Issuu on Google+


4


Todos de pé. O Presidente:

  

DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA VÉSPERAS II Música de: fA VÉÜwx|ÜÉ? ává Invocação Inicial

 

V.Deus, vinde em Glória ao Pai e ao Filho e ao Espí

  

-

como era no princípio, agora e

HINO

Tens o do - te da a-li - an - ça

P. M. Luís

    

e sal-vai - nos. sem- pre. A - men. A-le - lu - ia.

               Sa - gra -da Es-po - sa de Cris - to, Cla - ra                 Estrofes - Levemente

 

nos - so au - xí - lio. ri - to San - to,

     

R.Senhor, socorrei_nos

5

Na

        

        

Ci - da - de do Céu!

gra - ça que o Pai te deu.

    Refrão                       Nós so-mos pe -dras vi - vas Com que fos - tes cons-tru - í - da, Ce  as                            les - te Je - ru - sa - lém, Nos-sa Pá - tria Pro -me - ti - da. Ce                          les - te Je - ru - sa - lém,

2. Celeste Jerusalém, Alta e futura mansão, Erguida co'as pedras vivas Das vidas em construção.

Nos-sa

Pá - tria Pro -me - ti - da.

3. Ó cidade fulgurante Das doze portas abertas, Vamos p'ra ti, peregrinos, Almas em Cristo libertas.


COMUM DA DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA

6

4. Sob os golpes do canteiro, Afeiçoando o granito, Vão-se as almas ajustando No templo do Infinito.

5. Glória ao Pai e glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo, Para os Três todo o louvor, Nosso amor e nosso canto. Todos se sentam.

Salmodia

   ANT. 1           O Se - nhor san - ti - fi - cou              tá no mei - o

    

de - la

          a su - a mo - ra - da,

Deus es -

         

e a tor -na i-na - ba - lá - vel. Salmo 45

 

Deus é o nosso refúgio

   

e a nos - sa

 

auxílio sempre pronto na ad

 

-

for - ça,

ver - si - da - de.

Por isso, nada receamos, ainda que vacile a terra * e os montes se precipitem no fundo do mar, ainda que se encrespem e refervam suas águas * e estremeçam os montes com a sua fúria. O Senhor dos Exércitos está connosco, * o Deus de Jacob é a nossa fortaleza. Os braços dum rio alegram a cidade de Deus, * a mais santa das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela e a torna inabalável, * Deus a protege desde o romper da aurora. Agitaram-se os povos, tremeram os reinos: * Ele fez ouvir a sua voz e a terra estremeceu. O Senhor dos Exércitos está connosco * o Deus de Jacob é a nossa fortaleza.


VÉSPERAS II

7

Vinde e contemplai as obras do Senhor, * as maravilhas que realizou na terra. Põe termo às guerras até aos confins do mundo, * despedaça os arcos, quebra as lanças, V queima no fogo os escudos. «Rendei-vos e reconhecei que Eu sou Deus, * triunfo das nações e domino a terra.» O Senhor dos Exércitos está connosco, * o Deus de Jacob é a nossa fortaleza.

                     Va - mos com a - le - gri - a pa -ra a ca - sa do Se - nhor.                     

ANT. 2  

Va - mos com a - le - gri - a pa -ra a ca - sa do Se - nhor.

     

 

 

A - le

«Va - mos

 -

Salmo 121

grei_me quando

para a casa

me

 

 

dis - se -

do

Detiveram-se os nossos passos, * às tuas portas, Jerusalém. Jerusalém, cidade bem edificada, * que forma tão belo conjunto! Para lá sobem as tribos, * as tribos do Senhor, segundo o costume de Israel, * para celebrar o nome do Senhor; ali estão os tribunais da justiça, * os tribunais da casa de David. Pedi a paz para Jerusalém: * Vivam seguros quantos te amam. Haja paz dentro dos teus muros, * tranquilidade em teus palácios.

 

Se

ram:

-

nhor».


COMUM DA DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA

8

ANT. 3    Lou

Por amor de meus irmãos e amigos, * pedirei a paz para ti. Por amor da casa do Senhor nosso Deus, * pedirei para ti todos os bens.

- vai

        

   

o

 

       

 

Se - nhor, to - dos os seus san - tos. Cântico cf. Ap 19, 1-7  

    

A - le - lu - ia. A salvação, a glória e o po - der ao nos-so Deus,

    

 



A - le - lu -

 

ia.

porque são verdadeiros e

    

justos os seus jul - ga - men - tos.

                        A - le - lu

-

ia. A - le

-

lu

-

ia.

Aleluia. Louvai o Senhor nosso Deus, todos os seus servos, * Aleluia. e vós todos os que O temeis, pequenos e grandes. Aleluia. Aleluia. Aleluia. O Senhor nosso Deus reina em toda a terra: * Aleluia. exultemos de alegria e dêmos glória ao seu nome. Aleluia. Aleluia. Aleluia. Chegaram as núpcias do Cordeiro, * Aleluia. e a sua Esposa está preparada. Aleluia. Aleluia.


9

VÉSPERAS II

Aleluia. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, * Aleluia. como era no princípio, agora e sempre. Amen. Aleluia. Aleluia.

LEITURA BREVE

Ap 21, 2-3.22.27

Vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do Céu, da presença de Deus, bela como noiva adornada para seu esposo. E do trono ouvi uma voz forte que dizia: «Eis a morada de Deus com os homens. Deus habitará entre eles: serão o seu povo, e o próprio Deus, no meio deles, será o seu Deus.» Não vi nenhum templo na cidade, porque o seu templo é o Senhor Deus omnipotente e o Cordeiro. Nada de profano ali poderá entrar, nem ninguém que pratique a abominação e a mentira, mas somente aqueles que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. Responsório Breve V/. Felizes os que moram em vossa casa, Senhor. R/. Felizes os que moram em vossa casa, Senhor. V/. Podem louvar-Vos continuamente. R/. Na vossa casa, Senhor. V/. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R/. Felizes os que moram... Cântico Evangélico Todos de pé. À enunciação do Magnificat todos se benzem. (Cf. Cap. V nº 266 b) - IGLH)

                    ANT.         O Se - nhor san - ti - fi - cou a su - a mo - ra - da: Es - ta    3                            é a ca -sa de Deus, on -de o seu no -me é in - vo - ca - do.


10

COMUM DA DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA

Lc 1, 46-55

  +

A minha alma glorifica

 

e o meu espírito se alegra em Deus, meu

 

 

o

Se - nhor,

 

 

Sal - va - dor.

Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: * de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações. O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas * Santo é o seu nome. A sua misericórdia se estende de geração em geração * sobre aqueles que O temem. Manifestou o poder do seu braço * e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos * e exaltou os humildes. Aos famintos encheu de bens * e aos ricos despediu de mãos vazias. Acolheu a Israel, seu servo, * lembrado da sua misericórdia, como tinha prometido a nossos pais, * a Abraão e à sua descendência para sempre.

PRECES Oremos, irmãos, ao nosso Salvador, que deu a vida para

     

reunir num só povo os filhos de Deus dispersos, e cantemos:

   

    

 

Lem -brai - Vos, Se - nhor, da vos -sa I - gre - ja. Senhor Jesus, que edificastes a vossa casa sobre rocha firme, – consolidai e rovustecei a fé e a esperança da vossa Igreja. Senhor Jesus, de cujo lado saiu sangue e água, – renovai a Igreja com os sacramentos da nova e eterna aliança.


VÉSPERAS II

Senhor Jesus, que estais no meio daqueles que se reúnem em vosso nome, – atendei à oração unânime da vossa Igreja. Senhor Jesus, que vindes com o Pai habitar naqueles que Vos amam – tornai a vossa Igreja perfeita na caridade. Senhor Jesus, que nunca afastais quem de Vós se aproxima, – acolhei todos os defuntos na casa do Pai. Pai nosso

Oração

Senhor, que edificais o templo da vossa glória com pedras vivas e escolhidas, derramai sobre a Igreja os dons do Espírito Santo, para que o vosso povo cresça cada vez mais na fé, esperança e caridade, até se transformar na Jerusalém celeste. Por Nosso Senhor.

11


12


VÉSPERAS II DA FESTA DA DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA