Issuu on Google+

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS

RODOVIAS E FERROVIAS FEDERAIS E A RESPONSABILIDADE DO DNIT COM O DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS

Ouro Preto - nov.2010


MISSÃO: “Implementar a política de infraestrutura do Sistema Federal de Viação, compreendendo sua operação, manutenção, restauração ou reposição, adequação de capacidade e ampliação mediante construção de novas vias e terminais.”


PRINCIPAIS RODOVIAS FEDERAIS - MG

BR -3 65

BR-135 BR-251

BR-153

BR-050


PAC 1 - MINAS GERAIS


6% 1% FEDERAL

7%

ESTAD.COINCID. ESTADUAL

86%

MUNICIPAL

RODOVIAS EM MINAS GERAIS REDE NÃO PAVIMENTADA

PLANEJADA

REDE DO PNV PLANEJADA EM LEITO EM OBRAS JURISDIÇÃO + ESTAD. OBRAS IMPLANT. NATURAL PAVIMENT. COINCID. IMPLANT. FEDERAL

REDE PAVIMENTADA SUBTOTAL

EM PISTA PISTA OBRAS SIMPLES DUPLA DUPLIC.

SUBTOTAL

TOTAL (km)

6.269,4

361,2

0,0

424,8

339,6

1.125,6

9.346,7

102,8

841,2

10.290,7

17.685,7

ESTAD.COINCID.

0,0

145,0

0,0

612,8

80,0

837,8

2.870,0

0,0

0,0

2.870,0

3.707,8

ESTADUAL

0,0

1.336,1

0,0 3.573,8

1.520,1

6.430,0

12.755,4

0,0

97,6

12.853,0

19.283,0

MUNICIPAL

712,1

229.582,0

0,0 8.829,9

0,0

238.411,9

1.026,8

0,0

139,1

1.165,9

240.289,9

TOTAL

6.981,5

27.179,6

280.966,4

BASE DE DADOS: PNV-2010. DNIT/CGPLAN

246.805,3


RODOVIAS FEDERAIS – JURISDIÇÃO DNIT/SREMG Extensão (km)

MODAL Rodoviário • Pavimentadas

10.290,7

• Não pavimentadas

1125,6

• Planejadas

6269,4 Total

17.685,7


INVESTIMENTOS

– MG

5 4,45

R$ (Bi)

4

4,30

(PAC 2)

3 2 1

1,04

0

2003-2006

2007-2010 Período

2011-2014


INVESTIMENTOS

- MG

2

R$ (Bi)

1,51 1,22

1

0,85 0,72

0

2007

2008

2009 Período

2010


PROGRAMA DE INVESTIMENTOS MG – DNIT - 2011 VALOR (R$)

MANUTENÇÃO RODOVIÁRIA

831.200.000,00

OBRAS (RODOV., HIDROV, FERR)

780.429.000,00

TOTAL

1,61 Bilhões

FONTE: PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA - PLOA 2011 DNIT - VETOR LOGÍSTICO LESTE - ESTADO: MINAS GERAIS


3 -15 BR

0 -05 BR

BR-365

BR-262

BR -11 6

BR -13 5

1 -25 R B

1 -38 BR

BR -3 81

040 BR-

Download: http://www.dnit.gov.br/mapas-multimodais/mapas-multimodais


PRINCIPAIS OBRAS EM ANDAMENTO - MG EM OBRAS RODOVIA Várias BR-040 BR-040 BR-050 BR-050 BR-116 BR-116 BR-135 BR-135 BR-153 BR-251 BR-262 BR-262 BR-262 BR-265 BR-354 BR-364 BR-365 BR-365 BR-393 BR-459

TRECHO CREMA 1ª Etapa Viaduto Vila Rica Duplicação – Trevo de Curvelo – Sete Lagoas Anel Viário de Uberlândia – Impl./Pav. Uberlândia - Araguari - Divisa MG/GO Padre Paraíso – Entr. MG-311 (p/ Pescador) Entr. BR-458 (Taruaçu) – S. J. Manhuaçu Entr. BR-040 - Montes Claros Manga - Montalvânia - Div. BA/MG Mte. Alegre de Minas – Prata Boqueirão - Entr. MG-188 (Cangalha) – Unaí Duplicação – Betim – Nova Serrana Bambuí – Ibiá – Araxá Trav. Urbana de Uberaba Ilicínea – São Sebastião do Paraíso Patos de Minas - BR-262 / Arcos - Perdões Entr. BR-153 (B) – Entr. BR-461 (B) Gurinhatã Entr. BR-153 – Entr. BR-364 – Restauração Entr. BR-153 (Trevão) - Uberlândia Pirapetinga – Entr. BR-116 (A) Pouso alegre - Ponte s/ R. Sapucaí Mirim

OBRA RESTAUR. IMPL. ADEQ/REST. IMPL/PAV DUPLIC. RESTAUR. RESTAUR. ADEQ/REST. IMPL/PAV RESTAUR. IMPL/PAV ADEQ/REST. RESTAUR. ADEQ. IMPL/PAV RESTAUR. IMPL/PAV RESTAUR. DUPLIC. RESTAUR. RESTAUR. TOTAL

EXT. (km) TÉRMINO 4500,0 2011 2,7 2010 48,0 2010 18,1 2010 72,8 2011 108,0 2011 63,0 2011 300,0 2011 88,7 2012 50,1 2010 90,2 2010 88,0 2010 106,0 2010 7,5 2011 137,0 2011 250,4 2012 148,0 2011 163,0 2011 95,3 2011 45,7 2011 13,7 2013 6396,2


ESTUDOS E PROJETOS

- PAC 2

PROJETOS VIA

TRECHO

OBRA

EXT. (km) TÉRMINO

Várias

CREMA 2ª Etapa

RESTAUR.

6779,8

2011

BR-040

Anel de Contorno Sul da RMBH – Vias das Indústrias

IMPLANT.

35,0

2011

BR-262

Div. MG/ES - Entr. BR-381 e Contorno de Manhuaçu

IMPLANT.

196,0

2012

ADEQ./REST.

32,0

2014

ADEQ./MELH.

1,0

2010

IMPLANT.

67,0

2013

DUPLIC./REST.

306,0

2011

IMPLANT.

29,5

2011

TOTAL

7446,3

BR-262/381/040 Adequação de Capacidade do Anel Rodoviário BH BR-356

Adeq. de Capacidade do Complexo Viário Portal Sul- BH

BR-381

Anel de Contorno Norte da RMBH – Betim – Ravena

BR-381

Belo Horizonte – Gov. Valadares Contorno Ferroviário de Divinópolis

FERROVIAS TRECHO

OBRA

TÉRMINO

Contorno Ferroviário de Santo Antônio do Monte

IMPLANT.

2010

Contorno Ferroviário de Patrocinio

IMPLANT.

2010

Contorno Ferroviário de Itaúna

IMPLANT.

2011


RODOVIAS FEDERAIS NA RMBH


ANEL VIÁRIO DE CONTORNO NORTE DA RMBH


ANEL VIÁRIO DE CONTORNO NORTE DA RMBH


ANEL VIÁRIO DE CONTORNO NORTE DA RMBH  Via de ligação entre as rodovias BR-381Sul (Fernão Dias) com a BR-381 Norte.  Extensão: 67 km.  Objetivo: retirar o tráfego de longa distância do atual anel rodoviário


MUNICÍPIOS NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DIRETA

Municípios percorridos: Betim, Contagem, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, São José da Lapa, Vespasiano, Santa Luzia, Sabará e Ravena.


TRÁFEGO  Atual Anel Rodoviário: 45.000 a 115.000 veíc./ dia (2009)  Autom. Passeio/ Pick-up/ Motos...........(78%)  Ônibus...................................................(2%)  Veículos de Carga................................ (20%)  O Anel Norte reduzirá o volume de tráfego do atual Anel em aproximadamente 15%.  Veículos de cargas a serem desviados para Anel Norte: ~37%


BR-381 BH  GOV. VALADARES


BR-381 - DUPLICAÇÃO GOVERNARDOR VALADARES

ANEL VIÁRIO ANEL VIÁRIO NORTE NORTE

BR-381

BELO HORIZONTE

ANEL ATUAL ANEL ATUAL

381

BELO HORIZONTE

VARIANTE SANTA VARIANTE SANTA BÁRBARA BÁRBARA

BR-381


NÚMERO DE VEÍCULOS POR DIA Ano: 2005


Seção topográfica esquemática ao longo do traçado da BR-381


INTERVENÇÕES NA BR-381         

MELHORIA DO TRAÇADO VARIANTES DUPLICAÇÃO MULTIVIA RESTAURAÇÃO REFORMULAÇÃO DE INTERSEÇÕES TRATAMENTO DAS TRAVESSIAS URBANAS TÚNEIS PONTES E PASSARELAS


CUSTOS PREVISTOS – BR-381 – BH- GV Ref.: abril/2008 LOTE

SUBTRECHOS

EXT. (km)

MILHÕES

R$

1

GOVERNADOR VALADARES - BELO ORIENTE

73

214,3

2

BELO ORIENTE - JAGUARAÇU

60

230,2

3

JAGUARAÇU - RIBEIRÃO PRAINHA

29

249,1

4

RIBEIRÃO PRAINHA - ACESSO NOVA ERA SUL

19

77,6

5

ACESSO NOVA ERA SUL - JOÃO MONLEVADE

21

113,3

6

JOÃO MONLEVADE - RIO UMA

30

193,8

7

RIO UMA - ENTROCAMENTO CAETÉ

39

190,8

8

ENTROCAMENTO CAETÉ - ANEL RODOVIÁRIO BH

31

208,3

9

VARIANTE SANTA BÁRBARA - NOVA ERA- MONLEVADE

24

348,3

10

VARIANTE SANTA BÁRBARA - MONLEVADE - RIO UMA

21

336,6

347

2.162,3

TOTAL DE OBRAS: INCLUI MEDIDAS COMPENSATÓRIAS DE MEIO AMBIENTE

5,00%

~2,5 Bi (2010)


NOVA ERA SUL

TREVO DE ITABIRA

ENTRONCAMENTO COM O ATUAL ANEL DE BELO HORIZONTE

MELHORIAS ENTRE JOÃO MONLEVADE E SÃO GONÇALO


ARCO SUL VIA DAS INDÚSTRIAS


VIAS DAS INDÚSTRIAS – Contorno Sul de Belo Horizonte

 Ligação BR-381 Sul (Betim)  BR-262 (oeste – triângulo mineiro) / Anel de Contorno Norte à BR-040 (BH-RJ) e BR-356  Inicia-se no Contorno de Betim, próximo ao bairro São João e segue à esquerda do Parque Rola Moça até o trevo da Mannesman na BR-040  Extensão = 35 km.


MunicĂ­pios: Betim, IbiritĂŠ, Belo Horizonte e Nova Lima.


Anel Sul

Serra do Rola Moรงa


Via das Indústrias – Contorno Sul de Belo Horizonte OBJETIVOS PRINCIPAIS :  Desviar o tráfego do anel rodoviário dos veículos provenientes de SP e triângulo mineiro  Possibilitar os acessos à FIAT, PETROBRAS/BR-381, MG-040 E IBIRITÉ.  Aliviar o tráfego da Av. Amazonas


ANEL RODOVIÁRIO DE BELO HORIZONTE (atual) BR-381/262/040/MG


ANEL RODOVIÁRIO DE BELO HORIZONTE - BR 381/262/040/MG

RESTAURAÇÃO, MELHORAMENTOS E ADEQUAÇÃO DE CAPACIDADE

MUNICÍPIOS DA RMBH NOVA LIMA, BELO HORIZONTE, IBIRITÉ, CONTAGEM, RIB. DAS NEVES, VESPASIANO, SANTA LUZIA e SABARÁ


ANEL RODOVIÁRIO – INTERS. ANEL / AV. PEDRO II (ATUAL)

←VI

TÓ R IA

RIO DE

JANE

IRO→


ANEL RODOVIÁRIO / INTERS. AV. PEDRO II - PROJETO


INTERSEÇÃO ANEL / AVENIDA TERESA CRISTINA (HOJE)

IA T ÓR I V ← RIO DE JA

NEIRO→


INTERSEÇÃO ANEL / AVENIDA TERESA CRISTINA - PROJETO


ANEL RODOVIÁRIO DE BELO HORIZONTE - BR 381/262/040/MG

 Projeto Básico – Licitação da Revisão - 2010

 Licitação da obra: 2011  Investimento: R$ 747 milhões  Obra: 2012 - 2014


COMPLEXO VIÁRIO DO PORTAL SUL BR-356


COMPLEXO VIÁRIO DO PORTAL SUL – BR-356 OBJETIVO: reduzir o fluxo de veículos do trevo da BR-356 com a Av. Raja Gabaglia Menicucci.

e

da

Pça.

Marcelo

Góes


Novas ligações previstas: • BH  Nova Lima (viaduto) • Nova Lima  BH (trincheira) • Rio de Janeiro  Nova Lima (alça) • Nova Lima  Rio de Janeiro (viaduto)


COMPLEXO VIÁRIO DO PORTAL SUL – BR-356  Retirar parte dos veículos de alças da interseção e do entorno do BH Shopping  Conexão direta BR-040 (Rio de Janeiro) – MG-030 (Nova Lima) – (BR356) Belo Horizonte Ligação Nova Lima - Rio de Janeiro: criou-se um retorno no canteiro central da BR-356, possibilitando essa ligação sem o retorno pela Praça Marcelo Góes Menicucci.


COMPLEXO VIÁRIO DO PORTAL SUL – BR-356


FERROVIAS


RESPONSABILIDADES DO DNIT NA ÁREA FERROVIÁRIA Planejamento voltado para expansão ou adequação de capacidade da infraestrutura. Coordenar e administrar as atividades de projetos e obras de infraestrutura ferroviária. Fiscalizar e acompanhar a execução de obras ferroviárias. Promover pesquisas para o desenvolvimento ferroviário.


PROSEFER Programa Nacional de Segurança Ferroviária em Áreas Urbanas Em estudo pela Diretoria de Infraestrutura Ferroviária do DNIT, desde outubro de 2008. Contempla 3 corredores ferroviários que atravessam áreas urbanas em Minas Gerais. Os corredores são:  Belo Horizonte – Juiz de Fora – Barra do Piraí – Sepetiba  Araguari – Belo Horizonte – Vitória  Belo Horizonte – Montes Claros - Salvador


SUPERINTENDĂŠNCIA REGIONAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS

Responsabilidade do DNIT: Trilhar o caminho do desenvolvimento do Brasil. O desenvolvimento do Brasil passa por Minas Gerais.


Engยบ Sebastiรฃo Donizete de Souza Superintendente Regional no Estado de Minas Gerais (31) 3057-1501


RODOVIAS E FERROVIAS