Issuu on Google+

DEZ | 2009

Ano 5 Edição N.º 42 Quadro de Campo Grande/MS Entidade de Carater Social e Filantrópico SELETA SOCIEDADE CARITATIVA E HUMANITÁRIA • FUNDADO EM 25 DE JULHO DE 1926

WWW.SELETAMS.COM.BR

• Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal • Feliz Natal •

Campo Grande ganha Cidade do Natal Campo Grande é a sede da cidade do Natal instalada nos altos da avenida Afonso Pena que somando-se à gigante árvore, sinos, Papai Noel, presentes e anjos enfeitam e contagiam todos os cidadãos com o espírito natalino. No dia 04 de dezembro, o prefei-

to Nelsinho Trad e a primeira-dama Antonieta Amorim Trad, acompanhados pelo governador André Puccinelli e a primeira-dama do Estado, Beth Puccinelli ativaram oficialmente a iluminação natalina na cidade do Natal e em toda a cidade de Campo Grande. Página 3

Curso de Serralheria de Alumínio forma 1ª turma No dia 18 deste mês, os 14 alunos do curso de Serralheria de Alumínio da Seleta receberam os certificados de conclusão do curso. Após 11 meses de aulas teóricas e práticas os alunos já estão aptos a entrarem no mercado de trabalho. O evento teve a presen-

ça do presidente da entidade, Gabriel Moreira dos Santos, do diretor da Alusul, Etálivio Barros, um dos parceiros da Seleta, entre outros.O curso teve como objetivo qualificar profissionais e inseri-los no mercado de trabalho que a cada dia cresce mais. Página 3

Aeroporto Internacional de CG será ampliado Um convênio firmado entre governo do Estado, Infraero, Prefeitura Municipal, Exército e Aeronáutica é o primeiro passo para a concretização do projeto de ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande. Assinado no dia 16 deste mês,

pelo governador André Puccinelli, o acordo de cooperação dá início às ações práticas que cada instituição terá que desenvolver para efetivar o projeto. Pelo cronograma inicial, as ações definidas no convênio deverão ser executadas em 36 meses. Página 4

Crianças ganham festa de Natal e presentes do Papai Noel O Departamento Feminino da Seleta promoveu nos dias 9 e 10 de dezembro, a festa de Natal para mais de 150 crianças da Associação Especial de Apoio a Criança e ao Adolescente – CEACA e da Associação de Mães Trabalhando a Inclusão – AMATI. Com direito a cama elástica, bolo, cachorro quente, algodão doce e claro Papai Noel entregando os presentes, as crianças fizeram a festa. Página 7

Parceria entre Seleta e Sanesul beneficia jovens A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) contratou os serviços da Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária e vai disponibilizar oportunidade de trabalho para dez adolescentes, com idade entre 16 e 18 anos. A ordem de serviço foi assinada no dia 19 de novembro por representantes das duas

entidades, após a Seleta ter vencido a licitação realizada pela Sanesul. O valor do investimento será de R$ 120 mil ao longo de um ano e abrange desde os salários até as demais despesas administrativas. Na prática, vão auxiliar nos trabalhos administrativos da empresa, sempre com enfoque no aprendizado profissional. Página 5

Índice de geração de emprego é o melhor em 10 anos Mato Grosso do Sul registrou em novembro o melhor índice de geração de empregos formais da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números apontam que foram gerados 2.150 empregos no Estado no 11º mês de 2009, o que equivale a um acrés-

cimo em relação a outubro, quando foram gerados 1.447 empregos celetistas. Segundo o coordenador do Observatório Estadual do Trabalho, da Funtrab, Conrado Pires de Castro, o resultado é o melhor dos últimos dez anos, quando – após a crise cambial de 1999. Página 6

Adolescentes promovem Gincana Solidária Durante todo o mês de dezembro, cerca de 175 alunos arrecadaram alimentos não perecíveis para serem doados a entidades da Capital, entre elas a Associação Especial de Apoio à Crianças e ao Adolescente – CEACA e a Associação de Mães Trabalhando a Inclusão – AMATI. Conforme os professores o objetivo da gincana foi despertar nos alunos o espírito solidário, além de poder ajudar aqueles que precisam. Página 5

Elegância, Sofisticação e Profissionalismo.


2

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Editorial

Momento Literário

Natal: súplica do menino pobre Por: Salvador Ferreira dos Santos ::

Gabriel Moreira dos Santos Presidente da S::S::C::H::

Enfim, termina mais um ano desta administração, onde desafios foram enfrentados, problemas encarados e resolvidos, melhorias ocorridas, avanços e vitórias conquistadas. Não, não foi um mar de rosas. Muito pelo contrário, muitas turbulências ocorreram. Algumas pessoas não entendem que, quando assumimos uma função, não podemos, no exercício desta, sermos os amigos. A amizade deve prevalecer fora dos assuntos administrativos, deve haver impessoalidade. Algumas vezes fui obrigado, pelo zelo ao cargo, a tomar medidas que não agradaram a todos, mas não para atingir uma ou outra pessoa, e sim para fazer funcionar as normas de nossa Entidade. É importante saber que muitos compreenderam essas atitudes e nos apoiaram. Mais importante ainda foi perceber o crescimento e o fortalecimento de parcerias que fazem com que as metas de nosso trabalho sejam alcançadas. Em 2009, construímos novas instalações para seletianos e visitantes, reordenamos espaços que melhoram as condições de trabalho de nossos cooperadores e pudemos investir em equipamentos, o que, sem dúvida, aumenta a qualificação dos adolescentes para o mercado de trabalho. Estamos formando ainda pessoas capacitadas para atuar no ramo da serralheria de alumínio, para suprir a demanda de mão-de-obra escassa no setor. Tenho muito a agradecer. Toda e qualquer ajuda sempre deve ser reconhecida e o faço de forma geral a todos aqueles que, de algum modo, contribuíram para nossa caminhada nesses últimos dois anos. Espero continuar contando com o auxílio valioso dos parceiros, funcionários e seletianos. Quero que saibam que críticas e sugestões para a otimização de nossas funções serão sempre analisadas com a atenção necessária. O que for possível implementar, vamos fazer! Outra novidade é que, a partir desta edição, a versão impressa desta publicação, como os leitores já poderão notar, será totalmente colorida. Além dos leitores, os anunciantes também serão beneficiados com essa mudança. Anúncios coloridos são mais valorizados, podendo ocupar espaços nobres da edição. Sendo assim, a versão online do Jornal encontrada no site www. seletams.com.br também estará mais atrativa. Estamos trabalhando e temos a esperança de que o ano de 2010 já comece com muitas outras novidades para todos. Por um futuro melhor!

EXPEDIENTE

Papai Noel escuta: Aqui está o meu sapato à espera de um presente que há de ser barato. Escuta, Papai Noel: A noite deslumbrante, desceu por sobre a Terra assim como um turbante negro! Todo cheio de estrelas diamantinas... E estão fechadas as vitrines das lojas de brinquedo. E a cidade inteira entrega-se ao festim da noite alvisseira. Há casa que parece uma gaiola de ouro, onde o riso e a alegria encerram seu tesouro. Onde há crianças lindas e velhos venturosos e doces, Papai Noel! E bombons saborosos! Encantados jardins onde há perfume e luz, mas onde ninguém recorda o Menino Jesus, que foi tão pobrezinho.

Tão pobre como eu. Papai Noel bem sabe onde Jesus nasceu... Escuta, Papai Noel: não tenho inveja não: Deixa no meu sapato um pedaço de pão! Hei de comê-lo todo, tal como se fosse numa bandeja de ouro, o mais custoso doce. Depois, Papai Noel, eu olharei a Altura, direi à mamãezinha toda a minha ventura! Um floco luminoso, em pleno firmamento, eu sei que há de surgir, nesse augusto momento... Será, Papai Noel, essa estrela perdida, lágrima da mamãe velando agradecida?

Escuta, Papai Noel: Não gasto muito não - Deixa no meu sapato um pedaço de pão.

“Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensar

Jornal Seleta é uma publicação mensal da Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária Presidente: Gabriel Moreira dos Santos 1º Vice Presidente: Amilton Nantes Coelho 1º Secretário: Milton Rosa Sandim 1º Tesoureiro: Alfredo José de Arruda

tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles” Setor de Comunicação S::S::C::H:: – Quadro de Campo Grande

Gerente Adm.: Gilbraz Marques Jornalistas: Mirella Bernard/DRT 121 MS Nádia Bronze/DRT 141 MS Comercial: Francisco Perobelli Diagramação: Alex Freitas Res. Gráfico: Alexandre Belchior

Tiragem: 5.000 exemplares Impressão: Gráfica Qualidade Rua Pedro Celestino, 3283 Bairro São Francisco CEP: 79002-320 • Fone: 67 3356-4620


3

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Alunos do curso de Serralheria de Alumínio recebem certificados

Após 11 meses de aulas teóricas e práticas, os 14 alunos da primeira turma do curso de Serralheria de Alumínio receberam o certificado de conclusão do curso. A partir de agora esses profissionais estão aptos para o mercado de trabalho, e segundo um dos instrutores, Antonio Santos a mão de obra é altamente qualificada. “Tenho certeza que esses meninos serão excelentes profissionais. É um ganho para o mercado de trabalho e para os empresários”. Exemplo disso é Marcelo de Oliveira que já foi contrato para trabalhar na serralheria da Seleta. “Sem dúvida o curso abriu as portas para mim e vai abrir para todos”. O curso foi realizado em parceria com empresas Alusul e Alu-

migon. A Seleta cedeu o espaço físico, ajuda de custo e vale transporte e as empresas entraram com o material, apoio técnico e maquinário. Conforme Etálivio Barros, diretor da Alusul e representante da Alumigon, o curso é o único no Estado e irá gerar muitas oportunidades. “Temos uma grande demanda e um déficit de mão de obra, por isso acredito que essa parceria será muito válida para as empresas, para a Seleta e principalmente para esses profissionais. Esse mercado está em plena expansão e as serralherias não têm condições de atender a demanda, por isso acredito que esses alunos já serão contratados”.

Comunidade escolar agradece iniciativa do Proerd

A formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), que aconteceu no dia 8 de dezembro para alunos de três escolas municipais da região do bairro Zé Pereira, demonstra a participação da comunidade escolar em confraternização com a segurança pública. O evento reuniu pais, instrutores, diretores e professores das escolas para a entrega do certificado a cerca de 330 alunos do 5º ano do ensino fundamental que participaram do programa neste semestre. Com o Proerd, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através da Polícia Militar, participa da vida escolar dos estudantes com aulas de prevenção ao uso de drogas e à violência. Segundo a dona de casa Lucia-

na Ferreira, mãe da aluna Nashaya Alves, o projeto ajuda a filha a saber mais sobre drogas, alcoolismo, e o que ela pode e não pode fazer. “A minha filha vem da escola sabendo discernir o que é permitido fazer, e o que não é”, completa a dona de casa. Já a diarista Nilza da Silva Mendes, destaca que a filha Eduarda, da escola Municipal Carlos Garcia Queiroz, está mais responsável e informada. “Eu tenho problemas de alcoolismo em casa, e a Eduarda chega da escola e sabe bem mais sobre este assunto do que eu”. Estudante da 5° série, Eduarda, de 10 anos, conta que adora as aulas porque além de ensinar tudo sobre drogas, eles ensinam a ter amor próprio. A diretora da escola Municipal Carlos Garcia Queiroz, Rosa Ida, conta que o Proerd estimula a

participação dos alunos até nas outras disciplinas: “O que a gente quer é criança na escola todos os dias, e o Proerd nos oferece isso diariamente”. A diretora também ressalta que os alunos assimilam e gravam tudo o que o instrutor passa e ficam comentando uns com os outros durante o recreio. Artesanato - Durante a cerimônia da entrega de diplomas dos formandos Proerd, os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e dos 6° e 7° anos do ensino fundamental – no período vespertino -, expuseram artesanatos feitos por eles durante a disciplina de artes. Os trabalhos foram feitos de material reciclável. Vasos solitários, cadernos, lixeiras e cestas foram feitas de papéis de jornais e revistas. Entre os artesanatos, também estavam

colares de papel, porta-retrato, mosaicos recortados à mão e releituras das obras de Tarsila do Amaral. Estes trabalhos foram produzidos pelos estudantes do EJA. Segundo a professora de Português e Artes, Luzia Maria da Silva, os alunos adoram produzir essas peças. “Quando eles ficaram sabendo que iam expor na formatura da Proerd, aí é que se esforçaram mais”, completa. A arte Kadwéu também estava entre os trabalhos expostos, pintadas em vasos de cerâmica. As pinturas foram produzidas por alunos do 6° e 7° anos do período vespertino. O evento reuniu alunos de três escolas municipais: Irmã Irma Zorzi, Elizabel M. G Salles e Carlos Garcia Queiroz.

Cidade do Natal encanta os campograndenses

Seleta faz festa para jovens do mercado de trabalho

Atualmente, mais de 300 jovens estão inseridos no mercado de trabalho através do trabalho desenvolvido pela SSCH. Pelo menos 200 deles estiveram presentes na confraternização realizada no Salão Social da Entidade, no dia

18 de dezembro. A festa anual começou com um almoço e se estendeu pela tarde com muita música e diversão para os jovens. Segundo Lilia Gonçalves, responsável pelo Setor Social da Seleta, o objetivo da confraternização é fazer com que os adolescentes se encontrem. “Cada um pode falar sobre a experiência que está tendo no mercado de trabalho, podem trocar informações”.

Campo Grande é a sede da cidade do Natal instalada nos altos da avenida Afonso Pena que somando-se à gigante árvore, sinos, Papai Noel, presentes e anjos enfeitam e contagiam todos os cidadãos com o espírito natalino. No dia 04 de dezembro, o prefeito Nelsinho Trad e a primeira-dama Antonieta Amorim Trad, acompanhados pelo governador André Puccinelli e a primeira-dama do Estado, Beth Puccinelli ativaram oficialmente a iluminação natalina na cidade do Natal e em toda a cidade de Campo Grande. “O Natal ano após ano surpreende e vem de encontro ao anseio da população, liderado pela Antonieta que colocaram em pé este sonho: a cidade do Natal”, disse Nelsinho, desejando ainda que todos se contaminem com o espírito de paz. A primeira-dama revelou que este é um momento de alegria e de amor ao próximo e que a cidade do Natal foi feita

para todos os campograndenses e turistas que visitam a cidade. “Pensamos em cada pedacinho para que a população possa desfrutar e curtir este momento tão importante que é o nascimento de Jesus”, contou Antonieta. Já o governador revelou que a intenção da cidade do Natal foi dada por terceiros e o poder público abraçou a idéia e colocou de pé. “Queremos projetar nacionalmente Campo Grande, que seja decantada em verso e prosa”, falou Puccinelli sobre a expectativa frente a cidade do Natal. O governador ainda destacou que o local é para o lazer de todas as crianças, ricas ou pobres, dos bairros ou do centro. “Esta festa tem um valor inestimável para a população, não entrou nenhum dinheiro público e que a população ganhe de presente o sentimento de possessão por Campo Grande”. Já no primeiro final de semana da Cidade do Natal atraiu para os altos da avenida Afonso Pena

mais de 70 mil pessoas, que foram conferir a decoração natalina e assistir às apresentações culturais no Coreto Fernando Pessoa. Até o Dia de Reis, em 06 de janeiro, a população local e visitantes de Campo Grande apreciarão, além da Cidade do Natal, os milhares pontos de luz instalados nas avenidas espalhando o espírito natalino. A Cidade do Natal pode ser visitada diariamente das 10:00 às 22:00 horas. No local, foi criada também a cidade de Belém com dunas e coqueiros em uma representação do nascimento do menino Jesus para não esquecer o verdadeiro significado da data. A Casa do Papai Noel foi repaginada, está maior para a visitação. Tem também a brinquedolândia com monitores e a praça de alimentação. Árvore de Luz com 35 metros de altura é o símbolo do Natal. É formada pelos mantos azuis dos Três Reis Magos que, unidos por uma única luz, lembram o

nascimento de Cristo e renovam em nossos corações os sentimentos de amor, paz e união. Via da Natividade é o caminho cuidadosamente preparado, que remete ao ambiente que Jesus nasceu com palmeiras e dunas, onde podemos relembrar a cena da Sagrada Família abrigada num estábulo. Avenida Brinquedolândia é o local da diversão, com brinquedos para todas as idades. Coreto Fernando Pessoa estampa a frase do poeta “Tenho em mim todos os sonhos do mundo”. O coreto será o palco das apresentações. Capela São Francisco de Assis é o espaço destinado à elevação da fé, de agradecimento. Avenida do Papai Noel com decoração alusiva ao Bom Velhinho. Rua Gostos e Sabores com diversos restaurantes da praça de alimentação, além da Fonte dos Desejos local para jogar a moeda e realizar aquele pedido. Com Assessoria


4

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Edil acompanha solenidade Governo do Estado encerra de troca de comando no CMO 2009 próximo da marca de 40 mil casas

A cerimônia de passagem da chefia do estado maior do Comando Militar do Oeste (CMO) foi prestigiada pelo vice-prefeito Edil Albuquerque. O evento aconteceu na manhã do dia 08 de dezembro, na sede do CMO, em Campo Grande. “O Exército tem sido um dos grandes incentivadores do desenvolvimento da cidade. Agradecemos o prestígio de termos aqui um CMO”, afirmou Edil. O vice-prefeito informou, inclusive, que vários militares,

quando se aposentam, escolhem Campo Grande para fixar moradia. O general Paulo Roberto Ferreira Vianna, que estava na chefia do CMO desde 2007, passou o cargo para o general Walter Souza Braga Netto. O ex-comandante do CMO vai assumir a Assessoria de Planejamento e Gestão do Departamento Geral do Pessoal do Exército, em Brasília. O general Braga Netto estava no Comando Militar do Leste, no Rio de Janeiro.

No seu discurso de despedida, o general Ferreira Vianna agradeceu o apoio e a cordialidade no relacionamento com o poder público municipal. Estavam presentes na solenidade de passagem de chefia diversas autoridades representando o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar Estadual, a Polícia Federal, a OAB estadual, além do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Luiz Carlos Santini.

Prefeitura qualifica 71 jovens em conflito com a lei

Meses atrás, 71 adolescentes estavam riscando carros, envolvidos em brigas, utilizando bebidas alcoólicas, consumindo drogas e até cometendo atos mais graves como assaltos à mão armada. Hoje, esta realidade mudou e por intermédio da Secretaria Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania (SAS), esses 71 jovens se tornaram profissionais qualificados e aptos a encarar o mercado de trabalho com qualificação especializada em mecânica de moto, operador de microcomputador e montagem e manutenção de microcomputador. No dia 16 deste mês, juntamente com os pais, os adolescentes receberam os certificados pela conclusão dos cursos profissionalizantes do Projeto de Medidas So-

cioeducativas em Meio Aberto de Campo Grande. Com a municipalização das medidas em meio aberto, a Capital cumpre a determinação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Para o vice-prefeito Edil Albuquerque, o município passa a ser exemplo para o país. “A Prefeitura, com a iniciativa privada, mostra que é possível solucionar um problema que é de todos”. Na opinião do juiz de direito da Vara da Infância e Juventude, Danilo Burin e também do promotor da 27ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, Sérgio Harfouche, a Prefeitura está de parabéns por cumprir o ECA e dar prioridade aos jovens. “Temos mais de mil jovens nesta situação em conflito com a lei. Hoje, a Prefeitu-

ra deu a 71 deles uma profissão”, observou o juiz. No ano passado, a SAS formou a primeira turma com 116 adolescentes que cumprem medidas seja de prestação de serviço à comunidade ou por liberdade assistida, após saírem da Unei. Inserção – A secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Tânia Mara Garib afirmou que agora esses jovens precisam de oportunidade. Ela informou que vai inserir o nome de todos no cadastro da Fundação Estadual de Trabalho (Funtrab). “Vamos nos empenhar em inseri-los no mercado de trabalho e vamos vencer a discriminação”, disse a secretária. Parceria – Os cursos foram viabilizados por meio de parceria entre o município (SAS) e o Governo Federal (Secretaria Especial de Direitos Humanos). As aulas foram ministradas na Base Aérea, Senai e no Crea Sul (Centro de Referência Especial de Assistência Social). Com Assessoria

Vereadores aprovam orçamento para 2010 Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram, no dia 15 deste mês, em segunda discussão e votação a peça orçamentária para 2010. O projeto de lei nº 6.713/09, de autoria do Poder Executivo Municipal, estima a receita e fixa a despesa do município de Campo Grande para o exercício financeiro do próximo ano. O Orçamento Municipal do ano que vem já foi aprovado em primeiro turno na sessão ordinária do último dia 10 de dezembro, na qual o presidente da Comissão de Finanças e Orçamento e relator do Orçamento, vereador Mario César

apresentou o relatório da análise das Emendas propostas ao projeto. Das 1.116 emendas protocoladas pelos vereadores, 40 receberam parecer favorável da Comissão por estarem compatíveis à apreciação, conforme disposto na Constituição Federal, no Plano Plurianual e na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Cada parlamentar teve duas emendas aprovadas, as quais indicam suas prioridades contemplando os bairros da Capital. A proposta orçada em mais de R$ 1,7 bilhão contempla aos vereadores em R$ 40 milhões. O referido projeto aprovado pelos parlamen-

tares foi entregue à Casa de Leis pelo Poder Executivo Municipal, no dia 29 de setembro deste ano, no valor de mais de R$ 1,7 bilhões. De acordo com o relator do projeto, vereador Mario Cesar “o Executivo Municipal diante das dificuldades que ocorreram no ano de 2009, buscou efetuar uma Proposta Orçamentária para 2010 bem mais conservadora do que a de costume, ou seja, com um crescimento de apenas 10,27% em relação à Lei orçamentária do exercício anterior”, disse. Com Assessoria

Campo Grande (MS) - O governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Habitação e das Cidades (Sehac), finaliza o ano de 2009, próximo da marca de 40 mil unidades habitacionais contratadas. Em apenas três anos de administração, o governo de André Puccinelli supera os números apresentados em oito anos da administração passada que construiu, aproximadamente, 26 mil unidades habitacionais. Só em 2009 foram construidas mais de 12.300 unidades habitacionais, dentre estas urbanas, rurais, indígenas e quilombolas.

Foram entregues as chaves de aproximadamente, seis mil casas, beneficiando mais de 20 mil pessoas. Os investimentos giram em torno de R$ 15 mil por unidade habitacional. Fazendo um pequeno cálculo com as casas que foram contratadas em 2009, o investimento é de mais de R$ 184 milhões no setor habitacional. Outro cálculo a ser feito é que, além das moradias que foram garantidas, a construção de casas representa a geração de emprego e renda. Com esse investimento, ou seja, a aplicação de R$ 184 milhões, foram gerados mais de 25 mil pos-

tos de empregos diretos e indiretos. Vale ressaltar, ainda, que todos os 78 municípios foram contemplados com a contratação de casas. Os únicos que estavam de fora, Ladário e Corumbá já estão inseridos na lista; pois no mês passado o governador assinou ordens de serviço para a construção de 164 em Ladário e 1.200 unidades habitacionais em Corumbá. No municípios de Corumbá as 1.200 casas serão construídas com recursos exclusivos do governo do Estado, representando um investimento de R$ 22.800.000,00. O secretário de Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, continua em sua busca de recursos e parcerias para alcançar a meta estabelecida pelo governador André Puccinelli de garantir até o final de seu primeiro mandato 50 mil unidades habitacionais contratadas. “O governo fecha o ano de 2009 com 40 mil casas no Estado contando com as entregues, em execução e contratadas. Isso se chama competência e esforço do governo”, concluiu Marun.

Governador assina convênio para ampliação do Aeroporto Internacional de CG Um convênio firmado entre governo do Estado, Infraero, Prefeitura Municipal, Exército e Aeronáutica é o primeiro passo para a concretização do projeto de ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande. Assinado no dia 16 deste mês, pelo governador André Puccinelli, o acordo de cooperação dá início às ações práticas que cada instituição terá que desenvolver para efetivar o projeto. O presidente da estatal aeroportuária, Murilo Barboza, veio à Capital para a assinatura, junto com os comandantes da Força Aérea, Juniti Saito, e do Exército Brasileiro, Enzo Peri, e a presidente da Agência Nacional de Aviação Civil, Solange Vieira. “O projeto executivo está previsto para começar em 24 meses, mas as obras podem ser feitas por fases. A parte das pistas, por exemplo, o projeto sendo concluído, já é licitado e começa a execução”, disse, em entrevista, o presidente da Infraero. Ele avalia que as parcerias demonstradas pelo governo e prefeitura da Capital são fundamentais para concretizar o empreendimento. “Sem as participações conjuntas do governo federal, Estado e Município, fica muito difícil a realização das obras. Felizmente aqui nós encontramos essa parceria, encontramos os braços abertos do governador e estamos vendo os resultados”. Pelo cronograma inicial, as ações definidas no convênio deverão ser executadas em 36 meses, sendo que nos primeiros doze meses, antes da fase do projeto executivo, a Infraero vai cuidar da revisão do Plano Diretor do aeroporto. O governador André Puccinelli pediu um esforço para tentar encurtar esse prazo tanto quanto possível. Caberá ao governo do Estado entregar à Infraero a área de 1.330 hectares, que vai ser utilizada para a construção de duas novas pistas, novo terminal de

passageiros, pátio de aeronaves e obras complementares que aumentarão a capacidade do aeroporto e futuramente tornarão a unidade um entreposto de cargas. André anunciou que será tomada de imediato a primeira providência, de publicar a decretação da área como de utilidade pública. “Com o decreto, a área ficará intocada, para que, quando for ultimado o processo de elaboração do projeto executivo, assinemos o contrato”, explicou o governador, que estima um investimento mínimo de R$ 20 milhões de recursos próprios no pagamento de indenizações aos atuais proprietários da área. Estratégico Inserido entre os projetos estratégicos para o desenvolvimento de longo prazo de Mato Grosso do Sul, o aeroporto ampliado para mais passageiros e grande movimentação de carga, dará ao estado condições de ser referência no transporte multimodal, espera Puccinelli. “Na hora em que pudermos ter mais duas pistas de três mil metros, e nosso aeroporto transformado em aeroporto internacional de cargas, Mato Grosso do Sul será entreposto de todas as Américas. A importância que Campo Grande e o Estado assumem é de ponta no contexto do Centro-Oeste”, avalia. Segundo o presidente da Infraero, a ampliação do aeroporto para implantar um terminal de car-

gas não só é viável, “mas uma necessidade da região”. “É uma vocação do nosso aeroporto ser um modal de carga aérea. Isso é fundamental e a Infraero já está trabalhando nisso junto com o governador do Estado, e seguindo a diretriz do ministro Nelson Jobim [Defesa], para termos aqui um terminal que atenda a região como um todo”, destacou. Barboza vê inúmeras vantagens para a região com a efetivação do empreendimento aeroportuário. “Vai criar facilidade, estabelecer um acesso a todo o sistema aeroviário nacional, criar uma capacidade de exportação muito grande - até para fora do País - e uma grande redução de custo, além de mais renda e recursos aqui para Mato Grosso do Sul”. O comandante do Exército Brasileiro, general Enzo Peri, lembrou que parte da área que servirá à ampliação seria utilizada para implantação do 3º Batalhão de Aviação do Exército (Bavex), e que, a partir de solicitação de André, foi constatada a importância do projeto e fechado o acordo para a transferência das obras da nova unidade para outra área, cedida pela Aeronáutica. “Vislumbramos aí a conjunção da compreensão de todos os envolvidos na importância desse projeto, que vai dar a Mato Grosso do Sul um aeroporto à altura do Estado”. Com Assessoria


5

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Seleta e Sanesul firmam parceria para ajudar jovens

A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) contratou os serviços da Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária e vai disponibilizar oportunidade de trabalho para dez adolescentes, com idade entre 16 e 18 anos. Todos estão começando a vida profissional e terão o primeiro emprego na Sanesul. A ordem de serviço foi assinada no dia 19 de novembro por representantes das duas entidades, após a Seleta ter vencido a licitação realizada pela Sanesul. O valor do investimento será de R$ 120 mil ao longo de um ano e abrange desde os salários até as demais despesas administrativas. Os menores vão desempenhar as funções de auxiliares administrativos. Na prática, vão auxiliar nos trabalhos administrativos da empresa, sempre com enfoque no aprendizado profissional. Assina-

ram a ordem de serviço o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, o diretor de administração e finanças, Manoel Gomes, o diretor técnico e comercial, Victor Dib Yazbek Filho, e o gerente geral administrativo da Seleta, Gilbraz Marques da Silva. Também participaram da reunião, além dos dez adolescentes que vão trabalhar na empresa, o gerente de administração de pessoas, Antônio Amorim, a assessora da DAF (Diretoria de Administração e Finanças) Eloir Ávila, a especialista em administração, Regina Bento, e o assessor jurídico Silvio Barbeta. O presidente da Sanesul conversou com os menores e pediu empenho e dedicação nas funções. Ele contou que começou a trabalhar ainda menino e que aos treze anos conseguiu o primeiro registro em carteira como office boy na prefeitura de Angélica. “Anos depois

eu me tornei prefeito da cidade”, disse. Para chegar a essa evolução, Barbosa explicou que é preciso ter um objetivo e muita dedicação profissional. “Se você vai ser um engraxate, tem que ser o melhor engraxate. Se vai ser um advogado, tem que ser o melhor advogado. É preciso muita dedicação e muito estudo para se alcançar os objetivos”. Os adolescentes que vão trabalhar na Sanesul são Daniela Rosa Puerari (DAF), Franciele Pereira de Souza (Gecsa), Isadora Santos Bacargi (Presidência), Letícia Gonçalves dos Santos (Geotec), Lívia Paola Del Vale Soares (Presidência), Lucas Silva Gutterres (Gema), Luigy Anderson dos Santos (Gesu), Mônica de Campos de Oliveira (Geti), Ronei Vilela Miranda (Geap) e Tatiana Vicente Ferreira Garcia (Gedes). Parceria Ampliada - A Sanesul já possuiu uma parceria com a Seleta por meio do projeto social Menor Aprendiz. Oito jovens prestam serviço à empresa trabalhando quatro horas por dia de segunda a quinta-feira, atendendo a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que determina que as empresas tenham um percentual de menores aprendizes no seu quadro de funcionários. Com Assessoria

Aids cresce em meninas de 13 a 19 anos Pesquisa divulgada no dia 26 de novembro pelo Ministério da Saúde indica que o número de casos de pessoas infectadas pelo HIV na faixa etária de 13 a 19 anos é maior entre as garotas. O aumento da epidemia entre as meninas não é nova e vem se mantendo nos últimos dez anos, ou seja, desde 1998, este grupo registra a proporção de oito casos entre meninos para cada dez em meninas. A taxa de garotas infectadas cresceu de 2,3 por 100 mil habitantes em 1997 para 2,7 em 2007. Entre garotos, houve uma redução, de 2,2 para 1,9. A diretora do Departamento Nacional de DST/AIDS e Hepatites Virais do ministério, Mariângela Simão, lembrou que muitas adolescentes não têm a iniciativa de pedir para os parceiros usarem preservativo. “As meninas tradicionalmente dependem dos meninos para o uso do preservativo. Quem define o uso do preservativo é o menino. A primeira razão que as meninas apontam para não terem usado o preservativo é a confiança no parceiro”, afirmou. Ela informou que, em 2010, a campanha de prevenção que o governo brasileiro lançará no Carnaval vai falar com as adolescentes.

Mariângela Simão divulga o Boletim Epidemiológico Aids/DST 2009 do Ministério da Saúde Em 2007, a transmissão por relações sexuais em homens adultos foi maior entre heterossexuais (45,1%). Na categoria sanguínea, a transmissão foi maior entre os usuários de drogas injetáveis (7,4%). No caso das mulheres, a transmissão por relações sexuais entre heterossexuais sempre predominou em toda a série histórica. Em 1997, a infecção por meio do sexo desprotegido foi responsável por 88,7% dos casos. Em 2007, esse percentual alcançou 96,9%. Outros dados – O boletim revelou ainda que o número de mulheres infectadas pelo HIV com mais de 50 anos triplicou, confirmando alerta feito pelo programa de Aids no ano passado. “Não há dúvida de que há um crescimento

da epidemia em determinadas faixas etárias”, afirma Mariângela Simão. A tendência crescimento do número de mulheres infectadas também é destacada no relatório do Programa das Nações Unidas para HIV e AIDS (Unaids). Ele aponta que dos 2,7 milhões de novos casos da doença estimados para 2008, 48% foram em mulheres. O total de casos, no entanto, é 17% inferior a 2000 e 30% menor do que em 1996, quando a epidemia atingiu seu pico. Apenas na África Subsaariana, região com a maior carga de infectados, 400 mil casos foram evitados. Na contramão, a América Latina ainda sofre um aumento no número anual de novas infecções, de 13%.

Adolescentes realizam Gincana Solidária

Ajudar o próximo. Com esse intuito, os alunos do curso de Auxiliar Administrativo e de Escritório da Seleta realizaram no mês de dezembro, a Gincana Solidária. Durante todo o mês, cerca de 175 alunos arrecadaram alimentos não perecíveis para serem doados a entidades da Capital, entre elas a Associação Especial de Apoio à Crianças e ao Adolescente – CEACA e a Associação de Mães Trabalhando a Inclusão – AMATI. Ao todo foram montadas 23 cestas básicas, com arroz, feijão, macarrão, leite, açúcar, sal, óleo,

entre outros. Conforme os professores o objetivo da gincana foi despertar nos alunos o espírito solidário, além de poder ajudar aqueles

que precisam. Para o próximo ano, a gincana também irá arrecadar agasalhos. A Seleta agradece a todos que contribuíram com doações.

Alunos do projeto Kurumim Karateka fazem teste de graduação

No último dia 11, os 25 alunos que participam do projeto Kurumim Karateka participaram de um teste de graduação para troca de faixa. Sob orientação do professor Alex Todescato, os alunos mostraram aos examinadores o que aprenderam em dois meses de aula. Conforme o professor, os alunos foram analisados por dois examinadores, João Ricardo e o Shiran Flávio Eduardo. “Nosso alunos estão de parabéns, tendo em que vista que com apenas dois meses de aula, eles já vão passar da faixa branca para a amarela. Essa troca geralmente acontece somente após quatro meses de aula. É um incentivo para esses atletas. Estão todos de parabéns”, comenta o professor. O projeto Kurumim Karateka é desenvolvido pelo jornal Boca do Povo em parceria com a Seleta e demais entidades. Atende atualmente cerca de 2,3 mil alunos, com aulas gratuitas de Karatê, com idades entre 5 e 18 anos.


6

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Estado tem maior geração de emprego dos últimos 10 anos nua o mesmo e o de desligamentos foi menor do que o registrado em 2008. “Dos dez maiores municípios de Mato Grosso do Sul, oito tiveram saldo positivo, mas em Campo Grande o índice foi negativo”, explica. “O Estado ficou com um dos melhores resultados de novembro no Centro Oeste porque Goiás e Mato Grosso tiveram grande perda no número de empregos nos setores da agricultura e da indústria de transformação. Que são os mesmos onde Mato Grosso do Sul obteve os melhores resultados. Isso mostra que o MS responde de maneira diferenciada do restante da região ao tipo de articulação econômica colocada em prática no Estado”, afirma Conrado.

Saldo acumulado

Mato Grosso do Sul registrou em novembro o melhor índice de geração de empregos formais da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números apontam que foram gerados 2.150 empregos no Estado no 11º mês de 2009, o que equivale a um acréscimo em relação a outubro, quando foram gerados 1.447 empregos celetistas. Segundo o coordenador do Observatório Estadual do Trabalho, da Funtrab, Conrado Pires de Castro, o resultado é o melhor dos últimos dez anos, quando – após a crise cambial de 1999 -, o País passou por uma alteração no regime de política econômica. Tal alteração ocasionou uma melhoria no índice de formalização no mercado de trabalho.

“Com o resultado de novembro, Mato Grosso do Sul teve o maior ritmo da taxa de variação do crescimento de empregos da região Centro Oeste. Em números absolutos, o Estado só perde para Brasília, que está vivendo um ‘boom’ no setor da construção civil, que é onde o MS apresentou saldo negativo”, esclarece o coordenador. Entre os setores da indústria que mais contribuíram para o resultado positivo de novembro, o destaque fica para o comércio, que teve um saldo de 913 novos postos de trabalho gerados no mês. A lista segue com a indústria da transformação, com mais 632 empregos, setor de serviços com saldo de 467 e a agropecuária com mais 327 novos postos. Com exceção do setor de comércio,

todos os outros destaques tiveram um desempenho consideravelmente superior ao mês de outubro. “Dos setores que mais geraram empregos, além do comércio, dentro do setor da indústria de transformação temos o destaque para a indústria de alimentos e bebidas que contratou 373 pessoas. Outro setor que devemos observar neste mês onde se eleva a contratação para o final do ano, vemos o setor de papelão, com 191 novos empregos gerados, visto que nesta época se eleva a produção de embalagens”, observa. No setor da construção civil o saldo negativo foi de -139, porém o coordenador do observatório do trabalho explica que ainda assim o número é positivo porque o índice de contratações conti-

De janeiro até novembro, Mato Grosso do Sul já gerou 20.481 postos de trabalho, um crescimento apontado pelo Caged de 5,52%. “O Estado está em sétimo lugar no País entre as unidades da federação que mais gera empregos”, confirma Conrado Pires de Castro, coordenador do Observatório do Trabalho, da Funtrab. “O número ainda é inferior ao mesmo período do ano passado, quando já havia um saldo acumulado de mais de 24 mil empregos, porque a partir o mês de novembro o Estado começou a sentir um forte impacto da crise econômica, mas a recuperação começou a partir de meados do mês de fevereiro”, esclarece. Com Assessoria

RABANADA DE PANETONE INGREDIENTES 01 panetone 02 ovos ½ xícara de açúcar ½ xícara de farinha de trigo ½ xícara de leite 200g de chocolate amargo Sorvete de creme

PREPARO 1- Fatiar o panettone em pedaços de mais ou menos dois centímetros de espessura; 2- Bater os ovos, acrescentar um pouco de leite, e farinha de trigo para aumentar a consistência; 3- Umudecer as fatias de panettone na mistura de ovos, colocar em forma enfarinhada e colocar em forno médio pré-aquecido; 4- Colocar o chocolate picado em banho-maria (desligar o fogo quando a água estiver fervendo e colocar o chocolate) deixar derreter 5- A Rabanada pode ser servida com uma bola de sorvete de creme e o chocolate derretido por cima.

Aniversáriantes do Mês Seletianos 03 - Walter Ribeiro Alaman 07 – Arlindo de Oliveira 15- Steno Bernobic 17 – Antonio Carlos de Souza 25 – Antônio Zozival M. Sobreira 25 – Manoel Silvestre de Souza 26 – Duhílio Ramires

26 – Valdevino de Oliveira Martins 27 – Carlos Aquino Anunciato 27- José Mauricio C. Fonseca 28- Tidelcino Santos Rosa 29- Agapito Ribeiro 29- Neuvan Oliveira Nogueira 29- Sirleno Mendes 31- Etalívio Fahed Barros

Funcionários 19- Marcio José 24- Janaina da Silva 28- Janaina Melgarejo 30- Hevelyn Gabriela


7

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

Crianças comemoram a chegada do Natal

Para mais de 150 crianças o Natal deste ano chegou mais cedo. Nos dias 9 e 10 deste mês, as crianças da Associação Especial de Apoio a Criança e ao Adolescente – CEACA e da Associação de Mães Trabalhando a Inclusão – AMATI participaram da Festa de Natal organizada pelo Departamento Feminino da Seleta.

liar Administrativo e de Escritório, que sob orientação da coordenadora do Setor Pedagógico, Valéria Seffrin apadrinharam as crianças da CEACA e compraram brinquedos. Outro apoio foi o da deputada estadual Dione Hashioka, que contribuiu com a doação de brinquedos para as crianças da AMATI, além da administração da Seleta e seletianos.

Com direito a cama elástica, um pequeno salão de beleza, bolo, cachorro quente, algodão doce e claro Papai Noel entregando os presentes, as crianças tiveram um dia inesquecível. A festa contou com a ajuda dos alunos do curso de Auxi-

Para as seletianas essa foi mais uma demonstração de solidariedade. “Queremos agradecer a todos que nos ajudaram a realizar essa festa. Acreditamos que mais uma vez cumprimos nosso papel social e fizemos o Natal dessas crianças mais

alegre. Desejamos a todos um ótimo Natal e um Ano Novo cheio de realizações. Esperamos contar com todos em 2010 para que possamos dar continuidade ao nosso trabalho e ajudar ainda mais os que precisam”, ressaltou a diretora Marisa Bernard Pereira. Conforme a diretora do CEACA, Iria Soares ações como essa são muito importantes. “Para as nossas crianças esse ano o Natal foi diferente. Só temos a agradecer ao Departamento Feminino, a Seleta, aos jovens, enfim a todos que nos proporcionaram essa festa maravilhosa”.


8

JORNAL SELETA - DEZEMBRO DE 2009 CAMPO GRANDE - MATO GROSSO DO SUL

www.movifitness.com

sua melhor companhia de viagem...

(067)

Feliz Natal

Rua Albert Sabin, 675 Taveir贸polis Campo Grande MS


Jornal 42