Issuu on Google+

Comunidade Fumaça ganha Dias das Mães antecipado

A

Comunidade Fuma ça, localizada na Ave nida Alvarenga, na al tura do número 4 mil, comemorou o Dia das Mães de forma antecipada. No último dia 1º de maio, dia do trabalhador, um grupo de voluntários foi até o local, onde presenteou cerca de 40 mães com cortes de cabelo, escova, chapinha e ainda houve doação de roupas para a comunidade. O evento começou de forma antecipada, quando a professora

Ellen Nicole Costa Pereira, juntamente com a química Ângela Honório do Nascimento, cadastraram todas as famílias da comunidade. Com os dados em mãos, no dia seguinte (dia 1º) o trabalho começou cedo, e ainda contou com a presença de Rosa Maria Pinho Gomes e Luzivania Costa Leite. Com o grupo mulheres de voluntárias formado, a identificação com as mães locais foi imediata, tanto que ao final do dia, cerca de 40 pessoas foram atendidas, algu-

mas com cortes de cabelo e chapinha, outras preferiram somente escova ou apenas chapinha. De acordo com Ângela Nascimento, dentre as pessoas que foram atendidas, a mãe mais jovem foi Elaine Rodrigues Soares, 18 anos. Um dos destaques é Tereza de Morais, 80 anos, moradora do bairro há 37. “Mesmo em uma cadeira de rodas, cuida das tetranetas, é alegre contagia a todos onde passa, não reclama de sua deficiência, e tem sempre um sorriso amigo e agradável por onde passa”, relatou. Projeto – O projeto realizado na Comunidade da Fumaça é uma

iniciativa da educadora Nicole, que realiza o trabalho social no local há algum tempo e, contou com o apoio de Ângela Nascimento, do Instituto O GOL. “Este dia foi fantástico, foi a doação do trabalho”, comentou Ângela. Para Nicole o evento foi um sucesso. "Foi uma ação, gratificante. A auto-estima das mães, aumentou perceptivelmente. Me sentí realizada, por estar agindo em prol dessas pessoas. Agora teremos o dia das crianças. As doações já começaram". Para doar basta entrar em contato com o GOL pelo telefone:(11) 20865895

Rosa Maria Pinho, Angela Honório e Ellen Nicole atendem Dona Tereza de Moraes, de 80 anos.


o gol