Page 1

João Pires Marta Villar Susana Carvalho

UAU

Entidade Cultural

PORTFÓLIO Produção de Eventos e Espectáculos


ÍNDICE

ENT

Entidade

4

PDS

Paulo Dias

10

CRL

Currículo

20

VLR

Villaret

26

AUD

Auditório

36

EXT

Êxitos

46

DEV

Digressões e Eventos

54

Contactos

64


4


ENT entidade

UAU

Produzimos emoções! Com mais de uma década de existência, a UAU tem como objectivo a produção e promoção de manifestações culturais e de entretenimento de qualidade, procurando incessantemente a inovação e originalidade. Ao longo destes anos, os exemplos de saudável rebeldia ao institucionalizado são diversos. Por iniciativa da UAU, Portugal conheceu os Momix, Slava, Stomp, Tap Dogs, entre tantos outros. Foi também a visão, risco e teimosia da UAU que permitiram que os clássicos musicais da Broadway e West End, como Chicago, Cats, Miss Saigon e Grease, chegassem ao nosso país nas suas versões originais. A produção teatral é outra das vertentes que a UAU desenvolve, aproximamos o público de novo ao teatro.

Inox, Conversa da Treta, Arte, Jantar de Idiotas e, mais recentemente, 2 Amores, são apenas alguns exemplos que fizeram rir o público nacional de teatro de comédia. Do ballet ao jazz, do rock ao teatro, das exposições aos espectáculos no gelo, o currículo é muitíssimo extenso. De Lisboa ao Porto os espectáculos da UAU já chegaram a todo o país.

saudável rebeldia ao institucionalizado

5


Em 2006, mais um passo foi dado com a inauguração do Auditório dos Oceanos no Casino Lisboa. Para além da gestão e programação dos seus conteúdos, também a animação nos restantes espaços do Casino Lisboa, são assegurados pela UAU, como a música ao vivo, acções variadas e actividades circenses.

6


ENT entidade

7


A UAU também está vocacionada para organizar eventos de chave na mão, eventos esses muito originais e com uma forte componente artística, tendo como exemplos inauguração Casino Lisboa, lançamento do novo Opel Corsa, abertura Toyota Lounge em Lisboa, entre muitos outros.

8

Em 2007, a UAU através do sucesso que a exposição Star Wars ganha em território nacional, ganha os direitos para a Europa e inaugura a mesma em Londres (County Hall), seguindo a digressão para a Bélgica, Dubai e Barcelona. Hoje e amanhã, visamos continuar a surpreender o público com sugestões de qualidade. Queremos sempre que o seu sentimento após cada espectáculo seja UAU !!!!


ENT entidade

9


1010


PDS paulo dias

O HOMEM POR TRÁS DO SUCESSO

Paulo Dias

Paulo Dias, 38 anos, optimista por natureza. Desde sempre ligado ao mundo dos media e espectáculos, fez parte da equipa que fundou a Rádio Marginal, foi Director de Marketing do Grande Écran e foi dono de uma agência publicitária, a Sociedade Nacional de Publicidade. Esteve 6 anos na RDP mas a atracção pelos palcos foi mais forte e, convencido das potencialidades culturais nacionais, só descansou quando lançou a primeira pedra de uma empresa que, hoje, faz história na cultura portuguesa. Sozinho, criou a UAU – Produção de Ideias, em 1989, como suporte de pequenos eventos e animações que realizava pelos diversos centros comerciais da Grande Lisboa, bem como outros eventos de carácter nacional como os Resistência, Delfins, Ena Pá 2000, Xutos&Pontapés, GNR, Trovante e Sitiados. Em 1996, a UAU foi responsável pelos espectáculos do Ballet de Monte Carlo, Harlem Globetroters, Joffrey Ballet e António Canales.

11


12

QUALIDADE

DE QUE A SUA

E CRENÇA

FEELING

O MEU

QUAL O PRINCIPAL MOTIVO NA ESCOLHA DOS ESPECTÁCULOS DA UAU?


SEMPRE MAIS E MELHOR.

EMOÇÕES,

CONTINUAR A PRODUZIR

QUAL O FUTURO DA INTERVENÇÃO DA UAU?

JUSTIFICA A SUA PRODUÇÃO.

paulo dias

PDS

13


Desde então, as apostas na novidade e exotismo têm sido muitas, provando haver, no nosso país, público informado e ávido por qualidade e variedade cultural: Dança e Música da Indía, Stomp, Momix, Ópera de Pequim, Lord of the Dance, Matsurisho Taiko, Acrobatas da China, Bibi Vive Amália, Chicago, Cubanismo, St. Petersburg State Ballet on Ice, The Doors, Shaolin Kung Fu, Cats.....entre tantos outros, oriundos dos quatro cantos do mundo. A nível nacional, apostou forte no teatro, tendo começado com a dupla António Feio/José Pedro Gomes em Conversa da Treta, no Auditório Carlos Paredes (Benfica). 14


PDS paulo dias

15


Seguem-se O Que Diz Molero (António Feio/ José Pedro Gomes), Pop Corn (encenação de António Feio), Monólogos da Vagina (com Guida Maria), O Último a Rir (com José Pedro Gomes), A Treta Continua (António Feio/José Pedro Gomes), Arte (António Feio/ José Pedro Gomes/Miguel Guilherme), Deixa-me Rir (encenação de António Feio), Casa de Fado (de Tiago Torres da Silva), Avô Cantigas (Carlos Vidal), Trifásico (Paulo Matos), os musicais Portugal, Uma Comédia Musical e Sexta-Feira 13 - O Musical dos Xutos&Pontapés....

Em 2000, assegura a gestão do Teatro Villaret, emblemática sala de teatro de Lisboa, com capacidade para 444 espectadores. Os sucessos têm sido muitos, sendo o mais recente a peça Salazar. Para além desta sala, em Lisboa ainda produziu peças de teatro em salas como Teatro Municipal de São Luiz, Teatro Tivoli, Coliseu dos Recreios. As digressões pelo país também não lhe são estranhas. Para além do Porto, Coimbra, Aveiro, Faro, Funchal, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada, são alguns dos locais que já receberam espectáculos UAU.

16


PDS paulo dias

TEATRO VILLARET

Em 2000, assegura a gestรฃo do Teatro Villaret, emblemรกtica sala de teatro de Lisboa, com capacidade para 444 espectadores.

17


Entre 2000 e 2003, a UAU foi responsável por 24% da programação anual do CCB, bem como por 35% da do Coliseu dos Recreios. O recorde de permanência de um mesmo espectáculo de produção externa no Coliseu dos Recreios é detido pela UAU com o musical Cats em 2004, que permaneceu nesta sala por 6 semanas consecutivas, sempre esgotado. Sem fronteiras, a produtora abriu, em Junho de 2003, uma sucursal em Barcelona tendo já estado presente no Festival de Teatro e Dança de Las Palmas/2004. Em 2005 realizaram-se 40 espectáculos UAU na capital catalã. Descontente com a praticamente inexistente política cultural nacional, onde “é mais fácil construir, de raiz 10 novos estádios que terminar a tempo as infra-estruturas do Porto Capital da Cultura 2001 ou resolver a questão do parque Mayer”, não desiste.

Bem firmado no mundo do espectáculo, mantém-se independente, seguindo o trajecto que a sua intuição dita, buscando ontem, hoje e sempre a originalidade de qualidade.

18


PDS paulo dias

UAU! Hoje e sempre sin贸nimo de qualidade cultural.

19


20


CRL currículo

>> CURRÍCULO UAU

Até chegar às produções internacionais em 1996, a UAU desenvolveu a sua actividade cultural na organização e produção de eventos e acções nacionais das quais destacamos: Resistência, Delfins, Ena Pá 2000, Xutos & Pontapés, GNR, Trovante e Sitiados.

21


1996 - Ballet De Monte Carlo | Harlem Globetroters | Joffrey Ballet | Antonio Canales 1997 - James Cotton | Ballet Monte Carlo | Dança E Música Da Índia | Conversa Da Treta | American Repertory Ballet | Montserrat Caballet | António Canales 1998 - Arte | Béjart Ballet | Solo Flamenco | Stomp | Richard Galliano 1999 - Ópera Nacional Italiana Em “Rigoletto” | Adufe | Tomatito | Cubanismo | Chico César | Hermínia / Tito Paris / Lura | Rajasthan | Papa Wemba | Alan Stivell | Matsurisho Taiko | Momix | David Helfgott | Pascal Comelade | Holiday On Ice | Companhia Joaquin Ruiz | O Que Diz Molero | Alvin Ailey American Dance Theatre | Lord Of The Dance | Ópera De Pequim | Acrobatas Da China 2000 - O Que Diz Molero | Slava “Snowshow” | Forever Tango | Stomp | Pop Corn

| Lido De Paris | Ibrahim Ferrer & Ruben Gonzalez | La Yerbabuena | Conversa Da Treta | June Tabor | Bebel Gilberto | Holiday On Ice | Chicago The Musical | Cirque Le Masque | Ballet Ópera Maribor Em “Giselle”

22


CRL currículo

2001 - O Último A Rir | Momix | Harlem Gospel Singers | Compay Segundo |

Mummenschanz | Omara Portuondo | Se Não For A Mãe Da Frente | Andre Rieu | Orfeo | Cool Heat Urban Beat | Eu Sei Que Vou Te Amar | Cirque Orchestra | O Último A Rir | Natalie Choquette | Sexo Drogas & Rock’n Roll | Ballet De Monte Carlo Em “Cinderela” | Gil’s Lovers | Shaolin Kung Fu Of China | Washington Ballet/ Cincinnati Ballet Em “Peter Pan” | A Lua Vai Ao Circo | Bibi Vive Amália | Pilobolus | Chico César

2002 - Xutos & Pontapés Acústico | Monólogos Da Vagina | Ildo Lobo | Noites De Tachaikovsky | Música E Dança Do Tajiquistão | 3 Versões Da Vida | A Ilha Dos Sons | Inox | Tap Dogs | Roger Waters | Nuno Guerreiro Acústico | Sara Tavares Acústico | Jorge Palma Acústico | Luís De Matos | Trovador | Conversa Da Treta | Nova Versão | Lago Dos Cisnes No Gelo | St. Petersburg State Ballet On Ice | Béjart Ballet | Stomp

23


2003 - A Treta Continua | O Homem Que Mordeu O Cão | Manobras De Diversão | Avô Cantigas | Paulo Matos | Puppetry Of The Penis | Hamlets | Paris Can Can | Tom Jones | Arte | Slava | Quebra Nozes No Gelo | Levanta-te E Ri | Marília Pêra | The doors | Manobras Completas | Porgy And Bess | Marcel Marceau 2004 - Aida | Béjart Ballet Lausanne | Cinderela No Gelo | Conversas À Solta | Gumboots | Peter Pan | Portugal Uma Comédia Musical | Shaolin | Stomp | Tango Pasión | Yamato

24


CRL currículo

2005 - Celadon | Cirque Invisible | De La Guarda - O Espectáculo Que Cai Do Céu | Jantar

De Idiotas | O Chato | Slava´S Snow Show De Regresso A Portugal | Stomp ´Barcelona´ | Tap Dogs | Turandot | Coçar Onde É Preciso | Avalanche

2006 - Miss Saigon | Coçar Onde É Preciso | Sexta-Feira 13 | Grease | Forever Tango | Kodo - Os Tambores Do Japão | Wild Women Blues | Natalie Choquette | José Peixoto E Maria João | Farruquito | Salif Keita | Shemekia Copeland | Goran Bregovic | Stacey Kent | Barbara Hendricks | Rodrigo Leão | Ney Matogrosso | Ana Carolina | Nnenna Freelon | Soweto Gospel Choir | A Tempestade | Antonio Márquez | Frank, Dean & Sammy – The Rat Pack Is Back | Mariza | Jobim Trio | Ute Lemper | Fanfare Ciocarlia | Madredeus | Dulce Pontes | Carlos Do Carmo | Carlos Bica | Momix – Sun Flower Moon | Queen – It’s A Kinda Magic | Super-Mulher (Digressão) | Antes Eles QuE Nós (Digressão)

25


26


VLR villaret

>> TEATRO VILLARET

500.000 ESPECTADORES /MEIA CENTENA DE ARTISTAS/30 TÍTULOS FAZEM A HISTÓRIA RECENTE DO TEATRO VILLARET

27


O Teatro Villaret abriu as suas portas, pela primeira vez, a 13 de Janeiro de 1965 com a peça O Inspector-Geral de Gogol. O esforço é todo de Raúl Solnado que, desde sempre, procurara um local para fazer de um teatro, o seu teatro. Com empréstimos contraídos junto de amigos, Raúl Solnado obtém a verba necessária para transformar a garagem do nº30 da Av. Fontes Pereira de Melo numa sala de espectáculos, cujo projecto entregou ao Arquitecto Cassiano Branco. Em 1969, foi no palco do Villaret que se gravou o inovador programa de televisão Zip-Zip o que, a par das comédias aí levadas a cena, ajudou a consolidar a fama deste espaço, inserindo-o no imaginário colectivo dos lisboetas. Na década de 70, Raúl Solnado afasta-se da gestão do teatro, entregando-a a Vasco Morgado e, quase 30 anos depois, a UAU escolhe este palco para ARTE, uma peça de Yasmina Reza, encenada por António Feio e interpretada por este, José Pedro Gomes e Miguel Guilherme.

28


VLR villaret

Em 1965

O Teatro Villaret abriu as suas portas.

29


O sucesso foi tanto que, em 1999, a UAU assumiu a gestão do Teatro Villaret a tempo inteiro tendo já produzido peças como O Último a Rir, O Que Diz Molero, Pop Corn, A Treta Continua, Paulo Matos Trifásico, Deixa-me Rir, Vincent e Jantar de Idiotas, entre muitas outras. Algumas estiveram em digressão, levando o trabalho da UAU um pouco por todo o país. Para além das peças que foram produzidas para outros palcos como o do Teatro Municipal de São Luiz, o Teatro-Auditório do Casino do Estoril e Coliseu dos Recreios, ao longo dos últimos 5 anos, 30 títulos diferentes foram apresentados por mais de meia centena de artistas a mais de 500.000 espectadores no Teatro Villaret.

30


VLR villaret

AO LONGO DOS ÚLTIMOS 5 ANOS, A UAU TORNOU-SE UMA DAS MAIS FORTES E CONSTANTES PRODUTORAS DE TEATRO EM PORTUGAL

>>

Ao longo dos últimos 5 anos, a UAU tornou-se uma das mais fortes e constantes produtoras de teatro em Portugal, afirmandose pela qualidade de textos, encenações e actores, à qual não faltam projectos pelo que, ainda este ano, produzirá Coçar - onde é preciso, com textos e interpretação de José Pedro Gomes, no Teatro Armando Cortêz/Casa do Artista e O Chato, de Francis Veber, com encenação de António Feio e interpretações de Virgílio Castelo, António Feio, Helena Isabel, Jorge Mourato, Luis Esparteiro, entre outros, no Teatro Villaret.

31


>>> Qualidade de Textos, Encenações e Actores

32


VLR villaret

33


34


VLR villaret

35


Animada por um ano de sucesso, a UAU promete manter o seu ritmo de trabalho na busca de aliciantes projectos de qualidade. Até ao final do ano estão já agendados os Tap Dogs, Natalie Choquette, Blue Room, John Pizzarelli e Magic of the Dance. Há um ano atrás a UAU vivia um clima de grande expectativa perante a eminente inauguração de uma sala de espectáculos em Lisboa. A convite da Estoril-Sol, a UAU assumiu a responsabilidade de gestão e programação do Auditório dos Oceanos, uma sala com 634 lugares, inserida no espaço Casino Lisboa, participando no projecto e acompanhando a sua construção desde o início.

36


AUD auditรณrio Auditรณrio oceanos Oceanos

AUDITร“RIO DOS OCEANOS

O Auditรณrio dos Oceanos no Casino Lisboa foi inaugurado hรก 1 ano!

37


38


AUD auditório oceanos

Até dia 19 de Abril foram muitos meses de árduo trabalho, contactos e contratos para fechar uma agenda que se revelou de sucesso. Por este espaço passaram 100.000 espectadores para um total de 228 apresentações de 35 espectáculos.

A saber: Natalie Choquette, José Peixoto e Maria João, Farruquito e Família, Salif Keita, The Shemekia Copeland Band, Goran Bregovic and The Wedding & Funeral Band, Stacey Kent, Barbara Hendricks, Rodrigo Leão, Ney Matogrosso, Ana Carolina, Nnenna Freelon, Forever Tango, Wild Women Blues, José Pedro Gomes - Coçar Onde É Preciso, Jobim Trio, Ute Lemper, Mariza, Madredeus, Fanfare Ciocarlia, Soweto Gospel Choir, Antonio Márquez Companhia de Ballet Flamenco, A Tempestade, Carlos Bica e o Trio Azul, Dulce Pontes, Carlos do Carmo, Frank, Dean & Sammy – The Rat Pack is Back, Momix – Sun Flower Moon, Stomp, Queen – It’s a Kind a Magic, Xutos&Pontapés – 28º Aniversário, Pedro Tochas – Maiores de 18, Herman José – SuperHerman, Rodrigo Leão e Cinema Ensemble – O Mundo e Crazy Horse (em cena).

39


40


AUD auditório oceanos

A pouco e pouco, o público foi ficando seduzido por este novo espaço, adoptando-o já como referência de qualidade. Os espectáculos de longa duração, como os Queen-It’s a Kind a Magic ou STOMP, esgotaram a sala durante várias semanas, dando-nos a certeza de um trabalho bem feito e motivando-nos para o futuro.

41


Para além da gestão e programação do Auditório dos Oceanos, a UAU é também responsável por toda a animação do Arena Lounge e Palco Multi-Usos, ou seja, pela animação circense e musical que diariamente anima estes espaços. Na área do Novo Circo já passaram pelo Arena Lounge mais de 35 artistas, oriundos dos vários cantos do mundo, apresentando números de corda aérea, equilíbrio, contorcionismo, anel aéreo, forças combinadas, trapézio, lenço aéreo, mímica, magia e malabarismo.

42


AUD audit贸rio Audit贸rio oceanos Oceanos

43


Pelo Palco Multi-Usos já passaram cerca de 40 bandas, nacionais e internacionais, num total superior a 900 horas de música tão variada como rock, world music, jazz, bossa nova, entre outros. As noites terminam com actuações de DJs e VJs na Jukebox. Por fim, há que não esquecer os ciclos de concertos Arena Live 2006 (Novembro e Dezembro) e Spring Experience (Março a Junho/2007) que reuniram artistas como Pedro Abrunhosa, José Cid, João Pedro Pais, Space Boys, Luis Represas, Loto, Jorge Palma, Dazkarieh, Robin Mckelle, Tora Tora Big Band, entre outros, bem como as apresentações de stan-up comedy que marcam o Verão de 2006.

44


AUD audit贸rio Audit贸rio oceanos Oceanos

Audit贸rio dos Oceanos

45


46


EXT êxitos

CATS

47


ARTE

2 AMORES 48


EXT êxitos Êxitos

CONVERSA DA TRETA 49


O QUE DIZ MOLERO

50


EXT êxitos

STOMP

51


52


EXT êxitos

FUERZA BRUTA

53


DIGRESSÕES E EVENTOS

54


DEV digressões eventos

RAUL SOLNADO A partir de um testemunho de vida, a ideia de Raul Solnado é estar dentro e fora do palco, falando de pessoas e de histórias, de casos e de acontecimentos, de emoções e de sensibilidades. É ilustrar as histórias e memórias com imagens, slides, cenários de tempos, de sítios, de gente. A ideia é simplesmente conversar. Trocar ideias por palavras e palavras por miúdos, perguntar, supor, admitir, imaginar em conjunto. Porque de humor será naturalmente, temperada a conversa.

Espectáculos disponíveis para digressão e eventos 55


Super Mulher Espectáculo disponível para digressão e eventos A 1 de Setembro esta peça volta a estar em digrassão, dirigindo-se, agora, para o Tabuaço. Se ainda não viu esta grande interpretação de Ana Brito e Cunha não deixe perder esta oportunidade. Venha ver. Ana Brito e Cunha faz rir muito a sério com as duras realidades do dia-a-dia de uma mulher igual a tantas outras com quem nos cruzamos nos seus papéis de colegas, amigas, filhas, mães¼ enfim, de SUPER M ULHER! Os monólogos enérgicos mas recheados de ternura conseguem traduzir, de forma brilhante, as pequenas misérias e também as grandes lutas das mulheres. “Num espectáculo cheio de ritmo, Ana Brito e Cunha muda de registo com uma facilidade incrível e mantém a sua interpretação num nível de energia invejável”, Correio da Manhã SUPER MULHER, de Anne Roumanoff, com ANA BRITO E CUNHA e encenação de João Didelet.

56


DEV digressões eventos

Ossos do Office Espectáculo disponível para eventos Oportunidade única para ver um grande momento de diversão e entertenimento protagonizado por, António Feio e António Machado, dois dos melhores comediantes nacionais. 2007. Dois funcionários de uma grande empresa aproveitam um momento do jantar-convenção desta para jogarem um novo jogo na Playstation. O Jogo é sobre um país mesquinho, invejoso, corrupto, atrasado e cheio de cromos. Agora imaginem em que país se inspirou o criador do jogo. É fácil, não é? Mesmo assim vale a pena jogar?

57


CONFISSÕES DAS MULHERES DE 30 Espectáculo disponível para digressão e eventos Esta peça, que foi um sucesso de bilheteira durante meses, volta à estrada para lhe trazer o que de melhor se faz em teatro. Deixe que o teatro vá até si e não perca esta oportunidade. Veja aqui o calendário das próximas actuações: 28 Setembro - Cine Teatro de Estarreja 29 Setembro - Forum Maia em Maia As preocupações, amores, trabalhos, terrores e glórias das mulheres de 30. Histórias reais de mulheres na faixa dos 30 anos, contadas e confessadas em clima de grande humor por Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano e Maria Henrique. Disponível para digressão e eventos!

58


DEV digressões eventos

CELADON2

- o regresso de Maria Delfina e Denise de Magalhães Depois do sucesso de Celadon, Ana Bola e Maria Rueff estão de regresso com novas aventuras e histórias para contar...num palco perto de si! Disponível para eventos e digressão Denise de Magalhães (Ana Bola) é patroa de Maria Delfina (Maria Rueff). Ambas são escultoras de Nails (manicures) e aplicadoras de extensões como pomposamente chamam ao trabalho que fazem num minúsculo corner (balcão) dum centro comercial. Denise, mais velha, experiente e calejada, aspira a ascender ao social de tal modo que sonha alto e imagina que é íntima de figuras importantíssimas do jet-set nacional e internacional, chegando a afirmar que é ela que influencia o casal Beckam nos seus cortes de cabelo, ou que frequenta festas badaladíssimas em casa, por exemplo, de Catherine Zeta-Jones. O seu livro de cabeceira é “Eu Carolina”, de Carolina Salgado, de quem é fã. Maria Delfina, que não deve muito à inteligência e é muitíssimo ingénua, acredita em tudo o que Denise lhe conta e tem por ela profunda admiração. Maria Delfina, à sua dimensão, também tem ambições e é fascinada pelo mundo do show business, de tal maneira que nos seus devaneios, de vez em quando, é possuída por cantoras, entre as quais uma cantora negra, Maria Guinot ou Floribela. Resumindo, a vida destas mulheres assemelha-se muito à de tantas outras. Emprego banal e desinteressante, pouco dinheiro, cultura insuficiente, poucas perspectivas dum futuro melhor, o sonho com os tais 15 minutos de fama, a foto na revista cor de rosa ou casamento confortável. A abordagem a estes temas é obviamente cómica, sendo que a principal pretensão deste espectáculo é divertir o público duma forma simples e abrangente, não deixando no entanto de pôr o dedo em algumas feridas sociais que todos conhecemos, sempre com muito humor e actualidade. 59


Francisco Menezes Espectáculo disponível para digressão e eventos

Não é música. Não é comédia. É tudo junto. Mais de uma hora de espectáculo total, ao vivo e a cores, sem respirar. Francisco Menezes ficou conhecido pelas suas várias presenças no “Levanta-te e Ri” (SIC), mas começou a sua carreira na ex-Ntv (agora RTPN) com dois programas de humor, de autoria e interpretação sua, o “N cromos” e “O desterrado”, tendo depois passado pela RTP com outro programa seu, “Portugal FM”. Antes disso fez rádio, cantou em casinos, e até trabalhou na secção de congelados do Continente. É o artista quase total. Tem uma grande voz, é engraçado como o caraças e o seu texto é muito bom. Só lhe falta depilar as pernas. Traz o seu humor para a estrada. Disparates, imitações, música, tudo faz sentido, quando se fala de Portugal e dos Portugueses. Um espectáculo capaz de fazer José Mourinho rir! Autoria e Interpretação FRANCISCO MENEZES Apoio Encenação SÓNIA ARAGÃO Cenário e Adereços MARINEL MATOS Figurinos DINO ALVES Desenho de Luz LUÍS DUARTE Disponível para digressão e eventos!

60


DEV digressões eventos

ANA BOLA Disponível para eventos Reconhecida actriz e autora, Ana Bola é uma referência na comédia portuguesa. Pureza Teixeira da Cunha é apenas uma das personagens com que tem feito rir tantas plateias. Disponível para eventos, “Pureza Teixeira da Cunha”, sketch de e com Ana Bola.

61


MARIA RUEFF Disponível para eventos Actriz de televisão e teatro, já teve um programa em nome próprio. Os seus personagens Zé Manel, Taxista ou Maria Rosete fazem história na comédia nacional. Disponível para eventos, sketch “Zé Manel, Taxista” ou outras personagens, com a actriz Maria Rueff

62


DEV digressões eventos

FERNANDA SERRANO Disponível para apresentação de eventos Uma das actrizes mais acarinhadas pelo público, Fernanda Serrano interpreta actualmente a pérfida Débora em Tu e Eu, a telenovela da TVI. O palco não está esquecido e um novo projecto estreará mais perto do final do ano.

63


64


Contactos UAU - Sede escritório Av. Fontes Pereira de Melo nº 30, 7º Andar 1050 – 122 LISBOA Tel: 21 330 3500 Fax: 21 330 3501 E-mail: uau@uau.pt Auditório Oceanos / UAU Casino Lisboa Parque das Nações, Alameda dos Oceanos Tel: 21 896 1194 Fax: 21 896 8188 E-mail: anabela.dias@uau.pt www.casino-lisboa.pt Teatro Villaret Av. Fontes Pereira de Melo nº 30 A 1050 – 122 LISBOA Tel: 21 330 3500

65


UAU  

PROJECTO IDENTIDADE _ UAU - Produção de Eventos e Espectáculos. Projecto de Reformulação da imagem corporativa/gráfica. A UAU assume-se como...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you