Page 37

anterior, nada quis receber pela

ser um desconhecido e seus

em Curitiba, cedendo seu es-

cessão do espaço. De Bonna,

quadros mostrarem um expres-

paço de comércio tradicional

então, deixa-lhe duas obras

sionismo fora do convencional.

de roupas e armarinhos, para

como forma de pagamento pelo

Depois de algumas sema-

a venda de obras de arte. Cor-

uso daquela vitrine estratégica.

nas em exposição, sem vender

dato, discreto, respeitado no

E assim a “galeria” da Casa

nenhuma obra, o autor procurou

seu ramo de comércio, Jor-

Londres foi chamando a aten-

o dono da loja e, como precisa-

ge Wallbach foi pegando

ção de vários pintores da épo-

va de dinheiro para sobreviver,

gosto pelas obras de arte.

ca, que procuravam esse espa-

propôs-lhe trocar alguns quadros

Comprando ou recebendo

ço privilegiado da Rua XV de No-

por roupas. Negócio fechado:

como forma de pagamento,

vembro para expor suas obras.

dois quadros em troca de cami-

ele deixou para seus herdei-

E Jorge Wallbach foi vendo sua

sas, calças e meia dúzia de cu-

ros, quando faleceu, em janei-

pinacoteca crescer cada vez

ecas. Fica difícil imaginar que

ro de 1985, dezenas de obras

mais, de uma forma inusitada.

Miguel Bakun, um ícone da pin-

de autores famosos. Além dos

Viaro voltou, De Bonna também.

tura paranaense, cujas obras va-

já citados, ele tinha em sua

Até que um dia, no final dos

lem atualmente uma fortuna,

coleção quadros de Ander-

anos 50, apareceu um sujeito

chegou a trocar seus quadros

sen, Frysleben, Kurt Boyger,

estranho querendo expor seus

por meia dúzia de cuecas.

entre outros.

quadros. Uma meia dúzia. Esse

Não só de Bakun, mas qual-

A Casa Londres fechou

senhor, com sotaque carregado,

quer obra de um desses lendá-

suas portas no começo dos

atendia pelo nome de Miguel

rios pintores, que expuseram na

anos 70, após mais de 60

Bakun. Como a vitrine estava com

“vitrine-galeria” da Casa Lon-

anos de funcionamento, ten-

a “agenda de exposições” em

dres, vale, atualmente, milhares

do se tornado uma referência

aberto, Jorge Wallbach cedeu-lhe

de reais.

no comércio de roupas, alfai-

o espaço. Suas obras ficaram ex-

E, assim, Jorge Santos Wall-

ataria e armarinhos de boa

postas por um bom tempo, mas

bach se tornou um “mecenas”

qualidade. A Casa Londres

ninguém se interessou, talvez por

involuntário das artes plásticas

vestiu várias gerações.

www.fecomerciopr.com.br | www.sescpr.com.br | www.pr.senac.br

SISTEMA FECOMÉRCIO SESC SENAC PR

37

Revista Fecomércio PR - nº 70  

Revista Fecomércio PR - nº 70

Advertisement