Page 1

1º a 08/10 Palmas / Gratuito

Programação 2018


15h - Teatro Sesc Palmas

18h, 19h, 20h e 21h - Teatro Sesc Palmas


Valdemar Rodrigues (TO) Show de Cordel

1º/10 - 10h - BiblioSesc - Setor Maria Rosa 02/10 - 10h - BiblioSesc - Quadra 1.106 Sul 03/10 - 10h - BiblioSesc - Taquari 04/10 - 10h - BiblioSesc - Quadra 1.304 Sul 05/10 - 17h - Praça dos Girassóis Licenciado em Música pela UnB e em pedagogia pela FANAP-GO, pós-graduado em Educação Musical e Ensino de Artes e Mestrando em Educação/2017. Atualmente trabalha como professor de música no Colégio Militar de Palmas-TO, desenvolve projetos na área literária e artística no gênero de sua autoria: “Com as Cordas e o Cordel”, que já alcançou mais de 10.000 alunos e mais de 50 instituições de ensino no estado.


Foto: Flaviana OX

Grupo ArtPalco (TO) Espetáculo “Rei do Lixo”

1º/10 - 15h - Teatro Sesc Palmas “O Rei do Lixo” busca, de forma lúdica e com muito humor, falar da importância dos cuidados com o meio ambiente. O espetáculo infantojuvenil conta a história de Pitu, um catador de lixo que faz amizade com uma garrafa de sidra, um balde plástico e uma caixa de papelão, e daí por diante, partem em busca da realização de seus sonhos. Amizade, aventura e saudade são alguns dos ingredientes que recheiam o espetáculo com muita emoção. FICHA TÉCNICA Texto e Direção: Luiz Navarro Direção Musical e Trilha Sonora: Nice Albano e Zé Caetano Coreografias: Janep Coelho Figurinos: Síntia Alves Iluminação: Luiz Navarro Sonoplasta: Pablo Xuxa Cenário e Adereços: Iguatemy Lopes, Luiz Navarro e Jorge

Maquiagem: Luiz Navarro Design Gráfico: Will Belchior Produção Executiva: Tatiane Breve Coordenação Geral: George Henrique ELENCO: Eilson J. Ramos, George Henrique, Hayla Câmara e Viviane Faria


Grupo Reminiscências (TO) Música

1º/10 - 12h - Restaurante do Centro de Atividades Sesc Palmas - 502 Norte

INTEGRANTES Bruno Barreto – Sax barítono e Sax Soprano Eddie Gomes – Violão e Bandolim Gutenberg Nicacio – Clarineta Matheus Lopes – Percussão

Conjunto musical vinculado ao Programa de Extensão “Oficina de Criação, Performance e Difusão Musical – PROEX/UFT, o Grupo Reminiscências tem como principal premissa o estudo e divulgação do choro e gêneros musicais afins, através da realização de concertos e recitais didáticos. É formado por músicos que se dedicam à pesquisa, performance e divulgação do choro, através de recitais didáticos e apresentações artísticas em palestras, congressos, eventos em casas de espetáculo e particulares. Em sua atuação, o grupo busca divulgar o repertório de compositores e grupos musicais renomados, a exemplo de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, dentre outros.


Trio Graciosa (TO) Música

1º/10 - 12h30 - Palmas Shopping 1º/10 - 17h30 - Avenida JK

Fotos: Gilberto Pascoal

O Trio Graciosa foi formado em janeiro de 2017. Iniciou tocando durante o pôr do sol nas areias da praia da Graciosa. Atua também em eventos diversos e na difusão do turismo cultural através da música nos pontos turísticos da capital. O grupo é reconhecido pelo multi-instrumentismo de seus componentes na interpretação da música instrumental de qualidade desde o clássico ao popular. INTEGRANTES Nilson Adriano - Flauta / Piano / Violão Maurédson Silva - Saxofones / Percussão / Violão Teógenes Sá - Violino / Percussão / Violão


Estandarte: Artista Visual Marina Boaventura

Cortejo Aldeia Jiquitaia Vários artistas 1º/10 - 17h - Avenida JK Grupo ArtPalco (Araguaína/TO) Tambores do Tocantins (Porto Nacional /TO) Cia Os Kaco (Taquaruçu/TO) Trio Graciosa (Palmas/TO) Cortejo é uma palavra que tem como significado o tipo de saudação ou cumprimento especial que um grupo de pessoas realiza em homenagem a alguém ou acontecimento específico. O cortejo Aldeia Jiquitaia faz parte da programação da tradicional mostra cultural do Sesc Tocantins e vai marcar a abertura do evento em Palmas. O público que estiver presente na principal avenida da capital terá uma ótima chance de vivenciar as tradições e manifestações culturais do Tocantins.


Grupo de Tradição Oral Vereda (TO)

Música

02/10 - 18h - Lanchonete do Centro de Atividades Sesc Palmas - 502 Norte O Estado do Tocantins, ao longo de sua existência acumula bens e acervos culturais inestimáveis para a afirmação da identidade do seu povo. A viola de buriti, os tambores de barro, o roncador e tambores de madeira aliados às danças tradicionais ( sussa, roda, ciranda etc) até hoje são presentes em festejos e folias (tradições culturais e religiosas), como na Comunidade Quilombola Barra de Aroeira, localizada em Santa Tereza do Tocantins, na região do Jalapão; e em Buritirana, dentre outros rincões do sertão tocantinense O Vereda surgiu em abril de 2016 e se ancora nessas premissas e realiza-se desde a construção dos instrumentos, a dança e tocabilidade dos mesmos, tendo em vista o conhecimento oral e empírico dos costumes e fazeres tradicionais, a favor do desenvolvimento cognitivo, sócio-afetivo e musical de toda comunidade envolvida.

EQUIPE VEREDA Diego Silva Brito - Coordenador / Professor de Tambor / Viola de Buriti / Pesquisador Alex Vieira Busquets - Professor de Viola de Buriti / Tambor / Pesquisador Alunos da Escola Municipal Crispim Pereira de Alencar


Exposição Ex Libris: Marca de uma Identidade Curadoria de André de Miranda Abertura: 02/10 - 19h - Galeria Sesc de Artes Centro de Atividades Sesc Palmas - 502 Norte Período da Exposição: De 02 a 31/10 Exposição coletiva com obras de 84 artistas do Brasil, Argentina, Equador, Estônia, itália, México, Portugal e Uruguai. O Ex-Libris, é uma etiqueta, colada geralmente nas primeiras folhas de um livro, contendo o nome ou as iniciais do proprietário e podendo, através de uma imagem ou texto, indicar sua profissão, seus gostos, seu ideário etc. Com origem do Latim, significa, literalmente, "dos livros de" ou "faz parte de meus livros", empregada para associar o livro a uma pessoa ou a uma biblioteca. É o documento que garante ao dono de um livro a posse deste. A composição desse ex-líbris expressa claramente a maneira de ser do seu usuário, as suas tendências culturais e artísticas, os seus ideais, bem como outros elementos que caracterizam a pessoa que use essa marca bibliotecária.


Orquestra Jovem de Cordas Ciranda das Artes (TO)

Música 03/10 - 18h - Lanchonete do Centro de Atividades Sesc Palmas - 502 Norte O Projeto Ciranda das Artes tem como objetivo levar à comunidade escolar pública de Gurupi, formação sociocultural e em regime sócio educativo, através do aprendizado de artes (cênicas, visuais, dança e música), como forma de formação cidadã por meio de cultura, arte e educação, em situação de vulnerabilidade social e de aprendizagem. Atualmente são 75 alunos estudando música instrumental na Orquestra Jovem de Cordas, sob a regência do professor Jhonata Araújo. A Orquestra já foi regida por um dos mais importantes músicas e regentes do mundo, o maestro João Carlos Martins, na capital Palmas em 2015, abrindo a Fenepalmas.

INTEGRANTES Alunos da Orquestra Jovem de Cordas Ciranda das Artes da Casa de Cultura do Centro Universitário UNIRG


Grupo Babaçu Jazz (TO) Música

03/10 - 16h30 - Av. Tocantins (Taquaralto) 03/10 - 18h - Estação Javaé (Taquaralto)

INTEGRANTES Formada pelo baterista, Pedro Enus, Gercione Coutinho na flauta transversal, clarinete e Saxofone alto, o guitarrista Michel Assunção, Diego Britto nos contrabaixos e Fábio Geriz nos teclados, escaleta e acordeon.

O Grupo Babaçu Jazz é um coletivo de músicos formado por amantes da música instrumental popular brasileira e do Jazz, em todas suas vertentes. Surgiu há 4 anos em Palmas, com um grupo de amigos instrumentistas e professores de música , com a finalidade de estudar repertório e homenagear a nossa rica e vasta musica instrumental brasileira, que pouco tem espaço na grande mídia de hoje. Além da música brasileira, o grupo faz uma viagem rítmica e melódica pelo Jazz americano e pelas raizes do Afro Jazz. O repertório contém grandes mestres da música brasileira e internacional. Milton Nascimento, Moacir Santos, Guinga, Tom Jobim , Hermeto Paschoal, João Donato, Herbie Hancock, Tiao Carreiro, Djavan, Cama De gato, dentre vários outros seres iluminados da música.


Foto: Arturo Laso - La Casa Encendida

Daniela Perez (TO) Espetáculo “Party”

03/10 - 18h, 19h, 20h e 21h - Teatro Sesc 04/10 - 18h, 19h, 20h e 21h - Teatro Sesc Party surge da pesquisa artística que leva Iara Solano (Espanha) e Daniela Perez (Brasil) à fusão de ambas pesquisas e trabalhos artísticos culminam na criação de obras originais e inovadoras de imersão em dança. Party é executada por Beaches com a co-participação de 10 intérpretes locais, selecionados através de uma oficina gratuita, que acontece dois dias antes da apresentação da obra em cada lugar onde Party é programada. Os intérpretes selecionados durante a oficina,participam de um treinamento intensivo ministrado por Beaches para atuar na obra. Uma obra itinerante que se desenvolve atravessando quatro cenários distintos montados em um mesmo espaço, divididos em: hall, espaço-conferência, espaço-memória e espaço-festa, sendo adaptável a todos os tipos de teatros e espaços alternativos.

FICHA TÉCNICA Ideia original: Daniela Perez Texto: Iara Solano Voz em Português: Daniela Perez Designer sonoro e música original: Sammy Metcalfe (Sleepwalk Collective) Criação Artística: BEACHES Execução: Daniela Perez, Renata Oliveira e Heitor Oliveira


Foto: Diego Bresani

Teatro do Concreto (DF) Espetáculo “Entrepartidas”

04/10 - 18h - Teatro Sesc Palmas

FICHA TÉCNICA Projeto:Teatro do Concreto Dramaturgia:Jonathan Andrade Direção:Francis Wilker Assistentes de Direção: Ivone Oliveira e Aline Seabra Elenco:Adilson Dias, Alonso Bento, Diogo Vanelli, Giselle Ziviank, Gleide Firmino, JhonyGomantos, Lisbeth Rios, Maria Carolina Machado, Micheli Santinie Nei Cirqueira Desenho de Luz: Diego Bresanie HigorFilipe Figurinos: Eduardo Barón, Hugo Cabral e Júlia Gonzales Produção: Tatiana Carvalhedo–Carvalhedo Produções

Início da noite, a cidade se move como um complexo organismo. É hora do embarque! O público toma um ônibus e viaja pelas ruas da cidade onde conhece diversos personagens que se equilibram no fio do tempo, nos lembrando que a vida é feita de encontros e instantes. Um espetáculo que fala, sobretudo, daquilo que é efêmero, chegadas e partidas, saudades, desejos, possibilidades, vida e morte. A viagem pela cidade como pretexto para viajar pelas ruas de si mesmo. O espetáculo Entrepartidas é resultado de dois anos de pesquisado Teatro do Concreto sobre o tema amor e abandono na sociedade contemporânea.


Duo Fava de Bolota (TO) Música

04/10 - 12h30 - Capim Dourado Shopping 04/10 - 18h - Estação Apinajé (101 Norte) Paulo de Tarso e Fabio Geriz respiram música desde sua infância. De família de músicos, sempre estiveram em contato com a música de forma muito intensa. De ouvidos sempre atentos, começaram a ouvir bem cedo os grandes nomes da MPB, passando pelo pop internacional até chegar aos clássicos eruditos que levaram os dois ao estudo de teoria e percepção musical aprimorando então a harmonia e arranjos para seu projeto Duo Fava de Bolota. Esse nome é uma homenagem a árvore símbolo do Estado do Tocantins. Com um show mais intimista, porém muito descontraído, e graças aos vários anos de experiência, o Duo Fava de Bolota possui um repertório extremamente abrangente e diversificado, justamente para atender aos mais variados gostos musicais e aos mais exigentes públicos de todas as partes do Brasil.

INTEGRANTES Paulo de Tarso (Saxofones) e Fabio Geriz (Piano e teclado)


Foto: André Martins

Grupo Clownbaret (SP) Aula Show: A transformação na palhaça

Espetáculo de circo Sarau Jiquitaia 05/10 - 18h - Praça dos Girassóis

FICHA TÉCNICA Direção – Gabi Winter Palhaça Trankera – Renata Maciel Palhaça Jurubeba – Gabi Winter Cenário – TK Ceno Figurino – Camila Amadei Duração – 45 minutos Classificação – Livre (Recomendado para crianças a partir de 3 anos)

Um espetáculo/aula que pretende contar a história de como surgiram os primeiros palhaços, a primeira dupla, o porquê do nariz ser vermelho, desde a época dos mercados, depois dos espetáculos de cavalaria, chegando ao Brasil, relembrando grandes nomes da palhaçaria brasileira como Arrelia, Carequinha, Piolin, homenageando o grande Picolino I I ainda vivo, através de seus jargões, cumprimentos e marcas que os imortalizaram. A história decorre até chegar nos dias de hoje,onde mulher também é palhaça, representadas por Gabi Winter e Renata Maciel que se transformarão na frente das crianças nas palhaças Trankera e Jurubeba, fazendo suas maquiagens, contando seus segredos, rituais antes de entrar em cena e finalizarão mostrando um pouco de suas palhaçadas.


Banda Poetas do Caos (TO) Música

Sarau Jiquitaia 05/10 - 19h - Praça dos Girassóis Poetas do Caos é uma banda tocantinense, surgida em 2008, quando alguns amigos que faziam parte na época do Movimento Oficina Geral de Cultura e Cidadania, na cidade de Paraíso do Tocantins. Decidiram expor suas ideias e suas inconformidades por meio da música, usando o rock´n´roll como meio para expressarem seus sentimentos. Desenvolveu sua identidade com trabalhos autorais, buscando referências para sua música em diferentes vertentes, como o blues, soul, reggae, baião, mesclados dentro do estojo e da estética roqueira, e superando as inevitáveis mudanças de formação.

INTEGRANTES Cláudio Macagi (Vocal) Fernando Rios (Guitarra) Passio Roberto (Baixo-elétrico) Eudes Rodrigues (Bateria)


Foto: Vivis Collis

Banda Macakongs 2099 (DF)

Música

Sarau Jiquitaia 05/10 - 20h - Praça dos Girassóis

INTEGRANTES Evandro: voz Phú: Baixo e voz Pedro Ivo: Guitarra e voz Léo: Guitarra Yuri Formiga: Bateria

O Macakongs 2099 foi formado em 1998 para tocar um hardcore pesado cantado em português e inglês. Após 20 anos, a banda brasiliense já lançou 4 álbuns e um dvd, e rodou muito pelo Brasil: visitou os estados de Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo; Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia; Tocantins e Pará; e Paraná, sempre “destruindo” tudo pela frente. No último cd, o Tropicanalia, cada uma das faixas tem a participação vocal de um convidado diferente, totalizando nada menos que 18 vocalistas e letristas que emprestaram um pouco de suas influências e energia. Atualmente, o Macakongs 2099 está finalizando a gravação do novo álbum Amor, que será lançado ainda em 2018.


Foto: Helen Salomão

Luedji Luna (BA) Música

Sarau Jiquitaia 05/10 - 21h - Praça dos Girassóis Cantora e compositora baiana, Luedji Luna iniciou seus estudos em música na Escola Baiana de Canto Popular, fundada pela professora da Universidade Federal da Bahia, Ana Paula Albuquerque. Natural de Salvador, Luedji é co-fundadora do PALAVRA PRETA, mostra que reúne compositoras e poetisas pretas de todo o Brasil, cuja primeira edição ocorreu em sua cidade natal, e segunda edição em Brasília, no Festival Latinidades, maior festival de mulheres negras da América Latina. Em 2017 a cantora lançou seu primeiro disco que leva o mesmo nome do seu single, “Um Corpo no Mundo”. O trabalho foi contemplado em primeiro lugar com o Prêmio Afro em patrocínio com a Petrobrás, e conta com a produção de Sebastian Notini, músico sueco radicado na Bahia, também produtor dos dois últimos discos de Tiganá Santana, e o mais recente trabalho da também baiana Virgínia Rodrigues, o premiado "Mama Kalunga". No segundo semestre de 2018, a cantora está em turnê de seu primeiro disco por 5 estados do país, com apoio do Natura Musical.


Feira de Cultura Independente

Vários artistas Discotecagem Árvore Seca DJ From Mars 06/10 - 16h - Hall do Centro de Atividades Sesc Palmas - 502 Norte No intuito do desenvolvimento de experimentações, a Feira de Cultura Independente visa dar espaço aos artistas autônomos para que possam expor, trocar e comercializar suas produções, sendo uma oportunidade de troca de experiências e intercâmbio das mais variadas criações artísticas. Paralelamente à Feira, teremos a discotecagem do DJ From Mars, integrante da Produtora Árvore Seca que é focada em eventos de qualidade musical autoral, compartilhando a sua incessante pesquisa musical e diversidade sonora. O DJ carrega sua bagagem interplanetária e leva sets energéticos e bem curados ao público, navegando entre o rock, o hip-hop e grooves raros.


Filme Geração Baré Cola Cinema

06/10 - 19h - CineSesc Palmas (502 Norte) Após o evento terá bate-papo com os diretores

+ Sessões no interior 06/10 - 19h - CineSesc Araguaína 06/10 - 19h - CineSesc Gurupi Documentário de 73 minutos, de Patrick Grosner. Um retrato do cenário do rock brasiliense da década de 90. Divertido e historiográfico, o documentário é uma aventura sonora pelos causos e narrativas vivenciadas pelos músicos e suas bandas daquela época.


Foto: Gabriel Rachid

La Cascata Cia. Cômica (SP)

Espetáculo “Animo Festas”

06/10 - 22h - Teatro Sesc Palmas (502 Norte) O universo do palhaço é personificado na sombria figura de Klaus, que narra suas memórias em festas infantis. Klaus sobrevive de performances em festas infantis e narra suas memórias no submundo desses eventos, ao som de rock, música francesa e trilhas infantis dos anos 1980. O paulistano Marcio Douglas, criador da La Cascata Cia. Cômica, encarna o anti-herói da palhaçaria. Esse freakshow de humor ácido reflete sobre questões como o valor do trabalho artístico, a felicidade e a sobrevivência. FICHA TÉCNICA Criação, direção e atuação: Marcio Douglas Iluminação: Renato Jr Sonoplastia: Marcio Douglas e Jessica Zelma Cenografia e figurino: Marcio Douglas

Operador de Luz: Renato Jr Operador de som: Adriano Laureano Fotos: Gabriel Rachid Design gráfico: Studio 195


ENTRADA GRATUITA

Programação do Sesc Aldeia Jiquitaia 2018  

Confira a programação completa do Sesc Aldeia Jiquitaia 2018, que acontece em Palmas de 1º a 08 de outubro.

Programação do Sesc Aldeia Jiquitaia 2018  

Confira a programação completa do Sesc Aldeia Jiquitaia 2018, que acontece em Palmas de 1º a 08 de outubro.

Advertisement