Page 32

O poder do olhar “Jesus olhando bem para ele, com amor lhe disse...” (Mc 10,21).

E

m algum tempo e lugar, houve um momento da história pessoal em que o ser humano tem se perguntado: “Quem sou eu?” “Por que e, para que existo?” Esta pergunta emerge espontaneamente do próprio interior, quando alguém quer ter clareza sobre a própria identidade e o verdadeiro valor de sua vida. Nascido do amor e do desejo de Deus de ter alguém semelhante a Ele com quem criar uma relação pessoal, o ser humano só se conhece verdadeiramente e se compreende a partir de sua origem divina. A pergunta acima referida é muito exigente porque estimula a compreender-se como pessoa, como temperamento, como missão, como vocação, como responsabilidade no mundo em que vive. E, se quiser encontrar uma resposta satisfatória e não apenas seguir o que sugere a propaganda publicitária que propõe uma identidade segundo modelos exteriores pré-fabricados, deve buscar a resposta na própria interioridade e escutar a voz da consciência. Toda ideologia é uma forte convocação para chamar a atenção das pessoas a se voltarem a um ideal de pessoa pré-fabricado, mas que nem sempre corresponde às expectativas mais profundas que se tem na vida. Penso, como referência, o Tráfico de Pessoas para fins interesseiros, cujas propostas ocultam, na maioria das vezes, uma forma disfarçada de manipulação das pessoas que, encantadas com as possibilidades oferecidas, na verdade muito atrativas, acabam entrando em um emaranhado, do qual, depois, é incapaz de se libertar. Propostas, que pareciam de início, tentadoras, podem acabar em terríveis pesadelos. Por isso, antes de qualquer decisão é importante perguntar-se: “Isto corresponde ao plano que Deus tem sobre mim?” Ele que me ama verdadeiramente e quer a minha felicidade.

commons.wikimedia.org

A sede de todo ser humano

30 |

Há em todo ser humano um profundo desejo de ter uma vida digna, de realizar-se e de ser feliz. É Deus mesmo que, ao nos criar, coloca este desejo a fim de que a pessoa esteja aberta à sua graça e busque sempre o bem. Este bem e esta felicidade é conquista que exige certo esforço pessoal e uma busca constante.

Revista Esperança nº12  
Revista Esperança nº12  
Advertisement