Issuu on Google+

Revista do Sindec | Edição nº 15

o r b m e t se MÊS DE REAVIVAR A CHAMA DA TRADIÇÃO GAÚCHA

ENTREVISTA Homenageados do Troféu Semear 2015

DIREITOS

Assembleia dá a largada para Campanha Salarial

COMEMORAÇÃO Família comerciária festeja 83 anos do Sindec SINDEC EM AÇÃO


SINDEC EM AÇÃO


EDITORIAL

83 ANOS DE LUTA

em prol dos comerciários Há 83 anos nascia o Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre, uma entidade que tem como compromisso defender o comerciário e suas famílias. Desde a sua fundação até os dias atuais, muita coisa mudou. Atualmente o Sindec representa mais de 100 mil comerciários em Porto Alegre e é uma entidade que está a cada dia mais engajada com a categoria, lutando não só pelos direitos trabalhistas, como também por uma vida digna, com direito a saúde, educação, transporte e moradia de qualidade. Recentemente o governo aprovou medidas provisórias que mexeram nos direitos dos trabalhadores mudando as regras para acesso a benefícios como seguro-desemprego, auxílio doença, pensão por morte, e também vetou o fim do fator previdenciário.

Mas antes mesmo que isso acontecesse o Sindec lutou junto ao Congresso Nacional até o último momento integrado com a Força Sindical, para que essas medidas não fossem aprovadas. Por ora, fomos vencidos nessa batalha, mas temos certeza de que a luta não terminou, pois temos muitas outras questões a conquistar e vamos continuar firmes na defesa da categoria. Para continuar avançando, precisamos dos comerciários unidos, confiando no trabalho que o Sindec desenvolve, que está refletido também nos diversos serviços que a categoria pode ter acesso através do sindicato. É o momento de celebrar, mas mais do que isso, é preciso parabenizar a família comerciária, pois são vocês que ajudam a construir a história deste sindicato. Parabéns!

Nilton Neco

Presidente do Sindec-POA Secretário Nacional de Relações Internacionais da Força Sindical

SINDEC EM AÇÃO

03


EXPEDIENTE

05 06 08 11 12 14 16 18 23 24 25 25

FIQUE POR DENTRO

O Site do Sindec está de cara nova

ESPECIAL

O que muda para o trabalhador com a aprovação das MPs 664 e 665

ENTREVISTA

Agraciados com o “Troféu Semear” falam da emoção pela homenagem

TURISMO

Pacotes para curtir com toda a família

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Nutricionista fala sobre os alimentos “detox”

SETEMBRO

O mês dos gaúchos

SAÚDE

Dicas de especialista: cuide bem do seu coração!

SINDEC

Comemoração: 83 anos do Sindec reúne a família comerciária

EXPEDIENTE Presidente: Nilton Neco Fotos: Daiana Rodrigues e Ana Cristina da Silva Jornalistas: Gabriella Oliveira (MTE 16332), Ligiane Brondani (MTE 15488) e Andréia Sarmanho (MTE 15592) Colaboração: Tatiéle Trindade e Roberto Vedoy Diagramação: VERAZ SINDEC - Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre Rua General Vitorino, 113 - Porto Alegre/RS CEP: 90020-171 Fone: (51) 3254-5500

QUATRO PATAS

Cachorro no apartamento. E agora? http://www.facebook.com.br/sindecpoa

RECEITA

Os segredos da tapioca

ENTRETENIMENTO

Simpatias, passatempo e curiosidades

http://twitter.com/Sindecpoa

FAÇA PARTE DA REVISTA: Envie suas sugestões de pautas, piadas, charadas ou receitas para: revistaemacao@sindec.org.br

CULTURA

Lançamentos: livros e CDs saindo do forno

www.sindec.org.br

04

SINDEC EM AÇÃO


FIQUE POR DENTRO

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA na mão do comerciário

Dispositivos móveis não são mais uma tendência, mas sim uma realidade. Estima-se que hoje a internet já seja mais acessada por celular do que por computadores e notebooks. Neste cenário é preciso atender também a esse público por meio da criação de sites responsivos, que se moldam a diferentes tamanhos de tela sem prejuízo de navegação. Pensando nesta nova forma de consumir conteúdo o Sindec está reformulando o seu site para adaptar o acesso pelo celular, tablet e até mesmo pela TV. A versão para computador e notebooks também está sendo modificada, com um design mais moderno e de fácil acesso. Confira em breve www.sindec.org.br!

A venda de smartphones subiu 55% no Brasil em 2014 na comparação com o ano anterior, alcançando 54,5 milhões de unidades -- um crescimento de 16% para 2015. Em 2013, foram vendidos 8,4 milhões de tablets no país. O crescimento foi de 157% em comparação com 2012. Especificamente no último trimestre de 2013, foram 3 milhões, superando pela primeira vez a venda total de notebooks no país.

SINDEC EM AÇÃO

05


ESPECIAL

COMO AS MEDIDAS PROVISÓRIAS PODEM AFETAR A SUA VIDA Conjunto de Medidas Provisórias lançado pelo governo federal ficou conhecido como “Pacote de Maldades” por retirar benefícios de milhares de trabalhadores Elas são assunto nos jornais, plenários e sindicatos Brasil afora. Têm motivado protestos nas ruas e a cobrança de explicações do governo da presidente Dilma Rousseff, reeleita com a promessa de não alterar direitos dos trabalhadores. As Medidas Provisórias 664 e 665, que tiveram mais destaque, são componentes de um amplo pacote de ajuste fiscal editado pela presidência, que ficou conhecido como “Pacote de Maldades”, por apertar o cinto em relação a benefícios trabalhistas.

MP 664 Auxílio doença

Benefício concedido em caso de incapacitação temporária para o trabalho por doença ou acidente A MP modificava a regra, fazendo com que os 30 primeiros dias de afastamento ficassem a cargo das empresas e, só a partir do 31º dia de afastamento, a Previdência Social assumiria o custeio do afastado. A proposta, entretanto, foi derrubada e as empresas voltam a pagar apenas os primeiros 15 dias de afastamento, seja por doença ou acidente de trabalho, ficando o restante a cargo do governo.

06

SINDEC EM AÇÃO


Pensão por morte

Tabela de duração das pensões:

Agora, os cônjuges só poderão requerer pensão por morte do companheiro se o tempo de união estável ou casamento for de mais de dois anos e o segurado tiver contribuído para o INSS por, no mínimo, um ano e meio. Antes, não era exigido tempo mínimo de contribuição, mas era necessário que, na data da morte, o segurado estivesse contribuindo para a Previdência Social.

•3 anos de pensão para cônjuges com menos de 21 anos de idade

Benefício concedido a dependentes em caso de falecimento do segurado

• 6 anos de pensão para cônjuge com idade entre 21 e 26 anos •10 anos de pensão para cônjuge com idade e entre 27 e 29 anos • 15 anos de pensão para cônjuge com idade entre 30 e 40 anos • 20 anos de pensão para cônjuge entre 41 e 43 anos • Pensão vitalícia para cônjuge com mais de 44 anos

MP 665 Seguro-desemprego

Benefício concedido aos trabalhadores demitidos sem justa causa Agora, para pedir o benefício pela primeira vez, o trabalhador precisa ter estado empregado por 12 meses no período dos 18 meses anteriores à demissão. Na segunda vez, são exigidos nove meses de trabalho no último ano. Nas demais solicitações, serão necessários seis meses ininterruptos de trabalho antes da demissão. Quando propôs a medida, o governo pretendia dificultar a primeira solicitação do benefício, limitando a quem tivesse trabalhado 18 meses nos dois anos anteriores à demissão. Antes, o trabalhador tinha direito ao benefício se tivesse trabalhado por seis meses.

Para ficar de olho:

Abono Salarial

Benefício pago ao trabalhador com carteira assinada, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos Agora, para ter direito o trabalhador precisa ter trabalhado ao menos 90 dias com carteira assinada no ano-base e o benefício será proporcional ao tempo trabalhado. Antes, todo trabalhador que tivesse trabalhado ao menos 30 dias com carteira assinada, tinha direito a receber um salário-mínimo de abono. O governo pretendia ampliar a condição para 180 dias, com benefício proporcional.

Seguro-defeso

Benefício concedido ao pescador durante o período em que é proibida a pesca, para preservação de algumas espécies Para o seguro-defeso acabou mantida a regra vigente antes da medida provisória, que determina que o pescador necessita ao menos um ano de registro na categoria. A intenção do governo era aumentar a exigência para três anos.

MP 680 Programa de Proteção ao Emprego (PPE)

A mais nova Medida Provisória permite a redução da jornada de trabalho e do salário, em até 30%, nas empresas que estejam em dificuldades financeiras e ameaçando fechar postos de trabalho. Através do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o governo reembolsa 50% do salário reduzido (com teto de R$ 900,84). A medida é controversa e divide opiniões entre economistas e sindicatos, que questionam impacto no FAT, já deficitário, e temem recessão ainda maior na economia. A princípio, estão cotados para aderir ao PPE os segmentos automotivos, de açúcar e álcool, metalurgia, carnes e de componentes eletrônicos. O programa terá validade até 31 de dezembro de 2016 e, embora passe a valer imediatamente com força de lei, a proposta será analisada e precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional. As empresas podem aderir ao programa por seis meses, prorrogáveis por mais seis, e ficam proibidas de demitir funcionários durante este período. A proibição será mantida por pelo menos mais dois meses após o fim da vigência.

SINDEC EM AÇÃO

07


ENTREVISTA

Troféu Semear 2015 O Sindec condecora todos os anos personalidades que contribuíram com a categoria com o Troféu Semear, criado pela artista plástica Glorinha Corbetta, que se inspirou na função protetora e aglutinadora do Sindec. Por isso, o troféu tem o formato de uma árvore, que simboliza a vida e a união. Desde 2007 o troféu e atribuído a personalidades de destaque no Mundo do Trabalho Comerciário, pessoas que de alguma forma têm influência para a categoria. Neste ano a premiação foi conferida ao Bispo Dom Roberto Ferreria Paz, à colaboradora Corália Perdomo e ao comerciário Ênio Guimarães Rosa. Nesse exemplar a Revista em Ação conta um pouco sobre a vida dos homenageados.

08

SINDEC EM AÇÃO


Bispo Dom Roberto Ferreria Paz Filho de Roberto Angel Ferreria e Glória Paz de Ferreria, o Bispo nasceu no dia 5 de junho de 1953, em Montevidéu, Uruguai. Quando jovem, já participava ativamente da militância na Igreja Católica. “A minha vocação começou no Uruguai, buscando servir o horizonte dos reinos mais pobres, e com o tempo fincou raiz aqui no Brasil”, conta. Em 1989, Dom Roberto foi ordenado Sacerdote na Arquidiocese de sua incardinação, aqui em Porto Alegre. A atuação religiosa na capital transcendeu a Igreja, interferindo de forma expressiva na vida das famílias. Nessa época, Dom Roberto participou ativamente das lutas travadas pelo Sindec-POA em defesa dos direitos e da dignidade da família comerciária. A homenagem conferida ao Bispo pelo Sindicato resume um fragmento da história da categoria, por isso Dom Roberto sente-se agradecido e honrado e não hesita em dizer que o maior prêmio, na verdade, é estar revendo amigos. Em 2011, ele tomou posse como Bispo Diocesano de Campos de Goytacazes, no Rio de Janeiro. Tem diversas obras publicadas e é articulador semanal dos jornais “O Diário” e “Folha da Manhã”. Devido a vocação que também tem como ideal servir a sociedade e ao bem comum, na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Roberto é o Bispo Referencial para o diálogo com a política e a sociedade civil. “Acredito que a Igreja e as religiões têm muito para oferecer como contributo, como o Papa Francisco faz, para uma sociedade mais justa, mais fraterna e inclusiva”.

Ênio Guimarães Flores Filho de Orvalino da Silva Flores e Cecília Guimarães Fraga, Ênio nasceu em Porto Alegre no dia 22 de maio de 1927. A memória não é requisito para denunciar a idade, pois esta funciona e é capaz de apontar cada detalhe que ficou no passado. “Desde criança eu ajudava meu pai no entreposto de leite. Aos 10 anos de idade, era eu quem fazia o reparte das garrafas. Ah que tempo bom... essa juventude de hoje nem chegou a conhecer, eram de vidro com tampa”, relembra ao descrever as garrafas. Depois da venda do ponto que ficava na Av. Osvaldo Aranha, é que a história da relação de seu Ênio com o comércio passou a ser escrita. Em 1941, com 14 anos de idade, ele começou a trabalhar na extinta loja de material de esporte e artigos de viagens, “Cauduro Irmãos e Cia LTDA”. Em 1945 o comerciário se tornou sócio do Sindicato dos Empregados do Comércio de Porto Alegre, filiação que completou 70 anos no dia 14 de abril deste ano. Aposentou-se após 42 anos de trabalho, todos dedicados à mesma empresa, aonde chegou a ser procurador, devido sua competência e dedicação. Em 1987 retornou ao comércio para trabalhar na empresa do filho do seu antigo patrão, a Pôquer Atacado. Lá trabalhou por seis anos. Ao falar da família, a emoção é evidente. Da união em 1956 com Alba Bothona Flores (in memoriam), nasceram as filhas Maria Inês Bothona Flores e Rosalba Bothona Flores, esta última mãe da sua neta Maria Alice Flores Matos. Atualmente seu Ênio tem uma companheira, a Senhora Francisca Magalhães Marques. “Eu adoro relembrar os fatos do passado, são fatos que ficam na memória da gente e ninguém pode tirar”, conclui o aposentado que se intitula “veterano do Sindec”.

SINDEC EM AÇÃO

09


Corália Perdomo A Tia Cora, como carinhosamente é conhecida por quem costuma frequentar o Sindec, é filha de Brígido Alvaro Perdomo e Maria Isabel Perdomo e nasceu em Bagé no dia 14 de março de 1930. Durante a primeira infância foi criada pela madrinha. Aos 10 anos de idade foi levada para o Rio de Janeiro para viver em um orfanato. Na adolescência foi para o convento de freiras do Colégio Assunção, em Santa Tereza, mas anos mais tarde decidiu abandonar o convento e retornar ao Rio Grande do Sul. Voltou para Pelotas onde morou com a irmã até decidir mudarse para Porto Alegre. Aqui começou os estudos na área da saúde, na Fundação da Escola de Enfermagem Madre Anna Moeller, da Santa Casa de Misericórdia. “Desde que decidi trabalhar nesta área, nunca desisti, segui em frente e não me arrependo, faria tudo de novo, porque faço pelo amor ao próximo”, diz Tia Cora emocionada. Depois da formação trabalhou no Hospital Sanatório Belém por um período e em seguida passou a integrar a equipe de colaboradores do Departamento Médico do Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre. Aos 85 anos, ela toma o coletivo no Bairro Cristal e, sozinha, faz o mesmo trajeto toda a semana até o Sindec. “Eu vou e volto com a graça de Deus”. Mesmo não casando, por opção de se dedicar integralmente à profissão, Corália ganhou um neto de coração, como ela mesma diz. “O Luciano tem os pais dele, mas desde os 11 anos eu o adotei como neto e hoje que a idade já chegou para mim, foi ele quem me adotou”, brinca.

10

SINDEC EM AÇÃO

!

QUEM JÁ RECEBEU O TROFÉU SEMEAR

2007- VENÂNCIO AYRES DE MESQUITA | GERMANO BONOW FILHO | EVA JOAQUINA MARQUES | TERESINHA IRIGARAY | CLÓVIS FONSECA BRUM | AIRTON JOÃO FERRONATO | JUSSARA CONY | CARLOS EDUARDO VIEIRA DA CUNHA | MARIA DO ROSÁRIO | EDSON CAVALCANTE SILVEIRA | MANOEL JOSÉ QUADROS 2008 - PAULO RENATO PAIM | CASSIÁ CARPES | DOM DADEUS GRINGS | DALVA ARANO | PAULO PEREIRA DA SILVA 2009 - ELISABETH COSTA | JOSÉ FORTUNATI | RAUL PONT | JORNAL DO COMÉRCIO 2010: CLÀUDIO JANTA | POMPEO DE MATOS | PEDRO SIMON 2011: LUIS CARLOS BARBOSA | LUIZ BRAZ E ADELI SELL 2012: ARY CASTRO | BRIZOLA NETO 2013: ADÃO HAGGSTRAM | ARTUR LENCINI | RAFFAELINA GARCIA | SEBASTIÃO MELO


TURISMO

PACOTES ESPECIAIS

para toda a família

* Pacotes e valores sujeitos à alteração e disponibilidade.

A CS Turismo e Eventos preparou roteiros especiais para você curtir com toda a família momentos de lazer e diversão. Lembre-se de conferir a documentação necessária para a sua viagem com a agência. Os roteiros são realizados em ônibus de turismo com serviço de bordo e guia. Nos pacotes da CS, sócios do Sindec-POA têm desconto de 10%. Mais informações pelos telefones: (51) 3072 3314 e (51) 3072 3317 ou pelo e-mail carla@turismo.tur.br.

Beto Carrero World | Sua diversão garantida! Inclui: Passagens, 01 pernoite em Hotel categoria turística com 02 cafés e 01 jantar (sem bebidas). Ingresso no Parque, 01 almoço no retorno da viagem, serviço de bordo e guia acompanhante. Período: saída na sexta-feira, chegada no sábado e retorno no domingo Investimento (por pessoa): R$ 448,00 à vista por pessoa ou 1+5 de R$78,00 Cartões: VISA, MÁSTER, AMERICAN, HIPERCARD, DINERS CLUB * Entrada à vista em cheque ou dinheiro. Crianças até 03 anos no colo não pagam e de 04 até 08 anos tem 10% de desconto.

Oktoberfest em Blumenau! De 9 a 23 de outubro Aproveite a maior festa alemã brasileira, que se tornou uma das mais populares do Brasil.

Inclui: Passagens, 01 pernoite em hotel com 2 cafés, 01 almoço, translado Balneário x Blumenau, ingresso e serviço de bordo e guia acompanhante. Período: saída na sexta-feira, chegada no sábado e retorno no domingo Investimento (por pessoa): R$390,00 à vista ou 1+5 de

R$70,00

Cartões: VISA, MÁSTER, AMERICAN, HIPERCARD, DINERS CLUB

*Entrada à vista em cheque ou dinheiro


ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Equilibrio e bom senso na hora de comer

H

ábitos alimentares adequados proporcionam ao organismo humano condições para uma vida saudável, acrescentando anos com saúde e disposição para os indivíduos que se propõem a ter uma dieta equilibrada e pautada na moderação. A alimentação é o combustível para nossa vida, uma vez que nos fornece subsídios para a realização de nossas tarefas diárias. Se não nos alimentamos não temos força ou disposição para a realização das atividades mais banais, além de comprometer seriamente o desempenho das funções vitais no nosso organismo. “Não existem alimentos proibidos ou milagrosos. O segredo está no bom senso”, afirma a nutricionista conveniada do Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre (Sindec-POA), Valéria Uhr. É com a profissional que a Revista Sindec em Ação conversou para entendermos mais sobre a alimentação saudável e para explicar o que é o suco detox, o queridinho da dieta das brasileiras. A nutricionista informa que toda alimentação saudável tem um princípio que é muito importante, pois contém elementos essenciais para o organismo humano. De acordo com ela, o nosso corpo precisa de água, e fibras, essas fibras vêm dos cereais integrais, das frutas e dos vegetais, além de outros nutrientes, como proteínas (contidos no leite e derivados, carne, frango, peixe e nos ovos). O corpo também precisa de carboidrato, geralmente encontrado nos pães (de preferência integral), no arroz integral, ou no substituto do arroz (aipim, polenta, batata branca ou doce, milho) assim como nos grãos, que são importantes como proteínas vegetais, que seriam feijões, lentilhas, ervilha e grão de bico.

12

SINDEC EM AÇÃO


ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Equilíbrio

Toda alimentação se torna equilibrada quando é realizado um plano nutricional. É preciso fazer o desjejum, o lanche matinal, o almoço, o lanche da tarde, o jantar ou o lanche da noite feito para uma pessoa com hábitos saudáveis, porém, sem romper com os hábitos que a pessoa já possui. De acordo com a nutricionista, outro item importante é a preparação dos alimentos. “Não adianta uma boa composição alimentar se ela é feita de uma maneira inadequada. Um alimento saudável é feito com bons temperos, é importante utilizar pouca quantidade de óleo, não fritar e não acrescentar molhos gordurosos”.

Diversificação

É bom ressaltar que a diversidade dos alimentos é fundamental, pois não existem alimentos completos capazes de fornecer ao organismo toda a gama de nutrientes requeridos para sua manutenção, preservando-lhe a saúde. Então a premissa da boa alimentação está fundamentada, principalmente, na diversificação de alimentos ofertados em quantidades adequadas, o que não significa dizer exagero, pelo contrário, a moderação é imprescindível. “Eu sempre acredito no bom senso. Porém, para determinadas situações o alimento vem com o aporte medicamentoso. Pessoas com colite, problema de diabetes, de colesterol, triglicerídeos, devem evitar, adequar ou restringir certos alimentos. Cada patologia exige um comportamento nutricional adequado. Nesses casos é prescrito um plano dietoterápico”.

Detox

Os sucos detox conquistaram adeptos no mundo todo e ganharam o posto de insubstituíveis no cardápio de quem está em busca de perder peso. O principal trunfo do suco detox está no valor nutricional, pois é uma bebida que apresenta componentes que favorecem a limpeza hepática, potencializando a eliminação de toxinas que sobrecarregam o nosso organismo. Ele recebe este nome, pois o fígado é o órgão mais importante no processo de desintoxicação. A recomendação é para ser ingerido no desjejum assim como na última refeição da noite para substituir o carboidrato. Na opinião da nutricionista Valéria Uhr, todo alimento adequado tem um aporte de desintoxicar o corpo, porque não existe uma sobrecarga alimentar já que é preparado com os maiores cuidados e com os parâmetros. “Desintoxicar o fígado, os rins, até mesmo o aspecto respiratório e circulatório, também pode ser feito através de uma reeducação e um bom senso. O suco detox é uma ferramenta com aporte maior em fibras que ajuda na nossa necessidade diária”. Uma boa alimentação no almoço, contendo frutas, verduras cruas e a preparação de um alimento grelhado, também cumpre a missão de desintoxicar o corpo, proporcionando maior longevidade.

Receita de suco detox Para começar bem o dia, com mais disposição, a Revista Sindec em Ação sugere um suco no café da manhã que é de rápida absorção e ajuda a nutrir as células rapidamente: •4 maçãs •1 pedaço (cerca de 3 cm) de gengibre •3 cenouras •3 folhas de couve Bater no liquidificador sem adicionar água.

SINDEC EM AÇÃO

13


SEMANA FARROUPILHA

E

A CHAMA QUE NÃO PODE SE APAGAR

m 20 de setembro de 1835, os farroupilhas, liderados por Bento Gonçalves, venciam o confronto da Ponte da Azenha e entravam na província de Porto Alegre. Iniciou-se a Guerra dos Farrapos, o mais duradouro conflito armado da história do Brasil, que resultou na declaração de independência do Estado do Rio Grande do Sul, dando origem à República do Piratini, que durou cerca de sete anos. A Guerra dos Farrapos, também chamada de Revolução Farroupilha, é o mais longo conflito armado ocorrido em território brasileiro (teve início em 1835 e terminou em 1845). É considerada uma das mais importantes passagens da história do Rio Grande do Sul, um marco da formação social e política do Estado. A importância do dia 20 de setembro é tão grande que em 1978 foi decretado feriado em todo o Estado pela lei estadual 4.453/78. Desde então, comemoramos o “Dia do Gaúcho”, com festividades que iniciam dias antes do histórico 20 de setembro. A tão esperada “Semana Farroupilha” é um período em que se homenageia a memória dos nossos antepassados e se revive os costumes e tradições, que na opinião do músico, repentista e apresentador, Volmir Martins, deveriam fazer parte do cotidiano do gaúcho sempre.

14

SINDEC EM AÇÃO

Filho de um casal de colonos do interior de Venâncio Aires, Volmir Martins, faz questão de relembrar suas raízes e de manter vivos os costumes do povo gaúcho através do seu trabalho. Em 1989 veio para a capital e desde então foi conquistando os palcos de festivais e rodeios, o que lhe rendeu um acervo de mais de 500 troféus. Na televisão se tornou uma figura querida pelos telespectadores e inconfundível pelo bordão “Ataca as égua Salvador”. Atualmente Volmir é apresentador do programa “Churrasqueando com a Sol”, da Rádio Sol FM, além de disseminar a cultura rio-grandense por todos os cantos do Estado e do país por onde apresenta o seu show. “Musicalmente e comercialmente a nossa cultura está forte como nunca esteve, mas eu vejo que a grande parte da sociedade não dá o devido valor para o homem do campo, aquele que sabe a lua certa para plantar e colher, aquele que tira o leite da vaca, que cria, enfim, não sabe da importância e do legado que ele tem”, afirma. Apegado à essência, à terra e a música, Volmir é um amante do folclore e do regionalismo, porém discorda de algumas convenções. Para ele o meio tradicionalista deveria ser mais flexível em algumas questões.


O artista acredita que o tradicionalismo já se tornou algo comercial, ou seja, se é lucrativo, consequentemente terá destaque. Ele cita como exemplo a evidência midiática que a Semana Farroupilha tem em Porto Alegre. Enquanto isso, as festividades do interior têm crescido a cada ano, mas não com os mesmos holofotes da capital. “Apesar dos limitadores não podemos nos lamentar de nada, temos que unir nossas forças e mostrar nossa arte. Nossos artistas nativistas de verdade precisam ser mais valorizados”, diz. Em suas andanças, Volmir procura transmitir uma mensagem de amor, paz e valorização dos costumes para os seus seguidores. Chamar a atenção dos jovens para o perigo das drogas, também é uma bandeira que o artista carrega. Ele procura plantar essa semente em cada uma das pessoas que tem contato, principalmente em virtude dos seus shows e acredita que desta forma está contribuindo para a preservação da nossa cultura. Por isso salienta que o questionamento que deve nos acompanhar é: “o que cada um de nós pode fazer para manter acesa a chama da tradição”?

Temos que valorizar mais a autenticidade, o ruralismo e o gauchismo para que cada vez mais pessoas tenham contato com a nossa cultura, pois com o tempo, os valores dos nossos antepassados vão se perdendo.

pioneirismo Em 1947 eclodiu, em Porto Alegre, uma forte esperança de cultivar as tradições regionais. Motivados por este espírito, oito jovens, liderados por Paixão Cortes, retiraram uma centelha do “Fogo Simbólico da Pátria” e acenderam pela primeira vez a Chama Crioula. Esse piquete, conhecido hoje como “Grupo dos Oito” foi a semente da criação do “35 CTG”. A maioria das reuniões do grupo acontecia nos sábados à tarde, e começava a aumentar o número de integrantes. Passado o tempo, o espaço onde se reuniam começou a ficar pequeno, o que os obrigou a fazer uma transferência. Em 1948, o grupo foi para uma das salas da FARSUL, e no terraço da entidade, logo após a concretização da fundação oficial do 35 CTG em 24 de abril de 1948, começaram a realizar conferências, sessões de estudo, e outros eventos culturais no Auditório da FARSUL. O 43° Congresso Tradicionalista Gaúcho reconheceu todos os fundadores do 35 CTG como Pioneiros do Tradicionalismo Organizado. Paixão Cortes foi o primeiro patrão de honra escolhido para a diretoria do piquete. O patrão oficial era Antônio Cândido da Silva Neto e Glaucus Saraiva, patrão por ocasião de fundação. O nome 35CTG foi escolhido entre oito propostas, todas em homenagem a 1835, data de início da Revolução Farroupilha.

VOLMIR MARTINS

SINDEC EM AÇÃO

15


SAÚDE

Doenças cardíacas:

um mal que se pode prevenir Cuidar do coração é, com certeza, uma das formas de alcançar a longevidade com saúde e bem-estar

Como está a saúde do seu coração? Se você não sabe responder, abra o olho. Não é porque trabalha quietinho que ele deve ser esquecido. Pelo contrário. Alguns males que o afetam podem ser fatais. As doenças cardiovasculares são aquelas que afetam o coração e as artérias, como infarto, acidente vascular cerebral (AVC), e também arritmias cardíacas, isquemias ou anginas. A principal característica das doenças cardiovasculares é a presença da aterosclerose, acúmulo de placas de gorduras nas artérias ao longo dos anos que impede a passagem do sangue. O alerta é importante pois, segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças cardiovasculares são responsáveis por, aproximadamente, 30% dos óbitos no Brasil, o que as torna a primeira causa de morte entre a população brasileira. Isso significa que mais de 308 mil pessoas faleceram principalmente de infarto e acidente vascular cerebral (AVC). “As mulheres se preocupam muito com outras doenças e se esquecem dos problemas cardíacos. Só que, após a menopausa, eles atacam oito vezes mais a população feminina do que o câncer de mama”, afirma o cardiologista Aldo Vitória, colaborador do departamento médico do Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre (Sindec-POA). A revista Sindec em Ação conversou com o médico. Veja a seguir como cuidar bem desse órgão e aumente as chances de viver bem por um longo tempo.

16

SINDEC EM AÇÃO


Fique atento! A elevação da pressão arterial acontece por vários motivos, entre eles histórico familiar, má alimentação, maus hábitos como tabagismo e excesso de ingestão de álcool. Estar atento aos sinais que o corpo emite são importantes. Dor no peito, falta de ar, inchaço nas pernas e pés, são alguns dos sintomas que indicam a existência de uma doença cardíaca. Porém, de acordo com o Dr. Aldo, a genética é um dos fatores determinantes para o surgimento das doenças cardiovasculares e a primeira evidência diz respeito ao histórico familiar.

Prevenção Apesar das altas taxas de mortalidade por problemas cardiovasculares, é importante alertar que a maioria das complicações podem ser evitadas quando o diagnóstico é precoce e o paciente investe na prevenção. O Dr. Aldo explica que na cardiologia há duas grandes correntes: a preventiva, para anteceder o desenvolvimento da doença, e a curativa, quando a pessoa já apresenta sintomas cardiovasculares e o médico intervém para recomendar o tratamento. “Hoje a doença cardiovascular é a principal causa de morte mundial. A prevenção acontece antes da criança nascer. Não havendo fatores de risco na mãe faz com que a criança nasça com menor possibilidade de desenvolver doenças mais precocemente”. O cardiologista aponta que, além de maus hábitos alimentares, a falta de exercício pode desencadear a obesidade. É fundamental mudar o estilo de vida, adquirindo hábitos saudáveis no que se refere, principalmente, à alimentação e à prática de atividade física regular. Outra forma de prevenção é manter uma dieta adequada, retirando os itens nocivos do cardápio (frituras, embutidos, sal, açúcar e gorduras). “Junto com a obesidade surge o diabete, que é uma doença metabólica e age diretamente no sistema vascular. O paciente de diabete tem maior problema de rim, de pressão alta e colesterol alto também, o que potencializa a incidência de doença cardiovascular”, esclarece.

Fatores de risco As doenças cardiovasculares podem ser prevenidas evitando-se ou mantendo-se sob controle os seus principais fatores de risco: a obesidade, o tabagismo, o colesterol alto, o diabetes, o estresse e a hipertensão arterial. Cuidando da dieta (pobre em gorduras e em sal), fazendo exercícios físicos e evitando o estresse, já se está em um bom caminho para evitar os problemas do coração.

Tratamento Como já foi dito, o melhor tratamento para esse tipo de doença é a prevenção. Hábitos saudáveis diminuirão significativamente as chances do paciente sofrer com problemas cardíacos. “Tratar não significa dar remédio e sim modificar o curso da doença. E isso implica em dieta, exercício, controle do peso, do colesterol, glicemia. Hoje não se trata o paciente que tem pressão alta e sim o conjunto que classifica-se um risco, baixo, alto médio ou alto”, afirma o cardiologista do sindicato. O especialista também alerta para a importância de realizar o tratamento das complicações. Assim, é possível aumentar a taxa de vida do paciente e de modo que ele viva com qualidade.

Visitas re gulares ao méd para pre ico são venir, dia fundam gnostica tratame entais r e pode nto mais assegura eficaz. P médico ara isso r um do Sind , o depa ec-POA e depen rtamento está à d dentes isposiçã na Aven o dos só ida Borg cios es de M nº 430, edeiros 4º anda , r. Marqu e sua co nsulta (51) 32 pelos te 25-166 lefones 4 ou (51 ) 3225-9 www.sin 155. dec

.org.br

SINDEC EM AÇÃO

17


SINDEC

SINDICATO COMEMORA 83 ANOS

e entrega Troféu Semear para homenageados

18

SINDEC EM AÇÃO


SINDEC

O

Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre comemorou seu aniversário de 83 anos com uma grande festa para a família comerciária. O “Arraial do Sindec” ocorreu no Centro de Eventos Casa do Gaúcho no dia 19 de julho. Entre as atrações que fizeram a alegria dos comerciários, estava a Banda de Forró Maria Bonita, que fez a categoria tomar conta do salão de dança. A criançada se divertiu com brinquedos, brincadeiras juninas e guloseimas, e uma novidade que até os adultos aproveitaram: a cabine de fotos. Quem entrou, pôde registrar a participação na festa e levar de lembrança para casa. O Presidente do Sindec-POA, Nilton Neco, saudou a categoria e lembrou que neste ano, mais do que nunca, o lema deve ser “unir para avançar nas conquistas”.

Troféu Semear Neste ano o Sindec retomou a entrega do Troféu Semear, homenagem conferida a pessoas que fazem a diferença no mundo comerciário. Os agraciados 2015 foram o Bispo Dom Roberto Ferreria Paz, a colaboradora Corália Perdomo e o comerciário Ênio Guimarães Flores. (Ver páginas 6 e 7).

“Neste ano os trabalhadores já sofreram diversos ataques do governo, e o nosso sindicato juntamente com a Força Sindical esteve presente no congresso nacional para defender as nossas conquistas. Vamos continuar unidos, pois assim somos fortes e iremos avançar cada vez mais pelos nossos direitos”, salientou. O Secretário-geral da entidade, Clàudio Janta, reforçou que o Sindec irá continuar atento e firme na luta pelos direitos da categoria. “Conseguimos aprovar reajuste dos aposentados igual ao salário mínimo e estamos avançando em algumas coisas. Mas este governo que só privilegia o sistema financeiro e megaempresários, quer agora tirar, com um uma nova Medida Provisória, 30% dos salários, beneficiando as empreiteiras e não olha para o problema das pequenas e médias empresas. Não vamos aceitar mais este arrego para os grandes, às custas dos trabalhadores, por isso esperamos a aprovação da emenda que obriga o governo a repor 100% do salário. A briga ferrenha para garantir os direitos, empregos e recursos para os municípios e estados, tem sido defendida pela Força Sindical, com todo apoio do nosso sindicato”, disse. Entre as autoridades que prestigiaram o evento estavam o Prefeito em Exercício de Porto Alegre, Sebastião Melo e o Presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse.

SINDEC EM AÇÃO

19


SINDEC

SINDEC PRESTA ATENDIMENTO

NA 3ª EDIÇÃO DA FEIRA BRASILEIRA DO VAREJO O Sindec-POA participou da 3ª Febravar- Feira Brasileira do Varejo- que aconteceu de 8 a 10 de julho no Centro de eventos do BarraShoppingSul. Os diretores João Vilmar e Jefferson Tiego ficaram à disposição dos comerciários para esclarecimentos de dúvidas sobre Convenção Coletiva e ações do Sindec. Na abertura o diretor Luis Carlos Barbosa representou o presidente Nilton Neco. “Não existe empresário sem trabalhador, até porque o trabalhador é o suporte para que a empresa possa crescer e se desenvolver. Nossa participação na Feira mostra que as divergências devem ser deixadas na mesa de negociação”, disse.

PRESIDENTE NECO PARTICIPA DE SEMINÁRIO NO MÉXICO

20

SINDEC EM AÇÃO

O Presidente do Sindec-POA, Nilton Neco, participou do Seminário Latino-americano e Caribenho “Projetando o Sindicalismo do Século XXI”, e representou a Força Sindical como Secretário de Relações Internacionais. O evento aconteceu no México de 29 de junho a 1 de julho. Ao término do seminário, as entidades participantes divulgaram documento de avaliação. “Após amplas discussões sobre os temas propostos, os (as) participantes do seminário assumem como dever fazer as contribuições necessárias para enriquecer a plataforma de desenvolvimento das Américas, incorporando novos conteúdos e propostas. Ainda assim, apresentaremos aos organismos da CSA, as contribuições do seminário latino-americano caribenho para que o redimensionamento do sindicalismo na região esteja de acordo com os desafios do século XXI”, apontaram os dirigentes mediante o documento.


ASSEMBLEIA DA CAMPANHA SALARIAL REFORÇA LEMA “UNIR PARA AVANÇAR NAS CONQUISTAS”

Barbosa e do assessor jurídico Dr.º André Niomar Lemos Vaes. Neco ressaltou a importância da participação da categoria num momento difícil que o país está enfrentando.

No dia 13 de agosto, a categoria comerciária de Porto Alegre se reuniu para a Assembleia Geral da Campanha Salarial 2015/2016, realizada na sede do Sindec-POA. Foram aprovadas por unanimidade as 116 cláusulas que irão compor a convenção coletiva e também a campanha publicitária de divulgação.

“O nosso setor começou a sentir a crise agora com as demissões que aumentaram significativamente. Independente disso o que é importante é o fortalecimento da luta do sindicato com a participação de todos os comerciários. Unidos e trabalhando pela nossa pauta temos certeza que vamos conseguir conquistar avanços”, disse.

Os trabalhos foram liderados pelo Presidente da entidade, Nilton Neco, e contou com a participação do Diretor Luis Carlos

Na sequência a economista do DIESSEDepartamento Intersindical de Economia e Estatística, Daniela Sandi, apresentou

um panorama econômico, expondo um balanço com os ganhos salarias da categoria nos últimos anos. Sandi destacou que os pisos tiveram aumento significativo para o setor, aumentando o poder de compra da categoria comerciária de Porto Alegre. Visando dar mais legitimidade e ouvir a categoria, de 25 de agosto a 25 de setembro está sendo realizado um referendo entre os comerciários com urnas passando nas lojas e estabelecimentos comerciais em geral, para que integrantes da categoria que não puderam comparecer à assembleia referendem os itens que compõem a proposta salarial. Após esta etapa, a pauta será apresentada às entidades patronais.

FESTA JUNINA MARCA 27 ANOS DA CRECHE MÃE COMERCIÁRIA As três unidades da Instituição Infantil Mãe Comerciária (Centro, Cidade Baixa e Zona Norte) entraram em clima de festa junina e comemoraram o aniversário da instituição que completou mais um ano de atividade no dia 24 de junho. Caracterizados, as crianças participaram de atividades lúdicas e recriaram momentos tradicionais de “São João”, como o casamento da roça, por exemplo. Desde a inauguração a Creche Mãe Comerciária está em constante aperfeiçoamento para melhor atender os filhos de comerciários associados ao Sindec-POA. É um trabalho de dedicação diária que envolve, acima de tudo, muito amor.

SINDEC EM AÇÃO

21


ESPORTE

CENTRAIS E OIT DEBATEM LIBERDADE SINDICAL COM O GOVERNO A Força Sindical e as demais Centrais, com a assessoria técnica da OIT (Organização Internacional do Trabalho), debateram com as Confederações patronais, com a Justiça do Trabalho, com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e com o Governo Federal, a interferência do TST (Tribunal Superior do Trabalho) e do MPT nas negociações coletivas, em especial no que se refere às demissões de dirigentes sindicais – limitação no entendimento, por parte do TST, quanto à estabilidade desses dirigentes –, além das denúncias já feitas pelas entidades sindicais sobre os interditos proibitórios concedidos pela Justiça do Trabalho, que inviabilizam e ferem o direito de greve. Conforme o Presidente do Sindec, Nilton Neco, os próximos passos são: um prazo de sessenta dias para a instalação do grupo que vai negociar com a assistência técnica da OIT, e outro prazo, de 180 dias, para que se possa chegar a uma conclusão. Caso não haja um acordo, a OIT tomará uma decisão sobre a reclamação feita pelas Centrais.

SINDEC ENTREGA DOAÇÕES ARRECADADAS NA CAMPANHA DO AGASALHO No mês de junho o Sindec-POA iniciou uma campanha de arrecadação de agasalhos que mobilizou os comerciários e colaboradores da entidade. No final do mês passado a entrega das doações foram realizadas e a instituição beneficiada foi a Pequena Casa da Criança, localizada no Partenon. O secretário-geral do Sindec-POA, Clàudio Janta, as diretoras Hilza Moraes e Sandra Medeiros e o colaborador Vitor Cesar da Silva, foram recebidos pela supervisora operacional da Pequena Casa, Leoni Rizzi e pela diretora-presidente Irmã Pierina Lorenzoni. Leoni destacou que atualmente a instituição atende mais de 500 crianças, o que envolve cerca de 350

22

SINDEC EM AÇÃO

famílias beneficiadas com o trabalho, por isso é sempre bom contar com a doação e o voluntariado. O Secretário-geral do Sindec colocou a entidade à disposição da Pequena Casa e ressaltou a importância do trabalho executado no local. “Durante o ano realizamos várias ações para beneficiar famílias de comunidades carentes de Porto Alegre, mas é sempre bom vivenciar a realidade de perto e conhecer as necessidades das pessoas. Nos colocamos à disposição e sempre que tivermos a oportunidade iremos contribuir com este trabalho que só traz o bem para a comunidade”, disse.


QUATRO PATAS

Cão de

apartamento

Ter um animalzinho de estimação nos poucos metros quadrados dos apartamentos é cada vez mais comum, principalmente cães, dos mais diversos portes e raças. Manter a uma boa higiene e estabelecer uma rotina de passeios é fundamental, mas é preciso levar mais algumas coisas em consideração para evitar dor de cabeça.

Regras do Condomínio Antes de adotar ou de se mudar com seu animal para um novo apartamento, consulte as regras em relação a animais de estimação. Em algumas convenções pode haver restrições sobre circulação de animais em áreas de uso comum, uso do elevador, número de animais por condômino e incidência de multas em caso de descumprimento de normas ou perturbação, como latidos em excesso.

Adaptação É comum alguns cães não se adaptarem à mudança para espaços menores ou muito diferentes, ficando agitados ou mesmo deprimidos em caso de alteração significativa na sua rotina. Neste caso, é preciso redobrar a atenção para evitar problemas dentro de casa – ou mesmo com os vizinhos – e, é claro, garantir o bem-estar do seu amigo.

Dicas para conviver bem no apê: COMPANHIA

Diferente das pessoas, cães não gostam de morar sozinhos. Após longos períodos sem companhia, o animal pode ficar estressado, deprimido ou ansioso – o que pode levar à destruição de alguns chinelos e móveis. Vale lembrar que a solução NUNCA é prender o animal, mas distraí-lo. Aposte em brinquedos e objetos que o mantenham entretido, experimente deixar o rádio ou a TV ligados para que ele tenha a sensação de companhia. Descubra o que é eficiente para o seu bichinho.

NECESSIDADES

Para quem adota um filhote, ensinar a fazer as necessidades em um local específico, ou fora de casa, pode levar tempo, mas nada que muitas folhas de jornal, vários “NÃOs” e algumas recompensas não resolvam. Até que um cantinho seja escolhido, alguns produtos como o tapetinho higiênico e as mágicas gotinhas dos adestradores sanitários podem ajudar o cachorro a não fazer no lugar errado.

PASSEIOS

A regra “quanto menor o espaço, mais passeios” pode ser aplicada aqui. Passeios servem para aliviar o estresse, gastar energia e manter a forma. Uma boa caminhada diária pode ser suficiente para animais calmos ou de idade avançada, mas para os mais agitados, ou acostumados a fazer as necessidades fora de casa, as saídas precisam ser mais frequentes.

SINDEC EM AÇÃO

23


RECEITA

direto do nordeste

A tapioca é um tipo de panqueca fina, preparada com a fécula extraída da mandioca, que, quando espalhada numa frigideira aquecida, se coagula e forma um crepe seco. A comida vem ganhando espaço nas demais regiões e tem sido a opção de muitas pessoas que querem perder peso. Seu uso como componente ideal em dietas deve-se ao fato de não conter glúten, que é responsável pela formação de gordura e pelo aumento de peso durante o processo de digestão. Porém, para mais resultado em uma dieta balanceada, é preciso tomar cuidado na escolha do recheio, de preferência usar ingredientes saudáveis e leves.

- Tapioca saudável Ingredientes Tapioca salgada

100g de massa de tapioca hidratada 50g de chia 1 cenoura picada 100g de queijo ricota picado

Tapioca doce

100g de massa de tapioca hidratada 50g de chia 4 unidades de morangos (picados) Leite condensado Calda de morango

Modo de preparo

Esquente a frigideira no fogo enquanto prepara a massa comprada já pronta. Comece peneirando a tapioca para que ela fique em grãos finos. Misture a chia à massa e coloque uma fina camada na panela já quente. Vire a massa algumas vezes para que a alta temperatura faça com que fique na consistência adequada. Com a massa já pronta, coloque o recheio (sugeridos aqui ou a sua escolha). No final, é só enrolar a massa com o recheio para dentro, deixando-a em formato cilíndrico.

24

SINDEC EM AÇÃO

A tapioca pode substituir pão francês, você pode acompanhar como essa iguaria da culinária brasileira pode ser uma aliada de uma alimentação saudável – já que é menos calórica e não contém glúten. Acrescentar farinha de chia, aveia, amaranto ou linhaça, diminui o índice glicêmico do prato, tornando o prato ainda mais saudável.


ENTRETENIMENTO

Simpatias:

Todo mundo tem um amigo ou parente que já recorreu às chamadas “simpatias” para conseguir algo que queria muito: emprego, um amor ou a cura de alguma doença. Os defensores da crença popular afirmam que simpatia funciona quando a pessoa mentaliza e acredita. Mas a energia não faz milagre, deve ser encarada como uma forcinha a mais, sendo indispensável o esforço pessoal atingir o objetivo pretendido.

Emagrecer:

Conseguir emprego:

•Quarta-feira: coloque água num copo até a metade. Deposite nele grãos de arroz em número correspondente aos quilos que deseja perder. À noite, beba a água e deixe os grãos no copo. Coloque água novamente, até a metade. •Quinta-feira: beba a água de manhã, em jejum. Encha até a metade, deixando os grãos no copo. •Sexta-feira: beba a água e os grãos de arroz junto. Não deixe nada no copo. Distribua cópias da simpatia em número referente aos grãos de arroz colocados no copo.

Escreva seu nome e endereço em uma folha de papel branco e enrole-a em uma chave sem uso. Mergulhe o embrulho em um copo de água com uma pitada de açúcar. Coloque o copo em algum lugar alto, onde ninguém possa mexer e deixe repousar por sete dias. Depois, reze um Pai Nosso com muita fé, pedindo pelo emprego. Ao final da oração, jogue a água e o papel no lixo e guarde a chave.

CAÇA-PALAVRAS DO SINDEC O Sindec-POA conta com diversos serviços e departamentos à disposição dos comerciários. Encontre no caça-palavras alguns dos setores à disposição dos trabalhadores e os benefícios que os associados encontram no seu sindicato! Planilha1

A

C

L

E

F

R

D

A

V

C

X

L

L

O

U

G

Q

P

R

Z

X

F I

G T

Q P

W A

P S

Y B

E N

G T

H P

C L

O I

N H

V A

E J

N T

I H

O N

S I

T S

A M

J A

S I

R J

E D

F A

E C

I Q

T I

O F

R J

I N

O T

B J

C I

I A

A C

V O

E G

C O

O N

E R

C B

O T

P U

I A

D V

R E

G H

S T

E K

N M

I C

O R

I O

B A

E B

A M

N I

S U

L O

P G

F A

N M

E R

B T

T R

D V

T A

H W

A U

T I

Q R

O G

R I

A N

U A

A S

P I

P O

B L

G O

A I

R L

L P

A P

V M

A S

I I

R I

T O

L Y

G F

T E

E R

N O

F R

P D

T A

N G

R L

I A

R S

R S

U I

T Y

I A

E R

F E

P G

A F

L I

I S

V C

C A

A L

R I

D Z

I A

O Ç

L A

O O

G T

I A

S R

T A

A C

F H

D C

E R

P E

A C

R H

T E

A M

M A

E E

N C

T O

O M

J E

U R

R C

I I

D A

I R

C I

O A

G

I

N

E

C

O

L

O

G

I

S

T

A

W

E

L

L

K

M

V

M

SINDEC EM AÇÃO

25


CULTURA

Momento Cultural: 1984 – George Orwell

Clássicos são sempre atuais. Com os livros, também é assim. Winston, herói de uma história que se passa no “futuro”, em 1984, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. Ações e pensamentos são vigiados por telas, presentes em todos os lugares e a ideologia do Partido dominante em Oceania não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que “só interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade - só o poder pelo poder, poder puro”. Mas alguém é totalmente capaz de suprimir pensamentos individuais por serializados, ou mesmo os próprios sentimentos?

FRIDA

O disco homônimo de estreia da Frida – banda de rock independente, formada em Gravataí – resultou em um trabalho primoroso, que já arrebata fãs, participações em festivais e uma agenda repleta de shows fora do estado. As músicas estão à venda em serviços como Deezer, Spotify e iTunes. É possível ouvir online, através do soundcloud.com/frida_tv e o CD pode ainda ser adquirido em formato físico, por contato através do fb.com/fridafanpage.

Relatos Selvagens O filme de Damián Szifron, com Ricardo Darín, é a produção argentina mais assistida de todos os tempos. Lançado em 2014, empilhou indicações a prêmios, inclusive ao Oscar de 2015, na categoria “Melhor Filme Estrangeiro”. O longa conta seis histórias diferentes, onde, ao confrontar situações inesperadas, em uma realidade cruel e imprevisível, os personagens caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie. Uma traição amorosa, um retorno do passado, uma tragédia ou mesmo a violência de um pequeno detalhe cotidiano são capazes de empurrá-los ao inegável prazer de perder o controle.

26

SINDEC EM AÇÃO


Empregado do Comércio: Venha cuidar da sua saúde com qualidade e economia.

Planos a partir de (valor mensal por pessoa)2

157

Opção, qualidade e credibilidade.

Ligue agora e venha economizar com a Qualicorp.

0800 799 3003

De segunda a sexta-feira, das 9h às 21h; aos sábados, das 10h às 16h.

www.qualicorpdoseulado.com.br 1

R$ 156,58 – Bradesco Saúde Nacional Flex E CA

2

contratuais e legais (Lei nº 9.656/98). Condições contratuais disponíveis para análise. Julho/2015.

SINDEC EM AÇÃO anuncio_SINDEC_209x280mm_edjulho.indd 1

27 29/06/2015 16:10:06


SINDEC EM AÇÃO


Revista em Ação (set/15)