{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

revista TREZE ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

Sindicato Nacional dos Cegonheiros

Ano 13 - edição no 164 - dezembro/2015 - Publicação mensal

MOTORISTA

Com chame e simpatia elas conquistam as estradas

MEIO AMBIENTE

Sindicato presente na 2ª cidade mais verde do mundo


Palavra do Presidente Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Vice-Presidente: Jaime Ferreira dos Santos Secretário Geral: Douglas Santos Silva Secretário de Finanças: Reginaldo Fabretti Diretor Regional: Márcio Galdino da Silva Primeiro Secretário: José Murialdo Generoso Júnior Primeiro Tesoureiro: Josimar Lincon de Freitas Diretores Executivos Efetivos Gilmar Donizette da Silva Benvindo Gonçalves José Laércio da Silva Antenor Garibaldi Clemente Francisco de Assunção Diretores Executivos Suplentes Edimar Moreira de Oliveira Ednilson Azevedo Bitencourt Jurandy Pereira de Albuquerque Luiz Eugenio Baldin Golgatto Antonio Bertin Jardel de Castro Luiz Bianchi Giglio João Soares de Jesus Aroldo Neves de Lima Ronaldo Montagnini Jacinto Tassiano de Sousa e Silva César Wellington Pereira da Rocha Conselho Fiscal Efetivo Adilson Roberto Bento Hamilton Mendes José Vicente Bonetti Conselho Fiscal Suplente Fábio Renato dos Santos João Formiga de Souza Daiana Freitas de Oliveira Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Ítalo Rocha Nogueira Redação Analuiza Tamura e José Nogueira Revisão Maria Isabel Corcete Fotografia Ítalo Rocha Nogueira Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares

Endereço Rua Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini CEP - 09842-095 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4396-2085 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de matérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 13 - edição nº 164 - dezembro de 2015 Sindicato Nacional

Revista Cegonheiro

6

Caros Leitores Chegamos ao final de mais um ano. 2015 foi marcado por grandes dificuldades. A crise econômica que assola nosso país derrubou as vendas de carros novos e levou as montadoras a adotar uma série de medidas para adequar a produção à demanda do mercado. Segundo analistas do mercado, a contração que atinge todos os setores não vai apenas aprofundar-se, mas prolongar-se. A expectativa é que a economia se recupere apenas em 2017. Para enfrentar esses períodos difíceis, vamos fazer o que sempre fizemos: manter a união da nossa categoria. Unidos somos mais fortes e conseguimos superar os obstáculos. Aproveito para desejar, a todos vocês e a suas famílias, um Natal repleto de amor, paz e harmonia. Aproveitem as confraternizações para estar ao lado das pessoas importantes e fundamentais para sua vida. Esses momentos são muito especiais e, por isso, devem ser comemorados. Desejo também que os 365 dias do ano que está chegando sejam vividos com toda a prosperidade, saúde e felicidade. Um ótimo Natal e um ano maravilhoso para todos nós!

Índice

José Ronaldo Marques da Silva

Agenda .............................................................................................. 8 Mercado .......................................................................................... 10 Sindical ............................................................................................ 12 Prêmio ............................................................................................. 14 Meio Ambiente ................................................................................. 16 Gente ....................................................................................... 18 e 19 Comportamento ........................................................................ 20 e 21 Finanças ................................................................................... 22 e 23 Novidade ......................................................................................... 24 Legislação ........................................................................................ 25 Atendimento .................................................................................... 26 Serviço ............................................................................................ 27 Infraestrutura ................................................................................... 28 Saúde .............................................................................................. 29 Tecnologia ....................................................................................... 30 Licença ............................................................................................ 31 Restrições ........................................................................................ 32 Classificados .................................................................................... 34


Agenda

Festa para a criançada

A criançada brincou e comeu à vontade

Os cegonheiros da cidade de Sumaré (SP) se uniram para promover uma festa para as crianças dos bairros Jardim Dulce e Santo Antônio. Na ocasião, elas par-

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

ticiparam de várias brincadeiras, saborearam lanches, doces e refrigerantes. No final, foram distribuídos brinquedos.

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sindceg@gmail.com Diretor: João Soares de Jesus

Porto Real – Rio de Janeiro

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: José Ronaldo Marques da Silva

Revista Cegonheiro

8

Rua Hilário Ettore, s/n – Bairro: Ettore Cep: 27570-000 – Porto Real/RJ Fone: (24) 3353.4170 E-mail: portoreal@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: José Laércio da Silva

Serra – Espírito Santo Rua Talma Rodrigues Ribeiro, nº 96 Edif. Metropolitano – Sala 04 Cep: 29168-080 – Serra /ES Fone: (27) 3066-2011 E-mail: serra-es@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Jurandy P. de Albuquerque Jr.

Gravataí - Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Ednilson Azevedo Bitencourt

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Cep – 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros.com.br Diretor: Clemente Francisco de Assunção

Sindicatos parceiros: Sintrauto – Goiás Rua Mandaguari, 36 - Bairro: JK Cep: 75709-010 - Catalão/GO Fone: (64) 3411.2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva

Sintraveba - Bahia Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Carlito Alves www.sindicatodoscegonheiros.com.br


Mercado

O pior novembro em sete anos

Foto: Divulgação

Fábricas produziram 2.287.491 unidades, volume 22,3% inferior na comparação com os onze primeiros meses de 2014

Com 195.176 unidades licenciadas, a indústria automobilística registrou o pior novembro desde 2007. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, as vendas recuaram 33,8%. Em relação a outubro, no entanto, houve uma ligeira alta, de 1,6%. Esta foi a terceira vez no ano, que o volume comercializado ficou abaixo da marca dos 200 mil veículos – as outras duas foram registradas em fevereiro e outubro, quando os resultados foram prejudicados pelo Carnaval e por menor número de dias úteis. No acumulado do ano, os emplacamentos somaram 2.341.216 unidades, volume 25,2% inferior ao obtido no mesmo período de 2014, quando foram vendidos 3.127.984 veículos. As vendas de automóveis registraram queda de 22,6% na comparação com o volume comercializado no ano passado. De janeiro a novembro, foram licenciados 1.929.716 veículos contra as 2.491.688 unidades comercializadas há um ano. No segmento de comerciais leves, o recuo foi de 32,4% (329.968 unidades nos Revista Cegonheiro

10

onze primeiros meses de 2015 ante os 487.767 veículos vendidos no mesmo período do ano passado). O pior resultado, no entanto, vem no mercado de caminhões. Em novembro, foram licenciadas 4.735 unidades, o pior resultado mensal em 13 anos. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda é de 61%. No acumulado do ano, o recuo é um pouco menor, de 46,5%. Produção A produção de veículos registrou o pior novembro em 12 anos. Nesse mês, saíram da linha de montagem 176.012 veículos – queda de 14,2% em relação a outubro e de 33,5% na comparação com o mesmo período de 2014. No acumulado do ano, as fábricas produziram 2.287.491 unidades – menos 22,3% que os onze primeiros meses do ano passado, quando foram fabricados 2.942.357. Esse resultado, no entanto, já era esperado. Muitas montadoras aderiram ao programa de proteção ao emprego (Volkswagen e Mercedes-Benz, por exemplo), reduzindo

a sua jornada de trabalho; e outras adotaram férias coletivas. Apesar da queda na produção, os estoques continuam altos. De acordo com a Anfavea (Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores), atualmente existem 322 veículos parados nos pátios das montadoras e das concessionárias (corresponde a 52 dias de vendas). O presidente da entidade, Luiz Moan, afirma que em relação a outubro, houve queda de 18,5 mil unidades, o que equivale a dois dias de vendas. “Mas, o nível ainda é alto”, destacou. Exportações As exportações de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus somaram 36.449 unidades, alta de 40,3% em relação a novembro do ano passado, mas 8,4% menor na comparação com outubro. De janeiro a novembro, os embarques somaram 369.459 veículos , volume 18,9% superior na comparação com o mesmo período de 2014 (foram exportadas 310.781 unidades).


Sindical

Boizinho reúne-se com autoridades

Paschoal, Messias, Jaime, Feijóo, Boizinho e Elias se reuniram na sede do Ministério do Trabalho

Em novembro, o presidente do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho, cumpriu uma agenda de compromissos na capital federal e na cidade de Jarinu (SP). No dia 19 de novembro, acompanhado pelo vice-presidente da entidade, Jaime Ferreira dos Santos, e pelo

Ana Beatriz é a assessora do escritório regional de Brasília

presidente da Cooperceg (Cooperativa de Consumo dos Transportadores Autônomos de Transporte de Veículos) e vice-presidente da Credceg (CoopeRevista Cegonheiro

12

rativa de Crédito dos Transportadores Autônomos de Veículos), Elias Fazan, Boizinho foi até Brasília onde participou de reuniões no Ministério do Trabalho e na ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). No Ministério, o grupo foi recebido por José Lopes Feijóo (secretário nacional do Trabalho), Manoel Messias (secretário de Relações do Trabalho) e Paschoal Carneiro (da diretoria da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB). A pauta da reunião destacou temas como o cenário econômico atual e as perspectivas para o setor de transporte de cargas. Na agência, os três foram recebidos pelo diretor Marcelo Vinaud Prado. Eles falaram sobre o reconhecimento do setor de cegonheiros como uma categoria específica. Para aproveitar a passagem por Brasília, Boizinho, Jaime e Elias ainda visitaram o escritório regional do sindicato e foram recepcionados pela assessora, Ana Beatriz Ayupe Vitoi Sant´Anna.

Outro importante encontro foi realizado no dia 21, quando Boizinho foi um dos convidados especiais da reunião das lideranças do Circuito das Frutas, em Jarinu. O encontro contou com a presença do ministro das Cidades, Gilberto Kassab; e do presidente em exercício do PSD (Partido Social Democrata), Guilherme Campos.

Boizinho e o ministro Kassab no evento de Jarinu


Campinas Fone: (19) 3781 7000

Jaraguá (Matriz) Fone: (11) 3933-6000

Guarulhos Fone: (11) 3500-1300

Santos Fone: (13) 3298 9800 Porto Ferreira Fone: (19) 3589-8855

Limeira Fone: (19) 2114-9393

Loja Virtual autosuecosponline.com.br

Site autosuecosaopaulo.com.br

motor de 13 l de pura potência / i-shift

Cegonha Fone: (11) 3933-6868

responde mais suave ao comando

ABC Fone: (11) 2333-4422

maior altura interna do mercado

Característica de cabine exclusiva do Novo Volvo FH

Volvo Caminhões. Acelerando o futuro

maior visibilidade (25% maior)

Fazer mais e melhor, sempre. Ao reinventar o consagrado FM e FH, a Volvo se superou. Os novos modelos trazem inovações que os tornam ainda mais disponíveis e eficientes, confortáveis e conectados, para mudar o futuro da indústria automotiva e mais uma vez surpreender você. Entre em contato com uma das 8 concessionárias Auto Sueco São Paulo e saiba mais sobre este gigante do transporte.

o melhor volvo de todos os tempos.


Prêmios

Eurocargo, o caminhão internacional do ano

Foto: Divulgação

Com baixo nível de emissões de poluentes e ruídos, o veículo é indicado para centros urbanos

Vinte e cinco jornalistas das principais publicações especializadas em veículos comerciais da Europa elegeram o Eurocargo, da Iveco, como o “Caminhão Internacional do Ano 2016” (International Truck of The Year 2016). O resultado da eleição foi anunciado no dia 17 de novembro, durante a Solutrans, feira bienal de transporte, realizada em Lyon (França). “O Novo Eurocargo é a mais recente geração de um veículo que atingiu a marca de meio milhão de unidades vendidas no mundo e que vem mantendo a liderança no segmento médio europeu por anos”, afirmou o presidente mundial da Iveco, Pierre Lahutte, ao receber o prêmio. O modelo atua no segmento médio e destacou-se na eficiência do transporte rodoviário, com base em critérios como inovação técnica, conforto, segurança, dirigibilidade, economia de combustível, sustentabilidade e custo operacional, entre outros. Saiba mais Único caminhão Euro VI, do segmento médio, a atender aos padrões Revista Cegonheiro

14

de emissões com o sistema Hi-SCR, o Eurocargo é equipado com um filtro de partículas de diesel. Esse item garante que o processo de combustão não seja alterado – funciona com uma entrada de ar fresco, em vez de recirculação dos gases de escape. Os motores Iveco Tector 5 e Tector 7 são otimizados para atender às condições típicas de missões urbanas operacionais, enquanto o novo turbocompressor permite ao veículo responder com rapidez na partida, resultando em até 8% de economia de combustível. É oferecido também numa versão denominada “Super-Eco”, que roda com GNV (Gás Nnatural Veicular), o que garante menor impacto ambiental e vantagens econômicas em relação às versões a diesel. O motor Tector de seis litros, com 280cv, proporciona benefícios significativos em termos de eficiência e emissões. Já compatível com as normas de emissões Euro VI fase C (que será obrigatório a partir de 31 de dezembro de 2016), o caminhão pode trafegar em áreas restritas no centro de cidades, o que garante uma vantagem adicional em

relação aos veículos da concorrência. E tem mais: o Eurocargo, movido a GNV, é extremamente silencioso, o que o torna perfeito para o trabalho urbano noturno. Todos esses fatores deram origem ao slogan “O caminhão de que a cidade gosta”. Quatro prêmios Este é o quarto prêmio do gênero conquistado pela Iveco. Os outros três foram recebidos em 2013 com o Hi-Way, como o “International Truck of Year”; em 2015, com o Daily, quando a montadora faturou o título de “International Van of the Year” e neste ano, com Magelys, da Iveco Bus, que conquistou o “International Coach of the Year”. Na opinião de Lahutte, isso é resultado dos esforços da companhia que investe continuamente em tecnologia e no desenvolvimento de veículos que colaboram para um baixo impacto ambiental. “A Iveco é a única fabricante de caminhões e ônibus que tem em seu portfólio quatro veículos que já ganharam o prêmio”, diz.


Meio Ambiente

Uma parceria que deu certo

Sintrauto e prefeitura de Goiânia estão realizando a poda de árvores nas principais ruas da cidade

O Sintrauto (Sindicato dos Transportadores Rodoviários de Autoveículos do Estado de Goiás) e a prefeitura de Goiânia estão empenhados numa verdadeira força tarefa para podar os galhos de árvores das ruas e avenidas da cidade. De um lado, a prefeitura entra com sua equipe de funcionários e equipamentos; do outro, o sindicato arca com custos de combustível e eventuais consertos dos veículos. A poda de árvores era uma solicitação dos motoristas cegonheiros de transportadoras como a Brazul, Transzero, Sada, Autoport, Transmoreno, Transilva e Gabardo, que encontravam muita dificuldade para circular pela capital goiana. Apontada como a cidade mais arborizada do país, era comum os motoristas terem de se desviar dos galhos para não da-

Poda é realizada nos finais de semana e feriados

nificar e riscar a carga, o que aumentava o risco de acidentes. Para não prejudicar o tráfego de veículos e provocar congestionamentos, a poda é realizada apenas nos fiRevista Cegonheiro

16

nais de semana e feriados, com apoio do Departamento de Trânsito de Goiânia e da Celg (Centrais Elétricas de Goiás). O primeiro encarrega-se de, em caso de necessidade, interditar o local para garantir a segurança dos cidadãos; enquanto o outro dá suporte em caso de rompimento de fios e ca-

Celso (camiseta preta) e Luiz Gonzaga com funcionários da prefeitura

bos elétricos. Até agora, a poda já foi realizada nas avenidas Independência, Castelo Branco, Couto Magalhães e Perimetral, entre outras. Não há previsão de data para a conclusão dos trabalhos. Toda a madeira recolhida vai a leilão. Trabalho minucioso Antes de realizar o corte dos galhos, é necessário obter autorizações do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) e do departamento de Parques e Jardins da prefeitura de Goiânia. Além disso, biólogos avaliam as árvores e determinam como deve ser feito o corte para que elas não sejam prejudicadas. A equipe da prefeitura que trabalha na poda é formada por Valdir

Biólogos definem como deve ser feito o corte dos galhos

(gerente), Ismael (supervisor), Edilson (chefe geral), Ricardo (biólogo), Sílvio, Paulo Sérgio e Edmilson (encarregados), Rafael, Edmilson de Sá, Mário, João Conceição, João Batista, José Frutuoso, Alessandro, Mariano, Carlos, Jeferson, Jorigler, Marcos, Maurício, Mauro, Paulo Alves, Paulo Cardoso e Vítor (servidores). Você sabia que ... ... a cidade de Goiânia é a primeira entre as cidades acima de um milhão de habitantes no Brasil com mais árvores? E a segunda mais arborizada do mundo? Segundo dados do Censo 2010, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o município tem 89,5% de arborização e fica à frente de Campinas, Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba.

Goiânia é a cidade mais arborizada do país

Em termos mundiais, só perde para Edmonton, no Canadá, que chegou à marca de concentração de 100 metros quadrados de árvores por habitante. Por esse motivo, Goiânia detém o título de Capital Verde do Brasil.


Gente

Em busca de “Se você tem um sonho, corra atrás dele. Nunca desista. Persista. Muitos te chamarão de louco ou até dirão que jamais irá realizá-lo. Mas, se você tem Deus no coração e coragem para seguir sempre em frente, com certeza, vai vencer.” Quem dá essa pequena lição de vida é a cegonheira Josiane Coelho de Andrade, que há quatro anos percorre as estradas brasileiras. Essa capixaba de 28 anos encarou muitos desafios para realizar o sonho de dirigir um caminhão cegonha. Vinda de uma família humilde, começou trabalhar aos 13 anos numa loja de roupas. Antes de ser motorista, ainda foi caixa de supermercado, promotora de vendas, moto girl e vistoriadora de uma empresa de seguros. “Foi nessa época que entrei pela primeira vez num caminhão. Confesso que fiquei encantada. Senti algo diferente que não sei explicar exatamente o que era”, relembra. Enquanto vistoriava os caminhões, Josiane teve contato com os motoristas e, aos poucos, foi conhecendo um mundo novo. No início, o que mais a impressionou foi a mini-cozinha que havia em alguns caminhões. “Como é possível cozinhar na estrada?”, pensava. E se encantava com a criatividade e habilidade dos colegas. Foi, então, que decidiu: quero ser caminhoneira. Josiane ouviu três não antes de realizar o sonho de ser cegonheira

Josiane sempre conta com o apoio dos pais e das irmãs

Revista Cegonheiro

18

Para atingir esse objetivo, no entanto, era necessário trocar a categoria na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). “A mudança levaria um ano e, pensei comigo mesma: durante esse período vou trabalhar na empresa de ônibus urbano de Vitória. Mas só me deram o emprego de cobradora - que não aceitei”, conta. Entre a frustação e a desmotivação, arrumou o emprego de entregadora de marmitas de um restaurante. Entre os compradores, estavam os amigos caminhoneiros. “Descobri, então, o caminhão cegonha e me apaixonei. E, assim, nasceu a vontade de trabalhar nesse setor. Juntei dinheiro e troquei novamente

a categoria da minha CNH e passei a “E”, diz. Três “não” Antes de assumir o volante e pegar a estrada, Josiane ouviu três “não”. “O primeiro foi quando descobriram que eu era mulher. Apesar de estar contratada, não me deram a vaga”, conta. “A outra foi quando duvidaram da minha capacidade. Apesar de ter sido aprovada em todos os testes, acharam que eu não era qualificada. Na terceira, até fizeram uma proposta para que eu ficasse durante seis meses no pátio da transportadora para manobrar as


um sonho Nas férias escolares, Gabriel acompanha a mãe em algumas viagens

carretas”, completa. Josiane, no entanto, garante que já tinha experiência – apenas não tinha o registro na carteira de trabalho. Ela afirma que viajara com um amigo e aprendera a subir os carros, amarrá-los e dirigi-los. Um anjo chamado José Em suas andanças, conheceu o cegonheiro José Sikorski que ela define como “um senhor de poucas palavras, porém muito observador. Acho que ele ficava com pena de mim. Afinal, não era fácil me impor e mostrar minha capacidade”, afirma. Ao contrário da maioria, ele apostava na capacidade de Josiane e a indicou para uma transportadora do Rio Grande do Sul. “O Ângelo, proprietário da empresa, ligou para o José e perguntou

se ele poderia indicar um bom motorista. A resposta foi que conhecia um melhor que ele, mas que era uma mulher. Fiquei emocionada. Afinal, ele trabalhava no setor há mais de 25 anos”, conta. Finalmente, Josiane realizou o sonho de ser cegonheira. E conta que quando chegou em São Paulo para conhecer o novo patrão e fazer sua primeira viagem, ele ainda perguntou se ela era realmente motorista. Ao relembrar a primeira viagem, ela conta que chorou como uma criança. “Era tanta felicidade que não cabia no meu coração. Sentia um misto de gratidão, alegria ... Finalmente, consegui!” A vida na estrada, no entanto, não é nada fácil. Josiane admite que a saudade bate forte: dos pais José e Edília,

Curtindo um rápido descanso na Argentina

Ela sempre cuida do visual, mas não tem medo de sujar as mãos

das irmãs Josedília e Josimara, do filho Gabriel e dos amigos. “Sei que minha família gostaria que eu tivesse feito o curso de administração ou que exercesse uma profissão “normal”, mas nem por isso deixam de me apoiar e incentivar”, diz. “Sei que não estou presente em algumas datas importantes, mas eles estão sempre em meus pensamentos”, completa. 19

Revista Cegonheiro


Comportamento

Cai exploração sexual de

Pesquisa revela que exploração sexual de crianças e adolescentes caiu 24% nos últimos 10 anos

A terceira edição da pesquisa “O perfil do caminhoneiro no Brasil” traz uma boa notícia: em 10 anos, o número de caminhoneiros que pagaram para ter relações sexuais com crianças e adolescentes registrou queda de 24%. Em 2005, 63,2% dos motoristas negaram qualquer envolvimento com a exploração sexual de crianças e adolescentes. Em 2010, esse índice subiu para 82,1% e atualmente é de 87,3%. O estudo foi elaborado pela Childhood Brasil, braço nacional da World Childhood Foundation, organização criada em 1999, pela rainha Silvia, da Suécia, para defender os direitos da infância e promover meRevista Cegonheiro

20

lhores condições de vida para crianças em situação de vulnerabilidade em todo o mundo. Ainda de acordo com o estudo, os caminhoneiros afirmam que o Nordeste é a região onde há mais exploração de menores (79,2%). Na sequência, estão as regiões Norte (34,6%), Sudeste (10,2%), Sul (6,3%) e Centro-Oeste (5,8%). A pesquisa Segundo a Childhood Brasil, foram ouvidos 680 motoristas, todos homens, nos estados de Sergipe, Rio Grande do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo.

Desde 2010, a pesquisa também é realizada com caminhoneiros de empresas que participam do programa “Na mão certa” (uma iniciativa da Childhood Brasil que mobiliza governos, empresas e organizações do terceiro setor em torno do enfrentamento mais eficaz da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras). De acordo com o levantamento, o principal motivo para não sair com menores de idade foi saber que é errado ou ser contra, com 25,4% das citações. O segundo foi respeito à criança (24,9%) e o terceiro, não ter desejo sexual (21,9%).


crianças e adolescentes

Pesquisa mostra que motoristas querem banheiros limpos nos pontos de parada e descanso.

Vida na estrada A pesquisa traçou um perfil mais detalhado do caminhoneiro. Quando questionados sobre o que preferem fazer quando estão parados, esperando por carga ou descansando, a maioria (73%) respondeu que prefere dormir. Outras citações foram: conversar com os amigos (70,1%), assistir a televisão (44,6%), navegar na internet (32,2%), fazer sexo (26,8%) e beber (20,7%). Já no que se refere ao que deveria haver nos pontos de parada e descanso, o item mais pedido pelos caminhoneiros é banheiro limpo (83,9%), seguido por comida barata (56,8%), comida boa (56,2%), sala de tevê (45,1%), atendimento médico/dentário (42,8%), bons quartos para dormir (32,2%), sala de jogos (34,2%), internet (31,9%) e local para atividade física (30,9%).

Disque 100 Se você presenciar um caso de exploração sexual de crianças e adolescentes, não perca tempo: disque 100. Esse é o principal canal de comunicação da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos. O serviço é ininterrupto e você não paga nada. Também podem ser relatadas denúncias de violação dos direitos de pessoas idosas, com deficiência, população em situação de rua e LGBT, entre outros.

Nordeste é a região onde há mais exploração de menores

21

Revista Cegonheiro


Finanças

Saiu o calendário do IPVA foto: Dênio Simões/Agência Brasília

IPVA será, em média, 3,3% mais barato para os cidadãos paulistanos

O pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) em São Paulo começa no dia 11 de janeiro. De acordo com a tabela de valores venais, divulgada pela Secretaria da Fazenda no Diário Oficial do Estado, no dia 28 de novembro, os preços de vendas no varejo caíram, em média, 3,3%. Os dados foram apurados pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) que realizou a pesquisa referente a 11.055 diferentes marcas, modelos e versões de veículos. Os proprietários de veículos movidos a gasolina e os bicombustíveis recolherão 4% sobre o valor venal. Veículos que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, têm alíquota de 3%. As picapes cabine dupla pagam 4%, enquanto os utilitários (cabine simples), ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos e similares recolhem 2%. Os caminhões pagam 1,5%. A tabela completa do IPVA 2016 pode ser consultada no site www.imprensaoficial.com.br. Calendário de pagamento Em janeiro, os contribuintes poRevista Cegonheiro

22

dem pagar o imposto em cota única, com desconto de 3%, ou parcelar o tributo em três vezes (nos meses de janeiro, fevereiro e março), de acordo com o final da placa do veículo. Também é possível quitar o imposto em fevereiro, sem desconto. O prêmio do seguro obrigatório DPVAT deve ser recolhido de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou juntamente com a cota única. No caso de parcelamento em três vezes, o que somente é permitido para motos e similares, vans, ônibus e micro-ônibus, as parcelas devem ser recolhidas de acordo com o calendário de vencimento do IPVA. Para pagar o imposto, o cidadão deve ir até uma agência bancária credenciada, com o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) e efetuar o recolhimento ( isso pode ser feito no guichê de caixa; nos terminais de autoatendimento; pela internet ou por débito agendado). A Secretaria da Fazenda enviará cerca de 18 milhões de avisos de vencimento aos proprietários de veículos registrados no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de São Paulo. Quem não receber o comuni-

cado, deve acessar o site da secretaria (www.ipva.fazenda.sp.gov.br) para obter informações sobre o imposto. Multa O aviso é apenas um lembrete, não é boleto nem guia de pagamento. A quitação do imposto deverá ser feita de acordo com a placa do veículo. O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa é fixado em 20% do valor do imposto. Se mesmo assim, o imposto não for pago, a multa passará a 100% do valor do imposto, além da inclusão do nome do proprietário no Cadin Estadual. Nesse caso, o cidadão será impedido de aproveitar eventual crédito que possua por solicitar a Nota Fiscal Paulista. Além disso, a Procuradoria Geral do Estado poderá vir a cobrá-lo mediante protesto. E tem mais: o não pagamento do IPVA, impede a quitação do licenciamento. Nesse caso, o veículo poderá vir a ser apreendido, com multa aplicada pela autoridade de trânsito e sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).


Calendário de vencimento do IPVA 2016

Calendário de vencimento do IPVA 2016 Automóveis, Caminhonetes, Ônibus, Micro-ônibus, Motos e similares Mês Janeiro Fevereiro Março 1ª Parcela ou 2ª Parcela ou Parcela Cota Única Com Cota Única Sem 3ª Parcela Desconto Desconto Dia do Dia do Placa Dia do Vencimento Vencimento Vencimento 11/1 11/2 11/3 Final 1 12/1 12/2 14/3 Final 2 13/1 15/2 15/3 Final 3 14/1 16/2 16/3 Final 4 15/1 17/2 17/3 Final 5 18/1 18/2 18/3 Final 6 19/1 19/2 21/3 Final 7 20/1 22/2 22/3 Final 8 21/1 23/2 23/3 Final 9 22/1 24/2 24/3 Final 0

Caminhões e Caminhões-trator Mês Janeiro Março Abril Cota Única Cota Parcela Com 1ª Parcela Única Sem Desconto Desconto Dia do Dia do Placa Abril Vencimento Vencimento 11/1 11/3 Final 1 12/1 14/3 Final 2 13/1 15/3 Final 3 14/1 16/3 Final 4 15/1 17/3 Final 5 15/4 18/1 18/3 Final 6 19/1 21/3 Final 7 20/1 22/3 Final 8 21/1 23/3 Final 9 22/1 24/3 Final 0

Junho

Setembro

2ª Parcela

3ª Parcela

Junho

Setembro

15/6

15/9

Fonte: Secretaria da Fazenda 23

Revista Cegonheiro


Novidade

Agrale apresenta a linha LX foto: Julio Soares

Caminhões contam com diversos itens de série que garantem conforto e segurança ao motorista

A Agrale lançou a linha LX de caminhões leves e médios, composta pelos modelos – 8700 LX, 10000 LX e 14000 LX. Equipados com motor Cummins ISF 3.8 e MWM International MAXXFORCE 4.8, os veículos têm PBT (Peso bruto Total) entre 8.700 quilos e 14 mil quilos, utilizam o sistema SCR (Selective Catalitic Reduction) com a injeção em catalisador do ARLA 32 (Agente Redutor Líquido de NOx Automotivo). De série, são equipados com sistema de ar-condicionado, vidros e retrovisores com comandos elétricos, rádio AM/FM com entrada USB, alto-falantes, calotas de rodas, computador de bordo no cluster, piloto automático, acelerador manual para implementos – PTO e cintos de segurança retráteis (exceto o central). Contam também com volante ajustável em altura e inclinação, kit calibração e limpeza, conversor 24V/12V, defletores de ar (colunas dianteiras), calha de chuva, película nos vidros, antena, suporte para celular, capa das porcas de roda, barra estabilizadora dianteira e traseira, tacógrafo digital, rede porta-objetos (atrás dos bancos), Revista Cegonheiro

24

porta-objetos nas portas e no painel, basculamento hidráulico da cabine, lanternas de LED, tampa do tanque ARLA 32 com chave, espelho de rampa, alarme e tapa-sol (boné). Para facilitar a vida do motorista, o painel de instrumentos, que incorpora computador de bordo, traz informações como consumo instantâneo, médio e por 100 km, autonomia e quantidade de combustível restante no tanque, além de luzes de aviso e de acompanhamento de diversos sistemas do veículo. Aplicações O modelo 8700 é indicado para coleta e distribuição de cargas urbanas e pode também ser utilizado em percursos rodoviários. O propulsor é o Cummins ISF 3.8, que gera 162 cv de potência (2.600 rpm) e 600 Nm de torque (1.300-1.700 rpm) e o câmbio é o mecânico Eaton FSO 4505C, de cinco marchas. Está disponível em duas opções de entre-eixos, de 3.500 mm e 4.200 mm, e é capaz de transportar 5.290 quilos e 5.170 quilos, respectivamente, de carga útil + carroceria.

Já o Agrale 10000 LX é oferecido com duas opções de motorização: motor MWM MaxxForce 4.8, com 165 cv de potência (2.200 rpm) e 600 Nm de torque (1.200 a 1.600 rpm) e motor Cummins ISF 3.8 de 162 cv de potência (2.600 rpm) e 600 Nm de torque (1.300 a 1.700 rpm). Indicado para as mais diversas aplicações, como em zonas urbanas e intermunicipais, é equipado com câmbio Eaton FSO 4505C e freio “S Cam” com acionamento pneumático. O proprietário pode optar por entre-eixos de 3.750 mm ou 4.350 mm. O primeiro tem capacidade de carga de 6.200 quilos, e o outro, 6.260 quilos (carga + carroceria). Com motorização MWM Maxx Force 4.8 de 190 cv (2.200 rpm) e 720 Nm de torque (1.200-1.600 rpm), o Agrale 14000 tem câmbio mecânico Eaton de seis marchas do modelo FS 5406A, freio de serviço “S Cam” pneumático. Também é oferecido em duas opções de entre-eixos, com 3.560 mm e 4.800 mm, com capacidade de carga de 8.860 quilos e 8.710 quilos(carga + carroceria), respectivamente.


Legislação

Exame toxicológico obrigatório Foto: Josué Goge

Objetivo é identificar se o motorista consumiu substâncias psicoativas como maconha, cocaína, anfetaminas e opiáceos

A partir do dia 2 de março de 2016, os motoristas profissionais que atuam no transporte de passageiros e de cargas deverão submeter-se a exames toxicológicos no momento de sua contratação ou desligamento da empresa. A exigência faz parte de uma portaria publicada no Diário Oficial da União, no dia 16 de novembro. A portaria não afeta os motoristas autônomos – a regulamentação para esse grupo será feita por meio de uma resolução do Contran (Conselho Nacional do Trânsito), que está sendo tratada pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). O objetivo é identificar se o motorista consumiu substâncias psicoativas como maconha, cocaína, anfetaminas e opiáceos. A janela de detecção é de 90 dias e as análises só poderão ser feitas em laboratórios autorizados. O laudo deverá trazer um relatório detalhado com a relação das substâncias testadas e seus respectivos resultados.

Sigilo absoluto Se desejar, o profissional terá direito ao exame de contraprova. “Como alguns medicamentos que dão resultado positivo podem ser usados de forma legal e indicados por meio de receita médica, cabe ao médico revisor verificar se o uso, por parte do trabalhador, está dentro de parâmetros legais”, explica o diretor do Departamento de Saúde e Segurança no Trabalho, Rinaldo Marinho. O resultado do exame é sigiloso. O motorista tem assegurado que a avaliação não será incluída no PCMSO (Programa de Controle Médico da Saúde Ocupacional) da empresa nem vai constar de atestados médicos. Os exames têm validade de 60 dias, a partir da data da coleta da amostra. O relatório médico deverá ser entregue pelo motorista ao empregador, em até 15 dias, concluindo se houve, ou não, uso indevido de substância psicoativa, mas sem indicação de níveis ou do tipo de substância. O custo dos exames, de acordo

com a portaria, é de responsabilidade das empresas. “Cabe à empresa pagar pelos exames envolvidos na contratação e no desligamento”, alerta Marinho. Vale lembrar que existe uma resolução do Contran prevendo a obrigatoriedade dos testes, a partir de janeiro do próximo ano, na renovação ou mudança na categoria da carteira de habilitação C, D e E. Acidentes fatais Os motoristas de caminhão são os que mais sofrem acidentes fatais de trabalho, por causa de situações como excesso de jornada e uso indiscriminado de drogas lícitas e ilícitas. “Essa é a ocupação com o maior número de mortes em acidentes de trabalho. São 15% dos óbitos. Em 2014, o número de motoristas de caminhão que perderam a vida no exercício profissional chegou a 399, das 2.660 mortes registradas pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), entre todas as ocupações”, alerta Marinho. 25

Revista Cegonheiro


Atendimento

Volvo em Palmas

Concessionária tem amplo pátio para estacionamento de caminhões e ônibus, vestiários e cozinha

Os motoristas de caminhões Volvo ganharam uma concessionária na cidade de Palmas (TO). O Grupo Suécia, inaugurou em novembro, uma revenda para atender aos clientes que circulam pela capital do Tocantins e caminhoneiros vindos do estado do Mato Grosso com destino à região nordeste do país. Instalada num ponto estratégico, a unidade fica junto à BR- 153, uma das principais rodovias brasileiras, e está ligada a estradas estaduais. Sétima concessionária do Grupo Suécia, a revenda conta com moderna e ampla estrutura para atender aos motoristas de caminhões e ônibus da marca. O diretor executivo do grupo, Norton Oliveira, afirma que “a casa é mais um grande apoio para os nossos clientes, pois sua localização é essencial para a operação logística de muitos transportadores”. Instalada num terreno de 14,4 mil Revista Cegonheiro

26

Onze boxes de serviços garantem atendimento rápido e eficiente

m² e com uma área construída de 2,2 mil m², a concessionária tem 11 boxes, dos quais três são destinados ao Pit Stop, um novo conceito Volvo de serviços rápidos de troca de lubrificantes em até 50 minutos. “Queremos melhorar ainda mais o pós-venda e o atendimento aos transportadores brasileiros”, diz o diretor de desenvolvimento de concessionárias do Grupo Volvo América Latina, Carlos Pacheco. “E o Pit Stop faz parte dessa estratégia, pois é um boxe especial que atende com exclusividade e rapidez, aumentando, assim, a disponibilidade dos veículos”, complementa o gerente de desenvolvimento de concessionárias Volvo, Evalner Sidney. Para atender aos clientes da marca, a concessionária tem uma ampla área interna e externa para recebimento dos motoristas, pátio para estacionamento de caminhões e ônibus, show room, vestiários, cozinha e outros espaços

para garantir conforto e segurança aos transportadores que vão fazer desde trocas rápidas de óleo e revisões rotineiras, até compras de peças e serviços mais complexos. Segundo o Grupo Suécia, a decisão de instalar uma unidade em Palmas deve-se à importância econômica e estratégica do município. A cidade foi apontada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) como a capital brasileira com maior taxa de crescimento geométrico. “O transporte rodoviário é fundamental para sustentar esse crescimento”, destaca o diretor executivo. Com população de cerca de 270 mil habitantes, Palmas foi fundada em 1989 e tem sua economia baseada no comércio e serviços. As outras unidades do Grupo Suécia estão instaladas nas cidades de Goiânia, Itumbiara e Rio Verde (GO), Araguaína (TO), Uberlândia (MG) e Brasília (DF).


Serviço

Sem perder prazos Agora os cidadãos paulistanos não vão mais perder o prazo de licenciamento de veículos. O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) criou um aplicativo que envia mensagens para o usuário que não tiver feito o licenciamento. A primeira é enviada no início do mês em que o licenciamento é obrigatório. Outro alerta é enviado na metade do mês, caso o proprietário do veículo ainda não tenha regularizado a documentação. Veja como funciona: os proprietários de veículos de passeio com placas de final 0 e caminhões cujas placas terminem em 9 ou 0, devem realizar, em dezembro, o licenciamento obrigatório do exercício 2015. Esses proprietários receberão, no início e no meio do mês, um alerta sobre a necessidade de regularizarem a documentação até o fim de novembro, para que possam continuar circulando com os seus veículos. Assim não tem como esquecer, não é mesmo? Para receber as mensagens, basta baixar o aplicativo “Detran.SP” nas lojas virtuais Google Play ou Apple. Mais de 635 mil pessoas já fizeram o download do app, disponível para celulares e tablets com sistemas Android ou iOS. Em setembro deste ano, mais de 1,5 milhão de serviços foram realizados por meio dessa ferramenta. Para receber as notificações push, que são mensagens enviadas por aplicativos ao seu dispositivo móvel, o usuário deve habilitar a opção de recebimento desse tipo de alerta em seu celular ou tablet. Como fazer o licenciamento O serviço pode ser feito de forma eletrônica via sistema bancário; com entrega do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) pelos Correios; ou, presencialmente, nos postos do Detran-SP e do Poupatempo. No estado de São Paulo, o licenciamento obrigatório anual de veículos de passeio é realizado entre abril

Mais de 65 mil pessoas já baixaram o aplicativo do Detran-SP

e dezembro, de acordo com o final da placa. Já os veículos de carga, como caminhões, devem ser licenciados entre setembro e dezembro. A taxa de licenciamento para o exercício 2015 é de R$ 72,25 e pode ser paga pela internet, caixas eletrônicos ou nas agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, BMB, HSBC, Safra e Citibank).

Usuários recebem mensagem para lembrá-lo do prazo de licenciamento

Ao realizar o licenciamento, é preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório (DPVAT) e multas. Na hora do pagamento, basta fornecer

o número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores). Quem optar pela entrega via Correios precisa fazer o licenciamento com antecedência, para receber o documento até o fim do mês. A postagem custa R$ 11. É imprescindível que o endereço esteja atualizado junto ao Detran-SP, ou não será possível fazer a entrega. Nesse caso, o cidadão terá de retirar o documento numa unidade de atendimento. Após a emissão do CRLV, o prazo médio de entrega dos Correios é de até sete dias úteis. O passo a passo completo do serviço está disponível na área de “Veículos” do portal Detran-SP (www.detran.sp.gov.br) ou diretamente no link http://scup.it/a88s. Multa De acordo com o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista que conduzir veículo com licenciamento em atraso comete uma infração gravíssima e recebe multa de R$ 191,54, e sete pontos na carteira de habilitação. Além disso, tem o veículo apreendido e retido. Já conduzir sem portar o documento, mesmo que o licenciamento esteja em dia, é infração leve, segundo o artigo 232 do CTB, com multa de R$ 53,20, três pontos na carteira e retenção do veículo até que o CRLV seja apresentado. 27

Revista Cegonheiro


Infraestrutura

Nova ponte sobre o rio Paraíba do Sul

Com 220 metros e acessos que totalizam 1,3 quilômetro, a ponte liga Porto Real e Quatis

Foi inaugurada, no dia 11 de novembro, a ponte Francisco Fonseca, que interliga os municípios de Quatis e Porto Real, na região do Médio Paraíba (RJ), no sul fluminense. A obra, que teve investimentos de R$ 18,5 milhões, facilita o acesso à rodovia Presidente Dutra. “Esta ponte era necessária para melhorar a circulação de veículos entre os municípios do Médio Paraíba. Estou muito feliz por entregá-la e quero ajudar Quatis a ter seu distrito industrial. Podemos mostrar e oferecer áreas da cidade às empresas que estão vindo ao estado à procura de locais para se instalar e gerar emprego e renda” afirmou o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. A cerimônia contou com a presença de diversas autoridades locais, como o prefeito de Quatis, Raimundo Souza, mais conhecido como Bruno, Revista Cegonheiro

28

o deputado estadual Rosenverg Reis e o vereador Carlos Santa Rita. O Sindicato Nacional dos Cegonheiros foi representado pelo diretor executivo efetivo Gilmar Donizette da Silva, o Mexicano; e pelo diretor da regional de São José dos Campos, Edmilson Azevedo Bitencourt, o Zoio. Com 220 metros e acessos que totalizam 1,3 quilômetro, a ponte é uma opção de ligação entre as cidades de Porto Real e Quatis. Nessa cidade, o sindicato contará com um terreno a ser doado pela prefeitura e que servirá de estacionamento para caminhões cegonha. De acordo, com a assessoria do governo do Rio de Janeiro,

cerca de 30 empregos diretos foram gerados na região durante a execução das obras. Na etapa final, os técnicos do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) aterraram 400 metros de extensão na margem esquerda da ponte, ainda em Quatis, e pavimentaram a Rua José dos Santos, que faz a ligação da passagem com o centro de Porto Real.

Carlos Santa Rita, Rosenverg Reis, Pezão, Mexicano e Zoio


Saúde

Foto: Ingra Araujo

Xô, mosquito!

Foto: Bryan Reynolds

É necessário eliminar os focos de acúmulo de água, locais propícios à criação do mosquito Aedes aegypti

As suspeitas confirmaram-se. O Ministério da Saúde divulgou ter comprovado a relação entre o vírus Zika e o surto de microcefalia na região Nordeste. A confirmação está baseada numa análise do Instituto Evandro Chagas, órgão do ministério em Belém (PA), que identificou a presença do vírus Zika em amostras de sangue e tecidos num bebê nascido no Ceará. Esse bebê acabou morrendo devido à microcefalia e outras má-formações congênitas. Até o dia 28 de novembro, foram notificados 1.248 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 311 municípios de 14 estados. Pernambuco registra o maior número de casos (646); em seguida estão Paraíba (248), Rio Grande do Norte (79), Sergipe (77), Alagoas (59), Bahia (37), Piauí (36), Ceará (25), Rio de Janeiro (13), Tocantins (12) Maranhão (12), Goiás (2), Mato Grosso do Sul (1) e Distrito Federal (1). Foram registrados sete óbitos. De acordo com comunicado divulgado pelo governo, essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. A nota afirma que “as investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer questões como

Período de maior vulnerabilidade são os primeiros três meses de gravidez

a transmissão do agente, a atuação no organismo humano e a infecção do feto”. De acordo com as análises iniciais, o período de maior vulnerabilidade para a gestante e o bebê são os primeiros três meses de gravidez. O vírus Zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo responsável pela disseminação da dengue e da chikungunya. Por isso, é necessário que toda a população intensifique os cuidados para evitar a sua proliferação. Faça a sua parte e elimine os focos de acúmulo de água, locais propícios à criação do mosquito transmissor da doença. Não acumule água em latas, embalagens, pneus velhos e vasos de plantas; cubra sempre as caixas d’água e cisternas. Lembre-se: o mosquito da dengue mata e, por isso, não pode nascer. De acordo com o Ministério da Saúde, 199 municípios brasileiros estão em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika. Recomendações Para as gestantes, o Ministério da Saúde reforça cuidados básicos como manter as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico,

evitar bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de drogas, não utilizar medicamentos sem orientação médica e evitar contato com pessoas com febre ou infecções. É importante também adotarem-se medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doenças, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição a mosquitos, mantendo-se portas e janelas fechadas ou teladas; usando-se calça comprida e camisa de manga comprida; e utilizando-se repelentes permitidos para gestantes. O que é microcefalia Trata-se de uma má-formação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Na atual situação, a investigação da causa é que tem preocupado as autoridades de saúde. No caso, os bebês nascem com perímetro cefálico menor que o normal, que habitualmente é superior a 33 centímetros. Essa condição neurológica congênita pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens - substâncias químicas, agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação. 29

Revista Cegonheiro


Tecnologia

Foto: Divulgação

Scania lança caminhão híbrido Caminhão híbrido pode reduzir em até 92% o nível de emissões de gás carbônico

Com a promessa de economizar até 18% de combustível, a Scania apresentou, no início de outubro, o caminhão P320, que pode operar com biodiesel ou eletricidade. De acordo com o responsável por combustíveis alternativos e trens de força da Scania Trucks, Magnus Högulund, o primeiro veículo do mercado para aplicação urbana que atende aos padrões Euro 6, “é capaz de alternar entre uma condução silenciosa e livre de emissões ou com emissões muito baixas de CO2, mesmo com grande capacidade de carga”. O primeiro híbrido será entregue em 2016 e pode ser encomendado com cabines P ou G . O motor básico é o Scania de 9 litros com cinco cilindros em linha de 320 cavalos. O propulsor funciona 100% a biodiesel, como o HVO (óleo vegetal hidrotratado) ou FAME e atende aos requisitos do Euro 6. O executivo acredita que os caminhões hibridizados serão cada vez mais comuns nos centros urbanos e terão sua aplicação na distribuição, na coleta de lixo ou em outros serviRevista Cegonheiro

30

ços. Ele aponta a direção silenciosa e a redução do consumo de combustível como os principais fatores para garantir mais rentabilidade ao cliente. “Operar à noite, com as ruas vazias, pode significar maior produtividade e precisão nas entregas, por exemplo”, explica Höglund. Menos poluição Segundo a montadora sueca, o caminhão híbrido pode reduzir em até 92% o nível de emissões de CO2 (gás carbônico). Ao mesmo tempo, pode atender às normas de poluição sonora locais ou nacionais. Uma delas é a iniciativa European Quiet Truck/ PIEK Light, que está sendo implantada em um número crescente de cidades e países, e estipula um nível de ruído máximo de 72 decibéis ao dirigir em áreas de silêncio obrigatório. “Atualmente, existem 28 megacidades no mundo com mais de 10 milhões de habitantes”, afirma Höglund. “Pesquisadores e tomadores de decisão em todo o mundo buscam equacionar o dilema de distribuir bens e remover o lixo com o mínimo de im-

pacto sobre as pessoas e o meio ambiente. Sem dúvida, caminhões têm lugar nesse futuro.” Mais econômico Quando comparado ao motor a diesel convencional, o caminhão híbrido é 18% mais econômico. O motor elétrico e a ampla reserva de potência são indicados para os estágios críticos finais de uma rota, como por exemplo, ao dirigir numa área urbana de silêncio obrigatório ou em ambiente fechado, livre de emissões. Além disso, o reaproveitamento da potência de frenagem compõe dois terços da economia de combustível que a hibridização oferece. Outras contribuições ocorrem com o desligamento do motor em baixas velocidades e o uso eficiente do sistema elétrico auxiliar. O caminhão pode ser conduzido somente em modo elétrico a uma velocidade de até 45km/h, com o motor a combustão desligado ou em ponto morto a fim de acionar os sistemas auxiliares, como o compressor do freio.


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem a disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retiradade Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Pátio de estacionamento - Rua: Servidão Particular, 114 - Bairro Batistini Licenças Federal e Estaduais

(11) 4347-8468

Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia

(71) 3622-6500

Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul

(51) 3431-4848

São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo

(41) 3385-8245

São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

(12) 3906-0807

Tocantins (Licença Estadual)

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

Minas Gerais (Licença Estadual)

São Paulo (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Santa Catarina (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Bahia (Licença Estadual) Goiás (Licença Estadual)

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

Pernambuco (licença estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2015 Final de Placa

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

- Cópia legível do documento do cavalo e carretas (todas as carretas que for acoplar na licença) - Cópia legível da licença federal (Dnit) - Contrato social da empresa (xerox autenticada) - CNH do proprietário ou de um dos sócios da empresa (xerox autenticada) - comprovante de endereço – pessoa física (xerox autenticada)

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

31

Revista Cegonheiro


Restrições de Tráfego

para carretas cegonhas em

2015

Com o intuito de promover a fluidez de trânsito em grandes feriados e datas festivas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) edita anualmente um calendário nacional de restrição a veículos de grande porte, limitando em determinados dias e horários o trânsito de Combinações de Veículos de Carga e demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET). Tais restrições são válidas apenas em rodovias federais de pista simples. Confira abaixo os dias e horários das restrições.

Restrição de Trânsito em todas as Unidades da Federação OPERAÇÃO

DIA DA RESTRIÇÃO

HORÁRIO DA RESTRIÇÃO

13/02/2015 (sexta-feira) 16:00DA àsRESTRIÇÃO 24:00 DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO 14/02/2015 (sábado) 06:00DA às RESTRIÇÃO 12:00 DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO 13/02/2015 (terça-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 24:00 24:00 17/02/2015 16:00 DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO DA RESTRIÇÃO 14/02/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 18/02/2015 06:00 13/02/2015(quarta-feira) (sexta-feira) 16:00às às12:00 24:00 17/02/2015 (terça-feira) 16:00 às 24:00 02/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 14/02/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 13/02/2015(quarta-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 12:00 24:00 CARNAVAL 18/02/2015 06:00 SEMANA SANTA 03/04/2015 (sexta-feira) 06:00 17/02/2015 (terça-feira) 16:00às às12:00 24:00 14/02/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 02/04/2015 16:00 às 24:00 05/04/2015(quinta-feira) (domingo) 16:00 às 24:00 CARNAVAL 18/02/2015 (quarta-feira) 06:00 às 12:00 17/02/2015 (sexta-feira) (terça-feira) 16:00 às às 12:00 24:00 SEMANA SANTA 03/04/2015 06:00 30/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 02/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 DIA DO TRABALHO 18/02/2015 (quarta-feira) 06:00 às às 24:00 12:00 05/04/2015 (domingo) 16:00 01/05/2015 (sexta-feira) 06:00 SEMANA SANTA 03/04/2015 (sexta-feira) 06:00às às12:00 12:00 02/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 30/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 03/05/2015 (domingo) 16:00 às 24:00 05/04/2015 (domingo) 16:00 às 24:00 DIA DO TRABALHO SEMANA SANTA 03/04/2015 (sexta-feira) (sexta-feira) 06:00 às às 12:00 12:00 01/05/2015 06:00 06:00 às 12:00 04/06/2015 (quinta-feira) 30/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 05/04/2015 (domingo) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 CORPUS CHRISTI DIA DO TRABALHO 03/05/2015 16:00 07/06/2015 (domingo) 16:00 01/05/2015 (sexta-feira) 06:00às às24:00 12:00 30/04/2015 (quinta-feira) 16:00 às 24:00 06:00 às 12:00 04/06/2015 (quinta-feira) 04/09/2015 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 DIA DO TRABALHO 03/05/2015 (domingo) 16:00 às 24:00 CORPUS CHRISTI 01/05/2015 (sexta-feira) 06:00 às às 24:00 12:00 07/06/2015 (domingo) 16:00 INDEPENDÊNCIA 05/09/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 06:00 às 12:00 04/06/2015 (quinta-feira) 03/05/2015(sexta-feira) (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 CORPUS CHRISTI 04/09/2015 16:00 07/09/2015 (segunda-feira) 16:00 07/06/2015 (domingo) 16:00às às24:00 24:00 06:00 às 12:00 04/06/2015 (quinta-feira) INDEPENDÊNCIA 05/09/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 30/10/2015 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 CORPUS CHRISTI 04/09/2015 (sexta-feira) 16:00 às 24:00 07/06/2015 (domingo) 16:00 às às 24:00 24:00 07/09/2015 (segunda-feira) 16:00 FINADOS 31/10/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 INDEPENDÊNCIA 05/09/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 04/09/2015 (sexta-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 24:00 24:00 30/10/2015 16:00 02/11/2015 (segunda-feira) 16:00 07/09/2015 (segunda-feira) 16:00às às24:00 24:00 INDEPENDÊNCIA 05/09/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 FINADOS 31/10/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 24/12/2015 (quinta-feira) 14:00 30/10/2015 (sexta-feira) 16:00às às22:00 24:00 07/09/2015 (segunda-feira) 16:00 às 24:00 02/11/2015 (segunda-feira) 16:00 às 24:00 FINAL DE ANO 31/12/2015 (quinta-feira) 14:00 às 22:00 FINADOS 31/10/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 30/10/2015(quinta-feira) (sexta-feira) 16:00 às às 22:00 24:00 24/12/2015 14:00 03/01/2016 (domingo) 14:00 02/11/2015 (segunda-feira) 16:00às às24:00 24:00 FINADOS 31/10/2015 (sábado) 06:00 às 12:00 FINAL DE ANO 31/12/2015 (quinta-feira) 14:00 24/12/2015(segunda-feira) (quinta-feira) 14:00 às às 22:00 22:00 02/11/2015 16:00 às 24:00 03/01/2016(quinta-feira) (domingo) 14:00 às 24:00 FINAL DE ANO 31/12/2015 14:00 às 22:00 (quinta-feira) 14:00 àskm 22:00 Restrição de Trânsito na BR-101, 24/12/2015 entre os Municípios de Rio Bonito e Itaboraí, 269 a 308 03/01/2016 (domingo) 14:00 às 24:00 FINAL DE ANO 31/12/2015 (quinta-feira) 14:00 às 22:00 do Rio de Janeiro e na BR-493, nos municípios de Magé e Itaboraí, km 0 26 13/02/2015 (sexta-feira) 06:00 àsao 19:00 03/01/2016 14:00 às às 19:00 24:00 14/02/2015(domingo) (sábado) 06:00 CARNAVAL 13/02/2015 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 14/02/2015(sexta-feira) (sábado) 06:00 às 19:00 22/02/2015 (domingo) 12:00 13/02/2015 06:00às às22:00 19:00 CARNAVAL 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 14/02/2015 (sábado) 06:00 às 19:00 13/02/2015 (sexta-feira) 06:00 às 19:00 CARNAVAL 22/02/2015(quarta-feira) (domingo) 12:00 às 22:00 18/02/2015 12:00 às 22:00 14/02/2015 (sábado) 06:00 às 19:00 CARNAVAL 22/02/2015 (domingo) 12:00 às 22:00 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00entre às 22:00 22:00 Restrição de Trânsito na BR-135 no Estado do Maranhão, do km 00 ao 100, os municí14/02/2015 (sábado) 12:00 às CARNAVAL 22/02/2015 (domingo) 12:00 às 22:00 pios de São Luís/MA(quarta-feira) e Itapecuru-Mirim/MA 18/02/2015 12:00 às 22:00 14/02/2015 (sábado) 12:00 às 22:00 CARNAVAL 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 14/02/2015 (sábado) 12:00 às às 22:00 22:00 CARNAVAL 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 14/02/2015 (sábado) 12:00 às às 20:00 22:00 19/06/2015 (sexta-feira) 12:00 CARNAVAL 18/02/2015 (quarta-feira) 12:00 às 22:00 FESTEJOS JUNINOS 23/06/2015 (terça-feira 12:00 às 20:00 19/06/2015 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 20:00 Restrição apenas nos Estados 26/06/2015 da Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio12:00 Grande do Norte (sexta-feira) às FESTEJOS JUNINOS 23/06/2015 (terça-feira 12:00 às 19/06/2015 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 20:00 26/06/2015 12:00 FESTEJOS JUNINOS 23/06/2015(sexta-feira) (terça-feira 12:00 às às 20:00 20:00 19/06/2015 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 26/06/2015 (sexta-feira) 12:00 às 20:00 20:00 FESTEJOS JUNINOS 23/06/2015 (terça-feira 12:00 às OPERAÇÃO

OPERAÇÃO CARNAVAL OPERAÇÃO CARNAVAL

26/06/2015 (sexta-feira)

12:00 às 20:00

OBSERVAÇÃO: É NECESSÁRIO OBSERVAR AS MUDANÇAS NAS RESTRIÇÕES DOS FERIADOS REGIONAIS DE CADA ESTADO


33

Revista Cegonheiro


Classificados Axor 1933, branco, 2005. Só rodou na cegonha. Tratar com Ademir (Índio), da Tegma: (11) 98437-1050 e 97273-2933 Três Eixos – 2003 – Tratar com Sergio (11) 7864-6955, ID 80*62169. Aceita troca

Mercedes-Benz 2035, branco, 2008. Tratar com Junior/Bruno (11) 98245-6690, 99389-0869 e 118*4328

Três Eixos, Robocop original, anos 2001, 2003 e 2006. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/ bwmdGF

VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar com Mário: (11) 7871-1282 e 7730-8474

Dambroz 94, aberta e elétrica, verde. Valor a combinar. Tratar com Vilson-Melancia (11) 4412-0159 e 99958-5510

Iveco Stralis, 2008/2009, modelo Power cegonheiro, vermelho Tratar com Geraldo, da Transzero: (11) 98349-6033, 5514-2461

Dambroz 1989,preta, carreta reformada, estado de nova, impecável. Tratar com Mário (11) 7871-1282 / 7730-8474 Carreta Robocop Dambroz 2003, reformada em 2010. Padrão Tegma. Preço: R$ 35 mil. Tratar com Wadson (11) 97661-3377-TIM e (79) 98769353-Vivo Carreta Engerauto 1998, padrão Brazul amarela, alongada e preparada para “cara chata”, boa de carga (sete pickups e três médios), com oito pneus semi-usados. Tratar com Hamilton (11) 98114-0119

MB Axor 2040, 2008/2008, único dono. Preço: R$ 190 mil. Tratar com Cajaíba (TG): (11) 99430-3098 e ID 55*100*30421 Mercedes-Benz 1634, 06, branco. Tratar com Umberto Nóbile (TS): (11) 99441-8547 MB 608 Dguincho, 1980. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Gilberto (TN): (11) 999134-8945, 7833-2201 e ID 84*23068

Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 986445354 e 99263-2336

Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho e pneus novos. Preço: R$ 210 mil. Tratar com Delmiro (TNorte): (11) 99935-7917

Carreta Nego 2008, verde e com pneus. Tratar com Hong (13)99112-2716

Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 98436-3376, 11*6514 ou 7734-5921

Carreta Dambroz, Robocop, 2008, amarela, com pneus e cintas. Único dono. Tratar com Pitol (11) 98411-2223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz, Robocop, 2004/2004, verde TNorte, reformada. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Sérgio (21) 98017-8789 ou Nextel 919*3927. Alugo ou vendo uma carreta Engerauto 1996, toda Robocop, verde Transzero com pneus e cintas. Para venda R$ 35 mil. Tratar com Roberto (11) 991921817 Vendo duas carretas Três Eixos. A primeira é convencional aberta, com pneus, cintas, ano 2002, verde. Preço: R$ 40 mil. A outra também é convencional aberta e foi reformada na Rodoceg. Vem com pneus, cintas, ano 1995, verde. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Márcio (51) 7811-3363 Carreta Três Eixos, 2001, modelo 2002, boa de carga, com pneus e cintas, verde Transzero. Preço R$ 40 mil. Tratar com Cristiano do Pereba (12) 99163-2988 Vendo carreta Dambroz 2000, Robocop, preta, padrão Tegma. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Alexandre (11) 99151-8785 Vendo carreta Rossini, ano 2006, preto, padrão Tegma. Preço: R$ 30 mil. Tratar com Petrúcio (11) 4455-2264 e 987461187 Carreta Três Eixos, completa, para transportar 11 carros. Impecável. Preço: R$ 20.000. Tratar com José Borracheiro, da Brazul (11) 4941-4865 Vendo conjunto 2011, cavalo Scania P-340 e carreta amarela Tecnoceg. Falar com Polaco (Brazul) (11) 99987-3112 e ID 84*109789 Carreta Engerauto, 1996, com pneus e em bom estado. Preço: R$ 20 mil. Tratar com Luiz (11) 94763-0786 Vendo ou troco por veículo Carreta Dambroz, 2008, verde, com pneus e cintas. Todas as revisões foram feitas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Robson TZ (11) 7865-8643 e ID 82*15730 Carreta Três Eixos, 2005/2006, Robocop. Tratar com Pitol ou Luiz 984112223 ou Luiz (11) 99220-2963 Carreta Dambroz convencional, 2010/2010, preta, com cintas. Preço: R$ 45 mil. Tratar com Berg (11) 976734035

Volvo FH, 2005, prata. Tratar com Sergio: (11) 7864-6955 e ID – 80*62169. Aceita troca

Revista Cegonheiro

34

Volvo FH, 2005, segundo dono, motor e câmbio novos, pneus meia vida, prata. Caminhão de cegonheiro. Tratar com Buriti (11) 7830-4211 e (11) 999438656 Scania T113 Topline, ano 1997, com seis pneus Michelin novos, rodas de alumínio, conversor de bateria e televisão. Segundo dono. Impecável! Tratar com Márcio (51) 7811.3363

ção. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 Fox Trend 1.6, 2012/2013, prata, com 10 mil quilômetros rodados e todos opcionais- exceto ar-condicionado. Único dono e ótimo estado. Preço: R$ 31,5 mil. Tratar com Alan Oliveira (11) 98660-5851. F-350, ano 2006/2006, com 51 mil quilômetros rodados, vermelha. Preço: R$ 62 mil. Silverado, ano 1998/1998, branca, diesel, modelo DLX, 4.2. Preço: 35 mil. Tratar com Paulo Romano (11) 98177-1414

Terreno em Caçapava, com 248m², no bairro Vitória Vale. Preço R$ 85 mil. Outro terreno também em Caçapava, no Vitória Vale 7X25. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Latino (Tegma): (11) 986326532 e (11) 4066-4510 Apartamento no centro de Diadema, três dormitórios, 65m², churrasqueira, duas piscinas, de festa, sala de ginástica. Valor: R$ 260 mil.Tratar com Eduardo – Cazu (11) 96710-9965 Sítio com cinco alqueires na rodovia Castelo Branco, no Km 162, em Porangaba. Tratar com Buriti (11)99943-8656 e 6949-5995 Sobrado no bairro Terra Nova II, com três dormitórios amplos e uma suíte com varanda. Todo reformado e tudo em porcelanato. Possui jardim de inverno na sala, cozinha embutida, rack sob medida, copa e coifa. Valor: R$ 400 mil. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 4396-9008 Cobertura duplex(nova) no centro de São Bernardo do Campo.Tratar com Jorge - BZ (11) 6734-4797

Vendo um caminhão Scania G420, ano/modelo 2010/2010, prata, e outro Mercedes-Benz 2040, premium, ano/ modelo 2010/2011, prata. Tratar com Zé Itabaiana (11) 99426-7886

Vendo ou troco chácara em Boituva por uma casa em São Bernardo do Campo ou Santo André. A chácara fica a quatro quilômetros da cidade, possui pomar e quarto para hóspede. Tratar com Nilton (Transauto) (11) 4127-9324 e 987847600

Vendo caminhão Axor 2035, ano 2008. Único dono e em ótimo estado. Tratar com Ronaldo Jacinto (Brazul) (11) 97626-7257

Um sobrado com três casas em São Bernardo do Campo (rua Salim Mahfoud – Terra Nova II). Tratar com Edinaldo (11) 98731-4599 e 98924-3642

Vendo dois caminhões Volvo. Um é o FH 400, ano 2007, e outro FH 440, ano 2008. Preço abaixo da tabela. Tratar com Edelson (Alongado) - (12) 99133-7071, 99167-4175 e 90*15897

Alugo dois galpões com 750 metros quadrados (cada um). Os imóveis estão instalados no bairro Batistini, em São Bernardo do Campo (SP). Valor: R$ 11 mil (cada um). Tratar com Leandro Golgatto (11) 99685-9385

Scania 420, Toco, 2010, prata e em bom estado de conservação. Ótima oportunidade. Tratar com Barbarelli (11) 98549-1571 Scania 124, ano 2009, 420 4X2, vermelho, pneus em bom estado, todo revisado com kit trocado na concessionária. Único dono. Com 300.000 km só rodou na cegonha. Preço: R$ 170 mil. Tratar com Toninho, da Autoport Sumaré: (19) 99222-4326 Scania 380, ano 2010, vermelha, com pneus Michelin novos. Ótimo estado. Preço: R$ 170 mil. Tratar com Léo (11) 98429-2230 e Tonim (11) 98361-6717 Conjunto caminhão Mercedes-Benz 2035, ano 2011, e carreta Bercamp, ano 2010. Presta serviço na Tegma TVK Sul. Tratar com Edgley (41) 9882-3333 Actros 2012, chumbo, com baixa quilometragem. Tratar com Márcio Galdino (11) 95651-4656

Uno 2009, azul metálico, duas portas, completo, flex. Tratar com Marcelo – BZ Taubaté (12) 99239-2287 e 99178-2857 Saveiro Trend 2009, prata, com cerca de 40 mil quilômetros rodados. O veículo é equipado com direção hidráulica, alarme, rodas de magnésio, trava e vidros elétricos. Preço: R$ 23 mil. Tratar com Francisco (11) 99454-9337 e 2861-0196 Vendo ou troco S10, ano modelo 1998, 4.3, V6, completa, cabine dupla, prata, com kit gás. Ótimo estado de conserva-

Vendo, alugo ou troco apartamento no Edifício Rei Salomão (avenida Castelo Branco, 8442 – em frente ao quiosque 44), na Viação, Praia Grande. O imóvel é todo mobiliado e possui dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O prédio conta com piscina, churrasqueira, salão de festas e de jogos. Tratar com Geraldo CTV Tegma (11) 98763-8517, 986708877, 96426-6970 (TIM) e 54*134019 (Nextel) Sobrado no Demarchi com três dormitórios (sendo uma suíte com closet, sacada e hidromassagem), sala de estar, sala com lareira e sacada, sala de vídeo, sala de jantar, cozinha ampla e planejada, lavabo, dois banheiros, área de serviço fechada, jardim de inverno, corredor lateral, quintal amplo, salão de festas e garagem para dois carros. Tratar com Rodrigo (11) 7773-3171, 968*27731 e 95343-4807 Vendo terreno no bairro Demarchi, com 10 x 19,7 metros, próximo ao restaurante São Judas. Tratar: Ramos de Oliveira – (11) 97320-1551 Vendo ou alugo sobrado no bairro Demarchi. O imóvel possui quatro

dormitórios (uma suíte), sala ampla, cozinha, sala de jantar e garagem para três carros. Tratar: Ramos de Oliveira – (11) 97320-1551 Vendo dois sobrados totalmente acabados ou troco por cavalo ou carreta. Localizados no Jardim Eldorado, em Diadema, a 200 metros da Faculdade Federal, os sobrados têm acabamento de primeira e vaga para três carros. Cada imóvel tem dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534 Vendo uma chácara no Riacho Grande, na estrada Rio Acima, com área de 1.050 metros quadrados e 420 metros de área construída. A casa tem quatro dormitórios (uma suíte), sala de estar, sala de jantar, cozinha, banheiro, lavanderia, quarto para empregada com banheiro, canil, pomar com várias árvores frutíferas e garagem com vaga para dez carros. Aceito troca por cavalo ou carreta. Preço: R$ 400 mil. Tratar com Wilson (11) 96861-6113 e (11) 95362-0534. Vendo apartamento com 150 metros quadrados, três suítes, três vagas de garagem, adega, lazer completo no Condomínio Vila Verde, no Jardim do Mar, em São Bernardo do Campo. Tratar com Raimundinho (11) 99484-3476 ou Janete (11) 7867-8047. Vendo apartamento no Jardim Imperador (Praia Grande) com 60 metros quadrados, a 100 metros da praia. O imóvel tem um quarto, uma sala com dois ambientes, cozinha, banheiro e lavanderia e conta ainda com uma vaga na garagem. Aceito troca por caminhão. Tratar com Cazu (11) 7876-8111 e 935*1178 Alugo sobrado localizado no bairro Terra Nova I. Com 250 metros quadrados de área construída, o imóvel tem três dormitórios (sendo uma suíte), duas salas, três banheiros, cozinha, duas varandas, cinco vagas na garagem (cobertas) e salão de festas. Preço: R$ 4 mil. Tratar com Paulo ou Lúcia (11) 99480-8508 e 4347-6001 ID 653*141 Vendo dois apartamentos na Vila Guilhermina, Praia Grande (SP). Ambos estão localizados no mesmo prédio, têm 85 metros quadrados, possuem dois dormitórios (sendo uma suíte), sala, cozinha, banheiro, área de serviço e terraço gourmet. Condômino com piscina. Tratar com Marcos (11) 98559-5938 e 9*53677 Vendo apartamento no bairro Demarchi, em São Bernardo do Campo. O imóvel tem dois dormitórios, sala, cozinha planejada, banheiro e lavanderia. Condomínio com quadra, área de lazer e salão de festas. Tratar com Andreia ou Dunga (11) 98128-0731 e 6064-6666 Vendo apartamento na Praia Grande, no bairro Aviação, com vista para o mar. O imóvel possui dois quartos (sendo uma suíte), um banheiro social, sala com copa e sacada, cozinha e lavanderia. O prédio conta com piscina e garagem coberta. Monitoramento 24 horas. Tratar com Alessandra (11) 4824-3586 e 99622-6444 Vendo três casas com garagem para quatro carros no bairro Terra Nova II. Tratar com Ednaldo (11) 98731-4599 e 95408-3712 Vendo apartamento de 120 metros quadrados, no Residencial Bulgária, no bairro de Baeta Neves. O imóvel fica no 8º andar, tem três suítes, dois closets, sala de estar ampla conjugada com sala de jantar, lavabo, cozinha, área de serviços, área gourmet com churrasqueira, três vagas na garagem, um depósito. O prédio conta com uma piscina interna aquecida e outra externa, sala de ginástica e salões de festas. Tratar com Hamilton Mendes pelo e-mail hamilton_mendes@yahoo. com.br

ANUNCIE

4396-2085

(11)

e-mail: revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br


Profile for Sinaceg

Revista Cegonheiro - Edição 164  

Revista Cegonheiro - Edição 164  

Profile for sinaceg
Advertisement