__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 8

SOLUÇÕES | SEBRAE/PR

entrevista

Mercado e tendências A cidade, hoje, é um grande laboratório criativo, não só para a administração pública, mas também para as empresas, e para o próprio consumidor

De olho no futuro:

uma “caçada”

em busca de tendências

E

Sabina Deweik é referência mundial em pesquisa de tendência e consumo e expert em antecipar as mudanças de comportamento. A convite do Sebrae/PR, ela percorreu o Estado para falar sobre os novos valores e paradigmas que têm mudado o conceito de consumo, durante a sexta edição do Seminário Desafios do Crescimento, realizado nos meses de junho e julho deste ano. Por Aldy Coelho

A convite do Sebrae/PR, Sabina Deweik

14

Foto: Luis Felipe Miretzki

percorreu o Estado para falar sobre os novos valores e paradigmas que têm mudado o conceito de consumo

les não usam bola de cristal e muito menos têm superpoderes para adivinhar o futuro. Apenas o fazem com duas habilidades: observação e interpretação. Essa previsão de cenários e tendências faz parte de uma profissão relativamente nova no mercado, mas que tem auxiliado grandes empresas a identificar as preferências dos consumidores em médio e curto prazo.

cendo no mundo em termos de moda, design, arquitetura, sustentabilidade, novos locais de agregação social e de consumo. Com essas informações, é feita uma análise dos padrões repetitivos em diferentes locais e de como esses padrões podem se transformar em uma tendência futura. E é essa previsão que tem ajudado empresas de diversos segmentos a ver além do óbvio e inovar na criação de estratégias de sucesso.

Estamos falando dos Cool Hunters, ou caçadores de tendências, profissional que tem desempenhado um papel importante na arte de prever as mudanças de comportamento dos clientes, bem como nortear ações para acompanhar o movimento do seu público-alvo. Faz parte do trabalho do Cool Hunter “radiografar” pessoas, cidades e comportamentos, para descobrir quais os próximos passos que as empresas devem tomar para alcançar o sucesso.

A pesquisadora esteve no Paraná, a convite do Sebrae/PR, para percorrer o Estado e palestrar sobre inovação e previsão de tendências, no 6° Seminário Desafios do Crescimento. Ela esteve em Pato Branco, Cascavel, Maringá, Curitiba, Irati e Londrina, reunindo milhares de empresários e falando sobre como esse estudo pode e deve ser aplicado também nas micro e pequenas empresas.

Na definição da precursora do Cool Hunting no Brasil, Sabina Deweik, o Cool Hunter tem a função de fazer uma observação 360° do que está aconte-

Abordando desde questões de sustentabilidade, agilidade, experiência do consumidor, confiança, compartilhamento e pensamentos que vão do único ao universal, Sabina mostrou cases de empresas que traduzem como es-

sas tendências são viáveis e aplicáveis à realidade das pequenas empresas e como as marcas devem estar alinhadas a esses novos posicionamentos. Jornalista, mestre em Semiótica e Comunicação de Moda, Sabina traz na bagagem clientes internacionais como Illy Caffe, Alessi, Veuve Clicquot, Ferrero Rocher e Samsung. No Brasil, atuou em projetos para Havaianas, H. Stern, Natura, Senai Cetiqt, Grendene, Fiat e Petrobras. “A preocupação atual das empresas deve ser com o que elas querem que o consumidor sinta, dando a ele experiências mais intensas com as marcas e que se integrem ao cotidiano, mas com identidade e posicionamento. A sociedade está passando por mudanças radicais, e as empresas precisam estar alinhadas com essas transformações”, ressalta. Com exclusividade para a Revista Soluções, Sabina Deweik falou mais sobre o seu trabalho e ainda deixou dicas de como aplicar a observação do cotidiano e do comportamento do consumidor na rotina dos pequenos negócios. Confira: 15

Profile for Sebrae Paraná

Revista Soluções - Edição 25  

Revista Soluções - Edição 25  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded