Page 1

Venha dançar com a gente - Estúdio de Dança Rafaella Angélica - (37) 9 91965-6670

Nova Serrana-MG, quinta-feira, 06 de setembro de 2018 | Ano XIII | Nº 1535 | R$2,50

Após aprovação de projeto, passarelas vão sair do papel Vereadores aprovam projeto de alienação de terreno municipal para construção de passarelas em três comunidades às margens da rodovia BR 262

Prefeitura realiza 1º Seminário Municipal de Georreferenciamento

Adolescente sofre tentativa de homicídio, é socorrido por populares Petrobrás anuncia novo aumento e PM prende autores e Preço da gasolina bate recorde


NOVA SERRANA-MG | QUINTA-FEIRA, 06 DE SETEMBRO DE 2018 | ANO XIII | Nº 1535

2 Prefeitura realiza 1º Seminário Municipal de Georreferenciamento A prefeitura de Nova Serrana realizará na próxima segunda-feira dia 10 de setembro o 1º seminário referente ao Georeferenciamento que será implementado em Nova Serrana. Segundo informado pelo executivo o encontro tem o objetivo de discutir a implantação de uma importante ferramenta para o desenvolvimen-

to urbano e das políticas de Infraestrutura, Educação, Saúde, Meio Ambiente e Cidadania. De acordo com o setor de comunicação da prefeitura o evento acontecerá na segunda-feira, dia 10 de setembro, às 19h, no Auditório do CDL, que fica na rua Antônio Ferreira dos Santos, número 14 , bairro Jardim do Lago.

Ainda de acordo com a comunicação a participação da sociedade, associações e instituições, bem como dos órgãos de imprensa e autoridades é de fundamental importância para o sucesso na implantação dessa ferramenta que contribuirá imensamente para promover a eficiência no planejamento e na gestão pública municipal.

Na ocasião também serão apresentadas as diretrizes para o Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM), Plano Diretor (PD) e Plano de Mobilidade Urbana (PMU), bem como discutidos os desafios técnicos, institucionais e políticos relacionados à implantação destas ferramentas no município.

TRE alerta para golpe virtual relacionado à convocação de mesários por e-mail A Justiça Eleitoral alerta sobre um golpe que vem sendo praticado nestas eleições. Segundo informado um e-mail falso está sendo enviado sobre convocação de mesários que atuarão nas Eleições 2018. De acordo com justiça eleitoral o e-mail contém links que pedem para imprimir protocolo de intimação e manual do mesário, dentre outras coisas. Esses links não devem ser abertos, pois podem conter vírus, e os e-mails devem ser deletados. A justiça eleitoral esclarece que as mensagens eletrônicas enviadas aos mesários

de parte das zonas eleitorais de Minas desde julho deste ano, em um projeto piloto, não têm links algum. O eleitor convocado deve acessar o site do TRE e digitar o código de autenticação constante do e-mail recebido. Dessa forma, a convocação será validada. Outra forma de validação da convocação é o contato com o DisqueEleitor (148). Ainda de acordo com a Justiça Eleitoral, os mesários podem também ser convocados por carta simples. Nesses casos, também é necessária a confirmação da convocação por meio da página do TRE ou

pelo telefone 148. Dentre outras vantagens, as novas formas de convocação dão mais agilidade ao processo e diminuem as despesas com o envio de cartas registradas ou com o contato pessoal diretamente na casa do eleitor – padrões adotados até a última eleição. Em Belo Horizonte, 16 das 18 zonas eleitorais já estão utilizando a convocação por email ou por carta simples. A mensagem eletrônica é usada nos casos em que o e-mail dos mesários está atualizado no cadastro. Alguns cartórios eleitorais

do interior também confirmaram a utilização da nova forma de convocação de mesários, pelo menos para parte dos eleitores. É o caso de Divinópolis, Contagem, Montes Claros, Além Paraíba e Conselheiro Lafaiete, por exemplo. Para o primeiro turno das Eleições 2018, estima-se que serão necessários 190 mil mesários em todo o Estado para atuarem perante as mesas receptoras de votos nas zonas eleitorais. Nesta semana, estão terminando os treinamentos para capacitar os mesários de Belo Horizonte a exercerem a função.

Petrobrás anuncia novo aumento e Preço da gasolina bate recorde A Petrobras anunciou nesta terça-feira, que a partir desta quarta, dia 05 de setembro nas refinarias de todo o país, o preço do combustível derivado do petróleo estará 1,68% mais caro. Com o novo aumento, o preço do litro da gasolina passará de R$ 2,1704, que vigorava desde o último sábado (1º), para R$ 2,2069.

Segundo informado esse é o valor mais alto cobrado pelo preço do litro da gasolina desde junho do ano passado, quando a Petrobras mudou a política de preços e passou a acompanhar as oscilações do preço da commoditie no mercado externo Segundo informou a Petrobras por nota “os pre-

ços médios informados consideram a média aritmética nacional dos preços à vista, sem encargos e sem tributos, praticados na modalidade de venda padrão nos diversos pontos de fornecimento, que variam ao longo do território nacional, para mais ou para menos em relação à média. Essa variação pode ser de até 12% para gasoli-

na A”. Na última sexta-feira, após três meses de congelamento em decorrência de acordo do governo que pôs fim à greve dos caminhoneiros e que envolveu subsídio governamental ao produto, a Petrobras anunciou aumento de 13% no preço médio do óleo diesel comercializado nas refinarias do país.

Pelo direito de ir e vir O direito de ir e vir é garantido pela constituição federal, todo cidadão tem direito a poder transitar em seu país, tem direito a ir a padaria, fazer suas compras, ir até os centros de lazer, ir até seu centro religioso ou somente estar em um botequim desfrutando de instantes de amizades com seus parceiros. Em Nova Serrana isso claramente é respeitado, contudo, alguns moradores têm convivido a anos com a limitação desse direito pelo risco que o ir e vir tem sobre suas vidas. Em especial caro leitor, estamos falando dos moradores das comunidades às margens da rodovia BR 262. Temos também o direito de ir e vir prejudicado pela criminalidade e outros problemas sociais, mas isso será tema de outro editorial. Como pontuado na reunião ordinária da Câmara Municipal da última terça-feira, moradores de comunidades como Gamas e Moreiras aguardam por essa intervenção há mais de 28 anos. Já os populares de Veredas da Serra, enfrentam diariamente a travessia da rodovia para irem ao trabalho em busca do pão de cada dia. Temos que dar os créditos a duas questões que já tem sido nesta gestão vistas de forma diferenciada. A primeira referente ao fato do prefeito cumprir suas promessas. Essas intervenções tem sido palanque eleitoral já há varias eleições e não somente a prefeito e vereador, mas também de deputados. E por falar em deputados, tem uns ai, lá de Brasília, que carregam nomes de políticos famosos que promoveram falaram e ensaiaram apoio para a busca de recursos para a realização destas obras. Prometeram para Euzébio, para Nova Serrana e quase dois anos depois nem um centavo caiu nas mãos do executivo e isso nos traz aqui de volta para aquele discurso ensaiado na última semana, votar em quem não tem raiz com nossa cidade é abrir precedente para mais promessas sem compromissos. Por sua vez o chefe do executivo não se omitiu e buscou mecanismos próprios para realizar a intervenção que o mesmo prometeu em sua campanha como um compromisso com a cidade. Assim o prefeito optou por vender uma área pública para obter recursos e com suas próprias forças resolver o seu problema. Aqui chamamos a atenção para o segundo ponto. Nas gestões passadas a alienação de área pública era tema de acusações, polêmicas e manifestações de insatisfação, já nessa gestão parece que a desconfiança foi superada. Essa é a segunda vez que um terreno público é alienado para que haja prestação de um serviço a população. A primeira das intervenções nesse sentido proporcionou o convênio que hoje viabilizou a vinda do Hospital Santa Mônica para Nova Serrana e possibilitou ainda prestação de serviços de alta complexidade pelo hospital para o município. Agora com a venda dessa área, por R$ 2,4 milhões iniciais, fará com que a população possa transitar e exercer seu direito de ir e vir com maior segurança. Vale ressaltar ainda, que como pontuado pelo vereador Willian Barcelos, ao realizar essa obra o município de Nova Serrana estará cumprindo com seu compromisso, mas além disso, fará mais uma vez as vezes do governo federal e estadual. Essa colocação é pertinente porque a obra trará segurança não somente para os moradores das comunidades, mas também para os milhares de condutores de todo o país, que diariamente transitam pelo trecho e terão os riscos de um acidente envolvendo populares reduzidos. Finalizando, parece que realmente a cidade está entrando em um Novo Tempo, e não por ter uma gestão inovadora, mas por ter uma gestão que não se atém as promessas da velha política. Se for necessário vender mais áreas que seja, mas que os recursos sejam destinados de forma clara, com lisura e objetivo de tornarem a cidade mais salutar, que tenham o objetivo de trazer desenvolvimento para um município conhecido por crescer desenfreadamente.


NOVA SERRANA-MG | QUINTA-FEIRA, 06 DE SETEMBRO DE 2018 | ANO XIII | Nº 1535

3

Após aprovação de projeto, passarelas vão sair do papel

Vereadores aprovam projeto de alienação de terreno municipal para construção de passarelas em três comunidades às margens da rodovia BR 262 * Thiago Monteiro thiago@opopularns.com.br

Os moradores de Gamas, Moreiras e Veredas da Serra já podem comemorar e agora as obras de construção das passarelas não serão mais apenas promessas políticas, isso porque na última terça-feira, dia 04 de setembro, foi aprovado na 28ª reunião ordinária da Câmara de Nova Serrana o projeto 077/ 2018 que determina a venda de um terreno público para construção das passarelas. O projeto em questão inicialmente não estava na pauta da reunião ordinária, contudo, com dois ofícios, primeiramente apresentado pelo grupo união foco e ação, e em seguida pelo bloco da base do executivo, solicitaram a inserção do projeto para votação na reunião em questão. Segundo consta a pauta a área que será alienada pelo executivo é de aproximadamente 8,7 mil metros quadrados, localizada na rua Libério Lopes no bairro Santa Helena. Segundo estimativas o valor inicial para venda do terreno é de R$ 2,4 milhões, recursos que serão destinados para uma conta específica que limita o uso para os fins da realização das três obras. Pela perspectiva do executivo o valor de R$ 2,4 milhões será o suficiente para realização das passarelas que conforme foi apontado no projeto custarão em torno de R$ 802 mil cada uma. Os vereadores, no entanto, observaram e apresentaram emendas diante de outra demanda. Isso porque além das passarelas serão necessários investimentos de infraestrutura nas comunidades como vias de acesso e sinalização.

Emendas A pauta que foi colocada em votação contou ainda com três emendas, sendo que uma das mais debatidas na noite determinava quanto aos recursos arrecadados e aplicação nas

comunidades onde serão realizadas as passarelas. Das propostas apresentadas duas emendas que atendem diretamente essas necessidades. Uma delas determina que o processo de venda dos imóveis seja através de leilão, o que segundo o vereador Valdir Mecânico (PCdoB), deve facilitar a angariação dos recursos. Para Valdir a modalidade de leilão atrai investidores e amplia a possibilidade de maior arrecadação com a venda do terreno. “O projeto veio em modalidade de venda concorrência pública e então com a emenda passamos também para leilão, com isso é mais possível que o interesse de outros investidores seja ampliado, além de ser menos burocrático o processo. Acreditamos que dessa forma o executivo terá uma melhor arrecadação o que é pertinente devido ao fato de que outras intervenções serão necessárias com a instalação das passarelas”, afirmou Valdir Mecânico. Outra emenda apresentada na casa diz respeito justamente sobre os valores arrecadados e as intervenções necessárias, isso porque ela determina que os valores que sobrarem quanto venda e construção da passarela sejam aplicados de forma igual nas três comunidades. Para o vereador e líder do governo na Câmara, Pr. Giovane Máximo (MDB), a proposta vem a calhar. “Achei a proposta pertinente porque a passarela demanda toda uma melhoria em torno da comunidade e essas obras necessitam ser feitas, como iluminação, calçadão de acesso. A gente percebe que o ganho será grande pois algumas das três comunidades esperam por essas passarelas há cerca de 28 anos”, justificou Pr. Giovane. Já o vereador Gilmar da Farmácia (PV), apesar de entender a proposta da emenda afirmou que, caso houvesse sobras, gostaria de ver o recurso aplicado na saúde, mais especificamente no Hospital São José. “Entendo a proposta da emenda, mas a meu ver a área que mais necessita de investimentos é a saúde e eu gostaria de ver essas sobras sendo investidas no Hospital São José. Áreas para investimento e melhorias ali não faltam, por exemplo precisamos de um novo arco cirúrgi-

co, de camas, de leitos, a meu ver esse dinheiro que vai sobrar deveria ser aplicado nesse sentido”, pontuou Gilmar. Novamente tomando a palavra o vereador Pr. Giovane Máximo, explicou que os recursos serão colocados em uma conta destinada exclusivamente para realização das obras o que torna inviável a aplicação das sobras no hospital, contudo o vereador encerrou afirmando ser solidário a preocupação de Gilmar da farmácia e expôs que haverão outras oportunidades para investimentos no Hospital São José. Após o debate todas as três emendas foram aprovadas por unanimidade.

Projeto aprovado e recado dado Logo após a aprovação da emenda o projeto 077/2018 foi colocado em votação e depois de um breve debate foi aprovado por unanimidade. Um pronunciamento, no entanto chamou a atenção durante o debate. As falas do líder do bloco, União, Foco e Ação falaram diretamente ao executivo e aos moradores da comunidade. Segundo o vereador Adair da Impacto (Avante) boatos chegaram a comunidade afirmando que os vereadores da oposição estariam travando o projeto. “hoje esse projeto está em votação após encaminhamento de nosso ofício solicitando que ele fosse inserido na pauta, chegou às comunidades a informação de que nós, os vereadores chamados de oposição estaríamos travando o projeto, quero deixar claro que a pauta tramita na Câmara a 28 dias sendo que o prazo para votação é de 45 dias. Nós não somos oposição ao povo de Nova Serrana, votamos a favor de todas as pautas como essa que beneficiam a população, quanto ao governo nós apenas cumprimos nosso papel que é de fiscalizar”. Disse Adair. Finalizando o vereador pediu ainda agilidade do executivo para realização do projeto. “Agora que foi aprovado pedimos agilidade ao executivo, que os tramites aconteçam de forma ágil, que seja feito o leilão e iniciada a obra o mais rápido possível porque a população dessas comunidades está cansada de esperar”. Finalizou Adair da Impacto.

Cemig disponibiliza novos canais para negociação de débitos Populares e empresas que estão com débitos com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) tem a partir da última terça-feira, dia 04 de setembro novas ferramentas para regularização de seus débitos. A Cemig passou a disponibilizar a solicitação de parcelamento de contas em atraso por meio da internet e

telefone para os seus clientes. Até então, a negociação de débitos era feita apenas presencialmente. Atualmente, a empresa tem cerca de 6% da cartela de clientes com alguma pendência financeira. Segundo informado pela empresa, caso o cliente tenha a necessidade de negociar uma dívida com a Cemig, pode acessar o “Cemig Atende” pelo

site da companhia através do endereço eletrônico em www.cemig.com.br. Após efetuar o login basta procurar, na barra de pesquisa, por parcelamento e realizar a negociação. Vale ressaltar que esse parcelamento online não funciona para renegociações. Além disso, o cliente deve possuir débitos em apenas uma

instalação e não pode estar cadastrado em cobranças para terceiros na fatura de energia (doações). Ainda segundo a empresa o consumidor também não poderá fazer transferência de débito de uma instalação para outra quando o cliente possuir duas unidades ligadas em seu nome. Outra opção disponível pela

empresa é a de negociar por meio do telefone 0800 721 7003. O número é exclusivo para negociação de débitos e está disponível de nove às 21 horas, de segunda a sexta-feira, e de nove às 15 horas, aos sábados. Já a negociação via aplicativo e totens de autoatendimento estão em fase de implantação. Com as medidas a proposta

da Cemig é de ampliar os canais de atendimento e reduzir a taxa de inadimplência, que hoje está 50% maior se comparada com a de 2015. Pelos novos canais de atendimento o consumidor poderá pedir o parcelamento em até 24 vezes com uma entrada média de 15% do valor devido, com parcelas no valor mínimo de R$45,00.


NOVA SERRANA-MG | QUINTA-FEIRA, 06 DE SETEMBRO DE 2018 | ANO XIII | Nº 1535

4 CONTRATA Estaremos no SINE DE NOVA SERRANA nos dias 03 e 04/09 realizando entrevistas para as seguintes vagas: - AÇOUGUEIRO Atribuições: Realizar cortes de carnes, atendimento ao cliente, embalagem das carnes e reposição de mercadoria de açougue. - AUXILIAR DE HORTIFRUTI Atribuições: Responsável pelo recebimento, reposição e conferência das mercadorias, organização das gôndolas e atendimento ao cliente. - AUXILIAR DE LOGÍSTICA Atribuições: Responsável pelo recebimento, reposição das gôndolas e conferência das mercadoria, organização do setor e estoque, inventário para reposição das mercadorias e atendimento ao cliente para localização de produtos da loja. - AUXILIAR DE PADARIA Atribuições: Auxiliar o padeiro nas confecções de produtos de padaria, operar forno industrial, manusear ingredientes diversos, repor expositores e atendimento ao cliente. - VENDEDOR BALCÃO Atribuições: Em vendas por telefone, abordagem de clientes potenciais, prospecção de clientes. TODOS CANDIDATOS DEVERÃO TER EXPERIÊNCIA DENTRO DAS ATRIBUIÇÕES DE CADA FUNÇÃO.

Adolescente sofre tentativa de homicídio, é socorrido por populares e PM prende autores Na última terça-feira, dia 04 de setembro, mais uma tentativa de homicídio aconteceu em Nova Serrana, porém em uma rápida e contundente ação da Polícia Militar os autores foram identificados e presos pelas forças policiais. Segundo consta no boletim de ocorrências, por volta das 18h30, a central de atendimento do 60º Batalhão da Polícia Militar (BPM) pelo Copom, recebeu uma ligação de Guardas Municipais que estavam em serviço na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde relataram que um

individuo havia chegado baleado na unidade de saúde. Conforma apurado o jovem que foi atingido com dois disparos foi identificado com idade de 17 anos, teria chegado no local em estado grave por ter sido alvejado pelos disparos de arma de fogo. Em conversa com os policiais a vítima relatou que se encontrava em sua residência no Bairro Santana, momento em que chegou ao local um individuo que o chamou para que juntos fossem ate a casa da autora, com idade de 29 anos, para comprar drogas. A vítima afirma que no mo-

mento em que chegaram ao local a autora já esperava em posse de um revolver, vindo a disparar quatro vezes contra ele, atingindo-o com dois disparos, sendo um no ombro esquerdo e outro nas costas. Continuando seu relato a vítima disse que saiu correndo do local ferido, quando então foi socorrido por populares que o levaram até a unidade de saúde. De posse das informações o Tático Móvel do 60º BPM e viaturas de serviço iniciaram o rastreamento no intuito de localizarem e prender

os autores, ação na qual os militares tiveram êxito, vindo a prender três suspeitos, sendo elas a autora dos disparos, um homem e um menor. Juntamente com os suspeitos os policiais apreenderam R$ 2.927,00, 01 revolver calibre 38, 11 munições calibre 38, 08 pedras de crack e ainda quatro telefones celulares de origem duvidosa. Os presos e apreendidos, juntamente com o material angariado foram encaminhados a Delegacia Regional de Polícia Civil em Nova Serrana.

Polícia Rodoviária apreende van com 300 fardos de calçados na MG 050 Em Divinópolis a Polícia Militar Rodoviária (PMR) apreendeu uma van com mais de 300 faros de tênis sem procedência e nota fiscal na rodovia MG 050. A ocorrência aconteceu na última segunda-feira, dia 03 de

setembro, quando a PMR realizou a abordagem da van que transportava os produtos durante uma ação de fiscalização na rodovia. No veículo além do motorista e um passageiro estavam mais de 300 fardos de tênis

que foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil. Segundo consta os registros a carga não possuía nota fiscal e foi apreendida. Nos autos o destino do material após a apreensão não foi divulgado.

Segundo a PMR a van foi apreendida e ficou no pátio da polícia. A Receita Federal também foi acionada. A polícia trabalha com a hipótese de que a carga teria como destino o Estado de São Paulo.

VENHA FAZER PARTE DO TIME ECONOMART!

Cartório Nova Serrana Endereço: Rua Vereador Jesus Martins, 45, sala 201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000 Horário de atendimento: De segunda à sexta, das 10:00 às 17:00

Cartório Nova Serrana Endereço: Rua Vereador Jesus Martins, 45, sala 201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000 Horário de atendimento: De segunda à sexta, das 10:00 às 17:00

Cartório Nova Serrana Endereço: Rua Vereador Jesus Martins, 45, sala 201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000 Horário de atendimento: De segunda à sexta, das 10:00 às 17:00

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE DEVEDOR FIDUCIANTE

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE DEVEDOR FIDUCIANTE

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE DEVEDOR FIDUCIANTE

COMARCA DE NOVA SERRANA - EDITAL DE INTIMAÇÃO

COMARCA DE NOVA SERRANA - EDITAL DE INTIMAÇÃO

COMARCA DE NOVA SERRANA - EDITAL DE INTIMAÇÃO

O/A Oficial do Cartório Nova Serrana, com base no parágrafo 4º, do art. 26, da Lei nº 9.514/1997, vem intimar o(a)

O/A Oficial do Cartório Nova Serrana, com base no parágrafo 4º, do art. 26, da Lei nº 9.514/1997, vem intimar o(a)

O/A Oficial do Cartório Nova Serrana, com base no parágrafo 4º, do art. 26, da Lei nº 9.514/1997, vem intimar o(a)

devedor(a) fiduciante, WASHINGTON RODRIGUES DA SILVA, CPF/CNPJ nº 97169609649, que está(ão) em lugar(es)

devedor(a) fiduciante, GRAZIELLE APARECIDA JOSE FERREIRA, CPF/CNPJ nº 08616982663, que está(ão) em

devedor(a) fiduciante, LEIDIANA VANESSA SANTOS, CPF/CNPJ nº 06876027694, EMERSON DE PADUA PEREIRA,

ignorado(s), incerto(s) ou inacessível(eis), para se dirigir(em), preferencialmente, ao endereço do(a) credor(a) fiduciário(a)

lugar(es) ignorado(s), incerto(s) ou inacessível(eis), para se dirigir(em), preferencialmente, ao endereço do(a) credor(a)

CPF/CNPJ nº 88442420606, que está(ão) em lugar(es) ignorado(s), incerto(s) ou inacessível(eis), para se dirigir(em),

CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, ou ao endereço do Cartório Nova Serrana, Rua Vereador Jesus Martins, 45, sala

fiduciário(a) CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, ou ao endereço do Cartório Nova Serrana, Rua Vereador Jesus

preferencialmente, ao endereço do(a) credor(a) fiduciário(a) CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, ou ao endereço do

201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000, no horário de atendimento, e satisfazer, no prazo de quinze dias, contados

Martins, 45, sala 201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000, no horário de atendimento, e satisfazer, no prazo de

Cartório Nova Serrana, Rua Vereador Jesus Martins, 45, sala 201, Centro, Nova Serrana, MG - 35519-000, no horário de

a partir da última publicação deste edital, que será publicado em três dias consecutivos, o encargo no valor de R$

quinze dias, contados a partir da última publicação deste edital, que será publicado em três dias consecutivos, o encargo

atendimento, e satisfazer, no prazo de quinze dias, contados a partir da última publicação deste edital, que será publicado

1.934,41, em 19/07/2018, sujeito à atualização monetária, juros de mora e despesas de cobrança até a data do efetivo

no valor de R$ 1.965,31, em 26/07/2018, sujeito à atualização monetária, juros de mora e despesas de cobrança até a

em três dias consecutivos, o encargo no valor de R$ 2.487,94, em 02/08/2018, sujeito à atualização monetária, juros de

pagamento, somando-se também os encargos que vencerem no prazo desta intimação, relativo ao contrato nº

data do efetivo pagamento, somando-se também os encargos que vencerem no prazo desta intimação, relativo ao

mora e despesas de cobrança até a data do efetivo pagamento, somando-se também os encargos que vencerem no

855550578433-8 e garantido por alienação(ões) fiduciária(s) registrada(s) na(s) matrícula(s) nº(s) 34044, do Livro 2 –

contrato nº 844440346064-7 e garantido por alienação(ões) fiduciária(s) registrada(s) na(s) matrícula(s) nº(s) 41296, do

prazo desta intimação, relativo ao contrato nº 144440156867-1 e garantido por alienação(ões) fiduciária(s) registrada(s)

Registro Geral, do Cartório Nova Serrana . Na hipótese de o pagamento ser efetuado diretamente ao credor, o recibo

Livro 2 – Registro Geral, do Cartório Nova Serrana . Na hipótese de o pagamento ser efetuado diretamente ao credor, o

na(s) matrícula(s) nº(s) 14993, do Livro 2 – Registro Geral, do Cartório Nova Serrana . Na hipótese de o pagamento ser

deverá ser apresentado ao Cartório Nova Serrana. Caso o pagamento não seja realizado diretamente a(o) credor(a), o

recibo deverá ser apresentado ao Cartório Nova Serrana. Caso o pagamento não seja realizado diretamente a(o)

efetuado diretamente ao credor, o recibo deverá ser apresentado ao Cartório Nova Serrana. Caso o pagamento não seja

pagamento perante a Serventia deverá ser por meio de cheque administrativo ou visado, com a cláusula “não à ordem”,

credor(a), o pagamento perante a Serventia deverá ser por meio de cheque administrativo ou visado, com a cláusula “não

realizado diretamente a(o) credor(a), o pagamento perante a Serventia deverá ser por meio de cheque administrativo ou

nominal ao credor fiduciário ou a seu cessionário. O não cumprimento da referida obrigação, no prazo de 15 (quinze)

à ordem”, nominal ao credor fiduciário ou a seu cessionário. O não cumprimento da referida obrigação, no prazo de 15

visado, com a cláusula “não à ordem”, nominal ao credor fiduciário ou a seu cessionário. O não cumprimento da referida

dias, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor do credor fiduciário CAIXA ECONOMICA

(quinze) dias, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor do credor fiduciário CAIXA

obrigação, no prazo de 15 (quinze) dias, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor do credor

FEDERAL - CEF, nos termos do art. 26, §7º da Lei 9.514/1997. E, para que chegue ao conhecimento do(a) devedor(a),

ECONOMICA FEDERAL - CEF, nos termos do art. 26, §7º da Lei 9.514/1997. E, para que chegue ao conhecimento do(a)

fiduciário CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, nos termos do art. 26, §7º da Lei 9.514/1997. E, para que chegue ao

expediu-se este edital.

devedor(a), expediu-se este edital.

conhecimento do(a) devedor(a), expediu-se este edital.

Nova Serrana, 30 de Agosto de 2018

Marco Paulo Guimarães Amaral Oficial de Registro

Nova Serrana, 30 de Agosto de 2018

Marco Paulo Guimarães Amaral Oficial de Registro

Nova Serrana, 03 de Setembro de 2018

Marco Paulo Guimarães Amaral Oficial de Registro


NOVA SERRANA-MG | QUINTA-FEIRA, 06 DE SETEMBRO DE 2018 | ANO XIII | Nº 1535

5

Um aniversário esvaziado Amanhã (sete de setembro) festejamos o 196° aniversário da proclamação da independência, dessa Pátria amada mãe gentil; são quase dois séculos de história, já sem a regência dos gajos, mas com traços marcantes, de quem ao longo dos anos, aprendeu o exercício da deturpação. Nossos patrícios, que aqui aportaram, vieram para explorar essa terra e suas gentes, de forma despudorada e egocêntrica, nascendo assim, uma sociedade desvirtuada, que a julgar pelos recentes episódios, ainda tem um longo caminhar, e parcos são os motivos para nos alegrarmos. Assistimos atônitos, as chamas consumirem o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, levando consigo, 200 anos de nossa rica história. Esse lamentável episódio exprime a nossa inobservância com relação à história da Terra Brasilis; culturalmente, é preferível fomentar manifestações artísticas, de sabida mediocridade, a investir na conservação dos museus, incumbidos de preservarem nossa história, que será externada às futuras gerações; passados dois séculos, ainda pecamos substancialmente nas escolhas. Incontáveis são os traços que mantivemos ao longo do tempo, desde a Colônia, passando pela independência, chegando aos dias atuais, e que esmiúçam o cenário de desesperança dessa gente brasileira. O pleito que se avizinha, traz consigo um sentimento de frustração, alimentado pelo comportamento dos nossos gestores, que mais se parecem donatários, cujas capitanias hereditárias, são gerenciadas a seu bel prazer. A corrupção é o mote que norteia as discussões sobre a preferência do eleitorado; a quanto, comparecemos às urnas, com a sensação de votarmos no menos pior. O grito do Ipiranga, bradado no longínquo 1822, com os firmes dizeres, Independência ou morte, sugeria uma ruptura com a coroa portuguesa, e um novo jeito de ver essa Terra de Santa Cruz, uma esperança em deixarmos o falido modelo de colonização por exploração, para caminharmos rumo ao desenvolvimento, não só econômico-financeiro, mas sobretudo, no que tange aos valores, fundamentais, ética, respeito e dignidade. Ledo engano, pensarmos que o “simples” ato de nos tornarmos independentes da coroa portuguesa, seria suficiente para a criação de um novo país; sim, o foi, de direito, embora tantas foram as negociações e premissas patrocinadas e impostas por Dom João VI para o reconhecimento formal da nova nação, porém, de fato, tantas são as mazelas, enraizadas desde o período colonial, que faznos crer que há um distanciamento gigantesco entre o que somos e o que deveríamos ser, uma Nação de fato, onde impere a “ordem e o progresso”, desejo expresso noutro momento da nossa história, quando nos tornamos uma república federativa. Enfim, um aniversário esvaziado, tanto pelos escassos motivos para comemoração, quanto pela degradante situação das finanças públicas; tem faltado “vintém” para o básico, quiçá para os festejos. Ainda assim, cabe parabenizar nossa Pátria, esperançosos de um futuro promissor, somos os protagonistas, incumbidos de dar a ela, os rumos que tanto almejamos, tornando-a, mãe gentil, a exalar justiça social às suas gentes. Parabéns ó Terra de Santa Cruz, e que os filhos teus, sobretudo os abastados politicamente, a tratem respeitosamente, como mereces, Pátria amada. Abençoada semana, Graça e Paz

Mauro Soares

CANTEIRO DE OBRAS – VISÃO OTIMISTA – NOVAS IDENTIDADES A você caro leitor que está acostumado a acompanhar a nossa coluna as sextas-feiras não se perca em nosso calendário, excepcionalmente esta semana, em virtude do feriado da independência do Brasil teremos nosso encontro nesta quinta-feira. A partir da semana que vem tudo volta a ser como era, ou seja, as sextas-feiras.

REUNIÃO DA CÂMARA Realizada na noite da ultima terça-feira, a 28ª reunião ordinária, noite de pauta tranquila, sem intensos debates entre os edis, que inclusive demonstravam harmonia entre si e uma sessão excepcionalmente presidida pela vice-presidente vereadora Terezinha do salão, já que seu titular não estava presente.

PONTO ALTO DA NOITE Como já dito, a boa harmonia e cordialidade reinou na noite de terça-feira e ficou ainda mais evidente quando foi proposta a inserção do projeto de lei que autoriza a alienação de bens imóveis, o qual prevê que os frutos de sua alienação sejam utilizados na construção das tão sonhadas e cobradas passarelas de Gamas, Moreiras e Veredas da Serra, visando ainda à melhoria e/ou construção de guaritas, iluminação, etc.

BEM COMUM Com ampla concordância, já que o projeto foi aprovado por unanimidade, entenderam os vereadores que mesmo abrindo mão de áreas institucionais do município e repetindo as medidas utilizadas no passado, de que o melhor a se fazer é realmente o investimento na instalação das referidas passarelas, visando à proteção a vida dos seus usuários.

RÁDIO PEÃO Comenta-se pelas esquinas da terra do calçado que as terceirizações ocorridas mais acentuadamente neste ano, têm gerado alguns desconfortos. Pelos comentários, o município tem mantido de forma regular seu compromisso com seus terceirizados, porém os terceirizados que venceram o processo licitatório não tem mantido a regularidade de pagamento com seus contratados. O caso tem ganhado repercussão especialmente quando se trata dos transportes. Se realmente o zum zum zum que paira no ar for verdadeiro, tais ações deverão ganhar notoriedade e poderão impactar negativamente. É bom ficar de olho, já diz o ditado, onde tem fogo, tem fumaça.

ELEIÇÕES 2018 Há pouco mais de trinta dias para as votações de primeiro turno das eleições, têm encontrado dificuldades os candidatos para consolidarem seus nomes na corrida eleitoral. Tal dificuldade fica ainda mais perceptível quando se trata de postulantes aos cargos de senador, governador e presidente. Pelas inovações da legislação eleitoral, os candidatos tem buscado pelas redes sociais maior impulsionamento de suas peças publicitárias, tentando se aproximar mais dos eleitores e recentemente pelos horários gratuitos do radio e da TV.

TODOS CONTRA BOLSONARO

É fato de que quando se trata do presidenciável Jair Bolsonaro, identificamos dois tipos de eleitores, os que o amam e os que o odeiam. Com a decisão de que Lula realmente não concorrerá às eleições deste ano não resta dúvidas de que o alvo a ser batido é o “homem da metralhadora”. Ciro Gomes, outro que gosta de resolver na bala e Marina Silva oscilam com muita proximidade nas pesUSO DA RÁDIO quisas, no presente momento, sendo a principio os mais Na última quinta-feira foi utilizado um espaço jornalístico pretensos, junto com Bolsonaro a caminharem para o seda radio 98 FM, pelo atual gestor municipal. É sempre muito gundo turno. bom ouvir nossa maior liderança da esfera municipal quando vem esclarecer pontos obscuros e/ou controvertidos.

NOVAS IDENTIDADES

CANTEIRO DE OBRAS Como pontos a se destacar em sua entrevista, segundo o prefeito municipal em sua “humilde opinião a cidade se transformou em um canteiro de obras”, disse ainda que sete secretários entendendo o momento crítico, quando se trata da economia, não só do município, mas de todo o país, colocaram seus cargos a disposição, porém dois já foram relocados em outra função. Prosseguiu informando que 400 servidores comissionados terão seus contratos rescindidos. Por fim, o anúncio que deixou muitas famílias que ansiavam pela noticia, de que disponibilizará 600 unidades habitacionais, contempladas pela faixa um (que atende a famílias de baixa renda) através da Caixa Econômica Federal, com prestações mensais de R$ 80,00, (oitenta reais) sem entrada.

VISÂO OTIMISTA É claro que temos que ser e estar otimistas com o compromisso firmado, afinal de contas toda a população espera por melhorias seja ela qual área for se dotada de coletividade como prometido, toda a população só tem a ganhar. Ao programa de governo adicionamos as novas promessas para posterior análise.

Como estamos a todo vapor em período de campanha eleitoral, é perceptível a mudança de comportamento, especialmente dos presidenciáveis. Jair Bolsonaro tenta afastar seu jeito truculento e homofóbico para dar lugar ao Jair paz e amor. Ciro Gomes segue muito próximo a conduta de Bolsonaro, porém como seu temperamento é muito forte, vive escorregando em suas falas, ameaças e promessas (limpar o nome do SPC). Meirelles se parece um santo milagreiro, quer sua imagem ligada a Lula, diz que deu socorro a Dilma, faz questão de esquecer Temer e nem de longe lembra aquele homem que covardemente motivava e queria colocar na conta dos pobres a ineficiência da previdência social. Alkimin agora virou Geraldo, sua coligação, a que reúne tudo que tem de pior quando se trata de envolvidos em crimes da lava jato tem divulgado peças publicitárias pesadíssimas em desfavor de Bolsonaro. Álvaro Dias tenta turbinar sua campanha com a afirmativa de que o Juiz da lava jato Sérgio Mouro será seu ministro da justiça. Pra quem ainda não percebeu estamos em plena temporada do “pega o pobre, beija o pobre, abraça o pobre, tira foto com o pobre, vence as eleições e esquece o pobre”. É preciso ser ovelha em pele de lobo para lidar com os lobos em pele de cordeiro.


NOVA SERRANA-MG | QUINTA-FEIRA, 06 DE SETEMBRO DE 2018 | ANO XIII | Nยบ 1535

6

O Popular 1535  
O Popular 1535  
Advertisement