Page 1

www.sbdpr.org.br sbdpr@sbdpr.org.br

Informativo Trimestral da Dermatologia Paranaense

Ano XX    nº 86  Junho de 2016

EVENTOS

68ª Jornada Paranaense de Dermatologia Caros colegas, A próxima Jornada Paranaense será realizada no dia 6 de agosto, no Hotel Slaviero Rockfeller, em Curitiba, e contará com uma equilibrada programação. Dentre casos clínicos, afecções cutâneas, medicina interna e cosmiatria discutiremos questões do nosso dia a dia, desafios e novidades. Palestrantes convidados: Dr. Alexandre Carlos Gripp (RJ) e a Dra. Elisa Fontenelle de Oliveira (RJ). Aguardamos e contamos com a presença de todos! Atenciosamente Dr. Luis Eduardo Agner Machado Martins – Coordenador científico Confira a lista dos aprovados no TED/2016 na página 4

69ª Jornada Paranaense de Dermatologia A 69ª Jornada Paranaense de Dermatologia acontece nos dias 11 e 12 de novembro em Cascavel, no Hotel Copas Verde, sob a coordenação do Dr. Julio Cesar Empinotti­. Os professores Evandro Rivitti e João Roberto Antonio já confirmaram presença. Será uma bela jornada, iniciando com palestras na sexta à noite e no sábado teremos palestras, sessão anátomo-clínica e um fórum qual o seu diagnóstico. Esperamos vocês!

Hospital Santa Casa conquista o 1º lugar no Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica. Saiba mais na página 4

O I Curso de Dermatopatologia da SBD-PR foi um sucesso. Concluído em 12 de março, reuniu 45 inscritos, entre residentes e especializandos de Dermatologia e dermatologistas formados. Saiba mais na página 3

Seu paciente tinha

Queratose Actínica.

Agora tem

Um novo tempo. Rápido.1,2

Eficácia comprovada em curto e longo prazos2

Seguro e bem tolerado1

Referências Biblíograficas: 1. Bula Picato®. LEO Pharma. 2. Lebwohl M, Swanson N, Anderson LL, Melgaard A, Xu Z, Berman B. Ingenol mebutate gel for actinic keratosis. N Engl J Med. 2012; 366(11):1010-1019. Picato® (mebutato de ingenol). Gel 150 mcg/g em embalagem contendo 3 bisnagas de dose unitária com 0,47 g. Gel 500 mcg/g em embalagem contendo 2 bisnagas de dose unitária com 0,47 g. Indicações: Picato® é indicado para o tratamento tópico de queratose actínica em adultos. Precauções e advertências: evitar o contato com os olhos. Picato® não deve ser ingerido. Categoria de risco B na gravidez. Posologia e Modo de usar: queratose actínica na face e couro cabeludo em adultos: Picato® 150 mcg/g gel deve ser aplicado na área afetada uma vez ao dia por 3 dias consecutivos. Queratose actínica no tronco e extremidades em adultos: Picato® 500 mcg/g gel deve ser aplicado na área afetada uma vez ao dia por 2 dias consecutivos. Reações adversas: as reações adversas mais frequentes relatadas são respostas locais cutâneas, incluindo eritema, descamação, formação de crostas, edema, formação de vesículas e pústulas e erosão/ulceração no local de aplicação que são temporárias. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer reações adversas imprevistas ou desconhecidas. MS 1.8569.0005.

www.leo-pharma.com.br

Picato® é marca registrada da LEO Laboratories Limited. LEO e o LEO (Leão) são marcas registradas da LEO Pharma A/S.

900560 - Abril/2016

Rápido: 2 ou 3 dias de aplicação1


EDITORIAL

A luta continua Este é um momento decisivo para a dermatologia brasileira. Nossas áreas de atuação estão sendo invadidas por outras especialidades médicas e não médicas como nunca vimos antes. Dessa maneira somos cobrados diariamente quanto ao enfrentamento deste problema. Pensamos que muito além da disputa por áreas de atuação e por mercado de trabalho está o paciente, objetivo primeiro da nossa formação e que pode ser exposto à  procedimentos realizados por mãos inábeis e despreparadas. Precisamos cada vez mais estar bem preparados, nossas residências devem formar profissionais competentes, atualizados e éticos. Os sócios devem buscar atualização constan-

Responsabilidade Social Durante a 24ª Jornada Sul Brasileira de Dermatologia, entre os dias 17 a 19 de março em Curitiba, a Ação de Resp ons abilidade Social realizada pela SBD-Pr, arrecadou R$ 1.765,00 (hum mil, setecentos e sessenta e cinco reais) para a compra de cem kits escolares para a Escola Municipal Enéas Farias, localizada no bairro Cajuru, em Curitiba. As bolsas utilizadas durante a Jornada também foram doadas.

2

O PINHÃO / MARÇO DE 2016

Por Dra. Lígia Márcia Mário Martin Presidente da SBD/PR (2015/2016)

te com participação em eventos promovidos pelas regionais e pela SBD nacional. O que nos diferenciará será nossa forma de atuação atualizada, competente, resolutiva, honesta e ética. Somos médicos, especialistas, formados para cuidar das doenças que afligem o próximo. Esta é a nossa diferença. É por isso que lutaremos sempre, em qualquer tempo ou lugar. Continuaremos firmes na busca de soluções e medidas que valorizem nossa especialidade e na busca implacável por defesa da nossa área de atuação. A luta continua...

Curso de Extensão em Tratamento com Imunobiológicos em Psoríase A Faculdade São Leopoldo Mandic realiza em agosto o curso de Extensão em Tratamento com Imunobiológicos em Psoríase voltado para sócios da SBD, residentes e estudantes de medicina. O curso de extensão, que acontecerá na sede da Faculdade em Curitiba e no Centro de Infusão de Biológicos, abordará as indicações dos medicamentos biológicos em psoríase, exames complementares, contraindicações e situações especiais para uso de medicamentos biológicos e medicações Anti-TNF em Psoríase. O curso também contará com treinamento prático em Centro de Infusão- infliximab e ustekinumab (ambos de uso hospitalar) e demonstração de aplicação de biológicos de uso domiciliar (secukinumab, etanercept e adalimumab). O Prof. Dr. Caio de Castro, coordenador do curso, e a Profa. Dra. Adriane Faria ministrarão as aulas. As inscrições já estão abertas. Confira mais informações no site do evento: www.slmandic.edu.br/cursos.php?c=2491&.


I Fórum de Dermatologia do CFM debate a responsabilidade médica Por Dra. Ewalda von Rosen Seeling Stahlke

A Sociedade Brasileira de Dermatologia e a Câmara Técnica de Dermatologia do Conselho Federal de Medicina realizaram o I Fórum de Dermatologia do CFM, no último dia 10 de maio em Brasília. Como palestrantes, contamos com representantes do CFM, do Ministério Público, da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), de advogados do Direito Médico e da SBD. Estavam presentes vários presidentes de Regionais, inclusive a Dra. Lígia Martin, e vários associados de todo o Brasil. Foram discutidos o exercício ilegal da medicina, a invasão da especialidade e os riscos da população quando faz procedimentos com não médicos. Após os debates, foram listadas algumas recomendações, que aqui resumimos: o CFM deverá fazer uma nota de orientação à população sobre os riscos dos procedimentos cosmiátricos e a importância na

escolha do profissional; continuar as ações judiciais da SBD/CFM no Ministério Público relativo aos riscos e às complicações de procedimentos realizados por não médicos e contra os conselhos federais de profissionais não médicos; continuar reunindo documentação comprobatória sobre complicações de procedimentos realizados por não médicos entre os associados da SBD para serem acrescentadas às demandas judiciais em andamento e embasar as atividades do CFM E ANVISA; estimular a notificação através do NOTIVISA (www.anvisa. gov.br) dos casos de complicações com o uso de lasers e outras tecnologias; promover novos fóruns com a participação de entidades médicas, Ministério Público, ANVISA e Juízes de Direito com experiência na área médica; fazer cumprir o Artigo 6º da Lei 9782/99 da ANVISA que trata do dever de proteger a saúde da população; divul-

gar através de campanhas a formação do dermatologista; incentivar as Regionais da SBD a manterem comissões de ética e defesa profissional e assessorias jurídicas; publicar matérias através das assessorias jurídicas das Regionais em revistas de Magistrados, revistas da Advocacia Geral da União e Ministério Público; divulgar os procedimentos cosmiátricos com comprovada evidência científica; promover durante os Congressos Brasileiro de Dermatologia, reuniões entre as assessorias jurídicas das Regionais da SBD para aprimorar ainda mais as ações de defesa profissional; e estimular a prática ética da especialidade e o respeito às resoluções do CFM. O caminho é difícil e a judicialização inevitável, entretanto, não podemos esquecer que o foco principal é a proteção da saúde da população pela qual somos todos responsáveis.

SBD-PR conclui o I Curso de Dermatopatologia

No dia 12 de março terminou o I Curso de Dermatopatologia da SBD-Pr. O treinamento contou com 45 inscritos, entre residentes e especializandos de Dermatologia e dermatologistas formados de Curitiba e de outras cidades. O curso foi considerado um sucesso. Com muita alegria vimos que os candidatos ao TED/2016 obtiveram alto desempenho nas questões de Dermatopatologia e os dermatologistas já formados mostraram grande entusiasmo ao rever conceitos microscópicos e revisar aspectos da correlação anatomopatológica das doenças. “Um curso fundamental para todos os colegas dermatologistas que pretendem se

reciclar, se atualizar e se aprofundar no conhecimento das patologias cutâneas, ministrado por colegas patologistas competentes e didáticas,” afirma o Dr. Rafael Leszczynski, de Maringá. Para o Dr. André Guimarães, de Foz do Iguaçu , “o curso de dermatopatologia superou as expectativas: desde os organizadores, até os professores, compartilhando seus vastos conhecimentos nesta importante área de dermatologia”. Segundo o Dr. Felipe Cerci, de Curitiba, “é fundamental que nós dermatologistas tenhamos uma formação diferenciada em dermatopatologia. É com a correlação clínico-histológica que melhoramos o raciocínio clínico, beneficiando nossos pacientes.

O curso de dermatopatologia da SBD-PR, através de excelentes palestras, permitiu aos participantes enriquecerem os conhecimentos nesta área”. “Terminei a residência em 1998 e o curso ajudou a reavivar e atualizar o conhecimento, ampliando a percepção de possíveis diagnósticos, podendo ser mais crítica na avaliação dos laudos dos laboratórios nem sempre sensíveis no exame de doenças dermatológicas”, afirma a Dra. Marcia Costa, de Paranaguá. A Dra. Betina Werner, novamente na coordenação, juntamente com a Dra. Lismary Mesquita e a Dra. Graziela Crescente, já estão preparando o II Curso de Dermatopatologia da SBD-Pr. O formato será parecido com o oferecido no primeiro curso acontecendo novamente na Associação Médica do Paraná. O primeiro módulo, provavelmente, acontecerá no final de julho e desta vez serão seis módulos, um por mês, até o final do ano de 2016 e um sétimo módulo de revisão em 2017, um pouco antes da prova do TED. Aguardem mais notícias em breve! O PINHÃO / MARÇO DE 2016

3


EXPEDIENTE

Hospital Santa Casa conquista o 1º lugar no Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica

Presidente Dra. Lígia Márcia Mário Martin (Londrina) Vice-Presidente Dr. Anber Ancel Tanaka (Curitiba) Secretário Dr. Rodrigo de Oliveira Ramos (Ponta Grossa) Tesoureira Dra. Lilian Nishino (Curitiba) Ass. Atividade Científico-Social Dr. Luis Eduardo Agner Machado Martins (Curitiba) Ass. Ética e Defesa Profissional Dra. Anarosa Barbosa Sprenger (Curitiba) Delegados ƒƒ Dr. Carlos Augusto Silva Bastos (Curitiba) ƒƒ Dra. Flávia Costa Prevedello (Curitiba) ƒƒ Dr. Gustavo Bráz Thá (Curitiba) ƒƒ Dr. José Roberto Toshio Shibue (Curitiba) ƒƒ Dra. Kátia Sheylla Malta Purim (Curitiba) ƒƒ Dra. Lenise Mara Ribas Ferreira da Luz (Curitiba) / Suplente

O Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Curitiba conquistou o prêmio de primeiro lugar na categoria Trabalho de Investigação Prêmio Professor Sebastião Sampaio, no Congresso  Brasileiro de Cirurgia Dermatológica realizado no Rio de Janeiro em abril. O trabalho foi apresentado por seu autor principal, o Dr. Felipe B. Cerci no dia 22 de abril. O estudo “A biópsia pré-operatória é adequada para a classificação dos carcinomas basocelulares? Análise de 117 casos tratados

Publicação de artigo na Journal of Surgical Dermatology O artigo “Paramedian forehead flap for nasal tip reconstruction after Mohs surgery” de autoria do Dr. Felipe Bochnia Cerci, foi publicado na Journal of Surgical Dermatology no mês de março.

Aprovados no Título de Especialista de Dermatologia - TED/2016

Jornalista Responsável Neide Campos – DRT-PR 4344 Diagramação: Id Comunicação Impressão: Gráfica São Leopoldo Secretária Luciana Soberay

Horário de Atendimento Secretaria SBD-PR 13 às 18 horas As matérias e textos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

por cirurgia micrográfica de Mohs.” também tem como autores os médicos Gerson Dellatorre, Rafaella Olinger, Guilherme A. Gadens e Roberto G. Tarlé. O Serviço também foi um dos dois premiados na Sessão Dermatologia 2.0 com a apresentação do Dr. Felipe B. Cerci pelo trabalho “Importância de avaliar e preparar um defeito cirúrgico previamente à reconstrução”.

Parabenizamos os novos dermatologistas aprovados no TED/2016. A SBD-PR valoriza essa conquista tão merecida e espera que com nossos novos membros possamos construir um grupo cada vez mais sólido e harmonioso. Confira os aprovados e serviços:   Hospital Evangélico: Hospital Santa Casa: ƒƒ Camila Araujo Scharf Pinto ƒƒ Anelise Rocha Raymundo ƒƒ Priscila Regina Orso Rebellato  ƒƒ Francielle Melina Nihi ƒƒ Renato Luiz Baldissera ƒƒ Katiucia da Rocha   ƒƒ Michelly de Oliveira Carvalho Hospital de Clínicas:   ƒƒ Suellen Mattos Universidade Estadual de Londrina: ƒƒ Elisa Kubo ƒƒ Fernanda Teixeira Ortega ƒƒ Carolina Ghislandi ƒƒ Francine Milenkovich Belinetti

Impresso Especial 9912275316/2011 DR/PR SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA

CORREIOS

FECHAMENTO AUTORIZADO PODE SER ABERTO PELA ECT

REMETENTE

SBD REGIONAL DO PARANÁ Av. Sete de Setembro, 4698, cj. 108 80240-000 – Curitiba / PR Tel/fax: (41) 3243-1941

O Pinhão · nº 86 · junho/2016  

Informativo trimestral da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Paraná

O Pinhão · nº 86 · junho/2016  

Informativo trimestral da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Paraná

Advertisement