Issuu on Google+

boletim

Negociação Coletiva Sindicato do Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ)

AMPLA

  Novembro de 2012  

Acordo Coletivo Trabalhadores aprovam contraproposta da Ampla Engenheiros também demonstraram repúdios aos baixos salários pagos pela empresa

O

s trabalhadores da Ampla aprovaram, em assembleia realizada nesta terça-feira (13), a contraproposta oferecida pela empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2012/2013. Foram 17 votos a favor, 8 contra e 1 abstenção. A empresa ofereceu reajuste dos salários em 5,58%, equivalente a 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC), mais 0,5% de ganho real, o que representa um reajuste total de 6,08%. A ampla ofereceu ainda um abono único de R$ 1.584,00, a ser pago no dia 19 de novembro; tíquete refeição extra de RS 250,00, a ser pago em março de 2013; reajuste das cláusulas econômicas também em 100% do INPC; e ampliação do auxílio creche para os empregados que tenham filhos até 2 anos.

Repúdio Os engenheiros também discutiram a falta de valorização da classe dentro da Ampla e os baixos salários pagos pela empresa. Durante a assembleia, foi aprovado que, no texto a ser enviado à Ampla, constasse que o acordo foi aceito, mas que também foi aprovada uma menção de repúdio aos baixos salários pagos pela empresa. Também foi criticado o uso, pela empresa, dos termos “analista” e “especialista” no lugar de “engenheiro” e o fato de ser afirmar que não existem mais profissionais desta categoria dentro da Ampla.

Contribuição Assistencial será descontada em dezembro

A

contribuição Assistencial foi aprovada em assembleia. Ela é referente à participação do Senge-RJ nas negociações para o ACT 2012/2013, na AMPLA. O valor é de 1% (um por cento) do salário-base de todos os engenheiros não sindicalizados e que estejam regidos por este ACT. .

A contribuição deve ser paga no mês subseqüente a assinatura deste Acordo (dezembro/2012). Ela ajuda nos custos da manutenção e ampliação da estrutura e serviços do sindicato, tais como: despesas com pessoal e infraestrutura - luz, água, telefone, computadores, comunicação com a categoria, transporte, sistemas de informática, serviço jurídico, serviço técnico do Dieese, cursos etc. .

É esta estrutura que permite assistência aos profissionais, que nos procuram diariamente e que também contribuem para o fortalecimento da nossa entidade. Cabe mencionar que os diretores do Senge-RJ não recebem qualquer remuneração do sindicato.

No caso do Senge-RJ, que representa os engenheiros, geólogos, geógrafos, físicos, meteorologistas e tecnólogos de nível superior, serão adotados os mesmos procedimentos dos anos anteriores, abaixo descritos: .

1) Os filiados ao Senge-RJ que estiverem em dia com as mensalidades sociais estarão isentos da referida contribuição e não sofrerão desconto em folha. .

2) Para os não filiados que desejarem se filiar, o valor do contribuição poderá ser utilizado para o abatimento das primeiras mensalidades sociais (informe-se diretamente no Sindicato). .

Os profissionais representados pelo Senge-RJ não filiados que não desejarem se filiar, e não concordarem com a Contribuição Assistencial, deverão encaminhar as respectivas cartas de oposição, endereçadas EXCLUSIVAMENTE ao SengeRJ, as quais deverão ser assinadas e entregues pessoalmente nos dias 26, 27, 28, 29, e 30 de novembro de 2012, na sede do Sindicato, contendo assinatura, nº da carteira e registro no Crea, CPF do profissional e o nº de matrícula na empresa.

Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro Av. Rio Branco, 277 - 17º and. - Centro - RJ - Cep: 20040.904 -Tel.: (21) 3505 0707 Fax (Administração): 3505 0733 - Fax (Diretoria): 3505 0739 - Fax (Jurídico): 3505 0720 www.sengerj.org.br - sengerj@sengerj.org.br - twitter.com/sengerj - Facebook: Senge Rio


Boletim Ampla