Page 1

ÃO

Informativo Bimestral Shineray Ano 01 - n. 02 - Maio, Junho e Julho

DESTAQUE

ACONTECE

NOVO NO PORTIFÓLIO

MONTADORA: Concretizando uma meta

Bravo 200

Os sinais de reação do mercado de duas rodas nos últimos três meses traz boas perspectivas para o setor que pode resultar em incremento de 14,7% neste ano. E diante deste cenário, a Shineray Motos investe na ampliação do seu mix de produtos com o Bravo 200, que integra a linha de quadriciclos que já conta com os modelos Future 150 e Strong 250. O Bravo 200, que alia beleza e força para trabalho e lazer, é o segundo lançamento da Shineray em seis meses, que comemora o sucesso do lançamento anterior, a Jet 50. Nesta tendência de produtos funcionais e comerciais, nos preparamos para ampliar nossa atuação no mercado com uma linha de bicicletas elétricas, que deve chegar ainda este segundo semestre. Serão pelo menos três modelos diferenciados para atender uma demanda identificada de consumidores. “A Shineray está sempre oferecendo produtos equiparados aos produtos premium, com preço e facilidade de pagamento. Somos o primeiro preço do mercado. Além de oferecer produtos com design, os preços facilitam o consumo. O poder de escolha traz vantagens frente as outras marcas que oferecem normalmente 1 ou 2 modelos, enquanto nós oferecemos um leque maior, como por exemplo, no segmento de ciclomotores, que conta atualmente com sete modelos”, destaca nosso gerente comercial e de marketing, Mário Guimarães.

Estamos avançando para uma grande realização com a nossa montadora em Suape, único entre as dez principais marcas do Brasil fora da Zona Franca de Manaus. Recebemos a licença de funcionamento da nossa montadora, pela prefeitura do Cabo, em obras pela Pernambuco Construtora, que já envolve hoje 120 profissionais no processo. O projeto, com previsão de conclusão no primeiro trimestre de 2014, já ultrapassou os 30% da construção e ocupa uma área de aproximadamente 156 mil m² com 60 mil m² em área construída. “Estamos concluindo a montagem das estruturas pré-moldadas e iniciando a montagem da estrutura metálica da coberta. E, de março até agora, foram concluídas as fundações e estruturas pré-moldadas de alguns prédios (vestiário e refeitório)”, informa Murilo Monteiro, engenheiro responsável pelas obras. A abertura do futuro parque fabril reforça o poder da marca no mercado. O empreendimento deverá começar com uma produção de 93 mil unidades por ano e alcançará uma capacidade de 180 mil unidades, quando em plena operação. “Oferecemos ao mercado sem sombra de dúvida o primeiro acesso ao transporte particular, com facilidade de preço e dirigibilidade, grande variedade de modelos e cores. Nossos produtos apresentam design modernos e arrojados, acompanhando as tendên- cias que ocorrem no mundo, com baixo consumo de combustíveis”, lembra Paulo Perez, nosso diretor executivo.


RH

Vamos valorizar a competência? 1. Saber o conceito (qualificação) – conhecimento 2. Saber fazer (experiência funcional) – habilidade

No conceito tradicional, a palavra competência diz respeito a capacidade de resolver problemas, aptidão e habilidades. Mas no ambiente empresarial a palavra ‘competência’ possui o sentido de “tomar a iniciativa e assumir a responsabilidade diante das situações profissionais com as quais nos deparamos” – segundo o sociólogo francês Philippe Zarifian. Para Carlos Hilsdorf, consultor de empresas, competência é a soma da habilidade com a atitude. Ou seja, é ter habilidade (conhecimento e capacidade técnica) juntamente com a atitude, que nesse caso não é simplesmente agir, mas sim ter uma ação adequada a cada situação. Então podemos compreender competência como uma ação que agregue valor diante de novas situações. E, desta forma, Hilsdorf diz que o significado de competência pode ser determinado a partir de três importantes critérios reais:

3. Saber agir (capacidade de obter resultados) – atitude “Portanto, competência pode ser entendida como uma ação fundamentada e assertiva frente a novos desafios! Esta ação deve agregar valor econômico para a organização e social para o indivíduo. Competência é um potencial disponível para enfrentar os desafios futuros”, diz Hilsdorf. Mas, é essencial ter em mente que este conjunto de qualidades que determinam a competência de um profissional deve estar alinhado com a estratégia adotada pela empresa, porque só assim o trabalho terá a produtividade e adequação certa dentro do negócio em que atua. E é assim que se formam também líderes. “Contudo, evite as armadilhas. Não fique preso apenas àquilo em que você é bom; vá mais longe e assuma desafios. A atitude de ampliar continuamente suas competências será sempre a maior de todas elas”, frisa o consultor.

CIPA Uma garantia para o trabalhador Trata-se de um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente e de todos os aspectos que afetam a saúde e segurança do trabalhador. A CIPA surgiu depois de ser percebido um crescente número de acidentes e doenças típicas do trabalho em todos os países que se industrializaram. A comissão, formada por trabalhadores escolhidos por meio de eleições diretas e anuais, é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e pela Norma Regulamentadora 5, contida em portaria baixada pelo Ministério do Trabalho. O objetivo básico da comissão é fazer com que empregadores e empregados trabalhem conjuntamente na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho. A preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador são duas causas pelas quais a comissão luta. Das ações da nossa CIPA realizadas até agora, destacam-se a troca dos espelhos dos banheiros masculino e feminino, para garantir a segurança do trabalhador, e a instalação de ventiladores na área de lazer, com o objetivo de melhorar o bem-estar dos empregados. 2

PES Com apenas 9 meses, o PES vem mostrando resultados Apesar de pouco tempo em vigor, o PES está melhorando a nossa forma de pensar. E já mostra resultados! Em 2012, demos início ao Projeto de Auditoria Externa na Shineray, realizado pela Consultoria Ernst & Young em parceria com toda equipe Contábil/Fiscal da Shineray. Um dos grandes benefícios que a auditoria traz, além de verificar a exatidão das demonstrações contábeis, é que o auditor divide a responsabilidade com o contador, administrador ou sócio da empresa, da veracidade e confiabilidade dos números que estão demonstrados no balanço patrimonial das empresas do grupo. A auditoria, independente das demonstrações contábeis, realiza um conjunto de procedimentos técnicos para que seja emitido um parecer sobre a adequação de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade e a legislação específica no que for pertinente. "O parecer da Auditoria destina-se, em geral aos acionistas, diretores, administradores, analistas de mercado, entidades financeiras, dando confiabilidade aos números auditados, que possui grande relevância e importância para a tomada de decisão corporativa e empresarial", disse a gerente contábil e fiscal da Shineray, Patrícia Barbosa. Entre junho de 2013 e Outubro de 2013, a Shineray está realizando a revisão geral dos processos contábeis/financeiros, para que tenha, ao final do exercício 2013, o resultado auditado por empresa independente.

O A M E N T P L A N E J

É G I C O E S T R A T

A Y S H I N E R


PERFIL

Um exemplo de perseverança e competência Contamos com mais um modelo na Shineray que reflete o nosso comprometimento no mercado e na atuação no grupo: José Edson Medeiros, carinhosamente conhecido por Edinho. Nosso diretor comercial tem muita história para contar e uma trajetória de trabalho que demonstra o quanto podemos alcançar com metas concretas em nossa mente. Começou a trabalhar aos 12 anos dirigindo veículos leves. Entre 14 e 15 anos, passou a rodar com carros de passeio e veículos pesados (como caminhões e carretas), não demorou muito a entrar para o transporte rodoviário de cargas em geral (como açúcar, ferro e aço). Aos 16 anos já viajava para fora do estado circulando pelo Nordeste e Sudeste do país. “Comecei a trabalhar dirigindo e aos 19 anos já tive condições de comprar o meu primeiro caminhão. Depois, adquiri outros até montar uma pequena transportadora”, lembra ele, que apostou na investida para proporcionar melhores condições para a família, com a chegada do primeiro filho. "Ser pai aos 18 anos foi um fator influente para alcançar novas conquistas porque quando isto acontece você vai atrás de novos horizontes", frisa Edinho. A vontade de construir um legado para a família não parou aí. Edinho resolveu ampliar seus negócios e comprou aos 25 anos um posto de gasolina, passando a ser revendedor de combustíveis. Foi expandindo o negocio ate chegar a uma rede de postos no Grande Recife, interior de Pernambuco e na Paraíba. "Nesta época, 1996, montou-se a Total Distribuidora e passei a fazer parte da empresa como diretor comercial até 2003", diz ele. Os negócios cresceram e deu-se inicio as operações de importação de diversos produtos, inclusive as motocicletas Shineray.

"Hoje, estamos com a Total Máquinas, que mexe com máquinas e tratores, a Shineray Motos e a Shineray Automóveis. Um trabalho constituído com meus sócios Marcos, Paulo, Rômulo e Alberto, que me motivaram e motivam até hoje e influenciando o bom desenvolvimento desses projetos", comenta ele. Focado hoje mais nas questões técnicas e operacionais do grupo, encara todos os dias os desafios que o trabalho apresenta. Detalhes que influem diretamente nas vendas e no relacionamento pós-venda junto aos clientes. "Este é um trabalho minucioso que envolve desde o recebimento do produto para estocagem até a entrega nas concessionárias, para que tudo chegue ao consumidor com total qualidade. Assim como é importante o cuidado com a distribuição, temos que nos preocupar com a qualidade da montagem e da ativação dos nossos produtos até nas oficinas", pontua. Quando não está trabalhando, Edinho encara ainda outro importante desafio: o do conhecimento. Depois da longa jornada na empresa, ainda encara cursar o Mini MBA de Gestão Empresarial da Km Consultores (empresa do Grupo Cedepe), onde amplia o que observa na prática com o que se conhece na teoria. O trabalho de Coaching realizado com a profissional Lílian Barbosa, da Cozex, foi um grande estimulador desta nova etapa. Um investimento para os negócios e o futuro dele, que após 20 anos longe dos estudos volta

José Edson Medeiros - Edinho

às salas de aula. E mais um investimento para contribuir com os avanços da empresa, que atualmente já tem um perfil traçado. "Os produtos Shineray possuem maiores facilidades de acesso às classes C, D e E, onde os usuários são assalariados, profissionais liberais e autônomos que precisam de um produto para trabalho e lazer". Quando não está envolto no trabalho e nos estudos, gosta de curtir uma boa partida de futebol. Mas, independente de qualquer coisa, este profissional que não mede esforços na hora de arregaçar as mangas, tem a certeza de estar construindo um futuro e um legado. “Sinto-me realizado por todo o patrimônio que construí ao longo da vida. E, em relação ao lado social, sinto-me bem ao lado de minha família e amigos”, frisa. “Me sinto um homem bastante realizado em todos os campos”. 3


MARKETING Um festival de sucesso

O projeto itinerante, Shineray Fest, vem promovendo a prática de wheeling com exibição de manobras radicais com motos e quadriciclos. Voltado aos usuários de motocicletas de baixa e médias cilindradas, a iniciativa também realiza palestras educativas e orientações sobre direção defensiva, leis de trânsito e uso de equipamentos de segurança. Com isso, o projeto agrega também uma preocupação social ao debater a im-

portância dos equipamentos adequados, boa manutenção do veículo e a pilotagem racional, com vista à redução de acidentes de trânsito com motos. A iniciativa é realizada em parceria com o nosso piloto de testes, Halley Amorim, atleta paraibano que é bicampeão brasileiro de wheeling, e vem correndo todo o Nordeste, em datas programadas. O Shineray Fest já passou com sucesso pelas cidades pernambucanas de Barreiros (fevereiro), Salgueiro e Serra Talhada (abril) e Arcoverde e Petrolina (Julho). As próximas edições estão na agulha para acontecer em Aracaju-SE, Limoeiro do Norte-CE, Sobral-CE, Tianguá-CE, Juazeiro do Norte-CE e Presidente Dutra-MA.

Marcando Território

Confiantes no mercado, estamos cada vez mais ampliando nossa presença pelo país afora. E a prova disso é que ampliamos o número de concessionários Shineray Motos para cerca de 150. Depois da inauguração das concessionárias Ásia Motos em Barreiros (PE) e Patos (PB), recentemente inauguramos em Minas Gerais a Mega Motos, em Espera Feliz, a Tereza Motos, em Ubá, e a Moto Mania, em Conselheiro Lafaiete. Damos as boas vindas aos nossos novos parceiros e representantes que acabam de abrir as portas em nossa família Shineray Motos.

DICAS

SE MEXA! Se engana quem pensa que o exercício físico só ajuda no crescimento do músculo. Quem pratica exercícios, por pelo menos três vezes na semana, está regulando o peso e mantendo a saúde do coração. Para a pele, os benefícios do exercício físico são muitos. Com a melhora do fluxo sanguíneo, os poros são abertos e colabora no processo de desintoxicação, eliminando a oleosidade e a sujeira da pele e, consequentemente, o aparecimento da tão indesejável acne. Além de ajudar a evitar a perda de massa óssea, os exercícios estimulam a formação de tecido ósseo, o que vai contribuir para a prevenção da osteoporose. Quanto a memória, estudos indicam que uma atividade física regular estimula as funções cerebrais em idosos, o que diminui o risco de demência.

EXPEDIENTE

Conexão S Informativo Bimestral Shineray 4

Depois dos 20, a ordem é não ficar parado Fique alerta! Se você tem mais de 20 anos e não pratica exercício físico você corre sério risco de contrair diabete melito. É o que dizem os pesquisadores da Northwestern University, de Chicago, nos Estados Unidos. Os cientistas analisaram 3.989 pessoas e chegaram a conclusão que as pessoas que não se exercitavam a partir dos 20 anos, ou seja, quando já entravam para a fase adulta, o surgimento da doença era maior. O caso da diabete era menor nas mulheres na faixa dos 40 anos do que nos homens. Os indivíduos se submeteram a três testes ergométricos e foram acompanhados durante 20 anos. Eles tiveram a sua aptidão física analisada em vários momentos da vida. Para os cientistas, a explicação está no Índice de Massa Corporal (IMC). Os indivíduos sedentários, com baixa aptidão física, apresentavam esse índice maior. Por causa disso, eles tinham uma pior sensibilidade à ação do hormônio insulina, que permite a entrada do açúcar para dentro das células.

Jornalista Responsável: Ivelise Buarque e Milton C. Guimarães

SL.MCI Assessoria de Comunicação

Projeto Gráfico: Curinga Comuniquê Revisão: Kátia Carrera, Tamiris Santos e Stênio Barros.

Conexão S - 2ª edição - Mai/Jun/Jul 2013  

Conexão S - 2ª edição Jornalista Responsável: Ivelise Buarque e Milton C. Guimarães SL.MCI Assessoria de Comunicação Projeto Gráfico: Curi...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you