Issuu on Google+

Informe 1

ÁREA DE MEIO AMBIENTE Edição - Nº 4 - 17/07/2012 Salvador - Bahia

Colaboradoras da AMA participam da maior conferência de Meio Ambiente do Planeta. No dia 18 de junho as colaboradoras da AMA, Arilma Tavares e Neuza Neves, realizaram palestra na Rio+20, no Píer Mauá, onde estavam reunidas em exposição diversas empresas relacionadas ao Meio Ambiente. As palestras foram realizadas no stand da Confederação Nacional das Industrias - CNI, tendo os seguinte temas: O Papel do Monitoramento no Gerenciamento das Emissões Atmosféricas , e Pegada Ecológica como Instrumento de Gestão Ambiental.

1 - Informe AMA | Julho, 2012


Informe 2

Colaboradores do AMA apresentam Workshop em Fortaleza

2 - Informe AMA | Julho, 2012

ÁREA DE MEIO AMBIENTE Edição - Nº 4 - 17/07/2012 Salvador - Bahia

Os técnicos Michelle Calhau e Marco Borba participaram do Workshop Rede SENAI de Meio Ambiente – Região Nordeste, realizado pelo SENAI Ceará, no dia 28 de junho de 2012. As palestras discorreram sobre temas: Rede Senai Provedora de Soluções Ambientais e Tecnológicas para a Indústria; Consumo e Produção Sustentável; Análise Ciclo de Vida; Projeto CERES – Consórcio de Responsabilidade Socioambiental; Controles e Demandas Ambientais da Ford Motors; Controle e Demandas Ambientais da Heineken do Brasil; Construções Sustentáveis – Green Building; Educação Sustentável como Vantagem Competitiva Empresarial; Projeto de Implantação de Estações de Tratamento de Efluentes. Michelle Calhau e Marco Borba ministraram a última palestra ‘’Monitoramento Ambiental – Águas e Manguezais’’.


Informe 3

ÁREA DE MEIO AMBIENTE Edição - Nº 4 - 17/07/2012 Salvador - Bahia

Nossa colaboradora Neuza, representa a FIEB, na reunião da Rede Clima da CNI em São Paulo.

Na reunião estiveram presentes 40 pessoas, representantes da Federação das Indústrias de diversos estados (R.J.; S.P.; Paraná; BA; Pernanbuco, etc), e representantes de várias indústrias, dentre as quais: Petrobras, Braskem, CSA e Camargo Correa. Foi apresentado o Plano Indústria pelo MDIC; e também formalizado o Acordo de Cooperação entre a CNI o MMA e MDIC para implantação do Plano; além disto foi definida a estratégia de participação da Rede Clima no processo de elaboração do III Inventário Brasileiro de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa, com a participação do MCTI, coordenador do tema no Brasil. O Brasil é signatário da Convenção do Clima, por isto tem o compromisso de reduzir entre 1.168 milhões tCO2-eq e 1.259 milhões tCO2-eq (toneladas de carbono equivalente) do total das emissões projetadas para 2020, por este motivo foi elaborado o Plano Indústria, que se sustenta em três pilares: I. Implantação gradual de um sistema de medição, relato e verificação das emissões de gases de efeito estufa da atividade industrial. II. Plano de Ação com conjunto de medidas e instrumentos de incentivo à redução de emissões.

3 - Informe AMA | Julho, 2012

III. Criação de Comissão Técnica, composta por representantes do governo, indústria, sociedade civil e meio acadêmico, responsável pelo detalhamento das ações do Plano, monitoramento e revisão periódica. O Plano está organizado em cinco eixos de ação: gestão de carbono; reciclagem e coprocessamento; eficiência energética e cogeração; ações voluntárias de mitigação e tecnologias de baixo carbono. O plano será submetido à Consulta Pública entre 15/07 e 15/08, para avaliar suas lacunas.


Fatos Relevantes Julho 2012