Page 1


DESCRIÇÃO DO PROJETO O projeto ECOFOR faz parte do macroprojeto “Florestas transformado pelo home” (HMTF em inglês). O objetivo do HTMF é entender como as mudanças de uso de solo (como agricultura em pequena e grande escala e fogo) influência a provisão de serviços das florestas e da natureza em geral pra a sociedade. Os nossos parceiros incluem o reino unido, Brasil e a Malásia. Na Malásia os projetos BALI e LOMBOK fazem pesquisa na mata primaria, mata perturbada e as plantações de palma na região de Sabah.

foto


O PROJETO O ECOFOR é um projeto de colaboração internacional entre universidades do Brasil e Inglaterra, reunindo por volta de 45 pesquisadores e estudantes. O principal objetivo deste projeto é entender como o funcionamento geral de florestas é alterado pelo desmatamento, degradação e regeneração de áreas degradadas. Para alcançar estes objetivos o ECOFOR tem áreas de estudo na Amazônia e na Mata Atlântica, onde parcelas de monitoramento foram estabelecidas tanto dentro de áreas protegidas quanto em propriedades particulares. Os resultados obtidos irão ajudar a informar os tomadores de decisão sobre como mudanças no uso do solo podem afetar o funcionamento de florestas tropicais e os serviços fornecidos por elas.

foto


AMAZONIA

A Amazônia brasileira e a floresta tropical mais grande do mundo representando 40% de todas as florestas tropicais no planeta Terra. Essas florestas ajudan na regulação do clima, o fornecimento de alimento, madeira e água limpa.

NÚMERO DE ESPÉCIES

foto 4772

872

1500

Precipitação 2.000-10.200

15-36°C


MATA ATLÂNTICA

A Mata Atlân ca é uma das florestas com maior biodiversidade do planeta. Atualmente, os remanescentes da Mata Atlân ca consistem de pequenos fragmentos em meio a pastagens e áreas agrícolas, que são 7-12% da sua área original. Precipitação 2000-4000

foto NÚMERO DE ESPÉCIES

3-34°C 3368

1509

688


ARVORES DA MATA ATLANTICA Os papeis dos matos isolados e da mata Primária são complementários na região. Os matos estudados, porém são menores e isolados do que a Mata Primária, ainda preservam alta diversidade de arvores (256 espécies) e espécies ameaçadas (9 espécies), mais são lentas no estoque de Carbono (635 Ton. em 5 ha).No entanto, a Mata Primária apresentou 283 espécies e uma alta capacidade de estoque de Carbono (1430 Ton. em 5 ha).

Reserva com extração de madeira E uma mata que o home pegou arvore, usou pra agricultura, ou quema

Matos isolados E uma mata que não tem união com outro mato na região.

Madeira morta

Em 5 ha de floresta

Mata primaria E uma mata que não foi ainda impactada pelo home ou primaria.

4

9

256

19

9

60%

635 Ton.

288

15

7

283

80%

830 Ton.

Numero de especies de arvores

1430 Ton.

Especies Ameaçadas

O cristo redentor pesa 1145 toneladas (Ton.) e peso das baleias jubarte é de 120 toneladas


ARVORES DA MATA ATLANTICA

foto As folhas são como a pele da mão. A temperatura da folha depende da transpiração e o calor du sol, mais quentes do que o ar porque elas recebem e retinem o calor, do mesmo jeito, elas transpiram água e perdem calor.

foto Nos matos isolados as arvores são em geral menores (15 m de altura) e a luz que chega no solo e maior (6 °C) que na mata primaria, 17m de altura e 3°C.

foto As folhas das árvores nos matos isolados têm mais veias por área que na mata primaria, isto como uma estratégia de resistência a seca para conduzir os nutrientes e a água. Reserva

22°C Mollinedia argyrogyna

Mato

34-37°C Licania hoehnei


PÁSSAROS

As equipes da Mata Atlântica e da Amazônia acharam que os Matos Isolados, Matos Perturbados e a Mata Primária têm quase o mesmo número de espécies de pássaros. Mostrando a importância dos diferentes tipos de matos para dar refúgio, alimento e recursos para muitos pássaros.

Isto porque muitos pássaros podem aproveitar os recursos das matas perturbadas e de áreas abertas, como os pastos e plantações.

NÚMERO DE ESPÉCIES MATA ATLÂNTICA

xx

AMAZÔNIA

xx xx xx

Mato com perturbacao Mato sem perturbacao Mato com perturbacao Mato sem perturbacao

Enquanto que as espécies que precisam de condições de Mata Primaria, como sombra, ou recursos para elas se alimentar ou reproduzir, podem sumir ou viajar pra as florestas com melhores condições.


PÁSSAROS MATA PRIMARIA Cuadro de Texto izquierda: Então a identidade dos pássaros dentro da comunidade é importante. A comparação das comunidades de pássaros da Mata Isolada e Mata Perturbada revelou que as comunidades podem mudar até 41% na Mata Atlântica e até xx% na Amazônia diferente da Mata Primária. Esta muda de espécies pode reduzir a dispersão de sementes e o controle biológico.

Um exemplo pode ser uma equipe de futebol. Quando um jogador chave sai da quadra, a equipe pode perder a vantagem e pode até perder o jogo.

MATA COM PERTURBAÇÃO

É igual com as espécies chaves nas Matas perturbadas, o número de espécies pode ser igual do que n a s M a t a s Primárias, mais o papel e as “habilidades” destas espécies podem até reduzir algumas funções no ecossistema.


[ Insert text ] Depois de 20 anos em regeneração natural os Matos com perturbação podem recuperar até 87% do número de espécies e 83% da biomassa média da Mata Primária. Além do tempo, o topo e a densidade das árvores são fatores importantes na recuperação da diversidade de Matos afetados pelo homem na Amazônia.

51% 65% 8%

1-10 anos LINHA DO TEMPO

161 Ton EN 5 HA

90% 71% 37%

10-20 anos

370 Ton

97% 81% 57%

100% 100% 100%

20-40 anos

Mata Primaria

62% 661 Ton

1363 Ton

O cristo redentor pesa 1145 toneladas (Ton.) e peso das baleias jubarte é de 120 toneladas


[ Insert text ]

Antes

Na Amazônia os efeitos combinados do “El Niño” e os “fogos causados pelo homem” geraram uma perda de até 67% das espécies de besouros rola-bosta na Mata Primária. Enquanto, as árvores na Mata com extração de Madeira foi o grupo mais resistente ao fogo, com uma perda de 16% das espécies. É importante preservar as áreas livres do homem, porque elas se recuperam mais rápido depois de eventos extremos do clima.

Mata com perturbação 22 39 68

11

31

57

Depois

Extracao de Madeira

Mata sem perturbacao 24 34 71

8

28

58

Mata sem perturbacao


MATA ATLANTICA As epífitas são plantas que moram encima de outras plantas sem parasitar. Neste grupo achamos 210 espécies entre orquídeas, bromélias e cactos. Mais, a alta fragmentação na paisagem tem causado a perca de 90% das espécies de Mata Primária. Ao perder epífitas, alguns animais que procuram recompensas como azeites, alimento e perfumes podem também sumir daquelas matas isoladas.

BIOMASSA A biomassa de epífitas pode variar de 1,6 ton por ha na reserva com extração de madeira, e até 5,4 ton por ha na Mata Primária. A biomassa de epífitas pode ser um bom indicador do estado de conservação da floresta. MATA VIRGEM

MATA PERTURBADA (0,9-1,6 Mg/ha)

(5 Mg/ha)

PERTURBAÇÃO


MATA ATLANTICA

PESSOAS QUE REPORTAM

Os moradores do Vale do Paraíba conhecem ao menos 32 espécies de mamíferos. A criação do Parque da Serra do Mar, e a diminuição da caça, influenciaram favoravelmente os mamíferos, como as onças e os porcos do mato. Porém, quanto maior o número de pessoas na área, menor o número de mamíferos.

onça,porcos-do-mato

Número de pessoas morando na área tamanho das propriedades

Parque da Serra do Mar, diminuição da caça, êxodo rural

Redução de água

70%

Baixa produção agrícola

60%

Baixa produção pecuária

32%

Infertilidade do solo

32%

Na região temos pelo menos 18 serviços da natureza. Com a perda da floresta a comunidade percebeu uma redução de água (71%), além da produção agrícola (59%) e pecuária (32%). Já a fertilidade do solo é considerada praticamente inexistente no local por 32% da comunidade.


Os bisouros podem ter filhos sem a fêmeas precisar do macho. Este processo e conhecido como Partenogêneses. Amazônia brasileira tem 1482km de costa e a mata atlântica xxxkm

O desmatamento da floresta amazonica tem beneficiado 20 mil familias diante de 20 milhoes de moradores. Dos quais ainda so ficam na Amazônia 4% de indios A luz e mais brilhante nas serras e montanhas que nas partes baixas. Isso ocorre porque a luz tem que viajar pela atmosfera menos distância nas parte altas. Quase 20% da água excurrente pra os oceanos do mundo viagem pelo rio Amazonas. A mata Atlantica tem 60 milhões de anos e a Amazonia tem quase 40 milhões de anos.


Meninos

40 41

42

39 38 37 24

25

26 23 22 21

43 43

44 45 46 35 34

h

is

n

fi

33 32

36 27 28 29 30 31 20

19

18

17

16

8

9

10

11

12

13

14

15

7

6

5

4

3

2

1

t r a

st


ALICE (BRA) Eu aprendi da simplicidade e sabedoria da comunidade, e da luta de eles de morar na área rural.

CAMILA (BRA) Eu aprendi que todo mundo da comunidade sabe, às vezes muito melhor do que o pesquisador. A importância dos bichos da floresta e ninguém querem que eles desapareçam.

SOIL (BRA) O morador do fragmento "Bidão" Sr. Jô, é um senhor muito simpático,contador de história e que me pediu exatamente para que fossem enviados para ele os resultados dos trabalhos feitos dentro da propriedade dele.

JACK (RU)

Fiquei muito feliz do inteires da comunidade por conhecer os pássaros que moram no mato

EDICSON (COL) Aprendi da alegria e o amor da comunidade por conhecer e a diversidade da região.

REPOSITORY

NEWS

ecofor  

O projeto ECOFOR faz parte do macro-projeto “Florestas transformado pelo home” (HMTF em inglês). O objetivo do HTMF é entender como as mudan...

ecofor  

O projeto ECOFOR faz parte do macro-projeto “Florestas transformado pelo home” (HMTF em inglês). O objetivo do HTMF é entender como as mudan...

Advertisement