Issuu on Google+

FOLHA iNTERNA Nº 38 setembro-outubro 2012

Neste Número pág. 1 Direção SBIDM Investigação Nova colaboradora American Corner Exposição Estudo de caso

pág. 7 Workshop para autores DALI no YouTube Bases de dados do American Corner A Biblioteca Informa

pág. 8 Em destaque: ‘A Biblioteca nas tuas mãos’

pág. 9 Em destaque: ERASMUS Staff Mobility

pág. 2 Biblioteca do ISCA 41 anos do ISCA Exposição bibliográfica Lançamento de livros

pág. 3 Lançamento de livros Ofertas Newsletter Acolhimento dos novos alunos Depósito

pág. 4 Folheto Guias Manual de procedimentos Plano de comunicação Formação Mediateca Acolhimento aos novos alunos Reestruturação do depósito

pág. 5 Ficha Técnica Edição: Ana Bela Martins Redação e grafismo: Graça Gabriel Periodicidade: bimestral

Arquivo Inquérito DGARQ Blog Fotografias Documentação da Reitoria Museu Software Coleção de gravuras

pág. 6 Recursos Electrónicos e Apoio ao Utilizador Semana do Acesso Aberto Acolhimento aos novos alunos Formação interna

pág. 10 Atendimento e Empréstimo Salas de estudo Fundo de Empréstimo Condicionado Aquisições e gestão das coleções Assinatura de periódicos Fecho de contas

pág. 11 Especial investigação

pág. 12 Defesa de dissertação de mestrado: Comunicação organizacional síncrona e assíncrona, planeamento e avaliação da comunicação: os SBIDM

pág. 13 3ª Conferência Luso-brasileira sobre Acesso Aberto 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, arquivistas e Documentalistas

pág. 14 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

pág. 15 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

pág. 16 Fotos


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Investigação

Nova colaboradora

O mês de setembro foi particularmente frutífero em termos de investigação nos e sobre os SBIDM, com um grande contributo de artigos e posters para várias conferências e a conclusão de uma dissertação de mestrado que teve como estudo de caso os SBIDM. Esta forte aposta na investigação contribui não só para a valorização do papel dos SBIDM a nível da UA e a nível nacional, como também para uma maior especialização e formação dos seus recursos humanos. Pela sua importância decidiu-se fazer nesta FI um Especial investigação que cobre cinco páginas.

Em outubro iniciou funções na Biblioteca a colega Maria de Fátima Barros. Depois de ingressar na UA em 2004 e de ter passado pelo ISCA, pela ESTGA e, mais recentemente, pelo DEMAC, passou a fazer parte dos SBIDM no Núcleo de Atendimento e Empréstimo (na Receção) e no Núcleo de Tratamento Técnico (apoio à magnetização e colocação de cotas).

American Corner A 21 de setembro Virginia Staab, conselheira adjunta da Embaixada dos Estados Unidos em Portugal, trouxe à UA uma agenda de atividades diversas relacionadas com o American Corner, tais como a oferta de um kindle mobile, de mil dólares em livros e de um patrocínio de conferências na UA por parte de vários especialistas. O poeta James Ragan foi o primeiro orador tendo, a 18 de outubro, vindo falar sobre Connections between cinema and literature.

Maria de Fátima Barros.

James Ragan a filmar a audiência.

Palestra no Auditório Aldónio Gomes (Departamento de Línguas e Culturas ).

Exposição

Estudo de caso

Em outubro a Sala de Exposições Hélène de Beauvoir foi palco de mais uma exposição, desta vez com a exposição de fotografia Habitar, da autoria de Alexandre Sampaio.

O aluno timorense Venceslau do Rêgo encontra-se na Biblioteca desde setembro (e até junho de 2013) no âmbito do seu projeto de estágio do Mestrado Promoção da Leitura e Bibliotecas Escolares da UA. Durante o seu estágio irá documentar-se sobre a gestão de serviços e inteirar-se sobre os procedimentos em uso nos SBIDM.

|1


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

em destaque

41 anos do ISCA

No dia 20 de outubro o ISCA comemorou 41 anos de existência, tendo a Biblioteca do ISCA assinalado a efeméride através de uma exposição bibliográfica e do lançamento de um livro.

Exposição bibliográfica A exposição A contabilidade através dos tempos – os grandes mestres na biblioteca do ISCA-UA, patente na sala de leitura de 15 a 19 de outubro, teve como objetivos: reconhecer o trabalho do Professor Domingos Cravo; dar a conhecer algumas obras dos grandes mestres da área da Contabilidade e sensibilizar a comunidade académica para o estudo e a investigação nesta área. Esta exposição foi ainda pretexto para lançar as bases para a criação de um fundo bibliográfico de história da contabilidade, permitindo a atuais e futuros Cartaz do evento. investigadores o acesso a um conjunto de fontes de informação sobre esta matéria, contribuindo, assim, para fomentar a investigação histórica nesta área do conhecimento.

Numa terceira fase foi ainda criado um dossier sobre história da contabilidade na disciplina da Biblioteca do ISCA no espaço de e-learning no Moodle, onde estão alojados diversos documentos sobre esta temática e onde se pode visualizar aquele que pode ser considerado o primeiro livro de contabilidade em Portugal.

Livros e personalidades recordados na exposição.

Lançamento de livro A segunda iniciativa prendeu-se com o lançamento, dia 17 de outubro, do livro Novo regime da normalização contabilística para as entidades do setor não lucrativo, de vários autores .

Numa primeira fase fez-se uma pesquisa bibliográfica de forma a reunir informação sobre as obras de grandes mestres da Contabilidade. Numa segunda fase foram contactadas diversas bibliotecas nacionais e instituições (como o Centro de Estudos de História da Contabilidade), às quais foram solicitados documentos que pudessem complementar o acervo já existente na Biblioteca do ISCA.

(Da esquerda para a direita) Dr. João Paulo Marques (autor), Dr.ª Sandra Alves (autora), Dr.ª Cristina Miranda, Prof. Doutor Eduardo Silva (ViceReitor da UA), Dr. José Jesus, Dr. Avelino Antão (autor) e Dr. Armando Tavares (autor).

Mais fotos do lançamento em: www.flickr.com/photos/biblioisca/sets/721 57631799210648/

|2


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Lançamento de livros

Ofertas

Dia 28 de setembro foram apresentadas, na sala de leitura da biblioteca, as obras: Risco financeiro – medida e gestão e Análise financeira – teoria e prática.

A Biblioteca Municipal de Ílhavo ofereceu vários números da revista Ciência e Técnica Fiscal dos anos 1961 a 1974, ficando a Biblioteca do ISCA com a coleção completa (já se procedeu à entrada de todos os números) e um conjunto de 101 livros (23 destes da autoria de grandes mestres da contabilidade do século XX e que vieram complementar a coleção de livros sobre a história da contabilidade).

Newsletter

Apresentação da obra Risco Financeiro – medida e gestão. (Da esquerda para a direita) Mestre Ricardo Valente (autor), Prof. Doutor Joaquim da Costa Leite (Vice-Reitor da UA), Prof.ª Doutora Augusta Ferreira (Subdiretora do ISCA-UA), Prof.ª Doutora Elisabete Vieira (autora), Prof.ª Doutora Mara Madaleno (autora).

Foi elaborada uma newsletter tendo como objetivo aumentar os meios de informação da Biblioteca do ISCA à comunidade académica e, no processo, espera-se que desenvolva o vínculo da própria comunidade académica com a Biblioteca. A newsletter será apenas disponibilizada na disciplina da Biblioteca do ISCA no Moodle e a sua periodicidade ainda não foi definida porque dependerá do tipo de informação que a Biblioteca considere pertinente divulgar e o público-alvo escolhido. Este primeiro número foi direcionado para os alunos de mestrado.

Apresentação da obra Análise financeira – teoria e prática. (Da esquerda para a direita) Prof.ª Doutora Elisabete Vieira, Mestre Joaquim Santos, Prof.ª Doutora Augusta Ferreira (Subdiretora do ISCA-UA), Prof.ª Carla Fernandes (autora), Dr.ª Cristina Carvalho (autora), Mestre Joaquim Santos (autor).

Mais fotos do lançamento em: http://tinyurl.com/co6nmmw

Depósito De janeiro a outubro foram transferidas da sala de leitura para o depósito 99 unidades de informação fruto da constante necessidade de libertar o espaço nas prateleiras das salas de leitura e da análise periódica das unidades mais antigas e com menos requisições.

Acolhimento aos novos alunos Na semana de 22 a 26 de outubro foram entregues 109 kits aos novos alunos do ISCA com informação variada (guia das bibliotecas e folhetos com informação sobre serviços e recursos da biblioteca). Os novos alunos também fizeram uma visita à biblioteca para conhecerem os espaços e os funcionários (a visita estava integrada nas atividades de praxe organizadas pela Associação de Estudantes do ISCA).

|3


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Folheto

Guias

Foi elaborado um folheto com informação específica sobre o catálogo bibliográfico e sobre os recursos disponíveis nas áreas da Contabilidade, Finanças e Marketing. Este folheto passou a ser distribuído nas sessões de formação.

Foi atualizado o Guia do aluno dos cursos à distância dirigido aos alunos do curso de Contabilidade que é frequentado em regime de e-learning. Foi igualmente atualizado utilizador 2012/2013.

o

Guia

do

Manual de procedimentos Está a ser preparado o Manual de procedimentos e boas práticas no Serviço de Atendimento e Empréstimo da Biblioteca do ISCA-UA de forma a aumentar a eficiência deste serviço proporcionado aos utilizadores.

Plano de comunicação Está em curso a elaboração de um plano de comunicação interna e externa para a Biblioteca do ISCA. Folheto Uma informação sobre… catálogo bibliográfico.

Formação No início do ano letivo de 2012/2013 foram realizadas três ações de formação a pedido dos docentes com um total de 81 alunos (duas formações foram sobre a seleção de fontes de informação e uma sobre o EndNote).

Acolhimento aos novos alunos Dia 23 de outubro foi feito o acolhimento aos novos alunos para divulgação dos serviços e espaços da Mediateca e dos recursos eletrónicos das bibliotecas da UA. Foram atendidos cerca de 20 alunos.

Acolhimento aos novos alunos.

Reestruturação do depósito Iniciou-se a movimentação das publicações periódicas de acordo com a planta elaborada em 2010 no âmbito da reestruturação do depósito para rentabilização do espaço e acolhimento de novos fascículos (atualmente na sala de leitura).

|4


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Arquivo 6

Inquérito da DGARQ Tendo em conta o inquérito nacional da Direção Geral dos Arquivos para o diagnóstico da situação arquivística em Portugal, o Arquivo da UA finalizou o preenchimento dos vários questionários (sobre os espaços de armazenamento, o tipo de produtores, os sistemas de informação utilizados, o tratamento e avaliação da informação, entre outros), ficando aqui apenas alguns desses resultados.

771,74m2 4604m.l. 11 1974-2011

Espaços de armazenamento; Área útil dos imóveis; Dimensão da armazenada;

documentação

Produtores da documentação de arquivo de uso não corrente; Datas extremas da documentação;

1

Sistemas eletrónicos de gestão de arquivos;

26

Sistemas de informação eletrónicos em uso.

Blog

Fotografias

Está a ser elaborado um blog usando a plataforma WordPress para divulgação das atividades e do acervo do Arquivo. O LEME – Legado da Memória terá como públicoalvo a comunidade académica da UA e prevê-se que o seu lançamento seja feito dia 15 de dezembro, comemorando, assim, o aniversário da UA.

Foram digitalizadas 411 fotografias do arquivo histórico da UA que irão brevemente ser disponibilizadas na plataforma do futuro arquivo digital.

Panorâmica aérea da UA.

Documentação da Reitoria

Blog do Arquivo.

A documentação que até agora se encontrava em maços e pertencentes à Reitoria (1974 a 1995) está agora em fase de tratamento e acondicionamento, dicando brevemente disponível para consulta.

Museu Software

Coleção de gravuras

Foram selecionados dois softwares open source para inventariação das coleções museológicas – o CollectionSpace e o CollectiveAccess – com os quais serão efetuados testes de forma a escolher a que melhor se adequa às necessidades da área de museologia.

Já se deu início ao tratamento técnico da coleção de gravuras recentemente doadas à UA pelo colecionador Madeira Luís.

|5


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Recursos Eletrónicos e Apoio ao Utilizador

Semana do Acesso Livre A semana de 22 a 26 de outubro foi dedicada, a nível mundial, ao acesso livre. Para assinalar o evento, as Bibliotecas da UA organizaram um conjunto de atividades destinadas à comunidade universitária e que envolveram a divulgação de informação sobre plataformas (como o RIA – Repositório Institucional da Universidade de Aveiro, Revistas UA e RCAAP – Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal) e o reforço das vantagens do acesso aberto à produção científica.

Notícia das atividades das bibliotecas da UA na página da Open Access Week 2012: www.acessolivre.pt/semana/?p=747

Website da Open Access Week 2012: www.openaccessweek.org RIA: http://ria.ua.pt/ Revistas UA: http://revistas.ua.pt RCAAP: http://rcaap.pt

Acolhimento aos novos alunos Dia 23 de outubro (ainda inserido na Semana do Acesso Livre) estiveram na Biblioteca vários técnicos disponíveis para prestarem as informações necessárias para o bom uso dos espaços, serviços e recursos, tendo-se desenvolvido esforços para a divulgação do RIA e da plataforma Revistas UA. Foram ainda distribuídos aos novos alunos materiais de divulgação e brindes fornecidos por editores e produzidos pelas Bibliotecas da UA. Ver fotos em: http://fotos.ua.sapo.pt/biblioteca/playvi ew/16

Algumas das atividades envolveram:  Divulgação da nova área de conteúdos Web de apoio a depositantes no RIA;  Destaque do RIA, Revistas UA e RCAAP no portal das Bibliotecas UA e na plataforma de e-learning da UA (via Moodle);  Divulgação de vídeos sobre o RCAAP e o RIA no ecrã à entrada da Biblioteca;  Entrega de um folheto sobre o RIA em cada empréstimo realizado nas Bibliotecas da UA e partilha de informação sobre o tema do Dia de Acolhimento aos Novos Alunos;  Divulgação em todos os departamentos da UA de um cartaz do RIA e de desdobráveis sobre o tema;  Partilha regular de informação nas redes sociais das Bibliotecas UA e na página do Facebook do RIA.

Formação interna Decorreu a 9 de outubro a última sessão do plano O nosso sucesso é o vosso sucesso: o Serviço de Formação e Referência das Bibliotecas da Universidade de Aveiro – formação, atualização e partilha. Desta vez focou a temática A gestão e organização da informação: gestores de referências bibliográficas (EndNote) e o apoio aos utilizadores.

|6


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Workshop para autores Este seminário intitulado Estratégias para aumentar a qualidade e impacto das publicações científicas decorreu no dia 15 de outubro e teve como objetivo apresentar aos investigadores uma série de orientações ligadas à redação de artigos científicos e à sua submissão para publicação. A sessão de boas-vindas foi realizada pelo Vice-Reitor da UA para a Investigação, Prof. Doutor José Fernando Mendes, e contou com os oradores Adam Wheeler, editor da Elsevier, um editor e professor da UA e Miguel Sánchez, Regional Channel Manager da Elsevier.

DALI no YouTube Foi criado um canal de vídeo do DALI (Divulgação, Apoio e Literacia Informacional) no YouTube que agrega todos os conteúdos vídeo exibidos diariamente no LCD colocado no hall de entrada da Biblioteca. Ver: www.youtube.com/user/DALIbibliotecasUA

O elevado numero de participantes – 223 – revela o sucesso desta iniciativa e o interesse por parte dos investigadores da UA. Página do workshop (com o programa, as apresentações e os respetivos vídeos): http://tinyurl.com/bruzmq7 Foram ainda distribuídos pelos participantes no workshop vários materiais oferecidos pela Elsevier, destacando-se a seguinte publicação:

Página do DALI no YouTube.

O Directory of Open Access Books é um motor de metadados de várias editoras que oferecem livros científicos em acesso aberto. Pode ainda ser integrado nos catálogos das bibliotecas. Ver: www.doaboo ks.org

Bases de dados do American Corner Publicação disponível em acesso livre: http://tinyurl.com/bsoll6u

A Biblioteca Informa Foi disponibilizado mais um número deste boletim, desta vez dedicado aos investigadores da UA. Ver: http://blogs.ua.pt/bibliotec ainforma/?cat=155

No seguimento da colaboração entre a Universidade de Aveiro e a Embaixada dos EUA, no âmbito da qual foi constituído o American Corner, é possível o acesso a um conjunto vasto de bases de dados eletrónicas de caráter científico e educativo através da plataforma digital eLibrary USA. Este acesso é possível localmente em computadores da Biblioteca ou facultado o acesso aos professores, investigadores e alunos da UA mediante um login e uma password individual fornecidos pela Embaixada (o pedido deve ser feito para sbidm-referencia@ua.pt). Ver: http://elibraryusa.state.gov/

|7


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

em destaque

‘A biblioteca nas tuas mãos’

“The most striking trend in the evolution of the web appears to be the portable and personal web, which has made possible the development of the mobile library (m-library). The m-library is in a similar position to the e-library a decade or two ago - viewed either as promise, threat, or challenge”. Sun, H. C., Chen, K. n., Tseng, C., & Tsai, W. H. (2011). Role changing for librarians in the new information technology era. New Library World, 112(7), 321-333.

Introdução Face aos modelos de acesso e aos novos formatos de disponibilização de informação baseados nas tecnologias móveis, torna-se imperioso que as bibliotecas de ensino superior adaptem os seus sistemas de informação e serviços a estas tecnologias de evolução rápida. A construção da chamada Mobile Library implica um imperioso desafio face às novas formas de construção do conhecimento.

Versão mobile da página das bibliotecas: http://blogs.ua.pt/bibliotecamobile/

As tecnologias emergentes ligadas à atualização de informação, à integração de widgets e aplicações em plataformas Web, ao acesso à informação através de dispositivos móveis são, de facto, oportunidades determinantes para as bibliotecas de ensino superior no âmbito do desenvolvimento de novos serviços de apoio ao utilizador.

Projeto Desde o início de 2012 que as bibliotecas da UA têm vindo a desenvolver o projeto A Biblioteca nas Tuas Mãos que incluiu a configuração de serviços e plataformas e a implementação de serviços nas salas de leitura das bibliotecas com recurso à tecnologia QR Codes. A primeira fase envolveu a criação de um novo portal Web das Bibliotecas UA em formato mobile (através do template mobile do WordPress), tendo-se investigado o melhor software de apoio ao projeto, as características da comunicação via dispositivos móveis e feita a adaptação dos conteúdos a transmitir. Foram ainda criadas versões mobile para o blog A Biblioteca em forma e para o boletim A Biblioteca Informa. De destacar ainda a exploração e seleção das versões mobile de recursos e fontes de informação (como bases de dados e portais de editores já com interfaces mobile ou com APIs) e sua disponibilização e divulgação aos utilizadores. A segunda fase envolveu a investigação das possibilidades da tecnologia QR Codes (códigos de barras em 2D com aplicações que incluem a possibilidade de leitura por telemóvel, fazendo a

Página de divulgação do projeto: www.ua.pt/sbidm/biblioteca/Page text.aspx?id=15560 conversão para textos interativos, localização geográfica, endereços URL, etc.) para as salas de leitura das bibliotecas, em materiais impressos (como cartazes) e a definição de várias estratégias de comunicação interna e externa do projeto A biblioteca nas tuas mãos.

Futuro O passo seguinte será a disponibilização de mais serviços, a configuração de coleções e do próprio catálogo bibliográfico para dispositivos móveis. Esta estratégia integrase numa política global da Área de Recursos Eletrónicos e Apoio ao Utilizador (AREAU) tendo como base uma metodologia flexível, de adaptação constante aos projetos que emanam da própria comunidade de utilizadores, bem como de ferramentas Web 2.0, aplicações e dispositivos móveis. AREAU

|8


em destaque

ERASMUS Staff Mobility

O programa

Atividades

O ERASMUS Staff Mobility é um programa da EU que tem como objetivos permitir a aquisição e a troca de conhecimentos pelosfuncionários de instituições do Ensino Superior, ao mesmo tempo que fomenta o intercâmbio entre instituições.

O programa desenvolveu-se na semana de 17 a 21 de setembro e contou com passagem pela Central Medical Library, pela University of Groningen Library e pela University of Amsterdam Library. Além do contacto com realidades bastante diferentes, foi possível fazer visitas guiadas aos espaços, participar em sessões de formação, reuniões de trabalho e de partilha de informação e, sobretudo, recolher exemplos de boas práticas em termos de métodos, software e serviços inovadores.

Por iniciativa da Direção dos SBIDM, foi efetuada, este ano, uma candidatura a este programa.

Groningen De entre as possibilidades de intercâmbio a escolha foi para a Central Medical Library da Universidade de Groningen (Holanda) devido às boas práticas e à inovação observados nos serviços de apoio aos alunos e investigadores. O contacto inicial foi estabelecido pela Diretora dos SBIDM com a responsável da instituição, tendo havido de imediato uma resposta positiva. A preparação para o programa de formação constou de: • um levantamento e análise dos serviços prestados à comunidade pelas Bibliotecas da Universidade de Groningen com base na informação disponibilizada nos websites (descrição de serviços, projetos em curso e outros); • reunião com Direção de Serviços dos SBIDM – UA e outros colaboradores das Bibliotecas no sentido da recolha de áreas de trabalho ou projetos a privilegiar neste programa; • realização de um programa de trabalho.

Destaca-se, fundamentalmente, o uso adequado da tecnologia para a criação de serviços inovadores e de valor acrescentado para a comunidade de alunos e investigadores. Prevê-se que algumas das atividades e boas práticas observadas possam constituir-se como atividades dos SBIDM para o Plano geral 2013.

Diana Silva AREAU-SBIDM

|9


S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

Atendimento e Empréstimo A International Association of Music Information Centres é uma rede mundial de 39 organizações que promovem, preservam e difundem os diversos géneros musicais atuais.

Salas de estudo Tendo em conta o elevado número de requisições de salas individuais e de trabalho de grupo por parte da comunidade académica, foram disponibilizadas mais duas salas para estudo individual e uma sala de estudo de grupo no 1º piso da Biblioteca (Sala de Leitura Informal). Está ainda a ser estudada a possibilidade de requisição futura destas salas através do sistema ALEPH.

Ver: http://netpre serve.org/

de

Para o primeiro semestre do ano letivo de 20122013 foram colocados 112 livros em FEC, correspondendo a 27 disciplinas de cursos da UA.

Aquisições e Gestão de Coleções Assinaturas periódicos

Ver: www.iamic.n et

O International Internet Preservation Consortium é uma organização que procura implementar e melhorar as ferramentas, normas e boas práticas de arquivo de conteúdos Web, ao mesmo tempo que promove a colaboração internacional.

Fundo Empréstimo Condicionado

de

Continuam a ser recebidas as respostas dos pivots departamentais da UA relativamente às publicações periódicas a assinar em 2013.

Algumas das revistas assinadas pela UA.

Fecho de contas Devido ao fecho de contas, programado para 23 de novembro, o núcleo tem desenvolvido esforços para alertar os pivots departamentais para a necessidade de procederem à encomenda de livros e os fornecedores para a urgência no envio dos livros e respetivas faturas.

…na memória……………….………….................... Primeiro livro Quando nasceram os Serviços de Documentação da Universidade de Aveiro (SDUA), em 1974, o primeiro livro a ser inscrito no livro de registos foi: Introduction to matrix computations. O livro foi igualmente o primeiro a receber um código de barras quando se passou a ter leitores de códigos de barras no serviço de atendimento e empréstimo. O atual sistema de gestão ALEPH possibilita saber que, desde 2000 até à data, este livro foi requisitado 60 vezes, pelo que continua a ser atual.

Primeiro livro da Biblioeteca.

|10


acesso aberto

participação

ensino superior

RIA interoperabilidade

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

investigação

TIC

DIPITY

mobile library comunicação

a p r e n d i formação z a colaboração diagnóstico g e interação m instituições de memória apoio ao utilizador |11 sociedade da acessibilidade informação planeamento conhecimento


d i s s e r t a ç ã o

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

• • •

Defesa de dissertação de mestrado: Comunicação organizacional síncrona e assíncrona, planeamento e avaliação da comunicação: os SBIDM.

Resumo A história da comunicação e da informação começou muito antes de tecnologias como o telefone, a televisão, a Internet ou o iPad terem invadido o nosso mundo. Começou, sim, quando as primeiras expressões orais se perdiam logo após terem sido pronunciadas; quando as pinturas das cavernas transportavam para mundos mágicos; quando os primeiros alfabetos possibilitaram a comunicação do que anteriormente era efémero e quando a prensa móvel abria portas à difusão alargada da comunicação e da informação. Mas o engenho humano foi mais além, ultrapassando barreiras geográficas e temporais e controlando a informação transmitida por impulsos elétricos, ondas rádio, bits e bytes ou redes Wi-Fi de modo a interligar a Humanidade e possibilitar o acesso a uma torrente de informação. E porque o ser humano intuiu, ao longo da sua História, a necessidade de preservar a sua memória e de transmitir informação, foi estabelecendo as condições para que o armazenamento de informação e de bens culturais fosse feito em locais específicos: em bibliotecas, arquivos e museus. Neste estudo de caso pretendeu-se proceder a um diagnóstico do fluxo comunicativo estabelecido entre os vários serviços dos SBIDM para com o público, nomeadamente: • Revelar as estratégias e os meios de comunicação usados para com as diferentes tipologias de públicos; • Detetar a(s) finalidade(s) e uso(s) das diferentes formas de comunicação síncrona e assíncrona;

Compreender o(s) possível(eis) motivo(s) da não utilização de determinados meios de comunicação; Encontrar e indicadores da interação com o(s) público(s); Identificar os métodos de planeamento e avaliação da comunicação; Determinar o peso das atividades de comunicação no total de horas semanais de trabalho; Avaliar a relação entre a especialização académica dos recursos humanos na área da comunicação e o tempo despendido em atividades de comunicação.

Uma das conclusões é que os SBIDM utilizam já uma grande variedade de canais de comunicação, privilegiando-se a comunicação do tipo assíncrono. O inquérito por entrevista realizado aos funcionários dos SBIDM revelou que do total de horas semanais de trabalho de todos os funcionários (2095:00h), 28% são dedicadas a atividades de comunicação (590:25h). Nas atividades de comunicação, a maior percentagem vai para a comunicação síncrona (70%), seguida da comunicação assíncrona (19%), do planeamento da comunicação (11%) e, com valores muito reduzidos, a avaliação da comunicação (0,1%). Os núcleos que se destacam em termos de atividades de comunicação são o Núcleo de Atendimento e Empréstimo (que despende 68% do tempo de trabalho em atividades de comunicação) e o Núcleo de Apoio ao Utilizador (que despende 66% do tempo de trabalho em atividades de comunicação). Quanto às pessoas com cursos de Ensino Superior com ligação direta à comunicação têm muito poucas horas semanais dedicadas à comunicação, representando apenas 6% do total de horas em atividades de comunicação. Texto integral em: http://repositorio.uportu.pt/dspace/handle/ 123456789/598 Apresentação via Prezi: http://prezi.com/xm4a65z5uiv9/comunicac ao-organizacional/ Graça Gabriel SBIDM - Biblioteca UA

|12


c o n f e r ê n c i a s

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

c o n g r e s s o s

11º Congresso nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

3ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto

Ana Bela Martins

e

Diana Silva

Bella Nolasco

Andrea Martins

Título: Preprint, postprint ou versão final? O desafio na gestão da informação no RIA e a promoção do acesso aberto. Autores: Diana Silva, Ana Bela Martins, Bella Nolasco Resumo: esta comunicação apresenta a problemática da definição dos níveis de acesso aos documentos no Repositório Institucional da Universidade de Aveiro (RIA), em função das versões depositadas em regime de auto-arquivo pelos autores da UA, incluindo uma perspetiva das fontes usadas para a verificação das políticas dos editores em relação às questões de copyright. Pretende-se, ainda, partilhar a metodologia das Bibliotecas da UA ao nível da gestão do repositório, no que diz respeito à definição dos níveis de acesso aos documentos e às estratégias de comunicação com os depositantes e partilha de informação com a comunidade académica.

Título: À procura do contexto: a descoberta da informação científica via Web e a intervenção das bibliotecas de ensino superior. Autores: Ana Bela Martins, Diana Silva Resumo: o excesso de informação tem sido abordado como um problema real atual, diminuindo a produtividade e qualidade de vida dos cidadãos, principalmente ao nível da aprendizagem e construção do conhecimento. Nesta comunicação temos como propósito explorar a diversificação de meios e formatos de acesso à informação científica via Web com base na experiência da Área de Recursos Eletrónicos e Apoio ao Utilizador dos SBIDM, destacando a formação contínua dos profissionais e a abordagem ligada à contextualização da informação científica nos programas e conteúdos de formação de utilizadores.

Título: Bibliotecários de instituições de ensino superior quebram barreiras. Autores: Andrea Martins, Ana Bela Martins Resumo: este artigo apresenta a problemática do acesso à informação académica e científica por utilizadores com deficiência visual (cegos e baixa-visão) nas instituições de ensino superior público. São partilhados alguns exemplos de serviços de valor acrescentado desenvolvidos nas bibliotecas da UA e as linhas de ação resultantes de uma estratégia integrada para a área do serviço de apoio ao utilizador cujo objetivo é facilitar o acesso aos serviços de informação e aos conteúdos eletrónicos disponibilizados pelas bibliotecas, promover a compreensão dos recursos de informação e assumir um papel mais ativo e contínuo no processo de ensino aprendizagem.

Vídeo da apresentação: http://tinyurl.com/cpqvc8r

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/dys8jc4

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/cz7224w

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/cl7y6ge

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/bu7pufn

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/d29qcd2

|13


c o n g r e s s o s

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

Ana Bela Martins

Sandra Caldeira

Graça Gabriel

Título: Comunicação organizacional: a Folha Interna dos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro. Autores: Ana Bela Martins, Graça Gabriel Resumo: este artigo aborda a importância do reforço da comunicação institucional interna e externa nos SBIDM, apresentando a publicação Folha Interna. É dada a conhecer a sua história, as estratégias usadas no seu planeamento e feita a avaliação da comunicação através da análise de indicadores do impacto a nível da comunicação interna (avaliação geral da participação, avaliação da interação e análise do inquérito aos funcionários dos SBIDM) e da comunicação externa (avaliação estatística de indicadores das plataformas ISSUU e Facebook).

Título: Plano de comunicação para o Núcleo de Atendimento e Empréstimo dos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro.. Autores: Graça Gabriel, Ana Bela Martins, Sandra Caldeira Resumo: tendo em conta a análise de diagnóstico à comunicação dos diferentes núcleos dos SBIDM para com o seu público externo (comunidade académica e comunidade externa à UA), foi desenhado um plano de comunicação para o Núcleo de Atendimento e Empréstimo (NAE). Neste artigo procede-se à descrição do processo de elaboração do plano de comunicação para o NAE e à explicitação do próprio plano através de cinco linhas estratégicas delineadas para 2012/2013.

Título: Quanto tempo para comunicar? Um inquérito à comunicação síncrona e assíncrona, ao planeamento e avaliação da comunicação externa nos SBIDM. Autor: Graça Gabriel Resumo: este artigo relata os resultados de uma investigação efetuada no âmbito do Mestrado em Ciência da Informação, tendo sido realizado um inquérito para determinar o peso das atividades de comunicação com o público (comunicação síncrona e assíncrona, planeamento e avaliação da Comunicação) no total de horas semanais de trabalho dos funcionários dos SBIDM e averiguada a relação entre a especialização académica dos recursos humanos na área da comunicação e o tempo despendido em atividades de comunicação.

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/cdl34xx

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/cww8fe4

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/92t8xv6

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/cukzecb

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/btbmz7j

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/bs86vej

|14


c o n g r e s s o s

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas posters

Cristina Cortês e Rui Raposo

Título: A harmonização normativa em Instituições de Memória: os desafios e dificuldades na interoperabilidade. Autores: Cristina Cortês, Rui Raposo (DeCA) Resumo: este artigo apresenta o propósito, a metodologia, a análise e uma proposta de harmonização para um conjunto alargado de normas existentes e comummente utilizadas nas Instituições de Memória (Arquivos, Bibliotecas e Museus), para a organização e representação da informação. Para além da apresentação dos resultados obtidos com a análise de conteúdo apresentam-se, ainda, alguns resultados da avaliação efetuada a um protótipo de sistema de informação, destinado à organização e representação da informação eletrónica nas Instituições de Memória, para o uso de profissionais da informação e utilizadores.

Título: A componente participativa no cenário português: do uso à participação. Autores: Cristina Cortês, Rui Raposo (DeCA) Resumo: este artigo explora a componente participativa/ colaborativa no cenário português expressa no inquérito à Sociedade da Informação realizado pelo INE. Para além do estudo exploratório o artigo pretende, ainda, tecer algumas ilações acerca da importância atribuída por profissionais da informação e utilizadores à interação/ colaboração com uma plataforma dinâmica de partilha de conteúdos gerados pelo utilizador. Neste sentido, apresenta os resultados da avaliação efetuada a um protótipo de sistema de informação, destinado à organização e representação da informação eletrónica nas Instituições de Memória (Arquivos, Bibliotecas e Museus).

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/bs2nghk

Artigo disponível em: http://tinyurl.com/bqufhwz

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/bsn5846

Apresentação disponível em: http://tinyurl.com/bqrrxbf

Título: A Biblioteca nas Tuas Mãos: desenvolvimento de um projeto de Mobile Library nas Bibliotecas da UA em 2012. Autores: Diana Soares Silva, Bella Nolasco, Cecília Reis, Ana Bela Martins Resumo e .pdf disponível em: http://tinyurl.com/c2z2gcf

Título: A divulgação de coleções com recurso ao DIPITY: uma experiência dos SBIBM. Autores: Ana Bela Martins, Cristina Borges, Ana Cristina Cortês. Resumo e .pdf disponível em: http://tinyurl.com/bn38jdx

|15


f o t o s

S B I D M | FOLHA iNTERNA | nº 38 | setembro-outubro| 2012

11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

3ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto

Defesa de dissertação

|16


Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia Universidade de Aveiro Campus Universitário de Santiago 3810-193 Aveiro Portugal Contactos Telefone: (+351) 234370997 Ext.: 22343 Fax: (+351) 234370997 sdua@doc.ua.pt www.ua.pt/sbidm


Nº38 set-out 2012