Page 1

novembro de 2013 | Nº8 | Edição Especial

Boletim Informativo SCMM Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro

Em destaque: - Igreja da Misericórdia - Jardim de Infância - Estrutura Residencial para Pessoas Idosas São João Bap sta


Sumário 1 Mensagem do Provedor

Rua 5 de Outubro 5200-218 Mogadouro Tel.: 279 342 847 www.misericordiamogadouro.com

2 Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas 2 Estrutura Residencial para Pessoas Idosas São João Bap sta 8 Estrutura Residencial para Pessoas Idosas São João de Deus 11 Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Bruçó 14 Serviços de Apoio Comuns às Estruturas Residenciais 21 Serviço de Apoio Domiciliário 25 Saúde 25 Unidade de Cuidados Con nuados Integrados 29 Unidade Domiciliária de Cuidados Palia vos do Planalto Mirandês 31 Infância 31 Creche João Lopes da Silva 34 Creche Familiar 36 Jardim de Infância 41 CATL - Centro de A vidades de Tempos Livres 44 Empresas de Inserção 44 Estufa Quinta da Avó 48 Lavadouro 51 A pensar na população mais carenciada... 52 Loja Sol 52 Can na Social 53 CLDS+ 54 Igreja da Misericórdia 57 Par cipação da Ins tuição em Eventos 58 Feira Social 59 Feira dos Gorazes 60 Formação 61 Novas Tecnologias 62 Órgãos Sociais 63 Informações Relevantes da SCM Mogadouro


Decorreu mais um período de três anos, no qual muito trabalho se desenvolveu por esta Equipa. Foram inves dos 3.126.867,92€ (três milhões, cento e vinte e seis mil, oitocentos e sessenta e sete euros e noventa e dois cên mos). Temos atualmente uma Ins tuição com todas as Respostas Sociais mais an gas já remodeladas, ao nível do equipamento e das infra-estruturas, situação que nos deixa muito orgulhosos por termos reunido excelentes condições para os Utentes e Colaboradores. A humanização dos serviços prestados por esta Equipa de Profissionais tem-se vindo a desenvolver com o intuito de diariamente os Utentes serem beneficiários de um quo diano com qualidade. É com formação con nua a todos os Colaboradores e Técnicos que garan mos um serviço actualizado e adequado às necessidades de cada Utente. A obra da nova Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, São João Bap sta é já uma realidade! Em fase de acabamento, concre za-se mais um objec vo traçado por esta Direção que sobejamente se empenha em todos os projetos que idealiza. Basta visitar as instalações para perceber o quão adequado se encontra o edi cio à Terceira Idade. De arquitectura moderna, com espaços amplos, arejados e com luz natural. São coloridos os espaços de passagem para que a alegria de quem ali venha a residir, possa estar sempre presente. É com espaços comuns de diversão (salas de a vidades, espaços externos, jardim e/ou horta personalizada) que os tempos de ócio serão ocupados, promovendo um envelhecimento a vo a cada residente. Para que dúvidas não existam a nova estrutura residencial irá ser apoiada em 75% das suas vagas pela Segurança Social, pelo que o custo por utente refle rá esta realidade. Será pois um “Lar” social. As Estruturas Residenciais São João de Deus e de Bruçó, mantém o serviço de qualidade ins tuído, contando com o profissionalismo da Equipa Técnica e Colaboradores e com a boa disposição dos Utentes que ali residem. Em todas as Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas da SCMM existem serviços que fazem parte do dia-a-dia dos idosos: Animação, Enfermagem, Fisioterapia, Cabeleireira, Podologia, Psicologia, etc. O Serviço de Apoio Domiciliário abrange cada vez mais idosos, num maior número de aldeias. Oferece um leque de serviços maior (Psicologia, Fisioterapia, Animação, Enfermagem e Cabeleireira), mo vo pelo qual tem aumentado a procura deste serviço. As famílias sentem que existem relações muito favoráveis entre a Ins tuição e os seus familiares que se encontram no domicílio. Com as remodelações de serviços, o número de Técnicos e de Colaboradores que os visitam diariamente é maior, o que contribui imenso para a quebra do isolamento que muitos Utentes vivem. A Unidade de Cuidados Con nuados Integrados con nua a prestar um serviço de qualidade. A Unidade Domiciliária de Cuidados Palia vos do Planalto Mirandês tem executado um trabalho de mérito nos concelhos de Mogadouro, Vimioso e Miranda do Douro. A Creche João Lopes da Silva e a Creche Familiar são um exemplo na prestação de cuidados às gerações mais novas. Bebés e crianças de tenra idade são cuidadas com muita ternura e dedicação por parte desta Equipa que mima todos os que por ali passam… e deixam muitas saudades no momento em que transitam para o Jardim de Infância. Sabem os Pais e Encarregados de Educação que os seus mais queridos estão muito bem entregues e que diariamente os seus filhos imitam os bons hábitos e regras que ali iniciam!

O Jardim de Infância teve intervenção profunda ao nível das Infraestruturas e equipamentos, resultando num edi cio remodelado com excelentes condições de aprendizagem para as crianças. É no Centro de A vidades de Tempos Livres que um grande número de crianças ocupa o seu tempo livre no período escolar. Os períodos de férias le vas têm sido muito apreciadas pelas crianças e Encarregados de Educação, pela diversidade de a vidades e experiências novas com que os seus filhos contactam. As Empresas de Inserção, Quinta da Avó e Lavadouro, con nuam a prestar um serviço de qualidade. Produzimos cada vez mais produtos hor colas para as Respostas Sociais. A Lavandaria tem alargado a sua área de intervenção, tendo já um maior número de cidadãos Mogadourenses como clientes. A par cipação da SCMM em Feiras, Feira Social e Feira dos Gorazes, tem permi do à Ins tuição mostrar à população um pouco das a vidades que desenvolve internamente, o que facilita futuramente a procura de serviços. A Loja Sol funciona com um grupo de voluntários que se organizam. Tem sido fundamental o apoio dado ao elevado número de famílias que solicitam auxílio ao nível de vestuário, calçado, material escolar e bens alimentares. A Can na Social está em pleno funcionamento desde Agosto de 2012, tempo que revela um aumento de famílias a precisar de auxílio ao nível da alimentação. Os momentos di ceis que se vivem no país devido ao desemprego, colocam muitos agregados em situação de fragilidade económica. A Igreja da Misericórdia beneficiou de obras de remodelação do telhado e paredes exteriores, e encontra-se em fase de conclusão. Foi já em 2013 que Mogadouro viu aprovado o Contrato Local de Desenvolvimento Social Mais (CLDS+), tendo sido designada a Ins tuição como En dade Coordenadora Local da Parceria (ECLP). Em fase inicial de desenvolvimento do projeto, o CLDS+ tem potencial para melhorar as competências de muitas famílias da comunidade. Reunimos hoje melhorias ao nível de infra-estruturas e recursos humanos que nos permitem executar um trabalho de excelência, inves ndo todos os anos na frequência de acções de formação para que os Colaboradores possam aperfeiçoar as metodologias de trabalho usadas, o que os torna mais competentes, desempenhando melhor as suas funções. Concre zados os projetos a que a Direção se propôs, reconhecemos o empenho e dedicação que as Parcerias que estabelecemos colocam em cada um dos nossos desafios, na certeza de que sem estes apoios não seria possível a ngir as metas traçadas. Um agradecimento especial à Câmara Municipal de Mogadouro, ao Centro Distrital de Segurança Social e ao Ins tuto de Emprego e Formação Profissional. Estamos prestes a terminar mais um mandato, mo vo pelo qual par lhamos com toda a comunidade o estado da Nossa Santa Casa. É com enorme sa sfação que apresentamos a diversidade de a vidades que as crianças, idosos e necessitados usufruem na nossa Ins tuição. O Provedor

João Henriques


Estrutura Residencial para Pessoas Idosas “São João Baptista”


É uma estrutura que possui elevada qualidade e irá estar à disposição da Comunidade, apresentando-se como um novo conceito na região. Encontra-se situada num local aprazível, junto ao Complexo Desportivo de Mogadouro, visando oferecer maior qualidade de vida e lazer. A Estrutura é composta por dois edifícios centrais onde se localizam os serviços, sendo rodeados pelas residências. Toda a Estrutura Residencial funciona num único plano, não existindo degraus nem rampas. Cada residência, com áreas totais de até 47 m2, é constituída por um quarto (individual, de casal ou duplo) contíguo a uma sala de estar, uma casa de banho privativa e uma varanda interior. O quarto será decorado e personalizado por cada residente. A ampla casa de banho permite mobilidade total. A sala de estar possui um sofá, uma escrivaninha e equipamento hi-fi. A varanda interior, com vista para a 'rua' (largos arruamentos interiores cobertos), integra um espaço com maples apropriados para espaço exterior, sendo um local agradável para usufruir da companhia dos familiares e amigos. Cada residente poderá ainda usufruir de uma zona exterior, anexa à sua residência, cuidando-a como jardim ou horta, contribuindo assim para a personalização do seu espaço.


A oferta de serviços, para além da alimentação e do tratamento de roupa, é a seguinte: 1. Assistência médica e medicamentosa; 2. Enfermagem; 3. Fisioterapia; 4. Manutenção e Reabilitação Física; 5. Psicologia; 6. Animação sociocultural; 7. Cabeleireira e estética; 8. Capela; 9. Ginástica Geriátrica; 10. Piscina aquecida (todo o ano); 11. Hidroginástica; 12. Jacuzzi; 13. Sauna; 14. Banho Turco; 15. Hidromassagem; 16. Passeios e Visitas Culturais; 17. Biblioteca/Mediateca (atividades de leitura, audiovisuais e informática); 18. Atividades de estimulação cognitiva; 19. Snooker; Bilhar Livre; Jogo de dardos.

Toda a zona envolvente possui jardins e espaços arborizados, tornando a Estrutura Residencial mais alegre e atrativa. Tem ao dispor estacionamento privativo. Por pensarmos no bem-estar das pessoas pretendemos facilitar a sua autonomia e independência, oferecendo-lhe afetividade e conforto, dando especial importância à dignidade humana de cada residente. Consideramos ter reunido condições para lhe oferecermos o espaço mais adequado para usufruir dos nossos serviços.


Estrutura Residencial para Pessoas Idosas “São João de Deus”


Depois da remodelação quase total do espaço sico da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas “São João de Deus”, temos vindo a melhorar os cuidados prestados diretamente aos idosos e suas famílias. Para isso, contamos com o trabalho e dedicação dos Colaboradores que lutam diariamente pela Qualidade e Humanização dos serviços prestados. A Equipa Mul disciplinar promove, entre outros, a estabilização ou o retardar do processo natural de envelhecimento e/ou dependência favorecendo, assim, uma melhor Qualidade de Vida dos utentes. Acreditamos, desde o primeiro momento, que é essencial a aproximação entre utente, família e Ins tuição. É com base neste pressuposto que temos vindo, de forma gradual, a convidar as famílias a traçar connosco (Equipa Mul disciplinar) um Plano de Ação em prol do melhor bem-estar dos utentes. As reuniões com a família cons tuem um espaço de diálogo aberto onde são analisadas dificuldades e exploradas, em conjunto, a melhor forma de as ultrapassar. Esta estratégia tem-se revelado eficaz na medida em que se cons tui um espaço de análise da intervenção repar da entre familiares, técnicos e utentes. Os relatos das famílias mostramnos já alguns efeitos posi vos desta estratégia. As famílias têm, assim, conhecimento da intervenção traçada pela Equipa Mul disciplinar e isso estabelece muitas vezes um elo de confiança para com a Ins tuição. Contudo, sabemos que há ainda um longo caminho a percorrer.


Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Bru莽贸


A Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Bruçó, pelas caracterís cas da sua localização e capacidade do estabelecimento (pode acolher até 13 utentes) oferece-lhe um ambiente acolhedor muito próximo do familiar. Além disso, tem ao seu dispor todo um conjunto de profissionais atentos às suas necessidades e dispostos a dar o seu melhor em prol da sua Qualidade de Vida. As debilidades tão próprias de um processo de envelhecimento causam fragilidades que levam à necessidade de um apoio/acompanhamento de proximidade permanente – situação que nos faz acreditar que uma Estrutura Residencial para Pessoas Idosas potencia, nas suas várias vertentes, uma melhor Qualidade de Vida dos utentes.


Serviços de Apoio comuns às Estruturas Residenciais


Animação Sociocultural


Enfermagem


Fisioterapia


Psicologia O serviço de Psicologia encontra-se ao dispor dos Utentes das Estruturas Residenciais São João de Deus e Bruçó, Serviço de Apoio Domiciliário e UCCI. Debruça-se sobre avaliação e a criação de hábitos ocupacionais, com implementação de programas de es mulação cogni va que permitem reabilitar funções que diminuem e se perdem com a idade. U m m ã o a m i g a p a r a a p e r t a r, disponibilidade para ouvir, compreender, intervir e não julgar, olhar de forma mais ní da ao que realmente importa, é esta a intervenção do Serviço de Psicologia.


Podologia e Cabeleireira


Serviรงo de Apoio Domiciliรกrio - SAD


Atentos às necessidades dos nossos utentes, em 2012 remodelámos a prestação de serviços de forma a servi-los mais e melhor e reforçámos, com a introdução de novos técnicos, a nossa Equipa. Assim, hoje, além dos serviços comuns de alimentação, higiene pessoal, higiene habitacional, transportes e serviços de apoio à comunidade, os utentes têm ao seu dispor cuidados de saúde primários no seu domicílio: gestão e marcação de consultas, ar culação com médico de família e outros sempre que necessário, preparação para exames complementares de diagnós co, colheita de espécimes para análise (sangue e urina), gestão da medicação (vigilância das tomas assim como preparação semanal da terapêu ca), tratamento de feridas, vacinação, aconselhamento de enfermagem, entre outros), e animação sociocultural (leitura, escrita, recitação/recolha de poemas e cantares, realização de jogos de forma individual ou em grupo, artes plás cas, passeios, ac vidades despor vas, pagamento de serviços (telefone, luz, água, gás, mensalidade), aquisição de bens e géneros alimentares, acompanhamento a consultas médicas ao centro de saúde local, etc.. Conforme diagnós co de necessidades podem ainda contar com: apoio psicossocial, apoio psicológico e fisioterapia. O utente tem hoje um serviço de maior qualidade sem acréscimo na sua mensalidade! Além de poder contar com uma equipa mul disciplinar e especializada no Cuidar, que lhe presta cuidados individualizados e personalizados no domicílio, o Serviço de Apoio Domiciliário permite-lhe permanecer no seu meio habitual de vida tão significa vo. De 2011 a 2013 percorremos cerca de 1.000.000 (um milhão) de kms para poder oferecer aos cidadãos uma rede de suporte formal eficiente. Nos dias de hoje a dinâmica familiar enfrenta desafios (laborais, económicos, geográficos e/ou outros) que impossibilitam ou dificultam os filhos de assumirem a guarda dos seus pais. Por consequência, quantas vezes assis mos a pais que vivem na solidão e à mercê de si próprios! É por estes e outros mo vos, como as necessidades provenientes das debilidades da própria idade, que o “nosso serviço” se assume como uma maisvalia. São as seguintes as localidades onde prestamos Serviço de Apoio Domiciliário: Mogadouro, Zava, Figueira, Vale de Porco, Castelo Branco, Valverde, Meirinhos, Vale da Madre, Azinhoso, Sampaio, Penas Róias, Peso, S. Mar nho do Peso, Valcerto, Bruçó, Vilarinho dos Galegos, Vila dos Sinos, Vila d'Ala, Variz, Vilariça, Ventozelo, Peredo de Bemposta e San ago. Estamos disponíveis a alargar o nosso serviço a outras localidades desde que tal necessidade nos seja apresentada por qualquer cidadão.


Unidade de Cuidados Continuados Integrados


A Unidade de Cuidados Con nuados de Longa Duração e Manutenção mantem a sua a vidade de internamento com a finalidade de prestar cuidados de apoio social e de saúde em indivíduos dependentes e/ou com doenças crónicas que não reúnam condições para serem cuidados no domicílio. Prestamos cuidados que têm como obje vo prevenir e /ou retardar o agravamento de situações de fragilidade e dependência das pessoas. A Nossa missão passa por Recuperar, Reabilitar e Reintegrar, promovendo o conforto e a qualidade de vida de utentes e suas famílias. Con nuamos também a acolher em situações temporárias, que decorrem da dificuldade do apoio familiar ou necessidade de descanso do cuidador principal, até um período de 90 dias por ano. Admi mos na nossa Unidade, utentes provenientes de outras Unidades da Rede Nacional de Cuidados Con nuados Integrados (RNCCI), de outras ins tuições de saúde, ou de solidariedade e segurança social, ou ainda do domicílio. Na nossa Unidade mantêm-se para a prestação de cuidados diários uma equipa mul disciplinar das áreas da saúde e da ação social. Desde de Maio de 2008, início da nossa a vidade, até Setembro de 2013 a Unidade regista 299 internamentos. Rela vamente ao ano corrente, a Unidade prestou cuidados a 64 doentes, dos quais 24 se mantêm em internamento. Preparamos 14 altas para o domicílio, após termos garan do a o mização dos recursos sociofamiliares, isto é os utentes foram reintegrados no seu meio habitual de vida, com capacidade e suporte adequados. A UCCI con nua também a ser alvo de processos de avaliação sistemá cos/auditorias nos quais temos ob do resultados excecionais em todos os critérios definidos pela RNCCI.


Seminário “Novas abordagens no cuidar”


Unidade DomiciliĂĄria de Cuidados Paliativos do Planalto MirandĂŞs - UDCPPM


A UDCP-PM presta cuidados a doentes portadores de doenças crónicas, progressivas e incapacitantes desde o ano de 2010. Foram acompanhados no domicílio entre 2010 até ao mês de Setembro de 2013 cerca de 300 doentes e suas famílias, sendo que foram realizados neste período 8421 domicílios. Desde o inicio da sua ac vidade a UDCP-PM percorreu um total de 140000 km pela sua área de abrangência. A nossa missão passa por prestar cuidados palia vos aos doentes e apoio às suas famílias. Estes cuidados compreendem o controlo de sintomas, apoio psicossocial e emocional, cuidados de conforto e apoio no processo do luto. A UDCP-PM dispõe de um conjunto de ajudas técnicas para emprés mo (camas ar culadas; cadeirões; cadeiras de rodas; equipamento an -escaras; cadeira de higiene) de forma a proporcionar maior conforto e qualidade de vida ao doente e família no seu domicílio. Estes cuidados são prestados por uma equipa mul disciplinar (Enfermeiros; Médico; Técnico de Serviço Social; Psicólogo; Fisioterapeuta) que está disponível 7 dias por semana e 24h por dia de forma totalmente gratuita para os utentes e suas famílias. Esta equipa frequenta formação con nua de forma a estar capacitada para prestar mais e melhores cuidados. A complexidade deste po de doentes obriga muitas vezes a que a equipa se desloque várias vezes ao dia ao seu domicílio consoante a especificidade das situações. Acreditamos que as pessoas têm direito a morrer dignamente e com o mínimo de sofrimento possível, por isso trabalhamos diariamente com toda a dedicação e empenho.


Creche Jo達o Lopes da Silva


Vem brincar, crescer e aprender … aqui onde tudo começa!! Interações posi vas, cuidados de ro na, a vidades orientadas, a vidades livres e brincar, estando o adulto sempre disponível, são as grandes estratégias de desenvolvimento global da criança. Assim, proporcionamos um leque de a vidades (quer no interior quer no exterior da creche) condutoras de novas aprendizagens e experiências, de desafios e aventuras, como potenciadores de um crescimento saudável.


Creche familiar


Á semelhança do que se faz na Creche João Lopes da Silva, também as crianças que estão integradas em Creche Familiar, têm a vidades orientadas e a vidades lúdicas, acompanhadas por uma educadora. Mostramos alguns desses exemplos.


Jardim de Inf창ncia


A Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro submeteu uma Candidatura ao PRODER- Subprograma 3 em 2011, tendo sido aprovada em 2012. O valor da obra foi de 273.495,72€, sendo compar cipado pelo PRODER em 154.811,87 €. A SCMM pagou um valor de 118.683,85 €. Concre zaram-se as obras de remodelação/reparação das infra estruturas que se encontravam bastante degradadas, pois há 28 anos que não eram efetuadas quaisquer obras de beneficiação do edi cio. As barreiras arquitetónicas existentes foram eliminadas permi ndo a livre circulação em todo o edi cio, os pavimentos em mau estado foram subs tuídos, pelo que o edi cio se tornou mais seguro. Foram eliminadas as humidades existentes nos pavimentos e tetos, prejudiciais à segurança e saúde dos utentes. Uma vez que o material existente ao nível das janelas não se encontrava adequado, foi necessário subs tuir as caixilharias existentes para eliminar as condensações e consequentes humidades em quase todo o edi cio. As casas de banho foram adaptadas para crianças com deficiência. A aquisição de equipamento informá co e audiovisual, nomeadamente quadros interac vos, plasmas, leitores de DVD/CD, computadores portáteis, Consolas Wii, entre outros, veio permi r criar uma mediateca no Jardim de Infância. Este espaço será u lizado para acolhimento das crianças de manhã e receção dos pais à tarde, bem como para serem ministradas aulas de informá ca, novas tecnologias e inglês às crianças. O mobiliário interno foi subs tuído na totalidade. O parque infan l exterior foi renovado e complementado com novos brinquedos adequados para estas idades. Para que as brincadeiras dos mais novos possam decorrer de forma segura, foi subs tuído o mobiliário para brincadeiras em cada sala de a vidades. A diversidade de jogos é agora muito maior. Conseguiu-se assim garan r uma melhoria bastante sa sfatória ao nível do conforto, bem-estar e segurança das crianças/utentes e colaboradores.


CATL - Centro de Atividades de Tempos Livres


O CATL está vocacionado para o desenvolvimento da criança, proporcionando-lhe um vasto leque de a vidades educa vas e permi ndolhes assim es mular a cria vidade de cada um, bem como a troca de experiências e convívio com crianças da mesma idade e o prazer pela descoberta de novas aventuras e desafios. Neste momento contamos com uma equipa técnica composta por três professores e uma auxiliar de ação educa va que fazem o acompanhamento diário das crianças. Temos horário alargado, para assim podermos ir ao encontro das necessidades dos encarregados de educação, sendo em ano le vo das 17h00 às 20h00 e em época de férias das 8h30 às 20h00, disponibilizando ainda nesta época o serviço de almoços no Jardim de Infância.


QUINTA D’AVÓ - Empresa de Inserção Social


Os produtos hor colas e fru colas produzidos na Estufa da SCMM (empresa de Inserção denominada de Quinta da Avó) são essencialmente a courge e, o feijão verde, o tomate, a abóbora, a alface, o alho francês e a couve. São cortados fresquinhos e muito saborosos, para serem colocados nas sopas e pratos servidos aos Utentes da SCMM.


LAVADOURO - Empresa de Inserção Social


A lavandaria está em funcionamento há cerca de 4 anos, efetuando tratamento de roupa para os Utentes das Respostas Sociais da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. Para ir ao encontro das necessidades da população a va, alargámos o horário de funcionamento durante a semana, estando abertos nas horas de almoço. Ao sábado pode também dirigir-se a este serviço que se encontra aberto entre as 9h e as 12h30m e das 14h às 17h30m.


Cantina Social A pensar na população mais carenciada...


Loja Sol

Cantina Social

A Loja Sol é cons tuída por um grupo de voluntários, que entregam às famílias mais desprotegias e que se encontram em situação de vulnerabilidade económica géneros alimentares, vestuário e calçado. Até ao momento são cerca de 150 famílias as abrangidas por este apoio. É na cumplicidade de dar e receber que se baseia a filosofia desta Loja, onde a população e as empresas doam bens que já não u lizam, mas que fazem falta a outros.

A Can na Social é a Resposta Social mais recente da Ins tuição, pois tem 1 ano de existência. Surge no âmbito do apoio e proteção à terceira idade e às famílias que se encontrem em situações de vulnerabilidade económica. Insere-se assim a Can na Social na Rede Solidária das Can nas Sociais como resposta de intervenção no âmbito do Programa de Emergência Social, com o intuito de suprir as necessidades a nível alimentar de indivíduos e famílias, disponibilizando uma refeição quente por dia. A prestação deste apoio é totalmente gratuita. Até 30 de Setembro de 2013 foram entregues 22.831 (vinte e duas mil, oitocentas e trinta e uma) refeições a diversas famílias. É obje vo da Ins tuição apoiar as situações prioritárias que vão sendo sinalizadas, garan ndo assim que não existam famílias com carências alimentares. É em harmonia com os restantes parceiros do concelho que a SCMM procura contribuir para o bem-estar social que cabe a todas as en dades e população.


CLDS+ Foi em 2013 que Mogadouro viu aprovado um Contrato Local de Desenvolvimento Social Mais (CLDS+). A Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro foi a En dade Coordenadora Local designada para ser interlocutora da parceria com o Ins tuto de Segurança Social, sendo a responsável pela coordenação administra va e financeira do CLDS+. Pretende-se com este projeto promover a inclusão dos cidadãos do concelho, aumentar a empregabilidade dos mesmos, combater situações de pobreza (essencialmente a infan l da exclusão social em territórios vulneráveis, envelhecidos ou fortemente a ngidos por calamidades) e fomentar a inclusão a va das pessoas portadoras de deficiência e incapacidade. As acções que se estão a ser desenvolvidas pelo CLDS+ possuem os eixos de intervenção seguintes: - Eixo 1: Emprego, formação e qualificação; - Eixo 2: Intervenção familiar e parental, preven va da pobreza infan l; - Eixo 3: Capacitação da comunidade e das ins tuições. Cada eixo tem acções organizadas num plano de acção, que se concre zam em diversas a vidades. Com o projeto aprovado todas as despesas inerentes são pagas pelo Ins tuto de Segurança Social, o que é uma mais valia económica para o concelho.


Igreja da Miseric贸rdia


Foi aprovada em 2012 a candidatura ao PRODER, medida 3.2. da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, para recuperação da Igreja, que permi u realizar obras ao nível das paredes exteriores, telhado, bem como a cobertura interior do referido edi cio. O valor gasto na obra foi de 92.573,63€, sendo compar cipado pelo PRODER em 45.188,13 €. É um edi cio de arquitectura religiosa que reflecte na sua construção os es los arquitectónicos e ar s cos do maneirismo e barroco. É das Igrejas mais an gas do concelho, mo vo pelo qual é muito visitada por turistas ocasionais, mas também pela população local. Situada numa comunidade profundamente religiosa e católica, cujos paroquianos usufruem deste edi cio com alguma regularidade, essencialmente para comemorar a Solenidade do Senhor dos Passos. Esta fes vidade decorre de dois em dois anos, atraindo muitos peregrinos para par ciparem neste evento de cariz religioso. Este edi cio vinha a degradar-se nos úl mos anos, pelo que era impera vo garan r as condições mínimas de segurança de pessoas e bens. Conseguiu-se com esta recuperação melhorar o património histórico do concelho tão apreciado por quem o visita.


Participação da Instituição em eventos


Feira Social Um evento que faz a delícia de quem a visita - Inicia va do Município de Mogadouro, a Feira Social tem-se afirmado no nosso concelho como um evento procurado pela população para conhecer as a vidades que as Ins tuições Par culares de Solidariedade Social (IPSS's) promovem. O programa delineado para esta Feira abrange a população mais jovem, mas também os mais idosos, efec vando encontros intergeracionais onde os jogos tradicionais estão sempre presentes. É num ambiente de festa e diver mento que os par cipantes apresentam um pouco do seu dinamismo, expondo também os trabalhos elaborados pelos utentes. Estes ar gos vão tendo cada vez mais procura, sendo um dos mo vos das visitas. Marcaram presença na Feira Social 2013 não só as IPSS's, mas também outras en dades que trabalham diretamente com a população, como a Saúde, a Educação, a Proteção Civil e a Segurança.


Feira dos Gorazes A Santa Casa tem marcado presença desde 2010 na Feira dos Gorazes. O objec vo é divulgar a a vidade da Ins tuição, “vendendo a sua imagem” junto dos visitantes deste certame. Está disponível um pequeno filme de apresentação onde se destacam todas as Respostas Sociais, enaltecendo os serviços prestados. Disponibilizam-se folhetos e Bole ns Informa vos onde consta informação acerca da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro. Considera-se que esta divulgação tem do resultados muito posi vos, dado que muitos dos contactos para candidaturas às Respostas Sociais advém da informação recolhida neste evento. Nunca é demais divulgar um serviço que se encontra pensado para auxiliar as pessoas nas várias etapas da vida!


Formação SCMM – 2011 / 2013 A SCMM candidatou-se e foi apoiada com vários projetos POPH, onde assegurou formação de todos os funcionários entre os anos 2011 / 2013. Tipologia 6.1 – Formação para a Inclusão (2011/2012) Valor aprovado: 117 979.75 € Valor Compar cipado (Financiamento Público): 117 979.75 € Volume Formação: 11290 Horas Tipologia 2.3 – Formações Modulares Cer ficadas (2011/2012) Valor aprovado: 15 313.61 € Valor Compar cipado (Financiamento Público): 15 313.61 € Volume Formação: 2250 Horas Tipologia 3.6 – Qualificação para os Profissionais de Saúde (2011/2012) Valor aprovado: 32 597.90 € Valor Compar cipado (Financiamento Público): 19 226.81 € Volume Formação: 2660 Horas Tipologia 3.6 – Qualificação para os Profissionais de Saúde (2012/2013) Valor aprovado: 10 637.26 € Valor Compar cipado (Financiamento Público): 8 623.60 € Volume Formação: 1100 Horas

Este ano de 2013, a SCMM candidatou-se a três novos projetos POPH, dos quais já temos uma aprovação e aguardamos no ficação das outras duas candidaturas subme das. Candidatura aprovada para o ano 2013/2014: Tipologia 3.6 - Qualificação para profissionais de saúde (2013) Tipologia 3.6 – Qualificação para os Profissionais de Saúde (2013/2014) Valor aprovado: 18 261.15 € Valor Compar cipado (Financiamento Público): 18 261.15 € Volume Formação: 2410 Horas


A SCMM e as Novas Tecnologias Facebook SCMM Facebook, mais um meio de dinamização das ac vidades realizadas na SCMM, dando a conhecer o dia-a-dia dos Utentes da Ins tuição aos familiares e amigos que por vezes se encontram a grandes distâncias. Com este meio de comunicação permi mos aos familiares encurtar distâncias. Neste momento temos 860 “amigos”.

Página da Misericórdia na Internet É o resultado do trabalho atento de uma Equipa coesa, o site da Ins tuição. Esta é a janela que mostra à população as novidades do trabalho que se vai desenvolvendo. Conseguimos manter atualizada a população residente no concelho, mas também além fronteiras. Divulgamos fotografias dos eventos, as ementas mensais (infância e terceira idade), a planificação mensal de a vidades… chegamos às famílias e amigos dos utentes da SCMM com um simples click! A pensar em si colocámos também a possibilidade de entregar o curriculum vitae no nosso site, através do ícone “candidatura espontânea” que pode localizar no rodapé da página inicial.


Órgãos Sociais


Informações relevantes da SCM Mogadouro

Número de Irmãos

Número de Colaboradores

Investimentos SCMM Valor anual: 2011 - 325.618,32 € 2012 - 1.288.324,62 € 2013 - 1.512.924,98 € Valor Global do Triénio - 3.126.867,92 € (valor investido até outubro de 2013)


Sol que me aquece Tu és a luz dos meus olhos A razão do meu viver Causa destas agonias, Sem ti já não sei viver. És o sol que me aquece Nos dias tristes de Inverno Sem ti nada me apetece Esta vida é um inferno. Quero ter-te a meu lado Bem perto, juntinho a mim Por ti sendo acarinhado Meu sofrimento tem fim. Ó meu Deus faz-me um favor Tira-me desta solidão Traz para mim o amor Que ela tem no coração! Lourenço Humberto Ferreira, Cliente de SAD


Rua 5 de Outubro 5200-218 Mogadouro / Tel.: 279 342 847

www.misericordiamogadouro.com

boletim_informativo-_11_2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you