Page 1

Sindicato Nacional dos Cegonheiros

DEZ ANOS NO CAMINHO DA INFORMAÇÃO

MULHERES

Com muita competência elas ocupam postos de trabalho antes dominados pelos homens

ASSEMBLEIA

Diretores e associados alinharam a estratégia de trabalho para 2013

EXPOSIÇÃO

Expo Nacional de Transportes de Caxias começa dia 8 de maio

Ano 10 - edição no 131 - março/2013 - Publicação mensal


Venha para a

maior Feira de

Implementos

Rodoviários do sul do País

8 a 11 de Maio de 2013 Caxias do Sul - RS - Pavilhões da Festa da Uva

ENTRADA E ESTACIONAMENTO GRATUITOS


Informações:

www.expotransportes.com.br

Realização:

cone ão Eventos

Apoio:

Prefeitura de Caxias do Sul

Contato:

(11) 4346.5507 (11) 9 9446.2525


Palavra do Presidente Presidente: José Ronaldo Marques da Silva Vice-Presidente: José Cavalcante da Silva Secretário Geral: Antonio Bezerra Dantas Secretário de Finanças: Marcio Galdino da Silva Diretor Regional: Douglas Santos Silva Primeiro Secretário: Josimar L. de Freitas Primeiro Tesoureiro: Reginaldo Fabretti Diretores Executivos Efetivos Jaime Ferreira dos Santos Gilmar Donizete da Silva Benvindo Gonçalves José Laercio da Silva Antenor Garibaldi Diretores Executivos Suplentes Alberto Bartolomeu Neves Roberto Nobile Edimar Moreira de Oliveira Clemente Francisco de Assunção Ednilson Azevedo Bitencourt César Wellington Pereira da Rocha Luis Carlos Pitondo Luiz Eugênio Baldin Golgatto Luciano André Pingueli Correa Marcelo Imenis Pereira] Jurandy Pereira de Albuquerque Junior Abner Santana Damasceno Junior Conselho Fiscal Efetivo José Vicente Bonetti Ivan Antonio da Silva Hamilton Mendes Conselho Fiscal Suplente Silas Ramos Adilson Roberto Bento Antonio Ortega Augusto Jornalista Responsável José Nogueira do Nascimento Mtb 15.211 Editoração de Arte e Produção Gráfica Milton Tonello Editor José Nogueira do Nascimento Publicidade Ítalo Rocha Nogueira Redação Analuiza Tamura e José Nogueira Revisão Maria Isabel Corcete Fotografia Ítalo Rocha Nogueira Impressão Gráfica Gráfica e Editora Referência Tiragem 6.000 exemplares

Endereço Rua Luiz Barbalho, 07/11 - Bairro Demarchi CEP: 09820-030 - São Bernardo do Campo - SP Fone: (11) 4346-5507 Fone/Fax: (11) 4346-5500 www.sindicatodoscegonheiros.com.br revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br conexaocomunicacao@uol.com.br Revista Mensal dirigida aos Cegonheiros. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados são de seus autores e não necessariamente as mesmas da Revista Cegonheiro. A elaboração de mátérias redacionais não tem nenhuma vinculação com a venda de espaços publicitários. Os anúncios são de responsabilidade das empresas anunciantes. Ano 10 - edição nº 131 - março de 2013 Sindicato Nacional

Revista Cegonheiro

4

Caros Leitores Esta edição traz uma homenagem especial às mulheres. Batalhadoras e guerreiras, elas vêm conquistando cada vez mais destaque no mercado de trabalho. Nossa personagem, Maria José Lázaro Marinho, a Tuca, retrata muito bem a luta das mulheres para conquistar seu lugar. Segundo a Secretaria de Políticas para as Mulheres, hoje o sexo feminino representa 51,5% da população brasileira. Outros dados da pesquisa mostram que mais de 24 milhões de famílias têm a mulher no comando. Elas dedicam, em média, 7,5 anos aos estudos e têm expectativa de vida de 77,7 anos. Os preparativos da Expo Nacional de Transportes e Implementos Rodoviários de Caxias do Sul seguem em ritmo acelerado. Muitas empresas já garantiram presença e vão levar suas novidades para a exposição. Aguardem! Outro destaque é a assembleia realizada em nossa sede. Mais uma vez, pedimos aos nossos associados que orientem seus motoristas para o cumprimento da lei da carga horária e mostramos a posição da nossa entidade: não somos contrários à lei, pedimos apenas que sejam criados pontos de apoio para que possamos estacionar nossos caminhões com segurança. Na reunião também discutimos diversos assuntos para alinhar nossa estratégia de trabalho para 2013. Queremos fazer o melhor possível para defender os interesses da nossa categoria. E para isso contamos com sua participação e colaboração.

Índice

José Ronaldo Marques da Silva

Livro ................................................................................................. Relacionamento ................................................................................. Saúde .............................................................................................. Mulher ..................................................................................... 12 e Caminhões ....................................................................................... Gente ...................................................................................... 16 e Rodovias .......................................................................................... Lançamento ..................................................................................... Carga horária ........................................................................... 24 e Meio ambiente ................................................................................. Transportadora ................................................................................. Concessionária .................................................................................. Restrições ........................................................................................ Caxias do Sul ................................................................................... Licenças .......................................................................................... Classificados .................................................................................... Divirta-se .........................................................................................

6 8 10 13 14 17 20 22 25 26 28 29 30 32 34 36 38


Desafios vencidos com mais força e maior economia de combustível.

RINO COM

Respeite os limites de velocidade.

Caminhões Scania.

Prontos para atender às necessidades dos clientes nas mais diversas aplicações, os caminhões Scania apresentam motores de 9, 13 e 16 litros, todos com o maior torque do mercado. Os desafios do setor de transporte podem ser superados facilmente com o amplo portfólio de soluções oferecido pela Scania.

Faz diferença ser Scania.

Av. Nicola Demarchi, 601 S. B. do Campo - SP - Tel.: (11) 2176-0000


Agenda

Faça parte da nossa história

Livro resgatará a história do Sindicato e das pessoas que ajudaram a entidade

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros vai lançar este ano um livro que contará a história da nossa entidade. A ideia é mostrar a origem desta categoria que ajudou e continua colaborando para o desenvolvimento de nosso país. A publicação também vai destacar algumas pessoas que ajudaram a construir essa história de sucesso. E você pode ser nosso personagem. Reúna fotos, documentos e conte um pouco de suas aventuras pelas estradas brasileiras. Afinal, a sua participação foi fundamental para conquistarmos um lugar de respeito. Ajude-nos a relembrar a nossa história. Ligue para (11) 4346-5507. Contamos com sua participação.

ERRATA – Na edição 130, há uma informação incorreta na matéria “Diretoria comemora aniversário de Boizinho”, publicada na página 6. A cidade de Maribondo, terra natal de Boizinho, fica em Alagoas.

SINDICATO NACIONAL DOS CEGONHEIROS

Regionais: São José dos Pinhais - Paraná Rua Tubarão, 112 - Bairro: Borda do Campo Cep: 83075-060 – São José dos Pinhais/PR Fone: (41) 3385.8245 E-mail: sjpinhais@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Jaime Ferreira dos Santos

Porto Real – Rio de Janeiro

Sede Central: São Bernardo do Campo São Paulo Rua Luiz Barbalho, 07/11 Bairro: Demarchi Cep: 09820-030 São Bernardo do Campo/SP Fone: (11) 4346.5500 E-mail: diretoria@sindicatodoscegonheiros.com.br Presidente: José Ronaldo Marques da Silva

Revista Cegonheiro

6

Rua Hilário Ettore, s/n – Bairro: Ettore Cep: 27570-000 – Porto Real/RJ Fone: (24) 3353.4170 E-mail: portoreal@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: José Laércio da Silva

São José dos Campos – São Paulo Rua Ernesto Júlio Nazaret, 201 Vila Tesouro Cep: 12221-770 – São José dos Campos/SP Fone: (12) 3906.0807 E-mail: sjcampos@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Ednilson Azevedo Bitencourt

Piracicaba – São Paulo Rod SP 304, Km 147 – Sala 02 – Distrito de Tupi Cep – 13422-230 – Piracicaba/SP Fone: (19) 3438-7738 E-mail:piracicaba@sindicatodoscegonheiros.com.br Diretor: Clemente Francisco de Assunção

Serra – Espírito Santo Rua Talma Rodrigues Ribeiro, nº 96 Edif. Metropolitano – Sala 04 Cep: 29168-080 – Serra /ES Fone: (27) 3066-2011 E-mail: serra-es@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Jurandy P. de Albuquerque Jr.

Sindicatos parceiros:

Gravataí - Rio Grande do Sul

Sintraveba - Bahia

Av. Eli Correa, 6.651 - RS 030 Bairro: Passo da Cavera Cep: 94010-972 – Gravataí /RS Fone: (51) 3431.7889 E-mail: gravataí@sindicatodoscegonheiros. com.br Diretor: Antenor Garibaldi

Sintrauto – Goiás Rua Mandaguari, 36 - Bairro: JK Cep: 75709-010 - Catalão/GO Fone: (64) 3411.2907 Presidente: Juarez Rodrigues da Silva Rua Gurupi, 23 – Bairro Goiana Cep: 42808-200 - Camaçari /BA Fone: (71) 3622.6700 Presidente: Renato Santana www.sindicatodoscegonheiros.com.br


Relacionamento

Boizinho recebe visitas no Sindicato

Boizinho recebe as visitas de Daniele, Diego e Maria Helena

O presidente do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho, recebeu duas visitas importantes no dia 22 de fevereiro. Logo pela manhã, reuniu-se com Jardel de Cas-

tro, da Transzero. Durante o encontro em que discutiram diversos itens relacionados ao setor, Jardel aproveitou para retirar o termo de uso da plataforma sindical para a Aeteceg (Associação dos Carre-

Jardel e Boizinho conversaram sobre assuntos ligados ao transporte

teiros de Transporte de Cegonha). Na sequência, o presidente conversou com Maria Helena Ivanov. Acompanhada pelos filhos, Daniele e Diego, Maria Helena tratou de negócios da transportadora Daniel Ivanov.

Expedito Prata visitou o amigo Boizinho

Quem também passou pelo Sindicato para cumprimentar e dar um abraRevista Cegonheiro

8

ço no presidente foi o frotista Expedito Gonçalves Prata. Amigos de longa

data, os dois conversaram sobre o setor de transportes.


UM CAMINHÃO QUE JÁ NASCEU COM A FAIXA NO PEITO TINHA MESMO QUE SER CAMPEÃO

ABC / SP Tel.: 11 2333.4422 Caçapava / SP Tel.: 12 3654.7700 Campinas / SP Tel.: 19 3781.7000 Guarulhos / SP Tel.: 11 3500.1300 Porto Ferreira / SP Tel.: 19 3589.8855

Volvo. A linha de caminhões pesados mais vendida do Brasil pelo segundo ano consecutivo. Em 2012, de cada quatro caminhões pesados vendidos, um foi Volvo. Isso fez a marca líder pelo segundo ano consecutivo. Além disso a Volvo foi a que mais cresceu nos semipesados nos últimos 3 anos. Agradecemos à todos que fizeram parte dessa conquista e nos comprometemos a fazer ainda mais em 2013.

Santos / SP Tel.: 13 3298.9800 São Paulo / SP Tel.: 11 3933.6000

www.autosuecosaopaulo.com.br

Volvo trucks. Driving progress


Saúde

A saúde começa pela boca Nosso organismo funciona como uma orquestra: cada órgão cumpre o papel de um instrumento. E quando um desafina, o corpo todo pode ser afetado. Quer ver um exemplo? Quando a saúde bucal não está em harmonia, as bactérias e os fungos naturais dessa região podem proliferar-se e atingir outros órgãos distantes da boca. O cirurgião dentista Marcelo de Lucas, que atende no consultório instalado na sede do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, explica que as doenças cardiovasculares podem ser causadas pela falta de cuidados básicos com a higiene bucal. “Isso acontece porque as toxinas da doença periodontal (infecção bacteriana crônica que afeta as gengivas e o osso que suporta os dentes) agem diretamente nas paredes dos vasos sanguíneos alterando o metabolismo das gorduras no sangue. Quando isso acontece, podem surgir os problemas cardiovasculares”, afirma. Um estudo da American Dental Association (ADA sigla em inglês para Associação Americana de Odontologia) revela que problemas bucais, como a doença crônica gengival (periodontite), podem acarretar até problemas no coração e nos pulmões. Além disso, diversas doenças sistêmicas (aquelas que eventualmente afetam todo o organismo) podem ter origem em infecções orais. “Um exemplo é a endocardite bacteriana, infecção grave das válvulas cardíacas ou das superfícies do coração. A bactéria que causa o problema pode ser proveniente de falta de cuidados com a higiene oral, como não escovar os dentes, e de doenças bucais”, alerta Marcelo de Lucas. Ele destaca que uma boca limpa e saudável ajuda a prevenir a ocorrência dessas e de outras doenças, além de evitar que algum mal já instalado se agrave. “Hábitos simples de higiene bucal como escovar os dentes e usar diariamente o fio dental podem manter a saúde e evitar problemas mais sérios como os cardiovasculares, as perdas de dentes e até o aumento nos níveis de colesterol ruim”, esclarece. “Todos esses problemas podem ser tratados, porém sempre alertamos os pacientes sobre a importância da prevenção e de diagnósticos prematuros. Por isso, é fundamental visitar periodicamente o dentista. Outro conselho é ter uma alimentação saudável, com pouca ingestão de açúcares. Esse é o primeiro passo para a garantia de uma boa saúde bucal e geral”, explica. O cirurgião dentista lembra que a saúde da boca é necessária para que a pessoa desempenhe de forma adequada a mastigação e a deglutição. “Além disso, contribui para uma boa aceitação social e melhora a autoestima. Um sorriso harmônico significa não só saúde, mas também bem-estar”, diz. Revista Cegonheiro

10

Visitar periodiocamente o dentista é fundamental para garantir a saúde bucal

O cirurgião dentista Marcelo de Lucas


Mulher

Guerreira do as

O visual de Tuca está sempre impecável: bem vestida, de cabelo e unhas feitas, além da maquiagem

Quem vê Maria José Lázaro Marinho, uma bela e simpática morena que tem sempre um sorriso estampado no rosto, não imagina qual é a sua profissão. Afinal, ninguém acredita que com seu 1,67 metro ela seja capaz de dirigir e manobrar uma carreta de 22,40 metros, além de carregar e descarregar carros. Detalhe: tudo isso sozinha. Tuca, como é mais conhecida, é uma das poucas mulheres que trabalha num setor praticamente dominado por homens: o das cegonhas. Como motorista de caminhão há 14 anos, dos quais dez no setor de cegonhas, Tuca já rodou por todo o Brasil e é muito respeitada pelos colegas de profissão. Mas para conquistar seu lugar nesse universo onde os homens ainda são maioria, essa goiana nascida na cidade de Mourinhos, batalhou muito. Guerreira, aprendeu a dirigir com o irmão José Carlos, num caminhão caçamba e com o amigo Jarbas, em um caminhão baú câmara fria.

O primeiro emprego Tuca escolheu a profissão de motorista de caminhão por gostar de encarar desafios. A chance de ser cegonheira surgiu por acaso, quando foi indicada pelo amigo Edson, mais conhecido como Matozão, para trabalhar na Revista Cegonheiro

12

Autoport, de Sumaré (SP). “Fiz os testes e fui aprovada. Naquela época transportei veículos da Honda para a capital paulista, para o interior de São Paulo e para o porto de Santos. Meu instrutor foi o Jefferson e ele me ensinou tudo sobre a profissão”, diz. Ela confessa que, no inicio, achou que seria impossível dirigir uma carreta com 11 veículos. A garra e a vontade de vencer, no entanto, falaram mais alto e a ajudaram a superar alguns medos como carregar e descarregar carros. “A cada dia vencia um desafio”, afirma. Entre esses desafios, o maior foi vencer preconceitos. “Apesar de existirem hoje muito mais mulheres cegonheiras, o preconceito ainda existe. Somos mais cobradas e não podemos falhar. Caso contrário, ouviremos comentários como “só podia ser mulher”. Porém, ao mesmo tempo, temos muito apoio dos colegas, principalmente na Transzero. Atualmente trabalho na Adriga Transportes que presta serviços para a Transzero. Somos uma grande família”, garante. Tuca diz que, embora já tivesse experiência no setor, chegou à Adriga sem indicações: “Fui na cara e na coragem, pois queria trabalhar numa linha que passasse por Goiânia, onde meus filhos Letícia

(24 anos) e João Victor (21 anos) moram”.

Olhares curiosos No emprego novo, logo surgiu a oportunidade de fazer viagens mais longas. A primeira durou 10 dias e foi feita entre as cidades de São Paulo e Macapá. “Foi uma aventura. Quando parava nos postos, as pessoas trocavam olhares como se perguntassem: como ela consegue dirigir esse caminhão tão grande?” - diverte-se. Episódios como esse até renderam amizades. Tuca conta que em uma das viagens, quando voltava da região Sul para São Paulo, parou numa casa de vinhos. “A Alline veio com as filhas, Suellen e Júlia, e pediu para deixá-las ver o caminhão. As meninas ficaram encantadas e pediram para viajar comigo. Elas, a mãe e até a babá viajaram comigo por um trecho curto. O pai veio nos seguindo até a próxima parada”, relembra.

Gratidão eterna Tuca afirma que em seus dez anos de profissão teve grandes mestres. Um deles foi Carlos Visoto, o Kito, da Adriga Transportes. “Ele confiou em mim e acreditou no meu potencial. Na minha primeira viagem, até Natal, antes de eu sair, ele disse: vai lá. Eu confio em você.


falto

Guardo isso até hoje. Ele é meu irmão de coração”, diz. Outras pessoas também muito importantes são Heleno Bezerra de Lima e sua filha Elisa, da HB Lima Transportes. “Trabalhei com eles durante dois anos. Os dois me apoiaram bastante. Considero o Heleno como um paizão. Ele acreditou em mim e me deu a responsabilidade de dirigir um caminhão. A Elisa também dirige um caminhão e viaja por todo o Brasil. Trabalhamos tão bem quanto nossos colegas e, talvez, até melhor que muitos ...”, brinca.

Caminhão perfumado Quem pensa que a profissão de cegonheira não combina com salto alto, batom e perfume está enganado. O visual de Tuca está sempre impecável: bem vestida, de cabelo e unhas feitas, além da maquiagem. Quando sai da boleia do caminhão, ela não dispensa um salto alto. “Dirijo descalça e sempre que desço do caminhão, coloco meu salto alto. Só troco o sapato pelo tênis na hora em que vou carregar e descarregar os carros. Aí coloco um tênis, prendo meu cabelo e coloco um boné. Mas não deixo de passar um protetor solar para proteger o rosto e os braços”, confidencia. Nas cidades por onde costuma viajar, Tuca já tem um salão certo para caprichar no visual. “Primeiro faço o meu serviço. Depois vou me cuidar. Não tenho vergonha de admitir que sou vaidosa”, afirma. O caminhão de Tuca, um Volvo FH 440, é apontado pelos colegas como o mais perfumado. “Alguns brincam comigo e dizem que sabem quando estou no pátio. Falam que meu caminhão deixa o pátio perfumado”, diverte-se.

Com a delicadeza de uma mulher e a habilidade de um homem, Tuca descarrega os carros

De rainha a guerreira Muitas pessoas já sabem que Tuca é uma espécie de celebridade entre os cegonheiros. Em agosto de 2010, ela foi personagem da matéria e vídeo “A rainha dos cegonheiros”, da Auto Esporte. A repórter Keila Cândido e o fotógrafo Marcos Camargo acompanharam um dia de trabalho da cegonheira e mostraram a rotina dessa batalhadora que mostra habilidade ao volante para homem nenhum botar defeito. A rainha é também uma grande guerreira. Depois de vencer preconceitos, Tuca enfrentou, em 2011, aquela que talvez tenha sido sua maior batalha até hoje. Ela descobriu que era vítima de um câncer e ficou sete meses afastada para cuidar da saúde. “Havia dias em que eu não tinha forças para dirigir até o hospital para fazer o tratamento que era bastante agressivo. Encarei a doença e venci”, diz, orgulhosa. Será que alguém tinha dúvida de que ela venceria mais essa batalha?

Tuca cuida sozinha da carga

Vaidosa, Tuca nunca dispensa o batom

13

Revista Cegonheiro


Rodovias

Obras em quatro rodovias paulistas

Terceira faixa da Anhanguera que foi inaugurada no início deste ano

Para tentar diminuir o congestionamento nas quatro principais rodovias que ligam a cidade de São Paulo ao interior do Estado, o governo paulista está investindo cerca de R$ 73 milhões em faixas adicionais nas rodovias Anhanguera, Imigrantes e Ayrton Senna e no trecho oeste do Rodoanel. A previsão é de que as obras sejam concluídas até o fim deste semestre. A expectativa da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) é de que a capacidade de tráfego seja ampliada em até 50%. Das quatro rodovias, a Anhanguera é a que ganhará mais trechos de faixas adicionais ainda neste semestre. Nesses locais, a pista passará de duas para três faixas. O trecho com maior volume de tráfego é o que vai do km 19,4 ao km 25, por onde circulam Revista Cegonheiro

14

mais de 42 mil veículos/dia na pista sentido interior e mais de 33 mil no sentido capital. O outro trecho vai do km 65,8 ao km 71 no sentido interior. A primeira obra já deverá ser concluída em abril. É a quinta faixa do trecho oeste do Rodoanel, na pista sentido rodovia dos Bandeirantes, entre os municípios de Carapicuíba e Osasco (do quilômetro 18,3 ao 19,3). Nesse local, passam cerca de 65 mil veículos/dia. Na rodovia dos Imigrantes, a quinta faixa está sendo construída no trecho de planalto, na pista sentido capital, entre os km 26 e 40. Esse trecho, onde a média diária de veículos ultrapassa a cifra de 40 mil, é considerado estratégico – liga a capital paulista ao porto de Santos e ao polo petroquímico de Cubatão.

A quinta faixa também está sendo construída na rodovia Ayrton Senna. O trecho de obras fica entre as cidades de São Paulo e Guarulhos, do km 11,7 ao km 19,3, no sentido interior, por onde circulam diariamente cerca de 92 mil veículos.

Mais obras A rodovia dos Bandeirantes ganhará o maior trecho de faixas adicionais. Ao todo serão 62 quilômetros de novas faixas entre as cidades de São Paulo e Jundiaí. As obras deverão começar em maio e ser entregues em abril de 2014. Essa é também a data prevista para a entrega de faixas adicionais de rolamento na rodovia Anhanguera. O primeiro trecho fica entre as cidades de Vinhedo e Louveira e o outro, na região de Americana.


Nosso Pioneirismo nos levou a Evoluir e Construir o 1º Edifício Garagem do setor de transporte de veículos do Brasil

www.transzero.com.br

Há 49 Anos Transportando seus Sonhos,com Empenho, Qualidade e Respeito.


Gente

Com óleo e graxa no DNA

Filho de pai alemão e mãe espanhola, Sommer herdou dos pais a garra e dedicação em tudo o que faz

Quem conhece o paulistano Milton Sommer sabe que sua vida está intimamente ligada ao mundo das quatro rodas. Em março ele chega a uma invejável marca: 50 anos dedicados ao transporte de veículos zero-quilômetro. “Tenho muito orgulho dessa profissão e se tivesse de começar tudo de novo, partindo do zero, seguiria os mesmos passos. Ainda pego uma estrada, principalmente quando meus funcionários estão em férias. Nas viagens sentia saudade da família. Hoje sinto saudade da estrada”, diz. Filho de pai alemão e mãe espanhola, Sommer herdou dos pais a garra e a dedicação em tudo o que faz. Começou a trabalhar bem cedo, ajudando o pai que era encanador. Depois teve várias profissões, como mecânico de automóveis, motorista de ônibus de passageiros e até mesmo como empresário – dono de uma pequena empresa de transporte escolar e de passageiros. Alguns imprevistos, no entanto, fizeram que Sommer perdesse tudo o que havia conRevista Cegonheiro

16

quistado. “Foi uma época difícil. Já era casado com a Itália e tinha três filhos (Silton, Silaine e Sileise). Comecei a trabalhar como taxista. Cheguei a ter três carros na praça. Aos poucos, juntando um dinheiro ali outro aqui, comprei meu primeiro caminhão. Era um Mercedes-

-Benz. Comecei a transportar carga seca”, relembra. A paixão pelas estradas foi imediata. Logo depois vendeu os outros dois carros e comprou mais dois caminhões. Começava assim a trajetória de Sommer no segmento das cegonhas. Em março de

Milton Sommer completa em março 50 anos dedicados ao transporte de veículos zero quilômetro


Sommer ao lado do amigo e motorista Gert Buster

1963, começou a trabalhar para a Translor (hoje Tegma). “Fui um dos primeiros a usar o bambolê: caminhão engatado numa carreta. Transportava 10 carros”, conta. As primeiras viagens foram feitas para o Nordeste. “Eram viagens longas – não sei precisar quantos dias duravam. Era estrada de chão que levantava muito poeira. Isso sem falar dos buracos”, relembra. Sommer conta que fez grandes amigos no Nordeste e confessa que gostaria de ter nascido naquela região. Graças à profissão, Sommer conheceu todos os estados brasileiros. Os filhos o acompanharam em algumas viagens. “Mas só na

época das férias escolares”, faz questão de ressaltar. Pai rigoroso, Sommer sempre se esforçou para garantir os estudos dos filhos. Hoje ele é pai de um engenheiro mecânico, uma desenhista industrial e uma administradora hospitalar. Ao fazer uma análise da profissão, Sommer diz que as condições melhoraram bastante. “Hoje os caminhões são eletrônicos, têm melhor ergonomia e oferecem mais conforto ao motorista. Antes enfrentávamos muitos problemas na estrada, principalmente problemas mecânicos. Era preciso entender de mecânica para não ficar parado. Hoje é mais fácil.

Basta ligar para o 0800. As estradas também melhoraram. A maioria está asfaltada”, afirma.

Remando pelas águas do Tietê Aos 82 anos, Sommer mantém o físico de um jovem atleta. Quando solteiro, ele foi um dos integrantes da equipe de remo do Clube de Regatas Tietê. Durante anos, defendeu as cores do clube em campeonatos estaduais e nacionais disputados nas raias do Rio Tietê e da represa Billings. Com vários troféus e medalhas, Sommer tem os títulos de campeão paulista, bicampeão da volta de Santos e vice-campeão brasileiro.

O primeiro caminhão foi Mercedes-Benz 1959. Na foto, Sommer está com o amigo Cipriano

17

Revista Cegonheiro


Concessionária

Atendimento diferenciado Fotos: Divulgação

Divepe tem 28 boxes de serviço e capacidade para atender a mais de 500 passagens/mês

A concessionária Divepe Ford Caminhões, de Santo André (SP), está investindo na qualidade do atendimento e dos serviços de pós-vendas para atrair cada vez mais clientes. “Contamos com uma equipe altamente especializada para prestar um atendimento diferenciado e oferecemos um pacote de serviços com condições especiais de pagamento”, afirma o diretor comercial, Wilson Espanhol. Toda a infraestrutura da concessionária está preparada para atender o caminhoneiro que levar seu veículo para uma revisão ou reparo. A Divepe tem 28 boxes de serviço e capacidade para atender a mais de 500 passagens/mês, incluindo serviços de mecânica, funilaria e pintura. O motorista pode aguardar a conclusão do serviço na sala de treinamento ou descansar no dormitório ou na sala de espera. O caminhoneiro que quiser agendar a visita a qualquer uma das quatro concessionárias do grupo pode ligar para: Recife (81) 2129.7747, Jaboatão (81) 3469.8700, Caruaru (81) 3727.9700 e São Paulo (11) 4338.1230. No caso de uma pane na estrada, há sempre um caminhão Divepe para atender o cliente onde ele estiver. Além disso, há o SOS Ford, um serviço diferenciado para veícu-

los em garantia, que oferece socorro a qualquer hora do dia, inclusive final de semana, pelo tefone 0800-7033673. A montadora conta ainda com o Fleet Service Ford, um contrato de manutenção de fábrica, com cobertura nacional e vigência de cinco anos. O serviço garante valores diferenciados na aquisição de peças e serviços.

Salto de qualidade Na avaliação de Wilson Espanhol, os caminhões produzidos no Brasil deram um salto de qualidade em relação ao controle de emissão de gases e à segurança, aproximando-se muito dos produtos europeus e americanos. “Atualmente, oferecemos a Linha Cargo 2013 em diversas configurações, cabine moderna e motores com tecnologia SCR para atender aos clientes mais exigentes e que buscam conforto, segurança e economia. Além dos benefícios para o meio ambiente com a redução da emissão de poluentes, a tecnologia SCR proporciona uma economia de combustível em torno de 8%, se comparada à tecnologia Euro 3. O desempenho e a durabilidade do motor também são superiores”, afirma.

Concessionária está preparada para atender o caminhoneiro que levar seu veículo para uma revisão ou reparo

Revista Cegonheiro

20


Lançamento

Mercedes-Benz lança extrapesado com motor V8

Actros 2655 6x4 é o primeiro veículo comercial da marca equipado com o motor V8

A Mercedes-Benz lançou o caminhão Actros 2655 6x4, primeiro veículo comercial da marca equipado com o motor V8. Com 551 cv de potência a 1.800 rpm e 2.660 Nm de torque, o modelo atende a um novo segmento de mercado que exige veículos nos quais se aliem alta potência e excelente desempenho para vencer longas distâncias. “Estamos respondendo a essa demanda e propiciando, ao mesmo tempo, alto padrão de tecnologia, conforto e segurança, além de reduzido custo operacional. Com isso, asseguramos eficiência e rentabilidade para os nossos clientes”, afirma a diretora de Vendas e Marketing, Tânia Silvestri. O modelo conta com a tecnologia BlueTec5, que utiliza o Arla 32 nos gases de escape para reduzir a emissão de poluentes: as principais vantagens desse sistema são menor consumo de combustível e maior intervalo entre as trocas de óleo. Segundo a montadora alemã, o modelo é indicado para operadores logísticos que utilizam bitrenzão de nove eixos ou rodotrem de nove eixos, com PBTC (Peso Bruto Total Combinado) de 74 toneladas e semirreboques do tipo carga seca, graneleiro ou tanque, entre outros implementos. Para garantir maior prazer em dirigir, o Actros 2655 6x4 é equipado com câmbio PowerShift2 –G330 de 12 marchas, totalmente automatizado e sem pedal de embreagem. O Revista Cegonheiro

22

câmbio conta ainda com sensor de inclinação de via, que escolhe a marcha mais adequada de condução do caminhão de acordo com o terreno por onde o veículo trafega. Essa tecnologia garante maior vida útil e menor desgaste dos componentes graças à ausência de anéis sincronizadores. A suspensão possui quatro bolsões por eixo, o que garante melhor estabilidade, resistência ao balanço, precisão direcional e conforto. Os eixos traseiros têm redução nos cubos e relação de redução 4,14.

Tecnologia de ponta Produzido na fábrica de Juiz de Fora (MG), o Actros 2655 6x4 sai de fábrica com freio motor Top Brake, bloqueio de deslocamento para partidas em rampa e freios a disco em todas as rodas, com gerenciamento eletrônico ABS (antitravamento) e ASR (antiderrapagens). O conforto interno do condutor é garantido pela ampla cabine. E o modelo conta com vidros elétricos nas duas portas, alarme de ré, imobilizador eletrônico, amplos retrovisores e espelhos de rampa, além de sensores de chuva e acionamento elétrico dos faróis. No computador de bordo, o motorista pode verificar os indicadores de consumo e manutenção. Há ainda o Econômetro, que indica a faixa econômica de condução do caminhão.

Motorista conta com cabine ampla, vidros elétricos na duas portas e computador de bordo

Motor V8 desenvolve 551 cv de potência a 1.800 rpm e 2.660 Nm de torque


Sindicato

Transporte rodoviário em debate A

aplicação da Lei 12.619 que estabelece a carga horária dos motoristas, a segurança nas estradas, as condições da malha rodoviária, e o problema das drogas, foram os principais temas discutidos na reunião que implantou o fórum e a bancada do transporte rodoviário no estado do Paraná. O diretor da regional de São José dos Pinhais (PR), Jaime Ferreira dos Santos, foi um dos integrantes da mesa coordenada pelo deputado estadual Marcelo Rangel e que contou também com a participação do deputado federal Zeca Dirceu, do deputado estadual Nelson Luersen, do presidente do Movimento União Brasil, Caminhoneiro Nélio Botelho, e de vários representantes dos sindicatos do segmento de

transporte rodoviário. O diretor, Jaime dos Santos, chamou a atenção para um dos principais problemas enfrentados pelos cegonheiros: a dificuldade em se achar um local apropriado para estacionar. “Isso dificulta o cumprimento da lei da carga horária, pois nem sempre temos condições de estacionar o caminhão com segurança”, afirmou. Ele também destacou o problema das drogas. “Muitas vezes nossa categoria é difamada. Estamos cientes de que o problema existe, no entanto, é errado generalizar”, alertou. Esse problema, aliás, já é tratado com muita atenção pelos paranaenses, que buscam junto ao governo federal melhor fiscalização e implantação de políticas de tratamento para o depen-

dente. O presidente da Federação dos Transportadores Autônomos de Cargas do Paraná (Fetac) e do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas (Sinditac) de Ponta Grossa, Neori Tigrão, até enviou um ofício para os ministérios da Saúde e do Trabalho abordando essa questão. Comissão especial Foi criada no dia 14 de março uma comissão especial que irá definir aprimoramentos na Lei 12.619. A comissão é presidida pelo deputado federal Nelson Marquezelli e é formada por 54 deputados de diversos partidos. O grupo irá estudar o que pode ser melhorado para que a lei seja aplicada integralmente. O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 30 dias.

O diretor Jaime Ferreira dos Santos (primeiro à esquerda) integrou a bancada que coordenou os trabalhos

Revista Cegonheiro

24


Assembleia

Sindicato reúne associados Diretoria reuniu associados para discutir assuntos do setor e alinhar a estratégia de trabalho para 2013

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros convocou seus associados para uma assembleia no dia 11 de março, cujo objetivo seria discutir diversos assuntos de interesse do setor de transportes e alinhar a estratégia de trabalho para 2013. A lei da carga horária foi um dos principais assuntos destacados na reunião. Os diretores da entidade enfatizaram a importância e a necessidade dos frotistas orientarem seus motoristas para o cumprimento da lei. “Estamos prontos para cumprir a lei, mas é preciso que se ofereçam pontos de apoio para estacionarmos os caminhões com segurança. O Sindicato não é contrário à lei. O problema é que não há infraestrutura para isso. E não será de uma hora para outra que a teremos. É um trabalho de longo prazo”, afirmou o presidente do Sindicato, José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho.

Associados aprovam as propostas apresentadas pela diretoria

Reunião em Brasília No dia seguinte, Boizinho foi até Brasília e participou de uma reunião com o assessor técnico da NTC & Logística, Antonio Lauro Valdivia Neto. O objetivo foi buscar mais informações sobre a lei da carga horária para transmiti-las aos associados.

Boizinho destacou a necessidade de os frotistas orientarem seus motoristas para cumprirem a lei

25

Revista Cegonheiro


Meio Ambiente

Uma parceria que deu certo Trafegar pela avenida Joaquim Pompeu de Toledo, no centro de Araçatuba (cidade do interior de São Paulo) exigia atenção redobrada dos motoristas da Transauto. Para desviar dos galhos das árvores que invadiam a pista, eles trafegavam com muito cuidado para evitar danos aos veículos. “Essa era a única via para chegar até a concessionária da GM. Por isso, muitos entraram em contato com o Sindicato e pediram que nossa equipe de poda fizesse um trabalho naquele local”, explica o secretário de Finanças, Márcio Galdino. Assim que recebeu o pedido, Márcio recorreu ao supervisor do Departamento de Podas do Sindicato, Paulo Cícero da Silva. “Agendei uma reunião com o secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Jorge Hector Rozas, para expor as necessidades dos motoristas. Além de atender ao pedido do Sindicato, ele colocou uma equipe da prefeitura à nossa disposição. Essa parceria possibilitou a poda de árvores em outras três vias da cidade”, afirma Paulo. É que um estudo da equipe da prefeitura, formada pela diretora do Departamento de Licenciamento e Fiscalização Ambiental, Carla Correia; pela chefe de divisão da gestão ambiental, Carmen Casimiro; e pelo chefe de serviço de gestão de áreas verdes, Vanderlei de Almeida, mostrou que outras três vias da cidade também necessitavam da poda de alguns galhos de suas árvores. As outras três vias beneficiadas foram as avenidas dos Araçás e Mário Covas e a rua Rangel Pestana, todas no centro da cidade. O trabalho foi executado entre os dias 23 e 26 de fevereiro. “Quando os trabalhos já estavam sendo executados, vi que a poda também beneficiaria os cegonheiros que entregam veículos para a concessionária da Fiat. A revenda fica na avenida dos Araçás, onde galhos de árvores atrapalhavam e dificultavam o tráfego

Revista Cegonheiro

26

Paulo (camisa roxa) e Jorge (camiseta preta) com a equipe da prefeitura de Araçatuba

Carla, Jorge, Paulo, Carmen e Vanderlei

dos caminhões cegonha ”, explica Paulo. Segundo Carmem, todo o material retirado das árvores foi recolhido e enviado para o Ecoponto, onde existe um triturador de galhos. Depois esse material será utilizado para a produção de biomassa. A poda foi feita pela equipe 1, coorde-

nada por Edilon Gonçalves e composta por Raimundo Nonato, Zeailton Bispo de Oliveira, Gaudêncio José de Lima e Vanderlei Martins Santana. O grupo contou com a ajuda de 13 funcionários da prefeitura e o apoio de dois caminhões basculantes para carregar os galhos.

A equipe 1 do departamento de poda do Sindicato na cidade de Araçatuba


27

Revista Cegonheiro


Transportadoras

Motoristas nota dez

Os motoristas homenageados e os participantes da cerimônia

Dicas de quem conhece A Revista Cegonheiro pediu a Rinaldo que destacasse os principais cuidados que observa em sua jornada de trabalho. “Todo mundo pode e deve ajudar para chegarmos próximo ao índice zero de avarias”, destacou. Conheça algumas dicas: • Procure parar a cada 200 quilômetros rodados. • Verifique as cintas e a posição dos veículos. Algumas vezes um carro pode começar a encostar no outro; • Reduza a velocidade sempre que for passar pela cabeça de uma ponte. Nesse trecho, o asfalto é um pouco mais alto e isso pode provocar avarias nos carros que estão nas posições 7 e 8; e • Dirija sempre com segurança, respeitando os limites de velocidade. Nas estradas, ande sempre a 90 km/h. Rinaldo com Boizinho e Rodrigues

“Tudo o que aprendi em meus 20 anos de profissão, repasso para quem está começando. Afinal, todos nós na Tegma estamos juntos na luta para diminuir o índice de avarias nos veículos”. O autor dessa frase é Rinaldo Joaquim do Nascimento, da frota 52635, um dos motoristas premiados pelo Projeto Redução de Avarias e Transit Time. Em poucas palavras, ele mostrou que segue à risca um dos pedidos feitos pelo diretor da DLV (Divisão de Logística de Veículos), Sineas Rodrigues Lial, na cerimônia de abertura do evento. Em seu discurso, Rodrigues destacou que dirigir uma cegonha, transportar, carregar e descarregar veículos cujo valor pode ir de R$ 50 mil a R$ 500 mil é um trabalho que exige, cada vez mais, melhores profissionais. “Por isso, neste ano a Tegma vai realizar um amplo trabalho de conscientização dos seus colaboradores. Um trabalho que irá desde a reciclagem até campanhas com a distribuição de panfletos informativos e instalação de faixas para melhorar a qualidade do nosso trabalho. Queremos ser reconhecidos pelo mercado . E, para atingir esse objetivo, Revista Cegonheiro

28

o trabalho de vocês é fundamental. Atuem como multiplicadores para que os carros cheguem sem problemas às concessionárias”, afirmou. O presidente do Sindicato Nacional dos Cegonheiros, José Ronaldo Marques da Silva, o Boizinho, também fez questão de dar um recado aos homenageados. “Ajudem uns aos outros e montem um sistema para se obterem bons resultados no final do ano. A participação de todos é fundamental”, disse. Além de Rinaldo, outros 12 motoristas que se destacaram nos meses de setembro a novembro, foram homenageados: Jociano Carlos dos Santos (Frota 11753); Roberto Carlos de Oliveira (Frota 11791); Fernando Rodrigo dos Santos (Frota 21247); Anderson Gomes dos Santos (Frota 51012); Alexsandro de Sousa Araújo (Frota 52506); Adriano Gomes Medeiros (Frota 52596); Gilson Anderson Guedes de Souza (Frota 54825); Agnaldo Rangel de Paula (Frota 56857); André Rodrigues Machado (Frota 59998); Warley Simões Silva (Frota 82008); Márcio Reis dos Santos (Frota 82030) e Elias de Oliveira Laurindo (Frota 91027).


Restrições de Tráfego

para carretas cegonhas em

2013

De acordo com o Departamento da Polícia Rodoviária Federal – Coordenação Geral de Operações, portaria nº 1, de 14 de dezembro de 2012, publicada no Diário Oficial da União em 1º de fevereiro de 2013, fica restrito o trânsito de Combinações de Veículos portadores de AET em rodovias federais nos períodos de feriados e grandes eventos de 2013.

RESTRIÇÃO DE TRÂNSITO EM TODAS AS UNIDADES DA FEDERAÇÃO OPERAÇÃO

DIA DA RESTRIÇÃO

Carnaval

Semana Santa

Corpus Christi Proclamação da República

Fim de Ano

HORÁRIO DA RESTRIÇÃO

08/02/2013 (sexta -feira)

16:00 às 24:00

09/02/2013 (sábado)

06:00 às 12:00

12/02/2013 (terça-feira)

16:00 às 24:00

13/02/2013 (quarta-feira)

06:00 às 12:00

28/03/2013 (quinta-feira)

16:00 às 22:00

29/03/2013 (sexta-feira)

06:00 às 12:00

31/03/2013 (domingo)

16:00 às 24:00

29/05/2013 (quarta-feira)

16:00 às 22:00

02/06/2013 (domingo)

16:00 às 22:00

14/11/2013 (quinta-feira)

16:00 às 24:00

15/11/2013 (sexta-feira)

06:00 às 12:00

17/11/2013 (domingo)

16:00 às 24:00

24/12/2013 (terça-feira)

12:00 às 22:00

25/12/2013 (quarta-feira) 31/12/2013 (terça-feira) 01/01/2014 (quarta-feira)

16:00 às 24:00 12:00 às 22:00 16:00 às 24:00

Restrição de Trânsito na BR – 101, entre os municípios de Rio Bonito e Itaboraí, Km269 a 308 do Rio de Janeiro e na BR – 493, nos municípios de Magé e Itaboraí, Km 0 ao 26 OPERAÇÃO

DIA DA RESTRIÇÃO

Carnaval

HORÁRIO DA RESTRIÇÃO

08/02/2013 (sexta-feira)

06:00 às 19:00

09/02/2013 (sábado)

06:00 ás 19:00

13/02/2013 (quarta-feira)

12:00 às 22:00

17/02/2013 (domingo)

12:00 às 22:00

Restrição apenas nos Estados da Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte OPERAÇÃO

DIA DA RESTRIÇÃO

Festejos Juninos (São João)

HORÁRIO DA RESTRIÇÃO

21/06/2013 (sexta-feira)

12:00 às 20:00

22/06/2013 (sábado)

15:00 às 22:00

23/06/2013 (domingo)

15:00 às 22:00

24/06/2013 (segunda-feira)

06:00 às 12:00

Restrição apenas no Estado do Rio de Janeiro OPERAÇÃO Jornada Mundial da Juventude

Revista Cegonheiro

30

DIA DA RESTRIÇÃO

HORÁRIO DA RESTRIÇÃO

24/07/2013 (quarta-feira)

14:00 às 24:00

28/07/2013 (domingo)

12:00 às 24:00


Caxias do Sul

As maiores e melhores marcas na Expo de Transportes e Implementos Rodoviários

Os Pavilhões da Festa da Uva abrirão as portas para receber uma feira de transportes e implementos rodoviários

Os preparativos para a Expo Nacional de Transportes de Caxias do Sul entraram na reta final. As maiores montadoras, empresas de transportes, e empresas de implementos rodoviários, já confirmaram presença e vão levar suas novidades. O evento será realizado de 8 a 11 de maio, nos Pavilhões da Festa da Uva. A exposição contará com apoio dos prefeitos de várias cidades da região: Alceu Barbosa Velho (Caxias do Sul), Lídio Scortegagna (Flores da Cunha), Nilson Camatti (Antônio Prado), Claiton Gonçalves (Farroupilha), Antonio Cettolin (Garibaldi), Guilherme Rech Pasin (Bento Gonçalves) e Demétrio Lazzaretti (São Marcos). As secretarias de turismo desses municípios vão expor, em seus estandes, as suas principais atrações turísticas.

Conheça um pouco sobre a cidade Localizada a 96 quilômetros de Porto AleRevista Cegonheiro

32

gre e com 450 mil habitantes, Caxias do Sul é a mais rica cidade da Serra Gaúcha. No século XVIII, a cidade fez parte da rota dos tropeiros, mas o início do desenvolvimento aconteceu com a chegada dos imigrantes italianos em 1875, quando tiveram início o cultivo da uva e a produção de vinho. A influência dos italianos está presente até hoje – isso pode ser visto na arquitetura e, principalmente, na gastronomia. Para os amantes da boa comida, a cidade oferece diversas opções de cantinas, pizzarias, churrascarias, galeterias e tratorias. Com mais de três mil leitos, a cidade oferece boa infraestrutura para receber turistas. Os principais pontos turísticos são o Monumento Nacional ao Imigrante (com estátuas que medem 4,5 m de altura e foram esculpidas por Antônio Caringi), a igreja de São Pelegrino (com réplica da Pietà, de Michelangelo, doada pelo papa Paulo VI em

comemoração ao centenário da imigração italiana), a Casa da Pedra - transformada em museu, é feita de pedras irregulares rejuntadas, com barro e madeira -, e os diversos Centros de Tradições Gaúchas. Algumas vinícolas abrem suas portas para visitação. No final do passeio, sempre é possível degustar e comprar vinhos. Mas a principal atração da cidade é a Festa da Uva. Realizada a cada dois anos, a festa relembra a história da cidade e o trabalho dos primeiros imigrantes.

Reserve já a sua passagem e o hotel Os associados que vão prestigiar a exposição devem reservar já a sua passagem e o hotel. A agência Bride Turismo cuidará de tudo. Os telefones para contato são 4396-3311, 4396-1394 e 97227-0787. Não perca tempo e garanta sua vaga!


LICENÇAS Autorização para o tráfego de veículos com carga especial

O Sindicato Nacional dos Cegonheiros tem a disposição dos seus associados e motoristas, o Departamento de Licenças, específico para dar entrada na documentação para a retiradade Licenças Estaduais e Federal de acordo com as normas exigidas pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem e do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes.

ONDE TIRAR AS LICENÇAS São Bernardo do Campo-SP Sede Central – Rua: Luiz Barbalho, 07/11 – Bairro Demarchi Licenças Federal e Estaduais

(11) 4346.5508

Camaçari / Bahia Rua: Gurupi, 23 – Bairro Goiana Licenças do Estado da Bahia

(71) 3622-6500

Gravataí / Rio Grande do Sul Av. Eli Correa, 6.651 – RS 030 – Bairro Passo da Cavera Licenças do Estado do R.G. do Sul

(51) 3431-4848

São José dos Pinhais / Paraná Rua: Tubarão, 112 – sala 02 – Bairro: Borda do Campo Licenças dos Estados de Santa Catarina, Minas Gerais, Tocantins, Paraná, R.G. do Sul, Goiás e São Paulo

(41) 3385-8245

São José dos Campos / São Paulo Rua: Ernesto Júlio Nazaret,201 Vila Tesouro Licenças Federal e Estaduais

(12) 3906-0807

Tocantins (Licença Estadual)

Rio de Janeiro (Licença Estadual)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Contrato Social e CNPJ (pessoa jurídica) -CPF e RG (Pessoa Física) -Licença Federal 4,95m -Todos documentos autenticados

- Documento Cavalo Mecânico e Carreta - RG e CPF (proprietário da empresa) - Contrato Social - Requerimentos (no Sindicato)

São Paulo (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Santa Catarina (Licença Estadual)

Minas Gerais (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Procuração (retirar no Sindicato) -Contrato Social (pessoa jurídica) -CPF e RG (pessoa física)

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta

Goiás (Licença Estadual)

R. Grande do Sul (Licença Estadual) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento Cavalo Mecânico e Carreta -Licença Federal 4,95m

Paraná (Licença Estadual e Federal) -Documento Cavalo Mecânico e Carreta

-Documento do Cavalo Mecânico e Carreta

ATENÇÃO MOTORISTAS

Licenciamento São Paulo 2013 Final de Placa

1e2 3, 4 e 5 6, 7, e 8 9e0

Revista Cegonheiro

34

Bahia (Licença Estadual)

CAMINHÕES Mês do Licenciamento

Setembro Outubro Novembro Dezembro

CARRETAS AUTOMÓVEIS MOTOS Final de Placa Mês de Licenciamento

1 2 3 4 5e6 7 8 9 0

Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro


35

Revista Cegonheiro


Classificados Dambroz 98 (02 carretas), alongada. Tratar com Farinha ou Luizinho (11) 4347-7851 Dambroz 2008, alugo. Tratar com Zé Valter – TN (11) 7809-7712 e ID: 90*12354 Engerauto 1998, alongada, preta e amarela. Tratar com Miguel (Tegma) (48) 9985-1709 Engerauto 97 (duas carretas), alongada. Tratar com Farinha ou Luizinho (11) 4347-7851 Engerauto 98, alongada. Tratar com Farinha ou Luizinho (11) 4347-7851 Três Eixos 2007 – Tratar com Márcio Galdino 7881-4656 Três Eixos 1994 – Semi-Robocop, alongada, aberta, preta. Tratar com Salim (11) 77432361 Três Eixos 2000 – Robocop (Original). Tratar: (54) 3027 – 7966 com Joel Três Eixos 2003-2003, alongada, semi-robocop, Tratar: (11) 753-8856 Valter Zanetti Dambroz 1989 – Preta, carreta reformada, estado de nova, impecável. Tratar com Mário (11) 7871-1282 / 7730-8474 Três Eixos 97/98/99. Aberta, alongada para caminhões frontal, carrega sete Toyota. Tratar com Joel - TG (54) 3027-7966 Três Eixos 2003, padrão Tegma, com cintas e pneus. Tratar com Nelson -TG (54) 32218501 Prancha rebaixada para transportes de caminhões, tratores, ônibus, dois eixos, chassi reforçado. Para caminhão frontal. Tratar com Joel (54) 3027-7966 Carreta Tecnoseg 2008 com pneus e rodas de alumínio. R$ 85 mil. A carreta está no pátio do Sindicato – frota 2467. Tratar com Jurandir Pascholette - (11) 2527-4506, 7670-9210, 8291-2649 e 8942-7695 Alugo carreta Três Eixos 96, padrão Brazul, castelo móvel para frontal ou bicudo. Excelente de carga com caçapas para caminhonete. Cintas e pneus opcionais. Tratar com Laerte (Brazul) – (11) 9617-1597 e 5274-4016 Dambroz, ano 2000, convencional, pneus e cintas Brazul. Tratar com Bruno (11) 93890869 e 30*56894 Engerauto, ano 1996, elétrica, capacidade para 11 carros. R$ 40 mil. Tratar com Salvador Corrêa (11) 9390-5898 e (11) 4347-9728 Três Eixos, 2005, amarelo, robocop, em bom estado e pintura nova. Tratar com Gersino (11) 8287-9862 e (11) 7708-5061 Três Eixos, 2003, convencional, preto e pronta para trabalhar. Tratar com Gersino (11) 8287-9862 e (11) 7708-5061 Três Eixos, convencional, alongada de fábrica, ano 2003,com suspensão a ar e pneus. Tratar Nelson Freitas (Brazul) – 9477-8859 e 8442-0969 Duas carretas Dambroz, robocop, 2008. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656, 6348-2425 e 80*2223 Carreta RobocopDambroz 2003, reformada em 2010 e com pistões novos. Padrão Tegma. Impecável. Tratar com Wadson (11) 76613377 e (79) 9876-9353 Vendo ou alugo carreta cegonha Três Eixos, ano 1997, freio novo, cor verde Dacunha, aberta e alongada. Ótimo estado de conservação. Engata caminhão Toco. Valor: R$ 48 mil. Carreta cegonha Dambroz, ano 2000, aberta, alongada, engata caminhão truckado, cor verde Dacunha. Ótimo estado de conservação. Freio feito há dois meses. Valor: R$ 57 mil. Carreta FNV, ano 91, aberta, alongada, cor preta, toda reformada como Engerauto, boa de carga, engata caminhão Toco. R$ 35 mil. O aluguel de qualquer carreta é de R$ 2.000 por mês. Tratar com Valdivino Neto (Val das Tintas) (11) 7009-3838 e 966*10355

Vendo conjunto carreta Bergcamp2011 mais cavalo mecânico Mercedes-Benz 2035, ano 2011, que presta serviços na Tegma, linha TVL Sul. Tratar com Edgley (41) 9882-3333 e (41) 3398-9282 Vendo conjunto Volkswagen Constellation 19370, ano 2009, vermelho e carreta ContinRobocop, ano 1987, verde toda reformada. Preço total: RW 210 mil. Se for vendido separado, R$ 150 mil (cavalo) e R$ 60 mil (carreta). Tratar com Sílvio (11) 97717-3278 e 7*3199 Carreta Engerauto 1998, padrão Brazul amarela, alongada e preparada para “cara chata”, boa de carga (sete pickups e três médios), com oito pneus semi usados. Tratar com Hamilton (11) 98114-0119 Carreta Três Eixos, Robocop, ano/modelo 2007. Serve tanto para cavalo toco como trucado. Tratar com Carlos (Transzero) 78951915 e 99162-8053 Carreta Três Eixos, 2001, com pneus em ótimo estado. Tratar Toninho Pirajuí (11) 98361-6717 Carreta Engerauto, ano 2000, verde, alongada, com pneus e cintas. Preço: R$ 40 mil. Tratar com Nilton (11) 98644-5354 e 99263-2336 Carreta Dambroz 2008, azul (Transauto), com pneus e cintas. Tratar com Reginaldo (11) 7738-7296 9*43047

Scania R113 320 E 360 4X2 ANOS 1997 e 1998 Tratar (54) 3027-7966 com Joel VW Constelation 19320, 2006/2006, branco, pneus novos, ótimo estado, revisões em dia. Tratar: (11) 7871-1282 / 7730-8474 com Mário IvecoStralis, 2008/2009,modelo Power cegonheiro, vermelho Tratar: (11) 8349-6033 / 5514-2461 com Geraldo –Transzero Scania 124-G420 / 2008, Azul. Tratar: 78260809 / ID: 122*89979 com Cláudio MB Axor 2040, 2008/2008,único dono. R$ 190.000,00 Tratar:(11) 9430-3098/ ID 55*100*30421 (Cajaiba – TG) MB 1634, 06,branco.Tratar:(11) 9441-8547 com Umberto Nóbile – TS MB 608 Dguincho,1980.R$ 30.000,00.Tratar:(11)9134-8945/7833-2201 / ID 84*23068 com Gilberto - TN Iveco Stralis, 2009,modelo Power cegonheiro, turbina e unidades novas, vermelho,pneusnovos.Valor: R$ 210.000,00. Tratar: (11) 9935-7917 com Delmiro – TNorte Scania G380 – 2008/2008 Vermelho. – Tratar: 7895-1915 / 9162-8053 Carlos (TZ) Scania G380 – 4x2 2008/2008, Vermelho. Tratar: 9162-8053 / 7895-1915 Carlos Scania modelo 124, 420 cv, ano 2006, cor laranja. Tratar com Buriti (Brazul) (11) 7830-4211 Caminhão Mercedes-Benz 2008, prata, série 2035, placas DBC-4470. Tratar com Alessandro (Tegma) – (11) 8555-8776 e (75) 9986-1693 Scania 420, 2005/2005, vermelho, pneus em bom estado e ótima mecânica. Tratar com Gersino (11) 8287-9862 e (11) 7708-5061 Scania 400, 2004/2004, vermelho, em bom estado de conservação e pneus em bom estado.Tratar com Gersino (11) 8287-9862 e (11) 7708-5061 Caminhão Mercedes-Benz 2035 4x2, ano 2008, branco. R$ 155 mil. Tratar com Edmilson (11) 99932-5637 Axor 2035, branco, 2007/2008. Tratar com Silvana ou Félix (11) 97028-9782, 984363376, 11*6514 ou 7734-5921

NOTA DE FALECIMENTO O cegonheiro José de Araujo Santos, conhecido como Careca, faleceu no dia 21 de janeiro, vítima de um problema cardíaco. Ele deixa esposa Maria Angelina e três filhos (Tiago, Tialy e Marisa). Careca é filho de Serrinha, da Tegma. Revista Cegonheiro

36

Ford Cargo 1418 Toco, turbinado e reduzido, ano 1988, prata, com baú de sete metros. Preço: R$ 45 mil. Tratar com Ademir (Tegma) (11) 7273-2933 Caminhão FH 440, 2008, cinza, único dono. Preço: R$ 165 mil. Tratar com Valério (11) 99308-1521 e 98265-7594 Axor 2035, 2008, prata, completo e em bom estado de conservação. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656. Axor 2044, 2008, prata, completo, com motor e câmbio revisados. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656.

Sundown STX 200, 2008/2008, amarela, único dono, 2.700 Km, R$ 4.300,00 Tratar com Vlademir 7821-8632 e ID: 30*33356 Fiat Strada Working CD 1.4 flex, 2010, completa. Tratar com Erivaldo (11) 8688-5488 Blazer azul escuro, completa, 2000. R$ 32.000,00. Tratar com Milton (11) 6193-9819 e 9646-4902 Moto ano 97. Tratar com Itamar – TG (11) 9222-5234 e ID 9*67333 Caminhoneta82 cabine dupla, original, turbinada, hidráulica, raridade. Tratar com Daniel-TNorte Curitiba - BZ (15) 3278-1214 Pajero, ano 98, prata, motor novo, a gasolina. Tratar com Itamar – TG (11) 9222-5234 e ID 9*67333 Citroen ZX furion, 1995, completo,1.8. Tratar com Geraldo – Sindicato (11) 9876-4955 e 4357-9255 Voyage confortline1.6,flex,09/10,comp leto. Tratar com Enzo (11) 4396-1869 e 7765-2487 Uno 2009, azul metálico, duas portas, completo, flex. Tratar com Marcelo – BZ Taubaté (12) 9239-2287 e 9178-2857 Montana Conquest 1.4, ano 2010, prata, com protetor de caçamba e bloqueador. Único dono. Com manual e nota fiscal. Tratar com Toninho (Autoport) – (19) 9222-4326 Golf Black Edition 2010/2011, preto, completo. R$ 50.400,00. Tratar com Márcio Galdino (11) 7881-4656 Polo Hatch, 1.6, cinza, ano 2009, flex Power, completo. Com manual e pneus novos. Tratar com Toninho (Autoport Sumaré) (19) 9222-4326 EcoSport XL, ano 2003/2004, cor cinza metálico, gasolina, motor 1.6, 74 mil quilômetros rodados. Veículo em excelente estado, bem conservado e revisado. Documentação em dia. Valor: R$ 24 mil. Tratar com Valdivino Neto (Val das Tintas) (11) 7009-3838 e 966*10355 S10, 4x4, 2010 modelo 2011, turbo, branco, 25 mil quilômetros rodados, carro de garagem, motor MWM. R$ 69,5 mil. Tratar com Geraldo Saraiva Filho (11) 7076-0632, 4109-1279 e 4358-1313 D20, 86, turbo, vermelho perolizado, segundo dono, 160 mil quilômetros rodados, carro de garagem, com guincho na frente. R$ 32,5 mil. Tratar com Geraldo Saraiva Filho (11) 70760632, 4109-1279 e 4358-1313 Moto Yamaha YBR 125, 2008 e em ótimo estado. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 e 99477-8859 Polo Sedan 1.6, 2004, prata, segundo dono, com 40 mil quilômetros rodados e em ótimo estado. Tratar com Nelson (11) 98442-0969 e 99477-8859 Siena Sedan 1.0, branco, 2012/2013, zero quilômetro. Preço: R$ 25 mil. Tratar com Humberto (11) 97091-7005 e 99757-8249 Ranger Sport 2008, completa, cabine simples, gasolina, prata. Preço: R$ 31.500. Tratar com Jessica Luna (11) 98490-4932, 97979-4881 e 4347-9880 Moto Honda Falcon 400 cc, ano 2006, preta. Ótimo estado. Acompanha baú e dois capacetes. Preço: R$ 10 mil. Tratar com Edgar (11) 99711-5511 Moto BMW GS 1200 R, 2009/2009, prata. Vendo ou aceito troca por carro ou outra moto. Tratar com Peterson (11) 98124-1450 e 916*855

Apartamento no centro de Diadema, três dormitórios, 65m², churrasqueira, duas

piscinas, de festa, sala de ginástica. Valor: R$ 215.000,00.Tratar com Eduardo – Cazu (11) 6710-9965 Sítiocincoalqueires,rodoviaCasteloBranco Km 162, em Porangaba. Tratar com Buriti (11)9943-8656 e 6949-5995 SítioPilar do Sul-SP próximo a Sorocaba,1 e ½ alqueire formado. Tratar com Daniel TNorte Curitiba – BZ (15) 3278-1214 Terreno em Piedade, próximo a Sorocaba. R$ 25.000,00.Troco por carro. Tratar com Marcinho TG (15)3311-4043 e 9574-0272 Casa no bairro Demarchi. Vende-se valor R$ 450 mil ou aluga-se. Quatro dormitórios (sendo uma suíte), três wcs, cinco vagas, dois terraços, copa, cozinha planejada, sótão, salão de festas e depósito. Tratar com Maria Lúcia (11) 4347-6001 e 9136-2383 Sobrado no Terra Nova II, três dormitórios amplos, uma suíte com varanda. Todo reformado e tudo em porcelanato, Possui jardim de inverno na sala, cozinha embutida, rack sob medida, copa e coifa. Valor: R$ 400.000,00. Tratar com Nildo (11) 7364-4324 e 43969008 Cobertura duplex(nova) no centro de São Bernardo do Campo.Tratar com Jorge - BZ (11) 6734-4797 Casa em Mongaguá,dois dormitórios, um com suíte, sala, cozinha e garagem para seis carros.Toda mobiliada (a 500 metros da praia) Valor R$ 140.000,00. Tratar com Sônia (11) 8287-1084 Jazigo com quatro gavetas, cemitério Jardim das Colinas. R$ 15.000,00. Tratar com Juliana – Brazul 8813-4592 Sobrado no Parque Terra Nova II, em São Bernardo do Campo. O imóvel tem três dormitórios com dois WC e closet, sala com dois ambientes, sala de jantar, cozinha tipo americana, lavanderia coberta, garagem para quatro ou seis carros e escritório com 30 metros. Valor R$ 550 mil. Venda ou troca por imóvel de menor valor. Tratar com Salvador (11) 4347-0931e 99278-2323 Sobrado no Terra Nova 1, com 240 metros quadrados de área construída. O imóvel tem quatro dormitórios (uma suíte), varanda íntima, sala, copa, cozinha, churrasqueira e cinco vagas na garagem. R$ 550 mil. Tratar com Paulo 2831-4662 e 9480-8508 Apartamento no Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo. Com dois ou três dormitórios, duas garagens, área de lazer, área de construção 100 metros quadrados. Entrega prevista em julho de 2012. R$ 330 mil mais saldo de prestações. Tratar com Guilherme6605-7953 Casa em Dias Dávila (BA) com 850 metros quadrados de terreno. A casa possui quatro quartos (dois com suíte), sala, cozinha, banheiro e varanda. Tem ainda gramado na frente e várias árvores frutíferas. Vendo ou troco por um cavalo e carreta. Tratar com Angela (71) 9178-3389 e 966*8632 Vendo apartamento com 106 metros quadrados, no quinto andar do Condomínio Auge Home Resort (avenida Pereira Barreto, próximo à concessionária Citroen e ao Shopping Metrópole).O imóvel possui três dormitórios, uma suíte, sala (com dois ambientes), cozinha, banheiro, terraço gourmet e duas vagas na garagem. Entrega em novembro. Tratar com Tavares (Brazul) 98262-7019 e 7*53437 Vendo uma casa no Jardim Nosso Lar (próximo ao Clube da Ford). O imóvel possui dois dormitórios (sendo um deles com suíte e sacada), sala, cozinha, banheiro, lavanderia e garagem com portão automático e capacidade para quatro carros. Tratar com Eraldo ou Silvana (11) 98397-4705 e 98384-4799

Tanque de 400 litros, original, Scania, semi novo e um jet-ski Yamaha, modelo VX Cruiser, 2008, semi novo, com 20 horas, nas cores preto e dourado. Tratar com Luís 99285-6711

ANUNCIE

4346-5507

(11)

e-mail: revistacegonheiro@sindicatodoscegonheiros.com.br


37

Revista Cegonheiro


Divirta-se

Apesar de possuir várias interpretações dependendo da religião, a Páscoa tem o mesmo significado que é o da liberdade, o de ser um ritual de passagem para uma vida nova. A Páscoa Judaica A palavra Páscoa vem do hebraico Pessach, que significa ressurreição, vida nova. Ela celebra a libertação dos hebreus da escravidão no Egito e a passagem através do Mar Vermelho, por volta de 1250 a.C.. Livres, eles passaram a formar um povo com uma religião e um destino comuns. A Páscoa Cristã O significado da festividade é diferente no cristianismo. Na Páscoa cristã celebra-se a ressurreição de Jesus Cristo, que ressuscitou três dias depois da sua crucificação. É a principal festa do ano litúrgico cristão e, provavelmente, uma das mais antigas.

Cruzadex

Ovos de Páscoa Os cristãos primitivos da Mesopotâmia foram os primeiros a usar ovos coloridos na Páscoa. Em alguns países europeus, os ovos são coloridos para representar a alegria da ressurreição. Na Alemanha, os ovos eram dados às crianças junto de outros presentes na Páscoa. No século XIX, ovos de confeito decorados com uma janela em uma ponta e pequenas cenas dentro eram presentes populares. Mas os ovos ainda não eram comestíveis. A partir do século XX, na França, os ovos de páscoa começaram a ser confeitados de chocolate. Coelhinho da Páscoa A tradição do coelho da Páscoa foi trazida à América por imigrantes alemães em meados de 1.700. O coelhinho visitava as crianças, escondendo os ovos coloridos que elas teriam de encontrar na manhã de Páscoa. A figura do coelho está simbolicamente relacionada à Páscoa, pois este animal representa a fertilidade.

Descubra na figura onde estão 10 ovos, eles podem ter tamanhos diferentes

Sudoku

Name

Date 900100027445

Preencha o campo de 9x9 sendo que cada linha, Sudoku Puzzle coluna e bloco de 3x3 contenha números de Fill in the grid so that every row, every column, and every 3x3 box contains the numbers 1 through to 9. There to the puzzle. 1 ais only 9 .oneHsolution á somente uma solução possível para esse passatempo.

1 7 2 6 3 5 4 8 9 7 5 4 3 2 4 8 6 2 9 3 7 1 3 4 2 7 9 Medium

Respostas Revista Cegonheiro

38


Profile for Sinaceg

Revista Cegonheiro - Edição 131  

Revista Cegonheiro - Edição 131  

Profile for sinaceg
Advertisement