{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

dos Cegonheiros

revista

9

DOZE ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

ROUBO DE CARGAS Todo cuidado é pouco

Ano 12 - edição no 149 - setembro/2014 - Publicação mensal

MEIO AMBIENTE Sindicato e DNIT juntos na poda de árvores

DOAÇÃO DE SANGUE Você sabia que uma doação pode salvar quatro vidas?


AS MAIORES MARCAS DO SETOR DE TRANSPORTES ESTÃO AQUI.

27 a 29 NOVEMBRO/14

Pavilhão Vera Cruz - das 16h às 22h

São Bernardo do Campo - SP

O T N E M A N O I C A T S E E A D ENTRA

S O T I U T A R G


REALIZAÇÃO:

ORGANIZAÇÃO: Sindicato Nacional onheiro os dos Cegonheiros

cone ão Eventos

APOIO:


Palavra do Presidente Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Vice-Presidente: Jaime Ferreira dos Santos Secretário Geral: Douglas Santos Silva Secretário de Finanças: Reginaldo Fabretti Diretor Regional: Márcio Galdino da Silva Primeiro Secretário: José Murialdo Generoso Júnior Primeiro Tesoureiro: Josimar Lincon de Freitas Diretores Executivos Efetivos Gilmar Donizette da Silva Benvindo Gonçalves José Laércio da Silva Antenor Garibaldi Clemente Francisco de Assunção Diretores Executivos Suplentes Edimar Moreira de Oliveira Ednilson Azevedo Bitencourt Jurandy Pereira de Albuquerque Luiz Eugenio Baldin Golgatto Antonio Bertin Jardel de Castro Luiz Bianchi Giglio João Soares de Jesus Aroldo Neves de Lima Ronaldo Montagnini Jacinto Tassiano de Sousa e Silva César Wellington Pereira da Rocha Conselho Fiscal Efetivo Adilson Roberto Bento Hamilton Mendes José Vicente Bonetti Conselho Fiscal Suplente Fábio Renato dos Santos João Formiga de Souza Daiana Freitas de Oliveira Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Ítalo Rocha Nogueira Redação Analuiza Tamura e José Nogueira Revisão Maria Isabel Corcete Fotografia Ítalo Rocha Nogueira e Renato Frasnelli Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares

Endereço Rua Luiz Barbalho, 07/11 - Bairro Demarchi CEP: 09820-030 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4346-5507 Fone/Fax: (11) 4346-5500 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de mátérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 12 - edição nº 149 - setembro de 2014 Sindicato Nacional dos Cegonheiros

Revista Cegonheiro

4

Caros Leitores Quero chamar a atenção de todos para uma triste estatística: o número de roubo de cargas aumenta ano a ano. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o volume registrado até o dia 2 de julho já estava bem próximo do total de ocorrências no ano passado. Embora não existam dados específicos sobre a nossa categoria, vale lembrar que todos nós devemos ter atenção redobrada a fim de evitarmos eventuais problemas. Por isso, a reportagem da Revista Cegonheiro entrou em contato com a assessoria de imprensa da PRF e solicitou algumas dicas que valem para todos os transportadores de carga. Procure segui-las e evite surpresas desagradáveis. Falando sobre temas mais agradáveis, leiam a matéria sobre a parceria entre o sindicato e a regional do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) no Espírito Santo - parceria que objetiva deixar as estradas mais limpas e seguras para todos os motoristas. Vejam também o texto sobre os eventos promovidos pela De Nigris em comemoração dos seus 50 anos. Parceira de longa data, a concessionária da Mercedes-Benz é uma referência no setor – pela qualidade do atendimento e excelência dos serviços prestados. Quero destacar ainda as premiações entregues pela Tegma e pela Transzero aos motoristas que mais se destacaram em suas atividades. É importante reconhecer o talento e a dedicação desses profissionais no esforço para executar bem suas tarefas. Parabéns a todos os profissionais homenageados! Boa leitura!

Índice

José Ronaldo Marques da Silva

Agenda .............................................................................................. 6 Investimento ...................................................................................... 8 Infraestrutura ................................................................................... 10 Transportadora ................................................................................. 12 Meio Ambiente ................................................................................. 14 Segurança ................................................................................ 16 e 17 Lançamento ..................................................................................... 18 Gente ....................................................................................... 20 e 21 Estradas .......................................................................................... 22 Conscientização ......................................................................... 24 e 25 Saúde .............................................................................................. 26 Reconhecimento ........................................................................ 28 e 29 Concessionária ................................................................................. 30 Exposição ........................................................................................ 32 Restrições ........................................................................................ 34 Licenças .......................................................................................... 36 Classificados .................................................................................... 38


caixa.gov.br SAC CAIXA: 0800 726 0101 (informações, reclamações, sugestões e elogios) Para pessoas com deficiência auditiva ou de fala: 0800 726 2492 Ouvidoria: 0800 725 7474 facebook.com/caixa twitter: @caixa

PARA EMPRESAS DE TODOS OS TAMANHOS, SOLUÇÕES DO TAMANHO DA CAIXA.

A CAIXA oferece soluções para empresas de todos os tamanhos e segmentos. Do crédito para capital de giro a investimentos, da folha de pagamento à antecipação de recebíveis. Seja qual for a sua necessidade, conte sempre com o banco das melhores taxas. Acesse caixa.gov.br e conheça as melhores soluções para a sua empresa.


Agenda

Reunião com associados Durante a reunião foram abordados temas relacionados ao setor

Cerca de 150 associados participaram da reunião

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sjpinhais@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: João Soares de Jesus

Porto Real – Rio de Janeiro

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: José Ronaldo Marques da Silva

Revista Cegonheiro

6

Rua Hilário Ettore, s/n – Bairro: Ettore Cep: 27570-000 – Porto Real/RJ Fone: (24) 3353.4170 E-mail: portoreal@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: José Laércio da Silva

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros promoveu uma reunião com seus associados no dia 23 de setembro. O encontro abordou diversos temas ligados ao setor de transportes. São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Ednilson Azevedo Bitencourt

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Cep – 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros.com.br Diretor: Clemente Francisco de Assunção

Serra – Espírito Santo Rua Talma Rodrigues Ribeiro, nº 96 Edif. Metropolitano – Sala 04 Cep: 29168-080 – Serra /ES Fone: (27) 3066-2011 E-mail: serra-es@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Jurandy P. de Albuquerque Jr.

Sindicatos parceiros:

Gravataí - Rio Grande do Sul

Sintraveba - Bahia

Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

Sintrauto – Goiás Rua Mandaguari, 36 - Bairro: JK Cep: 75709-010 - Catalão/GO Fone: (64) 3411.2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Renato Santana www.sindicatodoscegonheiros.com.br


Investimento

fotos: Divulgação

Chery inaugura fábrica

Cerca de 50 mil veículos deverão sair da linha de montagem no primeiro ano de funcionamento

Com investimentos de R$ 1,2 bilhão, a Chery inaugurou duas fábricas (uma de automóveis e outra de motores) no dia 28 de agosto, no município de Jacareí, interior de São Paulo. Porém, a produção de veículos só começará em dezembro – por enquanto, estão sendo fabricadas as pré-séries das versões hatch e sedã da nova geração do Celer. Segundo a empresa, cerca de 50 mil veículos deverão sair da linha de montagem no primeiro ano de funcionamento da unidade. Além do Celer, está prevista a produção do novo QQ, carro de entrada da marca chinesa, que ganhará novo visual e motor 1.0 de três cilindros. O modelo começará a ser produzido a partir do segundo semestre de 2015. De acordo com o planejamento Revista Cegonheiro

8

Fábrica de motores da marca Acteco produzirá os propulsores 1.0 e 1.5 litros que equiparão o Celer

da montadora, em 2016 terá início a produção de um utilitário esportivo e a exportação dos três veículos para alguns países da América do Sul, como Argentina, Uruguai, Equador, Venezuela e Peru. A fábrica de automóveis foi construída em um terreno de mais de um milhão de metros quadrados. O complexo conta com três áreas produtivas (montagem, soldagem e pintura) e uma pista de testes, com diversas variações de piso. Inicialmente o índice de nacionalização do Celer será de mais de 50% - taxa que deverá atingir 70% em aproximadamente dois anos. Localizada próxima à unidade de automóveis, a fábrica de motores da marca Acteco produzirá os propulsores 1.0 e 1.5 litros a serem utilizados no Celer. Segundo o presidente da Chery no Brasil,

Roger Peng, no futuro também deverão ser produzidos outros tipos de motores para atender não só à demanda da montadora em Jacareí mas também noutras localidades. Centro de pesquisa Durante a cerimônia de inauguração, Luís Curi, vice-presidente da Chery, afirmou que a empresa investirá cerca de R$ 50 milhões num Centro de Pesquisa e Desenvolvimento. Ali deverá ser projetado um veículo especialmente para o mercado brasileiro. “O centro também vai atuar no desenvolvimento de novos modelos para a América Latina”, afirmou. O local onde o centro será implantado ainda não foi definido, mas provavelmente será na região do Vale do Paraíba devido à proximidade com a fábrica.


Infraestrutura

foto: Manu Dias/Gov BA

Rodovias federais na Bahia serão duplicadas

Ilustração mostra o trecho da BR-101 que será duplicado

A partir de novembro têm início as obras de duplicação das rodovias BR101 e BR-116, em trechos que cortam o estado da Bahia. Apontadas como duas das mais importantes do país, as estradas receberão melhorias nas pistas já existentes e ganharão vias laterais (marginais), pontes, viadutos e passarelas, além de iluminação pública nos trechos urbanos. Na BR-101 serão duplicados 165,4 quilômetros, desde a divisa com o estado de Sergipe até o entroncamento com a BR-324/BA, no município de Feira de Santana. Nesse trecho, estão previstas a construção de uma pista paralela à já existente, com duas faixas de rolamento e acostamentos, restauração da pista antiga e adequação das travessias urbanas. A duplicação Revista Cegonheiro

10

Rodovia BR-116 ganhará vias laterais, pontes, viadutos e passarelas, além de iluminação nos trechos urbanos

possibilitará eliminar pontos críticos e garantir maior segurança aos usuários, além de melhorar o desempenho da via. Já na BR-116, as obras serão realizadas na pista que faz a divisa entre os estados da Bahia e Pernambuco até o entroncamento com a rodovia estadual BA-349 – no total, serão 334,2 quilômetros. Além disso, será feita a duplicação no trecho da BR-349 e no acesso ao contorno de Feira de Santana - num total de 93,5 quilômetros. A rodovia BR-101 passa por 12 estados, interligando os estados do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul e as regiões Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil. Na Bahia, sua extensão é de 956,3 quilômetros, fazendo divisas com os estados de Sergipe e

Espírito Santo. Já a BR-116 é um dos principais corredores de transporte de pessoas e cargas entre as regiões Nordeste, Sudeste e Sul. Sua extensão no território baiano é de 974,6 quilômetros em pista simples, interligando-se aos estados de Pernambuco e Minas Gerais. A ordem de serviço que autoriza as obras foi assinada no dia 22 de agosto pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, e pelo governador da Bahia, Jaques Wagner. Além da duplicação das duas rodovias, está prevista a construção do Anel Oeste de Feira de Santana. Os recursos para execução das obras da BR-101 (R$ 834 milhões) e BR-116 (R$ 297 milhões) são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2).


Transportadora

Um bicampeão na Transzero

Executivos da Transzero, da AstraZeneca e da GM recebem o bicampeão da F-1

impressionado com o que viu. “Tudo é pensado, planejado e testado para garantir produtos seguros e Fittipaldi é um dos apoiadores do programa Parada, do governo federal, que tem como meta resistentes. Os carros reduzir o número de acidentes de trânsito passam por simulaÍcone do automobilismo brasileiro ções em qualquer tipo de estrada que e mundial, Emerson Fittipaldi dispen- encontramos no Brasil – desde uma sa apresentações. Onde quer que vá, em boas condições como a Imigrantes logo uma legião de fãs se aproxima até outra de terra, esburacada”, explipara ficar mais próxima do ídolo. E foi cou. exatamente o que aconteceu no dia 27 de agosto, na Transzero, em São BerDicas de nardo do Campo (SP). quem entende O bicampeão mundial de Fórmula Em sua apresentação, Emerson 1 participou de um evento que reuniu Fittipaldi fez algumas recomendações os executivos da transportadora, do aos profissionais da AstraZeneca. São laboratório AstraZeneca, da General dicas simples, que devem ser aplicaMotors, da concessionária Nova Dis- das por todos os motoristas. Confira: tribuidora de Veículos e da locadora - Seja um motorista consciente. Leaser Plan. Na ocasião foi simula- Ao sentar-se, regule os espelhos e da a entrega de 53 veículos Prisma o banco. aos representantes do laboratório que - Use sempre o cinto de segurança. atuam na capital paulista – a locadora - Calibre os pneus com adquiriu 400 veículos que serão aluregularidade. gados pelo laboratório. - Prepare-se para encarar o Fittipaldi falou sobre sua parceria trânsito. Acidentes geralcom a montadora, destacando que as mente acontecem com os suas duas primeiras vitórias na Nascar desprevenidos; foram conquistadas com um motor - Se ingeriu alguma bebida Chevrolet. “Aqui no Brasil foi lançada alcoólica, troque a posiuma série especial Omega Fittipaldi e ção de motorista pela de nos Estados Unidos, uma edição limipassageiro. O álcool reduz tada do Corvette”, afirmou. os reflexos e isso pode O ex-piloto e hoje empresário provocar acidentes. Passe contou que visitou recentemente a este ensinamento não só a pistas de testes de Indaiatuba e ficou sua família mas também Revista Cegonheiro

12

às futuras gerações. - Se quiser correr, vá a uma pista própria ou a uma escola de pilotagem. 45 anos de parceria Parceiras há mais de 45 anos, a Transzero e a General Motors cresceram juntas no mercado. “Graças ao trabalho que desenvolvemos junto à GM, conseguimos atrair outros clientes para a empresa”, afirma o gerente de operações, Rogério Perim. Ele conta que os profissionais da transportadora já desenvolveram diversos projetos especiais para atender a montadora. “Quando a GM venceu a concorrência para fornecer veículos para o Google Maps, nossos profissionais e os da montadora atuaram em conjunto para equipar a Captiva com câmeras e rastreadores. Esses equipamentos, no entanto, tinham de ficar escondidos. As pessoas não podiam vê-los. Foi um desafio e tanto”, diz Perim.

Sempre atencioso com os fãs, Fittipaldi atendeu a todos os pedidosw


Meio Ambiente

Uma parceria que deu certo

Estradas mais limpas garantem segurança para todos os motoristas

Halpher Luigi Mônaco Rosa e Paulo Cícero da Silva

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros e a regional Espírito Santo do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) formaram uma parceria que está rendendo bons resultados para todos os motoristas. É que as duas entidades estão deixando as estradas mais seguras ao retirar os galhos de árvores que invadem a pista e dificultam o tráfego de veículos mais altos, como os caminhões. “Esse trabalho é muito importante porque ajuda não só os cegonheiros, mas também todos os usuários da rodovia, reduzindo o risco de acidentes. A parceria é fundamental para melhorarmos as condições de uso nas rodovias federais”, afirma o superintendente do DNIT do Espírito Santo, Halpher Luigi Mônaco Rosa. Desde julho, a equipe 1 de poda Revista Cegonheiro

14

do sindicato está trabalhando na BR262, no trecho que vai do entroncamento com a BR-101, no município de Viana, até a divisa entre os estados do Espirito Santo e Minas Gerais. Segundo o supervisor de poda, Paulo Cícero da Silva, os trabalhos deverão ser concluídos até setembro. No total, deverão ser percorridos 200 quilômetros (ida e volta). A equipe 1 é formada por Arisvaldo Dias Santos, Cosme Brito dos Santos, José Soares Rocha, José Roberto Santos e Valdemir Alves Ferreira. Outros trabalhos Desde o ano passado, a equipe de poda percorre as estradas capixabas. De novembro até junho, foram cortados os galhos de árvores plantadas ao longo da BR-101, na região que faz a divisa entre os estados do Espírito

Sindicato e regional Espírito Santo do Dnit firmaram parceria

Santo, Bahia e Rio de Janeiro. A poda era uma reivindicação dos profissionais da Brazul que, às vezes, precisavam recorrer a manobras bruscas para desviar dos galhos e, com isso, evitar danos à carga. Segundo Paulo, os trabalhos foram interrompidos durante as férias escolares, devido ao aumento do tráfego nas rodovias. “É que precisamos interditar parte da rodovia e isso poderia gerar congestionamentos e transtornos para os motoristas”, explica. Neste caso, a autorização foi concedida pela ECO 101, concessionária que administra a rodovia. Desde 2008 até julho deste ano, apenas no Espírito Santo já foram podados cerca de dois mil quilômetros (ida e volta) de estradas (federais e estaduais).


Segurança

Todo cuidado é pouco

Embora não existam estatísticas sobre roubos de caminhões cegonhas, é preciso redobrar os cuidados

O número de roubo de cargas nas rodovias federais continua crescendo. Neste ano, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registradas 217 ocorrências até o dia 2 de julho. O número está muito próximo do total registrado no ano passado - 359 casos. Desse total, foram recuperadas 272 cargas (cerca de 75%). Em 2014, o índice de recuperação está em aproximadamente 50%. Infelizmente as estatísticas não são nada animadoras. O roubo de cargas é um delito que cresce cada vez mais. Em 2012, a PRF registrou 325 ocorrências de roubo de cargas e índice de recuperação de cerca 70%. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, esses números referem-se apenas a casos registrados no banco de dados, a partir de informações recebidas pelos policiais. É que o boletim de ocorrência também deve ser feito na Polícia Civil dos estados, que é a responsável por receber a queixa e reRevista Cegonheiro

16

alizar as investigações. “A PRF é uma polícia ostensiva e não faz investigações, por isso, na maioria das vezes, não recebe a notificação da ocorrência”, afirma em nota. Ainda segundo a PRF, não há como identificar nos casos registrados qual a porcentagem de casos envolvendo cegonheiros, pois nos registros não é especificado o tipo de carroceria.

Outro levantamento divulgado pela Associação Nacional dos Transportadores de Carga & Logística (NTC&Logística) revela que o estado responde por 51% das ocorrências registradas em todo o país. Ainda de acordo com esse estudo o total de casos cresceu 18% em apenas cinco anos, chegando, o prejuízo, ao recorde de R$ 960 milhões em 2012.

São Paulo tem mais de 50% das ocorrências Os números assustam. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo, o índice de roubo de cargas aumentou 8,4% no ano passado e somou 7.959 casos – contra 7.344 ocorrências em 2012. Mais da metade foi registada na capital (4.581 caos). Em seguida, surgem as cidades de Campinas (com 657 ocorrências) e Jundiaí (com 121).

Empresas perdem cadastro do ICMS Para coibir o roubo e a receptação de carga roubada, foi lançada no dia 20 de maio, a Frente Parlamentar Mista de Combate ao Roubo de Cargas. Formado por 183 deputados e três senadores, o grupo já tem uma proposta aprovada pela Câmara e pelo Senado aguardando sanção da presidente Dilma Rousseff. O texto disciplina o funcionamento das empresas de desmontagem de veículos. Outra proposta – em tramitação – é a


Policial rodoviário fiscaliza o caminhão e a carga

mas dicas que valem para todos os transportadores de carga. Confira: Durante a abordagem, policial verifica se a - Faça o check documentação está em ordem lista com critério ansuspensão ou cancelamento do CNPJ tes de iniciar uma viagem; (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídi- evite viajar durante a noite e de ca) das empresas que comercializarem madrugada; produtos ilegais. - procure fazer as pausas para Nessa questão, o estado de São descanso em locais bem iluminados Paulo saiu na frente. Em janeiro, o goe considerados seguros: verno sancionou uma lei que cassa o - faça sempre a manutenção do cadastro do ICMS (Imposto sobre Circonjunto (cavalo-trator e semi reboculação de Mercadorias) das empresas ques) para evitar problemas mecânique comercializarem esses produtos. A cos durante a viagem; cassação impede que os proprietários - não comente com pessoas desexerçam sua atividade durante cinco conhecidas sobre o tipo de carga que anos e que solicitem nova inscrição está transportando ou seu destino; pelo mesmo período. - não acredite em alertas de ouAlém disso, o estabelecimento tros usuários da rodovia. As quadriserá multado em duas vezes o valor lhas costumam dizer ao motorista dos produtos roubados. Se não for que a carga está caindo para que ele comprovada a origem desses itens irpare. Em 90% dos casos, esse aviso regulares, eles serão incorporados ao é falso. Se isso acontecer, alerte a patrimônio do estado e o valor arrePRF pelo telefone 191 ou a Polícia cadado será investido no combate ao Militar pelo 190; roubo e furto de cargas. - não use nenhum tipo de entorpecente, pois isso fragiliza o motoPrevina-se rista e facilita a ação de criminosos Para evitar surpresas desagradápara obter informações sobre o valor veis, os especialistas da PRF dão alguda carga, origem e destino; e

- caso seja vítima de furto ou roubo, procure a polícia judiciária mais próxima do local da ocorrência, prestando todas as informações à autoridade policial.

Motorista também é submetido ao teste do bafômetro

17

Revista Cegonheiro


Mercado

Vendas despencam foto: Divulgação

Produção de veículos caiu 18% na comparação com o ano passado

A indústria automobilística continua sem dar sinais de recuperação. Em agosto foram licenciados 272,5 mil veículos – volume 7,6% inferior ao registrado no mês anterior, que foi de 294,8 mil. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda foi ainda maior: 17,2%. No acumulado do ano, o recuo é de 9,7%. De janeiro a agosto, foram vendidas 2,23 milhões de unidades ante as 2,47 milhões comercializadas no mesmo período de 2013. Em agosto, a produção aumentou 5,3% e atingiu 265,9 mil unidades. No mês anterior, saíram da linha de montagem 252,6 mil veículos. Mas, na comparação com o mesmo período do ano passado, o resultado é negativo. Foram fabricados 342,8 mil veículos – volume 22,4% menor. Nos primeiros oito meses do ano, foram fabricados 2,08 milhões de veículos. Esse número representa uma queda de 18% na comparação com as 2,54 milhões de unidades produzidas no mesmo período do ano passado. O quadro é ainda mais desanimaRevista Cegonheiro

18

dor quando se fala em exportações. Foram exportados 31.651 veículos – menos 7,5% na comparação com julho e 50% menos, em relação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, as exportações somaram 235.431 unidades – menos 38,1% que o resultado alcançado no mesmo período de 2013. Importação O desempenho de vendas de veículos importados segue a mesma tendência de queda. Segundo a Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores), em agosto foram emplacadas 7.338 unidades. Na comparação com o mês anterior, a queda é pequena (menos 0,6%), mas em relação ao mesmo período do ano passado, a redução é bastante significativa (28,6%). No acumulado do ano, o setor registrou queda de 16,9% em relação aos sete primeiros meses de 2013. Até agosto, foram emplacados 61.206 automóveis e comerciais leves – no ano

passado, o volume foi de 73.640. Diante desse fraco desempenho, a entidade reviu os números e acredita que as vendas deverão ficar abaixo das 100 mil unidades. Quinto produtor mundial Apesar dos números não serem nada animadores, o Brasil permanece em quinto lugar no ranking mundial de vendas de veículos. Segundo dados divulgados pela Jato Dynamics, as vendas nos sete primeiros meses do ano somaram 1.862.527 unidades - queda de 8,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Com mais de 11 milhões de carros comercializados, a China continua firme na liderança . É importante destacar que os dados incluem apenas os veículos de passeio, enquanto os dados de outros países englobam carros e comerciais leves. Em segundo lugar, estão os Estados Unidos com 9,6 milhões de unidades vendidas, seguidos por Japão (3,4 milhões) e Alemanha (1,9 milhão).


Henrique Falcão l.henriquefalcao@outlook.com Fone: (11) 96329-0016 • Nextel ID: 89*108860

gelson susin

gelson.susin@rodoceg.com.br cel.: (54) 99971-3004 • nextel id 931*29037

escritório de vendas em são Paulo, SP


Gente

Sempre em busca de algo mais

De Pernambuco a São Paulo, Shell percorreu um longo caminho até realizar seu sonho

À primeira vista, José Ivanildo dos Santos, mais conhecido como Shell, parece uma pessoa simples e até meio tímida, mas quem o conhece sabe que está diante de um grande batalhador. Perto de completar 59 anos (em 18 de outubro), esse pernambucano nascido em Caruaru, saiu da terra natal aos 17 anos em busca de um sonho de criança: ser motorista. “Cresci num sítio, longe da cidade. Quando construíram a BR-104, eu admirava os ônibus que passavam pela rodovia e sonhava que

era um motorista. No meu pensamento, fiz muitas viagens”, relembra. Porém, antes de atingir esse objetivo, teve de percorrer um longo caminho. Trabalhou como balconista de padaria e fez artesanato com vidro até que decidiu deixar a terra natal em busca de melhores condições na cidade de São Paulo. “Vim na cara e na coragem. Junto com meu primo, João, trabalhei na construção do hospital da Cidade Universitária. Morávamos no alojamento da obra.

Depois de atuar no transporte urbano, Shell vendeu os ônibus para comprar um caminhão

Revista Cegonheiro

20

Fiquei pouco tempo. Meu negócio era dirigir”, conta. De cobrador a motorista de ônibus Shell passou, então, a morar na casa dos primos Lorinaldo e Reginaldo na zona leste de São Paulo e começou a trabalhar como cobrador de ônibus. Não demorou muito para ser promovido a motorista. Essa experiência ajudou-o a conquistar uma vaga na viação Itapemirim e depois na Bre-


da. “Finalmente realizei meu sonho. Sempre trabalhava feliz. Só quando recebia o salário é que ficava um pouco triste”, brinca. Ele afirma que essa foi sua grande escola. “Considero a Itapemirim como a minha grande escola. Lá aprendi a ser uma pessoa e um motorista melhor. Cresci como cidadão”, diz. Apesar de estar satisfeito, Shell partiu em busca de algo mais. Conta que estava em férias, quando viu uma entrevista da então prefeita de São Paulo, Luiza Erundina. “Ela falava sobre a carência de ônibus na cidade e dizia que quem tivesse um ônibus podia ajudar no transporte da população. Chamei minha esposa e disse que pegaria nossas economias para investir na compra de um ônibus.

Em seguida, comprei outro.” Do ônibus para o caminhão Dois anos depois, esses ônibus foram declarados clandestinos pelo prefeito Paulo Maluf, que acabava de assumir. “Vendi os ônibus e comprei um caminhão Scania 113; passei a prestar serviços para a Shell, transportando combustível para cidades da Grande São Paulo”, destaca. Quem pensa que ele ficou tranquilo com a nova fase da vida, enganou-se. Shell queria mais: entrar no setor das cegonhas. Ele se lembra de que no posto Cinadis, em São Bernardo do Campo, conheceu os cegonheiros Fernando e Pé de Chumbo. “Disse que queria trabalhar no setor, mas naquela

época não tinha condições de comprar uma vaga. A oportunidade surgiu depois de uns três anos. Em 1997, comecei a trabalhar na Transzero onde estou até hoje. Viajei por todo o Brasil.” Ele avalia que hoje as estradas estão melhores, os caminhões evoluíram e o setor cresceu. Shell considera-se um batalhador, mas não deixa de dizer que a sorte sempre esteve ao seu lado. “Agradeço a Deus por tudo o que conquistei. Sou casado com a Ana Maria há 25 anos e tivemos duas filhas: Fernanda e Camila. Elas seguiram a profissão da mãe: uma já é advogada e a outra está estudando direito. Quando olho para trás e vejo o que tenho hoje, sinto-me orgulhoso, mas sei que sempre é possível fazer algo mais.”

Com o Scania 113, ele transportou combustível para as cidades da Grande São Paulo

Ao lado dos amigos Francisco Abian e Jeremais Pereira da Rosa

Shell no antigo pátio de estacionamento do sindicato

21

Revista Cegonheiro


Estradas

As mais perigosas do país

Atlas da Acidentalidade no Transporte Brasileiro mostra as rodovias com maior número de acidentes As rodovias Presidente Dutra, Regis Bittencourt, Fernão Dias e BR 040 concentram os trechos com maior número de acidentes e mortes no país. De acordo com o Atlas da Acidentalidade no Transporte Brasileiro, os acidentes mais graves com caminhões e ônibus acontecem nas saídas e nas entradas das cidades. Produzido com base no banco de dados dos acidentes registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre 2008 e 2012, nas 103 rodovias federais que cortam o país, o Atlas foi lançado pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito (PVST). A publicação é apontada como o mais completo conjunto de informações sobre acidentes rodoviários já publicado no Brasil. O trecho com maior número de acidentes na rodovia Presidente Dutra fica em torno do km 174,1, entre São João do Meriti (RJ) e Coelho da Rocha (RJ). Ali foram registrados 453 acidentes. Já a região com maior número de mortes é o km 288,7, em Floriano (RJ), com quatro óbitos. Na rodovia Fernão Dias, o trecho onde ocorreu maior número de acidentes é o km 480,1, entre a entraRevista Cegonheiro

22

da da MG 040, no Parque Industrial (MG), e a entrada da BR 262, em Betim (MG). Nesse ponto aconteceram 285 acidentes. Com seis óbitos, o km 679,9, na região de Perdões (MG), é o local em que se registraram mais acidentes com vítimas fatais. Já na Regis Bittencourt, foram registrados 10 acidentes nas proximidades do km 113,4, na região do Pinheirinho, em Curitiba; e quatro óbitos na região do km 99,1. Na BR 040, foram contabilizadas 285 ocorrências no km 121 e sete mortes em torno do km 7741, em Santos Dumont. Falta de atenção é a principal causa Segundo o levantamento, 71 mil acidentes envolveram veículos comerciais (62.852 caminhões e 10.630 ônibus), com 4.230 mortos (dos quais 3.682 em acidentes com caminhões e 764 com ônibus). Em sua maior parte, os acidentes tanto envolvendo caminhões quanto ônibus acontecem durante a semana. Os mais graves ocorrem nos finais de semana. Os acidentes com vítimas fatais geralmente acontecem no horário entre 4 e 5 horas da manhã.

A principal causa é a falta de atenção do condutor. A imprudência do motorista é o fator que mais provoca acidentes com mortes entre os acidentes com caminhões. Já nas ocorrências com ônibus, o principal motivo é o condutor dormir ao volante. O atlas O estudo estatístico traz informações sobre o número de acidentes e de vítimas, as principais causas e as mais letais, os períodos do dia e horários em que são mais frequentes. Também destaca os trechos mais perigosos das quatro rodovias de maior movimento no país. “O documento serve de alerta para a sociedade como um todo e para o setor de transporte de cargas e passageiros mais especificamente: uma orientação para circular pelas principais rodovias federais com mais segurança”, destaca Anaelse Oliveira, responsável pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito. Quem quiser conferir o estudo completo pode acessar o portal do PVST (www.volvo.com.br/pvst) ou a página do programa no Facebook. (www.facebook.com.br/pvstbr).


Conscientização

Transzero promove IV Semana do Trânsito

Profissionais homenageados durante a IV Semana do Trânsito

Entre os dias 15 e 19 de setembro, a Transzero promoveu a IV Semana do Trânsito, com o fim de conscientizar o motorista sobre a importância de respeitar as leis de trânsito, manter uma boa qualidade de vida e ser um profissional bem-sucedido. “Nosso objetivo é estimular cada vez mais a participação dos colaboradores. Por isso desenvolvemos uma série de ati-

Ronaldo, Debora e Roberto Caboclo na cerimônia de abertura

vidades como a apresentação de palestras e peças teatrais que abordam temas do interesse da categoria. Sempre é bom aprender”, afirma o diretor Revista Cegonheiro

24

comercial e operacional da empresa, Roberto Carlos Caboclo. A coordenadora de transporte , Debora Deliberali, abriu o evento, destacando que toda a programação foi idealizada para os motoristas. O objetivo é que aprendam e reflitam sobre como aprimorar-se ainda mais no exercício da sua profissão. “Vocês nos ajudam a escrever a nossa história e são exemplo de profissionalismo, dedicação e amor”, destacou. Muitas homenagens O ponto alto do evento foi a homenagem a 25 motoristas – 15 foram premiados pela performance no programa Cegonheiros que respeitam a vida e os outros dez, pelo tempo de serviços prestados à empresa. Os melhores classificados no programa que avalia a qualidade do trabalho, entre os meses de agosto de 2013 e julho de 2014, foram: Álvaro Luiz de Brito, Antônio Cleuto de Castro, Antônio Pereira Leite, Cíce-

ro Pinto da Silva, Cláudio Sevarolli, Clóvis Roberto Rubim, Emerson Prado, José Carlos Santos, Jardel de Sousa Barbosa, João Manuel Quinzinho, José Edilson da Silva, José Luiz Ciabotti, Pedro Romero Clemente Lopes, Sérgio Roberto e Valdinei Antunes dos Anjos. Entre eles, um dos mais emocionados era Antônio de Castro. “Trabalho na Transzero há 13 anos e nunca causei um acidente. A receita é simples e fácil de ser seguida. É preciso aliar muita atenção ao trabalho e paciência no trânsito, além de uma boa noite de sono e alimentação saudável”, ensinou. Já os homenageados pelo tempo de casa foram: Geraldo Paulino da Costa, Yosiaki Kague, Artêmio Salles, Isael Izidro dos Santos, José Abílio de Moura, Heleno Bezerra de Lima, Silco Antônio Oliveira, Geraldo Nunes de Oliveira, João Lopes e Reinaldo Carlos de Medeiros. Logo após as homenagens, a diretora da área de Finanças, Rose Fi-


Durante cinco dias, os motoristas assistiram a palestras e peças teatrais

gueiredo, afirmou que a Semana do Trânsito é um evento pensado e feito para os motoristas. “Estamos abertos a sugestões para melhorá-lo cada vez mais”, disse. Interação com o público Com uma boa dose de humor e muita interação com o público, o grupo Interativa mostrou que a segurança do trânsito está baseada em três pilares: atenção, distância segura e manutenção preventiva. Protagonizando vários momentos de pura diversão, o guarda Pink destacou que 98% dos acidentes são provocados por falhas humanas. “Quando falamos ao celular, o nível de atenção caí para cerca de 60%. Já ao digitarmos uma mensagem, para 80%”, alertou. Ele também afirmou que “gentileza gera gentiliza; por isso, pratique-a no trânsito”. Momento de reflexão Enquanto o grupo Interativa fez o público se divertir, o biomédico Fernando de Souza fez as pessoas refletirem. Abriu sua palestra com a seguinte pergunta:“Por que os caranguejos, apesar de suas garras, não saem do balde ou do cesto”? A resposta é simples: eles enroscam suas patas uns nos outros e acabam empurrando-se cada vez mais para baixo. “Saia da lama, não economize sorrisos, mostre suas garras para tor-

nar sua vida mais agradável. Não seja um pai, um funcionário ou um amigo caranguejo”, ensinou. Ele ainda falou sobre a necessidade de ter atitudes positivas, não se preocupar com a opinião dos outros e viver o presente de maneira plena. “Nascemos para fazer outras pessoas felizes. Faça a diferença e torne o ambiente melhor”, recomendou. Durante a IV Semana do Trânsito os motoristas ainda puderam assistir às palestras sobre doenças cardiovasculares e drogas e à peça teatral Sai a frente.

Com muito humor, o guarda Pink falou sobre como dirigir preventivamente

Fernando Souza fez o público cantar e até ensinou algumas coreografias

25

Revista Cegonheiro


Saúde

Estenda o braço e abra o seu coração foto: Fundação Pró-Sangue

Doação é um procedimento totalmente seguro e dura de 10 a 15 minutos

Com esta frase, Anésio Vieira, médico hematologista e hemoterapeuta da Fundação Pró Sangue do Hemocentro de São Paulo, incentiva a população a fazer um gesto simples, mas de fundamental importância para salvar vidas: doar sangue Uma doação ajuda a salvar quatro vidas. “Com o sangue doado, temos quatro substâncias: as hemácias - também conhecidas com glóbulos vermelhos -, o plasma, as plaquetas e o fator anti-8, que é o anti-hemofílico. Dessa forma, com essa simples ação conseguimos salvar quatro vidas”, explica o médico. A doação é um procedimento totalmente seguro e dura de 10 a 15 minutos. O volume coletado é de aproximadamente 450 mililitros (menos de 13% do total de sangue de um

Rafael foi um dos voluntários a doar sangue

Revista Cegonheiro

26

adulto). Para ser um doador, é preciso estar saudável, ter entre 16 e 69 anos e pesar pelo menos 50 quilos. “Mulheres no período da menstruação também podem doar. Já aquelas que estão amamentando, não. Outros impedimentos temporários são pessoas com anemia ou com gripe ou resfriado. Menores de idade podem doar, desde que estejam munidos de autorização dos pais”, alerta o médico. Para obter a ficha de autorização, basta acessar o site http://weboffice.macronetwork. com.br/uploads/pro_sangue//arquivos/menoridade14072014.pdf O doador não pode estar em jejum, mas se a doação for feita após o almoço ou o jantar, é recomendável esperar, no mínimo, três horas. A ingestão de bebidas alcoólicas também deve ser evitada 12 horas antes da doação.

Não podem ser doadores, pessoas que já contraíram hepatite, doença de Chagas e malária, portadores do vírus HIV e usuários de drogas injetáveis. Vieira explica que, após a doação, é necessário que a pessoa permaneça sentada e coma e beba o lanche oferecido pelo banco de sangue. “Nas 24 horas seguintes, é indicado ingerir bastante líquido e evitar esforços físicos, principalmente com o braço puncionado”, ensina. “A pessoa só é liberada após passar por uma avaliação. Caso sinta tontura ou qualquer outra indisposição, deve retornar imediatamente ao banco de sangue”, completa. O médico explica que os homens devem esperar um intervalo de dois meses para fazer nova doação, enquanto as mulheres devem aguardar três meses.

Solidariedade Os funcionários, diretores e associados do Sindicato Nacional dos Cegonheiros deram um belo exemplo de solidariedade. No dia 26 de agosto, um grupo de nove pessoas foi até o Hospital Santa Cecília, na capital paulista. “Sempre procuramos incentivar esse gesto de solidariedade ao próximo”, afirma o diretor Márcio Galdino. Além de Márcio, o grupo era formado por Rafael, Vilma e Bona (funcionários), Ronaldo e Júnior (diretores), Davi e Ricardinho (carreteiros da Transauto e Brazul, respectivamente). Naé, que também trabalha para a entidade, foi até o hospital, mas não pode fazer a doação devido a problemas de saúde.

Vilma também deu um belo exemplo de solidariedade


RINO COM

Caminhões Scania. Desempenho como o transporte de veículos nunca viu. Com força, potência e desempenho, os caminhões Scania oferecem tudo para que os seus negócios estejam sempre em movimento. Em todas as estradas, você realiza a melhor entrega, com mais segurança e a maior economia de combustível.

Respeite os limites de velocidade.

Faz diferença ser Scania.

TAUBATÉ

SÃO BERNARDO DO CAMPO

facebook.com/ScaniaBrasil

Cabine Scania.

Driver Support.

Serviços Scania.

Mais conforto, segurança e visibilidade. A melhor cabine da categoria.

Sistema de apoio que faz leituras sobre o modo como o veículo é conduzido e fornece sugestões ao motorista, visando melhorar o desempenho e aumentar a economia.

A Scania oferece uma série de soluções em serviços, com mão de obra qualificada para prestar o suporte adequado a cada ocasião e mais de 100 Casas Scania em todo o Brasil.

Av. Nicola Demarchi, 601 S.B. do Campo - SP - Tel.: (11) 2176-0000


Reconhecimento

Tegma entrega prêmios aos melhores motoristas

Os profissionais e representantes dos homenageados pelo Programa Forte

Os motoristas classificados em primeiro lugar no segundo trimestre de 2014 no Programa Forte da Tegma foram homenageados no dia 17 de setembro. A cerimônia aconteceu durante um almoço no restaurante do Liau Hotels, em São Bernardo do Campo (SP). A coordenadora de Relacionamento do segmento de Logística Automotiva, Ilma Melo Rodrigues, abriu a solenidade destacando o trabalho desses profissionais. “Vocês carregam a imagem da Tegma. Acreditamos, valorizamos e reconhecemos cada um

desses profissionais que nos ajudam a aprimorar ainda mais a qualidade dos nossos serviços”, afirmou. Em seguida, o gerente de Relacionamento, Enésio Montalvão, lembrou que neste ano o Programa Forte passou a premiar um número maior de profissionais – antes eram 11; agora, 60. “O motorista é o nosso carro-chefe. Graças a sua cooperação, a Tegma é reconhecida como uma das maiores transportadoras do mercado”, disse. Já o diretor do segmento de Logística Automotiva, Sineas Rodrigues Lial, afirmou que aquele momento era mui-

Parte dos motoristas homenageados na sala de chamada

Revista Cegonheiro

28

to importante para ele. “É com muita satisfação que estou aqui para premiar os melhores profissionais. Vocês são fundamentais para a nossa empresa”, destacou. A entrega de prêmios aos demais profissionais que se destacaram no Programa Forte foi feita na sala de chamada da Tegma. Os homenageados Há oito anos na profissão, Bruce Mário Andreta, da frota 11951, já faturou quatro prêmios. “Venho de uma família de cegonheiros e desde garoto queria trabalhar nessa área. Consegui atingir o objetivo e estou orgulhoso em receber mais este prêmio. Ele é resultado da minha dedicação e do meu amor à profissão”, afirmou. Também membro de uma família de cegonheiros, Sandro Costa Santos, da frota 58941, estreou no ranking dos melhores da Tegma. “Estou na profissão desde 1992 e a premiação é uma consequência do meu trabalho e da minha preocupação em garantir a qualidade do transporte”, comemorou. Quem também foi premiado pela primeira vez foi o frotista e motorista Bruno Gustavo Colino Ramos, da frota 52734. “O Programa Forte nos


incentiva a trabalhar com cuidado e de olho na qualidade. Ser um dos homenageados mostra que estou no caminho certo”, disse. Além de Bruce, Sandro e Bruno, também foram homenageados: Jucimar Silveira Nascimento (Frota 12049); Ederson Lira da Silva (Frota 21207); Jeferson Ferreira Serpa (Frota 51028); Giovani Francisco Rosa (Frota 54856); Rafael Limeira dos Santos (Frota 56828); Alex de Oliveira Bonfim (Frota 56841); Leandro Alvarenga (Frota 82082) e Wellington Simão dos Santos (Frota 90987). Mais prêmios Também foram premiados: Gustavo Rodrigues Amaral (frota 11558); Ednei Mauricio Carneiro (frota 11591); Marcio Nolasco Souza (frota 11796); Adilson Batista de Souza (frota 11842); Manoel Silva de As (frota 12005); Luciano Alves Costa (frota 12047); Clécio Silva Davino (frota 12068); Sergio Teobaldo de Miranda (frota 12078); Eliandro Martins Francisco (frota 12095); Robinson Andre Alves (frota 12134); Antonio Luis Sanches Junior (frota 21112); Jonas de Melo (frota 21162); Diego Cavazzola (frota 21277); Victor Hugo de Oliveira (frota 21333); Ailton Rosa de Souza (frota 21424); Nivaldo de Oliveira Santos (frota 21425); Vanderlei Schneider (frota 21429); Luiz Fernando Linck Alves (frota 21430); Felipe Natanael Ricardo (frota 21437);

Rodrigues, Enésio e Ilma abrem a cerimônia de premiação

Wilson Nascimento dos Santos (frota 51013); Jose Reginaldo de Souza (frota 52502); Luciano Jose Ramos de Souza (frota 52558); Raimundo Alves da Silva Neto (frota 52611); Raimundo Saldanha Figueiredo (frota 52619); Geraldo Junior Goncalves da Silva (frota 52644); Job Bispo Chaves (frota 52745); Ronaldo Dias Lemos (frota 52746); Joao Batista Lopes da Silva (frota 54714); Angelo Gaspar Slongo (frota 54773); Luis Antonio Constantino da Rocha (frota 54828); Jose Roberto Daniel (frota 54851); Ulisses da Silva Junior (frota 54858); Ezaildo Bento Butcovsky (frota 54869); Jose

Bruno, um dos homenageados, ao lado de Ilma e Enésio

Ferreira dos Santos (frota 56848); Zeneildo dos Santos Brito (frota 56860); Marcos Barros Carvalho (frota 58516); Sidnei Roberto Bercelli (frota 58520); Fernando de Oliveira Silva (frota 59970); Celso Donadelli (frota 59974); Diogo Silva Goncalves (frota 59991); Rodrigo Rosa de Paula (frota 82081); Emanuel Marcos Alves de Oliveira (frota 90634); Cicero Alves da Silva (frota 90784); Jean Luis Angelo (frota 90921); Orlando Nascimento Barbosa (frota 90966); Webert Ildeu Pereira (frota 90996); Claudemir Rodrigues Prates (frota 91012) e Alexandre Rodrigo Reis (frota 91551).

Representantes da Tegma e motoristas no saguão do hotel

29

Revista Cegonheiro


Concessionária

Cinco décadas de sucesso

Pedro Trucão falou sobre a evolução do transporte de cargas

O grupo De Nigris, concessionária Mercedes-Benz, completa 50 anos de atividades e promove, para seus principais clientes, uma série de eventos denominada De Nigris Experience. Um dos destaques foi a palestra de Pedro Trucão, apresentador dos programas Pé na Estrada ( Rede Bandeirantes) e Globo Estrada (Rádio Globo), no dia 18 de setembro, na revenda instalada no bairro de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo (SP). Em sua apresentação sobre a evolução do transporte de carga, Trucão levou os participantes a uma viagem no tempo. Lembrou que tudo começou com os tropeiros, passou pelos carroceiros e pelo trem, até chegar aos atuais caminhões. “O transporte terrestre não para de evoluir, por isso devemos estar preparados para as mudanças. Todos têm acesso às informações. Se

Show da dupla Roger e Robson

Revista Cegonheiro

30

ficarmos parados, o outro vem e nos ultrapassa. E tenho certeza: ninguém quer ficar no acostamento”, alertou.

Muita animação e descontração na festa da De Nigris

O presidente do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho, fez questão de prestigiar o evento da De Nigris e parabenizar o diretor da unidade de São Bernardo do Campo, Carmo Pizzotti. “O segmento cegonheiro é muito importante para nós. Temos uma parceria de longa data. A presença de Boizinho nos prestigiando neste momento tão especial comprova isso”, destacou o executivo. Após a palestra, foi servido o tradicional porco no rolete. Série de palestras Essa foi a terceira palestra do De Nigris Experience. O ex-piloto André Azevedo, da Equipe Brasil Dakar, ministrou as duas primeiras (realizadas

Carmo Bizzotti agradeceu a presença dos convidados

em agosto nas unidades de Sorocaba e São José dos Campos). Falou sobre os desafios da profissão, sobre suas 25 participações no Rally Paris e fez um paralelo entre sua carreira e os desafios que as empresas enfrentam no dia a dia. “Eu que participei de 25 edições do rally mais perigoso do mundo, sei como as equipes devem se unir nos momentos de dificuldades, para superar os desafios. O grupo De Nigris é um exemplo de sucesso”, afirmou. A última palestra foi ministrada pelo empresário Max Gheringer, sobre inovação e valorização profissional. Aconteceu no dia 24 de setembro, na sede da SETCESP (Sindicato das Empresas de Transporte de São Paulo).

Cássio, Boizinho, Germano e João


ISO 9001 : 2008

www.transzero.com.br São Bernardo do Campo SP • São José dos Campos SP Taubaté SP • São José dos Pinhais PR • Gravataí RS Vitória ES • Rio Grande RS • Camaçari BA • Catalão GO


Tecnologia

foto: Divulgação

O caminhão do futuro

Mercedes-Benz Future Truck 2025 foi apresentado no Salão Internacional de Veículos Comerciais (IAA)

Assim como as montadoras de automóveis, os fabricantes de caminhões apresentam as novidades para o futuro. A Mercedes-Benz acredita que em 2025 os veículos serão autônomos e apresentou o Future Truck 2025 no Salão Internacional de Veículos Comerciais, realizado entre os dias 25 de setembro e 2 de outubro, em Hannover, na Alemanha. Na avaliação dos técnicos alemães, no futuro, os motoristas deixarão de ser meros condutores e passarão a gestores de transportes, podendo executar suas tarefas dentro da boleia. A base do caminhão do Future Truck com “Highway Pilot” (piloto rodoviário) é o Mercedes-Benz Actros 1845. O modelo é equipado com motor de 449 cv de potência que desenvolve torque máximo de 2.200 Nm. A transmissão é automatizada, o PowerShfit 3, de 12 marchas. Totalmente camuflado, o veículo já encarou situações reais de trânsito num trecho da rodovia alemã A14. Revista Cegonheiro

32

Motorista se sentirá como se estivesse em seu escritório

Para protegê-lo dos olhares curiosos, internamente foi aplicada uma cobertura que modifica o cockpit. Mas as telas adicionais no painel já permitiram antever o posto de trabalho do motorista: área de trabalho separada da área de descanso. Sensores e câmeras O caminhão é equipado com diversos sensores. Na parte dianteira inferior, foi instalado um sensor de radar que explora a região de curta e de longa distância adiante do caminhão. O de curto alcance atinge 70 metros e tem ângulo de abertura de 103 graus, enquanto o de longo alcance chega a 250 metros e tem ângulo de abertura de 18 graus. A área à frente do veículo também é monitorada por uma câmera 2D estereoscópica instalada sobre o painel, atrás do para-brisa. O equipamento tem alcance de 100 metros e cobre uma área de 45 graus na horizontal e 27 graus na vertical. Ele é capaz de

identificar uma ou duas pistas da estrada, além de pedestres, obstáculos estáticos ou em movimento, além de registrar as informações dos sinais de trânsito. Nas laterais, o caminhão possui sensores de radar que monitoram as áreas da estrada à direita e à esquerda do veículo. O alcance é de 60 metros e a cobertura, de 170 graus. Todos os sensores e a câmera estão interconectados em rede, para gerar uma imagem completa do entorno do caminhão. Esse conjunto funciona tanto com o veículo parado quanto em movimento. Quando o motorista ativa o sistema “Highway Pilot”, basta girar seu assento 45 graus no sentido horário e pronto: ele terá um console central com design similar a uma estação de trabalho de um escritório. Além disso, terá um tablet removível com tela sensível ao toque, para executar suas tarefas e comunicar-se com o seu entorno.


AGORA É SÓ ESCOLHER. TODA LINHA CHEVROLET DIRETO PARA VOCÊ!

AQUI VOCÊ TEM BENEFÍCIOS ESPECIAIS E ATENDIMENTO PERSONALIZADO. NÃO VAMOS PERDER NEGÓCIO! Plantão:

Parceria:

VIAMAR ABC CAMINHO DO MAR, 2227 RUDGE RAMOS, ABC - SP 4367 8082 | 4367 8090 VIAMAR, 19 ANOS

| TAMBÉM EM MAIS 6 LOJAS EM SÃO PAULO E 4 NO RIO DE JANEIRO 33

Revista Cegonheiro


Restrições de Tráfego

para carretas cegonhas em

2014

O Departamento de Polícia Rodoviária Federal através da portaria 46 do dia 20 de dezembro de 2013, divulgou o calendário de restrição à circulação de Combinações de Veículos de Carga (CVC), Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), autorizados a circular portando ou não a Autorização Especial OPERAÇÃO DIA de Trânsito (AET), bemDA comoRESTRIÇÃO o trânsito dos demais veículos portadores da AET. HORÁRIO DA RESTRIÇÃO O descumprimento desta proibição constitui infração de trânsito prevista no artigo(sexta-feira) 587 do Código de Trânsito Brasileiro (Código 574-63), sendo que o veículo que for autuado, 28/02/2014 16h00 às 24h00 poderá seguir viagem somente após o horário de término da restrição. 01/03/2014 (sábado) 06h00 às 12h00 Carnaval DE VEÍCULOS LONGOS, PORTADORES DE AET, VÁLIDO APENAS EM RODOVIAS RESTRIÇÃO 04/03/2014 (terça-feira) 16h00 às 24h00 FEDERAIS COM PISTA SIMPLES

05/03/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 17/04/2014 (quinta-feira) 16h00DA àsRESTRIÇÃO 24h00 OPERAÇÃO DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO Semana 18/04/2014 (sexta-feira) 06h00 àsRESTRIÇÃO 12h00 OPERAÇÃO DIA DA RESTRIÇÃO HORÁRIO DA OPERAÇÃO DIA HORÁRIO DA RESTRIÇÃO Santa/Tiradentes OPERAÇÃO DIA DA DA RESTRIÇÃO RESTRIÇÃO HORÁRIO 28/02/2014 (sexta-feira) 21/04/2014 (segunda-feira) 16h00DA àsRESTRIÇÃO 24h00 28/02/2014 (sexta-feira) 16h00 24h00 01/03/2014 (sábado) 06h00 às 12h00 28/02/2014 (sexta-feira) 16h00 24h00 01/05/2014 (quinta-feira) 06h00 às 12h00 28/02/2014 (sexta-feira) 16h00 às às 12h00 24h00 Dia Carnaval do Trabalho 01/03/2014 (sábado) 06h00 04/03/2014 (terça-feira) 16h00 24h00 01/03/2014 (sábado) 06h00 12h00 04/05/2014 (domingo) 16h00 às 24h00 Carnaval 01/03/2014 (sábado) 06h00 às 24h00 12h00 Carnaval 04/03/2014 (terça-feira) 16h00 05/03/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 Carnaval 04/03/2014 (terça-feira) 16h00 24h00 19/06/2014 (quinta-feira) 06h00 às 12h00 04/03/2014 (terça-feira) 16h00 às 24h00 Corpus Christi 05/03/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 17/04/2014 (quinta-feira) 05/03/2014 (quarta-feira) 06h00 12h00 22/06/2014 (domingo) 16h00 às 24h00 05/03/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 Semana 17/04/2014 16h00 24h00 18/04/2014(quinta-feira) (sexta-feira) 06h00 às 12h00 17/04/2014 (quinta-feira) 19/12/2014 (sexta-feira) 16h00 às 24h00 Semana Santa/Tiradentes 17/04/2014 (quinta-feira) 16h00 às 12h00 24h00 Semana 18/04/2014 (sexta-feira) 06h00 21/04/2014 (segunda-feira) 16h00 às 24h00 Semana 18/04/2014 (sexta-feira) 24/12/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 Santa/Tiradentes 18/04/2014 (sexta-feira) 06h00 às 12h00 Santa/Tiradentes Fim de Ano 21/04/2014 16h00 às 24h00 Santa/Tiradentes 01/05/2014(segunda-feira) 06h00 12h00 21/04/2014 (segunda-feira) 01/01/2015 (quinta-feira) 16h00 às 24h00 21/04/2014 (segunda-feira) 16h00 às 24h00 Dia do Trabalho 01/05/2014 06h00 12h00 04/05/2014(quinta-feira) (domingo) 16h00 às 24h00 04/01/2015 às 01/05/2014 (quinta-feira) 06h00 12h00 Dia do Trabalho 01/05/2014 (quinta-feira) 06h00 às 24h00 12h00 Dia 04/05/2014 (domingo) 16h00 Dia do do Trabalho Trabalho 19/06/2014 (quinta-feira) 06h00 às 12h00 04/05/2014 (domingo) 16h00 às 24h00 04/05/2014 (domingo) 16h00 às 24h00 Corpus Christi 19/06/2014 06h00 12h00 22/06/2014(quinta-feira) (domingo) 16h00 às 24h00 19/06/2014 (quinta-feira) 06h00 às 12h00 Corpus Christi 19/06/2014 (quinta-feira) 06h00 às 24h00 12h00 Corpus 22/06/2014 (domingo) 16h00 Corpus Christi Christi 19/12/2014 (sexta-feira) 16h00 às às 24h00 22/06/2014 (domingo) 28/02/2014 (sexta-feira) 06h00 às 19h00 22/06/2014 (domingo) 16h00 24h00 19/12/2014 (sexta-feira) 16h00 24/12/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 19/12/2014 (sexta-feira) 16h00 às 24h00 24h00 01/03/2014 (sábado) 06h00 às 19h00 Fim de Ano 19/12/2014 (sexta-feira) 16h00 24h00 24/12/2014 06h00 12h00 Carnaval 01/01/2015 (quarta-feira) (quinta-feira) 16h00 às 24h00 24/12/2014 (quarta-feira) 06h00 às 12h00 Fim de Ano 05/03/2014 (quarta-feira) 12h00 às 22h00 24/12/2014 (quarta-feira) 06h00 às 24h00 12h00 Fim 01/01/2015 16h00 04/01/2015(quinta-feira) (domingo) Fim de de Ano Ano 01/01/2015 (quinta-feira) 16h00 às 22h00 24h00 09/03/2014 (domingo) 12h00 às 01/01/2015 (quinta-feira) 16h00 24h00 04/01/2015 (domingo) 16h00 às 24h00 04/01/2015 (domingo) 16h00 às 04/01/2015 (domingo) 16h00 àsE 24h00 24h00 RESTRIÇÃO DE TRÂNSITO NA BR-101, ENTRE OS MUNICÍPIOS DE RIO BONITO (RJ) ITABORAÍ (RJ), KM 269 E 308 DO RIO DE JANEIRO E NA BR-493, NOS MUNICÍPIOS DE MAGÉ (RJ) E ITABORAÍ (RJ), KM 0 AO 26 28/02/2014 (sexta-feira) 06h00 às 19h00

12h00 às às 19h00 22h00 06h00 06h00 às 22h00 19h00 12h00 às 06h00 19h00 06h00 19h00 12h00 às 22h00 06h00 às 19h00 06h00 às às 22h00 19h00 12h00 12h00 às 22h00 12h00 às 22h00 12h00 às 22h00 12h00 às 22h00 12h00 às 22h00 12h00 às 22h00 RESTRIÇÃO DE TRÂNSITO NA BR-135 NO ESTADO DO MARANHÃO, DO KM 00 AO 100 – ENTRE OS Festejos Juninos MUNICÍPIOS DE 21/06/2014 às 22h00 SÃO LUIZ (sábado) (MA) E ITAPECURU-MIRIM (MA)15h00 01/03/2014 (sábado) 12h00 às 22h00 (São João) 22/06/2014 (domingo) 15h00 às 22h00 22h00 Carnaval 01/03/2014 (sábado) 12h00 às 05/03/2014 (quarta-feira) 01/03/2014 (sábado) 12h00 às 12h00 22h00 Carnaval 23/06/2014 (segunda-feira) 06h00 às 01/03/2014 (sábado) 12h00 22h00 Carnaval 05/03/2014 (quarta-feira) 12h00 às 22h00 Carnaval 05/03/2014 (quarta-feira) 12h00 às 22h00 05/03/2014 (quarta-feira) 12h00 às 22h00 Carnaval Carnaval Carnaval Carnaval Carnaval

01/03/2014 (sábado) 28/02/2014 (sexta-feira) 01/03/2014 (sábado) 28/02/2014 (sexta-feira) 05/03/2014 (quarta-feira) 28/02/2014 (sexta-feira) 01/03/2014 (sábado) 05/03/2014 (quarta-feira) 01/03/2014 (sábado) 01/03/2014 (sábado) 05/03/2014 (quarta-feira) 09/03/2014 (domingo) 05/03/2014 (quarta-feira) 05/03/2014 (quarta-feira) 09/03/2014 (domingo) 09/03/2014 (domingo) 09/03/2014(sexta-feira) (domingo) 20/06/2014

RESTRIÇÃO APENAS NOS ESTADOS DAS BAHIA, PARAÍBA, PERNAMBUCO E 20/06/2014 (sexta-feira) 12h00 às 22h00 RIO GRANDE DO NORTE

Festejos Juninos Festejos Juninos (São João) Festejos Juninos Festejos Juninos (São João) (São João) (São João)

20/06/2014 (sexta-feira) 21/06/2014 (sábado) 20/06/2014 (sexta-feira) 20/06/2014 (sexta-feira) 21/06/2014 (sábado) 22/06/2014 (domingo) 21/06/2014 (sábado) 21/06/2014(domingo) (sábado) 22/06/2014 23/06/2014 (segunda-feira) 22/06/2014 (domingo) 22/06/2014 (domingo) 23/06/2014 (segunda-feira) 23/06/2014 23/06/2014 (segunda-feira) (segunda-feira)

12h00 22h00 15h00 às 12h00 às 22h00 12h00 às às 22h00 22h00 15h00 15h00 às 22h00 15h00 às 22h00 15h00 22h00 06h00 às 12h00 15h00 às 22h00 15h00 às 22h00 06h00 às 12h00 06h00 às 12h00 06h00 às 12h00

Fonte: Portaria 46 de 20 de dezembro de 2013 – CGO/DPRF OBSERVAÇÃO: É NECESSÁRIO OBSERVAR AS MUDANÇAS NAS RESTRIÇÕES DOS FERIADOS REGIONAIS DE CADA ESTADO Revista Cegonheiro

34


35

Revista Cegonheiro


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem a disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retiradade Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Sede Central – Rua: Luiz Barbalho, 07/11 – Bairro Demarchi Licenças Federal e Estaduais

(11) 4346.5508

Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia

(71) 3622-6500

Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul

(51) 3431-4848

São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo

(41) 3385-8245

São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

(12) 3906-0807

Tocantins (Licença Estadual)

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

Minas Gerais (Licença Estadual)

São Paulo (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Santa Catarina (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Bahia (Licença Estadual) Goiás (Licença Estadual)

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

Pernambuco (licença estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2014 Final de Placa

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

Revista Cegonheiro

36

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

- Cópia legível do documento do cavalo e carretas (todas as carretas que for acoplar na licença) - Cópia legível da licença federal (Dnit) - Contrato social da empresa (xerox autenticada) - CNH do proprietário ou de um dos sócios da empresa (xerox autenticada) - comprovante de endereço – pessoa física (xerox autenticada)

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro


Serviço

Você sabe o que é desaposentação?

Antes de solicitar novo benefício, é recomendável consultar um especialista

Muitas pessoas ainda não se acostumaram com essa palavra, mas o termo desaposentação está cada vez mais presente nos bate papos entre aposentados do INSS. Afinal, o que quer dizer desaposentação? O advogado Alessandro Montalvão, sócio da Tanaka, Cesar e Montalvão Advogados, especialista em Direito Previdenciário, explica que desaposentação é a possibilidade de concessão de uma nova aposentadoria reivindicada por trabalhadores que se aposentaram e continuaram trabalhando e contribuindo para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). “Antes, as contribuições feitas após a aposentadoria não po-

diam ser convertidas em um novo benefício, por expressa proibição legal. Porém, com o aumento do número de casos de cidadãos que voltam ao mercado de trabalho, os advogados previdencialistas criaram a tese da desaposentação. Hoje ela é aceita por boa parte da Justiça”, afirma Montalvão. No entanto, ele recomenda que, antes de entrar com a ação de desaposentação, o aposentado contrate um especialista para realizar os cálculos. “É que dependendo do caso, pode ocorrer o inverso do desejado, isto é, a redução do valor do benefício”, justifica. Com relação à posição da Justiça,

Muitos aposentados estão retornando ao mercado de trabalho

Montalvão afirma que atualmente as decisões têm favorecido os segurados. “No início havia duas correntes. A primeira autorizava a desaposentação, mas determinava a devolução de todo o valor já recebido pelo segurado. A outra também autorizava a desaposentação, contudo sem a devolução dos valores recebidos, tendo em vista a natureza alimentar da aposentadoria”, explica o advogado. Segundo Montalvão, atualmente o STJ (Superior Tribunal de Justiça) concede a desaposentação sem devolução, porém a palavra final ainda vai ser dada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), órgão máximo do poder judiciário brasileiro. 37

Revista Cegonheiro


Classificados Valdivino Neto (Val das Tintas) (11) 7009-3838, 3423-1555 e 966*10355 Três Eixos, Robocop original, anos 2001, 2003 e 2006. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/ bwmdGF Dambroz 2008, com pneus e cinta em bom estado (Transauto).Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656 Dambroz 1998/1999, bom estado (Transauto) R$ 30 mil. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656 Dambroz 94, aberta e elétrica, verde. Valor a combinar. Tratar com Vilson-Melancia (11) 4412-0159 e 9958-5510 Dambroz 2008, alugo. Tratar com Zé Valter – TN (11) 7809-7712 e ID: 90*12354

Carreta Dambroz 2002, preta padrão Tegma, convencional, com pneus e cintas. Tratar com Osmar (11) 94720-3166 e ID 45*4*148025 Três carretas pranchas para transporte de caminhões (duas Facchini e uma Dambroz). Todas em bom estado e com pneus. Tratar com João (11) 7865-9192 e 4368-9206. Carreta Dambroz Robocop, 2008, com pneus e cinta. Tratar com Valter (Transzero) (11) 99999-3024 Carreta Três Eixos Robocop, 2008, com pneus e cintas em bom estado. Preço: R$ 78 mil. Tratar com Vanderlei (11) 98192-0069 e (75) 9823-6842

Três Eixos 2007 – Tratar com Márcio Galdino 7881-4656

Carreta Dambroz, Robocop, 2008, amarela, com pneus e cintas. Único dono. Tratar com Pitol (11) 98411-2223 ou Luiz (11) 99220-2963

Dambroz 1989 – Preta, carreta reformada, estado de nova, impecável. Tratar com Mário (11) 7871-1282 / 7730-8474

Carreta Dambroz 2008 com pneus e cintas.Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656

Três Eixos 2006, Robocop, com pneus e cintas. Tratar com Nelson -TG (54) 3221-8501

Carreta Dambroz 2000, convencional alongada, padrão Tegma. Tratar com Gabriel (48) 9935-6575

Dambroz, ano 2000, convencional, pneus e cintas Brazul. Tratar com Bruno (11) 99389-0869 e 30*56894

Engerauto, 98, padrão Brazul, reformada com pneus e cintas. Tratar com Júnior (11) 98245-6690 ou Bruno (11) 993890869, 118*4328 e 307*56894

Engerauto, ano 1996, elétrica, capacidade para 11 carros. R$ 40 mil. Tratar com Salvador Corrêa (11) 9390-5898 e (11) 4347-9728 Carreta Robocop Dambroz 2003, reformada em 2010 e com pistões novos. Padrão Tegma. Impecável. Tratar com Wadson (11) 7661-3377 e (79) 9876-9353 Vendo ou alugo carreta cegonha Três Eixos, ano 1997, freio novo, cor verde Dacunha, aberta e alongada. Ótimo estado de conservação. Engata caminhão Toco. Valor: R$ 38 mil. Carreta cegonha Dambroz, ano 2000, aberta, alongada, engata caminhão truckado, cor verde Dacunha. Ótimo estado de conservação. Freio feito há dois meses. Valor: R$ 39 mil. Carreta FNV, ano 91, aberta, alongada, cor preta, toda reformada como Engerauto, boa de carga, engata caminhão Toco. R$ 28 mil. O aluguel de qualquer carreta é de R$ 2.000 por mês. Tratar com Valdivino Neto (Val das Tintas) (11) 7009-3838, 3423-1555 e 966*10355 Vendo conjunto Volkswagen Constellation 19370, ano 2009, vermelho e carreta Contin Robocop, ano 1987, verde toda reformada. Preço total: RW 210 mil. Se for vendido separado, R$ 150 mil (cavalo) e R$ 60 mil (carreta). Tratar com Sílvio (11) 97717-3278 e 7*3199 Carreta Engerauto 1998, padrão Brazul amarela, alongada e preparada para “cara chata”, boa de carga (sete pickups e três médios), com oito pneus semi usados. Tratar com Hamilton (11) 98114-0119 Carreta Três Eixos, 2001, com pneus em ótimo estado. Tratar Toninho Pirajuí (11) 98361-6717 Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 986445354 e 99263-2336 Carreta Dambroz 2008, azul (Transauto), com pneus e cintas. Tratar com Reginaldo (11) 7738-7296 9*43047 Carreta Robocop Goldin 1987 com rodas e pneus. Capacidade para 11 carros. Totalmente reformada. Preço: R$ 43 mil. Tratar com Sílvio (11) 7717-3278 Carreta Nego 2008, verde e com pneus. Tratar com Hong (13) 9112-2716 Vendo ou alugo as seguintes carretas: Dambroz 2000/2001, aberta, convencional, preta, R$ 38 mil. Três Eixos, 1997/1997, aberta, convencional, preta, R$ 37 mil. Dambroz, 1998, aberta, alongada, convencional, verde, R$ 39 mil. Três Eixos 1997/1997, aberta, alongada, convencional, verde, R$ 39 mil, Dambroz 2000/2000, aberta, alongada, convencional, engata truck, verde, R$ 39 mil. FNV 1991, aberta, alongada, convencional, R$ 28.500. Tratar com

Revista Cegonheiro

38

Carreta Dambroz, Robocop, 2004/2004, verde TNorte, reformada. Preço: R$ 55 mil. Tratar com Sérgio (21) 98017-8789 ou Nextel 919*3927. Alugo ou vendo uma carreta Engerauto 1996, toda Robocop, verde Transzero com pneus e cintas. Para venda R$ 35 mil. Tratar com Roberto (11) 991921817

Axor 1933 – branco – 2005 -Só rodou na cegonha - Tratar com Ademir (Índio) Tegma (11) 9 8437-1050 / 9 7273-2933 MB 2035 – branco - 2008. Tratar com Junior / Bruno (11) 9 8245 – 6690 / 9 9389 – 0869 / 118*4328 Volvo FM 340 4x2, anos 2001 e 2003 - Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 site web: htpp://zip.net/bwmdGF Volvo FM 370 6x2 trucado, 2012, entre eixos 3,20 – duas unidades. Tratar com Joel (TG) (54) 3027-7966 Scania 350 4x2 2008/2009 – vermelho e em ótimo estado.R$ 180.000,00 Tratar (11) 9 – 8226-0600 com Julianni / Alfredo VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar: (11) 7871-1282 / 7730-8474 com Mário Iveco Stralis, 2008/2009, modelo Power cegonheiro, vermelho Tratar: (11) 8349-6033 / 5514-2461 com Geraldo –Transzero MB Axor 2040, 2008/2008, único dono R$ 190 mil. Tratar: (11) 9430-3098/ ID 55*100*30421 (Cajaiba – TG) MB 1634, 06, branco.Tratar:(11) 94418547 com Umberto Nóbile – TS MB 608 Dguincho, 1980. R$ 30 mil. Tratar:(11) 999134-8945/7833-2201/ID 84*23068 com Gilberto - TN Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho,pneusnovos.Valor: R$ 210 mil. Tratar: (11) 9935-7917 com Delmiro – TNorte

de conservação. Pronta entrega. Valor: R$ 340 mil. Aceito caminhonete em troca. Tratar com Peterson, da Transzero (11) 98124-1450 Mercedes-Benz 1630, 1995, com motor novo e em ótimo estado. Tratar com Valter (Transzero) (11) 99999-3024 Mercedes-Benz 2035 4x2, 2007, prata. Preço: R$ 120 mil. Tratar com Vanderlei (11) 98192-0069 e (75) 9823-6842 Scania G 420, ano modelo 2011, com 383 mil quilômetros rodados, banco e cama em couro e faróis xênon original de fábrica. Preço: R$ 270 mil. Tratar com Luciano ou Vagner (11) 4335-1568, 97014-8615 e 98115-9750 Volvo FH, 2005, segundo dono, motor e câmbio novos, pneus meia vida, prata. Caminhão de cegonheiro. Tratar com Buriti (11) 7830-4211 e (11) 999438656 Scania G420 4x2, 2008/2008, azul, com 940 mil quilômetros rodados. Ótimo estado de conservação. Preço: R$ 190 mil. Tratar com Gustavo (12) 98314-0000 e 96*37039

Toyota Hilux SW4 3.0 SRV 4X4 16V Turbo Intercooler Dieses 4P Automático – Preto Km – 120.000. Tratar Wagner ID: 960*7864 / 7769-3096 Fiat Strada Working CD 1.4 flex, 2010, completa. Tratar com Erivaldo (11) 98688-5488 Moto ano 97. Tratar com Itamar – TG (11) 9222-5234 e ID 9*67333 Caminhoneta 82 cabine dupla, original, turbinada, hidráulica, raridade. Tratar com Daniel-TNorte Curitiba - BZ (15) 3278-1214 Pajero, ano 98, prata, motor novo, a gasolina. Tratar com Itamar – TG (11) 9222-5234 e ID 9*67333 Voyage confortline1.6,flex,09/10,comp leto. Tratar com Enzo (11) 4396-1869 e 7765-2487 Uno 2009, azul metálico, duas portas, completo, flex. Tratar com Marcelo – BZ Taubaté (12) 9239-2287 e 91782857 Golf Black Edition 2010/2011, preto, completo. R$ 50.400,00. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656 D20, 86, turbo, vermelho perolizado, segundo dono, 160 mil quilômetros rodados, carro de garagem, com guincho na frente. R$ 32,5 mil. Tratar com Geraldo Saraiva Filho (11) 7076-0632, 4109-1279 e 4358-1313 Moto BMW GS 1200 R, 2009/2009, prata. Vendo ou aceito troca por carro ou outra moto. Tratar com Peterson (11) 98124-1450 e 916*855 Saveiro Cross 2012, cinza, completa. Preço: R$ 39 mil. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656 Mitsubishi Outlander GT, 2011, completa, branca. Preço: R$ 80 mil. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656, 6348-2425 e 80*2223 Saveiro Trend 2009, prata, com cerca de 40 mil quilômetros rodados. O veículo é equipado com direção hidráulica, alarme, rodas de magnésio, trava e vidros elétricos. Preço: R$ 23 mil. Tratar com Francisco (11) 99454-9337 e 2861-0196 Vendo ou troco S10, ano modelo 1998, 4.3, V6, completa, cabine dupla,prata, com kit gás. Ótimo estado de conservação. Tratar com Nelson (11) 98442-0969

Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 98436-3376, 11*6514 ou 7734-5921 Axor 2035, 2008, prata, completo e em bom estado de conservação. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656. Axor 2044, 2008, prata, completo, com motor e câmbio revisados. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656. Volvo FH 6x2, Globetrotter, 2012/2012, branco, completo e em perfeito estado

Vendo apartamento com 150 metros quadrados, três suítes, três vagas de garagem, adega, lazer completo no Condomínio Vila Verde, no Jardim do Mar, em São Bernardo do Campo. Tratar com Raimundinho (11) 99484-3476 ou Janete (11) 7867-8047. Apartamento no centro de Diadema, três dormitórios, 65m², churrasqueira, duas piscinas, de festa, sala de ginástica. Valor: R$ 240.000,00.Tratarcom Eduardo – Cazu (11) 6710-9965 Sítio com cincoalqueires na rodoviaCasteloBranco Km 162, em Porangaba. Tratar com Buriti (11)99943-8656 e 6949-5995 Sítio em Pilar do Sul-SP próximo a Sorocaba,1 e ½ alqueire formado. Tratar com Daniel TNorte Curitiba – BZ (15) 3278-1214 Terreno em Piedade, próximo a Sorocaba. R$ 25.000,00.Troco por carro. Tratar com Marcinho TG (15)3311-4043 e 9574-0272 Casa no bairro Demarchi. Vende-se valor R$ 450 mil ou aceito imóvel de menor valor. Quatro dormitórios (sendo uma suíte), três wcs, cinco vagas, dois terraços, copa, cozinha planejada, sótão, salão de festas e depósito. Tratar com Maria Lúcia (11) 4347-6001 e 9136-2383 Sobrado no Terra Nova II, três dormitórios amplos, uma suíte com varanda. Todo reformado e tudo em porcelanato, Possui jardim de inverno na sala, cozinha embutida, rack sob medida, copa e coifa. Valor: R$ 400 mil. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 4396-9008 Apartamento novo em Nova Petrópolis (São Bernardo do Campo). O imóvel tem dois dormitórios, sala, cozinha, WC, área de serviço com sacada, área de lazer e piscina, etc. Área útil de 49 metros. Entrega prevista para abril de 2013. Preço: R$ 250 mil. Tratar com Salvador (11) 4347-0931 Apartamento no Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo. Com dois ou três dormitórios, duas garagens, área de lazer, área de construção 100 metros quadrados. R$ 330 mil mais saldo de prestações. Tratar com Guilherme6605-7953 Casa em Dias Dávila (BA) com 850 metros quadrados de terreno. A casa possui quatro quartos (dois com suíte), sala, cozinha, banheiro e varanda. Tem ainda gramado na frente e várias árvores frutíferas. Vendo ou troco por um cavalo e carreta. Tratar com Angela (71) 91783389 e 966*8632 Vendo uma casa no Jardim Nosso Lar (próximo ao Clube da Ford). O imóvel possui dois dormitórios (sendo um deles com suíte e sacada), sala, cozinha, banheiro, lavanderia e garagem com portão automático e capacidade para quatro carros. Tratar com Eraldo ou Silvana (11) 98397-4705 e 98384-4799 Vendo ou troco chácara em Boituva por uma casa em São Bernardo do Campo ou Santo André. A chácara fica a quatro quilômetros da cidade, possui pomar e quarto para hóspede. Tratar com Nilton (Transauto) (11) 4127-9324 e 98784-7600 Vendo ou troco apartamento no Condomínio Praia Center, a 50 metros da praia do Morro, em Guarapari (ES). Com área total de 106,54m², o imóveltem um quarto, uma suíte, sala de estar, varanda (sacada), um banheiro, um lavabo e uma cozinha e área de serviço. Todo mobiliado. Tratar com Washington (43) 9105-4141

ANUNCIE

4346-5507

(11)

e-mail: revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br


Profile for Sinaceg

Revista Cegonheiro - Edição 149  

Revista Cegonheiro - Edição 149  

Profile for sinaceg
Advertisement