Page 1

s

na zo ul

Jornal de Coleção • Ano 4 • Nº 44 • MAIO 2012 • 10.000 Exemp. • Tel. (51) 3268.4984 •

DICA DE SAÚDE

Cuide bem do seu coração

A massagem reduz, comprovadamente, a inflamação muscular.

Educação

Ajudando as crianças a se tornarem adultos completos.

CELULITE

Para ser encarada como uma questão de saúde e não só de estética.

A saúde do coração depende do estilo de vida, das relações que mantemos com os demais e as pequenas atenções que lhe dedicamos diariamente.

Distribuição gratuita


Lições de Vida

I

magine-se andando por uma calçada com os braços carregados de pacotes e alguém colide brutalmente com você, fazendo-o cair e esparramando seus mantimentos. Quando você se levanta do meio de ovos quebrados, suco espalhado pelo chão, está pronto para gritar: “Idiota! O que há de errado com você? Está cego?” Mas, bem antes que tome fôlego para falar, você percebe que a pessoa que colidiu com você é realmente cega. Ela também está estirada no meio dos mantimentos espalhados e não consegue se levantar, pois sua bengala está jogada no chão. A raiva pelo tombo passa na mesma hora. Imediatamente seu coração é tomado por uma compaixão e pela demonstração de simpatia e caridade. Você logo se oferece para ajudar a pessoa a se levantar. Com certeza, pede desculpas e se preocupa em saber se a pessoa se machucou, se precisa de cuidados. Esse é um lindo retrato de nossa vida. Quando percebemos claramente que a fonte da desarmonia e da miséria no mundo é a ignorância a respeito da dor e do problema do outro, podemos abrir a porta do coração e permitir que a graça de Deus aconteça em nós e através de nós.

Nossa forma de olhar... Uma das maiores causas – se não a maior – de nosso sofrimento é a maneira como enxergamos a vida e tudo aquilo que nos acontece. Na verdade, não são os

e-mails Envie seu comentário para: zonasul @ jornalbemestar.com.br Gratos

 Adoro o BEM ESTAR. Traz repor-

APRENDA A OLHAR... Na verdade, não são os acontecimentos que nos fazem sofrer. Sofremos pela maneira como olhamos para os acontecimentos. Pe. Léo acontecimentos que nos fazem sofrer. Sofremos pela maneira como olhamos para os acontecimentos. Todo ponto de vista é a vista a partir de um ponto. Quando privilegiamos um ponto negativo, passamos a enxergar tudo com as lentes da negatividade. O pior não está nem tanto no olhar negativo, mas na concentração estragada, encardida do olhar. Precisamos aprender a olhar a vida pela ótica da compaixão. Para isso, necessitamos de alguns exercícios contínuos de aprendizado do olhar: - Olhar a vida como dom e presente a ser cultivado; como graça que precisa ser acolhida com responsabilidade e gratidão. - Olhar a morte com a serenidade de quem sabe por que vive. Aliás, só tem dificuldade de olhar a morte quem não aprendeu a saborear a vida. - Olhar para si mesmo com paciência e generosidade. Às vezes é mais fácil ser generoso

com os outros do que com a gente mesmo. - Olhar para os outros sem as armas que costumamos trazer escondidas no coração: o preconceito, a inveja, o medo, o ciúme. Devemos olhar para os outros como convites para a nossa própria melhora. - Olhar para as coisas dando-lhes o devido lugar. Nada nem ninguém que esteja fora do coração humano é capaz de preenchê-lo. As coisas são instrumentais que nos ajudam, mas não podem ser absolutizadas. - Olhar com caridade para aqueles que nos machucam – caridade suficiente para compreendermos que, assim como nós, são pessoas limitadas, fracas, falhas, sujeitas aos dissabores da vida. - Olhar com gratidão para as pessoas que nos amam, procurando corresponder a elas. Saber-se amado é gota fundamental de cura, em qualquer tempo, para qualquer idade.

Uma visão bem humorada E olhe com humor, pois ele é fundamental para o equilíbrio humano. Ele nos dá a graça de tomarmos distancia de nós mesmos e dos acontecimentos. Ele nos permite colocar todas as coisas em perspectiva e tirar o tom dramático que projetamos nos acontecimentos. O humor ajuda a ver a vida com olhos novos, com novos pontos de vista. O humor realça as incertezas de nossa vida, mostrando-nos que ela não é previsível. Viver é acolher cada dia como novo – completa e absolutamente novo. O humor nos ajuda a perceber que as coisas são relativas. Quem é muito sério e leva as coisas desta maneira acaba se achando muito importante e por isso não gosta do humor, que põe em risco a máscara, a couraça, a casca que reveste o balão do orgulho prepotente. O humor ajuda a desinchar o balão, pois quebra a casca.

Do livro “Gotas de Cura Interior”

LEIA NA PRÓXIMA EDIÇÃO Vivemos hoje a urgência de curar uma ferida fundamental de nossa cultura: o que nos faz falta - paradoxalmente - não é nos sentirmos mais amados, e sim amar com um amor capaz de sentir prazer em coisas com as quais o ego se entedia.

tagens a ver com o dia a dia e maneiras de termos uma vida mais saudável. Patrícia Machado

PORTO ALEGRE ZONA SUL Renato Guariglia Editores - Zona Sul Fábio Ferreira Arte Final Renato Guariglia Comercial Impressão: Grupo Sinos Tiragem: 10 mil exemplares Contato: (51) 3268.4984

 Li o artigo sobre os dois lados da ansiedade e gostei muito. Estou passando por um momento difícil e esta matéria me ajudou a ver as coisas de uma maneira diferente. Parabéns por um jornal de ótimo conteúdo. Cristiane Macedo

zonasul

@

jornalbemestar.com.br CENTRAL BEM ESTAR Informações de Qualidade Ralph Viana Editor Geral Érico vieira Diretor de Relacionamento Max Bof Diretor Administrativo Fábio Ferreira Jaqueline Bica Diagramação Central

 Este jornal é um grande presente que

ganhamos a cada novo número publicado. Suas matérias são ótimas e o astral que comunica ainda maior. Maria Apparecida

 É um jornal dinâmico, de fácil leitura, de muito bons artigos. Tem praticamente todas as informações que precisamos. Jorge Luiz Ragazzon

Jornalista responsável: Max Bof (mtb 25046) Material: Revistas CUERPOMENTE, UNO MISMO, NEW AGE, PSYCHOLOGY TODAY, BUENA SALUD, THE QUEST, PSYCHOLOGIES, SHAMBHALA SUN, MAGICAL BLEND, NOUVELLES CLÉS.

 Achei maravilhoso! Todos os te-

mas, matérias são úteis e de interesse geral. Estamos precisando muito de publicações sérias e construtivas. Isto é cultura e só assim nosso país pode melhorar. Elmir Adelaide Fritsch

É preciso perseverança para mudarmos o nosso olhar. Tem muita coisa que gostaríamos de mudar em nós que só depende de nós, mas que ainda não conseguimos. Há outras em que precisamos de ajuda para podermos ver melhor. Temos que abrir mão do orgulho e aceitar que precisamos mudar.

UMA VIDA PLENA EXIGE BOAS INFORMAÇÕES

BEM ESTAR

Pessoas inteligentes adoram ler. E anunciar.

Informes publicitários, textos e colunas assinadas não correspondem necessariamente à opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.

Que todos os méritos gerados por esse trabalho beneficiem e tragam felicidade para todos os seres.


3 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar

Informações importantes para sua saúde e bem-estar

Remédio Preventivo

Suco Saudável

Tomar aspirina a partir dos 40 pode reduzir risco de câncer.

Apesar do açúcar, suco de laranja pode ser saudável para diabéticos.

A

queles que ingerirem regularmente uma certa dose de aspirina a partir dos 40 anos reduzirão o risco de sofrer de câncer quando forem idosos, afirma estudo divulgado pela organização britânica Cancer Research. Uma equipe de cientistas da ONG explica que a aspirina é capaz de bloquear as enzimas COX, encarregadas de permitir o desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Por isso, se o medicamento for administrado como tratamento preventivo poderia provocar queda no risco de alguém sofrer da doença no longo prazo. Não é a primeira vez que a comunidade científica analisa as propriedades da aspirina na prevenção do câncer, e vários estudos realizados anteriormente sugerem que as pessoas que tomam o fármaco com certa assiduidade desenvolvem maior proteção frente ao câncer de mama, de intestino e de próstata. Outros estudos apontam sua importância na prevenção de AVCs – Acidentes Vasculares Cerebrais. Desta vez, os pesquisadores do Cancer Re-

search UK se basearam nas conclusões de 12 projetos, que contaram com participação de mais de 50 mil pessoas. Apesar das afirmações contidas no estudo, muitos médicos ainda se negam a recomendar a ingestão de aspirina no longo prazo, devido a efeitos colaterais e secundários que podem ser reforçados, como hemorragias intestinais e úlceras estomacais. Os cientistas dizem agora que o tratamento preventivo com aspirinas deve começar a partir dos 40 ou 45 anos, aproximadamente uma década antes da idade na qual os seres humanos são mais propensos a desenvolver câncer. Segundo o professor Jack Cuzick, da Universidade Queen Mary, em Londres, o tratamento é mais efetivo nessas idades porque “é nesse período que começam a ocorrer lesões pré-cancerígenas”. No entanto, Cuzick considera que ainda é cedo demais para se generalizar o tratamento, já que “são necessários mais exames para avaliar quais tipos de pessoas poderiam ser beneficiados pelo próprio”. As informações são da EFE

O

suco de laranja parece ser uma bebida saudável para os diabéticos, apesar de conter uma porção muito calórica de açúcares, segundo endocrinologistas da Universidade de Buffalo. De acordo com eles, os flavonóides presentes na bebida suprimem os radicais livres, que, em grande quantidade, podem danificar os componentes das células e contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes e doenças cardíacas. No estudo com 32 pessoas saudáveis, os especialistas observaram que 300 calorias de glicose induziam ao aumento de radicais livres no sangue e outras respostas inflamatórias, mas isso não acontecia com as pessoas que tomaram a mesma quanti-

STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE

dade no suco de laranja. Ao examinar as causas, eles descobriram que os flavonóides esperetina e naringenina inibiam a geração de radicais livres em 52% e 77%, respectivamente. STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE

Se você oferece qualidade, seu anúncio deve estar aqui.

BEM ESTAR, o jornal de quem gosta e de quem oferece qualidade.


Bem Estar • Nº 44 • Maio 2012 • 4

Vícios Virtuais

Leite e o Ouvido

Crescem o número de notícias e alertas sobre adicção às redes sociais e jogos eletrônicos.

O leite de vaca pode causar otite e problemas na garganta e nariz.

A

‘modernidade’ está cobrando um preço salgado pelas possibilidades e diversões que oferece. Cada vez mais aparecem patologias ligadas ao uso desequilibrado dos computadores. (Já publicamos aqui no BEM ESTAR algumas matérias sobre o tema). E os meios de comunicação não deixam de noticiar pesquisas e fatos insólitos a este respeito. A questão mais comum e preocupante é com relação ao vício que muitas pessoas desenvolvem. Jovens ficam horas e horas na frente do computador, checam seus e-mails com enorme frequência etc. Empresas utilizam softwares na tentativa de evitar que seus funcionários fiquem conectados ao invés de trabalhar e por aí vai. Como a mente se alimenta de excitação, parece que cada vez mais pessoas não conseguem se desplugar de seus monitores. Este mês duas notícias chamaram a atenção e passamos para vocês; VÍCIO - Pesquisa da Universidade de Chicago (EUA) concluiu que é mais difícil uma pessoa deixar de

stock.xchng/divulgação/be

M

usar redes sociais, como o Facebook e o Twitter, do que largar cigarro ou álcool - tidos como altamente viciantes. A instituição pesquisou hábitos de 250 pessoas, que manifestaram os seus principais desejos diários. Esta constatação é a mesma a que chegaram outros estudos, que comparam o uso do computador ao da cocaína. MORTE - Um viciado em jogos que passou 23 horas seguidas jogando “League of Legends” diante de um computador em um cybercafe em Taipé (Taiwan). Chen Rong-yu, de 23

anos, sofreu um ataque cardíaco fulminante. Os outros frequentadores do local demoraram nove horas para perceber que Chen estava morto (estavam tão envolvidos em seus jogos...). Chen estava sentado com as mãos sobre o teclado, com a cabeça baixa. Uma análise revelou que o taiwanês morreu por causa da baixa temperatura, fadiga e por passar muito tempo sentado, noticiou o “Daily Mail”. Assim, observe-se. E reflita: há muita vida fora da realidade virtual. Aproveite a vida ‘ao vivo’!

uito se fala dos problemas causados pela ingestão excessiva do leite de vaca por pessoas adultas. Muitos preconizam que ele deve ser suprimido de nossa dieta. Agora uma nova informação se junta a esta opinião. Problemas constantes de ouvido, nariz e garganta podem ser causados por alergias alimentares, em especial, a certas proteínas do leite de vaca, segundo um estudo apresentado na reunião anual da Academia de Otorrinolaringologia dos Estados Unidos. Doenças como a otite média refratária ou a disfagia orofaríngea – dificuldade para deglutir – geralmente melhoram se certos alimentos são retirados das dietas, comenta a doutora Angela Paddack, da Universidade de Arkansas. “A hipersensibilidade a alguns alimentos é um diagnóstico bastante comum. Algumas crianças apresentam distúrbios gastrointestinais, mas um subgrupo tem problemas de ouvido, nariz e garganta e não melhoram com o tratamento habitual”, acrescenta. “60% das crianças melhoram quando lhes restringem alguns alimentos para determinar se são alérgicos à proteína do leite de vaca”, completa. Essa alergia às proteínas presentes no leite gera uma reação inflamatória semelhante a das vias aéreas superiores, onde um dos sintomas principais é o congestionamento crônico. stock.xchng/divulgação/be


5 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar

Dica de Saúde

Informações simples que podem fazer a diferença para sua vida.

A técnica reduz, comprovadamente, a inflamação muscular. É a primeira pesquisa a utilizar biópsia.

P

esquisadores da Universidade de McMaster, no Canadá, descobriram que uma massagem de dez minutos de duração ajuda a reduzir a inflamação nos músculos. Como um tratamento sem medicamentos, a massagem guarda o potencial de ajudar não apenas os atletas cansados, mas também aqueles que sofrem de inflamações relacionadas a condições crônicas, como artrite ou distrofia muscular, diz Justin Crane, do Departamento de Cinesiologia da Universidade. A massagem é muito bem aceita como uma terapia para aliviar tensões musculares e dores, mas os pesquisadores constataram que ela também aciona sensores bioquímicos que podem enviar sinais de redução de inflamação nas células musculares. Além disso, a massagem sinaliza para o músculo para ele formar mais mitocôndrias, os centros de poder das células que desempenham um papel importante na cura. “O mais importante é que ninguém nunca olhou dentro do músculo para ver

o que está acontecendo com a massagem, ninguém olhou os efeitos bioquímicos ou o que poderia estar acontecendo dentro do músculo”, disse Crane. “Mostramos que os sensores do músculo são esticados e parecem reduzir a resposta das células inflamatórias. Como consequência, a massagem é benéfica para curar um machucado. Crane afirmou que os pesquisadores de McMaster são os primeiros a tomar para análise uma terapia manual, como a massagem, e testar o efeito usando uma biópsia muscular para mostrar como ela reduz a inflamação, um fator subjacente a muitas doenças crônicas. A pesquisa foi publicada na revista "Science Translational Medicine".

O ESTUDO Os pesquisadores acompanharam 21 homens na casa dos vinte anos. Na primeira visita, a capacidade dos homens de se exercitarem foi avaliada. Duas semanas depois, eles fizeram exercícios

numa bicicleta por mais de 70 minutos, até um ponto de exaustão, quando eles não conseguiam pedalar mais. Eles então descansavam por dez minutos. Durante esse intervalo, um massagista aplicava óleo nas duas pernas e fazia o tratamento em uma perna usando uma variedade de técnicas comumente aplicadas em reabilitação. Biópsias musculares eram feitas nas duas pernas e foram repetidas duas horas e meia depois. Os pesquisadores viram que a inflamação diminuiu significativamente na perna massageada. Crane admitiu ficar surpreso que apenas 10 minutos de massagem tivessem um efeito tão profundo: “Não achava que um pouco de massagem poderia produzir uma mudança tão grande, especialmente porque o exercício era muito forte. Setenta minutos de atividade intensa comparado a dez minutos de massagem... ela se mostrou claramente potente. Os resultados sugerem que a massa-

gem age sobre a dor muscular pelo mesmo mecanismo biológico que a maioria dos medicamentos contra dor e pode ser uma alternativa efetiva de tratamento. Crane completou dizendo que a pesquisa mostrou uma ideia falsa muitas vezes repetida: a massagem não ajudou a limpar o ácido lático dos músculos cansados. STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE


Bicho de Estimação

Bem Estar • Nº 44 • Maio 2012 • 6

CUIDADOS PARA EVITAR AS VIROSES

Existem vários vírus que acometem os cães e gatos, e são eles os responsáveis por quase 80% das mortes em filhotes. Saiba como protegê-los desses perigos. Silvia C. Parisi

N

ão apenas os filhotes, mas os adultos, embora mais resistentes, também podem adoecer e correr risco de morte. Alguns proprietários por falta de informação ou por esquecerem alguns detalhes que parecem de pouca importância, sem querer submetem seus animais a situações de risco. Veja abaixo algumas dicas importantes para assegurar a saúde do seu amigo. n Nenhum filhote deve sair à rua ou ter contato com outros

Leah-Anne Thompson/ISTOCKPHOTO/BE

animais antes de completar a vacinação. n Apenas uma ou duas doses de vacina não são suficientes para imunizar o animal. Ele só estará protegido após tomar todas as doses necessárias. n Após ter tomado a última dose de vacina, o animal deverá aguardar um período de 15 dias antes de sair à rua ou ir para um hotelzinho. Esse período é necessário para que o cão ou gato produza defesas (anticorpos) suficientes para a sua proteção.

n Quando for vacinar seu filhote em uma clínica veterinária, não coloque-o no chão ou deixe que ele cheire outros animais da mesma espécie. n Nunca atrase a vacinação anual do seu animal. Se não puder vaciná-lo na data, prefira vaciná-lo antes do vencimento. n Desconsidere atestados de vacina emitidos por canis/gatis quando não constarem a assinatura e o carimbo do médico veterinário ao lado do selo da vacina. No caso de filhotes, recomece a


7 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar vacinação desde a primeira dose. n Alguns criadores, por excesso de zelo ou desconhecimento, aplicam a primeira dose da vacina em animais muito jovens. Dependendo da vacina, ela não trará benefício algum, nem irá conferir proteção. O ideal é iniciar a vacinação a partir de 45 dias de idade ou a critério do veterinário. n Funcionários de pet shops não estão autorizados a aplicar vacinas em animais. Além de você não saber a procedência da vacina e como ela foi conservada, só o médico veterinário poderá analisar se o seu animal está em condições ideais para ser vacinado. A vacina comprada em lojas pode ser mais barata, mas as consequências da má aplicação ou falha vacinal irá custar muito caro para o dono do animal. n Cães e gatos não podem ser vacinados se estiverem no cio, gestantes, com febre, debilitados, com diarreia ou com vermes. Animais que receberem a vacina nessas condições podem não produzir defesas suficientes para sua total proteção.

OUTROS CUIDADOS IMPORTANTES n Nunca coloque um animal, principalmente um filhote, num ambiente que foi frequentado por outro que adoeceu e/ou morreu com alguma virose. Os vírus resistem por mais de 1 ano no ambiente. A desinfecção não garante total eliminação do vírus. Se você teve um cão que morreu de parvovirose ou cinomose,

!

“Cães e gatos não podem ser vacinados se estiverem no cio, gestantes, com febre, debilitados, com diarreia ou vermes, pois podem não produzir defesas suficientes.”

além de desinfetar o ambiente com cloro, deve aguardar no mínimo 1 ano para colocar outro cão na mesma residência. n Sempre que adotar um animal de um abrigo ou recolhê-lo das ruas, procure aguardar 15 dias antes de colocá-lo junto com o outro animal da casa. Após esse período, se o novo cão ou gato não apresentar vômitos, diarreia ou apatia, você terá certeza que ele não estava incubando uma virose. n Filhotinhos adquiridos de canis/gatis devem ter uma “garantia”, em contrato, de 10 a 15 dias contra viroses. Isso significa que, se for constatada uma virose no cão ou gato dentro período, o estabelecimento deverá se responsabilizar pelo animal. Claro que o proprietário do filhote deve assegurar que ele não saia à rua ou tenha contato com outros animais. n Não hospede seu animal em hotéis que não exigem a carteira de vacinação comprovando que o cão ou gato está com a imunização em dia.

n Mesmo com todas as vacinas em dia, não deixe seu cão/gato ter contato com animais sabidamente doentes por viroses. Nenhum laboratório garante 100% de eficácia da vacinação, pois a resposta de cada organismo é diferente. Vacinado, ele está garantido, porém, uma porcentagem muito pequena dos animais pode não produzir defesas suficientes contra os vírus. n Nos dias posteriores à vacinação você pode banhar seu animal, exceto se estiver muito frio. Não deixe que ele tome chuva e fique molhado, principalmente no

inverno. Qualquer queda de resistência do organismo pode interferir no efeito da vacina. n Jamais deixe de vacinar seu cão/gato porque ele nunca sai de casa ou vive em apartamento. Não é impossível você levar os vírus para dentro de sua casa através dos sapatos. Se a carga for grande o suficiente ou seu cão estiver debilitado, ele pode adoecer. Silvia Parisi é médica veterinária STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE


Matéria

coração

Q

Dr. PABLO SAZ

uando se organizam campanhas para prevenir o infarto, o câncer ou enfermidades cardiovasculares, todos os especialistas coincidem em que o importante é modificar hábitos e optar por um estilo de vida mais saudável. Aí a grande pergunta: como? Porque o paradoxo é que este estilo de vida saudável se choca frontalmente com a forma de viver vigente hoje na cultura ocidental. Faltam ideias geniais para mudar a sociedade de massas e seus padrões de conduta de forma não violenta, quase irracional. Mas não é necessário fazer um grande esforço para conseguir viver saudavelmente neste turbilhão. Na realidade, basta adotar alguns bons e saudáveis costumes na nossa vida cotidiana. Neste terreno é onde o movimento do naturismo e sua proposta de estilo de vida, que defende o exercício, a hidroterapia, a dieta vegetariana etc., resulta especialmente eficaz, já que oferece pautas de conduta muito úteis para a prevenção das enfermidades cardíacas.

A melhor prevenção

GUIA

Hábitos que o ajudam a funcionar melhor

Guarde e consul te sempre!

s cuidados com o coração se baseiam sobretudo num conjunto de ações, numa forma de encarar e viver a vida. Essas ações diárias, praticadas de forma regular, são o melhor seguro para a saúde a longo prazo. Neste sentido é importante desmistificar grandes erros da prevenção, fundados em ideias comerciais, que hipervalorizam produtos e não a mudança de vida. Exemplos: a ideia que aspirina previne o infarto. O fato do AAS ter um componente benéfico (leve) não significa que deva ser utilizado automaticamente. Além do mais, a aspirina não está isenta de efeitos secundários, como úlceras e hemorragias. Tampouco se pode recomendar o consumo de vinho ou álcool, em geral, como preventivo, pois estas substâncias em doses mais altas podem provocar dependências e enfermidades. Por outro lado, se comprovou que o consumo abundante e regular de frutas e verduras frescas ajuda a prevenir as enfermidades cardíacas de forma muito mais eficaz que qualquer fármaco. Em seguida te enumeraremos alguns hábitos saudáveis para manter o coração sadio, de forma que você mesmo escolha quais pode incorporar em seu dia a dia.


a de capa

Alimentos antioxidantes O consumo regular de alimentos ricos em antioxidantes, como betacarotenos (provitamina A) e vitaminas C e E, reduz os níveis do colesterol prejudicial à saúde e potencia a mobilização das gorduras das artérias, evitando que se acumulem nelas e obstaculizem o fluxo sanguíneo. Além do mais, a vitamina C dilata os vasos sanguíneos e potencializa a formação de prostaglandinas, uns compostos pertencentes ao grupo dos ácidos graxos, que reduzem o risco de sofrer arteriosclerose e cardiopatias. Vários estudos demonstram também que o consumo habitual de vitamina E melhora de maneira significativa a evolução de alguns enfermos que sofreram crises cardíacas, ou sofreram intervenções cirúrgicas para a implantação de marca passos. São alimentos ricos em antioxidantes: a cenoura, abacate, espinafres, as verduras de folhas verdes (acelgas, alface, brócolis), os cítricos (laranja, limão), tomates em geral, a maioria das frutas de cor laranja e hortaliças. E também o azeite de oliva virgem, as nozes e pinhões e as sementes. Escolha os que mais te apeteçam e incorpore-os à sua dieta habitual.

Yoga e exercícios físicos Está mais que demonstrado que os exercícios fí-

sicos fazem trabalhar o coração e contribuem para regularizar as secreções hormonais e diminuir a pressão arterial. Mas os exercícios mais para manter o coração em boa forma, tanto do ponto de vista preventivo como terapêutico, se incluem dentro das técnicas de Yoga, que permitem aumentar a serenidade e o controle sobre o próprio corpo, liberar a tensão e manter um bom ritmo cardíaco. De fato, o yoga físico, o controle da respiração, a relaxação e a meditação são as técnicas mais utilizadas nos programas de recuperação cardíaca. Com relação a atividades esportivas, as melhores para a saúde cardiovascular são as fazem trabalhar todos os músculos do corpo de forma harmoniosa, como nadar ou caminhar. Caminhar diariamente por pelo menos meia hora é um ótimo costume para manter o coração em forma.

Mais fibras e menos sal As fibras solúveis presentes na aveia, nos legumes e nas frutas fazem diminuir o nível total do colesterol prejudicial para a

saúde, o LDL, ou lipoproteína de baixa densidade, que se CUIDE DELE acumulam nas artérias e dificultam a circulação sanguínea. Por isso é recomendável aumentar a presença de alimentos ricos em fibra natural e seguir uma dieta com menos sal, o que ajuda a diminuir a pressão arterial. Isto é particularmente importante, pois sabe-se que a quantidade de sal ingerida atualmente é muito maior que a recomendável e um forte componente de risco para a saúde.

Contato com a água Submergir-se na água – nadar ou fazer algum exercício aquático -, ou aplicarse duchas de água fria e quente de forma alternada e regular, constitui um bom exercício para a saúde cardiovascular, porque melhora a circulação venosa periférica e aumenta o fluxo de sangue que chega ao coração. Além do mais, tonifica os músculos de todo o corpo. De fato, existem técnicas de hidroterapia específicas para o tratamento dos transtornos cardiovasculares que se podem aplicar imediatamente depois de ter sofrido um infarto.

Nos melhores Lugares

O BEM ESTAR é distribuído em locais selecionados, frequentados por um público especial, de ótimo poder aquisitivo, e exigente com relação à qualidade do que escolhe. O BEM ESTAR é oferecido gratuitamente em mais de 250 pontos de distribuição. É também entregue em mãos de empresários, profissionais liberais, comerciantes, agentes culturais, educadores etc.

ANUNCIE (51) 3268.4984

a


Matéria Vitaminas do grupo b O consumo regular de vitaminas do grupo B – B6, B12 e ácido fólico (B9) se associa a um menor risco de cardiopatias. Vários estudos comprovaram que a incidência desses problemas podem reduzirse em até 50%. Estas vitaminas são essenciais para controlar o nível de homocisteína no sangue, um composto que agrava a arteriosclerose, ou endurecimento das artérias (que aumenta o risco de sofrer enfermidades coronárias) Quando a dieta é pobre nessas vitaminas, os níveis de homocisteína se elevam. São alimentos ricos nestas vitaminas: germe de trigo, pimentão, couves de bruxelas, couve-flor, brócolis, levedura de cerveja, algas marinhas, dentre outros.

Suco de uvas pretas

GUIA

Segundo estudos, o consumo diário de entre 200 e 275 gramos de suco de uvas pretas atua sobre as plaquetas, reduzindo a probabilidade de formação de coágulos causadores de ataques cardíacos. A uva é rica em substâncias antioxidantes, especialmente fla-

Guarde e consul te sempre!

Bem Estar • Nº 44 • Maio 2012 • 10

de capa

vonóides (antocianidinas, taninos) que, além do mais protege os vasos sanguíneos, prevenindo a arteriosclerose e a fragilidade capilar, e reforçam as defesas do organismo.

Produtos de soja O consumo habitual de soja e seus derivados é considerado um fator protetor contra as enfermidades cardíacas, já que ajuda a reduzir o nível de colesterol. Diversos estudos demonstram que em poucas semanas pode-se conseguir que os índices de colesterol diminuam cerca de 15% com seu consumo. Além do mais, a ingestão regular de soja e outros legumes contribui para equilibrar a dieta, ao aumentar o consumo de fibras e proteínas de origem vegetal.

Frequentemente levantamos um muro de proteção frente às emoções e sentimentos que podem nos causar sofrimento. Esse muro faz com que nosso coração se torne insensível às emoções, mantendo um circuito fechado às reações de medo, o que provoca um mal estar contínuo.

Expressar as emoções Poetas, escritores e músicos se referem ao coração como o lugar dos afetos mais ternos, um fato que tem sua lógica, já que situações que nos produzem dor emocional ou afetam nosso estado de ânimo alteram o ritmo cardíaco e o sistema respiratório. Por isso, como qualquer animal reage ante o perigo, frequentemente levantamos um muro de proteção frente às emoções e sentimentos que podem nos causar sofrimento. Esse muro faz com que nos-

CUIDE DELE

so coração, aceitar nossos sentimentos e expressá-los. Muitos creem que isto nos torna vulneráveis, mas na realidade acontece exatamente o oposto, pois a tensão liberada nos torna mais saudáveis e fortes. É importante, pois, identificar o que sentimos e escutar aos demais. A co-escuta é uma forma terapêutica fundamental, utilizada nas enfermidades cardíacas.

a

PABLO SAZ é médico naturista, espanhol. Publicado em CUERPOMENTE

Para saber mais Bibliografia Básica

n

Recupere o Coração Dean Ornish n

so coração se torne insensível às emoções, mantendo um circuito fechado às reações de medo, o que provoca um mal estar contínuo. Para nos libertar, temos que abrir nos-

Coração, Órgão de Risco Paolo Bavastro

n Alimentos que Combatem a Dor Neal Barnard


11 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar

Não te isoles, abra-te aos demais O Dr. Dean Ornish, pioneiro em terapias e programas de recuperação para enfermos com cardiopatias, assegura que a amizade, o amor e o apoio de outras pessoas são elementos fundamentais para a saúde do coração.

A

s últimas investigações em cardiopatias fortalecem a tese de que, além das causas estritamente físicas, esses transtornos comportam uma enfermidade espiritual e emocional do coração, produto de um estilo de vida que hiper valoriza o individualismo e a competitividade, que fazem cada vez mais isolar as pessoas. E a prova é que a maior parte dos afetados reconhecem sentir-se sós e ter uma sensação de vazio em sua vida, que tentaram preencher com mil coisas: dinheiro, trabalho, mais poder e sexo. Todos passaram por isso, mas quando conseguem um desses objetivos se dão conta que o vazio continua e de que o único que conseguiram realmente foi acumular mais estresse. Em lugar de ganhar mais respeito e amor,

frequentemente atraíram dívidas e invejas. Isso reforça sua visão do mundo como um lugar hostil e agressivo. Por isso, especialistas como o Dr Ornish, uma das maiores autoridades americanas no tema, consideram que umas das chaves para manter o coração em boa forma é estabelecer relações sólidas de afeto e amizade com os demais. Saber que contamos com o apoio dos outros é uma necessidade primordial do ser humano, que o ajuda a sobreviver, algo que se comprovou em situações limites. Além do mais, as terapias em grupo de enfermos cardíacos comprovou que as relações pessoais que se estabelecem entre eles contribui de forma decisiva para a melhor evolução de seu bem-estar físico e espiritual.

“Em geral, as mães, mais que amar os filhos, amam-se nos filhos.” Friedrich Nietzsche

“Quando você é mãe, você nunca está realmente sozinha em seus pensamentos. “ Sophia Loren

“O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo.” Agatha Christie

“O coração de uma mãe é um abismo profundo em cujo fundo você sempre encontra perdão.” Honoré de Balzac

“O amor de mãe é paz. Ele não precisa ser adquirido, não precisa ser merecido.” Erich Fromm

“Mãe é o nome de Deus nos lábios e corações das crianças pequenas.” William Makepeace Thackeray

“Uma garotinha, perguntada onde era sua casa, respondeu, onde minha mãe está.” Keith L. Brooks

“Uma boa mãe vale por cem professores. “ George Herbert

“O coração da mãe é a sala de aula do filho.” Henry Ward Beecher

“Mãe é aquela pessoa com quem contamos para as coisas que importam acima de tudo. “ Katharine Butler Hathaway

“No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo.” Rajneesh

“Amamos as nossas mães quase sem o saber e só nos damos conta da profundidade das raízes desse amor no momento da derradeira separação.” Guy de Maupassant

“Os braços de uma mãe são feitos de ternura e os filhos dormem profundamente neles.” Victor Hugo

Ao ligar para os anunciantes, identifique-se como leitor do BEM ESTAR. Assim você nos ajuda. E receberá uma condição especial.


Dicas

de

Educação

Bem Estar • Nº 44 • Maio 2012 • 12

Ajudando as crianças a se tornarem

ADULTOS COMPLETOS Educar filhos é um desafio e uma arte. Aqui alguns toques interessantes para serem pensados e utilizados no dia a dia. n Presença - Esteja presente para elas. Planeje ter apenas o número de filhos que você possa dar uma atenção individual constante e de qualidade. Lembrese de que seu objetivo é dar a eles energia suficiente para que façam sozinhos, como adultos, a transição para a totalidade. n Espiritualidade - Tra-

te essas pequenas pessoas como seres espirituais com um destino a realizar. Você pode dar a elas uma ajuda inicial na vida, mas não pode controlar o destino delas.

n Respeito – Antes de mais nada, respeite-as. Fale com elas como seres humanos possuidores de um eu superior. “Oi, filha. Parece que você está se divertindo hoje. Tudo bem com você?” n Direitos - Reconheça que as

crianças têm direitos: saber a verdade, ser protegida, aprender a ser um adulto. n Cuidar-se - Insista em ensinar a elas os comportamentos que beneficiam a saúde e a segurança delas. “Sempre devemos usar o cinto de segurança.” n Limites - Estabeleça limites claros enquanto elas estão sob seus cuidados e supervisão. “Se algo inesperado acontecer, telefone imediatamente para mim, não importa o que seja.” n Transparência - Seja claro a respeito da sua opinião sobre determinados assuntos. Por exemplo: “Acho que é importante lembrar que as outras pessoas têm o direito de viver a vida delas de uma maneira diferente da nossa.”

Receptividade - Seja receptivo às necessidades individuais delas, sabendo que elas nasceram com questões individuais para serem trabalhadas. Embora a proteção e o carinho dos pais sejam as influências mais significativas sobre a criança, certamente não são as únicas. Certa mãe nos contou: “As professoras do jardim de infância do colégio onde meu filho de quatro anos estuda acham que ele talvez precise de uma educação especial porque não está se relacionando com as outras crianças nem se comunicando com facilidade. Acho que ele é até mais retraído e tímido do que eu era na idade dele. Meus pais estavam sempre me forçando a sorrir mais e a ser mais extrovertida. Eles faziam eu sentir que meu ‘ser eu’ não era adequado. Não quero repetir aquele ciclo”.

n

“Forneça a elas explicações condizentes com o nível de maturidade delas sobre as escolhas que você estiver fazendo no momento. Por exemplo: Vamos nos mudar para uma outra cidade. Vamos procurá-la no mapa e conversar a respeito do que podemos encontrar lá.”

Anna Bryukhanova ISTOCKPHOTO/BE

ENQUETE

Hands On: Inglês sob medida! NOS DÊ UM VISÃO AMPLA DA EMPRESA E O QUE AS PESSOAS PODEM ESPERAR DA HANDS-ON A Hands On tem um perfil diferente. Coloca-se como uma “oficina de inglês” pelo fato de que o aluno junto com o professor monta seu próprio curso. Ele co-cria seu curso, diz quais seus objetivos, seus assuntos de interesse e o jeito que melhor aprende. QUAIS OS DIFERENCIAIS DA HANDS-ON? O curso de inglês é feito sob medida para o perfil de cada aluno e segue seu próprio ritmo de aprendizagem. QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS RAZÕES QUE A LEVARAM A ABRIR A EMPRESA NA ZONA SUL? Moro na zona sul há nove anos,

quando comecei meu trabalho como professora particular de inglês. A partir dos frutos que fui colhendo, senti que este era o momento de montar um espaço apropriado, podendo assim oferecer um serviço diferenciado para a nossa comunidade. CONTE-NOS UM POUCO A RESPEITO DA SUA HISTÓRIA E DO PORQUE TER INICIADO ESTE NEGÓCIO? Vivi treze anos nos Estados Unidos onde me formei em Pedagogia. Em 2003 voltei para o Brasil e percebi que havia uma grande demanda de pessoas que necessitavam o aprendizado da língua inglesa de uma maneira personalizada. SE ALGUÉM ESTIVER PROCURANDO POR SERVIÇOS QUE VOCÊ OFERECE, QUAL CON-

SELHO VOCÊ PODE DAR PARA AJUDÁ-LOS A FAZER A MELHOR DECISÃO DE COMPRA? Pense em quais são seus verdadeiros objetivos quais são seus verdadeiros motivos para o aprendizado de inglês e, principalmente, quanto do seu tempo e de sua energia está disposto a investir. Isso é muito importante para o atingimento dos objetivos. O professor ou a escola, por melhor que sejam não podem produzir resultados sozinhos. QUAIS SÃO NESTE MOMENTO AS PROMOÇÕES OU EVENTOS DA HANDS-UP: Agende uma aula experimental gratuita e entre em contato pessoalmente com esta nova proposta.


13 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar

Dicas

de

Educação

n

Necessidades - Compartilhe seu

processo espiritual até onde for apropriado para a idade delas. “Mamãe precisa agora de quinze minutos de silêncio. Preciso me sentar de olhos fechados e ter pensamentos tranquilos.” n

Adequação - Forneça a elas explica-

ções condizentes com o nível de maturidade delas sobre as escolhas que você estiver fazendo no m omento. Por exemplo: “Vamos nos mudar para uma outra cidade. Vamos procurá-la no mapa e conversar a respeito do que podemos encontrar lá”. n

Aceitação - Esteja aberto a permitir

que elas modifiquem sua ideia da realidade esteja disposto a aprender com elas. n

Anissa Thompson/STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE

“Lembre-se de que as pessoas só avançam em direção a novos níveis num ambiente onde encontram apoio. Ridicularizar, humilhar e aplicar castigos físicos não são técnicas educativas aceitáveis.”

Participação - Discuta os assuntos

ou problemas familiares. Guardar os problemas para si mesmo nega ao seu filho a verdade do que está acontecendo e qualquer sabedoria que você seja capaz de partilhar sobre o assunto. O tom deste tipo de discussão deve evitar quaisquer elementos de “coitadinho de mim” e ser apropriado à

faixa etária da criança. Por exemplo: “Eu sei que você vem nos pedindo sapatos novos. Ainda não os compramos porque estamos gastando todo nosso dinheiro com a casa. Vamos sentar juntos e ver como podemos economizar dinheiro para comprar os sapatos e quanto tempo isso vai levar. Que tipo de sapato você tem em mente?”. Traga as crianças para o problema e dê a elas a oportunidade de participar da solução. n Tarefas - Dê às crianças papéis e tare-

fas significativas no âmbito dos afazeres domésticos. Não faça tudo para elas. Estudos demonstraram que as crianças que têm a experiência de serem capazes de dominar tarefas importantes têm uma saúde melhor e desenvolvimento mais acelerado.

n Recursos - Não vá rápido demais em

socorro delas. É óbvio que não estamos nos referindo aqui a situações de vida ou morte! Mas de um modo geral, as crianças são bem mais capazes do que achamos que elas são.

Dê-lhes a oportunidade de aprender com as próprias quedas, sem fazer com que elas se sintam fracas, tolas ou inúteis. n Reflexão - Estimule-as a perguntar o que aconteceu na situação, o que elas sentiram ou aprenderam a respeito dela, e o que fariam diferente da próxima vez. Abstenhase de exaurir a energia delas e fazer comentários críticos. Reconheça que a vida depende de corrermos alguns riscos e termos alguns fracassos. A experiência é com frequência um melhor professor do que as explicações autoritárias dos pais. n

Apoio - Lembre-se de que as pessoas

só avançam em direção a novos níveis num ambiente onde encontram apoio. Ridicularizar, humilhar e aplicar castigos físicos não são técnicas educativas aceitáveis.

Escuta - Seja receptivo ao ponto de vista da criança. Seja um bom ouvinte e não pressuponha que você já sabe do que ela

n

“Não se esqueça de que seus filhos serão importantes reflexos das suas questões. Esteja disposto a reparar como o comportamento deles pode estar lhe mostrando algo que você precisa saber a respeito de si mesmo.” está falando.

Humor - Encoraje seus filhos a terem um senso de humor que não se baseie em ridicularizar os outros.

n

Estímulos - Elogie e estimule com frequência. “Você é realmente uma pessoa responsável. É ótimo ver você se levantar de manhã, chegar ao colégio na hora e ainda ser capaz de preparar seu lanche.”

n

n Espelho - Não se esqueça de que seus

filhos serão importantes reflexos das suas questões, e esteja disposto a reparar como o comportamento deles pode estar lhe mostrando algo que você precisa saber a respeito de si mesmo.

n Finalizando - As coisas mais importantes que você pode fazer para apoiar seus filhos e a si mesmo é escutar o que eles dizem, levá-los a sério e reconhecer o valor pessoal deles. Extraído de “A Ética Interpessoal: Uma Nova Perspectiva dos Relacionamentos” (Guia de Leitura de “A Profecia Celestina”)


Beleza Natural

Bem Estar • Nº 44 • Maio 2012 • 14

CELULITE

PREVENIR E TRATAR A celulite deve ser encarada e tratada como uma questão de saúde e não só estética. Conheça hábitos alimentares que ajudam a combatê-la.

M

á alimentação e hábitos de vida descuidados provocam uma série de disfunções em nosso corpo, e a celulite é uma delas. A implantação de novos hábitos alimentares e de um estilo de vida mais saudável trará saúde para o organismo e uma melhora na celulite. Eliminar toxinas do organismo; melhorar as funções digestiva e intestinal; suprimir alimentos alergênicos; incluir na dieta nutrientes que estimulem a formação das fibras de colágeno e reduzir o estresse são condutas que ajudam a combater a celulite, especialmente, e trazem muito mais saúde para o corpo como um todo.

DICAS DIRETAS Veja algumas sugestões que reDenis Raev/ISTOCKPHOTO/BE

percutirão diretamente na celulite. Hidratação - Devemos ingerir no mínimo dois litros de água por dia. Sucos de frutas orgânicas, infusão de ervas e água de coco também são boas alternativas. Sal - Reduzir o consumo de sódio ajuda a evitar a retenção de líquidos. Para isso é recomendável diminuir sal, enlatados, conservas, embutidos e industrializados. Temperos - Use mais os sabores de temperos naturais como orégano, salsa, cebolinha, manjericão e açafrão, que têm antioxidantes. E vale trocar o sal comum pelo light. Cafeína e álcool - São outros itens que devem ser evitados, já que causam a constrição de

pequenos vasos sanguíneos, favorecendo o inchaço. Intestino - Zele pela saúde do seu intestino. Além da constipação (prisão de ventre), tratada com a ingestão de fibras, há a disbiose intestinal. Nesse transtorno, causado por uso indiscriminado de antibióticos, antiinflamatórios e anticoncepcionais, estresse e exposição a alimentos alergênicos, as bactérias da flora normal ficam em minoria, debilitando o organismo. Os primeiros passos para o tratamento são excluir alimentos alergênicos como trigo, leite, amendoim, soja, ovo, frutos do mar e milho, e usar suplementos de probióticos, fontes de bactérias boas que fortalecem a microbiota intestinal.


15 • Nº 44 • Maio 2012 • Bem Estar

Beleza Natural

AZEITE NA BELEZA Um recurso eficaz, usado desde a antiguidade, volta ao foco e é utilizado por muitas pessoas.

Q

!

“Inclua frutas e legumes com bastante água na dieta, como abacaxi, melancia, cítricas, pepino e salsinha, que hidratam e desintoxicam. Outro grupo de substâncias indicadas são as ricas em silício, mineral envolvido na produção de colágeno. Aveia e chá de cavalinha são boas fontes.”

Sugere-se a inclusão de frutas e legumes com bastante água na dieta, como abacaxi, melancia, cítricas, pepino e salsinha, que hidratam e desintoxicam. Outro grupo de substâncias indicadas são as ricas em silício, mineral envolvido na produção de colágeno. Aveia e chá de cavalinha são boas fontes. Experimente incluir nos sucos, no lugar da água, a infusão da cavalinha, e usar a aveia em flocos em saladas de frutas. Antioxidantes - O cardápio anticelulite inclui itens antioxidantes, como uva escura, azeite de oliva extravirgem, STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE

óleos de semente de abóbora e macadâmia, cacau, castanha-do-pará, amora, framboesa e mirtilo, que melhoram a circulação e a textura da pele. Vitamina A - Dois outros grupos importantes são os dos alimentos ricos em vitamina A (tomate, cenoura, vegetais escuros) e C (frutas cítricas, acerola, morango, goiaba, caju). Eles estimulam a produção de colágeno, que melhora a elasticidade e a firmeza da pele. O ômega 3 (salmão, sardinha, semente de linhaça) também ajuda, por interferir no acúmulo de gordura.

uando a atriz Isis Valverde declarou que passa azeite nos cílios para hidratar e retirar restos do rímel, criou-se um burburinho em torno desta prática, como se fosse uma novidade. Mas segundo o livro Beleza do Século, há cinco mil anos, as mulheres egípcias descobriram os efeitos benéficos do azeite de oliva para a pele e passaram a utilizá-lo como emoliente. O azeite possui vitaminas A, D, K e E. Quando ingerido, previne doenças cardiovasculares e evita o acúmulo de gordura abdominal. Externamente, ajuda a retardar o envelhecimento da pele. Por todas essas propriedades, ele se revelou como um importante recurso da cosmética. PARA OS CABELOS, o azeite ajuda a amaciar e tratar as pontas desidratadas, além de selar os fios. Uma das estrelas da marca Victoria’s Secret, Miranda Kerr, costuma colocar umas gotinhas do óleo na palma da mão e aplicar nas pontas ressecadas antes de dormir. Por ser um produto muito oleoso, não convém passar o azeite desde o couro cabeludo. Para isso, dê preferência aos shampoos e condicionadores com oliva em sua fórmula. NO CORPO, o óleo de oliva pode ser usado para uma tradicional massagem relaxante, aquecendo levemente o azeite e espalhando com movimentos circula-

res. Para uma hidratação profunda, use uma bucha vegetal e lave com água morna. O azeite ajuda a purificar a pele, acalmando as sensíveis e melhorando a elasticidade. Passar o azeite puro no rosto pode ser complicado porque sua oleosidade pode ajudar na formação de cravos e espinhas, principalmente em peles muito oleosas. Atualmente, marcas conhecidas desenvolveram seus cosméticos com base de oliva que iluminam, previnem rugas e hidratam peles mais ressecadas. Melhor dar preferência a esses produtos já prontos.

STOCK.XCHNG/DIVULGAÇÃO/BE


Jornal Bem Estar Zona Sul maio 2012  

Jornal Bem Estar Zona Sul maio 2012