Page 1

ano 6 | nĂşmero 83

Sesc Palladium

abril-2018


Teatro

2

Cinema

9

Música

42

Artes Visuais

54

Programa Educativo

56


A grandiosidade da Língua Portuguesa está em suas múltiplas formas e manifestações, que ajudam a delinear um universo além da palavra escrita. Para celebrar esse patrimônio imaterial, a programação de abril do Sesc Palladium reúne diversas atividades para o Eixo Temático da Língua Portuguesa, proporcionando ao público novas experiências com a linguagem. O destaque deste mês é o show “Planeta Sonho: onde bate o coração da palavra”, que foi desenvolvido com exclusividade para o Eixo Temático. O espetáculo é uma homenagem à palavra cantada, e o seu repertório foi cuidadosamente formado com canções de autoria de Márcio Borges e Murilo Antunes, que integram o consagrado Clube da Esquina.

No teatro, o Sesc Palladium recebe dois grandes espetáculos. Em “Além do que os nossos olhos registram”, as atrizes Luiza Tomé e Priscila Fantin expõem as angústias e alegrias do universo feminino, em uma trama familiar. Em “Orlando – um prólogo”, a solidão, o amor, a morte e a androgenia são retratados em homenagem ao romance de Virgínia Woolf. Para as crianças, muita música! O espetáculo infantil “Bê a Bach” transformará o palco em uma viagem divertida pelo universo sonoro de Bach. Confira a programação e divirta-se!

Sesc Palladium

Além desses músicos, o show terá participação especial de 14 Bis, Tavinho Moura, Telo Borges, Bárbara Barcelos, Rodrigo Borges, Beto Lopes, João Antunes e Lincoln Cheib, além da presença da Orquestra de Câmara Sesc.


2

Teatro

Priscila Prade


Priscila Prade

Admirável Nino Novo

S Á B

Cássio Scapin

Classificação: livre Duração: 60 minutos Direção: Maurício Guilherme

17h

Ingressos: Plateia I: R$ 100 (inteira), R$ 50 (meia) e R$ 40 (trabalhadores do comércio) | Plateia II: R$ 70 (inteira), R$ 35 (meia) e R$ 28 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 20 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

Como escolher para onde ir? Como se guiar? Que roupas levar? Com que meio de transporte? São tantas as perguntas para responder! E as possibilidades também. Sendo então nosso protagonista um jovem mágico, essas possibilidades se multiplicam em inúmeras outras. Seja numa noite estrelada, num deserto escaldante, no alto do monte Everest, no espaço sideral e até no fundo do mar, entre muitos outros lugares, explorar o desconhecido é o lema desta viagem. Através de um novo olhar, Nino vai descobrindo o que é diferente no mundo e o que também pode vir a ser. Uma lição básica para todos que embarcam numa nova jornada, como a dele.

7

3


Laysa Vasconcelos

Espetáculo Lágrimas de guarda-chuva

7e8

Grupo de Teatro Arte e Fatos (PUC-GO) Sábado, às 20h | domingo, às 19h Classificação: 14 anos Duração: 70 minutos Direção: Danilo Alencar | texto: Eid Ribeiro Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia) e R$ 4 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Lágrimas de guarda-chuva traz à tona as relações humanas vistas pelo prisma do mundo contemporâneo, o medo, a solidão, o egocentrismo, o absurdo – tudo que muitas vezes é estabelecido entre quem detém o domínio e o dominado. O espetáculo adentra o universo circense, com propostas claunescas, malabares e mágicas. Esses elementos se juntam a outros, trazendo ao público uma reflexão sobre a arte que queremos fazer. 4


Divulgação

Além do que os nossos olhos registram

S E x

Luíza Tomé, Priscila Fantin e Olívia Torres

13

21h

Classificação: 14 anos Duração: 60 minutos Direção: Fernando Philbert Ingressos: Plateia I: R$ 70 (inteira), R$ 35 (meia) e R$ 28 (trabalhadores do comércio) | Plateia II: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 16 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

O espetáculo mostra a complicada relação entre mãe, filha e avó. No elenco, nomes como Luíza Tomé e Priscila Fantin, que expõem de maneira emocional as agruras e alegrias do universo feminino. Não é fácil para nenhuma das protagonistas, mas a peça apresenta soluções interessantes que poderiam ser aplicadas no dia a dia de qualquer mulher. 5


Luiza Palhares

Orlando: um prólogo Ludmilla Ramalho

De 13 a 15 e de 20 a 22/04 Sextas e sábados, às 20h | domingos, às 19h Classificação: 12 anos Duração: 60 minutos Direção: Diego Bagagal Ingressos: R$ 15 (inteira), R$ 7,50 (meia) e R$ 6 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

O espetáculo Orlando: um prólogo, solo de Ludmilla Ramalho, com direção de Diego Bagagal, aborda temas como solidão, amor, morte e androgenia, tendo como foco de pesquisa o romance Orlando: uma biografia (1928), de Virginia Woolf. A dramaturgia e a encenação do solo exploram o chamado “fluxo de consciência”, muito usado por Virginia Woolf, técnica narrativa moderna que apresenta a consciência do personagem de modo ideal, sem interferência do autor/narrador ou de qualquer elemento externo. 6


Michel Igielka

Bê a Bach

D O M

Grupo Furunfunfum e Cia Noz de Teatro, Dança e Animação

Classificação: livre Duração: 45 minutos Direção: Anie Welter e Marcelo Zurawski

15

16h

Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Música ao vivo, dança, circo, cores, formas e texturas, tudo junto e misturado e depois feito e refeito… Isso é Bê a Bach, um espetáculo infantil contemporâneo para todas as idades, inclusive bebês. Uma viagem divertida, misteriosa e emocionante pelo universo sonoro de Johann Sebastian Bach.

7


Marcos Mesquita

Cinderella Rodgers & Hammerstein’s: original Broadway

28e29

Fábula Entretenimento

Sábado, às 16h e às 20h | domingo, às 16h Classificação: livre Duração: 130 minutos (intervalo: 15 minutos) Direção: Charles Möeller Ingressos: Plateia I: R$ 130 (inteira), R$ 65 (meia) e R$ 52 (trabalhadores do comércio) | Plateia II: R$ 110 (inteira), R$ 55 (meia) e R$ 44 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 75 (inteira), R$ 37,50 (meia) e R$ 30 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

8

A magia permanece eterna. Cinderella, o musical, após ser visto por mais de 120 mil pessoas, entre Rio e São Paulo, chega a BH. O espetáculo traz ao palco o mais clássico dos contos de fadas de todos os tempos: Cinderella, a gata borralheira que se transforma em princesa por um dia, encontra seu grande amor graças ao sapatinho de cristal perdido e vive “feliz para sempre”! Essa célebre história de amor ganhou uma versão que chegou à Broadway em 2013. A montagem brasileira, que conta com uma orquestra de 16 músicos, ganhou o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Cenografia e teve indicações aos principais prêmios do país, em diversas categorias.


9

Cinema

Divulgação


Divulgação

Mostra Cine-Livro

6a13

Cine Sesc

De 6 a 13 de abril

Cine Sesc Palladium

A Mostra Cine-Livro exibe oito filmes nacionais baseados em obras literárias brasileiras. Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, Carolina Maria de Jesus, Mário de Andrade, Graciliano Ramos, João Gilberto Noll, Chico Buarque e Clara Averbuck por Joaquim Pedro de Andrade, Suzana Amaral, Jeferson De, Leon Hirszman, Walter Carvalho e Murilo Salles.

10


Divulgação

São Bernardo

Brasil, 1972

06/04, às 17h 11/04, às 19h30

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 10 anos Duração: 114 minutos Direção: Leon Hirszman

Paulo Honório (Othon Bastos) é um sertanejo de origem pobre que, em uma empreitada financeira, torna-se dono da decadente fazenda de São Bernardo, em Viçosa, Alagoas. Determinado a fazer fortuna e ascender socialmente, ele recupera a fazenda, consegue entrar para a economia rural e casa-se com a professora da cidade, Madalena (Isabel Ribeiro). Os problemas começam quando as diferenças de Paulo e sua esposa se acentuam. Com base no romance homônimo de Graciliano Ramos, o cineasta Leon Hirszman realizou uma das melhores adaptações literárias do cinema brasileiro, vencendo vários prêmios.

11


Divulgação

Macunaíma Brasil, 1969

06/04, às 19h30 12/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação Etária: 12 anos Duração: 105 minutos Direção: Joaquim Pedro de Andrade

Macunaíma é a história de um anti-herói, ou “um herói sem nenhum caráter”, nascido no fundo da mata virgem. Na cidade, segue um caminho zombeteiro, conhecendo e amando a guerrilheira Ci e enfrentando o vilão milionário Venceslau Pietro Pietra, para reconquistar o amuleto que herdara de Ci, o muiraquitã. Com a adaptação da rapsódia de Mário de Andrade, Macunaíma inova a estética do movimento cinemanovista ao incorporar elementos da chanchada. Filme emblemático do final da década de 1960, Macunaíma atualiza o legado do Modernismo e estabelece a tão buscada relação do Cinema Novo com o grande público.

12


Divulgação

Carolina + A Hora da Estrela

Brasil, 2003, 1985 07/04, às 17h 13/04, às 19h30

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Carolina (direção: Jeferson De | 15 minutos) A hora da estrela (direção: Suzana Amaral | 96 minutos)

Carolina | O curta resgata liricamente o livro Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus (lançado em agosto de 1960 e reeditado oito vezes naquele ano). Escrito no seu barraco numa favela paulistana, o livro expõe temas atuais que precisam ser superados, como a fome, o preconceito e a miséria. A hora da estrela | Macabéa (Marcélia Cartaxo) é uma imigrante nordestina que vive em São Paulo. Ela trabalha como datilógrafa em uma pequena firma e vive em uma pensão miserável. Macabéa não tem ambições, apesar de sentir desejo e querer ter um namorado. Um dia, ela conhece Olímpico (José Dumont), um operário metalúrgico com quem inicia namoro. Só que Glória (Tamara Taxman), colega de trabalho de Macabéa, tem outros planos após se consultar com uma cartomante (Fernanda Montenegro). O roteiro é uma adaptação do romance homônimo de Clarice Lispector.

13


Divulgação

O Padre e a moça Brasil, 1966

07/04, às 19h 13/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação Etária: 10 anos Duração: 91 minutos Direção: Joaquim Pedro de Andrade

A chegada de um jovem padre (Paulo José) a uma pequena cidade de Minas Gerais causa comoção no dia a dia da vida local, principalmente após ele sentir atração por uma linda moça (Helena Ignêz). O homem mais rico da cidade propõe casamento à moça para separar os dois e satisfazer a população, mas o padre e a moça acabam fugindo, fazendo com que essa paixão proibida logo se torne um caso de amor desenfreado. O longa parte de um poema de Carlos Drummond de Andrade.

14


Divulgação

Budapeste

Portugal, Brasil, Hungria, 2009 08/04, às 17h 11/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação Etária: 16 anos Duração: 113 minutos Direção: Walter Carvalho

José Costa (Leonardo Medeiros) é um ghost writer. Na volta de um congresso, Costa é obrigado a fazer uma escala imprevista na cidade de Budapeste, o que o envolverá em uma surpreendente história. Casado com Vanda (Giovanna Antonelli), uma famosa apresentadora de telejornais, Costa conhece Kriska (Gabriella Hámori) em Budapeste. Com ela aprende húngaro. Durante as diversas idas e vindas entre o Rio de Janeiro e Budapeste, Costa se alterna entre o seu enfeitiçamento pela língua húngara, transformado em paixão por Kriska, e suas raízes pessoais ancoradas no seu amor por Vanda. Baseado no famoso livro de Chico Buarque. 15


Divulgação

Nome Próprio Brasil, 2007

08/04, às 19h 10/04, às 19h30

Cine Sesc Palladium

Indicação Etária: 18 anos Duração: 120 minutos Direção: Murilo Salles

Nome próprio conta a história de Camila (Leandra Leal), uma jovem empenhada em tornar-se escritora. Camila é intensa e corajosa. Quer fazer de sua vida sua narrativa. Quer sua literatura como um ato de revelação. Para tal, expõe-se em um blog na internet. Em busca de sua paixão, Camila se entrega à vida com intensidade para fazer valer a sua literatura. Baseado na obra da escritora gaúcha Clara Averbuck, a grande revelação que migrou do boom de blogs da internet brasileira para a literatura.

16


Divulgação

Hotel Atlântico

Brasil, 2009

10/04, às 17h 12/04, às 19h30

Cine Sesc Palladium

Indicação Etária: 14 anos Duração: 107 minutos Direção: Suzana Amaral

Um ator desempregado parte da cidade, sem bagagem ou planos, em direção ao interior do país. Durante sua jornada, depara-se com situações absurdas, contraditórias e inesperadas. Baseado no livro de João Gilberto Noll, Hotel Atlântico é o terceiro filme de Suzana Amaral.

17


Divulgação

PROGRAMAÇÃO 06/04 17h | São Bernardo 19h30 | Macunaíma

Cine Sesc Palladium

07/04 17h | Carolina + A hora da estrela 19h | O padre e a moça 08/04 17h | Budapeste 19h | Nome próprio 10/04 17h | Hotel Atlântico 19h30 | Nome próprio

18


Divulgação

Cine Sesc Palladium

11/04 17h | Budapeste 19h30 | São Bernardo 12/04 17h | Macunaíma 19h30 | Hotel Atlântico 13/04 17h | O padre e a moça 19h30 | Carolina + A hora da estrela

19


Divulgação

A Fera na Selva Brasil, 2017

14/04, às 17h 17/04, às 19h (debate com o ator Paulo Betti: às 21h, no Foyer Augusto de Lima) 18/04, às 16h

Cine Sesc Palladium

Classificação: 12 anos Duração: 93 minutos Direção: Paulo Betti, Eliane Giardini e Lauro Escorel Entrada gratuita, com retirada de ingresso 30 minutos antes da sessão. Espaço sujeito a lotação.

Um homem e uma mulher passam a vida aguardando um grande acontecimento que ele tem certeza que vai suceder com ele. *É sugerida a leitura do livro A fera na selva, de Henry James, antes da sessão.

20


Divulgação

Paraficções - o cinema de Salomé Lamas

S Á B

Salomé Lamas | mediação: Daniel Ribeiro Duarte

Atividade da Mostra Cinema Português Contemporâneo

14

16h

Classificação: 12 anos Duração: 120 minutos

Espaço Multiúso

Inscrição: bit.ly/inscricaopalladium | até o dia 12/04 divulgação dos selecionados: 13/04 vagas: 50 | inscrições prévias

Sessão na qual a realizadora Salomé Lamas apresenta sua obra cinematográfica e sua forma de pensar o cinema, com a apresentação de excertos de seus filmes.

21


Divulgação

Mostra Cinema Português Contemporâneo

14a29

Às Margens da Indústria Associação Filmes de Quintal

14 a 29 de abril Curadoria: Daniel Ribeiro Duarte

Cine Sesc Palladium

A Mostra Cinema Português Contemporâneo: Às Margens da Indústria se concentra na produção autoral portuguesa a partir dos anos 2000. Procurou-se disponibilizar ao público de Belo Horizonte filmes de realizadores que, num cenário de baixa expectativa pela formação de uma indústria cinematográfica, abandonam os constrangimentos do cinema comercial e encontram a sua própria singularidade como autores.

22


Divulgação

Eldorado XXI

Portugal; França; Peru, 2016 14/04, às 19h (sessão comentada por Salomé Lamas) 19/04, às 18h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 125 minutos Direção: Salomé Lamas

Eldorado XXI é uma assombrosa e misteriosa parcela da realidade etnográfica. Na comunidade instalada na maior altitude no mundo, La Rinconada y Cerro Lunar (5500 m), nos Andes peruanos, uma ilusão leva os homens à autodestruição, movidos pelos mesmos interesses, usando na contemporaneidade as mesmas ferramentas e meios que usavam nos tempos antigos.

23


Divulgação

Bab Sebta

Portugal, 2008 15/04, às 17h 24/04, às 17h30

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: livre Duração: 108 minutos Direção: Pedro Pinho e Frederico Lobo

Bab Sebta significa em árabe “a porta de Ceuta”: é o nome da passagem na fronteira entre Marrocos e Ceuta. É o local para onde convergem aqueles que, vindos de várias partes da África, procuram chegar à Europa. O filme Bab Sebta percorre quatro cidades ao encontro dos rituais de espera e das vozes desses viajantes.

24


Divulgação

Cavalo dinheiro

Portugal, 2014

15/04, às 19h (sessão comentada por Daniel Ribeiro Duarte) 27/04, às 18h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: livre Duração: 115 minutos Direção: Pedro Costa

Enquanto os jovens capitães fazem a revolução nas ruas, o povo das Fontainhas procura o seu Ventura, que se perdeu no bosque.

25


Divulgação

48

Portugal, 2010 17/04, às 17h 25/04, às 19h30 (sessão comentada por Anna Karina Bartolomeu)

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 93 minutos Direção: Susana de Sousa Dias

São rostos. E vozes. Apenas isso. Minimalista. Em 48, Susana de Sousa Dias leva-nos a olhar para as fotografias de presos dos arquivos da Pide e a ouvir as memórias que essas fotografias despertam neles tantos anos depois. São 16 imagens para contar 48 anos de fascismo – tudo fala da sociedade, os rostos, as roupas, a forma de estar. Não estão identificados por nomes nem idades porque valem por todos os presos políticos da ditadura. “Todas as fotografias têm uma história por detrás. O que me interessava era perceber o que a foto nos está a mostrar e o que nos está a esconder.” 26


Divulgação

João Bénard da Costa: outros amarão as coisas que eu amei

Portugal, 2015

Cine Sesc Palladium

18/04, às 18h 26/04, às 19h30 (sessão comentada por Luís Felipe Flores) Indicação etária: livre Duração: 75 minutos Direção: Manuel Mozos

Uma homenagem ao cinema a pretexto da extraordinária vida de João Bénard da Costa, diretor da Cinemateca Portuguesa durante 18 anos, mas também ator, cinéfilo, escritor inspirado e leitor criativo. Esta é uma biografia incomum que conta a vida do homem através dos seus amores, medos e contemplações, impressos na arte da pintura, do cinema e da literatura. Da pintura barroca à literatura de Borges, Outros amarão as coisas que eu amei é o amado diário de um homem universal. 27


Divulgação

Balaou

Portugal, 2007 18/04, às 19h30 (sessão comentada por Glaura Cardoso Vale) 26/04, às 18h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 77 minutos Direção: Gonçalo Tocha

“Faz agora sete meses que a Blé, minha mãe, morreu. Estou em frente ao mar de São Miguel nos Açores, a terra da família distante. Encontro a tiaavó Maria do Rosário, 91 anos, à procura do seu momento de partir. Falame de Deus. À sua volta, os bebês nascem. Todos passam pelo mar da ilha, negro, vulcânico. É aqui que encontro a Florence e o Beru, um casal francês que todos os anos cruza o Atlântico no Balaou, num barco a vela. Convidam-me a continuar a viagem com eles. Jogo fora o bilhete de avião e lanço-me ao mar alto.”

28


Divulgação

Cerro negro

Portugal, 2012 20/04, às 18h 22/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 16 anos Duração: 22 minutos Direção: João Salaviza

Anajara e Allison são um casal de emigrantes brasileiros em Lisboa. Duas solidões que se protegem mutuamente, ao mesmo tempo que lutam contra uma separação forçada. Anajara volta do trabalho ao amanhecer. Dessa vez não vai poder dormir durante o dia, nem levar Luri à escola. A 70 quilômetros de distância, Allison espera para reencontrar a mulher e o filho. Hoje é dia de visita na prisão de Santarém.

29


Divulgação

Rafa

Portugal; França, 2012 20/04, às 18h 22/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 25 minutos Direção: João Salaviza

Um miúdo de 13 anos (idade mítica) vive na Margem Sul e vai a Lisboa à procura da mãe, invertendo-se, desse modo, o “papel de responsabilidade”. Este filme encerra uma espécie de trilogia acidental que reúne Rafa aos anteriores curtas Arena, premiado em 2009 com a Palma de Ouro no Festival de Cannes, e Cerro negro, selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Roterdão 2012. Todos esses filmes lidam com a ilusão de liberdade e a relação do indivíduo com a sociedade e a instituição.

30


Divulgação

Altas cidades de ossadas

Portugal, 2017

20/04, às 18h 28/04, às 20h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 19 minutos Direção: João Salaviza

Karlon, nascido na Pedreira dos Húngaros e pioneiro do rap crioulo, fugiu do bairro onde foi realojado. Noites de vigília, sob um febril calor tropical. Entre as canas de açúcar, um rumor. Karlon não parou de cantar. Altas cidades de ossadas é um tateio inquisitivo e imaginativo às suas memórias, ao cerco institucional e às histórias submersas de um tempo sombrio.

31


Divulgação

A fábrica de nada Portugal, 2017

20/04, às 19h30 29/04, às 17h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 14 anos Duração: 177 minutos Direção: Pedro Pinho

Uma noite, um grupo de trabalhadores percebeu que sua administração havia organizado o roubo de máquinas de sua fábrica. Eles logo entendem que esse é o primeiro sinal de uma demissão em massa. A maioria deles se recusa a cooperar durante as negociações individuais e eles começam a ocupar seu local de trabalho. Então, quando a administração desaparece, para sua grande surpresa, eles ficaram com uma fábrica meio vazia... À medida que o mundo à sua volta colapsa, novos desejos começam a surgir.

32


Divulgação

E agora? Lembra-me

Portugal, 2013 21/04, às 17h 22/04, às 19h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 164 minutos Direção: Joaquim Pinto

Portador do HIV há 20 anos, o cineasta Joaquim Pinto testa drogas clandestinas durante um ano e relata sua experiência cinematograficamente. Um filme sobre memória, perda, globalização, epidemia, esperança, amizade e vida.

33


Divulgação

O ornitólogo

Portugal; Brasil; França, 2017 21/04, às 20h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 16 anos Duração: 114 minutos Direção: João Pedro Rodrigues

Fernando é um homem solitário de 40 anos que trabalha como ornitólogo. Ao viajar pelo curso de um rio a bordo de um caiaque, a correnteza forte derruba sua pequena embarcação e ele inicia uma jornada sem volta e repleta de perigos.

34


Divulgação

Ruínas

Portugal, 2009 22/04, às 17h 27/04, às 20h (sessão comentada por Carla Italiano)

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: livre Duração: 60 minutos Direção: Manuel Mozos

Lugares que deixaram de fazer sentido, de serem necessários, de estar na moda. Lugares esquecidos, obsoletos, inóspitos, vazios. Não interessa aqui explicar por que foram criados e existiram, nem as razões por que se abandonaram ou foram transformados. Apenas se promove uma ideia, talvez poética, sobre algo que foi e é parte da(s) história(s) de Portugal.

35


Divulgação

A vingança de uma mulher Portugal, 2012

24/04, às 19h30 (sessão comentada por Victor Guimarães) 28/04, às 18h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 16 anos Duração: 100 minutos Direção: Rita Azevedo Gomes

Roberto é daqueles homens para quem a simulação tornou-se a maior arte. “Um dândi!”, dirão alguns. “Um libertino!”, dirão outros. Enfim, ele é impassível, inescrutável e um homem bastante misterioso. Mas a verdade é que Robert no fundo sente um tédio profundo. O tédio daqueles que já esgotaram todos os prazeres da vida. A única coisa ainda capaz de surpreendê-lo é o fato de que nada mais o surpreende. Enquanto isso, uma noite, ele tem um encontro avassalador com uma mulher. Ela revela o seu passado implacável, intacto, exibindo seu crime e chorando por seu escândalo público. 36


Divulgação

Montanha

Portugal; França, 2016 25/04, às 18h 28/04, às 20h

Cine Sesc Palladium

Indicação etária: 12 anos Duração: 90 minutos Direção: João Salaviza

Um verão quente em Lisboa. David, 14 anos, aguarda a morte iminente do avô, mas recusa-se a visitá-lo, temendo essa perda terrível. A mãe, Mônica, passa as noites no hospital. O vazio pela falta do avô obriga David a tornar-se o homem da casa. David não se sente pronto para assumir esse novo papel, mas o fim da infância aproxima-se sem que ele perceba... “Uma infância/adolescência confrontada com a urgência de crescer face aos escolhos do quotidiano.”

37


Divulgação

PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA CINEMA PORTUGUÊS CONTEMPORÂNEO

Cine Sesc Palladium

14/04 19h | Eldorado XXI (sessão comentada por Salomé Lamas) 15/04 17h | Bab Sebta 19h | Cavalo dinheiro (sessão comentada por Daniel Ribeiro Duarte) 17/04 17h | 48 18/04 18h | João Bénard da Costa: outros amarão as coisas que eu amei 19h30 | Balaou (sessão comentada por Glaura Cardoso Vale)

38


Divulgação

19/04 18h | Eldorado XXI

Cine Sesc Palladium

20/04 18h | Cerro negro 18h | Altas cidades de ossadas 18h | Rafa 19h30 | A fábrica de nada 21/04 17h | E agora? Lembra-me 20h | O ornitólogo 22/04 17h | Ruínas 17h | Cerro negro 17h | Rafa 19h | E agora? Lembra-me

39


Divulgação

24/04 17h30 | Bab Sebta 19h30 | A vingança de uma mulher (sessão comentada por Victor Guimarães)

Cine Sesc Palladium

25/04 18h | Montanha 19h30 | 48 (sessão comentada por Anna Karina Bartolomeu) 26/04 18h | Balaou 19h30 | João Bénard da Costa: outros amarão as coisas que eu amei (sessão comentada por Luís Felipe Flores) 27/04 18h | Cavalo dinheiro 20h | Ruínas (sessão comentada por Carla Italiano) 40


Divulgação

Cine Sesc Palladium

28/04 18h | A vingança de uma mulher 20h | Altas cidades de ossadas 20h | Montanha 29/04 17h | A fábrica de nada

41


42

Música

Lucas Bori


Sylvio Coutinho

Léo Brasil

Q U I

Projeto Salve o Compositor! Mostra da Canção Popular Mineira

5

20h

Classificação: livre Duração: 75 minutos Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

O cantautor Léo Brasil traz para o Salve o Compositor! uma síntese de sua carreira, forjando o folk rock e a música latina à multifacetada MPB. No show em formato eletroacústico ele convida parcerias fecundas de sua jornada e revela novos arranjos das músicas do seu primeiro disco, Canção visionária, como também do seu próximo álbum, Rumo ao raro. Léo já abriu shows de artistas como Zeca Baleiro, Dona Jandira e, em 2016 e 2017, lançou dois clipes: Minha estrada é o Sol e Mandaram avisar.

43


Filipe Torres

5

Lula Ribeiro

Q U I

Lançamento do CD O amor é sempre assim

Participações: Paulinho Moska e Flávio Venturini

20h30

Classificação: livre Duração: 100 minutos Ingressos: Plateia I: R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 20 (trabalhadores do comércio) | Plateia II: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 16 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 12 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Show de lançamento do CD de Lula Ribeiro, O amor é sempre assim, com a participação especial de Paulinho Moska e de Flávio Venturini. Nesta apresentação, Lula mostrará canções em parceria com Zeca Baleiro, Vander Lee, Alexandre Nero, Paulinho Pedra Azul, Gabriel Moura, entre outros, além de fazer um passeio por sua obra construída em 36 anos e homenagear grandes compositores brasileiros.

44


Lucas Bori

14 Bis

S E X

Bis Acústico II Classificação: livre Duração: 90 minutos

6

21h

Ingressos: R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia) e R$ 24 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

Eles estão há mais de três décadas na sua vida, numa trajetória caracterizada pela reinvenção e ampliação de um público fiel. É um novo 14 Bis que está no ar, mas sem deixar, é claro, sua sonoridade característica, uma mistura única de rock com Clube da Esquina, música clássica, progressivo, do country norte-americano ao regional brasileiro e o que mais pintar no caldeirão de Cláudio Venturini (guitarra e voz), Sérgio Magrão (baixo e voz, único carioca do grupo), Vermelho (teclados e voz) e Hely Rodrigues (bateria).

45


ES

GO TA D

O

Naty Tôrres

8

Valencianas: Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto

D O M

Projeto Domingos Clássicos Classificação: livre Duração: 75 minutos

18h

Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Vencedor do Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Álbum de MPB de 2015, o espetáculo Valencianas: Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto recria o cancioneiro do cantor e compositor pernambucano, que, pela primeira vez, teve parte de sua obra arranjada para música de concerto. Com Alceu nos vocais e regência do Maestro Rodrigo Toffolo, a apresentação explora as particularidades que tornaram a obra do cantor um marco na história da música popular brasileira, cativando o público e convidando para uma nova experiência de fruição sobre a obra de Alceu Valença.

46


Guido Argel

Rubel

S Á B

Lançamento do disco Casas Classificação: livre Duração: 80 minutos

14

21h

Ingressos: Plateias I e II: R$ 70 (inteira), R$ 35 (meia) e R$ 28 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia) e R$ 24 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

Rubel é tido como uma das revelações do cenário musical brasileiro. Quando bate aquela saudade rendeu mais de 16 milhões de acessos no YouTube. A turnê do primeiro disco, Pearl, em 2015 e 2016, passou por 22 cidades, com 28 sessões esgotadas. O segundo disco, patrocinado pela Natura Musical, conta com a participação de Emicida e de Rincon Sapiência. O disco vai ser levado aos palcos com uma banda formada por experientes músicos brasileiros, incluindo Bubu (trompetista do Los Hermanos), Antonio Guerra (Elza Soares, Martinho da Vila e Mart’nália) e Pedro Fonte. 47


Daniela Figueiredo

19

Iaiá Drumond – Sons de sim

Q U I

Projeto Salve o Compositor! Mostra da Canção Popular Mineira

20h

Classificação: livre Duração: 90 minutos Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto.

Sons de sim apresenta Iaiá Drumond, uma das grandes vozes brasileiras da atualidade, que, após um período de nove anos se dedicando a releituras e interpretações marcantes de obras de artistas consagrados, volta a dizer sim para suas canções autorais e reafirma seu lugar como compositora. A artista de formação plural e de um refinamento ímpar canta o seu próprio mundo que, além de seu, é de todos. No show, estão presentes as mais belas formas de amor, de fé, de coragem e de olhares, que, em linhas tortas, vão de encontro ao outro, dando sentido a toda sua trajetória. 48


Fernando Pacheco

Planeta Sonho

Q U I

Onde bate o coração da palavra

14 Bis, Tavinho Moura, Murilo Antunes, Márcio Borges, Telo Borges, Barbara Barcellos e Rodrigo Borges Participação especial: Orquestra de Câmara Sesc

19

21h

Quinta, às 21h Classificação: livre Duração: 120 minutos Ingressos: Plateia I: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 16 (trabalhadores do comércio) Plateias II e III: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 12 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

O show é uma homenagem à palavra cantada, conforme diz o título Planeta sonho: onde bate o coração da palavra. As canções têm letras de autoria de Márcio Borges e Murilo Antunes e fazem parte do famoso Clube da Esquina. Os artistas são: 14 Bis, Tavinho Moura, Murilo Antunes, Márcio Borges, Telo Borges, Barbara Barcelos e Rodrigo Borges. A apresentação conta ainda com a participação da Orquestra de Câmara Sesc. 49


Naiara Napoli

20

Guilherme Arantes e Orquestra Opus

S E X

Classificação: livre Duração: 90 minutos

21h

Ingressos: Plateia I: R$ 110 (inteira), R$ 55 (meia) e R$ 44 (trabalhadores do comércio) | Plateia II: R$ 90 (inteira), R$ 45 (meia) e R$ 36 (trabalhadores do comércio) | Plateia III: R$ 80 (inteira), R$ 40 (meia) e R$ 32 (trabalhadores do comércio) *Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto, limitado a 200 lugares.

Guilherme Arantes se apresenta acompanhado pela Orquestra Opus em um espetáculo com os seus maiores sucessos, trazendo a sonoridade requintada da Orquestra para as suas canções. Entre estas, podemos citar O melhor vai começar, Brincar de viver, Planeta água, Coisas do Brasil, Êxtase, Um dia, um adeus, Cheia de charme, Amanhã, Meu mundo e nada mais, Pedacinhos, Muito diferente, Fã número 1, Deixa chover e Lindo balão azul. O espetáculo conta ainda com a participação especial do saxofonista Derico Sciotti. 50


O Sesc Palladium reserva um espaço especial para a leitura. O Acervo Artístico e Literário é um ambiente tranquilo e democrático destinado à pesquisa, com livros e jornais de grande circulação regional e nacional. Nele, você encontrará obras voltadas às artes e à cultura, produzidas pelos principais autores nacionais e estrangeiros. O Acervo realiza também atividades culturais e educativas, promovendo o diálogo entre as produções artísticas realizadas pelo Sesc Palladium e o leitor. O objetivo é incentivar a leitura, difundir o conhecimento e estimular a reflexão por meio da cultura. Venha conhecer o Acervo Artístico e Literário!

horário de funcionamento >

Terças, quartas e sextas, das 10h às 19h; Quintas, das 12h às 21h; Sábados e feriados, das 13h às 19h.


Indicações do mês

© Editora Letramento

Tema: Mulheres em foco

O que é lugar de fala? Djamila Ribeiro Editora Letramento

Muito se tem falado ultimamente sobre o conceito de lugar de fala, e muitas polêmicas acerca do tema têm surgido. Fazendo o questionamento de quem tem direito à voz numa sociedade que tem como norma a branquitude, a masculinidade e a heterossexualidade, o conceito se faz importante para desestabilizar as normas vigentes e trazer a importância de se pensar no rompimento de uma voz única com o objetivo de propiciar uma multiplicidade de vozes. Partindo de obras de feministas negras como Patricia Hill Collins, Grada Kilomba, Lélia Gonzalez, Luiza Bairros, Sueli Carneiro, o livro aborda, pela perspectiva do feminismo negro, a urgência pela quebra dos silêncios instituídos explicando didaticamente o que é o conceito, ao mesmo tempo que traz ao conhecimento do público produções intelectuais de mulheres negras ao longo da história. Em Aprendendo com o outsider within: a significação sociológica do pensamento feminista negro, Patricia Hill Collins fala da importância de as mulheres negras fazerem um uso criativo do lugar de marginalidade que ocupam na sociedade a fim de desenvolver teorias e pensamentos que reflitam diferentes olhares e perspectivas. Pensar outros lugares de fala passa pela importância de se trazer outras perspectivas que rompam com a história única.


Arthur de Faria Editora Arquipélago

O músico e jornalista Arthur de Faria ilumina, nesta biografia, o gênio artístico da maior cantora brasileira de todos os tempos. O autor se detém nos anos de formação da menina Elis Regina em Porto Alegre antes narrar sua explosão nacional. Desfaz mitos de sua trajetória. Relata episódios saborosos ou dramáticos de suas parcerias e brigas. Fala de sua vida pessoal sem cair no sensacionalismo. E compartilha conosco, com bom-humor e ouvido apurado, uma interpretação original de tudo que ela nos legou, da mais obscura canção ao espetáculo mais deslumbrante.

Quelé, a voz da cor: biografia de Clementina de Jesus Luana Costa, Raquel Munhoz, Felipe Castro e Janaína Marquesini Editora Civilização Brasileira

A primeira biografia de uma das maiores vozes da história do samba. Mais do que isso, trata-se do registro definitivo da grandiosidade da artista fluminense. Mulher, negra, mãe e dona de uma voz que “parecia subir da terra e vir do oco do tempo”, como registrou a jornalista Lena Frias, Clementina foi revelada aos palcos brasileiros em 1964, aos 63 anos, no show O Menestrel. Menos de dois anos depois, arrebataria o público internacional, no I Festival Mundial de Artes Negras, no Senegal, e em show no Festival de Cannes, na França. “Quelé, A Voz da Cor” traz a público a força, a doçura – e também a resistência – de Clementina de Jesus, desde seu nascimento em Valença, interior do Rio de Janeiro, em 1901, até sua morte, na capital do estado, em 1987. Não faltam a convivência apaixonada com o marido, Albino Pé Grande, o cuidado com os filhos e os netos e a amizade e o carinho com grandes nomes da música brasileira.

© Editora Civilização Brasileira

© Editora Arquipélago

Elis: uma biografia musical


54

Artes Visuais

Divulgação


Divulgação

Palavra viva

Curadoria: Daniel Rangel

Concepção: N+1 arte cultura

Período expositivo: até 22 de abril de 2018 De terça a domingo, das 9h às 21h Classificação: livre Entrada gratuita

Palavra viva tem a língua portuguesa, a poesia visual e a relação entre a palavra e a imagem como principais eixos condutores da curadoria. A mostra traça um breve panorama da poesia visual no país a partir de alguns dos importantes poetas-artistas e artistas-poetas brasileiros de diferentes gerações. Fazem parte da seleção Augusto de Campos, Almandrade, Arnaldo Antunes, Fábio Moraes, Guilherme Mansur, Lenora de Barros, Marilá Dardot, Paulo Bruscky, Ricardo Aleixo, Tadeu Jungle e Walter Silveira. A exposição traz obras em diferentes suportes, como serigrafias, esculturas, vídeo e instalações, nos quais a palavra é o principal ativador poético. 55


Zoom! Da escola pro cinema | foto: Henrique Tarcisio Chendes de Paula

Programa Educativo

56


Divulgação

PROGRAMA EDUCATIVO

Programa Educativo

O Programa Educativo do Sesc Palladium atua de forma transversal e contínua, dialogando de maneira concisa com todas as linguagens artísticas. Traz em suas ações o encontro da arte com a educação, buscando uma apropriação efetiva do público visitante, a partir da experiência estética. Trata-se de um espaço de compartilhamento com professores, arte-educadores e interessados em geral no universo da arte e em seus desdobramentos na educação. Informações e agendamento: educativopalladium@sescmg.com.br | (31) 3214-5376

57


Sabadinho no Palladium!

Programa Educativo

Não é porque as férias acabaram que a diversão tem de terminar. O Sesc Palladium criou uma programação superanimada, com diversas atividades para públicos de todas as idades aos sábados. O Sabadinho no Palladium contará com exibição de filmes infantis e com o “1, 2, 3 e Já! Especial, que terá a participação da Cia Pé de Moleque, propondo brincadeiras de lá e de cá. Uma nova ação promovida pelo Sabadinho no Palladium promete agitar as manhãs dos amantes dos jogos de tabuleiro: jogos de diversas partes do mundo estarão disponíveis para quem quiser se aventurar e descobrir as mais diversas maneiras de brincar de diferentes povos. Confira a programação completa e divirta-se!

58


Tarcisio de Paula

Ateliê Aberto: Palavra viva

7e21

Às 10h e às 14h Duração: 60 minutos Classificação: livre | indicação etária: a partir de 5 anos

Galeria de Arte GTO

Entrada gratuita. Espaço sujeito a lotação. As crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis.

Vamos conversar sobre arte? O Programa Educativo do Sesc Palladium propõe aos visitantes uma experiência estética inspirada na exposição Palavra viva, em cartaz na Galeria de Arte GTO (p. 55). A nossa equipe de educadores estará presente na Galeria para acompanhá-los em uma visita à exposição, onde será proposto um diálogo sobre o trabalho dos artistas e as possíveis relações com a vida. Como culminância deste encontro haverá uma prática artística que será oferecida aos visitantes.

59


Divulgação

Cine Sabadinho Classificação: livre Entrada gratuita, com retirada de senha 30 minutos antes da sessão na recepção da avenida Augusto de Lima. Espaço sujeito a lotação.

Programa Educativo

07/04, às 10h | Kikoriki: a turma invencível 14/04, às 10h | Brinquedos no sótão 21/04, às 10h | Asterix e o domínio dos deuses 28/04, às 10h | Abril e o mundo extraordinário

60


Cia. Ricardo Pé deMarquesa Moleque

1, 2, 3 e Já! Especial

S Á B

Cia Pé de Moleque Brincadeiras de lá e de cá

14

Das 10h às 16h (intervenções da Cia: às 11h e às 15h) Indicação etária: de 0 a 6 anos

Entrada pela av. Augusto de Lima

Entrada gratuita. Espaço sujeito à lotação máxima de 24 pessoas. As crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis.

Foyer

O brincar é a genuína linguagem da criança e, segundo Lydia Hortélio, é a cultura da infância! E por ser a primeira linguagem do ser humano, na infância ela é extremamente expressiva e constitui o modo de a criança ser e estar no mundo. Nas diferentes experiências de infâncias existentes no mundo são muitas as crianças que brincam. E em algumas brincadeiras e jogos de lugares tão distintos do planeta podemos, por vezes, encontrar semelhanças entre os brinquedos e brincadeiras. Vamos fazer uma viagem pelo nosso Brasil e por diferentes lugares do mundo através do brincar? 61


Michel Igielka

17

Bê a Bach

T E R

Terça, às 9h30 e 14h30 Classificação: livre Duração: 45 minutos Direção: Anie Welter e Marcelo Zurawski Informações e agendamento: educativopalladium@sescmg.com.br

Música ao vivo, dança, circo, cores, formas e texturas, tudo junto e misturado e depois feito e refeito… Isso é Bê a Bach, um espetáculo infantil contemporâneo para todas as idades, inclusive bebês. Uma viagem divertida, misteriosa e emocionante, pelo universo sonoro de Johann Sebastian Bach.

62


Henrique Chendes

Espetáculos Didáticos

Q U A

Cia. Sesc de Dança Classificação: livre Duração: 60 minutos Direção: Priscila Fiorini

25

14h30

Informações e agendamento: ciadedanca@sescmg.com.br | (31) 3439-8987

A Cia. Sesc de Dança propõe a realização de um espetáculo destinado a estudantes da rede pública ou privada, participantes de projetos sociais, escolas e grupos especializados, com o objetivo de despertar o interesse pela dança através das diferentes linguagens técnicas e suas evoluções.

63


Ricardo Marques

28

Jogos do mundo

S Á B

Oficina do pensar e agir Das 10h às 16h Duração: 50 minutos Classificação: livre | indicação etária: 5 anos

Entrada pela av. Augusto de Lima

Entrada gratuita. Espaço sujeito a lotação. As crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis.

Foyer

O Programa Educativo do Sesc Palladium propõe ao público atividades utilizando jogos de tabuleiro criados pelos mais diversos povos do mundo e em variadas épocas da história. A Oficina do pensar e agir, idealizada pela Origem Jogos e Objetos, é uma metodologia educacional para desenvolver capacidades cognitivas e de sociabilidade que promovem a interação, a inclusão, o diálogo criativo e favorecem a socialização e o desempenho escolar.

64


Henrique Chendes

Zoom! Da Escola pro Cinema De terça a sexta, com sessões às 9h30 e 14h30 Mediante agendamento.

Cine Sesc Palladium

O Programa Educativo oferece agendamento de sessões de cinema para as escolas nos períodos da manhã, da tarde e da noite. Busca atender todos os públicos escolares, desde Umeis, com filmes que tratam de temáticas voltadas ao público infantil, até a EJA, com temas que abordam questões sociais, políticas e culturais. O projeto privilegia filmes que estão fora do circuito comercial, que estimulam um reflexão atual em torno da linguagem cinematográfica.

65


Márcio Otávio

Visitas Mediadas à Galeria de Arte GTO

Programa Educativo

A Galeria de Arte GTO do Sesc Palladium recebe exposições temporárias de diversos artistas. O Programa Educativo oferece ao público espontâneo e agendado visitas mediadas que contextualizam as obras expostas, buscando criar espaços de diálogos efetivos das pessoas com a arte. Durante as visitas, o público é convidado a participar de atividades lúdicas e investigativas que visam sensibilizá-lo no exercício do olhar. Visitas mediadas para grupos e instituições: mediante agendamento. Público espontâneo: para visitas mediadas e outras informações, solicite na recepção a presença do educador

66


Bilheteria

De terça a sábado, das 12h às 21h, aos domingos*, das 12h às 20h, nos seguintes endereços: rua Rio de Janeiro, 1.046 e avenida Augusto de Lima, 420, no Centro de Belo Horizonte, na internet pelo endereço www.ingressorapido.com.br. Formas de pagamento – dinheiro, cartão de débito ou crédito Mastercard, Visa e Amex.

Acessibilidade

O Sesc Palladium apostou na comodidade e acessibilidade. Nos teatros e cinema, há cadeiras especiais para obesos e espaços reservados para cadeirantes, gestantes, lactantes, mães com crianças de colo, idosos e pessoas com mobilidade reduzida, bem como plataformas de acesso aos locais onde há escadas e elevadores. Os banheiros também são adaptados.

Meia-entrada

De acordo com a Lei Federal n° 12.933/2013 e o Decreto nº 8.537/2015: - estudantes, com a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) válida e expedida pelas entidades previstas em lei. - jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos, com a apresentação da Identidade Jovem, documento emitido pela Secretaria Nacional da Juventude. - pessoas com deficiência, com a apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social ou documento emitido pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). - idosos a partir de 60 anos, com apresentação de documento de identidade. - menores de 21 anos em acordo com a Lei Municipal n° 9.070/2005, com apresentação de documento de identidade. - A concessão do direito ao benefício da meia-entrada é assegurada em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para cada evento. - A meia-entrada não é cumulativa com outros descontos. - É condição obrigatória a apresentação do documento de comprovação do benefício no ato da compra e na entrada do evento. No caso de não apresentação de documento que comprove a condição, será solicitado o pagamento do valor de complemento do ingresso referente ao valor de inteira.

Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo

Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo terão 60% de desconto sobre o valor da inteira para os eventos realizados no Sesc Palladium. Os eventos em parceria entre o Sesc Palladium e produtores, agentes ou instituições externas, realizados no Grande Teatro, terão desconto de 60%, limitado a 200 lugares. Programação sujeita a alterações. * Domingo com apresentação da Orquestra Ouro Preto: das 9h às 20h. Alvará de Funcionamento e Localização do Sesc Palladium - 2016028126, válido até 20/06/2021. Órgão expedidor: PBH. ART Obra e Serviço do Sesc Palladium - 14201300000015052285, válido até 28/11/2018. Órgão expedidor: CREA-MG.

Informações


www.sescmg.com.br

Rua Rio de Janeiro, 1.046 • Centro Belo Horizonte MG 31 3270.8100

Guia Palladium Abril/18  
Guia Palladium Abril/18  

Confira tudo que vai rolar no Sesc Palladium em Abril!

Advertisement