Page 36

tamente isso que aconteceu,

Após algum tempo de expo-

segundo relato que fez, no fim

sição e vendidas algumas

dos anos 70, Jorge Santos

obras, o, à época, ainda desco-

Wallbach, proprietário da anti-

nhecido Guido Viaro foi se acer-

ga Casa Londres, que funcio-

tar com Jorge Wallbach. Como

nou por mais de seis déca-

este não quis cobrar aluguel

das na Rua XV de Novembro,

pelo uso de sua “vitrine-galeria”,

entre as ruas Monsenhor Cel-

o desconhecido artista Guido Vi-

so e Barão do Rio Branco.

aro deu-lhe, então, como con-

A Casa Londres, para Jorge Wallbach, talvez tenha

JORGE WALLBACH (À ESQUERDA) E DOIS AMIGOS NA PORTA DA CASA LONDRES NO FIM DOS ANOS 50.

C

que restaram da exposição.

sido a primeira “Galeria de

Certamente por ter passado

Artes” de Curitiba, pois não ha-

por ali durante esta primeira “ex-

via, pelos anos 20, 30 e 40, um

posição”, um outro interessado

local específico para a exposi-

acabou procurando Wallbach

ção de obras de arte. Como a

com o mesmo objetivo. Esse

loja possuía, na entrada, duas

atendia, em seu atelier, pelo

vitrines em forma de cunha, com

nome de Theodoro De Bonna.

omo não conse

vestuários formais de um lado e

Ele também expõe suas

guiu vender os

esportivos de outro, acabou atra-

obras ali na vitrine da Casa

três quadros que

indo a atenção de um senhor si-

Londres, por algum tempo, ven-

ficaram expostos por uns dois

sudo, que indagou ao proprietá-

de alguns quadros e depois

meses, Miguel Bakun trocou

rio da casa se poderia expor ali

será acertar com o dono do es-

dois deles por meia dúzia de

seus quadros. Essa conversa

tabelecimento, que já estava se

cuecas.

deu-se lá pelos anos 30. O inte-

tornando uma “galeria de arte”.

ressado atendia pelo nome de

Jorge Wallbach, da mesma for-

Guido Viaro.

ma como fez com o expositor

Hoje, essa afirmação pode parecer absurda, mas foi exa-

36

trapartida, dois quadros entre os

S I S T E M A F E C O M É R C I O S E S C S E N A C PR

março | abril 2009

Revista Fecomércio PR - nº 70  

Revista Fecomércio PR - nº 70

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you