Page 1

Ceará em Brasília Jornal da Casa do Ceará

www.casadoceara.org.br

Impresso Especial 9912205638/DR/BSB Casa do Ceará em Brasília

Ano XXI - 227 - Maio de 2011

CORREIOS

DEVOLUÇÃO GARANTIDA

CORREIOS

Fotos: Hermínio Oliveira

Governador em exercício, Tadeu Filippelli, visitou a Casa do Ceará. Leia mais na pág. 9

Leia nesta edição Editorial, pág. 2 Expediente pág. 2 Espaço Luciano Barreira , pág. 2 Conversando com o Leitor, pág. 2 Samburá, praça do Ferreira, pág. 3 Recuperação do Museu MADI de Sobral, pág. 4 Eunicio: ‘‘novas vagas de peritos médicos melhorará atendimento no INSS’’, pág. 4 Anúncio de José Lirio, pág. 4 Anúncio do Banco do Nordeste do Brasil, pág. 5 Conselho da Adece autoriza venda de terreno para a Siderúrgica do Pecém, pág. 6 Refinaria Premium II: Licença Prévia é aprovada, pág. 6 Leituras I - Os cearenses do Rio de Janeiro, por Jb Serra e Gurgel, pág. 7 35 juízes para novas varas da Capital e do Interior, pág. 7 Investimentos de Portugal no Ceará estão garantidos a curto prazo, pág; 8 Brasil precisa investir R$ 47,8 bilhões em saneamento, pág. 8 Leituras II - Uma noite em 1967, o filme, Por Fernando Gurgel Filho, pág.9 Depois da preferência de Gedel pela Bahia, Bezerra privilegia Pernambuco, pág. 10 Hospital Regional do Sertão Central (HRSC) será em Quixeramobim, pág. 10 Leituras III - Incrível. Fantástico, extraordinário, (as time goes by), por José Colombo de Souza Filho, pág. 11 Teodoro Silva Santos empossado no TJCE, pág. 11 Cid diz que está saldando dívida histórica com o Cariri, pág. 11 Leituras IV - O inventor de talentos que alegrava a cidade, por Wilson Ibiapina, pág. 11 Anúncio do Governo do Estado do Ceará, págs. 12 e 13 Assembléia discute fronteiras do Ceará com Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco, pág. 14 Ceará terá sonda para explorar águas em agosto, pág. 14 Leituras V - A alimentação de Obama, de Wilson Ibiapina, pág. 15 Cid Gomes inaugurou IPDI, pág. 15 Anúncio da Marquise, pág. 15 Anúncio da Confere, da Confederal, pag. 16 Documento - Estátua de Patativa de Assaré foi quebrada em três partes, pág. 17 Anúncio da Oboé, pag. 17 Leituras VI - Os oitenta anos de Claudio Castelo, de Lustosa da Costa, pág.18 População cearense cresce 13,69% em uma década, pág. 18 Leituras VII - Alvorada em Copacabana, de Ayrton Rocha, pág. 19 Alfabetização do Ceará cresce 9,97% e supera média do NE, pág. 19 Anúncio do Uniceub, pág. 19 Hospital Regional do Cariri inaugurado entreJuazeiro do Norte, Crato e Barbalha com 294 leitos, pág. 20 Anúncio de Aguiar de Vasconcelos,pág.20 Obras do Castelão seguem modelo de construção sustentável e custarão R$ 518,0 milhões, pág. 21 Anúncio da Nacional Gás, pág. 21 Anúncio da Casa da Moldura, pág. 21 Página da Mulher - Artigo de Stella Quintas, Quem se lembra de Chernobil, Receitas nordestinas testadas e aprovadas, de Raimunda Ceará Serra Azul, Escâner e avaliações em crianças podem apontar ‘tendência de comportamento violento’, pág. 22 Leituras VI - Humor Negro e Branco Humor, pág. 23 Guia Prático – Curso ‘The Book Is On The Table’Grupo espanhol Roca terá fabrica no Ceará, pag.23 Grupo espanhol Roca terá fabrica no Ceará, pag.23 Anuncio do Beach Park, pág. 24

Casa do Ceará pede aprovação do projeto Fausto Nilo à Administração de Brasília. Leia mais na pág. 24

Câmara de Fortaleza se congratulou com a Casa do Ceará pelo lançamento do livro Brasília, 50 anos de Ceará.

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou Requerimento do vereador Salmito Filho com votos de congratulações à Casa do Ceará em Brasília pela edição e publicação da obra Brasília 50 anos de Ceará - a presença dos cearenses na consolidaççao de Brasília. Comunicação feita ao presiene Fernando César Mesquita pelo verador Luciram Girão Soares, 1º Secretário da Câmara.

Documento - A festa do ‘criator’, José Wilker celebra 50 anos de carreira dirigindo seu primeiro longa, ‘Giovanni Improtta’ . Leia mais na pág. 6

O lançamento do novo livro de Adirson Vasconcelos sobre Assis Chateaubriand

Especial/Palácio da Abolição, fechado em 1970, restaurado, voltou a sediar Poder Executivo Estadual. Leia mais na pág. 8


Espaço Luciano Barreira

Edi t o r i a l

Depois de longo e tenebroso inverno, com idas e vindas nos Bombeiros e na Divisa, finalmente o projeto Fausto Nilo aguarda aprovação final da Administração de Brasília. Só nós e Fausto Nilo sabemos o suadouro a que nos submeteram, não que as exigências fossem descabidas. Fatores aleatórios contribuíram para isso e não devem ser assinalados. O importante é que todas as exigências foram atendidas visando a contarmos com uma nova Casa do Ceará em Brasília à altura dos padrões exigidos pelos tempos modernos. A Casa do Ceará tem hoje 6 mil metros de área construída em 30 mil metros quadrados de área nenhum alvará, não por nossa culpa, mesmo porque ainda há Ministério que não tem alvará. A exigência de alvará em instituições públicas é coisa recente. A nova Casa terá 12 mil metros de área construída em 15 mil metros de terreno. Teremos que encarar, após a aprovação final pelas autoridades de Brasília, a realidade que será complexa, venda de uma área de 15 mil metros para financiar a construção da nova Casa. Não será tarefa fácil, mesmo porque teremos que definir como funcionará, provisóriamente, a Casa. Ao mesmo tempo teremos que definir como será a Casa no futuro. Para isso estamos estudando o que fazer e como fazer, sem medo de errar. Estamos convencidos que a nova Casa será orgulho dos cearenses e dos brasilienses que ganharão um moderno edifício, inovador, criativo, de alto padrão, com equipamentos que surpreenderão pela nossa capacidade e pela nossa determinação.

15 dicas para fazer sexo na 3ª idade: 1. Use seus óculos. 2. Certifique-se de que sua companhia esteja realmente na cama. 3. Ajuste o despertador para tocar em 3 minutos, para o caso de você adormecer durante a performance. 4. Acerte a iluminação: apague todas as luzes. 5. Deixe o celular programado para o número da Emergência Médica. 6. Escreva em sua mão o nome da pessoa que está na cama, no caso de não se lembrar. 7. Fixe bem sua dentadura para que ela não acabe caindo debaixo da cama. 8.Tenha DORFLEX à mão, para o caso de você cumprir a performance. 9. Não faça muito barulho; nem todos vizinhos são surdos como você. 10. Se tudo der certo, telefone para seus amigos para contar as boas novas. 11. Nunca, jamais, pense em repetir a dose, mesmo sob efeito de VIAGRA ou CIALIS. 12. Não esqueça de levar 2 travesseiros para colocar sob os joelhos, para não forçar a artrose. 13. Se for usar camisinha, avise antes ao piupiu que não se trata de touca para dormir, senão ele pode se confundir. 14. Não esqueça de tirar a parte de baixo do pijama, mas fique com uma camiseta para não pegar gripe 15. Não tome nenhum tipo de laxante nos dias anteriores; nunca se sabe quando se tem um acesso de tosse. As 10 maiores vantagens de ser pobre 1º. É SIMPLES! Você não perde seu precioso tempo com grandes sonhos.

Contenta-se com um sonho de padaria, um sonho de valsa. 2º. É VALORIZADO! Em um mundo de mulheres interesseiras oportunistas, só as sinceras e verdadeiras dão bola para você. 3º É SAUDÁVEL! Você tem uma vida de atleta: correndo para alcançar o ônibus, malhando para conseguir um lugar para se sentar. 4º. É ANTIESTRESSANTE! Nenhum vendedor te liga para empurrar alguma bugiganga. 5º. É ALIVIANTE! Com a sua fama de pé-rapado, nenhum amigo te pede dinheiro emprestado e, dependendo do seu grau de pobreza, eles nem serão mais seus amigos. 6º. É EMOCIONANTE! Você nunca sabe se o dinheiro vai chegar até o final do mês e, assim, tem uma rotina muito menos previsível! 7º. É INVEJÁVEL! Enquanto os seus vizinhos viajam, pegam trânsito no feriado e sofrem com as praias lotadas, você descansa na comodidade do seu barraco. 8º. É ÚTIL! Você tem de trabalhar aos domingos para fazer horas extras e, assim, não precisa assistir aos programas que são campeões de audiência de encheção de saco. 9º. É SEGURO! Você não precisa levar a carteira para todos lugares que for, pois ela está sempre vazia. Assim, os trombadinhas vão passar longe de você. 10º. É GRATIFICANTE! Sem dinheiro para acessar a internet, você nunca vai ler textos inúteis como este, que seus amigos malas insitem em lhe enviar.

Inácio de Almeida (Baturité), Diretor Expediente

Fundada em 15 de outubro de 1963 Fundadores – Chrysantho Moreira da Rocha (Fortaleza) e Álvaro Lins Cavalcante (Pedra Branca) Diretoria Presidente - Fernando César Moreira Mesquita (Fortaleza): Luiz Gonzaga de Assis (Limoeiro do Norte), 1º vice; Nasion de Melo Ferreira (Fortaleza), 2º vice; Osmar Alves de Melo (Iguatú), Administração e Finança; José Sampaio de Lacerda Junior (Fortaleza), Planejamento e Orçamento; Regina Stela Stuart Quintas (Fortaleza), Educação e Cultura; Francisco Machado da Silva (Pedra Branca), Saúde; JB Serra e Gurgel (Acopiara), Comunicação Social, Angela Maria Barbosa Parente (Fortaleza), Obras, Maria Áurea Assunção Magalhães (Fortaleza), Promoção Social, e João Rodrigues Neto (Independência), Jurídico. Conselho Fiscal Membros efetivos: José Ribamar Oliveira Madeira (Uruburetama), Evandro Pedro Pinto (Fortaleza) e José Carlos Carvalho ( Itapipoca); Membros suplentes: Ciro Barreira Furtado (Baturité), José Colombo de Souza Filho (Fortaleza) e José Aldemir Holanda (Baixio). Jornal da Casa do Ceará Fundador e Editor Emérito - Luciano Barreira (Quixadá) Conselho Editorial Ary Cunha (Fortaleza), Carlos Pontes (Nova Russas), Edmilson Caminha (Fortaleza), Egidio Serpa (Fortaleza), Frota Neto (Ipueiras), Geraldo Vasconcelos (Tianguá), Gervásio de Paula (Fortaleza), Haroldo Hollanda (Fortaleza), Jorge Cartaxo (Crato), J. Alcides (Juazeiro do Norte), José Jézer de Oliveira (Crato), Lustosa da Costa (Sobral), Marcondes Sampaio (Uruburetama), Milano Lopes (Fortaleza), Narcélio Lima Verde (Fortaleza), Orlando Mota (Fortaleza), Paulo Cabral Jr. (Fortaleza), Raimunda Ceará Serra Azul (Uruburetama), Roberto Aurélio Lustosa da Costa (Sobral) e Tarcisio Hollanda (Fortaleza). Diretor Inacio de Almeida (Baturité) Editores JB Serra e Gurgel (Acopiara) e Wilson Ibiapina (Ibiapina) Gurgel@cruiser.com.br / wilsonibiapina@globo.com Editoração Eletrônica Casa do Ceará Distribuição Cecília Melo Circulação O jornal não se responsabiliza por textos assinados. Banco de dados com apoio da ANASPS - Brasília – DF SGAN Quadra 910 Conjunto F - Asa Norte | Brasília-DF CEP 70.790-100 | Fone: 3533 3800 casadoceara@casadoceara.org.br / www.casadoceara.org.br

Maio/11

2

Conversando com o Leitor + Passamos depois de três anos de Internet dos 100 mil acessos anuais. O caminho foi longo, pois a Casa teve que se adequar à nova mídia. + O nosso site vem ganhando força e encontrando seu espaço. No mês de abril, foi visitado certamente por cearenses residentes em nove países, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Moçambique, Bélgica, Canadá e Bulgária. + Tivemos ainda 2.960 visitas de brasileiros de 62 cidades, sendo a maioria (2.466) de Brasília, seguindo-se Fortaleza, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Goiânia, Campinas, Manaus e Curitiba. + Os links de maiores acessos no site continuam sendo os da Policlínica, Cursos, Odontoclínica, Notícias e os blogs. + Teremos talvez a última festa junina nesta velha Casa que caminha para os 48 anos. Vamos informando sobre como será. + Solicitamos aos nossos leitores que se mudam para informar seu novo endereço. Assim evitaremos que o jornal retorne. A comunicação pode ser feita por carta, email ou telefone. Agradecemos. + Depois de longo tempo, o jornal volta a uma edição de 24 páginas, prova de sua vitalidade e da confiança conquistada. + O nosso site http://www.Brasília50anosdeceara.com.br alcançou 5.265 acessos, confirmando o elevado interesse

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

dos cearenses pelo projeto que homenageou 150 cearenses que contribuíram para a consolidação de Brasília. + Foram encaminhados ao Ministério da Cultura 350 exemplares do livro Brasília 50 anos de Ceará, para distribuição a bibliotecas que integram a rede daquele Ministério. + Agradecemos ao Higino França por ter colaborado por um longo período, anunciando a Casa das Molduras, no nosso jornal. + Recebemos O Binóculo, edição de abril, de Fortaleza, com artigos de Batista de Lima, Dias da Silva e Dimas Macedo. + Recebemos várias matérias do Sr. Valdemar Alves, escritor e sociólogo, residente em Fortaleza, a quem solicitamos que nos mande por e-mail para a Casa do Ceará ou no e-mail: gurgel@cruiser.com.br + Agradecemos a solicitação do Sr. Joaquim de Assis, de Conselheiro Lafaiete, MG. Sugerimos associar-se a Casa, pagando R$240,00 por 12 meses. Preencha o formulário no site. Mandaremos os jornais solicitados. + Já são 125 os candidatos ao novo livro dos 150 cearenses que contribuiram para a consolidação de Brasília e que será lançado nos 50 anos da Casa do Ceará. A lista está aberta a participações e presenças. Os textos serão de até 5000 caracteres.Mandem dados para gurgel@cruiser. com.br

Ceará em Brasília


SAMBURÁ - Praça do Ferreira Visita ao Pecém A convite do Secretário de Infraestrutura do Estado do Ceará, Adail Fontenele, o Ministro dos Portos, Leônidas Cristino, visitou, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Além de realizar um sobrevoo, Leônidas conheceu a ampliação do quebra-mar, a construção da ponte de acesso e dois novos berços de atracação do porto.O custo é de R$ 470,0 milhões bancado pélo goerno do Estado. O Pecém movimentou em 2010 mais de 187 mil TEUs. Confraria Fernando Cesar Mesquita (Fortaleza) reuniu a Confraria dos Cearenses presentes Geraldo Vasconcelos (Tianguá), os irmãos Francisco Mirto e Florencio (Fortaleza), procuradores Roberto Gurgel (Fortaleza) e José Adonis Callou (Juazeiro do Norte), desembargador Cruz Macedo (Mauriti), brigadeiro Antonio Pinto de Macedo (Aurora), Raimundo Nonato Viana (Mundaú), dr Caputo (presidente da OAB -DF), embaixadores Ruy Pinto Nogueira (Rio de Janeiro) e José Marcos Vinicius, de Souza (Fortaleza), ministros. José Ferreira Coelho (Novo Oriente), Claudio Santos (Parnaiba), Haroldo Rodrigues (Fortaleza) e Artur Vidigal, dr. Francisco Machado (Pedra Branca), Estenio Campelo (Crateús), acompanhado do filho Guilherme, advogados Jair Ximenes (Cariré) João Rodrigues Neto (Independência), Osmar Alves de Melo, (Iguatu) e Pires de Sabóia, publicitário Carlos Pontes (Nova Russas), jornalistas Lourenço Peixoto (Sobral), Milano Lopes (Crato), Rangel Cavalcante (Crateús), Marcondes Sampaio (Uruburetama) Wilson Ibiapina (Ibiapina), José Jezer de Oliveira (Crato), Antonio José Torres(Independência), e Mauricio de Souza Neves Filho, secretário geral do UniCEUB. Senhores passageiros... A Gol e a Avianca terão em breve a companhia da Azul e da Trip voando para Juazeiro do Norte. A Azul anuncia ligação direta com Campinas, onde fica o hub dela. A Trip vai fazer interior do Nordeste e até Fernando de Noronha. Haja serviço pra Meu Padim. Prêmio Advogado cearense, Iure Pontes Vieira, foi agraciado com prêmio de melhor tese da Europa em Direito Tributário (European Academic Tax Thesis Award 2011 - EATTA 2011).O prêmio é concedido por órgão da União Européia, European Commission (Directorate General Taxation and Customs Union) e pela European Association of Tax Law Professors (EATLP). A entrega do prêmio será feita no dia 4 de junho de 2011, durante o Congresso da EATLP, em Uppsala, Suécia. Em setembro, Apodi fará fábrica Em setembro, começarão as obras de construção da grande fábrica da Companhia de Cimento Apodi em Quixeré, garante Adauto Farias, presidente da Cia de Cimento Apodi, cuja primeira fábrica opera no Pecém. O empreendimento absorverá investimentos de R$ 350 milhões. Suas máquinas e equipamentos, incluindo o alto forno, já foram encomendados a fornecedores da Ásia e da Europa. A fábrica de cimento da Apodi, na área do Pecém, já opera a pleno.

Ceará em Brasília

O primeiro motorista do Ceará A foto - tirada cem anos atrás - mostra ao volante de um carro da época o Sr. Raphael Dias Marques, que foi o primeiro motorista do Ceará. O Sr. Rapahel residiu à rua Dom Jerônimo, em Otávio Bonfim. Era filatelista. Dentre seus filhos, cito o Dr. Rafael Nogueira Dias Marques, oftalmologista de renome em Fortaleza e um atuante membro do CREMEC, e Fábio Registro do Blog Linha do Tempo, de Paulo Gurgel. Revelações de um Maquisard No “Espaço da Palavra” da Faculdade Farias Brito, em 17.03, em Fortaleza, o médico e economista Marcelo Gurgel Carlos da Silva autografou seu novo livro, “Revelações de um Maquisard - Révélations d’un Maquisard”. Trata-se de uma edição bilingue, com a tradução francesa a cargo da Profa. Cristiene Ferreira da Silva, obra editada sob os auspícios da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, por ter sido premiada, na Categoria Dramaturgia (Prêmio Eduardo Campos), em concurso promovido pelo Governo do Estado do Ceará. De Tito Madi para Ayrton Rocha Carmem Bulcão, filha de Tito Madi, mandou o seguinte e-mail para Ayrton Rocha: “Ayrton, meu pai está tentando te ligar há dias e não consegue.Acho que está ligando para o nº errado. Ele ditou a cartinha abaixo para te mandar com urgência. Um grande beijo Carmem: “Ayrton, irmão, tentei lhe falar por telefone para dizer que gostei muito do seu CD, mas não consegui . Voz, músicos, som, mixagem e músicas, tudo perfeito ! Você é ainda Pequeno Ayrton, porém, crescidinho.Gostei muito da sua homenagem a mim. Muito carinhosa, obrigado. Grave mais, que vale a pena te ouvir. Um beijo do amigo, Tito Madi” Enredo da Beija Flor O Ceará poderá ser tema do carnaval da Beija Flor em 2011. O Ceará já esteve na Av enida, cantado pela Imperatriz Leopoldinense. Para 2011, a Beija Flor tem proposta de Angola, que nada em dinheiro. Sonobom abre fábrica em Recife Com uma fábrica em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, a cearense Sonobom - que produz colchões de vários tipos para o mercado local e regional nordestino - confirma informação antecipada por esta coluna: abrirá, até o fim deste ano, uma unidade industrial no Grande Recife. Neste momento, ela investe R$ 3 milhões em novos equipamentos. Lincoln Vasconcelos Morreu em Fortaleza, de morte, natural, o jornalista Lincoln Vasconcelos. Durante muitos anos Vasconcelos militou no rádio de Fortaleza. Natural de Ubajara, na Serra da Ibiapaba, veio para Fortaleza ainda jovem e foi revisor de alguns jornais, até fixar-se no rádio onde exerceu o rádio-jornalismo com crítica severa, às vezes azeda, às vezes ironica. Foi menino em Ubajara cim Dário Macedo e Wilson Ibiapina Chegou a apresentar propramas de televisão. Lincoln Vasconcelos era divorciado e morava sozinho. Deixa um filho.Vasconcelos era membro do Comitê de Imprensa da Assembleia do Estado, de onde era diretor e de onde foi seu Presidente.

Ceará quer Jogos Olímpicos O governador Cid Gomes formalizou ao presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, o interesse do Ceará em receber os jogos de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro. Caso a proposta seja aceita os jogos serão do Castelão e o Ceará será um dos quatro estados brasileiros a receber os únicos jogos que serão realizados fora do Rio de Janeiro.A reunião aconteceu na sede do COB, no Rio de Janeiro, e contou com a presença do secretário do Esporte, Gony Arruda. Na reunião, o Comitê Olímpico discutiu ainda a possibilidade de ajudar o Ceará na construção de um parque olímpico. Novo IPO cearense Está em curso o processo de abertura de capital do grupo cearense Pague Menos - cuja rede de farmácias, a maior do País, tem 416 lojas, a última das quais inaugurada sexta-feira, 18, em Sete Lagoas (MG). Um time da organização controlada por Deusmar Queirós está desde ontem em S. Paulo em reuniões com os setores de relações com investidores das maiores instituições financeiras, incluindo o Banco Itaú. O IPO está previsto para 2012. NAPS quer se instalar no Ceará Os executivos da empresa finlandesa Naps (Sistemas de Eletricidade Solar) estiveram no Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede), em Fortaleza, recebidos por, Abreu Dantas; pela, Cristiane Peres; pelo presidente da Adece, Zuza Oliveira, e, Eduardo Neves. Mikko Vehkavaara e Giorgio Alessio, vice-presidente e diretor de negócios da Naps, respectivamente, visitaram o Conselho para buscar informações sobre as necessidades e potencialidades do Ceará. História O bibliófilo José Augusto Bezerra descobriu os originais da História Eclesiástica do Ceará, de autoria de Leonardo Mota que diziam haver sido roubado, isto numa época em que a Igreja Católica tinha muita força e exercia poder. O precioso livro constituíra importante contribuição à história cearense, que ficamos a dever ao presidente do Instituto do Ceará e este não é o último nem o primeiro grande serviço que presta ao Ceará. Pelo caminho da arte Celebrando seus primeiros 60 anos de atividades, a Nacional Gás, empresa do Grupo Edson Queiroz, deu partida ao projeto “Caminhos da Arte”, uma ação cultural que envolve os 184 municípios cearenses. A iniciativa leva 9,5 mil crianças de 11 a 14 anos, todas de escolas públicas, a visitar as exposições “Brasíliana Itaú” e “Brassaï: Paris la nuit”, em cartaz até o dia 1º de maio no Espaço Cultural Unifor e no Espaço Cultural Unifor Anexo. Golaço!!

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

3

Maio/11


Recuperação do Museu MADI de Sobral Com obras valiadas em R$ 711 mil, peças do Museu Madi ainda não têm prazo para voltarem à exposição pública Sobral. Há praticamente dois anos, todo acervo do Museu de Arte Contemporânea de Sobral (Museu Madi) se encontra guardado, sem acesso ao público. O prédio que sediava o museu se encontra fechado desde abril de 2009, após ser inundado pela cheia do Rio Acaraú. A falta de um espaço adequado para abrigar as mais de 100 obras que compõem a coletânea do único museu do gênero no País tornou o acervo inviável à visitação. O prédio onde estava instalado o Museu Madi foi idealizado pelo uruguaio Carmelo Arden Quin, e está situado na margem esquerda do Rio Acaraú. Devido à sua localização, está vulnerável a alagamentos. Já sofreu dois: em 2004, quando ainda estava em construção, e cinco anos depois, o que deixou o prédio parcialmente destruído. Todo acervo está guardado em local não revelado pela Prefeitura, como forma de garantir a segurança das peças. Algumas delas são avaliadas em até 300 mil euros (o equivalente a R$ 711 mil). Mesmo com a inundação do prédio, nenhuma delas foi danificada. A exceção fica para as obras monumentais na parte externa do museu. Catalogação “O curador do museu, Roberto Galvão, virá à Sobral, para avaliar cada obra. Devido ao tempo em que se encontram armazenadas, as peças podem ter sofrido algum tipo de alteração. Após isto, vamos catalogar cada uma delas, para que sirvam de estudo e tenham um caráter educativo, voltado para a formação de novos talentos”, adiantou Campelo Costa.

No ano passado, a Prefeitura sinalizou a possível mudança do museu para a Praça do Patrocínio, no prédio ao lado do Museu do Eclipse, local onde funciona o gabinete da Secretaria de Cultura e Turismo. O assunto chegou a ser discutido entre o secretário Campelo Costa e o ex-prefeito, Leônidas Cristino. Assim, o escritório do secretário seria transferido para o prédio da Escola de Comunicação, Ofícios e Arte (Ecoa). Porém, a ideia não saiu do papel. O Madi foi inaugurado no dia 5 de julho de 2005, por ocasião do aniversário da cidade. Está situado no espaço do anfiteatro à margem esquerda do Rio Acaraú, integrado à Ecoa. O evento inaugural contou com a presença de vários artistas Madi, que vieram da França, Hungria, Uruguai e Estados Unidos, especialmente para a inauguração. Com a criação do museu, a cultura sobralense ganhou visibilidade internacional. O espaço é o primeiro do gênero construído no Brasil e também único representante do Movimento Madi no País. Foi possível graças ao sucesso das edições dos salões internacionais de artes plásticas realizados no Município, promovidos pela Prefeitura, por meio da Secretaria da Cultura e do Turismo. Ruptura O Movimento Madi, criado pelo artista plástico uruguaio Arden Quin, em meados de 1940, pode ser entendido pelo significado das letras M (Movimento) A (Abstração) D (Dimensão) I (Imaginação). Tem no seu conceito a ruptura dos ângulos tradicionais de um quadro. O movimento, que nasceu na Argentina, contava, no início, com dez participantes. Com o apoio do blog do Macario

Eunicio: “novas vagas de peritos médicos melhorará atendimento no INSS” O Plenário do senado aprovou o Projeto de Lei que autoriza a criação de 500 cargos de médicos peritos no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que define que os novos profissionais, que serão contratos por meio de concurso público, atenderão as novas 720 agências . O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) observou que esta proposta era uma antiga reivindicação, ainda quando era deputado federal, e afirmou que será através dessas novas vagas que a população terá acesso a um melhor atendimento através da ampliação dos serviços previdenciários para outros pequenos e médios municípios que estão recebendo as instalações das novas agências. “É fundamental para ampliar a cobertura do INSS e garantir aos cidadãos um melhor atendimento”, afirmou o peemedebista. O provimento dos cargos efetivos fica condicionado à comprovação de dotação orçamentária suficiente para atender às projeções de despesas de pessoal e aos acréscimos delas decorrentes. É necessário ainda, conforme o projeto, a existência de autorização específica na lei de diretrizes orçamentárias (LDO). De acordo com o Executivo, a proposta objetiva fortalecer a estrutura do INSS para possibilitar a instalação de novas agências da Previdência Social. O objetivo do projeto é também possibilitar cumprir a competência recebida pela autarquia com relação às atividades de perícia médica. O projeto de lei criou também outros 624 cargos em comissão e funções de confiança para o INSS. Desse total, 100 são funções gratificadas, 14 cargos do Grupo-Direção e Assessoramento e outras 510 funções de confiança

Há 39 anos

Maio /11

4

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Ceará em Brasília


Ceará em Brasília

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

5

Maio/11


Documento

A festa do “criator”. Os 50 anos carreira de José Wilker

A comemoração peGloboFilmes, a Sony, los 50 anos de carreira Eike Batista e a Amse dará para José Wibev. Depois de seis lker ao mesmo tempo anos como presidente com uma revisita e da RioFilme, Wilker uma estreia. O ator — vem se aventuranque pisou pela primeira do do outro lado do vez num palco aos 13 balcão: anos, em 1961, em — Tenho visitado Recife, com o infantil gerentes de marke“A volta do Camaleão ting de empresas do Alface” — revisitará, país todo. É uma funagora no cinema, o ção nova para mim, personagem Giovanni na qual ainda não José Wilker celebra 50 anos de carreira dirigindo seu primeiro longa, Improtta, que interestou totalmente con‘Giovanni Improtta’ pretou em “Senhora do fortável. destino”, novela de Aguinaldo Silva de 2004. Por outro Com exceção de André Mattos, nenhum dos atores lado, este trabalho marcará também sua primeira vez da novela estará entre os 62 personagens do filme. como diretor de um longa-metragem. Andréa Beltrão, Cristina Pereira, Guida Vianna, O bicheiro carioca lembrado até hoje por seus neo- Othon Bastos, Ary Fontoura, Felipe Camargo, Grelogismos ressurgirá descolado do contexto do folhetim, gorio Duvivier, Telmo Fernandes, Rogério Fróes, num ambiente recriado pela roteirista Mariana de Viel- Hugo Carvana e Jô Soares fazem parte da lista dos mond (filha de Wilker com a atriz Renée de Vielmond, escalados. Ecomo é dirigir os colegas? que contou com a colaboração de Rafael Dragaud). — Fiz uma malandragem: convoquei os amigos — As novelas têm uma estrutura muito horizontal, — explica Wilker.— A gente se conhece muito, sei achei que Giovanni merecia uma sobrevida — avalia como pedir o que quero a eles. São todos ótimos Wilker. — As questões dele serão outras. Na TV, que- atores e ninguém nunca vai me ouvir levantando ria ser aceito pela Maria do Carmo (Susana Vieira). a voz no set. Não é meu estilo. Gosto de trabalhar Agora, busca um lugar na boa sociedade. Tenta andar para me divertir. na linha, mas ninguém deixa. E é a diversão que marca as oito horas diárias de Eu queria discutir o Brasil e seus sistemas corrom- ensaios na casa alugada pela produção no alto da pidos, e as contradições do Rio, esta grande favela Gávea. As filmagens começarão oficialmente no com nichos de classe média alta e mais alta ainda. próximo dia 23, em diversas locações pela cidade. Algumas semelhanças com a TV serão preservaNão estão previstas sequências de estúdio. A cena das. Por exemplo, Improtta continuará falando erra- final, numa escola de samba, é o único registro realido. Agora, “com mais economia”, porque “é cinema”: zado até agora, num ensaio da Grande Rio, em Duque — Ele só dirá “felomenal” (expressão que o con- de Caxias, e contou apenas com Wilker. sagrou na TV) uma vez — avisa Wilker. O princípio da hamonia também regeu a escolha Estrear na direção foi uma espécie de evolução da equipe. Lauro Escorel é o diretor de fotografia, natural da carreira dele, que contabiliza “mais ou Claudio Amaral Peixoto, o diretor de arte, e Betty menos 60 filmes” na bagagem. A ideia foi sugerida Filipecki, a figurinista. Todos amigos. O ator/diretor pela produtora Renata Magalhães e está em sintonia convidou ainda Caetano Veloso para fazer a trilha. com a análise feita por seu marido e sócio na emAlém do filme, duas peças estão nos planos dele preitada, Cacá Diegues. Ele inventou para o amigo para breve. A primeira, com Maria Fernanda Cândia designação “criator”. do, “A paixão de Hannah” (sobre o amor de Hannah — Wilker é um dos caras que mais entendem de Arendt e Martin Heidegger); a outra é “A entrevista”, cinema que conheço — lembra Cacá. — Trata-se em que será dirigido por Daniel Filho. Apesar do de um ator/autor. Ele não reproduz simplesmente o currículo e dos projetos, Wilker se diz um “ator por que está escrito. É inquieto. Estava mais do que na acaso”. Questionado se, aos 50 anos de profissão, hora de dirigir. ainda se sente com o direito a esta dúvida, ri: Consultado, Aguinaldo Silva cedeu os direitos do — Estou sempre desistindo. Nunca planejei ser personagem movido também, admite, por um forte ator. Até hoje me pergunto: será que era essa a misentimento de gratidão: nha? Gosto mais de escrever. Isso para em seguida se — Wilker foi coautor do Giovanni na TV, com contradizer, afirmando que o que escreve “é para ser um trabalho intenso e criativo. Quis premiá-lo pela lido em voz alta”, algo próprio do trabalho de ator. coisa fantástica que fez. Ele também reage quando chamado de crítico de Liberada por Aguinaldo para buscar uma história cinema: original, Mariana fez uma extensa pesquisa nos — Não quero que me levem tão a sério quando universos do jogo do bicho e da polícia. Seu roteiro falo de cinema. Não entendo desse assunto, sou um é também resultado de muita discussão com Wilker, torcedor. Passo mais tempo lendo do que vendo filcom Renata e com Cacá. mes, embora veja um filme por dia. — “Giovanni Improtta” é uma comédia, mas terá Apesar de inquieto, como definiu Cacá Diegues, elementos de romance, policial, suspense e drama Wilker também parece pacificado quando descreve familiar — enumera ela. a curva do seu caminho: Equipe de amigos — Me sinto bem, feliz. Pelos acertos e desacertos. Orçado em R$ 6 milhões (“Para ser um filme Construí uma carreira e sem planejar. Tenho tido de verdade, mas sem excessos”, segundo Wilker), uma vida boa. “Giovanni Improtta” tem como parceiros até agora a Patricia Kogut, O Globo – 10/03/2011

Maio/11

6

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

Conselho da Adece autoriza venda de terreno para a Siderúrgica do Pecém A Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece) realizou em 28.04a 4ª Assembleia Geral Ordinária e 6ª Extraordinária do seu Conselho de Administração. O presidente do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede), Ivan Bezerra, e o presidente da Adece, Zuza de Oliveira, estiveram à frente dos trabalhos que autorizou a venda de um terreno de 360 hectares (ha) para a instalação da Companhia Siderúrgica no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), no município de São Gonçalo do Amarante. De acordo com Ivan Bezerra, depois da autorização, a Companhia já dispõe de uma área de 600 ha para a implantação da Siderúrgica, mas ainda deverão ser comprados mais 300 ha, fechando um espaço total de 900 ha. Além dessa providência, as assembleias trataram ainda do balanço patrimonial da Agência e do relatório das demonstrações financeiras do ano de 2010. Na ocasião, estiveram presentes todos os membros acionistas do Conselho, como o secretário do Planejamento do Estado, Eduardo Diogo; o secretário das Cidades, Camilo Santana; o superintendente do Sebrae – Ce, Carlos Cruz; o secretário de Infraestrutura do Estado, Adail Fontelene; o superintendente Regional do Banco do Nordeste (BNB), Isidro Morais, e o representante da Fiec, Fernando Castelo Branco

Refinaria Premium II: Licença Prévia é aprovada O Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) aprovou com 23 votos e uma abstenção a Licença Prévia (LP) para a instalação da Refinaria Premium II, empreendimento que a Petrobras Petróleo Brasileiro S.A instalará no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). A votação aconteceu em 27.04 durante a 199ª Reunião Ordinária do Coema, ocorrida na sede da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). A LP refere-se à construção de uma refinaria de petróleo e uma dutovia composta de sete dutos, com 74 metros de largura e 11 km, entre Caucaia e São Gonçalo do Amarante. A refinaria ocupará uma área de 1.942 hectares, sendo 890 hectares somente para as instalações. Durante a sua construção, serão empregados diretamente, 14 mil pessoas e 90 mil indiretamente. Já durante a sua operação, serão criados 1.400 empregos diretos e 3 mil indiretos. O investimento para a sua construção aponta recursos da ordem de R$ 11 bilhões. Segundo o gerente geral do projeto Refinaria Premium II, Mário Tavares, o Ceará foi escolhido pelo suporte em infraestrutura (rodoviária, ferroviária e portuária) e também pelo posicionamento técnico favorável. Tavares detalhou os passos da Petrobras quanto à realização do cronograma para a construção da refinaria. “A Petrobras já realizou análise do projeto, definição da localização, elaboração do projeto conceitual, solicitação do estudo de impacto ambiental, já tem o projeto básico iniciado e em execução. Acreditamos que o cercamento da área estará sendo realizado em setembro próximo e entrará em operação em 2017”, concluiu. A Semace entendeu as informações contidas no EIA/ RIMA (Estudo de Impacto Ambiental) como sendo satisfatórias para a atual fase do licenciamento ambiental, desde que sejam adotadas todas as medidas mitigadoras e executados todos os planos de controle e proteção ambiental acrescidos de recomendações apontados na análise técnica.

Ceará em Brasília


Leituras I

Os cearenses do Rio de Janeiro

Por Jb Serra e Gurgel (*) Enquanto o Rio de Janeiro foi capital do Reino, do Império e da República, os cearenses, como todos os brasileiros, inclusive os paulistas, lá buscavam a realização profissional, a glória, o poder e o ápice da pirâmide social. Já nessa época, a mobilidade social punha a sua escada a serviço dos que queriam escalar a montanha. Muitos chegaram de navio para brigar pelo espaço. Traziam uma carta de recomendação, o berço da aristocracia provinciana, a coragem e a cara. Seguiram trajetórias diversas, sobressaindo os que tinham talento, competência, caráter, dignidade. Aqui se realizaram os presidentes José Linhares (Fortaleza) e Castello Branco (Messejana/Fortaleza), os ministros de Estado Hildebrando Aciolly (Fortaleza) e Juracy Magalhães (Fortaleza), das Relações Exteriores, Waldemar Falcão (Baturité), e Parsifal Barroso (Fortaleza) do Trabalho, senador Fernandes Távora,(Jaguaribe), marechal Juarez do Távora (Jaguaribe-Mirim) e coronel Virgilio Távora (Fortaleza), de Obras Públicas, Armando Falcão (Fortaleza), da Justiça. Juarez foi também ministro da Agricultura e o 1º. Procurador da República, José Júlio de Albuquerque (Sobral), que foi presidente das províncias do Ceará e Rio Grande do Sul. Alcançaram a Academia Brasileira de Letras, José de Alencar (Messejana/Fortaleza), Gustavo Barroso (Fortaleza). Raimundo Magalhães Jr.(Ubajara), Raquel de Queiroz (Fortaleza), Franklin Távora ( Baturité), Clóvis Bevilacqua (Viçosa do Ceará) que largou a Academia por recusar a eleição de sua mulher e Heráclito Graça (Icó). Destacaram-se os intelectuais Capistrano de Abreu (Maranguape), Farias Brito (São Benedito), Domingos Olimpio (Sobral) que disputou e perdeu uma cadeira na ABL para Mario de Alencar, filho de José de Alencar, Paula Ney (Fortaleza), Djacir Menezes (Maranguape), que foi reitor da Universidade do Brasil, Gerardo Melo Mourão (Ipueiras), Moacir Lopes (Quixadá), Juarez Barroso (Baturité), Mario Pontes (Nova Russas), Leonardo Mota (Pedra Branca), Eurico Facó (Beberibe), Herman Lima (Fortaleza). Joaquim Pimenta (Tauá), José Aurélio S.Câmara (Quixeramobim), José Bonifácio S. Câmara (Maranguape), Matos Peixoto (Iguatu), Martins D”Alvarez (Barbalha), Lauro O. Lima (Fortaleza). Na Marinha, o almirante Henrique Saboia (Sobral), chegou a ministro. Na Aeronáutica, o brigadeiro Casimiro Montenegro criou o ITA, CTA e CAN. No Exército, brilharam os generais Antonio de Sampaio (Tamboril), Antonio Tiburcio (Viçosa), Pereira da Silva (São João dos Inhamuns), Teles Pinheiro (Crato), Carlos Alberto C. Ribeiro e Euclides M. Figueiredo. Nas artes, os humoristas Chico Anisio (Maranguape),Tom Cavalcante (Sobral), Renato Aragão (Sobral); compositores e maestros Aberto Nepomuceno (Fortaleza), Aloysio de Alencar Pinto (Fortaleza), Eleazar de Carvalho (Iguatu), músicos, compositores e cantores Ed Lincon,Lauro Maia (Fortaleza) Humberto Teixeira (Iguatu), Zé Menezes, Trio Nagô - Evaldo Gouveia-(Iguatu), Epaminondas-(Fortaleza) e Mario Alves-(Fortaleza), Vocalistas Tropicais- Danubio Barbosa (Fortaleza), Nilo Mota (Fortaleza),Arlindo José, e Artur Fernandes (Fortaleza) e Evandro Jataí (Fortaleza); Quatro Ases e um Coringa.- André Batista

Ceará em Brasília

(Fortaleza), José Perminio e Evanor Pontes Medeiros-(Fortaleza), Esdras Falcão (Fortaleza), Catulo de Paula (Fortaleza), Carlos Augusto Moura (Fortaleza), Fagner (Orós), Ednardo (Fortaleza), Belchior (Sobral), pianista e solista Jacques Klein (Aracati), locutor de radio e apresentador de TV César de Alencar, atores Milton Moraes (Fortaleza), José Wilker (Juazeiro do Norte),Emiliano Queirós (Aracati), pintores Raimundo Cela (Fortaleza), enterrado em Niterói, Antonio Bandeira, (Fortaleza) Sinhá DÁmora (Lavras da Mangabeira), Grauben (Baturité), Vicente Leite (Crato), atrizes Florinda Bolkan (Uruberatama) e Luiza Tomé (Itapipoca), o diretor de teatro Aderbal Freire Jr. (Fortaleza), José Maria Bezerra de Paiva (Fortaleza). coreógrafo e bailarino Hugo Bianchi (Fortaleza) bailarino Francisco Timbó (Fortaleza). Miss Brasil, Emilia Corrêia Lima (Sobral). Jornalistas José Avelino (Aracati), Edigar de Alencar (Fortaleza), Edmar Morel (Fortaleza), Paulo Cabral (Guaiuba), Pompeu de Souza (Redenção) Luis Edgar de Andrade (Fortaleza), Carlos Paiva (Fortaleza) ,Haroldo e Tarcisio Hollanda (Fortaleza) Humberto Alencar (Araripe), Pery Augusto (Lavras da Mangabeira), Orlandino Rocha, Américo Facó (Beberibe), Hermenegildo Sá Cavalcante (Aurora), fotógrafos Luciano Carneiro (Fortaleza) e Luis Carlos Barreto (Sobral). Jogadores de futebol Babá (Flamengo), Pacoti (Vasco), Zé Mário (Fluminense) Líder religioso dom Helder Câmara, bispo-auxiliar do Rio de Janeiro ao tempo do cardeal dom Jaime Câmara, fundador da CNBB. Políticos do Império e da República como senador padre Martiniano de Alencar, pai de José de Alencar, Costa Barros (Aracati), o 1º presidente da Província do Ceará, em 1799, quando nos libertamos da tutela de Pernambuco, João Thomé (Sobral) que foi presidente das províncias de Santa Catarina, Espírito Santo e Alagoas, Vicente A. de Paula Pessoa (Fortaleza) Antonio Nogueira Acioly, deputado e senador, Tomas Pompeu S. Brasil, Liberato Barroso (Aracati), senador Menezes Pimentel (Santa Quitéria), deputados padre Cícero (Crato), Adail Barreto (Iguatu), Chrisantho M. Rocha (Fortaleza), fundador da Casa do Ceará no Rio de Janeiro e Brasília, Carlos Jereissati (Fortaleza) , Paulo Sarasate (Fortaleza), Raimundo Padilha (Fortaleza), governador do antigo Estado do Rio de Janeiro. Deputados estaduais Frota Aguiar (Camocim) , Heloneida Studart(Fortaleza). Líderes empresariais como Antonio Horacio Pereira (Aracoiaba), Luis Severiano Ribeiro, (Fortaleza) Jorge Serpa , Antonio Frota Gentil,(Sobral), Fausto Cabral (Fortaleza), irmãos João Alberto . e Marcelo Leite Barbosa (Baturité), Lauro de Souza Carvalho (Ipu) e filhos Jose e Paulo Afonso de Carvalho, irmãos José Cândido e José Luiz Moreira de Souza. Diplomatas como José Gurgel do Amaral Valente (Aracati), ultimo embaixador do Império em Washington e 1º da República., Silvino de Barros Gurgel do Amaral (Aracati), Todos estes e mais milhares de Raimundos que trabalharam noite e dia, na construção civil, dormindo na obra, comendo o pão que o diabo amassou, e que foram promovidos a porteiros dos prédios que ajudaram a construir, os motoristas e cobradores de ônibus, lixeiros, garçons, cozinheiros, biscateiros, camelôs, domésticos e autônomos, compondo uma multidão de gente humilde e de nervos de aço. (*) JB Serra e Gurgel (Acopiara), jornalista e escritor

Pleno do TJEC designou 35 juízes para novas varas da Capital e do Interior O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aprovou a remoção de juízes para provimento de novas varas de comarcas do Estado. Na Comarca de Fortaleza (Entrância Final), foram feitas 24 remoções. Para as Varas Cíveis foram removidos seis magistrados: Epitácio Quezado Cruz Júnior (31ª), Wotton Ricardo Pinheiro da Silva (32ª), Pedro Pia de Freitas (33ª), Raimundo Deusdet Rodrigues Júnior (34ª), Aristófanes Vieira Coutinho Júnior (35ª) e Antônia Dilce Rodrigues Feijão (36ª). Para as Varas da Fazenda Pública foram cinco juízes: Francisco Eduardo Torquato Scorsafava (10ª), Carlos Rogério Facundo (11ª), Nádia Maria Frota Pereira (12ª), Joaquim Vieira Cavalcante Neto (13ª) e Ana Cleyde Viana de Sousa (14ª). Para as Varas de Execuções Fiscais foram seis: Lucimeire Godeiro Costa (7ª), Eveline de Evelma Veras (8ª), Candida Maria Torres de Melo Bezerra (9ª), Irandes Bastos Sales (10ª), André Aguiar Magalhães (11ª) e Ana Cristina de Pontes Lima Esmeraldo (12ª). Para as Varas de Família foram quatro remoções: Joaquim Solon Mota Júnior (19ª), João Everardo Mattos Biermann (20ª), Evaldo Lopes Vieira (21ª) e Flávio Luiz Peixoto Marques (22ª). Para as Varas Criminais foram três: Adriana da Cruz Dantas (19ª), Roberto Soares Bulcão Coutinho (20ª) e Adriana Aguiar Magalhães (21ª). Ainda na Entrância Final, foram removidas as juízas Joyce Sampaio Bezerril Fontenelle para a 6ª Vara de Sobral e Elizabete Silva Pinheiro para a 10ª Vara da Comarca de Caucaia. Na Entrância Intermediária, foram removidos os juízes Ademar da Silva Lima (3ª Vara de Eusébio), Josiana Cavalcante Serpa (3ª Vara de Maranguape), Geritsa Sampaio Fernandes Montezuma (3ª Vara de Itapipoca), Janayna Marques de Oliveira e Silva (3ª Vara de Tianguá), Antônio Teixeira de Sousa (3ª Vara de Morada Nova), Mabel Viana Maciel (3ª Vara de Aracati) e Suyane Macêdo de Lucena (2ª Vara de Boa Viagem). Na Entrância Inicial, Ana Kayrena da Silva Freitas foi removida para a Vara Única da Comarca de Acarape e Mônica Lima Chaves para a Vara Única da Comarca de Barreira. A medida faz parte do Projeto de Reestruturação e Modernização do Poder Judiciário estadual, viabilizado pela lei nº 14.407, de 15 de julho de 2009, que alterou o Código de Divisão e Organização Judiciária do Ceará. A referida lei criou 16 vagas para desembargador, elevando o número de assentos na Corte de 2º Grau de 27 para 43, sendo que o TJCE conta, atualmente, com 40 desembargadores. Além disso, criou 52 cargos de juiz de Direito para a Entrância Final, distribuídos da seguinte forma: Fortaleza (40), Caucaia (5), Juazeiro do Norte (2), Maracanaú (3) e Sobral (2). A Entrância Intermediária foi beneficiada com 17 cargos e a Inicial ganhou 10. Também foram criadas vagas para juiz de Direito Auxiliar: 16 para a Final e 10 para a Intermediária

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

7

Maio/11


Especial

Palácio da Abolição, fechado em 1970, restaurado, voltou a sediar Poder Executivo Estadual Durante a solenidade de inauguração do Novo Palácio da Abolição, realizada em 25.03, data em que se comemora a Libertação dos Escravos no Ceará, o governador Cid Gomes anunciou que a nova sede do Poder Executivo Estadual estará de portas abertas para a população. O objetivo, segundo Cid, é resgatar o papel histórico do prédio e fixar o local como sede do Governo . “Já adotamos o brasão do Estado como nossa logomarca e agora pretendemos incentivar a população para que encontre aqui neste endereço uma identificação cultural com o Executivo do Estado”, explicou. Com a inauguração, o Palácio da Abolição volta a ser o local das principais decisões do Ceará. Inaugurado a 4 de julho de 1970, pelo Governador Plácido Castelo, o Palácio abrigou, nos anos seguintes, os governadores César Cals, Adauto Bezerra, Waldemar Alcântara, Virgílio Távora, Manuel de Castro Filho e Gonzaga Mota. Em 1987, a sede do Governo foi transferida para o bairro do Cambeba, passando o Abolição a acolher diversos órgãos estaduais, dentre eles a Secretaria da Cultura. “Hoje, o Abolição recupera seu papel, depois de valorizado em seus traços mais marcantes, disse Cid Gomes. Cada pedra, cada peça de vidro, cada centímetro quadrado do revestimento em concreto ou madeira, assim como as grandes portas do hall de entrada, em jacarandá trabalhado, tudo foi zelosamente polido, lustrado, recuperado, com o rigor que merece uma relíquia arquitetônica. Diante do imponente mausoléu do Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, os jardins voltaram a se revestir com as cores e desenhos concebidos pelo genial paisagista Fernando Chacel, recentemente falecido. Ao mesmo tempo, impregnados pelas marcas de nossa cultura, estes espaços ganharam uma biblioteca e continuarão abrigando uma galeria de arte. Vale ainda lembrar que o auditório de 214 lugares estará permanentemente aberto para a realização de eventos culturais e artísticos”. Na solenidade, foram inaguradas placas. A primeira com a história do palácio, descerradas pelos dois últimos governadores a despacharem neste endereço, Adauto Bezerra e Gonzaga Mota, e a placa da restauração do Palácio, descerrada pelo governador Cid Gomes e pelo secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia. Pedra Fundamental A iniciativa de construir um Palácio como sede do Governo do Ceará surgiu no início dos anos de 1960, quando o então governador Parsifal Barroso solicitou o projeto ao arquiteto carioca Sergio Bernardes. A pedra fundamental do Palácio foi lançada em 1962 e em 1965, o então governador Virgílio Távora deu início

Maio /11

8

as obras físicas. O Palácio segue o estilo modernista em concreto e aço, com varandas circundando todo o prédio principal. O Palácio da Abolição forma um conjunto com o Mausoléu Castelo Branco, o anexo e a capela. A edificação está em processo de tombamento pelo Estado, em ação apresentada ao Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural em 17 de maio de 2004. A área envolve o perímetro da Avenida Barão de Studart com as ruas Silva Paulet, Deputado Moreira da Rocha e Tenente Benévolo. O projeto arquitetônico é do carioca Sérgio Bernardes, com jardins concebidos por Fernando Chacel, que tem como inspiração o modelo paisagístico de Burle Max. A construção foi acompanhada pelos engenheiros José Alberto Cabral e Rui Filgueiras Lima. Entre 1970 e 1986, o Poder Executivo do Ceará esteve sediado no Palácio da Abolição. O primeiro governador a despachar no prédio foi Plácido Castelo, depois da transferência do Palácio da Luz, no Centro. O último governador a ocupar o Palácio da Abolição foi Gonzaga Mota, de 1983 a 1986. Em 1987, a sede do Governo do Estado foi transferida para o Centro Administrativo do Cambeba pelo então governador Tasso Jereissati. Em 2003, Lúcio Alcântara volta a mudar a sede do Executivo, passando a despachar no Palácio Iracema. Galeria e obras de Arte Antes de se mudar para o Palácio da Abolição, no Meireles, a sede do Governo do Estado do Ceará ficava no Palácio da Luz, no Centro, onde funciona Academia Cearense de Letras. Obras de artistas plásticos cearenses compõem o Palácio da Abolição. Ao todo são 126 obras. Na Galeria de Arte estão expostas 46 telas e resume, em sua estrutura, a história da pintura e dos pintores cearenses. O Mausoléu, onde se encontra os restos mortais do ex-presidente Castelo Branco e da sua esposa, Argentina, também foi restaurado. A obra, também de estilo modernista como o prédio principal, consiste em um bloco de concreto prismático e longilíneo com um arrojado balanço de 30 metros. À noite o Mausoléu é iluminado, conforme foi concebido no projeto original, e uma fonte compõe o cenário. Com a restauração, foi construído um novo novo auditório, com capacidade para 214 lugares, acessibilidade garantida, palco e sala de espera. O espaço de eventos é destinado a ações culturais e compreende em sua área a capela, que foi completamente restaurada e climatizada. A partir de maio será possível agendar, por meio da Internet, visitas ao Palácio da Abolição.

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Investimentos de Portugal no Ceará estão garantidos a curto prazo Estado do Brasil que recebe o segundo maior investimento de Portugal em número de empresas – cerca de mil empreendimentos – atrás apenas de São Paulo. De acordo com o presidente do Conselho das Câmaras Portuguesas no Brasil, Rômulo Alexandre, o motivo da forte relação é que o Ceará oferece potencial para as duas áreas em que os portugueses mais investem atualmente: turismo e geração de energia. O diretor de energias renováveis da Câmara Brasil Portugal, Armando Abreu, afirma que os investimentos nas centrais eólicas a serem implantadas no Ceará tiveram recursos captados no Brasil, do BNB, BNDES e SUDENE. Os investimentos da Energia de Portugal (EDP), sócia da MPX no Brasil, teve a maior parte do financiamento captado no Brasil e também sairá ilesa da crise, segundo Rômulo Alexandre. “O financiamento é feito aqui, os equipamentos estão aqui. Aparentemente não será atingida por essa situação a curto prazo”, diz. As empresas que recorrem a financiamentos portugueses, no entanto, devem sofrer redução de liquidez por conta do agravamento da crise. “Ainda não conseguimos identificar se isso vai efetivamente ocorrer, mas é uma possibilidade”, afirma Alexandre. Entre essas empresas, as menores devem sofrer mais com a crise, diz Alexandre.

Brasil precisa investir R$ 47,8 bilhões em saneamento A realidade dos Municípios em relação a Saneamento Básico e os desafios das prefeituras brasileiras para avançar na universalização deste setor é uma preocupação de diversos gestores municipais. De acordo com relatório Atlas Brasil – Abastecimento Urbano de Água, o Brasil precisará investir R$ 47,8 bilhões adicionais no setor – R$ 40,8 bilhões em sistemas de coleta e R$ 7 bilhões em tratamento de esgotos. O documento da Agência Nacional de Águas (ANA) publicado no dia em que se comemora o Dia Mundial da Água, 22 de março, aponta que a universalização dos serviços de Saneamento é a meta básica de longo prazo a ser alcançada pelo País. Pelo relatório, a expansão das redes de coleta de esgoto é uma das maneiras de reduzir a poluição das fontes destinadas ao abastecimento humano. Também é necessária a implantação de redes coletoras e Estações de Tratamento de Esgotos (ETE) em Municípios, em que o lançamento de efluentes ¬– esgotos sanitários – tem potencial para poluir mananciais de captação. Os Municípios com mais problemas com poluição hídrica, segundo indica o relatório, são os grandes aglomerados de Municípios, devido à pressão das ocupações urbanas sobre os mananciais de abastecimento público. Os lançamentos de esgotos sem tratamento dos Municípios localizados acima do rio influenciam diretamente na qualidade das águas das captações rio abaixo. No entanto, segundo o diretor de Hidrologia da ANA, Paulo Rodrigues Vieira, a maior dificuldade para a universalização do Saneamento Básico no país é o alto custo da infraestrutura para os pequenos Municípios.

Ceará em Brasília


Leituras II Por Fernando Gurgel Filho (*) Falar de 1968 é fácil para quem estava lá. É fácil falar do prazer de ser contra o sistema e de ver o sistema balançar, parecendo que estava sem rumo. Parecendo, apenas. Então, é difícil se desfazer da aura que ficou quando se fala naquele ano. Não porque tenha sido o mais importante daquele período. Não foi. Foi apenas o ano em que os sonhos foram dinamitados e o sistema mostrou quem mandava. Os mais jovens, embalados em utopias, queriam apenas o prazer pelo prazer, liberdade pela liberdade, o hoje, aqui e agora, e o amanhã que ficasse nas possibilidades do que pudesse vir. Era o desejo de paz, amor e flor, sem leis, sistema ou tensões. Apenas utopia, enfim. As frases que pipocavam nas ruas eram bem representativas. Desde o É proibido proibir ao Sejamos realistas, reivindiquemos o impossível. Isso levaria a construir algo em termos políticos? Muito pouco provável. Mas, juventude é juventude. O desejo de qualquer jovem é transformar em fim o que poderia ser prazerosos meios de se obter uma sociedade melhor. E o movimento que acabou ali, deixou um dos seus melhores legados: construiu novos estilos de vida, novos modos de encarar o mundo, talvez uma filosofia existencialista menos materialista. Isso não é pouco, mas o sistema ficou intocado, ou antes, parece que ficou fortalecido, irado, ensandecido e, à época, veio para cima de tudo que representava o pensamento vigente com uma fúria nunca

Uma noite em 1967, o filme vista antes. Era para acabar com quaisquer resquícios de utopia existentes naquelas cabeças sonhadoras. As cortinas se fecharam e a luz foi proibida de iluminar as três décadas subsequentes. Mas é importante lembrar que o ápice daquela década foi o ano de 1967. O ano esquecido, mas o mais importante em termos políticos e culturais. Talvez ali estivesse o germe do que poderia ter sido um novo grande movimento humanista. O alvorecer de um novo mundo. Que 1968 não deixou acontecer. E que foi definitivamente enterrado em 1969, no Festival de Woodstock. Apenas para registro, alguns dos fatos que marcaram 1967: - No Festival da Canção de 1967 estavam “apenas”: Chico Buarque, Edu Lobo, Milton Nascimento, Sérgio Ricardo, Vinícius de Moraes, Jorge Ben, Raul Seixas, Elis Regina, Nara Leão, Sidney Miller, Marília Medalha, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Mutantes. Foi muita “alegria, alegria” e muita vaia; - Guimarães Rosa lançou Tutaméia, foi empossado na Academia Brasileira de Letras, foi indicado para o Nobel e morreu; - Gabriel Garcia Marques lançou 100 anos de solidão; - Paulo Freire lança o livro Educação como prática da Liberdade; - Chico Buarque escreveu Roda Vida, um dos marcos no combate à ditadura militar; - foi encenada a peça O Rei da Vela, que se tornou manifesto do Movimento Cultural Tropicalista;

- Plínio Marcos estreia as peças Dois perdidos numa noite suja e Navalha na carne; - surgiu o Cinema Marginal, com o filme A Margem, de Ozualdo Candeias; - neste mesmo ano foram lançados Terra em Transe, do Glauber Rocha, O Caso dos Irmãos Naves, Belle de Jour; - Che Guevara foi assassinado; - foi realizado o primeiro transplante de coração; - a Escola de Samba Salgueiro desfilou com o tema História da Liberdade no Brasil; - foram lançados “apenas” os seguintes discos: Strange Days (do The Doors), Surrealistic Pillow (do Jefferson Airplane), Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (dos Beatles), The Piper at the Gates of Dawn (do Pink Floyd), Disraeli Gears (do Cream), Their Satanic Majesties Request (dos Rolling Stones) e Are You Experienced? (de Jimi Hendrix); Isso é apenas uma pincelada do que consegui garimpar, mas dá para mostrar que 1967 foi o ano mais criativo e mais efervescente da década. Concluindo, 1967 foi o ápice em termos de mudanças e de efervescência cultural, no Brasil e no mundo. 1968 foi, infelizmente, o ponto de inflexão, onde as idéias foram esmagadas pelas ditaduras e os sistemas repressivos, disfarçados ou não, advindos do neoliberalismo. Creio que em 1967 pode estar a resposta para 1968, quando acordamos e o sonho acabou. (*) Fernando Gurgel Filho (servidor público federal, escritor)

Governador em exercício, Tadeu Filippelli, visitou a Casa do Ceará O Governador em exercício do Distrito Federal,. Tadeu Filippelli, visitou em 12.05 a Casa do Ceará, sendo recebido pelo presidente Fernando César Mesquita, pelo presidente da Confraria dos Cearenses, Geraldo Vasconcelos, e pelos diretores da Casa, Nasion de Melo Ferreira, José Sampaio de Lacerda Filho, Osmar Alves de Melo, Regina Stela Studart, Angela Maria Barbosa Parente, Maria Aurea Assunção Magalhães e Jb Serra e Gurgel, além de José Colombo de Souza Filho, membro do Conselho Fiscal. Na oportunidade, Fernando Cesar Mesquita fez uma apresentação sobre as ações sociais e culturais desenvolvidas pela Casa “apesar das dificuldades, já que não recebemos recursos do Distrito Federal, do Ceará e da União”. Assinalou a prestação de serviços à comunidade carente do DF e Entorno, em termos de cursos profissionalizantes e línguas, consultas médicas e odontológicas, além do serviço social. A Casa ainda oferece seus salões multiusos para eventos, quadras esportivas, parque aquático, academia de ginástica. Dispõe também de bibliotecas, núcleo de folclore, museu de artes populares. O ponto alto da Casa – razão de seu caráter filantrópico - continua sendo, disse, a Pousada que abriga hoje 17 idosos, tendo chegado a 25, em condições de atendimento consideradas satisfatórias.

Ceará em Brasília

Assinalou que a Casa há anos luta para receber recursos através de emendas parlamentares apresentadas por deputados federais e distritais e até por ex-senadores, “mas não conseguimos nada. Preenchemos a papelada, novas exigências são colocadas em pauta e o dinheiro não sai”. Mencionou a emenda do ex-senador Paulo Otávio e do próprio vice governador, enquanto deputado, Tadeu Filipelli. “A burocracia, independente de outros entraves políticos, trava o acesso aos recursos que contribuiriam para melhorar o nossos atendimento”; Fernando Cesar Mesquita falou sobre as condições precárias das instalações da Casa dispersas em 6 mil metros de área construída, em unidades até hoje sem habite-se, o que tem resultado em multas da AGEFIS “Claro que a falta de manutenção tornou a situação muito precária”, lembrou. Comunicou que em golpe de ousadia a Casa conseguiu recursos do Governo do Ceará para a elaboração do projeto de uma nova Casa

em uma das duas glebas da área da 909/910. O projeto foi elaborado e depois de muitos ajustes está na Administração de Brasília para aprovação. Solicitou, então, apoio do Governador em exercício para que a Administração de Brasília, representada no encontro pelos diretores Leandro Mariani, de Urbanismo e Projetos, e Carlos Euler Curtim Perpétuo, de Obras, aprove o projeto, uma vez que o convenio com o Governo do Ceará já foi prorrogado por quatro vezes e precisa da aprovação do projeto, já que não poderá mais ser prorrogado. “Atendemos a todas as exigências da Vigilancia Sanitária e dos Bombeiros e o projeto, com certeza, pelo talento do arquiteto Fausto Nilo está a altura de Brasília”. O vice governador Tadeu Filippelli depois de ouvir os relatos assinalou que o diretor da Administração de Brasília, dr. Messias de Souza, fará o encaminhamento dentro da legalidade . Acentuou o carinho que tem pela Casa do Ceará, onde participou de inúmeros eventos desde que chegou a Brasília vindo de Catanduva, São Paulo. Recordou que sua atenção para com a Casa o levou a destinar, sem que lhe fosse solicitada, uma emenda parlamentar com recursos “Sei o que representa a solidariedade de vocês não só para com os cearenses mas para com os brasileiros de Brasília”. 12.05.2011

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

9

Maio/11


Depois da preferência de Gedel pela Bahia, Bezerra privilegia Pernambuco Os gestos do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, são direcionados para privilegiar Pernambuco, repetindo o mal fadado empenho de seu antecessor, Gedel Ferreira Lima, que só privilegiou a Bahia, onde se candidatou a governador e perdeu a eleição. Em pouco tempo na pasta, o Sr. Fernando Bezerra Coelho em 02.02, em Brasília, recebeu a deputada Ana Arraes e prefeitos pernambucanos de Brejão, Palmerina, Barreiros, Vicência, Taquaritinga do Norte, São Joaquim do Monte, Feira Nova, Custódia, Cortês e Itaquitinga, que relataram as carências de seus municipios e pediram obras, e logo em seguida, em 18,03, começou a “Operação Pernambuco” anunciando, em Petrolina, com o governador Eduardo Campos, a universalização da água e rede de esgoto em Petrolina (PE), e em 24.03, o saneamento que será implantado em Araripina e Ouricuri (PE). Isto foi só o começo.

Saneamento será implantado em Araripina e Ouricuri (PE) Recife (PE) - Os municípios de Araripina e Ouricuri, ambos no Araripe pernambucano, terão os perímetros urbanos totalmente saneados. A obra será implantada pela Codevasf com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os dois contratos somam R$ 62,5 milhões, dos quais a maior parte, R$ 32,5 milhões, será investida em Ouricuri. O edital de licitação, dividido em dois lotes, foi publicado no Diário Oficial da União em 22.03. A abertura das propostas está marcada para o dia 25 de abril. Segundo o superintendente da Codevasf em Pernambuco, Luís Frota, serão instalados 370 km de rede de esgoto (coletora e condominial). “O saneamento básico vai beneficiar uma população urbana calculada em 75 mil habitantes nas duas cidades”, informa. Em Araripina, o esgotamento sanitário vai despoluir o canal São Pedro, cuja função é escoar águas pluviais, mas que tem sido utilizado para transporte do esgoto produzido na

cidade. “A rede coletora que vamos construir vai receber todo esgoto que atualmente é direcionado para o canal”, esclarece o engenheiro da Codevasf Ricardo Lisboa, gestor do PAC Saneamento em Pernambuco. Ainda de acordo com Lisboa, as duas obras vão gerar centenas de empregos para o sertão do Araripe. “Nós acreditamos que devam ser criados em torno de 600 novos postos de trabalhos para a região”, informa.

Revoada de prefeitos pernambucanos – Uma comitiva de prefeitos pernambucanos e secretários municipais, acompanhados pela líder do PSB na Câmara dos Deputados, Ana Arraes (PE), foi recebida pelo Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, em 02.02. Eles relataram as principais carências de seus municípios, a maioria situada na região do Agreste, e encaminharam diversos pleitos para intervenções e ajuda do Ministério, quase todos ligados a aspectos de segurança hídrica na região. O Ministro afirmou que os pedidos serão analisados pelas áreas técnicas afins e terão os encaminhamentos de praxe para se transformarem em convênios. Ele explicou aos prefeitos e à deputada Ana Arraes que muitos dos pleitos de municípios de todo o país deverão estar contemplados no Programa de Erradicação da Pobreza Extrema, do governo federal, que prevê, entre outras ações, a universalização do acesso à água e implantação de projetos de inclusão produtiva, com potencial para geração de emprego e renda. Participaram da audiência representantes dos municípios de Brejão, Palmerina, Barreiros, Vicência, Taquaritinga do Norte, São Joaquim do Monte, Feira Nova, Custódia, Cortês e Itaquitinga.

Universalização da água e rede de esgoto é anunciada em Petrolina (PE) Petrolina (PE) - A universalização do acesso à água no município pernambucano de Petrolina foi anunciada

pelo ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho durante visita que fez à cidade nesta quinta-feira (17/03). A medida incluirá o abastecimento de água tratada em todas as agrovilas do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho. As ordens de serviço foram assinadas pelo ministro e pelo superintendente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) no Estado, Luiz Eduardo Frota, na presença do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, durante plenária do programa “Todos por Pernambuco”, que realiza seminários regionais temáticos. Até julho de 2013, a Codevasf, em convênio com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), também irá executar as obras para ampliação e adequação de todo o esgotamento urbano de Petrolina. Serão investidos R$ 65 milhões na extensão da rede coletora, reformas e construção de oito estações elevatórias. O ministro frisou que a intenção é “lançar o edital de 100% do esgoto de Petrolina até o final de maio”, na modalidade concorrência nacional. Já para a área irrigada do município, Fernando Bezerra Coelho e Eduardo Campos liberaram cerca de R$ 20 milhões para elaboração de projetos e execução das obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário no Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho. Maior perímetro irrigado público do país, o Nilo Coelho tem uma população estimada em 50 mil habitantes, superior a muitos municípios de Pernambuco, mas ainda assim não conta com o serviço de água encanada.

Hospital Regional do Sertão Central (HRSC) será em Quixeramobim O município de Quixeramobim, no Sertão Central, sediará o terceiro hospital regional de alta complexidade que será construído no Interior do Estado. O hospital será semelhante ao já inaugurado Hospital Regional do Cariri, no município de Juazeiro do Norte. A escolha aconteceu em 09.05, no Centro de Convenções em Fortaleza, após votação dos municípios que compõem a nova macrorregião de saúde. Com 61% dos votos, Quixeramobim ganhou a disputa com Quixadá, Canindé e Boa Viagem. De acordo com o governador Cid Gomes a previsão é de que as obras sejam iniciadas até o fim deste ano e que a construção seja executada num período entre 18 e 24 meses. O governador disse ainda que o orçamento para a nova unidade de saúde ficará entre R$ 50 e 70 milhões. Cid acrescentou ainda que os recursos para a construção serão do Tesouro Estadual e irá procurar parceria com o Governo Federal. “O hospital de Quixeramobim já sai em vantagem, uma vez que o projeto será muito parecido com o de Juazeiro e portanto serão feitas algumas adequações, o que significa ganho de tempo”, justificou. Cid disse ainda que com a construção da nova unidade se coloca em prática uma política traçada pela atual gestão em tornar o Ceará um estado referência na área da Saúde. “Estamos equipando o Interior com os melhores serviços e esse hospital atenderá o Sertão Central, Sertão de Canindé e Sertão dos Inhamuns”, explicou.

Maio/11

10

Sobre o modelo da escolha do município para sediar o Hospital Regional do Sertão Central , o Governador explicou que os outros dois municípios-sedes dos hospitais regionais – Juazeiro do Norte e Sobral – já são considerados “capitais” da região que representam e portanto não foi necessária a disputa. No Sertão Central, Cid defendeu a democracia e realizou reuniões com os representantes municipais para definir os critérios de escolha. Segundo Cid, houve um grande debate em todos os municípios e após um mês de reuniões e discussões a votação ficou agendada para esta segunda-feira. Cada município foi representado por dois votos sendo um da Câmara Municipal e outro do prefeito, este votando em comum acordo com o seu Conselho Municipal de Saúde. Os votos foram proporcionais a população dos

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

municípios. Os quatro municípios candidatos não participaram da votação. Para o prefeito de Quixerambim, Edmilson Junior, que compareceu com uma caravana de Quixeramobim, a escolha só referenda a tradição histórica do município com a saúde. Ele garantiu ainda a infraestrutura necessária para o equipamento e citou áreas como a de recursos hídricos e saneamento básico determinantes para a decisão final. A doação do terreno por parte da prefeitura também era pré-requisito para se candidatar. Segundo Edmilson, será às margens da “Estrada do Algodão” e conforme afirmou o Governador já foi aprovado pelo Departamento de Arquitetura e Edificações (DAE) e pela secretaria da Saúde. O hospital de alta complexidade atenderá aos municípios de Boa Viagem, Canindé, Caridade, Itatira, Madalena, Paramoti, Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Pedra Branca, Quixadá, Senador Pompeu, Solonópole, Aiuaba, Arneiroz, Parambu e Tauá. Acompanharam o processo de votação os secretários estaduais Arruda Bastos (Saúde) e Ivo Gomes (Chefe do Gabinete do Governador), Mauro Filho (Fazenda); os deputados estaduais José Sarto, Zezinho Albuquerque, Rachel Marques, Antônio Carlos e Cirilo Pimenta, a presidente da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), Eliene Brasileiro, os presidente da União dos Vereadores e Câmaras (UVC) do Ceará, Deuzinho Filho, o presidente do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), Henrique Javi.

Ceará em Brasília


Leituras III Incrível. Fantástico, extraordinário. (as time goes by)

José Colombo de Souza Filho (*) O hipermercado ao longo dos anos, mudou de denominação tendo até usado, em outras eras, um paquiderme, como logotipo. Durante mais de três décadas e meia, cresceu, modernizou-se, tornando-se o máximo no atendimento das necessidades do cliente. Do pequeno ao grande consumidor, principalmente o idoso, uma clientela cativa. È campeão nas vendas de produtos (sem agrotóxicos) e zela pela qualidade dos produtos expostos. Aberto 24 horas, tem uma rotisserie que prima em servir um café cappuccino bem cremoso. Numa quarta feira qualquer, por volta dás 10 horas da manhã, (uma gama de) pessoas dos mais variados tipos, pupulava entre as abarrotadas gondulas, em especial alguns casais de idade para lá de madura. O AGORA está em plena capacidade de atendimento. Fazendo sua peregrinação um casal, parecendo velhos habitues do importante centro mercantil, escolhe vagarosamente, num ritual repetitivo de olhar, comparando produtos similares, preços, embalagens e outros afins. O tempo passa em descompasso com o que ocorre com as demais áreas de lojas de departamentos, serviços, butiques e agências bancárias. O Alma Grande, pachorentamente sentado dentro do carro, na vaga destinada a idosos e cadeirantes, está a algum tempo observando o movimento dos caixas.É a corrida dos carrinhos de compras a caminho do estacionamento coberto.Senhoras executivas e de executivos, paramentadas com adereços de grifes de renome, porte e pose de freqüentadoras de academia de ginástica, se destacam, pelo pisar firme, poses e posturas adquiridas no traquejar e tratos dos cargos e encargos na sociedade dominante. Incrível a profusão de carros novos, caminhonetes de top de linha de alta potência, traduzidas pelas acelerações de manobra de entrada e saídas do estacionamento. Contrastando, chama atenção uma Belina Ford 1970 ainda inteiraça, pintura já bastante antiga com adesivos colados nos vidros laterais divulgando clubes de futebol, - ICASA, FERROVIARIA E OLARIA, cidades de turismo e um fantástico display de uma companhia de aviação aérea com o destaque de um corcunda, com os dizeres: “Use a cabeça. Voe pela Real.”. O casal de idosos lentamente, empurrando um carrinho de compras abarrotado de latas, vidros, garrafas e afins, se aproxima da Belina vermelha passando pelo ALMA Grande. Confabula entre outras coisas, algo que soa sobre a realização de um encontro de confraternização de antigos pioneiros de construção de Brasília, mais precisamente a AFA(Associação dos Freqüentadores do Aeroporto). - Deoclésio: Vê se você localiza o Paulo Niziara e também aquele repórter do Correio Braziliense, alto e magro, parece que ele trabalha também na delegacia do IAPI. - Deixa comigo! Da nossa lista só faltou o Doutor Osório Adriano, o Doutor Rômulo Maroclo e o Ari Cunha confirmarem suas presenças. - È isto ai! Afinal, se não for nesse ano, poderá ser no ano que vem. Lá no acampamento da Perdeneiras. Nós não cobramos nada, apenas atenção e a presença. Brasília, 1959/2011 (*) José Colombo de Souza Filho (Fortaleza), jornalista, servidor público, escritor

Ceará em Brasília

Teodoro Silva Santos empossado no TJCE O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) empossou o desembargador Teodoro Silva Santos. Ele assume pelo critério do quinto constitucional, na vaga destinada ao Ministério Público (MP) do Estado. O discurso de saudação foi feito pela desembargadora Maria Iracema Martins do Vale. O ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), destacou as qualidades pessoais e profissionais do novo integrante do TJCE. “Trata-se de eminente jurista oriundo do quinto constitucional, profissional valoroso, dedicado e que chega com experiência apreciável de vivência jurídica”. O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Roberto Cláudio, falou do fortalecimento do Judiciário. Quem também participou da solenidade foi o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-CE), conselheiro Teodorico Menezes. Presentes ainda o diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz José Krentel Ferreira Filho; o governador em exercício do Ceará, Domingos Filho; os ministros Cesar Asfor Rocha e Raul Araújo Filho, do STJ; o desembargador convocado do STJ, Francisco Haroldo Rodrigues de Albuquerque; o senador Eunício Oliveira; o presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM), juiz Marcelo Roseno; o procurador geral do Estado, Fernando Oliveira; o ex-governador do Ceará, Adauto Bezerra.

Cid diz que está saldando dívida histórica com o Cariri

O programa do Governo do Estado de interiorizar suas ações e conhecer in loco a realidade dos municípios cearenses, “Governo do Ceará na Minha Cidade”, foi realizado em 06.05, na cidade de Barbalha, Região do Cariri. No município, os investimentos anunciados ultrapassam R$ 40 milhões. Durante a solenidade o governador Cid Gomes revelou que a ação é uma manifestação, por parte do Governo Estadual, de compromisso com o Interior do Estado, que é onde mora maior parte da população do Ceará e onde, segundo Cid, encontram-se os maiores desafios para o serviço público. “Reconheço o potencial do Cariri e a dívida histórica que outros governos tinham com a região”, destacou. Cid Gomes disse ainda que até o fim de 2012 tem a meta de universalizar energia elétrica e até 2014 universalizar a água em todas as casas do Ceará. “Levamos o projeto de universalização da água ao Ministério da Integração que aportará R$ 873 milhões para a execução”, explica. Cid anunciou ainda que os municípios da região receberão investimentos de R$ 132 milhões, através do programa financiado pelo Banco Mundial, Cidades do Ceará I, executado pela secretaria das Cidades. Em Barbalha, por exemplo, serão investidos R$ 3 milhões em seu centro histórico. Na saúde, Cid disse que o maior investimento foi o Hospital Regional do Cariri já inaugurado e que começa a funcionar no próximo dia 15 de maio. No município do Crato, foi inaugurado um Centro de Especialidades Odontológicas.

Leituras IV

O inventor de talentos que alegrava a cidade Wilson Ibiapina (*) Tarcísio Tavares era muito criativo. Menino, quando ficava doente, pagava ao B.de Paiva para ir ao cinema e contar depois o filme. Ainda jovem fez teatro, rádio e televisão. Fazia “rádio verdade na Uirapuru no seu Variedades TT, programa que dominava a audiência do horário. Voz metálica, diferente do vozeirão que caracterizava os locutores da época, falava com ouvintes pelo telefone, transmitia da feira ou do mercado, dando o preço da farinha, da banana ou do tomate. Contava histórias, lia notícias, ou acionava os repórteres que faziam entrevistas tipo “povo fala”, ao vivo, no meio da praça, na rua. Passou pela rádio Verdes Mares, onde foi redator. Nos anos 60 a programação era toda escrita. Só os bons podiam improvisar. Tarcísio, na luta para para mudar costumes, liberar homens e mulheres de uma cidade ainda provinciana, lançava slogans tipo “virgindade dá câncer”. Edilmar Norões lembra que um dia, apaixonado por uma linda donzela, TT escreveu que ela tinha “a cor do primeiro minuto da aurora”. Na TV Ceará, único canal do estado, marcou presença, produzindo programas que revelaram jornalistas, apresentadores e garotas propaganda. TT foi o que podemos chamar de o primeiro animador cultura de Fortaleza. Colocou na ordem do dia as festas dos clubes suburbanos até então desconhecidas. Falava com tanto charme dessas festas que atraiu os jovens da sociedade, que trocaram as festas do Ideal, Náutico, Maguari e Diários pelas noitadas suburbanas. Nessa época inventou vários cronistas sociais, alguns especializados só em clubes suburbanos. Chegava a entregar prontas as colunas de alguns deles que não sabiam escrever. “O biquini é necessário”, escrevia ele nessas colunas, incentivando a garotada a trocar o maiô pela biquini. Durante anos patrocinou concursos para escolher as meninas mais bonitas dos bairros. Elas eram exibidas nos programas da TV Ceará. Deixou seu nome também na publicidade. Revelou vários profissionais que fizeram fama anunciando produtos na televisão. O jornalista Pádua Lopes foi quem me lembrou: ele não precisava beber para estimular suas ações e garantir noites alegres. O Pádua acredita que o TT era movido mesmo a emoções.Suas últimas atividades foram como jurado do programa do Will Nogueira na TV Diário e como animador das artes plásticas, da música e da literatura na Oboé. Newton Freitas foi o último patrão desse profissional pioneiro da mídia cearense. O Lustosa da Costa chegou a reunir 41 depoimentos sobre o TT das madrugadas, uma circunavegação em torno de Tarcísio Tavares, o bom vivant que inventava alegria e agitava Fortaleza. Como diz o B de Paiva, que foi menino com ele na rua Barão de Aratanha: “TT foi uma das pessoas mais significativas da geração 40/50. Muito lutou, sofreu de saúde atrapalhada, mas riscou com a vida e os sonhos do tempo, um caminho digno e responsável, como profissional e como ser.” (*) Wilson Ibiapina (Ibiapina) jornalista

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

11

Maio/11


osmar baquit

Maio /11

12

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Ceará em Brasília


Ceará em Brasília

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

13

Maio/11


Assembléia discute fronteiras do Ceará com Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco A Assembléia Legislativa formou uma Comissão Especial para diagnosticar a indefinição de divisas entre o Ceará e os estados do Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba. A comissão é composta por Sérgio Aguiar (PSB), Antônio Granja (PSB), Idemar Citó (PR), Hermínio Resende (PSL), Moésio Loiola (PSDB), Sineval Roque (PSB) e Welington Landim (PSB) Os problemas de litígio entre o Ceará e seus vizinhos não apareceram agora. Em 2009 e 2010, a Assembléia tratou, através da Mesa Diretora, dessa questão e, agora, a discussão terá continuidade. O presidente da comissão criada neste mês, deputado Neto Nunes (PMDB), afirma que os maiores problemas estão entre Ceará e Piauí. O Piauí, afirma o deputado, já possui uma comissão que está tratando dos litígios e a proposta do Estado vizinho é recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para resolver a questão. Mas para Neto Nunes, esse não é o caminho. Segundo ele, há também a sugestão de fazer plebiscitos, mas alega que tal mecanismo seria muito dispendioso. Na opinião do peemedebista, o melhor é entrar em consenso. Território “O Piauí quer tomar 66% do território de Poranga, para emancipar um novo distrito do Estado. Além disso, quer entrar em 32% do território do município de Croatá, 21%; de Tianguá; 19%, de Ipueiras e 16%, de Carnaubal. O Piauí alega que o Ceará entrou 23% no município de Cocal”, exemplificou. Ele também citou o caso de Icó, município do Ceará, e São Miguel, no Rio Grande do Norte. Segundo Neto Nunes, São Miguel disponibiliza transporte escolar para os alunos de Icó no intuito deles serem matriculados na cidade pernambucana. O motivo, aponta, é garantir mais recursos do Fundo da Educação Básica (Fundeb). Entre Ceará e Rio Grande do Norte, na divisa das cidades de Tabuleiro do Norte e Apodi, Nunes diz que a Petrobrás detectou poços de petróleo, o que gerou uma disputa para definir a quem esses poços pertencem, se aos cearenses ou potiguares. Em relação aos limites intermunicipais onde Assembléia, IBGE e Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) estão fazendo um atlas georreferenciado, Neto Nunes disse que já foram definidas as divisas entre nove cidades. São elas: Jati e Penaforte; Quixeré e Limoeiro do Norte; Tejuçuoca e Itapajé; e Mosenhor Tabosa, Santa Quitéria e Boa Viagem. O deputado informou que os prefeitos dessas cidades serão chamados para irem até a Assembléia com o objetivo de homologar o acordo delimitando os limites entre os municípios. Pacífica Para o deputado Francisco Pinheiro (PT), o certo é resolver os problemas de forma pacífica, pois atesta que quem mais sofre com essa indefinição é a população, que muitas vezes fica prejudicada nos serviços básicos, como saúde. Ele diz que o correto é consultar as pessoas das áreas de litígio e questionar a quem elas acham que pertencem para, então, buscar um consenso entre as autoridades. O deputado Nenem Coelho (PSDB) alega que interesses políticos dificultam a solução para os litígios, devido às bases eleitorais localizadas próximas as divisas entre um estado e outro. A comissão é composta por Sérgio Aguiar (PSB), Antônio Granja (PSB), Idemar Citó (PR), Hermínio Resende (PSL), Moésio Loiola (PSDB), Sineval Roque (PSB) e Welington Landim (PSB). Com o Diário do Nordeste.

Maio/11

14

Ceará terá sonda para explorar águas em agosto Os estudos técnicos para abertura dos primeiros em águas profundas. Estes poços posteriores, caso confirmados, devem poços em águas profundas no Estado estão concluídos A Petrobras já concluiu os estudos técnicos que sair até 2013, que é quando termina o prazo de conbalizarão a perfuração de dois novos poços de petró- cessão que a empresa tem para realizar as perfurações leo no Ceará, os primeiros a serem abertos em águas no local. Estas concessões foram garantidas em 2001, profundas no Estado. De acordo com a assessoria de último ano em que a Agência Nacional de Petróleo imprensa da estatal, a sonda que irá realizar a atividade (ANP) licitou blocos na Bacia do Ceará. A Petrobras é a única operadora com direitos de chegará em território cearense no início do segundo exploração na bacia. semestre, “possivelmente no mês Investimento de agosto”. Os resultados desta 200 milhões de reais é quanto perfuração podem dar um novo a Petrobras aplicará nas ações de fôlego à produção petrolífera no sondagem e perfuração dos dois Estado, que vem apresentando novos poços de petróleo previstos reduções pelo natural envelhecipara o Estado do Ceará, segundo mento dos campos. programado. Volumes indefinidos PROSPECÇÃO Os estudos feitos se baseiam ANP também faz pesquisa nos na análise de dados geológicos e mares do Estado geofísicos, indicando a presença Hoje, o Ceará só produz pede petróleo (líquido) na chamada tróleo em terra nos municípios Bacia do Ceará, e não descartando de Aracati e Icapuí, na chamada a possibilidade de haver ainda jaBacia Potiguar zidas de gás natural. “O próximo As águas profundas do Ceará passo é executar a perfuração dos estão no foco não só da Petrobras, poços e, caso haja sucesso (nova mas também da ANP, que procura jazida de petróleo ou gás), deliminestas áreas novas possibilidades tar a extensão e o volume da desde exploração. Para isso, já iniciou, coberta”, informou a empresa ao através do consórcio vencedor da Diário do Nordeste. A Petrobras licitação por ela lançada, o trabaainda não possui ideia dos volulho de pesquisa para aquisição de mes que podem ser encontrados dados geoquímicos pelo sistema nesta nova área. Novos poços serão localizados a uma distância de 100 piston core na região. “As estimativas do potencial quilômetros de Fortaleza e a 80 quilômetros de Paracuru Foto: Thiago Gaspar Novos blocos produtor de uma jazida só são Caso encontre petróleo e gás em condições de possíveis através da realização de testes nos poços perfurados. Assim, apenas após a perfuração dos poços, comercialização, poderá incluir novos blocos nas caso ocorra a descoberta de petróleo ou gás, após uma futuras rodadas de licitação para exploração. Em série de testes e novas análises técnicas, será possível dezembro último, foi assinado o contrato, no valor de estimar com segurança o potencial produtor da nova R$ 13 milhões, com o consórcio Fugro/Ipex para a realização do trabalho. As pesquisas já tiveram início jazida”, esclareceu. e, até 30 de dezembro, deverá ser entregue o relatório Campos próximo a Paracuru Os novos poços serão localizados a uma distância completo à ANP. Amostras de 100 quilômetros de Fortaleza e a 80 quilômetros Serão coletadas 1.000 amostras de piso oceânico de Paracuru - município que abriga em sua costa os atuais campos marítimos de petróleo do Ceará: Atum, em profundidades que variam de 50 metros a 2,5 mil Xaréu, Curimã e Espada, todos estes em águas rasas, metros de lâmina d´água, em uma área que totaliza 9,45 mil quilômetros quadrados, na porção oeste da bacia. de até 50 metros de profundidade. A pesquisa abrange extensões das sub-bacias de Piauí, Navio-sonda O equipamento de perfuração, um navio-sonda, Acaraú e Icaraí e está incluída no Plano Plurianual de possui capacidade para perfurar até sete mil metros, Estudos Geológicos e Geofísicos da ANP. O conhecimento em águas profundas na margem operando em profundidade d´água de até três mil metros, conforme já informou anteriormente a estatal. Na Bacia equatorial do Brasil, que vai do Rio Grande do Norte do Ceará, os poços serão perfurados a uma profundidade ao Amapá, ainda é muito escasso. Até hoje, apenas aproximada de cinco mil metros e a uma profundidade cinco poços foram perfurados na região. Atraso no Araripe d´água entre 1800 metros e 2100 metros. A Petrobras Uma outra área incluída no plano da agência é a reforçou ainda: “Não está prevista a perfuração de camadas de sal nos poços que serão perfurados no Estado Bacia do Araripe. As pesquisas, que estão sendo reado Ceará”, referindo-se a uma possível busca por uma lizadas também pela Ipex, deveriam ter sido entregues no último dia 3, mas, de acordo com a assessoria de jazida petrolífera de pré-sal por aqui. imprensa da ANP, vão se estender, agora, até o início Investimento A empresa vai investir, nesta ação em dois poços, de junho. Os levantamentos na bacia englobam a região um montante de R$ 200 milhões. O trabalho será feito do Cariri, também envolvendo Pernambuco, Piauí e nas atuais concessões que a Petrobras possui na bacia Paraíba. Nesta área, foram coletados 2.000 amostras (BM-CE-1 e BM-CE-2). Dependendo dos resultados de solo, para as efetivas análises laboratoriais e interdestas primeiras perfurações, a estatal poderá abrir pretações dos dados estatísticos. (SS) Sérgio de Sousa, Diário do Nordeste, 23.03.2011 ainda três outros poços nesta área, totalizando cinco

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

Ceará em Brasília


Leituras V

Cid Gomes inaugurou IPDI

A alimentação de Obama

Wilson Ibiapina (*) A palavra “vegan” desembarca com Obama no Brasil. Ao pedir comida vegan, ele espalhou pelo país esse seu jeito de se alimentar sem carne, leite nem ovos. Ou seja: nada do que tenha origem animal entra na alimentação. O dirigente da nação que mais consome hamburguer no mundo só se alimenta com refeições vegan. 
O veganismo observa o direito dos animais pelo ângulo da ética, e os adeptos dessa filosofia não admitem qualquer exploração ou abuso sobre os exemplares da fauna, seja qual for a espécie. O termo vegan (a pronúncia é “vígan”) é uma corruptela da expressão inglesa “vegetarian” – suprimindo-se o núcleo da palavra, sobra a junção entre as três primeiras e as duas últimas letras da versão inglesa da palavra “vegeratiano”. Ao invés de animais irracionais, os adeptos do veganismo preferem chamar os demais seres vivos de “não humanos”. A dieta vegana está deixando o nicho de certos grupos de ativistas para alcançar um público cada vez maior. Na Internet circula um documentário narrado pelo ex-beatle Paul McCartney mostrando a crueldade do sistema de criação e abate de animais como porco, galinha, peru, bovinos e ovinos. Recentemente, a apresentadora de TV Oprah Winfrey lançou um desafio a funcionáriows do programa dela para que seguissem uma dieta vegana por uma semana, ensinando ao público os aspectos positivos

de uma dieta baseada em vegetais e os pontos negativos do consumo de carne. A propaganda contra os horrores das fazendas industriais e os efeitos negativos do consumo de carne sobre a saúde é grande. Já são explicados com detalhes em livros como Fast-Food e O Dilema do Onívoro. Estas publicações ainda não alcançaram a grande maioria da população. Em artigo postado na Internet, Eva Batt diz que o veganismo sempre ressaltou a necessidade de uma alimentação saudável que respeite os animais. Enfatiza a importância de preservar o solo e o uso correto da terra, para que futuras gerações não a encontrem com erosão, queimada, sem os minerais necessários para uma vida saudável. Os veganos confiam em métodos naturais (alimentação pura, ar fresco, sol, exercício etc.) ao invés de vacinas e medicamentos para manter corpo e mente saudáveis. Na visão vegana, também a contaminação da água com esgoto, resíduos industriais ou adição de flúor é contrária aos interesses da comunidade. Devido à sua fé em Ahimsa (que em sânscrito significa: não matar, não machucar, energia inofensiva), os veganos tendem ao pacifismo e opõem-se a todos os tipos de atividade agressiva. (*) Wilson Ibiapina (Ibiapina), jornalista

O governador Cid Gomes entregou em 11.05 o Instituto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (IPDI). O Instituto, localizado no Campus do Pici, na Universidade Federal do Ceará (UFC), funcionará como um espaço para desenvolvimento de tecnologias, produtos e processos, e realização e apoio aos projetos de pesquisa, com a finalidade de promover o desenvolvimento sócio-econômico do Ceará. Segundo o Governador, o equipamento também atenderá as demandas de capacitação na área, a partir da implantação dos projetos estruturantes, como a Refinaria Premium II. Na construção e instalação dos primeiros laboratórios do IPDI, o Governo do Estado investiu R$ 3,1 milhões. Também foram destinados ao Instituto recursos da ordem de R$ 5,9 milhões para aquisição dos primeiros equipamentos. O secretário René Barreira, revelou que está previsto o investimento de R$ 15 milhões na aquisição de equipamentos adicionais. O Instituto deverá contribuir na capacitação de pessoas na área de Ciência e Tecnologia e, assim, gerar competência científica no desenvolvimento de produtos, técnicas e processos produtivos. Presente na solenidade, o presidente do IPDI, Lindberg Golçalves, informou que no IPDI já inicia seus trabalhos com o funcionamento do Centro de Referência em Automação e Robótica (Centauro) e que até o final deste ano outros laboratórios deverão se associar ao Instituto. Participaram da solenidade o secretário executivo da Secitece, Pedro Castelo; o Presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno; e o Presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme); Eduardo Martins e o Vice-reitor da UFC; Henry Campos; Coordenador do Laboratório Centauro; Tarcísio Costa.

www.construtoramarquise.com.br

A Marquise é a construtora do ano.

E para muitas famílias, a mudança de uma vida.

Mais do que erguer prédios, trabalhamos para transformar a rotina dos nossos clientes em uma emoção diferente a cada dia. O título de Construtora

Ceará em Brasília

do Ano, concedido pelo Sinduscon/CE, é fruto do empreendedorismo que, há 35 anos, nos leva a fazer parte da vida de tanta gente.

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

construtora do ano

15

Maio/11


Maio/11

16

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

Ceará em Brasília


Documento

Estátua de Patativa de Assaré foi quebrada em três partes

A espera de obras de restauração, o monumento em homenagem ao Poeta Patativa está quebrado Assaré. A estátua do poeta Patativa do Assaré, localizado ao lado da Igreja Matriz, em frente ao Memorial, foi quebrada em três pedaços. O acidente ocorreu no dia 10 de fevereiro, quando o cabeleireiro paulista Claudeilton Soares Alves subiu no pedestal da estátua para fazer uma foto ao lado do seu ídolo, a fim de levar como lembrança para São Paulo. Quando se posicionou para fazer a foto, escorregou, tentou se amparar na estátua, e ele caiu abraçado com o monumento. O cabeleireiro fraturou a clavícula, deslocou o braço e lesionou um joelho, enquanto a estátua partiu-se nas pernas, no tronco e no pescoço. A cabeça foi totalmente destruída. No hospital, onde ficou internado, Claudeilton lamentou o acidente e prometeu pagar os prejuízos. Se for o caso, mandar fazer outra estátua. Os pedaços da estrutura de resina foram levados para o 3º andar do Memorial Patativa do Assaré. O presidente da Fundação Memorial Patativa do Assaré, Isabel Cristina, que é neta de Patativa, explicou que, a princípio, a família ficou revoltada. A primeira providência foi registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia da Polícia para a tomada de providências. “A revolta só acabou quando a gente soube que se tratava de um grande fã que, na ânsia de levar uma lembrança do meu avô, terminou sofrendo um acidente”. O filho mais novo do poeta, João Batista, que mora em São Paulo e estava de férias em Assaré, lamentou o acidente. No entanto, ao saber que não se tratava de vandalismo, foi solidário com o cabeleireiro que ainda hoje está sem trabalhar por conta da situação. A neta de

Ceará em Brasília

Patativa, Isabel Cristina, entrou em contato com o escultor Murilo de Sá Toledo, que construiu a estátua em homenagem ao avô. Ela foi informada de que a restauração do monumento, feito em resina, custa R$ 30.000,00. Em bronze, o preço sobe para R$ 60.000,00. Isabel pondera que talvez o cabeleireiro não tenha condições de custear as despesas, Neta de Patativa, Fátima Gonçalves, ao lado mesmo porque da estátua quebrada em três partes: pernas, tronco e pescoço. A cabeça ficou totalmente destruída. ele ainda está Foto: Antônio Vicelmo convalescendo da fratura que sofreu em consequência da queda. Talvez seja preciso fazer outra cirurgia. Apoio político O secretário de Cultura de Assaré, Marcos Salmo, ga-

rante que a cidade não vai ficar sem o seu maior símbolo. A estátua será restaurada. Para isso, estão sendo mantidos contatos com representantes políticos do Município na Câmara Federal, entre os quais o deputado Chico Lopes, que, segundo Salmo, prometeu uma ajuda financeira. Na próxima semana, o secretário viaja a Brasília, levando um projeto com o orçamento, buscando a liberação de recursos para restauração ou construção de um novo monumento. O fotógrafo Wilson Bernardo, que foi professor em Assaré, disse que, sem a estátua, a cidade perde o seu maior referencial. Patativa foi e continua sendo o maior administrador da cidade. Os empreendimentos que estão sendo instalados no Município são arrastados pelo prestígio do poeta que, mesmo morto, continua divulgando o nome de sua terra natal. A estátua, em tamanho natural, medindo 1,60m, está localizada em frente ao Memorial Patativa do Assaré, na Rua Coronel Francisco Gomes, ao lado da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, em Assaré. Foi inaugurada pelo então governador Lúcio Alcântara, em 2004, com show reunindo artistas da terra, apresentações de repentistas, violeiros, grupos de penitentes e sanfoneiros. Além da estátua, o governador inaugurou também uma ilha digital. A homenagem a Patativa é uma extensão do Memorial, onde está arquivado o acervo cultural do maior poeta popular do Brasil, que morreu no dia 8 de julho de 2002, com 93 anos, deixando cerca de dez livros publicados com mais de mil poemas, a maioria denunciando injustiças contra o Nordeste. O mais famoso deles é “A Triste Partida”, musicado por Luiz Gonzaga. Antônio Vicelmo, Repórte, 25/3/2011

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

17

Maio/11


Leituras VI

Os oitenta anos de Claudio Castelo

Lustosa da Costa (*) Costumo dizer que não se herdam amizades. E estou enganado.No final da decada de 1950,durante o governo Parsifal Barroso,meu pai Francisco Ferreira Costa me falou empolgado de jovem medico que conhecera no IAPC, de que era chefe de pessoal a quem me apresentou. Consttituiu presente regio conhecer tal figura e admirá-la,ao longo dos anos. A este tempo, tudo indicava que Claudio Castelo iria enveredar pela carreira politica,tal seu envovimento com o casal Parsifal Barroso e com o mpoder estadual de entao. Quem o conhecesse,nao se surpreenderia se ele estivesse preparando carreira politica par ao fim do mandato de Parsifal. Nao foi o u que aconteceu. Parsifal saiu do governo, dando espaço para o candidato a quem derrotara no pleito anterior,Virgilio Tavora, este apoiado expressavemente pelas forças conservadoras do Estado, na iminencia da ditadurra quando elas se congregariam no partido do governo, a ARENA. Terminado o governo, Claudio precisaria enfrentar nova tentação politica ,por conta de seu parentesco e amizade com o novo governaddor Placido Castelo. Ele ja decidira,porem, buscar horizonte mais amplo para o exercicio da profissao. Foi morar em S.Paulo, iniciando,entao, carreira de psicanalista,em que se tornou um dos profissionais mais respeitaveis da capital paulistana, *** Lemrbro-me de que vivia eu fase atribulada de minha vida e mde haver batido,nao seria a primeria vez,à porta de Claudio Castelo para me valer,com suas luzes,seu bom senso, seu equilibrio, num transe dificil que entao vivi. **** A distancia fisica nos separou. Vim morar em Brasília e ele continuou a brilhar em S.Paulo. Spo de raro em raro nos encontravamos em suas ideas ao Ceara para rever a familia a que e tamb´pem muito ligado. *** Em 1960, alta de pressao. Estava eu nno Comite de Imprensa, na azafama diaria de produzir materias para O Estado de S.Paulo e “Correio Braziliense” quando um colega dos amis estimados,Gilberto Amaral se sentiu mal. Acompanhei o ate o serviço medico e o profissional que o atendeu nao viu gravidade em seu estado. E me convocvocou a olhar a pressao arterial o que antes nunca havia feito. Pois bem,nao é que ela era alta e eu disso nao sabia e nao cuidava. Um ou dois anos depois, creio que foi no fatidico 31 de março e 1980, passei mal e decidi recorrer aos prestimos do Hospital Distrital,de Brasília, entao respeitavel e efiviente instituição do genero. Ha quem diga que os medicos ainda traumatizados com a tragedia de Tancredo Neves e impressionados com a qualidade das personalidades polit6icias que me visitavam, trataram dee passar a bola pra frente, mandando -me para S.Paulo. Quando telefonei a Claiudio Castelo,ele

Maio/11

18

logo quis saber quando chegaria onde me hospedaria e como me poderia ajudar. O acesso ao Hospityal Beneficiencia Portuguesa fora conseguido por Marai Stela Frota Neto, hoje embaixadora do Brasil em Suiça,casada com jornalista,amigo irmao. Agora, a apresentação, o capricho com que procurou ressaltar minha im portancia como jornalista e como gente,junto a Adib Jatene e a equipe medica que o cercava foram trabalho seu.Que nao me largou,senao quando o med ico Helio Magalhaes disse que tinha eu problema na aorta toraxica que requeria intervenção cirurgica. Nada tao urgente. A operação podia ser feita,dai a um,dois anos. Passei 16 anos fugindo do bisturi. So eresidindo em Paris,em 1995, me operei no Salepetriere, com o cirurgiao Gandback, graças ao jovem medico brasiliense, Leonardo Esteves Lima, filho de meu amigo,Esteves Lima, medico da Camara. Foi em junho de 1995. E la na capital francesa, todos os dias, recebia o chamado telefgonico de Claudio Castelo,querendo saber do meu caso, da cirurgia,do que estava sentindo, carinhos de medico e de irmao. Em 2003, a grande cardiologista de Brasília que me atende,dra.Leda Brauna Braga me recomendou nova cirurgia cvom o dr. Sergio Almeida Olivbeira. Quem o procuou em Brasília, dando lhe minhas referencias,meu curriculo,elaborado por carinho de irmao, foi Claudio que suspendeu o trabalho no consultorio quando era necessario estar presente aos exames mais complexos a que me submeti.Sao favores que se fazem a irmao e que nunca lhe poderei agradecer devidamente Eu e Claudio Pensei em organizar antologia de depoimentos sobre Claudio Castelo. Como vi que a iniciativa nao se coadunava com a modestia em que sempre viveu, desisti. Com pena. Agora tinha eu muito o que escrever sobre o quanto lhe devo em palavras amigas e necessarias na adversidadea, em acompanhamento em meus roteiros paulistas de cardiologistas e de hospital e de sua solidariedade sempre prestante e efetiva. Ele é o amigo certo a cuja porta sempre se pode bater com a certeza de que nao nos faltara.. Isto tem ocorrido nos ultimos cinquenta anos, a maior parte dos quais estivemos separados por longas distancias. ele em S.Paulo,eu em Fortaleza ou ele em S.Paulo e eu em Brasília. Faltaria discorrer sobre o papel de medico exemplar que ele tem sido, seja,primeiro como gastro enterlogista posteriormente como psicanalista dos mais respeitados da capital paulistana. Sobre o irmao mais velho do cla de Adauto Castelo,sempre atento a todfos os irmaos e sobrinhos.Sobre o amigo fiel,preocupado com os amigos que tem espalhados pelo pais. Sobre a cultura por ele acumulada, tao ciosamente guardada pela modestia atras de que se esconde e esconde seus multiplis meritos. Fora meus problemas que ele sempre acompanhou e me ajudou a resoilver,com solicitude fraterna. O que posso dizer é que desde a decada de cinquenta tenho o privilegio de ser amigo de Claudio Castelo e isto nao apenas me honra,também me beneficia nas horas de dificuldade e de aperto. E a certeza disso me d´pa firmeza para enfrentar as dificuldades que se me apresentam.Aqui é que conclui artigo do Lustosa para a casa do ceara,serra (*) Lustosa da Costa (Sobral), jornalista e escritor

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

População cearense cresce 13,69% em uma década O Ceará registrou, na última década (2000/2010), um aumento absoluto em sua população de 1.017.394 habitantes, o que equivale a um crescimento relativo de 13,69%. Em termos percentuais, a população estadual correspondeu a 15,92% da população da Região Nordeste e a 4,43% da população do Brasil. É o que revela o Ipece Informe (nº 03), trabalho realizado pelo Instituto de Pesquisa E Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado. O estudo traz os primeiros resultados do Censo Demográfico do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, analisando algumas evidências na mudança do perfil populacional no Estado do Ceará na última década. Foram estudados os indicadores relacionados à população total; população segundo gênero; população urbana e rural; densidade demográfica e a taxa de crescimento geométrica da população. O estudo completo pode ser acessado na página www.ipce.ce.gov.br. A população cearense representava 15,52% da população da região Nordeste e 4,68% da população do Brasil, em 1970. Na década de 1980 e 1990, estes percentuais apresentaram uma redução, retomando novamente o crescimento relativo a partir da década de 2000, quando se observa os valores de 15,56% e 4,38%, respectivamente. O aumento de participação da população do Estado em relação à população total brasileira e nordestina na última década pode ser explicado, entre outros fatores, pela taxa média geométrica de crescimento anual da população do Ceará obtida entre os anos de 2000-2010, que foi de 1,29%. Esta taxa foi superior à registrada para o Brasil (1,17%) e para a Região Nordeste (1,07%). Concentração De acordo com o estudo, o Ceará tem ainda uma forte concentração populacional na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a qual foi ampliada nos últimos dez anos. Em 2000, 41,14% da população do Estado se encontrava na RMF, ao passo que em 2010 este percentual aumentou para 42,74%. Especificamente para o município de Fortaleza, observa-se que o mesmo obteve 28,97% da população total no ano de 2010, percentual que era de 28,81% no ano 2000. No que diz respeito ao quantitativo populacional para os anos de 2000 e 2010 dos 184 municípios que compõem o Estado do Ceará, 21, o que representa 11,41%, sofreram redução populacional na última década. Desses, quatro estão no grupo de municípios com população inferior a 10.000 habitantes, 16 com população entre 10.001 e 50.000 e apenas 01 com população superior a 50.000 habitantes, corroborando que os pequenos municípios foram os que mais perderam contingente populacional entre os anos de 2000 e 2010. Gênero Ao analisar a distribuição da população do Estado do Ceará - fazendo o corte por gênero – constata-se uma pequena maioria de mulheres tanto para o ano 2000 como para o ano 2010. Este fato ocorre também para o Nordeste e o Brasil, verificando-se um maior quantitativo de mulheres nos anos analisados, embora na população cearense haja um maior percentual de mulheres em relação às outras regiões. Isso indica a manutenção da tendência histórica de predominância feminina na população cearense, nordestina e brasileira. No ano 2000, em termos absolutos, o quantitativo de mulheres atingiu a marca de 3.802.187 habitantes (51,17%) e o de homens 3.628.474 (48,83%) pessoas no Estado do Ceará.

Ceará em Brasília


Leituras VIIAlvorada em Copacabana Por Ayrton Rocha (*) O vento soprava suave E os cabelos longos dela Voavam sobre o seu rosto tão lindo, Como gaivotas voando sobre a beleza Do dia amanhecendo. De mãos dadas, aos beijos e abraços, Caminhávamos sobre areia molhada Do Mar Sereno de Copacabana Onde as espumas das ondas quebradas Banhavam nossos pés Depois de uma longa noite de boemia Onde a palavra mais doce Era: Eu te amo. Eu te amo. De um lado da natureza, A noite chorava a tristeza da partida Enquanto a Estrela Dalva Piscava com um adeus solitário Querendo ficar, Só para assistir o momento carnal do nosso amor. Do outro lado, a natureza surgia sorrindo Como um fogo de amor Onde o Sol lá no infinito, Lá no fundo do Mar, Vinha devagarinho, sorrindo, Com suas cores tão belas Numa excitação e exaltação ao nosso amor Que estava para começar. Ele apenas sorria,

E pintava com suas cores, O cenário do nosso palco de amor. Não queimava, Só encantava aquela manhã tão linda Que estava começando a chegar. O silencio era total. Além da melodia do vento, Só os estalinhos de nossos beijos E o suspiro dos nossos desejos. As ondas do Mar de Copacabana, Numa homenagem a nossa noite de paixão, Em silencio, apenas banhava nossos pés, Que deslizavam feito espumas Sobre as areias daquela linda praia Onde o nosso amor viveu. Quem nunca viveu um amor Na praia de Copacabana, Um grande amor, nunca viveu. Quem nunca fez amor Na praia de Copacabana, Um grande amor nunca fez. Quem nunca beijou A boca de uma linda mulher Na praia de Copacabana, Nunca deu um grande beijo de amor. Quem nunca viu um alvorecer Na praia de Copacabana, Nunca viu um lindo dia nascer (*) Ayrton Rocha (Fortaleza), jornalista, escritor, compositor, publicitário, pequenoayrtonrocha@gmail.com

Alfabetização do Ceará cresce 9,97% e supera média do NE O Ceará, em 2010, apresentou uma taxa de alfabetização de 82,81% em relação ao ano 2000, representando crescimento de 9,97%, superando a média verificada na região Nordeste, que foi de 82,35% e aproximando-se ainda mais da média nacional, de 90,98%. Este é apenas um dos resultados que revela o trabalho Informe/Ipece (nº 06), que foi divulgado na tarde desta quarta-feira (4) pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará. O desempenho do Ceara é ainda mais importante quando o resultado na área da educação obtido em 2010 é comparado ao índice que o Estado apresentava no ano de 2000, onde a taxa de alfabetização era de 75,3%, valor abaixo da taxa da região Nordeste, de 75,4%, e a do Brasil, de 87,2%. O trabalho do Ipece, que é uma análise profunda dos primeiros dados da Sinopse do Censo Demográfico de 2010, disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destaca, segundo Flávio Ataliba, os principais resultados sobre a evolução de indicadores econômicos na última década para o Ceará, o Nordeste e o Brasil. O estudo do Instituto, no Informe/ Ipece, abrange as áreas População, educação, renda e condições dos domicílios. A melhora no índice de alfabetização da população cearense, nos últimos dez anos, foi decorrência do aumento na taxa de alfabetização percebido em todas as faixas etárias estudadas, das pessoas a partir de cinco anos de idade.

Transferência e Segunda Graduação Em vez de sonhar, venha realizar. Para você que cursa outra faculdade, mas não está satisfeito, chegou a hora de dar o grande passo da sua carreira. Venha estudar no UniCEUB, o melhor centro universitário do Centro-Oeste. Tradição, corpo docente, qualidade e empregabilidade para você construir um futuro ainda mais brilhante.

www.uniceub.br/transferencia (61) 3966-1200 Ceará em Brasília

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

19

Maio/11


Hospital Regional do Cariri inaugurado entre Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, com 294 leitos O Governador Cid Gomes inaugurará o Hospital Regional do Cariri (HRC), na sexta-feira, 8., como primeiro hospital público de alta complexidade construído no Interior do Ceará e o único no Estado que atende traumas, como o Instituto Dr. José Frota (IJF), ao mesmo tempo em que realiza atendimento clínico e cirúrgico em diferentes especialidades, como o Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Em toda a história do Ceará, a população nunca recebeu, nas regiões onde mora, assistência de alta complexidade em diferentes especialidades e atendimento de urgência e emergência em um único hospital da rede pública. Agora, o acesso e a qualidade da assistência à saúde melhoram para a população de 44 municípios do Cariri e das regiões de Iguatu e Icó. A sede do novo hospital fica , na Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, em Juazeiro do Norte, localizado estrategicamente no trevo que liga os municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha para facilitar o acesso dos pacientes. O Hospital Regional do Cariri, com 27 mil e 126 metros quadrados de área, 294 leitos (sendo de 35 UTIs) e oitos salas de cirurgia, é o primeiro hospital público terciário construído no Interior do Ceará. “Isso significa interiorização dos serviços de alta complexidade, levando saúde de qualidade para perto da população, o que reduz sofrimento e agravamento do quadro de saúde dos pacientes no deslocamento em ambulâncias para a Capital, no caso do Cariri 600 quilômetros de distância”, afirma o secretário Arruda Bastos. Ele informa que essa assistência de qualidade inclui a garantia de exames complexos realizados com equipamentos modernos,

Maio /11

20

atualmente só feitos na capital. Destaca a ressonância magnética, feita hoje na rede pública exclusivamente no HGF. Outros exames que serão assegurados no HRC são a tomografia computadorizada, endoscopia digestiva e respiratória, eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma, ecocardiografia, angiografia, mamografia, ultrassonografia geral e intervencionista, radiologia geral, além de serviços de laboratório de análises clínicas e patologias clínicas, anatomopatologia, citologia e agência transfusional. Com o funcionamento do novo hospital regional, a população terá acesso a especialistas em traumato-ortopedia, neurologia, cirurgia geral, cirurgia vascular, cirurgia plástica, cirurgia buco-maxilo-facial, protoclogia, gastroenterologia, urologia, oftalmologia, clínica médica e mastologia. Os atendimentos serão iniciados a partir do mês de maio a pacientes encaminhados pelos municípios através das centrais de regulação, com consultas e exames agendados. Durante todo o mês de abril e início de maio serão feitos treinamentos com os 996 profissionais. Todos aprovados em seleção pública. Os diretores também passam por seleção pública, com o resultado final dos aprovados sendo divulgado nesta semana. Iniciado há pouco mais de dois anos, exatamente em fevereiro de 2009, o Hospital Regional do Cariri, construído pelo consórcio das empresas Fujita/Palmas, é um investimento de R$104, 77 milhões. Desse total, R$ 58,5 milhões do Governo do Estado e o restante do Ministério da Saúde. Somente com a aquisição de equipamentos foram investidos R$ 31,2 milhões. O custeio mensal

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

para o funcionamento está estimado em R$ 6 milhões. A administração do Hospital Regional do Cariri será feita pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISFG), uma organização social que o Governo do Estado, através da Sesa assinou contrato de gestão, baseado em metas e resultados. O modelo de gestão é o mesmo adotado desde 2002 no Hospital Dr. Waldemar Alcântara, unidade que integra a rede estadual de saúde. Mais saúde no Interior O Hospital Regional do Cariri faz parte da nova rede de assistência à saúde que o Governo do Estado está construindo em todo o Interior. Além do HRC, no Cariri essa rede é formada por quatro policlínicas regionais em Campos Sales, Brejo Santo, Icó e Iguatu. Já estão com datas de inauguração marcadas as policlínicas em Campos Sales, próximo dia 3 de junho, e 29 de junho em Icó, e um total de 21. Nas policlínicas os moradores da região terão atendimento e mais facilidades de realizar exames em até 12 especialidades médicas, além de assistência em nutrição, terapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. Na nova rede de assistência à saúde do Cariri ainda estão incluídos quatro Centros de Especialidades Odontológicas. Dois CEOs regionais já foram entregues à população, um em Juazeiro do Norte e outro no Crato. Estão em construção mais dois CEOs regionais em Icó e em Brejo Santo. No próximo mês de maio, dia 14, já será inaugurado o CEO regional em Brejo Santo, oferecendo à população serviços especializados em saúde bucal, como periodontia, ortodontia e até diagnóstico de câncer de boca.O total de Ceos é 16.

Ceará em Brasília


Obras do Castelão seguem modelo de construção sustentável e custarão R$ 518,0 milhões. Saem os torcedores e entram as máquinas. No lugar da bola, máquinas começam a ocupar o Castelão iniciando a terceira etapa das obras de reforma, ampliação e adequação do estádio para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. A obra segue o modelo de construção sustentável – uma das exigências da FIFA. Para receber um dos principais selos verdes, a certificação Leed, todos os cuidados necessários estão sendo tomados. Entre eles está a reciclagem de todo o concreto obtido das demolições. Ao fim do processo, o material reciclado será usado na pavimentação de todo o estacionamento da obra. Além disso, tudo que for possível será doado para órgãos públicos. Isso inclui as 59.700 cadeiras do estádio, o gramado (será doado para a nova Academia Estadual de Segurança Pública), as lâmpadas e coberta metálica. Após um estudo de ocupação pelo consórcio, as intervenções tiveram início ainda com o estádio aberto com a retirada de parte das cadeiras do anel inferior da arquibancada. Com o espaço aberto, foi a vez do início das demolições e a retirada do piso da antiga geral. Na área externa, a primeira fase da obra continua a todo vapor com a construção do estacionamento e do novo prédio da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte). Para dar ainda mais agilidade, foi montado no local uma unidade industrial que conta com um pátio de pré-moldados que executará vigas, pilares e lajes que serão utilizadas nessa primeira etapa. Também foram iniciados os processos de retirada das cadeiras do anel superior e a terraplanagem da segunda fase do estacionamento, que faz parte da segunda etapa da obra. O cronograma da reforma, modernização e ampliação do Castelão está sendo seguido à risca. Para dar mais agilidade, o consórcio Arena Castelão trouxe dois equipamentos da Finlândia – os únicos em utilização no

Brasil – capazes de perfurar 100 estacas por dia, quando a média de um equipamento comum é de 10 estacas a cada 24 horas. Início As obras para a reforma, ampliação e adequação do estádio Plácido Aderaldo Castelo (Castelão) iniciaram no dia 13 de dezembro, data em que o Governador assinou a Ordem de Serviço e o contrato com o BNDES. As obras iniciaram pela parte externa, possibilitando assim a realização de jogos do primeiro turno do Campeonato Cearense de 2011. Destaques • Com a reforma, o estádio Castelão será a maior arena esportiva do Nordeste e terá capacidade para 67.037 espectadores, sendo o único da Região apto para receber uma semifinal. • Valor da obra de reforma, ampliação, modernização e operação por oito anos (96 meses): R$ 518.606.000,00 (quinhentos e dezoito milhões, seiscentos e seis mil reais). • Valor do contrato com o BNDES: R$ 351.545.150,00 (trezentos e cinquenta e um milhões, quinhentos e quarenta e cinco mil, cento e cinquenta reais) • O projeto já garantiu em seu edital as obras que serão feitas na parte externa do estádio. Etapas da Obra Etapa 1 – Edifício-sede da Secretaria do Esporte do Estado e primeira Etapa do Estacionamento Coberto 1; Etapa 2 – Segunda etapa do Estacionamento Coberto 2; Etapa 3 – Edifício Central; Etapa 4 – Conclusão, disponibilização e início da operação da totalidade do Estádio. Números do Novo Castelão Assentos 100% cobertos;

100% de visibilidade em todos os setores; Amplo restaurante com visão para o campo de jogo; Áreas para imprensa; Padrões internacionais de segurança e conforto; Novos acessos, com grande praça de eventos; Instalações elétricas, hidro-sanitárias e de telecomunicações modernas; Projeto elaborado de acordo com todas as normas de acessibilidade. Área total construída: 165.000m2 Capacidade bruta: 67.037 espectadores Capacidade líquida: 63.503 espectadores Hospitalidade: 3.468 espectadores Camarotes: 45 camarotes VIP+ VVIP: 769 espectadores Imprensa: 2.765 jornalistas Estacionamento: 1.750 vagas (Área de 65.000m2) Estacionamento Ônibus : 87 VAGAS Restaurante: 1000m2 Secretaria: 3.000m2 Museu do Futebol: 1.500m2 Área da Cobertura do Público: 55.000m2 Vão livre da Cobertura: 55m Área da Praça Elevada de Público: 57.000m2 Acessos ao podium do Estádio: 6 Acessos ao estádio: 19 ACESSOS Tempo máximo de espera para ingresso no estádio: 0 min Tempo máximo de evacuação: 8min Área de imprensa dentro do Estádio: 4.800m2 Área temporária de imprensa durante a Copa: 6.000m2 Hospitalidade dentro do Estádio: 6.800m2 Área de tendas temporárias de hospitalidade durante a Copa: 40.000m2

10-0003-2N(A) - CASA DO CEARÁ.indd 1

Ceará em Brasília

01/12/10 16:51

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

21

Maio/11


Página da Mulher (*) Regina Stella Há perigo nos bairros, há medo na vizinhança. A segurança das pessoas, a privacidade dos lares, aquela sensação de conforto e tranqüilidade que já fez parte do quotidiano está no fim. Não existem mais condições para guardá-las, preservando-as como uma conquista do homem, no seu obstinado aprendizado para viver coletivamente. Que bom os velhos tempos, quando não havia a preocupação de fazer de portas e janelas o exato lugar para ostentar com grades a reclusão, numa evidente separação do jardim e do quintal, com receio da presença de malfeitores. As roupas eram penduradas no varal para secar, no quintal, entre bananeiras e siriguelas, dançando a convite dos ventos madrugadores, e nenhum amigo da coisa alheia ousava quebrar esse balé da madrugada. As raras aparições eram fatos isolados, comentados, nunca o medo, a insegurança, o pavor da violência. Tanto no bairro rico, quanto no bairro pobre, se ia e vinha, sem a espreita de um trombadinha ou a abordagem de um assaltante, arma em punho a exigir dinheiro, jóia, em perigo a vida, na mira sinistra de uma arma comandada quase sempre por um cérebro doentio. O homem se fez prisioneiro do medo e se enclausurou atrás de uma primeira defesa feita de ferro e aço, recolhendo-se cada noite na sua cadeia particular, transformado

Raimunda Ceará Serra Azul (*)

Polvo ao vinagrete (Para 6 casquinhas)

1 polvo médio 1 cebola grande (roxa) 2 dentes de alho 1/3 de xícara de molho de soja Salsa bem batidinha Cebolinha (só a parte branca) Azeite

Quem se lembra de Chernobil? cada quarto n uma cela e a casa toda num presídio! Estamos condenados a cumprir pena dezenas de anos, sério tributo, separados do mundo por grossas grades. No Jardim de Infância, na Escola, no Colégio, , e aonde se vá, a presença das grades fará de cada paisagem uma interseção de linha de ferro!Adulto, as opções se alteram apenas na aparência. Preso, continua na Repartição ou no Banco, tendo um guarda armado à sua volta, sempre exposto à violência que pode surgir repentinamente. E se esconde a bolsa, e se agarra a sacola, e a sete chaves se oculta aquilo que, precioso, momentaneamente se carrega! Como se mil olhos estivessem vigiando, e, prontos, olhos, mãos, braços inimigos, aguardassem apenas o momento de assaltar! Agora,exacerbado o mal, a prisão será definitiva… Prisioneiro de si próprio, o homem se tornou incapaz para erguer ao seu redor algo que realmente o resguarde. Nem para si, nem para os seus, No seu jardim as rosas não poderão ser preservadas, nem os sabiás que cantavam no arvoredo.Em avanço o progresso e a tecnologia, paradoxalmente, o homem construiu as imensas algemas que o farão, em definitivo, escravo do medo, e submisso às incertezas e ameaças de um agressor que não respeita nem portas e janelas, nem grades de aço, casamatas de concreto,túneis ou bolhas submarinas em fossas abissais. Centros de alta sofistificação tecnológica manipulam

esse inimigo em potencial que de uma hora para outra pode escapar, começando implacável mortandade coletiva.Já não a morte violenta onde o sangue jorra e a vítima indefesa suplica piedade.A vida se consome aos poucos, numa morte por definhamento, sem nada que possa impedir o avanço do mal. A radioatividade contida nesses monstros que são as usinas nucleares, liberada, nada respeita! Em Chernobil, quem lembra, até as aves migratórias foram contaminadas pela nuvem radioativa. Na sua rota de migração depois que passaram em Chernobil, ao serem examinadas, apresentaram um nível radioativo cinqüenta vezes maior que o normal!Na Finlândia, a Associação de Proteção da Natureza alertou para que as crianças não apanhassem pássaros mortos, quando cheias de compaixão, se aproximassem das aves, condoídas! Terrível , o agressor, vizinho de toda a humanidade!. Diante dele, em pleno século XXI, a despeito de todo avanço e de toda tecnologia, o homem, sem alternativa, submisso se agacha, indefeso, humilhado. Não bastassem os terremotos, os ciclones, os tufões, as enchentes, os tsunamis! Desarvorado, não encontrou o homem, ainda, nada que impeça a escalada do medo!Penoso tributo aos tempos...

Receitas nordestinas testadas e provadas Vinagre Limão Sal Leve o polvo para cozinhar em água e vinagre (não use sal e não bata o polvo); espete um garfo, e se estiver macio, retire e deixe esfriar, para depois cortar em rodelas. Tempere com o alho, a cebola batidinha,

o molho de soja, a salsa e a cebolinha, um pouco de limão, vinagre e azeite. Prove urn pedacinho para verificar o sal, por causa do molho de soja. Lembre-se de que cozinhar sem sal é o segredo para o polvo ficar bem macio.s na manteiga. (*)Raimunda Serra Azul (Uruburetama), advogada.

Escâner e avaliações em crianças podem apontar ‘tendência de comportamento violento’ Traços de falta de empatia em crianças podem ser um sinal de futuros comportamentos antissociais e violentos, apontam dados apresentados nesta semana na conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em Washington. Segundo pesquisadores, o escaneamento do cérebro e avaliações precoces podem ajudar a identificar e tratar esses traços e a prever problemas de conduta. Para Nathalie Fontaine, professora assistente de justiça criminal da Universidade de Indiana, “crianças com altos níveis de traços de falta de empatia (callous-unemotional) e problemas de conduta entre 7 e 12 anos tendem a desenvolver hiperatividade e a viver em um ambiente caótico”. Isso, diz ela, é um risco potencial para a psicopatia em adultos. “Se identificarmos essas crianças cedo, podemos ajudar a elas e a suas famílias” a prevenir comportamentos severamente antissociais, declarou Fontaine na conferência, segundo apresentação obtida pela BBC Brasil. O jornal The Daily Telegraph cita estudos do professor e criminoligista britânico Adrian Raine que apontam que criminosos e psicopatas têm áreas do cérebro – como a amídala e o córtex pré-frontal – reduzidas.

Maio/11

22

Essas áreas controlam nossos impulsos, nossa cooperação social e nossas noções de moral. Raine disse na conferência em Washington, segundo o Telegraph, que a ausência do medo da punição, que pode ser medida em bebês, também seria um indicativo de futuros comportamentos antissociais, e defende a importância de medições que identifiquem isso. Riscos e ética Fontaine, no entanto, enfatizou que suas descobertas não significam que algumas crianças com falta de empatia necessariamente se tornarão delinquentes, mas que a identificação precoce desses traços pode ajudá-las a lidar com o risco de comportamento antissocial. Para ela, punições podem não ser eficazes para lidar com o problema. Uma possível solução é reforçar o comportamento positivo dessas crianças, em vez de castigar o negativo.

veja o site do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br

A pesquisadora examinou dados de mais de 9 mil gêmeos nascidos na Grã-Bretanha entre 1994 e 96, e cerca de um quarto deles apresentou níveis altos ou oscilantes de empatia. De acordo com a apresentação de Fontaine, níveis ascendentes de falta de empatia estão associados a mais problemas comportamentais ao longo do crescimento. Os dados analisados por ela indicam que os traços de falta de empatia derivam, na maioria das vezes, de influências genéticas, principalmente em meninos. Mas, no caso das meninas, fatores ambientais parecem exercer influência significativa. Por isso, ela faz a ressalva de que suas conclusões se beneficiariam de avaliações desses fatores ambientais ou de risco, como negligência ou abuso infantil. Segundo o Telegraph, a conferência abordou também as implicações éticas de se tratar crianças antes que elas tenham de fato feito algo errado, mas, para Raine, as causas biológicas do comportamento não podem ser ignoradas. “Temos que buscar as causas do crime tanto nos níveis biológicos e genéticos como nos sociais”, disse o especialista. Com a BBC Brasil

Ceará em Brasília


Leituras VIII Humor Negro e Branco Humor

Guia Prático - Curso “Como falar bonito , em público, sem dizer nada”.

Curso ‘The Book Is On The Table’ O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas. Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!! Chegou o sensacional e insuperável curso ‘The Book is on the Table’, com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014. Veja como é fácil! a.) Is we in the tape!= É nóis na fita. b.)Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! ) c.) I am more I= Eu sou mais eu. d.) Do you want a good-good?= Você quer um bom-bom? e.) Not even come that it doesn’t have! = Nem vem que não tem! f.) She is full of nine o’clock = Ela é cheia de nove horas. g.) I am completely bald of knowing it. = To careca de saber. h.) Ooh! I burned my movie!= Oh! Queimei meu filme! i.) I will wash the mare.= Vou lavar a égua. j.) Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho! k..) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come! l.) Before afternoon than never.= Antes tarde do que nunca. m.) Take out the little horse from the rain= Tire o cavalinho da chuva. n.) The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo! o.) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço. Na compra do ‘The Book is on the table’ você ganha inteiramente grátis o incrível ‘The Book is on the table - World version’!!! Outras línguas: Chinês a.) Cabelo sujo: chin-champu b.)Descalço:chin chinela c.) Top less:chin-chu-tian d.) Náufrago:chin-chu-lancha f.)Pobre: chen luz, chen agua e chen gaz Japonês a.) Adivinhador:komosabe b.) Bicicleta:kasimoto c.) Fim: saka-bo d.) Fraco:yono komo e.) Me roubaram a moto:yonovejo m’yamaha f.) Meia volta:kasigiro g.) Se foi:non-ta h.) Ainda tenho sede:kiro maisagwa Outras Em Inglês: a.) Banheira giratória: Tina Turner b.) Indivíduo de bom autocontrole:Auto stop c.) Copie bem:copyright d.) Talco para caminhar:walkie talkie Russo a.)Conjunto de árvores: boshke b)Inseto: moshka c.) Cão comendo donut’s: Troski maska roska d.) Piloto: simecaio patatof e.)Prostituta: Lewinsky f.) Sogra: storvo Alemão a.) Abrir a porta: destranken b.) Bombardeio: bombascaen c.) Chuva:gotascaen d.)Vaso:frask

Ceará em Brasília

COMO USAR ESTE QUADRO: Forme uma frase unindo 4 quadros, quaisquer (de 1 a 13), sendo apenas um de cada uma das quatro colunas ( A,B,C,D) . Você terá uma linda frase, sem dizer nada. Ex.: 8 A + 3B + 1C + 10 D = uma frase completa. ( No total poderá formar 28.561 frases = aproximadamente 120 h garantidas de “discurso vazio”) Autor desconhecido/ Adaptado por Odair de Sá Garcia / Reprodução total ou parcial autorizada, sem limite.

Grupo espanhol Roca terá fabrica no Ceará Mais um grupo espanhol manifesta interesse em implantar empreendimento no Ceará. A Roca, do ramo de louça sanitária, quer construir uma fábrica no Estado. Para tanto, representantes da Empresa estiveram em Fortaleza, onde visitaram, na última semana, o Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede) e apresentaram os seus planos de expansão no Nordeste. Na ocasião, a comitiva liderada pelo diretor de tecnologia, Albert Quintana, foi recebido pelo representante do órgão, Ivan Bezerra. Quintana revelou que a Roca possui 65 fábricas de louça sanitária espalhadas pelo mundo. O Grupo chegou ao Brasil em 1999, onde possui seis fábricas na Região Sudeste, que empregam diretamente 3.500 pessoas. Para se instalar no Ceará, a Roca já procura um terreno de 10 hectares nos municípios de Caucaia, Pacatuba,

Horizonte ou Maracanaú. Isso porque, de acordo com a Companhia de Gás do Ceará (Cegás), nessas localidades existe rede de distribuição de gás, fator fundamental para o funcionamento da fábrica, que será abastecida com esse combustível. “Devemos escolher o terreno em um desses municípios, nesse espaço haverá uma área construída de 5 hectares”, informou o diretor. A Roca encaminhará um relatório ao Cede dentro dos próximos dias. Se a empresa se enquadrar nos requisitos exigidos para a concessão de benefícios pelo Governo do Estado, tais como valor total do investimento, localização da empresa e a existência de programas de responsabilidade social, a obra terá início em breve e deverá ficar pronta num prazo de 18 meses. A fábrica deverá gerar 500 empregos diretos no Ceará

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

23

Maio/11


Casa do Ceará pede aprovação do projeto Fausto Nilo à Administração de Brasília. A diretora de Engenharia e Obras da Casa do Ceará, em Brasília, Angela Parente, pessoalmente deu entrada na Administração de Brasília do projeto Fausto Nilo, que significará a refundação da Casa do Ceará em Brasília, e sua inclusão do partido urbanístico, paisístico e turístico de Brasília. O projeto foi aprovado, por aclamação, em assembléia geral da Casa. O projeto terá quatro blocos, sendo no primeiro serão instalados, Museu, Biblioteca, lojas de artesanato, salão de exposições e restaurante. No segundo bloco, os cursos profissionalizantes, clinicas e odontoclinicas. No terceiro, o teatro de 600 lugares, que será um dos melhores espaços do DF. No quarto, a Pousada Chrisantho Moreira da Rocha, deputado federal, que idealizou e fundou a Casa do Ceará no Rio de Janeiro e em Brasíia. Há dois anos, que o presidente da Casa, Fernando César Mesquita, um dos fundadores da instituição, teve a idéia de construir uma nova Casa. A atual, em quase 48 anos, tem 6 mil metros quadrados de área construída, numa área de 30 mil metros quadrdados, em condições difíceis e acanhadas para a realidade urbanística de Brasília. A nova Casa terá quase 13 mil metros de área construída numa área física de 15 mil metros quadrados

Maio /11

24

Conversou com o arquiteto e compositor Fausto Nilo que veio à Casa, ele que morou algum tempo em Brasília, e aceitou o desafio, desde que fossem definidos os recursos para a elaboração dos projetos. Fernando César Mesquita chegou então ao governador Cid Gomes, presidente de honra da Casa, que

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

demonstrou empenho e determinação para que o projeto fosse elaborado, identificando e disponibilizando recursos, transferindo-os, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, dentro de um cronograma, para que financiassem Fausto Nilo. Foram dois anos de lutas e ajustes na Divisão de Vigilância Sanitária do DF e no Corpo de Bombeiros do DF, para que o projeto, finalmente, recebesse o sinal verde. Os ajustes se produziram básicamente em cima do bloco que abrigará a nova Pousada Crhisantho Moreira da Rocha, que poderá acolher 42 idosos, o dobro de sua capacidade atual. A Divisa cercou-se cuidados mínimo para assegurar que os idosos tenham atendimento de qualidade. Nova assembléia geral da Casa aprovou a venda de uma das glebas de 15 mil metros quadrados, no mesmo espaço da 909/910, para financiar a implantação do projeto Fausto Nilo. Logo após a aprovação do projeto Fausto Nilo, a Casa dará partida ao processo de sua implantação que durará de dois a três anos. Será definida a forma de venda do terreno, escolhida a empresa que construirá a nova Casa e como, durante a construção, a Casa marcará sua presença física em Brasília.

Ceará em Brasília

Profile for shadown shadown

Jornal Maio 2011  

Jornal da Casa do Ceara

Jornal Maio 2011  

Jornal da Casa do Ceara

Profile for shadown21
Advertisement