Page 1

CLIPPING IV FONSEINP

ASCOM - FONSEINP CANDRA ALMEIDA: candra.almeida@seinp.ba.gov.br NELLY MALHEIROS nelly.malheiros@seinp.ba.gov.br


SUMÁRIO 1.0.

Clipping: O que saiu na mídia

2.0.

Anexos 2.1.

Press-Kit (Releases, Convite Coletiva de Imprensa e Banner).


VEICULO: TRANSPORTE DIGITAL BRASIL DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTĂ?CIAS SITE: http://www.transportedigitalnews.com.br/site/2013/10 /iv-fonseinp-discutira-em-santos-os-avancos-no-setorportuario/


VEICULO: EXAME.COM DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS – ESPONTANEA INDIRETA SITE: http://exame.abril.com.br/negocios/releases/infraporto ssouthamericaforumreuneemsantossecretariasdevarios estadosparadiscutiravancosconjuntosnosetorportuario. shtml


VEICULO: INTERNATIONAL FOREIGN TRADE DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE: http://internationalforeigntrade.com/page.php?nid=58 85


VEICULO: JORNAL DCI DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTĂ?CIAS SITE: www.dci.com.br/sao-paulo/secretarios-estaduais-discutiraoavancos-do-setor-portuario-e-naval--id367507.html


VEICULO: R7 NOTÍCIAS DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE: http://noticias.r7.com/prnewswire/carros/infraportos-south-america-forumreune-em-santos-secretarias-de-varios-estados-paradiscutir-avancos-conjuntos-no-setor-portuario20131010.html


VEICULO: PORTAL DA NAVEGAÇÃO DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE:http://www.portaldanavegacao.com/2013/10/es tados-defendem-desenvolvimento-portuariounificado/


VEICULO: KINCAID MENDES VIANA ADVOGADOS DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE:http://www.kincaid.com.br/clipping/17402/Est ados-defendem-des.html


VEICULO: LOG WEB DATA:: 10/10/2013

EDITORIA: BAHIA SITE:http://www.logweb.com.br/novo/conteudo/noti cia/33293/secretarios-estaduais-discutirao-avancosdo-setor-portuario-e-naval/


VEICULO: GAZETA DAS PRAIAS DATA::11/10/2013

EDITORIA:NOTÍCIAS SITE: http://www.gazetadaspraias.com.br/noticia.php?noticia =4528

Evento reunirá, em Santos (SP), executivos e secretários estaduais para discutir os avanços do setor portuário e naval do Brasil Dias 22 e 23 deste mês será realizada a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o Fonseinp, em Santos (SP). O Fonseinp compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da América Latina – Infraportos South America. Como em todas as edições, o fórum será conduzido pelo secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o secretário. Já estão confirmados na programação do fórum o ministro dos Transportes, Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, e o presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema “Conexões de hidrovias e portos marítimos”, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue à presidente da República, Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.


VEICULO: JORNAL EVOLUÇÃO EDITORIA:NOTÍCIAS DATA::11/10/2013

SITE: http://www.jornalevolucao.com.br/noticias/18902/1/

Evento reunirá, em Santos (SP), executivos e secretários estaduais para discutir os avanços do setor portuário e naval do Brasil

Dias 22 e 23 deste mês será realizada a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o Fonseinp, em Santos (SP). O Fonseinp compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da América Latina – Infraportos South America. Como em todas as edições, o fórum será conduzido pelo secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o secretário.


Já estão confirmados na programação do fórum o ministro dos Transportes, Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, e o presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema “Conexões de hidrovias e portos marítimos”, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue à presidente da República, Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.


VEICULO: REVISTA SANTOS MODAL DATA::11/10/2013

EDITORIA:NOTÍCIAS SITE: http://www.revistasantosmodal.com.br/search?q=FONS EINP

Evento reunirá, em Santos (SP), executivos e secretários estaduais para discutir os avanços do setor portuário e naval do Brasil

Dias 22 e 23 deste mês será realizada a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o Fonseinp, em Santos (SP). O Fonseinp compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da América Latina – Infraportos South America. Como em todas as edições, o fórum será conduzido pelo secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do Fonseinp, Carlos Costa.


VEICULO: NTC LOGÍSTICA DATA::10/10/2013

EDITORIA:NOTÍCIAS SITE: http://www.portalntc.org.br/index.php?option=com_co ntent&view=article&id=52030&catid=58


VEICULO: SITE DA ABIMAQ DATA::10/10/2013

EDITORIA:CLIPPING SITE: http://www.abimaq.org.br/site.aspx/ImprensaClipping-Tendencias-detalhe?DetalheClipping=771


VEICULO: SALVADOR ACONTECE DATA::10/10/2013

EDITORIA:CLIPPING SITE:http://www.salvadoracontece.com/2013/10/forumnacional-de-secretariosda.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm _campaign=Feed%3A+SalvadorAcontece+%28SALVADO R+ACONTECE%29

Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária quinta-feira, 10 de outubro de 2013

SECRETÁRIOS ESTADUAIS SE REÚNEM EM SANTOS (SP) PARA DISCUTIR OS AVANÇOS DO SETOR PORTUÁRIO E NAVAL DO BRASIL Dias 22 e 23 deste mês, a cidade de Santos estará sediando a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o FONSEINP. O objetivo do Fórum é buscar promover discussões acerca de temas atuais e relevantes ao aquecimento do setor portuário e naval do país. Além disso, o FONSEINP busca abrir canais de comunicação com todos os segmentos interessados em uma logística eficiente e capaz de integrar os modais para adentramento aos Portos Brasileiros. O FONSEINP compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da America Latina - INFRAPORTOS SOUTH AMERICA. Como em todas as edições, o Fórum será conduzido pelo Secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do FONSEINP, Dr. Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário


Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Dr. Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica o presidente do FONSEINP, Carlos Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o Secretário. Integração A primeira edição do FONSEINP foi realizada em Salvador, na Bahia. O Estado é o primeiro a designar uma Secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. As edições anteriores aconteceram em Florianópolis (2011) e na cidade de Vitória (ES) que é um reduto portuário, em março deste ano. Sobre a integração à INFRAPORTOS SOUTH AMERICA, Costa diz: “Só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país”. Já estão confirmados na programação do fórum, o Ministro dos Transportes Dr. Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a Senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, o Presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Dr. Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema: Conexões de hidrovias e portos marítimos, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue a Presidente da República Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.

Informações adicionais:

Local: Mendes Convention Center – Santos- São Paulo Dias: 22 e 23 de Outubro/2013. No dia 22/10 o evento começa às 14 horas e no dia 23/10 começa a partir das 9 horas.


VEICULO: JORNAL DCI DATA::10/10/2013

EDITORIA:TRANSPORTES E AUTOMOVÉIS SITE:http://www.dci.com.br/pr-newswire/infraportossouth-america-forum-reune-em-santos-secretarias-devarios-estados-para-discutir-avancos-conjuntos-no-setorportuario-id367780.html

Fórum reúne em Santos secretarias de vários estados para discutir avanços conjuntos no setor portuário Integração de modais, redução de custos e nova Lei dos Portos nortearão discussões de secretários estaduais no Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correla...

"A Lei 12.815 (nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. A legislação entre os estados difere muito e precisa ser unificada". A declaração é do Secretário Estadual da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa, e reflete a necessidade dos estados brasileiros na busca pela eficiência portuária e de transportes. Sob esta premissa, representantes dos governos estaduais responsáveis pelo desenvolvimento do setor se reunirão em Santos, no próximos dias 24 e 25 de outubro, na 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV Fonseinp). O fórum integra a grade daInfraportos South America e vai discutir questões como as implicações da nova legislação portuária (Lei n. 12.815/2013), bem como temas relacionados à cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas). "Precisamos ter um representante das secretarias estaduais de governo no Conaportos, discutir o aumento de calado para permitir a atracação de navios de maior porte, além de reduzir a burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros", explica o presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Ele alerta também para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional. "O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente", complementa o secretário.


A primeira edição do Fonseinp foi realizada em Salvador (BA). O estado é o primeiro a designar uma secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. Os demais encontros aconteceram em Florianópolis (SC), e em 2012, em Vitória (ES). Para Costa, a integração àInfraportos South America "só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país".


VEICULO: PORTO S.A DATA::10/10/2013

EDITORIA:LOGĂ?STICA SITE:http://portossa.com/logistica/estados-defendemdesenvolvimento-portuario-unificado/


VEICULO: PORTAL IMPRENSA DATA::10/10/2013

EDITORIA:NOTÍCIAS SITE:http://www.portalimprensa.com.br/noticias/pr newswire/42160/infraportos+south+america+forum +reune+em+santos+secretarias+de+varios+estados+ para+discutir+avancos+conjuntos+no+setor+portuar io

InfraPortos South America: Fórum reúne em Santos secretarias de vários estados para discutir avanços conjuntos no setor portuário Integração de modais, redução de custos e nova Lei dos Portos nortearão discussões de secretários estaduais no Fórum Nacional de Secretários da Indústria -- "A Lei 12.815 (nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. A legislação entre os estados difere muito e precisa ser unificada". A declaração é do Secretário Estadual da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa, e reflete a necessidade dos estados brasileiros na busca pela eficiência portuária e de transportes. Sob esta premissa, representantes dos governos estaduais responsáveis pelo desenvolvimento do setor se reunirão em Santos, no próximos dias 24 e 25 de outubro, na 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV Fonseinp). O fórum integra a grade daInfraportos South America e vai discutir questões como as implicações da nova legislação portuária (Lei n. 12.815/2013), bem como temas relacionados à cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas). "Precisamos ter um representante das secretarias estaduais de governo no Conaportos, discutir o aumento de calado para permitir a atracação de navios de maior porte, além de reduzir a burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros", explica o presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Ele alerta também para a necessidade de


redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional. "O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente", complementa o secretário. A primeira edição do Fonseinp foi realizada em Salvador (BA). O estado é o primeiro a designar uma secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. Os demais encontros aconteceram em Florianópolis (SC), e em 2012, em Vitória (ES). Para Costa, a integração àInfraportos South America "só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país".


VEICULO: UOL ECONOMIA DATA::10/10/2013

EDITORIA:NOTĂ?CIAS SITE:http://www.portalimprensa.com.br/noticias/prnews wire/42160/infraportos+south+america+forum+reune+em +santos+secretarias+de+varios+estados+para+discutir+av ancos+conjuntos+no+setor+portuario


VEICULO: JORNAL IMIRANTE EDITORIA:PORTOS DATA:: 12/10/2013

SITE: http://imirante.globo.com/oestadoma/noticias/2013/10 /12/pagina256336.asp

Estados vão defender um desenvolvimento portuário unificado durante fórum Representantes se encontrarão este mês, em Santos, no Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas para discutir o setor. 12/10/2013 00h00

São Paulo - Representantes dos governos estaduais responsáveis pelo desenvolvimento do setor portuário se reunirão em Santos, nos dias 22 e 23 deste mês, na 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV Fonseinp). As discussões serão centradas na defesa do desenvolvimento unificado do setor. O fórum integra a grade da Infraportos South America, Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da America Latina INFRAPORTOS SOUTH AMERICA. Como em todas as edições, o Fórum será conduzido pelo Secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do FONSEINP, Dr. Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Dr. Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da


burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica o presidente do FONSEINP, Carlos Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o Secretário. Integração A primeira edição do FONSEINP foi realizada em Salvador, na Bahia. O Estado é o primeiro a designar uma Secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. As edições anteriores aconteceram em Florianópolis (2011) e na cidade de Vitória (ES) que é um reduto portuário, em março deste ano. Sobre a integração à INFRAPORTOS SOUTH AMERICA, Costa diz: “Só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país”. Já estão confirmados na programação do fórum, o Ministro dos Transportes Dr. Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a Senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, o Presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Dr. Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema: Conexões de hidrovias e portos marítimos, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue a Presidente da República Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.

Informações adicionais: Local: Mendes Convention Center – Santos- São Paulo Dias: 22 e 23 de Outubro/2013. No dia 22/10 o evento começa às 14 horas e no dia 23/10 começa a partir das 9 horas.


VEICULO: JORNAL IMIRANTE EDITORIA:PORTOS DATA:: 12/10/2013

SITE: http://imirante.globo.com/oestadoma/noticias/2013/10 /12/pagina256336.asp

Presidente do Porto Itapoá participa do 4º Fonseinp, em São Paulo 11.10.2013 | 10:50 Nos dias 22 e 23 de outubro será realizada a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas - o Fonseinp, em Santos (São Paulo). Em uma das mesas de discussões do fórum, agendada para 17h do dia 22, Patrício Junior, presidente do Porto Itapoá, será um dos porta-vozes do debate acerca de temas atuais e relevantes ao aquecimento do setor portuário e naval do país. O Fonseinp compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da América Latina - Infraportos South America. Como em todas as edições, o fórum será conduzido pelo secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. "A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo", registra Carlos Costa. "Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros", explica Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. "O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente", complementa o secretário. Já estão confirmados na programação do fórum o ministro dos Transportes, Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, e o presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema "Conexões de hidrovias e portos marítimos", além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue à presidente da República, Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.


VEICULO: DIÁRIO DE ITAPOÁ EDITORIA:PORTOS DATA:: 12/10/2013

SITE: http://www.diariodeitapoa.com.br/portoitapoa/4191-presidente-do-porto-itapoa-participarado-4o-fonseinp.html

Evento reunirá, em Santos (SP), executivos e secretários estaduais para discutir os avanços do setor portuário e naval do Brasil Dias 22 e 23 deste mês (outubro), será realizada a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o Fonseinp, em Santos (SP). Em uma das mesas de discussões do fórum, agendada para as 17h do dia 22, Patrício Junior, presidente do Porto Itapoá, será um dos porta-vozes do debate acerca de temas atuais e relevantes ao aquecimento do setor portuário e naval do País. O Fonseinp compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da América Latina – Infraportos South America. Como em todas as edições, o fórum será conduzido pelo secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o secretário.


Já estão confirmados na programação do fórum, o ministro dos Transportes, Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, e o presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema “Conexões de hidrovias e portos marítimos”, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue à presidente da República, Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.


VEICULO: JORNAL IMIRANTE EDITORIA:PORTOS DATA:: 12/10/2013

SITE: http://imirante.globo.com/oestadoma/noticias/2013/10 /12/pagina256336.asp

Estados vão defender um desenvolvimento portuário unificado durante fórum Representantes se encontrarão este mês, em Santos, no Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas para discutir o setor. 12/10/2013 00h00

São Paulo - Representantes dos governos estaduais responsáveis pelo desenvolvimento do setor portuário se reunirão em Santos, nos dias 22 e 23 deste mês, na 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV Fonseinp). As discussões serão centradas na defesa do desenvolvimento unificado do setor. O fórum integra a grade da Infraportos South America, Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da America Latina INFRAPORTOS SOUTH AMERICA. Como em todas as edições, o Fórum será conduzido pelo Secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do FONSEINP, Dr. Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Dr. Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o


aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica o presidente do FONSEINP, Carlos Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o Secretário. Integração A primeira edição do FONSEINP foi realizada em Salvador, na Bahia. O Estado é o primeiro a designar uma Secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. As edições anteriores aconteceram em Florianópolis (2011) e na cidade de Vitória (ES) que é um reduto portuário, em março deste ano. Sobre a integração à INFRAPORTOS SOUTH AMERICA, Costa diz: “Só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país”. Já estão confirmados na programação do fórum, o Ministro dos Transportes Dr. Cesar Borges, que irá palestrar sobre planejamento de infraestrutura para adentramento aos portos, a Senadora Kátia Abreu, que explanará sobre a Lei dos Portos, o Presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Dr. Casemiro Tércio Carvalho que abordará o tema: Conexões de hidrovias e portos marítimos, além de outros nomes importantes do cenário naval e portuário. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue a Presidente da República Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.

Informações adicionais: Local: Mendes Convention Center – Santos- São Paulo Dias: 22 e 23 de Outubro/2013. No dia 22/10 o evento começa às 14 horas e no dia 23/10 começa a partir das 9 horas.


VEICULO: PORTAL SEGS DATA:: 16/10/2013



EDITORIA: ECONOMIA

SITE: http://www.segs.com.br/categoriaveiculos/135652--secretarios-estaduais-se-reunem-emsantos-sp-para-discutir-os-avancos-do-setor-portuario-enaval-do-brasil.html


VEICULO: NOTICENTER  DATA:: 18/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE: http://www.noticenter.com.br/?modulo=noticias&caderno=logisticacomercio-exterior&noticia=03159-presidente-do-porto-itapoaparticipara-do-4-fonseinp


VEICULO: NEWS COMEX DATA:: 18/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE: http://newscomex.com.br/mostra_noticia.php?codigo=27281


VEICULO: PETRONOTÍCIAS 

EDITORIA: BRASIL

DATA:: 19/10/2013

SITE: http://www.petronoticias.com.br/archives/39164


VEICULO: LITORAL

DIÁRIO

DATA:: 19/10/2013

 EDITORIA: COTIDIANO DO

SITE: http://www.diariodolitoral.com.br/conteudo/20316ministro-dos-transportes-vem-a-santos-na-proxima-semana


 EDITORIA: COTIDIANO VEICULO: CAPITAL DO PRÉSAL

DATA:: 19/10/2013

SITE: http://capitaldopresal.com.br/index.php/noticias/presal-do-brasil/item/122-f%C3%B3rum-em-santos-vaidiscutir-avan%C3%A7os-no-setor-portu%C3%A1rio


VEICULO: PORTO GENTE DATA:: 18/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS

SITE: http://portogente.com.br/noticias/transportelogistica/reducao-do-custo-do-combustivel-efortalecimento-da-marinha-mercante-serao-discutidos-emsantos-79769


 EDITORIA: COTIDIANO VEICULO: INTERNAATIONAL FOREIGN

DATA:: 19/10/2013

SITE: http://www.internationalforeigntrade.com/page.php?nid=62 34


VEICULO: Revista Ecoturismo DATA:: 22/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS SITE: http://revistaecoturismo.com.br/turismosustentabilidade/forum-reune-em-santos-secretarias-devarios-estados-para-discutir-avancos-conjuntos-no-setorportuario/l

I nício » Novidade

Fórum reúne em Santos secretarias de vários estados para discutir avanços conjuntos no setor portuário 21 DE OCTOBER DE 2013 SEM COMENTÁRIOS

Integração de modais, redução de custos e nova Lei dos Portos nortearão discussões de secretários estaduais no Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas, que acontece em outubro, durante feira de equipamentos e tecnologia portuária.


“A Lei 12.815 (nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. A legislação entre os estados difere muito e precisa ser unificada”. A declaração é do Secretário Estadual da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa, e reflete a necessidade dos estados brasileiros na busca pela eficiência portuária e de transportes. Sob esta premissa, representantes dos governos estaduais responsáveis pelo desenvolvimento do setor se reunirão em Santos, no próximos dias 22 e 23 de outubro, na 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV Fonseinp). Pela primeira vez em São Paulo, o fórum integra a grade da Infraportos South America, Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais. Na pauta de discussões estão as implicações da nova legislação portuária (Lei n. 12.815/2013), bem como temas relacionados à cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas). “Precisamos ter um representante das secretarias estaduais de governo no Conaportos, discutir o aumento de calado para permitir a atracação de navios de maior porte, além de reduzir a burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica o presidente do Fonseinp, Carlos Costa. Ele alerta também para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o secretário. A primeira edição do Fonseinp foi realizada em Salvador, na Bahia. O estado é o primeiro a designar uma secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. Os demais encontros aconteceram na capital de Santa Catarina, Florianópolis, e em 2012, em Vitória (ES). Para Costa, a integração à Infraportos South America “só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país”.


VEICULO: PORTAL LOG  EDITORIA: NOTÍCIAS WEB DATA:: 21/10/2013 SITE: http://www.logweb.com.br/novo/conteudo/noticia/33382/ministrodos-transportes-participar-de-evento-em-santos/


VEICULO: DIÁRIO LITORAL DATA:: 23/10/2013

DO  EDITORIA: PORTO E NEGÓCIOS SITE: http://www.diariodolitoral.com.br/conteudo/20605forum-debate-infraestrutura


VEICULO: SANTA  EDITORIA: NOTÍCIAS PORTAL DATA:: 23/10/2013 SITE: http://www.santaceciliatv.com.br/6599-confiraprogramacao-da-infraportos-para-esta-quarta-feira-23

Confira programação da Infraportos para esta quarta-feira (23) 23 de Outubro de 2013 - Atualizado às 09h29 Por: #Santaportal

Foto: Divulgação/Site InfraPortos

PORTO - O IV Fórum Nacional dos Secretários Estaduais da Indústria Naval Portuária e Correlatas (Fonseinp), acontece simultaneamente à primeira edição da InfraPortos South America, única feira na América do Sul dedicada à tecnologia e equipamentos para portos e terminais, que começou na terçafeira (22) e vai até quinta-feira (24), no Mendes Convention Center, em Santos. O objetivo é reivindicar, em conjunto, medidas que eliminem os obstáculos que impedem a competitividade dos portos brasileiros como, por exemplo, os gargalos logísticos. “Este fórum é uma oportunidade de mostrar ao Governo Federal quais são as prioridades dos estados em relação ao desenvolvimento dos setores portuário e naval. Hoje temos grandes demandas e problemas a


serem enfrentados como os gargalos logísticos e a formação de mão-de-obra especializada para operar, principalmente, os novos equipamentos que estão chegando aos portos e terminais”, disse o presidente do Fonseinp e secretário da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa. Durante o encontro, o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Miguel Masella, apresentou os investimentos que o órgão vem fazendo no segmento: “Não adianta pensar em expandir os portos sem projetar os acessos. Por conta disso, estamos investindo R$ 2,6 bilhões em acessos rodoviários e ferroviários de 18 portos do país”. No primeiro dia do seminário, houve, ainda, palestras do coordenador da pós-graduação em Gestão do Transporte Marítimo e Gestão Portuária da Universidade de Lisboa (Portugal), professor José Augusto de Jesus Felício, e do diretor presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio dos Reis Lima. Lideranças vão encaminhar “Carta de Santos” à presidente Dilma A programação do IV Fonseinp desta quarta-feira (23), às 9h30, com uma mesa de discussões que reune o presidente do Fonseinp, Carlos Costa; o especialista em indústria naval e portuária, Nelson Carlini; o diretor da Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP), Wagner Moreira, o presidente do porto de Itapoá, Patrício Júnior e o professor Osvaldo Agripino. Costa fala sobre a “recuperação da Indústria Naval Brasileira”, a partir das 11h30.O encontro será encerrado às 14h30, com uma mesa-redonda que reunirá secretários estaduais e que culminará com a elaboração da “Carta de Santos”, que será encaminhada para a presidenta Dilma Rousseff. Uma embarcação pode render até US$ 14,5 milhões com calado maior Com um centímetro a mais de calado nos portos brasileiros, uma embarcação poderia render até US$ 14,5 milhões a mais de lucro por ano no embarque de carga em contêineres. O cálculo foi apresentado pelo presidente do Porto Itapoá, Patrício Júnior, durante o painel “Infraestrutura e Eficiência” do Seminário Eficiência Portuária, que acontece durante a InfraPortos. “Com apenas este centímetro de lastro, poderíamos embarcar mais cinco contêineres em média em cada navio. Cada um dos contêineres pode gerar até US$ 8 mil de riqueza ao longo do processo, totalizando US$ 40 mil por embarque. Se fizermos a conta de um embarque diário em um berço de atracação ao longo dos 365 dias de um ano chegamos ao valor de US$ 14,5 milhões”, explicou. Patrício fez esta conta para chamar a atenção da necessidade para que os investimentos sejam acelerados e desburocratizados. E concluiu: “É temerário pensar que, desde 2006, os portos brasileiros não têm estrutura para receber os maiores navios do mundo”. Desafio do setor é transformar o PHE em projeto de governo O grande desafio das lideranças empresariais é transformar o Plano Hidroviário Estratégico (PHE), apresentado pelo Ministério dos Transportes no início deste mês de outubro, em projeto de governo, defendeu o superintendente de Navegação Interior da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski. Ele participou do Seminário Eficiência Portuária no Painel “Infraestrutura e Eficiência”.


“É fundamental que se utilize o potencial hidroviário para o avanço da eficiência logística no País. Temos 64 mil quilômetros de malha hidroviária, mas apenas 46% desse total é utilizado, como mostrou o levantamento feito pelo ministério. O setor precisa se unir para reivindicar ao governo federal que o PHE se torne um projeto viável em um curto espaço de tempo”, afirmou. Programação da InfraPortos A programação da InfraPortos South America desta quarta-feira (23), a partir das 8h30, com os seminários “Nova Lei, Portos Secos e Concessões” e “Segurança e Automação”. No pavilhão de exposições, cerca de 60 empresas de vários países do mundo apresentam suas soluções em equipamentos portuários, de movimentação de cargas, empilhadeiras, terminal tractors, tecnologias de armazenagem e de infraestrutura portuária e movimentação interna, software e sistemas, sistema de monitoramento, segurança e controle, treinamento, além de apoio portuário. Alguns dos equipamentos estão expostos no Mendes Convention Center. O horário de visitação é das 13 às 20 horas. Sobre a Infraportos South America A primeira edição da InfraPortos South America – Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais acontece de 22 a 24 de outubro, no Mendes Convention Center, na cidade de Santos (SP). Evento exclusivamente dedicado à infraestrutura portuária e de terminais, reunirá cerca de 60 empresas dedicadas a desenvolver soluções em equipamentos e serviços para a atividade portuária em geral. Em paralelo à feira, a UBM Brazil também organiza as Conferências InfraPortos, com temáticas relacionadas à infraestrutura, construção e investimentos, meio ambiente e legislação, eficiência portuária, à nova lei, Portos Secos, às novas concessões, segurança e automação. A InfraPortos South America conta com o apoio da ABTRA, ABTTC, ABTP, SINDIPESA e ABIMAQ.


VEICULO: G1 DATA:: 22/10/2013

EDITORIA: AGRONEGÓCIOS SITE: http://m.g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2013/10/ministerio-dostransportes-preocupa-se-com-escoamento-da-safra-2014.html


VEICULO: PORTAL INTEGRADA DATA:: 22/10/2013

EDITORIA: AGRONEGÓCIOS SITE: http://www.integrada.coop.br/notas/11625/Ministeriodos-Transportes-preocupa-se-com-escoamento-da-safra2014.xhtml


VEICULO: PORTAL SEGS DATA:: 24/10/2013

EDITORIA: NOTÍCIAS

SITE: http://www.segs.com.br/categoria-veiculos/136562-forum-reune-secretarios-estaduais-dos-setores-naval-eportuario-na-infraportos.html

Fórum reúne secretários estaduais dos setores naval e portuário na InfraPortos A necessidade de aceleração e desburocratização dos investimentos em portos também foi defendida nas Conferências InfraPortos Reivindicar, em conjunto, medidas que eliminem os obstáculos que impedem a competitividade dos portos brasileiros como, por exemplo, os gargalos logísticos. Este é o objetivo do IV Fonseinp (Fórum Nacional do Secretários Estaduais da Indústria Naval, Portuária e Correlatas), evento que acontece simultaneamente à primeira edição da InfraPortos South America, única feira na América do Sul dedicada à tecnologia e equipamentos para portos e terminais, que começou nesta terça (22) e vai até quinta no Mendes Convention Center, em Santos. “Este fórum é uma oportunidade de mostrar ao Governo Federal quais são as prioridades dos estados em relação ao desenvolvimento dos setores portuário e naval. Hoje temos grandes demandas e problemas a serem enfrentados como os gargalos logísticos e a formação de mão-de-obra especializada para operar, principalmente, os novos equipamentos que estão chegando aos portos e terminais”, disse o presidente do Fonseinp e secretário da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa. Durante o encontro, o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Miguel Masella, apresentou os investimentos que o órgão vem fazendo no segmento: “Não adianta pensar em expandir os portos sem projetar os acessos. Por conta disso, estamos investindo R$ 2,6 bilhões em acessos rodoviários e ferroviários de 18 portos do país”. Neste primeiro dia do seminário, houve, ainda, palestras do coordenador da pós-graduação em Gestão do Transporte Marítimo e Gestão Portuária da Universidade de Lisboa (Portugal), professor José Augusto de Jesus Felício, e do diretor presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tércio dos Reis Lima. Lideranças vão encaminhar “Carta de Santos” à presidente Dilma A programação do IV Fonseinp prossegue nesta quarta (23), às 9h30, com uma mesa de discussões que reunirá o presidente do Fonseinp, Carlos Costa; o


especialista em indústria naval e portuária, Nelson Carlini; o diretor da ABTP (Associação Brasileira dos Terminais Portuários), Wagner Moreira; o presidente do Porto de Itapoá, Patrício Júnior; e o professor Osvaldo Agripino. Dando continuidade, Campos falará sobre a “Recuperação da Indústria Naval Brasileira”, a partir das 11h30. O encontro será encerrado às 14h30, com uma mesa-redonda que reunirá secretários estaduais e que culminará com a elaboração da “Carta de Santos”, que será encaminhada para a presidenta Dilma Rousseff. Uma embarcação pode render até US$ 14,5 milhões com calado maior Com um centímetro a mais de calado nos portos brasileiros, uma embarcação poderia render até US$ 14,5 milhões a mais de lucro por ano no embarque de carga em contêineres. O cálculo foi apresentado pelo presidente do Porto Itapoá (Santa Catarina), Patrício Júnior, durante o Painel “Infraestrutura e Eficiência” do Seminário Eficiência Portuária, que acontece durante a InfraPortos. “Com apenas este centímetro de lastro, poderíamos embarcar mais cinco contêineres em média em cada navio. Cada um dos contêineres pode gerar até US$ 8 mil de riqueza ao longo do processo, totalizando US$ 40 mil por embarque. Se fizermos a conta de um embarque diário em um berço de atracação ao longo dos 365 dias de um ano chegamos ao valor de US$ 14,5 milhões”, explicou. Patrício fez esta conta para chamar a atenção da necessidade para que os investimentos sejam acelerados e desburocratizados. E concluiu: “É temerário pensar que, desde 2006, os portos brasileiros não têm estrutura para receber os maiores navios do mundo”. Desafio do setor é transformar o PHE em projeto de governo O grande desafio das lideranças empresariais é transformar o Plano Hidroviário Estratégico (PHE), apresentado pelo Ministério dos Transportes no início deste mês de outubro, em projeto de governo, defendeu o superintendente de Navegação Interior da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski. Ele participou do Seminário Eficiência Portuária no Painel “Infraestrutura e Eficiência”. “É fundamental que se utilize o potencial hidroviário para o avanço da eficiência logística no País. Temos 64 mil quilômetros de malha hidroviária, mas apenas 46% desse total é utilizado, como mostrou o levantamento feito pelo ministério. O setor precisa se unir para reivindicar ao governo federal que o PHE se torne um projeto viável em um curto espaço de tempo”, afirmou.


VEICULO: POLÍTICA LIVRE DATA:: 23/10/2013

EDITORIA: BRASIL SITE: http://www.politicalivre.com.br/2013/10/secretariosestaduais-se-reunem-em-santos-para-discutir-avancos-naarea-portuaria-brasileira/


VEICULO: PORTAL SEGS DATA:: 23/10/2013



EDITORIA: BRASIL SITE: http://www.segs.com.br/categoria-veiculos/136558secretarios-estaduais-se-reunem-em-santos-para-discutiravancos-na-area-portuaria-brasileira.html


VEICULO: TRIBUNA  EDITORIA: BRASIL HOJE DATA:: 22/10/2013 SITE: http://www.tribunahoje.com/noticia/80220/economia/2013/10/22/alagoasparticipa-de-forum-nacional-da-industria-naval-e-portuaria.html


VEICULO: TV TRIBUNA AFILIADA REDE GLOBO DATA:: 23/10/2013

–

EDITORIA: SANTOS SITE: http://g1.globo.com/sp/santosregiao/noticia/2013/10/feira-infraportos-traz-novidadespara-o-setor-e-discute-crescimento-do-porto.html


2.0 Anexos 2.1. Releases

RELEASE DE CHAMAMENTO PARA O EVENTO

SECRETÁRIOS ESTADUAIS SE REÚNEM EM SANTOS (SP) PARA DISCUTIR OS AVANÇOS DO SETOR PORTUÁRIO E NAVAL DO BRASIL Dias 22 e 23 deste mês, a cidade de Santos estará sediando a 4ª edição do Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e correlatas – o FONSEINP. O objetivo do Fórum é buscar promover discussões acerca de temas atuais e relevantes ao aquecimento do setor portuário e naval do país. Além disso, o FONSEINP busca abrir canais de comunicação com todos os segmentos interessados em uma logística eficiente e capaz de integrar os modais para adentramento aos Portos Brasileiros. O FONSEINP compõe a grade da maior e mais importante Feira e Conferência Internacional sobre Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais da America Latina - INFRAPORTOS SOUTH AMERICA. Como em todas as edições, o Fórum será conduzido pelo Secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia e também presidente do FONSEINP, Dr. Carlos Costa. Entre os principais temas que nortearão as discussões do fórum estão os conceitos e desafios da nova legislação portuária (Lei nº. 12.815/2013), questões relacionados às conexões entre hidrovias e portos marítimos, cabotagem, Conaportos (Comissão Nacional das Autoridades nos Portos), CNPA (Comissão Nacional para Assuntos de Praticagem) e Prepom (Programa do Ensino Profissional Marítimo Atividades Correlatas), matérias que o Secretário Carlos Costa vem defendendo na busca da modernização do setor. “A Lei 12.815 (Nova Lei dos Portos) é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal, e assim, participar em igual condição com o resto do mundo”, registra Dr. Carlos Costa. “Ter um representante das Secretarias Estaduais no Conaportos é uma necessidade primordial para que se estabeleça um processo de discussão envolvendo temas como o aumento de calado que permitirá a atracação de navios de maior porte, a redução da burocracia documental, o custo da praticagem, entre outros”, explica o presidente do FONSEINP, Carlos Costa. Ele ainda alerta para a necessidade de redução de custos para a viabilização da cabotagem nacional e adentramento aos portos. “O custo do combustível hoje para navios brasileiros corresponde a 80% do valor total da operação. Situações como esta precisam ser revistas e a marinha mercante, fortalecida. Sem ela não se tem um Brasil competitivo internacionalmente”, complementa o Secretário.


Integração A primeira edição do FONSEINP foi realizada em Salvador, na Bahia. O Estado é o primeiro a designar uma Secretaria para a atividade portuária e pretende instalar uma nova escola de formação de oficiais de marinha mercante nos próximos anos. As edições anteriores aconteceram em Florianópolis (2011) e na cidade de Vitória (ES) que é um reduto portuário, em março deste ano. Sobre a integração à INFRAPORTOS SOUTH AMERICA, Costa diz: “Só nos traz mais força e oportunidades para avançamos em um diálogo comum. A expectativa é reunir um público qualificado, totalmente voltado às questões apontadas acima e que vislumbrem o crescimento portuário do país”. Das 17 Secretarias Estaduais integrantes, 14 já confirmaram presença no Fórum, além de especialistas do universo dos setores da área portuária, naval, transporte e logística. Entre os confirmados no evento, está o Ministro dos Transportes, Dr. César Borges que irá palestrar sobre Planejamento de Infraestrutura para o Adentramento aos Portos e o Presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Dr. Casemiro Tércio Carvalho, além dos convidados que ainda vão confirmar presença nesta semana, estão a Senadora Kátia Abreu e o Ministro dos Portos, Dr. Antônio Henrique Silveira. No término do evento, haverá uma mesa redonda onde os secretários estaduais redigirão uma carta que será entregue a Presidente da República Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.

Informações adicionais: Local: Mendes Convention Center – Santos- São Paulo Dias: 22 e 23 de Outubro/2013. No dia 22/10 o evento começa às 14 horas e no dia 23/10 começa a partir das 9 horas.


NOTA DURANTE O EVENTO

Secretários Estaduais se reúnem em Santos para discutir avanços no setor portuário Hoje (22/10) começou o IV Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (FONSEINP) em Santos – SP. Uma das principais propostas do Fórum é abrir canais de comunicação com todos os segmentos interessados em uma logística eficiente e capaz de integrar os modais de transporte para adentramento aos portos brasileiros. Nas discussões de hoje, com 17 Secretários Estaduais presentes foram tratados temas como Gestão: governança portuária e sua sustentabilidade, adentramento aos portos e terminais marítimos e questões relacionadas às conexões entre hidrovias, portos marítimos e cabotagem. “A nova Lei dos Portos é só o começo da caminhada. Precisamos ajustá-la no processo de regulação para que possamos ingressar definitivamente em uma concorrência leal e participar em igual condição com o resto do mundo”, registra o presidente do FONSEINP e Secretário da Indústria Naval e Portuária da Bahia, Carlos Costa. Na programação de amanhã 23/10, o Fórum será contemplado com discussões acerca da recuperação da indústria naval brasileira e uma mesa de discussões, onde os secretários estaduais redigirão a “Carta de Santos” que será entregue a Presidente da República Dilma Rousseff, com reivindicações sobre políticas públicas na área portuária e naval no Brasil.


RELEASE PÓS EVENTO

Secretários de Portos e pastas correlatas encaminham “Carta de Santos” para a presidente Dilma Nos últimos dias 22 e 23 de outubro, a cidade de Santos sediou o IV Fórum Nacional de Secretários da Indústria Naval, Portuária e Correlatas (IV FONSEINP), reunião que teve como uma das principais propostas abrir canais de comunicação com todos os segmentos interessados em uma logística eficiente e capaz de integrar os modais de transporte para adentramento aos portos brasileiros. O evento aconteceu paralelamente a Infraportos (maior feira da América Latina de Tecnologia e Equipamentos para Portos e Terminais) e mostrou a preocupação e crescente vontade que os secretários de portos nacionais e pastas correlatas têm em alavancar ainda mais o crescimento econômico do Brasil, crescimento este que tem demandado uma infraestrutura logística cada vez mais eficaz, especialmente no que se refere aos transportes aquaviários e aos portos brasileiros. O presidente do FONSEINP, Secretário da Indústria Naval e Portuária do Estado da Bahia, Carlos Costa, que conduziu o Fórum, elucida o seguinte: “Não adianta ter calado nos portos se não tem como adentrar a esses portos. É preciso que se faça uma integração dos modais, ferrovia, hidrovia e rodovia, para que possa dar a sustentação que esse grande investimento industrial precisa”. Durante o primeiro dia (22/10) do fórum, o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Miguel Masella, apresentou investimentos que o órgão vem fazendo no segmento. De acordo com o executivo do Ministério não adianta pensar em expandir os portos sem projetar acessos. “Por conta disso estamos investindo R$ 2,6 bilhões em acessos rodoviários e ferroviários de 18 portos no país”, assinala. Nesse primeiro dia de evento, houve ainda, palestras do coordenador da Pós-Graduação em Gestão de Transporte Marítimo e Gestão Portuária da Universidade de Lisboa (Portugal), professor José Augusto Felício, e do Diretor- Presidente da Companhia Docas de São Sebastião, Casemiro Tercio Carvalho. A programação do fórum prosseguiu no segundo dia (23/10) com uma mesa de discussões que reuniu o presidente do FONSEINP, Carlos Costa, o Decano da Indústria Naval, Nelson Carlini, o Diretor da Associação Brasileira dos Terminais Portuários – ABTP, Wagner Moreira, o presidente do Porto de Itapoá, Patrício Junior e o professor, Osvaldo Agripino. Dando continuidade ao fórum, Carlos Campos, representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) abordou em sua palestra a Recuperação da Indústria Naval Brasileira cujo


objetivo foi apresentar e analisar políticas públicas relativas aos programas de investimentos em navios, plataformas, sondas e estaleiros, e a atuação do Fundo da Marinha Mercante. O fim do encontro foi marcado com uma mesa-redonda que reuniu secretários estaduais e que culminou com a elaboração da “Carta de Santos”. A mesma será encaminhada a presidente Dilma Rousseff.


2.1. Convite Coletiva de Imprensa e Banner

Clipping IV FONSEINP  

Seleção de notícias que foram veiculadas pré, durante e pós FONSEINP. Confira!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you