Page 1

Venha dançar com a gente - Estúdio de Dança Rafaella Angélica - (37) 9 9196-6670

Nova Serrana-MG, terça-feira, 12 de março de 2019 | Ano XIV | Nº 1637 | R$2,50

Vereadores denunciam situação de abandono em obras da ponte do bairro São Geraldo

“É inadmissível que uma obra prevista para 90 dias, e com recursos garantidos, venha a ser concluída em quase 500 dias e com um preço bem maior”

Polícia Militar de Nova serrana prende um dos foragidos mais procurados de Minas Gerais “Em Nova Serrana foragido não tem vez; mais cedo ou mais tarde ele vai cair!” * Ten. Cel. Wemrson Lino Pimenta


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

2 Com mais uma vitória em casa, Serranense segue líder e invicto no Módulo II do Mineiro o gol da vitória foi do artilheiro da competição, Wendel Alex, aos 39 minutos do segundo tempo

O Atlético Serranense venceu mais uma neste fim de semana e segue invicto e com a melhor campanha do módulo II do Campeonato Mineiro de Futebol. A vítima desta vez foi o Democrata de Governador Valadares que fez um jogo duro contra o Serranense, mas não suportou a força da equipe de Nova Serrana na Arena do Calçado Saborela e

foi derrotado por 1x0, com gol do artilheiro da competição, Wendel Alex, aos 39 minutos do segundo tempo. Até o momento o Serranense segue com 4 vitórias e um empate, contabilizando 13 pontos em 5 rodadas. A equipe segue na liderança com o melhor ataque da competição com 11 gols a favor e dois tentos contrários em todos os jogos disputados até o mo-

mento. O segundo colocado na competição é o Coimbra, equipe com a qual o Serranense empatou na terceira rodada do campeonato. A equipe de Nova Serrana terá pela frente uma semana de preparação para que no dia 17 de março, próximo domingo, volte a campo para o confronto fora de

casa contra o Uberlândia no Parque do Sabiá às 10h. A partida será um páreo duro para o serranense, uma vez que o Uberlândia ocupa a terceira colocação no campeonato com 10 pontos ganhos, sendo esse jogo de grande importância para os objetivos das duas equipes que chegam a metade do campeonato sonhando com a ascensão a elite do futebol mineiro.

Quando a ponte se torna uma garagem o abandono é evidente! A cidade de Nova Serrana vive um momento delicado onde tatu parece que faz buraco no asfalto, e as pontes que deveriam ligar as pessoas, os bairros e as cidades acabam se tornando garagens. Isso mesmo caro leitor, parte da ponte do são Geraldo, mais especificamente as placas de sinalização da obra que foi largada de lado, se tornou garagem para proteger veículos de moradores na vizinhança do buraco que deveria ser uma ponte. Se não bastasse as placas que foram arrancadas, o mato também fez sua parte e mediante a paralisação da construção tomou novamente o seu lugar. As ferragens da fundação que ali está, enferrujou, oxidou, se desgastou por estar ao relento sem que absolutamente nada fosse feito para que a ponte fosse finalizada e entregue a população. A questão foi abordada por vereadores e em meio ao complexo de perseguição, se teve mais uma vez evidente a justificativa, não temos dinheiro, estão agindo por malícia, de forma politiqueira. Mas será que realmente o que se vivencia na cidade são denúncias e acusações de descaso de forma politiqueira? Vejamos então. Por favor, caro leitor, reflita conosco, em qual bairro da cidade a pavimentação não tem buracos? Em qual bairro da cidade os lotes vagos não são um risco para a população? Em qual bairro da cidade a sujeira e a coleta de lixo não é deficiente? Em qual bairro da cidade as condições sociais de habitação e lazer são adequadas? Em nossa reflexão seguimos, em qual canto da cidade não vivenciamos problemas relacionadas a uma iluminação deficiente ou uma oferta de serviços como lazer, segurança e saneamento básico é feito de forma não plena, mas satisfatória? Na cidade do pau na moleira da Copasa, mais uma vez vivenciamos a falta de água, e a explicação, uma obra na rede, mas onde? Porque essa informação foi levada para a população de última hora? A falta de dinheiro na cidade é o motivo que é levado para a população. Mas a falta de planejamento, nunca é vista como uma das razões que faz com que a ponte seja atrasada, as ruas sigam esburacadas e a cidade permaneça parecendo que está abandonada com uma população de 100 mil habitantes. O mea culpa tem que ser feito, afinal, sempre ouvimos falar que para que um vício ou uma doença seja tratada, o paciente tem que reconhecer a deficiência para que o remédio seja aplicado e a cura seja possível. Aqui temos que ressaltar que o secretário de obras é alguém esforçado, batalhador e que tem feito das tripas o coração para fazer um trabalho o mais resolutivo possível. O esforço dele é percebido, porém a falta de gestão de outras pastes da administração acabam como uma infecção prejudicando os outros órgãos do corpo. Somos leigos, claro que não temos conhecimento de causa e entendimento na proporção pública que necessitamos, mas o que nós pensamos é que em tempos de crise não se faz um projeto determinando onde se obtém recursos para realizar uma obra e depois espera a boa vontade do estado para enviar a estrutura para concluir a mesma. É como financiarmos a construção de uma casa e esperarmos que o banco nos dê de graça o alicerce da construção. Mas ainda entendemos que se a prática for comum e presente nesse tipo de licitação, precisamos de lembrar que não é de hoje que o Estado está quebrado, e aguardar que as coisas sejam diferente em meio a crise econômica é inocência para não dizermos incompetência.


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

3 Vereadores denunciam situação de abandono em obras da ponte do bairro São Geraldo A população questionou e os vereadores denunciaram e também questionaram possíveis irregularidades com a obra de construção da Ponte do Bairro São Geraldo. Empreendimento que foi lançado em janeiro de 2018 com prazo de inauguração de 90 dias, mas que já contabiliza mais de 400 dias de atraso. No último fim de semana após o recebimento de inúmeras queixas de cidadãos, segundo os membros da Comissão de Finanças, Legislação e Justiça, os vereadores Willian Carlos Ferreira Barcelos e Adair Lopes de Souza, foram pessoalmente até o canteiro de obras onde constataram alguns sinais de abandono na edificação. Segundo os vereadores, entre os indícios que criam a percepção de abandono da obra está “o estágio de corrosão dos negativos e vigas, a presença de alta vegetação no entorno e a ausência das placas de identificação da obra, que foram encontradas no quintal de uma residência vizinha, servindo de garagem”, disse Barcelos.

“É inadmissível inadmissível que que uma uma obra obra prevista prevista para para 90 90 dias, dias, “É com recursos recursos garantidos, garantidos, venha venha aa ser ser concluída concluída em em ee com quase 500 500 dias dias ee com com um um preço preço bem bem maior” maior” quase

Impasse inicial A ausência de publicações dos atos do respectivo processo licitatório no Portal da Transparência e a dificultação empreendida pela atual administração quanto à apresentação da cópia integral do procedimento fez com que o vereador Willian Barcelos solicitasse a intervenção da Mesa Diretora durante a primeira reunião ordinária da Câmara Municipal neste ano. Mais tarde, já de posse dos documentos, que somente chegaram às mãos do vereador no último dia 19 de fevereiro, o mesmo empreendeu uma diligência na companhia do presidente da Comissão, vereador Adair Lopes de Souza, para verificar as condições da obra.

Prazo prorrogado De acordo com os vereadores, a Construtora Melo Rodrigues Ltda., com sede no município de Santo Antônio do Monte, teria vencido a licitação no valor total de R$ 411.993,53 (quatrocentos e onze mil novecentos e noventa e três reais, cinquenta e três centavos), conforme publicação no Diário Oficial do Município de 18 de outubro de 2017, para que no prazo de 90 dias, executasse a obra. Entretanto, o secretário municipal de obras, senhor Hedy Wilson, a dois dias do fim da avença, em 16/01/2018, solicitou um aditivo, considerando a necessidade de prorrogação do prazo de execução por mais 90 (noventa) dias, justificando que não teria expedido a ordem de serviço para a obra devido ao período chuvoso. De fato, a Ordem de Serviço nº 01/2018 somente foi assinada em 29/01/2018, em cerimônia localizada no próprio canteiro, na presença dos deputados Fábio Avelar e Luís Tibé, estando assim prevista para 18/04/2018. Contudo, em 04 de abril de 2018, o secretário Hedy Wilson solicitou outra prorrogação de prazo de 90 (noventa) dias, devido as fortes chuvas ocorridas entre os meses de janeiro e março. O vereador Professor Willian Barcelos (PTB) rebateu dizendo que as chuvas foram um problema, haja vista que neste período a obra evoluiu 35%, ou seja, um terço do total. Já em meados de julho do ano passado, o secretário municipal de obras apresentou uma nova requisição de aditivo de prazo, desta vez, com base na Greve Nacional dos Caminhoneiros.

Por sua vez Willian Barcelos contrapôs essa informação, dizendo que este foi um evento ocorrido entre 21 de maio e 1º de junho de 2018, com efeitos sobre o transporte de no máximo duas semanas após o fim dos protestos, conforme informação da Agência Nacional de Petróleo. Willian Barcelos mencionou ainda, que no Parecer nº 357/ 2018 a própria Procuradoria Geral do Município manifestou preocupação com este tipo de estratégia, recomendando, inclusive, o aumento da fiscalização na execução da obra, de modo a evitar as constantes prorrogações.

Aditivo de valor Os documentos averiguados pela comissão apontaram também que além de estender o prazo de execução da obra de 19/07/2018 até 18/10/2018, mantendo-se inalteradas as demais cláusulas, quando restavam apenas 10 dias para o fim do contrato, o mesmo secretário solicitou um Aditivo de Valores no montante de R$ 90.764,38, dizendo que as justificativas do setor de engenharia encontravam-se acostadas no processo de licitação. Em entrevista exclusiva a este Popular, Willian Barcelos disse que “em nenhuma parte do processo licitatório é encontrado a justificativa em questão. Isso deve ser objeto de investigação, não somente pela Comissão, mas pelos demais órgãos e instituições de controle externo, entre eles: o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado. O aumento de mais 90 (noventa) dias no prazo para a conclusão da obra também foi desarrazoado, visto que o aumento de 22,03% no quantitativo do projeto não justificaria um termo tão elástico, ou seja, idêntico ao prazo total estipulado para toda execução da obra”. Concluiu Barcelos.

Atraso nos pagamentos Apesar de a verba ter sido garantida pelos deputados presentes na cerimônia, informação divulgada pelo setor de comunicação da Prefeitura à época, o vereador Willian Barcelos disse que pouco mais da metade da obra foi efetivamente paga. Segundo ele, dos R$ 272.258,35 executados pela

empreiteira, na parcela de R$ 55.808,03 referentes à quarta medição, a inadimplência de R$ 26.646,94 perdurou até 17/09/2018, quando foram transferidos R$ 9.000,00 para a empresa. O que faz acreditar que a não execução no prazo se deve à falta de compromisso da Prefeitura, que teria em tese, desviado os recursos de determinada dotação orçamentária para outras finalidades. Por fim o vereador ainda informou que aguarda com grande expectativa a conclusão da obra, pois não há mais desculpas a serem postas pela atual gestão. “É inadmissível que uma obra prevista para 90 dias, e com recursos garantidos, venha a ser concluída em quase 500 dias e com um preço bem maior”.

Secretário se posiciona O secretário Municipal de Obras, Hedy Wilson se pronunciou a imprensa sobre as questões apontadas pelos vereadores. Segundo o secretário “os questionamentos estão sendo levantados de forma um tanto quanto estranha por alguns representantes do legislativo quanto a ponte do São Geraldo”. Hedy afirmou que “as obras enfrentaram alguns problemas devido ao término coincidir com o período eleitoral onde era necessário que o estado entregasse as vigas para que fosse feito o tabuleiro, o que não pode ser feito devido ao período eleitoral, então tomamos a decisão de fazer a compra das vigas, no entanto tomada a decisão”. Contudo o secretário apontou foi pego “mais uma vez na esperança de que os Estado arcasse com suas responsabilidades, e ficamos a mercê da situação financeira do Governo de Minas não fazendo o repasse ao município, isso fez com que a entrega das vigas atrasasse e consequentemente houve atraso nas obras coincidindo com um novo período chuvoso, então não fazia sentido aplicar as vigas, pois não daria para fazer o término do tabuleiro devido ao período chuvoso”. Hedy finalizou afirmando que “agora estamos colocando as vigas no tabuleiro e a empresa retoma para poder executar a parte da obra que é de responsabilidade dela, lembrando que as vigas metálicas são de responsabilidade do município”. Finalizou o secretário.


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

4

Publicação oficial - Sicoob Credinova


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

Publicação oficial - Sicoob Credinova

5


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

6

Publicação oficial - Sicoob Credinova


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

7

EDITAL - USUCAPIÃO Marco Paulo Guimarães Amaral, Oficial do Cartório de Registro de Imóveis desta Comarca de Nova Serrana, Estado de Minas Gerais, no exercício de seu cargo, na forma da lei, etc. FAZ SABER aos que virem o presente edital ou dele conhecimento tiverem, que por este Oficial e respectivo Cartório, processam-se os termos e atos de uma Ação de Usucapião Extrajudicial, de espécie Extraordinária, requerida por MARIA DAS GRAÇAS DE AQUINO, CPF 712.706.986-72, RG MG-15.116.730 – SSP/MG, brasileira, aposentada, viúva, residente na Avenida São José, nº 1.240, Bairro Dom Cabral, Araújos-MG., e por este CITA a todos os possíveis interessados, ausentes, incertos e desconhecidos, para contestarem o pedido, querendo, no prazo de 15 (quinze) dias, conforme estatui o Art. 16 do Provimento 65/ CNJ/2017., uma vez que com a presente ação o requerente propõe provar que possui a posse mansa e pacífica, aproximadamente 39 (trinta e nove) anos, de uma casa residencial com 89,74 m2 de área construída e seu respectivo lote de terreno com área de 214,85 m2 (duzentos e quatorze metros e oitenta e cinco centímetros quadrados), medindo 8,30 m. de frente; 26,95 m. à direita; 7,50 m. de fundo e 13,22 m. mais 0,83 m. mais 14,05 m. (alinhamento irregular) à esquerda, situado na Avenida São José, nº 1.240, na cidade de Araújos-MG., confrontando à direita com propriedades de Donizete Raimundo Ricardo, Maria Sônia Ricardo e Simone Maria Ricardo; fundo com propriedades de Nivaldo Marcial; esquerda com propriedades de Geraldo Pacheco Teodoro e frente com a Avenida São José, conforme planta e memorial descritivo constantes dos autos. E para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém possa alegar ignorância, foi expedido o presente edital que será afixado no saguão do Cartório de Imóveis local e publicado em jornal de circulação local, na forma da lei, estando a documentação a disposição de qualquer interessado na sede da serventia na Rua Vereador Jesus Martins, 45, Sala 201, Centro, Nova Serrana-MG. Dado e passado nesta cidade de Nova Serrana, aos 08 de março de 2019. Eu, Marco Paulo Guimarães Amaral, Oficial do Cartório de Registro de Imóveis, o subscrevi.


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

8 Que gente maldosa; a ponte do São Geraldo não caiu! (ainda) Sejamos sinceros. Não há o que explicar, quando palavras são ditas sem o devido cuidado. Não é de hoje, que Nova Serrana toma conhecimento de tantas informações e desinformações em tão curtos espaços de tempo. A mais nova no “balaio” da prefeitura é a ponte do bairro São Geraldo e o novo fato terá que contar com dois aspectos fundamentais: a capacidade de argumento, com bom fundamento por parte da prefeitura e a paciência e compreensão da população. Lembro ainda, que numa retumbante performance publicitária, a atual administração do município veio a público dar “as boas novas” da construção da tão esperada Ponte do Bairro São Geraldo. Um grande fato para a cidade e uma grande obra da prefeitura. Justificaram o motivo, detalharam a origem dos recursos, vomitaram todo tipo de desaforo aos incrédulos, mostraram uma espécie de união em torno de um bem comum, lamentaram, que outras administrações não atentaram para tão importante necessidade e mais, marcaram prazos (só pra provocar). Ou seja: uma ponte tão importante seria entregue em apenas 90 dias. Isso mesmo, apenas 90 dias. Pensei comigo “Deus me livre de passar numa ponte que será construída e entregue em apenas 90 dias. Deus me livre de passar numa ponte, que será construída em período chuvoso e Deus me livre de uma obra feita “a toque de caixa” num ano eleitoral”. Meus amigos, nada abalou minha confiança nesta grande realização da atual administração de Nova Serrana. É, minha gente! O tempo passa, o tempo voa! Mas, os gestores do município continuam numa boa! Até, que os vereadores,, no cumprimento de seus deveres parlamentares, resolveram conferir e

mais uma vez deram “com os burros n’água. Isso é modo de dizer, mas “modo de dizer” já está virando rotina na cidade, principalmente quando se cobra atitudes da prefeitura. Não há quem falte a uma inauguração ou lançamento de obra. Mas, também, não há quem seja encontrado para dar explicações quando a coisa dá errado, a não ser o “coitado” do secretário de obras, que ainda se refazendo da ressaca carnavalesca tentou mostrar solidez em suas justificativas de uma forma tão desastrosa como poderia ser a construção da tal ponte. Ora era São Pedro o culpado, ora o Governo Pimentel (tão elogiado na inauguração do asfaltamento da estrada de Canjicas) que não fez repasses, em outra explicação foi o ano eleitoral, até que apareceu um “tal tabuleiro” que não foi colocado, mas agora já está sendo providenciado. Acredito no fundo do meu coração, que mais uma vez tentei entender o que realmente aconteceu para a “ponte não cair”. Claro, as pontes caem quando são construídas. Mas essa não foi e este perigo não existe no momento. E o projeto? E o planejamento? E as previsões? Como somos chatos, não é mesmo? Como somos impacientes, afinal a tal ponte consumiu mais de 60% do orçamento inicial, tiveram que fazer aditamento suplementar de recursos e ela ainda nem chegou ao status de uma mera pinguela? Ao que entendo, pontes são símbolos fortes de uma administração. São obras que ligam pessoas, ajudam a população e melhoram a qualidade de vida. Mas, no caso de Nova Serrana, pontes são problemas sérios e precisam de tempo. Quem sabe 300 dias de atraso seja pouco? Quem sabe, ainda não aprendemos com a reforma daquela ponte que caiu, no início dessa gestão? Ora, coisas do passado... E a ponte nem caiu!

Léo Junqueira


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

9 Carreira & Negócios

Quer ganhar mais? Polícia Militar prende um dos foragidos mais A procurados de Minas maioria das pesso as para quem faço essa pergunta me responde sim, gostaria de ganhar mais, ter um salário maior. Mas o que a maioria das pessoas não fazem é pensar e agir como é gerar resultados para que isso aconteça. Quer ter o melhor salário? Gere resultados como os melhores geram! Espero com esse artigo poder abrir sua mente quanto à importância em mudar alguns hábitos e ainda deixar reflexões que se fizerem sentido para você, com o início de novos hábitos, tenho certeza que você irá subir de nível, gerar mais resultados e consecutivamente elevar seus rendimentos. Quanto de lucro você tem gerado para a empresa na qual você veste a camisa? Quanto mais lucro você gerar para a empresa em que estiver inserido, melhor profissional você será e mais cobiçado você será. Você pode até ter aquela sensação de que ninguém vê e nem reconhece seus esforços e resultados, mas na verdade é ao contrário, os empresários visionários estão sempre atentos e buscando pelos melhores profissionais para comporem suas equipes. Então aqui vai uma sugestão: faça o melhor que você puder, na empresa onde você está, no momento presente, com os recursos que você tem. Qual valor você tem agregado para os ambientes que você frequenta? Em casa, com os amigos, na empresa, na sociedade, na sua rua, em seu bairro, em sua cidade, em seu estado, no país, no mundo? Como assim Dênio, até no mundo? Sim, isso mesmo. Com a evolução da tecnologia e o fácil acesso a internet, uma vez na rede, você pode se conectar com qualquer pessoa do mundo. Então busque agregar valor ao que você faz, aos lugares que você frequenta, às pessoas que você convive e principalmente agregue valor em sua pessoa. Quando você se valoriza e aumenta seu nível dia a dia, as chances de você ter uma melhor remuneração são maiores. Quero lhe dar um exemplo de uma desportista muito conhecido, Usain Bolt (velocista dos 100 metros rasos). Nas 3 últimas olimpíadas Bolt ganhou 9 medalhas de ouro. No total ele correu menos de 115 segundos nas 3 olimpíadas. Correndo esses 115 segundos, Bolt faturou U$119 milhões de dólares, o que é equivalente a mais de U$ 1 milhão de dólares por segundo corrido. Mas o mais curioso de toda essa história não são os números que enchem os olhos e o bolso, mas sim sua dedicação, o quanto ele agregou valor para gerar essas cifras. Para chegar nesse nível e gerar esses resultados, Usain Bolt treinou duro por mais de 20 anos, se dedicou ao seu projeto, se privou de muitas coisas prazerosas da vida. E você, do que você tem se privado para conquistar seus objetivos? Que tipo de fruto você tem plantado? Você está cuidando do solo onde plantou frutos? A vida é feita de escolhas! Espero que você possa se inspirar na história real de Bolt e gere e agregue valor em cada pensamento e ação que você executar daqui para frente. Sucesso e vamos com tudo!

Dênio Benfica

“Em Nova Serrana foragido não tem vez, mais cedo ou mais tarde ele vai cair!” O trabalho das forças de segurança pública em Nova Serrana vem cada vez mais obtendo resultados expressivos e no último fim de semana, mostrou novamente sua força ao capturar na cidade um dos foragidos da justiça mais procurados no estado de Minas Gerais. Na noite de sexta-feira, dia 08 de março, a Polícia Militar (PM) em Nova Serrana prendeu Hebert Vinícius um dos cinco foragidos mais procurados em Minas Gerias, acusado pela justiça de formação de quadrilha e tentativa de assalto a banco na cidade de Mato Verde no norte de Minas Gerais. A PM realizou o cerco e efetuou a prisão após denúncias anônimas levarem os policiais, por meio de uma ação direcionada pelo serviço de inteligência do 60º Batalhão da Polícia Militar (BPM), a encontrarem o foragido em uma casa localizada na rua 08, no bairro Santo Antônio. Segundo o comandante do 60º Batalhão da Polícia Militar em Nova Serrana, tenente coronel Wemerson Lino Pimenta, “o trabalho da inteligência da PM, direcionando o monitoramento após o recebimento da denúncia, a organização tática e o cerco que concluiu na prisão do foragido, mostra a qualidade e o emprenho do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo efetivo militar em Nova Serrana, sendo que da forma como foi feito restou ao foragido apenas aceitar a prisão e confessar que era o procurado da justiça”, disse o comandante. O foragido ainda somou em seu desfavor a apreensão de uma grande quantidade de drogas que estavam sem sua posse. Segundo apresentado pela PM além de uma identidade falsa, foram encontrados na posse de Hebert cerca de 2,5 kg de maconha, 2,5 kg de cocaína, cerca de R$800 em dinheiro e uma balança de precisão, que serão acrescentados como infração

cometida pelo bandido que foi capturado em Nova Serrana.

Irmãos foragidos presos em Nova Serrana No ano de 2017 uma quadrilha na qual Hebert e Wislan Vinícus eram dois dos cabeças, praticaram a tentativa de assalto a uma agência bancária em Mato Verde, porém em uma rápida ação da Polícia Civil, a quadrilha foi desmantelada e o crime não foi bem sucedido, na ocasião os demais integrantes foram presos e mortos na troca de tiros com a Polícia Civil. Contudo os dois irmãos conseguiram fugir e desde 2017 estavam foragidos, provavelmente morando em Nova Serrana. Em março de 2018 a PM em Nova Serra realizou a prisão de Wislan, que atualmente segue preso no presídio da cidade de Patrocínio. Um ano depois, Hebert foi preso pelos militares e agora foi entregue a justiça.

Foragidos não tem vez em Nova Serrana Durante a coletiva de imprensa o comandante do 60º BPM, ressaltou ainda a grande atuação dos militares de Nova Serrana no que tange a prisão de foragidos no município. “Em Nova Serrana temos uma tropa aguerrida e um setor de inteligência que tem feito um trabalho muito positivo. Semanalmente temos notícias de pessoas capturadas, de foragidos com mandado de prisão em abertos que são presos por nossos militares isso mostra o comprometimento e a qualidade do trabalho de todo o batalhão”, disse o comandante. Por fim o Ten. Cel Wemerson Lino Pimenta ressaltou que “a exemplo de Hebert em Nova Serrana foragido da justiça não tem vez, mais cedo ou mais tarde ele vai cair”, finalizou.

confira os vídeos da prisão do forajido em nosso site: www.opopularns.com.br


NOVA SERRANA-MG | TERÇA-FEIRA, 12 DE MARÇO DE 2019 | ANO XIV | Nº 1637

10

BALLET INFANTIL: 12 MOTIVOS PELOS QUAIS TODA CRIANÇA DEVERIA PRATICAR DESTA ATIVIDADE

A

prática do ballet clássico é destacada pela elegância e graciosidade que dá aos seus praticantes, mas os benefícios vão muito além disso. As crianças que praticam esta modalidade desde o baby class obtêm inúmeros benefícios, desde sua estrutura muscular e capacidade cognitiva até o seu desenvolvimento como um todo. Coordenação motora, postura, equilíbrio e consciência corporal são outras conquistas obtidas com a prática do ballet clássico. Poderíamos citar um número muito maior, mas foram selecionados doze motivos pelos quais todas as crianças deveriam praticar ballet. 1 – Coordenação Motora: quase todas as atividades do ballet infantil aprimoram a coordenação motora; 2 – Lateralidade: os exercícios das aulas de ballet sempre são feitos para a direita, para a esquerda, para frente, para trás e também para as diagonais. Possuindo, inclusive, uma definição própria para cada direção; 3 – Expressão Corporal: durante uma dança não há comunicação verbal, por isso a expressão corporal é muito explorada; 4 – Equilíbrio:

no ballet é necessário andar na meia ponta, girar e parar em poses, todos estes movimentos requerem muito equilíbrio. No ballet infantil e no Baby Class há atividades específicas para o aperfeiçoamento desta capacidade física;

sem sobrecarga, o que gera o fortalecimento das fibras. Um corpo com músculos fortalecidos fica muito mais resistente e menos propenso a lesões;

7 – Noção espacial: dançar ajuda a desenvolver as noções de distância e altura como “longe”, “perto”, “curto”, “longo”, “baixo”, “alto”, etc. Tudo isso é extremamente importante para qualquer prática corporal ou até mesmo para evitar acidentes. No ballet, estas questões são exercitadas constantemente desde o Baby Class;

11 – Ritmo e memória: os movimentos do ballet clássico obedecem ao ritmo das músicas. A memória é estimulada sempre que a criança precisa gravar uma série de movimentos para uma coreografia ou para o exercício ritmado;

9 – Flexibilidade: desde que respeitados os limites dos músculos e das articulações, as crianças podem fazer todo 5 – Postura: a forma de andar, o ângulo que o queixo deve ficar tipo de alongamento. Elas têm mais facilidade e obtêm resultados expressivos em sua flexibilidade; e o alinhamento da coluna são fundamentais nos movimentos ballet; 10 – Autoestima: as atividades propostas em sala estimulam a 6 – Consciência corporal: relação com o professor e com os colegas de no ballet, a criança desenvolve sua consciência corporal para que se torne um adulto com capaci- turma, o que permite que a criança faça amizades com maior facilidade. As apresentações diminuem dades e habilidades corporais muito bem desena timidez e aumentam a autoconfiança; volvidas;

8 – Fortalecimento muscular: grande parte dos exercícios do ballet trabalham com a isometria, ou seja, a contração do músculo

12 – Disciplina: a disciplina é fundamental no ballet. A criança entende as regras e cumpre por vontade própria, compreendendo os motivos das proibições e permissões.

Rua Vereador Lelis Camilo, 510 - Jardim do Lago - (37)99196-6670

Profile for silveira

O Popular 1637  

O Popular 1637  

Profile for silveira
Advertisement