Issuu on Google+

Ano 23 - no 250 - SANTOS, MAIO/JUNHO DE 2013

Mãos estendidas

Q

uando caminhamos pelas estreitas passarelas da vida, observamos, com pesar, milhares de mãos estendidas em nossa direção. São mãos que rogam pão para alimentar o corpo faminto... Mãos que pedem carinho... Mãos distendidas em busca de luz espiritual, capaz de espancar as trevas da consciência culpada... Mãos que rogam o amparo de outras mãos, que lhes sequem as lágrimas amargas vertidas pela dor da separação das mãos queridas que a morte arrebatou... São tantas mãos distendidas pelas vielas da vida, que nos fazem sentir impotentes, incapazes de nos candidatarmos ao serviço do bem, diante de tanta necessidade... Todavia, vale a pena buscarmos, na natureza, fatos que nos renovem o ânimo e mudem nossa maneira de pensar. O fio de cobre, por exemplo, quando largado na via pública, não passa de objeto insignificante. Mas, ligado ao poder da usina, é transmissor de luz e força. O pequeno cano, abandonado à poeira, é tropeço na estrada. Contudo, se ajustado ao reservatório, é condutor de água pura. A argila, dormindo no charco, é simples porção de lama. Todavia, entregue aos cuidados do oleiro, convertese em vaso nobre. A pedra, solta no campo, é calhau pobre e esquecido. Mas, se unida à construção, é alicerce do lar. A lagarta, na amoreira, é triste animal de aspecto repelente. No entanto, levada à indústria do fio, produz a seda brilhante. A tripa de carneiro, estendida ao sol, é realmente

algo desprezível. Quando transformada na corda do violino, é meio eficaz para que a música possa surgir. Entretanto, para servir é preciso esforço e disciplina. O fio de cobre, para iluminar, padece a tensão da energia elétrica. O cano necessita ajustar-se para ser útil. A argila experimenta a alta temperatura do fogo. A pedra aceita o anonimato para se tornar sustentáculo. A lagarta deve morrer para auxiliar e a tripa de carneiro passa por longo processo renovador a fim de responder, com segurança, aos sonhos do musicista. *** Em verdade, ainda somos corações frágeis, almas culpadas e Espíritos endividados, diante das Leis Divinas. Mas, ligados ao Espírito de nosso Divino Mestre Jesus, podemos ser instrumentos do eterno bem. Não basta, porém, salientar as nossas fraquezas, a nossa falta de capacidade, a preguiça ou a falsa modéstia para estender socorro eficiente na direção das mãos estendidas em nossa direção. É preciso abraçar a verdadeira humildade, com obediência e disciplina, ante os desígnios do Senhor, porque, aprendendo e servindo; amando e ajudando; lutando e sofrendo em Sua causa sublime, será possível modificar a triste realidade do nosso planeta. *** É sempre fácil servir perante o céu azul e ensinar nos dias dourados, cheios de tranquilidade e de sol. Cabe-nos aprender a servir sob a noite tormentosa, e ao longo das sendas repletas de dores e dificuldades de toda sorte.

(XAVIER, Francisco Cândido. Por Espíritos Diversos. Vozes do Grande Além, cap.42.)

CONVITE Seminário: Educação dos filhos e dos netos Palestrante: Heloísa Pires Data: 11 de maio de 2013 - Local: Rua Campos Melo, 312 (Sede social do C.E.I.J.)

Em comemoração aos 65 Anos da Mocidade Espírita “ISMÊNIA DE JESUS” Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir continuamente, está é a lei - Allan Kardec


A Campanha dos Colchonetes Foi um SUCESSO!

Calendário de Eventos

2013

Graças a todos vocês que colaboraram com esta Campanha, conseguimos adquirir o último lote de 100 colchonetes. Atingimos no mês de abril o total necessário e planejado de 300 colchonetes. Nossos agradecimentos e votos de saúde, paz e sucesso a todos.

23/03 - Noite da Pizza 15 e 16/06 - SEST / SENAT 10/08 - Noite dos Caldos 06/10 - Almoço de Massas 23/11 - Noite da Pizza 30/11 - Viagem a Ribeirão Pires 08/12 - Confraternização dos Tarefeiros do C.E.I.J.

Faça sua doação para as obras Assistênciais do C.E.I.J. Banco do Brasil S/A Agência: 3145-3

-

C/C: 106-6

LEIA KARDEC - COMENTE KARDEC - ANALISE KARDEC Expositores do Mês Maio BOLETIM INFORMATIVO C.E.I.J. Órgão Informativo do Centro Espírita “Ismênia de Jesus” CASA DOS POBRES Rua Campos Melo, 312 Santos - S.P. CEP. 11.015-012 Tel. (13) 3202-8080 Fax (13) 3202-8083 administracao@ismeniadejesus.org.br Responsável pelo Informativo: Silvio Ricardo Rodrigues boletim@ismeniadejesus.org.br Produção Gráfica: Demar Gráfica Editora Ltda Tel. (13) 3222-2656 Periodicidade: Bimestral Tiragem: 2.500 exemplares 2 - BOLETIM INFORMATIVO - C.E.I.J.

Junho

Segundas-Feiras

Segundas-Feiras

Dia 06 - Elaine

Dia 03 - José Rivera

Dia 13 - Fernando Guimarães

Dia 10 - Ana Letícia

Dia 20 - Altivo Ferreira

Dia 17 - Altivo Ferreira

Dia 27 - Hélcio Silva

Dia 24 - Marco Maiuri

Terças-Feiras (15:00 horas)

Terças-Feiras (15:00 horas)

Dia 07 - Paulinho

Dia 04 - Paulinho

Dia 14 - Angela

Dia 11 - Angela

Dia 21 - Rita

Dia 18 - Rita

Dia 28 - Celina

Dia 25 - Celina

OBS: 24/04/2013, LANÇAMENTO E AUTÓGRAFOS do Livro: Atos Mediunicos, psicografado por Marco Maiuri


Mocidade Espírita “ISMÊNIA DE JESUS” - M.E.I.J. -

M

ocidade Espírita “Ismênia de Jesus”, quantas recordações maravilhosas por tantos momentos de alegria e descontração. Quantas lembranças dos amigos, dos instrutores, momentos de estudo e alegria. Estas amizades que me deram uma base sólida, sobre a qual construí minha vida encontrando forças para enfrentar meus conflitos e caminhar para frente. Quantos teatros, jograis, brincadeiras, COMELESP, músicas, Campanhas Auta de Souza, distribuição de alimentos e roupas no Natal, eventos festivos e beneficentes, que saudades!... Quantos momentos maravilhosos que me fazem agradecer todos os dias aos meus pais por terem me conduzido desde pequena à Mocidade Espírita. A MEIJ foi inaugurada em 26 de maio de 1948, meu pai Camilo Lourenço, contava-me com muita alegria e vibração o quanto o salão do CEIJ estava repleto, com mais de 500 pessoas, com a presença de dona Maria Máximo, acompanhada do saudoso professor Leopoldo Machado que foi o idealizador de diversas Mocidades Espíritas do Brasil, foi também o criador da famosa frase: “A Mocidade é o sorriso da Casa Espírita”. Pedro Leopoldo nasceu na Bahia, foi um dos grandes incentivadores das Mocidades Espíritas no Brasil, foi uma das figuras mais importantes do Espiritismo brasileiro. Poeta, escritor, dramaturgo, orador e ativista, ele promoveu um rejuvenescimento no movimento, com sua Campanha do Espiritismo de Vivos, em que agitou os centros, centralizados na relação com os “mortos”. Leopoldo provocou uma reação e melhorou a participação de estudiosos, expositores e influenciou na realização de cursos e aulas sobre a Doutrina. Uma das maiores contribuições que ele deu foi a criação vigorosa das Mocidades Espíritas. Graças a ele, rompeu-se o círculo fechado dos centros com a entrada de jovens no movimento. As Mocidades Espíritas representaram uma injeção de vigor nas Casas Espíritas. Leopoldo Machado nos brindou, contava meu pai, com belíssima palestra, em uma atmosfera de grande alegria e boas vibrações. A M.E.I.J., sempre teve bom número de jovens

s o n A 65

estudiosos e interessados em participar da vida do Centro e do Movimento Espírita da Baixada Santista e do Estado de São Paulo, e em diversas atividades onde os jovens têm participação ativa e onde é necessária sua presença, e entre este grande contingente de jovens que passaram pela M.E.I.J., já contou com diretores, funcionários e colaboradores que nunca se afastaram da vida desta Instituição. As mocidades espíritas tornam-se cada vez mais importantes para o Espiritismo. Considero um Departamento importantíssimo para que os dirigentes espíritas garantam ao centro espírita pessoas que já tenham despertado para o ideal da caridade, a criação e manutenção de mocidades ativas, participantes e com o apoio e incentivo de todos. Estou certa de que a maioria das pessoas chegam ao Centro Espírita pela dor, o processo para esta atingir o equilíbrio e assumir tarefas dentro da casa é razoavelmente longo, sem falar no tempo de estudos da Doutrina Espírita. Contudo, com a Mocidade, todos estariam sempre em estudo evitando desvios e dificuldades na vida. E ao invés de procurarem uma casa de oração somente para aliviar suas dores, os jovens serão agentes multiplicadores na sociedade, que formarão uma família já dentro da conduta espírita. Ao invés de um jovem rebelde, sem rumo, teremos ajudado a construir uma personalidade voltada à reflexão e à compressão do mundo em que vivemos. A Mocidade Espírita tem o objetivo de traçar diretrizes seguras, dentro do Evangelho de Jesus, a fim de que, através de sua formação moral, seja o jovem a base de uma sociedade mais humanizada e feliz, assim como acompanha o desenvolvimento moral e psicológico do jovem, proporcionando estudos doutrinários e atividades práticas estimulando o jovem ao trabalho no bem, além de proporcionar meios de integrar a juventude a Jesus. Criar e manter um grupo de Mocidade é tarefa das mais importantes para os dirigentes de um Centro Espírita. Investir e acreditar nos jovens é um meio de estabelecer a paz nos lares e garantir o futuro do espiritismo. Celeste F. Lourenço Rodrigues

O C.E.I.J. oferece todos os dias do ano, refeição diária aos necessitados do pão material e espiritual das 12h30 às 14h. Em média 180 pessoas são atendidas diariamente. Com o objetivo de mantermos essa atividade e até incrementá-la, solicitamos toda e qualquer doação de gêneros alimentícios, aparelho de barbear, sabonetes e roupas. Os assistidos, encontram instalações adequadas para sua saúde e higiene. Às 12h45 no salão, ouvem um expositor sobre vários temas, logo após, às 13h, dirigem-se ao refeitório, onde já está a mesa servida. Uma equipe de voluntários, nesse horário, seguindo uma escala, fornece o apoio necessário. BOLETIM INFORMATIVO - C.E.I.J. - 3


DEPARTAMENTO DE DOUTRINA

-

Evangelização Espírita Infanto-juvenil

Temas das Aulas da Evangelização Infantil

M ê s Dia 06 13 Maio 20 27 03 10 Junho 17 24

Temas Não violência: dados biográficos de Gandhi Não violência: Hinduísmo e Espiritismo Não violência: Gandhi e Jesus Caridade: definição, importância e exemplos Caridade: Biografia de Bezerra de Menezes Caridade: Desejo de fazer o Bem (Benevolência) Caridade: Bezerra de Menezes e Jesus Encerramento do primeiro semestre

Temas das Aulas da Mocidade

Temas Origem e natureza dos Espíritos Mundo normal primitivo Forma e ubiquidade dos Espíritos Perispírito Diferentes ordens de Espíritos Escala espírita Progressão dos Espíritos Encerramento do primeiro semestre

No mês de março a evangelização infantil estudou sobre Maria Máximo. Publicamos o desenho realizado pela aluna do 1 ciclo de infância, Giovanna Lamarck Neves e um diálogo elaborado por crianças do 2o ciclo entre Maria Máximo o

e Jesus. Para uma melhor compreenção de quem foi Maria Máximo, publicamos uma pequena biografia elaborada pela irmã Andrea Verni. Maria Máximo Em 14 de dezembro de 1888 nasceu em Riodades, Portugal, Maria da Piedade, filha de Ismênia de Jesus e de Aurélio Augusto. Desde moça Maria revelava ter boa instrução pela caligrafia, prosa e rima. Dominava a oratória devido a sua condição de artista. Em 1919 parte para o Brasil estabelecendo-se em Belém do Pará. Conhece Miguel Máximo e casam-se. Juntos formam o teatro itinerante “Duo Max”. Por volta dos 40 anos eclode a mediunidade de Maria Máximo e orientada por seu pai fixa residência em Santos, iniciando a ação de curas através de passes e água fluída. Suas mediunidades são: efeitos físicos, auditiva, falante, vidente, psicográfica, pneumatográfica, curadora, sonambúlica e de pressentimento. Apresentava fenômenos de transfiguração, desdobramento ou bicorporiedade. Devido as curas que realizava foi perseguida pela classe médica, acusada de curandeira e de prática ilegal da medicina, sendo intimada a comparecer a delegacia. Lá foi intimada a fazer ferver a água, e a água ficou fluidificada dando a impressão de estar fervendo. Depois que faça a água gelar, o que também ocorre. Boquiabertos, os presentes não tiveram como reagir e Maria Máximo foi liberada. Tais fatos levaram a fundação do Centro Espírita Ismênia de Jesus em 1º de janeiro de 1937, na residência do casal Max. No entanto o CEIJ sofre denúncia caluniosa de ser um local de prática de macumba, magia negra e feitiçaria. Mas a polícia nada encontra, além de água fluidificada. A própria imprensa ajuda a lhe fazer justiça. Vendeu tudo que tinha para a construção da Casa dos Pobres, mas não foi suficiente. Recorre a Campanhas, representações teatrais junto com Miguel Máximo, petições, quermesses e doações. .Tendo pai Aurélio como orientador e incentivador. Em 3 de março de 1940 inaugura o edifício Casa dos Pobres. Com seu esforço e as curas por seu intermédio atrai beneméritos, doações, apoio e a obra se expande. Em 1945 surge a ideia de transformar as mensagens de Pai Aurélio em livro “Pão da Vida” com a finalidade de angariar fundos para as obras do CEIJ. Dentre as obras realizadas por Maria Máximo estão o Grupo de Dramaturgia Allan Kardec, Cozinha dos Pobres, Berçário Ismênia de Jesus, Casa Maternal Ismênia de Jesus, Escola Espiritualista Ordem e Progresso e Mocidade Espírita Ismênia de Jesus. Em 10 de agosto de 1949 desencarna Maria Máximo. Sua elevação é tal que pouco depois de desencarnar se manifesta e transmite as seguintes palavras: “Se desejais minha felicidade, não choreis pela matéria, orai pelo espírito... Finalmente recebi minha carta de alforria”.

Andrea Verni 4 - BOLETIM INFORMATIVO - C.E.I.J.


Diego 12 anos Maria Máximo e Jesus trabalhando no dia de hoje! Eu imagino que depois de tudo que Maria Máximo e nosso mestre Jesus fizeram aqui no mundo, eles estão ajudando as pessoas no mundo espiritual. Maria Máximo ajudou muito aqui no planeta Terra como Jesus também ajudou a melhorar a vida de muitas pessoas hoje. Se não fosse Jesus ninguém iria amar ao próximo como a si mesmo, amar a Deus acima de todas as coisas e etc... E se não fosse Maria Máximo agente não estaria aqui hoje. (referência ao CEIJ fundado por Maria Máximo) É por isso que agradeço muito aos dois. Diálogo: - Oi senhor Jesus obrigado por ter vindo me dar boas vindas, e por tudo que você fez para melhorar a humanidade.

- Fiz isso tudo por que amo vocês.

Maria Eduarda 13 anos

- Jesus eu fiz o certo?

- Que bom espero que as pessoas façam o mesmo... - O senhor acha que eu fui um bom exemplo?

- Fez, fez muito certo.. e ajudou a todos.

- Sim tanto quanto eu! - Todos deveriam sair do “caminho” dos defeitos e ir para os das virtudes como você.

- É verdade... é verdade. No plano espiritual Maria Máximo e Jesus estão olhando as pessoas, e rezando (conversando com Deus). Para eles melhorarem mais e mais. Estão se esforçando para ajudar-nos.

M.E.I.J. - 65 Anos Evangelizando nossas crianças BOLETIM INFORMATIVO - C.E.I.J. - 5


“Auxilia ao teu filho, enquanto é tempo.” (Emmanuel/Chico Xavier “Trilha de luz”)

A

criança de hoje será o homem de amanhã. Mais do que isso, são Espíritos em processo evolutivo. Portanto, é responsabilidade dos pais o encaminhamento dos filhos. Emmanuel, no livro “O Consolador”, psicografado por Chico Xavier, responde a questão 109:

P. O período infantil é o mais importante para a tarefa educativa? R. O período infantil é o mais sério e o mais propício à assimilação dos princípios educativos. Até aos sete anos, o Espírito ainda se encontra em fase de adaptação para a nova existência que lhe compete no mundo. Nessa idade, ainda não existe uma integração perfeita entre ele e a matéria orgânica. Suas recordações do plano espiritual são, por isso, mais vivas, tornandose mais suscetível de renovar o caráter e a estabelecer novo caminho, na consolidação dos princípios de responsabilidade se encontrar nos pais legítimos representantes do colégio familiar. Eis porque o lar é tão importante para a edificação do homem, e porque tão profunda é a missão da mulher perante as leis divinas.

Passada a época infantil, credora de toda vigilância e carinho por parte das energias paternais, os processos de educação moral, que formam o caráter, tornam-se mais difíceis com a integração do Espírito em seu mundo orgânico material, e, atingida a maioridade, se a educação não se houver feito no lar, então, só o processo violento das provas rudes, no mundo, pode renovar o pensamento e a concepção das criaturas, porquanto a alma reencarnada terá retomado todo o seu patrimônio nocivo do pretérito e reincidirá nas mesmas quedas, se lhe faltou a Luz interior dos sagrados princípios educativos. Faça da Casa Espírita uma extensão do lar quanto à evangelização dos filhos. No “CEIJ” a evangelização infantil acontece as segundas, às 20h00. Traga seu filho!

Livros, Revistas, Discos, CD’s, Enciclopédias, etc. Venha conhecer nossa livraria de usados. Aqui você vai encontrar o livro que precisa! Av. Conselheiro Nébias, 397

CAMPANHA DE ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDO Se você deseja colaborar, faça uma campanha entre seus familiares, vizinhos, amigos, companheiros de trabalho e reúna as peças para compor os enxovaizinhos.

Bazar do C.E.I.J. Móveis Usados e Restaurados Venha conhecer o nosso acervo de móveis. Você encontrará de tudo, na medida do seu gosto e condições do seu bolso. Comprando seus Móveis conosco, você estará colaborando para as Obras Assistenciais do C.E.I.J.

Av. Conselheiro Nébias, 395 e 397

Estude KARDEC - Divulgue KARDEC - Analise KARDEC

Cadastre-se Cadastre seu e-mail para receber o Boletim Eletrônico do C.E.I.J. Envie um e-mail para: boletim@ismeniadejesus.org.br 6 - BOLETIM INFORMATIVO - C.E.I.J.


ESPIRITISMO

Comece pelo começo

“O Livro dos Espíritos” - “O Livro dos Médiuns” “O Evangelho Seg. o Espiritismo” - “O Céu e o Inferno” - “A Gênese” VISITE A BIBLIOTECA DO C.E.I.J., VOCÊ ENCONTRARÁ UM VASTO ACERVO COM AS PRINCIPAIS OBRAS DA DOUTRINA ESPÍRITA.

EVANGELIZAÇÃO ESPÍRITA “Plante uma semente de amor, para colher um homem de BEM”

Traga seu filho na Evangelização Espírita Infanto-Juvenil Idade de 4 a 12 anos e a Mocidade à partir dos 13 anos. Dia: 2a. feiras - Horário: 20h às 21h Local: Centro Espírita “Ismênia de Jesus” - Endereço: Rua Campos Melo, 312 * Procure chegar 15 minutos de antecedência para que as crianças possam se preparar para as aulas. INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: NA SECRETARIA DO C.E.I.J. OU PELO TEL. (13) 3202-8080

Coração de Mãe Dizem que quando a Terra foi criada Fazendo-se possuída Pelos filhos da vida Que vinham de outros mundos, Tudo na estrada humana, Cortando a imensidão dos campos infecundos Era a dominação do ódio que se aferra À dissenção, à morte, o desespero e à guerra... Foi quando um mensageiro Do Céu às criaturas, Regressou às Alturas E disse humildemente ao Grande Deus: - Senhor! O que posso fazer dos homens sem amor? Do cérebro mais tardo ao gênio mais precoce, Tudo na Terra é luta em conquistas da posse. Compadece-te oh! Pai! ... veneno, flecha e clava. Formam no mundo inteiro a Humanidade escrava, Da descrença, do mal, da impiedade e do crime, Sem qualquer esperança a que se arrime. Já não se agüenta ouvir os urros do mais forte E o choro dos vencidos, Pisados, massacrados e caídos Nos sarcasmos da morte. Que fazer, Grande Deus, nas trevas dessa luta, Em que a luz se nos nega e ninguém nos escuta? Revelou-se que o Pai de Infinita Bondade,

Pensou, por muito tempo, e disse, comovido: - Aceito, filho meu, quanto me falas, Entendo-te o pedido! ... Volta ao mundo a servir na tarefa em que avanças, Os que morrem no mal renascerão crianças. A Terra evoluirá, - ponderou o Senhor – Ninguém alterará minha obra de amor. A fim de desarmar a violência e a cobiça, Instalarei no mundo a força da Justiça E para que haja amor exterminando o orgulho, Sem pancada, sem grito, sem barulho, Enviarei alguém, Que ame os filhos meus, com o meu amor ao bem, Na exaltação da paz, sem desprezo a ninguém. Alguém que saiba amar, a servir e a sofrer, Cultivando o perdão como simples dever. Dizem que foi assim Que a Terra começou a fazer-se jardim. Ouviu-se verbo novo, alteraram-se imagens, E conforme o Senhor mandou e prometeu, Entre as rudes mulheres dos selvagens O Coração de Mãe apareceu. MARIA DOLORES (Mensagem recebida pelo médium: Francisco Cândido Xavier, no Grupo Espírita da Prece, em reunião pública da noite de 12 de março de 1977, em Uberaba, Minas Gerais) Do Livro Maria Dolores - Edição IDEAL BOLETIM INFORMATIVO C.E.I.J. - 7


C.E.I.J. - Centro Espírita "Ismênia de Jesus" CASA DOS POBRES # Fundado em 01/01/1937 Sede Santos - R. Campos Melo, 312 - Tel. (13) 3202-8080 / Tel/Fax (13) 3202-8083 www.ismeniadejesus.org.br E-mail : administracao@ismeniadejesus.org.br Sub-sede Ribeirão Pires - R. Cap. José Galo, 1074 e 1514 - Tel. (11) 4828-1146 ou 4828-3103 Atividades em Santos

Segunda-feira 13h - Departamento de Costura. 19h - Esperanto. 19h - Atendimento Fraterno, Orientações. 19h30 - Mocidade Espírita. 19h45 - Evangelização Espírita Infanto-Juvenil. 20h - Palestra e Passes. Terça-feira 13h - Departamento de Costura. 13h - Curso Família Saudável / Gestantes. 14h15 - Atendimento Fraterno, Orientações. 15h - Palestra e Passes. 20h - Reunião Privativa - Desobsessão, Estudo em Grupo do Evangelho Segundo o Espiritismo - EGESE. Quarta-feira 12h - Diálogo entre Amigos 20h - 1a - 3a e última semana - Estudo Mediúnico e Vibrações. Quinta-feira 13h - Curso Família Saudável / Artesanato. 17h30 - Reunião mensal da Diretoria Executiva. 20h - Encontro de Estudos Sistematizado da Doutrina Espírita - ESDE. Sexta-feira 09h - Cine C.E.I.J. 20h - Reunião Privativa - Desobsessão. Sábado 15h - Grupo de Visita Fraterna “Maria Dolores” e Ensaio do Coral Vozes do CEIJ.

Setor de Promoções

Bazar de Móveis: Móveis usados e restaurados, onde você encontra de tudo. Venha conhecer nosso acervo. Av. Cons. Nébias, 395 e 397 (13) 3233-9257 ou 3233-9106

Doações: Tudo o que tiver aproveitamento. Móveis, roupas, brinquedos, utilidades domésticas, etc... Você pode entregar à R. Campos Melo, 312, ou solicitar o recolhimento. Disque Doações (13) 3202-8080

Colaborador Efetivo: Seja um Colaborador Efetivo do C.E.I.J. Associe-se a uma casa que tem mais de 75 anos de história no Serviço Assistencial na Baixada Santista. Venha conhecer nosso trabalho! Informações na secretaria.

Roupas:

Campanhas Permanentes

Venha conhecer nosso Bazar de roupas novas, semi-novas e variedades em presentes. Av. Cons. Nébias, 397 e 399 de 2a à 6a das 9h às 18h Sábado das 9h às 13h.

Campanha do Enxoval para Recém-nascido

Atividades Diárias

Domingos 15h - Grupo de Visita Fraterna “Maria Dolores”.

Arrecadação de peças para composição de enxovais.

Campanha Prato de Sopa

Prato de Sopa e Evangelho

Arrecadação de gêneros alimentícios, aparelhos de barbear, sabonetes, roupas, etc.

Todos os dias às 12h30

Campanha do Reaproveitamento Recebimento de doações de móveis, roupas, utilidades domésticas, livros, brinquedos, etc.

Creche "Ismênia de Jesus" de 2a à 6a das 7h às 17h.

Campanha colaborador Contribuinte Seja um Colaborador Cintribuinte do CEIJ e ajude a manter suas Obras Assistenciais.

Escola Espiritualista "Ordem e Progresso"

Campanha Faça uma Criança Sorrir

Ensino Fundamental e Médio Período Integral para alunos do 1o ao 5o Ano do Ensino Fundamental.

Apadrinhe uma criança da Creche “Ismênia de Jesus” para fornecer a tradicional Sacolinha de Natal.


Boletim 250 bim