Revista novembro / dezembro 2022

Page 1



O ano de 2022, que começou com muitas incertezas, chega ao fim. A vacinação freou a pandemia, mas as eleições mantiveram um clima tenso na economia. Mesmo assim, o comércio reagiu. As vendas aqueceram e as oportunidades de empregos voltaram. Com o consumidor mais confiante, driblamos a inflação e o primeiro semestre fechou com alta de 13,4% nas vendas, o que representou uma receita R$ 3,03 bilhões superior à registrada entre janeiro e junho de 2021. Foi o melhor desempenho de um semestre da série histórica, iniciada em 2008. Nos saímos bem em todas as datas comemorativas - Dia das Mães, Namorados, Pais, Dia das Crianças e, agora, vem o Natal - melhor período do ano para o varejo. E, pela primeira vez, ele será verde e amarelo. A Copa do Mundo vai acontecer nesse final de ano e podemos tirar muito proveito da competição mais importante de futebol do planeta. Está edição da Revista Comércio, do Sincovat, traz boas dicas para você impulsionar suas vendas.

• índice •

Secretário: Alfredo Felipe de Souza Dias

TEMPORÁRIOS

Tesoureiro: Maurílio Pereira Puccinelli Zanqueta

Comércio da RM Vale vai ganhar reforços para o Natal

Suplentes: Marco Afonso Faria Rezende, Orestes Eslon De Oliveira Campos e Luiz Antônio Alves Matos Conselho Fiscal: Paulo Ribeiro Perrota Júnior, Cláudio Testa e Mariana Cesca Meise Suplentes: Daniel Ferreira Da Silveira, Marcos Aurélio Linke, Vitória Aparecida Lima Rocha Cunha da Silva Delegados: Dan Guinsburg e Alfredo Felipe de Souza Dias

09CONVENÇÕES ASSINADAS Tranquilidade para seu final de ano

Suplente: Maurílio Pereira Puccinelli Zanqueta e Cláudio Testa

Além disso, é importante escalar e treinar seu time para atender os clientes com qualidade. A nossa região deve contratar 2750 temporários. O número é 10% maior que em 2021 e as projeções só não são maiores porque o comércio da RM Vale já vem apresentando saldo positivo de empregos nos últimos 7 meses.

Jornalista Responsável: Alexandre Andrade (MTB: 39866)

Contudo, 2022 que começou incerto, deve terminar melhor do que imaginávamos. Se, dentro de campo vamos torcer para o hexa, fora dele vamos trabalhar para atender muitos clientes, realizar boas vendas e, com isso, manter o nosso comércio sempre forte.

Impressão: Gráfica Resolução Tiragem: 5 mil

Feliz Natal a todos e que 2023 seja ainda melhor!

08

Presidente: Dan Guinsburg

Projeto Gráfico e Diagramação: Alexandre Andrade Auxiliar de Comunicação: Analici Andrade

Ano 16, edição 75 - novembro/dezembro 2022 Sincovat Taubaté: Rua Visconde do Rio Branco, 51 – 6º andar, Centro, CEP: 12020-040 Tel.: (12) 3632-6570

10

ATENDIMENTO RUIM Perder clientes custa caro

12NOVO ANO O que esperar para 2023?

Sincovat Campos do Jordão: Tel.: (12) 98892-0364 Sincovat Ubatuba: Tel.: (12) 98892-0291 www.portalsincovat.com.br imprensa@sincovat.org.br

16

CAPA

Natal Verde e Amarelo


O investimento para impulsionar sua empresa Sabia que você pode investir em sua equipe trazendo crescimento e desenvolvimento com baixo custo e sem vínculo empregatício?

• VALE A PENA ACESSAR •

Pra ver e pra comer

Santo negócio

Fábrica em Roseira produz mais de 550 mil velas por dia

Confeiteira de Taubaté faz doces tão incríveis que os clientes tem dó de comer

Uma fábrica de velas, imagens e outros artigos católicos da cidade de Roseira abastece todo o país. Só de velas são produzidas mais de 550 mil unidades por dia. E nessa época do ano a produção aumenta quase 60%

Quem tem criança em casa sabe que as festas temáticas estão sempre em alta e por isso trabalhar com decoração personalizada é uma excelente oportunidade de negócio. Em Taubaté, uma confeiteira faz doces tão incríveis que os clientes tem até dó de comer.

Acesse o código QR e assista essa reportagem em nosso canal do YouTube. Veja as habilidades da confeiteira e como são feitos esses doces.

Organização e Profissionalismo

Camisaria é especialista em uniformes para indústrias e serviços Quanto mais cresce a geração de empregos no país, mais trabalho eles têm. Uma camisaria de Taubaté é especialista em uniformes para indústrias e setor de serviços. São fabricadas cerca de 4 mil peças por mês, que abastecem vários estados brasileiros.

A CENTRALESTAGIO.COM TEM O TALENTO QUE A SUA EMPRESA PRECISA! (12) 3018-1847 (12) 98892-0691

centralestagio@centralestagio.com www.centralestagio.com

Confira como é a linha de produção de uniformes assistindo a videorreportagem.

MAIS DE 5,5 MILHÕES DE VIEWS •7•


• ESPAÇO SINCOVAT •

Número é 10% maior que 2021; lojas de vestuário, tecidos, calçados e supermercados devem liderar a criação de vagas formais.

E

stá aberta a temporada de seleção de currículos e, para aqueles que estão procurando um emprego com carteira assinada neste final de ano o Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e região) tem uma boa notícia - a previsão do varejo da RM Vale é abrir 2750 vagas temporárias para o período do Natal.

Lojas de vestuário, tecidos, calçados e supermercados devem liderar a criação de vagas formais. Entre os cargos que mais serão solicitados estão os de vendedores, repositores de estoques, caixas, empacotadores e seguranças. As vagas temporárias costumam ser boas oportunidades para um emprego fixo. Tradicionalmente, cerca de 15 a 20% dos empregos temporários acabam ficando após a temporada de Natal.

O número é 10% maior que em 2021 e as projeções só não são maiores porque o comércio da região já vem apresentando saldo positivo de empregos nos últimos 5 meses.

A Copa do Mundo também deve impactar positivamente as vendas do varejo com compra de televisores, camisas de seleções e, principalmente, alimentos e bebidas para acompanhar os jogos da competição e, consequentemente, colaborar com a geração das vagas temporárias.

"O desempenho do mercado de trabalho em nossa região apresentou resultado positivo de abril a agosto, ligado diretamente a melhora das vendas, que fecharam o primeiro semestre do ano com alta de 13,4%. Com isso, muitas lojas contrataram ao longo do ano e, agora no último trimestre, apenas reforçam para a Black Friday e Natal", explica Dan Guinsburg, presidente do Sincovat e vicepresidente da FecomercioSP.

Os interessados nas vagas devem espalhar currículos pelas lojas, já que a maioria tem seleção própria. Algumas colocam cartazes nas vitrines informando os cargos que precisam. Agências de empregos também costumam realizar processos seletivos para o comércio. •08 •

Em 2022, as Convenções Coletivas de Trabalho (CCTs), documentos que estabelecem as normas e direitos dos empregados e empregadores da nossa região, bem como os índices salariais do comércio, foram assinadas mais próximas da data base, que é dia 1ø de setembro. O reajuste de 8,83% nos salários dos funcionários vão injetar R$ 4,2 milhões na economia das cidades representadas pelo Sincovat. Considerando o período dos próximos 12 meses e mais o 13º salário, esse montante ultrapassa a R$ 55 milhões. Esse aumento, além de ser uma forma de reconhecimento pelo trabalho dos funcionários da categoria, também pode impulsionar as vendas do comércio, principalmente agora, no período de Natal. Além disso, as novas CCTs, válidas para 2022 e 2023, trazem tranquilidade para os empresários focarem somente nas vendas do final de ano. Agora, é só solicitar ao Sincovat a CRS - Certidão de Regularidade Sindical, para a prática de todas as cláusulas da Convenção, inclusive para ampliar o horário de funcionamento na melhor época para o varejo, para abrir aos finais de semana e nos feriados que alguns municípios da região terão em dezembro e contratar funcionários temporários com o REPIS. E lembre-se: Natal é tempo de reflexões, renovação da esperança e transformação da vida. Mas para nós também é época de oportunidades, de realizar sonhos e vender mais. Capriche na sua decoração, aproveite a disposição dos clientes, atenda com qualidade e conte com sempre com o Sincovat. Boas vendas, Feliz Natal e até 2023.

• 09 •

Saiba mais sobre os benefícios do Sincovat. Nós temos ferramentas que podem ajudar seu negócio a enxugar despesas e lucrar mais. Verifique se sua empresa está regularizada pelo telefone 3632-6570 ramal 2 ou pelo e-mail financeiro@sincovat.org.br


em datas comemorativas, como aniversário e Natal, ou avisar que chegou uma novidade? Dessa forma, o cliente lembra da sua empresa e ainda fica feliz com o presente.

• Não conhecer o público-alvo da empresa - Você conhece realmente o público que consome seus produtos ou serviços? É claro que um bom atendimento faz as pessoas comprarem mais vezes da sua empresa, mas quando você conhece o perfil delas, conhece também suas necessidades e pode oferecer o produto ou serviço de acordo com o perfil delas.

Outra coisa que afasta e que pode levar você a perder clientes é a falta de conhecimento em relação aos produtos. Os atendentes precisam saber sobre o que estão vendendo e fazer uma propaganda dos produtos e serviços, valorizando as qualidades e diferenciais. Ou seja, sua equipe de vendas precisa estar treinada (mesmo que ela seja apenas você mesmo) para agir como porta-voz da sua empresa.

Vamos imaginar um café que fica próximo a uma academia. Todos os dias você é questionado se vende produtos sem açúcar e glúten, ou até marmitas fit. Sabendo dessa oportunidade, você pode conquistar esse público (e aumentar as vendas) se incluir no cardápio algumas opções de alimentos saudáveis e para dietas restritivas.

• Má gestão do estoque - É preciso ter um estoque bem controlado para manter em ordem diversas áreas da empresa, inclusive o atendimento ao cliente.

M

• Atendimento ruim - Você sabia que quase 7 em cada 10 pessoas mal atendidas nunca mais voltam ao mesmo local? Oferecer um bom atendimento antes, durante e depois da venda é essencial para não perder clientes.

anter um cliente custa de 5 a 7 vezes menos do que conquistar um novo, ou seja, perde-los custa caro para sua empresa. É muito fácil para os consumidores encontrarem produtos semelhantes aos que você vende em muitos outros lugares por aí.

Um atendimento perfeito conta com pessoas atenciosas e bem treinadas em todos os canais de comunicação. Não basta oferecer um atendimento presencial incrível, mas esquecer de atender o telefone ou responder às dúvidas e solicitações dos clientes nas redes sociais, e-mail ou no WhatsApp, por exemplo.

O que fazer, então, para evitar esse fantasma que assombra a grande maioria dos empreendedores? Existe uma série de ações que afastam os clientes, conhecer cada uma delas e adaptar seu processo de vendas é uma estratégia muito importante para evitar que os clientes vão embora e nunca mais voltem. Então, confira o que você deve evitar para não perder clientes

Além disso, cadastrar os dados pessoais dos clientes na primeira visita abre portas para um contato posterior. Quem sabe um desconto especial •10•

• Subestimar seu cliente -Antes de comprar, quase todo mundo faz uma pesquisa na internet para consultar preços, comparar produtos e concorrentes antes de ir até a sua loja ou contratar seu serviço, principalmente se você comercializa produtos eletrônicos ou itens mais caros.

Imagine uma loja ou confecção de roupas que também tem loja virtual. Um cliente compra vários itens e efetua o pagamento online. Depois de alguns minutos, recebe a ligação de alguém da loja avisando que infelizmente os produtos selecionados estão em falta e que o comprador receberá o dinheiro de volta. Uma experiência que ninguém gosta de ter, não é mesmo?

Não minta nem subestime o conhecimento do seu cliente. Se ele está atrás de um produto ou serviço com determinada característica que você não oferece, mas a concorrência sim, fale a verdade mesmo que isso signifique a perda da venda. Esse cliente pode retornar outro dia, pois você ganhará a confiança dele.

Uma gestão de estoque eficiente consegue prever o giro das mercadorias para que você possa comprar novos produtos antes que eles acabem nas prateleiras, mas numa proporção que não fiquem sobrando em grandes quantidades. Dessa forma, você sempre terá os itens à disposição e evitará perder clientes por falha de estoque.

E lembre-se: uma mentira pode causar futuras reclamações nas redes sociais e uma possível mancha na sua reputação. E a perda de uma venda é bem menos prejudicial do que isso. •11•


• ESPAÇO ECONÔMICO •

Quer saber como está o mercado econômico regional e quais influencias na sua empresa? Fique sempre bem informado acessando as nossas redes sociais e nosso site portalsincovat.com.br. Você sempre encontrará informações atualizadas que poderão te ajudar na tomada de decisões.

Faltando pouco mais de um mês para o final do ano, as empresas estão finalizando o planejamento para 2023 definindo metas de vendas, investimentos, contratações, lançamentos de produtos e serviços, entre outras questões importantes. Em janeiro, a Presidência da República estará sob nova gestão, o Congresso Nacional sofrerá mudanças em termos de representantes e de peso dos partidos e, nesse sentido, o acompanhamento do cenário econômico e político se torna relevante para o cumprimento e eventuais ajustes do planejamento. No cenário internacional, três pontos de atenção que podem ter reflexos sobre a economia brasileira. O primeiro deles é o conflito entre Rússia e Ucrânia, que já impactou fortemente a economia europeia e o mercado de commodities, e que pode dificultar o controle da inflação no Brasil. O segundo é a desaceleração do crescimento econômico da China e o aumento das tensões com Taiwan. Por fim, a economia americana que atravessa um ciclo de alta na taxa de juros para combater a inflação, e que pode impactar a cotação real/dólar no Brasil afetando as empresas que comercializam produtos importados. No cenário doméstico, em que as incertezas sobre a política econômica a ser adotada predominam, encerraremos o ano relativamente bem. O PIB deve crescer entre 2,5% e 3% em 2022, mais de 2 milhões de empregos com carteira assinada foram gerados entre janeiro e setembro e a inflação tem recuado de maneira acelerada nos últimos meses. Para 2023, o principal ponto de atenção é a política fiscal, ou seja, o nível de gastos públicos e a trajetória da dívida. Assim como ocorre com as famílias que não podem gastar mais do que ganham com o risco de ficar com o nome “sujo”, o governo também não deve abusar dos gastos sob o risco de perda de credibilidade. Para o comércio varejista, principalmente aqueles que comercializam bens duráveis (veículos, eletrodomésticos etc.) e que já estão sofrendo com o aumento das taxas de juros, o ponto de preocupação é o nível de endividamento e inadimplência das famílias que tem batido recordes históricos nos últimos meses. Nesse cenário de incerteza, parafraseando Ariano Suassuna, que falava sobre não ser nem otimista, nem pessimista, mas sim um realista esperançoso, a recomendação é aproveitar esse final de ano para diminuir os estoques e reforçar o caixa para o próximo ano. Boas vendas!

•12•

Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e Região

•11•



P

apai Noel vai vestir verde e amarelo, pelo menos aqui no Brasil. Pela primeira vez, a Copa do Mundo será realizada no fim do ano, justamente no melhor período para o varejo o Natal.

como a chegada do 5G, que, de alguma forma, já está chamando a atenção de consumidores, por exemplo, para troca de aparelho celular. Ainda tem o 13º salário - a segunda parcela é mais destinada às compras e deve vir um pouco mais turbinada por conta do aumento do nível de emprego.

Mas se o bom velhinho vem de chuteira nos pés, os lojistas estão apreensivos, com medo que a atenção dos consumidores seja desviada totalmente para a maior competição de futebol do planeta. A estreia da seleção brasileira, por exemplo, será na quintafeira, 24 de novembro, véspera de outra data importante para os lojistas - a Black Friday.

Uma pesquisa elaborada pelo Google, em parceria com a Offerwise, mostrou que 86% dos brasileiros vão acompanhar o campeonato e 66% pretendem adquirir algum produto ou serviço pensando na Copa do Mundo. Entre os que pretendem comprar, 62% vão gastar até R$ 500,00 em compras relacionadas ao evento. Além disso, 70% das pessoas entrevistadas declararam que irão comprar uma camisa da seleção brasileira e 1 em cada 4 consumidores pretende comprar uma televisão.

Por outro lado, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) revela que a expectativa está na casa de R$ 1,48 bilhão em vendas relacionadas diretamente à Copa do Mundo. O percentual é de 7,9% acima do volume registrado na Copa passada, que movimentou R$ 1,37 bilhão. Os setores que mais devem lucrar são os de móveis e eletrodomésticos, com R$ 535,5 milhões, seguidos por eletroeletrônicos e artigos pessoais, com R$ 332,6 milhões. Alguns fatores devem colaborar com as vendas, •17•


Crie um ambiente da Copa em seu estabelecimento. Aproveite o Natal e faça árvores com bolas amarelas e festões também nas cores da seleção brasileira.

Planeje o que fazer: o que será feito, por que, quando, onde e como.

Conforme o dia de estreia se aproxima, as vendas de televisores e móveis visando o conforto para assistir à competição aumentam, assim como compras de itens relacionados à decoração, bandeiras, entre outros. O comércio de alimentos e bebidas e os pedidos por aplicativo devem se intensificar durante a competição e jogos.

Disponibilize TVs para que seus clientes assistam os jogos.

Contrate alguém para fazer embaixadinhas na porta da sua loja. Isso certamente irá chamar a atenção dos consumidores.

Escale sua equipe de vendedores com o uniforme da seleção e o nome de cada um nas costas. Vai passar uma imagem de organização.

De acordo com estimativas do Sincovat, a Copa do Mundo deve movimentar cerca de R$ 24,3 milhões em vendas somente no varejo da Região Metropolitana do vale do Paraíba e Litoral Norte, sem projetar os valores para o setor de bares e restaurantes. As atividades de móveis e eletrodomésticos, eletroeletrônicos, vestuário e calçados, e supermercados serão as principais beneficiadas pelo evento.

Escale uma lista de ofertas. Escolha um produto ou um artigo e ofereça por um preço extremamente baixo para atrair a clientela. Mude conforme os jogos da Copa.

No entanto, todos os segmentos devem aproveitar a competição para fazer marketing e estimular suas vendas, já que os presentes de Natal serão adquiridos com a bola rolando no Qatar.

Faça um mural com recortes de jornais, revistas ou artigos da Internet com curiosidades dos outros mundiais.

•18•

Promova um bolão entre os clientes, crie as regras e sorteie um prêmio para o vencedor. Enfeite a loja com bolas de futebol. As bolas de plástico possuem um custo pequeno e dão um efeito visual bem legal.

Mesmo que sua loja não seja esportiva, as vitrines poderão ganhar detalhes do futebol, como uma rede, uma trave em miniatura ou até mesmo grama artificial.

Crie promoções com brindes envolvendo a Copa e utilize slogans como, por exemplo, “Chutou, acertou, ganhou...”. •19•


Mas é muito mais difícil tomar decisões sem ter informações. Ou você arriscaria fazer mudanças no seu produto sem consultar os seus clientes? Aceitaria fazer um grande investimento sem saber os riscos envolvidos? Alguns dados podem fazer toda a diferença no momento de procurar a solução para um problema. E num cenário em que, cada vez mais, conhecimento é poder, as informações certas podem garantir o sucesso do empreendimento. Existem indicadores que todo líder deve levar em consideração: o comportamento do mercado; o comportamento do consumidor; os impactos do custo de vida. Com estes 3 dados, já é possível obter uma visão muito mais clara do cenário brasileiro, com mais segurança para dar o próximo passo. Por isso, o nosso economista desenvolve o Radar Econômico - um boletim mensal que reúne todas estas informações de um jeito descomplicado, para você se orientar nas melhores decisões na rotina do dia a dia. Ainda não recebe nosso informativo econômico? Adicione agora mesmo nosso WhatsApp - 12 3632-6570 e envie a mensagem Radar Econômico.

Já viu o novo quadro do Sincovat? Neste canal, você empresário, tem a palavra. Sua participação é gratuita*. Entre em contato com a nossa equipe e *veja como participar! Assista pelo youtube.com/sincovat, facebook/sincovat, @sincovat no Instagram e compartilhe com seus clientes pelo WhatsApp


Com o Cartão Sincovat

empresários e funcionários do comércio têm descontos em

diversas empresas conveniadas


BLACK FRIDAY

A

s ações de marketing e promoções para a Black Friday já são esperadas anualmente pelo público brasileiro. Só no ano passado, as vendas na data comercial atingiram R$ 5,8 bilhões, crescimento de 1,7% em comparação a 2020 – primeiro ano de pandemia –, de acordo com os dados da NielsenIQ/Ebit.

e dentro do prazo estabelecido pelos marketplaces. Além disso, tenha cuidado no processo de empacotamento, para que não ocorra quebra ou vazamento no transporte. Avaliações negativas recentes podem prejudicar o seu desempenho. Verifique e solucione possíveis gargalos de infraestrutura e equipamentos, na loja física e/ou na virtual.

Para superar esta marca, porém, neste ano, o comércio, online e físico, deve se preparar para um evento gigantesco que irá disputar a atenção do consumidor: a Copa do Mundo.

fornecedores e estoques - Em decorrência da pandemia, alguns setores ainda estão sofrendo com abastecimento irregular, falta de produtos para recomposição dos estoques e atrasos na entrega causados pelos lockdowns na China. Por este motivo, é importante contar com pelo menos três fornecedores diferentes. Ainda assim, negocie condições com eles, já com olhos para a Black Friday, e reforce o estoque dos produtos mais vendidos.

Em 2022, a Black Friday acontecerá durante a Copa do Mundo, em 25 de novembro. O jogo de estreia da seleção brasileira na competição costuma provocar alterações no funcionamento de lojas e empresas, desviando a atenção do cliente. Por isso, a estratégia para a véspera da Black Friday deve ser bem planejada. O efeito do campeonato sobre o comércio já começou em outubro, com a venda de acessórios nas cores verde e amarelo, camisas da seleção e decoração de lojas.

canais de venda - Reforce a divulgação do WhatsApp da loja, estimulando os clientes a entrar na sua lista de transmissão para o recebimento de ofertas. Dependendo do segmento de atuação, explore aplicativos como iFood, Rappi e Cornershop, além do marketplace que já atua.

vendas online - Se a empresa ainda não vende pela internet, ainda dá tempo de começar e alavancar as vendas até novembro. Os marketplaces podem ser as melhores alternativas para iniciar um negócio virtual sem despender de grande investimento.

precificação - Durante a segunda quinzena de setembro, é importante se atentar à precificação, já que eventuais aumentos de preços nas semanas que antecedem a Black Friday podem prejudicar a imagem da empresa e serem associados a promoções falsas. Também é importante observar as regras de frete grátis de cada plataforma e quanto isso custará à loja.

operação - Nas semanas que antecedem a data, é de extrema importância que a operação online seja perfeita. Evite cancelamentos por falta de estoque, bem como faça as postagens o mais rápido possível •25•


• ESPAÇO JURÍDICO •

Para dúvidas trabalhistas em relação à Convenção Coletiva de Trabalho, você deverá entrar no site portalsincovat.com.br, acessar a janela Serviços Jurídicos e preencher os dados solicitados. Sua dúvida será respondida por e-mail.

A realização da Copa do Mundo acontece entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro. Segundo cronograma anunciado, na primeira fase a competição, a seleção brasileira jogará nos dias 24 de novembro (Brasil × Sérvia), às 16h; 28 de novembro (Brasil × Suíça), às 13h e dia 2 de dezembro (Brasil × Camarões), às 16h. Embora exista a tradicional pausa para prestigiar os jogos por grande parte da população, as datas não são consideradas feriados ou pontos facultativos. As horas em que a seleção brasileira estiver disputando o campeonato mundial podem ser ajustadas entre empregado e empregador quando os jogos ocorrerem em horário normal de expediente e/ou funcionamento da empresa. Alguns comércios e serviços adotam algo parecido com que é feito no setor público: a dispensa dos trabalhadores para posterior ou prévia compensação da escala, tendo em vista a importância do evento na cultura brasileira. Há boas maneiras de pôr a mudança de jornada em prática. Confira a seguir: Concessão das horas: as horas não trabalhadas podem ser concedidas, sem qualquer alteração no horário de trabalho normal do empregado. Nos dias dos jogos, os empregados precisariam sair bem antes do horário das partidas, considerando o tempo de deslocamento no transporte público – que fica mais lotado do que o normal. O home office poder ser uma alternativa conveniente para estas datas, se for o caso. Compensação da jornada: a empresa pode alterar o horário de trabalho em até duas horas diárias, respeitando o limite máximo de 10 horas de trabalho por dia. É possível prorrogar a jornada diária – ocasião na qual o empregado começa o expediente até duas horas mais cedo ou encerra até duas horas mais tarde. Banco de horas: neste caso, o empregado também trabalha algumas horas a mais, mas nos dias anteriores ou posteriores, por exemplo. Essas horas trabalhadas compensam a liberação durante o horário das partidas – lembrando que o banco de horas dispensa o pagamento de horas extras. Dispensa de parte da equipe: a empresa pode estabelecer com os funcionários um revezamento da liberação nos horários dos jogos. Assim, uma parte da equipe fica livre para acompanhar em determinada data, enquanto a outra parte trabalha. • 26 •