Page 1

revista TREZE ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

Sindicato Nacional dos Cegonheiros

Ano 14 - edição no 169 - maio /2016 - Publicação mensal

NOVA LINHA IVECO 2017

MELHOR MOTORISTA DA AMÉRICA LATINA


AS MAIORES MARCAS DO SETOR DE TRANSPORTES ESTÃO AQUI.

22 a 24 SETEMBRO/16

Pavilhão Vera Cruz - das 16h às 22h

São Bernardo do Campo - SP


Palavra do Presidente Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Vice-Presidente: Jaime Ferreira dos Santos Secretário Geral: Douglas Santos Silva Secretário de Finanças: Reginaldo Fabretti Diretor Regional: Márcio Galdino da Silva Primeiro Secretário: José Murialdo Generoso Júnior Primeiro Tesoureiro: Josimar Lincon de Freitas Diretores Executivos Efetivos Gilmar Donizette da Silva Benvindo Gonçalves José Laércio da Silva Antenor Garibaldi Clemente Francisco de Assunção Diretores Executivos Suplentes Edimar Moreira de Oliveira Ednilson Azevedo Bitencourt Jurandy Pereira de Albuquerque Luiz Eugenio Baldin Golgatto Antonio Bertin Jardel de Castro Luiz Bianchi Giglio João Soares de Jesus Aroldo Neves de Lima Ronaldo Montagnini Jacinto Tassiano de Sousa e Silva César Wellington Pereira da Rocha Conselho Fiscal Efetivo Adilson Roberto Bento Hamilton Mendes José Vicente Bonetti Conselho Fiscal Suplente Fábio Renato dos Santos João Formiga de Souza Daiana Freitas de Oliveira Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Ítalo Rocha Nogueira Redação Analuiza Tamura e José Nogueira Revisão Maria Isabel Corcete Fotografia Ítalo Rocha Nogueira Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares

Endereço Rua Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini CEP - 09842-095 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4103-0204 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de matérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 14 - edição nº 169 - maio de 2016 Sindicato Nacional

Caros Leitores A crise econômica continua assolando nosso país e os volumes de produção e venda na indústria automobilística continuam caindo. Retrocedemos mais de uma década. Infelizmente, não há perspectivas de recuperação a curto prazo. A ociosidade nas fábricas de caminhões e ônibus chega a um nível assustador de 70%, o que faz a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) admitir que irá rever as projeções para este ano. Apesar das adversidades, uma notícia que ameniza um pouco o setor é o anúncio de exportações do X1, produzido em Araquari (SC), para os Estados Unidos, um dos mercados mais exigentes do mundo. Para atender essa demanda, a BMW irá abrir 300 novos postos de trabalho temporário. É um alento para todos nós. Quero destacar também uma importante iniciativa promovida pela Scania, que vai apontar o melhor motorista de caminhão da América Latina. Vamos participar dessa competição e mostrar que os cegonheiros também são muito bons no volante. Participem! Vamos mostrar a força da nossa categoria! Volto a chamar a atenção de todos para a obrigatoriedade do recadastramento do RNTRC (Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas). Fiquem atentos ao cronograma e não percam os prazos. A multa para quem não estiver com a documentação em ordem é de R$ 5 mil. Evite dores de cabeça. Leiam essas e outras matérias. Boa leitura!

Índice

José Ronaldo Marques da Silva

Sindical .............................................................................................. 6 Estradas ............................................................................................ 8 Sindicato ........................................................................................... 9 Mercado .......................................................................................... 10 Exportação ....................................................................................... 12 Lançamento .............................................................................. 14 e 15 Competição ...................................................................................... 16 Gente ....................................................................................... 18 e 19 Legislação ................................................................................. 20 e 21 Restrições ........................................................................................ 22 Licenças .......................................................................................... 24 Classificados .................................................................................... 26

Revista Cegonheiro

4


Codema, 65 anos e muita estrada para rodar.

São anos de qualidade e alto padrão de atendimento. Uma história movida pela confiança da marca Scania. Nossa parceria tem muita estrada pela frente.

facebook.com/ScaniaBrasil

www.scania.com.br

app/Scania BR

A

N

O

S


Sindical

Contas aprovadas

Associados aprovam a prestação de contas em assembleia

Os associados do Sindicato Nacional dos Cegonheiros aprovaram por unanimidade a prestação de contas da entidade relativo ao ano de 2015. A apresentação do balanço foi feita pelo secretário de Finanças, Reginaldo Fabretti (Gica), no dia 28 de abril, na sede do sindicato. Além de mostrar os números do balanço financeiros, ele esclareceu dúvidas dos participantes.

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sindceg@gmail.com Diretor: João Soares de Jesus

Porto Real – Rio de Janeiro

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: José Ronaldo Marques da Silva

Rodovia Presidente Dutra, Km 304 - Bairro Paraíso (Posto Resendão) Cep: 27356-000 Resende/RJ Fones: (24) 3355-3726 e (11) 98732-6373 E-mail: secretaria@sintrav_rj.com.br Diretor: Jardel de Castro

Gravataí - Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Ednilson Azevedo Bitencourt

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Cep – 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros.com.br Diretor: Clemente Francisco de Assunção

Sindicatos parceiros: Sintrauto – Goiás Rua Mandaguari, 36 - Bairro: JK Cep: 75709-010 - Catalão/GO Fone: (64) 3411.2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva

Sintraveba - Bahia Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Carlito Alves

Sintraveic - ES Av. Eldes Scherrer Souza, 1025 Centro Empresarial da Serra Cep: 26165 – 680 – Serra – ES Fone: (27) 3067 – 2601 E-mail: sintraveic@sintraveic.com.br Presidente: Waldelio de Carvalho Santos www.sindicatodoscegonheiros.com.br

Revista Cegonheiro

6


Estradas

Estradas capixabas serão duplicadas Foto: Leonardo Duarte

Cerca de 46 quilômetros da via deverão ser duplicados nessa primeira etapa que vai até 2017

Depois de quase três anos de concessão, a Eco101 deu início às obras de duplicação da BR-101, no dia 18 de abril. Nessa primeira etapa, que terá investimento de mais de R$ 380 milhões e deverá ser finalizada até 2017, serão duplicados 46 quilômetros de rodovia. Segundo a concessionária, todos os 475,9 quilômetros da via terão pistas duplicadas até 2023, o que exigirá investimentos da ordem de R$ 1,8 bilhão. Ainda de acordo com a Eco101, para oferecer mais segurança aos usuários, curvas muito fechadas e cruzamentos de risco serão eliminados. Inicialmente, as obras terão quatro frentes de trabalho: em João Neiva, do km 205 ao km 208; em Ibiraçu, do km 216 ao km 220; em Anchieta, do km 362 ao km 369; e em Itapemirim, do km 403 ao km 409. O cronograma de obras ainda prevê o início de implantação do novo contorno de Iconha. Ao final dessa fase, esses trechos da rodovia passarão a contar com quatro faixas de rolamenRevista Cegonheiro

8

to, duas em cada sentido. O início das obras em outros trechos da rodovia deverá acontecer até o final deste ano.

implantação da nova pista, a concessionária também construirá novas pontes e viadutos. Os motoristas que circulam pela região do município de João Neiva, Como ficará ganharão um novo viaduto no entronPara garantir mais segurança e camento com a comunidade de Camelhor fluidez ao tráfego, cada faixa boclo Bernardo, no km 206. Também implantada terá 3,6 metros de largu- será construída uma ponte sobre o ra, além de espaço de segurança com rio Itaperorama, no km 367, em Ita0,8 centímetros e acostamento de 2,5 pemirim. Em comunicado divulgado metros. Nos quatro trechos, as pistas pela concessionária, o gerente de enserão separadas por canteiro central genharia, Luís Salvador, destaca que de 4,5 metros de largura ou barrei- “estas passagens são necessárias para ras rígidas. Além disso, toda a sina- proporcionar mais segurança e fluidez lização será refeita. Paralelamente à para quem trafega na rodovia e para quem precisa acessar os muFoto: Divulgação nicípios”. A pista já existente também passará por adequações aos parâmetros das normas atuais, uma vez que seu traçado é da década de 1950. Para minimizar os transtornos durante a execução das obras de duplicação e das demais reformas, a concessionária fará uma adequação Para garantir mais segurança, curvas muito fechadas e cruzamentos de risco ao tráfego local nos quatro serão eliminados pontos da rodovia.


Concessionária

Mineiros ganham concessionária

Concessionária Sudeste foi credenciada pela MAN Latin America

A Sudeste Caminhões e Ônibus, localizada na cidade de Juiz de Fora (MG), comemora seus 30 anos de atividades com duas boas notícias: a inauguração de uma nova sede na cidade de Juiz de Fora (MG) e a nomeação pela MAN, o que permite a comercialização dos extrapesados TGX. Com investimento de aproximadamente de R$ 20 milhões, a revenda triplicou de tamanho e agora conta com 20 mil m². Com isso, os 12 boxes de atendimento mecânico foram ampliados. Há ainda quatro postos especialmente dedicados aos serviços de funilaria e pintura. “Com essas novidades, avançamos em agilidade na prestação

de serviços, algo determinante para que o caminhão fique o menor tempo possível em reparo. Queremos também garantir mais conforto ao motorista”, afirma o gerente geral, Alcebíades Filho. Enquanto aguarda a realização dos serviços, o motorista conta com uma área de lazer que inclui sala de espera e área de descanso privativa para pernoite, com cama e chuveiro. O acesso também está mais fácil, já que o novo endereço fica na própria rodovia BR040. Com isso, o caminhoneiro não precisa mais circular pela cidade para chegar à concessionária. O vice-presidente de Vendas,

Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America, Ricardo Alouche, afirma que “a parceria com o cliente e a excelência no atendimento são características marcantes da rede de concessionárias MAN Latin America. E investimentos como este corroboram nossos esforços para avançar continuamente e ofertar sempre a melhor estrutura de pós-vendas e serviços”. Serviço Sudeste Caminhões e Ônibus Endereço: BR-040, Km 782, sentido Belo Horizonte Telefone: (32) 3221-3588 Horário: das 8 às 17h30

FIQUE LIGADO De 2011 a 2015, a PRF construiu 193 delegacias e UOPs em todo o Brasil. Seis UOPs devem ser inauguradas ainda neste ano.

Nova delegacia fica na BR-050, na cidade de Catalão (GO)

Nova sede Foi inaugurada, no dia 20 de abril, uma nova delegacia da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-050, na cidade de Catalão (GO). Construído num local estratégico, o imóvel fica ao lado da UOP (Unidade Operacional).

Complexo viário Nessa mesma data, tiveram início as obras da primeira etapa de construção do Complexo Viário de Jundiaí. Divididas em duas fases, as intervenções acontecem entre os quilômetros 55+900 e 61 da Via Anhanguera. O complexo, que deverá ser concluído em julho de 2018, contará com viadutos e alças de acesso.

Fim das operações A montadora chinesa Geely anunciou que vai interromper suas operações no Brasil. A marca tinha como importador oficial o grupo Gandini, que também representa a Kia. Segundo nota oficial, os motivos que levaram a tomar essa decisão “são o dólar, a fraca demanda [e a] impossibilidade de trazer outros modelos fora da quota [de importação]”. Desde março de 2014, foram emplacados apenas 1.019 veículos, entre o sedã EC7 e o compacto GC2. 9

Revista Cegonheiro


Mercado

Quadrimestre amargo Os impactos da crise econômica fizeram a indústria automobilística retroceder mais de uma década. Em abril, as montadoras instaladas no Brasil produziram 169.813 unidades, o pior resultado para o mês desde 2004, quando foram fabricados 163,4 mil veículos. Se comparado a março, o desempenho do setor teve recuo de 13,6% (196.545 veículos); e de 22,9% (220.272 veículos) em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, saíram da linha de montagem 658.745 unidades, menos 25,8% na comparação com os quatro primeiros meses de 2015 (887.843 unidades). O novo presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Antonio Megale, que assumiu a entidade no final do mês passado, afirmou que a indústria deve continuar a ajustar a produção à queda do mercado in-

Revista Cegonheiro

10

terno. Segundo o executivo, a ociosidade nas fábricas de automóveis e comerciais leves está em 52%, taxa que sobe para 70% no segmento de caminhões e ônibus. E as perspectivas não são nada boas. As vendas no mercado interno continuam caindo. Em abril, foram comercializadas 162.939 unidades, queda de 9,1% em relação a março (179.219); e de 25,7% na comparação com o mesmo período do ano passado (219.351). No acumulado do ano, foram licenciados 644.250 veículos, volume 27,9% inferior ao registrado no mesmo período de 2015. Além disso, os estoques nas fábricas e nas concessionárias continuam elevados. Em abril, havia 251,7 mil unidades nos pátios, o que representa 46 dias de vendas. Por isso, o executivo destacou a importância de ampliar o volume de exportações para tentar reverter os números negativos. A venda de veículos para outros

países somou 37.851 unidades em abril, queda de 1,9% na comparação com março (38.569 unidades) e alta de 26,3% em relação ao mesmo período de 2015 (29.960 unidades). No acumulado do ano foram embarcados 136.358 veículos, alta de 24,3% na comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado (109.717). Livre comércio No dia 29 de abril, Brasil e Peru assinaram um acordo de livre comércio. Agora será possível comercializar veículos leves e picapes sem pagar o Imposto de Importação. Em entrevista à agência Broadcast, serviço de notícias da Agência Estado, o ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércico Exterior, Armando Monteiro, informou que as exportações brasileiras deverão passar de 4 mil para 30 mil unidades num curto intervalo de tempo.


Renovando a cada dia o prazer da entrega #transzero #emumcompromissosério

www.transzero.com.br 11 4397.7000

Matriz São Bernardo do Campo SP Alvarenga - São Bernardo do Campo SP • Catalão GO • Camaçari BA Gravataí RS • Rio Grande RS • Cariacica ES • São José dos Campos SP Taubaté SP • São José dos Pinhais PR • Paranaguá PR • Ipojuca PE


Exportação

X1 para os Estados Unidos Foto: Divulgação

BMW abrirá 300 postos de trabalho temporário para atender à nova demanda

A BMW anunciou no dia 19 de abril que a partir de julho vai exportar, para os Estados Unidos, 10 mil unidades do SUV compacto X1, produzido na fábrica de Araquari (SC). Esse anúncio veio acompanhado de outra boa notícia: para atender à demanda, a montadora anunciou que criará cerca de 300 novos postos de trabalho temporário. Hoje aproximadamente 700 trabalhadores atuam na fábrica. O presidente e CEO do BMW Group Brasil, Helder Boavida, afirma que esse foi um importante passo na história da montadora. “Iniciamos um novo e significativo capítulo do BMW Group Brasil, que reforça nosso compromisso com o investimento no País. Além de fortalecer a nossa posição no mercado, a iniciativa demonstra que a fábrica de Araquari atende a todos os requisitos de qualidade e eficiência exigidos pelo BMW Group, estando apta a fornecer veículos para outros mercados, entre eles, o norte-americano, reconhecidamente um dos mais exigentes do mundo”, disse. De acordo com a montadora, a exportação do modelo brasileiro surgiu por conta do aumento de vendas do utilitário no mercado americano, Revista Cegonheiro

12

que atualmente é atendido pela fábrica de Regensburg, instalada no sul da Alemanha. “Além de desafiador, esse projeto é estratégico para a operação da nossa fábrica em Araquari, na medida em que nos permite explorar de maneira mais efetiva a capacidade de produção local. Importante também que o projeto gera emprego e renda no norte catarinense, mantendo o compromisso assumido de contribuir para o desenvolvimento da região“, afirmou o vice-presidente sênior responsável pela fábrica do BMW Group em Araquari, Carsten Stöcker. O modelo a ser exportado é o XDrive 28i, em três versões, equipado com motor de quatro cilindros, 2.8 litros, movido a gasolina, capaz de desenvolver 240 cv de potência e 350 Nm de torque máximo. Para atender ao exigente consumidor norte-americano, o veículo conta com vários equipamentos de segurança, de série, como seis air bags, controles de estabilidade e tração, pneus com tecnologia Runflat e faróis com tecnologia full-LED. Além disso, é equipado com sensores de estacionamento traseiro e de chuva, com acionamento automático dos faróis baixos, e rodas de liga leve aro 18.

O caçula O primeiro X1 produzido na fábrica catarinense saiu da linha de montagem no dia 10 de março deste ano. Nessa unidade também são fabricados o Série 1, o Série 3, o BMW X3 e o Mini Countryman. O modelo destinado ao mercado nacional é equipado com motor TwinPower Turbo, 2.0 litros, de quatro cilindros em linha, e conta com tecnologia ActiveFlex (pode ser abastecido com gasolina ou etanol). Nas versões sDrive20i GP e sDrive20i X-Line, o motor gera 192 cv de potência (a 5.000 rpm) e torque máximo de 280 Nm (a partir de 1.250 rpm) e a tração, neste caso, é dianteira. Esse propulsor permite que o veículo acelere de 0 a 100 km/h em apenas 7,7 segundo e atinja velocidade máxima de 225 km/h. Na versão top de linha xDrive25i, a velocidade máxima é de 235 km/h e a aceleração de 0 aos 100 km/h acontece em apenas 6,5 segundos. O mesmo propulsor entrega 231 cv de potência (a 5.000 rpm), 350 Nm de torque máximo (a partir de 1.250 rpm). A transmissão é automática em todas as versões.


Lançamento

MAIS EFICIÊNCIA E ECON Fotos: Divulgação

Caminhões Hi-Way 440 ganharam novos turbina, coletor de escape e volante do motor

A linha de caminhões Iveco ficou mais completa com o lançamento da linha 2017. Para preencher lacunas no mercado, a montadora traz como novidades: um novo integrante para a família Daily; três novas versões do semipesado Trector, que ganhou também séries especiais para coleta de lixo e aplicações no setor de construção; e a recalibração dos motores dos pesados Stralis e Hi-Way. Prestes a completar 20 anos de operação no Brasil, o objetivo da Iveco é ampliar sua fatia de mercado e conquistar participação de dois dígitos até o final do próximo ano. Em 2015, o índice foi de 6,3% com 4,5 mil unidades emplacadas. Para entregas urbanas A versão 40S14 é a caçula da família e nasceu com uma importanRevista Cegonheiro

14

te missão: atender aos clientes que fazem entregas urbanas em regiões fora das zonas de restrição e em cidades que restringem a circulação de veículos acima de quatro toneladas. Equipada com motor de três litros, desenvolve 146 cv de potência, o que, segundo executivos da montadora, alia economia e desempenho.

Novas versões e vocacionais No segmento dos semipesados está concentrado o maior número de lançamentos. Um deles é o Tector 179E21, com motor de quatro cilindros, 4,5 litros, e tração 4x2. O propulsor atinge 206 cv de potência e 720Nm de torque. Para garantir mais conforto para

Bancos mais confortáveis e ergonômicos garantem melhor posição para dirigir


NOMIA NA LINHA 2017

Espaço interno do Hi-Way é um dos destaques do caminhão

o motorista, a cabine ganhou nova suspensão e a transmissão recebeu novo sistema de cabo que substitui o antigo varão, reduzindo, com isso, o esforço na troca de marchas. O outro é o 240E30, com tração 6x2 e motor de seis cilindros, 6,7 litros, que desenvolve 300 cv de potência e 1050 Nm de torque. De acordo com a montadora, o novo propulsor faz que o caminhão seja mais ágil no transporte de carga e mais econômico no consumo de combustível. A terceira novidade são as versões 310E28 e 310E30 com tração 8x2. Os modelos contam com um quarto eixo direcional e capacidade de carga aumentada em cerca de seis toneladas. Esse é um importante diferencial para os frotistas que, com a implantação da carga horária do motorista, precisam levar mais carga dentro do mesmo período de trabalho. Segundo a Iveco, os dois vocacionais estão em testes com os clientes. O modelo 170E28 é destinado à coleta de resíduos, enquanto o 260E30 ao setor de construção. O primeiro tem tração 6x2 com eixo “pusher”; entre-eixos específico; escape vertical; suspensão traseira com molas curtas

e reforçada; e amortecedor recalibrado, entre outros diferenciais. Já o outro foi planejado para atender ao setor da construção civil. Para isso, recebeu equipamento com tomada de força (REPTO), pneus de uso misto, chicote elétrico específico para aplicação, reservatório de ar adicional para pressurização da água da betoneira, espelhos extras para auxílio em manobras, proteção do radiador, suspensão reforçada e tração 8x4. Se for utilizado com caçamba basculante, recebe ainda tomada de força com acionamento no painel, iluminação na traseira com sinal sonoro de ré, suspensão recali-

brada adequada à operação e protetor de cárter. Prontos para encarar desafios A partir de pesquisas realizadas com clientes, a Iveco desenvolveu um pacote de melhorias técnicas que garantem mais torque e economia de combustível. Além disso, o Stralis 440, o Hi-Way 440 e o Hi-Way 480 são equipados com novos turbina, coletor de escape e volante do motor. Outra mudança está nas versões 4x2 e 6x2, que receberam uma nova geração de eixo trativo.

Todos os comandos ficam ao alcance das mãos do motorista

15

Revista Cegonheiro


Competição

Quem é o melhor motorista da América Latina? Se você respondeu: sou eu, comprove se esse título pode ser seu. Participe da versão latino-americana da Scania Driver Competition, a mais importante competição entre os motoristas de caminhão do mundo. O vencedor levará para casa um caminhão Scania zero-quilômetro e ainda vai ganhar uma viagem para a Suécia, além de cursos de treinamento. Para participar, o motorista deve ter licença para dirigir de acordo com a legislação e o regulamento de cada país. As inscrições serão abertas em junho, por isso fique atento! A Revista Cegonheiro dará mais detalhes tão logo sejam divulgados os procedimentos para você se inscrever. Antes de chegar à final latino-americana, que será disputada nos dias 26 e 27 de novembro, os competidores participarão de três etapas. A primeira, chamada de inscrição e etapa classificatória, consiste em testes teóricos que podem ser feitos em livretos entregues por representantes da monta-

dora sueca ou online. A fase seguinte é eliminatória, com provas práticas regionais. Os melhores classificados vão para a final nacional. Dessa etapa, serão selecionados os três primeiros classificados para a final latino-americana, que contará com os três melhores classificados na Argentina, no Chile e no Peru. A finalíssima será realizada nos dias 26 e 27 de novembro, em São Paulo. A Scania Driver Competition foi lançada em 2003, na Europa, e de lá para cá, já reuniu mais de 300 mil motoristas de quase 50 países. O objetivo da montadora sueca é salientar que o treinamento e a capacitação dos motoristas são fundamentais para garantir a segurança nas estradas e preservar o meio ambiente. “Um motorista capacitado e bem preparado evita acidentes, reduz o consumo de combustível e as emissões. Também se comprovou que esse motorista cuida melhor do caminhão, diminui o número de reparos e os custos de manutenção para o

operador, o que contribui para uma indústria de transporte eficiente”, afirma o presidente da Scania Commercial Operation Americas, Martin Ståhlberg. Um detalhe importante: Martin Stählberg foi motorista de caminhão no início de sua carreira. No Brasil, essa disputa que ganhou o nome de Melhor Motorista de Caminhão do Brasil, foi realizada cinco vezes (2005, 2008, 2010, 2012 e 2014) e contou com 174 mil participantes. A competição não busca apenas avaliar e melhorar as habilidades de direção dos profissionais de transporte pesado, mas também difundir valores como segurança, eficiência e respeito pelo meio ambiente, ao mesmo tempo que reúne colegas do transporte e suas famílias, estimulando a cordialidade e a união entre eles. Em cada encontro são incluídos espaços desenvolvidos para conscientizar os participantes da importância de um bom descanso, de uma nutrição adequada e, até mesmo, de práticas de primeiros socorros.

Finalistas da última edição da competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil

Revista Cegonheiro

16


Gente

Cegonheiro da Enquanto os garotos se divertiam jogando bola e soltando pipa, José Abílio de Moura, mais conhecido pelo apelido de Zé Coquinho, gostava de sair com o pai Abílio José, que na época trabalhava como motorista de caminhão para uma indústria de cerâmica de São Caetano do Sul, município da Grande São Paulo. “Sempre que podia, eu o acompanhava para ficar observando como o meu pai dirigia. Meu sonho era ser motorista de caminhão como ele”, conta. Com o pai, esse pernambucano nascido na cidade de Caruaru teve as primeiras lições. A tão sonhada carteira de habilitação foi conquistada aos 18 anos. Foi, então, que ele saiu em busca da realização do sonho. O primeiro emprego, no entanto, foi como motorista de ônibus. “Essa foi a minha grande escola. Aprendi que um bom motorista também deve ter conhecimentos de mecânica”, ensina. Durante cinco anos, ele dirigiu pelas ruas e avenidas da região do ABC, porém, nunca deixou para trás o desejo de dirigir um caminhão. Até que um certo dia, encontrou Sérgio Góes de Menezes, proprietário da Transauto. “Ele disse que, se eu tivesse um caminhão, poderia trabalhar com ele. Não pensei duas vezes. Juntei todas as minhas economias e comprei um Mercedes-Benz 321 usado”, relembra. O destino da primeira viagem foi a cidade de Cariacica (ES). “Foram seis dias de viagem. Quando entreguei os quatro carros e a documentação para o gerente da concessionária, fiquei emocionado. Era um misto de alegria e sensação de alívio. Pensei comigo mesmo: agora sou uma pessoa realizada”, relembra. O primeiro zero quilômetro Da Transauto, ele se transferiu para a Transzero onde está até hoje. Nesses 50 anos de estrada, tem, Revista Cegonheiro

18

Desde garoto, Zé Coquinho sonhava ser motorista de caminhão

guardadas, muitas recordações. “As estradas eram muito precárias. Era impossível trafegar em algumas vias na época da chuva. Certa vez, fiquei parado durante cinco dias em Muriaé (MG). Outros cegonheiros também estavam lá. Um ajudava o outro e dividíamos o que tínhamos. Como

Zé Coquinho afirma que sempre foi um motorista cauteloso

dizem, sou um dos cegonheiros da velha”, afirma. Mas, a principal lembrança é a compra do primeiro caminhão zero quilômetro: um Mercedes-Benz 2035. “Foi uma sensação fora de série. Batalhei muito para ter meu primeiro caminhão novo. Foram anos de muito trabalho e sacrifício. Por isso, sempre digo as pessoas: se você tem um objetivo, corra atrás. Nunca desista. Seja persistente”, aconselha. Outro conselho que Zé Coquinho gosta de dar para os que estão começando na profissão é dirigir preventivamente para evitar acidentes. “Nunca me envolvi em um


velha guarda

Para trabalhar na Transauto, comprou um Mercedes-Benz 321 usado

acidente. Ao assumir o volante, é preciso ter atenção redobrada. Devemos nos preocupar conosco e com outros motoristas. Além disso, sono e cansaço não combinam com direção”, alerta.

Amor à primeira vista Casado há 42 anos com Nair Teixeira de Moura, Zé Coquinho conta que conheceu a esposa quando foi a um consultório médico. “Ela trabalhava como assistente do médico. Logo, começamos a conversar. Quando contei que era cegonheiro, ela queria saber mais detalhes da profissão. Quando nos casamos, nossa viagem de lua de mel foi a bordo de um caminhão. Fomos até Fortaleza. Depois ela me acompanhou em várias viagens. É minha grande companheira”, diz. Do casamento, vieram três filhos: Daniel, Renan e Raquel. Os filhos seguiram a profissão do pai: Renan trabalha com Zé Coquinho na Transzero e Daniel está na Autoport. Já Raquel mora no Rio de Janeiro e tem um salão de beleza. Hoje Zé Coquinho curte o merecido descanso. “Parei de dirigir há seis anos, depois que

Zé Coquinho com os amigos Antonio e Cícero

passei por uma cirurgia. Mas sinto saudades das estradas. Se tivesse que começar a minha vida do zero, faria tudo novamente. Sou uma pessoa feliz e realizada”, afirma.

Naquela época, era possível transportar apensas quatro carros

19

Revista Cegonheiro


Legislação

Evite multas Se o final da placa de seu caminhão for 5, anote na agenda: a partir do dia 22 de maio, você deve fazer o recadastramento obrigatório do RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga). O prazo vai até 27 de junho, porém, não deixe para a última hora. Afinal, quanto mais cedo você regularizar sua situação, melhor. Lembre-se de que se a sua documentação não estiver em ordem e você for flagrado numa fiscalização da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), você está sujeito a uma multa pesada, de R$ 5 mil. “Nesse caso, não existe recurso. O infrator só poderá voltar a trabalhar quando a situação estiver regularizada”, alerta o diretor executivo suplente e responsável pela equipe do setor de Licenças e ANTT do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, César Wellington Pereira da Rocha, o Tomatão. E o diretor do Sindicato chama a atenção para outro detalhe: as câmeras instaladas nos postos de pesagem (balanças) compartilham dados com a ANTT e vão verificar se o recadastramento foi efetuado ou não. Por isso, para evitar dores de cabeça, não perca tempo. O procedimento é bem simples e dividido em quatro fases. Na primeira, deve ser preenchida uma ficha com os dados do caminhão. Isso vai gerar uma guia, que deverá ser paga numa instituição bancária. Depois de 24 horas, o adesivo do seu cavalo e da sua carreta estarão prontos. Basta retirá-los com um dos profissio-

nais da equipe do setor de Licenças e ANTT, no pátio de estacionamento do Sindicato. O passo seguinte será o cadastramento desses adesivos junto à ANTT (o que pode ser feito por meio do aplicativo Sitcarga, disponível no Google Play). Esse aplicativo permite ao frotista cadastrar, junto aos servidores do Sitcarga, o QR Code (existente no adesivo), a placa e a foto do veículo. Para acessá-lo, é necessário que o usuário se cadastre e cadastre uma senha de segurança. Os outros acessos poderão ser feitos com a digitação do CPF, do RNTRC e da senha.

Foto: MGO Rodovias

Câmeras instaladas nos postos de pesagem compartilham dados com a ANTT e verificam se o recadastramento foi efetuado

Revista Cegonheiro

20

Os dados também vão alimentar o sistema de controle da polícia, permitindo detectar se o caminhão foi roubado ou teve a carga furtada. Com isso, espera-se coibir um dos maiores problemas do setor, que é o roubo de cargas. Recentemente o portal O Carreteiro divulgou matéria revelando que nos últimos quatro anos o roubo de cargas teve aumento de 42% no Brasil. De acordo com a reportagem, a informação vem de um levantamento feito pela NTC & Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística).


TAG não substituirá o adesivo Algumas pessoas acreditam que a TAG vai substituir os adesivos. A ANTT esclarece que a TAG é um dispositivo eletrônico a ser instalado nos para-brisas dos veículos, enquanto o adesivo é uma identificação visual, fixada nas laterais do caminhão e do reboque ou semirreboque. A instalação da TAG, medida que integra o projeto Siniav (Sistema Nacional de Identificação Automática dos Veículos), começará no dia 28 de agosto. O esquema de instalação é o mesmo do recadastramento do RNTRC, isto é, de acordo com o final da placa do veículo. Segundo a assessoria de imprensa da ANTT, a TAG permitirá o compartilhamento de dados do veículo com outros órgãos e ajudará no combate ao roubo de cargas e na fiscalização do pagamento de impostos federais e estaduais. A leitura será feita em portais fixos instalados nas rodovias e as informações serão transmitidas para um banco de dados, onde um aplicativo fará comparação entre os registros do caminhão e da carga. A fiscalização é feita automaticamente: não será necessário que o caminhão pare a cada posto de controle.

Foto: Divulgação

Fiscalização da TAG será feita em portais instalados nas rodovias

TAG será instalada no para-brisa do caminhão

21

Revista Cegonheiro


Revista Cegonheiro

22


23

Revista Cegonheiro


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem a disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retiradade Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Pátio de estacionamento - Rua: Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini Licenças Federal e Estaduais

(11) 4347-8468

Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia

(71) 3622-6500

Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul

(51) 3431-4848

São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo

(41) 3385-8245

São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

(12) 3906-0807

Tocantins (Licença Estadual)

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

Minas Gerais (Licença Estadual)

São Paulo (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Santa Catarina (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Bahia (Licença Estadual) Goiás (Licença Estadual)

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

Pernambuco (licença estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2016 Final de Placa

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

Revista Cegonheiro

24

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

- Cópia legível do documento do cavalo e carretas (todas as carretas que for acoplar na licença) - Cópia legível da licença federal (Dnit) - Contrato social da empresa (xerox autenticada) - CNH do proprietário ou de um dos sócios da empresa (xerox autenticada) - Comprovante de endereço – pessoa física (xerox autenticada)

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro


25

Revista Cegonheiro


Classificados

Três Eixos – 2009 – Patrão Transzero – Tratar com Vilson Guererro (11) 9-9958-5510. Preço R$ 80 mil. (Preferência venda com o cavalo mecânico – conjunto) Três Eixos – 2003 – Tratar com Sergio (11) 7864-6955, ID 80*62169. Aceita troca Três Eixos, Robocop original, anos 2001, 2003 e 2006. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/bwmdGF Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 98644-5354 e 99263-2336 Carreta Nego 2008, verde e com pneus. Tratar com Hong (13) 99112-2716 Carreta Dambroz, Robocop, 2008, amarela, com pneus e cintas. Único dono. Tratar com Pitol (11) 98411-2223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz, Robocop, 2004/2004, verde TNorte, reformada. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Sérgio (21) 98017-8789 ou Nextel 919*3927. Vendo duas carretas convencionais abertas Três Eixos, verde, com pneus e cintas: uma ano 2002; a outra é ano 1995 e foi reformada na Rodoceg. Preço: R$ 40 mil cada uma. Tratar com Márcio (51) 7811-3363 Carreta Três Eixos, 2001, modelo 2002, boa de carga, com pneus e cintas, verde Transzero. Preço R$ 20 mil. Tratar com Cristiano do Pereba (12) 99163-2988 Vendo carreta Dambroz 2000, Robocop, preta, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Alexandre (11) 99151-8785 Vendo carreta Rossini, ano 2006, preto, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Petrúcio (11) 4455-2264 e 98746-1187 Carreta Três Eixos, completa, para transportar 11 carros. Impecável. Preço: R$ 20.000. Tratar com José Borracheiro, da Brazul (11) 4941-4865 Vendo conjunto 2011, cavalo Scania P-340 e carreta amarela Tecnoceg. Falar com Polaco (Brazul) (11) 99987-3112 e ID 84*109789 Vendo ou troco por veículo carreta Dambroz, 2008, verde, com pneus e cintas. Todas as revisões foram feitas. Preço: R$ 35 mil. Tratar com Robson TZ (11) 7865-8643 e ID 82*15730 Carreta Três Eixos, 2005/2006, Robocop. Tratar com Pitol ou Luiz 98411-2223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz convencional, 2010/2010, preta, com cintas. Preço: R$ 45 mil. Tratar com Berg (11) 97673-4035 Carreta Negocoop, 2009, padrão Brazul (amarela), castelo bi-partido, toda elétrica (inclusive os pés para desengatar e os dois remontes). Com pneus e cintas. Preço: R$ 50 mil. Tratar com Tavares (11) 8262-7019 e ID 7*53437

Scania G 380, prata (Motoro novo) ano 2009/2009, com seis pneus novos. Impecável! Tratar com Vilson Guererro (11)9-99585510. Preço R$ 160.000,00 (Preferência venda com a carreta – conjunto) Vendo três caminhões: um Actros 2546,

2011/2012, prata; e dois P 340, 2011/2011, prata. Valor a combinar. Tratar com Márcio Galdino (11) 95651-4656/2 Volvo FH, 2005, prata. Tratar com Sergio: (11) 7864-6955 e ID – 80*62169. Aceita troca Axor 1933, branco, 2005. Só rodou na cegonha. Tratar com Ademir (Índio), da Tegma: (11) 98437-1050 e 97273-2933 VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar com Mário: (11) 7871-1282 e 7730-8474 Iveco Stralis, 2008/2009, modelo Power cegonheiro, vermelho. Tratar com Geraldo, da Transzero: (11) 98349-6033, 5514-2461 MB Axor 2040, 2008/2008, único dono. Preço: R$ 190 mil. Tratar com Cajaíba (TG): (11) 99430-3098 e ID 55*100*30421 Mercedes-Benz 1634, 06, branco. Tratar com Umberto Nóbile (TS): (11) 99441-8547 MB 608 Dguincho, 1980. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Gilberto (TN): (11) 9991348945, 7833-2201 e ID 84*23068 Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho e pneus novos. Preço: R$ 210 mil. Tratar com Delmiro (TNorte): (11) 99935-7917 Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 984363376, 11*6514 ou 7734-5921 Volvo FH, 2005, segundo dono, motor e câmbio novos, pneus meia vida, prata. Caminhão de cegonheiro. Tratar com Buriti (11) 7830-4211 e (11) 99943-8656 Scania T113 Topline, ano 1997, com seis pneus Michelin novos, rodas de alumínio, conversor de bateria e televisão. Segundo dono. Impecável! Tratar com Márcio (51) 7811.3363 Vendo um caminhão Scania G420, ano/modelo 2010/2010, prata, e outro Mercedes-Benz 2040, premium, ano/modelo 2010/2011, prata. Tratar com Zé Itabaiana (11) 99426-7886 Vendo caminhão Axor 2035, ano 2008. Único dono e em ótimo estado. Tratar com Ronaldo Jacinto (Brazul) (11) 97626-7257 Vendo dois caminhões Volvo. Um é o FH 400, ano 2007, e outro FH 440, ano 2008. Preço abaixo da tabela. Tratar com Edelson (Alongado) - (12) 99133-7071, 99167-4175 e 90*15897 Scania 420, Toco, 2010, prata e em bom estado de conservação. Ótima oportunidade. Tratar com Barbarelli (11) 98549-1571 Scania 380, ano 2010, vermelha, com pneus Michelin novos. Ótimo estado. Preço: R$ 170 mil. Tratar com Léo (11) 98429-2230 e Tonim (11) 98361-6717 Conjunto caminhão Mercedes-Benz 2035, ano 2011, e carreta Bercamp, ano 2010. Presta serviço na Tegma TVK Sul. Tratar com Edgley (41) 9882-3333 Actros 2012, chumbo, com baixa quilometragem. Tratar com Márcio Galdino (11) 95651-4656/2 Scania 440 Highline, 2012, vermelho, trucado. R$ 235 mil. Tratar com Cristiano Pereba (12) 99163-2988

(12) 99239-2287 e 99178-2857 Saveiro Trend 2009, prata, equipado com direção hidráulica, alarme, rodas de magnésio, trava e vidros elétricos. Preço: R$ 23 mil. Tratar com Francisco (11) 99454-9337 e 2861-0196 Vendo ou troco S10, ano modelo 1998, 4.3, V6, completa, cabine dupla, prata, com kit gás. Ótimo estado de conservação. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 Fox Trend 1.6, 2012/2013, prata, com 10 mil quilômetros rodados e todos opcionaisexceto ar-condicionado. Único dono e ótimo estado. Preço: R$ 31,5 mil. Tratar com Alan Oliveira (11) 98660-5851.

Terreno em Caçapava, com 248m², no bairro Vitória Vale. Preço R$ 85 mil. Outro terreno também em Caçapava, no Vitória Vale 7X25. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Latino (Tegma): (11) 98632-6532 e (11) 4066-4510 Apartamento no centro de Diadema, três dormitórios, 65m², churrasqueira, duas piscinas, salão de festas, sala de ginástica. Valor: R$ 260 mil.Tratar com Eduardo – Cazu (11) 96710-9965 Sítio com cinco alqueires na rodovia Castelo Branco, no Km 162, em Porangaba. Tratar com Buriti (11)99943-8656 e 6949-5995 Sobrado no bairro Terra Nova II, com três dormitórios amplos e uma suíte com varanda. Valor: R$ 400 mil. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 4396-9008 Cobertura duplex(nova) no centro de São Bernardo do Campo.Tratar com Jorge - BZ (11) 6734-4797 Vendo ou troco chácara em Boituva por uma casa em São Bernardo do Campo ou Santo André. A 4 km da cidade, possui pomar e quarto para hóspede. Tratar com Nilton (Transauto) (11) 4127-9324 e 98784-7600 Um sobrado com três casas em São Bernardo do Campo (rua Salim Mahfoud – Terra Nova II). Tratar com Edinaldo (11) 98731-4599 e 98924-3642 Alugo dois galpões com 750 metros quadrados (cada um). Os imóveis estão instalados no bairro Batistini, em São Bernardo do Campo (SP). Valor: R$ 11 mil (cada um). Tratar com Leandro Golgatto (11) 996859385 Vendo, alugo ou troco apartamento na Viação, Praia Grande. Todo mobiliado, possui dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Tratar com Geraldo CTV Tegma (11) 987638517, 98670-8877, 96426-6970 (TIM) e 54*134019 (Nextel) Sobrado no Demarchi com três dormitórios, quatro salas, cozinha planejada, lavabo, dois banheiros, área de serviço fechada e garagem para dois carros. Tratar com Rodrigo (11) 7773-3171, 968*27731 e 95343-4807

ANUNCIE

4103-0204

(11)

Uno 2009, azul metálico, duas portas, completo, flex. Tratar com Marcelo – BZ Taubaté

Vendo terreno no bairro Demarchi, com 10 x 19,7 metros, próximo ao restaurante São Judas. Tratar: Ramos de Oliveira – (11) 97320-1551 Vendo ou alugo sobrado no bairro Demarchi. O imóvel possui quatro dormitórios (uma suíte), sala ampla, cozinha, sala de jantar e garagem para três carros. Tratar: Ramos de Oliveira – (11) 97320-1551 Vendo dois sobrados em Diadema ou troco por cavalo ou carreta. Acabamento de primeira e vaga para três carros. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534 Vendo chácara no Riacho Grande ou troco por cavalo ou carreta. A casa tem quatro dormitórios (uma suíte), sala de estar e de jantar, cozinha, banheiro, etc. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534. Vendo apartamento na Praia Grande. O imóvel tem um quarto, uma sala com dois ambientes, cozinha, banheiro, lavanderia e uma vaga na garagem. Aceito troca por caminhão. Tratar com Cazu (11) 7876-8111 e 935*1178 Alugo sobrado no bairro Terra Nova I, com três dormitórios (uma suíte), duas salas, três banheiros, cozinha, duas varandas, cinco vagas na garagem e salão de festas. Tratar com Paulo ou Lúcia (11) 99480-8508 e 4347-6001 ID 653*141 Vendo dois apartamentos na Praia Grande. Cada um tem 85 m2, dois dormitórios (uma suíte), sala, cozinha, banheiro, área de serviço e terraço gourmet. Tratar com Marcos (11) 98559-5938 e 9*53677 Vendo apartamento no Demarchi, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. Condomínio com quadra, área de lazer e salão de festas. Tratar com Andreia ou Dunga (11) 98128-0731 e 6064-6666 Vendo apartamento na Praia Grande, com vista para o mar. O imóvel possui dois quartos (uma suíte), banheiro social, sala com copa e sacada, etc. Tratar com Alessandra (11) 4824-3586 e 99622-6444 Vendo três casas com garagem para quatro carros no bairro Terra Nova II. Tratar com Ednaldo (11) 98731-4599 e 95408-3712 Vendo apartamento de 120 m2, no Residencial Bulgária, com três suítes, dois closets, sala de estar conjugada com sala de jantar, área gourmet com churrasqueira, três vagas na garagem, etc. Tratar com Hamilton Mendes pelo e-mail hamilton_mendes@ yahoo.com.br Vendo terreno (com dois lotes) em São José dos Pinhais (PR) Cada lote tem 12 m x 50 m e custa R$ 150 mil. Aceito troca por carro ou cavalo mecânico. Tratar com Lauro (41) 9986-3710 ou Jefferson (11) 97611-1660 Vendo um imóvel no Parque Espacial e um terreno no Swiss Park. O imóvel tem três suítes, três salas, cozinha com armários embutidos e quatro vagas. O terreno tem área de 679 m2. Preço: R$ 680 mil. Tratar com Flávio (11) 99162-5127 e 7861-7412

e-mail: revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br

LAUDO DE TRANSFERÊNCIA CAMINHÕES E ÔNIBUS Vistoria no local! (acima de 10 ton)

Contato: (11) 2897 4464 (11) 9 4787 4739 ID: 35*33*75922 saobernardo@plenavisao.com

Revista Cegonheiro

26

www.plenavisao.com


Profile for Sinaceg

Revista Cegonheiro - Edição 169  

Revista Cegonheiro - Edição 169  

Profile for sinaceg
Advertisement