Page 1

Relat贸rio de Gest茫o 2015


MÃOS DADAS Não serei o poeta de um mundo caduco Também não cantarei o mundo futuro Estou preso à vida e olho meus companheiros Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças Entre eles, considero a enorme realidade O presente é tão grande, não nos afastemos Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas Não serei o cantor de uma mulher, de uma história Não direi os suspiros ao anoitecer, a paisagem vista da janela Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida Não fugirei para as ilhas nem serei raptado por serafins O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes A vida presente. Carlos Drummond de Andrade


PALAVRA DA SECRETÁRIA

N

Durante a temporada, por exemplo, coordenamos a Operação Presença dando sequência ao que era feito desde 2013. Junto de outras entidades públicas e ao trade turístico pudemos elencar as principais ações que deveriam ser realizadas com o intuito de garantir a estadia dos visitantes e o bem estar dos moradores, na medida do possível, neste período. Realizamos parcerias essenciais durante o ano de 2015, auxiliamos o processo de revitalização da Praça das Escunas, em Canasvieiras. Iniciamos o projeto do Parque Urbano e Marina na Beira-mar Norte, que está em fase de elaboração dos projetos por parte das empresas que demostraram interesse na iniciativa. Junto ao Sesc buscamos estudar e aprovar alguns estudos referentes à implantação do Museu de Florianópolis, que será instalado na antiga Casa de Câmara e Cadeia. Seguimos com a realização de grandes eventos da cidade e outros apoiamos em busca da segurança jurídica para a organização, um trabalho em conjunto com órgãos como Bombeiros, SESP, Polícias Civil, Militar, Militar Rodoviária, Guarda Municipal. Trouxemos para a administração pública um novo modelo de gestão, que representa uma quebra de paradigmas. A Prefeitura passou, em 2015, de simples patrocinadora a apoiadora de eventos tradicionais da cidade. Estimulamos a busca por parceiros privados

Foto/Divulgação: Bruna Nicoletti/PMF

este primeiro ano à frente da Secretaria Municipal de Turismo demos continuidade a alguns valiosos trabalhos já realizados no início da atual gestão do prefeito Cesar Souza Junior, e da secretária Maria Cláudia Evangelista, que esteve à frente do cargo durante dois anos e quatro meses, e implantamos outras ações. Seguimos atuando com uma equipe ímpar que já estava na Setur trabalhando em prol da qualificação dos serviços turísticos da cidade e da realização destas ações.

Secretária Municipal de Turismo, Zena Becker

ao invés do puro e simples repasse de dinheiro público, tão escasso em tempos de crise. Mostramos, ainda, que com estas parcerias público privadas é possível otimizar as ações e oferecer melhorias à Capital. Uma cidade para todos deve ser planejada e feita por todos, e é isso que buscamos fazer no turismo de Florianópolis, cada vez mais reconhecido no segmento nacional e internacional por meio de títulos e premiações. Neste material você poderá conhecer um pouco mais sobre cada uma das iniciativas realizadas, apoiadas e incentivadas pela Setur em 2015. Agradecemos, por fim, em nome da chefe de gabinete Grasiele Ávila, a calorosa recepção dos secretários das demais pastas que não exitaram em nos apoiar em ações promovidas pela Setur. E ao prefeito pela confiança no trabalho por nós realizado e por acatar a participação efetiva do trade turístico nas decisões relacionadas ao setor em Florianópolis. 3


DEPOIMENTOS Carlos Damião, jornalista e colunista do Jornal Notícias do Dia

A capital catarinense careceu, durante muito tempo, de políticas públicas direcionadas ao segmento, talvez por omissão, talvez por preguiça ou amadorismo. Por ser uma atividade tão “natural” da cidade, o turismo precisava ser tratado com atitudes mais profissionais, menos paternalistas e mais focadas no médio e longo prazo.

Os resultados me parecem satisfatórios, com novas abordagens relacionados ao Carnaval e ao Réveillon, por exemplo, estimulando a participação da iniciativa privada. Entendo, assim, que a Setur deve ser animadora dos processos, dispendendo menos recursos financeiros e conduzindo com maestria todas as questões que envolvem a promoção da cida-

Marco Aurélio Floriani, presidente do Comtur e do Floripa Convention turismo em Florianópolis vem sendo tratado, pela atual gestão, com o profissionalismo e a seriedade que a atividade exige. A continuidade do planejamento estratégico e o desenvolvimento de ações, tais como a Operação Presença, demonstram que a Setur vem executando um trabalho profissional de qualidade. Para o trade turístico é fundamental que seja garantida a continuidade deste trabalho, com uma estrutura técnica profissional como vem acontecendo na atual gestão.

4

Foto/Divulgação: Imagem e Arte

O

Foto/Divulgação: Laureci Cordeiro

T

enho acompanhado o trabalho da Setur nos últimos anos e posso afirmar, com certeza, que é possível perceber um amadurecimento no trato das questões que envolvem o turismo em Florianópolis. Não apenas quanto a eventos, mas ao próprio planejamento oficial, em parceria com o setor privado.


Fábio Queiroz, presidente do Fortur e da Abrasel-SC

N

Foto/Divulgação

os últimos anos a Setur esteve mais do que nunca próxima do trade turístico da Capital, priorizando o diálogo com as entidades representativas do setor. Maria Cláudia Evangelista e sua sucessora, Zena Becker, estiveram à frente da Secretaria de uma forma primordial para nosso segmento – ambas sempre foram próximas dos anseios do turismo e assumiram cargos com capacidade técnica, como deve ser. A Setur protagonizou ações assertivas e com muita interlocução junto ao setor privado, provando que a união é o único caminho para o desenvolvimento. Muito há de ser feito, mas com o trabalho em conjunto certamente chegaremos lá

Foto/Divulgação: Santur

Valdir Walendowsky, presidente da Santur

D

estaco a posição da Secretaria Municipal de Turismo em intensificar a promoção internacional do turismo, principalmente na América do Sul. Também a intensificação do sistema de informações turísticas com uso de novas tecnologias. O fato de iniciar o observatório de turismo em parceria com diversas entidades do trade turístico e a academia. Além de trabalhar intensivamente em uma solução para dotar Florianópolis de um equipamento náutico de acordo com o potencial e demanda do mercado nacional e internacional. 5


SUMÁRIO

Projetos e parcerias 10

Apoio a realização de eventos

Destaques 6

21

Títulos e premiações 30

Pesquisas 28

Marketing do destino 36

Agenda oficial 39 6


DESTAQUES Florianópolis leva sua gastronomia para o mundo

C

om o título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, concedido à Florianópolis no final de 2014, a secretária de Turismo, Zena Becker, participou em maio de 2015 do encontro da Rede Mundial das cidades que possuem títulos da Unesco que ocorreu em Kanazawa, no Japão. A Capital catarinense, era até então, a única do país a ter tal distinção. Além do encontro no Japão outros eventos relacionados ao título concedido à cidade contaram com a participação do Grupo Gestor da Gastronomia, sendo eles na Turquia, em que foram representantes da FloripAmanhã e do Floripa Convention, no País Basco (Espanha) com a participação da secretária Zena Becker, no Líbano, em que foi o Sesc e Popayán, na Colômbia, representado pela FloripAmanhã. A certificação Durante cinco anos, uma equipe da FloripaAmanhã e parceiros da cidade trabalharam para atender a todos os requisitos da Unesco e conseguir a inclusão da Capital na Rede de Cidades Criativas. Tiveram de levantar, entre tantos aspectos, qual a oferta, a demanda, os diferenciais de Florianópolis na área da gastronomia e as pesquisas científicas realizadas neste âmbito, além de provar que há um crescimento contínuo no setor.

Saberes e Sabores O título serviu como inspiração, ainda, para o trabalho desenvolvido por meio do pro-

Uma equipe de 12 designers brasileiros e estrangeiros trabalhou conjuntamente com 40 profissionais e artesãos locais desenvolvendo uma coleção de utensílios em cerâmicas refratárias para serem utilizados na apresentação de 12 pratos expressivos da culinária catarinense. A elaboração e concepção destas peças em cerâmica foi apresentada em um vídeo que pode ser acessado por este código. O objetivo da cidade representada na Rede Criativa da UNESCO é o de impulsionar e promover a indústria da gastronomia local, contribuindo para o desenvolvimento sócio-econômico e cultural de Florianópolis e colaborando para sua visibilidade internacional. O trabalho coordenado pela FloripAmanhã possui os seguintes parceiros: Setur, Udesc, Abrasel/SC, Sebrae/SC, Estácio Assesc, Floripa Convention, SHRBS, IFSC e FBHA. Foto/Divulgação: Roland Roderjan

Um dos ícones da culinária da Capital, levantado por meio deste estudo, é a ostra. E não é por acaso: a cidade é responsável por 80% da produção nacional de ostras em cativeiro.

jeto Saberes e Sabores, realizado pela FloripAmanhã, Ceart/Udesc, com o apoio da Secretaria de Turismo de Florianópolis. A iniciativa buscou integrar as comidas típicas e ícones de Florianópolis e de outras regiões do Estado com conceitos de design, relacionando os produtos durante a sua apresentação.

Referência gastronômica de Florianópolis são os frutos do mar

7


Lançado PMI do Parque Urbano e Marina

F

lorianópolis terá a área de lazer da Beira-mar Norte ampliada com a realização do projeto “Parque Urbano e Marina”. O local será um espaço público-privado aliado ao acesso marítimo da Ilha para outros pontos da região, abrigando ponto de embarque e desembarque para o transporte náutico e interligação multimodal, com acesso a ônibus, bicicletas e pedestres, fato inédito na cidade. A preocupação com as melhorias em relação à mobilidade urbana do município é uma das principais vertentes da obra, que, aliada a outros estudos e projetos da Prefeitura, vai resolver parte da demanda. A ideia, apresentada em meados de 2015, já passou pela fase de entrega de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) de pessoas jurídicas e físicas que queiram

apresentar projetos para a implantação do Parque Urbano e Marina na Beira-mar Norte. Até o final da publicação do edital um total de cinco empresas demostraram o interesse na elaboração dos estudos e projeto, conforme descrito no documento. A área escolhida para a implantação do projeto em Florianópolis já é contemplada por uma pista de desaceleração dos carros, que facilitará o acesso, além de se integrar aos modais da cidade e à rede hoteleira do Centro e à via gastronômica da Rua Bocaiúva. A secretária de Turismo, Zena Becker, junto de representantes do grupo técnico que participou da elaboração do edital do PMI, realizou visitas técnicas nas marinas de Itajaí e Balneário Camboriú e apresentou ilustração e proposta do projeto ao Ministério Público Es-

Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

Grupo técnico formado pelos eixos arquitetônico, urbanístico, jurídico e econômico visitam Marina Itajaí

8


Imagem ilustrativa/Divulgação PMF

Imagem ilustritiva apresenta umas das possibilidades de projeto para a implantação do Parque Urbano e Marina

tadual e Federal, ICMBio, Fatma, Capitania dos Portos, SPU, CGU, AGU, para que estes pudessem ser ouvidos e ter o conhecimento prévio do que estava sendo planejado e proposto. O projeto, que deverá ser elaborado e apresentado pelos inscritos no PMI, deverá conter e contemplar as referências presentes no edital, como: as 500 vagas molhadas para a marina, áreas de recreação na parte em que estará inserido o parque urbano, o diagnóstico ambiental simplificado – que já tem andamento paralelo por meio do grupo técnico – os estudos de territorialidade, impacto simplificado, preliminar arquitetônico e urbanístico, viabilidade econômico-financeiro e os aspectos legais.

Na elaboração do edital e do termo de referência, foram usados os estudos doados pela FloripAmanhã sobre o ordenamento náutico e o material intitulado “Floripa de Frente pro Mar, Resgate da Orla”, além do material doado pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), que apresenta aspectos que indicam, por exemplo, que o local escolhido para receber a estrutura é adequado. Além do espaço público disponível, a marina será uma grande fonte de geração de emprego. Para cada vaga molhada, são empregadas em média 12 pessoas, dependendo do tamanho da embarcação, sendo cerca de dois mil contratos diretos e quatro mil indiretos, considerando as 500 vagas molhadas. 9


Prefeitura e Sesc realizam parceria para o Museu Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Equipe técnica que cuida da restauração e dos estudos para a implantação do Museu de Florianópolis visita a obra. Prédio, que antes era rosa, retoma a sua cor original

C

oncluído o processo licitatório e assinado o contrato de concessão onerosa da Casa de Câmara e Cadeia, local que vai abrigar o Museu de Florianópolis, a Prefeitura realizou o primeiro encontro com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) de Santa Catarina e o Serviço Social do Comércio (Sesc), que venceu a licitação, em abril de 2015. A comissão relacionada ao Museu, instituída pela Setur, é formada inicialmente por um representante do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF), da Secretaria de Cultura, da Secretaria de Turismo, da Secretaria de Ciência e Tecnologia, da Procuradoria Geral do Município, da Secretaria de Administração e um representante do Serviço Social do Comércio (Sesc). Com um lance de R$ 9 milhões, o Sesc ob10

teve a concessão do espaço para os próximos 20 anos. Sendo assim, a instituição realizou um estudo de práticas de sucesso no país para que elas possam ser aplicadas no museu da cidade, junto aos membros da comissão. Um cronograma de atividades até a data de abertura do museu também foi elaborado para que, assim que finalizadas as obras de recuperação da Casa de Câmara e Cadeia, prevista para meados de 2016, tenha início o processo de instalação do museu. Para a comissão já foi entregue o Plano Museológico e está em andamento a fase que prevê a elaboração do projeto expográfico do Museu. Segundo o Sesc, o objetivo é tornar o museu referência no Sul do país nos cinco anos subsequentes a instalação.


Centro Sapiens estimula economia criativa

O

Centro Sapiens, projeto que une o poder público e a iniciativa privada em prol da revitalização e de investimentos na parte leste do Centro Histórico de Florianópolis, foi oficialmente lançado em setembro, no Museu da Escola Catarinense. O intuito da iniciativa é de bem receber jovens investidores e empresários na região, para que possam empreender em um espaço que também tenha convivência. A integração com os meios de transportes públicos presentes na região, o comércio local, a gastronomia, a moda, são ferramentas que acrescentam à ação e que tornaram o ponto leste como escolhido para este investimento. O mesmo já se fez, por exemplo, na parte oeste, com os incentivos e melhorias na rua Vidal Ramos e no próprio Mercado Público, por exemplo.

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

PROJETOS E PARCERIAS

José Eduardo Fiates, diretor executivo do Sapiens Parque, apresentou o projeto aos presentes

Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em: www.centrosapiens.com.br

Artistas concluem grafite no Elevado da Seta

O

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

elevado do Trevo da Seta, em direção ao Sul da Ilha, ganhou um colorido todo especial, alusivo ao conceito da V Bienal de Design, que ocorreu de maio a julho de 2015, em Florianópolis. A arte, composta por 26 grafiteiros, brasileiros e estrangeiros, teve como tema o “design para todos”. A composição visual foi realizada de acordo com um convênio firmado entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, e o Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina (IEL), em parceria com a SC Design. Houve a aceitação do conceito da arte pela população local. Esta foi a primeira vez em que um grupo de grafiteiros contou com o apoio da Prefeitura em um trabalho como este. 11


Atendimento ao turista utiliza a interatividade

B

uscando modernidade para facilitar o atendimento àqueles que visitam Florianópolis, os Centros de Atendimento ao Turista do Mercado Público e do Terminal Rodoviário Rita Maria contam agora com mais uma novidade: mesas interativas. Ao todo foram cedidas três mesas para a Secretaria Municipal de Turismo pela empresa Sábia, do Sapiens Parque. O terceiro equipamento está situado no Aeroporto Internacional Hercílio Luz.

Além disso, no setor de Turismo de Sol e Praia, os visitantes poderão ter acesso à informações das principais praias do município, setorizadas por região. Os Centros de Atendimento ao Turista localizados no Terminal Rodoviário Rita Maria, na cabeceira continental da ponte Pedro Ivo Campos e no Mercado Público passaram por reestruturações, adequando os ambientes e oferecendo espaços aconchegantes aos visitantes que chegam à cidade. 12

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF Foto/Divulgação: Setur/PMF

Na mesa interativa, os visitantes têm acesso a diversas informações turísticas da Ilha. O ‘Top 10 de locais para visitar em Florianópolis’ mostra os passeios no Centro Histórico, nos mirantes, em Santo Antônio de Lisboa, Jurerê, Fortalezas, Lagoa da Conceição, Costa da Lagoa, Ilha do Campeche, Passeio da Lagoa do Peri e Ribeirão da Ilha.


Municípios turísticos brasileiros são agrupados por categorias

O

Ministério do Turismo (MTur) adotou uma nova metodologia para categorizar os municípios brasileiros. A partir de quatro variáveis de desempenho econômico: número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais, os 3.345 municípios do Mapa do Turismo Brasileiro foram agrupados em cinco categorias, de A até E. A categorização, como é chamada, atende à necessidade do MTur de aprimorar os critérios para definir políticas públicas no setor e criar um instrumento capaz de subsidiar, de forma objetiva, a tomada de decisões de acordo com o desempenho econômico do turismo de cada localidade. Florianópolis está situada na categoria A, que representa os municípios com maior fluxo turístico e maior número de empregos e estabelecimentos no setor

de hospedagem. Ao todo 51 municípios participam deste grupo, incluindo as 27 capitais brasileiras e destinos turísticos tradicionais de nove estados brasileiros como: Porto Seguro (BA), Ipojuca (Porto de Galinhas/PE), Armação de Búzios (RJ), Campos do Jordão (SP), Guarapari (ES), Balneário Camboriú (SC), Foz do Iguaçu (PR), Gramado (RS) e Caldas Novas (GO). O grupo responde por 47% da estimativa de fluxo turístico doméstico do Brasil e 82% do internacional. O processo de categorização, uma estratégia do Programa de Regionalização do Turismo do MTur, teve sua metodologia avaliada pelas secretarias estaduais e municipais de turismo e foi reconhecida em diversas instâncias do poder público. A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado a classificou como “essencial” para o aperfeiçoamento da política de Estruturação dos Destinos Turísticos. O Mapa do Turismo Brasileiro - É o instrumento que orienta a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento das políticas públicas do turismo e define a área - o recorte territorial - que deve ser trabalhada prioritariamente. O mapa é atualizado periodicamente e sua última versão, de 2013, conta com 3.345 municípios, divididos em 303 regiões turísticas. A atualização deste mapa teve início no final de 2015. 13


Ação pela limpeza dos mares na Ilha do Arvoredo

O

Projeto Limpeza dos Mares, realizado pela Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar) e pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), contou com o apoio da Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Turismo, na ação realizada em junho de 2015 na Reserva Biológica do Arvoredo. O objetivo da ação – que recolheu cerca de quatro toneladas de lixo do fundo do mar e costões em 2014 – é a de chamar a atenção das pessoas para a preservação dos mares, das ilhas e da vida marinha como um todo. A iniciativa, em específico no Arvoredo, fez parte também da comemoração dos 25 anos da Reserva.

Foto/Divulgação: Acatmar

Acatmar recolheu quatro mil toneladas de lixo em 2014

Crianças participam de condução cultural Foto/Divulgação: Vilson Vieira Foto/Divulgação: Natália Freitas

14

O

projeto Mapa das Artes: Educação, Cultura e Turismo, uma iniciativa realizada desde meados de 2014, entre a parceria das Secretarias de Educação e de Turismo, com o apoio das empresas Floripa By Bus e Floripa Walking Tour, teve continuidade em 2015. O objetivo é mostrar aos estudantes a importância da história da cidade, a valorização da cultura local e o valor turístico destes patrimônios históricos, que movimentam a economia local atraindo visitantes do Estado, do Brasil e de outras partes do mundo. A intenção é que pelo menos 600 alunos da educação infantil e fundamental do município participem do projeto.

Estudantes de 4 a 14 anos participam da iniciativa que os integra ao ambiente em que vivem.


Novas placas turísticas começam a ser instaladas Foto/Divulgação: Mauro Vaz/PMF

Sinalização turística está concluída nas rotas gastronômicas de Coqueiros e Ribeirão da Ilha

A

remodelação da sinalização turística de Florianópolis teve início em outubro. Ao todo, 66 pontos da cidade receberão a nova sinalização, que será distribuída por rotas: rota 100, com 30 placas; rota 200, com dez placas; rota 300, com 21 placas e a rota 400, com cinco placas. Na região continental e no sul da ilha já foram afixadas as placas. A Prefeitura, por meio das Secretarias de Turismo e de Obras, verificou os pontos da cidade a receber as indicações padronizadas em formas e cores, além de estarem em três idiomas (português, inglês e espanhol). O investimento partiu do Ministério do Turismo.

Foto/Divulgação: Mauro Vaz/PMF

Empresas aéreas anunciam voos extras para a Capital

Prefeito de Foz do Iguaçu, Florianópolis, representantes das secretaria de Turismo dos municípios e da Azul anunciaram novos voos

A

empresa Azul firmou para a temporada de verão de 2016 sete novas rotas aeroviárias com passagem por Florianópolis, incluindo a pioneira que liga Foz do Iguaçu à Capital catarinense. Novas conexões com as cidades de Londrina, Maringá e Passo Fundo, além de voos extras do Rio de Janeiro e Guarulhos, para Florianópo-

lis, foram anunciadas pela companhia. Outras empresas internacionais também apostam no verão catarinense, a companhia aérea LATAM disponibilizou voos charter do Chile com destino a Florianópolis. Este foi o resultado de trabalho de divulgação do destino na América Latina realizado pela Embratur, Setur e o trade turístico. 15


DNA da Marca Turística de Florianópolis é apresentado

O

LOGO – Laboratório de Orientação de Gênese Organizacional, Grupo de Pesquisa e Extensão vinculado ao programa de graduação e pós-graduação em Design da UFSC, em parceria com a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Turismo, deu seguimento ao projeto Marca Florianópolis durante 2015, com o apoio do Sapiens Parque. O projeto, que teve início em julho de 2014, contou com o envolvimento da comunidade em diversas etapas. Ao todo foram entrevistados 40 formadores de opinião da cidade; mil pessoas foram ouvidas diretamente; gravados 213 depoimentos em vídeo e outros 500 realizados por escrito. O estudo contou com 21 eventos criati-

vos com a participação de 430 envolvidos e com mais de 1.200 conceitos discutidos. Cinco destes conceitos foram usados na construção do DNA da Marca, apresentados em maio de 2015: Vibrante, Natural, Multicultural, Mágica e “Quirida”. Com o resultado do DNA foram colocadas três propostas de marca para a cidade em votação, sendo a escolhida pelo público a “Minha Floripa”. Após a decisão, um grupo de designers profissionais juntou-se com os que já estavam envolvidos na elaboração do projeto e deram início ao processo de reestruturação da marca mais votada com o intuito de aperfeiçoar o trabalho. Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

DNA da Marca Turística de Florianópolis foi apresentado ao trade turístico e autoridades, pela LOGO/UFSC, em meados de 2015

16


Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Operação Presença 2015/2016

A Operação Presença conta com o envolvimento de mais de 70 entidades que garantem serviços e infraestrutura para a temporada

O

projeto Operação Presença – Verão 2015/2016 objetiva um melhor planejamento nas temporadas turísticas de Florianópolis. Visando isto, a Secretaria Municipal de Turismo disponibilizou 200 banheiros químicos, sendo 23 deles com acessibilidade e 16 decks com fraldários. Além disso, foram criados bolsões de estacionamento nos principais pontos da cidade para evitar transtornos no trânsito dos principais pontos turísticos, estes continuarão como legado durante o resto do ano. A reforma dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs) também colaborou para o aprimoramento na recepção aos que escolheram Florianópolis como destino, em conjunto com a capacitação dos atendentes que participaram de um curso de espanhol, já que havia uma expectativa no aumento do número de turistas da América Latina. Antes do início da temporada a Lagoa do Peri recebeu o selo de Bandei-

ra Azul, ou seja, um ambiente sustentável onde é possível encontrar uma estrutura completa, com banheiros, atividades voltadas à educação ambiental e balneabilidade exemplar. O título único na cidade foi conquistado graças a uma parceria entre a Floram e a Secretaria Municipal de Turismo. Outras ações foram planejadas conjuntamente com os demais órgãos envolvidos na Operação, sendo elas divididas em quatro eixos temáticos: infraestrutura, serviços e equipamentos turísticos, cultura e lazer e sustentabilidade.

Confira o relatório com as ações planejadas e as entidades envolvidas na Operação Presença

17


Praça das Escunas é reformada em Canasvieiras Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Secretária de Turismo ressaltou o trabalho conjunto realizado em prol das melhorias ao local e a importância das parcerias

A

Praça do Trapiche, situada em frente ao ponto de embarque e desembarque das escunas de Canasvieiras, foi totalmente revitalizada com a restauração do deck, banheiros, calçadas, reforma do parque infantil, novas lixeiras, rampas de acesso, jardim e melhora na iluminação, para maior conforto dos turistas. Os trabalhos da reforma foram realizados pela Associação das Escunas de Canasvieiras e contaram com o apoio da Prefeitura, por meio das Secretarias

18

Municipais de Turismo, Obras, Floram, Defesa Civil e Capitania dos Portos. A Parceria foi firmada por meio do termo de adoção de áreas públicas, entre a Associação das Escunas e a FloripAmanhã. As melhorias no local são reivindicações antigas da comunidade, e que, com esta parceira entre os órgãos e a associação, puderam ser atendidas e efetivadas. O ambiente oferecerá uma melhor infraestrutura e segurança àqueles que frequentam o local, moradores e turistas.


Premiação do concurso gastronômico

O

Concurso Cultural Gastronômico Fenaostra Creative City, realizado pelo grupo gestor do título de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, concedido à Florianópolis em 2014, teve a premiação dos vencedores das categorias profissional e acadêmico durante a festa. O trabalho foi coordenado pela Associação FloripAmanhã, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo e outras entidades. As duas etapas do concurso foram realizadas nos dias 18 e 19 de setembro, na Unisul e Estácio, respectivamente. O objetivo da competição entre os estudantes e os profissionais da área gastronômica foi o de estimular novas formas de preparo, tendo a ostra como o seu principal ingrediente.

Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

A premiação dos alunos e profissionais ocorreu na Fenaostra, maior evento gastronômico e cultural da Capital

Setur: prêmio acadêmico tem segunda edição Foto/Divulgação: Ana Carolina Bossle/PMF

Na foto, os participantes do primeiro prêmio, em 2015, que mobilizou as universidades de turismo da cidade

E

stimular os acadêmicos da Grande Florianópolis a desenvolver estudos e pesquisas capazes de oportunizar o desenvolvimento sustentável do turismo de Floria-

nópolis. Este foi o objetivo do 2ª Prêmio Setur de Empreendedorismo Científico/Acadêmico. Os estudantes que participam do prêmio inscrevem seus trabalhos de conclusão de curso relacionados com a temática do turismo para participar da disputa. Os trabalhos são analisados e julgados por uma banca composta por membros da Secretaria de Turismo, pelo Comtur – Conselho Municipal de Turismo – e professores indicados por instituições de ensino. Os vencedores serão anunciados no site da Setur em abril de 2016, com seus respectivos trabalhos à comunidade. Ao 1º colocado será entregue o valor de R$ 1.200,00, ao 2º R$ 1.000,00 e ao 3º 800,00. 19


Atendimento qualificado ao turista Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

Foto/Divulgação: Floripa Walking Tour

Programas de capacitação, apoiados ou realizados pela Secretaria de Turismo, visam a qualificação da mão de obra turística

C

om o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento sobre as regiões de Florianópolis, idiomas e relacionamento com os turistas, a Secretaria Municipal de Turismo ofertou diversas capacitações durante o ano de 2015. Capacitação atendentes CATs - Os atendentes dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs) participaram de palestras com profissionais do setor e do trade turístico. Entre os temas e representantes abordados estiveram o Floripa Walking Tour, um consultor de turismo do Sebrae-SC e o Floripa Convention. O intuito é fazer com que estes profissionais conheçam mais sobre a cidade que informam e as preferências dos turistas que escolhem Florianópolis como destino. Além disso, aulas semanais de inglês e espanhol foram oferecidas aos atendentes a fim de aperfeiçoar o conhecimento que eles já possuem nestes idiomas. Workshop LGBT - Florianópolis é um dos três destinos do país reconhecidos e 20

promovidos como Gay Friendly, visando à melhor recepção deste público a Secretaria Municipal de Turismo em parceria com o Grupo de Trabalho de Turismo LGBT de Santa Catarina e da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) promoveu um workshop capacitando para atender ao turista LGBT. Nesta, os participantes receberam guias com atrações e dicas para este nicho que cada vez mais adentra a capital. Informação aos taxistas - Já aos taxistas, que entram em contato direto com os turistas todos os dias, foram entregues kits contendo cartão com informações úteis da cidade, contatos de guias e condutores turísticos, leque com informações de prevenção na hora de comprar alugar ou vender um imóvel, lista dos bares e restaurantes da cidade e o mapa do destino. A ação visou qualificar o atendimento ao turista assim que ele chega ao destino e bem recebê-lo, para que ele aproveitasse ao máximo as potencialidades da Capital.


Programação de eventos é divulgada periodicamente

T

razer opções de lazer, cultura, gastronomia, esportes, entretenimento, ecoturismo para aqueles que buscam o destino é o objetivo do calendário de eventos da capital. Desde o início do mês de dezembro a Secretaria Municipal de Turismo começou a

organizar e divulgar quinzenalmente os eventos que acontecem na cidade, a fim de facilitar a estada dos turistas que desejam ter uma experiência mais completa em Florianópolis. Após o período da temporada de veraneio o calendário passa a ter edições mensais.

Para participar do calendário mensal de eventos de Florianópolis basta acessar este QR Code e preencher o formulário com as informações refentes a sua atração. O material é enviado periodicamente ao trade turístico.

Programa integra jovens infratores

O

projeto social de Prestação de Serviço a Comunidade integra jovens infratores a fim de cumprir pena sócio educativa. Os principais objetivos desta ação são os de socializar o jovem, fazer com que eles aprendam com o trabalho e cumprir o débito com a socie-

dade. A iniciativa é uma realização da Secretaria de Assistência Social, sendo a Setur uma referência em adesão neste programa. Os menores infratores trabalham em média oito horas por semana e auxiliam administrativamente em funções como: cópia e arquivamento. 21


APOIO A REALIZAÇÃO DE EVENTOS Carnaval 2015

O

Carnaval 2015 contou com uma programação intensa pela cidade. A Prefeitura buscou valorizar os eventos nos bairros blocos, os desfiles das escolas de samba, cinco dias de shows nacionais com entrada gratuita na Arena Skol, montada no centro da cidade, além dos tradicionais marchódromos, concurso da Rainha, concurso de músicas de carnaval e os eventos privados. Os 19 dias de programação contaram com a realização de 39 eventos oficiais da própria prefeitura, sendo outros 62 eventos nos bairros que tiveram o apoio da Prefeitura, totalizando 101 festas durante o Carnaval 2015.

Números do Carnaval 24 Plataformas 80 Guardas Municipais 270 Seguranças Privados 304 Policiais Militares

1.250 Banheiros

Na Passarela NegoQuirido, segundo a Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf) 25 mil pessoas acompanharam os desfiles durante os três dias de evento, sexta, sábado e terça.Já a Arena Skol Folia reuniu mais de 250 mil pessoas no centro da cidade. Foto/Divulgação:Martinho Ghizzo/PMF

Foto/Divulgação:Mauro Vaz/PMF

22

200 Profissionais na coleta domiciliar

300 Profissionais na limpeza pública

Foto/Divulgação:Otávio Anacleto

Foto/Divulgação:Otávio Anacleto

Foto/Divulgação:Mauro Vaz/PMF

Foto/Divulgação:Mauro Vaz/PMF


Miss Florianópolis e Mini Miss Florianópolis Foto/Divulgação: Ana Carolina Bossle/PMF

Já a Mini Miss Florianópolis eleita foi Thayse Bueno Tavares, de sete anos. No concurso puderam participar meninas entre os seis e onze anos de idade. Assim como na etapa adulta, a ganhadora recebeu co-

Foto/Divulgação:Mariana Eli/PMF

B

eleza, simpatia e desenvoltura, estes foram os pré-requisitos para definir a Miss Florianópolis 2015. Concorrendo com outras quatro candidatas Nayara Silveira de 25 anos foi a escolhida para representar à capital durante o ano. Além da faixa e coroa, o prêmio também proporcionou a Miss à oportunidade de participar do Concurso Miss Santa Catarina.

Miss de Florianópolis foram coroadas no início de 2015

roa e faixa e também participou do concurso estadual Mini Miss Santa Catarina.

Aniversário de Florianópolis Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Misses de Florianópolis foram coroadas no início de 2015

Reinauguração do Mercado Público

presentações culturais e bandas comemoraram a reinauguração do Mercado Público de Florianópolis no mês de agosto. A festa realizada pela Secretaria de Turismo da Capital teve uma programação abrangente que ocorreu durante todo o dia. Apresentação de boi de mamão, os tradicionais bonecos do Berbigão do Boca, Choro da Escola Livre de Música, mural da cultura e bandas como Dazaranha, Sambaí e Revelação divertiram o público que ocupou o Largo da Alfândega e o vão central do Mercado.

Foto/Divulgação: Martinho Ghizzo/PMF

A

O

Parque de Coqueiros recebeu as sete horas que comemoraram o aniversário de 289 anos de Florianópolis. O tradicional corte do bolo, que em 2015 teve 2,89 metros, foi presenciado pelo prefeito, as importantes figuras da cidade e os florianopolitanos. Além disso, atrações artísticas, serviços, brinquedos e homenagem às pessoas que fizeram a diferença no continente completaram a programação.

Mercado Público revitalizado foi entregue em agosto

23


Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana Foto/Divulgação:Mariana Eli/PMF

Crianças puderam brincar com os personagens do Boi de Mamão durante os cinco dias da Fenaostra, no Centrosul

A

16ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana (Fenaostra), realizada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Turismo, recebeu 35 mil pessoas durante os cinco dias de festa, no Centrosul. Cerca de 20 mil dúzias de ostras foram consumidas durante o evento. Apresentações artísticas e culturais entreti-

veram o público. A programação destinada aos adultos contou com atrações regionais como: John Bala Jones, Ginga do Mané, Dazanha, Maria Helena, Grupo Atrevidos, Nilera, Jeovanny de Luch, Chico Martins,stand up com diversos artistas, Rô Conceição, Bruna Góes, Gabriel Reis, Grupo Apogeu, Banda Fórum, Rodrigo Barreto, apresentação de harpa, sapateado e Entre Elas.

43 ESTANDES DE ARTESANATO

20 ESPAÇOS GASTRONÔMICOS

24


Natal da Magia 2015

O

Natal da Magia contou com um público superior a 55 mil pessoas - moradores e turistas da cidade que visitaram diariamente o Bosque da Magia, na Praça XV, e acompanharam a programação nos bairros e os eventos no Largo da Catedral. Além destes, também foram realizados os eventos natalinos da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), com o apoio da Prefeitura. Um dos momentos mais esperados pelo público foi o espetáculo da Camerata Florianópolis e Toquinho em frente à Catedral. A programação natalina passou também pelos bairros: Coqueiros, Ingleses, Monte Verde, Lagoa, Rio Tavares e Estreito, por meio do Palco Encantado – estrutura itinerante com artistas locais.

A decoração do Bosque da Magia, na Praça XV, contou com presépio, casas açorianas e do Papai Noel, além de uma iluminação especial.

Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Foto/Divulgação: Martinho Ghizzo/PMF

Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

Foto/Divulgação: Martinho Ghizzo/PMF

Show da Camerata e Toquinho contou com 18 mil pessoas

25


Réveillon: Florianópolis recebe 2016 com grande espetáculo Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Beira-mar Norte ficou tomada pelo espetáculo de fogos e som durante 22 minutos, o maior réveillon em minutagem do país

A

orla da Beira-mar Norte ficou tomada pelo público durante a chegada de 2016. Florianópolis foi palco do maior espetáculo de luzes e som no quesito minutagem do estouro dos fogos. Ao todo 19 toneladas do artifício tomaram conta do céu e mar da Capital durante um show pirotécnico de 22 minutos. Dentre as atrações, todas locais, estavam: DJ Ulysses Dutra; Entre Elas, com os convidados Sabarah, Jeisson Dias e Luiz Meira; Brass Groove Brasil com os cantores Bruna Góes, Dudu Fileti, Gustavo Barreto, Marjory Porto, Mércia Maruk e Nelson Viana; a Desterro Bateria Show, com Luciano Bilu e André Calibrina; encerrando com Dazaranha e Débora Blando. 26

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

O evento contou com segurança reforçada, com as forças conjuntas do efetivo de 130 policiais militares e 60 guardas municipais, além dos 90 seguranças privados. Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, cerca de 350 mil pessoas passaram pelo evento.


Eventos com apoio Secretaria de Turismo Foto/Divulgação: IRONMAN

Florianópolis recebe anualmente grandes eventos esportivos como Ironman, Powerman, Meia Maratona, Challange, Super Praia

A Setur apoiou diversos eventos em 2015, entre eles estão maratonas esportivas, corridas, caminhadas e eventos culturais. O suporte proporcionado pela Secretaria Municipal de Turismo aumenta o alcance dos eventos e turistas que visitam a cidade. IRONMAN- Natação, ciclismo e corrida em uma única prova, este é o Iron Man Brasil que mobilizou Florianópolis em maio. A prova teve início na praia de Jurerê Internacional e continuou até a Avenida dos Búzios. Os atletas a percorreram os 3.8 km de natação, 180.2 km de ciclismo e 42.2 km de corrida. IV CIRCUITO INTERNACIONAL DE CAMINHADA NA NATUREZA - O parque municipal das dunas do Santinho recebeu o IV Circuito Internacional de Caminhada na Natureza, também em maio. As dunas, costões, restinga, lagoas, costeiras e floresta local receberam os atletas nos 5.800 metros de caminhada durante quatro horas. POWERMAN BRASIL - O duatlhon Power-

man Brasil, que teve como ponto de partida Jurerê Internacional, ocorreu em setembro. A prova contou com 10km de corrida, 60km de ciclismo e ainda mais 10km de corrida. Destinada a ambos os sexos. O diferencial deste evento é que pessoas com deficiência e crianças de várias idades puderam participar de forma ativa. PARADA DA DIVERSIDADE – A 9º edição da Parada da Diversidade, realizada em setembro, trouxe para a Beira-mar Norte de Florianópolis trios elétricos, DJs, performances de Drag Queen, transformistas e shows internacionais e nacionais com os cantores Oscar Alejandro e Wanessa Camargo. O lema desta edição, que obteve um público estimado em 30 mil pessoas, foi “Amar é um direito de todos”. MEIA MARATONA DE FLORIANÓPOLIS - A competição que ocorreu em junho recebeu cerca de quatro mil participantes. A corrida é a única que passa pelas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, tendo início na Beira-mar Continental, passando pelo elevado do CIC e retornando ao continente. 27


MEIA MARATONA INTERNACIONAL CAIXA – No mês de outubro ocorreu na capital a 11º Meia Maratona Internacional Caixa. Com provas de 21km, 10km e 05km a prova seguiu em direção ao centro da cidade. Esta é uma das provas esportivas mais fortes do país. V BIENAL DE DESING – Com o tema “Desing é para todos” a V Bienal de Design mostrou bons projetos que atendem pessoas de diversas identidades, idades, gêneros e background cultural. A bienal foi composta por exposições, seminários, ações educativas e interativas além de um circuito de ações paralelas. O evento aconteceu no mês de julho e trouxe a Florianópolis pessoas de todos os estilos e cidades, além disso, como legado a bienal deixou um grafite no Elevado da Seta no sul da ilha alusivo ao conceito do tema do evento. CHALLENGE FLORIPA – O Challenge Florianópolis foi a primeira prova de Challenge Family na América Latina com 1,9km de natação, 90km de ciclismo e 21,1km de corrida. A largada ocorreu em Jurerê Internacional em novembro. Além da prova principal ocorreu a categoria Sprint Dance voltada para mulheres e crianças, nela foram 750 metros de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida. FLORIPA RUN – Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a receber o Wings For Life World Run, uma das maiores e mais importan-

tes corridas do mundo. O evento ocorreu simultaneamente em 35 países totalizando mais de 100 cidades. Entre os 1.500 participantes na capital catarinense, 17 eram portadores de deficiência física. A importância desta participação expressiva é explicada pelo objetivo do evento, que é arrecadar fundos para pesquisa da cura de lesões na medula espinhal. SUPER PRAIA – Esporte, praia, festas temáticas e turismo universitário eram os objetivos do Circuito Super Praia. Milhares de estudantes universitários se reuniram na capital para disputar campeonatos esportivos de futebol, vôlei e futevôlei. O evento foi sediado na praia de Jurerê Internacional onde o público jovem encontrou muitas oportunidades de lazer e turismo, mesmo no mês de abril, fora da temporada de verão, mostrando que Florianópolis possui vários viés turísticos. RICALDINHO DA ILHA – Entre os eventos mais manezinhos da ilha está o Ricaldinho da Ilha. Organizado por Ricardo Machado, importante figura da cidade, o evento comemora todos os anos o aniversário de Florianópolis. Com o visual da ponte Hercílio Luz, e do mar que cerca a ilha, o evento contou com um festival gastronômico de caldos, a devolução da chave da cidade – que passou do Rei Momo do carnaval 2015 para o prefeito Cesar Souza Junior – além de ser cantado o Rancho de Amor a Ilha e os parabéns a cidade. Foto/Divulgação: IRONMAN

28


PESQUISAS Pesquisa avalia qualidades da 16ª Fenaostra

A

Fenaostra de 2015 recebeu nota 3,96, numa escala de 1 a 5, em pesquisa que avaliou acessibilidade, banheiros, facilidade de compra e entretenimento, entre outros indicadores. Feita em parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Foram ouvidos 1.050 visitantes, que opinaram sobre 26 indicadores, durante os cinco dias de festa. A pesquisa foi dividida em seis categorias: acesso, ambiente, elemento humano, experiência, segurança e qualidade técnica. Esses foram subdivididos em 26 indicadores referentes

a diversos temas como: acessibilidade, banheiros, facilidade de compra, entretenimento, limpeza, tecnologia, condições climáticas. O projeto, coordenado pelo professor Dr. Tiago Savi Mondo, contou com um total de 16 pesquisadores que se revezaram durante os cinco dias de Fenaostra. O relatório completo da pesquisa foi entregue a Secretaria Municipal de Turismo (Setur) que tomará os dados como base para implantar melhorias para as próximas edições da Fenaostra. 29


Município é o 9º destino mais competitivo do país

O

Ministério do Turismo (MTur) divulgou em dezembro o levantamento do Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2015, realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Florianópolis aponta em 9ª posição entre os destinos mais competitivos do país, subindo uma posição no ranking, em relação a 2014. A pesquisa usa como base dados relacionados aos seguintes dimensionamentos: infraestrutura, acesso, serviços e equipamentos turísticos, atrativos turísticos, marketing e promoção do destino, políticas públicas, cooperação regional, monitoramento, economia local, capacidade empresarial, aspectos sociais, ambientais e culturais. Cada uma das dimensões foi divida em variáveis analisadas de forma independente. A pesquisa   O objetivo da pesquisa é entender as trans-

30

formações do mercado turístico com o passar dos anos. O índice capta o desenvolvimento dos principais destinos do país por meio de um diagnóstico da realidade local, alcançado através da aplicação de um formulário. Os pesquisadores da FGV permaneceram uma semana em cada destino para realizar o levantamento. Por Florianópolis a equipe passou no mês de julho, aplicando o formulário e realizando visitas técnicas pelos principais atrativos da cidade, sendo observadas as características físicas dos espaços e a estrutura urbana do destino.   Com a divulgação dos resultados cabe aos destinos confrontarem esses índices nacionais de competitividade com a realidade. Com as informações é possível planejar e desenvolver vantagens competitivas, norteando a elaboração de políticas públicas que eliminem os entraves do desenvolvimento sustentável da atividade turística.


TÍTULOS E PREMIAÇÕES Capital é apontada como ‘Destino SC de verão’ e ‘Cidade com a melhor qualidade de vida’ Foto/Divulgação: Laureci Cardoso

Ao todo 40 categorias foram agraciadas com as premiações da pesquisa estadual IMPAR, do Grupo RIC

A

pesquisa estadual que mede o Índice das Marcas de Preferência e Afinidade Regional (IMPAR), do Grupo RIC, realizada pelo Ibope Inteligência, concedeu a Florianópolis os títulos de ‘Destino SC de verão’ e ‘Cidade com a melhor qualidade de vida’,

ambos pelo terceiro ano consecutivo. O levantamento elege por meio de pesquisa popular as marcas mais lembradas e de destaque na visão dos consumidores, sendo premiadas empresas e cidades que juntas somam 40 categorias de produtos e serviços do mercado catarinense.

Florianópolis é o terceiro destino para estrangeiros

A

pesquisa que apresenta o perfil do viajante estrangeiro no Brasil, realizada anualmente pelo Ministério do Turismo (MTur), divulgada em novembro, aponta Florianópolis como o 3º destino mais buscado pelos visitantes quando o assunto é lazer. Na 2ª posição está São Paulo e em 1º lugar o Rio de Janeiro. O levantamento, realizado em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), ouviu 44.080 entrevistados e aponta questões como: a origem

dos turistas; o que procuram; gastos; tempo de permanência; destinos preferidos; hospedagem e a satisfação com o turismo. Entre os estrangeiros que mais viajam ao Brasil estão os argentinos, os norte-americanos e os chilenos. Dentre os motivos da visita ao país mais da metade é o lazer. A hospitalidade foi o ponto alto de satisfação com o turismo no país, sendo citado por 97% dos entrevistados. A gastronomia e a hospedagem foram outros itens satisfatórios relatados no material. 31


Capital é destino mais em conta, diz Exame

C

om base em uma pesquisa do site TripAdvisor, que apontou Florianópolis como 4º colocado entre os destinos mais buscados no país, a revista Exame fez um levantamento de preços entre os roteiros mais desejados pelos turistas no verão e concluiu que a Capital é a que exige um orçamento mais em conta. Conforme aponta a pesquisa, o gasto médio em Florianópolis, em uma semana, é de R$ 4.167,00 por pessoa. Na segunda colocada Natal, o valor sobe para R$ 4.504,00; em Fortaleza, a terceira, os gastos se elevam a R$ 4.664,00. Em todos os pontos, foi realizada uma pesquisa com os gastos médios durante o período de uma semana, incluindo a

diária de hotel, passagens aéreas, ida e volta, dois passeios e as três refeições diárias.

Destinos com melhor custo-benefício

O

Foto/Divulgação: Reprodução Internet

site de buscas de hotéis Trivago divulgou em 2015 que Florianópolis é um dos destinos com o melhor custo-benefício em hotéis no Brasil, ficando na 13ª posição. O levantamento usou como base as avaliações de mais de 50 hotéis presentes no site de busca, resultando em pontuações que chegavam à nota máxima de 100 pontos: à capital catarinense foram concedidos 93,13 pontos.

Prefeito é homenageado pelo Convention Bureau prefeito Cesar Souza Junior foi homenageado, em dezembro, como um dos ‘Amigos do Convention’, em solenidade promovida pelo Floripa Convention. Na ocasião o prefeito ressaltou a realização dos trabalhos conjuntos feitos na cidade, que contaram com o apoio do Fórum de Turismo (Fortur) e do trade turístico, como a reinauguração do Mercado Público, a inauguração do Centro de Eventos em Canasvieiras e os trabalhos em busca da implantação do Parque Urbano e Marina em Florianópolis. 32

Foto/Divulgação: Mariana Eli/PMF

O

Homenagem é entregue pelo presidente do Convention


Ambiente: Lagoa do Peri recebe Bandeira Azul

C

oroando uma busca que vinha acontecendo desde o início de 2015, a Lagoa do Peri, no Sul da Ilha, recebeu em outubro o selo Bandeira Azul. A distinção é concedida às praias e marinas que cumprem os critérios de educação ambiental, segurança e equipamentos, qualidade da água e gestão ambiental. O objetivo do programa é unir turismo e lazer às questões ambientais no âmbito local, regional, nacional e internacional. Para que pudesse ser contemplada com o selo, a Lagoa do Peri precisou passar por alguns processos, como a reestruturação do banheiro, acessibilidade, atividades voltadas à educação ambiental e testes de balneabilidade. Com a aplicação do selo,

Foto/Divulgação: Roland Roderjan

será afixada no local uma placa com informações referentes à aplicação da Bandeira Azul. A busca pela certificação foi realizada pela Floram com o apoio da Setur.

Ranking de eventos internacionais

A

International Congress and Convention Association (ICCA) divulgou o ranking de eventos internacionais realizados em 2014. O Brasil ficou na 10º posição dos países que mais receberam congressos e eventos, já a capital catarinense apontou em 6º lugar entre as cidades do país que mais recebem esses eventos. Florianópolis é um mercado mui-

to procurado e divulgado para o turismo de eventos. O Floripa Convention mostrou que o turista de eventos tem um poder aquisitivo maior comparado a outros. Ele gasta diariamente, em média, R$ 249,78, incluindo as despesas com hospedagem, alimentação e compras em geral, tendo uma média de pernoites na cidade de 3,9 dias.

Prefeito é homenageado pelo apoio ao Carnaval Foto/Divulgação: Martinho Ghizzo/PMF

Presidente da Liga entrega homenagem ao prefeito

A

Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf) comemorou seus 10 anos de trabalhos em prol do carnaval na cidade em outubro, com uma feijoada para convidados na Passarela do Samba Nego Quirido. Na ocasião, o presidente da Liga, Joel Costa Júnior, entregou uma placa em homenagem ao prefeito Cesar Souza Junior, pelo empenho dele com relação ao carnaval da Capital. 33


Prefeitura conquista o Top One Turismo da ADVB Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Foto/Divulgação: Petra Mafalda/PMF

Florianópolis foi agraciada com três prêmios durante a cerimônia do Top One Turismo, concedido pela ADVB-SC. Participaram da entrega os secretários de Administração, Turismo e Obras, além do prefeito e do presidente da Associação do Mercado Público de Florianópolis, Aldonei Brito.

O

trabalho de restauração e adequação do Mercado Público de Florianópolis mereceu, em setembro, o prêmio Top One Turismo 2015, conferido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, regional Santa Catarina (ADVB/SC), ao case de maior sucesso entre os vencedores do prêmio Top Turismo. A cerimônia foi realizada no Parque Beto Carrero World, na cidade de Penha. O Top Turismo premiou as iniciativas consideradas como as melhores 34

práticas desenvolvidas no Estado para o crescimento do setor em Santa Catarina em 2015. Além do case “Mercado Público de Florianópolis”, a Capital foi reconhecida com o prêmio Beto Carrero de Excelência no Turismo, distinção oferecida a três modalidades turísticas diferentes que tenham contribuído de forma relevante na divulgação, no desenvolvimento e no engrandecimento do Estado, sendo eleitos um município, um empreendimento e uma personalidade turística.


Prefeitura conquista o Top One Turismo da ADVB Foto/Divulgação: Julia Latorre

Diretora de redação da revista Viagem e Turismo, Angélica Santa Cruz, entrega prêmio à secretaria Zena Becker

F

lorianópolis foi eleita o Melhor Destino de Praia no prêmio O Melhor de Viagem e Turismo 2015/2016, instituído há 15 anos pela revista Viagem & Turismo, da Editora Abril. Santa Catarina recebeu o prêmio de Melhor Estado, segundo a publicação. No ano de 2015, os vencedores do prêmio foram definidos em duas modalidades de votação: por voto popular, realizado pela internet, e por um júri especializado, formado pelos jornalistas do periódico.

Portais destacam Florianópolis e suas potencialidades

A

O portal “El Viajero” que faz parte do jornal “El País” divulgou os dez ‘segredos’ de Florianópolis. A matéria revelou os pontos turísticos da capital como segredos descobertos. A Lagoa da Conceição que junto com a Costa da Lagoa abriram a série de atrações na ilha. O site “Qual viagem” mostrou as belezas naturais de Florianópolis e seus atrativos históricos. Segundo a publicação os visitantes encontram muito mais que sol e mar durante a visita à capital. Foram destacados os sabores da Costa da Lagoa, passeios de barco, o mirante do Morro da Cruz, trilhas como a da Lagoinha do Leste, o contraste entre as edificações e natureza no centro histórico entre outras belezas da ilha.

Foto/Divulgação: Reprodução Internet

capital atrai seus visitantes não apenas para aproveitar o sol e o mar, mas para que possam viver e experimentar cada recanto, história e atrativo turístico da cidade. Prova disso são as publicações que destacaram o município como destino, trabalhando sua diversidade nas mais diversas formas, como roteiro de inverno, cultural, gastronômico, de entretenimento.

Já o portal de notícias G1 produziu um roteiro que une os principais atrativos de Florianópolis para aproveitar em apenas cinco dias, inclusive na temporada de inverno. Locais como Santo Antonio de Lisboa, Centro Histórico da Cidade, as dunas da Praia da Joaquina, trilha da Costa da Lagoa, as baladas da cidade entre outros pontos do destino foram lembrados na publicação. 35


O

TripAdvisor premiou a capital

site de viagens TripAdvisor divulgou os vencedores da 7ª edição do prêmio Travellers’ Choice™ 2015. Florianópolis está na lista de melhores destinos do Brasil. Entre os lugares brasileiros, que foram destacados pelos avaliadores do site, a Capital catarinense aparece em 4º lugar, ficando atrás

A escolha dos destinos é realizada através de avaliações dos próprios viajantes. A qualidade dos hotéis, atrações e da gastronomia apresentada nas cidades são alguns aspectos analisados e pontuados pelos visitantes ao longo do ano.

Florianópolis é destaque na revista Exame

uem tem crianças e mora em Florianópolis pode usufruir de uma qualidade a mais, de acordo com resultado de pesquisa da Delta Economics & Finance, divulgada pela Revista Exame. Segundo a consultoria, a Capital é a melhor cidade do país para criar os filhos. Indicadores de saúde e de educação são o destaque entre os critérios que levaram ao resultado. IDHM - A Capital tem quase meio milhão de habitantes e o terceiro melhor Índice de DesenvolvimentoHumano(IDHM)doBrasil,indicadorderenda, longevidade, saúde e educação. Na pesquisa publicada pela Exame, 48 critérios foram utilizados para medir as condições que cada cidade oferece para o desenvolvimento de uma criança ou adolescente. Saúde - Em Florianópolis, além dos 100% de cobertura populacional da Estratégia de Saúde da Família, conquistados, uma série de fatores leva aos bons resultados na área da saúde. O Ministério da Saúde reconheceu o município como a melhor capital do país em atenção básica especificamente no caso das crianças, a Secretaria de Saúde tem o programa Capital Criança, voltado à proteção, promoção e recuperação da saúde da criança de zero a dez anos. Nos centros de saúde, a atuação prevê acolhimento, vigilância nutricional e imunização. Educação - Não faltam reconhecimentos nacionais também na área da educação. O Índice 36

Foto/Divulgação: Roland Roderjan

Q

apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Gramado.

de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) coloca Florianópolis em 1º lugar entre as capitais nos anos iniciais e em 4º lugar nos anos finais. Além disso, 83% dos profissionais da área têm pós-graduação, sendo 1,5 mil com especialização, 203 com mestrado e 16 com doutorado. A educação inclusiva é referência nacional, conquistando o 1º lugar na terceira edição do prêmio Experiências Educacionais Inclusivas. Empreendimentos - Ainda segundo a Exame, a capital, é a segunda melhor cidade do Brasil para ter um negócio. Ficando atrás apenas de São Paulo, Florianópolis se destaca no mercado mesmo em tempos de crise. Entre os quesitos analisados estavam a cultura empreendedora, o capital humano, a inovação, a infraestrutura e o mercado. O Índice de cidades Empreendedoras da cidade ficou em 8,36.


MARKETING DO DESTINO Missão das Embaixadas na América Latina

A

Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) em conjunto com o Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul), apresentou os encontros comerciais que as embaixadas do Brasil realizaram no Paraguai e no Peru. A secretária Municipal de Turismo, Zena Becker, participou da missão oficial, que posteriormente passou pela Argentina e Chile, com o intuito de realizar negociações diretas com empresários destes países. Secretários de turismo do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de empresários destes Estados, participaram da missão com o intuito de realizar negociações diretas com empresários dos países pelos quais passou a missão. No final de julho, representantes do trade, Embratur, Codesul, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e Santa Catarina Turismo (Santur) reuniram-se

Foto/Divulgação: Setur

para debater a promoção de Santa Catarina nos mercados da América Latina. A temática foi uma das pautas da reunião do Grupo de Trabalho de Turismo do Codesul (Comitê de Desenvolvimento e Integração Sul). Em 2014, os países da América do Sul enviaram 3,133 milhões de visitantes para o Brasil, conforme dados do Ministério do Tursmo.

Participantes da Volta à Ilha são recepcionados no aeroporto Foto/Divulgação: Zenilda Stein

Foto/Divulgação: Ana Carolina Bossle

Ação realizada pela Secretaria de Turismo junto do Floripa Convention promoveu o destino entre os competidores

A

20º Volta a Ilha Asics recebeu quatro mil corredores de todo o país para percorrer um trajeto de 140km dividido em 18 trechos. A Secretaria de Turismo em par-

ceria com o Floripa Convention e a Infraero realizou uma ação que recebeu os atletas no Aeroporto Internacional Hercílio Luz com material de divulgação da cidade e mapa. 37


Secretaria de Turismo participa de feiras em 2015 Foto/Divulgação: Floripa Convention

Setur participa das feiras em parceria com a Santa Catarina Turismo (Santur) e Floripa Convention, foto na feira AVIRRP

D

urante o ano de 2015 a Secretaria Municipal de Turismo participou de 14 feiras e rodadas de negócios divulgando o destino, apresentando o potencial da Capital e intensificando o relacionamento com as agências e operadoras de turismo. Cocal – Florianópolis sediou, em março, o XXXII Congresso da Federação de Entidades Organizadoras e Afins da América Latina – Cocal. O evento contou com a participação de 400 representantes dos países associados ao Cocal. Temas como inovação, criatividade, estratégias e o impacto econômico e social do setor foram debatidos durante o encontro, que serviu como troca de conhecimento e networking aos profissionais do setor turístico.   Salão Paranaense de Turismo –  Em março ocorreu o Salão Paranaense de Turismo, realizado pela ABAV-PR, em Curitiba. O evento contou com a participação de mais de 4,5 mil pessoas e cerca de 300 expositores, que apresentaram suas novidades, produtos, serviços, lançamentos e realizaram atendimento aos agentes de viagem. Os profissionais puderam participar, também, de palestras voltadas à ca38

pacitação técnica e sobre destinos como Dubai, Israel, México, Rússia, Egito e Porto de Galinhas. BNT Mercosul – Nos dias 22 e 23 de maio a Setur participou da 21ª edição da BNT Mercosul. O evento fortalece os negócios entre as operadoras e os agentes de viagens, além de alavancar a promoção dos destinos e atrativos turísticos. O evento ocorreu no Centreventos de Itajaí e contou com a participação de 6.918 profissionais vindos de seis países (Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai e Paraguai). A Feira de Negócios reuniu 483 marcas distribuídas em 131 estandes. Encatho&Exprotel –  Com o tema “A Tecnologia na Hotelaria” a 29º edição do evento ocorreu em Florianópolis no mês de maio. A feira organizada pela ABIH apresentou as novidades do setor hoteleiro e turismo. Houve nela, 64 expositores, palestras com multinacionais e um dia aberto ao público geral. IGLTA  – Em abril Florianópolis esteve presente na 32ª convenção anual da IGLTA (Internacional Gay and Lesbian Travel Association), em Los Angeles, na Califórnia. Em 2012,


o Brasil sediou o evento pela primeira vez e a cidade escolhida foi a capital catarinense. O encontro contou com a presença de 600 profissionais provenientes de 27 países. De acordo com a IGLTA, o mercado de viagens gays e lésbicas movimenta US$54 bilhões anuais, conforme divulgado no site do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). WTM LatinAmerica –  O encontro realizado em São Paulo, em abril, registrou um aumento de 21% no número de visitantes e jornalistas, além dos negócios realizados. Ao todo participaram do WTM Latin America 1.300 expositores, sendo 60 deles estreantes.   BTL Portugal -  A 27ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) recebeu o total de 72.096 visitantes durante os cinco dias de feira, um aumento de 6% com relação a 2014. Mais de 35 mil profissionais de turismo participaram do encontro, realizado em fevereiro. Ao todo 1.050 expositores compareceram a BTL.   Prêt-à-Porter –  Promovendo negócios, tendências, estilos e reciclagem profissional o salão de moda brasileira que ocorreu em Florianópolis contou com o apoio logístico da Secretaria Municipal de Turismo. A feira ofereceu oportunidades aos lojistas, e a aproximação da indústria com o mercado.    Mostra Viajar (SP) –  A feira que tem como objetivo gerar novidades e sensações aos turistas antes mesmo de embarcarem ocorreu em maio, reunindo 17 estados e mais de 10 destinos internacionais. Este evento não é voltado ao mercado do turismo, mas sim aos seus consumidores, que necessitam de informações e opções de viajem mais completas.   Fimar –  Sediada em Florianópolis a Feira Internacional da Economia do Mar Brasil-Itá-

lia ocorreu nos dias 04 a 07 de junho. Resultado das relações bilaterais entre o Governo de Santa Catarina e o governo italiano, gerando intercâmbio entre os países e empresas que querem atingir seus objetivos de negócios.   Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu –  O evento reuniu mais de seis mil participantes e 600 marcas expositoras na feira, que completou dez anos em 2015 e é a segunda maior do sul do país. Nela a Secretaria de Turismo divulgou Florianópolis como destino turístico baseando-se na ideia de que a capital catarinense é destino ideal para todas as estações do ano, não só durante a temporada.   AVIRRP –  Nos dias 14 e 15 de agosto em Ribeirão Preto ocorreu o 19º Encontro Nacional das Agências de Viajem (AVIRRP). O evento gerou inúmeras oportunidades de negócios entre expositores e profissionais diretos ou indiretos do turismo nacional e internacional. FIT Argentina- A 20º Feira Internacional de Turismo da América Latina (FIT) ocorreu do dia 26 a 29 de setembro. Além de promover os novos produtos e os serviços, a FIT desenvolve também inovações estratégicas e comerciais. Participaram 34 países, 1600 expositores e 450 empresas. O público geral foi de 93.880 pessoas, um aumento de 5% comparado ao ano anterior. Festuris – A Secretaria de Turismo de Florianópolis abrangeu as diversas potencialidades turísticas da cidade na Feira Internacional de Turismo que ocorreu em Gramado (RS) nos dias 05 a 08 de novembro. Ecoturismo, esportes náuticos, gastronomia, sol, mar e cultura foram os principais temas abordados sobre a capital. O evento contou com a participação de 70 destinos internacionais, além dos nacionais resultando em 212 milhões de reais em negócios nesta edição. 39


AGENDA OFICIAL Secretaria participa de encontros sobre políticas públicas

C

om o intuito de contribuir, aprimorar e aperfeiçoar os trabalhos voltados a gestão pública de Florianópolis, principalmente com relação ao turismo, a Secretaria Municipal de Turismo participa de grupos e reuniões que debatem estas questões. Em 2015 a Setur atuou junto aos Grupos de Trabalho Náutico, LGBT, ao Grupo Gestor da Gastronomia – voltado as iniciativas do títu-

lo de Cidade Criativa Unesco da Gastronomia – dos Conselhos da Mulher e do Idoso, ao Projeto Orla, do Fórum de Turismo de Florianópolis (Fortur), do Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (Comdes), Instância de Governança da Grande Florianópolis e de um encontro, em que foi convidada, no Conselho de Desenvolvimento do Norte da Ilha (Codeni).

Florianópolis participa do Anseditur tino turístico. A Setur participou de três encontros neste ano que objetivavam criar uma equipe forte na integração do turismo nacional, fazendo do Brasil um destino completo.

Foto/Divulgação: Anseditur

Primeiro encontro do ano ocorreu em fevereiro, em Brasília

A

Associação Nacional dos Dirigentes do Turismo das Capitais de Destinos Indutores (Anseditur) reúne os 65 destinos indutores do país, entre eles está a Secretaria Municipal de Turismo de Florianópolis, representando a cidade como des-

No primeiro encontro foi apresentado o novo plano de marketing do Ministério do Turismo e o projeto de estruturação de destinos. Em maio a secretária de Turismo, Zena Becker, passou a compor o conselho fiscal da nova administração. Já em agosto foi apresentado o plano estratégico de captação de novos associados; o projeto que prevê a nova sede da associação; além de debatidos temas como o transporte turístico no Brasil e as orlas turísticas.

Conselho Municipal de Turismo

O

Conselho Municipal de Turismo é uma reunião de entidades significativas para a cidade. Com um papel construtivo e não deliberativo nas pautas de Florianópolis, os seus principais objetivos nesta competência estão analisar o mercado turístico e promover uma melhor experiência turística para os que procuram a capital. Em 2015, foram realizadas 12 reuni40

ões entre o trade turístico e a Secretaria Municipal de Turismo, junto ao Conselho. Neste ano a presidência, que era da Setur, passou ao presidente do Floripa Convention, Marco Aurélio Floriani. Participaram dos encontros: ABAV, ABEDC, ABIH, ABRASEL, ACATMAR, ACIF, AGTURB, CDL, CET, FloripaConvention, FloripAmanhã, Grupo All, IFSC, Infraero, Sebrae e SHRBS, Sintregrf.


Reunião do Codesul ocorreu em Florianópolis

A

promoção de Santa Catarina nos mercados da América Latina foi uma das pautas da reunião do Grupo de Trabalho de Turismo do Comitê de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), em Florianópolis. Durante a reunião foram apresentadas estratégias da Embratur para promoção de destinos turísticos brasileiros com o mapeamento dos principais países para divulgação na América Latina. Ainda foi proposta às autoridades paranaenses a criação de uma pauta coletiva entre os dois estados para apresentar em reuniões de colegiados nacionais. PropostascomoacriaçãodeParceriasPúblico

-Privadas para a elaboração de roteiros, melhoria da sinalização e até mesmo a criação de uma rota cênica na BR 101 entre Paraná e Santa Catarina para ser um novo atrativo turístico, foram algumas das ideias levantadas durante o encontro e que serão discutidas em próximas ocasiões. O encontro contou com a participação do secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina (SOL), Filipe Mello, o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, o presidente Santur, Valdir Walendowsky, o presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, além de representantes do trade turístico do Paraná e de Santa Catarina. Foto/Divulgação: SOL

Foto/Divulgação: SOL

“Para divulgarmos os destinos, precisamos entender que a experiência turística está ligada a produtos e vivências. Os parques temáticos, por exemplo, são excelentes produtos turísticos”, destacou o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz

41


Cidade UNESCO da Gastronomia é tema de audiência na Câmara dos Deputados Foto/Divulgação

Da esquerda para a direita Patrícia Braz, Zena Becker, Neusvaldo Lima, deputado Valadares Filho, Anita Pires, Alan Claumann

O

Programa Florianópolis Cidade Criativa Unesco de Gastronomia foi o assunto da audiência pública da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, realizada em outubro, no Distrito Federal. A presidente da Associação FloripAmanhã, Anita Pires, apresentou esta iniciativa da capital catarinense a convite da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), que solicitou o espaço para promover o conhecimento deste pioneiro e inovador Programa, coordenado pela Associação, em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo e outras entidades públicas e privadas. A audiência reuniu personalidades importantes do trade, como: a Secretária de Turismo Zena Becker; o Secretário Nacional do Programa de Desenvolvimento do Turismo do Ministério do Turismo (MTur), Neusvaldo Ferreira Lima; o coordenador dos projetos de turismo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina 42

(Sebrae/SC), Alan Davi; o deputado Valadares Filho (PSB-SE), a coordenadora de cultura no Brasil da Unesco, Patrícia Reis Braz. A iniciativa catarinense da criação de um Observatório da Gastronomia se tornará uma plataforma para potencializar as iniciativas das pequenas e micro empresas do setor da gastronomia. Esse se tornou o ensejo para valorização da gastronomia brasileira, que precisa de pesquisa e inovação para ser um instrumento de qualificação do turismo. Para a secretária,Zena Becker, “Valorizar e impulsionar o conhecimento sobre a nossa gastronomia, que é internacionalmente reconhecida pelo título da Unesco, é um dos objetivos que nos fez participar deste encontro. Buscamos, ainda, aperfeiçoar a nossa gastronomia como já estamos fazendo por meio de parcerias e o concurso gastronômico que realizamos nesta última edição da Fenaostra, por exemplo”.


Ficha Técnica Coordenação Editorial: Mariana Eli Textos: Bruna Nicoletti, Gabriele Oliveira e Mariana Eli Diagramação: Bruna Nicoletti e Mariana Eli Fotos capa e sumário: Roland Roderjan


Florian贸polis Melhor Destino de Praia

www.vivendofloripa.com.br

Relatório Gestão 2015 - Secretaria de Turismo de Florianópolis  

Esta publicação é um compilado das principais ações que contaram com o apoio da Setur, em 2015, ou que por ela foram realizadas e coordenada...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you