Page 1

Catรกlogo de Produtos Art Vida | Minha Terra | Costurando com Arte | Tecendo o Futuro | Barro Vivo


Ribeir達o Preto/SP Serrana/SP Serra Azul/SP


CONCEPÇÃO E REALIZAÇÃO

Origem Produções Projeto Oficina Nômade

COORDENAÇÃO GERAL ASSISTENTE DE COORDENAÇÃO GERAL PRODUÇÃO CULTURAL DESIGNERS DAS OFICINAS

Christian Ullmann Tania de Paula Origem Produções Emanoel Tavares Moreira (Design Possivel) Julia Asche (Design Possivel) Juliana Gatti (Árvores Vivas) Silvio Tadeu França

SITE ASSESSORIA DE IMPRENSA FOTOS DOS PRODUTOS EDIÇÃO IMPRESSÃO PATROCÍNIO

Jorge Vinícius Nascimbem Comtexto Comunicação Corporativa Leonardo Rodrigues Origem Edição Gráfica Ltda. Villimpress Bebidas Ipiranga Usina da Pedra Eco Leo

APOIO

ProAC - Programa de Ação Cultural Secretaria de Estado da Cultura Prefeitura de Ribeirão Preto Secretaria da Cultura de Ribeirão Preto Prefeitura de Serrana Prefeitura de Serra Azul

www.oficinanomade.com.br


PROJETO OFICINA NÔMADE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO O Projeto Oficina Nômade Ribeirão Preto e Região assumiu o grande desafio de desenvolver um diferencial de mercado, resgatar a identidade local e colaborar com a melhoria de qualidade de vida dos artesãos do centro oeste do estado de São Paulo. A parceria com as diferentes Secretarias das cidades de Ribeirão Preto, Serrana e Serra Azul norteou o planejamento e o desenvolvimento das atividades somado às próprias características da região, muito rica em referências históricas, urbanas e rurais, festas religiosas e diversidade de flora e fauna. A partir destas referências ficou definido nosso universo de trabalho. O envolvimento do projeto com as possibilidades e características do mercado local e regional, definiu uma nova linha de produtos artesanais a ser desenvolvida atendendo à demanda de produtos contemporâneos corporativos, utilizados em eventos e como brindes. Cada um dos 5 grupos parceiros do projeto aproveitaram esta oportunidade de forma própria, fazendo valer sua personalidade, história e potencialidades. O resultado dos 10 meses de atividades desenvolvidas pelo projeto foi um grande aprendizado e uma boa oportunidade para valorizar a produção artesanal da região, onde pudemos promover e posicionar cada grupo, valorizando suas características particulares. O projeto também fortaleceu e criou novas possibilidades e oportunidades comerciais para os grupos. O desafio continua para os grupos na continuidade e no atendimento das demandas geradas pelo projeto e das novas oportunidades que virão, respeitando seu diferencial e potencial na produção artesanal regional e contemporânea.

O projeto em números: • • • • •

10 meses de oficinas 150 peças desenvolvidas 70 novos produtos no mercado 5 novas linhas de produtos 7 participações em feiras e eventos locais e regionais (Canamix/Abril 2010, Agrishow e Exposição Aeroporto Leite Lopes/Abril 2010 , Feira de Profissões/Maio 2010, Evento Sustentável - SenacRP/Maio 2010, FEARP - Feira de Artesanato de Ribeirão Preto/Junho 2010, Festival de Folclore de Olimpia/Agosto 2010)

Christian Ullmann

Coordenador Geral Projeto Oficina Nômade


PATROCINADORES Inaugurada em 23 de abril de 1948, a Cia de Bebidas Ipiranga tem uma trajetória de muitas conquistas em Ribeirão Preto. Sinônimo de modernidade e qualidade, a empresa mantém um sólido compromisso com a comunidade e com o meio ambiente, através de vários programas de destaque que desenvolve e apóia. A Companhia de Bebidas Ipiranga é uma das maiores fábricas de Coca-Cola do Brasil. O início da construção da fábrica no Bairro Ipiranga foi em 1978 e em 1981 começou a funcionar no local. Apesar de construída há mais de duas décadas, ainda hoje as instalações são modernas e com um projeto arquitetônico atual. A empresa gera mais de 2500 empregos diretos e atua em uma área de distribuição de mais de 22 mil pontos de venda espalhados por mais de 120 cidades do interior paulista e Minas Gerais. Possui fábrica em Ribeirão Preto e mais cinco unidades nas cidades de Araraquara, Franca, São João da Boa Vista, Mococa e São Sebastião do Paraíso.

Bebidas Ipiranga

Ribeirão Preto/SP

A Pedra Agroindustrial é uma empresa de agronegócio que trabalha desde 1931 para construir um cenário de desenvolvimento econômico, social e ambiental que melhore a vida das pessoas. Seu compromisso é o desenvolvimento contínuo dos padrões de qualidade em todos os processos produtivos de forma que o resultado do trabalho realizado, além dos ganhos técnicos e de produtividade, minimize os impactos ambientais e valorize as comunidades onde atua. Sua principal atividade é a produção de álcool, açúcar e energia elétrica a partir da cana-de-açúcar. Possui quatro unidades produtoras, todas no estado de São Paulo: Usina da Pedra, em Serrana; Usina Buriti, em Buritizal; Usina Ibirá, em Santa Rosa de Viterbo e Usina Ipê, em Nova Independência. Associada à Copersucar, organização que reúne um conjunto de empresas sucroalcooleiras, o grupo Pedra Agroindustrial preserva sua autonomia produtiva ao mesmo tempo em que está presente em uma empresa que atua em toda a cadeia de negócio de açúcar e bioenergia.

Pedra Agroindustrial

Serrana/SP


Lançamento, Exposições e Imprensa

Lançamento do Projeto Oficina Nômade em Ribeirão Preto, Christian Ullmann e presença da Prefeita Municipal.

Fotos: Assessoria de Imprensa PMRP

Exposições e Feiras

Abril 2010 - Agrishow

Poltrona “Under Construction”, estofamento desenvolvido em parceria com a oficina Costurando com Arte (Serrana/SP), exposta no Salone Satellite, Itália, em Abril de 2010.

Abril 2010 - Canamix

Ao lado, expositores e estruturas oferecidas aos artesãos para exposição e venda de seus produtos. Ao todo foram realizadas 7 exposições.


Adesivo para embalagens

Folder

Etiqueta para produtos

Site Oficina N么made www.oficinanomade.com.br


Introdução 11 Ribeirão Preto e Região 13 A Cultura Regional 15 Cidades e Grupos 19 Produtos 23 Art Vida 27 Minha Terra 39 Costurando com Arte 51 Tecendo o Futuro 63 Barro Vivo 75

Artesãos 84

ÍNDI


CE


12


Introdução Oficina Nômade é um projeto de pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos cuja atuação se dá por meio da valorização dos recursos naturais, da cultura tradicional local e das técnicas artesanais. Atua também na promoção e na divulgação desses conceitos. O projeto, criado pelos designers Christian Ullmann e Tânia de Paula, nasceu com o objetivo de identificar, apoiar, divulgar e fortalecer o mercado de produtos comunitários que utilizam de forma sustentável os recursos naturais, valorizando as florestas como fonte de renda e colaborando para a melhoria da qualidade de vida das comunidades envolvidas. Teve as primeiras ações na Amazônia, em 2001, e se estendeu para as 5 regiões do Brasil. Estas experiências ajudaram a conhecer e entender melhor a diversidade, as características e as diferenças entre os artesãos, grupos e comunidades artesanais, bem como, os materiais e as técnicas empregadas em cada região. Dessa forma o projeto tem a capacidade de compreender e sintetizar aspectos das culturas regionais e aplicá-los no desenvolvimento de novos produtos artesanais. Além do Brasil, o projeto obteve reconhecimento em vários países da América Latina com o Projeto Oficina Nômade, da Amazônia à Patagônia e o Projeto Oficina Nômade Andes. Recebeu prêmios nacionais e internacionais: Prêmio Internacional de Cestaría y de Diseño Pinolere 2007, Espanha; Prêmio Chico Mendes de Meio Ambiente, 2006 e 2003, do Ministério de Meio Ambiente; Prêmio Planeta Casa 2006, Editorial Abril; Prêmio BRAMEX de Meio Ambiente 2005; entre outros. Gerenciado pela Origem Produções, o Projeto Oficina Nômade Ribeirão Preto e Região foi inserido na primeira etapa do Programa Café com Açúcar; programa cultural do governo municipal para a valorização de costumes e tradições regionais, que ressalta o legado do cultivo do café e da cana-de-açúcar. O objetivo do projeto no interior paulista é estimular a criação de novos produtos artesanais que resgatem aspectos culturais e históricos, valorizem a identidade regional, o turismo e a cultura local e promovam a geração de renda e o desenvolvimento social e cultural da região.

13


14 Foto: Silvio Tadeu Franรงa


A Cultura Regional Identidade Local Observa-se no atual mercado globalizado a crescente procura por produtos diferenciados e originais. Os produtos artesanais que incorporam referências culturais podem gerar novas oportunidades de negócios, encontrar novos públicos e novos nichos de mercado. As cidades de Ribeirão Preto, Serrana, Serra Azul e São Simão estão carregadas de elementos visuais simbólicos que contam a sua história e que podem ser incorporados aos produtos artesanais. Turistas e potenciais clientes procuram esta identidade local quando visitam as cidades e as feiras e, estas características se tornam mais um atrativo para conquistar espaços de divulgação e de venda. Através do resgate de elementos simbólicos, que representam o passado e o presente das cidades envolvidas, foi possível ampliar o repertório de referências visuais de artesãos e artistas locais e promover o fortalecimento e a valorização da identidade cultural regional. Por meio da aplicação destes elementos na produção artesanal, observamos o surgimento de produtos cheios de significado e de características únicas. Cada artista e cada artesão desenvolveu a sua própria base de elementos visuais locais, que inspirou, valorizou e agregou valor ao seu trabalho. Foi possível obter uma grande diversidade de temas e produtos por intermédio das técnicas individuais utilizadas e da tradução dos símbolos selecionados. O levantamento de referências culturais locais teve como objetivo estimular um novo olhar para a região e seus elementos mais particulares. Promoveu uma primeira aproximação que permitiu visualizar o potencial destes elementos, estimulou o desenvolvimento desta importante ferramenta para os artesãos locais e foi fonte de inspiração aos processos criativos de produtos e de imagens únicas e singulares.

Tânia de Paula

coordenadora da pesquisa de referências culturais

15


Técnicas para aplicação de referências culturais locais

contorno simplificado

Existem muitas técnicas possíveis para o levantamento e para a aplicação de referências culturais locais. Apresentamos abaixo alguns exemplos, porém, o que deve ser ressaltado é que cada artesão e cada artista, com o seu olhar e com sua técnica particular e individual, encontre sua própria tradução. Contorno simplificado A partir de uma fotografia ou desenho são escolhidos os traços principais que caracterizam a sua forma essencial, formando um desenho simplificado

Sete Capelas - Ribeirão Preto/SP

Paleta de cores paleta de cores

O significado de paleta de cores é uma “placa de madeira ou louça em que o pintor dispõe e combina as tintas”. Podemos identificar a “paleta de cores” em uma pintura, em um edifício e até mesmo em uma paisagem.

foto interior teatro

http://guiacidades.wordpress.com/2009/12/21/fotos-de-ribeirao-preto/

Painel Bassano Vaccarini Mercadão Municipal Ribeirão Preto/SP Fotos:Tania de Paula

16


Representação por traços A técnica é similar ao exemplo do contorno simplificado, porém, se extrai de um todo um elemento gráfico que é sintetizado.

silhueta chapada positivo Theatro Pedro II e detalhe do teto produzido pela artista plástica Tomie Ohtaketraçado - Ribeirão Preto/SPou negativo

Silhueta chapada ou traçado positivo ou negativo

silhueta ch

Esta técnica serve como complemento da representação por traços. Uma vez sintetizado o elemento gráfico em traços, este pode ser invertido ou preenchido, gerando um elemento chapado de uma única cor que contrasta com o fundo.

traçado positivo ou ne

Theatro Pedro II, detalhe do arabesco Ribeirão Preto/SP

17


Inspiração Folia de reis

1

Folia de Reis é um festejo de origem portuguesa ligado às comemorações do culto católico do Natal, trazido para o Brasil ainda nos primórdios da formação da identidade cultural brasileira, e que ainda hoje mantém-se vivo nas manifestações folclóricas de muitas regiões do país.

Cafezinho de São Benedito Uma tradição popular conta que o primeiro café coado pelas manhãs é depositado em uma xícara pequena, comum, que deve ser oferecida à imagem de São Benedito.

18

Fotos: 1 - Carmem Rezende 2 e 6 - Tania de Paula 3 e 4 - Juliana Gatti 5 - Wellington Sanches


Cerrado Paulista

3

O cerrado sempre foi um bioma característico do centro-oeste brasileiro, por isso muitos estranham quando o termo cerrado paulista é citado. Apesar de quase não existir mais no estado de São Paulo, o cerrado paulista é um bioma riquíssimo em sua biodiversidade. Rosa do campo, jatobá, clusia e mangaba são algumas das espécies pertencentes ao cerrado e que serviram de inspiração para os artesãos do Projeto.

4

Café com Açúcar O Café foi o grande impulsionador de nossa economia até 1930, sendo responsável pelas grandes construções e arquitetura da época, como os theatros, operas e museus que ainda existem na região. Com o declínio da cultura do café, a indústria açucareira entrou no século XX trazendo riquezas e o plantio de cana se intensificou e teve inicio a colocação do açúcar brasileiro no mercado mundial e a introdução de novas tecnologias na agroindústria.

5

6

19


20 Foto: Silvio Tadeu Franรงa


Cidades e Grupos Ribeirão Preto/SP Art Vida Minha Terra

Serrana/SP 1

Costurando com Arte Tecendo o Futuro

Serra Azul/SP Barro Vivo

2

Grupo Art Vida

Ribeirão Preto/SP

O grupo Art Vida apresenta uma grande e diversificada produção de objetos a partir de técnicas artesanais. Cada artesão trabalha sua própria técnica individualmente. O grupo coordena e realiza a Feira Artesanal da praça Sete de Setembro, todos os sábados, na cidade de Ribeirão Preto onde comercializam seus produtos. São objetivos do grupo promover a qualificação dos artesãos e a doação de parte dos resultados das

vendas para instituições beneficentes além de promover atividades culturais. Durante as oficinas desenvolvidas pelo projeto foi identificado e selecionado um novo material, o bagaço de cana de açúcar. A proposta foi de organizar a produção em grupo e abordar o tema “café com açúcar”. Com esta nova experiência, o Grupo Art Vida desenvolveu uma nova linha de produtos e uma nova possibilidade produtiva, podendo atingir um novo nicho de mercado.

Fotos: 5, 6, 7, 8 - Silvio Tadeu França 1, 2, 3, 4 - Emanoel Tavares Moreira 9 - Juliana Gatti

21


3

5

4

Minha Terra, Nossa Gente

6

Ribeirão Preto/SP

O grupo Minha Terra tem um trabalho forte com reciclagem, desenvolvendo oficinas com crianças. Também conta com trabalhos diversos de outros artesãos, como brindes de feltros e bonecas de pano. O objetivo do grupo é fortalecer o trabalho para torná-lo contemporâneo e auto-sustentável, buscando novas oportunidades e a ampliação do mercado para os artesãos. Os principais temas trabalhados com o grupo durante as oficinas foram aspectos folclóricos e religiosos de Ribeirão Preto e da região. Matérias primas recicladas somadas a fitas coloridas, imagens religiosas (santinhos) e o desenvolvimento coletivo possibilitou uma nova linha de trabalho e de produtos com muita personalidade e bem representativo do grupo. 22

Costurando com Arte Serrana/SP

O grupo foi criado pela Secretaria de Ação Social da cidade de Serrana com o objetivo de colaborar com as famílias que se encontram excluídas do mercado de trabalho, para que possam sair da condição de exclusão social. O grupo domina a técnica de corte e costura e produz panos de prato, jogos americanos, aventais, luvas para cozinha, porta sacos plásticos entre outros produtos. O trabalho desenvolvido nas oficinas possibilitou a inserção de novos referenciais e novos produtos, tornando o artesanato mais autêntico e atrativo. As oficinas colaboraram para o fortalecimento do grupo e para atender demandas de brindes corporativos e eventos.


7

9

Grupo Barro Vivo 8

Tecendo o Futuro Serrana/SP

O Lar Santo Antonio da Cidade de Serrana trabalha com jovens da cidade produzindo tapetes com retalhos de tecidos comprados ou cedidos por confecções parceiras e com reciclagem de papéis para convites e blocos de anotações. Oferece aos adolescentes que freqüentam a entidade, a oportunidade de desenvolvimento de suas potencialidades, empreendedorismo e geração de renda. Em parceria com a coordenação do Lar Santo Antonio realizamos uma seleção de jovens para participar das oficinas, o objetivo foi desenvolver novos produtos como caixas e acessórios de moda utilizando-se das técnicas já conhecidas de tear. Os jovens selecionados recebiam uma ajuda de custo da instituição além de uma porcentagem nas vendas dos produtos confeccionados por eles, criando alternativas para o desenvolvimento econômico e social.

Serra Azul/SP

A cidade de Serra Azul e São Simão são conhecidas pelas características da sua argila de boa qualidade. A matéria prima está à disposição em terras próximas, porém, não encontramos nas cidades artesãos com a técnica necessária para desenvolver este tipo de trabalho. Em parceria com a Secretaria de Cultura da cidade de Serra Azul e SOS Cultura de São Simão, o projeto propôs motivar artesãos da região a desenvolver a técnica artesanal do trabalho com a argila local, na criação de peças de objetos decorativos e utilitários e no desenvolvimento de tecnologia apropriada. O trabalho realizado com o Grupo Barro Vivo buscou resgatar referências históricas da região e da diversidade da flora e da fauna do Cerrado Paulista. A escolha de temas e referências locais possibilitou o desenvolvimento de uma linha de produtos diferenciada que valoriza e fortalece a identidade do grupo que poderá oferecer produtos originais e ampliar seu nicho de mercado. 23


24 Foto: Silvio Tadeu Franรงa


Produtos

25


26


Mandala Café Art Vida Diâmetro: 36 cm Bagaço de Cana, Retalhos de Tecido e Café.

Associação

Art Vida

Ribeirão Preto SP

27


Quadro Café Art Vida

28

Tamanho: 27 x 27 cm Madeira, Feltro, Café, Fitas de Cetim e Retalhos de Tecido.


Móbile Café Art Vida Tamanho: 36 cm Retalhos de Tecido, Feltro, café e Linha Encerada.

29


Cadernos de Receitas Art Vida Tamanho: 15 x 20 cm Bagaço de cana, retalhos de tecido, fuxico e cafÊ.

30


Cadernos de Anotação Art Vida Tamanho: 9 x 14 cm Bagaço de cana e retalho de tecido.

Cadernos de Anotação Art Vida Tamanho: 9 x 9 cm Bagaço de cana e bisquit.

31


Caderno de Anotação Folha Art Vida Tamanho: 9 x 14 cm Bagaço de cana, folhas e grãos de café.

Marcador de Papel Folha Art Vida Tamanho: 4 x 14 cm Bagaço de cana, folhas de café e tecido.

32


Marcador de Papel Art Vida Tamanho: 4 x 14 cm Bagaço de cana e tecido.

Caderno de Anotação Café Art Vida Tamanho: 9 x 14 cm Bagaço de cana e retalho de tecido.

33


Cumbuca Café Art Vida Diâmetro: 15 cm Bagaço de cana, retalho de tecido, fita de cetim, feltro, palha e grãos de café.

34


Cumbuca Café 2 Art Vida Tamanho: 13 cm Bagaço de cana, retalho de tecido, feltro e grãos de café.

35


Quadro Café com Açúcar Art Vida Tamanho: 18 x 38 cm Bagaço de cana, moldura, cordão e grãos de café.

36


Copos de Vidro Art Vida Tamanho: 8 x 6 cm Vidro de garrafa de refrigerante.

37


Bandeira São Sebastião Minha Terra Tamanho: 24 x 12 cm Bagaço de cana, fuxico, fitas de cetim e miçangas.

38


Santuรกrio Minha Terra Tamanho: 24 x 12 cm Bagaรงo de cana, fuxico, fitas de cetim e miรงangas.

Grupo

Minha Terra

Ribeirรฃo Preto SP 39


Bandeira Nossa Senhora Minha Terra Tamanho: 38 x 38 cm Madeira, miรงangas, fitas de cetim, garrafas PET reutilizadas e tecido.

40


Medalha Folia Minha Terra Tamanho: 18 x 50 cm Piaรงava, fuxicos, sementes, fitas de cetim e jornal.

41


Medalha Grande Minha Terra Tamanho: 48 x 12 cm Fitas de cetim, jornal, chita e crochĂŠ.

Medalhas Pequenas Minha Terra Tamanho: 35 x 6 cm Jornal, fitas de cetim, sementes, TNT e fuxicos.

42


Medalha Santo Expedito Minha Terra Tamanho: 22 x 16 cm Jornal, crochĂŠ, fitas de cetim e fuxico.

43


Medalha Porta Terço Minha Terra Tamanho: 45 x 6 cm Corrente de aço, miçangas, chita, fitas de cetim, PET e fundo de latinha de refrigerante (alumínio).

Medalha São Sebastião Minha Terra Tamanho: 35 x 5 cm Poliestireno, miçangas, fitas de cetim, cordão encerado.

44


Mandala Minha Terra Minha Terra Diâmetro: 12 cm Bagaço de cana, fitas de cetim, fundo de latas de refrigerante (alumínio), fuxicos e sementes.

45


Andor Santa Rita Minha Terra Tamanho: 10 x 12 x 20 cm Madeira, gesso, filtros de café, fuxico e fitas de cetim.

Andor Santo Antônio Minha Terra Tamanho: 13 x 20 x 25 cm Madeira, fitas de cetim, fuxico, fuxico, filtros de café.

46


Caixa Nossa Sehora de Aparecida Minha Terra Tamanho: 32 x 10 x 39 cm Madeira, miçangas e renda.

Caixa Sagrado Coração Minha Terra Tamanho: 32 x 10 x 39 cm Madeira, miçangas e renda.

47


Altar Nossa Senhora Minha Terra Tamanho: 20 x 20 x 35 cm Papel, miçangas, flores de PET, filtro de cafÊ, garrafa PET reutilizada.

48


Altar Nossa Senhora de Aparecida Minha Terra Tamanho: 15 x 15 x 27 cm Retalhos de garrafa PET, madeira, chita, miรงangas, fuxicos e renda.

49


Bandeirinhas de São João Costurando com Arte Tamanho: 1,40 x 11 cm Retalhos de tecido e viés.

50


Grupo

Costurando com Arte

Serrana SP

51


Porta Pães Costurando com Arte Tamanho: 20 x 20 x 10 cm Porta Guardanapos Costurando com Arte Tamanho: 16 x 12 x 6 cm Algodão cru, viés, cisal e fuxico.

52


Porta Pães Costurando com Arte Tamanho: 20 x 20 x 10 cm Porta Guardanapos Costurando com Arte Tamanho: 16 x 12 x 6 cm Algodão cru, viés, chita, e cisal.

53


Avental Minha Terra Tamanho: 50 x 50 cm Brim

54


Bolsa Corporativa Costurando com Arte Tamanho: 35 x 35 cm Sacola Costurando com Arte Tamanho: 35 x 35 cm Brim, tecido colorido para forro.

Bolsas para Eventos Costurando com Arte Tamanho: 35 x 35 cm Brim e alça de poliÊster

55


Banco PET Costurando com Arte Tamanho: 30 x 40 cm Garrafas PET, espuma e chita.

56


Banco Fuxico Costurando com Arte Tamanho: 35 x 43 cm Garrafas PET, espuma, algod達o cru e chita.

57


Avental Decorado Costurando com Arte Tamanho: 50 x 50 cm Tecidos variados

58


Jogo Americano com Porta Guardanapos e Copos Costurando com Arte Tamanho: 45 x 30 cm Tela, chita e fuxico.

59


Painel Costurando com Arte Tamanho: 45 x 30 cm Tela, chita e retalhos de tecido com fitas de cetim.

60


Jogo Americano com Porta Guardanapos Costurando com Arte Tamanho: 45 x 30 cm Tela, chita e fuxico.

61


Caixinhas de Barbante Tecendo o Futuro Tamanho: 10 x 18 x 4 cm Barbante colorido.

62


Grupo

Tecendo o Futuro Serrana SP 63


Tapete Cisal Tecendo o Futuro Tamanho: 100 x 70 cm Barbante e cisal.

64


Jogo Americano Colorido Tecendo o Futuro Tamanho: 52 x 32 cm Barbante e malha.

65


Jogo Americano - 6 peรงas Tecendo o Futuro Tamanho: 24 x 12 cm Barbante

66


Jogo Americano - 3 peรงas Tecendo o Futuro Tamanho: 52 x 30 cm Barbante e chita.

67


68


Caixinhas Dobradas Tecendo o Futuro Tamanhos 1. 30 x 12 x 5 cm 2. 20 x 11 x 5 cm 3. 10 x 10 x 5 cm Barbante

69


Caixinhas com Bambu Tecendo o Futuro Tamanhos: 1. 30 x 12 x 10 cm 2. 20 x 11 x 10 cm 3. 10 x 10 x 10 cm Barbante e Bambu.

70


71


Caixinhas com Cisal Tecendo o Futuro Tamanho: 20 x 9 x 5 cm Barbante e cisal.

72


Caixinhas Conjugadas Tecendo o Futuro Tamanho: 20 x 30 x 5 cm Barbante, cisal e bambu.

73


Tigela Folha Barro Vivo Tamanho: 14 x 5 x 27 cm

74


Grupo

Barro Vivo

Serra Azul SP 75


Vaso Camomila Barro Vivo Tamanho: 18 x 18 x 10 cm

76


Vaso Decorado Barro Vivo Tamanho: 17 x 19 cm

77


Xícaras e Bule Barro Vivo Tamanhos: Bule 13 x 15 cm Xícaras 5 x 7 cm Pires 13 cm

78


Moringa com Copos Barro Vivo Tamanhos: Moringa 22 x 12 cm Copos 7 x 7 cm

Copos Café com Açúcar Barro Vivo Tamanho: 5 x 5 cm

79


Moringa Flor do Cerrado Barro Vivo Tamanho: 12 x 15 cm

80


Nascimento de Jesus Barro Vivo Tamanho: 27 x 14 cm

Casas de Cablocos Barro Vivo Tamanhos Grande 7 x 11 cm Pequeno 5 x 7 cm

81


C達o Barro Vivo Tamanhos: 9 x 14 cm

82


83

Foto: Silvio Tadeu Franรงa


Artesãos Art Vida

Designers: Julia Asche Emanoel Tavares Moreira Artesãos: Iara de OeS de Araujo Francisamara Jordão Abdalla Sonia R F Gamba Susan Mary F Matheus Wagner Spagnol João Pedro Costa Dulce R Lodi Boirie Yoshito Endo Helena Takako Endo

Minha Terra

Designers: Julia Asche Emanoel Tavares Moreira Artesãos: Carminha Rezende Ana Paula M.S.Andreucci Benê Tecelã Claudia Amaral Claudete Amaral Elenice R. Louzada Francisco José Rybac Maria José “ Mazé”

Costurando com Arte

84

Designer: Silvio Tadeu França Artesãos: Reini Forastier Vanete Ramos de Oliveira Maria da Silva Maria da Rocha Tereza Procidônio Batista Sara de Freitas Pereira

Tecendo o Futuro

Designer: Silvio Tadeu França Artesãos: Adilson Sousa Arcenilto Landim Bruno Cerqueira Edilson Amaro Gisele Gonçalves Jéssico Santos Maelson Costa Nilvan Cruz Rogério Evaristo Taniele Jesus Thiago Coelho Wender Correa

Barro Vivo

Designer: Juliana Gatti Artesãos: Ana Paula Bueno Rosa Fabiana Aparecida da Rocha Carmem Lucia Siriani Sônia Aparecida de Lima Balbino João Marcos de Souza Flávia Aparecida da Silva Valdecir Balbino Marcos Araújo Spedo Luis Fernando Ana Carolina do Nascimento Vitor Daniel do Nascimento


Sustentabilidade é prover as necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de que as gerações futuras atendam às suas necessidades." - Gro Brundtland

www.oficinanomade.com.br

Origem Produções www.origemproducoes.com.br 16 3623 8012

Realização, Concepção e Produção

Patrocínio Ouro

Patrocínio Prata

Patrocínio Bronze

Apoio

Este projeto foi realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura - Programa de Ação Cultural - 2010.

Catálogo Oficina Nômade  

Catálogo das oficinas de design e artesanato na região de Ribeirão Preto/SP

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you