Page 1

PARTICIPANTES


OLÁ, SER ARQUITETÔNICO ! Se você está lendo este manual é sinal de que possui interesse, vontade, desejo, sonho de melhorar o ensino de arquitetura no país. Neste encontro do amor (claro, é da regional centro) teremos quatro dias de discussões maravilhosas entre nós e nossos convidados, em prol de um bom futuro, se não para nós, quem sabe para nossos futuros calouros. Foram (e estão sendo) meses de muito trabalho, muitas conversas, muita correria para que pudéssemos fazer o melhor seminário possível para você. Estamos no Sprint final para deixar o lindo Jardim Botânico (nossa cidade FeNEA) ainda mais especial. E para que tudo dê certo, faça a sua parte e leia este manual até o fim, pois ele contém informações preciosas sobre o meu, o seu, o nosso SERES BsB 2013!

MAS VéI, Atualmente, um diagnóstico um pouco mais atento do que costuma fazer o Ministério da Educação (MEC) mostra que os cursos de arquitetura e urbanismo atravessam por problemas estruturais, tanto pela infraestrutura incompleta quanto pelos conteúdos insuficientes. Essa situação gera insegurança no estudante e no profissional recém-formado, que, não raro, acaba questionando a relevância dos conteúdos vistos em sala diante da realidade presenciada diariamente nas ruas e no mercado de trabalho. A incompletude junto com a intensidade do curso, que dura entre 5 e 7 anos, reforça um sentimento de tempo desperdiçado, em que se tem a certeza de que tomados outros rumos, o resultado seria diferente. Aproveitando esse sentimento, acreditamos que o aluno pode ter mais autonomia. A proposta é que o participante do evento tenha consciência de que o curso não é apenas uma sequência de aulas, que o que se aprende não está confinado ao campo profissional, que não há definições simples para o certo e o errado, que a vivência cotidiana também é sala de aula e que a sala de aula também é o cotidiano.


QUALÉ A TEMÁTICA DESSE SEMINÁRIO ? Com essa justificativa, chegamos ao tema: Desvelar é preciso. Desvelar não é preciso. DESVELAR, no sentido filosófico, é abrir uma clareira no pensamento, ou seja, fazer o ser enxergar o que ou quem se é. Direcionado à discussão, o verbo toma a forma de consciência; devemos estar conscientes de nossas ações e do próprio aprendizado, no sentido de que cada um pode contribuir para a construção do conhecimento dentro de seu campo de atuação e também construir formas de conhecimento. Boa parte do conhecimento que adquirimos vem de nossas próprias realizações e vivências, que se tornam processos de conhecimento. Já a palavra PRECISO, assume múltiplos significados: PRECISAR é ter necessidade de algo; necessitar algo ou alguém. É necessário fazer ver as formas de ensino. Formas novas ou tradicionais carregam meios de passagem de conhecimento e contribuição para o objeto de ensino (alvo do ensino). A forma de ensinar contribui para a formação não só de arquitetos, mas também de cidadãos. A arquitetura deve ser um campo ampliado, não só no sentido de outras disciplinas, mas na construção de uma sociedade melhor. PRECISO deriva do substantivo PRECISÃO. A negação do adjetivo PRECISO sugere a particularidade de cada ser, já que cada um entende e percebe o mundo a seu modo. A percepção de mundo vem das experiências e memórias de cada um. Dessa forma, não se constrói um ensino adequado sem considerarmos o universo individual, aquilo que torna cada pessoa um ser humano capaz de produzir ideias e soluções.

Esperamos você para contribuir com a nossa discussão por um ensino mais rico para a arquitetura e o urbanismo em nosso país, trazendo suas experiências, dúvidas e sugestões. Aproveitando o momento tão oportuno pelo qual passa a sociedade brasileira, é hora de repensarmos o que é melhor para nossa profissão e nosso papel como cidadãos. Juntos, podemos construir ideias mais concretas para levarmos a cada instituição de ensino do nosso país!


COMOFAS ? Então, ciente de tudo isso, você se amarrou e quer embarcar nessa, né. Mas afinal de contas COMOFAZ?

1.

Leia esse manual até o fim. Não inventa de fechar não, a consciência pesa. Além disso, se você não entender certinho o processo, além de somente dar o dinheiro pra ComOrg (o que não seria tão ruim pra gente) vai dar o seu precioso lugar a outro.

2.

Vá ao BANCO DO BRASIL, mais precisamente a um caixa (não o eletrônico, mas dos de dentro, daqueles que dão bom dia pra você, além de propiciar uma boa conversa sobre o clima ou o preço do arroz com alguma velhinha) e faça um DEPÓSITO IDENTIFICADO* com os dados ao lado.

3.

Daí você vai lá no senhor RG Fenea < rgfenea.org > e faz sua linda inscrição de participante, respondendo tooodo o questionário que fizemos com amor.

4.

Em seguida, envie um documento com foto e o comprovante de pagamento escaneados (para sabermos que você é você e que você pagou) para seresbsb2013@gmail.com. No assunto, favor escrever : INSCRIÇÃO – SEU LINDO NOME.

5.

Se você for menor de 18 anos, imprima o termo de compromisso e peça para aquele que te sustenta assinar, e guarde para nos entregar no dia do credenciamento. Se você já é “de maior”, relaxa que quando você chegar aqui no cerrado haverá um à sua disposição para você preencher e assinar.

6.

Prontinho, agora é só aguardar a nossa resposta contente sobre a efetivação da sua inscrição!

Ag. 3603-X CC 46264-0 Estela Levino Hirakuri Com o valor de R$95,00 *OBS.: Depósito identificado necessita da sua identificação (TAM-DAM), ou seja, seu CPF, preferencialmente. OBS2.: Não esquece de guardar o comprovante, véi! OBS3.: Não chora com o preço, demos nosso suor para combater o padrão do mercado de Brasília! Mas se não dá pra abaixá-lo, o que podemos fazer?


Ok, mas o que eu ganho com isso ? A sua inscrição paga:

.

Alimentação (café, almoço e jantar) para

todos os dias do encontro (dentro ou fora, quando estiver com a gente);

.

Espaço suficiente para armar a sua barraca

(área de Camping);

.

Oportunidade de participar de todas as

Atividades propostas;

.

Kit participante

(com caderninho do

participante e outras coisitas);

.

Segurança no local do camping atendimento médico emergencial 24h

e

(Deus queira que você não precise, e nem a ComOrg responsável por isso também!).


FICA a DICA As inscrições começam no dia 22 de julho, e pelo número limitado de vagas não devem durar por muito tempo. Então corra! Estaremos enfrentando o auge do frio em Brasília. Se você já esteve aqui em outras épocas, esqueça suas referências climáticas: o frio aqui é de doer o osso e estaremos no meio do mato, portanto se agasalhe muito e não economize nos casacos, calças ou cobertores (o seu calor humano também será muito valioso!).

Aos desatentos e/ou calouros de encontro: não se esqueçam dos objetos básicos de higiene pessoal (escova, creme dental, pente, desodorante, etc), repelente (ESTAREMOS NO MEIO DO MATO!) e sapatos confortáveis. O JB não é tão perto das coisas, então é melhor prevenir do que remediar (#mãefellings).

Devido à grande amplitude térmica, nossos dias serão contemplados por um sol e um céu bem gostosinhos. Então óculos de sol, chapéu e bloqueador solar também devem ter seu lugarzinho reservado na mala.

Não haverá alojamento, somente espaço para camping. Providencie a sua barraca ou sua vaga na barraca de alguém para que não precise dormir no relento.

A umidade relativa do ar sempre foi o grande vilão de Brasília. Beba bastante água enquanto estiver aqui e se jogue no protetor labial. Sangramento nasal é natural, relaxa que não chegou a sua hora, nem a luz no fim do túnel você terá que evitar!


TÔ INSCRITO, E AGORA? Agora sim! Seguindo essas dicas básicas, você tá mais do que preparado para se juntar a nós, e se ainda restar alguma dúvida, entre em contato conosco por e-mail: seresbsb2013@gmail.com Daqui a alguns dias disponibilizaremos maiores informações sobre como chegar, o cronograma prévio, imagens do nosso paraíso por 4 dias... Tudo isso na nossa página do facebook. Encha-se de amor, prepare o seu coração e venha ser recebido de braços abertos para um abraço coletivo que só a Centro é capaz de dar!

Vem logo, seus lindos!

Com amor, ComOrg SeRES Brasília 2013.


Manual Participantes  

Manual Participantes SeRES Brasília 2013. de 31 de agosto a 4 de setembro.