Issuu on Google+

N

SER

2014 - 2016

+REGIテグ


“Se tiver o hábito de fazer as coisas com alegria, raramente encontrará situações difíceis.” Robert Baden-Powell

N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

Candidatura à junta regional da madeira triénio 2014 - 2016


N

SER

2014 - 2016

+REGIテグ

projeto


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

lista candidata

Chefe Regional: Carlos Gonçalves Assistente: (a nomear pelo Sr. Bispo) Chefe Regional Adjunto: Silvano Rodrigues Secretário Regional da Gestão: Alberto Gomes Secretária Regional Recursos Adultos: Telma Spínola Secretário Regional I.ª: Ricardo Vieira Secretário Regional II.ª: Luís Miguel Secretária Regional III.ª: Marta Dias Secretário Regional IV.ª: Lino Teixeira

2014 - 2016

Lema: “Ser + Região”

Missão: Acreditando no Homem Novo, formar os adultos para educar os jovens

Visão: Atingir a Excelência no Método Escutista

Valores: Acreditando no Trabalho em Equipa (1) seremos melhores; (2) evangelizadores; (3) educadores.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

Manifesto

O “Ser + Região” nasceu no seio de um grupo de escuteiros da Região da Madeira, com uma amizade cimentada ao longo de vários anos, pela vivência e preparação de várias atividades e projetos. Ser uma só Região e coesa é a proposta deste grupo, que sentiu essa necessidade e que se predispõe a apresenta-la à Região. Sendo as eleições para a Junta Regional o momento para a Região escolher o rumo que quer seguir, é a altura certa para apresentar esta proposta. Esta Equipa, enquanto lista candidata, pretende ser o rosto deste Projeto. Como Equipa, escolhe o seu Guia, distribui tarefas e lança-se a jogar o “jogo” – Eleições para a Junta Regional da Madeira. Como qualquer Equipa de escuteiros, também a nossa quer que o seu Projeto saia vencedor, mas sabe que antes de mais lhe cabe cumprir a Lei do Escuta assumida na Promessa, bem como as regras deste jogo que se encontram definidas no Regulamento Geral e Regulamento Eleitoral do Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português . Envolver os Escuteiros da Madeira numa reflexão sobre o rumo a seguir pela Região, partindo da divulgação do projeto “Ser + Região” é o que pretende esta Equipa, que se manterá sempre coesa e unida, juntamente com todos os colaboradores nela envolvidos. Porque é desejável que toda a Região seja ouvida, serão usados todos os meios e métodos disponíveis de uma forma correta e transparente, esclarecendo todas as dúvidas colocadas sobre o projeto. Estaremos sempre disponíveis para o debate público das ideias nele contidas.É com um cuidado especial que será feita a divulgação, evitando a todo custo qualquer comentário pessoal sobre os elementos envolvidos nesta eleição, isto porque se trata da divulgação de um projeto e das ideias nele expressas e deverá ser sempre este o foco de todos os comentários. Só assim se poderá cumprir e pugnar para que sejam sempre cumpridas as regras do Jogo.Será fundamental que dia 15 de Dezembro, os Caminheiros/Companheiros e Dirigentes da Madeira possam escolher, de forma livre, o Projeto que consideram o melhor para a Região, mas que o façam sendo possuidores de informação correta, clara e fidedigna.É esperança desta Equipa que o exemplo dado neste processo eleitoral seja aquele que a Região merece e que o mesmo sirva para o seu crescimento e fortalecimento futuro, assim como de todos os seus membros. Equipa B.P.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

>Envolver

Linhas Estratégicas

e unir toda a Região num projeto único;

>Proporcionar uma melhor educação dos jovens, através do método escutista; >Aprofundar a vivência da Fé; >Realizar atividades de referência que vão de encontro às expetativas dos jovens; >Implementar uma formação capaz e atual aos Noviços a Dirigentes e Dirigentes; >Fomentar um crescimento sustentável da Região (expansão - em especial na costa Norte da Madeira); >Continuar e aperfeiçoar a eficiência e a eficácia na gestão administrativa e financeira; >Dinamizar os recursos patrimoniais; >Realizar Seminários, Encontros e Debates que levem todos os adultos a refletir sobre o futuro do CNE na Madeira; >Ouvir e apoiar os Agrupamentos.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Chefia Regional: CR e CRAdj.

Objetivos

>Coordenar a equipa regional; >Representar a Região ao nível institucional; >Fortalecer o nosso papel como movimento da Igreja, participando mais nas atividades que a diocese organiza, defendendo o nosso papel de evangelizadores; >Fomentar relações inter-regionais e com outras associações de índole escutista e guidista; >Dinamizar a área internacional.

Ações

Realizar reuniões periódicas com os chefes de agrupamento; Participar ativamente nos Conselhos Nacionais, defendendo os interesses do CNE e da Região; Coordenar a execução de todas as decisões do Conselho Regional; Aplicar, de forma justa, o Regulamento Geral do CNE; Coordenar as atividades regionais. Coordenar o Departamento de Comunicação e Imagem e o de Ambiente, Segurança e Proteção Civil; Coordenar os Assessores.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Ações

Objetivos

Secretário para a Gestão >Manter e melhorar a gestão criteriosa dos meios financeiros da Região; >Melhorar a eficiência e a eficácia dos serviços regionais; >Apoiar os agrupamentos nas áreas administrativa e financeira; >Melhorar a comunicação com os agrupamentos. Divulgação e dinamização de candidaturas e acompanhamento dos programas de apoio e incentivo da associação e extra associação (campanhas “top calendário”,” canto de patrulha”, etc.); Criação de programas regionais de apoio aos agrupamentos; Desenvolver ações de divulgação dos bens passíveis de aluguer: Casa do Escuteiro, carrinhas, etc.; Manter e melhorar o nosso património; Controlar o empréstimo/aluguer de bens e verificar o seu estado no momento da devolução; Organizar o armazém de material de campo, mantendo-o em boas condições de utilização por parte dos Agrupamentos da Região e dos que nos visitam. Encontrar um bom Quartel-mestre; Manter e melhorar o SGQ nos serviços regionais com o empenho de todos os Dirigentes da Região, maximizando recursos financeiros e humanos; Acompanhar os agrupamentos e prestar apoio para que sejam cumpridos a tempo e com qualidade os procedimentos administrativos necessários; Reforçar a política de comunicação e visibilidade do Escutismo na Região, através dos meios tradicionais e das redes sociais.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Objetivos

Secretária para os Recursos Adultos >Dinamizar o trabalho para e com os Formadores da Região, constituindo uma equipa de formação coesa e qualificada; >Aplicar o novo Sistema de Formação de Adultos no Escutismo de acordo com os planos e propostas de formação a nível nacional; >Apoiar os Agrupamentos na definição de critérios para a adesão de novos adultos; >Disponibilizar oferta formativa que estimule os adultos à formação contínua; >Envolver os adultos, enquanto educadores, na definição de estratégias para o CNE Madeira no futuro;

Ações

>Promover e valorizar o papel do Dirigente enquanto educador

Proceder ao levantamento das necessidades e consequente realização de formação (IPE, FGPE, Cursos Monográficos, etc.); Adequar a formação às necessidades dos formandos; Incentivar à participação dos dirigentes nas formações; Promover com os formadores o trabalho em equipa e o recurso às novas metodologias, nas diferentes ações de formação; Organizar o Dia D Regional; Organizar o Seminário Regional.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Objetivos-gerais Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos agrupamentos para o trabalho pedagógico; Acompanhar a implementação do Programa Educativo na Região. Ações-gerais Promover reuniões mensais com os chefes de unidade; Coordenar e acompanhar a implementação do Programa Educativo; Estruturar e dinamizar formação específica nas áreas da técnica escutista e liderança (conselho de guias regional/encontro de animadores, etc.);

Objetivos

Secretário para Iª Seção >Acompanhar o trabalho pedagógico e da implementação do Programa Educativo; >Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos Agrupamentos para o trabalho pedagógico; >Aprofundamento da Pedagogia da Fé.

Ações

Reuniões mensais com os chefes de unidade; Atividades apelativas e criativas de modo a potenciar a participação dos Agrupamentos; Encontros de formação para as Equipas de Animação e Guias, com observação e partilha de práticas locais; Promover a atividade típica da secção a nível regional; Promoção de visitas aos Agrupamentos, de forma a acompanhar a implementação do Programa Educativo; Promoção de iniciativas, conjuntas, entre Agrupamentos; Criação de plataformas virtuais de aprendizagem e partilha de materiais; Promoção de trabalho específico de aprofundamento da Pedagogia da Fé entre os lobitos, centrado na figura do Patrono São Francisco de Assis, nos Modelos de Vida Beatos Francisco e Jacinta e Santa Clara de Assis.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Objetivos-gerais Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos agrupamentos para o trabalho pedagógico; Acompanhar a implementação do Programa Educativo na Região. Ações-gerais Promover reuniões mensais com os chefes de unidade; Coordenar e acompanhar a implementação do Programa Educativo; Estruturar e dinamizar formação específica nas áreas da técnica escutista e liderança (conselho de guias regional/encontro de animadores, etc.);

Objetivos

Secretário para IIª Seção >Acompanhar do trabalho pedagógico e da implementação do Programa Educativo; > Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos Agrupamentos para o trabalho pedagógico.

Ações

Reuniões mensais com os chefes de unidade; Atividades apelativas e criativas de modo a potenciar a participação dos Agrupamentos e respetivos elementos; Encontros de formação para Equipas de Animação e Guias/Timoneiros, com observação e partilha de práticas locais; Promover a atividade típica da seção a nível regional; Promoção de iniciativas conjuntas entre Agrupamentos.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Objetivos-gerais Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos agrupamentos para o trabalho pedagógico; Acompanhar a implementação do Programa Educativo na Região. Ações-gerais Promover reuniões mensais com os chefes de unidade; Coordenar e acompanhar a implementação do Programa Educativo; Estruturar e dinamizar formação específica nas áreas da técnica escutista e liderança (conselho de guias regional/encontro de animadores, etc.);

Objetivos

Secretário para IIIª Seção >Acompanhar do trabalho pedagógico e da implementação do Programa Educativo; > Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos Agrupamentos para o trabalho pedagógico.

Ações

Coordenar e acompanhar a implementação do Programa Educativo; Realizar reuniões mensais com os chefes de unidade; Dinamizar a formação realizando Conselhos de Guias/Mestres e Encontros de Animadores; Definir os modelos pedagógicos das actividades típicas da IIIª secção; Continuar com a actividade de Verão típica da secção, o Icthus; Criar actividades apelativas e criativas de modo a potenciar a participação dos Pioneiros/Marinheiros.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

OBJETIVOS E AÇÕES

Objetivos-gerais Motivar os chefes de unidade e equipas de animação dos agrupamentos para o trabalho pedagógico; Acompanhar a implementação do Programa Educativo na Região. Ações-gerais Promover reuniões mensais com os chefes de unidade; Coordenar e acompanhar a implementação do Programa Educativo; Estruturar e dinamizar formação específica nas áreas da técnica escutista e liderança (conselho de guias regional/encontro de animadores, etc.);

Objetivos

Secretário para IVª Seção >Dinamizar mais o caminheirismo/companherismo na Região; >Motivar os caminheiros/companheiros a viver a sua vida de caminheiro/companheiro, tanto na Região como fora dela, indo de encontro ao Homem Novo e fazendo o seu progresso pessoal baseado no Programa Educativo; >Manter e melhorar as dinâmicas do Clã Regional; >Melhorar a participação dos Chefes de Clã, tanto na vida dos caminheiros, como também na dinamização do caminheirismo na Região; >Motivar e, até quiçá, criar um contingente de caminheiros/companheiros da Região a participar no ROVER’2015;

Ações

>Criar uma Base Regional da IV.ª Secção. Melhorar a promoção do Cenáculo Regional, espaço de partilha de opiniões e ideias dos caminheiros/companheiros; Implementar uma atividade de verão para que todos os caminheiros/companheiros da Região possam participar; Promover e incentivar os caminheiros/companheiros a participarem em projetos do CNE, a nível nacional ou internacional; Incentivar os caminheiros/companheiros à participarem nos conselhos regionais, fazendo com que cada um sinta que pode e deve contribuir para o desenvolvimento e crescimento da Região; Manter a presença do movimento na Pastoral Juvenil, de preferência com um ou mais jovens caminheiros/companheiros.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CONCLUSÃO

“Diante de cada Homem, abrem-se dois caminhos: o do egoísmo ou o do Serviço. Cada um terá que escolher por si próprio qual será o verdadeiro lema. O egoísmo é mais cómodo; o Serviço envolve sacrifício. Se um indivíduo não é capaz de se sacrificar, não tem direito de se chamar Homem. Mas se se sacrifica para servir, exprimindo da melhor maneira possível o seu amor, pode estar certo de que a vida será para ele um bem muito real, cheia de Felicidade”.

Objetivos

Baden Powell

O mandato a que nos propomos pode ser considerado de continuidade nas boas-práticas das anteriores Equipas de Junta Regional e na conseguidos por estas. melhoria dos aspetos menos Em nossa opinião as Juntas Regionais não devem ser “estanques” em períodos de 3 anos, mas antes de continuidade na ação e na missão que prometem desenvolver em prol das crianças, jovens e adultos que integram o CNE Madeira. Mas por outro lado é urgente definir onde queremos colocar a nossa Região em 2020, independentemente das equipas de Junta Regional e suas estratégias. Da nossa parte, tudo faremos para que assim seja, e com a ajuda de Deus, Nossa Senhora Mãe do Escutas, daremos o nosso melhor, continuando: “Sempre Alerta para Servir”. Equipa Baden Powell


N

SER

2014 - 2016

+REGIテグ

Curriculum Vitae


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

Candidato a Chefe Regional

Carlos Alberto Meneses Gonçalves nasceu em 1955 no E. da Calheta. É casado e pai de dois filhos. É Doutorado em Ciências do Trabalho, área da Psicologia Social, pela Universidade de Cádiz, Espanha, onde recebeu também o Diploma de Estudos Avançados (Master); Licenciado em Administração e Gestão Escolar pelo Instituto Superior de Ciências Educativas; Diplomado com o Curso Superior de Piano e Curso Geral de Canto pelo Conservatório de Música da Madeira. Atualmente é Professor Adjunto-convidado na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, Professor-coordenador convidado no Instituto Superior de Ciências Educativas e Diretor de Serviços de Educação Artística e Multimédia da Secretaria Regional da Educação e Recursos Humanos do Governo Regional da Madeira. Iniciou a sua carreira docente em 1974. Lecionou na Educação Especial e Escola Salesiana de Artes e Ofícios. Foi ainda docente no Ensino Superior, nas seguintes Instituições: Escola de Magistério Primário do Funchal, Escola Superior de Educação da Madeira e Universidade da Madeira nos cursos de Educação de Infância e Professores do 1CEB. É professor efetivo do Conservatório- Escola das

2014 - 2016

Artes da Madeira, Eng.º Luíz Peter Clode. É autor de várias obras, pedagógicas e científicas, bem como de artigos científicos editados em revistas da especialidade.

Ingressou no CNE em 1970, fundando o Agrupamento n.º 420 – Imaculado Coração de Maria, com apenas 15 anos de idade. Em 1971 faz a sua promessa de Caminheiro com apenas 16 anos, com autorização especial do Chefe Regional, Damião Henriques e do Chefe Nacional, D. José de Lencastre. Em 1976 faz a sua promessa de Dirigente. Em 1977 frequenta o Curso de “Insígnia de Madeira” (atual CAP) no Campo Escola Nacional em Fraião, sob a direção do Chefe Manuel Faria. Em 1990 é qualificado como Formador Ajunto e em 1992 como Diretor de Formação. No seu Agrupamento de origem, exerceu os cargos de Chefe de Agrupamento, Chefe de Grupo de Exploradores, Chefe de Grupo de Pioneiros e Chefe de Clã. A nível regional exerceu os cargos de Secretário Internacional, Secretário Pedagógico, Chefe Regional Adjunto, Chefe Regional, Membro do Conselho Fiscal e Jurisdicional Regional e Representante do Conselho Regional ao Conselho Nacional de Representantes. Ao nível de atividades escutistas exerceu os cargos de Chefe de campo em vários ACAGRUP’s; Chefe Adjunto e Chefe de Campo em vários ACAREG’s; Chefe de Subcampo em Acampamentos Nacionais, Chefe de Campo-adjunto do I e II Jamboree da Madeira e Chefe de Campo do III Jamboree da Madeira. Ao nível da formação orientou unidades de formação e dirigiu cursos como o CI; CIP; CAP; CAL. Recebeu as seguintes Condecorações: Louvor Nacional; “Cruz de Agradecimento” – 2ª e 1ª Classe, Medalha de Campo do CNE – Grau Ouro, “Cruz de Mérito” – 1ª Classe e Colar Nuno Álvares Pereira.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

Candidato a Chefe Regional ADJUNTO

Silvano José Aguiar Rodrigues nasceu em 1977, é solteiro. Licenciado pela Universidade de Aveiro em Design de Comunicação. Em 2004 começa a trabalha para a Secretaria Regional da Educação, dado aulas em diversos estabelecimentos da Região. Atualmente é Professor profissionalizado na Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia da Secretaria Regional da Educação e Recursos Humanos do Governo Regional da Madeira e Designer freelancer.

Ingressou no CNE em 1982, no Agrupamento n.º 217 – Sé, com 6 anos de idade. Em 1992 muda de Agrupamento e faz parte do grupo de elementos fundador do Agrupamento 216. Ao longo do percurso escutista, foi Timoneiro, Timoneiro de Flotilha, Mestre e mestre de flotilha e 1º Arrais da Comunidade. Em 1997 faz a sua promessa de Dirigente. Em 1998 frequenta o Curso CAP da IIº secção. Em

2006

frequenta

o

curso

CAL

e

em

2011

o

CCF.

No seu Agrupamento 216, exerceu os cargos de, Chefe de Agrupamento, Patrão de Flotilha, Patrão de Frota e Comunidade. Atualmente exerce o cargo de Chefe de Agrupamento e Patrão de Frota e Comunidade. A nível regional exerceu os cargos de, Secretário Regional Pedagógico. Ao nível de atividades escutistas exerceu os cargos de, Chefe de campo de ACAGRUP’s; Responsável pela área pedagógica do Acareg 2013; Integrou a equipa pedagógica do campo da IIIº secção no IIIº Jamboree da Madeira 2010; Chefe de Campo em vários Acampamentos de secção Regionais. Participou no acampamento Nacional de Escuteiros Marítimos Oceanos em 1998, 2004, 2008 e 2009. Participou nas regatas nacionais de Escuteiros Marítimos em 2007. Recebeu as seguintes Condecorações: Louvores Regionais, Louvor Nacional, “Cruz de São Jorge” – bronze e Medalha de campo – Bronze.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtO A Secretário para Gestão

João Alberto Marques dos Santos Gomes, nasceu a 6 de Maio de 1957, é casado e pai de dois filhos. Terminou o ensino secundário no Funchal em 1975 e frequentou o Instituto Superior de Economia em Lisboa, interrompendo o curso de gestão quando frequentava o 2º ano. Desde 1978 foi professor provisório nas escolas do Estreito de Câmara de Lobos, Jaime Moniz e Angelo Augusto Silva, tendo ingressado em 1981 no Banco Borges & Irmão (posteriormente BPI) onde trabalhou até a aposentação em Dezembro de 2010. Exerceu funções de caixa, atendimento geral, operador de posto de câmbios e nos últimos 15 anos teve o cargo de tesoureiro, com a principal função de gerir o fluxo monetário de todos os balcões e ATM's da região. Ingressou no CNE em 1972 no Agrupamento 215-Sé, onde fez promessa de explorador em 1973, saindo do activo em 1975. Em 1995 regressou ao activo, integrando a equipa que trabalhou para abrir o Agrupamento em formação na Nazaré. Foi investido dirigente em 1996 e neste Agrupamento foi animador na II Secção e Chefe de unidade na IIIª. Por falta de condições este Agrupamento não chegou a abrir oficialmente. Após o encerramento, foi transferido para o Agrupamento 420- Imaculado Coração de Maria, onde exerceu funções de animador na II e IV secções e chefe de unidade na IIIª. Foi também Chefe de Agrupamento Adjunto. A nível regional foi Chefe de Departamento de Ambiente e representante do Conselho Regional no Conselho Nacional de Representantes. Participou no Jamboree 2010 na Graciosa – Açores. Por motivos familiares retirou-se do activo em 2001. Em 2011, após a aposentação profissional, ofereceu-se para colaborar com a actual Junta Regional, tendo voltado ao activo com as funções de Chefe de Departamento de Património, que actualmente desempenha. Foi responsável pelo sector dos transportes no Acareg 2013. Ao

nível

de

formação

escutista

frequentou

o

CI

e

CIP.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtA A Secretária para os Recursos Adultos

Telma José Melim Spínola nasceu em 1978, é casada. Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa. Realizou o estágio de advogacia da Ordem dos advogados e a profissionalização em serviço no Grupo 430 na Universidade da Madeira. Atualmente é Advogada e docente.

Ingressou no CNE em 1985, no Agrupamento n.º 825 – Machico como lobita. Tendo feito neste Agrupamento todo o seu percurso escutistas. Em 1988 fez a promessa de exploradora, em 1992 de pioneira e em 1996 de caminheira. Realizou a partida no ano de 2001 e em 2002 iniciou o C.I.P., tendo feito a promessa de dirigente no ano de 2003. No Agrupamento, desde 2001 que é animadora no Grupo explorador, sendo atualmente Chefe de Expedição. Ao nível nacional desde de 2008 exerce o cargo de secretária da Mesa do Conselho Nacional. Ao nível regional é assessora jurídica da Junta Regional. Ao nível de atividades escutistas ao longo do seu percurso escutista participou em ACAREG, Jamboree e no Rover Açoriano. Enquanto dirigente participou em dois ACANAC, em 2002 nos abastecimentos do Campo da IIª secção e em 2012 como responsável de 2 equipas no Campo da IIIª secção. Fez parte das equipas responsáveis pelas atividades do campo da IIª secção nos ACAREG 2003, 2013 e no Jamboree 2010. Integrou duas Organizações do Dia D na Madeira. Ao nível da formação concluiu este ano o CCF, passando a fazer parte do quadro de formadores do CNE. Recebeu as seguintes Condecorações: Louvor Regional e Nacional, Cruz de São Jorge – Bronze e Medalha de Campo –Bronze.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtO A Secretário para Iº SEÇÃO

Ricardo Jorge Barbosa Vieira nasceu em 1971, e é solteiro. Possui o 12º ano na área de Jornalismo/ Turismo e o 2º ano da Licenciatura em Estudo Ingleses e Relações Empresarias. Possui várias especializações, desde Yield Management pela École Hotéliere de Lausanne a Marketing Hoteleiro, bem como em Comunicação Pedagógica. Possui ainda certificados em diversas línguas, desde o Francês, Inglês e Alemão. A nível profissional, fez parte dos quadros de alguns do maiores Grupos Hoteleiros Madeirenses. Tendo sido também Formador na área de Inglês em alguns cursos regionais. Atualmente exerce funções na Associação de Promoção da Madeira, assumindo a responsabilidade do Departamento de Vendas, e consequentemente a responsabilidade pela Promoção do Destino Madeira nos mercados da sua responsabilidade.

Ingressou no CNE em 2012, a convite do Chefe de Agrupamento do 216, na altura Agrupamento dos Ilhéus. Em 2003 frequenta o CI e CIP, e é investido Dirigente em 2004. Desde então assume a Iª Secção onde tem trabalhado e desenvolvido o seu percurso escutista na mesma. Assumiu ainda as funções de Secretário de Agrupamento, sendo atualmente Tesoureiro do mesmo e Chefe de Agrupamento-Adjunto. A nível regional exerceu o cargo de, Chefe de Departamento da Iº Secção, e colaborou com a anterior Secretaria Regional da Iª Secção como Adjunto, tendo assim uma vasta experiência na organização de atividades regionais nesta secção. Foi ainda eleito Representante do Conselho Regional ao Conselho Nacional de Representantes. A nível de atividades escutistas participou nas atividades nacionais de escutismo marítimo, o Oceanos em 2008 e 2010, e na organização do III jamboree da Madeira. Participou ainda no ACANAC em 2012 e organizou o ACAREG 2013 no que se refere à Iª Secção, como Chefe da Pólis Artémis. Neste momento encontra-se a terminar o seu CAF e será investido oportunamente Formador do Corpo Nacional de Escutas. Ao nível da formação escutista frequentou: CI; CIP; CAF, GAF e CAP. Recebeu as seguintes Condecorações: Louvor Nacional; Cruz de São Jorge – Bonze e Medalha de Campo do CNE


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtO A Secretário para IIº SEÇÃO

Luís Miguel Camacho de Sousa nasceu a 12 de Julho de 1982, é solteiro. Possui o 12º ano de escolaridade e os cursos de Técnico de Vendas e Gestão de Conflitos.

Ingressou no CNE em 1992, no Agrupamento 432 – Sagrado Coração de Jesus, com 9 anos de idade. Em 1992 fez a promessa de explorador. No ano 1996 realizou a promessa de pioneiro e em 2000 a promessa de caminheiro. Em 2008 deu início do CIP. No ano de 2009 fez a sua promessa de Dirigente. No agrupamento 432 – Sagrado Coração de Jesus foi animador e Guia na patrulha que integrou nos Exploradores, Guia nos pioneiros e tesoureiro. Nos Caminheiros foi Sub-guia de Tribo e Guia no ano seguinte, deste que começou a sua comissão de serviço esteve sempre ligado a II secção desde 2005. Enquanto dirigente foi animador de II secção, adjunto e chefes de unidade desta mesma unidade. Atualmente é chefe de Agrupamento desde 2010. A nível regional foi representante da Região no Cenáculo Nacional e reproduzindo o mesmo na Região, responsável pelos abastecimentos do sub-campo de II secção no Acareg 2006, Adjunto de sub-campo de Exploradores no Jmaboree 2010 e atualmente Chefe de Departamento Pedagógico Regional de II secção. Para além disso participou em 2 Jamborees Açorianos e no último Acanac. Ao nível de formação escutista frequentou o CIP e o CAL. Recebeu as seguintes condecorações, Louvor Regional e Nacional, Medalha de campo de Bronze.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtA A Secretária para IIIº SEÇÃO

Marta Luísa Freitas Dias nasceu a 22 de Outubro de 1985, é solteira. Licenciada pela Universidade dos Açores em Guias da Natureza. Em 2010 fez um estágio profissional de um ano no Parque Ecológico do Funchal. Actualmente está responsável por uma loja de estampagens em têxteis. Ingressou no CNE em 1994, no Agrupamento 432 – Sagrado Coração de Jesus, com 8 anos de idade. Em 1996 fez a promessa de exploradora. No ano 2000 realizou a promessa de pioneira e em 2004 a promessa de caminheira. Em 2010 deu inicio do CIP. No ano de 2011 fez a sua promessa de Dirigente. No seu Agrupamento 432 exerceu o cargo de animadora desde 2004, inicialmente na Iª secção e posteriormente na IIIª secção. Actualmente é Chefe de Unidade da IIIª secção e Chefe de Agrupamento Adjunta. A nível regional exerce o cargo de Chefe do Departamento de Ambiente. A nível de actividades exerceu o cargo de representante da Madeira no Cenáculo Nacional e foi responsável pelo Campo de IVª no Acareg 2013. Participou em 2 Jamboree açorianos e num Acanuc da Região de Lisboa nos Pirenéus. Recebeu as seguintes condecorações: Cabeça de Lobo e Medalha de Campo Bronze.


N

SER

2014 - 2016

+REGIÃO

CANDIDAtO A Secretário para IVº SEÇÃO

José Lino Encarnação Teixeira, nasceu 1975, solteiro: Possui o 12º ano de escolaridade e os cursos de Iniciação à Informática, Autocad, Contabilidade e Faturação e CAP.

Ingressou no CNE em 1991, com 16 anos no Agrupamento n.º 238 – São Roque. Fez Promessa de Pioneiro 1992. Promessa de caminheiro 1994. Em 1998 deu início ao CIP. Em 1999 fez Promessa de Dirigente. No Agrupamento 238 São Roque foi Sub – Guia de equipa de pioneiros, tesoureiro e socorrista de equipa nos caminheiros, e foi tesoureiro de Agrupamento. Em 1998 trabalhou no Grupo Explorador como caminheiro em comissão de serviço e no triénio 2000/2003 foi Chefe do Grupo Explorador. Em 2003 muda de Agrupamento, para o 420 – Imaculado Coração de Maria onde exerceu o cargo de Chefe Adjunto de Clã (2003/2004). Em 2004 volta a mudar de Agrupamento, nesta altura ingressa o Agrupamento 571 Santo Amaro. Neste Agrupamento foi chefe do Grupo Explorador 2005/2007 e Chefe de Agrupamento no triénio 2007/2010. Em 2011 na qualidade de Formador fica como Tutor da reabertura do Agrupamento 420 – Nazaré. A nível regional foi Chefe de Clã na atividade “Clã – Destino” em 2002. Chefe de Sub – Campo de IIª Secção no XXXº ACAREG. Chefe da Equipa de Staff no ROVERWAY2003. Chefe Adjunto do Departamento da Proteção Civil entre 2002 e 2003. Em 2004 foi Secretario Regional para IIª Secção. Chefe de Campo da IIª Secção no XXXIª ACAREG. Chefe Departamento de Formação 2013, Diretor do CIP 2013 e Chefe dos Abastecimentos do XXXIIº ACAREG. A nível nacional participou no Jamboree Açoriano em 2005 na equipa de abastecimento e em 2007 participou no Jamboree Mundial em Londres nas comemorações do Centenário do Escutismo onde fez parte da equipa de staff do “SPLASH”. Ao nível de formação escutista frequentou: CIP, GAF, CAP e CAF. Recebeu as seguintes condecorações: Louvor Regional e Nacional, Cruz de São Jorge – Bronze e Medalha de Campo Bronze e Prata.



Dossier candidatura