Page 1

Informativo mensal da Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará | Edição 08 Ano 03 - Maio de 2013 - www.cootraps.com.br |

AGO ELEGE NOVA DIRETORIA pág. 03

COOTRAPS RECEBE COMITIVA DO AMAZONAS

ENTREVISTA VEREADOR EVALDO LIMA

Bilhete único: IMPLANTAÇÃO

COOTRAPS mostra sua experiência para cooperativa do Amazonas. Confira!

COOTRAPS Notícias entrevista, com exclusividade, o líder do governo na Câmara

Prefeitura deve implantar modelo no Transporte Complementar ainda em 2013

pág. 02

pág. 07

pág. 08

27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 1

29/05/2013 14:39:22


EDITORIAL

Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará

Nova diretoria, novas perspectivas

E o compromisso de sempre com o cooperado

A

busca por um futuro melhor é o que norteia as nossas ações pessoais e profissionais. A COOTRAPS acredita nisso. Para alcançar melhores resultados, o momento de mudanças requer planejamento, união e certa dose de ousadia. A nova diretoria assume a direção de um grupo com o ideal do trabalho por um transporte digno para a nossa gente. Pelos próximos quatro anos faremos o nosso melhor. Nesta nova edição do informativo COOTRAPS, você acompanhará a palavra do novo presidente da Cooperativa, Rafhael Machado, e a de lideranças do transporte complementar do Ceará. São opiniões que convergem para objetivos comuns, justos, plenamente factíveis. Com muito senso de profissionalismo. Outra mudança é a implantação do Bilhete Único em Fortaleza. Válido nos ônibus das linhas regulares a partir de 15 de junho, o novo sistema de integração chegará ao transporte complementar até dezembro/2013. Você conhecerá os detalhes dessa história. A presente edição também traz entrevista exclusiva com o professor Evaldo

Lima, vereador de Fortaleza pelo PCdoB e líder do prefeito Roberto Cláudio na Câmara Municipal. Ele fala sobre a importância do transporte complementar e do Bilhete Único. A COOTRAPS trabalha baseada no respeito aos cooperados e aos usuários. Prova disso são as normas para a utilização da frota reserva, que garante a qualidade do transporte mesmo em situações excepcionais. São 15 veículos micro-ônibus novos à disposição dos cooperados – e da população. Esses veículos são adaptados aos passageiros com deficiência, e mais de 40% do total da frota da Cooperativa. Nosso informativo reserva espaço ainda para o estímulo ao seu bem-estar, com informações sobre como se prevenir do câncer de próstata, e para um tema que hoje ganha importância em todas as instituições: as redes sociais, a sua utilização. Boa leitura!

TENDÊNCIAS Redes Sociais

A

s redes sociais têm registrado crescimento significativo ano após ano, principalmente no Brasil. Os internautas integram-se para as mais diversas discussões trocando ideias sobre os temas mais recorrentes do dia a dia, tanto em cenário nacional quanto internacional. A COOTRAPS está presente também na web. Curta nossa fan page no Facebook e obtenha informações sobre transporte, trânsito, infraestrutura, cooperativismo etc. (facebook.com/cootrapsfortaleza). Na próxima edição do nosso informativo, confira uma matéria completa que aborda o tema das redes sociais.

EXPEDIENTE Diretor Presidente: Rafhael Gomes Machado. Diretor Administrativo: José Roderval Vasconcelos Arruda Diretor Financeiro: João Alfredo Nogueira Pereira Conselho Vogal: - Jaqueline Coelho Palhano - Francisco Alberto Lira Barros - Elainy Cristina Pinheiro Vieira Conselho Fiscal - Efetivos: - Maria Eliane da Silva Souza - Francisco Parente Guimarães

- Stênio Lima de Oliveira Conselho Fiscal - Suplentes: - Egilson Oliveira Melgaço - Marcos Balieira dos Santos - Edson Castelo Branco Lima Uma publicação da Assessoria de Imprensa da COOTRAPS - Simmetria Comunicação ntatto@ o@simm o@s immetr etriac etr ia omunicacao.c contato@simmetriacomunicacao.com.br

simmetria A COMUNICAÇÃO IDEAL

Reponsabilidade Editorial: Simmetria Comunicação Reportagem: Julyta Albuquerque, Bárbara Almeida, Rafael Veras, Paulo Araújo Revisão ortográfica: João Paulo Correia Fotos: Julyta Albuquerque Contato: (85) 3253.1384 E-mail: jornal@cootraps.com.br Projeto Gráfico: Sullivan Rodrigues Diagramação: Julyta Albuquerque Impressão: Expressão Gráfica Tiragem: 2.000 exemplares g p

2 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 2

29/05/2013 14:39:27


CAPA

A cooperativa é do cooperado!

Fortalecimento da cooperativa = trabalho + transparência

Assembleia Geral Ordinária elege nova diretoria da COOTRAPS

A

Assembleia Geral Ordinária do dia 19 de abril elegeu a nova diretoria da COOTRAPS para o quadriênio 2013/2017. Os membros da Chapa 1 vencedora são Rafhael Gomes Machado, presidente; João Alfredo Nogueira Pereira, Diretor Financeiro; e José Roderval Vasconcelos Arruda, Diretor Administrativo. Após a divulgação do resultado do pleito, o consultor estratégico Frederico Jofilly apresentou o balanço cooperativa relativo ao exercício de 2012. Seguindo as experiências de sucesso alcançadas pelo modelo de administração apontado pela Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB Nacional, a prioridade da COOTRAPS é reformular seu modelo de gestão. As propostas da chapa ‘Comprometimento e Competência’ são concordantes com os sete princípios que regem o cooperativismo, sob o compromisso do trabalho transparente. “Nosso objetivo é o fortalecimento da Cooperativa por meio da implementação de novos projetos, do diagnóstico das demandas da Instituição, da busca pela solução de problemas e da prestação integral de contas”, revela Rafhael. Dentre ações, destacam-se: • Tratamento igualitário a todos os cooperados, punindo com rigor quaisquer favorecimentos a membros do

conselho de administração e fiscal, diretores e cooperados isoladamente; • Envio mensal do balanço de todas as receitas e despesas autorizadas aos cooperados; • Austeridade e transparência em relação aos recursos financeiros da COOTRAPS, autorizando gastos mediante autorização dos cooperados; • Rigor na contratação de funcionários para a COOTRAPS, pesquisando toda vida passada do candidato a vagas de diretoria, gerências, motoristas, cobradores e fiscais. “Estarei mais perto dos cooperados. Farei alguns ajustes nas funções dos conselhos e da diretoria, visando à obtenção de melhores resultados”, assegura o presidente. Também é ideia tornar os conselhos Administrativo e Fiscal órgãos deliberativos, responsáveis pela contratação de um profissional do mercado, com capacitação específica, para fins de direção executiva – operacional – da Cooperativa. O diretor-executivo constituirá equipe, com capacitação técnica, para integrar as gerências de Controladoria, Administração e Operação, tudo com o intuito de obter sucesso nas operações.

Perfil da Diretoria Executiva Presidente Rafhael Gomes Machado – 36 anos Bacharel em Direito – Unifor (2007). Especialista em Gestão de Transportes – UFC (2009). Especialização em Gestão de Cooperativas – UFC (em fase de conclusão).

Diretor Financeiro João Alfredo Nogueira Pereira – 39 anos Bacharel em Ciências Econômicas – Unifor (2001). Conselheiro Fiscal desde 2012.

Diretor Administrativo José Roderval Vasconcelos Arruda – 38 anos Bacharel em Direito pela Unifor (2006). Membro da COOTRAPS desde 2005..

3 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 3

29/05/2013 14:39:30


COOPERADO VEZ E VOZ - Especial nova diretoria

Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará

Precisamos renovar e evoluir. Sempre! Trabalhar pela modernização e pelo crescimento é – e sempre será – um caminho promissor. Para isso, precisamos renovar e evoluir. É com esse sentimento que vejo a COOTRAPS em seu atual momento, guiado por uma nova diretoria que pensa além e que traz em sua bagagem o interesse pelo futuro, valorizando o compromisso com a transparência e com a honestidade. Grandes e boas mudanças devem ser implementadas ao longo dos próximos meses na Cooperativa, pela promoção de um novo modelo de gestão, proposta que norteou a

campanha da chapa vencedora, e que foi desenvolvida com base na profissionalização administrativa da instituição. A experiência traz a possibilidade de qualificar e aperfeiçoar as operações realizadas pela COOTRAPS, reduzindo erros e, consequentemente, prejuízos. Como presidente da Federação das Cooperativas de Transportes Autônomos de Passageiros do Ceará e cooperado da COOTRAPS, reforço as minhas expectativas em torno da nova diretoria e das possibilidades que surgem de amadurecimento com o presente processo iniciado. A nossa Cooperativa é forte e pode crescer muito mais, na medida em que acreditamos nela e batalhamos pela sua qualificação. César Nobre – Presidente da FECOOPACE e cooperado COOTRAPS

Para tornar nossa COOTRAPS ainda melhor! Reconhecida por lutar pela regulamentação do sistema de transporte complementar de Fortaleza, a COOTRAPS é responsável por operar o serviço na Capital, oferecendo qualidade e compromisso à sociedade. Atualmente, passa por momento de expectativas com a eleição da nova diretoria, que promete grandes mudanças e oportunidades para tornar a nossa COOTRAPS um lugar ainda melhor e mais fortalecido. Reformulações devem acontecer e, para que possamos seguir confiantes, precisamos acreditar em quem está à frente de tudo.

Ter como guia pessoas atentas e responsáveis é fundamental. Essa eleição consagrou o novo presidente da cooperativa, Rafhael Machado, como uma liderança dentro da categoria, trazendo novas pessoas e novos pensamentos para a instituição, possibilitando renovação e crescimento. Meu sentimento é de confiança. Acredito no trabalho dessas pessoas e dedico meus esforços para que possamos, juntos, fazer um transporte complementar cada vez melhor. Afonso Barbosa – Presidente do Sindicato dos Permissionários do Transporte Complementar de Fortaleza e Região Metropolitana (SindVans)

Palavra do presidente Raael Gomes Machado - Diretor Presidente da COOTRAPS Caros cooperados, É com imenso prazer e responsabilidade que damos início à nossa gestão à frente da Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (COOTRAPS). Ao lado dos demais membros do Conselho Administrativo, encaramos o desafio de conduzir a Cooperativa no quadriênio 2013-1017. Vivemos um momento de lutas, de muito trabalho, tal como tantos outros períodos nos quais a COOTRAPS construiu a sua história de conquistas. Para crescermos com os desafios que se apresentam, buscaremos uma gestão alicerçada no compromisso, na competência e na transparência de nossas ações. Nesse momento, a prioridade é reformular o modelo de gestão da COOTRAPS. As funções dos Conselhos Administrativo e Fiscal sofrerão ajustes em prol de nossa profissionalização administrativa, passo fundamental para a obtenção de melhores resultados. Será contratado um profissional do mercado, qualificado e experiente, para a função de diretor-executivo, que formará uma equipe técnica para as gerências. Implantaremos uma política de austeridade no trato dos recursos financeiros, com os investimentos passando pela autorização dos cooperados. Comprometidos e unidos, construiremos uma gestão democrática, igualitária e ética, na medida em que estimularemos p rt rte. e. a pa participação e o diálogo. Assim, teremos uma COOTRAPS cada vez maior e mais forte.

4 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 4

29/05/2013 14:39:36


INTERCOOPERAÇÃO

A cooperativa é do cooperado!

COOTRAPS recebe comitiva do Amazonas

‘Cooperativismo é isso: colaborar com o outro’

E

m 25 de abril, uma comitiva formada por diretores da Federação das Cooperativas de Transporte do Estado do Amazonas (FECOOTRAM), vereadores e representantes da gestão municipal de Manaus esteve em Fortaleza para uma visita técnica. Foram recebidos na nova sede da COOTRAPS com o objetivo de conhecer a experiência bem-sucedida do cooperativismo de transporte do Ceará e, a partir desse intercâmbio replicar o aprendizado naquele estado do Norte.

isso que vamos levar esse modelo para o Amazonas”.

O encontro rendeu elogios da presidente da Federação, Walderízia Carvalho, “grata pela atenção e pela disponibilidade dos diretores da COOTRAPS”. Ela parabenizou pelo trabalho aqui realizado e garantiu que irá tomar a experiência cearense como exemplo. “Pudemos perceber que a profissionalização do sistema do Ceará só foi possível graças à licitação. É por

A comitiva conheceu as instalações da COOTRAPS, a garagem, o trabalho da diretoria; também tiveram acesso aos processos operacionais da Cooperativa, anotando cada detalhe. Ao final, em bate-papo descontraído, os diretores Rafhael Machado, João Alfredo e José Roderval responderam perguntas do grupo visitante.

Para Rafhael Machado, presidente da COOTRAPS, é uma honra receber parceiros de luta e poder contribuir para a qualificação do transporte complementar de outros estados. “Não faria sentido trabalhar pela prestação de um transporte de qualidade se não dividíssemos nossos acertos. Cooperativismo é isso: colaborar com o outro. É o que eu vejo hoje aqui”, reforça.

BEM-ESTAR O exame de próstata, os cuidados

Ó

rgão exclusivamente masculino, a próstata tende a ficar maior, apesar de ter seu papel reduzido quando o homem alcança aproximadamente 40 anos. Esse aumento leva ao surgimento de distúrbios urinários e até mesmo ao câncer pelo fato de a glândula encontrar-se perto da bexiga, e com a expansão do seu tamanho, pressionar a uretra. Nesse caso, é aconselhado o exame de sangue e o toque retal (TR). O exame de sangue avalia a existência do antígeno prostático específico (PSA), podendo diagnosticar o câncer. Se o PSA estiver elevado, é pedido o exame de toque. Quando há histórico familiar (pai, irmão ou tio tiveram câncer de próstata), indica-se que o TR seja feito uma vez por ano, a partir dos 40 anos; ou a partir dos 45, se não detectada incidência na família. Câncer de próstata: sintomas e cuidados Algumas das causas, sob suspeita, para o desenvolvimento do câncer são: alimentação muito gordurosa, disfunção hormonal, ambiente poluído e uso de fertilizantes. A Sociedade Brasileira de Urologia divulgou dados de pesquisa sobre a percepção masculina em relação à doença e ao exame de toque. No Nordeste, os números são alarmantes, apenas 36% dos homens vão ao urologista, e na população de classe D/E, 74% nunca fez o exame de toque. De acordo com o médico urologista Nilson Diniz, “as pessoas têm ainda muito preconceito com esse exame, mas é o mais eficaz meio de o paciente obter reais chances de cura. Acredito que já há muitos avanços na divulgação dos benefícios dos exames”, destaca Nilson. O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre homens no Brasil e o mais curável, em torno de 95% dos casos, desde que descoberto na fase inicial da doença. Seu tratamento é feito com cirurgia para remoção da g , radio e/ou / q p glândula, quimioterapia.

5 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 5

29/05/2013 14:39:38


POR DENTRO

Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará

Normas de uso

Frota reserva garante continuidade e qualidade do transporte complementar na capital

A

frota reserva da COOTRAPS são para o uso de todos os cooperados em situações emergenciais. Para utilizar o benefício é preciso atentar para normas específicas. A COOTRAPS conta, hoje, com uma frota reserva de 15 veículos inteiramente novas e conservadas. O contingente tornou-se obrigatório apenas este ano, para atender as exigências do contrato, após licitação realizada ano passado. Demarcado por 5% do total da frota, o objetivo é garantir a continuidade e a qualidade do serviço, sempre que algum carro precise ser retirado de linha para manutenção. Já a utilização desses veículos pelos cooperados tem suas regras específicas, desde a retirada até a devolução dos carros. Investindo pesado em qualidade Na COOTRAPS, a frota reserva foi implantada a partir de março de 2013, atendendo à solicitação da Etufor com base em determinação contratual. A cooperativa investiu cerca de R$ 3 milhões para a compra dos veículos novos, com financiamento a ser pago pelos cooperados. “É a garantia de que, se um veículo parar de funcionar por alguma falha mecânica, o usuário final terá transporte garantido, não ficará desassistido”, explica Roderval Arruda, diretor administrativo da cooperativa. Todos os carros já são adaptados, com acessibilidade para passageiros com deficiência. Sob a forma de apoio logístico, os carros reservas podem ser acionados tão

logo o veículo necessite de manutenção chegue à garagem da COOTRAPS. Normas para utilização do benefício • Os serviços de mecânica ou manutenção DEVEM ser realizados na garagem da Cootraps, exceto quando a cooperativa não dispuser, no momento, de equipamentos; • O veículo deve retornar lavado, com tanque cheio e devidamente revisado, nas mesmas condições em que foi entregue; • Todos os veículos devem passar por vistorias, na entrega e no recebimento. Demais exigências • Qualquer autuação de trânsito ou acidente decorrente da operação será de responsabilidade do solicitante; • O pernoite deve ser realizado nas garagens da COOTRAPS;

COOPERATIVISMO COOTRAPS NO I ENCONTRO DA MULHER COOPERATIVISTA Palestras e oficinas marcaram um dia de valorização da força da mulher para o cooperativismo cearense

O

rganização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Ceará (OCB/CE), Unimed Fortaleza e Oficina de Eventos realizaram o I Encontro da Mulher Cooperativista, em 10 de maio último. O evento, no Ponta Mar Hotel, congregou mulheres que fazem o cooperativismo cearense. Por todo o dia, uma extensa programação voltada ao bem-estar e à participação feminina no mercado de trabalho. Jaqueline Palhano, conselheira da COOTRAPS, participou do evento,

que teve como ponto alto a palestra “A Mulher no Mundo do Trabalho”, proferida pela jornalista e escritora Claudia Matarazzo. A palestrante apontou a existência de uma natureza cooperativista feminina. “A mulher já nasceu cooperativista. Na História, ela sempre precisou cooperar com outras mulheres para ter sucesso num mundo masculino. Ela é uma eterna e múltipla força”, afirmou. Também abordou questões de administração do tempo, postura, etiqueta, comportamento e a. moda.

6 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 6

29/05/2013 14:39:43


BRAVA GENTE

A cooperativa é do cooperado!

Entrevista Vereador Evaldo Lima

Foto: Assessoria de Imprensa Evaldo Lima

O complementar reforçando a cidadania

“Garantir a mobilidade urbana é uma bandeira cidadã que empunhamos aqui na Câmara Municipal de Fortaleza”

R

epresentante político e militante desde os tempos de juventude, o vereador Evaldo Lima (PCdoB) vive uma fase de consagração e de forte atuação na trajetória política. Eleito com 5.215 votos, ocupa hoje o posto de Líder do Governo na Câmara Municipal de Fortaleza. Embora em seu primeiro mandato parlamentar, preside a “Comissão de Educação, Cultura e Desporto”. Também integra a “Comissão do Orçamento, Finanças, Controle e Fiscalização” e a “Comissão Extraordinária da Copa 2014”. A participação efetiva nesses três colegiados, essenciais à implementação das políticas públicas idealizadas pelo prefeito Roberto Cláudio, colocam o professor Evaldo Lima entre os representantes mais engajados do legislativo fortalezense.

mobilidade urbana É indispensável que se reconheça a importância dessa atuação bem como a necessidade constante de inovar e buscar soluções ideais para a prestação de um serviço de qualidade. Cobradores e motoristas do sistema complementar, em contato diário com a população, são fontes que irão detectar os pontos a serem melhorados, identificando diretamente com o usuário essas necessidades. Valorizar os profissionais do transporte público complementar é melhorar a qualidade do serviço prestado.

“A integração com o transporte complementar pelo uso do Bilhete Único é essencial. E o transporte complementar exerce papel de relevância na mobilidade urbana de Fortaleza.”

Nascido em Boa Viagem, interior do Ceará, ainda jovem, veio com a família para Fortaleza. Estudou em escolas de ensino municipal e estadual. Fruto de dedicação e mérito, graduou-se em História pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Formou-se, ainda, na Escola de Formação de Governantes, mas foi mesmo o magistério que influenciou grande parte do caminho escolhido. Professor atuante há 25 anos, Evaldo foi e ainda é professor de diversos jovens da capital. A movimentação política teve início na vida estudantil. Foi militante presidente do Centro Acadêmico de História da UECE. À época, também foi membro da direção do Instituto da Cidade. Na vida pública, foi titular da Secretaria de Esporte e Lazer (governo Luizianne Lins), tendo como principal legado a responsabilidade da reforma do Estádio Presidente Vargas. Confira entrevista. O transporte complementar no desenvolvimento da

Edição 09 Ano 03 - Junho 2013 | www.COOTRAPS.com.br

27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 7

Garantir a mobilidade urbana é uma bandeira cidadã que empunhamos aqui na Câmara Municipal de Fortaleza. Bilhete Único: complementar integrado ao regular

O Bilhete Único tem a marca inconfundível da administração Roberto Cláudio. Representa para a nossa cidade um novo padrão de transporte coletivo, marcado pela comodidade do menor tempo de percurso e pela vantagem do menor preço da passagem. Com o bilhete único, as pessoas chegarão mais rapidamente aos seus destinos, gastando um pouco menos do sacrificado orçamento. A integração com o transporte complementar pelo uso do Bilhete Único é essencial. E o transporte complementar exerce papel de relevância na mobilidade urbana de Fortaleza. O objetivo desse programa é exatamente melhorar o transporte dos cidadãos, dar agilidade e evitar deslocamentos desnecessários ao trajeto dos usuários. Tudo isso dará aos micro-ônibus, condutores de milhares de fortalezenses a seus destinos, capacidade ainda maior de atuação.

7 29/05/2013 14:39:47


parceria Bilhete Único de Fortaleza será implantado no transporte complementar até o final de 2013

Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará

Primeira etapa do novo sistema abrange apenas os ônibus urbanos e começa em 15 de junho Câmara Municipal de Fortaleza realizou em 2 de maio audiência pública para a apresentação do Sistema de Bilhete Único, que será implantado nos ônibus da cidade a partir de 15 de junho. Usuários do sistema de transporte público, representantes de entidades estudantis, empresários, lideranças sindicais e gestores municipais debateram e tiraram dúvidas sobre o novo sistema de integração do transporte coletivo da capital. Segundo o presidente do Sindicato dos Permissionários do Transporte Complementar de Fortaleza e Região Metropolitana (Sindvans), Afonso Barbosa, a expectativa é de que o sistema esteja totalmente implantado no transporte complementar até 31 de dezembro. O Bilhete Único está em fase de cadastramento desde o dia 22 de abril. Cada usuário é cadastrado no sistema, que possui tecnologia de reconhecimento facial, e recebe um cartão de uso pessoal e intransferível, e passam a ser ganhar. O Bilhete Único facilita a vida do usuário e promove uma inclusão maior de pessoas no aceitos nos ônibus de Fortaleza em 15 de junho. O cadastro é transporte coletivo”, avalia. opcional, mas somente os que O novo sistema vai além do Rafhael Machado, presidente da tiverem o novo cartão poderão modelo anterior de integração Cooperativa dos Transportadores usufruir de seus benefícios. temporal, por não apresentar Autônomos de Passageiros do Estado Mais pelo mesmo restrições. Pagando apenas uma do Ceará (COOTRAPS), acredita que o O novo sistema vai além do passagem do mesmo valor atual (R$ número de passageiros do transporte modelo anterior de integração 2,20, a inteira, e R$ 1,10, a meia), o complementar irá crescer. Esclarece: temporal, por não apresentar usuário poderá integrar sem nenhum restrições. Pagando apenas “Esperamos um aumento da demanda, uma passagem do mesmo valor custo adicional, em qualquer linha, principalmente quando o trabalhador atual (R$ 2,20, a inteira, e R$ sentido e parada do sistema de estiver de folga. Ele vai ter mais opções, 1,10, a meia), o usuário poderá poder pegar um veículo do transporte ônibus urbano de Fortaleza. integrar sem nenhum custo complementar e depois um ônibus, e adicional, em qualquer linha, vice-versa. Estamos nos planejando.” sentido e parada do sistema de ônibus urbano de Fortaleza. E avalia que o único custo adicional E poderá fazê-lo quantas vezes necessitar em um período para o cooperado é arcar com a aquisição do equipamento de de 2 horas. Resulta em economia de tempo para o usuário, reconhecimento facial e de validação do cartão, que deverá que não precisará ir mais a um terminal e pegar outro ônibus gratuitamente; e de dinheiro, pois só pagará uma passagem. ser acoplado aos carros. As três etapas do sistema “O sistema de Bilhete Único já está praticamente pronto, falta apenas a implantação do software que faz a leitura O secretário João Pupo, titular da Secretaria de biométrica. A Prefeitura de Fortaleza optou por um sistema Conservação e Serviços Públicos da Prefeitura Municipal moderno que faz a leitura do Vale Transporte Eletrônico (VTE) de Fortaleza, destacou na audiência que o sistema será e realiza o reconhecimento facial, para evitar fraudes, assim implantado em três etapas. Na primeira, de implantação do barateando o processo”, explica Barbosa. Bilhete Único, a integração gratuita vale para o sistema de Usuário ganha, demanda cresce ônibus urbano; na segunda etapa, passa a valer também Com a plena integração entre ônibus e complementares da cidade até o fim de 2013, o presidente do Sindvans vê para vans e micro-ônibus do transporte complementar; por o momento como um avanço do sistema de transporte de fim, serão contemplados o metrô de Fortaleza e o sistema Fortaleza. “Ninguém perde com isso e o usuário só tem a metropolitano de transporte público.

Foto: PMF/Divulgação

A

8 27289_COOTRAPS_jornais_cootraps_29_05_13.indd 8

29/05/2013 14:39:49

COOTRAPS Notícias  

Informativo bimensal da COOTRAPS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you