Page 1

Ceará em Brasília Jornal da Casa do Ceará

www.casadoceará.org.br

DEVOLUÇÃO GARANTIDA

CORREIOS

Ano XXIV - 253 - Julho de 2013

Fotos de Hermínio Oliveira

Casa do Ceará homenageia personalidades de 50 municípios nos seus 50 anos. Leia mais na pág. 13

Dep Jos

Tarciso Viriato

Evandro Osterne

Francisco Mauro Holanda

Rubem Amaral

Casa do Ceará entregou novos títulos de sócios Honorários e Beneméritos. Leia mais na pág. 20

Leia nesta edição

Maria Aurea Magalhães, Ivete Magalhães Alves de Melo, Osmar Alves de Melo e Fátima Liduina

Elson Cascão e Osmar Alves de Melo

Edivaldo Ximenes Ferreira, Francisco Albery Mariano, Tarcísio Holanda, Elson Cascão, João Rodrigues Neto, Carlos Euler Currlin Perpétuo e José Sarto Carneiro

Fotos: Albino Oliveira

Sobralenses criaram a Associação dos que Querem Bem a Sobral e ao Distrito Federal e instalaram na Casa do Ceará. Leia mais na pág. 15

Agapito Cavalcante, Vicente Magalhães, Zé do Cerrado, Edmar Parente, Tarcísio Araújo, Francisco Élcio Meneses, Antonio Carlos Aguiar e Elaudy Aguiar.

O 1º Vice Presidente da Casa do Ceará, jornalista Fernando César Mesquita, cumprimenta o presidente da ADQQB Sobral/DF, Antônio Carlos de Aguiar

Evando Meneses, Marcos Siqueira, Elaudy Aguiar, Antonio Carlos Aguiar, Fernando Cesar Mesquita e Messias de Souza.

Fotos de Hermínio Oliveira

Expediente, pág. 2 Espaço Luciano Barreira, pág.2 Conversando com o Leitor, pág.2 Samburá - Avenida Beira Mar, pág. 3 160 milhões de dólares para melhorias do turismo no litoral, pág.4 Paulo Airton Albuquerque Filho o desembargador do quinto, ppag.4 Casa do Ceará distribui óculos do Projeto “Visão para Todos”, pág. 4 Anúncio de José Lírio de Aguiar, pág.4 Juízes tomaram posse no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do CE, pág. 5 Anúncio da Marquise, pág5. Leituras 1 - Artigo de Edmilson Caminha, Um trem de ferro, cheio de cristão, pág. 6 Regional - Fronteiras municipais - Revisão de limites está concluída em 63 cidades. Mapas e memoriais descritivos de seis municípios já foram encaminhados pelo IBGE aos deputados, pág. 6 Sistemas simplificados de abastecimento de água para 300 Municípios do Nordeste, pág.6 Leituras II - Artigo de Wilson Ibiapina, No Ceará é assim, pág.7 GDF oficializa desmembramento de áreas da Casa do Ceará, pág 7 Anúncio do Uniceub, pág.7 Leituras III - Artigo de Albery Mariano, JK & Adirson, pág.8 Obras do VLT Parangaba-Mucuripe tem 20 frentes de obras, pág. 8 Veto à nova lei de rateio do FPE prejudica Municípios e CNM calcula perdas, pág. 8 Leituras IV - Artigo de JB Serra e Gurgel, O último apito do trem que passava por Acopiara, pág.9 O Cearense que foi 1ª pág. do The New York Times critica Globo, pág.9 Ednardo celebrou 40 anos de carreira no Dragão do Mar, pág.9 Anúncio do grupo M. Dias Branco, pág.10 Projeto Especial - Momentos marcantes na vida do dr. Albery Mariano, pág.11 Leituras V - Artigo de Macário Batista Felipão, uma conquista vivenciada, pág.12 A voz das ruas tem razão. Contabilidade da corrupção em 2013: R$ 45 bilhões de reais, pág. 12 X Festival Música na Ibiapaba foi sucesso em Viçosa do Ceará, pág. 12 Leituras VI - Artigo de Batista de Lima, Faheina, vocação repórter, pág. 13 Leituras VII - Artigo de Marcelo Gurgel, Oswaldo de Oliveira Riedel: uma vida a serviço da ciência e da cultura cearenses pág. 14 STF recebe ação contra prática de vaquejada no Ceará, pág. 14 URCA lança IV Simpósio Internacional Sobre o Padre Cícero, pág. 14 Leituras VIII - Artigo de João Soares Neto, Amigos de verdade, pág.15 Ceará Solicitou R$ 2,9 Bilhões para Mobilidade Urbana sendo R$ 1,8 bilhão para BRTs e metrô. Prefeitura pede R$ 1,1 bilhão também para BRTs. pág. 16 Código de Processo Civil deve ser votado pela Câmara ainda em agosto, pág. 16 Anúncio da Nacional Gás, pág. 16 Anúncio de Aguiar de Vasconcelos, pág. 17 Página da Mulher, pág. 18 Artigo de Regina Stella, Um Presente de vida a Mandela, pág. 18 Roteiro Culinária Cearense em Brasília, pág.18 Consumo de cocaína no Brasil dobrou em seis anos, diz ONU, pág. 18 Leituras IX - Humor Negro e Branco Humor, Como fazer uma mulher muito feliz. A história começa assim...pág. 19 História - Fortaleza nos últimos 31 anos. Desde 1982, quando o Caderno Gente começou a ser veiculado, a capital cearense passou por várias mudanças, pág. 19 Anúncio do Beach Park, pág. 20

Carlos Hamilton

Isis Quezado Maga

Raimunda Azevedo

Maria da Glo

Moema Sa

Maria Aurea Maga

Mobilidade Urbana: obras no Ceará chegarão a R$ 6,4 bilhões; mais do que os R$ 2,9 bilhões solicitados. Leia mais na pág. 17

Angela Parente


Espaço Luciano Barreira Dicas para fazer sexo na 3ª idade:

1. Use seus óculos. 2. Certifique-se de que sua companhia esteja realmente na cama. 3. Ajuste o despertador para tocar em 3 minutos, para o caso de você adormecer durante a performance. 4. Acerte a iluminação: não apague todas as luzes. 5. Deixe o celular programado para o número da EMERGÊNCIA MÉDICA. 6. Escreva em sua mão o nome da pessoa que está na cama, no caso de não se lembrar. 7.Tenha DORFLEX à mão, para o caso de você cumprir a performance. 8. Não faça muito barulho; nem todos vizinhos são surdos como você. 9. Se tudo der certo, telefone para seus amigos para contar as boas novas. 10. Nunca, jamais, pense em repetir a dose, mesmo sob efeito de VIAGRA ou CIALIS. 11. Não esqueça de levar 2 travesseiros para colocar sob os joelhos, para não forçar a artrose. 12. Se for usar c amisinha, avise antes ao piupiu que não se trata de touca para dormir, senão ele pode se confundir. 13. Não esqueça de tirar a parte de baixo do pijama, mas fique com uma camiseta para não pegar gripe. 14. Não tome nenhum tipo de laxante nos dias anteriores; nunca se sabe quando se tem um acesso de tosse. 15. Repasse aos velhos amigos!!!!!

Edi t o r i a l

Estamos preparando uma festa para marcar nossos 50 anos, dia 15 de outubro no Clube do Exercito, em Brasília. Esperamos reunir o mínimo 400 cearenses. Vamos homenagear os 28 fundadores, dos quais estão vivos Fernando César Mesquita e Esmerino Arruda. Temos que reconhecer a importância do gesto largo e generoso de criação desta Casa, a serviço dos cearenses e dos brasilienses. Temos o dever de festejar os dirigentes que a mantiveram funcionando nestes 50 anos, com seu sacrifício pessoal. Sabemos que os desafios foram muitos, as dificuldades enormes, já que apesar de sermos uma entidade filantrópica, que não visamos lucros e não temos lucros, não recebemos subsídios de qualquer governo. No dia 15 de outubro, além de entregarmos um livro comemorativo, financiado pelo grupo empresarial M. Dias Branco, anunciaremos nossa disposição de continuarmos presentes na sociedade brasiliense por mais 50 anos. Uma nova Casa do Ceará deverá ser implantada nos próximos anos, através do Projeto Fausto Nilo. Uma Casa que se ajustará as condições do mercado, e que será autofinanciável. Manteremos a disposição de não contarmos com recursos públicos. O cearense já mostrou que é capaz de superar todas as corridas de obstáculos. Venceremos mais esta. Inácio de Almeida (Baturité), jornalista Expediente

Fundada em 15 de outubro de 1963 Fundadores – Chrysantho Moreira da Rocha (Fortaleza) e Álvaro Lins Cavalcante (Pedra Branca) Diretoria Presidente - Osmar Alves de Melo (Iguatu): Fernando Cesar Moreira Mesquista (Fortaleza), 1º vice; José Sampaio de Lacerda Junior (Fortaleza), 2º vice; Evandro Pedro Pinto (Fortaleza), Administração e Finança; Luiz Gonzaga de Assis (Limoeiro do Norte), Planejamento e Orçamento; Fernando Gurgel Filho (Fortaleza), Educação e Cultura; Francisco Machado da Silva (Pedra Branca), Saúde; JB Serra e Gurgel (Acopiara), Comunicação Social, Angela Maria Barbosa Parente (Fortaleza), Obras, Maria Áurea Assunção Magalhães (Fortaleza), Promoção Social, e João Rodrigues Neto (Independência), Jurídico. Conselho Fiscal Membros efetivos: José Ribamar Oliveira Madeira (Uruburetama), José Colombo de Souza Filho (Fortaleza) e José Carlos Carvalho ( Itapipoca); Membros suplentes: Antônio Florêncio da Silva (Fortaleza), Edivaldo Ximenes Ferreira (Fortaleza) e José Aldemir Holanda (Baixio). Jornal da Casa do Ceará Fundador e Editor Emérito - Luciano Barreira (Quixadá) Conselho Editorial Ary Cunha (Fortaleza), Carlos Pontes (Nova Russas), Edmilson Caminha (Fortaleza), Egidio Serpa (Fortaleza), Frota Neto (Ipueiras), Geraldo Vasconcelos (Tianguá), Gervásio de Paula (Fortaleza), Haroldo Hollanda (Fortaleza), Jorge Cartaxo (Crato), J. Alcides (Juazeiro do Norte), José Jézer de Oliveira (Crato), Lustosa da Costa (Sobral), Marcondes Sampaio (Uruburetama), Milano Lopes (Fortaleza), Narcélio Lima Verde (Fortaleza), Orlando Mota (Fortaleza), Paulo Cabral Jr. (Fortaleza), Raimunda Ceará Serra Azul (Uruburetama), Roberto Aurélio Lustosa da Costa (Sobral) e Tarcisio Hollanda (Fortaleza). Diretor Inacio de Almeida (Baturité) Editores JB Serra e Gurgel (Acopiara) e Wilson Ibiapina (Ibiapina) Gurgel@cruiser.com.br / wilsonibiapina@globo.com Editoração Eletrônica Casa do Ceará Distribuição Antonia Lúcia Guimarães Circulação O jornal não se responsabiliza por textos assinados. Banco de dados com apoio da ANASPS - Brasília – DF SGAN Quadra 910 Conjunto F - Asa Norte | Brasília-DF CEP 70.790-100 | Fone: 3533 3800 casadoCeará@casadoCeará.org.br / www.casadoCeará.org.br

Julho/13

2

Nunca subestime o poder de vingança de uma mulher... Conhece a Arlete? ARLETE, juntamente com o marido, estavam na es-

trada viajando. Ele então pede para ARLETE pegar o volante pra poder descansar um pouco, esticar as pernas. O marido de repente vira-se e diz : - Eu quero o divórcio ARLETE.Estou tendo um caso com sua melhor amiga, ela é muito mais jovem, bonita. Resolvi lhe largar e ficar definitivamente com ela. A ARLETE ficou branca, ajeitou a camiseta já meio surradinha, tamanho G, e não disse nada, mas começa a acelerar o carro até os 80 Km/h. O marido continua: - E eu vou ficar com a fazenda, com a guarda das crianças e com os cartões de crédito. E nada de pedir pensão. Você é professora, funcionária do estado, e pode dar mais aulas particulares se quiser. ARLETE continua calada e acelera até 90 Km/h. E ele continua: - E quero ficar com a casa de praia e também as joias… Ela chega a 100 Km/h ainda sem dizer nada. Ele vai em frente e diz: - O título do clube, o dinheiro dos investimentos e também o carro novo que lhe dei! 110 Km/h, 120 km/h… Como ela ainda não falava nada ele ironicamente pergunta: - E você? Não vai dizer nada? ARLETE, paraibana nascida em Cajazeiras,triste, humilhada, finalmente responde enquanto o carro vai chegando perto dos 140 km/h: - Não, não quero nada. Tenho tudo que eu preciso…E o que eu tenho, sei que você NÃO tem... Ele dá uma risadinha, debochada, olha pra ela e pergunta: - É mesmo? E o que é que você tem que eu não tenho ARLETE dá um sorriso, aponta o carro para uma árvore e responde:- AIRBAG !!!

Conversando com o Leitor

+ No mês de julho batemos os 176.522 acessos no nosso site www.casadoceara.org.br. Caminhamos agora para os 200 mil acessos. + Se você mora no Ceará recomende-se aos seus amigos acessar o site da Casa do Ceará em Brasília. Saiba o que acontece no Ceará e em Brasília + O nosso site alternativo wwwbrasilia50anosdeceará continua muito acesso. Chegamos aos 33,543 acessos. No site, os 150 cearenses homenageados pela Casa do ceará nos 50 anos de Brasília. + Logo logo teremos o site alternativo: www50anosdacasadocearaembrasilia, com outros 150 cearenses que vamos homenagear no dia 15 de outubro.

+ No mês de junho foram auditados pelo Google Analytics 7,189 acessos ao nosso site, dos quais 7.077 no Brasil. + No exterior, tivemos acessos nos Estados Unidos (41), Angola, Alemanha, França, Índia, Bolívia, Suíça, Espanha, Reino Unido, Noruega, Portugal e Suécia. + No Brasil, fomos acessados em Brasília, São Paulo, Fortaleza, Manaus, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Porto Alegre, Salvador, Curitiba, Sobral, Recife, Nova Iguaçu, Tianguá, Teresina, Crateús, Luziuania, Niterói, Natal, Florianópolis,

Barueri, Santo André, Nova Iorque e Luanda. + Recebemos o Binóculo, edição de maio com artigos de Dias da Silva, Dimas Macedo sobre os 100 anos de João Clímaco Bezerra, Maria Lúcia Silveira Rangel (miniconto), Batista de Lima, e poesias de Maria dos Anjos Lemos, Edésio Batista, Valmir Viana, Horácio Dídimo, Francilda Costa, Francisco Carvalho, Gilda Baptista de Freitas, Mônica Felix e Waldir Rodrigues. +Recebemos o Binóculo, edição de junho, com artigos de Dias da Silva, Cosme Custódio e Batista de Lima; poesias de João Murilo Teixeira, Aila Sampaio, Francisco Carvalho, Djanira Pio, Caio Porfírio Carneiro, Ernane de Sousa, Anderson Braga Horta, Fátima Lemos, Marcos Frota, Francisco Dantas Pinheiro, Edésio Batista, Dorothy Jansson, Antonio Sales e Laissa Felizardo. + O presidente da Associação dos Que Querem Bem a Sobral e ao Distrito Federal AQQBS, Antonio Carlos Aguiar, encaminhou as seguintes doações para a Pousada Chrisantho Moreira da Rocha, da Casa do Ceará três caixas de água sanitária, com 12 garrafas, 3º kg de açúcar, 30 quilos de arroz, 10 pacotes de café, uma caixa de detergente com 24 unidades, uma caixa de multiuso com 24 unidades, 20 unidades de sabão em barra, dois pacotes de 24 unidades de papel higiênico. O presidente da Casa, Osmar Alves de Melo, agradeceu.

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


SAMBURÁ - Avenida Beira Mar Nem só de Papa vive Roma O governador Cid Gomes assinou, em ROMA, contrato de financiamento de US$ 40 milhões junto ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), com contrapartida de US$ 40 milhões do Tesouro Estadual (total equivalente a R$ 162,2 milhões e visitou a empresa Ansaldo Breda, fornecedora dos trens da Linha Sul do Metrô de Fortaleza. Macário Batista estava lá. “Amor e Dor: Poemas” “Amor e Dor: Poemas”, de autoria do ex-governador Gonzaga Mota, está chegando as livrarias de Fortaleza. De acordo com o autor, a obra tenta entender as inquietações da vida, desvendando os mistérios do amor, da saudade, da ausência e do reencontro. Durante o lançamento, Gonzaga Mota prestará uma homenagem ao deputado estadual e poeta falecido Barros Pinho. Além de “Amor e Dor: Poemas”, Gonzaga Mota lançou durante a X Bienal do Livro do Ceará duas outras obras: “Textos para Reflexões”, e “Ao vento: Poemas”. Plebiscito poderá custar R$ 500 milhões A consulta popular sobre a reforma política poderá custar cerca de R$ 500 milhões aos cofres públicos, caso a votação aconteça ainda este ano, segundo técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A previsão leva em conta números atualizada das últimas eleições municipais, realizadas em 2012, que custaram R$ 395 milhões, uma média de R$ 2,81 por eleitor. Segundo esses técnicos, o valor por eleitor, que vem caindo nos últimos anos, pode aumentar devido à urgência no planejamento. De Narcélio Limaverde À PROPOSITO DA CONTRATAÇÃO DE MÉDICOS ESTRANGEIROS, O JORNALISTA E RADIALISTA NARCÉLIO LIMA VERDE PERGUNTA EM FORTALEZA: E o médico estrangeiro, vai saber, no contato com os cearenses, o que é ‘FERIDA BRABA, ESQUENTAMENTO, CURUBA, BICHO DE PÉ, FRIEIRA, PEREBA, IMPINGEM, EMPANZINADO, QUE A MULHER TÁ DE BODE, OU QUE O CARA COMEU UM PEIXE REIMOSO E ESTÁ COM GASTURA?? Um abraço do Narcelio. Pinto Martins Continuam ausentes do Pinto Martins a Infraero e a ANAC. Os mais prejudicados; os senhores passageiros. A Infraero nega até poltronas para que as pessoas possam esperar sentadas. Uma vergonha. Outra maior: na Praça de Alimentação não há um restaurante, só lanchonetes. Serve para combinar com o péssimo serviço de bordo de Gol, Tam e Avianca. Enquanto, isso, em Brasília a Infraero tem 6 mil servidores, nada fazendo.

Ceará em Brasília

Chico Leite vai deixar o PT? Chico Leite é Pré-Candidato ao Senado Federal. Pela primeira vez, o deputado Chico Leite (PT), campeão de votos no Distrito Federal, admitiu a um grupo de professores da UnB, que insistiam há seis meses em uma tomada de posição, que vai de mala e cuia para a Rede, o partido da ex-senadora Marina Silva. Pré-candidato ao Senado e rejeitado pelo PT, Chico Leite foi comunicado que o candidato da aliança da candidatura à reeleição do governador petista do DF, Agnelo Queiroz, será o deputado Antonio Reguffe (PDT-DF) ou será o senador Gim Argello (PTB-DF). “Eu não fundei o PT, mas também não ajudarei a afundá-lo”, afirmou o deputado Chico Leite, ao final da reunião. Parque de diversões Estão chamando o DNOCS, instituição centenária, de parque de diversões de Enrique Eduardo Alves, em homenagem ao presidente da Câmara dos Deputados, que depois de colocar a Infraero na lama colocou o DNOCS. A presença de seus prepostos no DNOCS é um insulto à cultura e à tradição do DNOCS. Se deixar, colocará a Força Aérea na lama... E o futebol cearense? Se o futebol brasileiro está no balão de oxigênio, o do Ceará está na UTI. Dificiolmente, o Icasa se manterá na série B. Dificilmente o Ceará vai para a serie A. Dificilmente, o Fortaleza vai para a série B. Jogadores e técnicos não tem compromissos com o Ceará. Quando no dormem, fingem que jogam. João Uchoa de Albuquerque Acopiara chorou a morte do “Pai da Pobreza”, o prefeito João Uchoa de Albuquerque, de 86 anos, casado com Heloisa Holanda de Albuquerque, pai de José Adonias Gurgel Albuquerque (falecido), Afrânio Luiz Albuquerque, duas vezes vereador, Sheila Regina, ex-prefeita e ex-vereadora de Acopiara, e Shirley Holanda Albuquerque. Dr. João foi prefeito duas vezes, de 1978 a 1982 e de 1989 a 1992. Acopiara perdeu um grande e honrado líder. Iguatu quer polo regional de desenvolvimento A presença do Secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, Alexandre Pereira, em Iguatu, reavivou as esperanças dos empresários de verem instalado no município o polo regional de desenvolvimento. O prefeito Aderilo Alcantara e o ex-prefeito Agenor Neto, sempre presentes, a tudo apoiaram a instalação do polo, que poderá começar com a distribuidora da cervejaria Itaipava. Não mexe A Presidenta Dilma, conversou com o ex-Presidente Lula, e decidiu que não vai reduzir os 39 ministérios. Também negou a criação do 40º Ministério, exercido de fato por João Santana. O PMDB anunciou que apoia a redução do Ministério, mas é de mentirinha.

Posse de reitora Tomou posse a primeira reitora da Universidade Federal do Cariri (UFCA), prof. Suely Chacon, Pena que foi empossada pelo ministro Aloisio Mercante, um desastrado. A UFCA começará com os 27 cursos de graduação, herdados do acervo e do legado deixado pela UFC. UFC em Crateús O Reitor da UFC, Prof. Jesualdo Farias, irá a Crateús acompanhar o andamento das obras do campus da UFC naquele município. A informação foi dada à Profª Maria Elias Soares, Diretora do Campus Crateús, Prefeito Carlos Felipe Beserra, e ao Vice-Prefeito Antonio Mauro Rodrigues Soares. As atividades da UFC em Crateús, distante 353 km de Fortaleza, devem ser iniciadas no primeiro semestre de 2014, com os cursos de Sistemas de Informação e Ciências da Computação. Refinaria 1 A ridícula campanha da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará pela refinaria se assemelha a campanha da Rádio Dragão do Mar, nos idos de 60, contra a pena de morte nos Estados Unidos. A Assembleia poderia transferir a campanha para o Rio de Janeiro e Brasília onde se decide o futuro da Refinaria. Poderia inclusive publicar anúncios na Folha e no Globo, no Valor, no Estadão. Mas publicar na Hora do Povo é fuleiragem! Refinaria 2 A refinaria Premium do Pecém está na mídia mas não está nos planos da Petrobrás. A de Pernambuco iria custar US$ 4 bilhões já está em US$ 17 bilhões. A Venezuela iria entrar com 50%, Chaves não deu um centavo e Maduro não tem um centavo pra dar. A sra. Graça Foster fala mal da era Lula na Petrobrás em todo o canto. Agora ameaça acabar com a Plataforma dos patrocínios. Começou a receber porrada. O Globo desancou, chamando de “a Dilma da Dilma”. OAB X Exame: 28,08% de aprovação – O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ) a lista com os nomes dos aprovados no X Exame de Ordem Unificado; Entre os 124.922 inscritos, 120.951 examinandos estiveram presentes às provas. Desse total, 33.965 obtiveram êxito, perfazendo o percentual de 28,08% de aprovação nesta edição do exame. Reprovação em massa. Não só os cursos de Direito são ruins, a moçada não estuda. Apelo de Fagner Não acabe com a escola da comunidade. Por favor tire o meu nome”, apelou Raimundo Fagner à prefeita de Beberibe, Michele Carrielo. A prefeitura de Beberibe decidiu demolir a Escola de Ensino Fundamental Raimundo Fagner. A escola com o nome do cantor cearense tem 55 alunos e é a única escola da comunidade da Praia das Fontes. “Querem derrubar o teatro que também tem meu nome. Por favor mude o nome do teatro, mas não derrube”, disse Fagner no Rio de Janeiro.

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

3

Julho/13


160 milhões de dólares para melhorias do turismo no litoral

Paulo Airton Albuquerque Filho o desembargador do quinto

Casa do Ceará distribui óculos do Projeto “Visão para Todos”

Com a recente aprovação pelo Senado Federal de um financiamento internacional, o Governo do Estado do Ceará receberá os recursos do Programa de Valorização da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (ProinfTur), já iniciado pela Secretaria do Turismo (Setur). Ao todo, vão ser aplicados US$ 160 milhões, sendo US$ 112 milhões da Corporação Andina de Fomento – CAF (um banco de desenvolvimento composto por países sul-americanos, sediado na Venezuela), e US$ 48 milhões de contrapartida do Governo. Ações Previstas: - Projetos de melhoria urbana local e restauração de acessos a áreas de uso público; - Construção de áreas para a prática esportiva; - Construção e expansão dos sistemas de água potável de Flecheiras e Taíba; - Estudos Ambientais; - Apoio à Unidade de Conservação e Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Mundaú; - Aeroporto Internacional de Jericoacoara (pista e Terminal de Passageiros e Serviços – TPS); - Duplicação de 62,26 quilômetros da CE 085 entre Fortaleza e Paracuru nos trechos: Cauípe/Variante do Pecém, Variante do Pecém (contorno do Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP), e CIPP/CE 341, na entrada de Paracuru - Auditorias externa e de segurança.

O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) vai empossar, no dia 08.08 o advogado Paulo Airton Albuquerque Filho no cargo de desembargador. A solenidade será conduzida pelo chefe do Judiciário cearense, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido. Paulo Airton Albuquerque Filho foi escolhido pelo governador do Estado, Cid Gomes, para o cargo de desembargador do quinto constitucional. Ele ocupará a vaga deixada pelo desembargador Ernani Barreira Porto, aposentado em outubro do ano passado.Na lista tríplice enviada ao governador Cid Gomes também constavam os nomes dos advogados Virgílio Maia e Gina Pompeu. O quinto constitucional é o dispositivo que destina 20% das vagas nos Tribunais para advogados e membros do Ministério Público (MP). A OAB ou o MP formam lista sêxtupla de candidatos e a remetem aos Tribunais, que selecionam três e encaminham ao Executivo. O TJCE conta, atualmente, com oito desembargadores escolhidos pelo critério do quinto, sendo na vaga destinada à OAB/CE, Fernando Luiz Ximenes Rocha, Francisco Gladyson Pontes e Carlos Alberto Mendes Forte. As vagas do MP são ocupadas pelos desembargadores Maria Iracema Martins do Vale, Francisco Lincoln Araújo e Silva, Vera Lúcia Correia Lima, Paulo Francisco Banhos Ponte e Teodoro Silva Santos.

A Associação de Senhoras de Rotarianos do Rotary Club Brasília Península Norte, pensando numa forma de atender a uma parcela de pessoas carentes, criou o Da esquerda para direita vê-se a Assistente programa “olhos para a Social Ivete Simonette, da Casa do Ceará, a Cidadania”, hoje “Visão Coordenadora da Gestão anterior Eloisa Queiroz, Coordenadora atual do projeto “Visão Para para Todos”, cujo início se Todos” e a Presidente da Casa da Amizade do Rotary Club Brasília Península Norte. deu na gestão de Cláudia Julião em 01/10/2006, e que teve continuidade nas gestões seguintes, das companheiras Germana Barbosa, Heloisa Queiroz, Eunice Rodrigues, Tânia Medeiros, Celina Scandaroli, Bernadete A. Veras dos Santos e para gestão 2013/2014 será nossa companheira Fernanda Curado Mota. O Projeto vem sendo implementado na Casa do Ceará, através do Serviço Social da Casa, que atende solicitações de óculos. - Na gestão 2006/2007 da Cláudia Julião foram doados 59 óculos; na gestão 2007/2008 da Germana Barbosa foram doados 180 óculos; na gestão 2008/2009 da Heloísa Queiroz foram doados 189 óculos na gestão 2009/2010 da Eunice Rodrigues foram doados 100 óculos; na gestão 2010/2011 da Tânia Medeiros foram doados 89 óculos; na gestão 2011/2012 da Celina Scandaroli foram doados 89 óculos, na gestão 2012/2013 da Bernadete Aragão V. dos Santos foram doados até Junho/2013 105 óculos. Durante todas as gestões foram realizadas com êxito as doações de 811 óculos/lentes. Nossa meta é atender 120 solicitações de óculos nesta gestão. (10 óculos por mês). Nós da Associação de Senhoras de Rotarianos, fazemos parcerias com a Casa do Ceará e com a Ótica PRAVER, que fica também dentro da Casa do Ceará. (10 óculos por mês).

Há 41 anos

Julho/13

4

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Ceará em Brasília


Juízes tomaram posse no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do CE

O

Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) empossou em 26.07 os juízes Raimundo Nonato Silva Santos e Lisete de Sousa Gadelha no cargo de desembargador. Eles foram eleitos, respectivamente, por merecimento e antiguidade. A cerimônia contou com a presença de autoridades, familiares e amigos dos novos integrantes do Tribunal Pleno. A solenidade foi conduzida pelo presidente do TJCE, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido. O chefe do Judiciário destacou que o ingresso dos magistrados deixa a Corte mais perto de completar o colegiado de 43 desembargadores. “A nossa urgência é justamente essa, de recompor o Tribunal na sua totalidade. Os dois novos colegas chegam com uma bagagem de muita experiência na magistratura e engajados com esse nosso trabalho de engrandecer o Poder Judiciário”. O desembargador Teodoro Silva Santos saudou, em nome do Pleno do TJCE, a ascensão dos juízes ao 2º Grau. Destacou a simplicidade dos novos colegas, entre eles, seu irmão, e os definiu como “probos, competentes, trabalhadores, amantes da Justiça”. Também ressaltou que a democracia não mais tolera uma postura omissa e passiva do Judiciário. “Com a transformação social de

Ceará em Brasília

uma sociedade moderna, que cumpre um papel social, este deixou de ser um Poder àdistância da realidade social para tornar-se um efetivo partícipe da construção dos destinos da sociedade e do país”. No discurso, Lisete de Sousa Gadelha, cuja ascensão é decorrente da aposentadoria do desembargador José Arísio Lopes da Costa, ocorrida no último dia 17 de maio, destacou a importância de Auri Moura Costa, primeira desembargadora nomeada para o TJCE, para a representação feminina no Judiciário do estado. Falou também que, em suas decisões, permanecerá com “análise sistêmica dos ordenamentos, em convencimento das provas carreadas, em busca do íntegro e do certo desenrolar”. Raimundo Nonato Silva Santos assumiu a vaga deixada com a aposentadoria do desembargador Ademar Mendes Bezerra, em 25 de abril deste ano. Para o magistrado, o ingresso no TJCE é fruto do reconhecimento pelos 21 anos dedicados à judicatura. Ele disse que continuará se empenhando no novo cargo. “Deixo agora de ser juiz monocrático para compor e julgar num colegiado e o farei com a distinção que a dignidade do cargo e do povo me exigem”. Emocionado, o novo desembargador homenageou a mãe e “heroína”, Alaíde Silva Santos, e o irmão, agora colega de

Corte, por quem afirmou ter profundo respeito e admiração. Com a ascensão dos juízes, faltam apenas duas vagas a serem preenchidas no Tribunal de Justiça. Uma será ocupada pelo advogado Paulo Airton Albuquerque Filho. Ele foi nomeado pelo governador Cid Gomes para a vaga destinada à Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE), pelo critério do quinto constitucional, e tomará posse no próximo dia 8 de agosto. A outra será preenchida por juiz até o final de agosto. O novo magistrado será eleito para a vaga do desembargador João Byron de Figueiredo Frota, aposentado em junho deste ano. Entre as autoridades presentes estavam o governador do Ceará, Cid Gomes; o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o procurador-geral de Justiça do Ceará, Ricardo Machado; a defensora pública Geral do Estado, Andréa Coelho; o deputado estadual José Albuquerque; o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza em exercício, José do Carmo Gondim; e o ex-governador do Ceará, Adauto Bezerra. Também participaram o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro; e a secretária-geral do TJCE, Chrystianne Sobral.

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

5

Julho/13


Um trem de ferro, cheio de cristão

Edmílson Caminha (*) Em conversa com um amigo baiano, disse-lhe que gostava do desenho de Ziraldo: — Pois eu não – discordou. — Mas o traço dele é inconfundível! — O bigode de Hitler também é... Tem razão: “inconfundível” não é valor. Admiro em Ziraldo, quis dizer, sua paixão de criar, a vida que infunde aos personagens, o brilho das cores, a inteligência e a graça do humor. Não discutirei com os que o condenam, e a Jaguar e Cony, pela indenização a que tiveram direito, como vítimas da ditadura que os levou à prisão e lhes fechou as portas da imprensa em que trabalhavam. São patrulheiros que se erguem contra o que antes lhes parecia uma “Revolução”, e, 50 anos depois, tão facilmente denominam “golpe de 64”, a que deram apoio – quando não se calaram por medo –, nos primeiros dias do governo Castello Branco, em que outros, corajosamente, desafiaram o arbítrio, a perseguição, a censura e a violência dos novos donos do poder. Ziraldo foi um deles. Agora com 80 anos, mais de cem livros publicados e de 8,5 milhões de exemplares vendidos, mereceu, em 2007, o documentário Ziraldo, o eterno menino maluquinho, dirigido por Sônia Garcia. Nele, relembra a infância na mineira Caratinga, sob a autoridade do avô materno, o paparicamento das tias e a força da Igreja. E garra a contar histórias, como a de Zé Padeiro, o beato-mor caratinguense, que aos ouvidos do menino cantava, com a voz grave que enchia a Catedral de São João Batista: “Sempre, sempre, em Deus seguro, trem de ferro, cheio de cristão...” Só muito depois é que Ziraldo compreenderia o que verdadeiramente se rogava às ovelhas: tende fé, sede cristão! Por entre lembranças de personagens e amigos, o criador da Turma do Pererê discorre, ao longo do documentário, sobre a matéria que mais o apaixona: educação, no mais profundo e nobre sentido da palavra. Não apenas o ensino escolar, mas o fascinante processo em que meninas e meninos se constroem a si mesmos, como estudantes mas, sobretudo, como leitores. Operação que tem de começar muito cedo, no máximo até os oito anos, idade em que, como escreveu Joaquim Nabuco no clássico Minha formação, já transcorreram os acontecimentos em que se alicerçará a vida. Nessa experiência, papel da maior importância cabe à leitura, “a malhação da cabeça”, como a conceituou a crítica de teatro Bárbara Heliodora. Não por dever, por obrigação curricular, por tarefa que valha nota, mas unicamente pelo prazer de ler, de sonhar, de descobrir, de viajar no tempo e no espaço, de compreender melhor o homem e o mundo. Porque agradam a um público que vai da criança ao avô, os textos de Ziraldo são ainda mais belos e ricos: O menino maluquinho (mais de cem edições, dois milhões e meio de exemplares vendidos), O planeta lilás, Menino do rio doce, Flicts, O pequeno planeta perdido (história original do nosso Mino Castelo Branco), Uma professora muito maluquinha, Vovó Delícia, Menina Nina e tantas outras obras que o fazem referência como artista plástico e como grande escritor, cujo êxito poucos alcançam no mundo. De tal maneira que, se pudéssemos viajar pelo Brasil naquele trem de ferro cheio de cristão, é bem possível que todo passageiro estivesse com um livro do Ziraldo na mão... (*)Edmilson Caminha (Fortaleza), Escritor, Consultor legislativo, membro da Academia Brasiliense de Letras.

Julho/13

6

Regional/ Fronteiras municipais Revisão de limites está concluída em 63 cidades. Mapas e memoriais descritivos de seis municípios já foram encaminhados pelo IBGE aos deputados

I

guatu. Em julho do próximo ano, deve estar concluído o Atlas de Divisas Municipais Georreferenciadas do Estado do Ceará. Os memoriais descritivos e mapas com os novos limites de território dos municípios de Itapajé, Jati, Limoeiro do Norte, Penaforte, Quixeré e Tejuçuoca já foram disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e encaminhados para a Assembleia Legislativa do Ceará, onde passará por discussão, votação e será transformado em projeto de lei. Área central de Limoeiro do Norte, cidade que já entrou em consenso com a vizinha Quixeré, com a transferência da comunidade do Tomé. O acordo viabiliza a mudança geográfica das localidades. Até agora, o serviço já foi concluído em 63 municípios das macrorregiões do Litoral Leste/Jaguaribe e Cariri/ Centro-Sul. Atualmente, equipes de técnicos do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) concluem a definição de limites dos 14 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza e de 13 do Maciço do Baturité. Há casos em que foram resolvidos mediante acordo. A comunidade do Tomé, localizada na Chapada do Apodi, é um exemplo. A zona rural estava localizada no município de Quixeré e a zona urbana em Limoeiro do Norte. Os limites foram alterados e o novo mapa georreferenciado e o memorial descritivo já foram encaminhados para a Assembleia Legislativa do Ceará. “No caso de Tomé houve consenso entre as lideranças políticas”, frisou Lopes. Agora com os limites redefinidos, Tome ficou totalmente em área de Quixeré. A chefe de Gabinete da Prefeitura de Quixeré, Eliete Fernandes, reafirma que a comunidade de Tomé era assistida por Quixeré. “Para nós não mudou quase nada a incorporação da comunidade do Tomé ao território do nosso município porque Quixeré já atuava na oferta de serviços como saúde, educação e transporte escolar”, afirmou. Segundo Eliete Fernandes, o acordo foi firmado nas gestões passadas, quando os prefeitos eram Raimundo Nonato (Quixeré) e João Dilmar (Limoeiro do Norte),

mas os professores da rede pública que atuavam na comunidade e agentes de saúde eram do município de Quixeré. “O transporte escolar também era fornecido pela Prefeitura e os estudantes estudavam e ainda estudam aqui na sede”, ressaltou ela. Até o fechamento desta edição, a reportagem não conseguiu entrar em contato com a assessoria do prefeito de Limoeiro do Norte, Paulo Duarte, para se pronunciar sobre a mudança. Havia uma previsão inicial de conclusão do Atlas de Divisas Municipais Georreferenciadas do Estado do Ceará para o fim de 2012. “O ano passado foi atípico, com eleições municipais, e o trabalho não avançou”, explicou o presidente da Comissão de Triagem, Elaboração de Projetos e Criação de Novos Municípios da Assembleia Legislativa, Luiz Carlos Mourão. “Precisamos reunir os prefeitos porque há pontos a serem definidos que envolvem tríplice junção”. A equipe também já começou a fazer os levantamentos na região do Sertão Central. Até agora o trabalho de campo já foi concluído em 90 municípios. Em seguida, será a vez da região dos Inhamuns, Serra da Ibiapaba/Sobral e Litoral Oeste. “O trabalho deve ficar pronto em julho de 2014”, prevê o chefe da unidade estadual do IBGE, Francisco José Moreira Lopes. A nova lei que vai definir os novos limites entre os 184 municípios cearenses a partir do Atlas de Divisas, deverá corrigir divergências atuais. “Vamos encaminhar os memoriais descritivos e os mapas georreferenciados por macrorregião e somente quando há consenso entre as lideranças locais. Acreditamos que o projeto será aprovado por ser mais questão técnica do que política”, disse Lopes. Até hoje, foram registradas somente duas pendências que serão resolvidas por meio de plebiscito, envolvendo Brejo Santo e Abaiara, no Cariri, que disputam a localidade de Pontal da Serra; e Tabuleiro do Norte e Alto Santo na região jaguaribana, que disputam a localidade de Olho D´Água da Bica. Honório Barbosa/Ellen Freitas, Repórter/Colaborador, Diário do Nordeste

Sistemas simplificados de abastecimento de água para 300 Municípios do Nordeste Mil sistemas simplificados de abastecimento de água serão construídos em 300 Municípios de nove Estados nordestinos. O valor total liberado para essas obras foi de R$ 130 milhões. Essa conquista foi alcançada após reuniões entre a Confederação Nacional de Municípios (CNM), as entidades estaduais do Nordeste e o Ministério da Integração Nacional (MI). O acordo para essas obras de atendimento aos Municípios em Situação de Emergência foi firmado em 29.07. Durante uma reunião, estabeleceu-se também que as associações municipalistas e a CNM darão o suporte técnico para a escolha dos 300 entes beneficiados. Três setores do Ministério ficaram responsáveis pelos termos de compromisso e a execução das obras. São elas a Companhia de Desenvolvimento dos

Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e o Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (Dnocs). Cada um deles gerenciará 100 Municípios. Os sistemas simplificados de abastecimento de água possuem um padrão de construção do Ministério e estão orçados no valor de R$ 130 mil cada. Ao término da reunião os participantes marcaram um segundo encontro no Recife (PE). Será uma reunião preparatória com a presença de técnicos do Ministério da Integração, da CNM e das entidades estaduais do Nordeste. Os dirigentes querem agilizar as ações para que, em setembro, os recursos comecem a ser liberados e as licitações sejam encaminhadas.

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília

Foto: Melquíades Júnior

Leituras I


Leituras II

No Ceará é Assim

Wilson Ibiapina (*) A Casa do Ceará em Brasília foi fundada para ajudar os cearenses que vieram participar da construção da cidade. Hoje, ela continua abrigando os “Sem Ceará”, expressão criada pelo historiador Adirson Vasconcelos para identificar todos nós que vivemos longe da terrinha. Não tem os Sem Casa, os Sem Terra?, nós somos os Sem Ceará. O cearense vai embora, fugindo da seca, da fome, da miséria ou, simplesmente, cumprindo o destino de “andar por esse país/ Pra ver se um dia/Descansa feliz”, como cantava Luiz Gonzaga. Nós saímos pelo mundo com a certeza de que nada pode ser pior do que já passamos. É a mesma coragem que leva o jangadeiro a enfrentar o mar bravio, o mesmo destemor que move o vaqueiro nas quebradas da caatinga atrás de um boi. Em meio as mazelas e as surpresas que a vida apronta, não perdemos o humor, a solidariedade, a presença de espirito. O repórter Hermann Hesse saiu numa madrugada da TV Verdes Mares, em Fortaleza, para fazer reportagem no interior do Ceará. Pegou a BR-222, rumo a Sobral. Quando o dia começou a clarear, parou num restaurante, na beira da estrada, para o café da manhã. Casa simples, mas mesa farta: cuscuz, tapioca, beijú, batata, doce-de-leite, melancia, banana, mamão, ananás. Jerimum, pão, queijo, café e leite. Ao lado, uma gamela cheia de ovos. Como se não estivesse contente com tanta fartura, olhou pra senhora que estava atendendo e pediu: - “A senhora pode preparar dois ovos pra mim?” - “Han! Num preparo nem pra mim”, disse a mu-

lher que deu uma rabissaca e sumiu do salão. Além de brincalhão, o cearense é solidário amigo. O sr. Dimas, que foi dono da Leão do Sul, que vende pastel e caldo de cana na praça do Ferreira, resolveu mandartrês de seus treze filhos passear em Aurora, sua terra natal. Enviou um telegrama para o compadre antes de despachar os meninos: “Compadre seguem trem amanhã Marshal, Pedro Jorge e Dimas Filho”. Quando chegaram à estação estava a esperá-los uma jardineira. Em casa, os quartos tinham treze redes armadas. O dono da casa foi logo ´perguntando pelos outros irmãos. Não reclamou, nem fez cara feia quando soube que o erro foi do Correio que colocou lá “Marsal, Pedro Jorge e demais filhos”. Uma outra característica do cearense, além da coragem, é a presença de espirito. Manuel Marinho chegou de surpresa à fazenda, perto de Sobral, e encontrou o capataz dormindo. E começou a cobrar serviço: “cadê a cerca, você não desmamou o bezerro. Assim não dá”, disse aborrecido. O cabra respondeu na hora: - pois então bote outro. Marinho, gritou com ele: -então é isso que você quer? Pois vou botar outro no seu lugar.” - Não, doutô. Tô pedindo pro sr. botar outro é pra me ajudá Nós que vivemos por aqui não desgrudamos de lá. A casa é a ponte. É como o mar. A gente sabe que ele está alí, não tomamos banho toda hora porque não queremos. Muitos cearenses de Brasília não frequentam a casa, mas sabem que ela está aqui para quando precisar. (*) Wilson Ibiapina (Ibiapina), jornalista

GDF oficializa desmembramento de áreas da Casa do Ceará

O UniCEUB tem as melhores opções de pós-graduação de Brasília.

Os cursos terão início em agosto e setembro. Inscrições abertas | www.uniceub.br

Ceará em Brasília

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

7

Julho/13


Leituras III JK & Adirson Albery Mariano (*) O Adirson é muito amado Grande escritor de Brasília; Conhecido e bem afamado, Como o “Dirceu de Marília” Seu futuro esplendoroso, Nossa águia do Planalto; Altruísta e cauteloso, Seu sonho, foi sempre alto. Juscelino, Presidente, O precursor de Brasília. Adirson foi confidente, Integrou-se com a família. Filho de João Adeodato, Da família Vasconcelos; Descrevendo os seus relatos, São significativos e belos. Este eloquente orador, Discursa com autoridade; Brilhante e fiel redator Engrandece esta cidade. O Estadista e o Escritor, Adirson e Juscelino Presidente e Historiador, Eles,seguem seus destinos. Grandes mestres da oratória, Celebridades dos Pioneiros Contemplamos a história Desses heróis brasileiros. “Brasília, minha cidade Brasília, meu céu, meu mar” O Adirson é a personalidade Que Brasília sabe amar. “Como pode o peixe vivo, Viver fora da água fria”. JK o criador de Brasília A Pátria o reverencia, Ambos, os brasileiros conhecem, Seus admiráveis sucessos; Poucos, na vida merecem Ser, recitados em versos. Brasilia, 21 de abril de 2013 (*) Albery Mariano (Santana de Acaraú), Comendador e poeta cearense; ex-presidente da Academia de Letras e Artes de Caldas Novas/GO, Conselheiro da Academia Brasileira de Artes e História - SP.

Julho/13

8

Obras do VLT Parangaba-Mucuripe tem 20 frentes de obras O Veículo Leve s o b r e Tr i l h o s (VLT) avança com a construção de mais três estações das dez previstas pelo projeto. O consórcio executor das obras civis iniciou os trabalhos de implantação das Estações Antônio Sales, Mucuripe, e Pontes Vieira. No total serão dez estações de embarque e desembarque de passageiros partindo do bairro de Parangaba até alcançar o bairro Mucuripe, com a estação Iate. As obras da estação Antônio Sales, nas proximidades da Normatel, estão na fase de concretagem de regularização e armadura, enquanto que estação Mucuripe, que fica próximo ao riacho Maceió, passa por serviços de terraplenagem do terreno. Já as obras da estação Pontes Vieira, que ficará próxima à Assembleia Legislativa do Estado, também teve seus trabalhos de terraplenagem iniciados após demolição de muro existente. Os trabalhos em outras três estações seguem de forma acelerada, são elas: Parangaba, Rodoviária e Iate. Aproximadamente 30% da obra está concluída e será entregue à população está prevista para o primeiro semestre de 2014, a tempo da Copa do Mundo. O novo modal vai operar em via dupla e fará conexão ferroviária de 12,7 km entre a Estação Parangaba e o Porto do Mucuripe, sendo 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado e se constitui em uma das grandes obras estruturantes no conceito de mobilidade urbana em Fortaleza para a Copa do Mundo da FIFA no Brasil em 2014. O VLT cruzará 22 bairros de Fortaleza e beneficiará cerca de 100 mil pessoas por dia quando em operação. Estão sendo investidos no novo modal recursos da ordem de R$ 276,9 milhões. São 20 frentes de obras em execução ao longo de todo a linha Parangaba-Mucuripe. Na Estação Parangaba, que será elevada e integrada ao terminal de ônibus, estão sendo realizados trabalhos de concretagem dos pilares. Segue em andamento as obras de implantação do elevado de Parangaba, logo após a estação. Este trecho terá quase um quilômetro de extensão e vai contar com 52 vigas de concreto, em construção. No bairro Vila União, que terá uma estação com o mesmo nome, está sendo construído um túnel fazendo com que a Avenida Borges de Melo passe por baixo da linha férrea, de forma a fazer fluir melhor o trânsito naquela via. No momento o trecho entre as estações Rodoviária e Vila União passa por trabalhos de

execução das ferragens e concretagem do muro e aterro de vigas e execução da via metroviária. Na obra do elevado da Aguanambi, no bairro de Fátima, no trecho situado ao lado do Comando da Polícia Militar, já foi concluído a implantação das colunas e berços, faltando apenas a colocação das vigas de concreto, já prontas no local. No total serão 500 metros de extensão. A frente de obra já alcançou o outro lado da avenida Aguanambi concentrando agora seus trabalhos nas proximidades da ponte do canal do Tauape, perto da Base Aérea de Fortaleza. Os serviços tem continuidade com a concretagem de pilares e blocos e execução de formas. Na Estação Iate, no bairro do Mucuripe, estão sendo feitos os serviços de escavação, forma e armadura da fundação da estação, escoramento metálico para contenção de aterro existente e concretagem da sapata do equipamento. A construção de um muro de arrimo ao longo da Via Expressa, entre as avenida Santos Dumont e Alberto Sá, no bairro do Papicu, também continua, já avançando após a rua Júlio Abreu. Estão sendo construídas também passagens inferiores nas avenidas Padre Antônio Tomás, Santos Dumont e Alberto Sá, além de passarelas dentre outros locais sobre as avenidas Expressa e Pontes Vieira. Ao mesmo tempo que ocorre a implantação do VLT estão sendo realizados trabalhos de remodelação da linha de carga que corre paralela à linha do ramal. Estações O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada em Parangaba, que fará integração com a Estação Parangaba - Linha Sul do Metrô de Fortaleza e o terminal de ônibus do Sistema Integrado de Fortaleza, a Estação elevada do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal de ônibus) e outro tipo de padronização para as outras oito estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales, Mucuripe e Iate.

A lei que define as novas regras de distribuição do Fundo de Participação dos Estados (FPE) foi sancionada pela presidente da República, Dilma Rousseff que vetou o artigo quinto, que impedia que as renúncias fiscais feitas pelo governo federal prejudicassem os repasses aos Estados e Municípios. Para mostrar o quanto o veto prejudica as administrações municipais, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) estimou a desoneração do IPI conforme anúncios do governo. O montante total na nova renúncia fiscal para o setor automotivo será de R$ 4.263 bilhões. Como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é com-

posto por 23,5% das arrecadações de IPI e do Imposto de Renda (IR), o impactado será de R$ 1.002 bilhão a menos no FPM de 2013. No ano de 2012, a política de isenções fiscais teve um custo de R$ 1.670 bilhões para os cofres municipais, em diminuição de repasses do FPM. Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, o “veto representa um retrocesso no Pacto Federativo, visto que as constantes desonerações promovidas pelo governo federal no IPI trouxeram reflexos expressivos na queda dos repasses do FPM dos Municípios, influenciando diretamente nos escassos recursos e, consequentemente, nas políticas públicas voltadas a sociedade”.

Veto à nova lei de rateio do FPE prejudica Municípios e CNM calcula perdas

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


Leituras IV

O último apito do trem que passava por Acopiara

Por Jb Serra e Gurgel (*) Qual a cearense que não tem saudade do trem de ferro que ligava Fortaleza ao Crato e a Sobral? A saudade não é só dos ferroviários, dos passageiros, do comércio, da indústria e da agricultura? O trem que era recebido com festa em cada estação, recepcionado por moradores com aceno de mãos à margem da linha férrea. O trem que levava crianças e idosos, os nossos Raimundos de todos os nomes, joões, josés, Manueis, joaquins e marias de todas as espécies. O trem com os agentes e condutores elegantes, os maquinistas acionando o apito na chegada e na saída. O toque do sino. O trem que tinha um carro restaurante, que reunia a 1ª e 2ª classe, na hora da comida. O trem que levava alegria e deixava saudade. O trem que era o meio de transporte do pé chinelo e do ricaço. O trem que se espichou no Ceará com trilhos e dormentes fincados pelos flagelados famintos e sedentos nas secas do sec XIX. O Ceará chegou atrasado a ferrovia que surgiu na Inglaterra em 1825, ligando Stokton a Darlington. O Brasil também. A ferrovia surgiria em 1864, com a inauguração da ferrovia que ligava a praia da Estrela, hoje Magé, na Baia de Guanabara, a Raiz da Serra em Petropolis, feita pelo Barão de Mauá, com seu dinheiro. Dom Pedro II recusou cortar a fita. Para se ter uma dimensão do trem recomendo assistir o documentário “O ultimo apito”, de Aderbal Nogueira, que me enviou Pereira Lima, agente da estação em Acopiara, Iguatu, Amaro Cavalcante, J.Nogueira, Pacatuba e Otávio Bonfim, que hoje mora em Fortaleza e que ainda guarda em sua casa o telégrafo que usava na estação para se comunicar, em Morse, com seus colegas chefes de estação, em rede interna, precursora da intranet, atual. Diz Wilson Ibipiana que num pega entre a internet e o Morse que é do século XVIII, o Morse ganha. O filme é emocionante, cortante, pungente. Narra o assassinato do trem no Ceará, transformado em instrumento de pobreza e retrocesso, em nome dos estradeiros, dos empresarios e ônibus e caminhões e da visão de avestruz dos governos. Os depoimentos de Assis

O Cearense que foi 1ª. pág. do The New York Times critica Globo De acordo com depoimento de Silvio Mota, magistrado federal aposentado que estampou a capa do The New York Times do dia 28.08, não é verdade que os manifestantes presentes em torno do estádio Castelão, localizado em Fortaleza, Ceará, provocaram o enfrentamento com a polícia na tarde do dia 27.07. “A PM do Ceará mentiu, e a Rede Globo também”, disse em depoimento publicado no jornal O Povo. Segundo Mota, a maior manipulação da Globo foi a de não seguir a linha do tempo. “E apresentar imagens do final do conflito sem nada dizer das horas de bombardeio que sofremos”, revela. “Tenho 68 anos e limitações de locomoção, e estava sentado quando eu e minha esposa, também com 68 anos, fomos atingidos por artefatos de gás lacrimogêneo. Estávamos longe da barreira, com vários trabalhadores, professores universitários, profissionais da saúde, e até militantes das Pastorais da Igreja Católica”, explica. Confira o depoimento completo clicando aqui. Leia e assista a matéria da Globo aqui. Redação Adnews Acesse o Blog - http://aleluiaecia.blogspot.com

Ceará em Brasília

Lima e Hamilton Pereira são ricos. Em 1870, o senador Tomas Pompeu de Sousa Brasil, o Barão da Ibiapaba ( Joaquim da Cunha Freire) o Barão de Aquiraz (Gonçalo Batista Vieira), o ingles Henrique Brocklehurst e o engenheiro José Pompeu de Albuquerque Cavalcante constituíram a empresa Estrada de Ferro de Baturité-EFB, com objetivo de ligar Fortaleza a Pacatuba e Maranguape, a fim de escoar a produção agrícola, com bitola de 1 metro, declividade máxima de 0 m, 020 e o rádio mínimo de 130 metros. Em 1872, em 20 de jan, as obras foram iniciadas Os trilhos vieram de Liverpool, e em 14 set de 1873 foi inaugurado o seu primeiro trecho de 7,2 km de Fortaleza a Arronches, hoje Parangaba. Em 1875 chegou a Maracanaú, em 1876 a Pacatuba. Em 1877, a Grande Seca que matou 500 mil flagelados no Nordeste, enterrou 118.900 no Ceará e outros 50 mil fora embora. Em 1º de jul 1978, já com 40,816 quilômetros de linhas, o governo imperial entrou na EFB para estica-la até Baturité. Com as secas brabas de 1877 e 1878 – quando 50 mil flagelados se alistaram nas frentes de trabalho da ferrovia, foram inauguradas as estações de Bahu, Canafistula e Cânoas (Aracoiaba) alcançando 91,065 km, chegando a Baturité em 2 de fev de 1882 e em 7 de set de 1891a Quixadá, com 187,7 km, em 4 de ago de 1894 a de Quixeramobim, com 235,187 km. Em 1898, a EFB foi arrendada ao engenheiro Alfredo Novus, que assumiu o compromisso de levá-la até Humaitá, hoje Senador Pompeu, o que aconteceu em 14 de jul de 1900, com 287,299 km. O Brasil já se transformara em República dos Estados Unidos do Brasil. Depois expandiu para Girau e Contendas. Até aqui, foram 326,983 km que custaram 15.955:000 $, 15mil contos dé reis, ou cerca de 54:000$ ou 54 mil réis por km. Até 1906, o governo o governo da Uniao teria investido no empreendimento 2.126:996$231. O Sr. Novus foi até Miguel Calmon hoje Ibicuã, em 1908. Em 1909, foi criada a Rede Viação Cearense que incorporou a EFB que incorporou a EFB e a Estrada de Ferro de Sobral, em 1910, a RVC foi arrendada a South America Railway Construction Company Limited, alcançando Aco-

piara, em 1908, Quincoê, em 1909, Iguatu, em 1910. A partir de Iguatu, ainda em 1910, tentaram implantar ramais para Jaguaribe, Orós e Caríus. A de Orós para servir de suporte à construção do açude. Mas tais ramais foram desativados. E houve disputa pelo traçado da linha entre na direção Sul se passaria por Iguatu ou Icó. Em 1915 o governo federal reassumiu o comando da RVC, mas foi ano de seca feroz e magotes de flagelados foram, de graça, dali para Fortaleza. Os que ficaram foram para a frente de trabalho da RVC e que levaram a ferrovia. Em 1916, para o Cedro, em 1917, para Aurora, em 1920, para Lavras da Mangabeira, em 1925, para Missão Velha. Em 1926, o Presidente Artur Bernardes comunicou ao padre Cicero que os trilhos estavam chegando a Juazeiro e Crato que aguardou por 44 anos. Em 1926 o Presidente eleito Washington Luis, que acabou deposto, visitou o Nordeste e de trem foi até Iguatu. Em 1933, foi a vez de Getulio Vargas que entrou em Iguatu, de trem. Em 1949, as marias fumaças começaram a ser aposentadas, processo concluído em 1963, sendo substituidas por maquinas a diesel. Em 1951, inaugurou o Expresso Cariri que saia de Fortaleza as 4,15 e chegava a 22 horas ao Crato. No dia seguinte, saia do Crato as 4,15 e chegava a Fortaleza as 22 horas. Até então, a viagem tinha pernoite em Iguatu, nos dois sentidos, com o trem que partia do Crato ou Fortaleza, 1957, foi criada a RFFSA que assumiu o controle da RVC.Em 1973, partiu de fortaleza o trem do buriti ligando Fortaleza a Terezina. Em 1975, partiu de Fortaleza para o Recife o trem asa branca. Em1984, foi criado a CBTU que ficou com os trens. Em 1988, acabou se o trem. Os estradeiros e os rodoviários ganhara a batalha. O Brasil perdeu o trem que moldou o interior do Ceará, de Fortaleza a Crato e de Fortaleza a Sobral, e seus ramais. Nas oficinas, montanhas de ferro velho, nas estações, escombros. Na memória do sertão, a saudade. JB Serra e Gurgel (Acopiara), jornalista e escritor.

Ednardo celebrou 40 anos de carreira no Dragão do Mar Na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, o cantor cearense Ednardo celebrou 40 anoss de carreira com o show “Ednardo - 40 anos de Canção”. Na ocasião, cantor gravou um DVD ao vivo. Talentosos músicos cearenses, como Mími Rocha (guitarra), Luis Miguel Caldas (baixo), Aroldo Araújo (baixo acústico), Herlon Robson (teclado e acordeon), Edson Távora (teclado), Manassés Sousa (viola 12/cavaco), Carlos Patriolino Filho (bandolim/violão), Márcio Resende (metais), Denilson Lopes (bateria), Hoto Junior (percussão), Nilton Fiore (percussão), acompanharam o músico. A apresentação contou com a participação especial de Rodger Rogério e Teti, parceiros de Ednardo no disco “Meu Corpo Minha Embalagem Todo Gasto Na Viagem – Pessoal do Ceará” e do paraibano Chico César. De 1973 - quando lançou os hits “Beira Mar”, “Terral” e “Ingazeiras” - para cá, Ednardo acumulou mais de 400 músicas e letras, distribuídas em 15 discos originais, 16 discos de compilações, duas trilhas musicais para teatro, dois especiais para TV e quatro trilhas musicais de cinema.Em 1976, “Pavão Mysteriozo”, lançado dois anos antes no disco O Romance do Pavão Mysterioso, virou tema de abertura da novela Saramandaia, da Rede Globo, neste ano relançada em nova versão. Entre suas músicas, destacam-se ainda muitas outras, como “Artigo 26”, disco Berro (1976), “Enquanto engoma a calça” – coautoria com Climério - e “A Manga Rosa”

(Ednardo, 1979). Reconhecidas internacionalmente, suas músicas já foram gravadas por mais de 50 diferentes intérpretes e tocam em países como Portugal, Espanha, França, Itália, Holanda, Alemanha, Japão, Israel, Cuba, México, Argentina, Uruguai, comunidades Latino-Americanas dos Estados Unidos, entre outros. Ednardo é o autor das trilhas musicais dos filmes Luzia Homem (Fábio Barreto) sucesso de bilheteria no Brasil e exterior, Tigipió (Pedro Jorge de Castro), com trilha premiada nos festivais de Karlov Vary, na Checoslováquia, e em Verona, na Itália, e O Calor da Pele (também de Pedro Jorge de Castro). Em 1977 dirigiu e produziu o filme Cauim, um misto de documentário e ficção sobre o maracatu cearense. Este trabalho deu nome ao seu disco lançado no ano seguinte. A riqueza musical de Ednardo nesses 40 anos de carreira rompe qualquer tentativa de rotular sua obra. Ele é um dos responsáveis por ampliar a uma dimensão nacional, as manifestações da tradição regional do maracatu, frevo, forró, baião e cordel, que misturadas ao rock, blues, canções românticas, boleros e outros ritmos, resultou nessa tão múltipla obra. Nas palavras do professor e pesquisador Gilmar de Carvalho, em Referenciais Cearenses na Comunicação Musical de Ednardo, “Ele cria em cima do que seria raiz, sem folclorizar seu trabalho. É um artesão da canção, um compositor cearense/brasileiro/ universal”.

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

9

Julho/13


MDB_Intitucional_Color.pdf

1

10/06/13

09:02

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Julho/13

10

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Ceará em Brasília


Momentos marcantes da vida do prof. Albery Mariano

Pr Esp ojeto eci s ais

Discurso de Posse do Dr. Albery Mariano, com Presidente da Academia de Letras e Artes de Caldas Novas – Goiás. No dia 26.03.2010, Dr. Albery Mariano, Acadêmico de Letras, ocupante de Cadeira nº 6, assumiu a Presidência da ALACAN-Biênio 2010/2012, deixando-a forte, divulgada e bem estruturada. Como escritor, Dr. Albery continua dando sua contribuição literária, com sua veia poética, sempre aflorada e romântica.

Dr. Albery Mariano, Diretor do TRE-DF, recebeu a Comenda do Mérito Eleitoral. No dia 26.09.2001, no Teatro do Quartel General do Exercito, em Brasília, o advogado Dr. Albery Mariano, Diretor do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, recebeu das mãos do Desembargador Vasquez Cruxên, o Diploma e a Medalha do Mérito Eleitoral, distinção honorífica, em grau de comenda, como reconhecimento por seus méritos e relevantes serviços prestados á Cultura Jurídica e á Justiça Eleitoral do Distrito Federal.

Dr. Albery Mariano, e os colegas conselheiros da ABACH Em 02/10/2011 o Comendador Dr. Albery Mariano, tomou posse como Conselheiro da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História na Casa da Fazenda do Morumbi em São Paulo. Foi um belo evento Cultural com autorgas, autoridades, boa música, jantar e muito glamour.

Ceará em Brasília

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

11

Julho/13


Leituras V Felipão, uma conquista vivenciada

A imagem que fiz em Lisboa é para mostrar o momento da homenagem a Dário de Castro Alves, comenda por sinal entregue pelo então treinador da Seleção de Portugal.

Por Macário Batista (*) Um dia, entre alguns agraciados com comenda da Câmara de Indústria e Comércio Portugal-Brasil, na companhia dos diplomatas João Mendes, Marcos Paranaguá e Dário de Castro Alves, em Lisboa, encontro o sr. Luiz Felipe Scolari. Era a segunda vez que nos encontrávamos com direito a dois dedos de prosa que não fosse apenas sobre futebol. Junto ao cearense Dário, Felipão recebia a honraria. De saída pra Paris, onde faria reportagem sobre o criador do movimento Madi, a conversa tinha que ser rápida pra saber como o treinador da Seleção de Portugal conseguiu o feito de envolver o povo português com a Seleção lá deles. O português é louco por futebol, torcedor doente por seus clubes a que chamam de aficcionado. Torcedor em Portugal é aficcionado. Pois bem; Luiz Felipe disse que viu na meia distância do aficcionado a oportunidade de chamá-lo a apoiar não só a Seleção como às mudanças radicais que faria, tirando velhos donos do time, convocando novidades que de alguma forma agradariam, mais tarde, ao povo português. Não deu outra. Na verdade, como estava indo amiuidadamente, a trabalho, a Lisboa, acompanhei esse processo observando o número de bandeiras do País nas janelas, prédios, carros, esquinas, lojas, montras (vitrine em Portugal é montra) apoiando o time da Família Scolari. Felipão ganhou o povo e bateu na trave na Copa da UEFA, perdendo na final pra Grécia, um timeco que surpreendeu. Agora, em casa, a coisa se repetiu: Felipão, o sr. Scolari, foi à pedra e chamou o povo brasileiro pra dentro da Seleção e fez desse povo o 12º Jogador. Entendendo que era o Brasil, Fortaleza inaugurou cantar à capela o Hino Nacional quando a música parava. O exemplo cearense seguiu cabeça abaixo até chegar ao Rio que ontém repetiu as vozes, o gesto, o apoio pedido por Felipão. Foi uma vitória vivenciada lá fora, na terra alheia, mas que consagra Scolari como um motivador que vai além das linhas do campo, das concentrações, dos treinamentos, das palestras e chega às ruas. É bom saber que neste país existe alguém que possa liderar alguma coisa que interesse à Nação como um todo. Felizmente!!! A frase: “A fruta nunca cai longe do pé”. Provérbio mineiro. (*) Macário Batista (Sobral), jornalista,blogueiro, multimídia

Julho/13

12

A voz das ruas tem razão Contabilidade da corrupção em 2013: R$45 bilhões de reais De janeiro até hoje, mais de R$ 45 bilhões sumiram pelos ralos dos cofres públicos, Aurélio Gimenez. De 1º de janeiro deste ano até o dia de hoje foram desviados no país mais de R$45 bilhões por algum ato de corrupção, desfalque, falcatrua, negociata, traficância e velhacaria. O cálculo do site desviometro.com.br é semelhante ao Impostômetro, que soma minuto a minuto todos impostos pagos pela população brasileira a todas esferas de governo. O combate à corrupção foi um dos principais temas que tem levado as pessoas às ruas nas últimas semanas. No De$viômetro, o cidadão fica sabendo, a cada segundo, quanto poderia ser investido em habitação, saúde, segurança, educação e transporte público se não houvesse desvio de verbas públicas. Estudo Fiesp Criada em setembro do ano passado, a página da internet é uma iniciativa de Paulo Vega, servidor público de Caxias do Sul (RS), que se inspirou no estudo da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), de 2010. O levantamento estimou que o desvio de dinheiro público no país equivaleria a 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país durante um ano. Pelo raciocínio, R$96 bilhões em verbas públicas foram roubados no ano passado. “O estudo analisou comparativamente dados de países semelhantes ao Brasil e as informações diponibilizadas pela Transparência Internacional, que todo o ano divulga o Índice de Percepção da Corrupção’’, explica Vega. Vice-presidente da Fiesp e diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia (Decomtec), José Ricardo Roriz Coelho diz que os dados de 2010 valem hoje, pois o combate à corrupção leva anos ou até mesmo uma geração. “Há uma melhora bastante perceptível, mas os outros países também melhoraram. Hoje, o Brasil encontra-se na 73ª posição (entre 180 países analisados)”, destaca Roriz Coelho. Para ele, a burocracia da máquina pública associada a impunidade são os dois principais vetores que geram a corrupção. A sociedade em rede contra a corrupção CONTADOR DA CORRUPÇÃO http://www.desviometro.com.br/ O QUE VOCÊ TEM A VER COM A CORRUÇÃO http://www.oquevocetemavercomacorrupcao.com/con-

teudo/home/index.asp?cod=0 TRANSPARÊNCIA BRASIL http://www.transparencia.org.br/ PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL http://www.portaltransparencia.gov.br/ ABRACCI — ARTICULAÇÃO BRASILEIRA CONTRA A CORRUPÇÃO E IMPUNIDADE http://www.abracci.org.br OBSERVATÓRIO SOCIAL DO BRASIL http://www.observatoriosocialdobrasil.org.br/ MCCE — MOVIMENTO DE COMBATE A CORRUPÇÃO ELEITORAL http://www.mcce.org.br/ NÃO ACEITO CORRUPÇÃO http://www.naoaceitocorrupcao.com.br/ CONTAS ABERTAS http://www.contasabertas.com.br/WebSite/ AMARRIBO BRASIL COALIZAÇÃO BRASILEIRA CONTRA CORRUPÇÃO http://www.amarribo.org.br VOTO CONSCIENTE http://www.votoconsciente.org.br/site/ TRANSPARENCY INTERNACIONAL http://www.transparency.org/ MOVIMENTO BRASIL CONTRA A CORRUPÇÃO http://www.mbcc.com.br/site/ Combate à impunidade é essencial Diretor do Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro (Iuperj), Geraldo Tadeu diz que há mecanismos efetivos para combater a corrupção, como a Lei de Responsabilidade Fiscal, Lei da Improbidade Administrativa e os Tribunais de Contas da União e estaduais. Segundo ele, o que falta é um maior controle das contas públicas e uma condenação efetiva nos casos de corrupção. “A sensação de impunidade é que leva as pessoas às ruas. Há percepção de que tem o roubo, mas que ninguém é preso”, diz o sociólogo, acrescentando que a Lei de Acesso à Informação como os portais de transparência do governo federal e de alguns estados são exemplos de avanços no país. Copiado do Blog do Macário.

X Festival Música na Ibiapaba foi sucesso em Viçosa do Ceará O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, promoveu o X Festival Música na Ibiapaba, de 27 de julho a 3 de agosto, em Viçosa do Ceará. O Festival, que ano a ano vem se consolidando como um espaço de formação e valorização da produção musical brasileira, homenageou nesta edição o poeta e compositor carioca Vinícius de Moraes, o cearense Lauro Maia, centenários e os 150 anos do mestre Ernesto Nazareth. Segundo a coordenação do Festival, a programação contemplou dois eixos - artístico e pedagógico -, com isso, foram destaque nomes como da cantora brasileira Leny Andrade, do violinista e arranjador Ricardo Herz, do grupo Caninga Trio (RN), formado em março de 2006 por três professores da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Orquestra Filarmônica Estrelas da Serra-Croatá/Ceará, principal fruto das atividades do Ponto de Cultura Vamos Fazer Arte de Croatá e Orquestra Eleazar de Carvalho. Já a programação pedagógica, coordenada pelos professores Heriberto Porto, Lucile Horn e José Brasil Filho, destacou os nomes dos músicos-professores Pablo

Trindade, Zeca Rodrigues, Eduardo Taufic, Sandoval Moreno, Izaira Silvino e Manoca Barreto. Heriberto Porto, professor da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e coordenador pedagógico de outros projetos de sucesso como as residências do Festival Jazz e blues, destaca que alguns professores já participaram de outras edições e alguns vão ministrar as oficinas pela primeira vez com é o caso da educadora e maestrina Izaíra Silvino, o saxofonista cearense radicado no Rio de Janeiro, Roberto Stepheson, o trombonista Rômulo Santiago e Adylson Martins jovem sobralense ex-bolsista do projeto Briançon, tempo de Brasil, na França e professor na Escola de Música de Sobral. Participam ainda, o violonista Zé Paulo Becker, do trio Madeira Brasil e Luizinho Duarte, baterista, percussionista e compositor cearense. No Palco da Igreja do Céu fora realizados shos de Ricardo Herz trio, Leny Andrade, Caninga Trio(RN), Manoca Barreto, Heleno Feitosa e Jr Primata, Orquestra Eleazar de Carvalho, Orquestra Filarmônica Estrelas da Serra-Croatá/Ceará, Lia Veras “Prá te dizer algo assim” e da banda de música e a big band do Festival

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


Leituras VI

Faheina, vocação repórter

Por Batista de Lima (*) Nelson Faheina tanto profissionalizou-se repórter que sua atuação em reportagens tornou-se um exemplo a ser seguido. Toda a sua vida tem sido uma reportagem, de tanto ser repórter. Mas barranqueiro, agora, como o Riobaldo, das Gerais, ele enraizou-se na Serra da Guaramiranga e tornou seu ócio de aposentado em um negócio. Possui uma pousada onde o mais importante é ter histórias para contar e hóspedes para ouví-las. De tanto ouvir e mostrar as gentes, pelo rádio e pela televisão, o Nelson é conhecido em todos os quadrantes deste Nordeste. Ele entrou em todos os lares por muitos anos, e sem pedir licença. Nascido em Limoeiro do Norte, no alvorecer da década de 1940, ainda era estudante secundarista quando ingressou na rádio Vale do Jaguaribe. (....) As histórias que conta são curtas mas carregadas de conteúdo, dado seu poder de concisão na elaboração textual. (...) O seu foco é o homem nos seus momentos cruciais. Isso não diminui suas investidas no humor que grassa pelo Ceará. O folclore político também é contemplado através de incursões nos meandros dos poderes Legislativo e Executivo. O título diz tudo: “Fatos, Fotos e Fantasias na Crônica de Nelson Faheina”. Esse coquetel de fatos narrados, por quem os presenciou, traz curiosidades que temperam o texto e resultam em sabor para a leitura. Exemplo disso é que só em torno da figura de Edson Queiroz há seis incursões em textos que abordam aspectos diferentes da vida do fundador da Unifor e do Sistema Verdes Mares de Comunicação. Faheina começa afirmando que privava da amizade do industrial. Depois revela para quem não sabia, que o pioneiro do gás butano no Ceará chegou a possuir cinco navios da Edson Queiroz Navegação que transportava o gás nacional que vinha de Mataripe, na Bahia, para o Ceará. As embarcações eram: Dakar, Ipanema, Gávea, Igel e Sumaré. Assim ele evitava pagar preços altíssimos a outras empresas transportadoras que atrasavam a entrega. Ainda com relação a Edson Queiroz, o autor afirma que um dos seus passatempos era a mágica. Era um mágico amador. Outra vertente de suas habilidades era a fotografia. Sabia manusear máquinas e revelar fotos. Essas revelações de um perspicaz repórter sequestram a curiosidade do leitor que vai descobrindo as curiosidades que o autor põe no livro e que não são do conhecimento do público. É essa vocação de contador de histórias que faz de Nelson Faheina um escritor para ser lido, afinal, o leitor tem sua fome de conhecimentos saciada com tantos saberes em torno de personagens que vão do Papa João Paulo II ao pistoleiro Mainha. Todos fazem revelações que interessam ao grande público. Faheina conheceu Mainha quando o futuro pistoleiro ainda vendia ovos na feira de Limoeiro. Entrevistou Nilson Cunha que sempre foi tido como o maior agenciador de pistolagem do Nordeste. Entrevistou três presidentes da República e um Papa. Acontece que o mais interessante é quando relata suas reportagens inusitadas. Júlia Coveira foi descoberta em Morada Nova, no Ceará. Seu caso resultou numa reportagem que veiculada na Globo teve repercussão nacional. Tendo morrido o marido, que era o coveiro da cidade, ela assumiu suas funções, se tornando a única coveira do Brasil. Outro fato curioso ocorreu com o prefeito de Fortaleza, César Cals Neto. Numa encenação sobre Soares Moreno desembarcando na Barra do Ceará, em 1610, o ator Jório Nertal, na hora do evento, promove uma greve e só desembarca quando o Prefeito lhe paga o que deve. Esse seu livro é uma coletânea de causos de um repórter que trafegava com desenvoltura do agreste sertão às grandes metrópoles. O que viu e o que divulgou na mídia estão presentes na sua memória e precisam ser recontados. (...) Batista Lima, Caderno3, do Diário do Nordeste de 26.06.2013.

Ceará em Brasília

E

Casa do Ceará homenageia personalidades de 50 municípios nos seus 50 anos.

ntre os 150 cearenses que serão homenageados pela Casa do Ceará no livro” Casa do Ceará em Brasília 50 Anos”, financiado pelo grupo M. Dias Branco, através da Lei Rouanet, há pessoas de 50 municípios do Ceará, a maioria de Fortaleza. A liderança é de Fortaleza, mas há pessoas de Acopiara, Aracati, Aracoiaba, Aquiraz, Aurora, Barbalha, Campos Salles, Canindé, Coreaú, Crateús, Crato, Farias Brito, Granja, Icó, Iguatu, Independência, Ipu, Ipueiras, Jaguaretama, Jaguaribe, Jardim, Juazeiro do Norte, Lavras da Mangabeira, Limoeiro do Norte, Maranguape, Massapê, Milagres, Milhã, Missão Velha, Nova Russas, Novo Oriente, Pedra Branca, Porteiras, Quixadá, Quixeramobim, Reriutaba, Santa Quitéria, Santana do Cariri, Senador Pompeu, Sobral, Solonópole, Tauá, Uruburetama, Uruoca e Viçosa do Ceará. Por enquanto só três homenageados ”cearenses”, não nasceram no Ceará, mas lá fizeram suas vidas: Ciro Gomes, em Pindamonhangaba/SP, em Sobral, Moema Santiago, em Formiga/MG, em Fortaleza, José Peixoto Jr, em Granito/PE, Jardim e Maria da Glória Nascimento de Lima em Pedra do Buique/ PE, em Juazeiro do Norte. O taxista Fernando Fernandes Lima, filho de cearenses de Uruoca, nasceu em Brasília. Outros três deles fizeram suas vidas fora do Ceara: José Costa Cavalcante, por Pernambuco, tendo sido deputado federal ministro de Estado e 1º Presidente de Itaipu Binacional, Helio Mota Gueiros, que foi deputado, senador e Governador do Pará, e Raimundo Padilha, que foi deputado federal, líder do Governo na Câmara dos Deputados e governador do antigo Estado do Rio de Janeiro. Os governadores do Estado do Ceará da década de 60 para cá foram presidentes de honra da Casa do Ceará em Brasília, por decisão estatuária. Anteriores a 1960, Francisco Menezes Pimentel (Santa Quitéria) foi fundador e Paulo Sarazate (Fortaleza) não se relacionou com a Casa. Adauto Bezerra, Luiz Gonzaga Mota, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Beni Veras e Lúcio Alcantara, que também exerceram mandatos de senadorou deputado se relacionaram com a Casa. O ex-governador e ex-senador Tasso Jereissati, filho do senador Carlos Jereissati, quando criança, freqüentou colégio em Brasília. O governador Cid Gomes já esteve várias vezes na Casa e exerceu papel relevante para a viabilização do Projeto Fausto Nilo. Entre os políticos vivos, não governadores, serão homenageados o senador Inácio Arruda (Fortaleza), os deputados José Linhares (Sobral), Vicente Arruda (Granja) e Humberto Bezerra (Juazeiro do Norte). Entre os homenageados, estão ministros, diplomatas, escritores, deputados, senadores, jornalistas, professores, médicos, bancários, advogados, servidores públicos, militares, artistas plásticos, atores, cantores e compositores, como o Pessoal do (Fagner, Gugu, Dedé, Mércia, Rodger, Rogério, Tetê e Fausto) que morou em Brasília empresários de restaurantes e de mercantil, garçons e cozinheiros, engenheiros, porteiros e taxistas. Também serão homenageados os primeiros cearenses que foram ministros de Estado, Francisco Menezes Pimentel, o 1º Cearense a ser Ministro da

Justiça (11.11.1955 a 31.01.1956, ele foi o primeiro na República, José de Alencar o fora no Imperio), José Costa Cavalcante,1º nas Minas e Energia (15.03.1967 a 27.01.1969) João Gonçalves de Souza, 1º no Ministério Extraordinário dos Organismos Regionais (21.06.64!5.03.69), Ciro Gomes,1º na Fazenda (06.09.94 a 10.01.95) e 1º na Integração Nacional (01.01.2003 a 31.03.2006), Beni Veras, 1º no Planejamento, (03.03.1994 a 01.01.1995) Roberto Átila do Amaral Vieira, 1º na Ciência e na Tecnologia (01.01.2003 a 21.01.2004). Também serão homenageados ilustres cearenses já falecidos que foram inclusive fundadores da Casa do Ceará como Francisco Menezes Pimentel, governador, senador e ministro; deputados Adahil Barreto Cavalcante (Iguatu), Edilson de Melo Távora (Iguatu), Jorge Furtado Leite (Santana do Cariri), José Flávio Costa Lima (Iguatu), padre José Palhano de Sabóia (Sobral), Leão Sampaio (Barbalha) e Ozires Pontes (Massapê). No livro “Brasília, 50 anos de Ceará,” lançado por ocasião dos 50 anos de Brasília, foram homenageados outros fundadores; Álvaro Lins Cavalcante (Pedra Branca), Chrisantho Moreira da Rocha (Fortaleza), Ernesto Gurgel Valente (Aracati), Esaú de Carvalho (Iguatu), Esmerino Arruda (Granja), Expedito Machado da Ponte, Fernando Cesar Mesquita (Fortaleza), Flávio Portela Marcilio (Picos/PI), Francisco Nogueira Saraiva (Fortaleza), Luis Tarcísio do Vale (Fortaleza) e José Martins Rodrigues. Lamentavelmente, a Casa do Ceará ainda não encontrou registros de outros fundadores como Carlos Alberto Pontes, Edilson Nogueira Mota, Gladstone Lima Almendra, José Jereissati, Paula Cajas, Raul Barbosa Carneiro, Silvio Gaspar e Valer Bezerra de Sá O livro terá apresentação do presidente da Casa, Osmar Alves de Melo, um testemunho do fundador, ex-presidente e atual 1º Vice presidente, Fernando César Mesquita, homenagem ao patrocinador, M. Dias Branco, textos de fundo de Adirson Vasconcelos, José Colombo de Souza Filho, José Jézer de Oliveira e Wilson Ibiapina, a versão definitiva do Projeto Fausto Nilo, com fotos, senadores e deputados federais do Ceará, 1963/2013. Os textos foram coordenados por JB Serra e Gurgel, com apoio de José Colombo de Souza Fiho, José Jézer de Oliveira, Wilson Ibiapina, Fernando Gurgel Filho, Luis José Magalhães Joca, Tarcisio Holanda, Filipy Parente e Paulo José Cunha. Muitos perfis foram definidos pelos próprios protagonistas: Antonio Gomes Leitão, Carlos Pontes, Edivaldo Ximenes, Edmilson Caminha, Francisco da Chagas Câmara Rayol, Geraldo Ananias Pinheiro, João Bosco Bezerra Bonfim, Luis Martins, Maria Rejane Limaverde, Wilson Pereira. “Não há uma linguagem única nos textos. Há diversidade, o que dá densidade aos textos que são estórias dos cearenses que lutaram por um lugar no sol de Brasília. As estórias que ouvi, os depoimentos que colhi, as narrativas todas tem um traço comum: o empenho, a coragem, a determinação de vencer, de superar os próprios limites, para se afirmar como cearense”, confessa JB Serra e Gurgel.

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

13

Julho/13


Leituras VII Oswaldo de Oliveira Riedel: uma vida a serviço da ciência e da cultura cearenses Marcelo Gurgel (*) Oswaldo de Oliveira Riedel nasceu em Curitiba-PR, em 20 de julho de 1913, filho de Hugo Oswaldo Riedel, farmacêutico e professor universitário, e Aracy de Oliveira Riedel. Obteve duas graduações: a primeira em Farmácia, na Faculdade de Medicina do Paraná (1932-1934), unidade que, nessa época, diplomava médicos, farmacêuticos e cirurgiões-dentistas, sendo agraciado com a Medalha Dr. Nilo Cairo, conferida ao melhor aluno da turma, e a segunda, em Medicina, na Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro (1945-1950). Tornou-se Livre Docente de Toxicologia, por concurso de provas e títulos, na Universidade Federal do Ceará (1978). Oswaldo Riedel, na área farmacêutica, cursou na Escola de Saúde do Exercito, em 1935, no Rio de Janeiro, Especialização em Bromatologia e em Química Farmacêutica. Complementou a sua formação escolar com três cursos de aperfeiçoamento e cerca de vinte cursos de extensão universitária. Sua carreira militar, iniciada no quadro de Saúde, como farmacêutico-aspirante, em 1935, foi encerrada, em 1965, na patente de General de Brigada Professor. Por seus bons ofícios prestados, foi agraciado, pelo Exército Brasileiro, com a Medalha de Bronze, em 1947, e a Medalha Marechal Trompovsky, em 1971. Sua trajetória no magistério superior, teve início como professor contratado de Química Industrial Farmacêutica (1937 a maio de 1944) e de Famacognosia (1938 a maio de 1944), na Faculdade de Farmácia e Odontologia do Ceará. Por meio de concurso de provas e títulos, ingressou na Universidade Federal do Ceará, como professor auxiliar de ensino de Toxicologia e Química Legal, do Curso de Farmácia, em 1970, tendo sido promovido, sucessivamente, mediante seleção por títulos, a professor assistente, em 1973, e a professor adjunto, em 1979. Atingiu o ápice de sua vida acadêmica, ascendendo ao cargo de Professor Titular, por concurso de provas e títulos, da disciplina Toxicologia, do Curso de Farmácia, da Universidade Federal do Ceará (UFC), em 1980. Na UFC, o Prof. Oswaldo Riedel exerceu diferentes cargos e funções. Foi Vice-Diretor da Faculdade de Farmácia e coordenador do Curso de Farmácia, membro do Conselho Departamental do Centro de Ciências da Saúde, membro da Comissão Permanente de Regime do Trabalho (COPERT) e membro da Comissão de Ética do Centro de Ciências da Saúde. Ministrou dezenas de cursos, notadamente nos campos da Toxicologia e da Pediatria, especialidade que abraçara como médico. Proferiu grande número de palestras e conferências, cobrindo os mais variados temas, em eventos científicos, para os quais costumava ser um dos convidados ilustres, integrando a programação oficial. O Prof. Oswaldo Riedel proferiu grande número de palestras e conferências, cobrindo os mais variados temas, em eventos científicos, para os quais costumava ser um dos convidados ilustres, integrando a programação oficial. Os trabalhos publicados, de sua autoria, da ordem de uma centena, e que figuram como demonstrativos do elevado saber que acumulara, estão distribuídos em científicos, culturais, didáticos e discursos. (*) Prof. Dr. Marcelo Gurgel Carlos da Silva, da Academia Cearense de Medicina e da Academia Brasileira de Médicos Escritores.

Julho/13

14

STF recebe ação contra prática de vaquejada no Ceará O ministro Marco Aurélio é o relator da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4983) em que a Procuradoria Geral da República (PGR) pede ao Supremo Tribunal Federal (STF) que suspenda a eficácia de lei estadual que regulamenta a prática da vaquejada no Ceará. A ação foi ajuizada pela PGR para contestar a integralidade da Lei estadual nº 15.299/2013, que estabelece as regras para a realização da vaquejada como atividade desportiva e cultural. A norma fixa os critérios para a competição e obriga os organizadores a adotarem medidas de segurança para os vaqueiros, público e animais. A vaquejada consiste em uma competição onde uma dupla de vaqueiros, montados em cavalos distintos, busca derrubar um touro, puxando-o pelo rabo, de forma a dominar o animal em uma área demarcada. A prática da vaquejada é considerada atividade esportiva e cultural fundada no Nordeste brasileiro e remonta, segundo a ação da PGR, “a uma necessidade antiga de fazendeiros daquela região para reunir o gado”, quando as fazendas não eram cercadas e era preciso reunir os animais. Entretanto, argumenta a PGR, “a prática inicialmente associada a atividades necessárias à produção agrícola passou a ser explorada como esporte e vendida como espetáculo, movimentando hoje cerca de R$ 14 milhões por ano”.

Segundo a ação, com a profissionalização da vaquejada, algumas práticas passaram a ser adotadas, como o enclausuramento dos animais antes de serem lançados à pista, momento em que são açoitados e instigados para que entrem agitados na arena quando da abertura do portão. “Diferentemente do que ocorria no campo, os objetivos do esporte e do espetáculo hoje ditam a maneira como se trata o animal”, argumenta a PGR. Tais práticas, prossegue a PGR, acarretam danos e constituem crueldade contra os animais, o que é vedado pelo artigo 225, parágrafo 1º, inciso VII, da Constituição Federal. A PGR lembra ainda que, em situações específicas em que houve embate entre as manifestações culturais e o meio ambiente, como em julgamentos de grande repercussão – briga de galo no Rio de Janeiro (ADI 1856) e farra do boi em Santa Catarina (RE 153531) –, a Corte entendeu que “o conflito de normas constitucionais se resolve em favor da preservação do meio ambiente quando as práticas e os esportes condenam animais a situações degradantes”. Assim, a PGR pede a concessão de liminar para suspender a prática da vaquejada no Estado do Ceará, “diante do risco de que animais sejam submetidos a tratamento cruel, o que é em si irreversível”. No mérito, requer que a lei estadual seja declarada inconstitucional. Notícias STF

URCA lança IV Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero A Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, lançou oficialmente o IV Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, que terá como tema principal “E... onde está ele?. O evento acontecerá de 19 a 24 de maio de 2014, em Juazeiro do Norte. Segundo a Pró-Reitora de Extensão da Urca, professora Sandra Nancy Freire, o evento acontece em sintonia com os eventos precedentes, realizados nos anos de 1988, 1989 e 2004. De acordo com a comissão de elaboração do evento, formada por pesquisadores, a proposta do Simpósio é contribuir para as reflexões acerca desse personagem – e de tudo que à sua volta se aglutina – que, ao longo da história, vem sendo alvo de contínuas apropriações: sociais, políticas, econômicas, intelectuais, religiosas e culturais. Conforme o grupo, o tema “E... onde está ele?” será o eixo norteador das discussões, dentro da necessidade de pensar também em termos nacionais e globais, à luz da presença e das diversas interpretações do e sobre o Padre Cícero, e não apenas Juazeiro ou a Região do Cariri. Pretende-se ampliar os debates realizados pelos outros Simpósios. Em 2014 serão comemorados os 100 anos da morte da Beata Maria de Araújo, os 80 anos da morte do Padre Cícero, assim como o centenário da Sedição de 1914, da instalação da cidade de Juazeiro do Norte e da criação da Diocese de Crato. Conforme a comissão, esses são fatos de extremo significativo que não se restringiram apenas a Juazeiro do Norte, pois terminaram por constituir a localidade como polo de irradiação e de atração cultural, social e religiosa,

além de desenvolvimento nos sertões nordestinos. A comissão dos pesquisadores, que tem se reunido às terças-feiras na Universidade, é formada pela professora Sandra Nancy Freire (Pró-Reitora da Extensão) da URCA, instância responsável pela coordenação e andamento das atividades, junto à comissão; as pesquisadoras Renata Marinho Paz, Maria do Carmo Pagan Forti, Paula Jacinto Cordeiro, Fátima Pinho, e os professores José Carlos dos Santos e Ivan Queiroz. A comissão foi instituída por meio de portaria assinada pela Reitora da URCA, professora Otonite Cortez. Segundo a pesquisadora Maria do Carmo Pagan Forti, o tema tem o intuito de estimular, fazendo com que as pessoas sejam instigadas pelo tema, principalmente no âmbito da pesquisa. Para a Pró-reitora Nancy Freire, é um novo momento de reflexão. Já a professora Fátima Pinho destaca a importância de perceber com esse tema, que o Padre Cícero não é apenas do Juazeiro, hoje, mas perpassa temporalmente e espacialmente as fronteiras, em vários setores. O evento constará de conferências, mesas redondas, grupos de trabalhos, lançamento de livros, apresentações artístico-culturais, oficinas e visitas guiadas. A URCA, através da comissão encarregada de organizar este IV Simpósio sobre o Padre Cícero – E... onde está ele? convida e saúda antecipadamente todos os participantes, no ensejo de que as reflexões e debates possam contribuir para a construção de um olhar ainda mais plural e denso sobre o Padre Cícero

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília


Leituras VIII Amigos de verdade

Sobralenses criaram a Associação dos que Querem Bem a Sobral e ao Distrito Federal e instalaram na Casa do Ceará.

Li na revista “Época” desta semana (sem vírgula) uma reportagem sobre as amizades. De verdade. Embora seja longa e feita por três autores, ela me pareceu superficial. Cita muita gente contemporânea, principalmente dos EEUU, escafandra Aristóteles, passa pelos franceses Montaigne e La Boétie e chega ao Brasil. Se entendi bem, há duas conclusões. 1. Ninguém tem mais que cinco amigos, incluindo os familiares. 2. Apesar disso, 54 milhões de brasileiros estão escarafunchando o Face Book para encontrar com quem preencher os seus vazios. Na verdade, ninguém nos preenche. Nós, eu, você e todos, somos seres incompletos na ilusão de um paraíso que não acontece aqui e quiçá depois. Um sem teto que se reúna à noite com mais três colegas pode estar mais livre, leve e solto que alguém em convescotes com segurança e motorista. Por exemplo, a liberdade de estar só, lendo o que queremos, não tem preço. A felicidade do anonimato é algo prazeroso, daí é preciso, vez por outra, arrumar bornais e dar a cara pelo mundo. Não sei se tenho cinco amigos, pois antes é preciso deixar claro o que entendemos por amizade. Para mim, se há interesse não há amizade. O interesse deve ser apenas o de estar junto, trocar sentimentos, sem que aquilo deva ser trombeteado. Mas hoje tenho certeza que não preciso fazer caras e bocas para falar com gente que quero bem. Se não sou espontâneo é melhor me afastar do que não me dar a liberdade de ser eu. Quando o tempo resgata lembranças, (prefiro com vírgula) talvez nos pregue peças. Aconteceu como lembramos? Hoje, como antes, há solidão, esse sentimento que nos diz humanos e imperfeitos. Mas isso não dá alvará a ninguém para usar o Face Book, Orkut ou o que valha para traçar um perfil seu. Estou fora dessa. Afinal, você sabe quem você é? RATZINGER E ROMA – João Soares Neto, escritor Era uma vez um menino batizado, crismado, primeira comunhão, missas e, no bolso esquerdo, um terço de madeira. Comungava às primeiras sextas-feiras do mês. Entrou na universidade, convidou um doutor em Teologia para pregar a Páscoa. Empós, encontrou-se com o padre. Viu-o de roupas civis: o que houve? Pedi licença e questiono a minha fé. Deus existe? Cheguei a Roma no fim do Concílio Vaticano II. Com a ajuda de parente bispo, penetrei no conclave. Sentei-me e escutei. Eles adequavam a Igreja às mudanças. Aboliram o latim e a batina. Os padres, frente aos fiéis, celebrariam a missa no vernáculo de país e mais. Voltei outras vezes a Roma e sempre me espantou a pompa das cerimônias, a riqueza dos museus e a ridícula Guarda Suíça. João XXIII morre e surge Ratzinger. Estava a zapear a TV e parei numa estação americana. Ratzinger debatia sobre filosofia e fé. Impressionou-me sua cultura e não me surpreendi com a escolha. Fora lastreada na sua longa história Vaticana, na “Intelligentzia”, chefe da Congregação para a Doutrina da Fé, a julgar questões intricadas, desde a Inquisição. Ratzinger eleito, substituindo João Paulo II, mostrou-se cauteloso, em meio às intrigas. O Vaticano é uma Monarquia absoluta. Os fiéis não esqueceram João XXIII e em dos primeiros atos dele foi abrir a canonização, logo acontecida. Pedofilia, escândalos financeiros, divisões e intrigas entre a hierarquia. Elas debilitaram sua saúde e culminaram, após a prisão de seu mordomo, com o calculado gesto de renúncia. Sugestão: Vamos unir a Igreja de Roma à Anglicana e abolir o celibato? (*)João Soares Neto (Fortaleza), escritor, da Academia Cearense de Letras, empresário

Ceará em Brasília

Fotos: Albino Oliveira

João Soares Neto (*)

(da esquerda para direita): Sebastião Adrião Menezes, Pedro Ximenes Vasconcelos, José Sampaio de Lacerda Jr., Francisco Evando Ximenes Menezes, Carlos Aguiar, Luis Roberto Vieira Costa e Elaudy Aguiar.

Francisco Evando Ximenes Menezes, Marcos Antonio Siqueira, Elaudy Aguiar, Carlos Aguiar, Fernando Cesar Mesquita e José Messias de Souza

m solenidade realizada em 03.07, na Casa do Ceará em Brasília, foi instalada a Associação dos Que Querem Bem a Sobral e ao Distrito Federal – AQQB SOBRALDF, entidade dos filhos de Sobral, o 5º maior município cearense em população com 188.271 habitantes pelo censo do IBGE de 2010. O diferencial é que a proposta desta Associação é não circunscrever o alcance de suas ações aos nascidos ou descendentes de nascidos em Sobral. “A AQQB SOBRALDF nasce com uma visão cosmopolita, voltada igualmente para dois públicos, o egresso da cidade-mãe Sobral e o residente na cidade sede Brasília, o que estabelece um link dinâmico entre xas duas com múltiplas possibilidades de interação e resultados” disse o presidente eleito da AQQB SOBRAL DF, Carlos Aguiar, sobralense radicado em Brasília há 41 anos. Na instalação da entidade, a mesa foi presidida pelo 1º Vice prsidente da Casa do Ceará, jornalista cearense e sócio fundador, Fernando Cesar Mesquita, tendo a seu lado o administrador de Brasília, o alagoano José Messias de Souza, o Deputado Roney Nemer, mineiro, o cearense de Aurora, Professor Vicente Magalhães além, é claro, de vários sobralenses. A diretoria empossada tem a seguinte composição: Diretoria Executiva Presidente: Antonio Carlos De Aguiar Vice-Presidente: Elaudy Aguiar Ferreira 1° Secretário: Agapito Cavalcante Vasconcelos 2° Secretário: Kleber Souza de Aguiar Tesoureiro: Robson Linhares de Aguiar

aliados em todos os cantos, tendo ali mesmo no auditório, mineiro-cearense, catarinense-cearense e sendo, ele próprio, um alagoano-cearense. Assegurou à AQQB SOBRALDF estar a Administração de Brasília aberta a parcerias como a que já desenvolve, com extremo êxito, com a Casa do Ceará. O deputado Roney Nemer, registrou seu enorme apreço pelo trabalho da Casa do Ceará, lembrando inclusive ser ele um cearense honorário havendo sido agraciado com a comenda Cearense Pai d’Éguaoutorgada pela Entidade e registrou estar presente na AQQB SOBRALDF desde as primeiras discussões visando sua fundação. O Professor Vicente Magalhães, ex-presidente da AFA – Associação dos Filhos e Amigos de Aurora, reconhecido pela AQQB SOBRALDF como um dos grandes incentivadores do seu surgimento, ressaltou a importância das associações e as possibilidades de trabalharem integradas entre si e juntamente com a Casa do Ceará cuja relevância social é indiscutível, atendendo a um grande universo de pessoas de todos os estados brasileiros. Elaudy Aguiar, Vice-Presidente eleito da AQQB SOBRALDF traçou um perfil seu e assegurou não ter nenhuma dúvida de que a nova associação produzirá muitos e bons frutos graças à credibilidade, ao trabalho sério e ao excelente nível de parceiros como a Casa do Ceará e a AFA. E anunciou a 1ª Noite dos Sobralenses e Amigos em Brasília, primeiro grande evento que será por ela realizado no próximo 31 de Agosto. O último orador da noite foi o presidente da AQQB SOBRALDF, Carlos Aguiar, que relembrou seu histórico de participação em entidades voltadas à promoção de causas sociais, sendo este o seu 10º mandato como presidente, e falou da sua opção por Brasília sem a perda do vínculo com a terra natal. Descreveu a emoção especial em fundar e presidir a AQQB SOBRALDF e fez agradecimentos a todos aqueles que vem contribuindo para sua viabilização, que agora já é um fato. O cerimonial foi competentemente conduzido por Leimar Leitão de Assis, sócio e ex-Diretor da Casa do Ceará e também associado fundador da AQQB SOBRALDF. Fechando a solenidade, foram cantados os parabéns e cortado o bolo especialmente decorado para a Casa do Ceará e para Sobral que, respectivamente, nos dias 01 e 05 de Julho completaram 50 e 240 anos. A banda candango-sobralense de Netinho e Paulo Henrique Aguiar assumiu a partir daí deliciando os presentes com umforró dos mais autênticos,aproveitado animadamente pelos presentes. (Luis Roberto Vieira Costa – Assessoria de Comunicação da AQQB SOBRALD, texto ajustado).

E

Conselho de Administração Presidente: Francisco Evando Ximenes Meneses Conselheiro: Francisco Chagas Vasconcelos Conselheiro: Francisco Messias Vasconcelos 1° Suplente: Maria Sueli Arruda Aguiar 2° Suplente: Francisco Élcio Meneses Conselho Fiscal Presidente: Marcos Antonio Siqueira Conselheiro: Pedro Ximenes Vasconcelos Conselheiro: José Erivaldo De Aguiar 1° Suplente: Vicente Cavalcante Aguiar 2° Suplente: José Erivaldo Aguiar Ferreira Discursaram o jornalista Fernando Cesar Mesquita que enalteceu a importância de iniciativas como a que resultou na fundação da AQQB SOBRALDF, lembrando que a Casa do Ceará, com os seus recém completados 50 anos, começou desta forma e hoje é a mais antiga e uma das mais atuantes entidades assistenciais do DF. O administrador de Brasília, Messias de Souza, brincou ao lembrar o “expansionismo cearense” que conquista

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

15

Julho/13


Foto: Ilkens Souza/Divulgação

Ceará solicitou R$ 2,9 Bilhões para Mobilidade Urbana, sendo R$ 1,8 bilhão Código de Processo Civil deve ser para BRTs e metrô. Prefeitura pede R$ 1,1 bilhão também para BRTs. votado pela Câmara ainda em agosto A ministra do Planejamento, Miriam Belchior e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, receberam em 09.07, em Brasília, o governador do Ceará, Cid Gomes, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio para reunião sobre mobilidade urbana. Juntos, o governo do Ceará e a prefeitura de Fortaleza solicitaram R$ 2,9 bilhões. Esta foi a quinta reunião da série que os ministros fizeram para discutir e receber projetos de mobilidade urbana dentro da carteira de R$ 50 bilhões anunciada pela presidenta Dilma Rousseff para o setor. Até o momento, o total solicitado por estados e prefeituras que se reuniram com o governo federal para novas obras de mobilidade chega a R$ 36 bilhões. O governo federal já investe R$ 5,6 bilhões em mobilidade no Ceará. Segundo Miriam Belchior a proposta recebida nesta terça é objetiva e articulada. “Recebemos uma proposta bem articulada entre governo do estado e a prefeitura juntando modais mais complexos como o metrô e os BRTs, indo, inclusive, para a região metropolitana”, destacou a ministra. O governo do estado do Ceará solicitou R$ 1,8 bilhão em recursos para investir em novas linhas de ônibus com trechos exclusivos, os chamados Bus Rapid Transit (BRTs), e para ampliar em 36 km o metrô de Fortaleza.

O governo pretende também eletrificar a Linha Oeste, que vai de Caucaia a Pecém, e o Terminal de Parangaba até Mucuripe. “Ficou acertado que o estado concentraria suas propostas de novos investimentos em obras metroviárias, que são obras mais complexas. E a prefeitura concentraria sua demanda em relação ao governo federal em implantação de novas linhas de ônibus com trecho exclusivos”, afirmou o governador Cid Gomes. Já a prefeitura de Fortaleza deseja receber R$ 1,1 bilhão em recursos para investir em quatro novas linhas de BRTs. “Todos esses projetos vêm acompanhados de melhorias na malha viária, calçadas e canteiros centrais. Nesses quatros trechos, haverá ligações via BRS, que são faixas prioritárias de ônibus”, destacou o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Além dessas demandas, a prefeitura também solicitou recursos para aquisição de novos ônibus articulados e estendidos para operar nas linhas de BRT. O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, destacou a convicção de que as obras que estão previstas para a Copa do Mundo e as demais obras de mobilidade urbana estarão dentro do calendário previsto. “Temos aí um resultado extremamente positivo do ponto de vista do fortalecimento do transporte público de massa de qualidade”, disse o ministro.

Proposta, que busca agilizar decisões judiciais, foi aprovada em comissão especial em 17.07. Deputado diz que maior parte do texto não deve sofrer mudanças, mas prevê discussões sobre honorários advocatícios e audiências de conciliação em processos de reintegração de posse. A segunda quinzena de agosto é o período previsto para a votação, em Plenário, de um dos projetos mais complexos em tramitação na Câmara: o do novo Código de Processo Civil (CPC – PL 8046/10), que vai modificar as regras de julgamento de todas as ações que não sejam penais, o que inclui Direito de Família, Direito do Trabalho, Direito do Consumidor e ações de indenização, entre outras. A proposta foi aprovada em comissão especial e a negociação conduzida pelo presidente do colegiado, deputado Fabio Trad (PMDB-ES), levou a um acordo quase unânime em torno da maior parte do texto. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, se comprometeu com a votação em Plenário, que só depende de liberação da pauta por projetos como o do Código Mineral (PL 5807/13), que tem prioridade, mas deve ser adiado para outubro. A principal função do novo CPC é dar mais velocidade às decisões judiciais.

mkt.nacionalgás

Energia que faz parte da nossa vida.

Julho/13

16

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Ceará em Brasília


Mobilidade Urbana: obras no Ceará chegarão a R$ 6,4 bilhões; mais do que os R$ 2,9 bilhões solicitados

O Ceará está recebendo investimentos da ordem de R$ 6,4 milhões para obras de mobilidade urbana. Os números foram apresentados em 18.07, quando a Presidenta Dilma Rousseff e o governador Cid Gomes inauguraram as duas últimas estações da Linha Sul do Metrô de Fortaleza – Chico da Silva e José de Alencar. Durante a cerimônia, a Presidenta ratificou a decisão do Governo Federal em firmar parcerias com os governos estaduais para atuar e tornar disponíveis, cada dia mais, os direitos sociais da população. Ela destacou que o Ceará é um Estado que tem se tornado vitrine e parte disso deve-se a vontade política do Governador em querer fazer e a determinação em buscar soluções. Dilma, na ocasião, citou grandes projetos de mobilidade urbana que estão em execução no Ceará: quatro composições de trens elétricos; duas linhas do metrô; execução da Linha Leste; implantação de Veículo Leve sobre Trilhos; etc. Conforme a Presidenta, o Governo Federal tem disponibilizado R$ 89 bilhões em mobilidade urbana, com 192 obras, em cem cidades de médio e grande porte. “O problema dos brasileiros é um problema do Governo Federal”, destacou, ao se referir aos grandes desafios enfrentados para melhorar a qualidade de vida da população. O governador Cid Gomes fez questão de lembrar que acontecia ali um momento histórico. Segundo ele a entrega do Metrô de Fortaleza é “uma marca inapagável”, já que as obras haviam sido iniciadas há 16 anos. Com a inauguração, a Linha Sul chega, a partir de agora, a 24,1 quilômetros e conta com 18 estações. “Não tenho dúvidas que, muito em breve e com todos esses investimentos que Fortaleza está recebendo, nós vamos ter a maior malha metroviária per capta de todas as capitais”, anunciou. De acordo com o gestor estadual, a malha metroviária de Fortaleza alcançará 71 quilômetros, atrás apenas de São Paulo, que conta com 77 quilômetros. Cid também lembrou que apresentou, na última semana, à ministra do Planejamento Miriam Belchior, três projetos para o Pacto de Mobilidade Urbana, lançado pelo Governo Federal. Um deles propõe novos 36 km para a Linha Oeste do Metrô de Fortaleza, que atualmente é uma linha de trem a diesel e que teria, conforme a proposta apresentada, 21 km que passariam a ser de metrô eletrificado, com dedicação exclusiva, sem passagem de nível. O segundo, inclui a duplicação da Linha Oeste – que liga o Centro de Fortaleza a

Ceará em Brasília

Caucaia, e o terceiro, a ampliação dessa Linha até o Porto do Pecém (mais 54 km de extensão). Os três projetos somam R$ 1,8 bilhão. O ministro das Cidades, também presente ao evento, lembrou o abandono da Mobilidade Urbana nas últimas décadas e disse que o Governo Federal está executando o maior Programa de Mobilidade do mundo. Só o Pacto lançado recentemente receberá R$ 50 bilhões para investimentos. “isso só tem sido possível graças ao compromisso do Governo Federal e a parceria que tem sido construída com os Estados”, finalizou. Linha Sul A Linha Sul do Metrô de Fortaleza é uma obra construída com recursos dos Governos Federal e Estadual. Faz parte do sistema metroferroviário que está sendo implantado no Ceará, juntamente com a Linha Oeste, Linha Leste, Ramal VLT Parangaba-Mucuripe, Metrô do Cariri e Metrô de Sobral. Ela liga as Estações Carlito Benevides, em Pacatuba, e Central - Chico da Silva. Começou a ser construída em janeiro de 1999, mas somente a partir de 2007 houve um incremento no ritmo de execução das obras. O período de 2007 a 2012 foi responsável por mais de 58% de todos os investimentos na Linha Sul, que está orçada em R$ 1,5 bilhão. Além disso, nesse período, o Governo do Estado conseguiu garantir o investimento de R$ 35 milhões provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento PAC 2, do Governo Federal, para a construção das estações Padre Cícero e Juscelino Kubitschek. Linha Leste As obras da Linha Leste, que tem 12,4 km de extensão, deverão começar ainda no segundo semestre desse ano (2013). A linha terá as seguintes estações: Sé, Luíza Távora, Colégio Militar, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF, Cidade 2.000, Bárbara de Alencar, Centro de Eventos e Edson Queiroz. Além dessas, haverá integração com as linhas Oeste e Sul na estação central Chico da Silva, totalizando doze estações. Linha Oeste A Linha Oeste liga Fortaleza a Caucaia. Nesse trecho, que é hoje operado pelo sistema diesel, estão sendo realizadas atualmente melhorias na via permanente, no material rodante e nas estações. As obras da Linha Oeste como metrô, que serão feitas em uma etapa posterior, contemplarão 21 km; a execução de 14 estações metroviárias; a construção de viadutos para eliminação das passagens de nível; e a eletrificação da linha.

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

17

Julho/13


Página da Mulher

Um presente de vida a Mandela!

Regina Stella (*) Por força do ideal, nervos e músculos em oblação, as urnas onde escolheram, lado a lado com os brancos, Mandela...um verso, um poema. Um gemido. Um pensamento e coração em permanente vigília, Mandela com os mestiços, o seu presidente, Mandela. O revolulamento, um paroxismo de dor. Uma luta sem trégua atraiu todo anseio de liberdade e para ele se voltou cionário de ontem, o ativista, o relegado, o recluso, o contra a injustiça e a discriminação. Um homem pro- como a um ponto de referência, a África injustiçada, prisioneiro. Findava-se a servidão, sepultado o apartheid. Um presente de vida a Mandela! clamando um ideal. Um herói defendendo sua raça, a África sangrenta, a África massacrada. E ninguém, Sobre-humana tarefa para um novo presidente, num Regina Stella (*) Por força do ideal, nervos e músculos em oblação, as urnas onde escolheram, a lado com os entre brancos, seu povo, o direito de ser alguém.Um negro. por maisUm ódiopresente ou rancor, ousava tocá-lo, como se nele chão minado de ódios lado e ressentimentos, os brande vida a Mandela! pensamento e coração em permanente vigília, Mandela com os mestiços, o seu presidente, Mandela. O Por incitar a luta e se revoltar contra o governo vivesse, como uma dádiva dos céus e uma eleição a cos que defendiam as antigas regalias e arevoluexpectativa Mandela...um Reginaverso, Stellaum (*)poema.Um gemido. Um la- atraiu todo e parae ele se voltou de onde ontem, o ativista,lado o relegado, recluso, o Poranseio forçade doliberdade ideal, nervos músculos emcomo oblação,cionário as urnas a lado com os brancos, branco, tirano e cruel, Mandela deixou de existir, própria alma da negritude. dos negros, àescolheram, espera imediata de umo milagre, ante a mento, um paroxismo de dor. Uma luta sem trégua contra a um ponto pensamento e coração em permanente vigília, Mandelaprisioneiro. com os mestiços, o seu presidente, Mandela. O revolude referência, a África injustiçada, a África Findava-se a servidão, sepultado o apartheid. oficialmente, proibido de escrever seu nome, publicar no cárcere, dezoito anos de trabalhos promessa de conseguir “uma vida melhor para todos”, verso, umhomem poema.Um gemido. Umsangrenta, la-Envelhecendo atraiuatodo anseio de liberdade e para ele se voltou como cionário de ontem, o ativista, o relegado, o recluso, a injustiça eMandela...um a discriminação. Um proclamando África massacrada. E ninguém, por mais Sobre-humana tarefa para um novo presidente, numo suaum foto nos jornais, amordaçadas asraça, suas palavras, forçados, tentaram suborná-lo, oferecendo-lhe aa libercomo propalava, a sepultado campanha de Mandela. mento, um paroxismo de dor. luta sem trégua a um pontoousava de referência, África injustiçada, Áfricachão prisioneiro. aslogan, servidão, o apartheid. ideal. Um herói defendendo suaUma seu povo, o contra ódio ou rancor, tocá-lo,a como se nele vivesse, minado deFindava-se ódios eem ressentimentos, entre os brancos algemados os pulsos. Mas não sufocado o ideal. dade em troca de uma declaração: renunciar a violênPerfilava-se o mundo frente a África Negra do Sul, a injustiça e a discriminação. Um homem proclamando sangrenta, a África massacrada. E ninguém, por mais Sobre-humana tarefa para um novo presidente, num direito de ser alguém.Um negro. como uma dádiva dos céus e uma eleição a própria alma que defendiam as antigas regalias e a expectativa dos um ideal. herói defendendo sua raça, seu ódiogigantesco ou rancor, Não ousava tocá-lo, como se nele inteiro vivesse,negros, chão de ódios ederessentimentos, entre os brancos Quase trinta reclusão pagou o líder, pelapovo, cia.onegritude. Um sensibilizou o mundo no seu heróico esforço demilagre, manter-se viva. E de pé. Por incitar aanos luta Um e de se revoltar contra o governo branco, da àminado espera imediata um ante a promessa direito deuma ser alguém.Um como uma dádiva dos céus e umaanos eleição própria mas almade conseguir queDiante defendiam as antigas regalias e a expectativa dos ousadia iniciar revolta o apartheid. E pela firmeza de propósitos! Abdicava da liberdade, de Mandela, emocionada, a humanidade tirano de e cruel, Mandela deixou contra denegro. existir, oficialmente, Envelhecendo no cárcere, dezoito de atrabalhos “uma vida melhor para todos”, como proincitar e se revoltar contra da negritude. negros, esperao imediata um milagre, ante a promessa proibido dePor escrever nome, publicar suao governo foto nos perdeu o contato comaseu olutamundo, numa tentativa vãbranco, não recuava, repetindo, obstinado que a suaa liberdalibertaçãopalava, reverenciava seu idealdede liberdade finalmente aceito. forçados, tentaram suborná-lo, oferecendo-lhe em àslogan, a campanha de Mandela. tirano e cruel, as Mandela deixou dealgemados existir, oficialmente, Envelhecendo no cárcere,renunciar anos de trabalhos deNo conseguir vida melhor para todos”,do como proamordaçadas suas palavras, os de em troca de uma declaração: a violência. o “uma mundo frente a que África Negra Sul, no dosjornais, brancos de fazê-lo esquecido e sepultado entre se associava irremediavelmente àdezoito libertação dos negros Perfilava-se lusco-fusco do dia começava, madrugada proibido de escrever seu nome, publicar sua foto Um nos gigantesco forçados, tentaram suborná-lo,o oferecendo-lhe apela liberda-seu palava, em slogan, campanha viva. de Mandela. Mas nãodesufocado o ideal. Não mundo inteiro heróicono esforço deamanter-se de pé. os pulsos. altos muros uma prisão perpétua.Apagado, sul-africanos. E aosensibilizou aparecer como cidadão livre, ao ainda, meuo jardim brotou umaErosa jornais, amordaçadas as suas palavras, algemados os de em troca de uma declaração: renunciar a violência. Perfilava-se mundo frente a África Negravermelha. do Sul,reno Um Quase trinta anos de reclusão pagou o alíder, pela ou- firmeza deprisão, propósitos! Abdicava da liberdade, mas não Diante de de Mandela, emocionada, a humanidade amordaçado, num protesto silencioso, sua mudez deixar a então um velho de cabelos brancos, presente vida a Mandela! pulsos. Mas não sufocado o ideal. Um gigantesco Não sensibilizou o mundo inteiro pela seu heróico esforço de manter-se viva. E de pé. sadia deainiciar umade revolta contraguerra, o apartheid. E perdeu magro, repetindo, obstinado quea humanidade a sua libertaçãomas se nãoverenciava o seu idealnademinha liberdade finalmente aceito. re- o equivalia milhões gritos de rebelião, alquebrado, comovida Hoje, homenagem reverenciando Quase trinta anos dedereclusão pagou o líder, pelarecuava, ou- firmeza de propósitos! Abdicava da liberdade,chorou, Diantepersisto de Mandela, emocionada, a humanidade o contato com o mundo, numa tentativa vã dos brancos associava irremediavelmente à libertação dos negros sulNo lusco-fusco do dia que começava, madrugada ecoando pelos deuma sua revolta terra natal, ante arecuava, força inquebrantável dos 75 delibertação Mandela!se herói. E, deopensamento coração,finalmente a ele ofereço milhares sadiarincões de iniciar contraultrapassando o apartheid. E perdeu repetindo, obstinado queanos a sua verenciava seu ideal de eliberdade aceito. de fazê-lo esquecido entretentativa os altosvãmuros -africanos. E ao aparecer como cidadão livre,dos ao negros deixar no lusco-fusco meu jardim do brotou umacomeçava, rosadevermelha. Um o contato comeosepultado mundo, numa dos brancos associava irremediavelmente àe libertação sul-ainda, No dia presente que madrugada fronteiras, se alardeando, se multiplicando, chegando Vencendo séculos de opróbrio humilhações, pela pride rosas vermelhas. Um vida a Mandela! de uma prisão perpétua.Apagado, amordaçado, num muros a prisão, então um de cabelos brancos, magro, presente denovida Mandela! de esquecido e sepultado entre os altos E aovelho aparecer como cidadão livre, ao deixar ainda, meuaStella jardim brotou uma rosa vermelha. Um aosprotesto confinssilencioso, dofazê-lo mundo. meira -africanos. vez oscomovida negros sul-africanos encaminharam para Hoje, (*)persisto Regina (Fortaleza), e escritora a sua mudez equivalia a milhões de alquebrado, a humanidadesechorou, ante a força na minha homenagemjornalista reverenciando o

Página da Mulher Página da Mulher

de uma prisão perpétua.Apagado, amordaçado, num a prisão, então um velho de cabelos brancos, magro, presente de vida a Mandela! gritos deprotesto guerra, silencioso, de rebelião,a sua ecoando rincões de inquebrantável dos 75 anos ade Mandela! chorou, ante a forçaherói. E, de pensamento e coração, a ele ofereço milhareso mudezpelos equivalia a milhões de alquebrado, comovida humanidade Hoje, persisto na minha homenagem reverenciando sua terra gritos natal, de ultrapassando fronteiras, se alardeando, séculos de humilhações, Um presente de avida a Mandela! guerra, de rebelião, ecoando pelos rincões deVencendo inquebrantável dosopróbrio 75 anosede Mandela! pela pri- de rosas herói.vermelhas. E, de pensamento e coração, ele ofereço milhares seBar multiplicando, chegando aos confins do mundo. meira vezVencendo osSul negrosséculos sul-africanos se encaminharam Regina Stella (Fortaleza), jornalista escritora suaCunhados terra natal, ultrapassando fronteiras, se alardeando, de opróbrio e humilhações,para pela pri- (*) de Libanus rosas vermelhas. Um presente de vida ea Mandela! dos Beirute multiplicando, aos confins meira vez osFrancisco negros sul-africanos encaminharam para (*) Regina Stella (Fortaleza), e escritora Dono, se maitre, garçon,chegando cozinheiros todos do demundo. HiProprietário Narciso Martinsjornalista (Ipu) - SCLS 206, Bloco Proprietário Martins se(Ipu) - SCLS109 Roteiro da Culinária Cearense em Brasília drolândia - CLN 115 BL B lj 21 - Asa Norte - 70772-520 “C”,loja 36 – Asa Sul / 3244-9795 Bloco”A” Loja 2/4 – Asa Sul /3244-1717 Roteiro da Culinária Cearense em Brasília TelBar (61)dos 3274-7805 Cunhados Beirute SulNorte Libanus Moranguim Beirute Dono, maitre, garçon, cozinheiros todos de Hidrolândia Proprietário Francisco Martins (Ipu) - SCLS109 Bloco”A” Bar dos Beirute Sul Proprietário Libanus Narciso Martins (Ipu) - SCLS 206, Bloco Coco Bambu – Cunhados Frutos do Mar Chefe de Cozinha Francisco da Silva (Icó) - SHIN QI2, Maitre Bartolomeu Martins (Brasília) garçon, cozinheiros todos-Tel de Hidrolândia Francisco Martins (Ipu) - SCLS109 Bloco”A”“C”,loja Proprietário Martins (Ipu) - SCLS 206, Bloco - Gerente CLN 115Dono, BL B maitre, ljEilsonStudart 21 - Asa Norte - 70772-520 (61) Loja 2/4Proprietário – Asa Sul /3244-1717 36 – AsaNarciso Sul / 3244-9795 Geral (Fortaleza) SCES Área Especial, Quiosque 14., Lago Norte - 2194-7641 Em Fred CLN 115 BL B lj 21 Asa Norte 70772-520 Tel (61) Loja 2/4 – Asa Sul /3244-1717 “C”,loja 36 – Asa Sul / 3244-9795 3274-7805. Beirute Norte Moranguim Trecho 02, Conjunto 36, Parte CÍcone Parque/ 702003274-7805. Beirute NorteMartins frente loja do Pão de Açucar. Moranguim SCLS 405 Bloco “B” Loja 10 – Asa Sul/ 3443-1450 Chefe – Frutos do Mar Maitre Bartolomeu (Brasília) deaCozinha Francisco da Silva (Icó) - SHIN QI2, 002Coco - TelBambu 3224-5585 Coco EilsonStudart Bambu – Frutos do Mar - SCES Trecho Maitre Beira Bartolomeu Martins (Brasília) Chefe deGraça Cozinha Francisco daNorte Silva -(Icó) - SHIN Em QI2, Gerente Geral (Fortaleza) Fred Área Especial, Quiosque 14., Lago 2194-7641 Dona Galeteria Lago Brasília Gerente Shopping GeralCÍcone EilsonStudart - SCES Fred Área Especial, Quiosque 14., Lago Norte - 2194-7641 Em 02, Conjunto 36, Parte Parque/(Fortaleza) 70200-002 - TelTrecho SCLS 405 BlocoJoão “B” Loja 10 – Asa Sul/ (Ipueiras) 3443-1450 SCESfrente a loja do Pão de Açucar. Maitre – CarlosAngelo Veras (Viçosa do Ceará) Proprietário Miranda Lima SCN Qd02,05Conjunto BL. A, 36, 70715-900 - TelParque/ 3038.1818 Parte CÍcone 70200-002 - Tel SCLS 405 Lago Bloco “B” Loja 10 – Asa Sul/ 3443-1450 frente a loja do Pão de Açucar. 3224-5585 Galeteria Beira Dona Graça Acampamento Pacheco Fernandes Rua 07 casa15 Vila Trecho. 02 conjunto 33, ao lado do PIER 21 3223-7700 Baby Beef Rubaiyat Brasília Galeteria Lago Dona Graça Brasília3224-5585 Shopping Proprietário JoãoBeira Miranda Lima (Ipueiras) SCES Trecho. Maitre – CarlosAngelo Veras (Viçosa do Ceará) - AcamPlanaltoTel 3032-1062 - 70804-270 e Picanha SCES – 05 Setor Clubes Esportivos Sul, Trecho 1, 02 Carneiro Brasília Shopping Proprietário Joãodo Miranda Lima (Ipueiras) SCES Trecho.pamento Maitre – CarlosAngelo (Viçosa Ceará) - AcamSCN Qd BL.de A, 70715-900 - Tel 3038.1818 conjunto 33, ao lado PIER 21 - 3223-7700 Pacheco Fernandes Veras Rua 07 casa15do Vila PlanaltoTel Qd 0561. BL. A, 70715-900 - Tel 3038.1818 02 conjunto 33,Boto ao lado do PIER(Reriutaba) 21 - 3223-7700 pamento Fernandes Rua 07 casa15 Vila PlanaltoTel loteBaby 1A - Beef AsaSCN Sul - Tel 3443-5000 Horários: segunda Taperas Restaurante Maitre Zequiha Ordonez Francisco3032-1062 Rubaiyat - Brasília Carneiro e Picanha -Pacheco 70804-270 Baby Beef Rubaiyat - Brasília Carneiro e Boto Picanha 3032-1062 a sábado, 12h à 0h30 / domingo, almoço, das1 das Maitre –- 70804-270 Francisco Tadeu de Oliveira (Iguatu) SobreChagas (Sobral), cozinheiro William Chaves (Pedra Taperas SCES – das Setor de Clubes Esportivos Sul,sóTrecho 1, lote Maitre Zequiha Ordonez e(Reriutaba) Francisco Restaurante SCES – Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 1, lote 1 Maitre Zequiha Boto Ordonez (Reriutaba) Francisco Taperas Restaurante 12h 18h. A -às Asa Sul Tel 61. 3443-5000 das Chagas (Sobral), cozinheiro e William Chaves (Pedra Maitre – Francisco Tadeu de Oliveira (Iguatu) Sobreloja do Garvey Palace Hotel Tel 3328-4265 Branca), SCLN 216 bloco “D”, lojasChaves 34/46 -(Pedra Asa loja A - Asa Sul - Tel 61. 3443-5000 das garçon. Chagas (Sobral), cozinheiro e William Maitre – Francisco Tadeu de Oliveira (Iguatu) Sobreloja Bela Cintra Horários: segunda a sábado, das 12h à 0h30 / domingo, Branca), garçon. SCLN 216 bloco “D”, lojas 34/46 Asa do Garvey Palace Hotel Tel 3328-4265 Verde Perto Norte Tel 3340-9900 Horários: segunda a sábado, das 12h à 0h30 / domingo, Branca), garçon. SCLN 216 bloco “D”, lojas 34/46 - Asa do Garvey Palace Hotel Tel 3328-4265 sóMaitre almoço, das 12h às Tel 3340-9900 Verde Perto Luciano Rodrigues (São Benedito) Chefe Norte só almoço, das18h. 12h às 18h. Norte Tel 3340-9900 Verde Perto Carlos Pontes (Nova Russas) - EPTG Proprietário Filé Bela Cintra KiKi Filé Proprietário Carlos Pontes (Nova Russas) - EPTG Chácara deCozinha -Bela Francisco Cintra Alves (Acaraú) - SHCS Quadra Ki Filé Proprietário Carlos Pontes (Nova Russas) - EPTG Chácara Chácara 56 sentido Taguatinga-Guará (ao lado do Posto Maitre – Roberto Cavalcante (Maitre) , Chefe de CoMaitre Rodrigues (São Benedito) Chefe de Maitre – Roberto Cavalcante (Maitre) , Chefe de Cozinha, 56 sentido Taguatinga-Guará (ao lado do Posto de 105, BlocoLuciano D Conjunto 35 0 Asa Sul/ Tel 3242-4005 Maitre Luciano Rodrigues (São Benedito) Chefe de Maitre – Roberto Cavalcante (Maitre) , Chefe de Cozinha, 56 sentido Taguatinga-Guará (ao lado do Posto dePolícia) Polícia) de Polícia) 3567-8217 zinha, Raimundo Cavalcante (Sobral) 405 Norte, bloco Cozinha -Cozinha Francisco Alves (Acaraú) SHCS Quadra 105, RaimundoCavalcante (Sobral) 405 Norte, bloco A lojas 3567-8217 - Francisco Alves (Acaraú) - SHCS Quadra 105, RaimundoCavalcante (Sobral) 405 Norte, bloco A - lojas 3567-8217 Bloco D Conjunto 35 0 Asa35 Sul/ TelSul/ 3242-4005 55/65/69 -55/65/69 (61) -3274-6363 A - lojas (61) 3274-6363 Bloco D Conjunto 0 Asa Tel 3242-4005 55/65/69 (61)- 3274-6363

Roteiro da Culinária Cearense em Brasília

Consumo de cocaína no Brasil dobrou em seis anos, dizdiz ONU Consumo de cocaína no Brasil dobrou em seis anos, diz ONU Consumo de cocaína no Brasil dobrou em seis anos, ONU mente por jovens de centros urbanos, comocomo também à maior Na contramão do Brasil, dessas novas substâncias. mente por jovens de centros urbanos, também à maiorgimento Na contramão do Brasil, gimento dessas novas substâncias.

Foto: AP

Foto: AP

Foto: AP

por jovens de centros urbanos, como também maior dispoNa contramão do Brasil, Amétambém avançaram naAmérica América Latina, apesar de América disponibilidade da droga ao aumento do tráfico doe Norte e Europa “As NSP também avançaram Latina, apesar América disponibilidade da droga ligadaligada ao aumento doà tráfico via via “As“As do Norte Europa NSPNSP também avançaram nana América Latina, apesar ricaviram nibilidade daCone droga ligada ao aumento do tráfico os países do Norte e no Europa viram nessa região ser aoao registrado na América viram os países do Sul”, Cone Sul”, disse à assessoria devia imprensa redução no consumo de o consumo nessa região ser inferior aoregistrado registrado os países do disse à assessoria de imprensa da dade odeconsumo redução consumo de consumo nessa região serinferior inferior nana cocaína. de cocaína. UNODC à Brasil. BBC Brasil. América do ou Europa”, o relatório. redução do Cone Sul”, à assessoria de imprensa da UNODC àAmérica no consumo do Norte ouNorte naou Europa”, afirma oafirma relatório. cocaína. UNODC à BBCdisse do Norte na na Europa”, afirma o relatório. dos ‘euforizantes’ O de cocaína doAs NSP NSP identificadas Latina incluem quedos ‘euforizantes’ O consumo de cocaína doAs NSP identificadas na na América Latina incluem a aqueBBC Brasil. PerigoPerigo O consumo deconsumo cocaína dobrou As identificadas naAmérica América Latina incluem a quetaO relatório sobre drogas node Brasil node prazo de tamina (anestésico para animais) e substâncias àbase base de OPerigo relatório drogas Brasil no prazo tamina (anestésico para animais) substâncias no brou dossobre ‘euforizantes’ Brasilno nobrou prazo seis anos, mina (anestésico para animais) e substâncias ààbase dedeplantas, seis também revela que o número anos, enquanto em outras plantas, como a Salvia Divinorum (ou “erva divina”, uma seis também revela que o número anos, enquanto em outras plantas, como a Salvia Divinorum (ou “erva divina”, uma enquanto em O relatório sobre drogas também outras partesodo como a de Salvia Divinorum (ou “erva divina”, uma espécie de de Novas Substâncias Psicodo omundo uso dessa espécie sálvia provoca efeitos alucinógenos, proibida partes de Novas dopartes mundo uso dessa espécie deque sálvia queque provoca alucinógenos, proibida mundo revela que Substâncias o número de PsicoNovaslegalSubso uso dessa substância está caindo, afirma o Relatório sálvia provoca efeitosefeitos alucinógenos, proibida no Brasil substância ativas (NSP), vendidas está caindo, afirma o Relatório Mundial sobre no Brasil no ano passado). substância ativas (NSP), vendidas legalestá caindo, afirma o Relatório Mundial sobre tâncias no Brasil no ano passado). Mundial Psicoativas (NSP), vendidas sobre Drogas 2013 do Escritório das Nações Unidas no ano passado). Drogas como “euforizantes”, 2013 do Escritório das Unidas Nações sobre UnidasDrogas sobre Drogas Os Estados Unidos o país que reúne o maiornúmenúmeDrogas mente mente comocomo “euforizantes”, 2013 do Escritório das Nações Os Estados Unidos sãosão osão país que reúne o maior sobre legalmente Drogas eCrimes Crimes (UNODC). Os Estados Unidos o país que reúne o maiormais número aumentou em“euforizantes”, mais de 50% (UNODC), divulgado nesta quarta-feira. roNSP: de NSP: foram identificadas ano passado, e Crimes e(UNODC), aumentou em mais de 50% divulgado nesta quarta-feira. ro de 158158 foram identificadas nono ano passado, mais dois meio e Segundoda agência daconsumo o consumo de cocaína no em apenas doNSP: que o158 dobro do registrado na União Europeia, onde do aumentou deeanos 50% Segundo a agência ONU, de no de foram identificadas no ano passado,onde mais em apenas em doismais anos meioe em e apeSegundo a agênciaa da ONU,o o ONU, consumo decocaína cocaína no do que o dobro do registrado na União Europeia, oo que Brasil“substancialmente” se anos tornoue um “problema alarmante”. aumentou “substancialmente” e1,75% atingiuda 1,75% danas po- dois consumo se registrado concentra na Grã-Bretanha, Polônia, França, Brasil meio e se tornou um “problema alarmante”. aumentou e atingiu poo dobro do na União Europeia, onde o consumo Brasil aumentou um “problema alarmante”. “substancialmente” e atingiu 1,75% da po-0,7%sedatornou Número se concentra na Grã-Bretanha, Polônia, França, pulação de drogas sintéticas “euforizantes” classificadasconsumo com idade entre 15 e 64 anos em 2011 -0,7%. ante Alemanha e Espanha. pulação Númerode dedrogas drogas sintéticas “euforizantes” classificadas com idade entre 1515e e64 anos 2011 antes se concentra na Grã-Bretanha, Polônia, França, Alemanha pulação Número sintéticas “euforizantes” classificadas com idade entre 64 anosem empara 2011a cocaína, -- ante 0,7% da Alemanha e Espanha. cresceu 50%. Foto: AP Os dois principais mercados a América do De acordo com a agência da ONU, as NSP, vendidas O totalAP dessas Novas Substâncias Psicoativas (ou e Espanha. Os Os dois principais mercados para aaAmérica do cresceu cresceu 50%. 50%. Foto: dois principais mercados paraa acocaína, cocaína, América acordo com agência da ONU, as controle, NSP, vendidas Norte O total dessas Novas Substâncias Psicoativas (ou Novos De e a Europa, registraram uma diminuição nodo consumo livremente e queanão sofreram testes de “podem Norte Produtos deSíntese) Síntese) passou de de 2009 e aeEuropa, registraram diminuição no acordo com a agência daasONU, astradicionais”. NSP, vendidas liNorte dessasdeNovas Substâncias (ou a da Europa, registraram diminuição noconsumo consumo e que sofreram testes de controle, “podem Produtos passou dePsicoativas 166166 no no finalfinal deNovos 2009 paralivremente droga entre 2010uma euma 2011, diz o relatório. A redução éNovos deO total serDe muito maisnão perigosas do que drogas da droga para 251 em meados de 2012, ultrapassando pela primeira entre 2010 e 2011, diz o relatório. A redução é de vremente e que não sofreram testes de controle, “podem ser da droga entre Produtos de ultrapassando 166 no final de 2009 para vezser muito 2010percentual e 2011, diz o relatório. maislegais perigosas do que as drogas tradicionais”. 0,1 ponto 251deemSíntese) meadospassou de 2012, pela primeira nessas regiões.A redução é Drogas 251 em meados de 2012, ultrapassando pela primeira vez ponto percentual nessas regiões. Drogas legais 0,10,1 vez o número de substâncias sob controle internacional, que ponto percentual nessas regiões. muito mais perigosas do que as drogas tradicionais”. Na América do Sul o uso de cocaína, que atinge 1,3% o número de substâncias sob controle internacional, que é “O uso indevido de sedativos e tranquilizantes é particunúmero de substâncias sob controle internacional, que é América ouso usodedecocaína, cocaína,ou que atinge 1,3% “O uso indevido de sedativos e tranquilizantes é particude 234. NaNa América dodo SulSulo também que 1,3% Drogas legais da população, de 234. diminuiu seatinge manteve estáveléoem larmente preocupante” da população, também diminuiu ousesemanteve manteveestável estável em em de 234. preocupante” muitos Essas novas “drogas de síntese” “euforizanteslegais”, legais”,larmente países, afirma aou UNODC. Alerta dade UNODC da população, Essas novas “drogas de síntese” ou ou “euforizantes também diminuiu “O usorelatório indevido sedativos e tranquilizantes é particumuitos novas “drogas de síntese” ou “euforizantes legais”,em países, afirma a UNODC. relatório da UNODC vendidos geralmente pela internet, “estão proliferando em Alerta Mas noa Brasil “houve um aumento substancial que “Elas são vendidos como euforizantes legais, termo que éEssas muitos vendidos geralmente pela internet, “estão se se proliferando países, afirma UNODC. larmente preocupante” vendidos pela internet, sedesafios proliferando Mas no Brasil “houve um substancial que sãosubentender vendidos euforizantes legais, termomas que a é um óbvio umgeralmente ritmo sem precedentes e “estão criando jamaisem vistos “Elas o suficiente paraaumento refletir-se na taxa prevalência permite que seu consumo não é nocivo, ritmo sem precedentes e criando desafios jamais vistos Mas no Brasil “houve um aumento substancial que édeóbvio Alerta relatóriocomo da UNODC regional em em sem termos de saúde pública”, diz a UNODC. 2011”, afirma anaONU. óbvio o para um ritmo precedentes e criando desafios jamais vistos apermite realidade é diferente”, diz consumo o estudo. não é nocivo, mas a suficiente para refletir-se taxa de regional prevalência subentender que seu o suficiente em termos de saúde pública”, diz a UNODC. Segundo refletir-se na taxa de prevalência em “Elas são vendidos como euforizantes legais, termo que agência dadiz ONU, países em quase todas asrealidade no Brasil pode ser atribuído em parte Daniela Fernandes, Paris para a BBC Brasil, Atuaregional em “Esse em termosSegundo de saúdea pública”, a UNODC. 2011”,crescimento afirma a ONU. é diferente”, diz De o estudo. 2011”,“Esse agência da ONU, países em quase todas as regiões do mundo, afirma a ONU. permite subentender que seu consumo não é nocivo, mas a ao aumento da regiõesa do mundo, o Brasil, o sur- Daniela uso da cocaína especial-Segundo lizado em 26 de junho, agência daincluindo ONU, países em identificaram quase todas as crescimento no preferência Brasil podepelo ser atribuído em parte Fernandes, De 2013 Paris para a BBC Brasil, AtuaBrasil, incluindo identificaram o surgimento dessas novaslizado “Esse crescimento no Brasilpelo pode serdaatribuído parte incluindo realidade diferente”, diz o estudo. ao aumento regiões doomundo, o Brasil, identificaram o surda preferência uso cocaína em especialem 26éde junho, 2013 ao aumento da preferência pelo uso da cocaína especialmente substâncias. Daniela Fernandes, De Paris para a BBC Brasil. Julho/13

Julho/13

Julho/13

18

18

18

veja os sites do projeto Brasília 50 anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook veja os sites do projeto Brasília 50 anoswww.facebook.com/casadoceara do Ceará: veja os sites do projeto anos do Ceará: www.brasilia50anosdeceara.com.br e no Brasília facebook50 www.facebook.com/casadoceara

www.brasilia50anosdeceara.com.br e no facebook www.facebook.com/casadoceara

Ceará em Brasília Ceará em Brasília

Ceará em Brasília


Humor Negro e Branco Humor

Como fazer uma mulher muito feliz. A história começa assim...

No mais alto pico do Tibet vive o homem mais sábio do mundo. Certa vez um rapaz foi à sua procura e perguntou-lhe: - Mestre dos mestres! Qual o caminho mais curto e seguro para o coração de uma mulher? O mestre respondeu-lhe: - Não há caminho seguro para o coração de uma mulher, filho. Só trilhas à beira de penhascos e caminhos sem mapas, cheios de pedras e serpentes venenosas... - Mas, então, mestre... O que devo fazer para conquistar o coração da minha amada? Então lhe disse o grande guru: - Fazer uma mulher feliz é fácil... Só é necessário ser: 1) Amigo, 2) Companheiro, 3) Amante, 4) Irmão, 5) Pai, 6) Chefe, 7) Educador, 8) Cozinheiro, 9) Mecânico, 10) Encanador, 11) Decorador de Interiores, 12) Estilista,13) Eletricista, 14) Sexólogo, 15) Ginecologista, 16) Psicólogo, 17) Psiquiatra, 18) Terapeuta,19) Audaz, 20) Simpático, 21) Esportista, 22) Carinhoso, 23) Atento, 24) Cavalheiro, 25) Inteligente, 26) Imaginativo, 27) Criativo, 28) Doce, 29) Forte, 30) Compreensivo, 31) Tolerante, 32) Prudente, 33) Ambicioso, 34) Capaz, 35) Valente, 36) Decidido, 37) Confiável, 38) Respeitador, 39) Apaixonado, 40) E de preferência, RICO! - Não cuspa no chão; - Não coce o saco na frente dela; - Não arrote alto. Aliás, não arrote; - Dê flores e muitos... mas muitos presentes; - Corte e limpe as unhas... Não coma as unhas; - Não peide sob o cobertor. Aliás, não peide; - Levante a tampa do vaso antes de urinar. - Deixe ela ter ciúme de você, ela pode; - Use desodorante (Que preste); - Dê sempre descarga; - Não fale palavrão; - Não seja engraçadinho com os outros; - Não fale mal da mãe dela. Aliás, ame a mãe dela; - Não tenha ciúme dela; - Não fique barrigudo. Aliás, não engorde; - Não demore no banho; - Não chegue tarde em casa; - Saia para trabalhar e volte correndo; - Não beba até tarde com amigos. Aliás, não tenha amigos; - Não seja pão-duro. Use pelo menos 2 cartões de crédito; - Não diga que mulher não sabe dirigir; - Não olhe para outras mulheres... Aliás, não existem outras mulheres; - Aprenda a cozinhar; - Diga ‘Eu Te Amo’ pelo menos 05 vezes por dia; - Lave a louça; - Ligue para ela, de qualquer lugar; - Deixe ela conversar durante horas ao telefone; - Não ronque; - Não seja fanático por futebol; - Faça a barba todos os dias para não arranha-la; - Nunca reclame de nada; - Repare quando ela cortar o cabelo, mesmo que seja apenas as pontinhas, e diga sempre que ficou indo... E é muito importante ainda não esquecer as datas do seu: Aniversário, noivado, casamento, formatura, menstruação, data do primeiro beijo; Aniversário da mãe, tia, irmão ou irmã mais querida; Aniversário dos avós, da melhor amiga... E do cachorro! Infelizmente, o cumprimento de todas estas instruções não garante 100% da felicidade dela, porque ela pode sentir-se presa a uma vida de sufocante perfeição e fugir com o primeiro que encontre! - E o mais importante, meu rapaz... Ei, espere... Volte aqui... NÃO, NÃO PULE!

Ceará em Brasília

História

Fortaleza nos últimos 31 anos. Desde 1982, quando o Caderno Gente começou a ser veiculado, a capital cearense passou por várias mudanças

A

Fortaleza de 1982 já estava um tanto desfigurada, se olharmos para o início do Século XX. Mas, vários tipos de mudanças ainda viriam. Logo em janeiro, incendeia-se a loja Jean´s Store, no Centro. Inaugura-se o Shopping Center Iguatemi. No mesmo ano, acontece o maior desastre aéreo do País, na serra da Aratanha, onde morrem dezenas de personalidades importantes, entre elas o industrial Edson Queiroz; O bairro Água Fria passa a denominar-se Edson Queiroz; a famosa Padaria Lisbonense, na Rua Pedro Borges, fecha de vez suas portas. É inaugurado o edifício do BNB. Em 1991, a Praça do Ferreira é recuperada pelo prefeito Juraci Magalhães, através do projeto dos arquitetos Fausto Nilo e Delberg Ponce de Leon. Em 1983, é inaugurada a Praça Murilo Borges, ao lado do prédio do BNB. Já em 1984, é demolido o prédio da Fênix Caixeiral, construído em 1914, na Praça José de Alencar, para construção de lojas comerciais. Em 1985, sob os protestos da imprensa, é derrubada a Casa de Rodolfo Theophilo, na Avenida da Universidade. É eleita a primeira mulher para o cargo de prefeita da cidade, Maria Luiza Fontenele, que assume no ano seguinte. Inaugura-se, no Passaré, a sede administrativa do Banco do Nordeste do Brasil. Em 1986, é fundado o Instituto de Prevenção à Desnutrição e à Excepcionalidade - Iprede. Em 1987, fecha de vez o Excelsior Hotel, com mais de cinquenta anos de atividades, na Praça do Ferreira. Em 1988, são inaugurados os edifícios da firma C. Rolim no cruzamento da Avenida Sena Madureira com a Rua Pedro Borges; também, próximo ao mesmo cruzamento, começa a funcionar o prédio da Caixa Econômica Federal. Em 1991, a praça do Ferreira, que havia sido destruída na gestão do prefeito José Walter, é recuperada pelo prefeito Juraci Magalhães, através do projeto dos arquitetos Fausto Nilo e Delberg Ponce de Leon. Em 1992, fecha o Lord Hotel, na Praça José de Alencar, construído ha 37 anos; É inaugurado o viaduto da Avenida Engenheiro Santana Júnior sobre a Avenida Santos Dumont. Em 1993, o conhecido restaurante Cirandinha, na Praia de Iracema, é demolido. A Itapuca Vila, que fora residência da Alfredo Salgado, na Rua Guilherme Rocha, que vinha se deteriorando, ano a ano, é demolida definitivamente. É inaugurado o terminal rodoviário de Parangaba nº 1. O viaduto da Avenida Perimetral sobre a Avenida Bezerra de Menezes é concluído. Inaugura-se o novo Instituto Dr. José Frota. A Itapuca Vila, bangalô em estilo indiano, foi a residência de Alfredo Salgado, na Rua Guilherme Rocha, entre as ruas Princesa Isabel e Teresa Cristina. Foi abandonada após a morte do proprietário, em 1946 e demolida em 1993 Em 1994, inaugura-se a armação de madeira sobre a Ponte dos Ingleses, na Praia de Iracema. Em 1995, é aberto o Macro Atacadista, na BR 116. Também é aberta a Capela de Santa Edwirges, na Avenida Leste Oeste. Em 1996, a

Praia de Iracema ganha um de seus monumentos, a estátua Iracema Guardiã. Em 1997, é inaugurada a Ponte José Martins Rodrigues sobre o Rio Ceará, que liga a Praia de Iparana, em Caucaia, à Barra do Ceará, em Fortaleza. Inaugurado o Shopping Diogo, no antigo Edifício Diogo. Em 1998, começa a funcionar - mesmo antes da inauguração - o novo Fórum Clóvis Bevilaqua, na Água Fria; Inaugurada a nova área do Aeroporto Pinto Martins, na Avenida Senador Carlos Jereissati. É aberta, na Avenida Tristão Gonçalves, a Catedral da Fé, da Igreja Universal do Reino de Deus. Inaugura-se o Hospital Regional da Unimed, na Avenida Visconde do Rio Branco, bairro Joaquim Távora. Abre-se o Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Praia de Iracema. Em 1999, é demolido o prédio que abrigava a Fábrica Siqueira Gurgel, na Avenida José Bastos, hoje José Jatahy, esquina com Avenida Bezerra de Menezes. Inaugura-se o Shopping Benfica, no cruzamento das avenidas 13 de Maio e Carapinima. Inaugura-se, em 2000, o Centro de Referência do Professor, no prédio em que esteve o Mercado Central de Fortaleza; No mesmo ano, o Shopping Aldeota Open Mall começa a funcionar na Praça Portugal. Em 2004, é inaugurada, em Messejana, uma estátua de Iracema, dentro da Lagoa. Em 2005, a rotatória da Avenida Aguanambi, que marca o início da BR-116, com a Praça Manuel Dias Branco ao centro. Em 2006, inaugura-se a TV Assembleia em canal aberto. Em 2008, é concluída a nova fachada da Base Aérea de Fortaleza. O antigo portão do prédio, obra do arquiteto Emilio Hinko, só não foi demolido por interferência da imprensa que fez forte campanha contra. Em 2009, inaugura-se a nova sede do Crea-CE no edifício que abrigou o San Pedro Hotel, no Centro da cidade. Na Barra do Ceará, é instalado o Centro Urbano de Cultura e Arte, Ciência e Esporte de Fortaleza - Cuca Che Guevara. Em 2010, é inaugurada a ponte da Sabiaguaba sobre o Rio Cocó, no final da Praia do Futuro. Em 2011, a Chácara Flora, último exemplar dos existentes na cidade, é demolida, ilegalmente, pela Construtora e Imobiliária Douglas Ltda. Situada à rua Marechal Deodoro nº 818, era de relevante interesse histórico e cultural para a cidade e se encontrava em processo de tombamento. Em 2012, é inaugurado o Hospital da Mulher, no local do antigo Jockey Club; Neste ano de 2013, é desativado o Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira - IPPOO, na Avenida dos Expedicionários, sendo os presidiários transferidos para o IPPOO-II, em Itaitinga. Uma pergunta: o que será feito do antigo prédio? M. A. Azevedo (Nirez), Pesquisador e integrante do Instituto do Ceará e da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo.

veja o site da Casa do Ceará em Brasília: www.casadoceara.org.br

19

Foto: Arquivo Nirez

Leituras IX

Julho/13


Casa do Ceará entregou novos títulos de sócios Honorários e Beneméritos Foto de Herminio Oliveira

João Rodrigues e Carlos Aguiar

E

Tarcísio Holanda

m solenidade realizada em 11.07.2013, a Casa do Ceará entregou títulos de Sócios Honorários e de Sócios Beneméritos a diversas personalidades por relevantes serviços prestados à instituição. O evento foi presidido por Osmar Alves de Melo que ressaltou as qualidades dos homenageados. Coube a Tarcísio Holanda (Fortaleza), consagrado jornalista e 1º Vice presidente da ABI, falar em nome dos homenageados. O seu título lhe foi entregue pelo jornalista Inácio de Almeida (Baturité). Sócios Honorários Carlos Euler Currlin Perpétuo (Joinville/SC) e José Sarto Mendes Carneiro (Sobral) Sócios Beneméritos Edivaldo Ximenes Ferreira (Sobral), Elson Cascão,

Julho/13

20

Carlos Euler Curlin Perpétuo Sócio Honorário

Francisco Albery Mariano e Antonia Lucia Guimarães

Francisco Albery Mariano (Santana do Acaraú, João Rodrigues Neto (Independencia) e Tarcísio Holanda (Fortaleza) Estiveram presentes à solenidade os dirigentes da Casa do Ceará: Osmar Alves de Melo (Iguatu) e sra Ivete Magalhães Alves de Melo, Angela Maria Barbosa portela (Fortaleza) Maria Áurea Assunção Magalhães (Fortaleza) João Rodrigues Neto (Independência) e sra. Marili Amorim; membros do Conselho Fiscal, José Carlos de Carvalho (Itapipoca), José Ribamar Oliveira Madeira (Itapipoca), José Colombo de Sousa (Fortaleza) e Edivaldo Ximenes com Edivaldo X. F. Filho e Francisca Ximenes. Homenageados e familiares: Tarcisio Holanda, Dayse Holanda e Juliana Holanda, José Sarto Mendes Carneiro e Monica P. M. Carneiro, Elson Cascão e Alice Maria B Cascão.

acesse o site da Casa do Ceará em Brasília na Web: www.casadoceara.org.br

Tarcísio Holanda e João Rodrigues

Convidados presentes: o Administrador de Brasília, Messias de Souza, o diretor da AB, Carlos Euler C. Perpetuo com os filhos, Kim Parente C. Perpétuo, Erik Parente C. Perpétuo e Danielle G. Currlin Perpétuo, Antonio José Torres, Sérgio Soares Maciel, Silvia S. Bracsak Arnaldo F. de Menezes, Valéria R. Ferreira, Roberto Mattos, Márcio Lacombe Eliane D. Veloso, Fátima Liduina, José Edio Faria; Eudinice Almeida, Lijia Naria B. Padilla; Paulo Tavares Silva, Ana Virginia E. Tavares Silva. Eslei Rodrigues Movina, Helladio Monteiro, Laura de Vasconcelos Coelho, Henrique Alencar. Carlos Aguiar, Albery Mariano e Cleuza Luiza Mariano, Maria Felix, Ricardo Nogueira e Aldanilse Pereira de Lima 14.07.2013.

Ceará em Brasília

Jornal de julho 2013  

Jornal da Casa do Ceará

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you