Issuu on Google+


OBJETIVO A segurança dos nossos colaboradores, é um dos principais objetivo da SIL. Você, que está ingressando no nosso quadro de colaboradores, deve seguir os procedimentos e normas a serem adotados em relação a uma série de assuntos, especialmente segurança do trabalho. Lembre-se: PREVENIR ACIDENTES É OBRIGAÇÃO DE TODOS NÓS !

Pagina 2


ÍNDICE Objetivo ............................................................................................ Pag. 2 Política de segurança, saúde e meio ambiente................................ Pag. 3 C.I.P.A (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes)................... Pag. 3 Equipamentos de proteção individual............................................... Pag. 3 Normas de segurança no trabalho em geral..................................... Pag. 5 Conceitos de acidente do trabalho e incidentes............................... Pag. 5 Comunicação de acidentes e incidentes........................................... Pag. 6 Diálogo diário de segurança............................................................. Pag. 7 Permissão para trabalho e ficha de análise de risco........................ Pag. 7 Isolamento e sinalização da área de trabalho.................................. Pag. 8 Bloqueio, teste e etiquetagem da fonte de energia.......................... Pag. 9 Trabalho em altura............................................................................ Pag. 9 Trabalho envolvendo máquina e equipamentos energizados.......... Pag. 10 Trabalho em áreas confinadas.......................................................... Pag. 10 Escadas portáteis, ferramentas, equipamentos e acessórios.......... Pag. 10 Ambiente de trabalho, arrumação e limpeza.................................... Pag. 11 Proteção contra incêndios................................................................. Pag. 11 Interferencia com outros serviços..................................................... Pag. 13 Bicicletas e carinhos transportadores manuais................................ Pag. 13 Direção defensiva e segurança no trânsito...................................... Pag. 14 Primeiros socorros............................................................................ Pag. 14 Produtos químicos............................................................................ Pag. 14 Procedimentos de emergência......................................................... Pag. 15 Meio ambiente................................................................................... Pag. 15 Drogas e álcool................................................................................. Pag. 16 Ética e postura no trabalho............................................................... Pag. 16 Preservação dos materiais e equipamentos..................................... Pag. 17 Uso adequado dos recursos da empresa......................................... Pag. 17 Seja bem-vindo................................................................................. Pag. 17


POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE A política de segurança, saúde e meio ambiente da SIL são baseados nos seguintes princípios:

Cumprir a Legislação de Segurança, Higiene, Medicina do Trabalho e Meio Ambiente Monitorar constantemente as condições Ambientais e Saúde dos nossos Colaboradores Implementar e divulgar Práticas de Educação Ambiental Assessorar nossos parceiros na Administração dos Resíduos

C.I.P.A (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) É uma comissão formada por trabalhadores e tem como objetivo a Prevenção de Acidentes e Doenças decorrentes do Trabalho, de modo a tornar permanentemente compatível o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI E UNIFORMES É obrigatório o uso de EPI e uniforme limpo durante toda a jornada de trabalho. O não cumprimento dessa determinação constitui falta grave. É dever do empregado usá-los de maneira adequada, zelar, conservar, higienizar e responsabilizar-se pelos EPI’s que lhe são fornecidos, devendo solicitar a substituição imediata quando apresentar qualquer tipo de irregularidade que comprometa a sua eficiência. Alguns EPI’s de uso mais comum, são:

Pagina 3


S

Os EPI´s específicos como: cinto de segurança e máscaras respiratórias, são utilizados de acordo com os riscos do processo e/ou instalações industriais de cada cliente.

Lembre-se: é fundamental preencher e assinar a “Ficha de Controle de EPI´s”

Pagina 4


NORMAS DA SEGURANÇA DO TRABALHO EM GERAL Como somos prestadores de serviços em empresas e atuamos nas instalações do cliente, temos que cumprir as normas e procedimentos de segurança estabelecidos pela área de segurança no trabalho do cliente. Regras de Segurança: Conhecer o profissional de segurança do trabalho responsável pela área, onde você atua. Conhecer e, se possível, possuir cópia das normas e procedimentos vigentes no cliente. Informar a todos os envolvidos diretamente no seu trabalho sempre que for executar as Ordens de Serviços (Supervisor da Área, Operador da Máquina, Mecânico, Eletricista). Participar das reuniões e eventos relativos à segurança disponibilizados pelo cliente.

CONCEITOS DE INCIDENTES E ACIDENTES DO TRABALHO Conceito previdenciário, para obtenção dos benefícios da previdência social (INSS): Acidente do trabalho é todo aquele que ocorrer durante o exercício da jornada de trabalho, a serviço da empresa, a caminho ou retorno da empresa, provocando lesão corporal, perturbação funcional, doença que cause a morte, a perda / redução permanente ou temporária da capacidade para o trabalho. Conceito prevencionista, para evitar a ocorrência de um acidente, é mais abrangente: Acidente do trabalho é a ocorrência não programada / inesperada, que interrompe ou interfere no processo normal de uma atividade, ocasionando perda de tempo útil, lesões ou danos materiais no trabalhador. Conceito de incidente: Incidente é qualquer evento ou fato negativo, com potencial capaz de provocar danos pessoais ou materiais.

Pagina 5


COMUNICAÇÃO DE ACIDENTES E INCIDENTES Em qualquer situação sobre acidente do trabalho, é importante comunicar imediatamente o seu Líder, Coordenador de Contrato ou Gestão de Pessoas da SIL. Após a comunicação preencher o formulário para Investigação e Análise de Incidentes. O prazo para emissão da CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho) é de no máximo 24 horas após o acidente e para o seu preenchimento é necessário o ATESTADO MÉDICO e o Comunicado de Acidente devidamente preenchidos com todas as informações.

Nos casos de Acidentes sem Vitimas e Incidentes, é importante informar rapidamente o ocorrido ao seu Líder ou Técnico de Segurança para tomada de medidas corretivas para o problema (Ação Corretiva), divulgação entre os colaboradores para evitar novos casos e planejamento futuro dos programas de prevenção de acidentes (Ação Preventiva).

Pagina 6


DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA O Diálogo Diário de Segurança – DDS é um dos instrumentos utilizados para prevenir acidentes, principalmente nas áreas de produção e manutenção. São reuniões diárias que duram em média 10 minutos, onde são discutidas e informadas condições inseguras (Máquinas e Equipamentos com defeito, pisos escorregadios, buracos, etc.)

e atos inseguros ( falta de sinalização e bloqueio em máquinas e equipamentos em manutenção, não utilização do EPI, etc.). Para todos contratos SIL é enviado mensalmente por e-mail o DDS elaborado pelo departamento de segurança. Os assuntos abordados no DDS, são evidenciados em lista de presença, e esta deve ser assinada pelo colaborador e enviada para Gestão de Pessoas. PERMISSÃO PARA TRABALHO E FICHA DE ANÁLISE DE RISCO De acordo com a rotina de segurança vigente em cada empresa, antes do início de uma tarefa, o colaborador deve solicitar a liberação do serviço para as chefias e/ou o profissional de segurança do trabalho. Preencher e buscar aprovação dos seguintes documentos: Permissão Para Trabalho e/ou Ficha Análise de Risco

O objetivo é planejar a tarefa analisando cada ação para prevenir acidentes. Pagina 7


ISOLAMENTO E SINALIZAÇÃO DA ÁREA DE TRABALHO No início dos trabalhos, em serviços onde é obrigatório a parada do equipamento antes de sedar, a máquina ou equipamento deve ser isolado e sinalizado e, dependendo da extensão, tempo e risco da tarefa a ser realizada, a área ao redor também deve ser interditada utilizando os seguintes instrumentos:

Pagina 8


Bloqueio, Teste e Etiquetagem da Fonte de Energia Para qualquer serviço em máquina e equipamento com risco potencial de acidentes, antes do início dos trabalhos, devem ser adotados os seguintes procedimentos: Bloqueio via dispositivo de impedimento para ligar (cadeado de segurança, suporte múltiplo, etc.) Etiquetar corretamente e informar a todos os envolvidos. Qualquer serviço a ser realizado envolvendo risco de contato com fontes de energia (elétrica, pneumática, pressurizada, mecânica, etc.) deve ser previamente comunicado ao responsável da manutenção, para adoção de medidas preventivas em conjunto, conforme segue: Desenergização das instalações ou equipamento. Procedimentos de bloqueio, teste e etiquetagem. Acompanhamento do trabalho pelo Eletricista. TRABALHO EM ALTURA Os serviços em níveis elevados devem ser cuidadosamente planejados. Preventivamente, devemos adotar os seguintes procedimentos: Verificar a pressão arterial. Utilize o serviço ambulatorial do cliente para esta verificação. Caso você esteja sentindo qualquer indisposição, tontura, anormalidade física,comunique imediatamente seu superior ou o responsável pelo cliente. Não execute o serviço nestas condições; Utilizar cinto de segurança tipo pára-quedista (acima de 2 metros) ou conforme norma do cliente; Estar acompanhado por outra pessoa; Apoiar a escada em solo firme e nunca sobre objetos tais como tambores, caixas etc; Utilizar escadas conforme as normas do cliente; Não colocar escadas na frente ou atrás de portas ou passagens, sem sinalizar; Trabalhar sempre de frente para a escada sem se debruçar para os lados ou para trás; Nunca apoiar a escada em tubulações ou no ângulo de duas paredes; Pagina 9


Se a altura for superior a 5 metros, deve se seguir as normas e procedimentos vigente no cliente. Se não houver a necessidade para tal, devem ser acrescentados os seguintes equipamentos: TRABALHO EM ÁREAS CONFINADAS Espaços confinados são espaços com acessos limitados ou restritos, dotados de atmosfera perigosa e com dificuldade para movimentação, além de ventilação e iluminação deficiente, (por ex.: tanques, canaletas, dutos, poços artesianos, reservatórios, galerias, etc.). É terminantemente proibido adentrar qualquer tipo de Espaço Confinado sem a autorização do profissional da área de Segurança do Trabalho do cliente além da obrigatoriedade do curso em Espaços Confinados, com carga horária mínima de 16 horas, conforme determina a Legislação, de acordo com a NR-33 (Fale com o seu Coordenador SIL a respeito deste curso). ESCADAS PORTÁTEIS, FERRAMENTAS, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS Se houver a necessidade de usar escadas portáteis, observe as regras a seguir: Usar somente escadas em boas condições de uso e com altura indicada ao serviço a ser executado; Para serviços acima de 2 metros, a escada deverá ser amarrada em estrutura firme, para que não ocorra tombamento / deslizamento, e usar cinto de segurança; Apoiar a escada em solo firme e nunca sobre objetos tais como tambores, caixas etc.; Utilizar escadas conforme as normas do cliente; Não colocar escadas na frente ou atrás de portas ou passagens, sem sinalizar; Trabalhar sempre de frente para a escada sem se debruçar para os lados ou para trás; Nunca apoiar a escada em tubulação ou no ângulo de duas paredes. Todas as ferramentas, equipamentos e demais acessórios necessários para a execução da Lubrificação, somente deverão ser usadas após prévia inspeção operacional, e as que não

Pagina 10


apresentarem condições seguras de trabalho, deverão ser reparadas (caso seja possível), ou imediatamente descartadas, sendo que o trabalhador não deverá se arriscar, em hipótese alguma, sem as devidas condições de segurança mínimas. AMBIENTE DE TRABALHO - ARRUMAÇÃO E LIMPEZA Algumas regras para a manutenção do ambiente de trabalho: As ferramentas devem estar sempre guardadas na caixa ou no mostruário. O piso deve permanecer limpo, sem vestígios de óleo e graxa. O lixo deve ser separado por classe de resíduo para facilitar a reciclagem. Os tambores em uso devem ser armazenados nos suportes com aparadeira (contenção). As mesas arrumadas e limpas, documentos guardados. Nas gavetas, apenas papéis pertinentes ao serviço.

PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS Os equipamentos de prevenção de combate a incêndios devem estar sempre disponíveis para uso. Para isso é obrigatório cumprir as seguintes regras: Não obstruir saídas de emergência e escadas de acesso. Manter os extintores, hidrantes e caixas de mangueiras desobstruídos. Não guardar objetos nas caixas de mangueiras. Não pendurar bonés, jaquetas, etc., nos extintores. Não utilizar mangueiras e extintores para outros fins que não o específicado. Comunicar qualquer dano ou alteração nos equipamentos contra incêndios.

Pagina 11


No caso de principio de incendio siga imediatamente as orientações passadas a você em sua integração a fabrica do cliente. Utilizar Extintor de Água para incêndio classe A (Papel, Tecido etc.). Utilizar Extintor de Espuma Química p/ classe B (Inflamáveis). Utilizar Extintor de CO2 ou Pó para classe C (Equipam. Elétrico).

Também é importante obedecer a seguinte recomendação: Utilizar ferramentas em bom estado, para evitar sobrecarga e curto-circuitos. Comunicar sempre as situações de risco. Não fumar nos locais proibidos (evite fumar durante o período de trabalho). Lembramos que o consumo de cigarro é prejudicial à saúde, portanto é uma prática saudável evitar o fumo. Se você não consegue abandonar a dependencia, fume somente em áreas reservadas para esta finalidade, ventilado e longe de riscos. MAS LEMBRE-SE, EXISTEM TRATAMENTOS PARA PARAR DE FUMAR. Pagina 12


INTERFERÊNCIA COM OUTROS SERVIÇOS Sempre que o seu trabalho interferir com outra frente de trabalho, consultar o responsável da área para saber qual o trabalho deverá ser realizado primeiro, pois somente o responsável é quem poderá definir as prioridades. Nunca duas ou mais equipes de trabalhos distintos devem realizar trabalho em um mesmo local e ao mesmo tempo, pois existe um grande risco de acidentes que nestas circunstâncias. BICICLETAS E CARRINHOS TRANSPORTADORES MANUAIS

São meios de transporte utilizados para facilitar o desempenho das tarefas diárias e evitar o esforço físico. Devemos seguir algumas diretrizes: Devem estar sempre em bom estado de conservação. Não transportar peso em excesso e, para as bicicletas, é indispensável manter freios e retrovisores em perfeitas condições. Evitar pneus carecas e sem a pressão adequada, manter buzina e refletivos e observar limite de velocidade, assim como locais apropriados para tráfego.

Pagina 13


DIREÇÃO DEFENSIVA E SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Direção Defensiva O colaborador-motorista quando estiver conduzindo veículo da SIL deve ter uma postura defensiva no trânsito, ou seja, usar sempre cinto de segurança; dirigir dentro dos limites permitidos de velocidade; evitar desentender-se com outros motoristas na via pública; não fechar outros veículos; manter sua mão de direção ultrapassando somente em segurança; sinalizar as mudanças de direção através das setas laterais; manter distância segura do veículo à frente; não usar celulares enquanto estiver em movimento, se necessário estacionar o veículo.

Inspeção Diária do Veículo

O colaborador-motorista, sempre que for utilizar um veículo, deve fazer uma inspeção no mesmo, verificando as condições deste antes de sair da empresa. Qualquer irregularidade encontrada deve ser passada ao Departamento Administrativo para providências de regularização. Ao sair com um veículo sem a inspeção, o colaborador-motorista assume as responsabilidades por avarias decorrentes desta irregularidade. PRIMEIROS SOCORROS Em caso de acidente, o colaborador da SIL deve recorrer primeiramente ao Ambulatório Médico do próprio cliente. PRODUTOS QUÍMICOS Os produtos utilizados na lubrificação não são classificados como perigosos, porém, é importante ficarmos atentos, principalmente quando percebermos algum vasilhame ou tambor diferente dos utilizados normalmente. Nestes casos, não devemos em hipótese alguma: Molhar o dedo Cheirar Aproximar os olhos. Devemos acionar a área de Segurança do Trabalho do cliente, comunicar o fato e apresentar o produto.

Pagina 14


PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA Cada cliente tem seu Plano de Emergência com procedimentos diferentes porém, na sua essência, todos tem um objetivo comum, tratando-se de um sistema voltado para organizar a empresa para enfrentar acidentes com potencial de causar grandes danos e/ou colocar em risco a integridade física daqueles que estão no interior da empresa. Devemos nos inteirar dos procedimentos de emergência, colocá-los em prática e participar das Equipes de Emergência se formos convidados.

MEIO AMBIENTE A SIL mantém como política a atenção prioritária à Conservação Ambiental e adota os seguintes procedimentos básicos: Os óleos e graxas usadas devem ser armazenados separadamente para reciclagem. Os tambores devem ser rotulados e lacrados para evitar contaminação. O cliente deve ser informado sobre o melhor destino dos resíduos de óleos. Devemos colaborar ativamente no programa de descarte desenvolvido pelo cliente. Em caso de vazamento de óleo e graxa pequenos: Isolar e sinalizar o local onde ocorreu o vazamento. Conter o vazamento utilizando-se de serragem, manta absorvente ou outro material inerte disponível no cliente. Descartar o resíduo contaminado em coletores adequados. Para os vazamentos maiores, que saia do seu controle e que venham causar grande impacto ao meio ambiente, acionar imediatamente o ramal de emergência específico de cada cliente onde estará prestando serviços.

Pagina 15


DROGAS E ÁLCOOL O uso de medicamentos específicos exige receita médica assim como comprovação médica que o colaborador está apto ao trabalho. O álcool é inimigo dos reflexos do ser humano. Existe lei específica sobre o assunto, e a comprovação de embriaguez habitual é falta grave. Se você, precisa de ajuda, sinta-se a vontade para procurar a gestão de pessoas SIL.

ÉTICA E POSTURA NO TRABALHO Seja honesto em qualquer situação É de sua responsabilidade, ao ser acionado por um cliente, atendê-lo bem, ainda que seja para encaminhá-lo a outro setor responsável. Respeite a privacidade do vizinho. Não mexa na mesa, nos pertences e documentos de trabalho dos colegas e chefias. Também devolva tudo o que pedir emprestado rapidamente e agradeça a gentileza. Afaste-se das fofocas e maledicências. Só o fato de prestar atenção nelas pode lhe dar a fama de fofoqueiro. E aquele que lhe conta a última, pode levar também um comentário péssimo sobre você.

Pagina 16


PRESERVAÇÃO DOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Cuide bem de tudo o que a SIL lhe confiar, como máquinas, ferramentas, computadores, móveis, armários, telefones e materiais. Acione a área responsável sempre que notar algum defeito nos equipamentos, instrumentos ou instalações. Lembre-se que é de sua responsabilidade guardar seus equipamentos, instrumentos e ferramentas de trabalho, bem como desligá-los e cobri-los, quando for o caso, antes de sair do local de trabalho. Quando em viagem a trabalho, é de sua responsabilidade a guarda das ferramentas e instrumentos em seu poder. Não é permitida a saída de funcionários da SIL com qualquer tipo de equipamento ou material sem autorização prévia do Coordenador. USO ADEQUADO DOS RECURSOS DA EMPRESA Os recursos da empresa estão dimensionados para atender suas necessidades operacionais, agilizar sistemas de informação, integrar colaboradores, reduzir custos e melhorar a eficiência dos processos. Portanto, utilize-os de forma racional, moderada e com bom senso. SEJA BEM-VINDO Seguindo todas estas recomendações, temos certeza que você poderá executar suas atividades com segurança. Esta é a nossa maior preocupação.

‘‘NOSSA EMPRESA É NORTEADA PELOS NOSSOS VALORES E CONDUTAS’’

Pagina 17


ANOTAÇÕES:


ANOTAÇÕES:



SIL_seguran_a