Issuu on Google+

PROGRAMA DE CANDIDATURA – LISTA A+ Mandato 2014/2015 – Associação de Gestão e Planeamento em Turismo da Universidade de Aveiro

21 DE FEVEREIRO DE 2014 UNIVERSIDADE DE AVEIRO Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial


Sumário 1.

Introdução & Filosofia .............................................................................................. 2

2.

Áreas estratégicas – Direção Executiva .................................................................... 2 2.1

Orçamentos ........................................................................................................ 2

2.2 Contabilidade .......................................................................................................... 2 2.3 Gestão de Recursos Humanos ................................................................................ 3 3.

Áreas Estratégicas - Pelouros .................................................................................... 4 3.1 Estágios (Pelouro de Formação e Saídas Profissionais) ......................................... 4 3.2 Ação Social (Pelouro académico) ........................................................................... 6 3.3Desporto (Pelouro desportivo)................................................................................. 6 3.4 Linha de Formação Externa (Pelouro de Formação e saídas profissionais) ........... 6 3.5 Eventos (transversal a todos os pelouros) .............................................................. 7 3.6 Linha de Formação Interna (Pelouro de Formação e Saídas Profissionais) ........... 8 3.7 Marketing ............................................................................................................... 8 3.8

4.

Integração ......................................................................................................... 11

Projetos .................................................................................................................... 13 4.1 Grand Tour ........................................................................................................... 13 4.2 Projeto A.E.T. ....................................................................................................... 14 4.3 Projeto A.A.T.U.A. ............................................................................................... 15 4.4 Projeto Tourism Notes .......................................................................................... 16


1. Introdução & Filosofia Este programa de candidatura irá servir como base para a elaboração do Plano de Atividades e Orçamento, defendido pela Lista A+, para a AGPTUA para o mandato de 2014/2015. A lista A+ tem como base a vontade de mudança para uma Associação, com mais associativismo para uma área, quer na UA quer no Mundo, está em constante evolução - o Turismo. A filosofia desta Lista passa por ouvir todos (todos!) os estudantes da área de Turismo da Universidade de Aveiro e desenvolver mecanismos de apoio aos mesmos, a todos os níveis. No que concerne aos membros integrantes da AGPTUA, o objetivo é “em vez de ser eu, experimenta sermos nós”. Recordem-se! É associativismo e todos os membros deverão trabalhar em equipa e em prol de um objetivo comum – desenvolvimento da área de Turismo.

2. Áreas estratégicas – Direção Executiva 2.1

Orçamentos

Descrição: Fazer planos financeiros de potenciais projetos da associação, prevendo receita, despesas e a sustentabilidade financeira dos mesmos. Dentro da mesma orientação, pretende-se fazer o estudo das fontes de receita e possíveis cortes orçamentais para garantir essa sustentabilidade. Antes desta fase de estudo, deve ser apresentado/proposto um projeto minimamente bem estruturado e pensado, de forma a conseguir analisar algo sólido, consistente e com capacidade para causar impacto. Depois de todos os estudos feitos dar “luz verde” para avançar, recusar a proposta ou sugerir potenciais soluções para revisão.

2.2 Contabilidade Pontos – Chave no desenvolvimento desta área: 

Elaboração de uma metodologia de faturação com base legal;

Fazer a contabilidade da A.G.P.T.U.A. com o objetivo de registar a natureza económico-financeira desta entidade, pelo qual é necessário o registo das entradas e saídas dos fluxos de caixa. Este registo permite saber como está a situação


económica atualmente desta associação. Vai conter um documento com todos estes registos. 

Retificação de orçamentos e aprovação dos mesmos.

2.3 Gestão de Recursos Humanos Em primeiro lugar nesta área criou-se duas matrizes para explicitar o funcionamento da AGPTUA. A primeira matriz explicita a distribuição dos recursos humanos e das áreas estratégicas por pelouros, a segunda demonstra uma matriz que explica a distribuição dos recursos humanos por projeto. Todos estes elementos foram avaliados segundo as suas capacidades e as necessidades do pelouro. A direção funcionará com três elementos: Sérgio Miguel; Gonçalo Limas e Raquel Marques. Foram consideradas três áreas fulcrais na gestão da AGPTUA: gestão de recursos humanos, orçamentos e contabilidade. Todas estas áreas foram atribuídas em função das características/formação dos elementos da direção. Observe-se que o Gonçalo Limas tem como formação base a economia e a Raquel Marques a contabilidade; o Sérgio Miguel apresenta experiência no campo da gestão de recursos humanos. 

O pelouro da Formação e Saídas Profissionais é constituído pela Filipa Teixeira, Joana Machado, Rafaela Ruela e Vítor Alves. Este pelouro terá 3 áreas estratégicas: Estágios, Linha de Formação Interna e Linha de Formação Externa.

O pelouro Académico é constituído pela Joana Margarida, Daniela Pastilha e Diogo Ferreira. Este pelouro terá 3 áreas estratégicas: ação social, eventos e integração.

O pelouro das Relações Externas é constituído pela Catarina Louro, Ana González e Mafalda Dias. Este pelouro terá 2 áreas estratégicas: Marketing da AGPTUA e Revista Grand Tour.

O pelouro Desportivo será constituído pela Vânia Fernandes e pelo Fábio Nunes. Este pelouro contará apenas com o desporto como área estratégica.

Nota: pretende-se também incorporar um Designer com qualificações e formação comprovada para estar responsável na imagem gráfica da Associação


Matriz Geral Sérgio Miguel Presidente GRH

Gonçalo Limas Vice-Presidente Orçamento

Raquel Marques Vice-Pres. Finanças Contabilidade

Áreas Estratégicas Pelouro FSP Pelouro Académico Pelouro R.E. Filipa Teixeira Joana Margarida Catarina Louro Joana Machado Daniela Pastilha Ana Gonzalez Rafaela Ruela Diogo Ferreira Mafalda Dias Vitor Alves Estágios L.F. Externa L.F. Interna

Ação Social Eventos Integração

Pelouro Desportivo Vânia Fernandes Fábio Nunes

Marketing Grand Tour

Desporto

Integração em Projetos Assembleia Geral Jéssica Coutinho Lara Ferreira Nadine Heleno

Conselho Fiscal Beatriz Marques Joana Filipa Mariana Martins

Matriz de projetos Pelouro FSP

Pelouro RE

P. Académico

AG

CF

Coordenador

Projeto

Joana Machado

Catarina Louro

Joana M. Daniela P.

--

--

Raquel Marques

Grand Tour

Rafaela Ruela

Ana González

--

Beatriz Mariana

Filipa Teixeira

TourismNotes

Vítor

Mafalda

--

Joana

Gonçalo Limas

Rede Turística

Jéssica Lara Nadine Jéssica

3. Áreas Estratégicas - Pelouros 3.1 Estágios (Pelouro de Formação e Saídas Profissionais) O principal objetivo recai sobre a preparação dos nossos alunos para o mercado de trabalho, bem como aproximar estes dois. É dirigido a todos anos de qualquer ciclo, dependendo da área de interesse de cada pessoa. Os estágios disponibilizados pela secretaria do DEGEI são principalmente direcionados para o 2º e 3º ciclo do curso e, o objetivo passa por aproximar o 1º dos restantes no número de oportunidades. Não


obstante, os 2º e 3º ciclos não ficarão esquecidos por esta lista, pelo contrário, pretendese complementar o trabalho desenvolvido pelo departamento. Deste modo, o objetivo passa por explorar duas vertentes: estágios puramente curriculares e estágios profissionais. O primeiro pode ser feito quer no período de férias de verão, quer durante outra altura do ano e que tem o objetivo de aumentar o património curricular do aluno. O segundo visa um estágio com um caráter mais de emprego e que apesar de também contribuir para um currículo mais rico, oferece ainda ao aluno a possibilidade de remuneração e permanência na empresa. O contacto com as empresas vai ser feito maioritariamente de raiz (pretende-se criar um manual de apresentação da área de turismo na UA), onde estas terão distribuídas pelas principais cidades emissoras de alunos do curso:      

Aveiro Braga Leiria Porto Viseu Outras cidades a estudar

O seu ramo de atividade dentro dos setores do turismo ou da gestão vai ser bastante variado para responder ao interesse de cada aluno, desde:       

Agências de viagens Companhias aéreas Galerias, museus Hotelaria Operadores turísticos Restauração Outros tipos de empresa (mesmo que fora do setor do turismo)

Os utilizadores destes programas de estágios poderão desenvolver:        

Aumentar a qualidade e eficácia do curso Carteira de contactos com empresas Currículo mais competitivo Experiência propriamente dita Novas competências e skills Pôr em prática os conteúdos aprendidos Preparação para o mercado de trabalho Outras vantagens pessoais


3.2 Ação Social (Pelouro académico) O caráter social da associação tem crescido bastante nos últimos mandatos e pretende-se manter esta tendência. Para isso, haverão recolhas de bens como alimentos, roupa, brinquedos, e mantaram-se relações com instituições para esses efeitos, de forma a contribuir para a eficácia dos seus objetivos. Também a parceria com a comissão de faina permitirá repetir eventos como praxes sociais em instituições e distribuição nas mesmas das recolhas feitas.

3.3 Desporto (Pelouro desportivo) Os objetivos desportivos passam por criar condições favoráveis às equipas de vólei e futsal de forma a aumentar a probabilidade de sucesso das mesmas e do reconhecimento do curso dentro da UA. A criação de torneios com algum fim lucrativo, e outros sem o mesmo fim, deverão ser desenvolvidos e novas equipas de outras modalidades poderão ser criadas caso exista um número considerável de praticantes dentro do curso ou com essa intenção. Existem algumas sugestões para o desenvolvimento desta área estratégica, como por exemplo a realização de torneios intracurso e torneios intercursos.

3.4 Linha de Formação Externa (Pelouro de Formação e saídas profissionais) É uma linha orientada para os alunos dos vários ciclos de estudos (Licenciatura, Mestrado e Doutoramento) com a cooperação da Comissão de curso para identificar possíveis lacunas nos mesmos e também complementar temáticas, ou seja, fazer uma reunião de temas mais interessantes e complementá-los. Esta área também requer uma realização de workshops e conferências relacionadas com os conteúdos acima descritos. Os vários workshops a realizar durante o mandato vêm com o intuito de preparar quadros para o sector do Turismo, gestão em Turismo e pequenas formações para aumentar as competências dos formandos, muitas vezes para o auxílio a unidades curriculares, como por exemplo: 

Photoshop

SPSS

Access


Metodologias qualitativas

Excel

Word

Como e qual o melhor método de pesquisa com intuito de encontrar a informação necessária,

Para além dos workshops, irá realizar-se várias conferências, nas quais se destacam: 

Oradores como o Presidente do Turismo do centro (Pedro Machado) ou do Norte (Melchior Moreira),

Temas como “Como ser um bom gestor” e associar a área de Gestão ao sector do Turismo, e

Gestão de referências bibliográficas, etc…

Estes workshops e conferências em concordância com a Comissão de curso irão auxiliar os estudantes dos vários ciclos, principalmente os de 1º e 2º ciclo, nas áreas de maior dificuldade.

3.5 Eventos (transversal a todos os pelouros) Os eventos que irão decorrer durante o mandato deverão ter a supervisão da Raquel Marques. Estes eventos podem ser: 

Académicos: como por exemplo jantares de curso;

Pedagógicos: a nível cultural como por exemplo visitas a museus, exposições, acampamentos, roteiros históricos e viagens de estudo;

Desportivos: a nossa associação é constituída também pelo pelouro desportivo com as modalidades de voleibol e futsal, o que possibilita a realização de torneios.


3.6 Linha de Formação Interna (Pelouro de Formação e Saídas Profissionais) A linha de formação interna visa colmatar as principais lacunas dos membros da Associação a inúmeros níveis. Considera-se pertinente a realização de eventos/workshops com algumas temáticas a ter em conta: liderança, coordenação, gestão de equipa e gestão de tempo. Esta linha deverá ser sempre adequada à medida que vão surgindo (tentando de um modo antecipado) e formando os membros da AGPTUA. 

Formação a coordenadores

Formação aos colaboradores (exemplo: atUAliza-te)

3.7 Marketing (Pelouro das Relações Externas) a) Ideologia O marketing da AGPTUA e a sua respetiva comunicação deverão ser feitos de forma ideológica com a missão e a visão da associação. É importante perceber que o públicoalvo da AGPTUA é alargado e não se deve resumir só aos estudantes da licenciatura em turismo. O segmento alvo do marketing da associação é incorporado pelos seguintes elementos: estudantes dos 3 ciclos de estudo (licenciatura, mestrado e doutoramento); stakeholders relacionados com a área do turismo e comunidade académica no seu geral; e, por último, potenciais candidatos à licenciatura e mestrado em turismo.

Segmento-alvo da AGPTUA

Stakeholders [Turismo]

Estudantes de Turismo na UA

Comunidade Académica

Potenciais candidatos a Licenciatura/Mestrado em Turismo

Os principais pontos a ter em conta na missão e visão são: a internacionalização, inovação, envolvimento dos stakeholders, criar a marca TURISMO, componentes tecnológicas, desafios, promoção e divulgação do curso. Logo, os objetivos para esta área assentam nestes pontos.


Internacionalização

Inovação

Envolvimento dos stakeholders

Objetivos do Marketing

Criar a marca TURISMO_UA

Componentes tecnológicas

Desafios

Promoção e divulgação do ciclo de estudos.

b) Ferramentas de trabalho 

Site: www.ua.pt/degei/agptua

Os menus principais do site seriam: agptua (submenus: apresentação; pelouros; órgãos dirigentes e estatutos), formação superior (submenus: licenciatura, mestrado, doutoramento), eventos (submenus: inscrições, eventos anteriores), merchandising (submenus: reservas, produtos) e revista científica (rtd). Este site deverá estar em português, inglês e futuramente em chinês (dado que é uma língua que está em expansão dentro do turismo na UA). As informações ainda não estão atualizadas e muitos menus e


submenus ainda não contêm qualquer tipo de texto. Desta forma, torna-se imperativo começar a colocar conteúdo no site e acabar a sua esquemática. As duas grandes inovações que este site iria permitir são o fato de os estudantes poderem inscrever-se nos eventos da AGPTUA através do sub-menu “inscrições” com uma ligação a um formulário (que à partida será feito com a plataforma gmail); para além disso, os estudantes poderia também efetuar reservas via online e levantar posteriormente na sede da AGPTUA. 

Páginas no facebook/twitter

Existe duas páginas de facebook da agptua: uma página e outra de perfil. A sugestão seria fechar a página de “pessoa” e ficar somente com a página da AGPTUA. O objetivo desta página seria divulgar informações pertinentes da AGPTUA, tais como: revelar abertura do espaço de inscrições para eventos etc. Os objetivos da página são: conseguir ter 100 gostos por mês e conseguir atender a todos os comentários com maior profissionalismo possível. Todo o conteúdo referente às páginas das redes sociais da AGPTUA deverá ser analisado com exaustão para identificar potenciais erros e lacunas que vão contra os valores, a missão e a visão da associação.  Revista GrandTour A revista GrandTour está ao encargo de um grupo de trabalho com membros da AGPTUA. Contudo, o pelouro responsável por esta área (pelouro das relações externas) deverá filtrar todo o conteúdo que não seja propício à coesão da associação (isto é, ir contra as diretrizes da direção). Para além disso, toda a imagem relativa à forma da revista deverá ser revista por este pelouro e ser aprovada pelo mesmo em termos de qualidade de design. 

Campanha de promoção e divulgação da licenciatura e mestrado em Turismo e GPT. o Licenciatura A divulgação do curso assentará na promoção online, dado que estará ser “executado” o projeto “Promoção do DEGEI” com a ida às escolas secundárias. Caso este projeto não seja aplicado, a AGPTUA irá promover a licenciatura, numa escala menor (só o distrito de Aveiro), junto das escolas secundárias. Esta promoção passará por aglomerar num só


anfiteatro da escola secundária todos os alunos do 12º ano para apresentar o curso e toda a sua estrutura. Contudo, se este projeto avançar a AGPTUA continuará a desempenhar o seu papel preponderante na coordenação do projeto e apresentará o DEGEI. A promoção online assentará por uma série de publicações com o target definido (estudantes do 12º ano) para cativar e terá um espaço para tirar as dúvidas a potenciais candidaturas à licenciatura em turismo. o Mestrado Última data de abertura do 2º ciclo de GPT: 6 a 17 de Maio. Tendo em atenção as datas e o período de candidatura ao 2º ciclo de GPT, esta área, operacionalizado pelo pelouro das relações externas, deverá promover online junto do target (estudantes das licenciaturas de turismo, gestão e economia do ensino superior).

Tarefas - Pelouro das relações externas 

Reestruturação do site da AGPTUA

Gestão do conteúdo

Introdução do sistema de reservas & inscrições

Gestão das páginas do facebook e twitter.

Órgão de articulação das necessidades dos membros da AGPTUA com o designer profissional da associação (nomeadamente, na publicitação da GrandTour).

Desenhar campanhas de promoção da licenciatura e do mestrado.

3.8 Integração (Pelouro Académico) Esta área estratégica será reformulada. Normalmente, o que a AGPTUA faz neste campo é a criação de Kits de Integração aos novos estudantes de Turismo. O que se pretende para esta área é a criação de um plano de integração para os novos estudantes do 2º ciclo de GPT. Desta forma, existem 3 vetores estratégicos para esta área, a saber: integração dos novos alunos da licenciatura; a integração dos novos alunos no mestrado e a integração dos alunos de erasmus.


a) Integração (Licenciatura) Esta área deverá ser detalhadamente trabalhada em conjunto com a Comissão de Faina de Turismo. Neste vetor é muito importante que casos “suspeitos”, tais como problemas físicos, familiares e económicos sejam identificados e torna-se encontrar ferramentas que solucionem os problemas. As ações práticas que deverão ser feitas passam pela criação do Kit-Integração do novo estudante da licenciatura. Este kit deverá conter somente os elementos e objetos essenciais para o novo estudante da UA, mais propriamente de TURISMO. Nos convívios da família TURISMO, como por exemplo os jantares de curso o Pelouro Académico deverá tomar ações, mediante as circunstâncias, para que os “aluviões” se integrem junto dos demais Juncos, Caniças, Moços, Moças, Marnotos e Mestres. Para além disso, torna-se importante que sejam feitas festas académicas em conjunto com o DEGEI para também fomentar a cultura da união dos quatro cursos do departamento. Outro ponto essencial neste âmbito é o acordo com um novo bar de curso; embora a área de turismo na UA seja de pequena dimensão existem alguns bares em Aveiro que poderão estar interessados na parceria, observe-se que a existência de um bar de referência promove o encontro e o ponto de estada dos “turistas”. Bar De Curso      

Dokk Canto Vivo Posto 7 Galeão Alavarium AutocarroBar

b) Integração (Mestrado) A integração em mestrado deverá ser feita de forma diferente, dado que estes estudantes, à partida, vêm de outras instituições de ensino e já tem uma cultura formada. Torna-se fulcral a criação de um kit-integração/mestrado com a inclusão das quotas da AGPTUA e com o material necessário que colmatem as necessidades destes novos estudantes. Todo este processo deverá ser articulado com a diretora do curso de GPT e, numa primeira fase piloto, serão tomadas as seguintes ações: 

Criação do kit de integração para os alunos de mestrado

Sessão de apresentação da AGPTUA (focando duas componentes: linha de formação externa da AGPTUA e as oportunidades de estágios profissionais).


Integração e cativação dos novos estudantes nos convívios da área de Turismo_UA (Jantares de Curso & Festas Académicas)

Integração nos projetos da AGPTUA

c) Integração (Erasmus) Esta integração deverá ser feita em parceria com a coordenadora de Erasmus de turismo no DEGEI e com a ESN. Deverão ser feitas ações para a integração do novos estudantes de Erasmus com apresentação da licenciatura e da AGPTUA numa sessão em inglês. Deverá ser feito um acordo com a ESN em que os estudantes de Erasmus de turismo terão sempre prioridade para buddy’s de turismo. A AGPTUA compromete-se a promover a inscrição de estudantes de turismo nas candidaturas a buddy’s. Numa primeira fase piloto (ao inicio de cada semestre), serão tomadas as seguintes ações: 

Kit de integração de alunos de Erasmus

Sessão de apresentação em inglês (AGPTUA e a marca Turismo_UA)

Integração e cativação dos novos estudantes nos convívios da área de Turismo_UA (Jantares de Curso & Festas Académicas).

Tarefas Pelouro Académico 

Criação dos kit’s de integração (Licenciatura, Mestrado, Erasmus)

Participação/elaboração das sessões de apresentação/integração

Criação de jantares de curso e festas académicas

Promoção dos convívios do curso.

4. Projetos 4.1 Grand Tour Neste mandato, a associação tem vários objetivos e um deles requer a continuação do lançamento semestral da Revista Grand Tour. Esta deve continuar a ser direcionada para os vários ciclos de estudo do curso de Turismo, no entanto, estar disponível online para toda a comunidade académica. Mantendo a qualidade do primeiro lançamento, a revista é um meio de manter os alunos informados sobre a associação, bem como sobre novidades relacionadas com o curso e sector do Turismo. É um elemento de integração entre os vários ciclos, para que os alunos que os frequentam fiquem a par dos acontecimentos dentro de cada um.


A equipa é bastante dinamizadora e está empenhada para que a informação transmitida seja exposta da melhor forma possível e principalmente que seja verídica. Os temas da edição seguinte ainda estão por definir, contudo, a estrutura vai ser semelhante à anterior, contando com entrevistas, aspetos abordados em conferências, futuros eventos, entre outros. A próxima edição vai conter aspetos relacionados com a Associação de Gestão e Planeamento em Turismo da Universidade de Aveiro, mais conhecida por A.G.P.T.U.A., entrevistas e outros aspetos ainda por definir pela equipa.

4.2 Projeto A.E.T. Descrição: Networking entre todas as associações/núcleos de estudantes de turismo nacionais para a cooperação e apoio entre todas. Posteriormente, tentar-se-á um rede mais internacional com as universidades do programa de ERASMUS.

Princípios: Associativismo, Cooperação, Intercâmbio, Companheirismo, Transparência, Concorrência Saudável, Oportunidade, Integração

Objetivos gerais: 

Organizar eventos/encontros

Lutar por certos direitos e bem-estar comuns

Intercâmbios de ideias

Intervenção no setor

Ações sociais conjuntas

Oportunidades de estágio/trabalho

Manter contacto para outros assuntos pertinentes

Ferramentas: 

Facebook

Contacto telefónico

E-mail

Divisão regional – Reuniões presenciais

Ameaças/Potenciais falhas: 

Falta de interesse


Distância geográfica

Perda de intensidade depois da fase inicial

Conflitos de interesse

Desta forma, é necessário traçar estratégias que evitem estes riscos e que se aproximem com os nossos objetivos principais.

4.3 Projeto A.A.T.U.A. Descrição: Contacto entre antigos e atuais alunos de G.P.T. e Turismo, com o objetivo de partilha de experiências. Princípios: Espírito de curso, Partilha, Oportunidade, Conhecimento, Entreajuda. Objetivos gerais: 

Aproximar antigos, atuais e futuros alunos dos diferentes ciclos do curso

Partilha de experiências profissionais/académicas

Aconselhamento acerca do trajeto académico-profissional

Possíveis estágios nas empresas onde os antigos alunos se encontram

Disponibilizar informações acerca dessas empresas (eg. Postos de trabalho vagos, workshops, formações)

Contribuir para uma boa projeção futura dos atuais alunos

Apelar ao bom ambiente intracurso

Ferramentas: 

Palestras Excel (registo de alterações)

Email/Telefone/Facebook

Workshops

Conversas informais


Ameaças/Potenciais falhas: 

Desinteresse dos antigos alunos por já terem +acabado o curso

Antigos alunos sentirem posto de trabalho ameaçado (concorrência)

Falta de tempo de ambas as partes

Pouco impacto nos resultados

Conflitos de gerações

Possíveis diferenças de valores entre as direções

É necessário saber cativar os antigos alunos e mostrar que os atuais estão mesmo interessado em conhecer o seu trajeto. A exaltação não excessiva dos valores do curso deve ser mantida para evitar expetativas demasiado elevadas.

4.4 Projeto Tourism Notes Descrição: Base de dados online, disponível para os estudantes dos ciclos de estudo Licenciatura e Mestrado do curso de Turismo, com conteúdos relevantes que servirão de apoio ao estudo dos mesmos. Esta base deverá ser complemento do website da associação.

Objetivos gerais: 

Disponibilizar toda a informação cedida pelos professores ao longo do semestre no início deste;

Recolher e disponibilizar o maior número possível de exercícios e resoluções corretas destes acerca das diversas disciplinas;

Disponibilizar testes e exames de anos anteriores;

Certificar e expor resumos de atuais e/ou antigos alunos, que pelo seu conteúdo possam constituir uma ferramenta eficaz de estudo;

Disponibilizar ainda exemplos de trabalhos que obtiveram boa classificação, bem como vídeos de apoio à utilização de programas como o ACCESS ou o Ibm SPSS Statistics, que são ferramentas principais de algumas disciplinas neste curso.


Programa de candidatura a mandado1415