Issuu on Google+


EDITORIAL

Palavra do Grande Mestre.

Meu queridos Irmãos DeMolays e Maçons, Finda-se mais uma gestão na história do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil, e, neste momento, me dirijo a vocês para agradecer todo o apoio, bem como toda crítica que recebemos neste período. Os apoios foram necessários e nos estimularam. As críticas nos alertaram para o que poderia estar equivocado, abriram nossos olhos e também serviram como estimulantes. Gostaria de agradecer a todos os presidentes e integrantes das Comissões Nacionais, bem como a todos da Liderança Juvenil, pois foram de fundamental importância nesta caminhada. Vale destacar que o espírito de equipe foi a tônica reinante desta gestão, levando todos a um trabalho comum, que teve como principal escopo o atendimento dos anseios de nossa nação e o fortalecimento institucional de nosso Supremo Conselho. Um agradecimento também a todos os Grandes Mestres Estaduais, que acreditaram em meu trabalho e deram um voto de confiança para que pudesse trabalhar em prol de nossa ordem. Deixo um agradecimento especial a minha esposa Sabrina, a minha família, aos meus irmãos do Capítulo Harmonia Itajaiense nº 231, onde comecei minha vida DeMolay, e a Loja Monteiro Lobato nº 132, que sempre estiveram ao meu lado me dando suporte, para que eu pudesse dar o melhor de mim nesse período à frente de nosso Supremo Conselho.

Por fim, deixo uma mensagem, voltada principalmente aos que assumem agora a direção do SCODB: Não deixem a chama da unificação da Ordem esmorecer. A unificação é reivindicada, e o desejo de todos os DeMolays de nosso país deve ser perseguido, com respeito às nossas tradições, e a despeito de diferenças passadas que só nos separam. Continuem a promover e a solidificar os pontos de convergência e eliminem os de divergência, pois só assim conseguiremos, novamente, ter uma única nação DeMolay em nosso querido Brasil. Muito obrigado a todos que direta ou indiretamente estiveram ao meu lado neste que foi o melhor ano de minha vida como DeMolay. Confesso que estou cansado, mas muito realizado por ter conhecido pessoas que, deixando vaidades e interesses de lado, entregam suas vidas em prol da Ordem DeMolay. Por tudo o que passei neste último ano, fica o real sentimento do dever cumprido. Desejo para a próxima gestão muito sucesso e trabalho, que tenho certeza virão. A gente se vê por aí! Abraços fraternais, Alexandre Volney Rizzi Grande Mestre Nacional

Palavra do G1C

Quando me candidatei ao cargo de Grande 1º Conselheiro procurei me dedicar ao máximo para servir o propósito a que foi me confiado. Chegamos ao fim desta gestão administrativa em que foi percorrido um grande caminho, no entanto o trabalho não cessa. Os desafios continuam, assim como a atenção e o zelo pelos membros de nossa Ordem, para que juntos possamos encontrar novas soluções. Meu compromisso é com os valores preconizados desde a fundação de nossa Ordem por Frank Sherman Land e pela história, trabalho e memória do nosso amado Tio Mansur, cujo legado defenderei sem devaneios. Como liderança adulta eleita, minha posição é e sempre será pautada na legalidade e na vontade da maioria, respeitando os que se posicionarem contrários, cumprindo a decisão, seja qual for, com firmeza e total desprendimento. Sergio Luiz Gonçalves Grande Primeiro Conselheiro

03


EXPEDIENTE

ÍNDICE / EXPEDIENTE

O SUPREMO

Publicação anual do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o brasil Rua México, 41 - Sl. 1008 - Centro . CEP 20031-905 . Rio de Janeiro - RJ . secretaria@demolay.org.br Edição 03 . JUNHO 2013 - www.demolay.org.br

Grande Mestre Nacional Alexandre Volney Rizzi

Grande Secretário Fábio Wackslavowski

Mestre Conselheiro Nacional Mateo Scudeler

Grande 1º Conselheiro Sérgio Luiz Gonçalves

Grande Tesoureiro Leandro Garrido Mesquita Alves

Mestre Conselheiro Nacional Adjunto Yan Walter

Grande 2º Conselheiro Rodrigo Cesar Cardoso

04

Coordenação Direção de arte/Diagramação Comissão Nacional de Comunicação Paulo R. Cremonini comunicacao@demolay.org.br Colaboração arte Presidente Vantuir Pizani Paulo R. Cremonini Tiragem Jornalista responsável 3.000 exemplares Maycon Corazza


SCODB

Dia 12 de abril – Aniversário do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil. Temos muito a comemorar nestes 28 anos de vida. Comemoramos nossa existência ininterrupta; comemoramos os mais de 90.000 jovens que por nossas fileiras passaram e se formaram, tornando-se adultos preparados e responsáveis; comemoramos nossos erros, pois sem eles não haveriam acertos, e que também os houveram e muitos; comemoramos nosso crescimento, a cada ano de atividade; comemoramos a importância que hoje temos em nossa sociedade; comemoramos as ações desenvolvidas por cada DeMolay e por cada Capítulo, nas cidades onde eles estão presentes, pois lá fazem a diferença com suas ações cívicas e filantrópicas, elogiadas e requisitadas; e comemoramos a presença constante e firme da maçonaria, que nos patrocinando nos fornece guarida e proteção. Lamentamos, pois não já não temos junto a nós nosso guia e mestre, Tio Alberto Mansur. Lamentamos que houve um dia em que nos vimos separados. Mas o milagre da renovação se dá, e tudo recomeça e com vontade renovada de acreditar que daqui para frente vai ser diferente. É este é o nosso sentimento, pois ao completarmos 28 anos de fundação, vislumbramos que tudo pode diferente do que tem sido nestes últimos anos. Renova-se a esperança de uma Ordem DeMolay única e unida em nosso pais, renova-se a esperança de que será possível sim, juntarmos uma nação que já foi e que pode voltar a ser una. Assim, se renovação e esperança movem hoje nossos corações, com certeza teremos muito mais a comemorar nos anos vindouros. Celebremos nação DeMolay do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil, pois são 28 anos de muitas lutas e conquistas, e sob as bênçãos e proteções de nosso Pai Celestial, iluminando os corações puros daqueles que hoje são movidos pelo sentimento fraterno de irmandade e fraternidade, havemos de comemorar muito mais em um futuro não tão distante. Hoje já somos maduros, e como já disse Johann Goethe “O erro só é bom enquanto somos jovens. À medida que avançamos na idade, não convém que o arrastemos atrás de nós”. Texto: Alexandre Volney Rizzi

05


GNLJ

Gabinete Nacional da Liderança Juvenil GNLJ – Matéria de encerramento de gestão

vFoi com este tema que a 23ª Gestão Administrativa do Gabinete Nacional da Liderança Juvenil apresentou seu blog de campanha. Eleitos para os cargos de Mestre Conselheiro Nacional e Mestre Conselheiro Nacional Adjunto, respectivamente, eu e Ir. Yan Walter, desde o dia de nossas posses, no XIX Congresso Nacional da Ordem DeMolay, na cidade de Brasília, DF, vivemos durante 365 dias a incrível experiência de poder trabalhar incansavelmente por essa instituição que fez e faz tanto por nós: o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil! Em uma rotina acelerada de viagens, estivemos presentes em quase quarenta eventos nacionais, estaduais, regionais, locais e internacionais da Ordem DeMolay, além, ainda, de diversas representações em eventos externos à Ordem, seja em atividades de outras Ordens paramaçônicas, Ordens Maçônicas ou atividades profanas, sempre levando o nome desta, que é a maior associação iniciática juvenil do mundo! Dentre os muitos eventos, compromissos, trabalhos e festividades, destacamos que estivemos presentes em todas as Unidades da Federação em que o SCODB possui Grandes Capítulos, por pelo menos uma vez (e em duas, na maioria!), na comemoração do Dia do Maçom no Senado Federal – oportunidade em que fiz uso da palavra, agradecendo à maçonaria brasileira e aos queridos Tios maçons, o sustentáculo de nossa Ordem, por todo o apoio –, na Instalação do Capítulo número 001 da Argentina, na Posse do Soberano Grão-Mestre Geral do GOB, Tio Marcos José, e no Congresso Nacional do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Paraguai.

MCN Ir. Mateo Scudeer (Direita) e MCNA Ir. Yan Walter (Esquerda), tomando posse no Congresso Nacional de 2012.

“Guiados por 7 Virtudes, unidos por 1 ideal”

Foram ao todo, aproximadamente, 140.000 km percorridos por MCN e MCN-A, o que corresponderia a 3,5 vezes a circunferência da Terra! Tudo isso para que pudéssemos conhecer as mais diversas realidades de nossa Ordem em todos os cantões de nosso país continental, e para trabalharmos, ajudarmos e confraternizarmos por e com nossos Irmãos de todos os lugares, exercitando aquela nossa virtude que nos faz Irmãos: COMPANHEIRISMO! Foram quase 3.750 horas integralmente dedicas aos trabalhos de nossa Ordem, seja com presença física nas mais diversas atividades ou em deslocamentos. Tudo isso, com certeza, não seria possível sem o apoio irrestrito da Diretoria Executiva, a Liderança Adulta, de nosso Supremo Conselho, que nunca negou nenhum tipo de pedido da Liderança Juvenil. Das metas de Gestão apresentadas quando de nossa candidatura, temos a imensa alegria e satisfação de dizer que pudemos, com a ajuda de todo o nosso Time e de todos os nossos colaboradores diretos e indiretos, Irmãos de todo o país, e Tios, cumprir 98% das propostas previstas! Destacamos: o lançamento do novo site do GNLJ, a ser futuramente integrado dentro do novo portal do SCODB, a ampliação da comunicação via redes sociais, a edição contínua e constante da Revista DeMolay, a prestação trimestral dos Relatórios de Atividades, previstos no RGD como uma obrigação do MCN, o lançamento

06


GNLJ

do Programa de Aprofundamento de Estudos (PAE) em sua versão 2.0, a confecção de diversos materiais de treinamento e Ordens Filiadas e Paralelas voltados para os DeMolay’s ativos, a elaboração e apresentação de diversas palestras, consultorias a Mestres Conselheiros Estaduais e Regionais, a realização do 1º Encontro Nacional de Cavalaria (possível apenas graças a um esforço conjunto com o GCE-SP e a Executiva do SCODB), a reativação do Torneio Nacional de Ritual Frank Marshall, a realização do Torneio Nacional IRCB, organização da 5ª Congregação Nacional de Liderança Juvenil (com apoio do GELJ-SC, GCE-SC e Executiva do SCODB), organização do Concurso Nacional “Virtudes” de Fotografia e o 2º Arrastão Nacional da Solidariedade – um projeto que só foi possível graças ao trabalho conjunto excepcional dos Estados, Regiões, Capítulos, Tios e Irmãos de todo o país! Agradecemos, em especial, pela ajuda imprescindível, pelos conselhos, pela amizade especial desenvolvida neste período e pelo esforço fundamental para viabilizar nossas propostas aos Tios Alexandre Volney Rizzi, Sérgio Luis, Rodrigo Cardoso, James da Cunha Castro, Ilan Kelson, Toni Haag; aos Irmãos Marcelo Serqueira, Flávio, Auri, Raphael Castro, Fellipe Neuman, Pablo Pacheco, Carlos Augusto, Vantuir Pizani, Gustavo Cordasso, Guilherme Naves, Caio César, Chris Torres, André Ferraro, Rodrigo Volg, Ricardo Schwingel, Maurício Zambotto. E principalmente ao nosso eterno Dad Alberto Mansur, sem o qual todo esse mundo não existiria. Sem vocês, que nunca se olvidaram de nos ajudar, não teríamos feito nem a metade disso!

Despedimo-nos dessa Gestão com muita alegria e felicidade por termos podido retribuir apenas um pouco de tudo o que recebemos dessa Ordem maravilhosa, e esperamos continuar, sempre, podendo fazer o que for possível para a melhora e crescimento da Ordem DeMolay brasileira! Retornamos às Fileiras sabendo que fomos “Guiados por 7 Virtudes e unidos por 1 ideal”, e com a certeza de que “Sozinhos somos fortes, mas unidos somos imbatíveis!”. Texto: Mateo Scudeler

07


SCODB

Novo site do SCODB: moderno, funcional e atrativo. Site foi estruturado de forma escalonável, o que permite que, com o tempo, novas ferramentas possam ser integradas...

A ansiedade tomava conta do membro da Comissão Nacional de Informática do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), Miguel Müller. A expectativa envolvia também DeMolays e Maçons de todos os cantos do país. Era dia 23 de abril de 2013. Um grande projeto estava prestes a se tornar realidade. O site do SCODB passaria por uma grande mudança, se adaptando a nova realidade da informação e tecnologia. Na hora determinada, um portal moderno, funcional e atrativo enchia a tela de computadores, tablets e celulares, em todo o Brasil. O trabalho, iniciado no final de 2012, após solicitação do Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi, estava concluído e a aceitação foi acima do esperado. “Fiquei preocupado de dar algum problema relacionado a programação ou coisas do gênero. Felizmente, o único problema que aconteceu foi a sobrecarga dos servidores pelo grande número de acessos simultâneos. Foram quase 1500 acessos em um único dia, sendo que a média diária de visitas é de 270”, explica o membro da Comissão Nacional de Informática, Miguel Müller. As mudanças saltaram aos olhos. Miguel, no entanto, destaca que, além do visual atrativo e moderno, o grande marco do portal é o fato de agora poder ser acessado em smartphones e tablets. Há ainda o sistema de localização de capítulos. “Agora, com o novo Portal SCODB, você encontra o que procura com mais facilidade, tudo de acordo com suas necessidades.

Miguel Müller. Desenvolvedor do site.

Sua nova estrutura traz as informações organizadas de formas simples, para você chegar sempre mais rápido onde precisa”, contextualiza Miguel. Todo o trabalho desenvolvido para que fosse possível a mudança no site do SCODB contou com apoio de grande parte da Comissão Nacional de Informática. O Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi, também teve participação fundamental no processo. “Ele participou no acabamento de cada uma das etapas, cooperando para que cada detalhe estivesse 100%”, destaca Miguel. As novidades no portal do SCODB devem prosseguir. O site foi estruturado de forma escalonável, o que permite que, com o tempo, novas ferramentas possam ser integradas. Assim, gradativamente novas opções devem ser aplicadas ao novo portal, segundo a Comissão Nacional de Informática. Texto: Maycon Corazza

08


LOJA DEMOLAY

Loja DeMolay disponibiliza novos produtos para venda Custo de produção de diversos materiais foram reduzidos sem alterar a qualidade...

A Loja DeMolay, administrada pelo Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil desde 2010, passou a oferecer novos produtos na gestão do Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi. Chaveiros, canecas, pins, mouses pads, adesivos, camisetas e livros foram disponibilizados para venda, aumentando o leque de opções consideravelmente. Além disso, outros produtos, como rituais, anéis e a bandeira DeMolay passaram por renovação. “Também conseguimos reduzir o custo de produção de diversos materiais, sem alterar a qualidade, o que foi repassado prontamente aos DeMolays”, complementa o Grande Mestre Nacional do SCODB, Alexandre Volney Rizzi.

As alterações na Loja DeMolay foram realizadas em conformidade com o desejo dos DeMolays de todo o país. Para conseguir saber o que poderia ser acrescentado ao “balcão virtual” e presencial, uma pesquisa informal foi realizada pelo Grande Mestre Nacional, tendo como plataforma, o grupo do SCODB no Facebook. “Fiz essa consulta com o objetivo de integrar os DeMolays à administração da loja, e saber deles quais os produtos que gostariam de poder adquirir. A partir da consulta começamos a procurar as empresas responsáveis e conseguimos ampliar o portfólio”, explica Rizzi. Os novos itens, como as camisetas, servem também como publicidade espontânea, conforme explica o Grande Mestre Nacional. “São itens que ajudam diretamente na exposição de nossa Ordem, e que possibilitam que novos jovens se interessem por nossos trabalhos”. As formas de pagamento oferecidas pela Loja DeMolay continuam as mesmas: cartão de crédito e boleto bancário quando a compra é feita pela internet, ou em dinheiro e cartão de crédito quando é realizada diretamente na sede do SCODB ou em algum congresso. Texto: Maycon Corazza

09


CONVÊNIOS

SCODB fortalece e amplia convênios com empresas.

Quem não gosta de um desconto ou uma vantagem no momento de contratar o serviço, não é mesmo?

O Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) ampliou o convênio com a companhia aérea TAM e conseguiu novas parcerias na última gestão, proporcionando a DeMolays e maçons regulares a oportunidade de terem vantagens especiais no momento de contratar serviços em diversas áreas.

“ muitos DeMolays

já aproveitaram os descontos obtidos com a TAM... “

Atualmente, a TAM oferece 8% de desconto nas passagens aéreas; a Fisk dá até 20% de desconto nos cursos de inglês, espanhol, informática e português; para quem deseja viajar, a VTC Viagens proporciona preços especiais em pacotes de turismo; há também descontos nos cursos oferecidos pelas faculdades Anhanguera, Jaguariúna e Uniasselvi; e uma parceria especial com a Intercultural Cursos no Exterior também com vantagens e descontos. O Grande Mestre Nacional do SCODB, Alexandre Volney Rizzi, explica que inicialmente houve dificuldade para conseguir fechar parcerias. Essa realidade tem mudado pouco a pouco. “Por a Ordem não ser muito conhecida fora do meio maçônico, algumas empresas tem um pouco de receio em fechar o convênio. O convênio com a TAM, por se tratar de uma grande empresa e com um nome forte e conhecido, facilitou o contato com as demais empresas conveniadas”, destaca. Quem não gosta de um desconto ou uma vantagem no momento de contratar o serviço, não é mesmo? Com os convênios, Rizzi destaca que “muitos DeMolays já aproveitaram os descontos obtidos com a TAM para comprar suas passagens para os eventos da Ordem. Da mesma forma já temos DeMolays e familiares aproveitando os descontos com as faculdades conveniadas”. O Grande Mestre Nacional explica ainda que os avanços obtidos nesse quesito foram possíveis graças ao “apoio dos Irmãos Renato Shishido (Pres. Comissão Finanças) e Dario Labandera (GMEA/SC) que não mediram esforços para que pudéssemos fechar novos convênios. São 2 valorosos irmãos que estão constantemente buscando novos convênios para benefício dos DeMolays”. Texto: Maycon Corazza

10


SCODB PELO MUNDO

SCODB auxilia na fundação e instalação do 1º Capítulo DeMolay da Argentina. O primeiro Capítulo DeMolay da Argentina, oficialmente instalado no ano passado em Rosário, a aproximadamente 300 quilômetros de Buenos Aires, contou com o auxílio do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), desde sua fundação. O momento marcou um avanço em prol da juventude daquele país. O objetivo de fundar um Capítulo na Argentina surgiu ainda em 2010, em Santa Fé. Por trás desse sonho estava o DeMoLay e Maçom brasileiro, Gledson Luiz. “Tratei de difundir e explicar o que era a Ordem DeMolay para as Lojas e maçons daquela cidade, e ao mesmo tempo pude conversar duas vezes com o Grão Mestre da Grande Loja Argentina”, conta. Segundo Gledson Luiz, foram várias conversas e logo surgiu o interesse de apoiar a iniciativa, “sobretudo do Lugar Tenente Comendador do Supremo Conselho do Grau 33 para a República Argentina, Cesar Díaz Colodrero”, que teve contato com a Ordem DeMolay através do maçom, Alberto Mansur, nos anos 80 e 90, no Rio de Janeiro. Logo no começo, o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) foi procurado por maçons de Rosário, que queriam saber os procedimentos para abertura de um Capítulo DeMolay, os seus objetivos, como era o funcionamento da Ordem, entre outras coisas. O diálogo ocorreu através da Comissão de Relações Internacionais, presidida pelo irmão Carlos Eduardo Amaral.

Comitiva do SCODB e membros do Capítulo Rosário nº 01.

Após um incessante trabalho, o Capítulo Rosário nº 01 nasceu com muita força, emanada de homens de bem, que se dedicam pelo sucesso da Ordem no país. Atualmente o Conselho Consultivo possui 11 membros, sendo Gledson Luiz o presidente. Grande Mestre Nacional Alexandre Rizzi, O Grande Mestre Nacional do SCODB ressalta o orgulho de ver a Ordem dando posse ao Capítulo Rosário nº 01. DeMolay crescendo pela América do Sul e pelo mundo. “A expansão da Ordem DeMolay representa a continuação do trabalho iniciado pelos Tios Frank Shermann Land e Alberto Mansur. Nosso pensamento é de que a Ordem DeMolay deva existir em todos os países, assim como a Maçonaria, pois ela trabalha diretamente na formação dos jovens, garantindo um futuro melhor a eles”, destaca Rizzi.

“Nossa expectativa é que o Capítulo Rosário n° 001 possa mostrar sua vibração à toda a Argentina, pois não era possível que um país tão influente na discussão de ideias - e com uma Maçonaria tão atuante - não tivesse ainda abraçado uma causa como a da Ordem DeMolay”, enfatiza o presidente da Comissão de Relações Internacionais do SCODB, Carlos Eduardo Amaral.

Texto: Maycon Corazza

11


SCODB PELO MUNDO

Em ritmo de unificação, SCODB participa de Congresso Internacional DeMolay. Viagem aos EUA não foi deliberativa, mas possibilitou o estabelecimento de vínculos e uma aproximação diplomática...

O Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi, e o Grande Mestre Estadual de Santa Catarina, Toni Haag, ambos membros da Comissão de Unificação da Ordem DeMolay, estavam com as malas prontas no dia 07 de junho. Poderia ser apenas mais uma viagem das lideranças adultas da Ordem DeMolay brasileira, mas não era. Naquela sexta-feira, eles embarcariam em um voo da American Airlines em direção aos Estados Unidos, com o objetivo de participar do 93º Congresso Internacional da Ordem DeMolay, promovido pelo DeMolay International (DI). E assim aconteceu. Perto das 22h, o voo 962 seguiu em direção a Dallas. Comitiva da América do Sul.

Alexandre Rizzi (GMN) com Grande Mestre Internacional, Mike A. Salazar .

Já no sábado (08), por volta das 06h, a aeronave aterrissou em solo americano. De Dallas, Rizzi e Haag seguiram para Kansas City. No berço da Ordem DeMolay, os representantes do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) visitaram o DeMolay International e o Cemitério Monte Moriah, onde o fundador de nossa Ordem, Tio Frank Sherman Land, está enterrado. Pouco mais tarde, perto das 19h, uma reunião capitular foi o compromisso do Grande Mestre Nacional e do Grande Mestre Estadual de SC. A semana começou com agenda cheia. Na segunda-feira pela manhã, Rizzi e Haag saíram de Kansas City e partiram de carro em direção a Minneapolis, onde chegaram na terça-feira a tarde. Logo na terça-feira a noite houve a primeira reunião com os membros do DI e do SCODRFB. Depois de compromissos pontuais na quarta-feira, os dois maçons brasileiros tiveram mais uma reunião com mem-

bros do DeMolay Internacional, na quinta-feira. Ainda na quinta ocorreu a grande abertura do evento, que contou com aproximadamente 600 participantes, dos Estados Unidos, Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Itália, Romênia, Sérvia, Austrália e Alemanha. Na sexta-feira e no sábado ocorreram atividades do congresso e no sábado a noite aconteceu o encerramento. O resumo da programação é pequeno diante da dimensão do fato. O momento realmente é um marco para o SCODB, já que a última vez que a entidade participou do Congresso Internacional da Ordem DeMolay foi há 10 anos. Além disso, o motivo que levou Rizzi e Haag a serem convidados foi a sonhada unificação da Ordem DeMolay brasileira, que está mais perto de se tornar realidade, após a retomada das negociações.

12

“O convite para estarmos nos Estados Unidos surgiu após a reunião a respeito da unificação...” Alexandre Volney Rizzi Grande Mestre Nacional


SCODB PELO MUNDO

“O convite para estarmos nos Estados Unidos surgiu após a reunião a respeito da unificação, realizada em Campo Grande. Tanto o DI quanto o SCODRFB sentiram como importante nossa participação no congresso, para que pudéssemos acompanhar de perto como é a relação entre eles, além de podermos nos reunir diretamente com o Grande Mestre Internacional”, explica Rizzi.

Vitral DeMolay na sede do DI.

Durante o período em que o Grande Mestre Nacional e o Grande Mestre Estadual de Santa Catarina estiveram nos Estados Unidos, foi possível também uma aproximação com o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil. “Estivemos desde o primeiro dia acompanhando a delegação do RFB. Pegamos os mesmos hotéis que eles, e participamos das mesmas atividades, para que pudéssemos acompanhar de perto o relacionamento do RFB com o DI”, explica o GMN.

“Mesmo estando em supremos conselhos diferentes, a relação deu-se como se fossemos todos da mesma estrutura, o que nos fez acreditar ainda mais que a unificação é possível, e necessária. Já no primeiro encontro fomos apresentados como membros da comitiva e integrados à ela em todas atividades que não fossem administrativamente restritas aos ocupantes de cargos no DI. Sempre de forma muito respeitosa e fraternal”, complementa Rizzi. A viagem não foi deliberativa, de acordo com o Grande Mestre Nacional do SCODB. As decisões sobre a unificação serão tomadas pelas duas instituições no devido tempo e de acordo com as regras legais que as regem. Mesmo assim a viagem é avaliada como de extrema importância, por estabelecer vínculos e ajustar a diplomacia. “Acredito que se as conversas a respeito da unificação continuarem, e ela se firmar como uma realidade, outras viagens poderão vir a acontecer. Porém, de forma generalizada para todos os nossos DeMolays, somente será possível frequentar a estrutura DeMolay dos Estados Unidos após a unificação ter sido efetivada”, detalha o Grande Mestre Nacional.

A Companhia

Quem acompanhou as atualizações constantes nas redes sociais, tanto do Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi, como do Grande Mestre Estadual de Santa Catarina, Toni Haag, em relação a viagem aos EUA, percebeu o companheirismo entre esses dois líderes. A união deles nos compromissos em solo norte-americano foi extremamente importante e determinante. “O Tio Toni Haag é um profundo conhecedor das ordens paramaçônicas e do funcionamento da Maçonaria nos Estados Unidos, bem como, conhecedor do estilo de negociações praticadas pelos americanos. Além disso, ele é um grande entusiasta da Ordem DeMolay, sendo maçom com alta graduação em diversos ritos regulares, tendo ocupados diversos cargos de liderança maçônica, DeMolay e civil”, afirma Rizzi, quando questionado sobre a importância do Grande Mestre Estadual de Santa Catarina na viagem.

Texto: Maycon Corazza

13


SCODB UNIFICAÇÃO

Conversações são retomadas e Ordem DeMolay brasileira caminha para unificação. Prazo pré-estabelecido para que a organização esteja unida é julho de 2015...

As conversações a respeito da unificação da Ordem DeMolay no Brasil foram retomadas no começo desse ano. Representantes do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil (SCODRFB) e do DeMolay Internacional (DI) se reuniram, em Campo Grande (MS), em março. O diálogo foi positivo e terminou com o pré-estabelecimento de um prazo para que a organização esteja unida: julho de 2015. O SCODB foi representado pelo Grande Mestre Nacional (GMN), Alexandre Volney Rizzi, e pelo Grande Segundo Conselheiro, Rodrigo Cesar Cardoso. De acordo com Rizzi, foram rediscutidos os pontos tratados na última tentativa de unificação, em 2011, quando diversos avanços ocorreram. “Faço uma avaliação positiva da retomada do diálogo, pois ambas as estruturas estão fazendo concessões para o bem da Ordem DeMolay em nossa nação”, destaca o GMN.

Encontro dos membros das comitivas do SCODB e SCODRFB.

Novas reuniões devem ser realizadas a partir de agora para que um projeto seja elaborado e apresentado para o DeMolay Internacional e para os Grandes Mestres Estaduais. O GMN ressalta que os esforços estarão voltados para que, até 2015, a Ordem DeMolay esteja unificada no país. “Precisamos discutir as questões administrativas da unificação e como ela acontecerá nos Estados”, explica Rizzi. “Com a Ordem unificada teremos condições de crescer e nos fortalecermos cada vez mais”, complementa o Grande Mestre Nacional. Texto: Maycon Corazza

14


SCODB EVENTOS

ENAC - Final de semana vivido inteiramente à glória da Cavalaria!

Participação de mais de 150 Cavaleiros e maçons adeptos desta nobre causa garante sucesso do evento. Arquitetado para ser um grande encontro nacional da Ordem da Cavalaria, com atividades voltadas inteiramente a Cavaleiros, o Encontro Nacional de Cavaleiros (ENAC), realizado entre os dias 17 e 19 de maio no município de Mairiporã/SP, cumpriu o prometido, e representou um importante passo para o avanço da Ordem da Cavalaria brasileira. Idealizado pelo Gabinete Nacional da Liderança Juvenil e organizado pelo Convento São Bernardo de Clairvaux, nº 86, e tendo como Secretário o Irmão Rodrigo Volg, o evento contou com o auxílio fundamental do GCE-SP, do GELJ-SP, das Comissões Nacionais de Honrarias e Prêmios e Organizações Filiadas e Paralelas e, ainda, com patrocínio do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil e diversos corpos maçônicos nacionais e do Estado de São Paulo. Após uma rápida abertura ritualística, iniciaram-se as concessões de Graus do IRCB. Durante a manhã foi encenada toda a série histórica e em paralelo desenvolveu-se mesa redonda sobre Administração de Conventos e propostas de trabalho, desenvolvida pelo MCN, Irmão Mateo Scudeler. Foram debatidos analisados os problemas vividos pela maioria dos Conventos do Brasil e, em seguida, estudados os pontos que podem ser trabalhados para possíveis soluções, bem como rotinas de trabalhos e metas a serem perseguidas. Após o intervalo para almoço, foi a vez da equipe de membros da Comissão de Organizações Filiadas e Paralelas encenar os Graus Filosóficos, enquanto alguns membros do time do PACC sanavam dúvidas sobre trabalhos, e o Irmão Yan Walter, MCNA, capitaneava a segunda mesa redonda do dia: Ritualística da Ordem da Cavalaria, onde foram debatidas as práticas litúrgicas dos Cavaleiros. Finda a concessão do Grau de Cavaleiro da Cadência, iniciaram-se os emocionantes trabalhos de Investidura aos Graus Honoríficos do IRCB, onde foram agraciados os seguintes Irmãos e Tios: Alexandre Volney Rizzi e Daniel Giotti de Paula (Grau de Cavaleiro do Manto Prateado); César Moreira Ramos, Ilan Kelson de Mendonça Castro, André Sarkis Castilho, Olavo Gallo Bevilaqua, Dario Basilio Labandera e Fábio Okamoto Fagundes Júnior (Grau de Grande Cruz da Cavalaria); Renato da Silva Shishido e César Moreira Ramos (Grau de Comendador da Cavalaria). Para fechar com chave de ouro o evento, após o árduo dia de trabalhos, foi realizada uma Távola Festiva: uma grande ceia em família, onde pudemos todos fazer nossa confraternização final Texto: Mateo Scudeler

15


SCODB TRATADOS

Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito reconhece SCODB como único, soberano e legítimo Decreto trouxe como reflexos ainda mais confiabilidade e respaldo para que o SCODB atue junto às Lojas Maçônicas...

O Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito (SC33) reconheceu o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) como única instituição soberana e legítima para gerir a Ordem DeMolay no Brasil. O decreto oficializando a posição foi assinado em agosto e divulgado em novembro de 2012, durante as comemorações dos 180 anos da instituição maçônica. De acordo com o Grande Mestre Nacional do SCODB, Alexandre Volney Rizzi, o Decreto de Reconhecimento foi uma grande surpresa. “Na realidade o que buscávamos há algum tempo era um Tratado de Amizade, mas para nossa grata surpresa fomos agraciados com um Decreto de Reconhecimento, o que nos deixa muito honrados pela confiança em nós depositada”, afirma Rizzi. Rizzi destaca a importância do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33. “Sendo o SC33 uma Instituição maçônica que completa 180 anos e que conta em seus quadros com as mais altas dignidades maçônicas de nosso país, pode-se muito bem avaliar o peso deste reconhecimento. Este peso mede-se por sua história, pelo respeito e por sua tradição bem como pelos inúmeros maçons que por ali passaram e que ajudaram a construir a história de nosso país”, argumenta. O decreto trouxe como reflexos ainda mais confiabilidade e respaldo para que o SCODB atue junto às Lojas Maçônicas, com o objetivo de mostrar a importância de se patrocinar um Capítulo DeMolay. O documento é ainda um reconhecimento da História, maior prova da soberania do SCODB. “Sem dúvida alguma este decreto faz jus e comprova o que a história já conta, ou seja, a legalidade e a soberania para gerir a Ordem DeMolay em nosso pais é do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil, que a custa de muita luta e trabalho de inúmeros jovens e maçons mantém em plena atividade há mais de 25 anos este honroso mister de proporcionar aos nossos jovens uma formação sadia e cidadã”, enaltece o Grande Mestre Nacional. A solenidade em que o decreto foi tornado público contou com a presença de vários Grãos Mestres do Grande Oriente do Brasil (GOB), DeMolays e autoridades maçônicas. Representando o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil nas comemorações do SC33 estiveram presentes: o Grande 1o Conselheiro, Rodrigo Cesar Cardoso, o Ex-Mestre Conselheiro Nacional, Rafael dos Reis e o Ex-Mestre Conselheiro Estadual do Rio de Janeiro, Raphael Castro. Texto: Maycon Corazza

16


SCODB TRATADOS

Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita reconhece legitimidade do SCODB Tratado de reconhecimento se tornou realidade em festividade realizada em junho desse ano...

O Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita (ECMA) reconheceu oficialmente, através de decreto, o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), como única e legítima instituição a gerir a Ordem DeMolay em solo brasileiro, em uma festividade realizada em junho desse ano. “Foi uma data que a todos emocionou pela importância e pela forma como ocorreu a recepção na festividade. Confesso que, mesmo à distância, mas em permanente contato com eles, também a mim a emoção se fez presente, pois foi uma conquista oriunda de um trabalho de equipe e mais ainda, por sua importância e relevância para nossa Instituição”, destaca o presidente da Comissão Nacional de Relações Institucionais, Tio Luciano Rio. O processo que resultou no reconhecimento iniciou com o Grande Mestre Estadual de Rondônia e Delegado Litúrgico do Estado para o Rito Adonhiramita, Tio Carlos Marques, e do membro da Comissão Nacional de Relações Institucionais, Tio Ilan Kelson, que é maçom do Rito Adonhiramita. “Vale ressaltar que desde o primeiro momento o Grande Patriarca Regente, Irmão Florisvaldo Campos Xavier, sempre demonstrou entusiasmo e nunca colocou qualquer óbice para que este reconhecimento se tornasse realidade”, destaca o Tio Luciano Rio. O Grande Mestre Nacional do SCODB, Alexandre Volney Rizzi, ressalta que o reconhecimento é muito importante, “na medida em que uma oficina regente de um Rito Maçônico deposita sua confiança no SCODB, reafirmando e reconhecendo a história da Ordem DeMolay no Brasil e de sua única e legítima representante em solo brasileiro”. “O Excelso Conselho do Rito Adonhiramita é um corpo maçônico muito importante já que é a oficina regente do Rito em nosso pais, e para se ter uma ideia de sua importância atualmente o Soberano Grão Mestre do Grande Oriente do Brasil, o Sapientíssimo Presidente da Poderosa Assembleia Federal Legislativa do GOB e o Presidente do Tribunal de Justiça Maçônico do GOB são maçons Adonhiramitas”, pontua Rizzi. A importância do tratado de reconhecimento do SCODB pelo Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita também refletiu nas redes sociais, onde DeMolays e maçons de todo o país destacaram o ato. Texto: Maycon Corazza

17


SCODB PROJETOS

PID: valorizando as boas ideias dos capítulos do Brasil. Foram aceitos projetos ritualísticos, administrativos, filantrópicos e de sindicância...

Todo projeto de sucesso tem continuidade. Essa é a fórmula em qualquer organização. Exatamente pelos resultados positivos obtidos anteriormente, o Prêmio Inovação DeMolay (PID), organizado pela Grande Comissão de Treinamentos do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) chega a sua segunda edição, com a expectativa de ser mais uma vez um grande impulsionador para Capítulos de todo o país. A ideia de realizar o PID surgiu no estado do Rio de Janeiro, com o Irmão Rapahel Castro, na época Mestre Conselheiro Estadual. “Vimos que poderíamos incentivar os Capítulos a mostrarem o que estavam fazendo e que as boas ideias que tinham poderiam ser compartilhadas”, explica o presidente da Grande Comissão de Treinamentos, Irmão Adalberto Martins Junior. Na primeira edição, em nível nacional, foram 20 inscritos, tendo representantes de todas as regiões do Brasil. Para o Irmão Adalberto, isso mostra a qualidade de nossos Capítulos: “nos impressiona ver capítulos como o Alberto Mansur nº 722, do Rio de Janeiro, com menos de um ano mobilizar uma cidade, assim como o Capítulo Apóstolos da Fraternidade nº 400, de Minas Gerais, que enviou projetos em todas as áreas”, ressalta o Irmão Adalberto. Na segunda edição, os capítulos puderam se inscrever nas categorias: projetos ritualísticos, administrativos, filantrópicos e de sindicância. O prazo para inscrição foi de 20 de abril a 21 de julho. A entrega do Prêmio Inovação DeMolay será durante o 20º Congresso Nacional da Ordem DeMolay, realizado em Minas Gerais. Texto: Maycon Corazza Entrega do prêmio ao Capítulo Apóstolos da Fraternidade n°400, pelo projeto na área de Filantropia.

18


SCODB PROJETOS

Livro sobre ritualística lançado pelo irmão Yan Walter auxilia Capítulos de todo país. SCODB reconheceu livro como oficial e se responsabilizou pela publicação e venda do material...

O Mestre Conselheiro Nacional Adjunto da Ordem DeMolay, Yan Walter, lançou na abertura oficial do XVII Congresso Mineiro, realizado no dia 17 de novembro de 2012, em Pouso Alegre, o livro “Caderno de Estudos Ritualísticos”. A publicação é um reflexo da paixão do DeMolay pela ritualística da Ordem. “Frequentemente eu reclamava a ausência de um material oficial sobre prática Ritualística, algo que fosse suficientemente didático e eficiente para instrução dos Irmãos. Assim, depois da última palestra interestadual que fiz, no Mato Grosso do Sul, em agosto de 2012, senti vontade de perpetuar as explanações que tinha nessas palestras, então surgiu a vontade de transcrevê-las”, contextualiza o Mestre Conselheiro Nacional Adjunto, Yan Walter. Yan explica que aproveitou o período de greve da UFPI (Universidade Federal do Piauí), onde cursa Direito, e se dedicou quase que exclusivamente ao livro. “Iniciei em agosto e terminei no dia 19 de outubro do ano passado, feriado de Independência do Piauí. Durante esse tempo, tive a grande ajuda de um Irmão Iniciático que serviu de laboratório para o livro. Escrevia e enviava para ele: se ele não entendesse algo ou tivesse alguma dúvida, refazia aquela parte até ficar totalmente acessível”, conta Yan Walter. Ao finalizar o trabalho, Yan encaminhou o material para Irmãos das Comissões Nacionais de Ritual, Liturgia e Joias e de Treinamentos. O último crítico da obra foi o ex-presidente da Comissão Nacional de Ritual, Liturgia e Joias, Irmão Erick de Oliveira Santos. Após a aprovação, o livro seguiu para os últimos ajustes antes da impressão. “O SCODB foi fundamental nesse processo por reconhecer o livro como oficial, assim como suas informações, e por se responsabilizar pela publicação e venda do material para toda nossa nação DeMolay”, destaca Yan. Yan Walter destaca que a principal preocupação foi de que o livro fosse didático e acessível. “Abordamos a parte prática do Ritual, sem maçonismos e sem simbologia. Dessa forma, procuramos superar os impasses de vícios ritualísticos e apresentar como deve ser feita a Ritualística ‘pura’. Procuramos escrever como se estivéssemos dialogando, conversando com o leitor, para facilitar a leitura”, pontua.

Ao ver um sonho se tornando realidade, o sentimento do irmão Yan Walter é de dever cumprido. “Sempre senti que tenho uma grande dívida com a Ordem DeMolay, pelo poder de transformação que ela teve e tem na minha vida. Se não fosse a Ordem, certamente eu não seria o homem que sou hoje. Tento retribuir, então, servindo aos meus Irmãos, assim como fui servido e bem acolhido em toda essa jornada”, afirma o Mestre Conselheiro Nacional Adjunto. Texto: Maycon Corazza

19


SCODB PROJETOS

Jacques DeMolay se torna personagem de história em quadrinhos

O gibi, que tem apoio do SCODB, usará os conceitos do Edutainment, uma forma de entretenimento desenhado tanto para educar como divertir... O Grupo ArteOfício Propaganda & Marketing desenvolveu uma série de gibis sobre a história do último Grão-Mestre da Ordem do Templo, Jacques DeMolay, mártir de nossa Ordem, com o objetivo de fornecer um material de qualidade e rico em informações a DeMolays e maçons. O sócio-diretor da empresa, Irmão Maxwell Ferreira, explica que a ideia desse trabalho já existe há mais de cinco anos. “No final do ano passado, tivemos a ideia de retornar o projeto com um novo parceiro, neste caso o renomado Fabrício Grellet, o qual está desenvolvendo o roteiro das histórias, formatado para jovens, evidenciando a vida de um mártir. Aí surgiu a ideia de montar a vida de Jacques DeMolay em quadrinhos, trazendo o contexto de forma “romantizada”, explica o Irmão Maxwell Ferreira. “Vale destacar que todos os fatos não documentados, como a infância de Jacques DeMolay, foram inspirados em aspectos históricos da época, na forma como os templários perpetuavam seus ensinamentos aos jovens, formando-os pajens e escudeiros antes de sua iniciação a Ordem do Templo”, complementa o irmão Maxwell Ferreira. O Grande Mestre Nacional do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), Alexandre Volney Rizzi, ressaltou a importância do apoio institucional do SCODB projeto: “Precisamos estar sempre nos atualizando, seja na forma didática de ensinar, seja no conteúdo a ser repassado aos DeMolays. A Ordem DeMolay não pode ficar alheia as novas formas de comunicação e instrução”, ressalta Rizzi, afirmando que sua assinatura do gibi está garantida. A viabilização do projeto não foi fácil, segundo sócio-diretor, devido ao alto custo de desenvolvimento. “Possuímos na equipe de elaboração desta série, por exemplo, profissionais especializados em quadrinhos que prestam serviços para a Disney, Marvel, Nickelodeon, DC Comics e até envolvidos diretamente no novo desenho do Monstros S.A.”, justifica Maxwell Ferreira. A equipe ainda conta com uma pedagoga e com uma psicanalista, tudo para que o gibi conseguisse atingir o nível de qualidade almejado. Texto: Maycon Corazza

Para a coordenadora pedagógica do projeto, Elizabeth Vianna dos Santos, “o conhecimento, através da arte narrativa histórica em formato lúdico e prazeroso, como o do gibi, desperta os melhores valores do caráter, construído em um equilibrado tripé, razão, espiritualidade, sensibilidade.” A opinião de Elizabeth é complementada pelo psicanalista clínico, Leandro Mascarenhas, também colaborador do projeto, que diz: “Justamente num tempo como este de transição, que nos perguntamos, ‘quais os valores que temos que recuperar e manter com zelo?’ Jacques DeMolay, cuja trajetória e exemplo rico de vida nos apontam para esses valores e legado, os quais serão apresentados nos enigmas e hermetismos deste projeto”.

20


SCODB PROJETOS

Fundo Nacional de Filantropias aprova quatro projetos em menos de um ano Ao todo foram liberados como apoio para a realização das ações R$ 12.165,00...

O Fundo Nacional de Filantropias (FNF) do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), lançado oficialmente em setembro de 2012, já aprovou quatro projetos, liberando um total de R$ 12.165,00 para o desenvolvimento das ações sociais. O “Projeto Cidadania” do Capítulo União e Beneficência nº 650 (PB) beneficiou mais de 130 crianças em um orfanato. A proposta contou com a aquisição de brinquedos, alimentação e demais itens para a realização da ação. Neste projeto, o SCODB, através do FNF, patrocinou R$ 1.300,00. O Gabinete Nacional de Liderança Juvenil (GNLJ) também foi beneficiado pelo Fundo Nacional de Filantropias. O projeto “Arrastão Nacional da Solidariedade”, maior ação de filantropia da Ordem DeMolay brasileira, recebeu R$ 2,5 mil de apoio ao desenvolvimento da ação.

SUPREMO CONSELHO DA ORDEM DEMOLAY PARA O BRASIL

O Fundo Nacional de Filantropias chegou também ao sul do país. O Capítulo Caçador nº 185 (SC) encaminhou projeto e conseguiu receber do SCODB R$ 300,00 de apoio para o projeto “Visita a Casa Lar”, referente ao dia das crianças. Por fim, o quarto e maior projeto aprovado foi o “Isso não é brincadeira”, desenvolvido pelo Capítulo Vale do Itajaí nº 079 (SC). O Capítulo desenvolveu em 2010, junto a um grupo de teatro da cidade de Indaial (SC), a apresentação “Isso não é brincadeira”, que tem como foco conscientizar crianças e jovens sobre o abuso, exploração e agressão de crianças e adolescentes. Na primeira edição do projeto, participaram cerca de três mil jovens e, com o apoio do SCODB, a próxima edição, que deverá acontecer em agosto deste ano, pretende conscientizar quatro mil crianças. O SCODB, via o FNF, irá patrocinar R$ 8.065,00. “O resultado de cada ação realizada foi muito bom, e alimentou ainda mais nossa certeza de que este é o caminho, no qual cada Capítulo desenvolve sua ação de acordo com sua vocação e estágio quanto filantropias, e o Supremo Conselho dá o suporte, seja financeiro ou mesmo no aconselhamento, visto que temos Irmãos que possuem grande experiência na área em nossa Comissão”, destaca o presidente da Comissão Nacional de Filantropias, Luiz Filipe Reinecke.

SAIBA MAIS

O fundo é de responsabilidade da Comissão Nacional de Filantropias (CNF). Com o objetivo de prestar auxílio financeiro para implementação de ações sociais, educativas, esportivas ou filantrópicas, o FNF conta com um aporte. O dinheiro pode ser acessado através de projetos, que são avaliados por membros da CNF. A análise das propostas enviadas leva em conta o impacto social, a inovação e empreendedorismo, o protagonismo juvenil, a gestão compartilhada e a capacidade de implementação. Os projetos aprovados poderão ser selecionados pela CNF para o repasse dos recursos no período de um ano, a contar da data da seleção, mediante a critérios de conveniência, oportunidade e disponibilidade de dinheiro.

Texto: Maycon Corazza

21


SCODB COMISSÕES

Comissões nacionais: trabalho, trabalho e mais trabalho Veja o resumo do que foi desenvolvido em cada comissão do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil....

As comissões nacionais do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB) se empenharam para conseguirem resultados positivos. Foram meses de trabalho, trabalho e mais trabalho. Foram meses também de muita união e companheirismo. Essa foi a fórmula para que o SCODB tivesse grandes avanços em diversas áreas. O Grande Mestre Nacional, Alexandre Volney Rizzi, acompanhou de perto o trabalho de cada comissão. “Demos liberdade para que cada presidente de comissão montasse sua própria equipe, e estivemos junto participando de todos os debates e trabalhos realizados. Isso foi muito bom pois as Comissões não se sentiram largadas e com isso trabalharam com mais afinco pela Ordem DeMolay”, avalia Rizzi.

Comissão de Comunicação

Presidente Paulo Cremonini

Publicou boletim oficial informando quantidade de iniciações, elevações, investiduras, prêmios entregues, aniversariantes, dentre outras notícias importantes Criou o design para o livro “Caderno de Estudos Ritualísticos”, de autoria do irmão Yan Walte Elaborou a 3ª edição da Revista “O Supremo” Desenvolveu projetos de design de artes para as demais Comissões, Loja DeMolay e Diretoria Executiva do Supremo Conselho;

Comissão de Filantropia

Presidente Luiz Filipe Goldfeder Reinecke

Auxiliou na realização de campanhas filantrópicas dos Capítulos, Conventos e Távolas Coordenou o Fundo Nacional de Filantropias, sendo responsável pela análise e aprovação dos projetos que foram apoiados pelo Supremo Conselho.

Comissão de Honrarias e Prêmios

Presidente Luiz Filipe Goldfeder Reinecke

Ampliou a divulgação dos prêmios e honrarias existentes Criou material informativo e instrutivo a respeito dos prêmios e honrarias existentes Divulgou os prêmios e honrarias conferidos no site e boletim oficial Elaborou a confecção dos Paramentos dos Graus Honoríficos da Cavalaria Construção da primeira página de comissão, focada apenas em informações relacionadas com as honrarias (www.honrarias.demolay.org.br) Desenvolveu em conjunto com a Comissão de Informática, Sistemas e Métodos o SISDM para indicações a Honrarias Realizou conferências, tirou duvidas e auxiliou em tudo relacionado as Honrarias, estimulando a concessão de honrarias e dos demais prêmios.

Comissão de Legislação

Presidente Gustavo Dal Molin De Oliveira

Atuou em conjunto e apresentou sugestões e auxílio às demais Comissões e órgãos do Supremo Conselho Elaborou manuais informativos a respeito dos Dias Obrigatórios e Conselho Consultivo Elaborou todas as aulas do Curso de Legislação que serão ministradas no Programa de Aprofundamento de Estudos (PAE), do Gabinete Nacional da Liderança Juvenil Respondeu a inúmeros questionamentos e emitiu pareceres às consultas formuladas por irmãos de todo o país;

Comissão de Relações Institucionais

Presidente Luciano Alfredo Vianna Do Rio

Manteve calendário atualizado com eventos estaduais, regionais e capitulares Manteve contato constante com potências maçônicas e Grandes Capítulos Estaduais Incentivou a elaboração de tratados estaduais e nacionais com as Obediências Maçônicas;

22


SCODB COMISSÕES

Comissão de Orçamentos e Finanças

Presidente Renato Da Silva Shishido

Controlou as despesas e gastos da administração Publicou mensalmente relatório financeiro do Supremo Conselho Elaborou relatórios de acordo com as demandas da Diretoria Executiva Ampliou a rede de Convênios do DeMolay Service Emitiu semestralmente: Certidão Negativa de Débitos do INSS; Certidão Negativa de Débitos do FGTS; Certidão Negativa de Débitos da Receita Federal.

Comissão de Informática

Presidente Higo Soares Matos

No SISDM: Criou formulários online para indicação das honrarias Criou espaço para cadastro e controle de escudeiros e távolas Criou relatórios gerenciais detalhados para melhor gestão por parte do Supremo Conselho e dos Grandes Capítulos Estaduais. No site do Supremo Conselho: Atualizou o template e layout Integrou com facebook, twitter e demais redes sociais Incluiu o link “Onde estamos”, filtrando por estado os endereços de Capítulos Incluiu os aniversariantes do dia, com nome, capítulo e estados. Sistemas: Integração do PACC e PAE em um único sistema de ensino, integrado ao SISDM, para controle de regularidade e graus.

Comissão de Organizações Filiadas e Paralelas

Presidente Andre Sarkis Castilho

Desenvolveu o Site da Comissão (www.filiadas.demolay.org.br) Efetuou revisão e fez o envio de propostas de alteração de todos os artigos referentes às Organizações Filiadas no Regulamento Geral DeMolay (RGD); Na cavalaria Junto com as comissões de Honrarias e Ritual, foi corresponsável por conceder pela primeira vez no Brasil os graus de Grã Cruz da Cavalaria e Manto Prateado Estimulou a fundação de Clube de Mães e Távolas Aprimorou o sistema PACC Nas Távolas, Clubes de Mães e Cortes: Elaborou Materiais de divulgação e os Guias de Clubes de Pais e Mães e de Távolas dos Escudeiros.

Comissão de Relações Internacionais

Presidente Carlos Eduardo Amaral

Fortaleceu a integração com o México e Paraguai Forneceu todo o auxílio necessário para a Instalação do Capítulo Rosário nº 001, na Argentina Elaborou o regulamento do Programa de Intercâmbio DeMolay

Comissão de Ritual, Liturgia e Jóias

Presidente Lucas Casonato Jacinto

Supervisionou e orientou todos os Graus de nossa Ordem Estimulou as concessões dos graus Revisou o Manual de Práticas Ritualísticas e Monitor de Cerimônias Públicas Revisou todos os rituais dos Capítulos, Conventos e Távolas Elaborou cerimonial oficial a ser utilizado nos CEODs e CNOD Trabalhou em conjunto com as Comissões de Filiadas e Honrarias na aprovação das comendas dos graus honoríficos da Cavalaria Elaborou um modelo padrão para o Torneio Frank Marshall Elaborou a Cerimônia das luzes em áudio.

Comissão de Treinamentos

Presidente Adalberto Martins Junior

Trabalhou em conjunto com as comissões de filiadas e ritual na elaboração de materiais de instrução aos DeMolays Implantou o Prêmio de Inovação DeMolay, que tem por objetivo a divulgação de projetos inovadores que possam melhorar o desempenho dos Capítulos Elaborou Manual do Sindicante e Petição DeMolay. Texto: Maycon Corazza

23



Revista O Supremo 03