Page 5

Empreendedorismo – O que é Geralmente, é caracterizado por algum tipo de inovação, por um investimento significativo e pela existência de uma estratégia que valoriza a expansão. Compreende sempre um determinado grau de risco, dado que a maioria dos novos negócios não chega a obter sucesso. Abrangida no Empreendedorismo está a capacidade de reconhecimento de oportunidades de negócio e do seu aproveitamento para obter lucro. É necessária, assim, uma grande sensibilidade relativamente a matérias como necessidades, desejos, problemas e desafios. Atualmente, existem já vários tipos de organizações preparadas para dar apoio a iniciativas empreendedoras. Entre estas contam-se agências governamentais especializadas, incubadoras de negócios, parques científicos e algumas organizações não-governamentais.

Joseph Schumpeter e a teoria da destruição criativa O entendimento atual de Empreendedorismo é em muito devido ao trabalho, da década de 50, do economista Joseph Schumpeter, conhecido como sendo o primeiro estudioso a usar os termos Empreendedorismo e Empreendedor no seu sentido atual. Para Schumpeter, um Empreendedor é uma pessoa que esteja disposta a transformar uma ideia inédita numa inovação de sucesso, e que seja capaz de o fazer. Assim, o Empreendedorismo pode, segundo ele, ser definido como um processo inovador de mudança, através do qual novos produtos e procedimentos são criados. É no âmbito desta ideia que se encontra a teoria da destruição criativa. Segundo o autor, os processos inovadores interferem com os processos já estabelecidos, dispersando, destruindo e realocando os seus recursos, estruturas e know-how. O Empreendedorismo impõe, assim, uma destruição criativa nos mercados e indústrias, criando novos produtos e modelos de gestão e, simultaneamente, eliminando outros. Deste ponto de vista, pode considerar-se que a destruição criativa, ao interferir com o equilíbrio estabelecido, é largamente responsável pelo dinamismo das empresas e pelo crescimento a longo prazo da economia.

Vantagens de ser Empreendedor Podemos citar algumas vantagens de ser um empreendedor e ser dono (a) do próprio negócio, evidenciando que alguns itens referem-se a alguns tipos de trabalho tradicionais e outros são os negócios que podem ser feitos a partir de casa, que há tempos é uma tendência. 

Pode começar ao seu ritmo!

Irá vender o seu produto e ter lucros para si!

Pode trabalhar em sua casa!

4

Empreendedorismo  

Manual de Empreendedorismo

Empreendedorismo  

Manual de Empreendedorismo

Advertisement