Page 1

Jornal

GUSTAVO FRUET: “Prefeitura se esforça para manter Curitiba limpa, organizada, segura e bonita para todos os seus visitantes.” Pág. 10 e 11

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016 | Edição 20

SEHA organiza concurso para sushimans Iniciativa vai valorizar os profissionais da área e eleger o melhor sushiman da Capital Pág. 02

Litoral do Paraná ganha Delegacia Regional do SEHA, em Paranaguá Segundo o presidente João Jacob Mehl, o novo espaço vai oferecer a seus associados a mesma infraestrutura que o Sindicato em Curitiba possui, incluindo uma diversidade de cursos, assistência jurídica gratuita, convênios, entre outros eventos voltados ao desenvolvimento turístico local e atração de investidores. Pág. 5

No centro

sangue novo

novidade

Estacionamento para ônibus de turismo

SEHA cria Grupo Opinião para abrir novos canais

BRH vai ter Pizza Show como uma das atrações

Pág. 03

Pág. 09

Pág. 12


2

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

Editorial

comida japonesa

E ainda nem é carnaval

SEHA organiza concurso para sushimans

A máxima que o “país só começa a caminhar depois do carnaval”, não funciona no SEHA. Por aqui caminhamos a passos largos e firmes. Aceitando sugestões, apresentando ideias e realizando projetos. É oficial, Paranaguá agora é sede da Delegacia Regional do SEHA do Litoral do Paraná. A inauguração do novo espaço vai acontecer muito em breve e a partir daí empresários do ramo de alimentação e hoteleiros poderão contar com a mesma infraestrutura que o SEHA de Curitiba possui, incluindo uma diversidade de cursos, assistência jurídica gratuita, convênios, entre outros eventos voltados ao desenvolvimento turístico local e atração de investidores. Outra novidade é a criação do “Grupo Opinião”, formado por pessoas que não pertencem à diretoria do Sindicato mas que tem muito a contribuir, através de suas sugestões. Maneira de aproximar os associados, firmar novos quadros de dirigentes e atrair pessoas interessadas a se integrar ao associativismo sindical. Saiba mais nas páginas à frente. Notícia exclusiva desse editorial, é que o SEHA enviou ofício ao Movimento Pró Paraná reivindicando que a entidade também se una na luta pelo turismo no Estado, área que infelizmente está abandonada pelos nossos governantes e sequer é reconhecido como fonte de receita. Sobre esse assunto traremos mais informações em edições futuras. E para encerrar, entre outras matérias, encontre nas páginas 10 e 11 uma entrevista com o prefeito Gustavo Fruet. Esclarecedora quanto a alguns pontos que envolvem o novo Centro de Exposições e Convenções de Curitiba, um dos temas abordados.

Iniciativa vai valorizar os profissionais da área e eleger o melhor sushiman da Capital

E

m breve será divulgado regulamento completo sobre uma nova iniciativa do SEHA, coordenada pela empresária Valéria Vicente, sócia e nova diretora do Sindicato. Trata-se de um concurso que vai eleger o melhor sushiman da cidade e tem por objetivo reconhecer o excelente trabalho efetuado por mais várias centenas de profissionais espalhados pela capital paranaense. Isso mesmo, estimase que atualmente 100 restaurantes especializados na culinária oriental estejam operando na capital paranaense. “Essa semana vamos conversar com o consulado japonês e o Senac, para aprimorar o regulamento do concurso, de modo que esteja alinhado com ambas as entidades”, salientou Valéria. Aguardem novidades!

O maior concurso de sushiman do mundo, el Global Sushi Challenge, em Tóquio

O Jornal do SEHA é feito para vocês. Forte abraço. João Jacob Mehl

EXPEDIENTE Jornalista Responsável Pierpaolo Nota Edição Eliseu Tisato

Rua Júlia da Costa, 64 - São Francisco - Curitiba - Paraná Fone: (41) 3323 8900 www.seha.com.br

GESTÃO 2014-2017 João Jacob Mehl Presidente Lincoln T. Isahias Tarquínio Vice-Presidente  Andersen Prado Vice-Presidente para assuntos de Alimentos e Bebidas/Buffet Zelir Tadeu Massuchin Vice-Presidente para assuntos de Hotelaria e Hospedagem Marilisa Bigarella Vice-Presidente para assuntos de Motéis  Gustavo T Andrade Vice-Presid. para assuntos de Entretenimento e Lazer  Orlando Kubo Diretor Secretário Geral  Julio César Hezel Diretor Financeiro Adelardo Telles Neto Diretor para assuntos de Pizzarias e Deliveries  Aguilar Borsato Silva

Diretor Valéria Vicente Diretora  Carlos Roberto Madalosso Diretor para assuntos de Turismo Ernesto Villela Neto Diretor para assuntos Governamentais  Henrique Lenz Cesar Filho Diretor para assuntos Grandes Eventos  Jacques Raul Rigler Diretor para assuntos Tributários e Fast Food  João Ernesto Strapasson Diretores Marco Antônio Fatuch Diretor Delegado  Paulo Sérgio Gralak Diretor de Patrimônio  Conselho Fiscal: Jonel Chede Filho, Alceu A Vezozzo Filho e Luiz Fernando P de Aguiar Conselho Fiscal Suplente:  Jayme Canet Neto e Joel Malucelli

Associados aniversariantes de janeiro 17.01 21.01 21.01 22.01 23.01 23.01 25.01 27.01

Ivanir Badotti, do Motel Vis a Vis Marcia Lorenzon, do Hotel Lizon Curitiba Edna Figueiredo, da Lanchonete Ederline José Volpato, da Pizzaria Pasta Pizza Hedilaine Zanboni Rezende, do Up Side Gastrobar Ernesto Fone, da Panificadora Flor da Quinze Fabio Lelis, do Restaurante Lellis Tratoria Luiz Fernando Aguiar, do Hotel St Emilion


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

3

melhorias

Curitiba ganha estacionamento para ônibus de turismo Maior tempo para embarque e desembarque nos hoteis também está em pauta Paulo Mossiman

N

a avenida Visconde de Guarapuava, 2381, logo após a rua João Negrão, na região central de Curitiba, surge uma esperança para o início da organização de espaços para que os ônibus de turismo que trazem turistas a Curitiba possam estacionar com segurança e conforto. A iniciativa privada é do empresário Flávio Antonio Giasson, que junto com um sócio observou a necessidade desta prestação de serviços e assim resolveram investir no negócio. “Somente com carros, o nosso estacionamento não estava dando resposta financeira. Preocupados, estudamos a região e vislumbramos a possibilidade de servir ao turismo e aos hoteis que ficam próximos ao nosso endereço”, explicou Giasson. E foi assim que o Duo Park Estacionamentos começou a atividade direcionada a receber os ônibus de turismo na capital paranaense, fato que agradou as entidades que congregam os guias de turismo. “Levamos ao professor Jacó Gimennes esta importante novidade e ele comemorou. E passou a apoiar e divulgar um serviço de grande valia para todo o segmento do turismo”, observou Lúcia Kis, presidente do Sindegtur – Sin-

Estacionamento tem capacidade para abrigar 10 ônibus dicato dos Guias de Turismo do Paraná. Neste espírito e destacando a importância do nicho de atendimento à demanda turística, o Diretor Presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, foi com

um grupo de guias de turismo conhecer detalhes das atividades e serviços ofertados pelo estacionamento, dia 15 de janeiro. Alem de Lúcia Kis, o grupo foi formado por Lincoln Kupski e Maeli Fanini (Sindegtur) e Luci Paulo Mossiman

Jacó Gimennes, Flávio Antonio Giasson e grupo de Guias de Turismo do Paraná

Jacomel e Nancy Pinheiro de Abreu (Abgtur), que aplaudiram a iniciativa do empresário Flávio Giasson. “É uma atitude que deve ser celebrada como uma primeira conquista. Curitiba necessita com urgência de espaços para que os ônibus que trazem milhares de turistas durante todo o ano possam estar estacionados em lugar central, seguro e que ofereça facilidades, com certeza”, acentuou Gimennes. EXPECTATIVA Os empresários garantem que se houver êxito com o primeiro estacionamento “haverá expansão dos serviços na área central de Curitiba. Já temos terrenos disponíveis em lugares estratégicos para atender à demanda e a meta é mesmo ampliar o atendimento”, antecipou Flávio. Além de cooperar com a cadeia do Turismo com a oferta dos serviços de estacionamento, os empreendedores informaram que estão agregando diferenciais para um atendimento mais completo. “Temos uma agenda atualizada que destaca a oferta de serviços para os ônibus, como oficinas mecânicas, lojas de auto peças, conserto de ar condicionado, revenda de pneus e outras

informações de interesse dos motoristas e empresas de turismo”, disse Flávio Giasson. PIONEIRISMO Com capacidade para abrigar 10 ônibus de grande porte, o estacionamento pioneiro tem atendido vários hotéis da região, dentre eles, o Nikko, Victória Villa, Hara Palace, Del Rey, Nacional Inn, Aladdin, Savoy, San Martin, Lizon Curitiba, Condor, San Juan, San Martin e outros. O assunto aborda uma das antigas reivindicações do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação, que também se preocupa com o embarque e desembarque dos passageiros dos ônibus de turismo nos hoteis centrais da cidade. “Muitas vezes concluir essa operação somente em 15 minutos não é possível e os ônibus acabam multados, é necessário um entendimento melhor do assunto por quem comanda o trânsito na capital paranaense”, finalizou João Jacob Mehl, presidente do SEHA. O telefone para informações e reservas no estacionamento é (41) 9665 7170.


4

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

www.

seha .com.br

Ferramenta poderosa à sua disposição! Notícias

Convênios

Fique informado, entre em nosso site para ter acesso as informações do nosso setor.

Precisa de convênio médico, odontológico, medicina ocupacional, entre outros? Se houver algum convênio que queira nos sugerir, fique a vontade!

Precisa de funcionários? Publique as suas vagas gratuitamente em nosso site, e se tivermos em nosso banco de dados candidatos que preencham os seus requisitos, os currículos serão encaminhados para sua empresa.

Assessoria Jurídica

Tem dúvidas? Precisa de informação? Sugestões? Entre no nosso canal Fale Conosco, e mande para nós o que precisa.

Está com alguma notificação trabalhista? Ou dúvidas na área trabalhista, comercial, tributária e/ou civil? Possuímos duas assessorias contratadas especialmente para auxiliar nas suas questões. Se houver uma reclamação trabalhista, terá o acompanhamento gratuito de � nossos advogados para a sua defesa. E suas dúvidas jurídicas poderão ser também esclarecidas gratuitamente.

Qualifique sua equipe

Questões Administrativas

O associado tem direito a duas vagas gratuitas por curso na grade disponibilizada em nosso site, e a sua inscrição é feita no próprio site.

Questões como o ECAD, Vigilância Sanitária, Fiscalização Ambiental, NFCe, consulta a Legislação em Vigor fica fácil quando se tem aonde recorrer e tirar informações. Pertencemos ao Conselho Municipal de Urbanismo, caso tenha alguma questão a ser resolvida sobre urbanismo, traga a sua questão para nós.

Contato permanente!

O espaço é seu! Está vendendo algum mobilizado de sua empresa de hospedagem ou alimentação? Anuncie sua venda, mandando as características, preço e fotos do objeto a ser vendido e será publicado em nosso Banco de Negócios, além de enviarmos através de nosso mailing.

Basta acessar www.seha.com.br

Informações Legais Tenha acesso às Convenções Coletivas firmadas, sempre que seja necessário.

Basta ligar para: 41 3323-8900


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

EXPANSÃO

Hospedagem e alimentação ganham representatividade sindical em Paranaguá Delegacia Regional do SEHA pretende ser um diferencial para o turismo do litoral, um local de encontro de parceiros e defensores do setor na região

D

epois de consultar toda diretoria, que aprovou prontamente a iniciativa de se abrir uma Delegacia Regional do SEHA do Litoral do Paraná, em Paranaguá, um almoço no salão de festas do Sindicato celebrou o novo marco. A nova base contará com Delegado, vice e um Conselho Consultivo, que terá um representante de cada município do litoral paranaense”. Para somar ainda será composto um Conselho Consultivo, que terá um representante de cada município do litoral paranaense. Seu principal objetivo é incentivar o turismo do litoral paranaense e concentrar esforços dos entes públicos e privados na organização do setor comercial, gastronômico, hoteleiro e portuário para receber os turistas. DIFERENCIAL Para o presidente do SEHA, João Jacob Mehl, a Delegacia Regional do Sindicato será um diferencial para o turismo do litoral e Paranaguá, onde se trarão parceiros e defensores do setor na região. Segundo ele, “a nova delegacia vai oferecer a seus associados a mesma infraestrutura que o SEHA de Curitiba possui, incluindo uma diversidade de cursos, assistência jurídica gratuita, convênios, entre outros eventos voltados ao desenvolvimento turístico local e atração de investidores de fora para Paranaguá e ao litoral”. SEDE A inauguração do espaço está prevista para acontecer em um futuro muito próximo e contará com a presença de empresários e lideranças de todo o estado. “O prefeito Edison Kersten foi a primeira autoridade a ser informada da vinda da Delegacia do Sindicato à Paranaguá e acatou nosso pedido para somar seu esforço político para abrir novas possibilidades ao turismo de Paranaguá com entes privados e públicos do litoral e do Paraná, beneficiando o setor hoteleiro, comercial, bem como a própria sociedade organizada e a Prefeitura de Paranaguá”, finalizou Jacob Mehl.

Presidente Jacob Mehl, no momento do anúncio da nova Regional

Notas Está sendo firmado convênio com seguradora para cobertura de acidentes que envolvam responsabilidade civil para os setores de hospedagem e alimentação. O contrato já foi assinado pelo Sindicato e tudo deve estar acertado até o final de fevereiro. As adesões vão acontecer através de solicitação ao SEHA, que demonstra assim sua preocupação com a responsabilidade que hoteis e restaurantes e bares possam ter através de quedas, distúrbio alimentares ou acidentes com clientes.

Dúvidas: 41 3323 8900 O SEHA está acompanhando de perto toda questão ligado ao lixo na capital paranaense e informa a seus associados que já manteve contato com empresas coletoras para realização de futuro convênio, para atender ao novo programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Hoteis e restaurantes terão a oportunidade de se cadastrar junto ao Sindicato ou ABIH-PR para participar. O SEHA é sempre solidário com a questão do meio ambiente e mais uma vez demonstra boa vontade em atender as solicitações da prefeitura e secretaria do Meio Ambiente.

O departamento jurídico do SEHA está estudando a compensação de ICMs em relação a Copel e transações interestaduais. Aguardem para breve mais informações.

5


6

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

música

FBHA avança na discussão dos direitos autorais Entidade tem assento permanente em Comissão que debaterá o assunto

A

Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) acaba de dar um grande passo para o avanço do debate sobre a cobrança de direitos autorais por músicas executadas pelos hóspedes, em rádio e televisão, nos quartos de hoteis. A partir de agora, a FBHA tem assento na Comissão Permanente para o Aperfeiçoamento da Gestão Coletiva (CPAGC). Na prática, significa que o setor de turismo, representado pela entidade, tem o mesmo peso decisório nas discussões a respeito do tema. “Passaremos a falar de igual para igual”, afirma o presidente da FBHA, Alexandre Sampaio. Mas não é de hoje que a Federação luta pelo cancelamento dessa cobran-

ça, feita pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). A entidade defende essa medida com base no art. 23, da Lei Geral do Turismo (nº 11.771/08), que define os quartos como unidades individuais, portanto não sujeitos à cobrança de direitos autorais, que somente são devidos em área de uso coletivo, segundo a lei. “Reconhecemos a cobrança em relação a áreas de uso coletivo, como o lobby, mas não podemos aceitar pagar os direitos autorais em unidades individuais porque isso fere a própria lei”, destaca o presidente. A indicação da Federação para ocupar o assento na CPAGC foi feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Constituída pela Portaria nº 53 de 07 de julho de 2015, a CPAGC tem a finalidade de promover o aprimoramento da gestão coletiva de direitos autorais no Brasil. A Comissão é composta por três representantes do Ministério da Cultura; um representante do Ministério da Justiça; um representante do Ministério das Relações Exteriores; um representante do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; um representante do CADE; um representante da Agência Nacional do Cinema (Ancine); quatro representantes de associações representativas de titulares de direitos autorais; e quatro representantes de associações representativas de usuários.

Convenções Coletivas de Trabalho, já acertadas De Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, para motoboys e motoristas CCT para motoristas e Motoboys (categoria diferenciada) Curitiba e RMC - data-base em outubro Paranaguá, Pontal do Paraná, Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos e Morretes - data-base dezembro Motoboy R$ 1.051,00 e/ou R$ 4,78 por hora laborada em horário normal Motoristas de truck e micro-ônibus R$ 1.375,00 Motoristas de caminhões toco R$ 1.210,00 Motoristas de veículos leves R$ 1.155,00 CCT para Paranaguá e Pontal do Paraná – data base Dezembro (categoria geral) Piso ficou em R$ 1.080,45 Reajuste para os demais salários de 11,9674%

Sobe tarifa da Linha Turismo Em fevereiro a tarifa da Linha Turismo será reajustada para 40 reais, a cartela com 5 tíquetes, permitindo um embarque e quatro reembarques, entre os 25 principais atrativos turísticos da cidade. Até o dia 14 de fevereiro, o serviço irá funcionar regularmente todos os dias. Depois, volta a operar de terça a domingo


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

7

Cursos oferecidos pelo SEHA Programe para seus colaboradores participação nos cursos em 2016. Não perca a oportunidade de profissionalizar seu time. Todos os cursos com aulas teóricas e práticas

Certificação, material e apostila.

Confeitaria Básica módulo I Técnicas básicas de confeitaria, montagem e decoração de bolos.

Panificação Módulo I Noções básicas de padaria, técnicas de fermentação, produção e modelagem de pães.

Cafés filtrados Formar baristas capacitados na nova tendência de mercado que são os cafés filtrados por métodos tradicionais ou não convencionais.

Sobremesas Clássicas Técnicas básicas de confeitaria, assim como confeitar, montar sobremesas, verrines, decoração.

Sopas Caldo base para sopas, sopas diversas, torradas aromatizadas e palitos de queijo.

Curso de Biscoitos e Bolachas Técnicas de confeitaria para bolachas, decorações e armazenamento.

Formação de Preços e Gestão Financeira em Alimentos e Bebidas Estrutura financeira da empresa rotatividade e controle de estoques, curva ABC, Identificação da necessidade de compras CVM, CMO, IPI , prime Cost Sistemas de controle operacional: Fator de correção margem de contribuição, Gasto, custo e despesa formação de preços nos cardápios e menus tributação ponto de equilíbrio rentabilidade e Lucratividade fluxo de caixa, nivel de Endividamento. Camareira Capacitar os participantes a desenvolver as competências necessárias para realizar todo o processo de arrumação, limpeza e higienização do apartamento hoteleiro; ter conhecimento dos produtos e técnicas de trabalho e dos conceitos e princípios de atendimento ao cliente. Governança A governança é o departamento que se ocupa basicamente com a arrumação dos apartamentos, com a lavanderia/rouparia e com a limpeza geral; a governanta tem papel imprescindível no andamento do hotel, sendo assim, ela deve ser uma pessoa que possua um excelente nível de conhecimento e habilidades para poder dirigir com competência este importante setor.

Associados SEHA tem direito a 2 vagas gratuitas por curso. Recepção & Reservas Capacitar os participantes a desempenhar as funções relativas ao setor de hospedagem que é o primeiro contato do hóspede com o hotel.

Planejamento de cardápios Um cardápio não é apenas uma lista com os pratos que a casa produz, pois isto seria apenas uma “carta de comidas”, mas um instrumento para auxiliar o cliente na montagem de sua refeição, visando também o aumento das vendas do restaurante. Para planejar o cardápio, precisa-se saber combinar os aspectos visuais, de paladar e de aromas dos pratos, além de fazer combinações interessantes entre alimentos e bebidas, o que muitos encaram como alquimia, ou mesmo, arte. Os pratos que formam um cardápio devem ser equilibrados, variados e adequados a cada tipo de serviço com a precaução quanto a equipamentos, utensílios ou treinamentos especiais para sua confecção e serviço. Segurança e Higiene Alimentar Adequado a RDC 216/04, o curso visa treinar em segurança e qualidade dos alimentos; identificar os procedimentos básicos da qualidade e segurança; conscientizar sobre a higiene pessoal e alimentar no controle da contaminação de alimentos, visando implementar o manual de boas práticas. Garçom Atribuições do garçom, requisitos comportamentais do garçom, arrumação das mesas (mise-en-place completo), atendimento ao cliente, etiqueta à mesa, técnicas de venda em restaurante, promoção de vendas, relacionamento com o cliente, higiene e segurança alimentar, técnicas dos diversos serviços, tecnologias de bar, enologia: princípios básicos e serviços, atender reclamações do cliente, relacionamento entre produção e serviço, terminologia técnica utilizada. Barman I e II Este curso tem como objetivo fornecer aos participantes conhecimentos sobre características de confecção, apresentação, manipulação de bebidas, postura profissional, grupos, categorias e modalidades das bebidas para que possam atender aos clientes de acordo com os padrões da IBA (International Bartender Association). Gerenciamento de bares e restaurantes Técnicas de gerenciamento do fluxo de mercadorias: Procedimentos de compras, recebimento e estocagem,giro de estoque. Tecnologia operacionais de cozinha: Tecnologia gerenciais e operacionais de restaurantes: Técnicas e modalidades de serviço, técnicas de vendas de alimentos e bebidas; Promoção interna nos restaurantes, Gerência de pessoal de restaurante...

m ser Inscrições pode .seha.com.br feitas no www ara Dúvidas ligue p mal 2) 3323-8900 (Ra


8

Curitiba, 2ÂŞ quinzena de janeiro de 2016


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

9

ATUAÇÃO DIFERENCIADA

Ramada Plaza Curitiba Rayon opera em soft-open O novo empreendimento ampliado e revitalizado deve receber 25 novas habitações até abril deste ano, ampliando o número para 161 UH’s

A

Vert Hoteis anunciou o início das operações do Ramada Plaza Curitiba Rayon, ainda em soft-opening, desde o último da 25 de janeiro. Tendo assumido o empreendimento no final de novembro de 2015, conforme noticiado pelo Hôtelier News, o empreendimento passa por um processo de revitalização e ampliação, devendo receber 25 novas habitações até abril deste ano, ampliando o número para 161 UH’s. Por enquanto, o Lobby recebeu nova mobília e pintura, os restaurantes Garden e Gala foram repaginados e as obras ainda continuam. Segundo Silvio Rossi, gerente-geral do Ramada Rayon, o hotel deve ficar totalmente pronto em abril. “Dependemos da construtora para finalizar todas as novidades que incluem 25 novas habitações que estão sendo construídas em pisos que antes ocupavam os escritórios administrativos e algumas salas de evento”, revela o executivo. Outras adequações incluem a reabertura do Piano Bar, que trará de volta o glamour de um piano sendo tocado por um músico às segundas, quartas e sextas-

feiras, e a renovação do espaço para eventos situado no subsolo. Estas reformas devem estar prontas até 10 de fevereiro. Na última administração do empreendimento, realizada pela Deville, cerca de 50% das habitações já haviam sido reformadas. O próximo passo é renovar as restantes, mantendo o padrão das já tratadas. Entre as unidades estão 45 apartamentos na categoria super luxo, em torno de 30 m², que oferecem cama king size, ducha de alta pressão, televisores de 32”, janelas acústicas, estação de trabalho e cofre digital. As outras três unidades são na categoria suíte júnior possuem 44 m² e oferecem a mesma infraestrutura, porém com TV’s de 40” e uma sala. “O Hotel Rayon é um ícone em hospedagem, por isso as expectativas em relação ao seu desempenho são muito boas. Além disso, o Sul é a segunda região mais rica do Brasil, o que é determinante para o PIB brasileiro. Sendo assim, nada mais justo que do fazermos parte e potencializar o desenvolvimento dessa região com o nosso know

Estabelecimento agora é administrado pela Vert Hoteis how no segmento hoteleiro e com a apresentação de um produto diferenciado”, explica Erica Drumond, CEO da rede.

O empreendimento, que está localizado na região central da capital curitibana, oferece também room service, bar, estacio-

namento e espaço para eventos com capacidade para até 780 pessoas, distribuídos em sete salas.

SEHA cria “Grupo Opinião” Iniciativa tem por objetivo somar novas ideias, opiniões e sugestões

M

ais uma iniciativa do presidente João Jacob Mehl entra em ação em 2016. O “Grupo Opinião”, formado por pessoas que não pertencem à diretoria do Sindicato mas que tem muito a contribuir, através de suas sugestões. “É também uma maneira de aproximar os associados do Sindicato, firmar novos quadros de dirigentes e

O empresário Carlos Grocoske e a hoteleira Karla Lemos Sottomaior, ladeando o presidente Jacob Mehl, são os primeiros integrantes

atrair pessoas interessadas a se integrar ao associativismo sindical”, explica Jacob Mehl. Os dois primeiros participantes já foram escolhidos: o empresário Carlos Grocoske e a hoteleira Karla Lemos Sottomaior. Após a formação do grupo, que deve contar com 10 a 12 pessoas, serão definidas a periodicidade das reuniões.


10

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

ENTREVISTA GUSTAVO FRUET

Caminhos são parcerias estratégias e foco em convênios federais Prefeito defende que para Curitiba continuar sendo atraente também depende da inciativa privada

Os recursos foram assegurados pelo Ministério do Turismo, mas ainda não foram liberados. O projeto do Centro de Convenções, Feiras e Eventos de Curitiba está em fase final de aprovação junto à Caixa Econômica Federal. Após a aprovação, há necessidade de uma carta liberatória do governo federal autorizando a publicação do edital de licitação dando continuidade ao processo.”

G

ustavo Fruet abriu um espaço em sua concorrida agenda para atender ao Jornal do SEHA. Falou sobre o Plano Municipal de Turismo, novo centro de convenções de Curitiba e sua polêmica localização, parcerias público-privadas, investimentos na divulgação de Curitiba fora da capital paranaense, entre outros assuntos. Papo curto, mas produtivo. No começo de setembro de 2015 uma reunião entre o Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Curitiba) e o Instituto Municipal de Turismo (Ctur) validou o Plano Municipal de Turismo de Curitiba, até 2017. O que de diferente tem o plano? Gustavo Fruet - A atividade turística que acontece hoje em Curitiba é uma consequência das políticas públicas implantadas para a melhoria da qualidade de vida de seus cidadãos. O Plano Municipal de Turismo é um instrumento que apresenta diretrizes para o desenvolvimento e fortalecimento da atividade turística, abordando temas que foram discutidos pelo próprio Comtur. O principal objetivo do plano é, através da atuação do órgão oficial, entidades e empresas do setor turístico, contribuir para o aumento do fluxo de turistas e do gasto médio diário, consolidando a atividade no desenvolvimento econômico do município. O grande diferencial deste plano foi a mobilização das entidades e órgãos pertencentes ao Comtur, formando grupos de trabalho de acordo com as Áreas Estratégicas, para discutir sobre as principais necessidades e ações. É importante mencionar que as Áreas Estratégicas são resultantes de uma análise de diversas discussões realizadas entre o Instituto Municipal de Turismo (Ctur) e o Comtur nos últimos anos. E como vai acontecer a implantação do plano? Fruet - Na medida que o município mantiver e ampliar suas parcerias estratégicas com a iniciativa privada e focar em convênios federais para obtenção de mais recursos, o que já vem acontecendo. Como está o andamento do projeto e construção do centro de convenções no Uberaba, que já teve recursos liberados pelo Ministério do Turismo? Fruet - Os recursos foram assegurados pelo Ministério do Turismo, mas ainda não foram

liberados. O projeto do Centro de Convenções, Feiras e Eventos de Curitiba está em fase final de aprovação junto à Caixa Econômica Federal. Após a aprovação, há necessidade de uma carta liberatória do governo federal (Ministério do Turismo) autorizando a publicação do edital de licitação dando continuidade ao processo. Em sua avaliação aquele é o melhor local para a construção do centro de convenções? Não seria melhor reformar e ampliar o que já está pronto e localizado no centro da cidade? Lembrando que já existe projeto para isso e os prédios em frente estão desocupados. Fruet - Dentro das condições estipuladas pelo Ministério do Turismo, sem dúvida, a área no Uberaba é o melhor ponto para a construção do novo Centro de Convenções e Pavilhão de Feiras e Eventos porque a região é privilegiada no que diz respeito ao acesso. Está próximo do aeroporto internacional e das principais rotas de chegada e saída de Curitiba: BR-277, BR-376, Avenida das Torres revitalizada, Contorno Leste. Além disso, a BR-277 é a principal ligação entre a capital paranaense e o porto de Paranaguá, o que também é um facilitador. Há ainda o fator social deste empreendimento que vai beneficiar a população de uma área que está em processo de revitalização pela prefeitura, que é o Audi-União, criando oportunidade de emprego e gerar novas fontes de renda para os moradores. Ressalto aqui que os recursos do governo federal só podem ser usados para a construção do empreendimento. Esta foi uma decisão do Ministério do Turismo (MTur) que não aceitou que a Prefeitura utilizasse o valor de R$ 50 milhões para a compra de um terreno (particular) e posterior construção. A área para a construção teria que ser da administração pública. Foi uma imposição do MTur. Em relação ao Centro de Convenções de Curitiba, localizado na região central, ele pertence ao Estado do Paraná e, portanto, não temos ingerência sobre esse equipamento. A proposta da Prefeitura é a construção de um espaço maior que comporte pavilhão e feira, além do simples centro de convenção, o que seria impossível no centro da cidade. Não seria mais fácil procurar um parceiro na iniciativa privada para o projeto e construção do centro de convenções andar mais rápido?

Fruet - Essa foi a primeira ideia com a qual a Prefeitura trabalhou. Durante um ano a Prefeitura desenvolveu o projeto com a possibilidade de uma PPP (parceria públicoprivada) para a construção do novo Centro de Convenções, Feira e Eventos de Curitiba, com o acompanhamento do Ministério do Turismo. Porém, quando apresentado o projeto de PPP ao Ministério, essa modalidade de licitação foi rejeitada, perdendo-se um tempo precioso para o prosseguimento do processo. Com a recusa do Ministério do Turismo uma nova formatação foi adotada, com o projeto baseado no sistema de RDC (Regime de Contratação Diferenciada) Integrada. Novo projeto foi desenvolvido e a partir deste formato será lançado o edital de licitação para a construção deste importante empreendimento para Curitiba. Recentemente a Unesco incluiu Curitiba entre as 15 cidades mais bonitas do mundo, a única do Brasil a constar nessa lista. Mesmo assim, quem trabalha com o turismo reclama de falta de verbas para divulgar a cidade fora do Paraná e no exterior. Será que não vale a pena investir na chamada “indústria sem fumaça”? O que está sendo feito para mudar isso? Fruet - Com certeza vale muito a pena investir na chamada “indústria sem fumaça”, principalmente através de políticas públicas que estimulem o desenvolvimento da atividade. Em Curitiba a maior atividade econômica está no setor de serviços, que atinge direta e indiretamente o turismo. O orçamento municipal deve ser um complemento para os projetos que são elaborados pelo órgão oficial de turismo, o Ctur. Assim, o mesmo pode manter-se focado na captação de recursos federais que são específicos para a atividade. Paralelo a isso, a prefeitura apoia todas as iniciativas do setor e também se esforça para manter Curitiba limpa, organizada, segura e bonita para todos os seus visitantes. É sabido que muitos ônibus de turismo sofrem por falta de lugar onde estacionar na capital paranaense. A multa é constante até na frente de hoteis. Como fazer para solucionar essa questão? Fruet - A Prefeitura está aberta a discutir soluções para o impasse. Inclusive, a Secretária de Trânsito de Curitiba se dispõe a conversar com entidades de Turismo para prestar esclarecimentos. Quanto às multas, a


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

11

Maurilio Cheli/SMCS

Durante um ano a Prefeitura desenvolveu o projeto com a possibilidade de uma PPP (parceria público-privada) para a construção do novo Centro de Convenções, Feira e Eventos de Curitiba, com o acompanhamento do Ministério do Turismo. Porém, quando apresentado o projeto de PPP ao Ministério, essa modalidade de licitação foi rejeitada, perdendose um tempo precioso para o prosseguimento do processo.”

fiscalização de trânsito trabalha de acordo com a legislação. Para finalizar, qual seu recado para os empresários ligados aos setores de hospedagem e alimentação? Fruet - A parceria entre poder público e inciativa privada tem funcionado muito bem em Curitiba e deve ser incentivada ainda mais. Para cativar mais visitantes a cidade deve manter-se inovadora e, principalmente, atraente. E é neste sentido que a Prefeitura tem trabalhado e cooperado com o turismo, cuidando da imagem da cidade e tornando-a sempre uma novidade. Somente nos últi-

mos dois anos Curitiba recebeu mais de 20 premiações nas mais diferentes áreas como trânsito, saúde, meio ambiente, governança e foi eleita como a melhor cidade do Brasil em estudo que analisou 5.565 municípios (apenas cinco cidades do País ficaram fora do estudo). A iniciativa foi da Agência Classificadora Austin Ratings e da Revista Isto É que avaliou 212 indicadores relacionados às áreas social, econômica, fiscal e digital, com foco na igualdade das oportunidades entre os habitantes das cidades. As ações realizadas na cidade atraem visitantes, o que se comprova com alguns dados recentes. Curitiba é atualmente o 4º lugar en-

tre os 65 destinos turísticos indutores do País e, durante o último grande feriado de 2015, em outubro, foi o município que ficou com o segundo lugar na procura como destino, contabilizadas as vendas de passagens aéreas. Para Curitiba continuar sendo atraente também depende da inciativa privada que tem trabalhado incessantemente na divulgação da cidade. Por isso, nosso agradecimento ao trade turístico do município, ao Curitiba Convention & Visitors Bureau, Sebrae, Fecomércio, ABIHPR, Abrasel e SEHA – entidades que têm se empenhado em transformar e vender Curitiba como uma cidade das mais agradáveis e receptivas aos seus visitantes.


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

IN FOR MA TIVO

FECOMÉRCIO PR B O L E T I M I N F O R M AT I V O D O S I S T E M A F E C O M É R C I O S E S C S E N A C P R | 2 0 1 6

Não perca tempo!

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL EMPRESARIAL.

Faça sua contribuição até 31 de janeiro de 2016. Acesse o site:

www.fecomerciopr.com.br

nº 22

NCM / 15

12


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

13

REFERÊNCIA NACIONAL

Feira hoteleira e gastronômica em Curitiba, em fevereiro BRH Show 2016 aposta em consolidar à capital paranaense como referência na realização de grandes eventos de nível nacional e internacional

O

tempo passa, o tempo voa. Está cada vez mais próxima à BRH Show 2016, feira hoteleira e gastronômica que será realizada entre os dias 25 e 27 de fevereiro, no Expotrade Pinhais. O objetivo da primeira edição da BRH Show - Feira de Equipamentos e Soluções para bares, restaurantes, panificadoras, lavanderias, hospedagem e similares é trazer aos profissionais das diferentes área de atuação, tendências, serviços e conceitos para o sucesso no segmento hoteleiro e de serviços de alimentação. O evento é promovido pela Diretriz Feiras e Eventos e contará também com um ciclo de palestras, rodadas de negociações, concursos e cozinha experimental. Devidamente sintonizada e com o apoio oficial das principais entidades empresariais dos diversos segmentos, a BRH Show 2016 se instala para dar um novo impulso aos negócios na região. Um evento apoiado pelas principais entidades setoriais da região que credibilizam, repercutem e qualificam a feira: SEHA (Sindicato de Hospedagem e Alimentação do Paraná); ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis); Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes); Fecomércio (Federação do Comércio do Estado do Paraná); Instituto Municipal de Turismo - Curitiba Turismo; SIPCEP (Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado do Paraná); AMOPAR (Associação dos Motéis do Paraná); FBHA (Federação Nacional de Hospedagem e Alimentação) e Instituto Panorama do Turismo.

De 25 a 27 de fevereiro Quinta e sexta-feira das 15 às 22h Sábado das 10 às 16h No Expotrade Pinhais www.feirabrhshow.com.br

Curitiba Pizza Show e Copa Sul Pizzarias Paralelo a feira BRH Show 2016 acontece o Curitiba Pizza Show, um evento que reunirá os melhores pizzaiolos do país, direcionado a proprietários de empresas do ramo de pizzarias e todos os seus fornecedores. O evento vai contar com a programação de palestras e workshops com os profissionais do setor. Mais de 20 pizzaiolos estão confirmados para o Encontro Master Chef, dentre eles Guilherme Bransani, Fabiano Olivares, Davi Leão e Martinho Antonio Caetano. Com entrada gratuita, a feira promove também a Copa Sul de Pizzarias, com mais de 25 mil em premiação e a pizza acrobática.


14

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

Fazer o bem só faz bem

Federação reunida na capital paranaense na BRH Show

Quer doar para o Pequeno Cotolengo, com dia e horário de coleta agendado por você?

Com o intuito de prestigiar a BRH Show 2016 a FBHA agendou reunião de diretoria em Curitiba de 25 a 27 de fevereiro. Aguarde cobertura completa do evento na próxima edição. De bônus, visita programada a Cave Colinas de Pedra (foto).

Basta ligar para Marly Berkenbrock, no 41 9680 6565. Ela está esperando sua ligação. Nosso muito obrigado!

Associe-se ao seha e conte com assessoria jurídica gratuita

Conte também com acompanhamento em ações trabalhistas

SEHA no rádio Escute toda terça e quinta-feira na CBN Curitiba, 9h15 da manhã, o “Minuto SEHA”, com espaço para nossos associados.

Comunicado

Multa de 10% do FGTS para dispensa sem justa causa A possibilidade de ingresso de ação para questionar o pagamento da multa de 10% do FGTS no caso de dispensa sem justa causa, o Ministro Marco Aurélio de Mello deu repercussão geral a matéria, ou seja, os processos estão sobrestado até análise do mérito pelo plenário do STF. A empresa pode ingressar com a ação mas note que o feito será sobrestado até a decisão final pelo Supremo Tribunal Federal. A vantagem de ingressar com a ação é evitar uma prescrição ou decadência e resguardar eventual direito das empresas diante de uma possível modulação de efeitos. Para maiores esclarecimentos, contate seu sindicato. Atenciosamente, Luiz Gustavo Baron Andraus Advogados


Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

15

Convênios MEDICINA DO TRABALHO Policlínica San Tiago - 41 3022-2727 Medicina Ocupacional e Engenharia de Segurança - PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) - PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPP (Perfi l Profi ssiográfi co Profi ssional) - Exames Admissionais, Periódicos,Demissionais - Planos com valores especiais para associados SEHA-Ctba. MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL Eletro Schultz - 41 3267-1916Rebobinagem de motores, rebobinagem de bombas e transformadores, automação industrial. Associados SEHA-Ctba tem desconto especial de 15% sobre o serviço prestado. FONOAUDIOLOGIA PARTICULAR Káti a Simone da Rosa Bianchi Consulta clínica na área de fonoaudiologia. Serviços de informações e orientações preventi vas como palestras, minicursos e/ou grupos de apoio para empresas. CRFa 5514/ SC - 40% de desconto no valor da consulta para associados SEHA-Ctba. Contato 41 8823-8675 / 41 3233-3192 e 41 3026-4924

CONSULTORIA ESPECIALIZADA Jr. Consultoria - UFPR - Desconto de 10% nos projetos de consultoria aos associados SEHA-Ctba. A empresa é formada e gerida por alunos dos cursos de administração, ciências econômicas, ciências contábeis e gestão da informação. Sem fins econômicos, seu principal objeti vo é formar profissionais de valor e contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade, através da realização de consultorias que focam em micro e pequenas empresas. Mais informações pelo 41 3360-4473 PSICOLOGIA CLÍNICA Espaço A - Psicologia e Psicanálise Gabriel Salata Kuss e Ana Suy Sesarino. Obedecem uma tabela especial com descontos especiais para associados SEHA-Ctba. Rua Maurício Caillet, n° 33 - Água Verde. Mais informações no www. consultorio. psc.br ou atráves do e-mail - consultorio@consultorio.psc. br - Telefones 41 9115- 3840 e 41 8431-1916

CONVÊNIOS COM FACULDADES SPEI 10% de desconto em Cursos de Pós-Graduação – direcionado aos funcionários de empresas associadas e fi liadas. Informações: www.spei.br - Fone 41 33644579 OPET 10% de desconto em todos os Cursos, e Pós Graduação direcionado aos funcionários de empresas associadas e fi liadas. Informações: www.opet.com.br - cezarroberto@ opet.com.br - Fone 41 3021-4848 FACINTER 10% de desconto em Cursos na área de Turismo direcionado aos funcionários de empresas associadas e fi liadas. Informações: www.facinter.com.br - Fone 41 2102-3300 UNICENP 10% de desconto em Cursos de Pós-Graduação na área de Turismo - direcionado aos funcionários de empresas associadas e fi liadas.

Consulte nosso Banco de Empregos no www.seha.com.br

Associe-se ao SEHA. Uma entidade que defende os interesses dos setores de hospedagem e alimentação Somos alinhados com a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação. Promovemos efetivas ações junto aos órgãos públicos e privados em defesa de interesses do setor. Mais de 940 mil estabelecimentos dos segmentos hotelaria e gastronomia no Brasil são representados pela FBHA e seus sindicatos regionais. Oferecemos serviços e produtos indispensáveis às empresas.

Assessoria jurídica gratuita. Acompanhamento em ações trabalhistas. Cursos gratuitos de aperfeiçoamento em diversas áreas do trade. Convênios com plano de saúde, faculdades e outros serviços que contemplam expressivos descontos em seus serviços. Estamos fortemente divulgados através de nosso jornal, site na internet, nas redes sociais e na Rádio CBN.

Junte-se a nós! Informe-se na secretaria pelo 41 3323 8900


16

Curitiba, 2ª quinzena de janeiro de 2016

Não perca

tempo! Contribuição Sindical para as empresas de Hospedagem e Alimentação.

Se sua empresa perdeu o prazo, ligue para 3323-8900 e regularize. Senhor Contador, retire sua guia no site www.seha.com.br

Jornal Seha edição 020  
Advertisement