Page 1

revista TREZE ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

Sindicato Nacional dos Cegonheiros

Ano 13 - edição no 165 - janeiro/2016 - Publicação mensal

SINDICATO PRESENTE EM MARIANA Atingidos pela maior tragédia ambiental de todos os tempos a população pede socorro

DROGAS AO VOLANTE

Exames toxicológico começam em março


Palavra do Presidente Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Vice-Presidente: Jaime Ferreira dos Santos Secretário Geral: Douglas Santos Silva Secretário de Finanças: Reginaldo Fabretti Diretor Regional: Márcio Galdino da Silva Primeiro Secretário: José Murialdo Generoso Júnior Primeiro Tesoureiro: Josimar Lincon de Freitas Diretores Executivos Efetivos Gilmar Donizette da Silva Benvindo Gonçalves José Laércio da Silva Antenor Garibaldi Clemente Francisco de Assunção Diretores Executivos Suplentes Edimar Moreira de Oliveira Ednilson Azevedo Bitencourt Jurandy Pereira de Albuquerque Luiz Eugenio Baldin Golgatto Antonio Bertin Jardel de Castro Luiz Bianchi Giglio João Soares de Jesus Aroldo Neves de Lima Ronaldo Montagnini Jacinto Tassiano de Sousa e Silva César Wellington Pereira da Rocha Conselho Fiscal Efetivo Adilson Roberto Bento Hamilton Mendes José Vicente Bonetti Conselho Fiscal Suplente Fábio Renato dos Santos João Formiga de Souza Daiana Freitas de Oliveira Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Ítalo Rocha Nogueira Redação Analuiza Tamura e José Nogueira Revisão Maria Isabel Corcete Fotografia Ítalo Rocha Nogueira, MPEREZ Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares

Endereço Rua Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini CEP - 09842-095 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4103-0204 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de matérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 13 - edição nº 165 - janeiro de 2016 Sindicato Nacional

Caros Leitores Mais um ano se inicia trazendo muita esperança e muitos desafios pela frente. Vamos continuar fazendo nosso trabalho e ajudando no desenvolvimento do nosso país. Dias difíceis ainda estão por vir; vamos, porém, manter nossa união e superá-los. E por falar em superação, peço a colaboração de todos na ajuda à população do estado de Minas Gerais. O rompimento da barragem da mineradora Samarco provocou uma enxurrada de mais de 55 milhões de lama que devastou várias cidades. O fornecimento de água potável é precário, por isso vamos montar um posto de arrecadação em nossa sede. No final de dezembro, entregamos cerca de cinco mil litros desse precioso líquido e vamos fazer muito mais. Para isso, sua participação é fundamental. Mais uma vez, conto com a ajuda de todos. Quero chamar a atenção também para um problema: as drogas. Muitos motoristas recorrem ao uso de substâncias ilícitas. As consequências são muito sérias e vão desde internações hospitalares e, o que é pior, até a óbito. O objetivo é conversar com nossos profissionais e debater o problema das drogas e suas consequências. Precisamos combater esse mal e o diálogo é uma das principais armas. Aproveito também para homenagear e fazer um agradecimento especial a Benedita Graciosa da Silva, a nossa Ditinha. Depois de 26 anos de muita dedicação e trabalho, ela decidiu aposentar-se. As portas do Sindicato estarão sempre abertas para você, Ditinha. Leiam estas e outras matérias.

Índice

José Ronaldo Marques da Silva

Agenda .............................................................................................. 4 Indústria ............................................................................................ 6 Ação Social ................................................................................... 8 e 9 Premiação ........................................................................................ 10 Final de Ano ..................................................................................... 12 Infraestrutura ............................................................................ 14 e 15 Mercado .......................................................................................... 16 Gente ....................................................................................... 18 e 19 Saúde ....................................................................................... 20 e 21 Lançamento ..................................................................................... 22 Restrições ........................................................................................ 23 Licenças .......................................................................................... 24 Legislação ........................................................................................ 25 Classificados .................................................................................... 26


Agenda

Em defesa do emprego

Vendas menores resultam em menos arrecadação de impostos.

O programa de renovação da frota de veículos é apontado como uma das alternativas para estancar a sucessiva queda nos níveis de vendas e produção da indústria brasileira. Menor produção também representa queda na arrecadação de impostos. Para os municípios da região do Grande ABCD, o recuo foi de cerca de 10%. Tendo como objetivo reverter esse quadro e, principalmente, defender os pontos de trabalho, os municípios criaram as comissões municipais do emprego. Em fevereiro (a data e o local ainda não foram definidos) será realizada uma reunião que

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

contará com a participação de prefeitos, deputados estaduais e deputados federais, visando reforçar a necessidade da implantação do programa de renovação da frota de veículos. “Todos podem e devem participar desse movimento”, afirma Ramos de Oliveira, associado do Sindicato e membro das comissões municipais do emprego. Para obter mais informações, entre em contato pelos e-mails (ramos.oliveira2015@gmail.com e ramos.oliveira@diadema.sp.gov.br) , no www.facebook.com/ramosoliveira ou whatsapp (11) 97320-1551.

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sindceg@gmail.com Diretor: João Soares de Jesus

Porto Real – Rio de Janeiro

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: José Ronaldo Marques da Silva

Rua Hilário Ettore, s/n – Bairro: Ettore Cep: 27570-000 – Porto Real/RJ Fone: (24) 3353.4170 E-mail: portoreal@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: José Laércio da Silva

Serra – Espírito Santo Rua Talma Rodrigues Ribeiro, nº 96 Edif. Metropolitano – Sala 04 Cep: 29168-080 – Serra /ES Fone: (27) 3066-2011 E-mail: serra-es@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Jurandy P. de Albuquerque Jr.

Gravataí - Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Ednilson Azevedo Bitencourt

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Cep – 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros.com.br Diretor: Clemente Francisco de Assunção

Sindicatos parceiros: Sintrauto – Goiás Rua Mandaguari, 36 - Bairro: JK Cep: 75709-010 - Catalão/GO Fone: (64) 3411.2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva

Sintraveba - Bahia Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Carlito Alves www.sindicatodoscegonheiros.com.br


Indústria

A3 Sedan é produzido no Paraná

Foto: Divulgação

A3 Sedan 2.0, que substitui o importado 1.8 TFSI de 180 cv, já está nas concessionárias

A Audi do Brasil deu início à produção da versão top de linha do A3 Sedan, na planta de São José dos Pinhais (PR), no Paraná. Equipado com motor 2.0 Turbo FSI a gasolina, de 220 cv de potência, que substitui o importado 1.8 TFSI de 180 cv, o modelo chegou às concessionárias da marca de todo o país em dezembro. “A ampliação da produção no Brasil com mais uma versão do A3 Sedan é um importante marco na estratégia de globalização da Audi”, afirma o Dr. Bernd Martens, membro do Conselho Administrativo da Audi AG e responsável por compras. “O próximo passo será o início da produção do Q3 no Paraná, no primeiro semestre de 2016. Isso reforçará o papel do Brasil como mercado-chave para o crescimento internacional da Audi”, completa. O A3 Sedan 2.0, segundo veículo a ser fabricado na planta de São José dos Pinhais, reforça a linha do Revista Cegonheiro

6

modelo mais vendido pela marca no país. A versão top de linha Ambition do A3 Sedan traz uma lista de equipamentos de série recheada, amplo espaço interno e o acabamento sofisticado, marca registrada da fabricante alemã. O motor 2.0 TFSI reúne

tecnologias modernas para oferecer um ótimo desempenho, com potência de 220 cv e torque máximo de 350 Nm. Com esse conjunto, o sedã acelera de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e chega aos 250 km/h de velocidade máxima.

Martens afirma que o Q3 será produzido no Paraná no primeiro semestre deste ano


Campinas Fone: (19) 3781 7000

Jaraguá (Matriz) Fone: (11) 3933-6000

Guarulhos Fone: (11) 3500-1300

Santos Fone: (13) 3298 9800 Porto Ferreira Fone: (19) 3589-8855

Limeira Fone: (19) 2114-9393

Loja Virtual autosuecosponline.com.br

Site autosuecosaopaulo.com.br

motor de 13 l de pura potência / i-shift

Cegonha Fone: (11) 3933-6868

responde mais suave ao comando

ABC Fone: (11) 2333-4422

maior altura interna do mercado

Característica de cabine exclusiva do Novo Volvo FH

Volvo Caminhões. Acelerando o futuro

maior visibilidade (25% maior)

Fazer mais e melhor, sempre. Ao reinventar o consagrado FM e FH, a Volvo se superou. Os novos modelos trazem inovações que os tornam ainda mais disponíveis e eficientes, confortáveis e conectados, para mudar o futuro da indústria automotiva e mais uma vez surpreender você. Entre em contato com uma das 8 concessionárias Auto Sueco São Paulo e saiba mais sobre este gigante do transporte.

o melhor volvo de todos os tempos.


Ação Social

Apoio à população mineira Fotos: MPEREZ

Ação foi realizada em parceira com a Iveco e a Cooperceg

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros doou cerca de cinco mil litros de água à população da cidade mineira de Governador Valadares, afetada pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco. A entrega foi feita no dia 18 de dezembro, na concessionária Deva, em Betim (MG) pelo diretor regional, Márcio Galdino, pelo diretor executivo efetivo, Benvindo Gonçalves, e por um dos colaboradores mais antigos da entidade, Manoel Silva dos Santos, mais conhecido como Naé. Realizada em parceria com a Iveco, a ação contou ainda com a colaboração dos carreteiros da Transauto (representados por Reginaldo Rossi e Agnaldo Rossi, proprietários da IRP Transportes) que doaram cestas básicas, e da Cooperceg (Cooperativa de Consumo dos Transportadores Autônomos de Transporte de Veículos). “O SindiRevista Cegonheiro

8

cato está ciente de sua responsabilidade social e procura ajudar pessoas vítimas de catástrofes, como a que ocorreu em Minas Gerais”, afirma Márcio Galdino. Porém, o sindicato vai fazer muito mais e montará um posto de arrecadação de água. ”O fornecimento de água potável é um problema que não será sanado facilmente. Por isso, a partir de agora, vamos montar um posto de arrecadação na sede do Sindicato. Tenho certeza de que poderemos contar com a colaboração de todos os associados. A campanha será aberta, por isso, pessoas da comunidade que vivem no nosso entorno também podem ajudar”, completa. Como tudo começou Márcio conta que foi procurado por Leandro de Lourenço, diretor da empresa de higienização, a Hi-

gitruck. “Ele me falou sobre a campanha que havia criado no Facebook - “Liberte-nos dessa lama”, com o fim de ajudar a população atingida pela lama. Conversei com outros diretores do sindicato e decidimos apoiar”, conta. Ex-morador do município de Ubá, próximo à região atingida pela lama, Leandro afirma que ainda tem vários amigos no local onde aconteceu a tragédia ambiental. “A população vive numa situação muito crítica. A campanha foi uma forma de minimizar o sofrimento dessas pessoas”, diz. A água entregue para a população foi transportada num caminhão Iveco Tector, utilizado no programa Carga Solidária da montadora. “A ajuda da equipe de marketing da Iveco e dos profissionais da concessionária Deva foi muito importante nessa ação”, destaca Márcio Galdino.


Fotos: MPEREZ

Sindicato doou cerca de cinco mil litros de água para os moradores de Governador Valadares

Sindicato vai montar posto de arrecadação da água

Diretoria do Sindicato sempre procura desenvolver ações de responsabilidade social

Foto: Agência Brasil Fotografias

A Tragédia

Enxurrada com 55 milhões de metros cúbicos de lama foi liberada após a ruptura da barragem do Fundão

Apontada como a maior tragédia ambiental do Brasil, o rompimento da barragem de rejeitos de minério da mineradora Samarco, no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), aconteceu no dia 5 de novembro e deixou ao menos 15 mortos e quatro desaparecidos. Uma enxurrada com 55 milhões de

metros cúbicos de lama foi liberada após a ruptura da barragem do Fundão, invadiu o rio Doce, passando por cidades mineiras e do Espírito Santo, até chegar ao oceano Atlântico, 16 dias depois. A tragédia afetou a agropecuária, a pesca, o ecoturismo e, o que é pior, o abastecimento de água em alguns municípios.

9

Revista Cegonheiro


Premiação

Tegma homenageia seus transportadores

Ilma e Enésio (camisa azul escura) com os profissionais homenageados no Programa Forte

Como acontece todos os anos, a Tegma promoveu, em dezembro, a cerimônia de encerramento do Programa Forte. A solenidade, realizada no dia 16, foi aberta pela coordenadora de Relacionamento e gestora do CAT (Central de Atendimento ao Transportador), Ilma Melo Rodrigues, que falou da importância dos profissionais para que a empresa se destaque em seu segmento. “Graças ao compromisso e à responsabilidade de cada um de vocês, continuamos a nos destacar no mercado. Essa é uma parceria que dá resultados e vamos continuar juntos em busca de muito trabalho”, afirmou. Entre os destaques, um velho conhecido entre os profissionais da companhia - o motorista Hélio Carlos Pereira, da frota 51016, que faturou seu sétimo prêmio. “Trabalho com dedicação e procuro sempre fazer o trabalho da forma correta. Faço questão de dizer que esse prêmio é resultaRevista Cegonheiro

10

do do trabalho em equipe. Esse é o segredo”, disse. O proprietário, Edson Moreira Violani, comenta a performance de Hélio. “Ele não é afobado, faz tudo com muita atenção e cuidado. Tenho muita confiança em seu trabalho”, disse. Além de Hélio, no período da manhã, também foram homenageados: Luiz Coelho de Oliveira (frota 12145), Celso Mezzalira (frota 21330), Rinaldo Joaquim do Nascimento (frota 52635), Humberto Braga da Cruz (frota 54791), Celso Donadelli (frota 59974) e Márcio André

Grupo Pontapé foi um dos destaques do evento

Plácido da Silva (frota 90752). Os demais homenageados foram: José Cícero Teixeira (frota 56800), Reginaldo Rangel de Paula (frota 56839) e Manoel Messias Santos Barreto (frota 82093). Evento Antes da premiação, o Grupo Pontapé, da cidade de Uberlândia (MG), apresentou uma peça teatral que mostrou a vida de dois “caipiras”: um conformado com a vida no campo, que não se preocupava com o futuro; enquanto o outro, sonhava em mudar-se para a cidade e ser cantor. Apesar de temperamentos e objetivos diferentes, a amizade entre eles era grande e cada um a seu modo cuidava do bem-estar do outro. Além da peça, durante o dia, foram sorteados brindes entre os participantes; houve a distribuição de lanches, pipoca, batata-frita e refrigerante; e sessões gratuitas de quick massage.


Renovando a cada dia o prazer da entrega #transzero #emumcompromissosério

www.transzero.com.br 11 4397.7000

Matriz São Bernardo do Campo SP Alvarenga - São Bernardo do Campo SP • Catalão GO • Camaçari BA Gravataí RS • Rio Grande RS • Cariacica ES • São José dos Campos SP Taubaté SP • São José dos Pinhais PR • Paranaguá PR • Ipojuca PE


Final de ano

É tempo de confraternizar

Diretoria do Sindicato prestigiou a confraternização da Transauto

Final de ano é tempo de comemorar as conquistas e de confraternizar com os amigos. Veja nesta página, as confraternizações dos funcionários e diretores do

Sindicato

Nacional

dos Cegonheiros e dos frotistas da Transauto

Dupla sertaneja Roger e Robson animou a festa da Transauto

Muita animação na confraternização entre funcionários e diretores do sindicato

Revista Cegonheiro

12


Infraestrutura

Pátio de estaciona

Amado Chagas, Matias, Bruno, Carlos Santa Rita, Pezão, Mexicano e Jardel falam sobre a doação do terreno

A prefeitura do município de Quatis (RJ) vai doar um terreno de 50 mil a 100 mil metros quadrados ao Sintrav – RJ (Sindicato das Empresas e Autônomos do Transportador Rodoviário de Veículos do Estado do Rio de Janeiro). O local funcionará como pátio de estacionamento e ponto de apoio e descanso para os cegonheiros que circulam pela região. Localizado na divisa com a cidade de Porto Real, o terreno fica próximo a quatro montadoras (Jaguar Land Rover, Peugeot/ Citroen, Nissan e Volkswagen/ MAN Caminhões). Para facilitar o acesso à via Dutra, existe um estudo com o fim de criar uma ligação entre a cidade e a rodovia sem que os caminhões trafeguem pela cidade. Segundo o diretor da Sintrav – RJ, Leonardo de Lima Matias, o prefeito, Raimundo de Souza, mais conhecido como Bruno, quer instalar um distrito indusRevista Cegonheiro

14

Terreno ficará à esquerda da estrada que liga as cidades de Quatis e Porto Real

trial na cidade. “O terreno que vamos receber está dentro desse polo que terá quase dois milhões de metros quadrados. A ideia é atrair empresas para a região, gerando, com isso, emprego e mais renda para a população”, explica. Algumas empresas, como fabricantes de autopeças, já con-

firmaram interesse em investir na região. A desapropriação do terreno está sendo bancada pelo governo estadual. O empenho dos deputados Washington Reis (federal) e Rosenverg Reis (estadual) está sendo fundamental para agilizar esse trabalho.


mento em Quatis

Prefeitura de Quatis quer instalar um distrito industrial e atrair investimentos para a região

Ponte sobre o rio Paraíba Sul foi inaugurada em novembro

Carta sindical O Sintrav-RJ recebeu a carta sindical que dá legitimidade à entidade. A cerimônia foi realizada no dia 2 de dezembro, na superintendência do Ministério do Trabalho, no estado do Rio de Janeiro e foi prestigiada pelo governador Luiz Fernando Pezão. O documento foi entregue pelo superintendente do Ministério do Trabalho, no Rio de Janeiro, Antônio H. de Albuquerque Filho, aos diretores da entidade, Gilberto Araújo e Leonardo de Lima Matias. Na ocasião, o Sindicato Nacional dos Cegonheiros foi representado pelo diretor executivo suplente, Jardel de Castro.

Jardel, Gilberto, Antonio, Matias e Pezão na entrega da carta sindical

15

Revista Cegonheiro


Mercado

Produção caí 22,8% Foto: Divulgação

Com produção de 2,4 milhões de veículos, montadoras voltam ao nível de produção de 2006

A indústria automobilística fechou 2015 com o pior resultado em nove anos. As montadoras produziram 2.429.462 veículos, queda de 22,8% em relação ao ano anterior. Esse resultado faz o setor retornar ao nível de produção de 2006. Em dezembro, saíram da linha de produção 142.880 veículos, volume 18,4% inferior a novembro (175.114). Na comparação com o mesmo mês de 2014, a queda é maior, de 30% - naquela época, foram fabricadas 204.029 unidades. Se analisarmos esses números por segmento, o resultado é assustador: no ano passado, foram fabricados 74.062 caminhões, ante as 139.965 unidades produzidas em 2014, o que representa uma queda de 47,1%. No último mês de 2015, a produção de pesados somou 2.582 unidades – queda de 51,7% na comparação com novembro e de 30,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O mesmo cenário desanimador se repetiu no mercado de ônibus. A produção caiu 34,7%: em 2015 foram fabricadas 21.498 unidades, ante as 32.937 fabricadas em 2014. Revista Cegonheiro

16

Fábricas paradas A queda no nível de produção é explicada pelas medidas adotadas pelas montadoras para adequar a produção à demanda do mercado. Durante o ano 2015, algumas montadoras, como a GM, por exemplo, concederam férias coletivas e adotaram o regime de lay-off (suspensão temporária de contrato). Outras, como Volkswagen, Ford, MAN e Mercedes-Benz aderiram ao PPE (Programa de Proteção ao Emprego), reduzindo a jornada de trabalho e o salário dos trabalhadores em até 30%. Metade da perda salarial, contudo, é compensada pelo governo, com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Vendas Diante das dificuldades do cenário econômico, o consumidor brasileiro foi cauteloso e não foi às compras. Em 2015, foram licenciados 2.568.976 veículos, queda de 26,6% na comparação com o ano anterior, quando as vendas atingiram 3.498.012 unidades. Foi o terceiro ano consecutivo de queda nas vendas e o pior resultado do setor desde 2007. Em dezembro, foram comercializa-

daos 227.760 unidades, menos 16,7% em relação e novembro e 38,4% inferior ao mesmo mês de 2014. Exportações O único ponto positivo do setor foi o aumento das exportações que registraram elevação de 24,8%. No ano passado, foram embarcadas 416.955 unidades contra os 334.219 veículos em 2014. Pessismo De acordo com a Anfavea (Associação Nacional de Veículos Automotores), não há expectativa de recuperação do setor para este ano. A entidade prevê que as vendas de veículos novos vão cair 7,5%. Em relação à produção pode registrar uma leve alta, de 0,5%. As exportações devem seguir em ritmo de crescimento e aumentar cerca de 8,2%. Para chegar a estes números, a entidade usou como base a previsão de queda de 3% do PIB no ano, dada pelo boletim Focus, e a pior média de vendas diárias de 2015, que foi a do terceiro trimestre, com 9.425 unidades por dia. “Fomos conservadores”, afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Moan.


Gente

Difícil decisão

Ditinha diz que sai do sindicato com a sensação de dever cumprido

Depois de 26 anos de muito trabalho e dedicação ao Sindicato Nacional dos Cegonheiros, Benedita Graciosa da Silva decidiu aposentar-se. Primeira funcionária da entidade, Ditinha, como é mais conhecida, agora vai curtir a vida e dedicar-se ainda mais à família. “Demorei muito para tomar essa decisão, mas saio com a sensação de dever cumprido e deixo as portas abertas. O sindicato foi muito importante na minha vida”, diz, com lágrimas nos olhos. Os associados, com certeza, vão sentir muitas saudades dessa paulistana nascida na cidade de São Manuel, no interior de São Paulo. Todos que visitam o sindicato, fazem questão de parar na copa, saborear o café preparado por ela e bater um papo. Orgulhosa, Ditinha conta que viu muitos filhos de associados crescerem e seguirem a profissão dos pais: “É gratificante ver que aquelas crianças tornaram-se homens batalhadores e dedicados como seus pais”. Revista Cegonheiro

18

Trabalho na roça Ditinha morou no interior até os 16 anos. Naquela época, trabalhava na roça cortando cana, colhendo café e amendoim. Foi uma época difícil, a vida no campo era muita sacrificada. Foi, então, que a mãe, Maria Luíza, e o padrasto, Domingos de Melo, decidiram trocar o campo pela cidade e desembarcaram em São Bernardo do Campo. A vida nova trouxe novos desafios. O primeiro emprego foi na Indústrias Matarazzo como varredora de algodão. Dali foi para a Acrilex e passou a trabalhar na limpeza. Poucos meses depois, conseguiu uma vaga na Translor (hoje Tegma) também na área de limpeza. “Foi nessa transportadora que passei a trabalhar na copa. Depois de alguns meses, fui promovida a encarregada”, conta. Da Translor foi para a Brazul e nessa época passou a fazer “bicos” para o Sindicato. “O presidente era o

Pedro Stivali e o Sindicato ficava em cima de uma padaria. Comecei como diarista até ser registrada”, conta. Orgulhosa, ela afirma que acompanhou os principais momentos sindicato. “Vi de perto a luta dessa categoria para buscar melhores condições para o setor. O que mais admiro é a união de todos em torno de um mesmo objetivo. Isso é um exemplo para as pessoas”, elogia.

Ditinha e a filha Valéria


Graças ao trabalho no Sindicato, Ditinha criou e educou os filhos Valéria Cristina, Vagner Aparecido, Valdimir Marcos, Valdinei Gracioso e Vivian Kelly. Dos cinco, uma trabalha no setor: Vivian trabalha na Credceg ((Cooperativa de Crédito dos Transportadores Autônomos de Veículos). Planos para o futuro Ditinha quer aproveitar a merecida aposentadoria para viajar e conhecer outras igrejas e ajudar pessoas

Ao lado das colegas, na época em que trabalhou para a Brazul

Uma recordação de São Manuel, a terra natal A filha Vivian trabalha na Credceg

enfermas. “Quero dedicar meu tempo livre para ajudar o próximo”, diz. E, como toda avó coruja, vai paparicar ainda mais os netos Scarlet, Emily, Jessica e Jean. “Tem algo melhor que isso?”- pergunta. Mais séria, ela diz que quer ensinar o segredo para trabalhar durante vários anos no mesmo lugar. “É preciso ter amor ao trabalho e executar corretamente suas tarefas. Além disso, é preciso ter humildade, respeitar e tratar bem as pessoas”, conclui.

Ditinha ao lado de funcionários e diretores do sindicato

Curtindo o carinho dos netos Emily, Jessica, Scarlet e Jean


Saúde

Drogas, tô fora! Foto: Bonnie Ruby

Estima-se que de 30% a 40% dos caminhoneiros já fizeram uso das drogas

Caminhoneiros dirigindo sob efeito de drogas são um dos maiores perigos no trânsito. E infelizmente, essa é uma combinação muito mais comum do que imaginamos. Apesar de não existirem pesquisas que revelem o percentual de motoristas profissionais que recorrem ao uso de estimulante para encarar a jornada de trabalho, sabe-se que hoje a droga mais consumida é a cocaína. O consumo contribuiu – e muito – para o aumento de acidentes que, na maioria das vezes, trazem consequências sérias demais e até trágicas. “Antes da implantação da Lei Seca, as drogas mais consumidas eram o álcool e as anfetaminas. Agora, foram substituídos pela cocaína e maconha”, afirma Dirceu Rodrigues Alves Júnior, diretor de comunicação e chefe do departamento de Medicina de Tráfego Ocupacional, da Abramet (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego). Ele explica que esses “pseudo” estimulantes agem diretamente no sistema nervoso central, afetando as funções cognitiva, motora e sensório-perceptiva do indivíduo. “As drogas comprometem todas essas condições e potencializam os riscos de acidentes de trânsito”, diz. “A concentração e o Revista Cegonheiro

20

raciocínio do usuário tornam-se mais lentos. O tato, a visão e a audição também ficam comprometidos, o que torna o ato de dirigir totalmente inseguro”, completa. Alves Júnior destaca que a pessoa sob efeito das drogas tende ainda a apresentar sinais de paronoia, irritabilidade, nervosismo e agressividade. “Muitos ficam eufóricos, o que os leva a não respeitar as regras básicas de segurança no trânsito”, diz. Segundo o executivo da Abramet, estima-se que de 30% a 40% dos caminhoneiros já fizeram uso das drogas. “Isso é uma estimativa.

Não existem estudos específicos – até porque dificilmente o indivíduo admite estar sob o efeito de substâncias ilícitas”, pondera. Campanhas nas empresas, rigor na fiscalização Para acabar com esse problema, ele afirma que as empresas devem desenvolver continuamente campanhas de conscientização para alertar seus profissionais sobre os perigos do uso de substâncias ilícitas. “Algumas motoristas veem o caminhão como uma espécie de armadura que vai protegê-los dos impactos. É preciso mostrar que Foto: Nario Barbosa

A concentração e o raciocínio do usuário tornam-se mais lentos, o que torna o ato de dirigir totalmente inseguro


as consequências são muito sérias, de lesões graves, internações prolongadas e incapacidade para trabalhar até ao óbito”, adverte. Alves Júnior pede que a Polícia Rodoviária atue ainda com maior rigor nas fiscalizações. “É preciso que as ações ostensivas ocorram com mais frequência. Isso inibirá o motorista, pois ele sabe que poderá ser flagrado e terá que arcar com as consequências”, diz. Exame toxicológico De acordo com resolução do Contran (Conselho Nacional do Trânsito), a partir do dia 2 de março, os motoristas profissionais que atuam no transporte de passageiros e de cargas deverão submeter-se a exames toxicológicos no momento de sua contratação ou desligamento da empresa. O objetivo é identificar o condutor que consumiu substâncias psicoativas como maconha, cocaína, anfetaminas e opiáceos. A janela de detecção é de 90 dias e as análises só poderão ser feitas em laboratórios autorizados. A Abramet, no entanto, é contrária a essa exigência. “Esse tipo de exame mostra se o motorista consumiu drogas nos últimos 90 dias. O que interessa é saber se ele está sob efeito de drogas na hora em que está dirigindo, o que aumenta o risco de acidentes”, justifica. “Defendemos que sejam realizados testes de saliva ou urina, que têm resultados conhecidos na hora. Caso dê positivo, o motorista deve ser encaminhado para a realização de exames laboratoriais. É o mesmo princípio do bafômetro que identifica se o motorista está dirigindo alcoolizado ou não”, afirma. Na avaliação de Alves Júnior, a obrigatoriedade do exame poderá trazer transtornos. “Se o exame der positivo, o motorista será afastado do trabalho por 90 dias e encaminhado para auxílio-doença. E se realmente for viciado, continuará consumindo drogas após esses 90 dias e continuará no auxílio-doença. Haverá custo para o Estado e para o caminhoneiro”, declara.

Consumo contribuiu para o aumento de acidentes que podem trazer consequências sérias e até trágicas

Foto: Polícia Rodoviária Federal

Fiscalização mais rigorosa inibirá o uso de drogas

Infração gravíssima De acordo com o artigo 165 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), dirigir sob o efeito de drogas é uma infração gravíssima que prevê multa de R$ 1.915,40, sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação), suspensão do direito de dirigir por 12 meses e recolhimento da carteira no período. Em caso de reincidência num período de até 12 meses, o valor da multa dobra . Há, ainda, conforme o artigo 306 do CTB, previsão de crime, que pode resultar em multa, suspensão, proibição de se obter a CNH e detenção de seis meses a três anos.

21

Revista Cegonheiro


Lançamento

Semipesados com cabine estendida

Amplo espaço interno garante mais conforto para o motorista

Caminhões P 250 e P 310, nas versões 4x2 e 6x2, agora têm a opção de cabine estendida

A Scania ampliou seu leque de produtos e lançou os caminhões P 250 e P 310, nas versões 4x2 e 6x2, com cabine estendida - a marca já oferece os dois modelos nas opções de cabine curta e cabine leito. De acordo com comunicado divulgado pela montadora, “o cliente poderá transportar mais, com a mesma qualidade, acabamento, funcionalidade, ergonomia e conforto da cabine Scania. As versões 4x2 e 6x2 já são reconhecidas no mercado pelo baixo consumo de combustível, por serem equipadas com motores de alto torque que trabalham em baixas rotações e oferecem maior velocidade média de operação”. A novidade reduz o peso do veículo e, consequentemente, a diminuição da tara no eixo dianteiro. Para deixar Revista Cegonheiro

22

o veículo mais leve, a montadora ainda adotou o uso de pneus 275. Juntos, esses dois fatores permitem ao proprietário carregar até 400 quilos a mais de carga útil. Conforto Para facilitar a movimentação no interior da boleia, o equipamento de descanso e o assento do passageiro são rebatíveis. Isso permite que o condutor se movimente internamente mesmo com o equipamento de descanso e o banco de passageiros montados para o repouso. O revestimento interno é feito de vinil, o que facilita a limpeza. Indicados para a distribuição urbana e para curtas e médias distâncias nas estradas, os caminhões saem de fábrica com caixa automatizada

Scania Opticruise de quarta geração, piloto automático inteligente Ecocruise, ar-condicionado, balança digital no painel (para medir o peso nos eixos traseiros e ajudar o motorista a manter-se dentro das exigências da Lei da Balança), suspensão a ar (capaz de elevar a preservação da carga e do implemento na operação) e uma vasta lista de distâncias entre eixos para atender a diversos tipos de composições e comprimentos. Para ajudar o motorista a tirar o melhor proveito do veículo, outro equipamento de série é o Driver Support, que funciona como uma espécie de instrutor em tempo real. No painel, o condutor recebe notas para o seu modo de dirigir e dicas de melhorias para tornar a operação ainda mais rentável, segura e eficiente.


Restrições de Tráfego

2016

para carretas cegonhas em

Com o intuito de promover a fluidez de trânsito em feriados e dias festivos, a Polícia edita anualmente um calendário nacional de restrição a veículos de grande porte, limitando em determinados dias e horários o trânsito de combinações de veículos de carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET). Tais restrições são válidas apenas em rodovias federais de pista simples. Confira abaixo os dias e os horários das restrições

Restrição de Trânsito em todas as Unidades da Federação HORÁRIO DA RESTRIÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO 05/02/2016 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 HORÁRIO OPERAÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO 06/02/2016 (sábado) 06:00DA àsRESTRIÇÃO 12:00 HORÁRIO DA RESTRIÇÃO OPERAÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO CARNAVAL 05/02/2016 (terça-feira) (sexta-feira) 09/02/2016 16:00 às 24:00 05/02/2016 (sexta-feira) 16:00 06/02/2016 (sábado) 06:00 às às 24:00 12:00 10/02/2016 (quarta-feira) CARNAVAL 06/02/2016 (sábado) 06:00 às 12:00 09/02/2016 (terça-feira) 16:00 às CARNAVAL 24/03/2016 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 24:00 09/02/2016 (terça-feira) 16:00 às 24:00 10/02/2016 06:00 às às 12:00: 12:00 SEMANA SANTA 25/03/2016(quarta-feira) (sexta-feira) 06:00 10/02/2016 (quarta-feira) 06:00 às 12:00 24/03/2016 27/03/2016(quinta-feira) (domingo) 16:00 às 24:00 24/03/2016 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 SEMANA SANTA 25/03/2016(quinta-feira) (sexta-feira) 06:00 21/04/2016 06:00 às às 12:00: 12:00 SEMANA SANTA 25/03/2016 (sexta-feira) 06:00 às 12:00: TIRADENTES 27/03/2016 (domingo) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 24/04/2016 16:00 27/03/2016(quinta-feira) (domingo) 16:00 às 24:00 21/04/2016 06:00 às 26/05/2016 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 12:00 TIRADENTES 21/04/2016 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 CORPUS CHRISTI 24/04/2016 16:00 TIRADENTES 29/05/2016 (domingo) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 24/04/2016 (domingo) 16:00 às 24:00 26/05/2016 06:00 12:00 11/11/2016(quinta-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 24:00 CORPUS CHRISTI 26/05/2016 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 PROCLAMAÇÃO DA 29/05/2016 (domingo) 16:00 às 24:00 CORPUS CHRISTI 12/11/2016 (sábado) 06:00 às 12:00 29/05/2016 (domingo) 16:00 às 24:00 REPÚBLICA 11/11/2016 16:00 às 24:00 15/11/2016 (sexta-feira) (terça-feira) PROCLAMAÇÃO DA 11/11/2016 (sexta-feira) 16:00 12/11/2016 (sábado) 06:00 às às 24:00 12:00 PROCLAMAÇÃO REPÚBLICA DA 12/11/2016 (sábado) 06:00 às 12:00 15/11/2016 (terça-feira) 16:00 às 24:00 REPÚBLICA 15/11/2016 (terça-feira) 16:00 às 24:00 23/06/2016 (quinta-feira) 12:00 às 20:00 FESTEJOS JUNINOS 24/06/2016 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 Restrição em trechos específicos no estado do Rio de Janeiro 23/06/2016 (quinta-feira) HORÁRIO DA RESTRIÇÃO OPERAÇÃO DIA DE RESTRIÇÃO 26/06/2016 (domingo) 12:00 às 20:00 Restrição de trânsito na BR 101,23/06/2016 km 269 a 308, entre os municípios de Rio Bonito e Itaboraí. (quinta-feira) 12:00 às 20:00 FESTEJOSEJUNINOS 24/06/2016 (sexta-feira) 12:00às às24:00 20:00 na BR 493, km 0 ao 26, entre (sexta-feira) os municípios de Magé e Itaboraí 05/02/2016 16:00 FESTEJOS JUNINOS 24/06/2016 12:00 às 20:00 26/06/2016(sexta-feira) (domingo) 12:00às às12:00 20:00 06/02/2016 (sábado) 06:00 26/06/2016 (domingo) 12:00 às 20:00 CARNAVAL 09/02/2016 (terça-feira) 16:00 às 24:00 05/02/2016 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 10/02/2016 (quarta-feira) 06:00 06/02/2016 (sábado) 06:00às às12:00 19:00 CARNAVAL 05/02/2016 (sexta-feira) 06:00 às24:00 19:00 24/03/2016 16:00 10/02/2016(quinta-feira) (quarta-feira) 12:00às 22:00 05/02/2016 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 06/02/2016 (sábado) 06:00 às 19:00 SEMANA SANTA 25/03/2016 (sexta-feira) 06:00 às 12:00: 14/02/2016 (domingo) 12:00 22:00 CARNAVAL 06/02/2016 (sábado) 06:00 às 19:00 10/02/2016 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 27/03/2016 (domingo) 16:00 às 24:00 CARNAVAL 10/02/2016 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 14/02/2016 (domingo) 12:00 às 22:00 (quinta-feira) 06:00 às 12:00 Restrição em21/04/2016 trecho específico no estado do Maranhão 14/02/2016 (domingo) 12:00 às 22:00 TIRADENTES Restrição de trânsito na BR 135, do Km 00 ao 100, entre os municípios 24/04/2016 (domingo) 16:00 06/02/2016 (sábado) 06:00às às24:00 20:00 CARNAVAL de26/05/2016 São Luís e(quinta-feira) Itapecuru-Mirim 06:00 10/02/2016 (quarta-feira) 06:00às às12:00 20:00 CORPUS CHRISTI 06/02/2016 (sábado) 06:00às às24:00 20:00 29/05/2016 (domingo) 16:00 CARNAVAL 06/02/2016 (sábado) 06:00 às 20:00 10/02/2016 (quarta-feira) 06:00às às24:00 20:00 CARNAVAL 11/11/2016 (sexta-feira) 16:00 10/02/2016 (quarta-feira) 06:00 às 20:00 PROCLAMAÇÃO DA 12/11/2016 (sábado) 06:00 às 12:00 REPÚBLICA 15/11/2016 (terça-feira) 16:00 às 24:00 Restrição apenas nos Estados da Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte

OPERAÇÃO

FESTEJOS JUNINOS

23/06/2016 (quinta-feira) 24/06/2016 (sexta-feira) 26/06/2016 (domingo)

12:00 às 20:00 12:00 às 20:00 12:00 às 20:00

OBSERVAÇÃO: É NECESSÁRIO OBSERVAR AS MUDANÇAS NAS RESTRIÇÕES DOS FERIADOS REGIONAIS DE(sexta-feira) CADA ESTADO 05/02/2016 06:00 às 19:00

CARNAVAL

06/02/2016 (sábado) 10/02/2016 (quarta-feira) 14/02/2016 (domingo)

06:00 às 19:00 12:00 às 22:00 12:00 às 22:00 23

Revista Cegonheiro


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem a disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retiradade Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Pátio de estacionamento - Rua: Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini Licenças Federal e Estaduais

(11) 4347-8468

Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia

(71) 3622-6500

Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul

(51) 3431-4848

São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo

(41) 3385-8245

São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

(12) 3906-0807

Tocantins (Licença Estadual)

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

Minas Gerais (Licença Estadual)

São Paulo (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Santa Catarina (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Bahia (Licença Estadual) Goiás (Licença Estadual)

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

Pernambuco (licença estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2016 Final de Placa

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

Revista Cegonheiro

24

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

- Cópia legível do documento do cavalo e carretas (todas as carretas que for acoplar na licença) - Cópia legível da licença federal (Dnit) - Contrato social da empresa (xerox autenticada) - CNH do proprietário ou de um dos sócios da empresa (xerox autenticada) - Comprovante de endereço – pessoa física (xerox autenticada)

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro


25

Revista Cegonheiro


Classificados me, rodas de magnésio, trava e vidros elétricos. Preço: R$ 23 mil. Tratar com Francisco (11) 99454-9337 e 2861-0196 Três Eixos – 2003 – Tratar com Sergio (11) 7864-6955, ID 80*62169. Aceita troca Três Eixos, Robocop original, anos 2001, 2003 e 2006. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/ bwmdGF Dambroz 94, aberta e elétrica, verde. Valor a combinar. Tratar com Vilson-Melancia (11) 4412-0159 e 99958-5510 Dambroz 1989,preta, carreta reformada, estado de nova, impecável. Tratar com Mário (11) 7871-1282 / 7730-8474 Carreta Robocop Dambroz 2003, reformada em 2010. Padrão Tegma. Preço: R$ 35 mil. Tratar com Wadson (11) 97661-3377-TIM e (79) 98769353-Vivo Carreta Engerauto 1998, padrão Brazul amarela, alongada e preparada para “cara chata”, boa de carga (sete pickups e três médios), com oito pneus semi-usados. Tratar com Hamilton (11) 98114-0119 Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 986445354 e 99263-2336 Carreta Nego 2008, verde e com pneus. Tratar com Hong (13) 99112-2716 Carreta Dambroz, Robocop, 2008, amarela, com pneus e cintas. Único dono. Tratar com Pitol (11) 98411-2223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz, Robocop, 2004/2004, verde TNorte, reformada. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Sérgio (21) 98017-8789 ou Nextel 919*3927. Alugo ou vendo uma carreta Engerauto 1996, toda Robocop, verde Transzero com pneus e cintas. Para venda R$ 35 mil. Tratar com Roberto (11) 991921817 Vendo duas carretas Três Eixos. A primeira é convencional aberta, com pneus, cintas, ano 2002, verde. Preço: R$ 40 mil. A outra também é convencional aberta e foi reformada na Rodoceg. Vem com pneus, cintas, ano 1995, verde. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Márcio (51) 7811-3363 Carreta Três Eixos, 2001, modelo 2002, boa de carga, com pneus e cintas, verde Transzero. Preço R$ 40 mil. Tratar com Cristiano do Pereba (12) 99163-2988

Vendo três caminhões: um Actros 2546, 2011/2012, prata; e dois P 340, 2011/2011, prata. Valor a combinar. Tratar com Márcio Galdino (11) 956514656/2 Volvo FH, 2005, prata. Tratar com Sergio: (11) 7864-6955 e ID – 80*62169. Aceita troca Axor 1933, branco, 2005. Só rodou na cegonha. Tratar com Ademir (Índio), da Tegma: (11) 98437-1050 e 97273-2933 VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar com Mário: (11) 7871-1282 e 7730-8474 Iveco Stralis, 2008/2009, modelo Power cegonheiro, vermelho Tratar com Geraldo, da Transzero: (11) 98349-6033, 5514-2461 MB Axor 2040, 2008/2008, único dono. Preço: R$ 190 mil. Tratar com Cajaíba (TG): (11) 99430-3098 e ID 55*100*30421 Mercedes-Benz 1634, 06, branco. Tratar com Umberto Nóbile (TS): (11) 99441-8547 MB 608 Dguincho, 1980. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Gilberto (TN): (11) 999134-8945, 7833-2201 e ID 84*23068 Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho e pneus novos. Preço: R$ 210 mil. Tratar com Delmiro (TNorte): (11) 99935-7917 Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 98436-3376, 11*6514 ou 7734-5921 Volvo FH, 2005, segundo dono, motor e câmbio novos, pneus meia vida, prata. Caminhão de cegonheiro. Tratar com Buriti (11) 7830-4211 e (11) 999438656 Scania T113 Topline, ano 1997, com seis pneus Michelin novos, rodas de alumínio, conversor de bateria e televisão. Segundo dono. Impecável! Tratar com Márcio (51) 7811.3363 Vendo um caminhão Scania G420, ano/modelo 2010/2010, prata, e outro Mercedes-Benz 2040, premium, ano/ modelo 2010/2011, prata. Tratar com Zé Itabaiana (11) 99426-7886

Vendo carreta Dambroz 2000, Robocop, preta, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Alexandre (11) 99151-8785

Vendo caminhão Axor 2035, ano 2008. Único dono e em ótimo estado. Tratar com Ronaldo Jacinto (Brazul) (11) 97626-7257

Vendo carreta Rossini, ano 2006, preto, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Petrúcio (11) 4455-2264 e 987461187

Vendo dois caminhões Volvo. Um é o FH 400, ano 2007, e outro FH 440, ano 2008. Preço abaixo da tabela. Tratar com Edelson (Alongado) - (12) 99133-7071, 99167-4175 e 90*15897

Carreta Três Eixos, completa, para transportar 11 carros. Impecável. Preço: R$ 20.000. Tratar com José Borracheiro, da Brazul (11) 4941-4865 Vendo conjunto 2011, cavalo Scania P-340 e carreta amarela Tecnoceg. Falar com Polaco (Brazul) (11) 99987-3112 e ID 84*109789 Carreta Engerauto, 1996, com pneus e em bom estado. Preço: R$ 20 mil. Tratar com Luiz (11) 94763-0786 Vendo ou troco por veículo Carreta Dambroz, 2008, verde, com pneus e cintas. Todas as revisões foram feitas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Robson TZ (11) 7865-8643 e ID 82*15730 Carreta Três Eixos, 2005/2006, Robocop. Tratar com Pitol ou Luiz 984112223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz convencional, 2010/2010, preta, com cintas. Preço: R$ 45 mil. Tratar com Berg (11) 976734035 Carreta Negocoop, 2009/2009, padrão Brazul (amarela), castelo bi-partido, toda elétrica (inclusive os pés para desengatar e os dois remontes. Com pneus e cintas. Preço: R$ 50 mil. Tratar com Tavares (11) 8262-7019 e ID 7*53437

Revista Cegonheiro

26

Scania 420, Toco, 2010, prata e em bom estado de conservação. Ótima oportunidade. Tratar com Barbarelli (11) 98549-1571 Scania 124, ano 2009, 420 4X2, vermelho, pneus em bom estado, todo revisado com kit trocado na concessionária. Único dono. Com 300.000 km só rodou na cegonha. Preço: R$ 170 mil. Tratar com Toninho, da Autoport Sumaré: (19) 99222-4326 Scania 380, ano 2010, vermelha, com pneus Michelin novos. Ótimo estado. Preço: R$ 170 mil. Tratar com Léo (11) 98429-2230 e Tonim (11) 98361-6717 Conjunto caminhão Mercedes-Benz 2035, ano 2011, e carreta Bercamp, ano 2010. Presta serviço na Tegma TVK Sul. Tratar com Edgley (41) 9882-3333

Uno 2009, azul metálico, duas portas, completo, flex. Tratar com Marcelo – BZ Taubaté (12) 99239-2287 e 99178-2857 Saveiro Trend 2009, prata, com cerca de 40 mil quilômetros rodados. O veículo é equipado com direção hidráulica, alar-

Vendo ou troco S10, ano modelo 1998, 4.3, V6, completa, cabine dupla, prata, com kit gás. Ótimo estado de conservação. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 Fox Trend 1.6, 2012/2013, prata, com 10 mil quilômetros rodados e todos opcionais- exceto ar-condicionado. Único dono e ótimo estado. Preço: R$ 31,5 mil. Tratar com Alan Oliveira (11) 98660-5851.

Terreno em Caçapava, com 248m², no bairro Vitória Vale. Preço R$ 85 mil. Outro terreno também em Caçapava, no Vitória Vale 7X25. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Latino (Tegma): (11) 986326532 e (11) 4066-4510 Apartamento no centro de Diadema, três dormitórios, 65m², churrasqueira, duas piscinas, de festa, sala de ginástica. Valor: R$ 260 mil.Tratar com Eduardo – Cazu (11) 96710-9965 Sítio com cinco alqueires na rodovia Castelo Branco, no Km 162, em Porangaba. Tratar com Buriti (11)99943-8656 e 6949-5995 Sobrado no bairro Terra Nova II, com três dormitórios amplos e uma suíte com varanda. Todo reformado e tudo em porcelanato. Possui jardim de inverno na sala, cozinha embutida, rack sob medida, copa e coifa. Valor: R$ 400 mil. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 4396-9008 Cobertura duplex(nova) no centro de São Bernardo do Campo.Tratar com Jorge - BZ (11) 6734-4797 Vendo ou troco chácara em Boituva por uma casa em São Bernardo do Campo ou Santo André. A chácara fica a quatro quilômetros da cidade, possui pomar e quarto para hóspede. Tratar com Nilton (Transauto) (11) 4127-9324 e 987847600 Um sobrado com três casas em São Bernardo do Campo (rua Salim Mahfoud – Terra Nova II). Tratar com Edinaldo (11) 98731-4599 e 98924-3642 Alugo dois galpões com 750 metros quadrados (cada um). Os imóveis estão instalados no bairro Batistini, em São Bernardo do Campo (SP). Valor: R$ 11 mil (cada um). Tratar com Leandro Golgatto (11) 99685-9385 Vendo, alugo ou troco apartamento no Edifício Rei Salomão (avenida Castelo Branco, 8442 – em frente ao quiosque 44), na Viação, Praia Grande. O imóvel é todo mobiliado e possui dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O prédio conta com piscina, churrasqueira, salão de festas e de jogos. Tratar com Geraldo CTV Tegma (11) 98763-8517, 986708877, 96426-6970 (TIM) e 54*134019 (Nextel) Sobrado no Demarchi com três dormitórios (sendo uma suíte com closet, sacada e hidromassagem), sala de estar, sala com lareira e sacada, sala de vídeo, sala de jantar, cozinha ampla e planejada, lavabo, dois banheiros, área de serviço fechada, jardim de inverno, corredor lateral, quintal amplo, salão de festas e garagem para dois carros. Tratar com Rodrigo (11) 7773-3171, 968*27731 e 95343-4807 Vendo ou alugo sobrado no bairro Demarchi. O imóvel possui quatro dormitórios (uma suíte), sala ampla, cozinha, sala de jantar e garagem para três carros. Tratar: Ramos de Oliveira –

(11) 97320-1551 Vendo dois sobrados totalmente acabados ou troco por cavalo ou carreta. Localizados no Jardim Eldorado, em Diadema, a 200 metros da Faculdade Federal, os sobrados têm acabamento de primeira e vaga para três carros. Cada imóvel tem dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534 Vendo uma chácara no Riacho Grande, na estrada Rio Acima, com área de 1.050 metros quadrados e 420 metros de área construída. A casa tem quatro dormitórios (uma suíte), sala de estar, sala de jantar, cozinha, banheiro, lavanderia, quarto para empregada com banheiro, canil, pomar com várias árvores frutíferas e garagem com vaga para dez carros. Aceito troca por cavalo ou carreta. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534. Vendo apartamento com 150 metros quadrados, três suítes, três vagas de garagem, adega, lazer completo no Condomínio Vila Verde, no Jardim do Mar, em São Bernardo do Campo. Tratar com Raimundinho (11) 99484-3476 ou Janete (11) 7867-8047. Vendo apartamento no Jardim Imperador (Praia Grande) com 60 metros quadrados, a 100 metros da praia. O imóvel tem um quarto, uma sala com dois ambientes, cozinha, banheiro e lavanderia e conta ainda com uma vaga na garagem. Aceito troca por caminhão. Tratar com Cazu (11) 7876-8111 e 935*1178 Alugo sobrado localizado no bairro Terra Nova I. Com 250 metros quadrados de área construída, o imóvel tem três dormitórios (sendo uma suíte), duas salas, três banheiros, cozinha, duas varandas, cinco vagas na garagem (cobertas) e salão de festas. Preço: R$ 4 mil. Tratar com Paulo ou Lúcia (11) 99480-8508 e 4347-6001 ID 653*141 Vendo dois apartamentos na Vila Guilhermina, Praia Grande (SP). Ambos estão localizados no mesmo prédio, têm 85 metros quadrados, possuem dois dormitórios (sendo uma suíte), sala, cozinha, banheiro, área de serviço e terraço gourmet. Condômino com piscina. Tratar com Marcos (11) 98559-5938 e 9*53677 Vendo apartamento no bairro Demarchi, em São Bernardo do Campo. O imóvel tem dois dormitórios, sala, cozinha planejada, banheiro e lavanderia. Condomínio com quadra, área de lazer e salão de festas. Tratar com Andreia ou Dunga (11) 98128-0731 e 6064-6666 Vendo apartamento na Praia Grande, no bairro Aviação, com vista para o mar. O imóvel possui dois quartos (sendo uma suíte), um banheiro social, sala com copa e sacada, cozinha e lavanderia. O prédio conta com piscina e garagem coberta. Monitoramento 24 horas. Tratar com Alessandra (11) 4824-3586 e 99622-6444 Vendo três casas com garagem para quatro carros no bairro Terra Nova II. Tratar com Ednaldo (11) 98731-4599 e 95408-3712 Vendo apartamento de 120 metros quadrados, no Residencial Bulgária, no bairro de Baeta Neves. O imóvel fica no 8º andar, tem três suítes, dois closets, sala de estar ampla conjugada com sala de jantar, lavabo, cozinha, área de serviços, área gourmet com churrasqueira, três vagas na garagem, um depósito. O prédio conta com uma piscina interna aquecida e outra externa, sala de ginástica e salões de festas. Tratar com Hamilton Mendes pelo e-mail hamilton_mendes@yahoo. com.br

ANUNCIE

4103-0204

(11)

e-mail: revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br


Revista Cegonheiro - Edição 165  
Revista Cegonheiro - Edição 165  
Advertisement