Page 1


COLÉGIO MARISTA SÃO LUÍS

2° ANO A

ESTADOS UNIDOS: COUNTRY

RECIFE 2013


2° ANO A

ESTADOS UNIDOS: COUNTRY

Pesquisa apresentada como requisito do Projeto “Vivendo o Folclore” pro posto pelo Colégio Marista São Luís.

RECIFE 2013


RESUMO Os Estados Unidos da América, ou simplesmente EUA, constituem uma nação multirracial e multicultural, multiplicidade essa permitida pelo número de imigrantes e percebida pela influência que o país exerce econômica e culturalmente sobre todo o mundo. Ideais e pessoas que lá nasceram se perpetuaram (e ainda se perpetuam) pelo mundo, fazendo dos EUA uma referência mundial e o centro de atenções. A cultura country, essencialmente americana (uma vez que ser americano é ser essencialmente a mistura bem-sucedida de tudo que não é americano), reflete isso em sua plenitude, servindo como modo de expressão para jovens, adultos e idosos tanto musicalmente quanto na dança. O country reflete a construção do país pelos homens que imigraram para o interior, o centro, o cerne, do mesmo. Homens esses que reforçam o setor de produção, que é atualmente o maior produtor de riquezas do país mais rico do mundo atrás, talvez, da China. Deve-se encarar os Estados Unidos como um fenômeno único, ímpar, uma vez que até mesmo politicamente falando se destaca bastante de quaisquer outros países: o exemplo mais marcante é, provavelmente, o fato de que o presidente do país não é eleito por voto direto, e sim pelo número de distritos. Número de distritos que é definido pelo censo que é feito a cada dez anos por cada estado - enquanto alguns estados têm um representante, a Califórnia, estado mais populoso, tem cinquenta e três. A política dos Estados Unidos, de tão única, dificulta a compreensão de forasteiros. Na verdade, parece que toda a concepção de Estado é construída para dificultar a compreensão e participação de estrangeiros. Contraditoriamente, um país que é bombardeado por imigrantes e que os tem como base forte da economia é o que mais é avesso a eles. Embora sejam um país rico e bem-sucedido, os Estados Unidos encontram um estereótipo de "homem branco acima do peso arrogante e soberbo". Tudo é explicado pela história do país e pela forma em que sua cultura se desenvolveu nacionalista, enraizada nas terras que há não muito tempo pertenciam a índios. Ainda assim, se sentem como se estivessem lá desde sempre, por direito divino. Os americanos são peculiares e, ainda assim, foram capazes de espalhar sua cultura aos quatro ventos, fazendo que o country nos pareça tão familiar quanto se tivesse sido criado aqui mesmo, no Brasil.


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO

5

2 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA 2.1 Aspectos Culturais 2.2 Aspectos Econômicos 2.3 Aspectos Políticos 2.4 Aspectos Sociais

6 6 7 8 8

3 DANÇA COUNTRY 3.1 Origem Histórica 3.2 Coreografia 3.3 Música 3.4 Indumentária

10 10 10 11 11

4 CONCLUSÃO

12

REFERÊNCIAS

13

ANEXOS

14


1 INTRODUCAO Este projeto tem por objetivo apresentar características sobre os Estados Unidos da América e sua mais conhecida dança típica, denominada Country. Em seu decorrer, o trabalho irá abordar os aspectos políticos, econômicos, sociais e culturais deste país, assim como origem histórica, música, indumentária e coreografia do country. Os Estados Unidos é um país de muita influência atualmente, é também a maior potência econômica mundial, e é berço da atual cultura ocidental. Veremos também que a música country é uma mistura de ritmos originada no translado dos imigrantes da Inglaterra desempregados ao oeste dos EUA em busca de uma vida melhor, e juntamente com a música veio a dança country, que era fortemente influenciada era fortemente influenciada por ritmos sulistas como o blues e o folk.


2. ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Os Estados Unidos é um país localizado na América do Norte, está subdividido em 50 estados e Washington, D.C., seu distrito federal. Os Estados Unidos possuem a principal economia do mundo, a sua moeda, o dólar americano, é forte e é usada como referência para demonstrar dados econômicos. É o terceiro país mais populoso do mundo, somente atrás da China e da Índia. Segundo o censo de 2010, o país possui aproximadamente 308.745.538 milhões de habitantes. Etnicamente, a população dos Estados Unidos é constituída por alemães, irlandeses, ingleses, italianos, escandinavos, poloneses, franceses, hispânicos, africanos e asiáticos. O seu tamanho faz com que o país apresente uma grande variedade de climas, entre os principais: subtropical, polar, mediterrâneo e temperado. O subsolo do país abriga uma grande riqueza em minérios, como ouro, petróleo, carvão e urânio. Na agricultura, apresenta como um dos mais desenvolvidos do mundo, sendo grande produtor de milho, trigo, açúcar e tabaco. Na indústria o país também se destaca, uma vez que seu parque industrial é bastante diversificado, atuando na produção de base e no desenvolvimento de tecnologia de ponta. Os principais produtos industrializados são automóveis, aviões e produtos eletrônicos. Mas o setor da economia que mais emprega a população economicamente ativa (PEA) no país é o de serviços, ou seja, terciário.

2.1 ASPECTOS CULTURAIS Assim como o Brasil, a cultura dos Estados Unidos é composta por diferentes costumes e tradições, fazendo assim com que ela seja conhecida como uma "nação multicultural", variando de lugares como Nova York e as pequenas populações nativas americanas e nativas do Havaí. A culinária dos Estados Unidos é muito parecida com a do ocidente no geral, porém uma das suas principais características são os chamados fast foods, que, junto com título de maiores consumidores de refrigerante do mundo, acabam por fazer que os Estados Unidos tenham a população com o maior grau de obesidade do mundo. Eles também são conhecidos como os maiores consumidores de café. Na área de esportes, o beisebol é considerado o esporte nacional, popular em toda a área dos EUA, porém esportes como basquete, hóquei e futebol americano vêm logo em seguida, com as chamadas equipes profissionais. Esportes como lacrosse e surfe são populares de lugares como o Havaí, chegando até em 1904, eles organizarem o chamado, jogos olímpicos de verão. Eles conseguiram cerca de 2031 medalhas em Jogos Olímpicos de Verão, estando em primeiro lugar, e 216 nos Jogos Olímpicos de Inverno, onde é o segundo país no ranking total, atrás apenas da Noruega.


Desde 1894, com Thomas Edison, os Estados Unidos tem liderado o mercado cinematográfico do mundo, tendo como sede Hollywood, na Califórnia. Foi com ele que se teve a primeira exposição de filmes no mundo, em NY. Os atores e atrizes estadunidenses conseguem liderar o ranking de popularidade, tendo como exemplo John Wayne e Marilyn Monroe, que acabaram se tornando figuras ícones, sendo lembradas até hoje. Sem falar do produtor/empresário Walt Disney, que foi um líder em filmes animados, famoso até os dias atuais. Footlose, de 1984 com re-make em 2011, é um filme que retrata fielmente a importância da dança e da música country na vida de grande parte dos jovens americanos, tanto em '84 quanto em '11. O longa fala sobre uma pequena cidade interiorana em que, após um acidente de carro, a dança é banida e não pode ser praticada por menores de idade. Ren McCormack, um recém-chegado vindo de Boston após a morte de sua mãe, fica indignado ao ver os jovens se encontrando clandestinamente para dançar ao som de country, e, principalmente depois de se apaixonar pela rebelde Ariel em um desses encontros, se torna a principal voz pró-dança na cidade, sinalizando o quão essencial era para cada jovem poder demonstrar seus sentimentos e expressar sua cultura através da música e da dança country.

2.2 ASPECTOS ECONÔMICOS A economia dos Estados Unidos é a maior do mundo, apresentando destaque nos diversos setores econômicos e funciona totalmente dentro dos parâmetros capitalistas. Com um mercado consumidor interno forte, a produção dos Estados Unidos também visa às exportações, e é abastecida por uma infraestrutura bem desenvolvida e pela alta produtividade. O país produz grande quantidade de gêneros agro-pecuários, porém se destaca na produção de produtos industrializados e tecnologia. Os EUA são os maiores importadores e os terceiros maiores exportadores de bens, embora as exportações per capita sejam relativamente baixas. Grande parte da indústria norte-americana concentra-se nas regiões sudeste e nordeste, embora também haja grande produção de manufaturados no estado da Califórnia. Já a região sul do país apresenta forte desenvolvimento no setor agropecuário e mineração. O turismo nos Estados Unidos também é de extrema importância para a economia do país. Terceiro país mais visitado por turistas estrangeiros, os Estados Unidos recebe cerca de 1,5 bilhões de turistas de outros países. A mineração por sua vez também ocupa um lugar de destaque econômico no país. Grande parte da extração de petróleo e gás natural ocorre nos estados do Texas e Alasca. Já o carvão mineral é extraído nos estados do Wyoming, Kentucky e Virgínia Ocidental. O centro financeiro do país concentra-se principalmente em Wall Street na ilha de Manhattan (Nova Iorque), onde está localizada a maior bolsa de valores do mundo, a New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova Iorque).


Outro destaque da economia norte-americana é a produção de softwares e produtos de informática e eletrônica. Grande parte das empresas deste setor encontra-se instalada na região do Vale do Silício, na cidade de San José na Califórnia. De acordo com o FMI, o PIB dos EUA, de 14,4 trilhões de dólares, representa 24% do PIB mundial no mercado de câmbio, e quase 21% do PIB mundial em paridade do poder de compra. A moeda oficial do país é o Dólar Americano, cujo símbolo é USD.

2.3 ASPECTOS POLÍTICOS Os Estados Unidos são a federação mais antiga do mundo. O país é uma república constitucional e uma democracia representativa, e é regulado por um sistema de separação de poderes definido pela Constituição, que serve como documento legal supremo do país. No sistema federalista estadunidense, os cidadões são sujeitos a três níveis de governo: federal, estadual e local. As funções de governo local são geralmente divididas entre os condados e os governos municipais e, em quase todos os casos, funcionários do executivo e do legislativo são eleitos pelo voto da maioria dos cidadões do distrito. O governo federal é composto por três ramos: 1. Legislativo: Congresso bicameral, composto pelo Senado e pela Câmera dos Representantes. Faz a lei federal, declara guerras, aprova tratados e tem o poder do impeachment. 2. Executivo: O Presidente é o comandante das forças armadas, pode vetar projetos de lei antes de se tornar lei efetivamente e nomeia os membros do Conselho de Ministros e outros poderes, que administram e fazem cumprir as leis e políticas federais. 3. Judiciário: A Suprema Corte e tribunais inferiores, cujos juízes são nomeados pelo presidente com a aprovação do Senado, interpretam as leis e derrubam aquelas que são inconstitucionais. A câmera dos representantes possui 435 membros, cada um representando um distrito do Congresso para um mandato de dois anos. De acordo com o censo de 2000, sete estados têm um mínimo de um representante, enquanto a Califórnia, estado mais populoso, tem cinquenta e três. O Senado tem 100 membros, com cada estado tendo dois. Esses senadores são eleitos para mandatos de seis anos. O Presidente, por sua vez, serve um mandato de quatro anos e pode ser eleito não mais do que duas vezes. O presidente não é eleito pelo voto direto, mas por um sistema de colégio eleitoral indireto em que os votos são distribuídos de forma pré-determinada por cada estado. Cada Estado recebe uma determinada quantidade de votos de acordo com o número de congressistas dentro do poder legislativo (senadores e representantes), dando um total de 538 membros. O sistema bipartidarista permite que um dos candidatos à presidência,


seja do partido republicano ou democrata, precise de apenas duzentos e setenta votos para assegurar a vitória. O atual presidente dos Estados Unidos é Barack Obama, seu antecessor é George W. Bush.

2.4 ASPECTOS SOCIAIS Os Estados Unidos são um país altamente urbanizado, com cerca de oitenta por cento de sua população vivendo em cidades. Possui taxas baixas tanto de desemprego quanto de inflação, embora tenham apresentado, nos últimos anos, um grande déficit, tanto na balança comercial quanto no orçamento de seu governo. O maior setor econômico é o de serviços, e cerca de três quartos dos habitantes dos Estados Unidos trabalham nesse setor. Os afro-americanos constituem uma parcela considerável da população, formando 12,9% da população. Alguns dos grupos étnicos europeus com mais presença nos EUA são os alemães (15,2% da população), irlandeses (10,8%), ingleses (8,7%), italianos (5,6%), escandinavos (3,4%), poloneses (3,2%) e franceses (3%). Hispânicos e asiáticos são os principais grupos que continuam em constante migração para o país atualmente. Os hispânicos são, hoje em dia, grande parte da população americana, aproximando-se da taxa de 13,4%. Como a imigração só faz aumentar, espera-se um aumento significativo nessa taxa nas próximas décadas. Asiáticos constituem um grupo racial minoritário do país, sendo 4,2% da população. Enquanto a imigração desse grupo era intensa a partir da década de 1860, aumentou drasticamente durante a década de 1960, mantendo-se alta até os dias atuais. A educação nos Estados Unidos da América é fornecida majoritariamente pelo governo, e não por instituições privadas. No entanto, o sistema educacional estadunidense é altamente descentralizado. O Departamento de Educação de cada Estado que dita as regras e os padrões educacionais. O Departamento de Educação nacional monitora e fiscaliza o estado da educação no país, e fornece as verbas necessárias para cada Estado. Para cada cem habitantes, existem 75 veículos motorizados (entre carros, caminhões e ônibus). Contabilizando só os automóveis, seriam 56,1 para cada cem habitantes. Caminhões são responsáveis por transportar cerca de um quarto de toda a carga utilizada pelo país. A grande maioria da população americana possui bastante tempo livre em mãos, e os esportes tendem a serem os principais passatempos da população americana. Milhões de estadunidenses passam seu tempo dedicado à recreação jogando esportes com os amigos ou assistindo a alguns dos principais esportes do país (futebol americano, beisebol e basquete) em estádios ou mesmo na televisão. Outros métodos de recreação muito populares envolvem filmes, seriados, shows musicais e teatro. Cerca de 95% da população americana possui uma televisão em casa, e, em média, cada televisão fica ligada sete horas por dia.


3 DANÇA COUNTRY 3.1 ORIGEM HISTÓRICA A dança country nasceu junto com a música country, em cidades como Nashville e Santa Fé, no sul dos Estados Unidos da América, no começo do século XIX, quando imigrantes da Inglaterra que não encontravam trabalho nas colônias do nordeste partiam para o oeste em busca de terra e ouro. Viajavam a cavalo, em grupos, montando acampamento nas paradas dos trajetos longos e cansativos. Nessas paradas, todos se reuniam em torno de fogueiras, cantavam e dançavam ao som de violões, banjos, bandolins e rabecas. O ritmo era mais lento do que o do country que se ouve nas rádios hoje em dia, e havia uma forte influência de ritmos sulistas como o blues e o folk. As pessoas inventavam passos para as músicas, e decoravam pequenas coreografias. Com a colonização do oeste e do sul dos Estados Unidos, a música e a dança country cresceram e firmaram suas raízes nos bares das pequenas cidades, os famosos saloons dos filmes de faroeste. Neste século, havia muitas casas enormes nas fazendas, e nessas casas tinham quartos ao longo da parte de trás do segundo andar que eram usados como salas de dança, onde o ritmo dançado era o country. Prefeituras também foram utilizadas para encontros. Essa dança durava desde o meio da tarde até a manhã do outro dia.

3.2 COREOGRAFIA A dança country é uma forma de dança em que dois ou mais casais dançam juntos. No decorrer da dança cada bailarino dança para o seu parceiro e cada casal dança com os outros casais no conjunto. Os homens formam uma linha de frente para as mulheres, que formam uma segunda linha, definindo a formação mais comum. É reconhecida como uma forma de dança folclórica, pois é uma dança tradicional de um povo e é entendida como uma dança para participação em vez de demonstração. Podemos apontar três formas de se dançar o country: Singles Dance, Line Dance ou HonkyTonk - dança sem par, em fila, formando coreografias, onde cada um pode colocar seu estilo, giros diferentes, desde que não mexendo na estrutura básica da coreografia.Os movimentos, geralmente, são executados com batidas da bota no chão e alguns giros em contra-tempo. O clássico são os polegares para dentro da calça. Two-Step - passo a dois, coreografado, dançado livre ou em círculos, como em uma quadrilha. Partner Dance - dança de par, a mais parecida com a nossa dança de salão, onde não existe coreografia e a sequência de passos é definida pelo comando do cavalheiro.


3.3 MÚSICA COUNTRY A música country é uma mistura de estilos populares originalmente encontrados no sul dos Estados Unidos e nas montanhas dos Apalaches. Suas raízes são encontradas na música folclórica tradicional, na música celta, no jazz, na música gospel, e na música popular do século XX que se desenvolveu rapidamente na década de 1920. O termo, Country music começou a ser usado nos anos da década de 40, nos Estados Unidos, quando o termo original, música hillbilly ("música caipira"), foi considerado degradante, e o novo termo foi abraçado amplamente na década de 1970, enquanto o termo "Country and Western" caiu em desuso deste então, com exceção do Reino Unido, aonde o termo ainda é frequentemente usado. Os imigrantes franceses e italianos também contribuíram na sua formação, mas suas principais raízes são compostas pelas velhas canções inglesas. Por se tratar de um gênero representado pelos homens do campo é muito associado a vestes e instrumentos rústicos como o banjo, bandolim, rabeca, violão, washboard, etc. A "capital" da música country é Nashville, Tennessee, pois é lá onde se encontrava a sede de diversas gravadoras do gênero, e onde se realizaram os mais famosos festivais desse estilo musical.

3.4 INDUMENTÁRIA O vestuário da dança country varia de acordo com a região, mas algumas peças são essenciais: calça jeans, botas e chapéu. Os homens costumam usar camisas de botão e as mulheres podem ousar um pouco mais. As franjas são detalhes muito comuns e contribuem para dar mais movimento à coreografia.


CONCLUSÃO Tendo em vista os aspectos relevantes dos Estados Unidos da América, foram abordados durante a pesquisa tópicos que caracterizam bem o país. Dentre eles foram destacados os aspectos culturais que são marcantes como na comida (bem exemplificada pelo fast food e fruit pies) e diversificados quando se trata de costumes e tradições. Já na aba econômica o país ocupa uma posição importantíssima no mundo tendo em vista que seu PIB é aproximado em 14,4 trilhões de dólares e representa 24% do PIB mundial de câmbio. Os norte-americanos ocupam o primeiro lugar dos países importadores e o terceiro nos exportadores. Tratando-se do âmbito político e social é fundamental evidenciar a forma de governo descentralizada que há no país, onde os estados regem-se por si só, podendo variar a forma de organização e o esquema de votação para a presidência não é por voto direto. E é nesse cenário norte-americano que a dança abordada se cria. Iniciada com a vinda dos imigrantes da Inglaterra diretamente para o oeste do país em busca de melhores condições de vida. O ritmo começou lento e foi se desenvolvendo em meio à popularização do mesmo e hoje é uma grande característica do povo americano. E foi na cidade de Nashville no estado do Tennessee onde tudo se fortaleceu, além de ser a capital da música country, Nashville é berço de várias figuras populares do country atual (estilizado) como Miley Cyrus e seu pai, Billy Ray Cyrus, e a jovem Taylor Swift.


REFERÊNCIAS Disponível em: < http://www.brasilescola.com/geografia/estados-unidos.htm > Acesso em: 28/05/2013 Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/Estados_Unidos#Etimologia> Acesso em: 28/05/2013 Disponível em: <http://www.suapesquisa.com/paises/eua/> Acesso em: 29/05/2013 Disponível 29/05/2013

em:

<http://en.wikipedia.org/wiki/Country_dancing>

Acesso

em:

Disponível em: <http://en.wikipedia.org/wiki/Country-western_dance> Acesso em: 30/05/2013


ANEXOS

Revista 2  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you