{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

revista QUINZE ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

Sindicato Nacional dos Cegonheiros

SINDICATO

Confraternização em Flores da Cunha

SONHO DE CRIANÇA

Faça parte dessa realidade

PODA DE ÁRVORES

Mais segurança para os motoristas nas estradas

Ano 15 - edição no 181 - maio/2017 - Publicação mensal


Palavra do Presidente Presidente: Jaime Ferreira dos Santos Vice-Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Secretário Geral: Douglas Santos Silva Secretário de Finanças: Aroldo Neves Lima Diretor Regional: Márcio Galdino da Silva Primeiro Secretário: José Luis Pfeifer Primeiro Tesoureiro: Silas Ramos de Souza Diretores Executivos Efetivos Antônio Bezerra Dantas José Murialdo Generoso Junior Antenor Garibaldi Benvindo Gonçalves Gilmar Donizete da Silva Diretores Executivos Suplentes Fabio Pio dos Santos Ronaldo Almeida de Souza Aranha André Martins Alves Rodrigo Antonio Miotto Amaral Gustavo Henrique Silva do Carmo João Aparecido Petines Marcos Leandro Roque Adalberto Amaral Barbosa Elias Bsaibis Fazan Luiz Bianchi Giglio Ednilson Azevedo Bitencourt Germano Siqueira Lube Conselho Fiscal Efetivo José Vicente Bonetti Adilson Roberto Bento Josimar Lincon de Freitas Conselho Fiscal Suplente Ronaldo Marques da Silva Luiz Eugenio Baldin Golgatto Fabio Mendes da Silva Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Raphael Augusto Federighi Redação José Nogueira Revisão Tânia Serrano Nakamura Fotografia Raphael Augusto Federighi Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares Endereço Rua Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini CEP - 09842-095 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4103-0204 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de matérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 15 - edição nº 181 - maio de 2017 Cegonheiros unidos pelo setor

Sindicato Nacional

Caros Leitores

Estive em Flores da Cunha como presidente pela primeira vez, não foi diferente das vezes anteriores, a hospitalidade e o acolhimento continuam sendo a marca registrada desses companheiros que engrandecem nossa categoria, e que juntos conseguimos grandes conquistas, escrevendo a história do nosso setor, buscando o melhor para uma categoria que luta incansavelmente desde os primórdios do transporte de veículos no Brasil. Viajamos com boa parte da diretoria com o objetivo de reunir os frotistas da região Sul para um encontro de trabalho e ao mesmo tempo de confraternização, que já se tornou tradição em nossa categoria. Nesta edição, publicamos matéria especial sobre nossa visita a uma creche de crianças carentes que merece toda nossa atenção e respeito, e por que não colaboração? Os interessados em colaborar com essa instituição vão encontrar todos os contatos na mesma página da reportagem. Não deixe de ler as matérias sobre o investimento da Scania no Brasil, as novidades da Mercedes-Benz na Fenatran, os perigos da diabetes na terceira idade e a pesquisa que mostra o otimismo dos brasileiros sobre a economia atual. Boa leitura!

Índice

Jaime Ferreira dos Santos

Agenda ................................................................................................. 4 Mercado ............................................................................................... 6 Evento .................................................................................................. 7 Relacionamento .................................................................................... 8 Meio ambiente ...................................................................................... 9 Montadora .......................................................................................... 10 Caminhões .......................................................................................... 12 Social ......................................................................................... 14 e 15 Confraternização ......................................................................... 16 e 17 Saúde ......................................................................................... 18 e 19 Radar ......................................................................................... 20 e 21 Restrições ........................................................................................... 22 Licenças ............................................................................................. 24 Sindicato ............................................................................................ 25 Classificados ....................................................................................... 26

Revista Cegonheiro

2


Agendamento de Serviços Scania

Seu veículo voltando a rodar em tempo recorde.

Agendamento de Serviços SCANIA

Que tal manter a revisão em dia sem perder tempo?

Prioridade no atendimento Reserva do box de serviços

Com o Agendamento de Serviços a gente faz acontecer. Basta agendar para contar com uma equipe disponível para atender você e deixar o seu veículo pronto para rodar no menor tempo possível. Não perca tempo e agende seu horário: 0800 7 243633 codema.agendamentos@scania.com www.codema.com.br

Reserva de peças no estoque Programação de técnicos mecânicos Otimização de tempo e agilidade


Agenda

Parceiro visita sindicato

Márcio Lucas, Cícero Marques, Boizinho e Naé

Cícero Marques da Silva sempre que vem a São Bernardo visita o Sindicato Nacional dos Cegonheiros. Desta vez não foi diferente, além de prestigiar o sindicato, Cícero, que é um grande parceiro, trouxe boas notícias do programa de Poda de Árvores, do qual é um grande colaborador. Atualmente, a Equipe Camaçari está trabalhando na região de Maribondo BR 316 – trecho entre o entroncamento da BR 101 - “estou dando todo apoio possível” - acrescentou.

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sindceg@gmail.com Diretor: Rodrigo Antonio Miotto Amaral

Gravataí - Rio Grande do Sul

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: Jaime Ferreira dos Santos

Revista Cegonheiro

4

Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Gustavo Henrique Silva do Campo

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 Distrito de Tupi Cep: 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: André Martins Alves

Sindicatos parceiros: Sintrauto – Goiás Av. José Severino, 3840 Bairro: Vareda dos Buritis Catalão – Go - Cep: 75709-616 Fone: (64) 3411-2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva

Sintraveba - Bahia Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Carlito Alves

Sintraveic - ES Av. Eldes Scherrer Souza, 1025 Centro Empresarial da Serra Cep: 26165-680 – Serra – ES Fone: (27) 3067 – 2601 E-mail: sintraveic@sintraveic.com.br Presidente: Waldelio de Carvalho Santos

Sintrav – Rio de Janeiro Rodovia Presidente Dutra, Km 304 Bairro Paraíso (Posto Resendão) Cep: 27356-000 - Resende/RJ Fones: (24) 3355-3726 e (11) 98732-6373 E-mail: secretaria@sintrav_rj.com.br Presidente: Jardel de Castro www.sindicatodoscegonheiros.com.br


Economia com qualidade. A parceria perfeita para o seu negócio. Igual a ela não há. Com peças originais Scania, seu veículo rentabiliza e desempenha mais. Não é exatamente isso que você procura?

Kit bronzinas dos mancais 1.961.345 — Jogo de casquilho de biela, jogo de casquilho mancal, juntas, filtro do óleo — Série 4 e PGR

Preço

R$1.000,00

47 %

de e

cono m

ia

Kit reforma parcial do motor, c/ pistão de alumínio 1.961.387 — Pistão de alumínio, camisa, anéis, casquilhos, kit de juntas e filtros — Série 4 420HP

Preço

R$6.800,00

58 %

de e

cono m

ia

Kit reforma do diferencial 1.959.123 — Coroa, pinhão, rolamentos, arruelas, vedações — R780 (3,08)

Preço

R$3.400,00

67 %

de e

cono m

ia

Kit bomba d’água e junta de vedação 1.960.709 — Bomba d’água e junta de vedação — Série 4, PGR, K e Euro 3

Preço

R$900,00

27 %

de e

cono m

ia

Desconto de até 50% na mão de obra, consulte suas Casas Codema. Veja mais ofertas em www.scaniaofertas.com.br

Data de validade da campanha: 30/06/2017 ou enquanto durarem os estoques; O valor de peças com desconto refere-se aos preços-base 2016; A economia refere-se aos preços dos kits em relação aos valores unitários das peças; Preços unitários válidos para pagamento à vista, em território nacional; Mão de obra não inclusa; Valores foram arredondados; Fotos meramente ilustrativas.


Mercado

Queda de 2,4% nas vendas de veículos no quadrimestre O balanço de vendas, produção e exportação em abril e no acumulado do ano aponta queda de 2,4% nas vendas de autoveículos no primeiro quadrimestre deste ano com 628,9 mil unidades contra as 644,2 mil do ano passado. Somente em abril, 156,9 mil unidades foram comercializadas, o que significa uma retração de 17,1% frente às 189,1 mil de março e de 3,7% contra as 162,9 mil de igual período do ano passado. Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, a diminuição já era esperada pela indústria automobilística: “Abril teve menos dias úteis e ainda houve paralisação de diversas atividades no último dia do mês, fato que impactou bastante o resultado. Por outro lado, registramos um aumento da média diária de vendas na ordem de 6% sobre março e 7% ante abril do ano passado, o que consideramos bastante positivo. Pouco a pouco vamos retomar a confiança e, consequentemente, encontraremos o caminho do crescimento”. No contexto da retomada, o presidente da entidade ainda reiterou a importância da aprovação das reformas trabalhista e previdenciária para a economia como um todo. Segundo Megale, “as reformas são essenciais para o desenvolvimento do país no longo Revista Cegonheiro

6

prazo e, por este motivo, a indústria automobilística apoia as medidas propostas pelo Governo. Elas representam modernização da legislação, mais segurança jurídica para as empresas e um equacionamento das contas da Previdência, que hoje não fecham”. A produção no quarto mês do ano chegou a 191,1 mil unidades, baixa de 18,8% se comparado com as 235,4 mil unidades que deixaram as linhas de montagem em março – mês recorde em 2017 para a indústria – e aumento de 11,4% ante as 171,5 mil unidades do mesmo mês de 2016. No acumulado do ano 801,6 mil unidades foram fabricadas, crescimen-

No acumulado deste ano , a indústria produziu 21,6 mil caminhões

to de 20,9% sobre as 663,2 mil do ano passado. As exportações em 2017 permaneceram em alta: 232,2 mil unidades foram enviadas para outros países, o que significa expansão de 64,2% frente as 141,4 mil do ano passado. Em abril 58,8 mil unidades foram exportadas, diminuição de 14,2% se

comparado com as 68,5 mil de março e alta de 48,1% ante as 39,7 mil de abril do ano passado. Megale ressalta que “a cada três veículos produzidos, dois vão para o mercado interno e um para exportação”. Caminhões O licenciamento de caminhões encerrou abril com 3,5 mil unidades, redução de 15,5% ao defrontar com as 4,1 mil de março e de 17,4% na análise com as 4,2 mil de abril do ano passado. O quadrimestre de 2017 registra 13,1 mil unidades comercializadas, queda de 24,1% na comparação com as 17,3 mil de 2016. A produção ficou estável em abril contra março, ambos com 5,9 mil unidades. Já sobre as 5,2 mil de abril de 2016, o resultado foi 13,5% maior. No acumulado deste ano, a indústria produziu 21,6 mil caminhões, expansão de 6,5% no comparativo com as 20,3 mil do ano anterior. As exportações registram expansão de 43,3% ao se comparar as 8,3 mil unidades deste ano com as 5,8 mil do ano passado. Na análise mensal, as 2,5 mil unidades negociadas em abril com outros países apontam recuo de 7,1% frente a março, com 2,6 mil unidades, e de crescimento de 45,% ante as 1,7 mil de abril do ano passado.


Evento

Tomou posse em Brasília novo Diretor-Geral da PRF

Douglas, Márcio, Boizinho, Renato Dias, Jaime e Elias Fazan

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nos primeiros dias do mês de abril a transmissão de cargo de Diretor-Geral do Órgão em cerimônia realizada na Sede da PRF, em Brasília. O evento marcou a despedida da Diretora-Geral Maria Alice Nascimento e a posse solene do novo Diretor-Geral Renato Antônio Borges Dias. A cerimônia contou com a participação dos ministros da Justiça Osmar Serraglio (PMDB-PR), dos Transportes Maurício Quintella e do Superior Tribunal de Justiça Reinaldo Fonseca, além de deputados, senadores, diretores do Sindicato Nacional dos Cegonheiros e outras autoridades. Primeira a discursar, a Diretora-Geral Maria Alice agradeceu aos policiais rodoviários federais que aceitaram o desafio de transformar a Polícia

Maria Alice ficou cinco anos no cargo

Rodoviária Federal em uma instituição de referência nacional. “Sempre acreditei que a meritocracia, a justiça

e a valorização dos nossos servidores deveriam ser o foco da nossa gestão e que isso renderia frutos para a nossa sociedade. E, nos últimos cinco anos da nossa gestão, confirmamos que essa convicção era acertada”, disse Maria Alice. Durante a cerimônia, Renato Dias falou como Diretor-Geral da PRF e agradeceu a Maria Alice, que desejou sucesso à nova gestão, e afirmou que a Diretora-Geral colocou seu nome na história da PRF fazendo o que poderia ser feito de melhor. “Não é fácil fazer gestão pública no país quando

A posse solene contou com a presença de ministros, senadores, deputados e diretores do Sindicato dos Cegonheiros

as dificuldades são imensas. Parabéns pela sua gestão”, afirmou. Renato Dias disse ainda que quando aceitou o desafio de assumir a direção da PRF fez pela confiança que tem no efetivo. “Acredito no trabalho dos servidores policiais, administrativos, terceirizados e estagiários, cuja sinergia funcional potencializa nossos parcos recursos promovendo a nossa instituição ao patamar de re-

conhecimento pelos serviços prestados, sobretudo pelo ganho social resultante da nossa atuação”, destacou o diretor-geral. Ao fim, o ministro da Justiça Osmar Serraglio afirmou que o evento de transmissão de cargo de Diretor-Geral da PRF por si só mostra o apreço que a sociedade tem pelo Órgão. “Vendo a evolução da PRF nos últimos anos, certamente nós nos orgulhamos dessa corporação, dessa instituição. Nós sabemos como é importante a presença da Polícia Rodoviária Federal nas vias públicas”, afirmou. Novo diretor-geral Renato Antônio Borges, 44 anos, é natural de Cristinópolis (Goiás). Graduado em Direito e Administração, ingressou na Polícia Rodoviária Federal em 1994. Sua primeira lotação foi na BR-153, na Delegacia Regional de Morrinhos. Atuou também na Superintendência de Goiânia, bem como na atividade sindical, sendo presidente do sindicato da classe em Goiás. Com 15 anos de trabalho policial na atividade finalística, sendo 13 deles na capital goiana, Borges tem agora um grande desafio: comandar mais de 10 mil policiais e demais servidores que zelam pela segurança e fluidez do tráfego nos 70 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. 7

Revista Cegonheiro


Relacionamento

Hortolândia recebe diretor do Sindicato

Ceará do Horto, o prefeito Angelo Perugini e André Martins “Gato Magro”

O prefeito de Hortolândia Angelo Perugini e o vice-presidente da Câmara dos Vereadores Francisco Pereira da Silva (Ceará do Horto) receberam em seu gabinete, nos últimos dias do mês de março, o diretor do Sindicato Nacional dos Cegonheiros André Martins Alves, conhecido pelo pessoal da categoria como “gato magro”. Considerando uma visita importante e prioritária para administração de sua gestão, a qual se preocupa com a geração de emprego e renda para população da cidade e da região, o prefeito se interessou em conhecer melhor o funcionamento da logística de distribuição dos veículos transportados pelos Cegonheiros, ficando surpreso com a organização, e se colocando à disposição para colaborar com o sindicato que já é conhecido em todo país por ser uma categoria com forte representatividade nacional. Hortolândia é um município brasileiro do estado de São Paulo pertencente à Região Metropolitana de Revista Cegonheiro

8

Campinas está localizada entre os grandes polos industriais do país, a 115 quilômetros de São Paulo e a 24 quilômetros de Campinas. O município é o 7º mais importante da Região Metropolitana de Campinas. O desenvolvimento industrial deve-se à localização privilegiada da cidade no estado. A proximidade de Hortolândia do Aeroporto Interna-

cional de Viracopos, a presença de importantes vias rodoviárias ao seu redor, tais como a Rodovia Anhanguera, a Rodovia dos Bandeirantes e a Rodovia Dom Pedro I, e o fato de estar numa região de grande concentração de desenvolvimento no país, considerada polo científico e industrial, são fatores primordiais e definitivos para atrair empreendimentos.

Hortolândia é o sétimo município mais importante da Região Metropolitana de Campinas


Meio Ambiente

Preocupação constante do Sindicato dos Cegonheiros

Cuidar bem das estradas e possibilitar que os motoristas circulem com segurança e conforto é uma preocupação constante do Sindicato Nacional dos Cegonheiros. Prova disso é o resultado das quatro equipes que trabalham dia após dia e que só nos meses de fevereiro a abril de 2017 já somaram o total de mais de 900 quilômetros de podas de árvores nas rodovias brasileiras. Acompanhe abaixo onde estão atuando as quatro equipes: > Equipe 01: BR 364 – Trecho entre Várzea Grande e Trevo de Jangada/MT; > Equipe 02: BR 116 – Rio Bahia – Trecho em Itambacuri e Teófilo Otoni/MG; > Equipe 03: BR 323 – Trecho entre Maringá e Umuarama/PR: > Equipe Camaçari: BR 316 – Trecho entre entroncamento da BR 101 e Maribondo/AL;

Equipe 2 atuando na Rio Bahia

As Equipes 1, 2 , 3 e a Equipe Camaçari totalizaram mais 900 quilômetros de podas de fevereiro a abril deste ano

9

Revista Cegonheiro


Montadora

Scania investe R$ 2,6 bilhões no Brasil

A Scania, referência mundial em soluções de transporte sustentável, fará um aporte de R$ 2,6 bilhões em suas operações no mercado brasileiro. O programa de investimento da fabricante sueca teve início no ano passado e vai até 2020 com recursos que serão destinados ao desenvolvimento de novos produtos, atualização e modernização do parque industrial de São Bernardo do Campo, bem como à rede de concessionárias. “Chegamos ao Brasil em 1957, quando ocupávamos um escritório na Rua Líbero Badaró, no centro de São Paulo. De lá fomos para um galpão na Rua Guaramiranga, na Vila Carioca. Em 1962, houve a transferência para São Bernardo do Campo, a construção da fábrica de motores e o nascimento do primeiro Rei da Estrada no País que abriu o caminho para uma trajetória promissora”, conta Rogério Rezende, diretor de Assuntos Institucionais e Governamentais da Scania Latin America. “Sem visão de longo prazo essa história não teria sido possível.” Os investimentos programados asseguram a continuidade da evolução tecnológica da unidade brasileira e a Scania reforça a estratégia de manter o Brasil como um espelho da Suécia. “Continuamos investindo no que há de melhor em tecnologia do setor automotivo e isso reforça o compromisso com o País e com um sistema de transporte sustentável”, ressalta Rogério. “Não podemos apenas olhar a situação de hoje ou do próximo ano, pois quando falamos de investimentos temos de olhar para 10 ou 20 anos à frente.” Revista Cegonheiro

10

Nova área de pesquisa demandou investimento de R$ 40 milhões

Segundo Rogério, a decisão de fincar no Brasil a primeira fábrica fora da Suécia provou-se acertada. “Hoje estamos presentes de norte a sul, leste a oeste – nas estradas e vias das cidades do país. São seis décadas de atividades marcadas pelo pioneirismo, responsabilidade social e ambiental, respeito às leis, aos seus clientes e colaboradores”, diz. Apoiada pelo sistema de produção global introduzido na década de 90, a fábrica no ABC Paulista se transformou em uma plataforma de exportação. “É a partir dela que abastecemos hoje cerca de 30 mercados da América Latina, do Oriente Médio, da África e da Ásia”, explica Rogério. “Direcionar o volume para outros países foi uma das estratégias que usamos para atravessar o período de crise na economia. Um exemplo disso é que preparamos nossa linha de produção para fabricar o motor Euro 6.” Ainda com o foco em ter em São Bernardo do Campo o padrão de excelência global, recentemente, a Scania inaugurou o laboratório responsável por desenvolver, testar e certificar motores. A nova área de pesquisa, que demandou investimento de R$ 40 milhões, é a primeira da empresa fora da Suécia. No ano anterior, em 2015,

também anunciou uma nova fábrica de pintura e montagem de cabinas de caminhão mais eficiente e automatizada, capaz de entregar até 140 cores diferentes aos clientes da marca, a qual teve um aporte de R$ 96 milhões. “Nossa história reflete o investimento que fizemos para ter um parque industrial de ponta com tecnologia avançada e uma marca sólida, superando obstáculos e evoluindo com nossos produtos e serviços e, sobretudo, investindo em pessoas e em relações – bases do nosso negócio”, finaliza.

A fábrica, em São Bernardo, abastece cerca de 30 mercados da América Latina, do Oriente Médio, da África e da Ásia


Caminhões

Mercedes-Benz antecipa as novidades para a Fenatran

Na Fenatran 2017, todos os caminhões Atego, Axor e Actros trarão novidades começando pelos bancos. Além dos bancos, os caminhões ganham novo pacote multimídia com painel, volante multifuncional, sistema de som e tacógrafo digital que ampliam as facilidades do dia a dia para o motorista. Os bancos foram desenvolvidos pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da MB do Brasil, em parceria com os fornecedores, para atender o biotipo brasileiro. O desenvolvimento local levou em conta as características do transporte e hábitos de quem dirige caminhão pelo imenso território nacional, o que foi captado em clínicas, pesquisas, O extrapesado Axor foi o caminhão mais vendido no País em março O extrapesado Axor 3344 6×4 da Mercedes-Benz, indicado para aplicações off-road, foi o caminhão mais vendido no País em março. Foram 311 unidades do modelo, que vem conquistando cada vez mais aceitação em operações logísticas e nos setores canavieiro, madeireiro, mineração e grandes obras de construção civil. “É importante destacar que o Axor 3344, um extrapesado off-road, foi o mais vendido do País considerando todos os modelos e marcas de todos os segmentos”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de VenRevista Cegonheiro

12

demonstrações, eventos e test-drives. Com design diferenciado e oferecido nas versões estático e pneumático – standard e conforto – os novos bancos se caracterizam pelo encosto com perfil mais envolvente, que remete à imagem de um arrojado banco de automóvel. Os assentos tiveram a espessura da espuma aumentada em 10 milímetros. O novo acabamento, em tecido ou vinil, está mais macio aumentando a sensação de conforto, além de facilitar a limpeza. Todos os bancos têm cintos de segurança integrados. Os apoios laterais envolventes propiciam melhor acomodação das costas. O ajuste lombar pneumático, disponível na versão conforto, tem duas bolsas infláveis das, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Com esse desempenho comercial, mais do que triplicamos as vendas, chegando a 215% de crescimento sobre as 99 unidades emplacadas em fevereiro”. De acordo com o executivo, no acumulado do primeiro trimestre de 2017, foram emplacados 495 caminhões Axor 3344 6×4. “Isso representa cerca de 46% de todo o volume de extrapesados off-road vendidos no mercado brasileiro neste período, que foi de 1.067 unidades”, diz Leoncini. “Nossa marca vendeu 733 unidades off-road entre janeiro e março, liderando este segmento no ano com

para apoio lombar e duas para apoio lateral, propiciando um ajuste perfeito para cada biotipo de motoristas. Os novos bancos têm 12 regulagens: ajuste de encosto das costas; baixar/levantar o assento pneumático; ajuste da abertura do banco; ajuste da inclinação do assento; ajuste do amortecedor; amortecimento horizontal; ajuste horizontal; ajuste de profundidade do assento; dois apoios de braço; baixar/levantar o encosto das costas; e ajuste lombar (na versão conforto). Também há novidades nas camas, disponíveis nas cabines leito e estendidas. O revestimento passou a ser confeccionado com um tecido de maior elasticidade. A espuma é laminada com espessura de 120 milímetros.

O mais vendido do País

cerca de 70% de participação”. O Axor 3344 é reconhecido no mercado pela alta produtividade, força e robustez. Oferecido nas versões cavalo mecânico, plataforma e basculante, está dimensionado para até 123.000 kg de CMT – capacidade máxima de tração.


Social

Sadan do bem

As crianças recebem orientação pedagógica diariamente

Quando você procura identificar uma pessoa no Riacho Grande, distrito do município de São Bernardo do Campo, que atende pelo nome de Sadan, a maioria já sabe “Sadan do bem”. Edivaldo Ferreira de Andrade, conhecido como Sadan, trabalhava como mecânico em uma empresa de transporte de ônibus, quando começou a ver a dificuldade das mães na hora de deixar seus filhos para trabalhar fora, setenta por cento do salário seria só para pagar uma pessoa para cuidar do filho. Essa situação não só chamou a atenção do Sadan como também o comoveu. Tudo começou com a construção de um cômodo em um terreno adquirido pelo esforço do seu trabalho no ano de 1997. Exatamente no dia 5 de abril de 1998 foi inaugurada a creche “Sonho de Criança”. Entre muitas dificuldades e grandes necessidades, os anos se passaram e o otimismo do Sadan superou tudo isso e chegou até aqui. Hoje, 36 crianças com idade entre um ano e seis meses até doze anos são mantidas graças às doções da igreja evangélica Presbiteriana do Ipiranga, empresa de transportes Altrans, Sindicato Nacional dos Cegonheiros e tantas outras pessoas que ajudam das mais variadas maneiras. Sempre ligado nas necessidades, Sadan usa a criatividade e tudo vai se encaixando. O pequeno espaço onde eram feitos pães e bolos caseiros, graças à ajuda da Altrans, se transformou numa padaria que atualmente serve a creche e também vende para comunidade. Revista Cegonheiro

14

Uma cabeleireira se propôs a montar um salão de beleza com o compromisso de cuidar dos cabelos de todas as crianças. As roupas doadas que não são vendidas no bazar, são cortadas e transformadas em panos de limpeza que são vendidos para mecânicos ou trocados por pastas de limpeza e vendidas para comunidade. Atualmente, a grande necessidade era de camas para as crianças. O Sindicato Nacional dos Cegonheiros, Aetecg, Acat e Aproceg sabendo dessa necessidade, levou, no último dia 13 de abril, quinze camas e ovos de Páscoa para todas as crianças. Apesar de todas as doações citadas, a Creche Comunitária Beneficente Sonho de Criança, aceita doações. “É a maneira de dar continuidade a esse trabalho tão importante para nossa comunidade” acrescentou Sadan.

Sadan usa da criatividade e tudo se transforma em benefício para as crianças


o ores d Diret icato e sind ltrans da A es na nt e pr se ega das entr oações d

Quinze camas foram doadas pelo Sindicato, Aetecg, Acat, Aproceg e Altrans

Contato: Creche Comunitária Beneficente Sonho de Criança Estrada Taquacetuba, 207 – Taquacetuba – CEP: 09836-991 Caixa Postal nº 765 – Riacho Grande – São Bernardo do Campo/SP WWWFACEBOOK.COM/CRECHESONHODECRIANÇA.SBC E-MAIL: csc.crechesonhodecrianca@gmail.com Fone/Fax: 4342-2338 – 4348-0701 / Cel. 9 9745-5206 Ponto de referência: 200 metros da segunda balsa no Riacho Grande – SBC/SP

A satisf ação de ver um crianç a a feliz

15

Revista Cegonheiro


Confraternização

Confraternização e O Deputado Federal Jones Martins (com a revista nas mãos), prestigiou o evento

Uma tradição que completa 10 anos, isso mesmo, uma promessa de campanha que vem sendo cumprida,“e maior que o compromisso é a satisfação de continuarmos juntos lutando pelas mesmas causas e cada vez mais fortalecidos”, é o que disse toda Diretoria presente em Flores da Cunha neste último dia 20 de maio. Douglas Santos Silva, Secretário Geral do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, abriu o evento agradecendo a hospitalidade dos colegas, “a visita completa 10 anos e a cada ano nos sentimos mais próximos, mesmo diante de tantas dificuldades que enfrentamos na política e na economia desse País. Temos que enfrentar, esse é o momento de usarmos nossa criatividade” – acrescentou. Esse também foi o tom do discurso do vice-presidente José Ronaldo Marque da Silva, “Boizinho”. “Faço questão de vir aqui todos os anos, não é só uma promessa de campanha é um prazer somado com grande alegria de revê-los. Agradeço aos colegas e a todos os familiares que saíram do aconchego de suas casas para virem ao nosso encontro. Meu compromisso com vocês é fazer sempre o melhor para nossa categoria que tanto contribui para o desenvolvimento desse País” – enfatizou. Jaime Ferreira dos Santos visita Flores da Cunha, pela primeira vez, como presidente do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, falou da satisfação de reencontrar os cegonheiros que Revista Cegonheiro

16

Dedicação e simpatia das gauchas

Diretores do Sindicato e o deputado federal Jones Martins (no centro de óculos e bleiser azul)

Garibaldi, diretor do Sindicato em Gravataí, agradeceu a presença de todos


m Flores da Cunha

Presença maciça dos gauchos

atuam na categoria há muito tempo nessa profissão. E concluiu: “É uma satisfação estar aqui. Agradeço a Deus por mais essa oportunidade. Sempre falo que juntos estaremos de mãos dadas com essa família unida de Cegonheiros. Felizmente os cegonheiros são pessoas esclarecidas e inteligentes por estarem sempre vencendo os obstáculos . É um momento de confraternização e de estarmos juntos para esclarecermos qualquer dúvida que vocês tenham” – disse. Os Cegonheiros receberam a visita do Deputado Federal do Rio Grande do Sul Jones Martins que foi convidado a compor a mesa e fazer uso da palavra. O deputado cumprimentou todos os Cegonheiros, falou da grandeza e da representatividade da categoria, da importância para a economia do País e da sociedade brasileira na geração de empregos e que estaria disposto a representar a categoria na câmara federal no que precisasse. Ilma Rodrigues representou a Tegma

Quase todas as marcas de camihões estiveram presente

Essa equipe deu show na churrasqueira


Saúde

Diabetes na terceira idade Viver mais e viver bem: este é o desejo da maioria das pessoas. Contudo, junto com o envelhecimento surgem diversos desafios. Dentre eles, a diabetes é um mal cada vez mais comum na terceira idade. Crescente em todo o mundo, essa síndrome metabólica não é uma decorrência do envelhecimento, porém tem se mostrado mais prevalente entre aqueles que já ultrapassaram os 65 anos de idade. Somente no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde (Vigitel 2013), a incidência da doença nessa faixa etária ultrapassa os 20%. A grande preocupação com este fenômeno é que quando não tratada adequadamente, a diabetes pode afetar severamente a saúde num período que já inspira maiores cuidados. Em suma, os diabéticos devem seguir uma dieta visando o controle glicêmico para evitar as temidas complicações da síndrome. Entretanto, durante a terceira idade, esses cuidados devem ser redobrados, uma vez que necessidades nutricionais costumam ser maiores. Algumas medidas devem ser adotadas para garantir que o cardápio do idoso seja nutritivo e, ao mesmo tempo, assegure o controle glicêmico e uma convivência tranquila com a doença. Controle glicêmico x dieta Na terceira idade, morbidades próprias do envelhecimento e a manifestação de doenças crônicas podem ser agravadas pela diabetes descompensada, tornando o indivíduo ainda mais vulnerável. Para que o diabetes não se torne um vilão e comprometa a saúde do individuo, é essencial manter a glicemia sob controle, ou seja, evitar que a concentração de açúcar no sangue suba ou caia excessivamente. Episódios de hiperglicemia podem desencadear complicações mais severas e até mesmo colocar a vida do diabético em risco, bem como a hipoglicemia. Quando diagnosticada, a doença requer um tratamento multidisciplinar, que pode envolver desde o uso contínuo de medicamentos até muRevista Cegonheiro

18

danças significativas no estilo de vida. Neste âmbito, o padrão alimentar é um dos fatores que mais gera dúvidas e receio nos idosos. Diante das alterações próprias do envelhecimento como a dificuldade em engolir e digerir determinados alimentos, a aceitação de alguns deles, e até mesmo a oferta alimentar, seguir uma dieta que propicie o controle glicêmico pode parecer uma tarefa árdua. Porém, com as devidas orientações, é possível oferecer uma dieta prazerosa, e ao mesmo tempo, adequada ao paciente mais idoso.

O padrão alimentar é um dos fatores que mais gera dúvidas

Alimentos mais adequados Um termo que deve fazer parte do dia a dia dos diabéticos é o índice glicêmico dos alimentos (IG). Ele representa a capacidade que cada alimento tem de liberar açúcar na corrente sanguínea, sendo uma das principais ferramentas dos nutricionistas durante a elaboração de uma dieta voltada

para diabéticos. Essa taxa pode variar até 100, sendo que quanto maior o índice glicêmico de um alimento, mais rápido ele será absorvido e metabolizado como glicose pelo organismo. “Isso significa que eles são capazes de elevar rapidamente a concentração de glicose no sangue, propiciando os episódios de hiperglicemia. Devem, portanto, ser evitados pelos que convivem com a doença. O recomendado é substituí-los por aqueles com valores mais baixos, até 55, pois esses alimentos liberam açúcar no sangue mais lentamente, prolongando a oferta de energia e até mesmo a saciedade.” – explica a nutricionista Joana Carollo. • Tubérculos: devido às dificuldades de mastigação, idosos costumam optar por alimentos mais macios ou de cocção mais prolongada. Contudo, é importante atentar que alguns carboidratos, especialmente os tubérculos, possuem um índice glicêmico elevado. Neste caso, é possível fazer substituições mais adequadas como, por exemplo, trocar a batata inglesa, que possui um índice elevado, por carboidratos de menor valor glicêmico, como o inhame e a cenoura. Outra dica válida para reduzir o impacto desses alimentos sob a glicemia é combiná-los com alimentos ricos em fibra, como cereais e grãos integrais, pois eles ajudam a retardar a liberação de açúcar no organismo; • Frutas: Extremamente importantes para a dieta, frutas são ricas em vi-


taminas e sais minerais; portanto, devem fazer parte do cardápio também na terceira idade. Alternativas como a maçã, a ameixa e o pêssego são mais adequadas para uma dieta de controle glicêmico, pois possuem baixo IG, ao contrário de frutas como a banana, o mamão papaia e a melancia. Outra dica é, sempre que possível, comer as frutas com a casca, pois as fibras presentes nessa estrutura retardam a absorção do alimento no organismo. • Cereais e Massas: substituir os cereais e massas refinadas pelas versões integrais também é essencial para o controle glicêmico. Por serem ricos em fibras, esses alimentos são digeridos mais lentamente, propiciando uma liberação de glicose mais prolongada. Portanto, é recomendado trocar o pão francês, assim como as massas brancas e o arroz tradicional pelas opções integrais desses alimentos. Além do IG, o que é importante na dieta do idoso? Nem só de índice glicêmico é feita a dieta do diabético na melhor idade: além dessa questão, que é de extrema importância para evitar o descompasso da diabetes, o cardápio deve atentar para as necessidades nutricionais que podem ser maiores nessa etapa da vida. Manter o colesterol e triglicerídeos saudáveis

É importante medir a glicemia, especialmente antes e após as refeições

O risco de doenças cardiovasculares é mais elevado entre idosos, risco agravado quando existe o diabetes. Portanto, além do açúcar, diabéticos devem reduzir o consumo de sal, a fim de controlar a pressão arterial. O colesterol é outro ponto importante: quem possui a doença está mais propenso à elevação do colesterol ruim, o LDL. Logo, controlar esta taxa, bus-

car elevar o colesterol bom (HDL) e regular o triglicerídeos são medidas essenciais para reduzir as chances de acidentes vasculares e doenças coronarianas. Como muitos idosos já convivem com estes males, é fundamental redobrar a atenção no caso de diabéticos e fazer da alimentação um fator de prevenção e controle. Garantir a nutrição Controlar a diabetes não significa restringir radicalmente a oferta de alimentos, mas controlar a ingestão de açúcares. Uma das principais preocupações em relação aos idosos é garantir que a oferta nutricional se mantenha adequada e, ao mesmo tempo, propicie o controle glicêmico. A redução deliberada do consumo de determinados alimentos, seja pela dificuldade de mastigação x digestão, seja pela ideia de que esses alimentos vão elevar o diabetes, podem comprometer a oferta de nutrientes e, consequentemente, a saúde do idoso. Sendo assim, é preciso atentar para questões como a aceitação de carboidratos, proteínas e outros nutrientes que garantam o bom funcionamento do organismo. As proteínas, por exemplo, muitas vezes são deixadas de lado pela dificuldade de mastigação. Contudo, idosos precisam de um aporte maior desse nutriente em virtude da perda natural de massa que acontece com o envelhecimento. Essa situação pode ser agravada tanto pela diabetes, quanto pela dieta insuficiente, levando à perda de peso acentuada. Com a fragilidade aumentada, o idoso fica mais vulnerável às quedas e lesões. Da mesma forma, a restrição severa de carboidratos, em função do seu valor glicêmico, pode comprometer a oferta calórica e refletir sob o vigor do indivíduo “Reduzir significativamente o consumo de carboidratos pode gerar fraqueza, apatia e, em casos mais extremos, propiciar carências nutricionais capazes de agravar o estado do idoso.” – alerta a nutricionista.

não será tão prazerosa quanto outrora. Porém, quando bem orientada, a dieta de controle glicêmico pode ser tão saborosa quanto à de um indivíduo que não convive com a doença. Se seguida adequadamente, o paciente pode, inclusive, abrir concessões vez ou outra para os pequenos prazeres que já não fazem parte do seu cardápio cotidiano. A diferença primordial é a mudança no padrão alimentar, atentando sempre para escolhas mais saudáveis e naturais possíveis. Medidas de apoio Seguir as orientações médicas quanto ao tratamento é fundamental, bem como fazer do exercício físico parte da rotina: sabe-se que os músculos ajudam a captar a glicose, portanto, buscar mantê-los ativos e saudáveis beneficia significativamente o enfrentamento da doença. Além disso, ajuda a combater um dos principais fatores de surgimento e agravamento da diabetes: a obesidade. Em geral, no caso de pacientes obesos, a recomendação é que essa dieta seja também hipocalórica, contudo, em casos específicos nos quais o paciente precisa recuperar seu estado nutricional ou elevar o peso, dietas hipercalóricas podem ser prescritas pelo médico ou nutricionista, inclusive, fazendo uso de suplementos alimentares voltados para o controle glicêmico. Em virtude das dificuldades alimentares, assimilação de nutrientes ou comorbidades, o tratamento do diabetes pode requerer o auxílio de suplementos a fim de suprir o aporte de nutrientes que não podem ser obtidos exclusivamente através da alimentação. Obviamente, nesses casos é imprescindível a orientação médica, pois somente um profissional da saúde será capaz de adequar as necessidades nutricionais e calóricas ao controle glicêmico por meio da dieta.

Ser prazerosa Um dos maiores temores daqueles que são diagnosticados com diabetes é a ideia de que a alimentação 19

Revista Cegonheiro


do centro da meta em 2017 (ou seja, abaixo de 4,5%) e em torno dessa referência em 2018.

Lifan adia lançamento para melhorar carro

Acidentes nas estradas com caminhões

Metade dos caminhoneiros que morrem no trânsito, morre em acidentes sem envolvimento de outros veículos. Já 32% morrem em acidentes com participação apenas de caminhões. Só 18% dos motoristas que perdem a vida na estrada se envolveram em acidentes com outros tipos de veículos. Essa é principal conclusão de uma pesquisa feita pelo site SOS Estradas que analisou mil acidentes que tiveram participação de caminhões ou carretas com vítimas fatais. As ocorrências foram levantadas no período de novembro de 2015 a fevereiro de 2017.

Mercedes-Benz lidera mercado de caminhões

Neste primeiro trimestre de 2017, a Mercedes-Benz reafirmou sua liderança nas vendas de caminhões no Brasil, considerando todos os segmentos com 2.781 unidades emplacadas, entre janeiro e março, a marca obteve 31,1% de participação (segmento acima de 6 toneladas), o que significa 6,4% a mais em relação ao segundo colocado.

Revista Cegonheiro

20

Banco Central corta taxa de juros

O Banco Central confirmou a expectativa dos economistas e acelerou o ritmo de corte dos juros. Diante da inflação menos intensa e da fraqueza da atividade econômica, a taxa básica foi reduzida em 1 ponto porcentual, caiu para 11,25% ao ano. Essa foi a quinta redução consecutiva e o BC avalia que novo ritmo é “adequado no momento”. A decisão unânime do Comitê de Política Monetária (Copom) mostra que o BC está confortável com a desaceleração dos preços e a percepção majoritária no mercado financeiro de que a inflação deverá ficar abaixo

O lançamento do compacto X50, que deveria ocorrer neste ano, está suspenso até a estreia da segunda geração prevista para 2018. O executivo da marca responsável pela operação no Brasil, Fang Yinqi, acrescentou que prefere esperar porque o carro não tinha o acabamento que o cliente brasileiro exige.

Brasileiros menos pessimistas

Os brasileiros estão menos pessimistas em relação à situação econômica do país em comparação às expectativas de dezembro de 2016. Pesquisa Datafolha realizada na última semana de abril registra queda de 41% para 31% na porcentagem dos que acham que a economia brasileira vai piorar. A parcela de quem prevê progressos oscilou de 28% para 31% e os que acham que tudo ficará como está são 35%, ante 27% no fim do ano passado.


Compass e Corolla lideram as vendas

Compass e Corolla são os grandes vencedores no ranking de vendas de abril dos seus segmentos. O utilitário-esportivo da Jepp, lançado no fim de 2016, aparecerá pela primeira vez na posição de carro mais vendido do segmento. Já o sedã Toyota, após meses disputando o posto com o Chevrolet Prisma, vai se consolidar, após o fechamento de abril, no posto de sedã mais emplacado no mercado brasileiro.

Fontes de desejo

O Volvo XC90 T8, utilitário de quase duas toneladas, usando apenas energia elétrica, se move em silêncio pela ruas de São Paulo sem poluir o ambiente. As pesquisas mostram que os clientes desse segmento não estão muito preocupados com fator meio ambiente e sim com a potência, status

Brasil poderá triplicar venda de carros

O Brasil fechou acordo com a Colômbia que permitirá triplicar as exportações de automóveis para aquele mercado no prazo de três anos. As vendas, que somaram 17,5 mil unidades no ano passado, poderão chegar a 50 mil. Em 2016, o total de veículos exportados pelo Brasil foi de 520 mil. Até agora, as vendas de automóveis para Colômbia estavam sujeitas ao recolhimento do Imposto de Importação da ordem de 16%. O acordo fechado recentemente estabelece cotas para que os países possam exportar, com alíquota zero, automóveis, vans e veículos comerciais leves. Essas cotas são de 12 mil unidades no primeiro ano, 25 mil no segundo ano e 50 mil do terceiro ao oitavo ano. Depois disso haverá uma revisão.

Segunda geração do Audi Q5 chega em junho

Um dos produtos mais importantes da Audi no mundo, com mais de 1,5 milhão de unidades vendidas, o Q5 chega à segunda geração como evolução. Com notáveis melhorias para permanecer como um dos preferidos no segmento, o utilitário esportivo, que chega ao Brasil em junho, não teve seu preço divulgado. Um dos destaques do novo Q5 é a redução de peso. Essa leveza se faz sentir quando o carro está em movimento e entrega um bom desempenho. As versões que serão vendidas no Brasil terão motor 2.0 turbo de 252cv a gasolina, o mesmo que equipa os sedãs A4 de topo e A6 de entrada.

e tecnologia. O mesmo acontece com o Porsche Cayenne Hybrid e o esportivo BMW i8, que tanto podem andar rápido como ser exemplos de veículos verdes. Os modelos mencionados têm tecnologia híbrida plugin. Isso significa que, além de poderem funcionar ao mesmo tempo com gasolina e eletricidade, podem ser recarregados na tomada.

21

Revista Cegonheiro


Restrições de Tráfego

2017

para carretas cegonhas em

Com o intuito de promover a fluidez de trânsito em feriados e dias festivos, a Polícia edita anualmente um calendário nacional de restrição a veículos de grande porte, limitando em determinados dias e horários o trânsito de combinações de veículos de carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET). Tais restrições são válidas apenas em rodovias federais de pista simples. Confira abaixo os dias e os horários das restrições

Restrição de Trânsito em todas as Unidades da Federação HORÁRIO DA RESTRIÇÃO OPERAÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO 24/02/2017 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 HORÁRIO DIA DE RESTRIÇÃO 25/02/2017 (sábado) 06:00DA àsRESTRIÇÃO 12:00 HORÁRIO DA RESTRIÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO CARNAVAL 28/02/2017 (terça-feira) 16:00 às 24:00 24/02/2017 (sexta-feira) (sexta-feira) 24/02/2017 16:00 às 24:00 01/03/2017 (quarta-feira) 06:00 às 12:00 25/02/2017 (sábado) (sábado) 06:00 25/02/2017 06:00 às às 12:00 12:00 CARNAVAL CARNAVAL 13/04/2017 16:00 28/02/2017 (terça-feira) 16:00 às 24:00 28/02/2017(quinta-feira) (terça-feira) 16:00 às às 24:00 24:00 SEMANA SANTA 14/04/2017(quarta-feira) (sexta-feira) 06:00 01/03/2017 06:00 às às 12:00 12:00 16/04/2017(quinta-feira) (domingo) 16:00 13/04/2017 16:00 às às 24:00 24:00 20/04/2017 (quinta-feira) 16:00 às SEMANA SANTA 14/04/2017 (sexta-feira) 06:00 às 24:00 12:00 TIRADENTES 21/04/2017 06:00 16/04/2017(sexta-feira) (domingo) 16:00 às às 12:00 24:00 23/04/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 20/04/2017 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 28/04/2017 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 DIATIRADENTES DO TRABALHO 21/04/2017 (sexta-feira) 06:00 às 12:00 01/05/2017 (segunda-feira) 16:00 23/04/2017 (domingo) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 23/04/2017 16:00 às 24:00 15/06/2017 (quinta-feira) 06:00 às 28/04/2017 (sexta-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 12:00 24:00 CORPUS CHRISTI 28/04/2017 16:00 24:00 DIA 18/06/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 DIA DO DO TRABALHO TRABALHO 01/05/2017 (segunda-feira) 16:00 às 24:00 01/05/2017 (segunda-feira) 16:00 às 24:00 INDEPENDÊNCIA DO 07/09/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 15/06/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 15/06/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 CORPUS CHRISTI BRASIL 10/09/2017 16:00 CORPUS CHRISTI 18/06/2017 (domingo) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 18/06/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 12/10/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 INDEPENDÊNCIA DO 07/09/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 NOSSA SENHORA HORÁRIO DA RESTRIÇÃO OPERAÇÃO DO DIA DE RESTRIÇÃO INDEPENDÊNCIA 07/09/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 15/10/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 BRASIL 10/09/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 24/02/2017 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 BRASIL 10/09/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 24/12/2017(quinta-feira) (domingo) 14:00 12/10/2017 06:00 às às 22:00 12:00 FIM DE ANO 25/02/2017 (sábado) 06:00 às 12:00 NOSSA SENHORA 12/10/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 31/12/2017 (domingo) 14:00 CARNAVAL 15/10/2017(terça-feira) (domingo) 16:00 às às 22:00 24:00 NOSSA SENHORA 28/02/2017 16:00 24:00 15/10/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 24/12/2017 (domingo) 14:00 às 12:00 22:00 01/03/2017 (quarta-feira) 06:00 FIM DE ANO 24/12/2017 (domingo) 14:00 às 22:00 31/12/2017 (domingo) 14:00 às 22:00 13/04/2017 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 FIM DE ANO 31/12/2017 (domingo) 14:00 às 22:00 SEMANA SANTA 14/04/2017 (sexta-feira) 06:00 às 12:00 16/04/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 23/06/2017 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 específicos no estado do Rio de16:00 Janeiro. FESTEJOSRestrição JUNINOS em trechos 20/04/2017 (quinta-feira) às 25/06/2017 (domingo)de Rio Bonito e12:00 às 24:00 20:00 Restrição de trânsito na BR 101, entre os municipios Itaboraí, km 269 a 308 TIRADENTES 21/04/2017 (sexta-feira) 06:00 às 12:00 do Rio de Janeiro e na BR 493, nos municipios de Magé e Itaboraí, kmàs0 20:00 ao 26. 23/06/2017 (sexta-feira) 12:00 23/04/2017 (domingo) 16:00 às 24:00 FESTEJOS JUNINOS 25/06/2017(sexta-feira) (domingo) 23/06/2017 (sexta-feira) 12:00 às às 24:00 20:00 28/04/2017 16:00 FESTEJOS JUNINOS 24/02/2017 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 DIA DO TRABALHO 25/06/2017 (domingo) 12:00 às 20:00 01/05/2017 (segunda-feira) 16:00 às 24:00 25/02/2017 (sábado) 06:00 às 19:00 CARNAVAL 15/06/2017 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 28/02/2017 (terça-feira) 12:00 às 22:00 CORPUS CHRISTI 24/02/2017 (sexta-feira) 06:00 às às 24:00 19:00 18/06/2017 (domingo) 16:00 01/03/2017 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 25/02/2017 (sábado) 06:00 às às 12:00 19:00 INDEPENDÊNCIA DO 07/09/2017 (quinta-feira) 06:00 24/02/2017 (sexta-feira) 19:00 CARNAVAL 28/02/2017 (terça-feira) 12:00 às 24:00 22:00 BRASILRestrição em trecho 10/09/2017 (domingo) 16:00 25/02/2017 (sábado) 06:00 às 19:00 específico no estado do Maranhão. CARNAVAL 01/03/2017 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 Restrição de trânsito na BR 135,12/10/2017 no estado do Maranhão do Km 23 ao 100, entre os municí(quinta-feira) 06:00 às 12:00 28/02/2017 (terça-feira) 12:00 22:00 25/02/2017 (sábado) 06:00 às 20:00 NOSSA SENHORA Luís/MA (quarta-feira) e(domingo) Itapecuru-Mirim/MA. 16:00 CARNAVAL pios de São 15/10/2017 às 24:00 01/03/2017 12:00 22:00 28/02/2017 (terça-feira) 06:00 às 20:00 24/12/2017 (domingo) 14:00 às 22:00 FIM DE ANO 25/02/2017(domingo) (sábado) 06:00 às às 22:00 20:00 31/12/2017 14:00 CARNAVAL 28/02/2017 (terça-feira) 06:00 às 20:00

OPERAÇÃO OPERAÇÃO

25/02/2017 (sábado) 06:00 às 20:00 CARNAVAL 28/02/2017 (terça-feira) 06:00 às 20:00 Restrição apenas nos Estados da Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte FESTEJOS JUNINOS

23/06/2017 (sexta-feira) 25/06/2017 (domingo)

12:00 às 20:00 12:00 às 20:00

OBSERVAÇÃO: É NECESSÁRIO OBSERVAR AS MUDANÇAS NAS RESTRIÇÕES DOS FERIADOS REGIONAIS DE CADA ESTADO 24/02/2017 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 25/02/2017 (sábado) 06:00 às 19:00 CARNAVAL 28/02/2017 (terça-feira) 12:00 às 22:00 Revista Cegonheiro 22 01/03/2017 (quarta-feira) 12:00 às 22:00


23

Revista Cegonheiro


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem à disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retirada de Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Pátio de estacionamento - Rua: Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini Licenças Federal e Estaduais Piracicaba / São Paulo – Rodovia SP 304, km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Licenças Federal e Estaduais Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

Tocantins (Licença Estadual)

Santa Catarina (Licença Estadual)

(41) 3385-8245 (12) 3906-0807

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Bahia (Licença Estadual)

Goiás (Licença Estadual)

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

Pernambuco (licença estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2017

24

(51) 3431-4848

Minas Gerais (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Revista Cegonheiro

(71) 3622-6500

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

São Paulo (Licença Estadual e Federal)

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

(19) 3438-7738

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

Final de Placa

(11) 4347-8468

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

- Cópia legível do documento do cavalo e carretas (todas as carretas que for acoplar na licença) - Cópia legível da licença federal (Dnit) - Contrato social da empresa (xerox autenticada) - CNH do proprietário ou de um dos sócios da empresa (xerox autenticada) - Comprovante de endereço – pessoa física (xerox autenticada)

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro


Sindicato

Diretores visitam fábrica da Hyundai

Motoristas, representantes da Glovis “Logística da Hyundai”, diretores e associados do sindicato

Na primeira semana de abril, os diretores André Martins Alves - “Gato Magro”, Douglas Santos Silva, Gustavo Henrique Silva do Campo, José Luis Pfeifer, Luiz Eugênio Baldin Golgatto “Lambari” e Ronaldo Almeida de Souza Aranha, na companhia de associados do sindicato, estiveram em Piracicaba para uma importante visita à fábrica da Hyundai. Visitaram também o pátio da transportadora Tegma e o pátio da Brazul na cidade de Indaiatuba com o objetivo conhecer de perto o sistema de logística das empresas. “Foi uma reunião extremamente produtiva, pois conseguimos aprender e, ao mesmo tempo passar um pouco do nosso conhecimento na área de logística, além de estreitar nossos relacionamentos”, acrescentou Douglas. A Hyundai Motor Brasil (HMB) é a 7ª fábrica da marca fora da Coreia do Sul e a 10ª no mundo. A empresa investiu US$ 600 milhões para a construção da nova unidade, localizada em Piracicaba, interior do Estado de São Paulo. Piracicaba foi escolhida pela empresa por oferecer

mão-de-obra de qualidade, boa infraestrutura e um parque de fornecedores locais, já instalados, de elevada competência técnica. Além da montadora, nove fornecedores sul-coreanos se instalaram em Piracicaba.

Diretores e associados do Sindicato no pátio da Tegma em Indaiatuba

25

Revista Cegonheiro


Classificados Volvo FH 440 – 2008 prata, único dono. Tratar com Zoio –(012) – 9 9661-4628. Duas carretas três eixos , sendo uma 2006 outra 2012 padrão Tegma tratar com Hong (13) 981112300. Três Eixos – 2009 – Patrão Transzero – Tratar com Vilson Guererro (11) 9-9958-5510. Preço R$ 80 mil. (Preferência venda com o cavalo mecânico – conjunto) Três Eixos – 2003 – Tratar com Sergio (11) 7864-6955, ID 80*62169. Aceita troca Três Eixos, Robocop original, anos 2001, 2003 e 2006. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/ bwmdGF Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 986445354 e 99263-2336 Carreta Dambroz, Robocop, 2004/2004, verde TNorte, reformada. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Sérgio (21) 98017-8789 ou Nextel 919*3927. Vendo duas carretas convencionais abertas Três Eixos, verde, com pneus e cintas: uma ano 2002; a outra é ano 1995 e foi reformada na Rodoceg. Preço: R$ 40 mil cada uma. Tratar com Márcio (51) 7811-3363 Carreta Três Eixos, 2001, modelo 2002, boa de carga, com pneus e cintas, verde Transzero. Preço R$ 20 mil. Tratar com Cristiano do Pereba (12) 99163-2988 Vendo carreta Dambroz 2000, Robocop, preta, padrão Tegma. Preço: R$ 20 mil. Tratar com Alexandre (11) 99151-8785 Vendo carreta Rossini, ano 2006, preto, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Petrúcio (11) 4455-2264 e 987461187 Carreta Três Eixos, completa, para transportar 11 carros. Impecável. Preço: R$ 20.000. Tratar com José Borracheiro, da Brazul (11) 4941-4865 Carreta Três Eixos, 2005/2006, Robocop. Tratar com Pitol ou Luiz 984112223 ou Luiz (11) 99220-2963

Mercedes Axor 2040 – premium / 2011 - Tratar com Valter (Transzero) (11) 9 9999 – 3024.

Revista Cegonheiro

26

Scania G 380, prata (Motoro novo) ano 2009/2009, com seis pneus novos. Impecável! Tratar com Vilson Guererro (11)9-9958-5510. Preço R$ 160.000,00 (Preferência venda com a carreta – conjunto) Vendo três caminhões: um Actros 2546, 2011/2012, prata; e dois P 340, 2011/2011, prata. Valor a combinar. Tratar com Márcio Galdino (11) 956514656/2 Volvo FH, 2005, prata. Tratar com Sergio: (11) 7864-6955 e ID – 80*62169. Aceita troca VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar com Mário: (11) 7871-1282 e 7730-8474 MB Axor 2040, 2008/2008, único dono. Preço: R$ 190 mil. Tratar com Cajaíba (TG): (11) 99430-3098 e ID 55*100*30421 MB 608 Dguincho, 1980. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Gilberto (TN): (11) 999134-8945, 7833-2201 e ID 84*23068 Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho e pneus novos. Preço: R$ 210 mil. Tratar com Delmiro (TNorte): (11) 99935-7917 Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 98436-3376, 11*6514 ou 7734-5921 Scania T113 Topline, ano 1997, com seis pneus Michelin novos, rodas de alumínio, conversor de bateria e televisão. Segundo dono. Impecável! Tratar com Márcio (51) 7811.3363 Scania 420, Toco, 2010, prata e em bom estado de conservação. Ótima oportunidade. Tratar com Barbarelli (11) 98549-1571 Conjunto caminhão Mercedes-Benz 2035, ano 2011, e carreta Bercamp, ano 2010. Presta serviço na Tegma TVK Sul. Tratar com Edgley (41) 9882-3333

Celta 2012, único dono completo, vermelho R$ 23.000,00. Tratar com Babarelli (11) 9 – 8549 – 1571. ol GTI – 1992, amarelo Sunny – R$ 30

mil. Tratar Ítalo (11) 9 8899-2466. Hilux SW4 2013, prata. Tratar com Gersino (11) 9 – 9977 – 6410 (11) 9 – 8526-0502. Saveiro Trend 2009, prata, equipado com direção hidráulica, alarme, rodas de magnésio, trava e vidros elétricos. Preço: R$ 23 mil. Tratar com Francisco (11) 99454-9337 e 2861-0196 Vendo ou troco S10, ano modelo 1998, 4.3, V6, completa, cabine dupla, prata, com kit gás. Ótimo estado de conservação. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 Fox Trend 1.6, 2012/2013, prata, com 10 mil quilômetros rodados e todos opcionais- exceto ar-condicionado. Único dono e ótimo estado. Preço: R$ 26 mil. Tratar com Alan Oliveira (11) 98660-5851

Vendo Terreno ótimo para pátio, com 8.779 m², estrada da Gama Patente – Batistini – Acesso ao Rodoanel / Imigrantes – Contato Clarissa (11) 97268-8080 Apto em Caldas Novas: 2 dorms, sala/ cozinha e varanda. Com 4 piscinas quentes e bar molhado. Em frente ao melhor parque aquático de Caldas Novas. Opção de Pool disponível. Tratar: Paulo Simões (64)9.92042234 WhatsApp Apto em Caldas Novas: 1 dorm, sala/ cozinha e varanda. Com 4 piscinas quentes e bar molhado. Em frente ao melhor parque aquático de Caldas Novas. Opção de Pool disponível. Tratar: Paulo Simões (64)9.92042234 WhatsApp Vendo apartamento no centro em São Bernardo do Campo, com 154m²,de área útil. Tratar com Fábio(11)9-9601-3317 Vendo apartamento no Jardim Bela Vista em Santo André, com dois dormitórios , garagem coberta, salão de festas com churrasqueira. Tratar com Zé Do Poste (11) 9 8470-7837 / 4426 – 7318 Sobrado no bairro Terra Nova II, com três dormitórios amplos e uma suíte com varanda. Valor: R$ 400 mil. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 4396-9008 Cobertura duplex(nova) no centro de São Bernardo do Campo.Tratar com Jorge - BZ (11) 6734-4797 Vendo ou troco chácara em Boituva por uma casa em São Bernardo do Campo ou Santo André. A 4 km da cidade, pos-

sui pomar e quarto para hóspede. Tratar com Nilton (Transauto) (11) 4127-9324 e 98784-7600 Um sobrado com três casas em São Bernardo do Campo (rua Salim Mahfoud – Terra Nova II). Tratar com Edinaldo (11) 98731-4599 e 98924-3642 Alugo dois galpões com 750 metros q (11) 97320-1551 Vendo dois sobrados em Diadema ou troco por cavalo ou carreta. Acabamento de primeira e vaga para três carros. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534 Vendo chácara no Riacho Grande ou troco por cavalo ou carreta. A casa tem quatro dormitórios (uma suíte), sala de estar e de jantar, cozinha, banheiro, etc. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534. Vendo apartamento na Praia Grande. O imóvel tem um quarto, uma sala com dois ambientes, cozinha, banheiro, lavanderia e uma vaga na garagem. Aceito troca por caminhão. Tratar com Cazu (11) 7876-8111 e 935*1178 Alugo sobrado no bairro Terra Nova I, com três dormitórios (uma suíte), duas salas, três banheiros, cozinha, duas varandas, cinco vagas na garagem e salão de festas. Tratar com Paulo ou Lúcia (11) 99480-8508 e 4347-6001 ID 653*141 Vendo dois apartamentos na Praia Grande. Cada um tem 85 m2, dois dormitórios (uma suíte), sala, cozinha, banheiro, área de serviço e terraço gourmet. Tratar com Marcos (11) 985595938 e 9*53677 Vendo apartamento no Demarchi, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. Condomínio com quadra, área de lazer e salão de festas. Tratar com Andreia ou Dunga (11) 98128-0731 e 6064-6666 Vendo um terreno no Swiss Park, área de 679 m2. Preço: R$ 680 mil. Tratar com Flávio (11) 99162-5127 e 78617412

Jazigo com quatro gavetas, cemitério Jardim das Colinas com 10% de desconto. Tratar com Queiroz Cel. 11 9 9942-2012.


FEBRE AMARELA Proteja-se desse mal

Sindicato Nacional dos Cegonheiros, a Cooperceg e a Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo através da Secretaria da Saúde convidam os associados e motoristas a participarem da campanha de vacinação em prevenção à febre amarela. Pegue sua senha na Sede do Sindicato dos Cegonheiros, procure a recepção e dirija-se a uma das UBS credenciadas: UBS Vila Euclides (Rua Anunciato Gobbi, 155) – 3ª feira das 8hs às 13hs. UBS Leblon (Rua Abramo Luchesi, 5 - Ferrazópolis) – 2ª e 5ªfeira das 8hs às 15hs;

Procedimentos Apresentar na UBS um documento com foto Se você já tomou uma dose de vacina, leve o cartão de vacinação; Se já tomou as duas doses não precisa mais tomar; Pessoas com mais de 60 anos ou com patologia crônica, consulte o médico;


Profile for Sinaceg

Revista Cegonheiro - Edição 181  

Revista Cegonheiro - Edição 181  

Profile for sinaceg
Advertisement