriram caminho para a maior interação da entidade com os trabalhadores.

o

16 - 2cio0s 1e de7pendentes 0 2 2014 - 2015 Atualmente, os só ampla estrutura,

7


AGENDA DE EVENTOS FESTIVAL DE MÚSICA DO ELETRICITÁRIO ANIVERSÁRIO DO SINDICATO

2017 05/08 12/08 19/08 26/08

-

SERTANEJO MPB & ROCK GOSPEL SAMBA & PAGODE

04/09

REUNIÃO MENSAL - AEASP (FUNDAÇÃO CESP) EXCURSÃO PARA A ARGENTINA - AEASP PASSEIO PARA HOLAMBRA - AEASP BINGO SHOW - AEASP OKTOBERFEST DO ELETRICITÁRIO EXCURSÃO PARA A COLÔNIA DE PRAIA GRANDE - AEASP

13/09 14 a 16/09 22/09 27/09 07/10

19 A 22/10

HALLOWEEN DO ELETRICITÁRIO

28/10

REUNIÃO MENSAL - AEASP FESTA DO CHOPP PASSEIO PARA APARECIDA DO NORTE - AEASP FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO - AEASP

13/12

FESTA DE FINAL DE ANO DO SINDICATO 8

16/12

08/11 25/11 29/11


O TRABALHADOR FAZ A FESTA! Desde o início da gestão da nova diretoria, os eventos assumiram grande importância na agenda do Sindicato. Para nós, as festas, mostras culturais e competições esportivas são maneiras de unir a Família Eletricitária e fortalecer nossos laços com os trabalhadores. Veja as atividades já desenvolvidas desde 2015:

2015

2016

2017

Posse da Nova Diretoria Torneio de Futebol Festa do Eletricitário 1º Arraiá do Eletricitário Festa de 70 anos do Sindicato Festival de Futebol do Eletricitário Inauguração da Piscina da Colônia de Praia Grande 1ª Oktoberfest dos Eletricitários 1º Halloween do Eletricitário Lançamento do livro “70 Anos Iluminando Lutas e Conquistas” Mostra de Cinema Grande Otelo 1ª Copa Faísca Mostra de Carnaval Concurso Musas do Bloco do Faísca Bloco do Faísca Baile do Hawaii Matinê do Eletricitário Copa do Eletricitário Festa do Trabalhador Eletricitário 2º Arraiá do Eletricitário 2ª Copa Faísca – Troféu José Calixto Ramos Festa de 71 Anos do Sindicato 2ª Oktoberfest dos Eletricitários 2º Halloween do Eletricitário Concurso Musas do Bloco do Faísca Bloco do Faísca Matinê de Carnaval Torneio de Bocha Baile do Hawaii Mostra de Cinema Mazzaropi Festa do Trabalhador Eletricitário 3ª Copa Faísca – Troféu Antônio Rogerio Magri Festa da Tainha 3º Arraiá do Eletricitário 9


Serviços

SAÚDE, A SUA MAIOR RIQUEZA! Sindicato oferece time de profissionais que realizam consultas gratuitas ou a baixo custo Companheiros (as), o departamento médico e a Secretaria de Saúde e Segurança do Trabalho estão ampliando sua atuação em defesa dos Eletricitários e suas famílias. A secretaria foi criada no início de 2017, para atender trabalhadores acidentados e fiscalizar as condições de segurança nas empresas, ajudando a administrar os departamentos médico e odontológico. Além dos atendimentos em Clínica Geral, os sócios e dependentes também podem agendar consultas de especialidades em diversos horários. O Sindicato vem proporcionando atendimento médico rápido, de qualidade, de nenhum ou de baixo custo para os sócios e dependentes. Nesta eficiente estrutura, os Eletricitários contam com um time de profissionais à sua disposição, de segunda à sextafeira, das 8h às 18h. Informe-se na recepção ou nos telefones: (11) 33462783 ou 3346-2786.

CONSULTAS GRATUITAS ● Clínica Geral ● Pneumologia ● Geriatria ● Medicina do Trabalho 10


FISIOTERAPIA As sessões são realizadas pela equipe do Fisioterapeuta Eduardo Pianca (Crefito 10.845), e o tratamento é indicado para:

● AVC (derrame); ● Osteoartrose (artrite); ● Pós operatórios de joelho, ombro, quadril e coluna; ● Controle da Incontinência Urinária (conseguimos evitar cirurgia de perda de urina com apenas 10 sessões); ● Lombalgia (dor nas costas); ● Tendinites (punhos, joelhos, etc); ● Condicionamento Físico (esteiras e bicicletas), para pacientes com problemas cardiológicos (infarto, cirurgia, pressão alta) e Pneumopatas (enfisema, asma e bronquite). 11


Serviços

ODONTOLÓGICO CONSULTAS COM VALORES ABAIXO DOS PRATICADOS E MUITOS PROCEDIMENTOS GRATUITOS A Clínica Odontológica oferece: ● Clínica Geral ● Ortodontia e próteses ● Prótese sobre implante ● Tratamento de canal ● Clareamento ● Extrações

! o ã ç ia l a v a a m u r e z a f Venha 12


ACUPUNTURA A acupuntura é uma técnica da medicina tradicional chinesa, que consiste em introduzir agulhas em pontos precisos do corpo, a fim de tratar doenças, aumentar a fertilidade ou auxiliar nas questões estéticas. No Sindicato, os associados podem agendar atendimentos que vão de R$ 20,00 a R$ 90,00. Veja a tabela:

● Acupuntura Sistêmica (R$ 55,00) Indicada para o tratamento de doenças crônicas, agudas, stress e tabagismo; ● Acupuntura Estética (R$ 90,00) Auxilia no emagrecimento, eliminação de rugas e sinais de envelhecimento; ● Acupuntura para Fertilidade (R$ 90,00) Auxilia as mulheres com dificuldade para engravidar e os homens com baixa produção de espermatozoides; ● Auriculoterapia (R$ 20,00) Utilizando sementes e cristais aplicados nas orelhas, a técnica é indicada para o tratamento de doenças crônicas ou agudas.

AMBULÂNCIA Com a implantação da Secretaria de Saúde e Segurança do Trabalho, o Sindicato adquiriu uma Ambulância, que faz remoções de sócios e dependentes em casos de emergência nos eventos, e, ainda, realizando traslados até os hospitais e clínicas mais próximas das bases. Além disso, o veículo vai atender todos os Eletricitários sócios que sofrerem acidentes de trabalho ou que forem acometidos por doenças ocupacionais, e necessitem, comprovadamente, de auxílio à remoção. Tudo terá um custo por quilômetro rodado. Até 100 quilômetros rodados, será cobrada uma taxa fixa de R$ 100,00; acima de 100km, R$ 1,00 por quilômetro a mais. Agendamento com a Secretaria de Saúde e Segurança do Trabalhado nos telefones: (11) 3346-2783, 3346-2786 ou 3346-2443.

13


Serviços

BARBEARIA E SALÃO DE BELEZA Os sócios e dependentes podem aproveitar a barbearia e salão de beleza do Sindicato, espaço aberto de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. O espaço foi reformado e equipado com móveis e instrumentos. Não deixe de aproveitar! Entre em contato pelo telefone: (11) 3346-2781.

POLTRONAS DE MASSAGEM O Sindicato disponibiza duas poltronas de massagem para os sócios e dependentes, ao custo de R$ 2,00 por 10 minutos de uso. As poltronas foram instaladas no térreo e colaboram para o relaxamento, minimizando o stress do dia-a-dia.

NÃO LUTE SOZINHO! Filie-se ao Sindicato e fortaleça a luta dos Eletricitários!

Visite o site do Sindicato www.eletricitarios.org.br 14


CCP COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA O departamento de conciliação prévia (CCP) estabelece um acordo entre o trabalhador e a empresa, de modo a agilizar o trâmite em curso. É totalmente gratuito para o trabalhador. Qualquer demanda de natureza trabalhista será submetida à Comissão.

Procedimento: A demanda será formulada por escrito ou reduzida a termo por qualquer membro da Comissão, sendo entregue cópia datada e assinada pelo membro aos interessados. O convite de comparecimento à sessão de conciliação deve ser acompanhado de cópia da demanda.

As partes devem ser informadas: a) A Comissão tem natureza privada e não integra o Poder Judiciário; b) O serviço é gratuito para o trabalhador; c) A tentativa de conciliação é obrigatória, mas o acordo é facultativo; d) O não comparecimento do representado da empresa ou a falta de acordo implica tão somente a frustração da tentativa de conciliação e viabiliza o acesso à Justiça do Trabalho; e) As partes podem ser acompanhadas de pessoa de sua confiança; f) O acordo possui eficácia liberatória geral, exceto quanto às parcelas expressamente ressalvadas; g) Podem ser feitas ressalvas no termo de conciliação, de modo que garantam direitos que não tenham sido objeto do acordo; h) O termo de acordo constitui título executivo extrajudicial, sujeito, no caso de descumprimento, à execução na Justiça do Trabalho; i) As partes podem ser atendidas em separado pelos respectivos membros representantes, para esclarecimentos necessários, assegurando-se a transparência do processo de conciliação. Não prosperando a conciliação, deverá ser fornecida ao empregado e ao empregador a declaração da tentativa conciliatória frustrada, com a descrição de seu objeto, firmada pelos membros da Comissão, que deverá ser juntada à eventual reclamação trabalhista. Em caso de motivo relevante que impossibilite a apreciação da demanda trabalhista pela Comissão, será declarada a circunstância na petição inicial da ação intentada perante a Justiça do Trabalho.

Aceita a conciliação, o termo assinado pelo empregado deverá ser lavrado pelo empregador ou seu preposto e pelos membros da Comissão, fornecendo-se cópia às partes. O termo de conciliação é título executivo extrajudicial e terá eficácia liberatória geral. Exceto quanto às parcelas expressamente ressalvadas, é competente para a execução de título executivo extrajudicial o juiz que teria competência para o processo de co-

nhecimento relativo à matéria. A conciliação deverá cingir-se a conciliar direitos ou parcelas controversas, não podendo ser objeto de transação o percentual devido a título de FGTS, inclusive a multa de 40% sobre todos os depósitos devidos durante a vigência do contrato de trabalho, nos termos da Lei nº 8.036/90 Para os processos ajuizados antes da implantação da Comissão de Conciliação Prévia, o acordo será judicial.

Horário de Atendimento: das 08h30 às 17h30 I Andar Térreo Telefone: (11) 3346-2751 E-mail: ccp@eletricitarios.org.br 15


Lazer

COLÔNIA DE FÉRIAS DE PRAIA GRANDE Fundada em 1971, a Colônia de Férias de Praia Grande é exclusiva para os sócios e dependentes do Sindicato e fica em frente à praia. O local possui área ampla com dois prédios, 53 apartamentos, piscina, bar e restaurante. O pagamento é aceito em cartões de débito ou crédito, e as diárias podem ser parceladas em até 3 vezes. Mais informações pelos telefones (11) 3346-2760 e (11) 3346-2796, com Kátia, ou pelo e-mail: colonia@ eletricitarios.org.br. Será obrigatório efetuar pagamento de 25% do total, no ato da reserva.

Local: Rua das Begônias, 50 Jardim Real Informações e reservas pelo telefone: (11) 3346-2760 ou (13) 3493-7006 E-mail: colonia@eletricitarios.org.br

CMTC CLUBE A parceria do Sindicato com o CMTC Clube proporciona aos Eletricitários uma nova opção de lazer, esportes e cultura aos finais de semana. Situado nas imediações da estação Armênia do metrô, o clube oferece uma estrutura esportiva que possui o tradicional campo de futebol do Desafio ao Galo, além de quadras para futsal e bocha. Ao visitarem o local, os associados e seus dependentes deverão apresentar a carteirinha do Sindicato para garantir os benefícios e aproveitar toda a infraestrutura, que também conta com quiosques e churrasqueiras. 16

Avenida Cruzeiro do Sul, 808 (Próximo ao Metrô Armênia)


COLÔNIA DE FÉRIAS DE CARAGUATATUBA Criada em 1957, a Colônia de Férias de Caraguatatuba é um empreendimento realizado em conjunto com os Sindicatos dos Gasistas de São Paulo, Telefônicos de São Paulo e Urbanitários de Santos. O espaço possui quatro quadras poliesportivas, quadra de tênis, campo de futebol, salão de jogos, piscina adulto e infantil, sauna, área para bocha e restaurante. Para os sócios do Sindicato, são disponibilizados 30 apartamentos. Porém, caso os demais não estejam ocupados, os quartos podem ser utilizados. O pagamento é aceito em cartões de débito e crédito, e as diárias podem ser parceladas em até 3 vezes. Mais informações pelos telefones (11) 3346-2760 e (11) 3346-2796, com Kátia, ou pelo e-mail: colonia@ eletricitarios.org.br. Será obrigatório efetuar pagamento de 25% do total, no ato da reserva.

Local: Av. José Herculano, 5035 Caraguatatuba Informações e reservas pelo telefone: (11) 3346-2760 E-mail: colonia@eletricitarios.org.br

COLÔNIA DE FÉRIAS DO SINTAEMA Local: Rod. Juvenal Ponciano de Camargo, Km 59,5 Nazaré Paulista Informações e reservas pelo telefone: (11) 3329-2518 E-mail: colonia@sintaema.com.br 17


Secretarias

SECRETARIA JURÍDICA Criada pelo Sindicato para ser uma das mais potentes frentes de defesa do trabalhador, a Secretaria Jurídica realiza a triagem das demandas judiciais e encaminha os casos para os escritórios de advogados que prestam serviços aos sócios do Sindicato, não apenas na área trabalhista, como também nas áreas cível e previdenciária. Além disso, a Secretaria Jurídica realiza todas as homologações e atende os casos de Comissão de Conciliação Prévia (CCP) das empresas que já

aderiram ao serviço. Fundada em 2015, a Secretaria Jurídica tem sua sala própria no Térreo e ainda conta com os escritórios trabalhista, cível e previdenciário, também alocados na sede do Sindicato. Desde a sua criação, a Secretaria Jurídica vem proporcionando mais agilidade para os sócios e para os advogados, que têm mais facilidade para ganhar ações judiciais e garantir conquistas em prol de toda a categoria. Quem desenvol-

ve os trabalhos da secretaria é a Diretora Jurídica Patrícia Rosa de Oliveira, que atende nos telefones (11) 3346-2729 e 3346-2751.

SECRETARIA DE ATOS E MOBILIZAÇÕES A missão da Secretaria de Atos e Mobilizações é reunir centenas de trabalhadores e acender o espírito de luta e união entre os Eletricitários nas manifestações. Em meio a conturbados tempos de repressão aos movimentos sociais, o Sindicato dos Eletricitários de São Paulo viu-se obrigado a organizar, da forma mais eficaz possível, a sua atuação nas manifestações, sejam elas nas ruas, nas portas das empresas, ou mesmo na sede social. A Secretaria de Atos e Mobilizações está localizada na sede social do Sindicato, junto à diretoria da

18

entidade. O telefone para contato é (11) 3346-2733 e os responsáveis são os diretores Jutelmo Silva e José Jurandir (Madureira).


SECRETARIA DE ESPORTES Fundada em 2016 para estimular a integração entre os Eletricitários por meio da prática esportiva, a Secretaria de Esportes do Sindicato realiza campeonatos de futebol entre os trabalhadores das empresas de energia e promove aulas de artes marciais para os sócios e seus dependentes. Com seu escritório administrativo instalado na sede do Sindicato, a estrutura da Secretaria ainda conta com o campo de futebol do Desafio ao Galo e a Sala de Esportes, ambos localizados no CMTC Clube. Durante as aulas de Muay Thai, Jiu Jitsu e Capoeira, os alunos utilizam o tatame que foi montado no primeiro andar do Sindicato, junto com os sacos de pancada, bonecos simuladores e base de pancada. Além de ser utilizado nos disputados torneios organizados pelo Sindicato, o campo do Desafio ao Galo também pode ser reservado pelos sócios que estão à procura de um lugar para jogar futebol. Com as atividades esportivas, o Sindicato não só incentiva a integração entre

os Eletricitários, como também contribui para a saúde, qualidade de vida e desenvolvimento físico dos trabalhadores e suas famílias. Os di-

retores responsáveis pela Secretaria de Esportes são José Roberto Blota e Alexandre Meduneckas, que atende no telefone (11) 3346-2733.

Sócios e dependentes, venham fazer parte da Energia na Luta! Os interessados poderão preencher a ficha no site www.eletricitarios.org.br ou enviar um e-mail para esporte@eletricitarios.org. br, informando nome completo, idade, telefone para contato e modalidade escolhida (Muay Thai, Jiu Jitsu ou Capoeira). As aulas de Capoeira e Jiu Jitsu acontecem às segundas e quartas-feiras, na sede do Sindicato. Responsável pelas aulas de Capoeira, o professor José Cícero dos Santos (Coquinho) ensina os seus alunos das

18h30 às 19h30. Em seguida, o professor Evandro José dos Santos treina os participantes da aula de Jiu Jitsu, das 19h30 às 20h30. A luta como prática esportiva, além de ajudar a manter os músculos em forma e eliminar os quilos a mais, também aumenta o condicionamento físico e contribui para hábitos mais saudáveis. Fora isso, as artes marciais incentivam uma alimentação mais equilibrada, reduzem o stress e aumen-

tam a autoestima, colaborando para a saúde e o bem estar.

19


Secretarias

SECRETARIA DE CULTURA E EVENTOS A Secretaria de Cultura e Eventos foi criada para proporcionar momentos de lazer para os Eletricitários e incentivar a inclusão cultural da categoria, não apenas através de festas e sorteios, como também por meio da realização de mostras e exposições. Dentre as ações já realizadas pela Secretaria de Cultura e Eventos, destacamos a Festa do Trabalhador Eletricitário, o Bloco do Faísca, a Mostra de Cinema Grande Otelo e a exposição literária da obra “Construtores do Brasil: Homens e Mulheres que Ajudaram a Fazer um Grande País”. Instalada no 6º andar da sede social do Sindicato, a Secretaria de Cultura e Eventos é representada pelos diretores Willians Barbosa e Pompeu Mesquita, que atendem o telefone (11) 3346-2733.

20


SECRETARIA DE SAÚDE E SEGURANÇA Novo órgão do Sindicato atende trabalhadores acidentados, realiza campanhas de saúde e fiscaliza condições de segurança nas empresas Examinando atentamente as demandas dos Eletricitários, o Sindicato inaugurou a Secretaria de Saúde e Segurança nos primeiros dias de 2017. A nova frente de trabalho foi criada para preservar a integridade dos trabalhadores, prestar suporte aos acidentados e afastados, e, ainda, fiscalizar as

políticas de saúde e segurança nas empresas, a fim de acabar com certas arbitrariedades nos locais de trabalho. Instalada em nossa sede social, a Secretaria de Saúde e Segurança já está desenvolvendo diversas atividades. A Secretaria está disponível para atender os trabalhadores em recuperação de acidentes e doenças, além de realizar campanhas de saúde e prevenção, dando orientações aos Eletricitários e desenvolvendo trabalhos específicos, contribuindo, por exemplo, para mais agilidade na abertura dos CATs: ou seja, se a empresa não abrir

os CATs ou não providenciar a documentação necessária, o Sindicato é que vai fazer! Os representantes da Secretaria de Saúde e Segurança também têm a responsabilidade de fiscalizar a oferta e a qualidade dos equipamentos de proteção nas empresas, com objetivo de diminuir o risco de acidentes entre os Eletricitários. A Secretaria de Saúde e Segurança realiza os atendimentos no Térreo. Os telefones para contato são (11) 3346-2443, 3346-2783 e 3346-2786, aos cuidados da diretora Regina Strepeckes e do diretor Márcio Oliveira.

SECRETARIA DE FORMAÇÃO A Secretaria de Formação do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo foi criada para aprimorar o conhecimento dos sócios e seus dependentes. Através de parcerias e convênios com escolas, universidades e outras instituições de ensino, o Sindicato visa aumentar a qualificação da categoria. Além das iniciativas em prol do ensino dos Eletricitários, a Secretaria de Formação também atua com a conscientização política, engajando os trabalhadores em cursos, palestras e outras ações de politização. A secretaria funciona no 6º andar, junto à diretoria, tendo à frente o diretor Bernardino Brito, que atende no número (11) 3346-2733. 21


Parcerias

CONVÊNIOS COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO Além dos serviços exclusivos para os associados, o Sindicato também possui convênios com instituições de ensino para aumentar, ainda mais, a qualificação dos Eletricitários. UNISANTA - Desconto de 10% Universidade Anhembi Morumbi - Desconto de 20% Associação Educativa Campos Salles - Desconto de 10% Anhanguera Educacional LTDA - Consultar contrato AudioBem - À vista 20% / Parc 20% Braz Cubas - Pós 10% / Graduação 15% CETEX - Centro Educacional - Desconto de 40% Centro Educacional DECISÃO - Desconto de 10% Colegio Sussurana Eirelli - Desconto de 20% - Desconto de 30% na matrícula Colégio Paulo de Tarso - Desconto de 15% Colégio Futuro - Desconto de 20% Colégio Alma Mater - Desconto de 30% Colégio Nossa Senhora da Misericórdia - Desconto de 10% Universidade Cruzeiro do Sul - Consultar tabela para verificar descontos CCAA - Desconto de 20% FACCAMP - Consultar tabela para verificar descontos FATEA - Pós 10% a 20% / Graduação 10% a 25% FESPSP - Desconto de 15% Faculdade Drummond - Consultar tabela para verificar descontos Faculdade Flamingo - Pós 28%/10x de 12% - Graduação 50% FATAC - Graduação, Pós e Técnico Profissionalizante 30% - Curso luvre 10% INPG - Desconto 20% Faculdade Campos Elíseos - Os descontos serão de 20% para o Período Notuno ITJ - Desconto de 10% Instituo Edson - Cursos - Desconto de 10% FAATESP - Desconto de 10% FMU - Pós 20% / Graduação 10% 22


Excellence - Desconto de 10% Estácio - Desconto de 20% ESAMC - Desconto de 50% - Desconto para Campinas e Jundiaí consultar contrato UNINOVE - Consultar tabela para verificar descontos UNIFAI - Desconto de 30% UNIP - Pós 10% - Graduação 5% a 10% LICEU Braz Cubas - Mogi das Cruzes - Desconto 10% Instituto Monitor - Desconto de 20% Colégio Portal - Consultar tabela para verificar descontos Universidade Sant'Anna - Consultar tabela para verificar descontos UNIABC - Consultar tabela para verificar descontos UNIB - Universidade Ibirapuera - Consultar tabela para verificar descontos UNICAPITAL - Desconto de 30% Universidade São Judas - Pós 5% - Graduação 10%Diu/5%Not UNISA - Consultar tabela para verificar descontos Escola João XXII - Consultar tabela para verificar descontos Colégio Polígono - Consultar contrato Faculdade Eça de Queiroz - Pós 20% - Graduação 15% FATEC PROF LUIZ ROSA - Desconto de 15% FIP - Faculdades Integradas Paulista - Pós 15% - Graduação 20% FIT - Faculdade Impacta Tecnologia - Consultar tabela para verificar descontos SINDESCOLA - Desconto de 50% UniÍtalo - Desconto de 20% UNISANTANA Wizard/Yázigi/Skill/Alps - Consultar contrato UNICID - Desconto de 15% SENAC - Consultar tabela para verificar descontos Faculdade Anhanguera - Oriente a pessoa a telefonar direto para a empresa Academia Musical IN CONCERT LTDA - Desconto de 30% Cultura Inglesa - Consultar contrato Centro Universitário FEI - Pós Graduação - 5% CIEE ETEP - FACULDADES - Desconto de 10% FACULDADE BILAC - Desconto de 10% Unidade São Marcos Unyleya Editora e Cursos - Desconto de até 30% Instituto Polígono - 50% na Bolsa de estudo e 10% na matrícula 23


Parcerias

OUTROS CONVÊNIOS Psicologa Terezinha - Desconto de 50% para sócios e 30% para dependentes Ghens - Gestão Humana (Psicologia) - Desconto de 40% Clínica Médica Jardim - Consultar tabela para verificar descontos Clínica de Olhos - Dr. Suel Abujamra - Consultar tabela Clínica Facility - Consultar tabela para verificar descontos Dra. Tânia Bello - Fonoaudiologia - Desconto de 30% Hotel Minas Garden - Poços de Caldas/MG - Consultar tabela para verificar descontos Magic City - Consultar contrato

Mafisa Colônia de Férias - Váriavel Náutico Praia Hotel - Porto Seguro/BA - Consultar tabela para verificar descontos Pousada Chamamé - Bonito/MS - Consultar tabela para verificar descontos

Cemitério Parque dos Pinheiros - Desconto de 25% Atenção: Convênios sujeitos à alteração. Para mais informações sobre a tabela de descontos e retirada da carta de convênios, envie um email para convenios@eletricitarios.org.br 24


Sindicato dos Eletricitários de São Paulo Rua Thomaz Gonzaga, 50 - Liberdade - São Paulo - SP - Cep: 01506-020 Tel.: (11) 3346-2766 - Site: www.eletricitarios.org.br

Pela presente proposta solicito minha inscrição no quadro social deste Sindicato, sujeitando-me às exigências estatutárias. Nome completo: Data de Nascimento: Filiação:

Pai:

Mãe:

/

/

Estado Civil:

RG:

CPF:

Natural de:

End. Res.: Bairro:

(UF): Compl.:

Cidade:

(UF):

Cep: Tel. Residencial:

Tel. Comercial:

Empresa: Admitido em

e-mail:

Cargo: /

/

Local de trabalho:

Registro:

DEPENDENTES

Cód Benef.

Nome do Beneficiário

Parentesco

Data de Nasc.

AUTORIZAÇÃO PARA DESCONTO DE MENSALIDADE SINDICAL

Autorizo o desconto em Folha de Pagamento, referente a minha mensalidade do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo. São Paulo,

de

de 20

PARA USO DO SINDICATO

Assinatura do Proponente

Proposta nº: Matrícula:

Presidente

Secretário Geral

Admitido a partir de ____ / ____ / ____ Sessão da Diretoria ____ / ____ / ____ Ata nº __________________________ 25


eletricitários.org.br

SINDICATO NA REDE Conheça o nosso site, siga-nos no Twitter e curta a nossa página no Facebook. Mantenha-se informado diariamente sobre as notícias mais quentes da nossa categoria e dê sua opinião.

EM BREVE NOVO SITE

Associação dos Aposentados

A Associação dos Eletricitários Aposentados de São Paulo, possui um espaço exclusivo no site, em que os associados têm acesso ao Jornal do Aposentado e informativos da Associação.

Acordo Coletivo

São arquivados todos os Acordos Coletivos das empresas realizados pelo Sindicato. Os acordos são atualizados a cada novo fechamento de ACT.

Publicações

O jornal do Eletricitário é distribuído para toda a categoria. Além de impresso, está disponível também na versão online. Além disso, boletins e cartilhas também são inseridas.

Banco de Imagens

Todas as manifestações, greves, reuniões e eventos da entidade são fotografadas e disponibilizadas no site.

Fale Conosco

Envie e-mail para: atendimento@eletricitarios.org.br

Notícias

Fique por dentro das principais notícias do setor elétrico.

Serviços

Neste espaço o associado encontrará todos os benefícios oferecidos pelo Sindicato.

RECEBA E-MAILS DO SINDICATO

Envie um e-mail para comunicacao@eletricitarios.org.br, informando a empresa em que trabalha e receba nossas informações.

WHATSAPP DO ELETRICITÁRIO

ACOMPANHE O SINDICATO NO

FACEBOOK

Envie para este número o seu nome, informando a empresa na qual trabalha, e receba as notícias do Sindicato!

27


Rua Thomaz Gonzaga, 50 - Liberdade - SĂŁo Paulo - SP - CEP 01506-020 Telefone: (11) 3346-2766 - www.eletricitarios.org.br

Revista do Eletricitário - Julho de 2017 - Edição 014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you