Page 1


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe SUMÁRIO Economia – O Estado de São Paulo, 19/05/14, 21h42min. __________________________________ 2 Copa tira R$ 1,5 bi de vendas do comércio______________________________________________ 2 Educação – Portal FIESP, 19/05/2014, 18h37min. _________________________________________ 2 Com o apoio da Fiesp, alunos do ITA criam foguete para participar de torneio nos Estados Unidos __ 2 Energia – Inovação Tecnológica - 20/05/2014 ____________________________________________ 2 Turbina eólica flutuante produz duas vezes mais energia___________________________________ 2 Indústria – Jornal Primeira Página, 19/05/14, 18h35min. ____________________________________ 2 Exportações apresentam queda de 12,58% em São Carlos _________________________________ 2 Indústria – Jornal Primeira Página, 20/05/14, 05h10min. ____________________________________ 2 De queda em queda... ______________________________________________________________ 2 Indústria – Portal da Indústria, 19/05/2014 _______________________________________________ 2 Falta de confiança atinge todos os setores da indústria, informa CNI _________________________ 2 Informática – Computerworld, 19/05/2014, 15h31min ______________________________________ 3 Fiesp lança software para medir velocidade da banda larga ________________________________ 3 Inovação – Portal FIESP, 19/05/2014, 17h20min. _________________________________________ 3 Brasil precisa de políticas industriais permanentes e efetivas para estimular a inovação, afirma diretor da Fiesp _________________________________________________________________________ 3 Meio Ambiente – O Estado de São Paulo, 20/05/14, 3h. ____________________________________ 3 Maio pode tornar-se o mês mais seco da história do Cantareira _____________________________ 3 Especial 1: Estilo – Valor Econômico, 20/05/2014 às 05h. ___________________________________ 4 Futebol é assunto que está na moda __________________________________________________ 4 Especial 2: Indústria – – Valor Econômico, 20/05/2014 às 05h.. ______________________________ 7 Indústria pede ação mais agressiva do país na OMC ______________________________________ 7 Especial 3: Inovação – Fonte, aa/mm/aaaa. ______________________________________________ 8 Recursos podem bancar salários _____________________________________________________ 8 1 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe Economia – O Estado de São Paulo, 19/05/14, 21h42min. Copa tira R$ 1,5 bi de vendas do comércio Estimativa da CNC considera efeito em junho e julho desde 2002, sem feriados...

Educação – Portal FIESP, 19/05/2014, 18h37min. Com o apoio da Fiesp, alunos do ITA criam foguete para participar de torneio nos Estados Unidos Estudantes vão apresentar o “Ita-Fiesp” na cidade de Green River, nos Estados Unidos, no final de junho. E foram recebidos nesta segunda-feira pelo presidente da Federação, Paulo Skaf...

Energia – Inovação Tecnológica - 20/05/2014 Turbina eólica flutuante produz duas vezes mais energia Projetos de turbinas eólicas voadoras têm tentado encontrar seu espaço há algum tempo, principalmente no formato de pipas robotizadas....

Indústria – Jornal Primeira Página, 19/05/14, 18h35min. Exportações apresentam queda de 12,58% em São Carlos O Ministério da Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou os dados da balança comercial dos municípios brasileiros. São Carlos apresentou uma queda no índice de exportações de 12,58% nos quatro primeiros meses de 2014....

Indústria – Jornal Primeira Página, 20/05/14, 05h10min. De queda em queda... O Índice de confiança da indústria cai para o menor nível em cinco anos....

Indústria – Portal da Indústria, 19/05/2014 Falta de confiança atinge todos os setores da indústria, informa CNI ICEI fica abaixo dos 50 pontos pelo segundo mês consecutivo. Indicador de maio é o segundo menor da série iniciada em 1999...

2 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe Informática – Computerworld, 19/05/2014, 15h31min Fiesp lança software para medir velocidade da banda larga Anunciada em parceria com NIC.br, ferramenta avalia automaticamente serviço e gera relatório mensal completo....

Inovação – Portal FIESP, 19/05/2014, 17h20min. Brasil precisa de políticas industriais permanentes e efetivas para estimular a inovação, afirma diretor da Fiesp Ao lado de especialistas, José Ricardo Roriz Coelho, diretor do Decomtec, defende necessidade de investimentos em infraestrutura para fortalecimento da indústria, da economia e da sociedade brasileira...

Meio Ambiente – O Estado de São Paulo, 20/05/14, 3h. Maio pode tornar-se o mês mais seco da história do Cantareira Vazão afluente às represas é de 6,1 mil litros por segundo neste mês, apenas 18% da média para o período...

3 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe Especial 1: Estilo – Valor Econômico, 20/05/2014 às 05h. Futebol é assunto que está na moda Por Vanessa Barone | Para o Valor, de São Paulo

Acima, o elegante time do Arsenal, em roupas da maison francesa Lanvin

Moda e futebol têm pelo menos algo em comum: a paixão que costumam despertar nas pessoas. Muita emoção e pouca razão regem as relações entre esses temas e seus aficionados. Essas e outras coincidências serão discutidas durante o 1º Seminário Brasileiro Moda & Esporte, que acontece dia 9 de junho na Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro. O seminário tem patrocínio da FGV e apoio de duas instituições francesas - École des Dirigeants et Créateurs d'Entreprise (EDC) e Sports Management School (SMS) - além da FIFA Master Alumni. A idealização do evento é de Paula Acioli, coordenadora acadêmica do curso da FGV de Gestão de Negócios no Setor da Moda, e de Pedro Trengrouse, coordenador do curso FGV/FIFA/CIES em Gestão, Marketing e Direito no Esporte. "Conversando, Pedro e eu chegamos à conclusão de que tínhamos nas mãos dois temas incríveis e oportunos para um seminário internacional e inédito no Brasil", diz Paula. "Nesta primeira edição, por conta da Copa do Mundo, estamos privilegiando o futebol".

Paula Acioli: "O campo de futebol é um trampolim para as grifes de moda"

4 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe De acordo com Paula, o seminário terá painéis com "temas que farão recortes e costuras demonstrando a forte ligação entre moda e esporte, desde muito tempo atrás". Entre os destaques do evento, que é aberto ao público (mediante inscrição), está uma homenagem ao criador do primeiro uniforme verde e amarelo da seleção brasileira, Aldyr Schlee. "Haverá a exibição do documentário 'Gaúchos Canarinhos', de Renê Goya Filho, que narra o processo de mudança dos uniformes, que até a Copa de 1950 não tinham muita identidade", diz Paula. Após a criação de Schlee, que tinha 20 anos de idade na época, a imagem da seleção brasileira tornou-se emblemática. "A camiseta verde e amarela virou símbolo de uma nação". Esse painel contará com a presença de Antonio Leal, idealizador do Cinefoot Festival (especializado em filmes, documentários e curtas sobre futebol). A feliz combinação entre moda e futebol tem exemplos re-

centes, no Brasil e no exterior. No final do ano passado, a Maison francesa Lanvin estreou nesse universo com a criação dos costumes oficiais dos jogadores do Arsenal Football Club - feitos de lã italiana Super 110, na cor azul-marinho. No Brasil, a Adidas, uma das gigantes do mundo esportivo, lançou, nesta estação, uma coleção em parceria com a grife feminina Farm, do Rio de Janeiro. A linha, rica em estamparia tropical, refaz o desenho de jaquetas, calças e calções esportivos dando a eles um toque "fashion". A Adidas será uma das participantes do 1º Seminário Brasileiro Moda & Esporte, com um painel sobre tecnologia de matéria-prima e sobre a história da marca. A também brasileira Osklen apresentou, durante a última São Paulo Fashion Week (SPFW), uma elogiada coleção inspirada no futebol. "A moda influencia o futebol e vice-versa", aponta Paula. O desenvolvimento da tecnologia têxtil, por exemplo, é um dos principais benefícios trazidos pela indústria esportiva. "Essas pesquisas e os novos produtos resultantes dela, cedo ou tarde, acabam indo para a passarela e, depois, para a indústria da moda", afirma a idealizadora do seminário. 5 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe A camisa polo, por exemplo, já foi uniforme esportivo - hoje compõe o figurino urbano masculino. Tecidos com proteção contra radiação ou com propriedades bactericidas foram desenvolvidos para melhorar o desempenho dos atletas, mas hoje fazem parte do guarda-roupa casual. Em compensação, foi graças à moda que a roupa esportiva deixou de ser careta e ganhou ousadia no design. "Hoje, o campo de futebol é um trampolim para as grifes de moda", afirma Paula. As chuteiras são um capítulo à parte: supercoloridas e ousadas, elas viraram febre não apenas entre os praticantes de futebol, mas entre os jovens estilosos. Entre bate-papos, conferências e a participação de craques da moda e da bola - os exjogadores da seleção Zico e Romário são presenças aguardadas - o seminário promete aquecer discussões de cunho, digamos, mais humano. Isso porque, se no passado, o esporte liberou a mulher para usar roupas mais curtas e tipicamente masculinas, hoje é graças a alguns de seus atletas que o comportamento masculino está mudando. "De certa forma, o futebol, com a ajuda da moda, vem legitimando a vaidade masculina", diz Paula. O visual excêntrico e superproduzido - como o de Cristiano Ronaldo e David Beckham - não assustam mais quase ninguém. Ponto para eles.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. Leia mais em:

http://www.valor.com.br/cultura/3553830/futebol-e-assunto-que-esta-na-moda#ixzz32GDRd32a

6 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe Especial 2: Indústria – Valor Econômico, 20/05/2014 às 05h. Indústria pede ação mais agressiva do país na OMC Por Daniel Rittner | De Brasília

O setor privado considera que está na hora de o governo brasileiro adotar uma posição mais agressiva nos tribunais da Organização Mundial do Comércio (OMC) para defender os mercados de exportação do país. Um trabalho feito pela Conderação Nacional da Indústria (CNI) identificou 18 violações de regras internacionais que têm prejudicado a venda de produtos brasileiros no exterior e podem ser contestadas na OMC. A lista inclui restrições sanitárias a carnes, barreiras técnicas à madeira e ao etanol e subsídios à agricultura que distorcem preços de commodities no mercado global, além das tradicionais exigências de declarações juradas de importação pela Argentina. Para a CNI, que fez o levantamento com base em diagnósticos de associações setoriais e em pesquisas de sua própria equipe técnica, o governo precisa partir para o ataque contra países que têm abusado de práticas desleais de comércio. O gerente-executivo da unidade de comércio exterior da entidade, Diego Bonomo, afirma que boa parte das barreiras não é nova, nem pode ser atribuída à onda de protecionismo causada pela crise mundial. Antes - observa -, muitos obstáculos eram tolerados pelos empresários porque as commodities estavam em alta e os mercados (interno e externo) se mantinham aquecidos. Agora, sem o crescimento firme da economia global, as barreiras passaram a incomodar mais. Desde 1995, o Brasil já levou 26 disputas ao órgão de soluções de controvérsias da OMC, em Genebra, e tornou-se o quarto maior usuário do mecanismo. Na última década, entretanto, houve uma redução significativa e apenas cinco casos foram denunciados à entidade. O último foi apresentado contra o Japão, em abril, por subsídios à produção de jatos que concorrem com aeronaves da Embraer. Outros 17 casos estão na mira dos empresários. Um deles envolve barreiras sanitárias da Indonésia à carne de frango brasileira sem amparo, na visão dos produtores, de estudos científicos ou análises de riscos consistentes.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. 7 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe Especial 3: Inovação – Valor Econômico, 20/05/2014 às 05h. Recursos podem bancar salários Por Carmen Nery | Do Rio

Nem todo o montante equivalente a um terço da contribuição dos institutos de pesquisa para o modelo de financiamento da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) é composto, efetivamente, de recursos financeiros. Segundo João Fernando Gomes de Oliveira, ex-presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e atual presidente da Embrapii, os institutos podem compor a sua parte com o valor equivalente ao salário dos pesquisadores e da infraestrutura de laboratórios e instalações. Foi o que aconteceu na fase piloto da empresa da qual participaram o IPT, o Senai-Cimatec e o Instituto Nacional de Tecnologia (INT). Os institutos estão se financiando com diversas fontes de recursos. De acordo com Flávia Gutierrez Motta, responsável pela coordenadoria de planejamento de negócios do IPT, no caso do instituto, há a subvenção de R$ 56 milhões aportada pelo governo de São Paulo, em 2013, recursos de fomento, e as próprias receitas de operação relativas a projetos de pesquisa e desenvolvimento e à prestação de serviços tecnológicos. "Além de linhas de fomento do Funtec e da Embrapii e da subvenção do governo do Estado, tivemos receitas de R$ 90 milhões com projetos para empresas, incluindo P&D e serviços de consultoria, pareceres, avaliações de campo, laudos, calibração e testes", diz Flávia. O IPT fechou 12 projetos somando R$ 40 milhões no âmbito da Embrapii e está em vias de fechar mais cinco num total de R$ 20 milhões. O Senai-Cimatec, centro de excelência em automação e manufatura, tem como fonte de recursos receitas compulsórias de taxas cobradas pelo Sistema Senai das indústrias, que representam um pouco menos de 50% de seu orçamento. A outra metade vem de receitas de projetos de P&D, consultoria, cursos técnicos de qualificação e cursos de pós-graduação de mestrado e doutorado, e os projetos da Embrapii. Segundo Luiz Alberto Breda Mascarenhas, gerente do núcleo estratégico do Senai, o instituto recebeu da Embrapii R$ 24 milhões para projetos que somaram R$ 72 milhões, o equivalente a 8% de seu orçamento. 8 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos


Escola SENAI Antônio Adolpho Lobbe "Foram 27 projetos aprovados que já estão rodando, com cinco já finalizados (Votorantim, Polux e montadoras), e há a perspectiva de aprovar mais cinco até junho. Com isso, devemos chegar a R$ 110 milhões e precisaremos de um aditivo da Embrapii", diz Mascarenhas. Já o INT tem diversas fontes de financiamento, sejam para pesquisas, sejam para serviços técnicos. Segundo Carlos Alberto Marques Teixeira, vice-diretor de coordenador geral do INT, parte do orçamento vem do Orçamento Geral da União via Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que, em 2013, somou R$ 51,11 milhões e deve girar em torno de R$ 50 milhões em 2014, em função do contingenciamento. Os projetos de P&D e serviços para empresas representam 45% do orçamento atingindo R$ 48,99 milhões no ano passado. Da Embrapii recebeu R$ 10,2 milhões para 11 projetos que somaram R$ 18 milhões. "Os recursos do OGU são para custeio, apenas R$ 2,6 milhões foram destinados a investimentos. A parte de investimentos e despesas de capital temos de captar por fora", explica Teixeira. Os Institutos Científico e Tecnológico (ICTs) também podem recorrer às linhas de financiamento de recursos não reembolsáveis oferecidas pela Finep e pelo BNDES para infraestrutura, formação de mão de obra e preparação para suprir a demanda por serviços tecnológicos. Na Finep, os recursos não reembolsáveis atingiram R$ 1,8 bilhão em 2013, vinculados a 24 editais. Em dezembro, foram lançados dois editais do CT-Infra com recurso de R$ 200 milhões para apoio à infraestrutura das universidades.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/3553836/recursos-podem-bancar-salarios#ixzz32GRwq2N1

9 SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Faculdade de Tecnologia e Escola SENAI “Antônio Adolpho Lobbe”

Endereço: Rua Cândido Padim, 25-Vila Prado CEP 13574-320-São Carlos/SP Tel.: (16) 2106-8700 http://saocarlos.sp.senai.br/ http://www.facebook.com/senaisaocarlos

Clipping de notícias 20 05 2014  

Notícias relacionadas com o SENAI, Indústria e Educação, publicadas nos jornais locais, estaduais e nacionais.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you