Page 1

Ceará em Brasília Jornal da Casa do Ceará

www.casadoceara.org.br

DEVOLUÇÃO GARANTIDA

CORREIOS

Ano XXV - 265 - Julho de 2014

Fotos: Hermínio Oliveira

AQQB fez na Casa do Ceará a 2ª Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília com 3.000 participantes. Leia mais na pág. 14

Presidente de Honra Carlos Aguiar recepciona no Arco de N. Sra. de Fátima

Banda Cafuné do Mocambo

Segura o bode, Presidente!

Vice-Presidente Chico Élcio e Quinha, Presidente Ladir Aguiar e Suely, Presidente de Honra Carlos Aguiar e Natalina

Tacho da garapa

Leia nesta edição Editorial, pág. 2 Espaço Luciano Barreira, pág. 2 Conversando com o Leitor, pág. 2 Samburá - avenida Beira Mar, pág. 3 563 ações de improbidade em 62 municípios do Ceará, pág. 4 Refinaria Premium só em 2015. Custo será de US$ 8,5 bi, pág. 4 BNDES aprova financiamento de R$ 1 bi para construção do Metrô. pág. 4 Anúncio do José Lírio de Aguiar, pág. 4 Castelo Camurça é reconduzido à Corte do TRE-CE, pág. 5 Fortaleza é o destino favorito do NE. Salvador e Recife no sal. pág. 5 Produção industrial do Ceará em maio foi a maior do Nordeste, pág. 5 Anúncio da Marquise, pág. 5 Leituras l - A Poesia de Jarbas Junior, Reação Onírica - Evocação da Nostalgia - Arco-Íris - Reação, pág. 6 Seu Lunga, o homem mais ignorante do Brasil, vive em Juazeiro do Norte, pág. 6 Banco do Nordeste apresentou Nova Diretoria Executiva, pág. 6 Leituras II - Artigo de Wilson Ibiapina, Rui Diniz, um português bem brasileiro, pág. 7 Anúncio do Uniceub, pág. 7 Leituras III - Artigo de Gonzaga Mota, Plano Real, pág. 8 Beach Park: Parque aquático do Ceará é eleito o segundo melhor do mundo, pág. 8 Acquário de Fortaleza pode atrair 1,2 mi de turistas por ano, pág. 8 Leituras IV - artigo de Ubiratan Aguiar, Copa 2014 – A penitência do improviso, pág.9 Castelão registrou mais de 350 mil pessoas na Copa e ocupação de 98,5%, pág. 9 Fortaleza foi a 3ª Cidade mais bem avaliada durante a Copa, pág. 9 Anúncio de M. Dias Branco, pág. 10 Anúncio de Expresso Guanabara, pág. 11 Leituras V - artigo de Gervásio de Paula, O adeus ao professor de Espantos, pág. 12 Missa marca os 80 anos da morte do padre Cícero, pág. 12 Nomes esquisitos de candidatos a deputado federal e estadual no Ceará, pág. 12 Leituras VI - artigo de JB Serra e Gurgel, Sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor, pág,13 19 empresas do Ceará no Inova Talentos, pág. 13 Memórias de um prof. José Jarbas Studart Gurgel na UFC, pág. 13 Fortaleza capita mundial da biotecnologia, pág. 13 Leituras VII - artigo de João Soares Neto, O Básico de Fortaleza para estrangeiros , pág. 14 Leituras VIII - artigo de Macário Batista, Meu dia de Zé Doidim,pág. 15 Potência. Torres eólicas do CE têm 43% de rendimento. Média alcançada no Estado é destaque mundial, superando índices na China, Alemanha e EUA, pág. 15 Grandene ampliará presença em Sobral onde tem oito indústrias, pág. 15 Paisagista visita Casa do Ceará para conhecer o paisagismo da nova sede, pág. 16 Anúncio da Nacional Gás, pág. 16 Projeto Institucional prof. Francisco Albery Mariano, pág. 17 Página da Mulher, artigo de Regina Stela, Gente Brava. pág.18 Os Cearenses na Cozinha de Brasília, pág. 18 Novo exame de sangue ‘pode prever Alzheimer’, pág. 18 Leituras VIII - Humor Negro e Branco Humor, Barão de Itararé, pág. 19 Juazeiro do Norte: FIEC inaugura Casa da Industria e instalou o Polo Regional de Inovação, pág. 19 Ex-reitor da UFC recebeu a Medalha Boticário Ferreira da Câmara Municipal de Fortaleza, pág. 19 Anúncio do Beach Park. pág. 20

Diilma e Nicolas Maduro da Vanezuela

Dilma e Rafael Correa do Equador

Palco c/queima de fogos

Carro de Boi

Cacimbão

Casa do Ceará volta a Administração de Brasília para aprovação dos ajustes ao Projeto Fausto Nilo. Leia mais na pág. 16 OS BRICS também se reuniram no CEC em Fortaleza

Os chefes de Estado dos países membros dos BRICS, Brasil, China, India e África do Sul estiveram em Fortaleza e se reuniram no Centro de Eventos do Ceará-CEC, na etapa de Fortaleza da cúpula dos BRICS, que se seguiu em Brasilia. Na foto, o Governador Cid Gomes presidindo uma das reuniões preparatórias. O CEar[a, Fortaleza e o CEC mostraram ao mundo a capacidade dos cearenses de acolher grandes eventos.

Dilma e Evo Morales da Bolívia

Dilma e Horácio Cartes do Paraguai

Dilma e José Mujica do Uruguai

Dilma e Cristina Kirchner a Argentina

Fortaleza sediou no Centro de Convenções a VI Cúpula dos Brics que reuniu líderes do Brasil, Russia, China e África do Sul. Leia mais na pág. 20


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Espaço Luciano Barreira *As frases geniais e seus autores...

Edi t o r i a l

Não se fala muito e se escreve pouco sobre a falta d’agua no Nordeste e em São Paulo. Surpreende o que está se passando em São Paulo. A televisão amplia a gravidade, quando mostra bicas pingando, baldes sendo carregados, rios secos e entulhados de garrafas pet. Os ´paulistas e paulistanos descobriram a reserva das reservas dos reservatórios minguando e volume morto ressuscitando e os baitas esforços para que milhões não sejam obrigados a conviver com carros pipa. Alguns já enfrentam o dia a dia com os engradados de água mineral. Chic. Para nós, seca não é novidade. Só que 112 dos 184 municípios cearenses estão sendo abastecidos por carros pipas. Outros 170 estão em situação de emergência pela escassez d’agua. A situação não é muito diferente em outros estados do Nordeste. Tão grave quanto a escassez de água é a ameaça de apagão, já que as grandes barragens que produzem energia elétrica estão secando, principalmente as localizadas em São Paulo. O caso da energia elétrica se agrava na medida em que estão atrasados os cronogramas de construção de hidrelétricas e os de implantação das linhas de transmissão. Não há problemas de escassez água e energia nas regiões Norte, Centro Oeste e Sul. No Sudeste, além de São Paulo, logo Minas, Rio de Janeiro e Espirito Santo serão afetados. No Nordeste, 2014 já acabou. Teme-se o que pode acontecer em 2015, Os candidatos não falam no assunto mas deveriam pelo menos alertar sobre o que acontecer, Inácio de Almeida (Baturité), Diretor Expediente

Fundada em 15 de outubro de 1963 Fundadores – Chrysantho Moreira da Rocha (Fortaleza) e Álvaro Lins Cavalcante (Pedra Branca) Diretoria Presidente - Osmar Alves de Melo (Iguatu): José Sampaio de Lacerda Junior (Fortaleza), 1º vice; Luiz Honzaga de Assis, (Limoeiro do Norte) 2º vice; Evandro Pedro Pinto (Fortaleza), Administração e Finança Edivaldo Ximenes Ferreira (Fortaleza), Planejamento e Orçamento; Vicente Magalhães (Aurora), diretor de Educação e Cultura; Francisco Machado da Silva (Pedra Branca), Saúde; JB Serra e Gurgel (Acopiara), Comunicação Social, general Nilton Pessoa Cavalcante (Iracema) Obras, Maria Áurea Assunção Magalhães (Fortaleza), Promoção Social, e João Rodrigues Neto (Independência), Jurídico. Conselho Fiscal Membros efetivos: José Ribamar Oliveira Madeira (Uruburetama), José Colombo de Souza Filho (Fortaleza) e José Carlos Carvalho ( Itapipoca); Membros suplentes: Antônio Florêncio da Silva (Fortaleza), e José Aldemir Holanda (Baixio). Jornal da Casa do Ceará Fundador e Editor Emérito - Luciano Barreira (Quixadá) Conselho Editorial Ary Cunha (Fortaleza), Carlos Pontes (Nova Russas), Edmilson Caminha (Fortaleza), Egidio Serpa (Fortaleza), Frota Neto (Ipueiras), Geraldo Vasconcelos (Tianguá), Gervásio de Paula (Fortaleza), Haroldo Hollanda (Fortaleza), Jorge Cartaxo (Crato), J. Alcides (Juazeiro do Norte), José Jézer de Oliveira (Crato), Lustosa da Costa (Sobral), Marcondes Sampaio (Uruburetama), Milano Lopes (Fortaleza), Narcélio Lima Verde (Fortaleza), Orlando Mota (Fortaleza), Paulo Cabral Jr. (Fortaleza), Raimunda Ceará Serra Azul (Uruburetama), Roberto Aurélio Lustosa da Costa (Sobral) e Tarcisio Hollanda (Fortaleza). Diretor Inácio de Almeida (Baturité) Editores JB Serra e Gurgel (Acopiara) e Wilson Ibiapina (Ibiapina) Gurgel@cruiser.com.br / wilsonibiapina@globo.com Editoração Eletrônica Casa do Ceará Distribuição Antonia Lúcia Guimarães Circulação O jornal não se responsabiliza por textos assinados. Banco de dados com apoio da ANASPS - Brasília – DF SGAN Quadra 910 Conjunto F - Asa Norte | Brasília-DF CEP 70.790-100 | Fone: 3533 3800 casadoCeará@casadoCeará.org.br / www.casadoCeará.org.br

Julho/14

2

“A minha esposa tem um bom físico.” Albert Einstein “Nunca pude estudar Direito.” O Corcunda de Notre Dame “Nunca quis ser o primeiro.” João Paulo II “O automóvel nunca substituirá o cavalo.” Uma Égua “Disseram-me pra jogar junto à linha branca.” Maradona “Tenho um nó na garganta.” Tiradentes “Chega de humor negro!” Ku Klux Klan “Gosto da humanidade.” Um Canibal “Você é a única mulher da minha vida.” Adão “O evento foi um estouro.” Bin Laden “Two beer ou not two beer. Lula na Inglaterra

Relacionamento/Casamento/ Ajuntamento/Amancebação

“Um relacionamento é baseado em dois atributos: beleza e paciência. Se der certo, beleza! Se não der, paciência.” “O homem mais importante na vida de uma mulher não é o primeiro, mas sim aquele que não deixa existir o próximo.” “Se alguém se afastar de você não fique triste. Pode ser a resposta da oração: Livrai-nos do mal, amém!” “Mesmo que o Lula perca a voz e aprenda a linguagem dos sinais, continuará falando errado, pois lhe falta um dedo.” “Eu era lindo e vivia rodeado de mulheres, mas tive que vender a minha Ferrari...” “A justiça é cega, mas a injustiça todo mundo vê.” “Calça legging é igual a caldo Knnor, deixa qualquer galinha gostosa.”

“A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa”.

Mulher tem uma lógica diferente da do homem.

Veja um papo de um homem e uma mulher num barzinho ... Mulher: - Você bebe? Homem: - Sim Mulher: - Quanto por dia? Homem: - 3 uísques Mulher: - Quanto paga por cada uísque? Homem: - Cerca de R$ 10,00 Mulher: - Há quanto tempo você bebe? Homem: No mínimo há uns 20 anos Mulher: - Um uísque custa R$ 10,00 e você bebe 3 por dia, custa R$ 900,00 por mês e R$ 10.800,00 por ano, certo? Homem: - Correto Mulher: - Se em um ano você gasta R$ 10.800,00 sem contar a inflação em 20 anos, você gastou R$ 216.000,00, correto? Homem: - Correto Mulher: - Você sabia que esse dinheiro aplicado e corrigido com juros compostos durante 20 anos daria para comprar uma Ferrari? Aí o Homem pergunta para Mulher - E você bebe? Mulher: - Não Homem: - Então cadê a porra da tua Ferrari ???

Conversando com o Leitor

+ Erramos: A chamada de 1ª. Página e a manchete da página espelhada sobre Humberto Cabral teve mudado o nome da memória viva do Crato e do Cariri para Humberto Cabral. Coisa de revisão. Pedimos desculpas ao nosso Humberto Cabral. + Recebemos: “Caro JB Penso que não saiu o meu texto no jornal de Maio. Deve haver um engano: O texto Parnaso Cearense não é meu. Explico apenas para que o autor não me culpe por plágio. Abraço amigo João Soares”; Peço desculpas aos leitores deste flamante jornal, ao João Soares e ao autor que pediria a que apresente para que seja reparado na sua honra e no talento.

+ Recebemos o Binóculo de Abril com artigos de Dias da Silva, Batista de Lima. Nonato Soares de Castro . Fátima de Oliveira, Arine de Melo Júnior e poesias de Espedito Amorim. Francisco Carvalho, José Linhares Filho, Maria Lúcia Silveira Nilze Costa e Silva, Aíla Sampaio e Marcos Frota. + Recebemos também o Binóculo de abril com artigos de Dias da Silva, Batista de Lima, Caio Porfírio Carneiro, Francilda Costa, Vicente Lemos e Juraci de Oliveira Paixão, poesias de Francisco Dantas Pinheiro, Marcos Frota, Eduardo Fontes, Gelmirez Fontes, Antonio Borges Andrade, Amarílio Carvalho, Francisco Carvalho e Francisco Lemos. + Em junho, nosso site www.casadoceara.org.br registrou , na auditoria do Google Analystics, 5,7727 visitantes 4.962 usuários e 12.142 páginas visitadas. + NO exterior ,tivemos 100 visitas nos Estados Unidos

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

, mais Índia, Argentina, Reino Unido, Portugal, Canadá, Espanha, Venezuela, Albânia, Angola, Suiça, Alemanha, Dinamarca, Indonésia, Paquistão, Qatar, SÃO Tomé e Príncipe e Tunísia. + No Brasil, fomos visitados por pessoal de Brasília, São Paulo,Fortaleza, Rio de Janeiro, Manaus, Sobral, Anápolis, Goiânia, Belo Horizonte, Mesquita/RJ, Uberaba, Vitória, Recife, Salvador, juazeiro do Norte, Natal, Santo André, Campo Grande, João Pessoa, Florianópolis, Aracaju Jundiaí, Ribeirão Preto, Sorocaba. + O nosso site www.casadoceara,org.br registrou a marca de 212.890 visitas acumuladas nos últimos três anos. Recomende-nos aos seus amigos Tudo que acontece no Ceará é divulgado na sessão Notícias, o que faz com os cearenses de todo o mundo nos acesse regularmente, + O nosso site www.brasilia50anosdeceara.com.br, com a história de 150 cearenses que marcaram os 50 anos de Brasília, registrou os 53.445 visitantes. É a maior fonte biográfica de cearenses que passaram por Brasília. É a própria História do Ceará. + O nosso site www.casadoceara50anos.com.br , com 150 biografia de 150 cearenses que construíram suas vidas em Brasília, chegou a 2.435 visitas. + A Casa do Ceará em Brasília , pelos seus sites , é detentora da memória viva dos cearenses de Brasília, graças a efetiva contribuição do grupo M. Dias Branco,.

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

SAMBURÁ - Avenida Beira Mar Educação em alta A escolha do nome de Izolda Cela para compor a chapa do PROS-PT na disputa pelo governo do Estado, sem dúvidas engrandece a educação no Ceará. Foi com o trabalho dela na pasta que o Ceará deu um salto de qualidade e ao Brasil ofereceu programas adotados nacionalmente. Faz diferença, sim. Dnocs vira feudo de Henrique Alves O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) virou mesmo feudo do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB/RN). A presidente Dilma Rousseff exonerou o diretor-geral Émerson Fernandes, potiguar, e nomeou o também potiguar Walter Gomes Sousa para o cargo. Emerson Fernandes foi assumir a presidência da Companhia de Desenvolvimento do Rio Grande do Norte (Codern), num acordão político-eleitoral no Estado vizinho. Henrique Alves é candidato ao Governo pelo PMDB e vem liderando pesquisas sem tanta folga. Henrique Alves afundou o Dnocs. Zona Franca do Cariri Coordenador e vice-presidente da Comissão Especial da Câmara dos Deputados em favor aprovação da Lei da Zona Franca do Semiárido Nordestino, o deputado federal tucano Raimundo Gomes de Matos promoveu debate sobre o tema , em Juazeiro do Norte, com participação de autoridades, empresários, prefeitos e presidente de Câmaras Municipais da Região do Cariri para o evento, que ocorrerá no auditório da Secretaria da Fazenda. Presentes inclusive, o Presidente deputado Hugo Motta (PMDB-PB) e o deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE) e relator da proposta. Efetivado O Ministério da Fazenda efetivou Nelson Antônio de Souza como presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Nelson Antônio de Souza já vinha exercendo a função interinamente desde 3 de abril deste ano, quando Ary Joel de Abreu Lanzarin deixou a presidência do banco. Nelson Antônio de Souza, que já era diretor do banco desde julho de 2012, foi indicação do próprio Ary Joel. Nelson nasceu em São Paulo, mas ainda criança mudou-se para o interior do Piauí. Filha de Roberto Moreira Escreveu Macário Batista: ““Acabei de receber o Diário Oficial onde o Instituto Rio Branco publica o edital em que a cearense Camilla Neves Moreira ao fazer 581.45 pontos, divide o primeiro lugar com uma gaúcha, no concurso vestibular público para o Itamaraty. Camilla será cearense-colega de Dário de Castro Alves, João Mendes, Marcos Paranaguá, Catunda Rezende, Stella Pompeu Brasil Frota, de Jerônimo Moscardo, Joaquim Mourão, Embaixador Paes de Andrade dentre outros brilhantes diplomatas nascidos aqui e todos meus amigos. Foram mais de 45 mil inscritos em todo o Brasil”.

Ceará em Brasília

Mariana Lobo A secretária da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus), Mariana Lobo, assumiu em 17.07 , em Brasília, uma cadeira no Conselho Nacional de Política Penitenciária Criminal e Penitenciária (CNPCP).O colegiado é órgão vinculado ao Ministério da Justiça, que define diretrizes e inova na elaboração de normas e práticas para a melhoria do sistema prisional e da Justiça criminal no Brasil. A nomeação foi feita pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e tem duração de dois anos. Nearco”. O programa Identidade Cultural da TV Assembleia (Canal 30) de 28.06 entrevistou o arquiteto, urbanista e artista plástico Nearco Araújo. O convidado vai falar sobre seu livro “Ventos, Velas e Veleiros: Embarcações tradicionais do Ceará”. A obra marca os 50 anos de carreira dele como artista plástico, tendo participado de 40 mostras coletivas e 17 individuais. Amazonense, Nearco Araújo veio para o Ceará estudar arquitetura. Seu trabalho valoriza o acervo naval cearense. Maracanaú O Ministério Público Federal vai instalar uma unidade em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). Saiu portaria assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinando a instalação desse organismo ainda neste ano. Ele atende assim a pleito antigo do MPF cearense, que quer ampliar seu raio de ações e de fiscalização em todo o Estado. No Ceará, o MPF já tem unidade em cinco cidades, incluindo Fortaleza. Quem comemora é o procurador-chefe da República no Estado, Alessander Sales, que vem buscando reforçar o pessoal e a infraestrutura no MPF. Sales tem feito várias viagens a Brasília nesse sentido. Juazeiro do Norte A 2ª vara do trabalho da Região do Cariri, localizada em Juazeiro do Norte, possui uma nova juíza titular. Promovida pelo critério de antiguidade, a magistrada Fernanda Lima Verde tomou posse. Ela terá sob sua responsabilidade uma unidade que recebeu mais de 1.300 processos durante o ano passado.“Tenho a magistratura como missão e espero fazer um bom trabalho pela comunidade do Cariri”, disse. Aprovada em concurso público no TRT da Paraíba, a juíza Fernanda Lima Verde foi removida para a Justiça do Trabalho do Ceará em 2007. Antes da promoção, ela trabalhava como juíza substituta em Pacajus. 17 governadores buscam reeleição Governadores de 16 Estados e do Distrito Federal, entre os que foram eleitos em 2010 ou herdaram os cargos, irão tentar se reeleger nas eleições deste ano. Por outro lado, os governadores Sérgio Cabral (PMDB), do Rio de Janeiro, Roseana Sarney (PMDB), do Maranhão, Cid Gomes (Pros), do Ceará, Jaques Wagner (PT), da Bahia, Rosalba Ciarlini (DEM), do Rio Grande do Norte, Teotônio Vilela Filho (PSDB), de Alagoas, e Siqueira Campos (PSDB), do Tocantins, também eleitos em 2010, não irão concorrer a nenhum cargo eletivo neste ano.

Artur Bruno O lançamento do livro “Atualidades do Brasil e do Mundo”, de autoria do deputado federal Artur Bruno (PT-CE) foi concorrido. Autoridades, políticos, admiradoDiretor Edivaldo Ximenes e o res e ex-alunos do autor Empresário, Francisco Hubner Carneiro compareceram à solenidade. O livro é um compêndio com 120 temas distribuídos em 15 capítulos que abrangem política, economia, meio ambiente população, conflitos internacionais, programas sociais, energia, internet, cultura, entre outros assuntos. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro, ex-aluno de Artur Bruno, fez a apresentação da obra. De acordo com ele, trata-se de “uma leitura isenta da história destinada a estudantes, graduados e pesquisadores 4ª; Câmara Cível A desembargadora Vera Lúcia Correia Lima assumirá, interinamente, a partir desta quarta-feira (02/07), a presidência da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A magistrada ocupa o cargo em virtude do afastamento da desembargadora Maria Iracema Martins do Vale, presidente do colegiado e do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/ CE), que ficará à disposição do TRE até o quinto dia após as eleições deste ano. Promoções no Exército Em 31,07. promoção a General-de-Brigada, do Coronel da Arma de Infantaria Anisio David de Oliveira Júnior (Fortaleza) que assumirá o comando da 23ª Brigada de Infantaria de Selva em Marabá (PA), em substituição de outro cearense o General-de-Brigada Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira (Fortaleza) designado para o cargo de 2º Subchefe do Comando de Operações Terrestres em Brasília (DF). 2. Para o Comando da 10ª Região Militar em Fortaleza, irá o General-de-Divisão Marco Antônio Freire Gomes, filho de militar cearense, Coronel Francisco Valdir Gomes, nascido em Pirassununga (SP), que ao ser promovido ao posto atual exercia o cargo de 1º Subchefe do Comando de Operações Terrestres em Brasília (DF). O Gen Freire Gomes cursou o Colégio Militar de Fortaleza. 3. Já o atual Comandante da 10ª Região Militar, General-de-Divisão Carlos César Araújo Lima (Fortaleza) assumirão cargo de Subcomandante Logístico do Exército em Brasília. Filhos e amigos de Acopiara O XVI Encontros dos Conterrâneos de Acopiara, realizado em 25.07, organizado pela ONG Raízes, teve o lançamento do livro “Filhos da Terra”, de José Haroldo da Silva Lima no Centro de Evangelização Irmã Lúcia Hertz. O Encontro teve à frente a guerreira Adaiza Fernandes. Falta água em São Paulo e Acopiara O açude e a barragem de Acopiara secaram. A barragem do Trussu, distrito de Acopiara, que deveria fornecer água à cidade está servindo para abastecer Iguatu. Depois de oito anos de promessas e duas tentativas de ligação da água descobriu-se que os canos comprados não serviam e não aguentariam a pressão da água. É o ó da desgraça.

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

3

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

O Grupo de Auxílio, instituído pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para cumprimento da Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), examinou 563 processos de improbidade administrativa e de crimes contra a administração pública em 62 comarcas no primeiro semestre deste ano. Os trabalhos, coordenados pelo desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto, supervisor da Meta no Judiciário cearense, ocorreram entre março e junho. No período, foram proferidas 264 sentenças, 38 decisões (recebimento de petição inicial/denúncia e diligências), 105 despachos e 156 exclusões (ações que não faziam parte da Meta). Vistoriaram ainda 119 processos que estavam com audiências marcadas e diligências determinadas pelo juiz e, por isso, não necessitaram de movimentação. Participaram da força-tarefa os juízes Daniel Carvalho Carneiro, Edison Ponte Bandeira de Melo, Henrique Lacerda de Vasconcelos, Luciano Nunes Maia Freire, Francisco Marcello Alves Nobre e Roberto Viana Diniz de Freitas, além dos servidores Gilberto Silva Viana, Geraldo Fernandes Santos e Mateus Costa Tomaz de Souza. Todos trabalharam sem prejuízo das funções. O Grupo de Auxílio tem o objetivo de agilizar o julgamento, até o fim deste ano, das ações de improbidade e de crimes contra a administração, distribuídas até 31 de dezembro de 2012. A quarta e última viagem do semestre foi realizada entre 2 e 7 de junho e no último dia 13. Dessa vez, o grupo visitou Ocara, Barreira, Acarape, Chorozinho, Solonópole, Morada Nova, Milhã, Irapuã Pinheiro, Jaguaretama, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Russas, Palhano, Quixeré e Jaguaribara.

Refinaria Premium só em 2015 Custo será de US$ 8,5 bi.

BNDES aprova financiamento de R$ 1bi para construção do Metrô

A Licença de Instalação da Premium II, prevista para março deste ano, ainda não saiu. Semace aguarda posicionamento da Petrobras . As obras da refinaria de petróleo Premium II, no Ceará, só deverão começar entre janeiro e março de 2015, mesmo que as pendências relativas à instalação da unidade - com investimento de US$ 8,5 bilhões - sejam resolvidas neste ano, o que é improvável. A informação sobre o novo cronograma é do titular da Secretaria da Infraestrutura do Estado do Ceará (Seinfra), Adail Fontenele. Na última sexta-feira (27), ele participou de reunião na sede da estatal, no Rio de Janeiro, onde tratou dos ajustes no Termo de Compromisso para a execução da obra, firmado entre o governo estadual e a Petrobras. A expectativa era de que a unidade de refino do Estado começasse a ser instalada neste ano. Segundo o secretário, esses ajustes serão finalizados nos próximos dias, para que o canteiro de obras fique com a infraestrutura necessária à execução dos serviços o mais rápido possível. “Embora a Petrobras queira começar a construção só no primeiro trimestre de 2015, temos que deixar os serviços de água, esgoto e energia elétrica à disposição da empresa. A refinaria também depende disso”, diz. Adail adianta que, no próximo dia 15 de julho, a Seinfra promoverá uma reunião para sanar as pendências e, consequentemente, encaminhar os serviços. Além de representantes da Petrobras, também participarão do encontro membros de órgãos como a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece). A Cagece, inclusive, por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), desenvolverá uma estação de tratamento de água e esgoto exclusivamente para a refinaria, conforme noticiou o Diário do Nordeste na edição do última dia 10 de janeiro.

Foto: Kléber A. Gonçalves

563 ações de improbidade Em 62 municípios do Ceará

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 1 bilhão ao Estado do Ceará para a implantação da Linha Leste do Metrô de Fortaleza, com extensão total de 12,4 km e treze estações. O projeto faz parte dos investimentos propostos para o setor de mobilidade urbana no âmbito do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). A Linha Leste do metrô irá integrar o centro capital à região da Avenida Santos Dumont, onde se encontram os principais polos comerciais, universitários e financeiros da cidade, além da região da Avenida Washington Soares, que apresenta o maior índice de crescimento da região. O traçado do metrô partirá da Estação Central Chico da Silva, seguindo no sentido Oeste-Leste até a Estação Hospital Geral da Fortaleza (HGF), a partir da qual derivará no sentido sul, até a Estação Edson Queiroz, atendendo doze bairros da cidade. O financiamento do BNDES vai apoiar investimentos necessários para implantação das obras civis do metrô, que corresponde a 12,4 km de sistema metroviário, sendo 11,1 km de trecho subterrâneo, 562 metros de trecho de transição e 800 metros de trecho em superfície, além de treze estações (doze subterrâneas e uma em superfície), dez poços de ventilação e sete saídas de emergência. Durante a fase de construção da nova linha é estimada a geração de cerca de 2,5 mil empregos diretos e 3,2 mil empregos indiretos. Já para a operação da Linha Leste do metrô, estima-se cerca de 1,2 mil empregos indiretos.

Há 42 anos

Julho/14

4

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Fortaleza é o destino favorito do NE. Salvador e Recife no sal.

Produção industrial do Ceará em maio foi a maior do Nordeste

Castelo Camurça é reconduzido à Corte do TRE-CE

De acordo com o site de turismo Tripadvisor, Fortaleza ocupa o quarto lugar no Brasil e a oitava colocação no ranking geral. O site de viagens Tripadvisor aponta a cidade de Fortaleza como o destino favorito da Região Nordeste. No ranking nacional, a capital do Ceará ocupa a quarta colocação – atrás apenas do Rio de Janeiro, São Paulo e Gramado – e em nível mundial, Fortaleza está na oitava posição. O levantamento foi realizado com base nos usuários do site, entre março e abril deste ano, identificando para onde o brasileiro pretende viajar nos próximos três meses. Os resultados mostram que os turistas estão mais interessados em destinos domésticos, querem se hospedar em hotéis quatro-estrelas e preferem programas culturais e ao ar livre. Mas também apontam um interesse por algumas cidades internacionais e um mix de destinos de verão e de inverno. Em termos de popularidade, Rio de Janeiro é o destino mais procurado pelos brasileiros, seguido por São Paulo (SP), que ocupa o segundo lugar. Os Estados Unidos têm dois destinos populares – Nova York (3º lugar) e Orlando (4º). Buenos Aires é a única cidade da América do Sul (5º lugar) e Paris (7º lugar), a única representante europeia. Confira abaixo a lista com os destinos mais desejados: 1. Rio de Janeiro (Brasil)
 2. São Paulo (Brasil)
 3. Nova York (Estados Unidos)
 4. Orlando (Estados Unidos) 
5. Buenos Aires (Argentina) 
6. Gramado (Brasil)
 7. Paris (França)
 8. Fortaleza (Brasil) 
9. Campos do Jordão (Brasil)
 10. Natal (Brasil)

Os dados são do IBGE e foram divulgados em 10.07. No acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento industrial do Ceará é o segundo maior do Brasil. O crescimento industrial do Ceará, no mês de maio, foi o maior entre os estados da Região Nordeste, com 1,2%. Nos últimos 12 meses, o acumulado no Ceará chega a 7%, sendo o segundo maior do Brasil - atrás apenas do Pará com 8,8%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por outro lado, conforme o IBGE, os dados de sete estados apontam redução no ritmo da produção industrial, com destaque para Amazonas (-9,7%), Bahia (-6,8%) e Região Nordeste (-4,5%). Ainda na série com ajuste sazonal, a média móvel trimestral da indústria mostrou variação negativa de 0,5% no trimestre encerrado em maio, frente à média do mês anterior, e intensificou a queda registrada em abril último (-0,3%). Em termos regionais, ainda em relação ao movimento deste índice na margem, oito locais apontaram taxas negativas: Amazonas (-3,4%), Rio Grande do Sul (-2,7%), Rio de Janeiro (-2,2%), Bahia (-1,8%) e Região Nordeste (-1,6%). Na comparação com igual mês do ano anterior, o setor industrial nacional recuou 3,2% em maio de 2014 e oito dos quinze locais pesquisados apontaram queda na produção. Os recuos mais intensos de maio ocorreram no Rio de Janeiro (-7,9%), Rio Grande do Sul (-7,8%), Bahia (-6,6%) e Amazonas (-5,8%). No acumulado em 2014 houve recuos em seis dos quinze locais e todos os seis recuaram mais do que a média da indústria (-1,6%): São Paulo (-4,7%), Rio de Janeiro (-4,3%), Espírito Santo (-3,3%), Bahia (-2,8%), Rio Grande do Sul (-2,5%) e Paraná (-1,7%).

O advogado Manoel Castelo Branco Camurça foi reconduzido ao cargo de juiz titular da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, na categoria Jurista. A posse aconteceu na tarde desta quinta-feira, 10/7, em sessão presidida pela desembargadora Maria Iracema Martins do Vale, presidente do TRE-CE. O juiz Castelo Camurça inicia o 2º biênio na Corte do TRE, onde já atuou como juiz substituto, a partir de 2008, e juiz titular no biênio que compreendeu o período de 28 de outubro de 2011 a 27 de outubro de 2013. Sua nomeação foi assinada pela presidenta da República, Dilma Rousseff, na última terça-feira, 8/7, e publicada no Diário Oficial da União nº 129, na quarta-feira, 9/7. Ao discursar em nome da Corte do TRE, a desembargadora Iracema do Vale afirmou que a chegada do juiz “ocorre num momento crucial e importante de nossas responsabilidades institucionais e é muito bom saber que poderemos contar com a sua experiência”O vice-presidente e corregedor do TRE, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, disse que o juiz Castelo Camurça “sempre foi um homem humilde e tenho orgulho de tê-lo como amigo, desde a juventude, na faculdade, até os dias de hoje, quando vem sentar-se a meu lado no tribunal”. O juiz Cid Marconi, outro membro da Corte na categoria jurista, ressaltou que “todos nós torcemos muito pelo retorno do Dr. Castelo Camurça e não apenas o parabenizo, mas também o TRE que contará com a sua competência”. O nome do advogado Castelo Camurça constava numa das três listas tríplices definidas pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, submetidas ao TRE-CE e enviadas ao TSE, no final de 2013. No último dia 9 de junho, tomou posse no TRE o juiz suplente na categoria Jurista.

Ceará em Brasília

acesse o site: www.brasilia50anosdacasadoceara.com.br

5

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Leituras I Reação Onírica

A Poesia de Jarbas Júnior (*) Há quantos anos eu não sonho? Entretanto, eu me oponho firme a ser pessimista, triste ridículo, sombrio, amargo, enfadonho. Navegando sempre em círculo. Mas, às vezes, a dúvida induz o pensamento a ser profundo que somente persiste a cruz da nossa angústia no mundo.

Duvidamos da luz durante o dia, dessa clara melodia das aves nas fontes entre as árvores. E à noite, diante das luzes suaves das estrelas que utopia distante delas a alma copia?

Evocação da Nostalgia Oh! saudade do mar! de tantas coisas indefinidas. De novo amar como em outras vidas! Os convites do vento. As terras prometidas que anunciam as serras distantes. Tudo que é sentimento. Cenas nunca esquecidas. Dores anelantes. Óbito azul

Arco-Íris Panorama policromático aureolando o horizonte com seu amplo diadema de cores que lembram um poema. O que é que ilumina a esperança de fé? Oferece calor e tem a beleza divina de uma flor O Incenso O incenso zen faz teias de fumaça no ar, envolvendo o que eu penso de aroma e paz. Há sempre esperança e para nós também! Nessa perseverança em acreditar no bem.

Reação Continuar é desafio na derrota, a mudança no voo da gaivota! Forçar a nossa vontade contra o orgulho. Que importa o ego? Nas cinzas da fênix encontra a alma para reagir o motivo. Não devemos de modo cego aceitar caminho subversivo porque a revolta nos visita. Superar o momento adverso com a audácia do alpinista e florir a noite a cada verso (*) Jarbas Júnior (Fortaleza) poeta e escritor

Julho/14

6

Ele está de volta, Seu Lunga, o homem mais ignorante do Brasil, vive em Juazeiro do Norte - Cidade localizada no Cariri, interior do Ceará, é considerado um dos maiores centros de religiosidade popular do país, devido à figura de Padre Cícero, sacerdote católico excomungado pelo Vaticano por sua ideias políticas. Romeiros visitam a imagem de 27 metros do Padre Cícero localizada no bairro do Horto; milhares de romeiros visitam todos os anos a cidade do “santo milagreiro” e deixam oferendas pela graça alcançada Rodrigo Capote/UOL Entre as muitas piadas, uma é clássica: “Um bancário encontrou o velho ranzinza e avisou: `A promissória venceu, seu Lunga´. `Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torço para nenhuma promissória´, respondeu de cara o velhote”. A superexposição trouxe repórteres, documentaristas e uma romaria de turistas para sua acanhada loja no centro de Juazeiro do Norte, terra de Padre Cícero, do qual Seu Lunga é devoto. Depois de “Padim Ciço”, o sucateiro ranheta é a figura mais conhecida da capital herética do Brasil. A fama é tanta que muita gente acha até que ele é apenas um personagem fictício. E quem descobre que Seu Lunga é uma lenda viva (de carne, osso e muita acidez) coloca logo uma visita ao seu comércio no roteiro se passar por Juazeiro do Norte. Por lá, ele vende de tudo, de melancia colhidas de seu sítio até TV valvuladas. Seu Lunga tem até bastante paciência com os forasteiros. Muitos, temerosos, ficam na calçada em frente e fotografam de longe. Outros se arriscam e puxam prosa. Só não pode falar “vim lhe visitar” que ele dispara: “Eu não estou doente para receber visita”. Se for comprar algo, não questione “isso é para vender?” que Seu Lunga já tem a patada na ponta da língua: “O único lugar onde se encontra coisa exposta que não é pra vender é no museu”. Caso a indagação seja “mas esse aparelho está funcionando?”, prepare-se que vem chumbo grosso: “Como é que pode estar funcionando se não está ligado?” As respostas duras deram fama de ignorante ao comerciante. “O que eu não gosto é de pergunta boba. Muita perguntação é safadeza”, resume. Para ele, cada pergunta tem a resposta que merece.

Seu Lunga fica mais zangado quando perguntam se são verdadeiros todos os causos que publicam. Parece que só ele no mundo não acha graça nas piadas. “É tudo invenção. Esses cachorros desses cordelistas só contam mentira.” Seu Lunga até processou em 2008 um cordelista, argumentando nos autos que “sua dignidade foi ferida” pela imagem de “grosseirão dotado de incomum rudez”. Ele ganhou em primeira instância (com direito a multa diária de R$ 1.000 em caso de venda do cordel), mas acabou perdendo a causa a seguir. Perderia de qualquer jeito porque suas histórias foram parar no Facebook, Twitter, blogs, comunidades e tudo quanto é rede social. E Seu Lunga bomba na web, mesmo sem nunca ter tocado num computador que não seja algum amarelado e empoeirado que vende como sucata na sua loja. A formação rígida do semiárido do Cariri o afastou de brincadeiras como futebol. E o fez repudiar a construção de seu personagem. Ele admite que há um fundo de verdade, mas se irrita com o exagero ficcional que aumenta a comicidade. O sertanejo cabra bruto que não leva desaforo para casa, que entende tudo ao pé da letra e tem sempre uma resposta atravessada entrou para o imaginário popular. Certamente, há outros lungas pelo Brasil, mas nenhum virou uma atração turística de sua cidade. Aos 86 anos e pai de 13 filhos, Seu Lunga trabalha de segunda a sábado e faz o trajeto a pé dos cinco quarteirões que separam sua casa do trabalho. Seu Lunga tinha sete anos quando Padre Cícero morreu. E, como o pároco milagreiro que fundou Juazeiro do Norte, virou político e foi expulso da igreja católica, ele vai sobreviver a sua própria morte pela fama. Só não vai ganhar um estádio em homenagem como o Romeirão, o principal de Juazeiro e com título em referência aos milhares de romeiros que vão à cidade do “Padim Ciço”. Afinal, um estádio chamado Lungão seria a última e maior ofensa para um sujeito que não suporta futebol. NE. Veja mais na edição 36 de abril/2010 o texto Novos e Velhos Casos de Seu Lunga.

Banco do Nordeste apresentou Nova Diretoria Executiva

O Banco do Nordeste apresentou em 22.07 em Fortaleza a nova composição da Diretoria Executiva, após a posse dos diretores Isaías Matos Dantas (Administração e TI), Romildo Carneiro Rolim (Financeiro e de Crédito) e Francisco das Chagas Soares (Desenvolvimento Sustentável e Microfinança). O encontro foi prestigiado por funcionários da Direção Geral e transmitido de Fortaleza para todas as salas de videoconferência localizadas nas capitais nordestinas, em Montes Claros e Brasília. O presidente do Banco, Nelson Antônio de Souza, desejou sucesso aos novos colegas na condução de suas atividades. “Mudanças são dinâmicas e sempre acontecerão. É preciso escalar o time da melhor forma. Eu acredito na capacidade dos funcionários do Banco do Nordeste. Em dois anos, resolvemos inúmeras pendências e ainda aumentamos nosso lucro e patrimônio”, afirmou. Novos Diretores Funcionário com mais de 20 anos de carreira, Romildo Rolim tem formação em Contabilidade e Administração, com mestrado em Avaliação de Políticas Públicas e especialização em Gestão Empresarial e em Normas Internacionais de Auditoria Interna. No Banco do Nordeste, já exerceu a função de superintendente de Operações Financeiras e Mercado de Capitais e da área de Reestruturação de Ativos. Também trabalhou em agência, ocupando cargos técnicos relacionados com atividades de análise e acompanhamento de projetos. Substitui

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Fernando Passos, que assumiu recentemente a vice-presidência do Instituto de Resseguros do Brasil (IRB). Isaías Matos Dantas ingressou no Banco em 1976, já tendo exercido as funções de superintendente estadual do Piauí, Ceará, Maranhão, assim como a de gerente de agências em Salvador, Maceió e Fortaleza. Até a nomeação, presidia a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Nordeste (Capef). É arquiteto, graduado pela Universidade Federal da Bahia, e possui MBA em Gestão Empresarial pela FIA/USP. Ele exercerá a Diretoria ocupada anteriormente pelo presidente Nelson Antônio de Souza. Francisco das Chagas Soares é funcionário do Banco do Nordeste desde 1969. Estava cedido ao Governo do Estado do Ceará, onde ocupava o cargo de diretor de Desenvolvimento Setorial da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará S.A (Adece). Economista formado pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e pós-graduado em Cooperativismo pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) – São Leopoldo (RS,) tem Curso de Especialização para as Áreas de Crédito Rural, Industrial e Infraestrutura com formação em análise de projetos. No BNB, exerceu as funções de gerente do Ambiente de Produtos de Crédito Especializado e de Gerente Executivo da Área de Crédito e Gestão de Produtos, entre outras. Ele substitui Stélio Gama Lyra Junior, que assumirá a Superintendência de Microfinança e Agricultura Familiar.

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Leituras II Wilson Ibiapina (*) A Glenn Miller Army Force Band tinha como missão, durante a segunda guerra, entreter as tropas americanas. Numa passagem por Lisboa, a banda da Força Aérea dos Estados Unidos se exibiu no Rossio. O som era de melodias como Chatanooga Choo-Choo, In The Mood, Moonlight Serenade e A String of Pearls (Colar de Pérolas: “Ela balançava/O colar/ De pérolas numa esquina/Os postes refletiam/ As luzes na água/E o colar arrebentou/ E as pérolas/ Caíram/ Rolando.”..) Os portugueses não resistiram e saíram dançando em praça pública; Foi nesse clima que o jovem Ruy Diniz Netto tirou para dançar a menina-moça Maria Luíza, que acabara de conhecer. O romantismo tomou conta da noite e do casal que só se separou agora, no dia primeiro de junho, quando Ruy Diniz Netto morreu aos 88 anos, vítima de enfisema pulmonar. O destino determinou que Ruy virasse brasileiro. E lá se vem ele conhecer a antiga colônia. Uma viagem de navio da Europa para o Brasil. De Lisboa para Porto Alegre, no início da década de 1950 Ruy Diniz Netto conheceu a família Betarso, dona da Livraria do Globo e da Editora Globo, durante essa viagem. Ele foi, em seguida, convidado para trabalhar como relações públicas e divulgador das duas empresas, e também para colaborar com a Revista do Globo. Gaúcho honorário, Ruy Diniz colaborou com o Correio do Povo nos anos 1950 e 1960 e era apaixonado pela literatura de Erico Verissimo. No livro A Globo da Rua da Praia, José Otávio Bertaso conta que foi Ruy Diniz, quando era chefe de vendas da editora, que sugeriu a seu pai, Henrique Bertaso, que fosse

Rui Diniz, um português bem brasileiro realizada uma feira que reunisse livreiros e editores, na Praça da Alfândega, no Centro de Porto Alegre. A ideia de Ruy era levar bancas com publicações para o Centro de Porto Alegre e oferecê-las à população com descontos. Foi nessa época que conheceu o jornalista Abdias Silva, um piauiense que saiu de Campo Maior e, também, foi bater em Porto Alegre.. Ruy contou-me um dia ficou encantado quando teve a noção exata do tamanho do Brasil. Em Portugal, contava ele, pegava um avião para o Porto e o vôo durava uma dose de uísque. Na primeira viagem que fez da capital gaúcha para Manaus, ficou surpreso. Pediu um uísque, deu uma volta pelo avião, uma segunda dose, terceira e nada de chegar. Teve que sentar, mandar suspender a bebida e esperar o término do vôo. Um país continental que ele soube explorar. Depois de anos morando em Porto Alegre, como jornalista, voltou para Portugal por um período. Em 1975, Ruy Diniz Netto ingressou na carreira diplomática e foi nomeado como adido cultural da Embaixada de Portugal em Brasília. O trabalho que fez na Embaixada de Portugal em Brasília para entrosar os dois países suplantou o de muitos embaixadores. Alegre, culto, amigo, cordial, conseguiu fazer amizades com jornalistas, políticos,empresários e intelectuais. Aproximou os brasileiros de sua terra com promoções culturais que envolveram grandes nomes das artes, da cultura e da música . Nos apresentou Mário Soares e José Saramago, muito antes dos dois deflagrarem suas carreiras na política e na literatura. Ruy Diniz estava sempre pronto para atender a qualquer convite. De blaser, lenço no pescoço, circulava com elegância e desenvoltura pelos salões de Brasília, fazendo amigos,vendendo a imagem de Portugal.

Um dia, quando aguardava no aeroporto de Brasília a missão que vinha preparar a visita do então presidente português, Mário Soares, teve seu carro roubado no estacionamento. Dias depois, recebeu um telefone dizendo que o carro dele estava no estacionamento da polícia de Goiânia, mas tinha que pagar uma taxa. Foi lá, pagou e resgatou a velha mercedez. Contou-me essa história quando, um dia, levava a Edilma e eu de sua casa no Estoril para Lisboa, nesse mesmo automóvel. Disse que nunca denunciou à polícia nem contou para a imprensa para não criar problema para a imagem do país que ele adotara como segunda pátria. Queixou-se, também, de nunca ter sido lembrado pela Embaixada do Brasil em Lisboa nas festas do Sete de Setembro e em outras datas comemoradas pela embaixada. Toninho Drummond, quando lhe contei, prometeu conversar com o nosso representante diplomático em Lisboa para incluí-lo na agenda de eventos. Não deu mais tempo. Ruy ficou em Brasília até 1992, quando se aposentou e retornou à sua pátria. Nunca esqueceu o Brasil e os amigos. Sua filha Suzana, que nasceu no Brasil, disse-me que pouco antes de morrer ela conversou com ele. Relembraram histórias envolvendo Ari Cunha, Abdias Silva, Rangel Cavalcanti, Egidio Serpa, Toninho Drummond, Walter Galvani, Celia Ribeiro, Alberto André, Maurício Rosenblatt e Erico Veríssimo e muitos outros amigos de Brasília e de Porto Alegre que marcaram os dias mais felizes de sua vida. (*) Wilson Ibiapina (Ibiapina) jornalista, diretor da Sucursal do Diário do Nordeste em Brasília.

MOSTRE O SEU TALENTO POR INTEIRO.

CURSOS EM COMUNICAÇÃO • DIREITO • EDUCAÇÃO • GESTÃO • MEIO AMBIENTE • SAÚDE • TECNOLOGIA

I N S C R I Ç Õ E S

Ceará em Brasília

W W W . U N I C E U B . B R

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

7

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Gonzaga Mota (*) No início de 1994, estávamos na “relatoria” do programa de estabilização monetária do Governo brasileiro. Apresentamos as ideias básicas em artigo publicado pelo jornal Folha de São Paulo, de 08/02/1994, edição 23.687 (Tendências/Debates). Agora, mais de 20 anos depois, lutamos com uma inflação resistente e tomamos a liberdade de sugerir aos analistas a leitura do artigo na íntegra. Eis um resumo da parte inicial do texto: o atual programa de estabilização difere de propostas anteriores. Inicia-se com um ajuste fiscal como precondição. Os planos anteriores, ao contrário, instituíram inicialmente uma reforma monetária, quando não um mero congelamento de preços e salários. Numa visão técnica, o referido programa comporta três fases: a) ajuste e mudança do regime fiscal; b) liberdade de contrato com a Unidade Real de Valor(URV) e c) emissão de uma nova moeda forte(real). O ajuste fiscal é a fase mais importante do programa, pois permitirá que cesse a emissão da “quase-moeda” para financiar o déficit público. A eliminação do déficit permitirá passar para a segunda e terceira fases que objetivam, sucessivamente, uniformizar o sistema de indexação da economia e introduzir o real. Pretende-se alcançar a estabilidade dos preços, sem choques, sem confiscos e sem a quebra de contratos. O ajuste fiscal consiste na “zeragem” do déficit público nos orçamentos de 1994 e 1995, calcado na criação do Fundo Social de Emergência. Eis a síntese da parte inicial de um artigo escrito há 20 anos. Além do aspecto histórico, muitas ideias poderão ser levadas, ainda hoje, em consideração. Busquem, por favor, o artigo na internet. Nordeste Acreditamos que os principais objetivos brasileiros são: inserção do Brasil no contexto mundial mediante fortalecimento do setor empresarial; melhoria dos indicadores de inflação, crescimento, emprego e distribuição de renda; expansão dos níveis de educação e saúde; queda da violência urbana e rural e redução das desigualdades regionais. Particularmente, neste pequeno texto, gostaríamos de destacar a problemática nordestina. Há décadas o Nordeste vem apresentando em relação ao Brasil uma população de ordem de 30% e um PIB variando na faixa de 13% a 15%, com elevados níveis de pobreza(IDH) e significativa concentração de renda(GINI). Considerando-se, por exemplo, os 193 estados-membros da ONU, com os seus 60 milhões de habitantes o Nordeste ficaria em 24º lugar, próximo ao Reino Unido, França e Itália. Por sua vez, no tocante à qualidade de vida, à distribuição de renda e ao produto “per capita” estaria entre os países mais pobres. Consideramos o Nordeste um dos maiores desafios do Brasil. Por outro lado, estamos nos aproximando da eleição presidencial. A nossa estrutura partidária, infelizmente, é muito pragmática e as propostas são mais retóricas do que concretas. Talvez seja ilusão, mas o nordestino deveria assumir um compromisso consigo mesmo: votar no presidenciável que apresente o melhor projeto para a Região. Cremos que as bases desse “Projeto Nordeste”, com alguns ajustes, foram lançadas, de forma objetiva, há mais de cinquenta anos, pelo economista Celso Furtado, bem como por outros estudiosos ao longo do tempo. Seria interessante os candidatos apresentarem uma “Declaração ao Povo do Nordeste”, evidenciando compromissos e vontade política. (*) Gonzaga Mota (Fortaleza) professor e escritor

Julho/14

8

Parque aquático do Ceará é eleito o segundo melhor do mundo

O primeiro colocado foi o Siam Park, na Espanha, segundo o prêmio Travelers’ Choice™ 2014 Parques Aquáticos e de Diversões O parque aquático Beach Park foi considerado o segundo melhor do mundo em premiação O complexo aquático Beach Park, no Ceará, foi eleito o segundo melhor do mundo, de acordo com o prêmio Travelers’ Choice™ 2014 Parques Aquáticos e de Diversões, organizado pelo site TripAdvisor. A atração brasileira ficou atrás apenas do Siam Park, na Espanha. No ranking de premiados, o Brasil teve cinco parques citados, além do Beach Park: Hot Park, em sétimo lugar; Thermas dos Laranjais, em 11º; Eco Parque Arraial d’Ajuda, em 12º; e Di Roma Acqua Park, em 14º. Siga Terra Estilo no Twitter O País ainda ganhou destaque na premiação dos 25 melhores parques de diversões do mundo com o Beto Carrero World, em Santa Catarina, que ficou na sexta posição. O primeiro lugar foi para

o Discovery Cove, em Orlando, nos Estados Unidos. No ranking da América do Sul, Beto Carrero World e Beach Park encabeçam a lista, na primeira e segunda colocações, respectivamente. O parque de diversões Beto Carreiro World também foi homenageado na premiação Veja a lista dos 10 melhores parques aquáticos e de diversões do Brasil: 1. Beto Carrero World, Penha (SC) 2. Beach Park, Aquiraz (CE) 3. Hot Park, Rio Quente (GO) 4. Thermas dos Laranjais, Olímpia (SP) 5. Eco Parque Arraial D´Ajuda, Arraial D’Ajuda (BA) 6. DiRoma Acqua Park, Caldas Novas (GO) 7. Alpen Park, Canela (RS) 8. Mirabilandia Parque de Diversões, Recife (PE) 9. Marina Park, Capão da Canoa (RS) 10. Lagoa Thermas Clube, Caldas Novas (GO)

Foto: Divulgação

Plano Real

Beach Park

Acquário de Fortaleza pode atrair 1,2 mi de turistas por ano Previsão é do secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia, que diz que desapropriações ainda devem acontecer A sala de exposições do Acquario Ceará foi inaugurada ontem. O local funciona diariamente, das 9h às 19h, ao lado da Ponte dos Ingleses Previsto para ser concluído no fim do ano que vem, o Acquario Ceará deve atrair, por ano, aproximadamente 1,2 milhão de turistas para o Estado. A previsão foi dada ontem pelo titular da Setur-CE, Bismarck Maia, durante a inauguração da sala de exposições do empreendimento, que fica aberta ao público a partir de hoje, das 9h às 19h. Segundo o secretário, essa quantidade de visitantes vai impactar fortemente na economia, contribuindo inclusive para a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) cearense. “Há milhares de pessoas que viajam o mundo apenas para apreciar aquários ou simplesmente edificações singulares, como o Acquario será”, explica. “Como 82% do PIB de Fortaleza é composto pelo setor de serviços, e o turismo tem um impacto enorme no mesmo, esse incremento do fluxo turístico será de suma importância para a Capital e para o Estado como um todo”.

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Também presente no evento, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Darlan Leite, afirmou que, se confirmadas as previsões, a rede hoteleira cearense terá inclusive que expandir-se para receber a nova demanda. “Estamos falando de, em média, 100 mil turistas a mais por mês. Hoje, temos 16 mil leitos filiados à ABIH. Assim, é preciso construir mais”, fala. Maior evidência Sobre possíveis desapropriações na área em que o Acquário está sendo instalado, Bismarck Maia disse que isso “deve acontecer, mas é algo para os próximos gestores”. Segundo ele, é necessário colocar o empreendimento em maior evidência. “Isso (a desapropriação) precisa ser discutido com a sociedade. Um equipamento tão forte e significativo como este não pode ficar escondido, mas fazer parte de todo um complexo que abrange o Dragão do Mar e outros atrativos que temos por aqui”, comenta. O secretário de Turismo do Estado ressaltou, porém, que não há nada decidido ou iniciada legalmente sobre as desapropriações. “A intenção existe e já foi anunciada à população, mas ainda precisa evoluir”, afirma. Áquila Leite, Repórter, do Diário do Nordeste

Ceará em Brasília

Foto: Kléber A. Gonçalves

Leituras III


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Leituras IV

Copa 2014 – A penitência do improviso

Ubiratan Aguiar (*) Não devemos analisar a hecatombe da seleção brasileira em função de um jogo. Os analistas esportivos, os milhões de técnicos brasileiros das arquibancadas falavam após cada partida que o time não havia convencido. Procurávamos nos iludir com um civismo de ocasião. Os sinais eram evidentes da desarticulação. O primeiro aviso do mal que acometia a seleção veio através do o empate sem gols com o México. Os mais velhos, saudosistas de plantão, lembram-se da sinfonia tocada em campo pela seleção de 1958. A bola deslizava na grama de pé em pé. Uma coreografia do talento futebolístico resplandecia no conjunto em que a constelação mostrava a luminosidade de suas estrelas. Era a fase áurea do futebol arte que se sobrepunha ao da força física dos europeus. A criatividade de nossos atletas, nos dribles desconcertantes de Garrincha, no balé feiticeiro de Pelé ou na muralha defensiva de um Bellini, encantava os olhos da humanidade. Começamos a exportar genialidade e a importar o futebol força. Cinquenta e seis anos depois, a Alemanha adotou a Seleção Brasileira de 58, e nós copiamos o estilo europeu daquela época. Longe de mim, imaginar não se dedicar atenção especial ao preparo físico. O que nunca entendi foi o não estimular o futebol arte, característica principal do sul-americano.

Qual o tempo mínimo necessário para o preparo técnico e físico de nossos atletas? Qual o critério adotado para a escolha dos nomes? Quantos jogadores foram importados do exterior e em que tempo foram integrados à seleção? O que dizer dos que atuavam no Brasil, cumprindo uma maratona de jogos dos campeonatos estaduais, brasileiros, Copa das Nações, sul-americanos e amistosos? De qual o período o técnico dispõe para a preparação da equipe? O que foi investido no preparo psicológico e médico, objetivando dar equilíbrio emocional e saúde aos integrantes do time nacional? É próprio do Estado Brasileiro cultuar os improvisos e estimular a prática do dar um jeitinho em tudo. É o País em que a Constituição é descumprida, maquiando-se números destinados a investimentos em educação. Não se respeita autonomia financeira das universidades (art. 207 da CF); obras suntuosas e não prioritárias têm primazia em relação àquelas reclamadas pela saúde; a taxação das grandes fortunas, objetivando a desconcentração da renda, não acontece, o que contribui para o agravamento do quadro de injustiça social; a ausência de um pacto federativo, corrigindo as desigualdades regionais, nunca se efetivou, desrespeitando dispositivo constitucional que determinava alocação de recursos nos 10 anos subsequentes à promulgação da Carta de 88, nos orçamentos públicos; votação da reforma política, fortalecendo os partidos, através de conteúdos ideológicos, formação de quadros políticos, reduzindo a influência do poder econômico.

Esses são alguns aspectos que nossa memória recolhe nessa hora de comoção. Diante de nós, a seleção do improviso, composta de jogadores que atuam no exterior e de atletas integrantes dos times locais resgatados das grandes agremiações dos centros esportivos mais adiantados do País. Entregaram a direção do time a um gerente de pulso forte, com a missão de ganhar a copa sem antes discutir o projeto, as diretrizes a serem adotadas, em sintonia com as características inerentes à escola do futebol brasileiro. Nada disso foi feito. O improviso não deu certo. O povo cumpriu sua parte, como deveria também ser estimulado a fazer em relação às ciências, às artes, à política e às letras. Faltou aos dirigentes a organização; sobrou arrogância. Perplexo, o povo brasileiro assistiu ao descumprimento de leis, à isenção dada à FIFA do pagamento de impostos, à soberania ser arranhada, à mescla de política com esporte, à frustração da nação ante o sonho anunciado de vitória em uma área que é paixão nacional. Faltou competência para vencer, mas formulamos votos, para que não falte coragem em construir uma nação com os valores da ética e da moralidade, do humanismo e da cidadania, da crença na família e nos respeito ao semelhante. (*) Ubiratan Aguiar (Cedro) ex-deputado federal, ex-ministro e presidente do Tribunal de Contas da União, publicado no Blog do Eliomnar, de O POVO, em 11.07.2014

Castelão registrou mais de 350 mil pessoas na Copa e ocupação de 98,5% O clímax da Arena Castelão chegou ao fim com motivos de sobra para comemoração. O sonho de sediar seis importantes jogos pela Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 terminou embalando importante vitória da Seleção Brasileira em solo cearense e, de quebra, com números impressionantes. No geral, foram 356.896 os presentes nas seis partidas – quatro pela primeira fase, um pelas Oitavas de Final e outra pelas Quartas de Final –, o que gera uma média de 59.482 pessoas por jogo. A taxa de ocupação dos 60.342 lugares para eventos FIFA ficou em 98,57%, uma das maiores entre as arenas da competição. As duas partidas da Seleção Brasileira foram as que mais levaram público ao Castelão. O empate sem gols com

o México, na primeira fase, e a vitória sobre a Colômbia registraram lotação dos 60.342 lugares da arena cearense. Média de gols A Arena Castelão iniciou sua jornada no Mundial como um exemplo de competitividade. Os favoritos não encontraram facilidades jogando no estádio e as primeiras partidas contaram com tropeços dos favoritos – derrota do Uruguai para a Costa Rica, empates de Brasil e Alemanha diante de México e Gana, e até mesmo a derrota de Costa do Marfim para a Grécia. Foi apenas na fase de mata-mata que os favoritos se impuseram. A Holanda sofreu bastante para virar sobre o México por 2 a 1 nas Oitavas de Final enquanto o Brasil

bateu uma competitiva Colômbia por 2 a 1. No total, foram 17 gols nas seis partidas, com média de 2,83 por jogo. Quantidade de público por jogo Jogos Torcedores Uruguai x Costa Rica 58.679 Brasil x México 60.342 Alemanha x Gana 59.621 Grécia x Costa do Marfim 59.095 Holanda x México 58.817 Brasil x Colômbia60.342 Total de público 356.896

Ceará em Brasília

Os entrevistados deram notas de 1 a 5 para 10 itens de infraestrutura como bares e restaurantes, limpeza, aeroportos e segurança. A Arena Castelão, ao lado da Arena Amazônia (Manaus) e da Arena Dunas (Natal), recebeu a maior nota entre os estádios, 4,3, segundo o estudo. A capital cearense, junto de Natal, também recebeu a maior pontuação no segmento hotéis, atingindo a média 4,0. Para o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Régis Medeiros, mesmo trazendo a percepção dos moradores, a avaliação reflete a qualidade da rede hoteleira do Estado. “Isso significa que os moradores têm essa visão da qualidade da rede hoteleira, e que as pessoas que se hospedaram aqui elogiaram os nossos hotéis”, afirma. Os bares e restaurantes de Fortaleza receberam a maior nota para o segmento, 3,8, ao lado das cidades de Manaus e Curitiba. A média da Capital ficou em 3,2, deixando a cidade em terceiro lugar, junto de Natal. Em primeiro lugar

ficaram as cidades de Curitiba e Manaus, com média 3,4. O pior resultado foi das capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo, com média 3. Itens básicos Ao contrário da boa avaliação dos estádios, hotéis e do turismo, os serviços básicos oferecidos pelas cidades, como segurança, saúde e transporte público receberam as notas mais baixas na pesquisa. De acordo com o levantamento, Fortaleza teve a terceira pior avaliação do item saúde, com a média 1,9. O quesito segurança pública, que foi apontado por 44% de todos os entrevistados como fundamental para a boa avaliação da Copa, recebeu nota 2,2 em Fortaleza, a menor entre todas as cidade-sede, segundo a pesquisa. Nas entrevistas, 8% daqueles que foram ao estádio pelo menos uma vez em função dos jogos afirmaram ter sido vítimas de roubo ou furto. Média nacional Em relação à organização de todas as cidades-sedes para receber a Copa, 74% dos entrevistados afirmaram que os preparos foram insuficientes. Jéssica Colaço, Repórter

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

9

Foto: Wellington Macedo

Fortaleza foi a 3ª Cidade mais bem avaliada durante a Copa

A colocação, segundo o levantamento, se deve à boa avaliação dos estádios, hotéis e do setor turístico A Arena Castelão recebeu a maior nota entre os estádios avaliados Palco de seis jogos da Copa do Mundo e tendo recebido pelo menos 261 mil turistas para assistir às partidas, Fortaleza foi a terceira cidade-sede que teve a infraestrutura para o Mundial mais bem avaliada pelos próprios moradores, segundo a pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A colocação da Capital, segundo o levantamento, se deve à boa avaliação dos estádios, hotéis e do setor turístico. Apesar da boa impressão causada aos entrevistados, a capital cearense, assim como as outras cidades-sede, teve resultados menores na avaliação de setores indiretamente ligados à realização dos jogos, como segurança, transporte público e saúde. A pesquisa, que teve o objetivo de mapear as expectativas e primeiras impressões dos brasileiros sobre a preparação do País para o Mundial, ouviu 2.558 pessoas nas 12 cidades-sede, sendo 225 em Fortaleza, entre os dias 13 e 18 de junho deste ano.

Julho/14


Anúncio_MDB.pdf

1

29/01/14

07:43

acesse o site: www.casadoceara.org.br

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Julho/14

10

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

CearĂĄ em BrasĂ­lia

acesse o site: www.brasilia50anosdacasadoceara.com.br

11

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Leituras V *O adeus ao professor de espantos...* Gervásio de Paula (*) Todos dizemos, em conversa de botequim ou em papos de autoajuda, que a morte faz parte da vida. O ciclo da vida contém a morte e que esse é o nosso horizonte. No entanto, quando o Adeus está próximo ou quando se anunciaa a ida de alguém para outro plano, um quê de inconformismo se abate sobre nossos espíritos. É como se nunca estivéssemos preparados para dizer Adeus. Esse mês, perdemos três grandes homens públicos. Dois grandes nomes da literatura brasileira, Rubem Alves e João Ubaldo Ribeiro, e uma das criaturas de maior esperança na humanidade e na sua transformação, que foi Plínio de Arruda Sampaio. Conheci Plínio falando em um evento em Fortaleza, organizado por seu partido há alguns anos. Ele já estava doente à época. Mas isso não impediu de se conectar com a audiência, trazer uma das maiores lições de coragem e de engajamento que tive oportunidade de presenciar. Você sabe o que e ouvir um cara de mais de 70 anos falando de revolução como se fosse um garoto de 17? Você sabe o que é ouvir de alguém mais velho que você que um outro mundo é possível e temos que fazer esse outro mundo dar certo? Não pude conter as lágrimas, porque aquele sujeito me dava um tapa na cara e me chamava pra luta. Rubem Alves conheci através da sua poesia em prosa. O professor de espantos. Uma das coisas mais lindas que ouvi de sua boca é que ele teve um caso de amor com a vida. Embora a velhice e o Parkinson tenham lhe trazido a insegurança física e espiritual, as palavras nunca lhe faltaram. O mineiro contou lindas histórias, até cruzar a ponte que leva ao outro lado da vida. Foi comido, antropofagicamente, como assim o desejou. Muitos sentiram o seu gosto e viram com seus olhos através das suas palavras. E João Ubaldo, com sua ironia fina, com sua desavergonhança ao contar as histórias de um povo brasileiro que é cheio de maneirismos, luxúria, inveja e muitos outros pecados. Esse escritor valorizava os anti-heróis e discorria sobre uma cultura brasileira, um jeito de ser brasileiro. Há uma inquietação com a perda dessas pessoas, como se tivéssemos uma saudade do que eles ainda não escreveram. Do que ainda não disseram, do amor que ainda não descreveram. Dos olhos que nunca despertaram. Das palavras que vão estar, eternamente, perdidas pela impossibilidade de serem recriadas pelas mãos desses inventores que agora partem para alegrar algum anjo perdido por aí. (*) Gervásio de Paula (Fortaleza) jornalista

Julho/14

12

Pe. Cícero Missa marca os 80 anos da morte do padre Cícero Os 80 anos da morte do padre Cícero Romão Batista foram celebrados em missa realizada na Capela do Socorro, na cidade de Juazeiro do Norte. A cerimônia atraiu milhares de fiéis e romeiros, que subiam em cima de muros e lápides do cemitério vizinho para prestar homenagem e buscar as bênçãos do “padre santo”. “Nós estamos em uma data em que estamos fazendo a memória da passagem de padre Cícero deste mundo para a vida eterna. Isso é feito todo dia 20, mas nesse dia 20 de julho de modo especial. Como sempre, o seu testemunho tem trazido para a cidade de Juazeiro muitos romeiros”, afirmou padre Joaquim Cláudio, pároco da Basílica de Nossa Senhora das Dores e da Capela do Socorro. O líder religioso lembrou ainda dos benefícios que as peregrinações religiosas trazem para a cidade. “Há um engrandecimento do desenvolvimento da cidade de Juazeiro”. A Banda de Música Municipal Padre Cícero tocou músicas antes do início do evento e orações de “Ave Maria” foram feitas pelo padre e fiéis.

A cerimônia foi presidida pelo bispo dom Fernando Panico e celebrada por Joaquim e outros padres. Ao dar início à missa, dom Fernando pediu que os presentes saudassem uns aos outros e às autoridades presentes. “Vamos pedir perdão pelos pecados, egoísmos e injustiças que existem dentro de nós, na sociedade e na Igreja”, ordenou o bispo. Na cerimônia foram lidas a Carta de São Paulo aos Romanos e a Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus. “Todo domingo é festa de Páscoa para nós cristãos, mas neste domingo, junto com a Páscoa de Cristo, celebramos a Páscoa de padre Cícero”, proclamou o bispo. “Somos todos povo de um Deus que é misericordioso” completou, lembrando que “o justo deve ser humano”. Dom Fernando também cobrou responsabilidade dos políticos presentes e pediu um “coração humano como o de padre Cícero” aos fiéis e às autoridades. A missa terminou com pedidos de saudação “na alegria e na paz” entre os presentes, a distribuição da Santa Eucaristia e uma bênção para todos os presentes.

Nomes esquisitos de candidatos a deputados federal e estadual no Ceará Enquanto uns candidatos desfrutam de estruturas de alto padrão para suas campanhas – e que custam caro! -, com estratégias de comunicação elaboradas por renomados profissionais, outros tem recursos escassos; não possuem muito mais que o próprio nome para chamar atenção em meio aos 809 candidato a deputado federal e estadual que se registraram na Justiça Eleitoral para as eleições 2014. Nesse contexto nascem candidaturas como a da Titica. Isso mesmo: Titica. Esse é o nome de uma das candidatas a deputada estadual pelo PSC. Durante os próximos meses, o eleitor cearense ainda vai se deparar com os candidatos Maizena, Lindão, Me Ajuda Aí, Lôra do Espetinho e Célia A Loura. Até a famosa Katiroba se registrou para conquistar seu espaço na política. A lista de candidato com nomes “criativos” – para dizer o mínimo – é extensa e inclui pessoas “famosas”. Erasmo Carlos é um dos candidatos no Ceará. Entre seus concorrentes, está o fim do mistério: Elvis Presley realmente não morreu e, inclusive, se candidatou a deputado estadual pelo PTC. E se tem músicos na lista, também tem fã: é o Fan Cunha, candidato também pelo PTC. Mas se você quiser uma pegada mais literária, tem o Poeta Hildegardes para estadual e a Cristiane Poeta para federal. A lista de profissões na disputa eleitoral é extensa: tem o Professor Sandy – inspirado, talvez, na dupla musical Sandy&Júnior -; o Professor Sula, a Missionária Cristiana Eleuteri, Maia Garçon, Soldado Lobo, Denis Vigilante, Paderin do= Montese e até colegas meus de profissão: Jornalista Gilvan Luiz e o Franzé Repórter. Candidatos a Deputado Estadual: O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará observou a lista dos candidatos

Carlos Laranjeira a deputado estadual e federal no Ceará Scarcela para 2014 e separou alguns nomes que Franzé Repórter chamam atenção, pelo aspecto inusitado, Ribamar do Pantaleão como aQueridinha e a Socorrona, candiRaimundo da Topic datas a deputada federal. Em alguns caDilmar sos – como no de Elvis Presley – o nome Me Ajuda Aí diferente, na realidade, corresponde ao Lindão nome verdadeiro do cidadão registrado Robert Burns como candidato. Abaixo, a alista de noHomem Caju mes inusitados que devem ser registrados Schuter Barros nas urnas eletrônicas do estado: Doutor Luciantônio Christiam Lobatchevsky Professor Sandy Denis Vigilante Tio Bibi Acaci Papei Noel Carlos Windson Lula Morais Rivelino Caucaia Waitinho do Banabuiú Brasil Mestre Lula Ir Agamenon Homem da Cadeira Boi Titica Preto Rap Maizena Lôra do Espetinho Clesson das Topics Estrela Que Brilha Célia A Loura Katiroba Paderin do Montese Ogerlania Freitas Bob Sight Candidatos a Deputado FeMissionária Cristiana Eleuteri deral Betim da Primeira Opção Adriana Vale do Vaqueira Ioio Gercina do Hospital Soldado Lobo Dalila Macaco Tião Magalhães Sazinho Sá Bidonga Eliane do Escritório Chico do Posto Maia Garçon Ernesto Veia Cômica A Onde É Chiquinho do Tururu Elvis Presley Fábio da Topic Charles Brown Jornalista Gilvan Luiz Poeta Hildegardes Haroldo do Povo Balacó Rodrigues do Povão Neném Coelho Zé de Bia Holanda do Povão Batista do Apito Chacon Queridinha Bahia Cristiane Poeta Erasmo Carlos Socorrona Professor Sula Neném do Cazuza Bruno De Seu Gino (Enviado por Rubem Amaral Eiberto Junior). Fan Cunha

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Leituras VI

Sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor.

Por jb serra e Gurgel (*) A acachapante, tonitruante e humilhante derrota do Brasil por 7 x 1 para a Alemanha, na semi final da Copa nos livrou de muitas outras vergonhas, que certamente nos cobririam caso o hexa caísse nas nossas mãos. Temia eu, na solidão de minha vida, que o hexa apagasse a outra goleada que a FIFA e os “empreiteiros FiFa”, os “governantes FIFA” impuseram ao bravo povo brasileiro, os 200 milhões em ação que , empolgados, cantavam o refrão que titula esta nota. Não bastaram o atendimento das exigências FIFA, com isenções fiscais, licitações dirigidas e sem controle, , financiamentos do BNDES a rodo, seguranças eletrônica e digital, policiais cibernéticos, soberania exclusiva e ostensiva nos seus espaços, com imunidade diplomática. Só falta a FIFA ser uma nação independente com assento na ONU... Luis Felipe Scolari assumiu o ônus do desastre, no campo esportivo. Pôs nas costas o peso do fardo que levará ao túmulo com seu fiel escudeiro Murtosa. Em 90 minutos, foi de herói a vilão de genial a burro, na aldeia global, Alguns jogadores choraram por decepção, desonra, incompetência, imaturidade, desespero. Os homens da CBF não se abalaram, na inexpugnável fortaleza da Barra. Nem os ex-donos, nem os futuros donos, nem os pretensos donos, da corja dos mensaleiros, figurinhas carimbadas do “tráfico esportivo” e que poderiam ser hospedes de luxo em Bangu, de 1 a 10. Os senhores da FIFA que humilharam . sacanearam e obrigaram o país a adotar o “padrão FIFA” nos estádios, com um furioso superfaturamento, no luxo do Copacabana Palace e no lixo da Match . Muitos estádios serão uteis. Outros virarão esqueletos. Os mesmos senhores que obrigaram os brasileiros a financiar as “fan festas FIFA”, os seguranças privados, os voluntários, inclusive os que ficaram nos estádios de costas

para o campo , dando-lhes uniforme, comida, transporte, banheiro. Todos seguiram impávidos o colosso que armaram para divertir a macacada. Os empreiteiros e intermediários da corrupção nos estádios nunca foram incomodados nem chamados às falas. Num pais serio estariam todos presos. Mas continuam em liberdade e livres para roubar e saquear o país do sonho Bolivariano!. A Globo e a Band são partes do vexame, da catástrofe, do desabamento. A lona do circo caiu sobre eles. Seus patriotas narradores , comentaristas amestrados e repórteres sucumbiram. Ocuparam todos os espaços do circo, vendendo enganos e ilusões, a serviço do oficialismo. O Sport TV, da Globo, conseguiu naufragrar na Ilha Fiscal, onde o baile alemão afundou o Império global, com dezenas de comentaristas semianalfas e analfas funcionais. A Globo faturando dez vezes mais do que a Band, a Fifa dez vezes que os empreiteiros e a Globo. Os brasileiros, principalmente os puros de coração, choraram com a humilhação .e a decepção. O Mineiraço de 2014 apagou o Maracanaço de 1950. Foram os que abraçaram a seleção com carinho e amor. O choro e a dor deixaram todos arrasados e desnorteados. D. Patricia Poeta resumiu: os torcedores fizeram bonito. Os imundos pagaram o ônus com xingamentos, agressões, etc; Acharam que a ausência das manifestações na Copa absolvia todos os desmandos praticados e que continuariam impunes e fétidos. Não se deram conta que era uma trégua, entre a paz e a guerra. O outro lado da derrota seria o igualmente complicado. Como aturar Galvão Bueno do Brasil, que comandava o país durante os 90 minutos dos jogos da seleção, enfeitando o pavão com suas palavras de ordem? Como aturar um exército de narradores, apresentadores, comentaristas,

repórteres, ex-jogadores e ex árbitros? Todos já se consideravam hexas, senhores dos anéis, dos dedos, da razão pura, da física quântica? Todos faziam a apologia do fútil e do inútil, Nos livramos de ver os jogadores subindo a rampa do Planalto, agraciados com aposentadorias vitalícias. dando cambalhotas, de serem adulados e bajulados no Parlatório, homenageados pelos anões de paletó e sem caráter da Câmara e no Senado, nos palácios dos governos estaduais e prefeituras, nas carreatas e passeatas políticas, desfiles em carro aberto, dos bombeiros, nas cidades natais dos atletas, alguns seriam obrigados por patrocinadores irem de boné ao Jô Soares, ao Sergio Groissman, a Fatima Bernades, ao Faustão, ao Ratinho, a intermináveis entrevistas “ao vivo” com Galvão, Bonner e Poeta. Os jogadores que chegaram ao ápice do estiloso, com seus penteados, brincos de brilhantes,e personal manicure pedicure e tatuadores . Alguns chegavam a fazer a virilha... Muitos orgulhavam-se de seus performances com óculos e roupas para se exibir e postar no “ face” e no instagram . Usaram e abusaram do twiter. Exibiam, como troféus, suas chuteiras coloridas e alguns suas chuteiras de cores diferentes, Muitos conseguiram que suas vidas fossem devassadas, seu passado de dor e sofrimento, de angustias e esperanças se contrapondo a um presente de ostentação, riqueza, que vai da casa doada a mãe e aos irmãos desvalidos aos palacetes , casas e apartamentos em condomínios fechados, com banheiras, duchas, churrasqueiras, frequentados por uma coleção de piriguetes, popozudas tão maluquetes quanto doidetes... Não pensem que o legado da Copa vai mudar o Brasil e o futebol. Vai piorar. FiFa, CBF, ladrões, agentes, dirigentes de federações e clubes, televisões e empresários continuarão como pulhas e sanguessugas dando as cartas. Jb serra e Gurgel (Acopiara), jornalista e escritor

19 empresas do Ceará no Inova Talentos

Memórias do prof. José Jarbas Studart Gurgel da UFC

Fortaleza capital mundial da Biotecnologia

Um total de 19 empresas cearenses teve seus projetos de inovação selecionados na segunda chamada do Inova Talentos, programa que visa ampliar o número de profissionais qualificados em atividades de inovação no setor empresarial brasileiro. A ideia é incentivar a criação de projetos de inovação nas empresas e institutos privados de pesquisa e desenvolvimento (P&D). As propostas foram analisadas por uma comissão nacional e as selecionadas vão receber incentivo financeiro, apresentando também uma contrapartida. O foco dos projetos é o aumento da competitividade, por meio de inovação de produtos e processos, organizacional, em marketing e modelo de negócios. As empresas selecionadas no Ceará são: Alumisteel Soluções em Projetos e Sinalização, TQuímica Brasil, CPN Chapas Perfuradas do Nordeste, OCS Mineração, Agromix, Control Inovações Tecnológicas, PISCIS, NatVita, Redes Ramalho Têxtil, Alunobre, Construtora Sumaré, Wobben Windpower Indústria e Comércio Ltda., Verde Tecnologia, Belmetal, CR Duarte Engenharia, Protensão Impacto, Biomátika, Granos Granitos e SG Construções (Construkasa). Cada empresa poderá submeter quantos projetos desejar e o IEL também pode ajudar na elaboração das propostas. Na primeira chamada do programa, foram aprovados 179 projetos, de 117 empresas. Até 2016, o programa vai investir R$ 56 milhões para atender às demandas em inovação das empresas.

O prof. José Jarbas Studart Gurgel vem de lançar mais um livro, agora sob o titulo Memórias de Um Professor da UFC, com prefácio do prof. Marcelo Gurgel Carlos da Silva e impressão na gráfica do Mauro Gurgel, a Expressão Gráfica e Editora. O livro mostra fragmentos dahistória de uma vida dedicada à formação de engenheiros de pesca ao longo de 33 anos de atividades (1973 a 2006). São 20 í Um fenômeno no açude da UFC, Projeto ABC-Peixe, Melhoral é melhor e não faz mal, A importância do Sapato, O Médico das Plantas, Amigos de Xadrez, Jonas e História da Baleia, Em Defesa da Limnologia, Minha Dissertação de Mestrado, Em Lugar Incerto e não Sabido, Um caso de de Escoliose em Peixe, Tilápia ao Calor e ao Frio, O Canal do Trabalhador e a UFC, Quando ainda não existia Doutorado, Retornando ao Magistério Superior da UFC, Anchieta – O Apóstolo do Brasil, Centenario de Ilustre Farmacêutico, O Peixe na Sagrada Escritura, Uma Biblioteca do Primeiro Mundo e A Verdade Acima de Tudo. José Jarbas Studart Gurgel nasceu em Acaraú/CE, sendo graduado em Farmácia e Odontologia da UFC, Turma de 1959. Estudou no Colégio Cearense e no Liceu e fez pós-graduação nas universidades do Kansas e Washington e Mestrado em Engenharia de Pesca na UFC. Iniciou sua vida profissional no DNOCS, em 1955, tendo ocupado por 15 anos o cargo de Diretor de Pesca e Piscicultura e se aposentado em 1989. Ingressou na UFC por concurso público em 1973, onde ministrou as disciplinas – Limnologia, Princípios da Ciência Pesqueira e se aposentado em 2006, como Professor Titular. Pertence a 18 associações científicas e de classe, das 7 como fundador. Participou de 88 eventos tpecnicos e científicos e representou o Brasil na Conferência Mundial sobre Aquaculture, em Kioto, Japão (1976).

Depois de ser sede da Copa do Mundo e da VI Reunião de Cúpula dos Brics, Fortaleza se prepara agora para receber o maior evento na área de biotecnologia do mundo. Vem aí o XVI Simpósio Internacional de Biotecnologia (16th International Biotechnology Symposium and Exhibition – 16thIBS.2014). Vai acontecerá de 14 a 19 de setembro próximo, no Centro de Eventos. O professor Osvaldo Carioca (UFC) é o coordenador científico do encontro. Para este simpósio, estão sendo esperados cerca de dois mil participantes de 80 Países, incluindo profissionais da indústria e da academia. A cada dois anos, sob a coordenação da União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), esse encontro é realizado num país diferente. Neste ano, será realizado pela primeira vez no Brasil e Fortaleza foi a Capital escolhida. Durante o simpósio, ocorrerá o Fórum de Bionegócios, que quer promover o intercâmbio e a transferência de tecnologias entre a academia (oferta de tecnologias) e a iniciativa privada (demandantes detecnologia), com o objetivo de aumentar a competitividade do setor produtivo nacional, especialmente no Ceará.

Ceará em Brasília

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

13

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Leituras VII

O Básico de Fortaleza para estrangeiros João Soares Neto (*) Seja bem-vindo a esta cidade. Ela nasceu junto à “Fortaleza de Nossa Senhora de Assunção”, defronte ao prédio do novo Mercado Central. Nesse mercado você encontra produtos regionais, feitos à mão, comidas típicas locais, roupas leves de algodão, entre muitos outros artigos, inclusive ervas miraculosas que prometem vigor e longa vida. Saindo do mercado, no sentido sul, a cerca de 200 metros encontrará a Catedral, templo católico. Seja agnóstico ou crente, dê uma parada, refrigere-se e olhe os bonitos vitrais. Pare alguns minutos pensando na graça de estar em terra estranha, mas acolhedora. Ao sair, você terá três alternativas: 1. Visitar o centro da cidade, logo a seguir. Se tiver GPS ou smartphone facilitará um pouco, coloque “Praça do Ferreira” e, em poucos minutos, se deparará com um quadrilátero simpático, arborizado, cercado de lojas comerciais, um grande cinema(São Luiz) em reforma, vendedores ambulantes, engraxates e aposentados discutindo política, futebol e vida alheia. A 100 metros dali - na Rua do Rosário, 01, fica localizada a Academia Cearense de Letras, fundada em 1894, a mais antiga entidade cultural do Brasil. Ela funciona no Palácio da Luz, feito de tijolos, tal como a Igreja do Rosário -erguida por escravos- a seu lado. Defronte há um logradouro conhecido como Praça dos Leões, por conta de esculturas em bronze dos reis dos animais. Em um dos bancos da praça existe uma escultura da escritora Rachel de Queiroz, a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras. A opção 2: Se você gosta de arte e cultura vá da Catedral direto ao “Centro Dragão do Mar”, distante cerca de 500 metros, no sentido leste. O Dragão é um equipamento público com 15 anos de fundado, em homenagem ao jangadeiro “Chico da Matilde”, depois “Dragão do Mar”. Ele se negou a transportar, em sua tosca embarcação, escravos dos navios negreiros - que ficavam ao largo - para a Praia de Iracema, então Praia do Peixe. Por tal fato, o Ceará, capital Fortaleza, foi o primeiro Estado a abolir a escravatura no Brasil. O Dragão é local acolhedor, possui exposição permanente sobre a vida do sertanejo, galeria, teatro, escolas de artes, cafés, cinemas e observatório lunar. Há alguns restaurantes no entorno. Em geral, só funcionam à noite, quando há festas, para todos os públicos e gostos, nos arredores. A opção 3 é o Theatro José de Alencar, com estrutura em ferro fundido vindo pronta da Escócia, no começo do século 20. O homenageado, escritor José de Alencar, nasceu no Ceará e foi o introdutor do indianismo na literatura brasileira, da qual é um dos expoentes. O teatro é belo, merece visita, e fica na praça que tem o seu nome e a sua estátua. Como se fora um mercado persa ou turco, na praça a céu aberto centenas de ambulantes vendem artesanatos, travesseiros, móveis, comidas e o que mais se puder imaginar, além de singelas cópias de marcas famosas a preços populares. Comprar ou não é com você. Este artigo não é um itinerário: para isso existem Roteiros da Cidade, operadoras e guias especializados. É apenas um leve ensaio sobre o que, ao meu olhar, possa interessar a estrangeiros no Centro e na orla de Fortaleza, nesses tempos de Copa do Mundo de Futebol. Não sei onde você ficará hospedado, mas, certamente, irão falar da Avenida Beira Mar. Ela é a via principal da orla marítima desse mínimo pedaço do Atlântico Sul. As águas do mar são cálidas e esverdeadas. A orla é dividida em partes. Uma começa a Oeste, na Barra do Rio Ceará, outro presumível local de fundação de Fortaleza, e segue sentido Leste, passando pelo Pirambu, adensado bairro popular, até chegar ao Hotel Marina Park, local onde algumas seleções de países ficarão hospedadas durante os jogos em Fortaleza. Outra parte começa na Praia de Iracema, perto do Dragão do Mar, relembro. A Praia de Iracema vai do Poço da Draga até o fim da Avenida Historiador Raimundo Girão. Por lá funciona, às segundas-feiras, o “Pirata”, um bar-restaurante popular que atrai turistas com suas festas de forró, um dos ritmos do Nordeste. Vá em frente, sentido Leste, e estará chegando ao local do Fan Fest da Copa. Visite-o. Em seguida, verá milhares de pessoas andando, uma profusão de bares e barracas do lado da praia e, do outro, bonitos edifícios construídos, a maioria, a partir das décadas de 70/80 do século 20, com destaque para os projetos dos arquitetos José e Francisco Hissa, e Luiz Fiuza. Todas as noites são montadas barracas para uma grande feira de artesanato e que tais, bem perto do Náutico, clube social pintado de verde. Passado o Porto do Mucuripe, começa a renovada Praia do Futuro que gerou barracas-parques imensas, para todos os gostos e bolsos. Há, nessas barracas, cadeiras com guarda-sol, garçons ligeiros para servir peixes, crustáceos, bebidas de todos os tipos e uma profusão de ambulantes vendendo tudo o que você procura ou não. Tinha intenção de traduzir este texto para o espanhol, inglês e alemão, mas alguém, seja gerente de hotel ou pousada, recepcionista, taxista, guia ou amigo, pode, se achar que vale a pena, recortá-lo e traduzir para você. Divirta-se, proteja-se do sol. (*) João Soares Neto (Fortaleza) escritor, membro da Academia Cearense de Letras e empresário.

Julho/14

14

AQQB fez na Casa do Ceará a 2ª Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília com 3.000 participantes

Os dois dias de comemorações da 2ª. Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília, organizada pela Associação dos Que Querem Bem a Sobral e ao Distrito Federal, nos dias 25 e 26 de julho levaram mais de 3.000 pessoas à Casa do Ceará, por onde passaram o vice governador Tadeu Fillipeli, os senadores Rodrigo Rollemberg e Gim Argelo, os deputados distritais Roney Nemer e Chico Leite , o Administrador de Brasília, Jean Carmo e o vereador Carlos Calisto, um dos mais votados em Sobral nas últimas eleições com 4.300 votos. O prefeito de Sobral, Veveu Arruda, muito embora estivesse em Brasília, no dia 25.07, não esteve na Casa do Ceará para saudar seus conterrâneos. Toda a receita liquida da 2ª. Noite será doada à Santa Casa de Misericórdia de Sobral que, como todas santas casas do Brasil, atravessa momento difícil, uma vez que o governo insiste em pagar miséria pelos serviços que prestam ao Sistema Único de Saúde-SUS Pela Diretoria da Casa do Ceará estiveram presentes o presidente Osmar Alves de Melo (Iguatu), os vices presidentes José Sampaio de Lacerda Junior (Fortaleza) e Luis Gonzaga de Assis (Limoeiro do Norte), os diretores Edivaldo Ximenes Ferreira (Fortaleza), Francisco Machado da Silva (Pedra Branca), Maria Áurea de Assunção Magalhães (Fortaleza) e JB Serra e Gurgel (Acopiara), além da Superintendente da Casa, Antonia Lúcia Guimarães. Mais uma vez, a AQQB demonstrou criatividade e competência, ocupando os espaços da Casa do Ceará com uma ambientação em que até um engenho de fazer rapadura , como os século IXX no Ceará, com moenda puxada a bois, foi a grande atração, além de vender garapa, mel de engenho e rapadura. Foi sensação. Também tinha chiqueiros com bodes Nascido em 28/04/1974 em Sobral-Ce, de família muito pobre, Elaudy Aguiar Ferreira cedo se revelou um negociante, como se dizia mais comumente no sertão e, ainda garoto, já vendia roupa em banca de feira. Aos 17 anos veio prá Taguatinga se empregou como açougueiro até abrir seu próprio negócio logo chegando a dois açougues e iniciando-se como distribuidor de carne com a sua marca FINOCORTE. Aficionado por vaquejadas e cavalgadas, não raramente promove eventos ligados às duas atividades sendo um ativo membro da Comitiva Kalunga, fundada em torno da prática da montaria. Seu tempo se multiplica entre as atividades de compra, abate e venda de bois, sua fazenda e seu haras clube. Em intervalo de dias, foi eleito por aclamação Presidente da AQQB SOBRALDF e do Conselho Deliberativo da Associação dos Frigoríficos da RIDE - ASFRIR. Casado com Suely, com quem divide os filhos Vicente Neto (17), sanfoneiro, além de vaqueiro como o pai, Sara (12) e aguardam a chegada do caçula Miguel para Novembro deste ano.

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

e cabras, carneiros e ovelhas e currais de jumentos e cavalos. O presidente da AQQB, Ladir Aguiar levou para a Casa do Ceará o seu trailer, bem equipado, com sala de estar, banheiro, cozinha, dormitório e com espaço para transportes de cavalos, no qual viaja para disputar vaquejadas. Nas quatro últimas de que participou, ganhou em duas. A praça de alimentação tinha de tudo, comida cearense, nordestina, baiana, goiana. Em outro espaço, havia desde a exposição de móveis rústicos, como diversões. Foi instalada uma bodega com produtos do Ceará, e que vendia de tudo. Os 60 quilos de queijo de coalho, trazidos de Tauá foram vendidos em duas horas. Inúmeras bandas se revezaram, em um imenso palco, tocando especialmente xote, xaxado, baião e forró, com espaço para que os participantes pudessem dançar. Carlos Aguiar, primeiro presidente da AQQB, registrou que a festa “´foi uma homenagem aos sobralenses que estão se integrando a AQQB, que já é de longe a maior organização de grupos cearenses em Brasília, com adesão e participação nos eventos que promovemos. Nossa presença na Casa do Ceará é motivo de alegria pois nos sentimos em casa e trazemos outros grupos cearenses para se divertir”. Já o presidente da AQQB, Elaudy (Ladir) Aguiar assinalou que “no próximo ano, a 3ª. Noite será ainda mais imponente. Mostramos mais uma vez que a capacidade de mobilização e participação dos cearenses de Brasília, todos empolgados na difusão de nossa cultura. A AQQB veio para ficar e felizmente contamos com o apoio da Casa do Ceará em Brasília, que é orgulho de todos os cearenses”.

AQQB aniversariou, empossou diretoria e anunciou festa Na noite de seu aniversário de um ano (22/05), a AQQB BRALDF empossou sua segunda diretoria para o biênio 2014/2016 e que tem como Presidente da Executiva o empresário sobralense Elaudy (Ladir) Aguiar. Com apenas um ano de fundação, a AQQB deu um belo exemplo de dinamismo e organização ao promover a belíssima 1a Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília (31/08/13) além de ombrear com a Casa do Ceará nos eventos Natal Feliz e Campanha do Agasalho. O novo presidente fez a entrega a Carlos Aguiar da comenda de Presidente de Honra que lhe foi outorgada por decisão unânime da Assembleia Geral. A nova diretoria anunciou a 2a Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília que acontecerá na Casa do Ceará nas noites de 25 e 26/07 com a presença de bandas sobralenses e muitas outras atrações, sendo esperado um significativo público de Sobral. Em seguida, procedeu a entrega a Carlos Aguiar da comenda de Presidente de Honra que lhe foi outorgada por decisão unânime da Assembleia Geral. O evento foi encerrado com um forroquetel com o competente Trio Cabra da Peste, antecipando a animação que vai incendiar a 2a Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília.

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Meu dia de Zé Doidim Macário Batista (*)

Era 16 de julho de 1950. Eu tinha 3 anos e 9 meses de idade. Corria entre a casa de Pai Vovô Pompeu e a casa de meu Tio Major Antonio Passos, separadas pela casa em que eu morava. Ouvia um pedacinho do jogo ao lado do Gil, no rádio do Pai Vovô e outro pedacinho na casa da Tia Dindinha. O Brasil era tido e havido campeão do mundo de futebol. Claro que eu não entendia direito o que qui diabos era aquilo de tanta animação e, como bom menino pegava corda do mais velhos e, se duvidar, já gritava Brasil para toda a Praça João Pessoa ouvir. Sobral inteiro estava dentro de casa, no rádio, esperando o Jorge Curi, ou o Pedro Luiz ou o Edison Leite, um deles cantar o fim do jogo. Mas no meio do caminho havia uma pedra. Quer dizer, uma bola. Numa das minhas entradas na casa da Dindinha, ouví um grito de gol debaixo do chiado do rádio e o Zé Doidim, um ajudante de caminhão que trabalhava com o Major Antonio Passos, escorado na parede ao lado da qual estava uma mesa e sobre a mesa o rádio com o pano que o cobria bem dobradinho, escorregar como quem perde uma escora e cair sentado. Era gol do Uruguai. Dois a um e a copa estava perdida. Deixei baixar a poeira do desastre de anteontem, 8 de julho, no Mineirão pra contar essa dolorosa lembrança de criança que terça feira se repetiu. Foi meu dia de Zé Doidim. A frase: “Medo de perder é vontade de não ganhar”. Vanderley Luxemburgo Devia ter ficado sentada Pelo Facebook. “Fui ao banheiro, gol da Alemanha, fui pegar uma cerveja, gol da Alemanha, fui chamar meu filho, gol da Alemanha, fui atender ao telefone, gol da Alemanha, fui ver o gol da Alemanha, gol da Alemanha… Meu Deus, que coisa triste”, lamentou uma torcedora de Fortaleza. Recebi uma carta Anos, muitos anos se passaram até que, semana passada recebi uma carta. A última vez deve ter aí uns quarenta anos. Ainda se escrevem cartas hoje em dia. Com selo e tudo. A frase: “Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura,política e futebol com bons sentimentos”. Nelson Rodrigues. É furto Deve ser tratado também como 171. Você compra um quilo de peixe congelado nas cercanias do Mercado São Sebastião e quando descongela pesa meio quilo. Parece bandidagem; e é. Denúncia Gente que já comprou e se sentiu enganado está indo aos Decons,Procons e quetais da vida pra denunciar formalmente. Esperam que os direitos humanos não defendam os peixes cheios de gelo. Aliás... O sempre tão atento Ministério Público, num rasgo de defesa dos interesses da sociedade poderia muito bem olhar isso aí. Ou não dá mídia? Juro que ouvi Nas convenções de domingo (foram várias) ouvi um prefeito ligando pra uma pessoa acertando um horário: “A gente se fala amanhã na faixa etária de 10 a 11 horas”. (*) Macário Batista (Sobral), jornalista, multimídia

Ceará em Brasília

Potência

Torres eólicas do CE têm 43% de rendimento. Média alcançada no Estado é destaque mundial, superando índices na China, Alemanha e EUA Os parques eólicos do Ceará serão, em breve, utilizados também como estações meteorológicas, disponibilizando, em tempo real, à Funceme e à população dados sensoriais sobre clima, umidade, força dos ventos Consolidados como fontes alternativas de energia limpa, responsáveis por 36% da energia elétrica consumida no Estado, os parques eólicos do Ceará serão, em breve, utilizados também, como estações meteorológicos, disponibilizando, em tempo real , à Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos) e à população, “in loco”, dados sensoriais sobre clima, umidade, força do ventos etc. Em fase inicial, o projeto será estendido a todos os campos eólicos do Estado, como forma de comprovar empiricamente, na prática, o rendimento médio de 43% de potência nominal das “máquinas de vento”, instaladas no Ceará, potência considerada uma das maiores do País e do mundo. Segundo Fernando Ximenes, primeiro secretário da Câmara Setorial de Energia do Ceará, entidade coordenadora do projeto, enquanto as máquinas instaladas no Ceará atingem a potência média regular de 43%, na China chegam a 19%, na Alemanha, a 22% e nos Estados Unidos, a 28%. “O Estado do Texas (Estados Unidos) está comemorando porque 28% da energia elétrica que consomem provêm dos ventos, quando no Ceará já atingimos 36%”, destaca Ximenes, ressaltando a importância da matriz eólica no suprimento energético do Brasil. MP 641 Entretanto, os avanços da matriz eólicas, a partir da crescente competitividade no mercado e da redução gradual nos preços do Megawatt (MW), estão gerando “ciúmes”, pressões do setor hidrelétrico, para que os benefícios fiscais e tributários conquistados pelas fontes de energia renováveis sejam cancelados. Uma emenda, incluída em junho último, no parágrafo 13º, artigo 5º, do texto da Medida Provisória (MP 641), pelo próprio relator, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), prevê o fim dos descontos de 50% no uso dos sistemas elétricos de transmissão e de distribuição (TUST e TUSD), a

partir de 2015. “Esse benefício foi criado em 1996 para todas as fontes não convencionais, as que nós chamamos de ‘novas renováveis’. Sem esse desconto, essas fontes não podem crescer no Brasil e sobreviver. A eólica cresceu no Brasil graças ao Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa) e ao desconto na TUSD e na TUST. Tirar um benefício desse é um sinal perverso para o setor”, denuncia a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), Élbia Mello. Preço De acordo com ela, o preço da energia gerada pela fonte pode aumentar R$ 20,00, por MWh, nos leilões, e o impacto para o consumidor ser de até R$50,00/MWh, conforme os cálculos da entidade. Segundo Fernando Ximenes, no último leilão de energia, o preço do MW da energia eólica foi cotado a R$ 129,00; e o da energia hidrelétrica, a R$ 140,00, o MW. “E isso, apesar das escala baixas, de 30 a 50 MW para as eólicas e de até 1.000 MW, às hidrelétricas ofertadas nos leilões”, ressalta. Encontro Para discutir estratégias políticas para manter a MP - 641 fora da pauta de votações do Congresso Nacional, neste semestre, os integrantes da Câmara Setorial da Eólica do Ceará realizam nesta sexta-feira, a 30ª Reunião Ordinária, no auditório da Adece (Agência de Desenvolvimento do Ceará). Na oportunidade, serão debatidos ainda, a criação de novas turmas de capacitação de jovens em cursos de Eletromecânica, Eletrotécnica e Mecânica, em escolas profissionalizantes do Estado, para formação de mão de obra e estágios nos parques eólicos. Pauta Ainda na pauta da reunião, consta a 2ª Feira Internacional Eólica (All About Energy), a ser realizada em junho de 2015, em Fortaleza, e a formação da Rede Estadual de Pesquisa Eólica, além de atualizações e formações de novos projetos de desenvolvimento eólico, para atração de investidores para o Estado.

Foto: Natinho Rodrigues

Leituras VIII

Grendene ampliará presença em Sobral onde tem oito indústrias A Fábrica de Calçados Grendene vai inaugurar no próximo mês de setembro a ampliação da oitava unidade em Sobral. A informação é do prefeito Clodoveu Arruda, acrescentando que essa ampliação vai gerar cerca de quatro mil empregos diretos, além de muitos outros indiretos. Informou ainda que a fábrica de cimento Votorantim, também em setembro, inicia a construção de uma nova unidade. Esse investimento, segundo ele, será de mais de R$ 700 milhões e, para a construção, já foram aprovadas todas as licenças ambientais. O prefeito não falou nos números, mas observou que essa nova unidade da Votorantim vai duplicar a produção de cimento hoje existente em Sobral. Apenas durante a construção, a nova unidade da cimenteira vai gerar dois mil empregos e, durante a operação, mil postos de trabalho.

O prefeito foi a Brasília para, no Ministério das Cidades, discutir a data de entrega, no município, das primeiras 408 casas do programa Minha Casa, Minha Vida, das 3.364 que ali estão sendo construídas. Nessa empreitada ele destaca o apoio do governador Cid Gomes, com aporte de recursos, reconhecendo que se trata do maior projeto de habitação popular de Sobral. No local haverá duas unidades de saúde da família, quatro centros de educação infantil, duas escolas de ensino fundamental em tempo integral, além de equipamentos comerciais e esportivos. Segundo ele, com esse conteúdo o agrupamento de casas pode ser considerado uma nova cidade dentro do município de Sobral. O conjunto está sendo construído nas proximidades da nova sede do Detran, na Avenida João Santos, acesso à estrada da Serra da Meruoca. (Com informações de Tarcísio Colares).

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

15

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Casa do Ceará volta a Administração de Brasília para aprovação dos ajustes ao Projeto Fausto Nilo

Engenheiro José Ribamar Mendes Diniz, Superintendente da Casa do Ceará Antônia Lúcia Guimarães Aguiar, Diretor de Obras da Casa do Ceará Nilton Pessoa Cavalcante, Presidente da Casa do Ceará Osmar Alves de Melo, Administrador de Brasília Jean Carmo Barbosa e Assessor especial da Administração de Brasília Carlos Euller Curlin Perpetuo.

Engenheiro José Ribamar Mendes Diniz, Superintendente da Casa do Ceará Antônia Lúcia Guimarães Aguiar, Diretor de Obras da Casa do Ceará Nilton Pessoa Cavalcante, Presidente da Casa do Ceará Osmar Alves de Melo, Administrador de Brasília Jean Carmo Barbosa e Assessor especial da Administração de Brasília Carlos Euller Curlin Perpetuo.

O Presidente da Casa do Ceará, Osmar Alves de Melo, acompanhado do Diretor de Obras, Nilton Pessoa Cavalcante, da Superintendente Antônia Lúcia Guimarães e do Engenheiro José Ribamar Mendes Diniz, esteve na Administração Regional para informar ao Administrador as mudanças ocorridas no Projeto Fausto Nilo, com as alterações, a nova sede da instituição passa a ter uma academia com uma área aproximada de 1.150 m², mantendo as piscinas já existentes. Os diretores foram recebidos pelo Administrador, Jean Carmo Barbosa e seu assessor Carlos Euller Curllin Perpétuo. Os ajustes no Projeto foram feitos pela

Casa do Ceará e volta a Administração de Brasília para aprovação das mudanças ocorridas, considerando que algumas das instalações inicialmente sugeridas poderiam não ter sustentação financeira, como o teatro de 600 lugares. Por outro lado, a Casa não teria uma academia o que agora vai ter, com amplos espaços, além do que os ajustes permitiram a manutenção das piscinas que foram construídas com doação orçamentária do deputado Mauro Benevides, quando presidente da Comissão do Distrito Federal e que tem servido especialmente à comunidade da Asa Norte em aulas de hidroterapia.

Paisagista visita Casa do Ceará para conhecer o paisagismo da nova sede

Diretor de Planejamento e Orçamento Edivaldo Ximenes Ferreira, Estagiaria de Arquitetura e Urbanismo Priscila Araújo de Paula, Engenheiro José Ribamar Mendes Diniz, Paisagista Nicia Bormann Presidente da Casa do Ceará Osmar Alves de Melo, Diretor de Obras Nilton Pessoa Cavalcante, Diretor Administrativo Financeiro Evandro Pedro Pinto e Superintendente Antonia Lúcia Guimarães Aguiar.

A paisagista Nícia Bormann, de Fortaleza-CE, esteve na Casa do Ceará no último dia 17/07/2014 para conhecer o local para o qual será realizado o projeto de paisagismo da nova sede, com base no Projeto Fausto Nilo, que aguarda liberação final na Administração de Brasília. A paisagista foi recebida pelo Presidente da Casa do Ceará, Osmar Alves de

Melo, Diretor de Obras, Nilton Pessoa Cavalcante, Diretor de Planejamento e Orçamento, Edivaldo Ximenes Ferreira, Diretor Administrativo - Financeiro, Evandro Pedro Pinto, Superintendente Antônia Lúcia Guimarães, Engenheiro José Ribamar Mendes Diniz e a Estagiária em Arquitetura Priscila Araújo de Paula.

mkt.nacionalgás

Energia que faz parte da nossa vida.

Julho/14

16

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Pr Esp ojeto eci s ais

Fotos: Albino Oliveira

Momentos marcantes da vida do prof. Albery Mariano

Dr. Francisco Albery Mariano

o Casal, Dr. Albery Mariano e Profª Cleuza Luiza recebem o Diploma e Comenda da Ordem dos nobres Cavaleiros e Nobres Damas de Goiânia-GO. O Comendador e Poeta Dr. FRANCISCO ALBERY MARIANO foi o Presidente da Academia de Letras de Caldas Novas e distinto cidadão Caldasnovense. Natural de Acaraú-Ceará, Dr.Albery tem realizado uma profícua gestão à frente da ALACAN Academia de letras de Caldas Novas. E um dos pioneiros de Brasília, conhecido pela sua expressiva crônica “O pioneiro Lutador” publicada no jornal da Novacap. Foi aluno de letras da Universidade de Brasília, professor do Ensino Técnico Profissionalizante na Secretaria de Educação do DF, agraciando com o Diploma de Mérito Educacional, pelo excelente qualidade e alto sentido pedagógico de se trabalho. Ingressou no quadro do Juizado de menores, durante nove anos, e nessa época colou de Grau de bacharel em direito pelo Centro Universitário de Brasília-CEUB. Foi defensor publico do ministério da Justiça em Brasília e a partir de 1976, advogado militante na rara da fazenda, órgão e sucessor do DF. Indicado pelo TER – DF para o ingresso na Escola Superior de magistratura e pelo Governador Mineiro José Aparecido de Oliveira para assessor dos deputados, no período de 1987 a 1996. Em 1997, foi convidado para a vaga Desembargador do TJDF e no ano seguinte à vaga de Juiz do Tribunal regional federal na classe dos advogados da 1ª região e

Ceará em Brasília

após quatro anos novamente para a vaga de desembargador do tribunal de Justiça do Distrito Federal. Pelos seus revelantes serviços prestados à Justiça eleitoral em 2001 foi-lhe conferido o diploma e a medalha de Chanceler do Mérito Eleitoral, em grau e comenda. Em 2010 recebeu o diploma e a medalha de honra ao mérito do Cinquentenário do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal. O Com. Dr. Albery Mariano em sua vida profissional, cultural e religiosa recebeu várias outras comendas, Diplomas troféus e insígnias, dentre elas Honra ao Mérito de Pioneiro por ter se distinguido como um dos lideres na construção e consolidação de Brasília. O Comendador Dr. Francisco Albery Mariano, membro titular da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História de São Paulo, empossado dia 2 de Setembro De 2011, como Conselheiro Consultivo no Centenário da ABACH. Dr. Albery Mariano recentemente foi agraciado com Titulo de Comendador, ostentando em seu smoking o distintivo Barrete contendo cinco medalhas registradas no Conselho Nacional de Honrarias e Méritos – Seção São Paulo. Aposentado como Diretor do Tribunal regional do estado de Educação do DF, reside no Lago Sul, em Brasília, cercado de muito verde e em Caldas Novas

onde fixou sua segunda residência. Este destemido Poeta Cearense, temente a Deus Fez o curso superior de Teologia no DF com habilitação para lecionar Ensino Religioso. O Com. Dr. Albery Mariano se considera um homem realizado, viajando e de muitos amigos. Ao lado de sua esposa mineira, Professora Cleuza Luiza Mariano, sua musa inspiradora, não se cansa de elogiar Caldas Novas. O título de Cidadão Caldasnovense muito o honra E, como poeta, agradece nesta estrofe a baixo: ”Agradeço a homenagem: - Cidadão Caldasnovense. Agora já sou chamado, De poeta Cearense.” O Comendador Dr. Albery Mariano, é incansável Benfeitor do Museu do Casarão de Caldas Novas, Onde doou mais de cem peças históricas, de sua família. Em seus escritos ele confirma: “Benfeitor, já sou chamado, Sempre façam como eu. O Antigo conservador Tudo isso é museu.” Sua gestão à frente da Academia de letras e Artes de nossa Cidade é cheia de méritos e elogios, uma vez que igualou a ALACAN às demais Academias de letras do país.

acesse o site: www.brasilia50anosdacasadoceara.com.br

17

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Página da Mulher Regina Stella (*) Assisti a euforia da partida, a expectativa entre a proeza e o medo, as risadas de quem se propõe a uma travessura, o gosto da aventura. Diante da imensa massa líquida, ao se quebrar em gigantescas ondas se desfazendo em espuma rendada à beira da praia, o grupo de turistas discutia, brincava, posava para fotografias, aguardando a hora de ganhar o mar, na tosca jangada. Imponente na sua simplicidade, grandiosa na sua ousadia, a jangada desceu sobre os rolos de madeira até o mar,e deixou que as águas lhe lambessem o dorso, no ritual que se repete a cada dia, antes de se entregar, inteira. Dado o sinal, subiram todos, se agarrando ao mastro, ao samburá, aos rudes bancos, desajeitados, acenando, gesticulando, rindo. Aberta a vela ao vento, pronta para seguir e já tomando o rumo, a jangada se empinou diante da primeira onda que lhe lavou o piso. E correndo, veloz, foi singrando, enfrentando as ondas, uma a uma vencendo. Subindo à crista e tombando, se alteando e caindo, avançou mar a dentro, na galhardia com que responde à carícia que lhe dá o vento. Distraída com a paisagem linda à minha volta, o coqueiral, o trabalho das rendeiras nas choupanas de palha, perdi as horas, e nem sei quanto tempo velejou!Quando me dei conta, a jangada já estava voltando! Aliviada, suspirei, tanto eu sabia quão eram Bar dos Cunhados Pedro Prado e Paulo Prado Donos (Hidrolândia) . Garçons: Raimundo Vieira(Viçosa do Ceará), Edmilson Bezerra,(Poranga), Johnson de Souza e Raimundo Pacheco (Santa Quitéria). CLN 115 BL B lj 21- Asa Norte - 70772520 - Tel. (61) 3274-7805. Bar dos Cunhados no Tênis do Iate Clube Damázio Prado (Hidrolândia) arrendatário - 3379 88763 Setor de Clubes Esportivos Norte Trecho 2 Conj 4 - 70800-120 Bar dos Cunhados Veleiro no Iate Clube Antonio Prado (Hidrolandia) arrendatário - 3329 8761 e 3323 4207 Coco Bambu – Frutos do Mar Gerente Geral Eilson Studart (Fortaleza). SCES Trecho 02, Conjunto 36, Parte CÍcone Parque/ 70200-002 Tel3224 5585 Brasília Shoping SCN Qd 05 BL.A , 70715-900 - Tel 3038.1818 Baby Beef Rubaiyat - Brasília Maitres: Jopé Itamar Ferreira Gomes (Acaraú) , Silva (Ubajara) e Manoel Adilson Rodrigues (Jijoca), Garçons: Luis Neto Alves Sobrinho (Acopiara) e Antenor Neto Rodriges (Ibiapina), bar-men: Doniseti Ferreira Chaves (Ibiapina), Hernandes Freitas (Jijoca) e Gleison Ferreira da Silva (Sáo Benedito), Rcepcionista Viviane Bezerra da Silva (Ipueiras). SCES – Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 1, lote 1 A Asa Sul - Tel 61. 3443.5000 Dom Francisco SCS 402 Bloco B Loja 09, 3224 1634 3226 1816 Gerente: Wilton Melo (Ipu); maitre : Valdemir Alves Souza (Sobral); garçon: Evandro Magalhães (Santa Quitéria) ASBAC SCES Trecho 02 Conj 3226 2005 3224 8429 3223 5679

Gente brava despreparados aqueles turistas, para enfrentar o mar numa rude embarcação. Mais agitado, o mar refletia, cinzento, o céu, e nuvens escuras se formavam, ameaçando chuva. Intimamente me alegrava com a volta, e parei para vê-los, tensa e medrosa ante as águas encrespadas. Foi quando, estupefata, presa a respiração, vi a gigantesca onda que se erguia, bem à retaguarda, e ameaçava, açoitando a embarcação! Em segundos se levantaram as águas, verdadeira muralha, e a onda quebrou, forte, erguendo a jangada e, arremessando-a! Sob o impacto, casca de noz, oscilando, se inclinou mais para um lado, e despencou, lentamente, a branca vela! Virou a jangada! De longe se podia avaliar o pânico, e ver os corpos que se jogavam nágua. Num emocionante gesto de solidariedade, como se houvesse uma prévia combinação, a pequena multidão que, da praia, acompanhava a luta desigual, lançou-se ao mar, nadando ao encontro dos náufragos, obedecendo a um irresistível impulso de recorrer e salvar. Fora o pânico, os gritos, o nervosismo, a palidez de cera nos rostos aturdidos, apenas algumas escoriações provocadas pelo forte roçar das cordas e pelos paus quebrados, resultaram do passeio que poderia ter terminado em tragédia. Cabisbaixo, mudo, sem palavras, numa tauaçú na branca areia, o jangadeiro tinha o olhar longe, perdido no vasto mar. O susto, a ameaça a tantas vidas sob a sua guarda, e o sentimento

Os Cearenses na Cozinha de Brasília Garçons: Iran Matos (Independência), Antonio Melo (Independência) Antonio José Barbosa (Monsenhor Tabosa). Elisimar Barbosa Oliveira (Monsenhor Tabosa); barman Francisco Ricardo Ferreira Gomes (Nova Russas); cozinheiros: Romário Vieira Barreto (Tauá) Francisco das Chagas Gomes (Nova Russas) e Francisco Dermival dos Santos (Nova Russsas). Dona Graça Maitre – Carlos Angelo Veras (Viçosa do Ceará). Vila Planalto, Acampamento Pacheco Fernandes Rua 07 casa15 Vila PlanaltoTel 3032 1062 - 70804-270 Beirute Sul Proprietário Francisco Martins (Ipu) SCLS109 Bloco”A” Loja 2/4 – Asa Sul /3244 1717 Beirute Norte Maitre Bartolomeu Martins (f.cearense, Brasilia) Fred SCLS 405 Bloco “B” Loja 10 – Asa Sul/ 3443 1450 Forneria Parole Maitre Antonio Carlos de Souza (Guaraciaba do Norte); garçon José Gerardo de Azevedo (Guaraciaba do Norte); cozinheiros Juvêncio Fernandes Neto (Tauá), pizzaiolo Sinobilino Bezerra Neto (Tuaá) e Adinaldo Fernandes Bezerra (Tauá) QI 9/10 Com. Local Loja 39 Lago Norte - 3368 3337 Gero Gerente: Celio Freitas (Hidrolândia). SHIN C04 Lote A Loja 22 Térreo Iguatemi - 3577 5522 8110 0209 Galeteria Beira Lago Proprietário João Miranda Lima (Ipueiras) - SCES Trecho. 02 conjunto 33, ao lado do PIER 21 - 3223 7700 Ki Filé Maitre – Maitre,Roberto Cavalcante (f.Cearense), Chefe

irremediável de perda, reduzida a destroços a jangada, a custo retirada do mar, davam-lhe a exata medida da fragilidade em que se firmava a sua vida. Para sobreviver, dependia, e constantemente suplicava ao vento, às águas, às chuvas, ao mar que fossem brandos .E a Deus, que minorasse a expectativa de cada dia, sempre ameaçado! Circunstancialmente, ali se haviam juntado dois mundos, diferentes, e apenas por instantes dividiram preocupações e falaram a mesma linguagem. Um, de progresso, conforto e lucro fácil, de longe viera para desfrutar, como aventura, o quotidiano do outro, carente e dependente. Um, forte e bem nutrido, usufruía como diversão, de uma obstinada decisão de sobreviver, do outro, temperada em maresia, no sol a pino, nas frias madrugadas em alto mar. Da difícil peleja, tinha no rosto profundos sulcos, e calejadas as mãos. Nunca soubera de escola, de máquina de escrever, de computador! Herói, o jangadeiro! Brava gente do mar! Sobrevive pela obstinação da própria vida em resistir, mesmo que, para mantê-la, tenha que arriscá-la a cada dia! Terrível paradoxo, pensei, ao vê-lo calado, cismando, olhando o mar, se quebrando as ondas, uma a uma..E diante de tanta injustiça me acerquei, sem saber se deveria pedir desculpas ou perdão. (*) Regina Stella (Fortaleza), jornalista e escritora de Cozinha, Raimundo Cavalcante (Sobral). Gerente Eduardo Vasconcelos (f.Cearense), garçons: Francisco Souza (Sobral) e Raimundo Mourão (Nova Russas), cozinheiros Alessandro Loyola (Sobral) e Francisco Ferrreira (Granja) 405 Norte, bloco A - lojas 55/65/69 - (61)3274-6363 Libanus Proprietário Narciso Martins (Ipu) SCLS 206, Bloco “C”, loja 36 – Asa Sul / 3244 9795 Moranguim Chefe de Cozinha: Francisco Oliveira dos Santos (Icó) SHIN QI2, Área Especial, Quiosque 14., Lago Norte/21947641 Em frente a loja do Pão de Açucar. 3242 9203 9216 9055 Pizzaria Primu’s Grill Dono: Chico Elcio (Sobral) - Quadra 4. Conj, A Lt 60 – 9627 6430 - Planaltina - 73.300-000; Recanto do Norte Donos: Eudes Braga Mesquita e Antonia (Toinha) Celeste Jorge Mesquita (Santa Quitéria). 409 Norte, Bloco B, Loja 65 – Tel 3271 8722 Taperas Restaurante Maitre – Francisco Tadeu de Oliveira (Iguatu) - Sobreloja do Garvey Palace HotelTel 33 28 4265 Trindade Maitre Luciano Rodrigues (São Benedito) Chefe de Cozinha - Francisco Alves (Acaraú). SHCS Quadra 105, Bloco D Conjunto 35 0 AsaSul/Tel32424005 Verde Perto Proprietário Carlos Pontes (Nova Russas). EPTG Chácara 56 sentido Taguatinga-Guará (ao lado do Posto de Polícia) 3567 8217

Novo exame de sangue ‘pode prever Alzheimer’ Sintomas do Alzheimer aparecem apenas 10 anos após surgimento da doença Cientistas britânicos acreditam ter dado um passo importante nas pesquisas sobre o Alzheimer ao criarem um novo exame de sangue que pode prever as chances de uma pessoa desenvolver a doença. O estudo realizado com mais de mil pessoas identificou um conjunto de proteínas no sangue que pode antever o surgimento da demência com 87% de precisão. Os resultados do trabalho, publicado na revista científica Alzheimer’s & Dementia, serão usados para aprimorar os testes com novos medicamentos para a doença, que afeta 44 milhões de pessoas em todo o mundo. O Alzheimer é uma doença degenerativa cujo pri-

Julho/14

18

meiro sintoma é a perda da memória. Com o avançar do problema, pacientes também podem manifestar comportamento agressivo, irritabilidade, confusão mental, entre outros. Os especialistas alertam que ainda não há previsão para que o exame esteja disponível em clínicas ou hospitais da Grã-Bretanha. As pesquisas sobre tratamentos para o Alzheimer têm sido marcadas por fracassos. Entre 2002 e 2012, 99,6% dos experimentos feitos com objetivo de prevenir ou reverter a doença não levaram a nada.

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

Os médicos acreditam que as tentativas mal sucedidas se devem ao fato de que os pacientes começam a ser tratados tarde demais, já que os primeiros sintomas só aparecem uma década depois do início da doença. Por isso, o maior objetivo das pesquisas atuais deste campo é identificar a demência em seu estágio inicial. Exame de sangue Os pesquisadores investigaram diferenças no sangue de 452 pessoas saudáveis, 220 com danos cognitivos moderados e 476 com Alzheimer. Eles puderam confirmar com 87% de precisão quantos pacientes com danos cerebrais moderados desenvolveriam Alzheimer no ano seguinte. Com a BBC Brasil

Ceará em Brasília


acesse o site: www.casadoceara50anos.com.br

Leituras IX

Humor Negro e Branco Humor Frases impagáveis do Barão de Itararé

O que se leva desta vida é a vida que a gente leva” uma das frases antológicas de Barão de Itararé Criador do jornal “A Manha”, o Barão ridicularizava ricos, classe média e pobres. Não perdoava ninguém, sobretudo políticos, donos de jornal e intelectuais. Ele não era barão, é claro. Mas deu-se o título de nobre e nobre se tornou. O primeiro nobre do humor no Brasil. Debochava de tudo e de todos e costumava dizer que, “quando pobre come frango, um dos dois está doente”. Ele é um dos inventores do contra-politicamente correto. Há muito que o gaúcho Apparício Fernando de Brinkerhoff Torelly, o Barão de Itararé (1895-1971) merecia uma biografia mais detida. Em 2003, o filósofo Leandro Konder lançou “Barão de Itararé - O Humorista da Democracia” (Brasiliense, 72 páginas). O texto de Konder é muito bom, mas, como é uma biografia reduzida, não dá conta inteiramente do personagem, uma espécie de Karl Kraus menos filosófico mas igualmente cáustico. Quatro depois, o jornalista Mouzar Benedito lançou o opúsculo “Barão de Itararé - Herói de Três Séculos (Expressão Popular, 104 páginas). É ótimo, como o livrinho de Konder, mas lacunar. No final, há uma coletânea das melhores máximas do humorista, que dizia: “O uísque é uma cachaça metida a besta”. O que se leva desta vida é a vida que a gente leva. A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota o que vai fazer. Os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são diferentes. Dizes-me com quem andas e eu te direi se vou contigo. A forca é o mais desagradável dos instrumentos de corda. Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância. Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar. Mantenha a cabeça fria, se quiser ideias frescas. O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro. Genro é um homem casado com uma mulher cuja mãe se mete em tudo. Neurastenia é doença de gente rica. Pobre neurastênico é malcriado. De onde menos se espera, daí é que não sai nada. Quem empresta, adeus. Pobre, quando mete a mão no bolso, só tira os cinco dedos. O banco é uma instituição que empresta dinheiro à gente se a gente apresentar provas suficientes de que não precisa de dinheiro. Tudo seria fácil se não fossem as dificuldades. A televisão é a maior maravilha da ciência a serviço da imbecilidade humana. Este mundo é redondo, mas está ficando muito chato. Precisa-se de uma boa datilógrafa. Se for boa mesmo, não precisa ser datilógrafa. O fígado faz muito mal à bebida. O casamento é uma tragédia em dois atos: um civil e um religioso. A alma humana, como os bolsos da batina de padre, tem mistérios insondáveis. Eu Cavo, Tu Cavas, Ele Cava, Nós Cavamos, Vós Cavais, Eles Cavam. Não é bonito, nem rima, mas é profundo... Tudo é relativo: o tempo que dura um minuto depende de que lado da porta do banheiro você está. Nunca desista do seu sonho. Se acabou numa padaria, procure em outra! Devo tanto que, se eu chamar alguém de “meu bem”, o banco toma! Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta... Tempo é dinheiro. Paguemos, portanto, as nossas dívidas com o tempo. As duas cobras que estão no anel do médico significam que o médico cobra duas vezes, isto é, se cura, cobra, e se mata, cobra. O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato. Em todas as famílias há sempre um imbecil. É horrível, portanto, a situação do filho único. Negociata é um bom negócio para o qual não fomos convidados. Quem não muda de caminho é trem. A moral dos políticos é como elevador: sobe e desce. Mas em geral enguiça por falta de energia, ou então não funciona definitivamente, deixando desesperados os infelizes que confiam nele

Ceará em Brasília

Juazeiro do Norte FIEC inaugura Casa da Indústria e instalou o Polo Regional de Inovação O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Roberto Proença de Macêdo, inaugurou a Casa da Indústria do Cariri em 05.08, no Centro de Formação Profissional Wanderillo de Castro Câmara, unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), no bairro Triângulo, em Juazeiro do Norte. Após esse primeiro ato, foram realizadas as solenidades de instalação do Polo Regional de Inovação Industrial do Cariri e de posse da Diretoria do Sindindústria – Quadriênio 2014-2018, no iu-á Hotel. Na ocasião, também foi assinado o Pacto pela Inovação e Desenvolvimento Econômico da Região do Cariri e apresentados os dados e resultados da publicação do Projeto Setores Portadores de Futuro. O diretor corporativo do INDI, Carlos Matos, estará presente às cerimônias. Por meio do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), o polo chega para desenvolver a indústria local daquela região, contribuindo para uma maior integração das cadeias produtivas e possibilitando o estímulo à inovação, aumento da competitividade e participação em editais de interesse desses segmentos envolvidos. Somam-se aos esforços do Sistema FIEC no Cariri, por meio do trabalho das demais instituições integrantes do Sistema FIEC: SENAI, SESI, IEL e FIRESO. No Cariri, a iniciativa integra os municípios de Aurora, Barbalha, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Granjeiro, Jardim, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri. O polo faz parte de uma das ações do Programa Uniempre, englobado pelo Programa Indústria Viva, que é um conjunto de projetos integrados que envolvem ações incisivas de promoção da competitividade. Este é segundo dos sete polos previstos para instalação no interior do estado. O primeiro foi implantado em outubro de 2013, na Região do Jaguaribe, por meio da Casa da Indústria,

localizada em Limoeiro do Norte. Para Carlos Matos, o polo é uma integração da Casa da Indústria com toda a estrutura do Sistema FIEC, representando esforço para o desenvolvimento da região, focado no desenvolvimento do Cariri: “Vamos também catalisar os esforços das prefeituras, das ações do governo do estado junto com o governo federal, interagindo com a iniciativa privada, visando à geração de trabalho e emprego”. Matos explica que já é possível verificar quais os setores emergentes que precisam de apoio para crescer na região. “O setor metalmecânico cresce bem lá. Se apoiado, crescerá mais. As empresas que fazem joias semipreciosas, que têm crescido bem, com mais de cem funcionários e formalizadas. Não podemos esquecer que o Cariri é o segundo polo turístico cearense. Recebe quase dois milhões de pessoas por ano. É um potencial que pode ser transformado em riqueza para região”, diz. Polo Inovação O Polo de Inovação do Cariri é concebido para desenvolver a indústria local, contribuindo para uma maior integração dos setores produtivos do segmento, possibilitando o estímulo à inovação por meio de atividades como a participação em editais de inovação em projetos de investimento de interesse desses segmentos envolvidos. O Polo Regional de Inovação Industrial se faz presente no interior cearense por meio da Casa da Indústria do Sistema FIEC. Uniempre O Programa Uniempre, sob a coordenação executiva do INDI, em parceria com o SENAI/CE, surge a partir da necessidade de um modelo de desenvolvimento que integre academia e empresa, governo e sociedade, com vistas à geração de um ecossistema propício à inovação. Dentre os projetos abrigados pelo Uniempre encontram-seos Polos Regionais de Inovação Industrial e o Programa Agentes de Inovação.

Ex-reitor da UFC e recebeu a Medalha Boticário Ferreira da Câmara Municipal de Fortaleza O ex-reitor da Universidade Federal do Ceará, Roberto Cláudio Frota Bezerra, recebeu em 23.07, a Medalha Boticário Ferreira, no plenário da Câmara Municipal. Homenagem das mais justas, ela vem se juntar a mais de uma dezena de comendas e honrarias já recebidas pelo homenageado, como a Medalha do Mérito Legislativo da CMF (1995); Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo no Grau de Grande Oficial (2002); Troféu Sereia de Ouro (2002); Medalha do Mérito Industrial da FIEC (2003), Medalha Guimarães Duque outorgada de forma conjunta pela Associação dos Engenheiros Agrônomos e CREA-CE ( 2013 ), dentre outras. O professor Roberto Cláudio tem a sua trajetória profissional dedicada à educação e à universidade brasileira. Filho do professor Prisco Bezerra, um dos eméritos fundadores da Universidade Federal do Ceará, ele herdou do pai o mesmo apego e o mesmo compromisso com a melhoria da qualidade da educação superior brasileira. A sua história de vida se confunde com a própria história da UFC, tendo participado de todas as grandes decisões ali ocorridas, nas últimas quatro décadas. Graduado em Agronomia em 1968, pela UFC, Roberto Cláudio é Especialista e Mestre em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP). Ingressou nos quadros docentes da UFC, por concurso público, em 1970 e logo se sobressaiu entre os seus

pares. Por sua perspicaz capacidade de articulação, pelo seu grande poder de liderança e por sua aguda visão de futuro, o professor Roberto Cláudio logo foi convocado a participar dos destinos administrativos da UFC, tendo sido nomeado Assessor de Planejamento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação no quadriênio 1979-83, Pró-Reitor Adjunto de Assuntos Estudantis no quadriênio 1983-87, Pró-Reitor de Planejamento no período de 1987-91 e eleito Reitor da UFC em dois mandatos sucessivos: 1995-1999/1999-2003. Como reitor, o professor Roberto Cláudio consolidou na instituição a cultura da avaliação e da busca continuada da qualidade do ensino e da pesquisa. Em sua profícua gestão, ele praticamente dobrou o número do alunato da graduação, partindo de uma base de 11 mil para 20 mil alunos e, com determinação e ousadia, pois contava com uma notória carência de recursos financeiros, iniciou a interiorização da UFC, criando, em parceria com o Governo do Estado e as respectivas Prefeituras, os cursos de Medicina de Sobral e de Barbalha, dando as bases para a posterior criação dos campi de Sobral e o da Universidade Federal do Cariri. Finalmente, não poderíamos omitir as qualidades humanas do homenageado. Conhecido pela sua liderança, simplicidade, bom humor, irreverência e por uma fina ironia, o professor Roberto Cláudio cativa a todos que o conhecem. * Professor João Arruda (UFC).

acesse o site: www.brasilia50anosdecasadoceara.com.br

19

Julho/14


acesse o site: www.casadoceara.org.br

Fortaleza sediou no Centro de Convenções a VI Cúpula dos Brics que reuniu líderes do Brasil, Rússia, China e África do Sul O Brasil sediou, nos dias 14, 15 e 16 de julho de 2014, a VI Cúpula de Chefes de Estado e de Governo do BRICS, que se desdobrou em Fortaleza e Brasília. Na VI Cúpula, o BRICS conferiu ênfase à inclusão social e ao desenvolvimento sustentável. Sua discussão foi orientada pelo tema “Crescimento inclusivo: soluções sustentáveis”. A Cúpula deu início ao segundo ciclo do BRICS, após cada país membro ter sediado uma reunião de Líderes. A Cúpula de Fortaleza permitiu aos BRICS mostrar os avanços já alcançados, e dar sequência às discussões com vistas à realização do amplo potencial do grupo. Desde a primeira Cúpula, em 2009, o BRICS tem consolidado seu papel como uma força positiva para a democratização das relações internacionais e para o aprimoramento das instituições de governança internacional existentes. Além disso, o BRICS também tem construído uma sólida parceria, com iniciativas de cooperação entre seus membros em mais de 30 áreas distintas. Entre outros temas, os mandatários dos BRICS decidiram sobre o Arranjo Contingente de Reservas (CRA) e sobre o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD). O CRA constitui linha de defesa adicional para os países do BRICS em cenários de dificuldades de Balanço de Pagamentos. O NBD financiará projetos de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável. No dia 14.07, foram realizadas, em Fortaleza, no contexto da Cúpula do BRICS, reunião dos Ministros das Finanças e Presidentes dos Bancos Centrais, reunião dos Ministros do Comércio, reunião de Presidentes de Bancos de Desenvolvimento Nacional, Foro Empresarial e encontro do Conselho Empresarial do BRICS.

Julho/14

20

O Foro Acadêmico do BRICS foi realizado no Rio de Janeiro, em 18 e 19 de março de 2014, e a reunião do Conselho de Think Tanks foi realizada no Rio de Janeiro, em 17 de março de 2014. Preparativos O governador Cid Gomes se reuniu em 04.07, no Palácio da Abolição com os Ministros da Defesa, Celso Amorim; e o da Justiça, Eduardo Cardozo, para definir detalhes operacionais e aperfeiçoar a integração das forças armadas e de inteligência estaduais e federais para a realização da VI Cúpula do BRICS, no Centro de Eventos do Ceará (CEC), presentes os chefes de estado do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul estarão presentes. . Paralelamente ao encontro dos chefes de estado, acontecerão eventos paralelos com autoridades do setor público e privados dos países envolvidos. Os cinco países que integram o BRICS consolidam-se como atores internacionais de crescente relevo, tanto no plano político como na área econômico-financeira. Além de definirem mais de 30 áreas de cooperação entre si, os BRICS coordenam atualmente suas posições nas Nações Unidas, no G-20, no Banco Mundial e no FMI, aumentando, em função disso, a sua importância nesses foros. Todos os

acesse o site: www.facebook.com/casadoceara

países do BRICS sediaram pelo menos uma Cúpula. Os encontros precedentes foram realizados em Ecaterimburgo, Rússia (2009); Brasília (2010); Sanya, China (2011); Nova Délhi, Índia (2012) e Durban, África do Sul (2013). E, em 2014, será em Fortaleza. A ideia do BRICS foi formulada pelo economista-chefe da Goldman Sachs, Jim O´Neil, em estudo de 2001, intitulado “Building Better Global Economic BRICS”. Fixou-se como categoria da análise nos meios econômico-financeiros, empresariais, acadêmicos e de comunicação. Em 2006, o conceito deu origem a um agrupamento, propriamente dito, incorporado à política externa de Brasil, Rússia, Índia e China. Em 2011, por ocasião da III Cúpula, a África do Sul passou a fazer parte do agrupamento, que adotou a sigla BRICS. O peso econômico dos BRICS é certamente considerável. Entre 2003 e 2007, o crescimento dos quatro países representou 65% da expansão do PIB mundial. Em paridade de poder de compra, o PIB dos BRICS já supera hoje o dos EUA ou o da União Europeia. Para dar uma ideia do ritmo de crescimento desses países, em 2003 os BRICs respondiam por 9% do PIB mundial, e, em 2009, esse valor aumentou para 14%. Em 2010, o PIB conjunto dos cinco países (incluindo a África do Sul), totalizou US$ 11 trilhões, ou 18% da economia mundial. Considerando o PIB pela paridade de poder de compra, esse índice é ainda maior: US$ 19 trilhões, ou 25%. 
Até 2006, os BRICs não estavam reunidos em mecanismo que permitisse a articulação entre eles. O conceito expressava a existência de quatro países que individualmente tinham características que lhes permitiam ser considerados em conjunto, mas não como um mecanismo.

Ceará em Brasília

Profile for shadown shadown

Jornal jul2014  

Jornal da Casa do Ceará

Jornal jul2014  

Jornal da Casa do Ceará

Profile for shadown21
Advertisement