Issuu on Google+

8

IMPRESSO

DIA DO SAPATEIRO

Presidente da Azaléia faz palestra no Sinbi em comemoração ao Dia do Sapateiro No dia 25, próxima terça-feira, o Sinbi comemora o Dia do Sapateiro com convidados e eventos especiais. Na ocasião acontece, às 19h, o lançamento do livro “A evolução da indústria calçadista em Birigüi – um estudo sobre a Capital Brasileira do Calçado Infantil”, de autoria do professor Marçal Rogério Rizzo. O livro relata o surgimento e a evolução da indústria calçadista de Birigüi; seu comportamento e efeitos no mercado frente às políticas econômicas

liberalizantes que ocorreram no Brasil a partir do governo Collor; e a evolução do município, do conjunto das empresas, das instituições locais e das pessoas que contribuíram com a formação do pólo. O autor destaca que através do livro buscou elucidar fatos que ainda não haviam sido analisados. A obra tem prefácio do professor Wilson Suzigan, da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP.

Além do lançamento, o empresário Antônio de Brito Filho, presidente da Calçados Azaléia, faz palestra sobre os desafios na administração de empresas. A palestra tem início às 19h30. Antônio de Brito Filho exerceu na vida pública as funções de deputado federal, ministro da Previdência Social e governador do Estado do Rio Grande do Sul. Após a palestra será servido um coquetel. Os eventos acontecem no salão de eventos do Sinbi.

Mostra de teatro do Sesi apresenta peça produzida em Birigüi O Sesi-SP iniciou neste mês de outubro a mostra teatral Cena Livre, projeto itinerante que apresenta montagens produzidas por alunos dos NACs (Núcleos de Artes Cênicas) dos teatros populares do Sesi instalados em 11 cidades do estado. O projeto Cena Livre acontece desde 8 de outubro e até 18 de dezembro passa pelas cidades de Araraquara, Birigüi, Franca, Marília, Mauá, Osasco, Piracicaba, Rio Claro, Santo André, Santos e Sorocaba, apresentando 16 peças teatrais. Os grupos que se apresentam na mostra são formados por alunos do Sesi. Os espetáculos acontecem aos sábados e domingos e a expectativa é receber mais de 48 mil pessoas nas 233 sessões previstas. O espetáculo “O Maluco do Segundo Andar”, produzido pelo NAC Birigüi, participa da mostra Cena Livre. A préestréia do espetáculo, realizada dia 2 de outubro no teatro do Sesi de Birigüi, reuniu 470 pessoas em duas sessões. Alimente-se Bem realiza 2º concurso

s e si A peça “O Maluco do Segundo Andar”, produzida pelos alunos do NAC Birigüi, participa da mostra de teatro do Sesi Cena Livre

Sinbi comemora Dia do Sapateiro com palestra do presidente da Azaléia

Ano III

Nº 28 • Outubro 2005 • www.sindicato.org.br

CRIED realiza workshop de design em Birigüi

A comemoração do Dia do Sapateiro no Sinbi conta com a presença do presidente da Calçados Azaléia, Antônio de Brito Filho. Na ocasião, dia 25 de outubro, o empresário faz palestra sobre os desafios na administração de empresas. Além da palestra, o professor Marçal Rogério Rizzo lança o livro “A evolução da indústria calçadista em Birigüi – um estudo sobre a Capital Brasileira do Calçado Infantil”. Página 8

Empresas do Pólo doam calçados para creches Equipe do CRIED acompanha empresas de Birigüi

de receitas O programa Alimente-se Bem com R$ 1,00 completa dois anos e para comemorar a data o Sesi Birigüi realiza o segundo concurso de receitas econômicas e nutritivas. As receitas devem seguir os critérios de preparação do curso e

O CRIED – Centro Ricerche Istituto Europeo di Design – realizou em Birigüi o primeiro workshop para as empresas do pólo conveniadas com o IED (Istituto Europeo di Design) para desenvolver estratégias de comunicação e design. O treinamento reuniu 25 profissionais das

áreas de marketing, desenvolvimento de produtos, vendas e exportação das empresas Finobel, Kidy, Klin, Pampili e Pé com Pé. A equipe do Centro Ricerche vai realizar mais três workshops em Birigüi e vai acompanhar a implantação das estratégias nas empresas. Página 3

Dia das Crianças em Birigüi foi marcado pela solidariedade

Merkator Feiras lança SICC em Birigüi.

Senai Birigüi é destaque na Olimpíada do Conhecimento.

O Dia das Crianças de 2 mil alunos de 12 creches de Birigüi foi especial. Empresas calçadistas do Pólo entregaram doações de calçados nos dias 10 e 11 de outubro. Um total de 17 empresas fez as doações e contribuiu para alegrar a festa de várias crianças. Página 5

No próximo dia 26 de outubro acontece no Sinbi o lançamento do SICC (Salão Internacional do Couro e Calçados). No lançamento, a organização do SICC vai apresentar o evento aos empresários e sortear um estande na feira entre os presentes. Página 3

devem utilizar ingredientes da cesta básica, alimentos da safra, talos, folhas, ramas e cascas. O concurso é aberto a alunos e ex-alunos do Alimente-se Bem. O Sinbi e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados de Birigüi são parceiros na iniciativa.

Senai Birigüi é destaque na Olimpíada do Conhecimento O Senai Birigüi conquistou quatro das seis primeiras colocações na etapa estadual da Olimpíada do Conhecimento, realizada de 4 a 10 de outubro no Pavilhão de Exposições do Anhembi em São Paulo. A aluna Fernanda Fernandes foi a campeã na categoria Informática para PNEs (Portadores de Necessidades Especiais) Visuais e agora concorre com o segundo colocado da modalidade para representar o Estado na etapa nacional

Informativo do Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigüi

da olimpíada. Os alunos Everton Tarciso Maschio Vieira e Lucas Magalhães Gouvêa conquistaram, respectivamente, o 3º e o 6º lugares na modalidade Tecnologia do Calçado; e na categoria Tornearia Mecânica, o aluno Rodrigo Neves da Silva conquistou o 5º lugar. Mais uma vez o Senai Birigüi provando que é uma das melhores escolas Senai do país. O Sinbi parabeniza o Senai e os alunos campeões por mais esta conquista.

Acesse www.sindicato.org.br e compartilhe conhecimento e negócios.

Página 8

Empresas de Birigüi se destacam na GDS 2005 Página 4


2

EDITORIAL

E x p e d i e n t e

Birigüi é destaque na GDS 2005 A GDS é a maior feira de calçados do planeta, realizada em Düsseldorf, na Alemanha. Todos os anos a exposição reúne as maiores empresas calçadistas do mundo e em 2005 aconteceu de 18 a 21 de setembro. A Feira é algo maravilhoso, talvez fascinante seria meu melhor adjetivo para retratar a GDS. A começar pela cidade que é muito bonita e igualmente hospitaleira, também o local onde é realizada a Feira é muito bom, em volume de área é pelo menos quatro vezes maior que o Anhembi, só que dividido em diversos pavilhões. Os estandes são mais padronizados do que aqueles de vemos comumente nas feiras daqui, porém há alguns muito bem elaborados. Os produtos, esses sim, são muito bonitos, bem feitos, quase a totalidade deles nos encantam. Pelo que pude observar, todo fabricante de calçados deve conhecer a GDS, pois somente assim ele poderá conhecer o “mundo” do calçado de perto. Porém, mais que conhecer, penso que participar da Feira ajudará em muito o crescimento internacional da empresa, independentemente de realizar vendas já na

José Roberto Colli 1º Vice-presidente Carlos Alberto Mestriner 2º Vice- presidente Jacir Inácio Migliorini 1º Secretário José Luis Fernandes 2º Secretário Antônio Liranço 1º Tesoureiro Luiz Antônio Michilin 2º Tesoureiro Antônio Ramos de Assumpção Diretor de Patrimônio Ubiraci Chaves de Oliveira Diretor Social

Samir Nakad Presidente do Simbi

7

Jurídica

A exigência de multa em denúncia espontânea Diretoria 2003/2007 Samir Nakad Presidente

primeira mostra, pois o volume de visitantes dos mais diversos países poderá fornecer informações preciosas ao expositor. Quanto às indústrias de Birigüi, pude notar que elas estavam muito bem, tanto na localização dentro dos pavilhões, como nos produtos que foram oferecidos, além de que na área infantil, nossos produtos chegam a se destacar pela beleza, alegria, diversidade, pecando unicamente em não oferecer mais opções em couro, material que é mais apreciado, principalmente nos países de maior poder aquisitivo.

Coluna

Sérgio Gracia Diretor Social Wagner Aécio Polli Diretor-Administrativo Membros do Conselho Fiscal: Wilson José da Silva Antônio Carlos Candelária Denílson Eckstein Membros Suplentes do Conselho Fiscal: Valdir Lino Pulzato Anésio Sorato Sérgio Chagas Delegados na Federação : 1- Carlos Alberto Mestriner 2- Samir Nakad Suplente Delegado na Federação: José Luis Fernandes Rua Roberto Clark, 460 – Centro 16200-043 Birigüi – SP Fone: (18) 3649-8000 Fax: (18) 3649-8022 E-mail: sindicato@sindicato.org.br Projeto gráfico Pontual Propaganda Fone: (18) 3624-3366 Reportagens: Karen Silva Jornalista responsável Paulo Mantello – MTb 24.441 Impressão e fotolitos Efral – Editora Folha da Região Fone: (18) 3636-7777

Não se aplica a multa tributária quando o infrator da legislação procura espontaneamente o fisco para regularizar sua situação, antes de iniciado o procedimento para cobrança do débito fiscal. A isto, se dá o nome de denúncia espontânea. Primeiro é necessário definir obrigação principal e obrigação acessória no Direito Tributário. Obrigação principal surge da ocorrência de fato gerador e tem por objeto pagamento do tributo: se for obtida renda deverá ser pago imposto sobre esta renda. Obrigação acessória tem por objeto prestações positivas ou negativas, previstas no interesse da arrecadação e/ou fiscalização de

tributos. Por exemplo, a declaração do imposto de renda e informação de GIA’s. A multa corresponde à não prestação. Enquanto a multa pela ausência de pagamento de tributo (obrigação principal) assume natureza moratória, a multa pela ação ou omissão de prestação (obrigação acessória) assume natureza indenizatória, por ser ela coercitiva. O Código Tributário Nacional abre exceção dispondo que a denúncia espontânea implica em exclusão dessa responsabilidade. A denúncia espontânea aplica-se tanto a infrações à obrigação tributária principal, como à obrigação tributária acessória.

A multa é eliminada quando o contribuinte apresenta espontaneamente o pedido de parcelamento de débito tributário. O fundamento de tal cancelamento, é que quem vai ao fisco requerer parcelamento de débito fiscal efetiva espontaneamente sua situação de infração. Também aplica-se o caso quando o contribuinte formula consulta formal à Fazenda para obter o seu posicionamento, relativamente a fatos. Nestas situações, a fiscalização deve aguardar o resultado dos exames verificados, porque somente após os seus resultados é que terá condição, se for o caso, de promover exigências tributárias.

Brilho Metais atende São Paulo, Paraíba e Ceará A Brilho Metais fornece componentes para as empresas de calçados, confecções, bolsas e cintos de Birigüi, Jaú, Santa Cruz do Rio Pardo, Tanabi, São José do Rio Preto e Presidente Prudente. Além dessas cidades, a Brilho Metais atende os Estados da Paraíba e do Ceará com produtos como fivelas, enfeites, argolas, passadores, zíperes, velcros, ilhóses, tachas, pregos, botões de pressão, rebites e strass. Há nove anos no mercado, a empresa se instalou em Birigüi por considerar a cidade um ponto de referência para a indústria de calçados e também para facilitar o acesso das empresas aos componentes comercializados por ela. Em janeiro de 2005 a Brilho Metais se instalou em seu novo prédio. A empresa tem 20 colaboradores e constantemente trabalha para a integração entre eles. A Brilho Metais

Empresa atende empresas de calçados, bolsas e cintos nos três Estados também tem uma grande preocupação com ações sociais de combate ao uso de drogas e do álcool e apóia o trabalho da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) e do Clube Desbravadores e Aventureiros. A direção da empresa acredita que a proximidade entre fornecedores e fabricantes de calçados é excelente para o

desenvolvimento de ambos segmentos porque propicia redução dos estoques intermediários e melhor apropriação do fluxo de caixa. Os desafios que o setor calçadista enfrenta atualmente são considerados pela equipe da Brilho Metais como uma oportunidade de qualificar ainda mais as empresas do pólo para oferecer produtos de mais qualidade.


6

convênio ied

3

CRIED realiza primeiro workshop sobre design em Birigüi Lançamento SICC

Palestra Skaf

A Merkator – Feiras e Eventos lançou em Birigüi, lançou em Birigüi o XIII SICC (Salão Internacional do Couro e Calçado). A feira acontece em Gramado de 14 a 16 de fevereiro. O grande diferencial do SICC, segundo seus organizadores, é a união entre negócios e turismo. Durante o lançamento foi sorteado um estande na feria entre os empresários presentes. A Bical foi sorteada.

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, esteve em Araçatuba para o fórum de debate “Tributação: está na hora de mudar a história”, dia 23 de novembro. O fórum tratou sobre guerra fiscal entre estados; transferência de empresas para o mato Grosso do Sul e seu impacto no desenvolvimento da região; e sobre a política pública para reversão desse contexto. A palestra foi dirigida a empresários da região.

Moda no Sinbi

A Rede Multidrogas reinaugurou sua loja na praça Dr. Gama em 26 de novembro. A obra foi realizada para oferecer maior comodidade aos clientes e melhor atendimento nas áreas de saúde e beleza. A rede de farmácias e o Laboratório Cimed são parceiros na restauração do prédio do Instituto PróCriança de Birigüi. Os sócios da Rede Multidrogas em Birigüi, Cláudio Bansi, e César Bianco, acreditam que através do novo espaço toda a população da cidade poderá ajudar o Instituto.

O Sinbi realizou nos meses de outubro e novembro eventos para apresentar as tendências da moda inverno 2006 aos empresários do Pólo. O 29º Painel de Moda Marcondes Tavares e o Workshop Tendências em Calçados e Artefatos Outono Inverno 2006, realizado pelo Senai e Sebrae, trouxeram para os empresários as novidades que estarão nas ruas na próxima estação.

Multidrogas

O gerente regional do Banco Bradesco, Ciniro Ap. Sorge, o presidente do Sinbi, Samir Nakad, e o diretor da Couromoda, Jeferson Santos

Lançamento Couromoda

Dia 1º de dezembro a diretoria da Couromoda realizou um encontro com os empresários de Birigüi para divulgar a edição de 2006 da feira. O encontro aconteceu na sede do Sinbi com o objetivo de estreitar o relacionamento da feira com os empresários. Participaram do evento o diretor geral da Couromoda, Jeferson Santos; o diretor da feira, Airton Manoel Dias; e o gerente regional do Banco Bradesco, Ciniro Aparecido Sorge, que explicou sobre uma parceira entre o Banco e a Couromoda para beneficiar o setor calçadista com linhas de crédito especiais.

Senai apresenta resultados do Programa de Gestão da Produção O Senai apresentou a empresários do Pólo em 30 de novembro os resultados do Programa Sebrae/Senai/ Sinbi de Gestão da Produção – Calçados. O projeto, subsidiado pelo SEBRAEtec – Soluções (Oficinas e Consultorias), foi desenvolvido para auxiliar micro e pequenas empresas na solução de problemas pontuais e comuns relacionados a tecnologia; e capacitar os colaboradores das empresas para dar continuidade ao trabalho implementado pelos técni-

cos do Senai. De janeiro a novembro de 2005 o projeto aconteceu em 119 micro e pequenas empresas de Birigüi num total de 5.795 horas de atendimentos nas áreas de Cronometragem / Cronoanálise, Planejamento e Controle da Produção, adequação de Layouts Produtivos, Desenvolvimento de Produtos – Modelagem / Estilismo, Modernização do Processo, Almoxarifado e Melhoria do Processo Produtivo. Os atendimentos foram realizados

através de reuniões entre os representantes das empresas e os docentes / instrutores do Senai para a transmissão das instruções necessárias para solucionar os problemas. Para 2006, a parceira entre as entidades para desenvolver o projeto continua e com o intuito de fortalecer o APL Calçadista de Birigüi aprimorando a mão-de-obra para a indústria. A primeira reunião para estabelecer as etapas do trabalho está marcada para a segunda quinzena de janeiro.


4

5

gds

Birigüi na GDS

Ilha Abicalçados teve desempenho e organização maravilhosos na feira

Brazon representou os exportadores de Birigüi na GDS

Empresas doam calçados para creches de Birigüi

Equipe Bical atuando na maior feira de calçados do mundo

O Sinbi e o Instituto Prófre Assunção dos Santos e Criança de Birigüi realizaram Profa. Maria Cecília de Lima. uma campanha de doação de O coordenador da creche calçados para creches da cidaDona Maria Bruder Camargo de. Um total de 17 empresas situada no Conjunto Habitaentregou nos dias 10 e 11 de cional João Crevelaro, José outubro as doações para coRodrigues da Silva, contou memorar o Dia da Criança. que quando disse para os As empresas Bical, Biri, alunos sobre as doações Klin, Ortopasso, Pampili, eles ficaram muito felizes. Passo de Anjo, Peroni e Tip “Eles precisam muito e seus Toe entregaram os calçados pais não têm condições de dia 10 nas creches Centro comprar um sapato melhor”, de Atendimento Especial, comentou. Dilma G. Azevedo, Dionísia Os 90 alunos da creche Miragaia Carmine (crechão), Nas doze creches, cerca de 2 mil crianças receberam as doações Profa. Maria Cecília de Lima Dona Enriqueta Terence, Fátima Hamud também receberam animados as doações Nakad e Rotary. Dia das Crianças”, afirmou. A creche feitas pelas empresas de Birigüi. “Alguns A coordenadora da CEI – Dona Enri- atende 145 crianças na Vila Isabel. deles queriam calçar o sapato novo na queta Terence, Marina Cavalca Picolo, No dia 11, Be a Kid, Brink, Danzer, hora”, comenta a coordenadora da CEI, aprovou a iniciativa das empresas. Finobel, Kidy, Mizuminho, Pé com Pé, Fernanda Leandro da Silva Tardivo. “Nossas crianças são muito carentes e Tatipé e Ypo fizeram suas doações para Nas 12 creches beneficiadas cerca de ficaram muito felizes com as doações. as creches Ana Souto Trevisan, Bella 2 mil crianças receberam os calçados. Muitas delas, ou até mesmo a maioria, Clark Soares, Carmem Najas Camargo, As entregas foram feitas nos dois dias, só ganharam o sapato de presente no Dona Maria Bruder Camargo, Dr. Ono- das 8h às 16h.

CIEE ajuda estudantes de todo o Brasil Kidy também participou da GDS

Equipe Pé com Pé presente na feira

Estande da Klin na GDS

Desfile apresentou modelos de Birigüi

Estande da Kiuty na feira

Pampili marcou presença no evento

O CIEE (Centro de Integração Empresa Escola) trabalha há 42 anos inserindo estudantes no mercado de trabalho em todo o Brasil. A entidade, sem fins lucrativos, foi criada por empresários e educadores e administra hoje 250 mil estágios no país em 140 mil empresas conveniadas. Em Birigüi mais de 30 empresas privadas e órgãos públicos participam do programa de contratação de estagiários do CIEE. Na região, 160 empresas têm estagiários contratados através do centro em seus quadros de funcionários, somando 850 estudantes. Segundo a assessoria de imprensa do CIEE, os candidatos mais procurados na região são das áreas de

administração de empresas, ciências contábeis, direito, publicidade e propaganda e cursos técnicos ou superiores ligados à informática. Para que uma empresa possa contratar estagiários através do CIEE é necessário ser conveniada à entidade. Através desse convênio a empresa especifica o perfil do estudante esperado (formação, domínio de língua estrangeira, cursos específicos) e o CIEE procura o candidato à vaga entre os jovens cadastrados em seu sistema. As empresas de Birigüi associadas ao Sinbi têm condições especiais para trabalhar em parceria com o CIEE. O Sindicato tem um convênio com o Centro que

possibilita que as empresas tenham um desconto de 30% na contribuição cobrada pela entidade. Segundo o diretor do CIEE, Nei Godoy, além de ajudar estudantes a entrar no mercado de trabalho, as empresas que optam por contratar estagiários criam e mantém a renovação e a oxigenação permanentes do seu quadro funcional. A partir de 4 de novembro o CIEE atenderá os associados do Sinbi todas as sextas-deiras das 9h às 12h e das 14h às 17h. Mais informações sobre o CIEE podem ser adquiridas no site www.ciee.org.br ou pelo telefone (18) 3625-1088.


Sinbinforma - Ano III - nº 28 - Outubro de 2005